A PRIVATIZAÇÃO DA POLÍCIA – é simplesmente inacreditável… 31

———- Mensagem encaminhada ———-
De: Data: 26 de maio de 2011 15:36
Assunto: A PRIVATIZAÇÃO DA POLÍCIA – é simplesmente inacreditável…
Para:

Simplesmente INACREDITÁVEL!!!!!

 

http://www.sinpol-ma.com.br/noticias_11/noticia260511_4.html

 


A PRIVATIZAÇÃO DA POLÍCIA

Polícia Federal S/A
Autor(es): Claudio Dantas Sequeira
Isto é – 23/05/2011

Para cortar custos e sem ouvir o Congresso, a PF simplesmente transferiu para empresas privadas a responsabilidade de controlar quem entra e quem sai do País

Quem desembarca no aeroporto internacional de Guarulhos (SP), o mais movimentado do Brasil, acredita que está sendo recebido por treinados agentes da Polícia Federal ao apresentar seus passaportes para entrar oficialmente no País. Mas, na verdade, os funcionários que checam e carimbam os documentos de viagem, fazem entrevistas de imigração e vistoriam bagagem em busca de drogas e armas são pessoas comuns, funcionários de uma empresa privada, sem nenhum treinamento ou compromisso com a defesa da soberania do Estado. O caso de Guarulhos não é uma exceção. Hoje, empresas prestadoras de serviço dominam o controle imigratório nos aeroportos, portos e até postos de fronteira. Parece óbvio, mas entregar a terceiros a fiscalização de quem entra ou sai do País é temerário e põe em risco à segurança nacional. A fiscalização deficiente é o paraíso para traficantes, imigrantes ilegais, criminosos procurados pela Interpol e terroristas, que podem transitar livremente por aqui sem que as autoridades de plantão tomem conhecimento. Enquanto o resto do mundo está debruçado em soluções para reforçar a segurança de suas fronteiras, por aqui o governo terceiriza o controle de passaportes e imigração nos aeroportos, uma atividade que nunca deveria ter saído das mãos da Polícia Federal. Hoje, estima-se que a PF gaste mais de R$ 100 milhões para transferir a responsabilidade a empresas privadas de um serviço que deveria ser executado por ela de acordo com a Constituição Brasileira.

O processo de loteamento de áreas estratégicas começou há quatro anos, sem que houvesse o necessário debate pelo Congresso, pela sociedade e contra parecer da própria Polícia Federal. Mais grave: era para ser uma solução provisória, como explica à ISTOÉ o ex-ministro da Justiça Tarso Genro, hoje governador do Rio Grande do Sul. “Sempre defendi que isso só se justifica como provisoriedade”, afirma Genro. Mas, no Brasil, o que é provisório com frequência se torna permanente. O problema é que Tarso Genro havia sido informado das consequências da terceirização. Um relatório interno da PF, obtido por ISTOÉ, revela que repassar a empresas privadas tais atividades era a última das opções para reduzir o gargalo provocado pelo crescimento exponencial de passageiros. “É de longe a hipótese mais controversa de todas e esbarra em sérios problemas de ordem legal”, concluiu a delegada Silvane Mendes Gouvêa, presidente da comissão. Em ordem de prioridade, o MJ poderia aumentar o contingente policial ou passar o controle migratório para as mãos de servidores administrativos da própria PF. O documento, de 37 páginas, com cinco anexos, listou uma série de critérios que deveriam ser adotados em caso de se decidir pela terceirização. Por exemplo, para cada três terceirizados deveria haver ao menos um policial como supervisor.

Mas o que se vê hoje é um descontrole total. Em alguns aeroportos, como o Tom Jobim, no Rio de Janeiro, cada agente da PF precisa monitorar o trabalho de até dez terceirizados. A média nos terminais terceirizados é de um policial para cada sete funcionários privados. Na Tríplice Fronteira, entre Paraguai e Argentina, há 103 funcionários terceirizados para um total de 15 agentes federais. Eles fiscalizam tudo que passa na Ponte Internacional da Amizade e na Ponte Tancredo Neves. Também são responsáveis pela emissão de passaporte e controle de raio X.

Os funcionários terceirizados geralmente encaram o serviço como um bico. Ganham pouco mais que um salário mínimo e logo que conseguem algo melhor abandonam o posto. “Trabalhei seis meses na Ultraseg, em Guarulhos. Foi meu primeiro emprego”, afirma Domênica Duarte, 22 anos. O resultado é uma rotatividade altíssima que impede a qualificação desses profissionais. E a maioria das terceirizadas são empresas de mão de obra de serviços gerais, algumas sem nenhuma relação com a atividade de controle migratório. “Essas empresas fecham contratos milionários, dão calote nos funcionários e depois desaparecem”, afirma o presidente do Sindicato dos Servidores da PF no Rio de Janeiro, Telmo Correa. Funcionários contaram à ISTOÉ que a PF paga às terceirizadas R$ 3,5 mil por contratado, mas o funcionário recebe no máximo R$ 800.

