1. CADÊ A REESTRUTURAÇÃO, ENQUANTO FAZEMOS REUNIÕES OS OUTROS ESTADOS FAZEM REESTRUTURAÇÃO E O CANGAÇO DOMINA.

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/02/1586724-grupos-armados-com-fuzis-fazem-cangaco-no-interior-de-sao-paulo.shtml

    SE TIVESSE UMA POLÍCIA INVESTIGATIVA FORTE, ESTRUTURADA, MOTIVADA, COM BOM EFETIVO E BEM TREINADA ESSA QUADRILHA DEIXARIA DE EXISTIR SEM DARMOS UM TIRO SEQUER, INVESTIGADORES SABEM COMO SE FAZ, MAS AO INVÉS DE INVESTIGAÇÃO SOMOS SECRETÁRIOS DA PM, ESCOLTADORES E BABÁ DE PRESO.

  2. Bom. legal. supimpa. Mas, o policial fará jus ao auxílio moradia. Os juízes tem. Que por sinal o valor é superior a qualquer j de um PC.

  3. sei lá , cada dia uma novidade que na prática não serve pra nada, como disse o colega acima , o importante é reestruturação e salário mas isso parece que entra governo e sai governo ninguém mexe, deve dá muito trabalho e não interessa politicamente, porque faz + de 20 anos que a gente escuta essa ladainha.

    O Ilmo sr DGP. primeiro deveria se informar que a polícia do estado de SP tem capital mas também interior, vamos colocar o exemplo de um delegado que no interior responde por duas e as vezes três delegacias, como vai funcionar isso ? tem que ter autorização de 30 dias ? e o policial que mora em uma cidade a 30 km da outra que em SP corresponde a distancia de um bairro, também vai ter que pedir autorização ? mais papel pra preencher ? como essa polícia gosta de papel , assinatura e carimbo !

    Cadê a porcaria da reestruturação !!!!! ?????

    Hoje metade do efetivo das delegacias no interior é composta por guardas municipais, até bater grade os caras fazem, nada contra os amigos da GC alguns são até bons, mas a maioria veio chutado da prefeitura porque ninguém quer, deu problema ou tá respondendo algum processo. O policiazinha desorganizada e falida essa tem que pedir arrego pro prefeito, lamentável.

    Olha… ainda bem que existe esse Blog , aqui a gente afoga as mágoas e expulsa os demônios, no fundo a gente sabe que nada vai mudar mas é muito bom trocar ideia com os colegas e saber que não estamos sós.

    Sr. DGP , faça alguma coisa na prática, o mesmo blá blá blá de sempre já estamos cansados.

  4. O quê???

    O quê que é isso ???

    Vocês tem que ter autorização pra mudar de casa pra outra cidade ??????

    Nunca vi isso ……

    Qual a finalidade ??? Constitucionalmente isso é possível ???? e se o pedido for negado Você manda a Mulher, os filhos e os cachorros mudar e fica morando no Plantão ???

    Estranho pq não entendi nada a finalidade

  5. calma pessoal vai melhorar . calma ! ouvi dizer que o nosso governo esta criando um grupo de estudos
    e terão no máximo 360 dias para se reunirem, e pensarem no que irão reevindicar aos POLICIAIS CIVIS.

  6. É SO SE MUDAR PARA O PALACIO DO MURUMBI
    O GOVERNADOR MORA LÁ
    PORQUE O POLICIA NÃO PODE .É SO ACAMPAR

  7. Senhores

    A justificativa, para a lei 207, constar esta exigência, do Policial Civil residir na mesma cidade em que é lotado, dá-se ao fato de o funcionário “estar a disposição 24 horas ao dia”, portanto, residindo em local de facil locomoção até a unidade Policial.
    Não acho uma medida justa, mas, no interior, a maioria das pessoas mora em uma cidade e trabalha em outra, ou, outras e por incrível que pareça, não recebe auxilio transporte, alguns até gostariam de exercer atividade onde residem, mas, a necessidade da administração não permite. Não conheço ninguém que goste de andar todo dia na rodovia, correndo risco de acidente e coisas piores, mas é a realidade no interior. Sem contar, que em cidade pequena, a oferta de imóvel para alugar é pouca, e quando encontra algo raramente oferece condições dignas de habitabilidade.
    O Estado também sabe, que antigamente, as prefeituras das cidades pequenas, disponibilizavam moradia para o Policial Civil, se não me engano, também em todo empreendimento habitacional financiado pelo Estado, é reservado uma parcela para Policiais. Mas aí vos pergunto, quem cumpre?

    C.A.

  8. Autorização pra isso… autorização pra aquilo… mais papel… mais carimbo…

  9. E o Dr delegado que acumula DOIS DP em DUAS CIDADES, Vai ter que MORAR NA DIVISA ????? disse:

    Mas peráiii

    E o DR ????

    E o Dr delegado que acumula DOIS DP em DUAS CIDADES, Vai ter que MORAR NA DIVISA ?????

    Ou vai morar num TRAILER ????

    explica pra êu

    Explica pra ê intendê essa órdi

  10. ESTES LÍDERES SINDICAIS ESTÃO DE BRINCADEIRA…SIPESP E AIPESP…JÁ NÃO PAGO MAIS FAZ TEEEEEEMPO!

    ATENÇÃO KIKO, MORRONE DO SIPOL, PESSOAL DO SINPOLSAN, SIPOL SOROCABA, FEIPOL E CIA LTDA…O QUE O POLICIAL CIVIL DE SP PRECISA É O SEGUINTE:

    1) PROMOÇÃO A UMA CLASSE SUPERIOR AO SE APOSENTAR. PM SE APOSENTA E É PROMOVIDO UMA PATENTE. NA PC, DEVERIA SER PROMOVIDO UMA CLASSE, NADA MAIS QUE JUSTO ORA BOLAS! SE JÁ CLASSE ESPECIAL, INCLUIR MAIS 20%.

    2) APOSENTADORIA ESPECIAL COM PARIDADE E INTEGRALIDADE. SEM TER QUE FICAR RECORRENDO A JUSTIÇA.

