QUERIDO DELTA, QUEM FOI O LUSITANO QUE INVENTOU ESSE RATIFICAR VOZ DE PRISÃO?…NO BRASIL NÃO HÁ NENHUMA VOZ TIPO: ESTEJA PRESO…QUEM INVENTOU E ENFINCOU NO RDO DOS LARÁPIOS DA PRODESP ?…DELEGADO EXISTE PARA QUÊ ? ….resposta: JÁ QUE NÃO PODE SER RIGOROSO COM OS FORTES, DELEGADO DEVE SER MISERICORDIOSO COM OS FRACOS 88

..Enviado em 12/01/2011 às 4:04 – DELTA UNO – ORIGINAL

Cara ANJO N 13:

A propósito, o que se dá de “voz de prisão” por aí é algo fora do comum.

E “ai” da autoridade que não a ratifique…

Deveria haver uma norma, de preferência, uma “lei” (se for difícil, pode ser uma “portaria” mesmo), explicando o que deve ser dito, afinal, pelo dono da “voz de prisão”…

As palavras da “voz de prisão” são uma lacuna no “Manual” elaborado pelo nosso querido Dr. Marchi de Queiroz…

PAU QUE NASCE TORTO: O DETRAN E A PRODESP PERTENCEM A EX-GOVERNADOR DESTE ESTADO…CARA, BANDIDO DE VERDADE NÃO SENTA PRAÇA EM POLÍCIA ou PCC…BANDIDO DE VERDADE MONTA BANCA NA POLÍTICA…EM GOVERNO 89,99% É LADRÃO…ADMINISTRAR ESTADO DE 20 TRILHÕES POR 20 CONTO POR MÊS É PIADA…POVÃO, HONESTAMENTE AFIRMO: QUASE TODOS GOVERNADORES E PRESIDENTES ORIGINÁRIOS DE SÃO PAULO FORAM, SÃO E SERÃO LADRÕES…ASSIM, DEIXEM O POLÍCIA TOMAR A MERREQUINHA 40

Pau que nasce torto….
no fundo VC sabe: …só não vê quem não quer !

ou acha que o advogado que paga o acharque não sai contando pros PMs, pros Advo, pros Promotores em churrascos ???

E os milicos estão assumindo tudo e pior: o barato que não prestava passa a funcionar e ganha premio de qualidade !!

Olhem o Detran daqui a 1 ano !!!!!! e verão do que estou falando

a carapuça serviu ???

a podridão tá escancarada

Pau que nasce torto….

11/01/2011 em 21:15 Edit

RICARDO, O Dr. CARNEIRO CONTINUA SENSACIONAL…COMO NOSSO DGP É MERECEDOR DE RESPEITO DEVOCIONAL…POR TAL NÃO DEIXAREMOS QUE COMETA ERROS E OLVIDE SUA ESSÊNCIA…ACASO QUEIRA, DESTE HUMILDE BLOG ( por vezes quase 30.000 visitantes diários ), TERÁ PLENA LIBERDADE DE EMPREGAR COMO MELHOR APROVEITAR A SUA GESTÃO E FUTURO DA NOSSA POLÍCIA CIVIL (enfim, este simples blog poderá ser o BLOG DO NOSSO DGP ) 19

Enviado em 12/01/2011 às 1:34 – RICARDO

Dr. Guerra, tive aula de gerenciamento de crise com o Dr. Carneiro na academia. Era um professor sensacional, uma pessoa educada e um homem culto sem ser arrogante. Indicou alguns livros para turma ler, tais como: “O Processo” de Franz Kafka, “O Estrangeiro” de Albert Camus e “Crime e Castigo” de Dostoievski. Tinha ideias muito originais a respeito da polícia e sempre falava dos erros cometidos. Uma pessoa que marcou muito a nossa turma na academia, sempre gentil com todo mundo.

O FLIT ENSINA AOS POLICIAIS EM GERAL, ESPECIALMENTE AO NOSSO DGP E AOS MILITARES: O LOCAL DA PRISÃO EM FLAGRANTE É LOCAL DE CRIME DEPENDENTE DO COMPARECIMENTO DO DELEGADO DE POLÍCIA DA JURISDIÇÃO…DELEGADO QUE NÃO É CHAMADO AO LOCAL DA PRISÃO POR CRIME FLAGRANTE NÃO DEVE DAR CRÉDITO AO CONDUTOR…REPUTANDO-SE TAL PRISÃO FORJADA; POR DESCUMPRIMENTO DO ART. 6º , I, II e III, DO CPP 18

CPP, artigo 6º

Art. 6º Logo que tiver conhecimento da prática da infração penal, a autoridade policial deverá:

I – dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a chegada dos peritos criminais; (Inciso com redação dada pela Lei nº 8862, de 28.03.1994).

