Investigador esperou onze anos para ser reintegrado ao cargo perdido por ato ilegal assinado em 2001 por Geraldo Alckimin…E faz zombaria empregando eufemisticamente a expressão “tornando insubsistente” no lugar de ANULANDO ( por ilegalidade, ilicitude, vício, abuso de poder, etc. ) 20

Enviado em 28/01/2012 as 0:54

Dr Guerra se possível, publique isso: Reintegração de colega:

SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA
Decretos de 26-1-2012
Tornando insubsistente, em cumprimento ao V. Acórdão
proferido pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, nos
autos de Apelação Cível 0172979-90.2008.8.26.0000, da 5ª Vara
da Fazenda Pública da Comarca de São Paulo e nos termos do
art. 31 da LC 180-78, o ato de 14-11-2001, publicado em 15-11-
2001, editado nos autos do processo administrativo disciplinar
DGP 117-98-SSP, em consequência, reintegra, no serviço público,
Nazario Ruas Almeida, RG 5.035.952, para exercer em caráter
efetivo e no Regime Especial de Trabalho Policial, o cargo de
Investigador de Polícia de Classe Especial, Padrão IV, da EV da
LC 1151-2011, do Quadro da Secretaria da Segurança Pública,
em vaga decorrente do falecimento de Artur Francisco Vilas Filho.

  1. Esta é apenas uma das muitas vitórias que acompanharemos de colegas injustamente demitidos, de todas as carreiras, de delpol a restopol.

  2. SEGUNDO ,PUBLÍCADO NO BLOG DOS DELEGADO EM FEVEREÍRO DE 2012, O PLENARIO DO SENADO ASSÍNA O RECONHECÍMENTO DA APOSENTADORÍA ESPECÍAL
    DA POLÍCÍA CÍVÍL DE SP.

  3. Realmente existe muito abuso de poder em todos órgãos do governo, os mais conhecidos são do próprio governo, nas repartições é comum a praxe de leis próprias que não observam a constituição e o erário público é apenado em virtude de decisão judicial, ainda bem que muitas vezes o judiciário acerta, mas nem sempre, esta é a razão da agonia de muitos servidores públicos do estado de SP; Quando falamos de injustiça, abuso de poder, não observância da constituição, estamos falando de mazela governamental, isso inclui a negligência também, pois é dela que nasce a impunidade, coisa muito comum no serviço público no estado de SP; Se partirmos do princípio que a “vista grossa da chefia” no gerenciamento do serviço público já é um dos fatores causador de danos na administração e na boa prestação de serviços. Portanto todos nós temos que nos atentarmos para a mazela administrativa que essa que dá causa para os demais prejuízos para todos, inclusive para aquele policial que foi apenado com demissão injusta; Se o serviço público fosse fiscalizados com gerenciamento eficaz, certamente as injustiças e justiças seriam mais presente nas repartições e todos nós ganharíamos com isso, pois aqueles que trabalham corretamente respeitando as normas e constituição teriam segurança no trabalho e não seriam prejudicados por apenas prazer de irresponsáveis; Após o processo transitado em julgado, não há o que se discutir resta apenas cumprir, mas enquanto o sujeito permaneceu no crivo do processo sofrendo todas punições e ainda estava na presunção da culpa ou dolo, este sujeito já foi condenado e cumpriu pena mesmo sendo inocente, tudo por culpa ou dolo do sujeito que levou ele a ser processado; Por estas razões eu acredito que o causador desses danos todos tem que ser demitido e responsabilizado, pois chega de irresponsabilidades administrativas e que sirva de exemplo para aqueles que utilizam o poder para destilar seu veneno contra seu subalterno .

  4. Afinal de conta nos temos SINDICATO, para pobre mente isso nao serve pra nada { SIPESP },, Temos que ter um sindicato unico e fechar esses que estao ai, estou na policia a 27 anos e numca fizeram nada por nos.

  5. Taninha vc deve ter entrado no concurso anterior para falar do sindicato { SIPESP } se nao mudar vc vai ver muita coisa referente Sindicato. nao estao nem ai com nossa carreira….abraços.

  6. Não sei se influiu em algo nesse processo, mas o novo presidente do TJ, Dr Ivan Sortori é um Desembargador legalista e até então justo, poderemos ter boas novidades com ele na presidência do TJ

  7. ACABEI DE LER O LIVRO “”””” A PRIVADARIA TUCANA””””””
    EXATAMENTE O ULTIMO PARAGRAFO É A SINTESE DO QUE SOMOS . . .