    3) AUXILIO ALIMENTAÇÃO NO MESMO VALOR DA PM. É UM ABSURDO O PC DE SP RECEBER MENOS. ALÉM DISSO, O ATRASADO DESDE A ÉPOCA EM QUE A PM COMEÇOU A RECEBER ESSE AUXILIO MAIOR.

    4) INSTITUIÇÃO DA JORNADA EXTRAORDINÁRIA DE TRABALHO AO POLICIAL CIVIL. ORA BOLAS, PM E O PESSOAL DA SAP JÁ POSSUEM ESTA BENESSE. NADA MAIS QUE JUSTO, MAS A PC TAMBÉM TEM QUE TER ESSE BENEFICIO.

    E OS CARAS FALAM EM NÃO RETROAGIR NA CLASSE. FAÇA-ME O FAVOR. TEM QUE SER É PROMOVIDO UMA CLASSE. TEM QUE PEDIR NESSE SENTIDO…”PROMOÇÃO A UMA CLASSE SUPERIOR”….OU ISSO SERÁ UM PEDIDO FUTURO….KKKKK

    SINCERAMENTE, VOCES SÃO MUUUUUITO ESPÉRTOS….KKKKKKKK….LAMENTÁVEL!!

  11. Uma merda atrás da outra para tirar todo incentivo do policial, porque não pensam em ideias para recuperar o ânimo do policial, e os PM moram em sua maioria em cidades diferentes do serviço, e os delegados a mesma coisa.

  12. estudante disse:
    08/02/2015 ÀS 21:45
    ESTES LÍDERES SINDICAIS ESTÃO DE BRINCADEIRA…SIPESP E AIPESP…JÁ NÃO PAGO MAIS FAZ TEEEEEEMPO!

    ATENÇÃO KIKO, MORRONE DO SIPOL, PESSOAL DO SINPOLSAN, SIPOL SOROCABA, FEIPOL E CIA LTDA…O QUE O POLICIAL CIVIL DE SP PRECISA É O SEGUINTE:

    1) PROMOÇÃO A UMA CLASSE SUPERIOR AO SE APOSENTAR. PM SE APOSENTA E É PROMOVIDO UMA PATENTE. NA PC, DEVERIA SER PROMOVIDO UMA CLASSE, NADA MAIS QUE JUSTO ORA BOLAS! SE JÁ CLASSE ESPECIAL, INCLUIR MAIS 20%.

    2) APOSENTADORIA ESPECIAL COM PARIDADE E INTEGRALIDADE. SEM TER QUE FICAR RECORRENDO A JUSTIÇA.

    3) AUXILIO ALIMENTAÇÃO NO MESMO VALOR DA PM. É UM ABSURDO O PC DE SP RECEBER MENOS. ALÉM DISSO, O ATRASADO DESDE A ÉPOCA EM QUE A PM COMEÇOU A RECEBER ESSE AUXILIO MAIOR.

    4) INSTITUIÇÃO DA JORNADA EXTRAORDINÁRIA DE TRABALHO AO POLICIAL CIVIL. ORA BOLAS, PM E O PESSOAL DA SAP JÁ POSSUEM ESTA BENESSE. NADA MAIS QUE JUSTO, MAS A PC TAMBÉM TEM QUE TER ESSE BENEFICIO.

    E OS CARAS FALAM EM NÃO RETROAGIR NA CLASSE. FAÇA-ME O FAVOR. TEM QUE SER É PROMOVIDO UMA CLASSE. TEM QUE PEDIR NESSE SENTIDO…”PROMOÇÃO A UMA CLASSE SUPERIOR”….OU ISSO SERÁ UM PEDIDO FUTURO….KKKKK

    SINCERAMENTE, VOCES SÃO MUUUUUITO ESPÉRTOS….KKKKKKKK….LAMENTÁVEL!!

    O que deveriam cuidar realmente é dos itens que o estudante mencionou logo acima, o resto é papo furado para passar o tempo>

  13. ENQUANTO OS OUTROS ESTADOS FAZEM REESTRUTURAÇÃO AQUI EM SP FAZEM REUNIÃO.

  14. com tantas portarias, a nova nomenclatura na reestruturação deveria ser porteiro policial!

  15. As Xs é melhor nem saber ler e deixar de ver tanta abobrinha. Qd um puliça mora na favela do elisa maria e é ripado la pro marsilac , aí pode?

  16. Eu quero é ver como é que vai ser essa audiência de custódia.
    A gente já toma um chá de banco pra deixar um preso no CDP. Aí vai ser outro chá pra tirar, levar no fórum e mais um no retorno.
    E dizem que vai liberar mais policiais para investigação.
    Quem é que assessora o SSP nas questões que envolvem a Polícia Civil? Um capitão da PM?

  17. DENOVO !!!!!!!!!!!

    Cara, não sabem falar 3 palavras sem colocar a PM no meio !!!????

    QUE ABSURDO, como se a PM fosse alguma referência de BOA VIDA ?????

    NEM PARIDADE EXISTE MAIS, esqueceu ???? VOCÊS SÃO CARREIRA JURÌDICAAA J.U.R.Ì.D.I.C.A !!!!!

    Acórda e ESQUECE A PM !!

    Ou presta concurso e VAI PRA LÁ !!!

  18. Essa Polícia está melhor que muitos programas humorísticos. A gente ganha pouco mas se diverte.

  19. Provavelmente o governo já está providenciando um novo grupo de estudos para a reestruturação da PC que diziam que já estava quase pronta, faltando detalhes.

    No fundo o governo pensa que é esperto, que ganha tempo e vai enrolando a polícia, mas o policial é malandro, senão não seria policial, ele também finge que trabalha e então ficam quites. E no meio disso está a população que paga o pato.

  20. Vou explicar o que é essa portaria:

    Os chefes travam criando rondas surpresas, escoltas, reforços surpresas…

    Aí ele liga para os puliças e fala : “cola na base aí urgente”.

    O puliça respondia: “chefe eu moro em tal lugar ….to indo mas vai demorar no mínimo umas 3,4 horas até eu chegar aí ”

    E nao tinha como o chefe colocar no papel. O puliça nao falava nao, mas ele na folga dele ele tava na sua casa.

