Geraldo Alckmin faz homenagem ao dia Internacional da Liberdade da Imprensa: ASSEGURANDO O MONOPÓLIO DO ESCULACHO E AVACALHAÇÃO AOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS (ser chamado de ladrão pode, mas só pela Globo , Folha e Estadão ) 38

  1. OLHA AI…FERRO NO RABO DOS POLICIAIS NOVAMENTE…É ASSIM, NÓS POLICIAIS QUE SOMOS CULPADOS PELO ALTO ÍNDICE DE CRIMINALIDADE…É SEMPRE ASSIM..A POLÍCIA SEMPRE É A CULPADA…..ESSES HIPÓCRITAS PRECISAM PARAR DE POR VAGABUNDOS NA RUA.

    A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) de São Paulo informou na tarde desta terça-feira (3) que 1.148 presos beneficiados pela saída temporária de Páscoa não voltaram para suas unidades prisionais. O índice representa 5,53% dos 20.746 detentos que saíram no feriado.

    Ainda segundo a SAP, 2.514 presos utilizaram tornozeleira para monitoramento eletrônico. Desses, 98 deixaram de retornar aos estabelecimentos prisionais de origem, o que representa 3,9%.

    No mesmo período em 2010, dos 17.240 beneficiados, 1.296 não retornaram –o que representa 7,5% do total. Vale ressaltar que a saída temporária é concedida apenas aos detentos que cumprem pena em regime semiaberto.

    Os presos que deixaram de retornar são considerados foragidos e contra eles a Justiça expediu mandados de prisão. Quando forem recapturados, serão incluídos em unidades penais de regime fechado.

    Curtir

  2. PUBLICA DETALHES DESSE PROCESSO SE PUDER.
    QUEM PRESEDIU, QUEM OUVIU, PARECER, ETC. TEM MUITO MAIS COISA ALÉM DO TERNO, O PESSOAL DA DEATUR E DA PROTEÇÃO A DIGNITÁRIOS QUE TRABALHARAM LÁ NA ÉPOCA SABEM DAS COISAS. TEVE INVESTIGADOR CHEFE RECOLHIDO POR QUE NEGOU ESCALAR PESSOAL PRA FAZER SEGURANÇA DO SIDNEI BERALDO DURANTE A GREVE.

    Curtir

  3. GERALDO ALCKMIN, ladrão, mentiroso, hipócrita, incompetente. Não sou da Bobo, nem da Foia de Alface, nem do Estradão.

    Curtir

  4. Governador Vendido…….
    Não sabe nem o que assinou…..
    Cometeu uma tremenda de uma injustiça, safado…

    O que é seu tá guardado….

    Curtir

  5. Ao homem que sabia-

    Conforme noticiado-

    Observem que caso “sui generis”:

    A nossa vítima meteu a mão no próprio bolso e comprou ternos e camisas no valor de R$ 8.000,00; pagou com dinheiro também próprio e recebeu nota fiscal.

    Foi acusado por jornalistas, inicialmente informados por policiais, de determinar o uso dos ternos em serviços prestados pelo DIRD, para tanto cada policial deveria subscrever recibo no valor de R$ 300,00. O dobro do valor unitário de cada terno.

    Em razão da escandalosa matéria exibida no Jornal Nacional, o “ futuro” peculato sofreu ABORTO ESPONTÂNEO.

    Em síntese a vítima TENTOU DESVIAR OU SE APROPRIAR DE VERBA RESERVADA PARA OPERAÇÕES SIGILOSAS.

    Tentou consumar um crime contra a administração, mas VOLUNTARIAMENTE DESISTIU.

    O Promotor de Justiça , assim, arquivou a investigação ministerial.

    A Corregedoria arquivou a apuração preliminar.

    Inquérito policial – inquérito de verdade, sujeito a arquivamento por decisão judicial – aparentemente INEXISTIU.

    Consignando-se que ao Juiz caberia dizer se houve causa extintiva da tipicidade da conduta ou DA PUNIBILIDADE.