    É ESTARRECEDOR SABER QUE SOMOS DESGOVERNADOS
    POR ESTA DINASTIA

    POLICIAIS PAULISTAS E BRASILEIROS
    DEFINITIVAMENTE É NECESSÁRIO
    CRIAR UM NOVO PARADIGMA NESTE LUGAR . . .

    POIS O KRIME SE TORNOU O ISTADO
    E ESTE ISTADO POR EXEMPLO
    NÃO TEM MORAL PARA JULGAR E MANTER ENCARCERADO
    NENHUM ROUBADOR OU ESTELIONATÁRIO . . .

    RIFARAM A SEGURANÇA PÚBLICA
    COLOCARAM NOSSOS NOMES E COMPROMISSOS
    SEM NOSSA PERMISSÃO NO MESMO SACO QUE ELES . . .
    NÓS POLICIAIS NÃO PODEMOS PACTUAR COM ISTO
    É NECESSÁRIO UMA RUPTURA . . .

    OU O ESTADO DE SÃO PAULO E O BRASIL
    MUDAM SUA NOMENCLATURA PARA QUALQUER INDICATIVA DE KRIMI
    OU ALGUÉM TEM QUE SAIR !!!

    REPITO COMO TODAS AS LETRAS
    O ISTADO É A REPRESENTAÇÃO DO KRIMI

  8. pelo ver FUÍ…………………. :SEGUNDO ,PUBLÍCADO NO BLOG DOS DELEGADO EM FEVEREÍRO DE 2012, O PLENARIO DO SENADO ASSÍNA O RECONHECÍMENTO DA APOSENTADORÍA ESPECÍALDA POLÍCÍA CÍVÍL DE SP.

    Projeto que prevê aposentadoria especial para policiais civis está pronto para ser votado
    Da Agência Senado

    Servidores públicos que tenham alguma deficiência, que exerçam funções sob condições especiais que prejudiquem sua saúde ou integridade física e policiais que trabalhem em atividade de risco poderão requerer aposentadoria especial. É o que prevê o substitutivo ao PLS 68/03 – Complementar, que está pronto para ser incluído na ordem do dia do Plenário do Senado no reinício das atividades parlamentares, em fevereiro.
    De acordo com o projeto, a aposentadoria especial será devida ao servidor com deficiência, independentemente de idade, desde que cumprido tempo mínimo de dez anos de exercício no serviço público e cinco anos no cargo efetivo em que se dará a aposentadoria, após 25 anos de contribuição.

    Também será devida a aposentadoria especial ao servidor da polícia civil, ao servidor da perícia oficial e ao servidor penitenciário, voluntariamente, com proventos integrais, após 30 anos de contribuição, se homem, ou 25 anos, se mulher, desde que contem, em ambos os casos, com pelo menos 25 anos de pleno exercício em qualquer atividade da carreira.

    Ainda terá direito à aposentadoria especial o servidor que tenha cumprido tempo mínimo de dez anos de exercício no serviço público e cinco anos no cargo efetivo em que se dará a aposentadoria e que tenha trabalhado sujeito a condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física de forma permanente e habitual, não ocasional e intermitente, durante 15 anos em atividades como a mineração; 20 anos, em serviços com a manipulação de asbestos e derivados, entre outros; e 25 anos trabalhando com arsênio, pressão e temperatura anormais, manipulação de sílica, benzeno, bromo, entre outros.

    A comprovação da exposição a esses agentes nocivos químicos, físicos e biológicos será feita pelo órgão ou entidade onde o servidor tiver exercido a atividade, com base em laudo técnico de condições ambientais do trabalho expedido por médico do trabalho ou engenheiro de segurança do trabalho.

    O texto engloba o teor de três projetos: o original (PLS 68/2003), do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), o PLS 250/2005, do senador Paulo Paim (PT-RS) e o PLS 8/2006, do ex-senador Marco Maciel, que tratavam de assuntos semelhantes, e foram aproveitados no substitutivo elaborado pelo ex-senador Rodolpho Tourinho.

    Se aprovado, aprovado, o projeto seguirá para a análise da Câmara dos Deputados. As informações são da Agência Senado.

    Compartilhe:

  9. penelope :Afinal de conta nos temos SINDICATO, para pobre mente isso nao serve pra nada { SIPESP },, Temos que ter um sindicato unico e fechar esses que estao ai, estou na policia a 27 anos e numca fizeram nada por nos.

