BLOG de ag. penitenciario 28

———- Mensagem encaminhada ———-
De: Jenis de Andrade
Data: 27 de fevereiro de 2011 14:50
Assunto: BLOG de ag. penitenciario
Para: dipol@flitparalisante.com

Vejo que o site flitparalisante tem muita credibilidade, peço a gentileza de divulgar o meu blog que trata de assuntos referente ao sistema prisional.
Abraços.

http://jenisandrade.blogspot.com/

 

 

  1. Para descontrair… Assistam o meu vídeo! Estou chegando ao Brasil!!!!

    Curtir

  2. CARO AGENTE PENITENCIÁRIO, NÃO TENHO PROCURAÇÃO PARA FALAR EM OUTRO NICK SENÃO NO MEU, MAIS ACHO QUE DEVERÍAMOS NOS UNIR E COBRAR, JUNTOS, E DE FORMA MAIS INCISIVA, PORÉM AMPARA NA LEGALIDADE, UMA POSTURA POSTURA MAIS SÉRIA DOS NOSSOS GOVERNANTES SOBRE OS PROBLEMAS QUE ESTÃO NAS COSTAS DOS QUE TRABALHAM COM A SEGURANÇA PÚBLICA. BALA NELES!!!!!!!!!

    Curtir

  3. VAMOS FAZER NOSSAS APOSTA

    EU APOSTO 1 MILHÃO CONTA UM REAL QUE O SAULO É O NOVO SECRETARIO DE SEGURANÇA; ISSO TUDO EM PRIMEIRA MÃO AQUI NO BLOG DO GUERRA

    E O SECC CAIU DESDE SABADO

    QUEM TEM PADRINHO NUM MORRE SEM INFORMAÇÃO

    COLOCA AI GUERRA QUE A INFORMAÇÃO É SUA EM PRIMEIRA MÃO

    Curtir

  4. Só o azeitona pod3e falar, ultimamente é ele quem está dando os furos por aqui!!!

    Curtir

  5. Outro viseozinho com os meus melhores momentos… Isso é o humor Odetiano… E não é gongorismo…

    * O 1º primeiro prato é de uma simplicidade franciscana uma lagostinha. kkkkkkkkkkkkkk

    * Ainda ñ cortou o cabelinho mais ainda ta bonitinha kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    * nao vai dormir hoje a noite … então vai espanar o teto e pentear as franjas dos tapetes….

    Morri de rir!!!!!!!!!

    Só o humor odetiano….

    Curtir

  6. No dia em que mataram Odete Roitman

    Eu nem sorri

    Nem chorei…

    No dia em que mataram Odete Roitman

    Eu nem sabia o que era

    Homicídio

    No dia em que mataram Odete Roitman

    Eu nem sabia o que era

    Crime
    Habeas corpus
    BO
    Xilindró …

    Eu nem sabia que a violência
    Era tão violenta

    No dia em que mataram Odete Roitman

    Eu nem sabia o que era dor

    Mais hoje eu sei

    Hoje eu sei…

    E nem sei

    Se a policia prendeu Leila

    Nem sei se a Cassia Kiss ou não

    Nem sei se valia tudo mesmo

    Nem sei…

    Só sei que hoje eu sei

    Hoje eu sei…

    Que a Justiça tardou

    E falhou mais uma vez…

    Curtir

  7. que secional caiu,ultimo segundo,
    pelo corredores dizem que cai o 1@,3@ e o 4@ chefes então nem se fala,so vejo os cara correr atraz de deputado e de presidente de conseg

    Curtir

  8. Amigo, estavam falando hoje aqui na oeste que caiu o secretário desculpe eu errei não era o Seccional, e segundo meu próprio delegado falou é certo que o Saulo assume, que hoje ele esteve na Adepesp, e tá garantido, entre hoje e amanha o Saulo de volta.
    Porem até agora nada na imprensa. vamos esperar ate amanha, pode ser que as coisas mudaram,

    valeu.

    Curtir

  9. Delegado diz que não está em vídeo de Parelheiros
    O delegado Renzo Santi Barbin, que foi afastado de seu trabalho no núcleo da Corregedoria da Polícia Civil de Bauru, procurou o Jornal da Cidade para contestar algumas informações que constam em matéria publicada na edição do último dia 26. Segundo suas informações, ele não aparece no vídeo que mostra a prisão em flagrante da escrivã V.F.S.L., acusada de receber propina em junho de 2009, em São Paulo.

    Ela foi despida à força na Delegacia de Parelheiros, na Capital paulista, após denúncia de que teria recebido R$ 200,00 para favorecer um suspeito de portar munição.

    Segundo Barbin, ele foi solicitado para participar das diligências sobre o caso apenas para dar apoio operacional. Na ocasião ele trabalhava na Corregedoria de São Paulo, e não na citada delegacia de Parelheiros.

    “Eu nunca trabalhei naquela delegacia e nunca entrei na sala onde a escrivã foi detida. O tempo todo eu fiquei do lado de fora, no pátio, acompanhando a pessoa que foi extorquida por ela”, afirma.