Uma dessas fornecedoras de mão de obra, a Visual Locação, Serviço e Construção Civil, dos sócios Herbert de Ávila e Alessandro Fagundes, simplesmente sumiu do mapa. No ano passado, a empresa embolsou mais de R$ 33 milhões do governo federal, dos quais R$ 2,7 milhões foram destinados ao pagamento de terceirizados no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio. ISTOÉ esteve em dois endereços registrados em nome da Visual em cidades-satélites de Brasília. O escritório num velho sobrado foi abandonado há dois meses. O corretor, que pediu anonimato, diz que Herbert “não pagou o aluguel, trocou os telefones e desapareceu”. A outra “sede” da empresa fica numa casa sem reboco em área da periferia que integra o programa de incentivos fiscais do governo do Distrito Federal. Apesar do muro alto que cerca o local, pode-se ver a placa com o nome da empresa jogada num canto, enferrujada. “Há duas semanas não aparece ninguém aí”, conta um vizinho.

O caso da Visual não é exceção. A Cosejes, responsável pela emissão de passaporte, embolsou o dinheiro do governo, deu calote nos funcionários e fechou as portas. “Um dia eles não depositaram. Ligamos para a empresa no Ceará e ninguém atendeu. Fomos à filial aqui em São Paulo e já não havia ninguém”, conta Alyne Scirre, 23 anos. A ex-funcionária diz que foi censurada pelos próprios policiais. “Diziam que a gente estava chorando por miséria e que o dono da Cosejes era delegado de polícia”, afirmou.

Outro problema é que as empresas terceirizadas não preenchem todos os postos de trabalho, explica o diretor de relações de trabalho da Federação Nacional de Policiais Federais (Fenapef), Francisco Sabino. “Em Guarulhos, a empresa que assumiu os guichês da PF em janeiro contratou 120 pessoas e não completou a cota de 200 funcionários. Por causa do acúmulo de trabalho e dos salários baixos, os terceirizados já pensam em entrar em greve”, afirma Sabino. Ele se refere à empresa SkyServ Locação de Mão de Obra Ltda., que assinou com a Superintendência da PF em São Paulo um contrato de R$ 5,9 milhões para prestar serviços neste ano. Quase a totalidade dessas empresas, aliás, torna-se alvo de ações trabalhistas na Justiça. Acontece que os funcionários são normalmente contratados como recepcionistas ou digitadores, mas acabam exercendo funções de polícia. “Éramos registrados na carteira como recepcionista. Mas fazíamos todo o trabalho de confecção do passaporte”, relata Alyne Scirre. E confirma que tinha acesso a informações particulares no banco de dados da PF. “O trabalho é todo feito por nós. Os policiais nem precisam assinar”, diz. Dentre as atividades que Alyne exercia estão o cadastramento dos dados do requerente no sistema da PF, o envio das informações para a Casa da Moeda e a verificação do documento final. Uma responsabilidade grande demais para quem dava os primeiros passos no mercado de trabalho.

Não bastassem os problemas de ordem prática, a terceirização também enfrenta impedimentos legais. O relatório da Polícia Federal, que passou pelas mãos de Tarso Genro e do então diretor-geral da PF, Luiz Fernando Corrêa, é claro: “Em razão de a atividade de fiscalização migratória doutrinariamente enquadrar-se no exercício do poder de polícia pelo Estado, ela é por natureza indelegável. Com isso deve ser executada por servidores efetivos do Departamento de Polícia Federal.” O advogado Luiz Carlos Cavalcanti, especialista em direito constitucional e autor de um estudo sobre o caso, explica que o controle de imigração é um trabalho complexo e altamente especializado. “A habilitação do agente da PF se dá através do estudo de uma disciplina específica denominada polícia marítima aeroportuária e de fronteiras, inserida na grade curricular do curso de formação profissional. A matéria é eliminatória”, afirma Cavalcanti. Se o policial for reprovado nesta disciplina, é imediatamente desligado do curso de formação profissional e do concurso público para agente da PF. O especialista lembra que um policial federal é submetido a investigação social para entrar na carreira, segue regime disciplinar específico e responde a uma corregedoria. Já os terceirizados não estão submetidos a nenhum tipo de controle. “Ninguém sabe de onde vêm e para onde vão esses funcionários. Eles não têm nenhum comprometimento com a instituição”, afirma o diretor da Fenapef, Francisco Sabino.