    O PIOR QUE O SIPESP SUBIU O VALOR DA MENSALIDADE PARA R$29,68 JÁ VEM DESCONTADO NO SALÁRIO DE FEVEREIRO.
    OS FILHO DA PUTA AINDA QUEREM DESCONTAR UM DIA DE SALÁRIO DE TODOS, DISSE TODOS OS INVESTIGADORES DE POLÍCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO NO SALÁRIO REFERENTE A MARÇO. SE DESCONTAR DE MIM EU VOU METER BALA.

  10. projeto de lei complementar 47/2011 – aumento dos salários dos policiais civis
    onde esta o estudo para aumento de salário dos escrivães e investigadores

    24/08/2011
    Publicado no Diário da Assembleia, página 29 em 24/08/2011

    25/08/2011
    Pauta de 1ª sessão.

    29/08/2011
    Pauta de 2ª sessão.

    30/08/2011
    Pauta de 3ª sessão.

    31/08/2011
    Publicada Emenda nº 1, do Deputado Fernando Capez. (DA p. 24/25)

    31/08/2011
    Pauta de 4ª sessão.

    01/09/2011
    Pauta de 5ª sessão.

    02/09/2011
    Publicadas Emendas de: nº 2 a 4, do Deputado Olímpio Gomes; nº 5, Deputado Antonio Mentor; nºs 6 e 7, Deputado Edinho Silva; nº 8, Deputado José Bittencourt; nº 9 a 18, Deputado Rui Falcão; nº 19 e 20, Deputado Campos Machado; nº 21, Deputado José Zico Prado; nº 22 a 24, Deputado Olímpio Gomes; nº 25 a 31, Deputado Enio Tatto e outros e nºs 32 e 33, Deputado Olímpio Gomes. (DA p.20/21/22/23/24)

    03/09/2011
    Publicada Mensagem nº 78/11, de 02/09/11, do Governador do Estado de São Paulo, solicitando que a tramitação seja em caráter de urgência, nos termos do artigo 26 da Constituição do Estado. (DA p. 11)

    03/09/2011
    Alterado o regime para: PROPOSIÇÕES EM REGIME DE URGÊNCIA

    05/09/2011
    Distribuído: CCJR – Comissão de Constituição Justiça e Redação. CAPRT – Comissão de Administração Pública e Relações do Trabalho. CFOP – Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento.

    05/09/2011
    Entrada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

    12/09/2011
    Presidente solicita Relator Especial.

    14/09/2011
    Publicada convocação, nos termos regimentais, para audiência pública, a realiza-se em 15 de setembro, quinta-feira, às 14:30 horas, no plenário JUSCELINO KUBITSCHEK, com a finalidade de discutir este Projeto de lei Complementar. (DA p. 14)

    15/09/2011
    Publicada convocação, nos termos regimentais, para audiência pública, a realiza-se em 15 de setembro, quinta-feira, às 14:30 horas, no plenário JUSCELINO KUBITSCHEK, com a finalidade de discutir este Projeto de lei Complementar. (DA p. 13)

    05/10/2011
    114ª Sessão Ordinária – Apresentado Requerimento do Deputado Edinho Silva, e deferido, nos termos do Artigo 70 (oitiva), § 2º da XIV CRI, que a CSPAS – Comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários, integre o Congresso de Comissões, que se realizará para discussão e votação dos PLCs 47 e 49 de 2011.

    05/10/2011
    114ª Sessão Ordinária – Convocado Congresso de Comissões.

    11/10/2011
    Aprovado no congresso de comissões Comissão de Constituição Justiça e Redação, Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento, Comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários, Comissão de Administração Pública e Relações do Trabalho, o voto do relator Cauê Macris, favorável ao projeto com a emenda “a” apresentada, favorável à emenda 23, às emendas 2 e 19 na forma das subemendas de n.ºs 1 e 2, e contrário às demais emendas.

    11/10/2011
    33 Sessão Extraordinária – Aprovado o Projeto de Lei Complementar. Aprovada a emenda aglutinativa nº 34. Aprovada a emenda “A” do relator. Aprovada a emenda nº 23. Aprovadas as emendas 2 e 19 na forma das subemendas 1 e 2. Prejudicadas as emendas 2 e 19. Rejeitadas as demais emendas.

    12/10/2011
    Publicado Parecer nº 1350/11, do Congresso das Comissões: CCJR; CAPRT; CSPAP e CFOP-favorável à proposição; à emenda”A”; à emenda de nº 23; às emendas de nºs 2 e 19, na forma das subemenda e contrário às demais emendas . (DA p. 33)

    12/10/2011
    Publicada a Emenda Aglutinativa nº 34, do Deputado Chico Sardelli (líder PV) e outros líderes. (DA p. 27)

    13/10/2011
    Distribuído: CCJR – Comissão de Constituição Justiça e Redação.