    É só no cu dos puliças .

    CADÊ a reestruturação ?

    CADÊ o vale alimentação ?

    CADÊ a data base de março que é lei?

  21. Que piada! Quantos e quantos policiais civis paulistas (delegado não conta) que moram em cidades distantes de suas unidades de serviço. Por exemplo, o escrivão mora em Araraquara e tem que trabalhar no DECAP e o pior que se ele pedir pra ir para Araraquara pode correr o risco de a instituição o mandá-lo para Cruzeiro (haja meios próprios). Infelizmente isso aqui não tem jeito. Tive um parceiro que teve que pedir aposentadoria pra retornar à sua cidade e família.

  22. Mais um portaria para desmotivar o policial, querem ferrar o policial, que já trabalha desmotivado por trabalhar na cidade vizinha, incentivo nada.

  23. Essa portaria é para o seguinte motivo:

    Os policiais civis poderão exercer a função em outra unidade distinta da que trabalham, exemplo, o Policia trabalho no Cepol e mora em Campinas, então poderá fazer um Bico Oficial nessa cidade, limitado a dez plantoes mes. Outro exemplo, o cara trampa no DHPP, poderá exercer a função no IRGD em seus dias do folga. Isso tudo é um mapeamento para o Nosso Bico Oficial.

    Outra opção que será dada é poder solicitar remoção para a cidade que mora, nesse caso exercerá o Bico Oficial na mesma unidade que Trabalha.

    O problema é o seguinte, ninguem nos representa, nem sabem que existimos. Todos os Deltas que fazer sua portaria para deixar uma marquinha, e voce que leu todas essas bobagens até e ficou feliz, saiba que é invenção da mente de um desocupado, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  24. Isso é ridículo, ao invés de classificar a cidade do policial, deveria ser classificado por km de distância entre sua residência e seu local de trabalho.

    Se o cara mora no Campanário (Diadema) precisa de autorização pra trampar na 35 ou na 17. Mas se mora nas 7 curvas do Marsilac ele cai pra trampar no 54 ? Pode isso Arnaldo ??????

  25. . . . PCCOQUEMESMO ?????

    http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/epoca-pf-intercepta-ligacao-de-gilmar-mendes-a-investigado-no-stf/

    sic . . A investigação realizada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal desmontou um esquema de lavagem de dinheiro e corrupção no governo do Mato Grosso do Sul. . . .

    Já Cardozo acrescentou ser sua responsabilidade investigar se a Polícia Federal cometeu abusos na execução do mandado judicial.

  26. é hilariante o trecho que diz…
    .
    uso de meios próprios ou transporte público….
    .
    rs rs rs rs…
    .
    não é a toa que a frota de COBALTs já viraram a marca dos 200.000 kms…
    .
    e tome kilometros.. dia após dia…

  27. Meu Deus… parece que aquela cadeira 01 tem algum problema ! Não é possível !
    Com tantos problemas estruturais, falta de pessoal, salário pífio, administrações feudais e corruptas etc. A “portaria nr 02 do 01 vem tratar disso !!!!
    Não dá ! Fecha a porta… foda-se se a luz tá acesa ou apagada !!!

  28. VITAO disse:
    09/02/2015 ÀS 8:55
    quero saber do jacare sem dente qual sua visao-

    CARO VITÃO, É SÓ INVERTER O ENTENDIMENTO DESSA ORDEM, IMAGINA QUE TODOS AQUELES POLICIAIS QUE MORA NA ZONA LESTE E TRABALHA NA ZONA OESTE TEM DIREITO DE ESCOLHA, INCLUSIVE TRANSFERÊNCIA PARA TRABALHAR EM UMA DELEGACIA DA ÁREA QUE MORA, OU O MAIS PRÓXIMO POSSÍVEL ISSO A CRITÉRIO DO FUNCIONÁRIO E NÃO DA ADMINISTRAÇÃO.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  29. Só é mais uma ferramenta, para pedir penico para os dirigentes………….nada mais que isso….

    Eles querem ampliar seus “poderes”…..kkk……………No que interessa ao serviço policial, não mandam nada…..

    Satisfazer EGO ………………é a 1ª portaria………..

    Parabéns……….não dá para dar paulada em ladrão………….dá no funcionário……………pois, Policial já não somos mais….

  30. Aqui em Ribeirão e região o que mais falta é escrivão, mas parece que o DEINTER 9 está pior, por isso vão muitos escrivães para o DEINTER 9.

  31. SIPOL

    9 de fev de 2015
    === REUNIÃO AMANHÃ =====
    REUNIÃO DAS ENTIDADES NA
    SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

    A Sua Excelência: O Senhor Doutor MAGINO ALVES BARBOSA FILHO
    DD. Secretário Adjunto da Secretaria da Segurança Pública – São Paulo – CAPITAL
    Senhor Secretário Adjunto:
    Com os nossos cumprimentos e diante da impossibilidade de termos tido, até esta data, a audiência (solicitada em 8/1 e reiterada em 6/2/2015), com o titular da Pasta, vimos por este confirmar a audiência hoje proposta para as 15 horas do dia 10/2/2015, com V.Exa. Dela deverão tomar parte os presidentes dos seguintes sindicatos regionais de policiais civis filiados a esta Federação: Aparecido Lima de Carvalho (Campinas); Cesar Gava (Jundiaí); Valdir Fernandes da Silva (Mogi das Cruzes); Fábio Morrone (Presidente Prudente); Márcio Pino (Santos) e Maria Aparecida de Queiroz Almeida (Sorocaba), além do Diretor de Organização Jarim Lopes Roseira. Antecipamos a V.Exa. que não abdicamos da pretendida audiência com o Dr. Alexandre de Moraes, com quem pretendemos tratar e dar conhecimento, pessoalmente, das assembleias gerais que serão realizadas pelos oito sindicatos filiados, com o intuito de deliberar sobre as reivindicações há muito prometidas e até hoje não atendidas.
    Aparecido Lima de Carvalho Jarim Lopes Roseira
    Presidente da FEIPOL – SE Diretor de Organização

  32. Portaria para ferrar ainda mais o funcionário que trabalha fora de sua cidade, longe da família e de sua origem, é para foder mesmo, esse D.G.P já mostrou que veio para foder os operacionais, estes que trabalham longe da família, o fazem contra a vontade, essa medida incentiva os policiais, a procurar força politica para irem para suas cidades, e ficar em seus lares, protegendo suas famílias, essa medida afoita do D.G.P só prejudica o policial e sua família, bando de desgraçados insanos, não perdoam nem a família dos policiais.