“Do jeito que está qualquer um pode embarcar com passaporte falso. Os terceirizados não sabem a diferença entre um imigrante ilegal, um padre ou uma mula do narcotráfico”, afirma Telmo Corrêa, do sindicato da PF. Agente por formação, ele lembra que a atividade de fiscalização imigratória foi confiada pela Constituição, em seu artigo 144, “de maneira inequívoca” ao Departamento de Polícia Federal. E acrescenta um dado surpreendente nessa complexa equação. Com a realização da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016, as empresas americanas e inglesas querem entrar no lugar das terceirizadas nacionais e assumir o controle da nossa imigração. “É um absurdo. Uma ameaça à nossa soberania”, avalia Telmo.

Esse risco não existiria se Genro e Corrêa tivessem escutado as recomendações da comissão da PF. A saída para os gargalos nos aeroportos era de fácil execução, como consta do relatório. “A contratação de mais policiais é a solução que resolve mais rapidamente o problema do controle migratório, uma vez que não haveria necessidade de mudança na rotina de fiscalização”, dizem os delegados no documento. A demanda por mais policiais seria atendida com recém-formados pela Academia Nacional de Polícia. Segundo levantamento da própria PF, bastaria a contratação de mais 181 policiais para atuar nos aeroportos do Rio e de São Paulo. Naquele ano, a academia formou 210 policiais, o suficiente para dar conta do recado. Entretanto, a cúpula da PF optou pelo caminho da terceirização, alegando que os policiais são uma mão de obra qualificada demais para a execução de serviços burocráticos.

Fontes da PF afirmam que Luiz Fernando Corrêa pressionou a comissão para que concluísse o relatório a seu gosto. Em vários trechos do relatório da PF, é citada a informação de que “o Ministério da Justiça estaria disposto a fornecer recursos para a contratação de terceirizados”. Na conclusão, o grupo de delegados ressalta que “não sendo escolhida pela direção-geral a alternativa de dotar com lotação efetiva de policiais os aeroportos”, o problema só poderia ser resolvido com a terceirização. O documento subsidiou a medida provisória que alterou a Lei 8.745/93 e abriu as portas para a privatização do controle migratório. Procurado por ISTOÉ, o atual ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, não se manifestou sobre o assunto. Coube ao diretor-executivo da PF, Paulo de Tarso Teixeira, fazer a defesa da instituição. “Os policiais continuam sendo responsáveis pelo controle migratório. Não houve transferência de competência da PF para ninguém”, garante Teixeira. Transferência houve. O trabalho da PF nos aeroportos foi privatizado. Mas em nada aliviou o transtorno vivido pelos brasileiros no agendamento a perder de vista da emissão de passaporte e nas longas filas de desembarque de passageiros.
 

  1. QUE MAIS FALTA ACONTECER NESSE PAÍS?
    FAZEM E DESFAZEM, NEGAM,NÃO ASSUMEM NADA, E NÓS TEMOS QUE ENGOLIR.
    VERGONHA! IMPRESSIONANTE, MAS EU ACREDITO.

  2. É a mentalidade privatista dominando tudo. Antes, os neoliberais regurgitavam que o Estado deveria entregar tudo para “focar” nas áreas de sua real competência, dentre as quais era sempre citado o trinômio “Educação, Saúde e Segurança”.

    Hoje, a máscara caiu e se vê que, em tais áreas, aliás, vê-se que SOBRETUDO em tais áreas, o Estado se mostra propositalmente ineficiente, para privilegiar a iniciativa privada, ou, agora, mais às escâncaras, para infiltrar a iniciativa privada no setor público com a maior sem-cerimônia, e, diga-se, em um setor fundamental para o país.

    Agora, cá entre nós, não duvido que apareça gente a defender a terceirização da PF como a 8ª maravilha do mundo, arguindo que, assim, os Agentes ficam “liberados” para sua atividade-fim e que isso é modernidade, mentalidade avançada da PF e asneiras que tais…

    Essas ideias da moda e seus clichês de efeito repetidos por executivos “yuppies” da Polícia, como “choque de gestão”, “gerir a Polícia como uma grande empresa”, detre outras sandices, dá nisso.

  3. Qual a novidade? Qual o espanto? Em São Paulo a segurança já está terceirizada. São várias as empresas que prestam serviço de segurança e investigação ao cidadão, e o pior de tudo, a policia às vezes solicita algumas informações a essas empresas, pois elas tem acessos a informações que a polícia não tem. É o poste mijando no cachorro. Como diria o Silvio Brito: “tá tudo errado”

  4. MAIS UMA VEZ USO ESTE ESPAÇO DEMOCRÁTICO PARA UM SIMPLES COMENTÁRIO QUE MUITOS DEVEM ESTAR CANSADOS DE LER, MAS É A MAIS PURA REALIZADE DESTE PAÍS QUE SE COMPROMETEU A REALIZAR UMA COPA DO MUNDO E UMA OLIMPIADA, MAS QUE NÃO TEM COMPROMISSO COM SEU POVO. AS PESSOAS (I)RESPONSÁVEIS PELA SEGURANÇA ESTÃO BRINCANDO COM UM DOS ASSUNTOS MAIS SÉRIOS QUE TEMOS. TAMO FUDIDO!!!