    Aliás, o mais correto é falar-se em CAUSA PESSOAL DE EXCLUSÃO DA PUNIBILIDADE; tão-só reconhecida pelo Juiz Competente.

    Como se vê, conforme a qualidade da parte ou as peculiaridades do crime, até o Ministério Público dá uma aliviada.

    Aplicada a famosa fórmula de Franck – repetida por Nelson Hungria – DESISTÊNCIA VOLUNTÁRIA É:

    “Posso prosseguir, mas não quero”.

    CRIME TENTADO É:

    “Quero prosseguir, mas não posso”.

    ________________________________________________

    Alguns esclarecimentos em razão de “desenterrar defuntos”:

    O PA em questão foi instaurado contra Roberto Conde Guerra por meio de requerimento subscrito pelo então diretor do DIRD, o denunciante Pedro Herbella Fernandes, pois ao repercutirmos no FLIT matéria jornalística falsa, segundo ele, produzida pela Rede Globo, acompanhada de algumas impressões pessoais, teríamos cometido injúria, difamação e calúnia.

    O doutor Pedro Herbella, assistido pelo advogado Abdalla Aschar, também endereçou representação criminal ao Ministério Público e ingressou com ação de reparação de danos.

    Nos autos do PA em nosso desfavor, cuidou-se mais de demonstrar a conduta ilibada de Pedro Herbella; pois, a toque de caixa, fora exonerado – POR MEIO DE MERA APURAÇÃO PRELIMINAR – de quaisquer irregularidades em relação à compra de ternos para policiais do DIRD.

    A Delegada entendeu ser desnecessário o sobrestamento do PA no aguardo de eventual decisão condenatória por crime contra a honra de Herbella, assim representou pela nossa demissão por procedimento irregular de natureza grave.

    Desde outubro de 2008, aguardamos a decisão do Governador do Estado!

    Na esfera civil fomos condenados – A REVELIA – ao pagamento de 10 salários mínimo a título de reparação de danos.

    Criminalmente somos processados na Comarca da Capital; uma vez mais a competência jurisdicional é ditada pelos interesses da parte mais influente ( coincidentemente o genro de Herbella é Juiz de Direito ).

    Não importando o local da suposta ação criminosa, tampouco o domicílio do Réu.

    Aliás, o nosso domicílio só é levado em conta para fins de busca e apreensão dos instrumentos do crime.

    Todavia, os fundamentos do MP ao arquivar esse procedimento investigativo, informal e sem controle externo por parte do Poder Judiciário, apontam no sentido de que Herbella iniciara a execução de crime de peculato, desistindo voluntariamente da consumação em virtude da denúncia divulgada pelo Jornal Nacional. Os documentos, como o contrato de compra dos ternos e os recibos assinados pelo Diretor, sumiram, disse o Promotor. Sobraram a nota fiscal e a certeza que Pedro Herbella tirou dinheiro do próprio bolso (mais de R$ 8.000,00), para quitar a encomenda?

    Verdadeiramente, tanto o Ministério Público, tanto a Corregedoria Geral, aliviaram a situação do Cardeal.

    Desistência voluntária e arrependimento eficaz: MAIS OUTRO CONTO DA CAROCHINHA!

    Curtir

  6. ESTER PELO QUE SEI HOUVE DESISTÊNCIA DO AUTOR A CONDENAÇÃO A TÍTULO DE REPARAÇÃO DE DANOS DE 10 SALÁRIOS MÍNIMOS. ISTO É, O AUTOR NÃO TEM INTERESSE NA EXECUÇÃO.

    Curtir

  7. Ao Homem que sabia,

    Copiei a matéria acima do blog,se houve desistência,pq
    da demissão?????