    O delegado confirma que foi afastado de suas atividades na Corregedoria e que no momento está lotado no Deinter-4, com sede em Bauru. A decisão foi tomada no início da semana passada pelo secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Antônio Ferreira Pinto. O caso continua sendo investigado.

    Curtir

  10. Estatístico do Estado vende dado sigiloso
    PUBLICIDADE DE SÃO PAULO

    O sociólogo Túlio Kahn, que é chefe da CAP (Coordenadoria de Análise e Planejamento) da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, vende serviços de consultoria nos quais põe à disposição de empresas dados sigilosos sobre a violência no Estado, informa a reportagem de Mario Cesar Carvalho publicada na edição desta terça-feira da Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

    Como sócio da Angra Consultoria, Kahn repassa a clientes informações cuja divulgação é vetada, “para não alarmar o público”.

    Entre elas, estão que tipo de bens é levado com maior frequência em assaltos a condomínios de São Paulo e quais os furtos mais comuns na região de Campinas. Os contratos da Angra chegam a até R$ 250 mil.

    Parte das informações criminais é publicada trimestralmente, de acordo com a resolução 160, que criou em 2001 as regras para divulgação de estatísticas.

    A divulgação, porém, não inclui dados estratégicos, como o local do crime. Com isso, não dá para se saber a rua onde se mata mais na cidade de São Paulo ou as faculdades que concentram o furto de veículos. Não há esse veto para a clientela da Angra.

    OUTRO LADO

    Kahn afirma que jamais violou dados da secretaria. Segundo Kahn, foi o próprio Estado que sugeriu que ele abrisse uma empresa para cobrar por certos projetos, pois seu salário era baixo.

    O governo paulista não se pronunciou.

    Curtir

  11. NÃO VI,NÃO SEI, NÃO OUVI.
    quando o navio comeca a afundar,os rato começam a abandonar o mesmo.
    IISSO É QUE É APOIO POLICIAL,3 DELEGADOS e 2 TIRAS PRA PRENDER UMA ESCRIVÃ.
    SE FOSSE PRA PRENDER UM MEMBRO DO PCC, PEDIRIA O APOIO DO 2@ EXERCITO
    QUE VERGONHA. e ainda diz sou policia

    Curtir

  12. na DGPAD, a Dra. MARIA INÊS TREFIGLIO VALENTE – RG.
    3.718.016, Delegado de Polícia de Classe Especial, padrão V,
    lotado na Delegacia Geral de Polícia, anteriormente classificada
    na CORREGEDORIA. (DGP-1711-P)

    Curtir

  13. Temos um problema sério, exposto para toda a sociedade, que é a violação de direitos básicos de uma suspeita, de não ter seu corpo devassado à força por policiais, em contraposição ao artigo 249 do CPP, artigo 1o e 5o da CF (dignidade+vedação de provas ilícitas); temos também a figura do flagrante preparado reduzido a escrito nas declarações do agente provocador; temos a suspeita da FORJA de um flagrante pelo vídeo divulgado, tendo em vista que a escrivã já teria sido revistada por policial feminina e a insistência do delegado de vermelho (eduardo) em revista-la, pode não ser debitado somente pela sua pouca inteligência…

    Temos, ainda um flagrante no mínimo nulo, se somente ocorreu o preparo, tendo em vista o estado exaurido do crime suposto.

    Temos ainda o desenrolar da prisão – 18 horas – para finalizar o procedimento e a recolha da suspeita “aos costumes”. Nem a mais relapsa equipe do plantão do DECAP demora tanto tempo, quase findando o prazo de 24 horas para a lavratura do auto, quando se trata de apenas um indiciado e se quer todas as testemunhas foram ouvidas…

    Temos ainda um procedimento inquisitorial – IP para apurar suposto abuso – arquivado pelo judiciário a pedido do MP.

    Temos a demissão a bem do serviço público de uma suspeita que se quer fora julgada no processo crime – se quer foi ainda ouvida…

    Temos a fala da ex-corregedora afirmando que todo este procedimento foi perfeito e “dentro do poder de polícia”.

    Temos um secretário estarrecido com a “traição” desses delegados da corregedoria, temos um secretário que negou que soubesse das imagens, desmentido pela ex-corregedora e por ofícios da OAB.

    Temos um ex-governador omisso que já deixou o caso. Temos também um atual governador letárgico e inerte que somente declarou que o caso seria reaberto.

    Temos associações – uma delas comandada por uma MULHER, tida no início como radical e lutadora – que cairam inertes.

    Temos uma manifestação com 70 pessoas apenas e um DGP que apareceu para parabenizar…

    Temos o ASSASSÍNIO de uma delegada de polícia, com mais de uma dezena de tiros à queima roupa por um ex-policial que, embora expulso da polícia, não teve sua arma recolhida pela corregedoria, malgrado o procedimento solicitado pela finada delegada nos termos da Lei Maria da Pena.