  5. Pare o mundo
    Que eu quero descer
    Que eu não agüento mais
    Escovar os dentes
    Com a boca cheia de fumaça…
    Você acha graça
    Porque se esquece
    Que nasceu numa época
    Cheia de conflitos
    Entre raças…
    Pare o mundo
    Que eu quero descer
    Que eu não agüento mais
    Tirar fotografia
    Prá arrumar meus documentos…
    É carteira disso, daquilo
    Que até já amarelou
    Minha certidão de nascimento
    E ainda por cima…
    Tem que pagar prá nascer
    Tem que pagar prá viver
    Tem que pagar prá morrer…(2x)
    Pare o mundo
    Que eu quero descer
    Que eu não agüento mais
    Esperar a hora de usar
    Meu título de eleitor
    Emborolado…
    E ver no rosto das pessoas
    A mesma expressão
    De ascensorista de elevador
    Mal remunerado…
    Pare o mundo
    Que eu quero descer
    Que eu não agüento mais
    Ouvir falar
    Na crise da gasolina
    Que já vai aumentar outra vez…
    E pensar que a poluição
    Contaminou até as lágrimas
    E eu não consigo mais chorar
    E ainda por cima…
    Tem que pagar prá nascer
    Tem que pagar prá viver
    Tem que pagar prá morrer…(2x)
    Tá tudo errado
    Oh! Oh!
    Tá tudo errado
    Desorientado segue o mundo
    E eu não posso mais
    Ficar parado…
    Oh! Oh!
    Tá tudo errado
    Oh! Oh!
    Tá tudo errado
    Eu só quero ter você comigo
    E mandar o resto pro diabo…
    Tá tudo errado
    Oh! Oh!
    Tá tudo errado
    Desorientado segue o mundo
    E eu não posso mais
    Ficar parado…
    Oh! Oh!
    Tá tudo errado
    Oh! Oh!
    Tá tudo errado
    Eu só quero ter você comigo
    E mandar o resto pro diabo…
    Tá tudo errado
    Oh! Oh!
    Tá tudo errado!
    Olha aí! tá vendo?
    Tudo errado!
    Tudo errado!

    Pare o mundo que eu quero descer
    Pois não aguento mais ver na tv
    O Datena elogiando o PSDB

    E o que me deixa mais irritado
    É que meu salário minguado
    Não tem RETP tubinado

    Tá tudo errado, tá tudo errado

  6. chiiii..vai dar merda…

    copa e olimpiadas chegando …..tá tudo perdido mesmo

  7. Escravona,

    A segurança não dá conta de proteger os brasileiros, imagine milhares de turistas, vai dar mesmo, muita mer…..

  8. PEC 300 – BOA NOITE, DR. GUERRA OBRIGADO PELA COLOCAÇÃO DESSE POST, E VENHO MAIS UMA VEZ CONVIDAR OS COLEGAS POLICIAIS CIVIS E MILITARES A PARTICIPAREM DESTE EVENTO EM BRASÍLIA, O POLICIAL NÃO PRECISA NECESSARIAMENTE SER FILIADO A NENHUMA ENTIDADE REPRESENTATIVA, BASTA QUE ELE TENHA DISPOSIÇÃO DE LUTAR AO NOSSO LADO. TODA A DESPESA COM PASSAGEM, HOSPEDAGEM, ALIMENTAÇÃO SERÁ PAGA PELA REPRESENTAÇÃO COLETIVA E AS ENTIDADES DA POLÍCIA MILITAR. PORTANTO ENTRE EM CONTATO COM O TELEFONE (11)3313-5077 PARA OS POLICIAIS CIVIS E COM A ADRIANA NO TELEFONE (19) 9317-1905 PARA OS POLICIAIS MILITARES. É IMPORTANTE QUE VOCE LIGUE E CONFIRME SUA PARTICIPAÇÃO ATÉ AMANHÃ ÀS 15:00HS. O QUE HOJE É UM SONHO SE TORNARÁ REALIDADE AMANHÃ, BASTA APENAS QUE VOCE LUTE E PARTICIPE, SÃO PAULO TEM QUE MOSTRAR SUA FORÇA. OBRIGADO A TODOS!

  9. Além de termos hospitais universitários sendo privatizados, temos a segurança nacional ameaçada pela terceirização, ainda por cima desqualificada. É brincadeira! Daqui a pouco não serão necessários mais concursos (já estão escassos), é só entrar nas empresas de prestação de serviços e se tiver sorte não levar “calote” delas. Está saindo mais barato contratar empresas que manter funcionários públicos concursados. Não tem jeito, estão plantando árvore com a raiz pra cima.