  33. Muitos policiais trabalham no “Decapastelaria”, porem moram em outros municípios por motivos diversos e simplesmente colocaram o endereço de algum familiar. É simples.
    O estatuto do Funcionalismo Público de SP é de 1968 a Lei Orgânica da Policia Civil de SP é de 1979 a Constituição de 1988 estamos em 2015 e um dos motivos desta instituição estar na UTI nada mais é que a consequência desta desatualização.
    Eu, acho que eles deveriam preocupar-se com coisas mais importantes e urgentes como a falta de Escrivães e Investigadores, sem contar o desrespeito ao “restopol” principalmente carcereiros.

  34. Mais uma portaria para prejudicar o policial e sua família, essa portaria infeliz lembra leis promulgadas no auge da ditadura, o direito de moradia e do bem estar da família é sagrado, portaria digna da época da Alemanha nazista, um absurdo e fere a dignidade e os direitos do policial, essa portaria é um crime contra a estrutura familiar do já sofrido policial.

  35. ESSA PORTARIA É UMA AGRESSÃO A FAMÍLIA DO POLICIAL.

    Essa portaria mostra o desrespeito e a mão de ferro que querem impor contra o policial, importando ou não o seu bem estar e o de sua família, o D.G.P esqueceu que muitos desses policiais tem mães doentes, crianças pequenas, esposas com emprego na cidade onde moram, e trabalham na cidade vizinha por imposição e não por que querem, o D.G,P esqueceu que o policial passa necessidades diversas, que o faz residir na cidade de origem, com certeza esse policial já pediu transferência várias vezes, recebendo de volta o requerimento indeferido. Por doenças de família, filhos, trabalho da esposa e outras necessidades que impedem o policial de mudar de cidade por necessidade, é que faz dessa portaria uma agressão a família do policial e sua qualidade de vida, já péssima pelo péssimo salário.

  36. Tem que dizer ao SSP, para nos devolverem nossos direitos roubados nestes mais de 20 anos de PSDB em SP…

  37. Vou escrever novamente…………………………….querem acabar com a PC ???????

    Deem a aposentadoria especial………………que vamos todos embora……………….os que ficarem, aproveitem e outras secretarias………..

  38. O D.G.P VAI PAGAR AUXÍLIO MORADIA DE R$4000,00 COMO OS JUÍZES? MORO NA CIDADE VIZINHA 20KM DO SERVIÇO, SEMPRE CUMPRI MINHAS OBRIGAÇÕES, TENHO RESIDENCIA PRÓPRIA E DUAS CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR, MINHA ESPOSA TRABALHA NA CIDADE QUE MORAMOS, ESSA PORTARIA PREJUDICA TODA UMA ESTRUTURA FAMILIAR, É UM TAPA NA CARA DO POLICIAL É UMA IMPOSIÇÃO, MINHA ESPOSA TERIA QUE DEIXAR O EMPREGO ONDE GANHA UM SALÁRIO DE R$3500,00, VENDER A CASA E MUDAR AS CRIANÇAS PARA UMA CIDADE COM ESTRUTURA INFERIOR A QUE MORO, LONGE DA AVÓ E TIAS QUE CUIDAM DE MEUS FILHOS, O D.G.P ESTÁ FERINDO A PROTEÇÃO A FAMÍLIA COM ESSA PORTARIA, É UM ATO DE AUSTERIDADE CONTRA A FAMÍLIA DO POLICIAL, O D.G.P ACHA QUE COM UM SALÁRIO DE R$3000,00 UM POLICIAL SUPRE AS NECESSIDADES DE UMA FAMÍLIA SOZINHO? ESSA PORTARIA É UMA AFRONTA A FAMÍLIA E UMA CUSPARADA NA CARA DO POLICIAL.

  39. Não sei se a interpretação desta portaria está correta por todos nós que estamos postando………….

    Mas o Dr. Guerra, poderia se pronunciar, dando sua interpretação……….

  40. Dúvida ???

    Caso o diretor da Unidade, não autorize o Policial (que residir longe, em outra cidade) a trabalhar ali, ……..qual será o destino desse colega ???????

  41. Triste essa portaria nem a PM nos tempos da ditadura vez tal absurdo, não basta atingir o policial com escalas desumanas, falta de efetivo e baixo salário, agora o governo quer atingir a sagrada estrutura familiar do policial.

  42. Como manter a disciplina…………….com um monte de policiais insatisfeitos e com seus direitos roubados ?????

    Nossos dirigentes acham que a saída……………………. É A FORÇA, COAÇÃO, ETC !!!!!

  43. Escassez de água pode minar planos de Geraldo Alckmin para 2018
    Por Vasconcelo Quadros , iG São Paulo | 09/02/2015 16:00
    Texto
    31 pessoas lendo
    Comentários

    Eventual fracasso no gerenciamento da crise hídrica em SP ameaça seu futuro político e reabre velha disputa no PSDB

    O governador Geraldo Alckmin é o primeiro político a depender das imponderáveis forças da natureza para tentar se desviar da avalanche que ameaça deslizar ladeira abaixo sua fama de bom gestor e político vitorioso. “A estiagem vai destroçar a imagem de Alckmin, secando sua pretensão de se tornar o candidato do PSDB à Presidência da República em 2018”, prevê o cientista político Gaudêncio Torquato.

    Pesquisa do instituto Datafolha divulgada no sábado (7) mostra que, três meses e meio depois das eleições, a crise hídrica desidratou Alckmin. A aprovação de seu governo caiu dez pontos no quesito ótimo/bom (dos 48% em outubro, agora ele tem 38%) num momento em que a falta d’água, conforme especialistas, está apenas no começo.