    Curtir

  8. 03/05/2011 – Policiais civis não conseguem descongelar adicional

    A Associação dos Funcionários da Polícia Civil do Estado de São Paulo (AFPCESP) não conseguiu descongelar o adicional de insalubridade recebido pelos servidores públicos do estado. O pedido foi negado pela ministra Ellen Gracie, do Supremo Tribunal Federal. Para ela, a associação não demonstrou que houve esgotamento das vias administrativas, o que possibilitaria o cabimento da reclamação. As informações são do portal Consultor Jurídico.

    Na ação, a associação alegou desrespeito a uma decisão do Plenário do STF, manifestada no julgamento de um Recurso Extraordinário. Na ocasião, ficou decidido que a Constituição Federal não recepcionaria a Lei Complementar Estadual 432, de 1985, no que se refere à utilização do “salário mínimo” para calcular o adicional de insalubridade.

    Segundo a AFPCESP, para não causar dúvidas sobre os critérios de cálculo do adicional de insalubridade e até que uma nova lei viesse a regulamentar a situação, os ministros preferiram continuar calculando o adicional de insalubridade sobre o salário mínimo, assim como vinha acontecendo.

    De acordo com a ministra, o artigo 1º da Lei 8.437/1992 veda expressamente a concessão de medida liminar “toda vez que providência semelhante não puder ser concedida em ações de mandado de segurança, em virtude de vedação legal”, tal como era pedido na ação.

    Segundo a ministra, a vedação à concessão de liminares que determinem aumento salarial a servidores públicos já estava prevista no artigo 5º da Lei 4.348, de 1964, tendo sido mantida pelo artigo 7º, parágrafo 2º, da Lei 12.016, de 2009. Por isso, ela entendeu que o valor do adicional de insalubridade deve ser corrigido após a edição de lei que modifique o seu valor. Com informações da Assessoria de Comunicação do TST.

    Curtir

  9. Olimpio Gomes (PDT) comentou que o governo do Estado aplicou 13% a menos do orçamento na Polícia Civil, mas, ainda que um percentual maior do que o previsto tenha sido dado ao orçamento na PM, o investimento foi em recursos de infraestrutura, tais como viaturas, rádios etc., não em recursos humanos. “A viatura, o rádio não fazem policiamento sozinhos. Onde ficam os policiais, que continuam com salários tão humilhantes?”, questionou. (MZ)

    Curtir

  10. Que merda!!!
    Bom, pelo menos agora, não haveria, em tese, o mínimo motivo para o “freio na língua”…

    Curtir

  11. Sabemos da competencia do Dr. Guerra mais nada impede que procuremos uma saida juridica para o caso. Alguem pode ajudar ?!

    Curtir

  12. Pesquisei acerca do foro que pode dar causa a uma anulação do processo, contudo, o PA nem fora subrestado para aguardar a sentença criminal.Pelo que tudo indica ele seria demitido, arbitráriamente, mesmo sendo inocentado na esfera criminal.

    É o famoso “medicamento” genérico o tal do procedimento irregular de natureza grave, ou seja, a beleza esta nos olhos de quem ve.

    Lei 9.099

    Art. 4º É competente, para as causas previstas nesta Lei, o Juizado do foro:

    I – do domicílio do réu ou, a critério do autor, do local onde aquele exerça atividades profissionais ou econômicas ou mantenha estabelecimento, filial, agência, sucursal ou escritório.

    Curtir

  13. A demissão do Dr. Conde Guerra mostra como a cúpula da PC trata quem diz o que pensa. Absurdo! Aplicar a pena de demissão por, em tese, ter praticado calúnia, difamação!?