  10. Não estou entendendo, o PT, como o Lula, que já saiu tarde da presid~encia, mas deixou seu legado, não tinha feito maravilhas na PF? Onde estão?

  11. Policial decepcionada,

    Esses políticos são todos iguais.
    Lembre-se dos nrs 13 e 45.

  12. Caro DQA?:

    Para mim, não só são iguais, como se alternam no poder, dominando a política como um todo numa bipolarização artificial.

    Acreditar que o PT é um ótimo partido, com excelentes quadros idelaistas e bem intencionados seria, nesta altura do campeonato, uma prova não de ingenuidade, mas de arrematada estultícia de minha parte.

    Não tenho nenhuma simpatia pelo PT, cujas alas oscilam entre a “genuína” corrupção “palocciana” e um indisfarçável gramscismo, para quem estudou um pouco o tema.

    Mas, por outro lado, uma coisa é certa: Se o Vesgo do Pânico se candidatar em “oposição” ao PSDB, terá meu voto.

    Já enxergo uma grande virtude no PT: NÃO SER PSDB!

  13. Delta,

    Esta alternância lá, tem sido benéfica, até agora pelo menos.
    No entanto, aqui não se deu alternância nenhuma, e não vislumbre de que
    venha ocorrer, daí como dizem à toda hora sobre os criminosos, “a certeza da
    impunidade”. O mesmo se dá neste governo paulista, onde centenas de CPIS foram
    arquivadas, escândalos abafados, e sem ir longe demais, o caso Alston ser investigado no exterior, para mim foi a gota d’agua .

  14. ESSE NEGÓCIO DE SEGURANÇA PRIVADA É BOM MESMO! ONTEM VI UM VEÍCULO COM CORES ANALÓGAS À DA PF E, NO PRIMEIRO MOMENTO, PENSEI QUE FOSSE MESMO. MAIS EIS QUE LI O NOME NELA ESTAMPADO E, PARA MINHA SURPRESA ERA DE UMA EMPRESA QUE TREINA E QUALIFICA? VIGILANTES PARTICULARES. ANTES QUE ALGUEM PENSE QUE ISSO É BOBAGEM, TAL VEÍCULO IDENTICO A UMA VTR ERA UMA CAPTIVA. ENTÃO SE UMA EMPRESA QUALQUER PODE COMPRAR UMA CAPTIVA, POR QUÊ A PM NÃO PODE? JÁ QUE PELO VISTO, DINHEIRO ELAS TEM DE SOBRA. RESTA SABER DE ONDE VEM ESSA GRANA? BALA NELES!!!!!!!!!

  15. Puta que o pariu!!!!!!!!!!!!

    Se ate na federal tá assim, nós estamos realmente fudidos e mal pagos!!!!!!!!

  16. DQA? Esa alternancia entre PSDB e PT, só pode estar sendo benéfica para eles, o Palloci que o diga.

  17. `Policial Decepcionada,

    Neste aspecto discordo, por favor, leia o comentário do Zé Francisco na postagem do Delta Uno.

    DELTA UNO – ORIGINAL :
    Caro DQA?:
    Para mim, não só são iguais, como se alternam no poder, dominando a política como um todo numa bipolarização artificial.
    Acreditar que o PT é um ótimo partido, com excelentes quadros idelaistas e bem intencionados seria, nesta altura do campeonato, uma prova não de ingenuidade, mas de arrematada estultícia de minha parte.
    Não tenho nenhuma simpatia pelo PT, cujas alas oscilam entre a “genuína” corrupção “palocciana” e um indisfarçável gramscismo, para quem estudou um pouco o tema.
    Mas, por outro lado, uma coisa é certa: Se o Vesgo do Pânico se candidatar em “oposição” ao PSDB, terá meu voto.
    Já enxergo uma grande virtude no PT: NÃO SER PSDB!

  18. DQA? :Delta,
    Esta alternância lá, tem sido benéfica, até agora pelo menos.No entanto, aqui não se deu alternância nenhuma, e não vislumbre de quevenha ocorrer, daí como dizem à toda hora sobre os criminosos, “a certeza daimpunidade”. O mesmo se dá neste governo paulista, onde centenas de CPIS foramarquivadas, escândalos abafados, e sem ir longe demais, o caso Alston ser investigado no exterior, para mim foi a gota d’agua .

  19. Boa Noite!

    Senhoras e Senhores.

    Esta situação já era por mim aguardada, porém, o que nos deixa angustiados e tristes, é em saber que pessoas que deveriam nos proteger e nos servir, dedicam-se exclusivamente a nos apunhalar pelas costas e nos trair por apegos avarentos, irrisórios e sem antídotos de combate eficazes.