    A crise já antecipa, segundo ele, uma novidade na agenda política: será a água – e não mais a economia – o tema que prenderá a atenção do eleitor nos próximos anos no Sudeste e, em especial, na região metropolitana de São Paulo.

    Leia também:

    + Sabesp corta água em SP e não só reduz pressão, denunciam técnicos da empresa
    + Governo federal é cúmplice de Estados na crise da água, dizem especialistas
    + Medidas para combater crise hídrica em São Paulo são tardias e insuficientes

    Depois de se eleger no primeiro turno e garantir ao ex-candidato presidencial Aécio Neves a mais expressiva votação do País, Alckmin reforçou as críticas ao governo federal e a seu partido, numa clara mudança de discurso para se colocar como alternativa tucana para as eleições de 2018.

    Um eventual fracasso do governador no gerenciamento da crise não só minaria suas pretensões para 2018 como reabriria uma velha disputa interna no PSDB entre Aécio e o ex-governador José Serra. Agora com oito anos de mandato no Senado, Serra pode voltar a sonhar como o Palácio do Planalto. Antes de se recolocar no páreo, o governador paulista terá de fazer um acerto de contas com a população.

    “Os problemas da água não apareceram no ano passado por incompetência da oposição e pelo forte marketing do governo estadual, que escondeu a crise”, diz o ex-deputado, advogado e analista político Airton Soares.

    Cenários:

    + Escolas fechadas, caminhões-pipa e conflitos: como será São Paulo sem água?+ Rodízio é próxima opção, mas não há decisão, diz secretário de Recursos Hídricos
    + Varejo prevê perda de R$ 36,5 milhões por dia com crise da água na Grande SP

    Em um seminário sobre a reforma política na semana passada em São Paulo, Soares disse que a propaganda em horário gratuito, como está sendo feita, engana a população e tem fraudado as eleições. No caso de São Paulo, segundo ele, a propaganda simplesmente escondeu os riscos de um colapso que já era evidente antes do pleito.

    Gaudêncio Torquato completa: “Quando o povo da Vila Sônia e de Sapopemba (regiões da periferia de São Paulo) descobrir que a torneira secou e faltarem os reais necessários para comprar água mineral, haverá revolta e Alckmin vai ser execrado por não ter adotado as medidas preventivas.”. Segundo ele, não haverá, então, estratégia de marketing capaz de evitar o desgaste.

    É consenso entre os climatologistas que as águas de fevereiro e março, se vierem, serão insuficientes para evitar um racionamento mais drástico. E com ele emergirá uma demanda que foi reprimida justamente para evitar que o medo hoje estampado na fisionomia da população ameaçasse o favoritismo do tucano.

    Segurança pública

    Em regiões da periferia de Guarulhos e da zona sul da capital, a presença de viaturas da PM escoltando carros-pipa já é sintoma dos prováveis problemas de segurança que a crise hídrica poderá ocasionar e do desgaste político que ameaça a figura do governador.

    Em artigo publicado no “Le Monde Diplomatique”, quatro especialistas brasileiros – o geólogo Delmar Mattes, o arquiteto e urbanista Renato Tagnin, o engenheiro José Prata e Claudomiro dos Santos – antecipam três cenários possíveis: no melhor, chuvas intensas e volumosas retardariam a crise; no segundo cenário, com chuvas abaixo da média anual, haveria total desabastecimento a partir de abril; no mais complicado, o prolongamento da estiagem resultaria em uma catástrofe.

    Os especialistas alertam que diante da ausência de um plano emergencial ou de contingência, as alternativas individuais de suprimento vão se proliferar, com perspectiva de desorganização dos sistemas de distribuição, aumento de violência e convulsão social. Segundo eles, já há sinais de que a água está sendo buscada onde é possível, a qualquer preço e por meios legais ou não.

    “Enquanto isso, o governo paulista vem se preparando para possíveis manifestações e mesmo graves levantes sociais em razão da falta de água: a alta cúpula da Segurança Pública da Polícia Militar do Estado de São Paulo esteve recentemente nos Estados Unidos, onde manteve contato com a direção da Swat para se preparar e montar esquemas de segurança, passando, portanto, a considerar a falta de água não como um problema social, mas de segurança pública”, afirmam os autores do artigo.

    A perspectiva é ruim para Alckmin. O mote da oposição será o confronto entre o então candidato – que exibia números positivos sobre os recursos hídricos – e o governador reeleito que, na entrevista coletiva depois da audiência com a presidente Dilma Rousseff, na semana passada, falava em esforço “para diminuir ao máximo o sofrimento da população” e em distribuir caixas d’água de graça para a população de baixa renda.

    O curioso é que as críticas à gestão tucana sobre a crise hídrica partiram mais de Dilma do que do PT paulista durante a campanha. Passada a eleição, a presidente reafirmou que apoiará os governos com dificuldades no abastecimento de água – Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo também podem enfrentar escassez –, mas fez questão de frisar que os problemas são dos Estados, conforme reza a Constituição.

