Rescaldo da ladroagem 15

14/09/2012-03h00

Família de Orestes Quércia está em conflito por causa de seu inventário

A família de Orestes Quércia, morto em 2010, está em conflito por causa de seu inventário. Os dois filhos mais velhos dele, Sidney e Fernando, pediram na Justiça prestação de contas sobre as empresas do pai. Do outro lado está a inventariante, Alaíde Quércia, mulher e mãe de outros quatro filhos do político.

HERANÇA 2

Quércia deixou uma fortuna oficial de R$ 150 milhões, de acordo com documentações entregues à Justiça depois de sua morte. Entre os próprios herdeiros existe a certeza de que uma perícia poderá fazer o valor ser multiplicado por três depois que os bens forem atualizados.

HERANÇA 3

Quércia deixou 26 empresas, como shoppings, fazendas de café, TVs e rádios espalhadas por todo o Brasil.

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/1153007-familia-de-orestes-quercia-esta-em-conflito-por-causa-de-seu-inventario.shtml

  1. para quem começou sua carreira apenas como escriturário da estrada de ferro de sorocabana e terminou falindo a vasp , roubou muito esse filho da puta.

  2. isso sim é ladrão. pra quem nasceu em predegulho ta bom , ne? seria interessante saber como esse cidadão ganhou tanto dinheiro.

  3. as mas lingua dizem que essa moça sentava num quiabo
    e teve seis filhos .
    ja pensou se fosse machão teria quantos

  4. ESSA FORTUNA NA VERDADE DEVERIA SER DURAMENTE INVESTIGADA PARA APURAR SUA VERDADEIRA ORIGEM, COMO SE NINGUÉM SOUBESSE QUE VEIO DOS COFRE PÚBLICOS.

  5. DINHEIRO ROUBADO GERA DESGRAÇA NOS DESCENDENTES ! QUANDO O FALECIDO ERA CANDIDATO NÃO DECLARAVA ESSA FORTUNA ! É COMO A MAIORIA DOS DEMAIS POLÍTICOS QUE DECLARA APENAS UM POUCO DO PATRIMÔNIO, MAS NA VERDADE POSSUEM FORTUNAS ESCONDIDAS !

  6. E enquanto isso Eu estudando pro Concurso de
    (Escrevente Técnico Judiciário)
    Certamente irei passar
    afinal, vai acontecer 3 chamadas.

    É muito dinheiro, pra pouco esforço Soh!!

    Como disse o caro colega ai em cima…
    “DINHEIRO ROUBADO GERA DESGRAÇA NOS DESCENDENTES”

  7. Se fossemos uma nação digna do nome Brasil, maioria não se esconderia e não aplaudia os cascateiros que amealham milhões e milhões usando a politica para tapeação.

    Faríamos movimento para saber como e quando políticos, filhos, amigos e demais,conseguiram auferir patrimônio; nome de alguns mágicos;

    Luiz Antonio Fleury, Quércia, Maluf, Serra, Lula, Sarney, Palocci, José Dirceu, Genuíno, Alvaro Dias, José Maria Marim, Apolinário, por ai segue.

    Na verdade,maioria da população esta preocupada com Copa do Mundo e outros eventos com obras superfaturadas que permitirão que canalhas ganhem uma puta nota.

    Se liga São Paulo,

    Acorda Brasil

  8. Este ladravaz fodeu bem gostoso as finanças do Estado de São Paulo, chegou ao cúmulo de atrasar os salários dos funcionários públicos, e tem um monte de parceiro do crime deste verme chorando a sua morte, só a sua família “pensa” que este foi herói, afinal de contas o cara deixou uma baba de herança.
    Poucos sabem, mas quando orestes quércia era governador este tinha um filho que era delegado de polícia, quando o Fleury assumiu do filho do Quércia sumiu, deve ter sido devidamente orientado a sair da Polícia Civil, antes que alguém da quadrilha do Fleury arranjasse uma bela pepa para este, é assim que se formam os “heróis” desta pátria de chuteiras, um monte de ladrão pagando de honesto.

    Estas informações estão estampadas no Wikipédia.

    Acusações de Corrupção

    A carreira política de Quércia foi marcada por escândalos e acusações de corrupção e enriquecimento ilícito, tanto na prefeitura de Campinas quanto no governo de São Paulo. Apesar disso, nunca recebeu uma condenação em última instância. Foi acusado de desviar mourões do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para construir cercas em sua fazenda em Pedregulho (SP); de importar sem licitação equipamentos eletrônicos de Israel; de superfaturar obras do metrô; e de irregularidades na privatização da Vasp.

  9. Orestes Quércia foi casado com “””Alaíde Barbosa Ulson””” desde anos 1980.

    “”ALAIDE CRISTINA BARBOSA ULSON””. Será que é a mesma pessoa?

    SAO PAULO PREVIDENCIA-SPPREV BENEFICIARIO DE SERVIDOR ESTADUAL-IPESP

    Burto R$ 4.522,74
    Total R$ 4.522,74
    Líquido R$ 3.728,51

  10. Fiquei sabendo que no cemitério em que esse ladrão esta sepultado, desde que lá chegou, os outros mortos não tem mais sossego, o maldito rouba tudo que levam aos entes queridos, ou seja, flores, vasos, dedicatórias em bronze até velas, o ladrão quer fazer mais dinheiro, mas não adiante o capeta toma tudo dele, Ladrão é Ladrão, aqui como no inferno.

  11. Boa Noite!

    Senhoras e Senhores.

    Este de cujus, que deixou vários “decujinhos”, certamente esqueceu de dizer aos seus sucessores e descendentes que esta fortuna teria sido garimpada e auferida de vários lugares e que estes (nós) miseráveis infelizmente ainda nos dias de hoje, sofremos com estas faltas e descasos públicos.