    Destaque-se que a ex-corregedora porta o sexo feminino…

    Que outro escândalo precisará o estado de São Paulo para começar a moralizar-se politicamente?

    Curtir

  14. 01/03/2011 – 04h30
    Estatístico do Estado vende dado sigiloso
    DE SÃO PAULO

    O sociólogo Túlio Kahn, que é chefe da CAP (Coordenadoria de Análise e Planejamento) da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, vende serviços de consultoria nos quais põe à disposição de empresas dados sigilosos sobre a violência no Estado, informa a reportagem de Mario Cesar Carvalho publicada na edição desta terça-feira da Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

    Como sócio da Angra Consultoria, Kahn repassa a clientes informações cuja divulgação é vetada, “para não alarmar o público”.

    Entre elas, estão que tipo de bens é levado com maior frequência em assaltos a condomínios de São Paulo e quais os furtos mais comuns na região de Campinas. Os contratos da Angra chegam a até R$ 250 mil.

    Parte das informações criminais é publicada trimestralmente, de acordo com a resolução 160, que criou em 2001 as regras para divulgação de estatísticas.

    A divulgação, porém, não inclui dados estratégicos, como o local do crime. Com isso, não dá para se saber a rua onde se mata mais na cidade de São Paulo ou as faculdades que concentram o furto de veículos. Não há esse veto para a clientela da Angra.

    OUTRO LADO

    Kahn afirma que jamais violou dados da secretaria. Segundo Kahn, foi o próprio Estado que sugeriu que ele abrisse uma empresa para cobrar por certos projetos, pois seu salário era baixo.

    O governo paulista não se pronunciou.

    Leia a reportagem completa na Folha desta terça-feira, que já está nas bancas.

    Assine a Folha

    ——————————————————————————–

    Curtir

  15. Este tal de Tulio Khan sempre odiou a policia civil,creio que ele constitui uma das raizes,não a única, de nosso desgaste perante a sociedade,e orgaos diversos do Estado,não poupa-nos de críticas.Mas enfim,sua mascara caiu,é tao improbo como qualquer desonesto,poís,se os dados sao sigilosos,nao devem ser divulgados à particulares, e muito menos à serviço de uma empresa que lhe pertence,e com isso ganha uma nota para completar o parco salário,que nao é nenhum pouco baixo.. Isto também é desonestidade!

    Curtir

  16. Policiais civis da Ciretran irão para seccional

    para a Secretaria de Gestão Pública

    Os 18 policiais civis que trabalham no Ciretran – órgão do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) no município – serão deslocados para a Seccional Guarulhos. A informação é do delegado do Ciretran Guarulhos, Mário Gobbi Filho. A mudança fará parte da transição do Detran da Secretaria de Segurança Pública (SSP) para a Secretaria de Gestão Pública.

    Em reunião em 23 de fevereiro na Assembleia Legislativa, o secretário de Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, confirmou que os serviços prestados pelos Ciretrans, como marcação e realização de provas teóricas e práticas para a obtenção de carteira de habilitação, serão transferidos para os Poupatempos.

    A SSP afirma que uma comissão formada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) analisa como será feita a transferência de coordenação e não há conclusão para término dos trabalhos. A Secretaria de Gestão, por sua vez, não comentou quando o Poupatempo Guarulhos receberá os serviços do Ciretran e o que será feito com o atual prédio do Ciretran na rua Luís Faccini, no Centro.

    Gobbi afirma que ninguém foi chamado ainda para saber da transição. “Quando eles chegarem vamos passar o serviço. Não sei o que vai acontecer”, diz. Ele prefere não opinar se a saída dos policiais civis do Detran será benéfica. “Ainda é muito prematuro para comentar”, afirma.

    http://www.guarulhosweb.com.br/noticia.php?nr=39120

    Curtir

  17. Se fosse um Delegado de Polícia que vendesse informações sigilosas já estaria com pedido de prisão temporária requerido pelo GAECO, com toda a divulgação possível pela imprensa.

    O sociólogo cometeu, no mínimo, crime de IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

    Por ele deve pagar.

    A bola agora fica com o Ministério Público Estadual.

    Curtir

  18. NOTA DE REPÚDIO

    OS AGENTES PENITENCIÁRIOS DO ESTADO DE PERNAMBUCO –vem, mui respeitosamente, diante da sociedade brasileira, REPUDIAR PUBLICAMENTE AS ATITUDES ABUSIVAS E ILEGAIS DOS SENHORES EDUARDO HENRIQUE DE CARVALHO FILHO E GUSTAVO HENRIQUE GONÇALVES DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO POR VIOLAREM O PRINCÍPIO UNIVERSAL DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA, na prisão da Senhora V.F.S.L.

    Os Agentes Penitenciário de Pernambuco manifesta seu mais vivo e irrestrito REPÚDIO.

    Pernambuco – 04 de Março de 2011.

    http://blogapoeira.blogspot.com

    Curtir

Os comentários estão desativados.