    Vaca caminha pela Represa Jacareí, no dia 29 de janeiro: normalmente ali teria água. Foto: Futura PressSituação calamitosa da Represa Jacareí, parte do Sistema Cantareira, no dia 29 de janeiro. Foto: Futura PressCarro no meio na Atibainha devido ao baixo nível da represa: cenário desolador. Foto: Futura PressPedalinhos inutilizados na Represa Atibainha, parte do Cantareira, em janeiro. Foto: Futura PressRepresa Atibainha, em janeiro de 2015. Foto: Futura PressLixo surge na Represa de Atibainha, em janeiro. Foto: Futura PressEm protesto contra a falta de água, governador Geraldo Alckmin é ironizado por manifestantes (26/01/2015). Foto: AP PhotoEm São Paulo, moradores organizaram uma passeata contra a falta de água. Foto: AP PhotoMoradores protestam contra a falta de água em São Paulo (26/01/2015). Foto: AP PhotoProtesto ‘Banho Coletivo na casa do Alckmin’, na manhã desta segunda-feira (23), em frente ao Palácio dos Bandeirantes. Foto: Futura PressFalta de água em São Paulo se agrava e motiva protestos . Foto: AP PhotoRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em setembro; veja mais imagens da situação dos reservatórios do Sistema Cantareira. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura PressSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia Stavis
    Vaca caminha pela Represa Jacareí, no dia 29 de janeiro: normalmente ali teria água. Foto: Futura PressSituação calamitosa da Represa Jacareí, parte do Sistema Cantareira, no dia 29 de janeiro. Foto: Futura PressCarro no meio na Atibainha devido ao baixo nível da represa: cenário desolador. Foto: Futura PressPedalinhos inutilizados na Represa Atibainha, parte do Cantareira, em janeiro. Foto: Futura PressRepresa Atibainha, em janeiro de 2015. Foto: Futura PressLixo surge na Represa de Atibainha, em janeiro. Foto: Futura PressEm protesto contra a falta de água, governador Geraldo Alckmin é ironizado por manifestantes (26/01/2015). Foto: AP PhotoEm São Paulo, moradores organizaram uma passeata contra a falta de água. Foto: AP PhotoMoradores protestam contra a falta de água em São Paulo (26/01/2015). Foto: AP PhotoProtesto ‘Banho Coletivo na casa do Alckmin’, na manhã desta segunda-feira (23), em frente ao Palácio dos Bandeirantes. Foto: Futura PressFalta de água em São Paulo se agrava e motiva protestos . Foto: AP PhotoRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em setembro; veja mais imagens da situação dos reservatórios do Sistema Cantareira. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura PressSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia Stavis
    Vaca caminha pela Represa Jacareí, no dia 29 de janeiro: normalmente ali teria água. Foto: Futura Press
    1/35

    Eleição

    Durante a campanha, Alckmin ocupou o maior espaço da agenda para negar o racionamento e garantir que os estoques de água garantiriam o abastecimento da população. Em reunião com a cúpula da Sabesp meses antes da eleição – cujo áudio acabou vazando –, a então presidente da estatal, Dilma Pena, afirma que “ordens superiores” impediram que a população fosse alertada sobre os riscos.

    “Cidadão, economize água! Isso tinha de estar reiteradamente na mídia, mas nós temos de seguir orientação, nós temos superiores, e a orientação não tem sido essa. Mas é um erro”, afirmou Pena na ocasião.

    Em vez de medidas concretas de enfrentamento à crise, como um sistema de racionamento organizado, o governador prometeu bônus para quem economizasse. Passada a eleição, o bônus concedido a 86% dos consumidores transformou-se em ônus: quem não se ajustar ao padrão de consumo anterior pode ser multado.

    Autor de uma proposta de impeachment contra Alckmin, o deputado estadual Carlos Giannazi, do PSOL, diz que as contradições do governo já foram percebidas pela população, mesmo entre os que votaram no PSDB. Ele sustenta que Alckmin praticou atos que justificam o enquadramento por crime de responsabilidade: “Ele foi irresponsável, leviano, omisso e mentiu para a população, colocando o calendário eleitoral à frente da vida humana, apenas para vencer a disputa. Foi um ato de improbidade”, sustenta o deputado, para quem a imagem do governador já sofre arranhões: “Em três meses a imagem do governador foi de um extremo ao outro”, afirma.

    Dirigente do movimento Avante, que deve se transformar num partido inspirado no Syriza, da Grécia, e no Podemos, da Espanha, o historiador Célio Turino colocou a água como principal item da bandeira ecossocialista. “Em mais seis meses de estiagem, os sistemas de Campinas e São Paulo não terão água. Estamos à beira de um colapso”, diz.

    Dissidente da Rede, Turino coordena um grupo formado basicamente por ambientalistas que deram sustentação à então candidata presidencial Marina Silva fazendo um raio X do sistema hídrico. Ele lembra que sociedades antigas, como os Maias, acabaram quando o sistema de abastecimento hídrico entrou em colapso. Turino responsabiliza diretamente Alckmin pelos graves riscos que rondam a população: “Em vez das obras que estão faltando hoje, a Sabesp preferiu abrir capital na Bolsa de Nova York e distribuir mais de R$ 6,7 bilhões dos lucros entre acionistas internacionais”, cutuca.

    Responsável por uma das piores derrotas já sofridas pelo PT, o ex-ministro Alexandre Padilha, ex-candidato ao governo paulista e secretário de Relações Governamentais do prefeito Fernando Haddad, foi à forra, acusando o governador de ter iludido a população e cometido “estelionato eleitoral” ao jurar que não haveria problemas de abastecimento.

    A assessoria de imprensa de Alckmin diz que a crise vem sendo tratada tecnicamente desde o início e nega que medidas deixaram de ser adotados por conta do calendário eleitoral. Segundo o governo, a estiagem afeta também outros estados e seu prolongamento não foi previsto por nenhum dos institutos que medem as condições meteorológicas.

  44. é fácil resolver esse problema.

    Basta fazer concursos regionalizados e o candidato escolhe a sua região. Pronto.

    Mas acho que não há intere$$e da administração.

  45. Esse Turko demtne nem bem sentou na cadeira e já quer foder os coleguinhas.

    Alguém pergunte a ele a quantos kilômetros da Palestina ele reside.

  46. Queremos um salario justo!!!!!

    Pelo amor de Deus mais uma reuniao!!!!!

  47. Senhores

    Ao meu entendimento, a referida portaria não institui medida alguma, apenas disciplina uma situação já existente.

    C.A.

  48. Esse procedimento ja existia, pelo menos no interior todos que moram em localidades diferente de onde trabalham, requisitavam o pedido de autorização. O interessante que nenhum deles viu a resposta. Acredito que atualmente não tem como se negar a autorização pq 80% da policia não trabalha onde mora.

  49. Para se fazer tal exigência absurda o governo teria que pagar Auxílio Moradia de no mínimo R$1.500,00. Nem na PM que tem disciplina militar com um Policiamento emergencial, preventivo e ostensivo se exige tal coisa, precisamos é de uma REESTRUTURAÇÃO urgente, tal exigência fere a proteção e integridade da família do policial.