Obs.: O DELEGADO chamado ao local do crime ( ou prisão ) é quem poderá decidir sobre a necessidade do concurso dos peritos criminais.

II – apreender os objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais.

III – colher todas as provas que servirem para o esclarecimento do fato e suas circunstâncias

_________________________________________________

Deve-se – urgentemente – baixar  determinação no sentido de que o local da prisão em flagrante (  PALCO DO CRIME ) , seja preservado até o comparecimento do DELEGADO DE POLÍCIA.

Basta de tantos flagrantes forjados com a finalidade de SE MOSTRAR SERVIÇO E GANHAR PRÊMIO POR  PRODUÇÃO DE RESULTADOS.

_________________________________________

Lembrando que,  segundo NOSSA LEGISLAÇÃO FEDERAL, quando a prova se fundar apenas em depoimentos, havendo conflito entre  a palavra do suspeito e a palavra do policial, prevalecerá a palavra do suspeito.

O motivo:  A PALAVRA DO POLICIAL É A PALAVRA DO ESTADO…A PALAVRA DO MAIS FORTE EM FACE DO MAIS FRACO.

Assim, nessa relação de forças incomparáveis, para defesa dos cidadãos frente a abusos oficiais-prevalece a palavra do mais fraco.

O FLIT ENSINA: INVESTIGAR É TAREFA CRIATIVA, UMA OBRA DE ARTE…NÃO PODE SER ATIVIDADE DE ROTINA, SIMPLES METODOLOGIA E ACÚMULO DE PAPEL…CADA OCORRÊNCIA DE CRIME NECESSITA DE ESTRATÉGIA PRÓPRIA…CADA INVESTIGAÇÃO POSSUI SEU PARTICULAR CAMINHO…MAIS: PALAVRA OU ESCRITO DE POLICIAL – ISOLADAMENTE – NÃO POSSUI MAIOR VALOR DO QUE A PALAVRA DO ACUSADO…POR TUDO O BRASIL POSSUI O MELHOR SISTEMA DE INVESTIGAÇÃO PREPARATÓRIA DO PLANETA…QUEM TENTA DESMENTIR A EXCELÊNCIA DO INQUÉRITO POLICIAL É IGNARO…NADA MAIS DO QUE IGNORANTE 17

Enviado em 12/01/2011 às 1:08 – ESCRIVÃO

TRABALHEI EM UM SIG DE UMA SECCIONAL DO DEMACRO.
SEMANALMANTE, CORPOS ERAM ENCONTRADOS, UM ENFORCADO, OUTRO COM TIRO NA NUCA, OUTRO CARBONIZADO. AS VÍTIMAS ERAM DESOVADAS NO MEIO DO MATAGAL E ENCONTRADAS, ÀS VEZES, JÁ EM AVANÇADO ESTADO DE PUTREFAÇÃO. O RELATÓRIO, POR MAIS DETALHADO QUE FOSSE, NÃO PERMITIRIA A ELUCIDAÇÃO DA AUTORIA DO CRIME. OS AUTORES DO DELITO FORAM IDENTIFICADOS APÓS MESES DE INTERCEPTAÇÃO TELEFÔNICA. QUANDO DA PRISÃO TEMPORÁRIA DOS ASSASSINOS, NENHUM TELEFONE INTERCEPTADO FOI APREENDIDO, DIFICULTANDO, SOBREMANEIRA A PRODUÇAO DE PROVAS.
ENTRETANTO, DE POSSE DE ALGUMAS INFORMAÇÕES, FOI POSSÍVEL INTERROGÁ-LOS ESTRATEGICAMENTE, FICANDO DEMONSTRADA AS SUAS PARTICIPAÇÕES NOS CRIMES.
ASSIM, DR. CARNEIRO, GRAÇAS AO TRABALHO REALIZADO NO CARTÓRIO, FORAM TODOS PRESOS E CONDENADOS.