    Não sou e muito menos quero ser suporte de nenhuma história dantesca ou chauvinista, mas verdade seja dita: Assim com foi dito por alguns comentaristas anteriores, necessário que se faça uma prévia para que se revejam as contas e registros bancários para se souber da onde realmente saiu todo este dinheiro e, o falecido caso também não saiba, foi Oficial do CPOR e saiu como Capitão e, diz à lenda também que o falecido em meados de 1964, teria financiado pelo Banespa uma DKV Vemag em 36 parcelas e que segundo se sabe também, depois de quase trinta anos, teria contribuído para a venda do mesmo Banco e, seu vencimento (salários) como profissional jamais daria para acumular esta fortuna e, restos de campanha pelo que também se sabe, nunca teriam sido declarados.

    Será que neste nosso mundo ainda conheceremos alguém de peito e aquilo realmente roxo e que tenha entrado definitivamente pela porta da frente nesta contundente história de amor à pátria?

    E será também que teremos uma persona de fino trato que realmente mereça toda a nossa credibilidade e respeito e que tenha acumulado fortunas de maneira licita e dando realmente duro ao contrário de ver e empregar aquilo sempre duro?

    Hoje infelizmente falando, os descendentes deste falecido que, diga-se de passagem, teria também já falecido politicamente no mesmo dia da morte de seu padrinho “Ulisses”, sofrem com os reflexos dos pecados cometidos pelo seu ascendente.

    Lembro-me bem do Doutor Ulisses Guimarães e de suas visitas ao amigo e conceituado proprietário das Faculdades “FMU” da Liberdade (Doutor, Deputado e Professor), aonde também chegou a ministrar várias aulas.

    Existem casos notórios de pessoas que quando em vida, acumularam grandes fortunas de modo estrondoso e até duvidoso e que de maneira assustadora e avassaladora seus descendentes acabaram perdendo, como do dia para a noite.

    Caronte.

  12. O cara rouba a vida toda e ainda recebe como homenagem monumentos com seu nome.

  13. Preço de imóvel residencial em SP cai 35,2% de janeiro a julho
    Informação é de uma pesquisa divulgada pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo
    Ciro Locatelli Líder/PAUTA ECONOMICA

    A queda foi revelada pelo Índice Creci-SP, que é composto pela média de preços de imóveis vendidos e de novos aluguéis contratados
    São Paulo – O preço médio dos imóveis residenciais usados no estado de São Paulo registrou queda de 35,20% de janeiro a julho, de acordo com pesquisa divulgada nesta segunda-feira pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP).
    Leia Mais
    • 19/09/2012 | IPC vai a 0,35% na 2ª de setembro, de 0,31% na 1ª, diz Fipe
    • 18/09/2012 | Dilma veta redução de tributo para alimentos da cesta básica
    • 18/09/2012 | Zona oeste de SP concentra lançamentos comerciais
    • 18/09/2012 | Bilionários ficam mais ricos e milionários empobrecem
    A queda foi revelada pelo Índice Creci-SP, que é composto pela média de preços de imóveis vendidos e de novos aluguéis contratados. Em janeiro, foram considerados preços de venda e de locação de 4.071 imóveis pesquisados em 37 municípios paulistas, incluindo a capital.
    O recuo mensal no preço de imóveis usados em janeiro foi o primeiro desde setembro do ano passado, quando houve baixa de 4,36%, segundo dados da pesquisa. Já nos últimos 12 meses encerrados em janeiro, o preço médio da habitação cresceu 17,96%.
    Apesar do grande recuo registrado ao longo de 2012, o mercado deve continuar essa sequência de baixas ao longo de 2012, avalia o representante do Creci-SP, José Claudio Duneaux Neto. Segundo ele, a queda nos preços é fruto da grande abundãncia de imóveis novos e usados, os quais não são mais absorvidos pelo mercado, configurando uma tendência. “É uma época de superprodução de novos e abundância de usados”. O proprietário de um único imóvel usado não consegue bancar a diferença para adquirir um novo; disso a forte desvalorização . As construtoras estão oferecendo até 40 % de descontos a titulo de “ponta de estoque”
    Duneaux também acredita que, com a queda mais expressiva no preço dos imóveis novos, a procura pelos usados também seguirá em baixa. “O preço do imóveis novos ficando mais atrativos , iinibem o mercado dos usados”. O quadro mais dramático se verifica na Baixada Santista, especialmente Santos e Praia Grande. Os novos lançamentos , salvo uma ou outra obra, são um fiasco. Há edifícios entregues há mais de um ano que não apresentam 25% de ocupação . Unidades em edifícios de alto padrão já estão sendo oferecidas nas mesmas condições de lançamento. Em um mesmo edifício o proprietário tenta vender seu imóvel, pelo qual pagou, em 2010, R$ 1.400.000,00 por R$ 2.000,000,00; já a construtora agora oferece unidade semelhante por cerca de R$ 950.000,00. São os visíveis efeitos da bolha imobiliária decorrente do insustentável preço dos imóveis alavancados por uma lógica puramente especuladora de empreendedores que buscavam lucrar em menos de cinco anos tudo aquilo que não lucraram ao longo de quase 20 anos.
    Vendas e locação
    O número de imóveis residenciais usados vendidos no estado de São Paulo caiu 48,33% em janeiro. Já o de imóveis usados encolheu 44,21%.
    As 1.441 imobiliárias pesquisadas também registraram aumento de 16,48% no número de inquilinos com pagamento do aluguel atrasado. Os inadimplentes eram 3,52% do total de contratos em vigor em dezembro e passaram para 4,10% em janeiro

Os comentários estão desativados.