  50. Se o cara cumpre com sua obrigação, faz o serviço certinho, que more onde for melhor para sua qualidade de vida, obrigar o funcionário a residir em um local, deve – se exigir também o pagamento de Auxílio Moradia.

  51. Claro que nínguem tem exclusividade sobre o nick aqui usado.

    Mas qual o motivo de alguém utilizar-se de nick idêntico ao que eu utilizo a mais de 3 anos??

  52. Oxigenação disse:
    10/02/2015 ÀS 0:03
    é fácil resolver esse problema.

    Basta fazer concursos regionalizados e o candidato escolhe a sua região. Pronto.

    Mas acho que não há intere$$e da administração.

    MEU CARO, REALMENTE SE O GOVERNO CHEGOU A ESSE PATAMAR ATRAVÉS DE ESTUDOS, O MAIS ACERTADO E HUMANAMENTE FALANDO, SERIA FAZER NA FORMA DA SUAS SUGESTÕES, POIS ASSIM SENDO, NINGUÉM PODERIA CHIAREM, ALIAS É UMA GRANDE PALHAÇADA AS REGRAS IMPOSTAS PELO GOVERNO NESSE SENTIDO, PENSEM BEM, UMA PESSOA QUE MORA NO INTERIOR, TEM LAÇOS FAMILIARES (PAIS, AVÓS,IRMÃOS, TIOS, AMIGOS) QUE SÃO OS VERDADEIROS SUPORTES DO SER HUMANO, E ESSE PARA CONSEGUIR UM EMPREGO PÚBLICO, TEM QUE SUJEITAR A TRABALHAREM LONGE DA FAMÍLIA, PASSANDO MUITO TEMPO DENTRO DE UM ÔNIBUS E LUTAR PARA PARA UMA TRANSFERÊNCIA.
    REGIONALIZAR OS CONCURSOS, E PREENCHEREM AS VAGAS COM PESSOAS DA REGIÃO É AO MEU VER O MELHOR QUE O GOVERNO PODE FAZER, ASSIM SENDO, UM FUNCIONÁRIO TRABALHANDO NA REGIÃO ONDE MORA, NUM SERVIÇO ONDE MAIS SE SIMPATIZA, TUDO FICA MAIS FÁCIL, O ALTO ESTIMA DESSE FUNCIONÁRIO É ELEVADO, E COM ISSO A SUA PRODUÇÃO COM CERTEZA É MAIOR, TEM MAIS DISPOSIÇÃO PARA TUDO, INCLUSIVE ELE PODERÁ DAR MAIS SEGURANÇA EFETIVA A FAMÍLIA, GRANDE MAIORIA DO SER HUMANO, ELE MORA NA MESMA REGIÃO/IMEDIAÇÕES DOS SEUS FAMILIARES MAIS PRÓXIMO, OU PELO AO MENOS GOSTARIA DE MORAR SE TIVESSE SANCHES.
    UM POLICIAL QUE MORA NO INTERIOR E TRABALHA NA CAPITAL, TENDO QUE VIAJAR CONSTANTEMENTE PARA CASA, JAMAIS TERÁS CONDIÇÕES NORMAIS E PSICOLÓGICAS DE DESEMPENHAREM 100% O SEU PAPEL COMO PROFISSIONAL, ELE NÃO TEM NENHUM COMPROMISSO COM OS ACONTECIMENTOS ADVERSOS ONDE NÃO MORA , DO TIPO AUMENTO DA CRIMINALIDADE, ELE QUER MAIS É QUE SE EXPLODA, AGORA POEM ESSE MESMO FUNCIONÁRIO TRABALHAR NA REGIÃO QUE ELE MORA, COM CERTEZA ELE VAI QUERER VIVER NUM LOCAL MELHOR, PRINCIPALMENTE COM MAIS SEGURANÇA, ISSO TEM NOME, ISSO CHAMA-SE ENVOLVIMENTO, SEM PENSAR NO TOCANTE A GASTOS, ELE COM CERTEZA ECONOMIZARIA MUITO, E ESSA ECONOMIA PODERIA SERVIR DE SUPORTE FINANCEIRO NO SEU LAR, BOM DIA A TODOS.

  53. Solução, transfere cada um pra sua cidade até o limite de lotação, não sendo possível alocar todos passa para as cidades vizinhas, depois abre concurso para para preencher as vagas não preenchidas, pronto. Ou então paga auxílio moradia.

    Se estes FDP não cumprem nem a C.F querem cumprir este artigo esdrúxulo. Vai caçar o que fazer.

  54. Essa portaria prejudica a Unidade Familiar, causando transtornos irreparáveis, muitos policiais possuí parentes deficientes, pais com alguma doença entre outras necessidades, acho que o D.G.P esqueceu que policial possuí família, e laços familiares são essenciais para a dignidade do homem.

  55. ESTA PORTARIA ESTA CORRETA. O GOVERNO NÃO É BOBO.

    POLICIAL TEM QUE TRABALHAR PRÓXIMO DE SEUS FAMILIARES. POIS ELE SERÁ VIGIADO PELA ESPOSA FILHOS
    OU PARENTES PRÓXIMOS.

    POLICIAL NÃO PODE VIVER COMO CACHORRO SEM DONO, FAZENDO MERDA LONGE DE SUA RESIDENCIA. MORANDO A 600 KM DE CASA …….. TRABALHANDO PRÓXIMO ,ELE FICARA MAIS TRANQUILO , MAIS CALMO, MAIS PROFISSIONAL, E SERÁ UM ÓTIMO POLICIAL…

    TAMBÉM TEM O PERIGO DO ZORRO VISITAR SUA CASA AS NOITES. , E DEPOIS ELE VAI DESCUBRIR E FICAR BRAVO
    ESTRESSADO, E VAI TRANSFERIR A SUA IRA PARA A POPULAÇÃO.

    DEPOIS VAI QUERER CATAR O ZORRO.. E SERA MAIS UM HOMICÍDIO A MAIS NAS ESTATISTICAS.

    ISSO IRÁ DIMINUIR O ÍNDICE DE HOMICÍDIOS , NO ESTADO.