    Curtir

  14. Dr,Caso resolva recorrer, ganhará.Mas não reassuma, cobre indenização e vá tomar whisky com agua de coco.

    Curtir

  15. RESPOSTA A ESTER: PORQUÊ FORAM TRÊS PROCESSOS DIFERENTES, SÓ QUE O ADMINISTRATIVO JÁ ESTAVA NO GABINETE DO GOVERNADOR E NÃO SE PODERIA MAIS INTERFERIR, TERIA QUE VER O PARECER DA PROCURADORIA. O SERRA SEGUROU A BRONCA, JÁ O ALCKIMIN NÃO
    O CRIMINAL CONTINUA COM AUDIÊNCIA PARA 27/7/11 NÃO HOUVE O SOBRESTAMENTO DO ADMINISTRATIVO : Delegacia
    CORREGEPOL – Corregedoria da Polícia Civil Data do Fato

    Nº do Processo
    050.08.026092-6/00 Nº de Controle do Setor/Vara
    001291/2009
    Fórum
    Fórum Central Criminal Barra Funda Setor/Vara
    9ª. Vara Criminal
    Data da Distribuição/Redistribuição
    31/08/2009
    AÍ DR. GUERRA, DESCULPA MAS TEM QUE DIVULGAR ESSA CALHORDICE.

    Curtir

  16. Nao caberia um Mandado de Seguranca na Fazenda, Pedindo o sobrestamento?! Alguem conhece algum policial que ja ganhou? Dr. Guerra vamos para cima!!!

    Curtir

    • Ora, viver como sempre vivi: aos trancos e barrancos. Inicialmente irei a OAB, buscar reinscrição. O importante é manter a saúde. O resto é detalhe.

      Curtir

  17. Agradeço ao Homem que sabia demais-não entendi esta parte:

    Defensoria Pública?
    Pq Dr.Guerra?

    Curtir

  18. Dr Guerra,vou nessa-

    Deixe-nos recompensa-lo por tudo que fez por nós.

    Atenção——–
    Programa nº 56 João Leite Neto

    “Corrupção Premiada X Honestidade Punida.”

    Enquanto os Corruptos são Premiados com Cargos Federais, Um Delegado é Exonerado por Denunciar os Podres da Polícia Civil de SP.

    Curtir

  19. Programa nº 56 João Leite Neto

    “Corrupção Premiada X Honestidade Punida.”

    Enquanto os Corruptos são Premiados com Cargos Federais, Um Delegado é Exonerado por Denunciar os Podres da Polícia Civil de SP.

    Curtir

  20. Dr Guerra,

    Insistimos,deixe-nos recompensa-lo por tudo que fez por nós.

    Curtir

  21. É ta chegando o dia do pagamento, que tristeza, nem recebi e já estou duro!!!!!!!!!!!!

    Sócio do SCPC e SERASA eu já sou faz tempo, ameaça de cobrança judícial eu recebo toda hora, (querem tirar o que eu não tenho), Como condenar quem se suícida tendo a profissão que nós temos e nas condições que atualmente estamos!!!!!!!!!!!!

    Ainda vem maçaneta valar de boca cheia pra deixar a policia quem não estiver feliz, como se fosse facil de uma hora para outra largar tudo pelo que vc lutou e acreditava, triste fim!!!!!!!!!!

    Curtir

  22. É isso aí dr. comece a advogar e pegue nossas ações. Eu já tenho 24 anos de polícia e quero me aposentar pela ESPECIAL, com 22 anos de polícia. Pega a minha causa?

    Curtir

  23. neste estado compensa ter um enorme nariz de pinoquio, do que um nariz de palhaço

    Curtir

  24. SEMPRE….. A……. POLÍCIA……

    Se o mandado de prisão demora a sair, a culpa é da policia.
    Se o bandido desaparece, a culpa é da policia.
    Se o bandido é morto durante tiroteio, a polícia é culpada: “coitado do criminoso! ”
    Se sobrevive, a polícia é inoperante, pois “deveria ter acabado com ele”.
    Se a polícia age com rigor para manter a ordem, é truculenta.
    Se não age com rigor, é muito “mole”, ineficiente.
    Se a polícia estava presente na hora do fato, é cúmplice
    Se não estava, é omissa.
    Se revista um suspeito, desrespeita o direito do cidadão.
    Se não revista, “faz vista grossa”.
    Se prende pobre, é injusta.
    Se prende rico, é “porque quer aparecer”.
    Se prende um ladrão, tem que apresentar provas.
    Se o criminoso acusa o policial de tortura, extorsão e roubo ele é preso e expulso mesmo sem provas.
    Se erra, é incompetente.
    Se acerta, não fez mais que a obrigação.
    Se está na unidade, é folgado.
    Se está nas ruas, está passeando.