    13/10/2011
    Entrada na Comissão de Constituição Justiça e Redação

    14/10/2011
    Presidente solicita Relator Especial.

    17/10/2011
    Designado como Relator Especial, o Deputado Samuel Moreira, pela comissão CCJR

    17/10/2011
    Comunicado Vencimento do Prazo

    17/10/2011
    Recebido com voto propondo redação final, do relator especial Samuel Moreira, pela Comissão de Constituição Justiça e Redação

    18/10/2011
    Publicado Parecer nº 1404/11, de RE pela CCJR, Deputado Samuel Moreira. (DA p. 23/24)-Redação Final

    18/10/2011
    Pauta de 1ª sessão.

    18/10/2011
    Publicado Ofício S/nº, Sr. João Xavier Fernandes, com manifestação referente a esta proposição. (DA p.18)

    18/10/2011
    Recebido pelo Governador em: 18/10/2011 – prazo para sanção: 09/11/2011.

    19/10/2011
    Publicado Autógrafo nº 29.587. (DA p. 30/31)

    19/10/2011
    Aguardando Sanção

    26/10/2011
    Publicada a Lei Complementar nº1.151 , de 25 de outubro de 2011. (DOE 1 e 3)

    10/11/2011
    Arquive-se.

    11/11/2011
    Arquivado pelo Setor de Arquivo na caixa 17.03.002

  11. Nunca respeitou e nunca vai respeitar
    Pra eles o policial é apenas um policial.
    Não tem esposa , não tem filhos, não tem mãe
    Não tem ninguem nem mesmo o Estado que deveria selar por seus homens da segurança
    Qual o unico funcionario publico que tem seu salario bloqueado assim que algo sobre ele vai ser investigado.
    Juiz não perde . Promotor não perde . Professor não perde. Medico não perde
    Só mesmo o policial
    Mas quem é esse cidadão que tão pouco importa para nossos governantes.
    E ele que enquanto voce dorme está na rua pondo sua vida em risco
    E ele que quanto sai de casa a esposa , mãe e filhos pedem a Deus que o traga de volta
    Mas quem é esse cidadão que tão pouco importa aos nossos governantes

    E simplismente um POLICIAL CIVIL

  12. Alguém tem mais informações sobre o processo do Investigador reintegrado? Que artigo assinou e como fez para ser reintegrado?

  13. O que sinceramente espero é que, além da reintegração mais do justa, haja, igualmente, uma pesada ação indenizatória contra o Estado. Nem que seja para que os netos do reintegrado recebam, mas tem de haver um ressarcimento pela dor anímica imposta ilicitamente à vítima da arbitrariedade do Executivo.

  14. Parabéns ao policial pela luta vencida!
    Boa sorte no retorno a esse trabalho, infelizmente, não reconhecido pelos governos , políticos, e parte da sociedade.

  15. SE FOSSE EU PEDIA AS CONTAS … PQ VAI SER PERSEGUIDO PELA ADMINISTRAÇÃO ATÉ ARRUMAREM OUTRA BUCHA PRA ELE … SE JÁ É ESPECIAL PEDE CONTAGEM DE TEMPO TIRA TOAS LICEÇAS EM ATRASO JUNTA O QSJ DA REINTEGRAÇÃO E VAZA MEU FILHO … ISSO AQUI FALIU … APOSENTA LOGO ANTES QUE COMECEM A TE PERSEGUIR …

  16. tem de dar gracas a deus com essa justica de merda que temos no brasil e um milagre!

  17. DELTA UNO – ORIGINAL :
    O que sinceramente espero é que, além da reintegração mais do justa, haja, igualmente, uma pesada ação indenizatória contra o Estado. Nem que seja para que os netos do reintegrado recebam, mas tem de haver um ressarcimento pela dor anímica imposta ilicitamente à vítima da arbitrariedade do Executivo.

    Só do Estado?
    Tudo bem, ele paga primeiro e é mais fácil…
    Mas não se pode deixar de provocar o Estado para que ele vá atrás do seu ressarcimento.
    Indo atrás do ressarcimento, vai alcançar quem usou e abusou o poder para prejudicar os outros. Só assim para as instituições se aperfeiçoarem.
    Enquanto só o Estado paga a conta, nada muda.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Contato: dipol@flitparalisante.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s