    Alguns “Senhores” que no passado foram proprietários e legítimos possuidores de grandes empresas de Segurança Privada deste Estado de São Paulo, smj, deixaram de ser simplesmente porque fecharam, abriram Concordatas ou Faliram, não posso atestar e nem afirmar com todas as letras, se foram fraudulentas, mas, tenho certeza que muitas delas eram de Coronéis do Exército, de Coronéis da PM, de alguns Delegados de Polícia e de alguma minoria de Mega Empresários ligados diretamente aos Governos atuais e aos Partidos Políticos em evidência e pelos seus Representantes Legais, que insistem em manter e meter o dedo sujo e cancerígeno em tudo.

    Hoje estão pretendendo criar “Novas Capitanias Hereditárias”, sinonímia de “PODER ABSOLUTO’, que, diga-se de passagem, ao invés de serem derivadas e oriundas das Famílias Reais Brasileira, seriam daqueles descendentes de Famílias Sanguessugas, Mesquinhas e Invejosas e acima de tudo, intitulando-se sempre serem Brasileiras e possuidoras de Títulos de Nobreza, não sabemos de ”DE ONDE”.

    São aqueles conhecidos por terem aquilo no meio das pernas, não de cor ROXA, mas sim de cor PRETA, verdadeiros “SACOS DE LIXO”. É UMA TREMENDA VERGONHA.

    VEJAMOS;

    – Depois que eu fiquei sabendo, por terceiros, que Dom Pedro I não declarou Independência do Brasil, às margens do Rio Ipiranga, montado no seu cavalo branco, mas sim numa “MULA”;

    – Que Tiradentes não morreu enforcado, mais sim em Portugal onde estava habilmente escondido por uma Organização Mundialmente Conhecida, e muito tempo depois, já bem velho e de causas naturais;

    – E, o Capitão do Exército Lamarca, professor de tiro e exímio Atirador de Elite, dito expulso deste, por ser considerado pelos próprios membros de farda, um “Terrorista e Subversivo”, a sua esposa e filhos ainda granjearem pensões depois da sua morte, era e tinha acima de tudo isso, direito a continuar no Posto de Oficial Vitalício;

    – Descobrirmos, entre tantas sujeiras e podridões existentes e escondidas há tempos debaixo deste enorme tapete, que o nosso Brasil desde o seu descobrimento até os dias de hoje, vem sendo explorado e dilapidado, por Religiões, Instituições, Organizações e principalmente por pessoas de interesses escusos e baixos;

    – Tomarmos conhecimento da tamanha e total incompetência da administração de alguns deste Estado, desde a década de 50 do século passado, acharem-se incólumes ao nos prejudicar, salvo ainda a tremenda desfaçatez do não cumprimento da obrigatoriedade de Patrão “Estado”, em ser omisso, em não cumprir o seu verdadeiro papel de Líder e depois disto acabarmos prejudicados com a nossa Previdência Pública, mesmo a par que sempre foram descontados diretamente na fonte a parte que nos cabia. E de estarmos sofrendo até os dias de hoje, pela inércia e irreverência dos Digníssimos Representantes da Lei, em apurarem-se os verdadeiros “estelionatários” disto tudo, e, acima de tudo, seqüestrar-se, avocar-se e exigir-se todo o valor que eventualmente saquearam do nosso Estado, e quem sabe até do nosso País; e,

    – Nossa Educação estar uma verdadeira sucata, catástrofe, lástima e uma só vergonha, em contrapartida tomarmos o Conhecimento que a maioria das Universidades e Escolas Particulares deste País, pertencer a ilustres Personalidades Eclesiásticas e Públicas Importantes deste que chamamos de Brasil. “QUE TAMANHO DESCARAMENTO”, a que ponto chegou? De estarmos sujeitos a nos contentarmos com esmolas e migalhas destes que efetivamente denigrem e dilaceram a nossa Pátria e a nossa Educação, e, em nome de “QUEM”.

    – Tudo em nome da grande e absurda resposta: “PODER ABSOLUTO”, de fato nunca foi ou será jamais entregue ao legítimo dono, NÓS BRASILEIROS, e sim a uma escória que profana e vilipendia o nosso dinheiro, nossas riquezas minerais e naturais, nossa biodiversidade, nossos remédios, nossas marcas e patentes, nossa Fauna e Flora, nossos rios e lagos e infinitas riquezas marinhas, nossa maior dádiva “a água doce mineral mais pura e cristalina” e sobretudo, à herança dos nossos filhos e filhas.

    ATÉ QUANDO SENHORAS E SENHORES?

    ACORDEM SENHORES LEGISLADORES DE BEM

    ACORDEM SENHORES DIGNOS EXECUTORES DA LEI

    ACORDEM SENHORES DIGNOS MEMBROS DO JUDICIARIO.