    Ser Policial no Brasil com péssimos Salários, mais que sobreviver a miséria, é um exercício de bravura , risco permanente sem o apoio moral e institucional, sem reconhecimento; padecendo do abandono, da discriminação, da injustiça, da indignidade, da negligência de um Estado governado por “Geraldo” contaminado pela ação nefasta da política.
    Pergunte-se: “A quem interessa uma polícia deficiente e desmotivada ? ”

    “CRIEM-SE AS LEIS QUE FOREM, AS PENAS MAIS AUSTERAS E JUSTAS, OS ESTABELECIMENTOS PENAIS MAIS INESPUGNÁVEIS DA HUMANIDADE……. SE NÃO HOUVER UM POLICIAL PARA ESCLARECER A AUTORIA, CAPTURAR O AUTOR E COLOCA-LO DIANTE DA JUSTIÇA, NADA DISSO VAI FUNCIONAR E A SOCIEDADE CONTINUARA EM ETERNA INSEGURANÇA!!!! ”

    Se você concorda com isso,exerça cidadania, faça a sua parte, repassando a colegas, amigos, a mídia, autoridades e ao publico em geral. Vç pode fazer a diferença!
    POR UMA POLÍCIA LIMPA, COMPETENTE E VALORIZADA.

    Curtir

  25. Pingback: Em vez de demitir corruptos, Alckmin demite delegado Roberto Conde Guerra, que luta contra a corrupção em seu blog « Virgulinoreidocangaco's Blog

  26. Pingback: Em vez de demitir corruptos, Alckmin demite delegado Roberto Conde Guerra, que luta contra a corrupção em seu blog « Virgulinoreidocangaco's Blog

  27. Lord e demais flitadores:

    Fico honrado e muito agradecido pela iniciativa. Entretanto a maior contribuição será podermos contar com as suas visitas, comentários, sugestões de matérias e contatos por meio do dipol@flitparalisante.com.
    Nos últimos tempos me preparei – o máximo possível – para a demissão. Sempre foi muito mais que uma remota possibilidade; era quase uma certeza. Tanto que nem sequer gastei dinheiro ou recursos das entidades de classe em dezenas de procedimentos instaurados e distribuídos por localidades diversas (Capital, Piracicaba, Santos, Americana, Sumaré, Hortolândia e outras cidades) com a finalidade meramente punitiva. De março de 2010 ao presente sofremos três penalidades, antes da demissão, ou seja, suspensão de 90 dias, depois 45 dias e recentemente 12 dias. Obviamente, conforme a oportunidade e conveniência da Administração, em outro PA não haveria mitigação da demissão. E não duvido que, depois dessa primeira demissão, outros decretos demissórios sejam publicados sob idêntico fundamento: art. 74, item II, da LOP. Não esquecendo os PAs instaurados por abandono de cargo.
    Enfim, se futuramente necessitar de ajuda financeira não terei vergonha e a pedirei.
    Todavia, caso consigamos manter o interesse pelo Flit, providenciaremos seja profissionalizado. Da mesma forma soubemos que por meio do Sindicato dos Jornalistas poderemos nos profissionalizar; assim não ficaremos desempregados.
    Com o tempo tudo se ajeita.
    Obrigado!

    Administrador
    05/05/2011 em 14:55

    Curtir

  28. ESTA MATÉRIA FALA POR SI SÓ.
    LIBERDADE DE IMPRENSA, LIBERDADE DE EXPRESSÃO!
    QUE MARAVILHA, SE FOSSE VERDADE, ASSINAR ESTA DEMISSÃO
    FOI UM ERRO, UM ENGANO?
    OU UM AVISO AOS BLOGUEIROS QUE OS CRITICAM?

    Curtir

Os comentários estão desativados.