    ACORDEM ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS,

    EVITE-SE UM MAL MAIOR E INCORRIGÍVEL,

    SENÃO PODERÃO TAMBÉM SEREM JOGADOS NA VALA COMUM, ASSIM COMO NÓS SIMPLES MORTAIS.

    SÓ ESPERO QUE NA HORA QUE A CORDA COMEÇAR A SE DECEPAR, ESTAS RATAZANAS OBESAS E LENTAS AO TENTAREM FUGIR, MORRAM TODAS AFOGADAS.

    AMÉM, MIL VEZES, AMÉM.

    Boa Noite.

  20. Senhoras e Senhores!

    A partir de amanhã, tecerei comentários sobre as sórdidas e ardilosas atitudes de alguns ilustres, sempre em tom de “Maria-Fumaça” ou “Entoadas de Repentistas” ou “Rapers”, portanto, na hora que começares a ler, já tenha em mente o seguinte:

    Piuiiiii Piuiiiii Piuiiiii, Café com pão manteiga não, café com pão manteiga não, café com pão manteiga não, Piuiiiii Piuiiiii, entendeu?

    Exemplo:

    – Estou dizendo a vocês, estou dizendo a vocês, cuidado com o japonês, cuidado com o chinês, cuidado com o chinês, cuidado com o japonês, eles vão te enrolar, eles vão te enrolar, depois não adianta chorar, não adianta chorar, não adianta chorar, depois que o fumo entrar, depois que fumo entrar, depois que o fumo entrarrrrr; ( Bis) ou,

    – Tá tudo dominado, tá tudo encharcado, tá tudo afunhanhado, ta tudo rechaçado, que bando de safados, que bando de safados, são todos lixões, são todos lixões, nos metem em confusões, nos metem em confusões, tremendos ladrões, tremendo ladrões. (Bis). , entenderam?

    Honro-me em dizer que possuímos distintas personalidades do bem e de belezas naturais, possuímos também, prodigiosos comediantes e fantásticos repentistas neste nosso querido País, porém neste exato momento necessitamos por demais dos seus préstimos e, de antemão os cortejos e rogo aos Senhores que se unam nesta jubilada e complicada empreitada, que é dar mais luz aos cegos e aos menos afortunados, para que somente assim juntos, possamos augurar melhores condições de vida e a verdadeira e sensata Justiça.

    Boa tarde.

  21. Pasmem Flitadores nesta madrugada foram presos PMs ladrões dentro de uma agência bancária com dinamite nas mãos, e um deles tentou resistir a prisão. Chego a seguinte conclusão os policiais pleiteiam aumentos saláriais e quando não conseguem partem para o crime chegando a assaltos, que pena eles estão fazendo o que aprenderam nos quarteis, mas não apareceram dando as devidas entrevistas os seus comandantes nem tampouco aquele que os idolatra o Sr. secretário de Segurança Pública de SP, é filho feio não tem pai.

  22. OLHA O FINAL DO ZÉ SERRA NO CENÁRIO POLÍTICO, SERÁ O MESMO FIM DE GERALDO ALCKIMIM , POIS ELE DÁ CONTINUIDADE NAS BARBERAGENS DE SERRA.

    Agora virão as declarações pacificadoras, o discurso de unidade e fortalecimento do partido. Mas o fato é que a convenção nacional do PSDB, no sábado, 28 de maio, teve um vencedor e um vencido. O senador Aécio Neves ganhou todos os cargos que desejou, sem ceder nenhuma posição para seu grande adversário, o ex-governador José Serra. E é, pela derrota de Serra, que o PSDB simboliza seu momento de mudança.

    Terminado o segundo turno da eleição presidencial, Serra usou o discurso de que tinha 44 milhões de votos, como se as urnas da disputa de 2010 traduzissem uma intenção futura e não aquela expressa no dia 31 de outubro. Voto é feito de material volátil e, nas derrotas, evapora-se rapidamente. Mas com praticamente 44% dos votos válidos era justo que Serra mantivesse o desejo de voltar a ser candidato a presidente (em entrevista ao iG, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso falou sobre as chances de Aécio e Serra, confira abaixo).

    A ambição, no entanto, precisava de elementos mais sólidos e, na política, dois são os instrumentos de concretização dessa força: controle da máquina pública ou expectativa de poder. Na falta de ambos, Serra primeiro perdeu um grupo de antigos aliados que migrou em grande parte para Aécio e em menor escala para Geraldo Alckmin. Sobrou-lhe um núcleo de bons amigos, dois dos quais faltaram à convenção por questões de saúde: seu antigo vice-governador Alberto Goldman e o senador Aloysio Nunes Ferreira.

    Com minguados aliados, o ex-governador de São Paulo foi sendo espremido no partido. Não teve espaço para indicar o presidente – o deputado Sérgio Guerra foi reeleito contra a vontade de Serra. Ele tentou, então, assumir o Instituto Teotônio Vilela e seu orçamento de R$ 11 milhões anuais. Mas viu a costura entre Geraldo Alckmin e Aécio Neves levar o ITV para o seu mais renhido adversário, o ex-governador do Ceará Tasso Jereissati.

    O esvaziamento da liderança de Serra foi acelerado pelo estilo adotado na campanha do ano passado. Na forma, a postura centralizadora o desgastou com amigos de décadas, traduzindo em afastamento o que poderia ter sido solidariedade na derrota. No conteúdo, a irresponsabilidade fiscal da proposta de um salário mínimo de R$ 600,00, a tentativa errática de vincular uma invenção marqueteira, o candidato Zé, ao presidente Lula, a decisão de esconder as realizações do governo FHC e o apelativo discurso religioso, explorando desinformação e preconceito em temas sensíveis, acabaram por minar a coerência de sua vida pública.

    O espaço que Serra guardou no partido, de presidente do Conselho Político, deve-se menos ao que vai fazer e mais ao que os novos líderes do PSDB ainda precisam tirar dele. “O conselho vai tomar decisões político-partidárias, discutir eventuais fusões (…) e formas de escolher candidatos”, disse Serra.

    Para Aécio Neves, é melhor ter Serra aí do que fora do partido. Não faria bem a sua biografia de conciliador e, apesar de todas as divergências entre ambos, Serra ainda é, ao lado do ex-presidente Fernando Henrique, o rosto mais conhecido do PSDB. Seria ruim tê-lo no horário eleitoral do PSD do prefeito Gilberto Kassab, por exemplo. Em São Paulo, após a inquisição ocorrida na transição de poder, quando lançou o núcleo palaciano à fogueira, Geraldo Alckmin precisa de um pouco mais de tempo para terminar a conversão dos serristas que restaram no governo do estado.

    O fato é que a convenção de 28 de maio fechou o caminho mais fácil para José Serra, duas vezes derrotado no segundo turno, fazer sua terceira incursão numa eleição presidencial. Ela pressupunha que ele controlasse o partido, presidindo-o. E extraísse daí o palanque e a máquina que homologassem sua aspiração. Nessa posição nacional seria fácil rebarbar a pressão pela candidatura a prefeito de São Paulo, onde seus adversários no partido tentariam encurralá-lo no próximo ano como forma de, em caso de eleito, tirá-lo da disputa de 2014.

    Pois para ser candidato a presidente novamente, Serra tem agora que fazer o caminho mais difícil. Sem máquina oficial e sem força no partido, sua liderança esvaziará por completo antes que possa entrar no jogo de 2014. É por isso que ele precisa retornar à prefeitura de São Paulo. A Serra, uma escala na terceira maior máquina pública do país é etapa imprescindível para recuperar o terreno perdido ontem e manter a aspiração de uma vida. Ou entrará para a história, já escreveu certa vez a revista The Economist, como o melhor presidente que o Brasil nunca teve

  23. kross :Pasmem Flitadores nesta madrugada foram presos PMs ladrões dentro de uma agência bancária com dinamite nas mãos, e um deles tentou resistir a prisão. Chego a seguinte conclusão os policiais pleiteiam aumentos saláriais e quando não conseguem partem para o crime chegando a assaltos, que pena eles estão fazendo o que aprenderam nos quarteis, mas não apareceram dando as devidas entrevistas os seus comandantes nem tampouco aquele que os idolatra o Sr. secretário de Segurança Pública de SP, é filho feio não tem pai.

    KROSS,EM QUE MUNDO CÊ VIVE, MEU? TAVA DEMORANDO PRA ISSO ACONTECER MEU CARO.

  24. Pingback: Blogosfera Policial» Blog Archive » A PRIVATIZAÇÃO DA POLÍCIA – é simplesmente inacreditável…

  25. Será que ninguém conseguiu perceber que vários delegados da Polícia Federal, bem como coronéis e políticos sujos são donos de empresas de segurança privada? não precisa ser inteligente para notar o motivo desse estatuto. Já estou até imaginando com vão ficar os presídios: cheio de vigilantes com no máximo o ensino fundamental, ganhando mal, jogando armas, celulares e drogas pela guaritas, fora fugas… Brasil, país de merda.

  26. Será que ninguém conseguiu perceber que vários delegados da Polícia Federal, bem como coronéis e políticos sujos são donos de empresas de segurança privada? Não precisa ser inteligente para notar o motivo desse estatuto. Já estou até imaginando como vão ficar os presídios: cheio de vigilantes com no máximo o ensino fundamental, ganhando mal, jogando armas, celulares e drogas pela guaritas, fora fugas etc. Brasil, país de merda.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou fora do contexto serão excluídos...Contato: dipol@flitparalisante.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s