    MUIÉ DE POLICIA CHEIRA PÓLVORA….KIKIKIKI

    OU VOCÊS ACHAM QUE NÃO EXISTE POLICIAL BOI ?

  56. A cara é o seguinte. Mete-lhe um mandado de segurança e pronto.
    Não discuto mais com chefe. Deu bonde, vou reclamar com o capa preta. O que manda. O resto é resto, é assinador de papel!

  57. DESRESPEITO ATÉ A PM TEM UM PLANO TRANSFERÊNCIA, AQUI NA CIVIL JÁ FIZ 16 REQUERIMENTOS PEDINDO PARA IR PARA MINHA CIDADE E NADA, QUER OBRIGAR O POLICIAL A RESIDIR ONDE TRABALHO QUE PAGUEM AUXÍLIO MORADIA.

  58. PORTARIA MAIS ESDRÚXULA. MORO ONDE EU PUDER PAGAR, SE NÃO QUER QUE EU MORE ONDE MORO, QE PAGUE AUXÍLIO MORADIA, ASSIM COMO OS SENHORES JUÍZES QUE GANHAM MAL PRA CARAMBA.

  59. MAIS UMA DO PLANTÃO….

    um dia eu estava no plantão, quando chegou a pm conduzindo um RAPAZ TRABALHADOR algemado, alegando que o rapaz teria acabado de assassinar a esposa e um homem.

    O delegado perguntou para o rapaz !!! o cidadão é verdade isso que o PM disse ? você matou os dois?

    o rapaz de peito estufado respondeu …
    DR EU ASSUMO , eu ja desconfiava que tava sendo CORNO … fingi que fui trabalhar mas voltei logo , entrei em casa
    e vi que a safada da minha esposa estava transando com o safado na minha cama DR , eu não aguentei ver aquilo e peguei uma faca e enterrei no bucho dos dois mandando eles pro inferno :

    depois ele disse.

    DR EU ASSUMO , FUI CORNO SIM !!! MAS MANSO ? NÃO E NUNCA.!!!!!!!!!!!!!!

    O DR E A EQUIPE FICOU COM DÓ DO RAPAZ , ninguem fez gracinha ELE FOI MUITO BEM TRATADO PELA EQUIPE.
    COM TODO RESPEITO E ADMIRAÇÃO FOI ELABORADO O BÓ DE HOMICÍDIO DOLOSO, E
    POSTERIORMENTE ELE FOI REMOVIDO AO CDP……

  60. ESTA NO SIPOL

    10 de fev de 2015

    Entidades serão recebidas pelo
    Secretário ADJUNTO
    e não pelo Senhor Alexandre de Moraes. SIPOL: se for para…

    ———————————————————————————

    SÓ FALTA QUEREREM MARCAR UMA OUTRA REUNIÃO KKKKKKK

  61. ESTÁ CHEIO DE DELEGADOS QUE MORAM NUM MUNICÍPIO E TRABALHAM EM OUTRO, PRINCIPALMENTE AÍ NA CAPITAL. SE A ADMINISTRAÇÃO AUTORIZAR UM, SEJA POR QUAL MOTIVO FOR, A PORTEIRA ESTARÁ ABERTA PARA TODOS. SE UM TEM QUE MORAR NO MUNICÍPIO EM QUE TRABALHA ISTO SERVE PARA OS DEMAIS…

  62. Iiiiiiiiiiiiiii se nao falar nada ainda da reuniao ja sei o que pela frente. Fala serio

  63. PORQUE VCS ESTÃO PREOCUPADOS, ESTA PORTARIA SÓ VAI SER CUMPRIDA PELOS NOVOS POLICIAIS QUE FOR ENTRAR NA PC A PARTIR DO PRÓXIMO CONCURSO, QUE INCLUSIVE VAI CONSTAR NO EDITAL, AGORA VCS PARA DE PENSAR NISSO E VÃO TRABALHAREM, UMA VEZ QUE A BANDIDAGEM ESTÃO FAZENDO A FESTA, NENHUMA PORTARIA PODERÁ SEREM CUMPRIDA SE ESTIVER EM DESACORDO COM A CONSTITUIÇÃO FEDERAL, SOMOS LIVRES, PODEMOS MORAR ONDE QUISERMOS, DESDE QUANDO ALGUÉM PODE OBRIGAR OUTRA PESSOA A FAZER AQUILO QUE ELA NÃO QUER, PENSEM APENAS UM POUQUINHO SÓ, FALA SÉRIO.

  64. AS CLASSES SINDICAIS SE FORAM ATENDIDOS PELO SECRETÁRIO ADJUNTO, PODEM PENSAR NO PIOR EM UMA NOVA REUNIÃO PARA DAR TEMPO DE PASSAR AO SECRETÁRIO E O MESMO ANALISAR E DEPOIS APRESENTAR UMA OUTRA PROPOSTA KKKKKKK

    VERDADEIRO DESCASO !!!!!!!!!!!!!!

  65. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Quando me abordar, vou perguntar se tem autorizaçao para morar onde mora

  66. Se não tiver autorizaçao por escrito e publicada TEJE PRESO por descumprir PORTARIA kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  67. Trabalho na cidade vizinha (17 km) da cidade onde trabalho, tenho dois filhos, minha esposa é bancária em outra cidade vizinha (29 km ) da residência, e moramos na cidade do meio, meus filhos ficam na casa da Avó e do Avô, sempre cumpri com minhas obrigações, já fiz seis requerimentos pedindo para trabalhar na cidade onde resido, para ficar perto dos meus filhos, e todos foram negados, se eu for forçado a trabalhar na cidade onde trabalho, vou ter esses probleminhas:

    – Minha esposa teria que pedir demissão do Banco do Brasil salário R$3.900,00.

    – Vou ter que alugar uma casa na nova cidade onde trabalho R$1.200,00 (Em lugar bom).

    – Vou ter que contratar babá R$900,00.

    – A escola será mais cara R$1000,00 para os dois 7 e 9 anos.

    TERIA QUE TER AUXÍLIO MORADIA DE R$7000,00.

  68. Nem a Polícia Militar com toda sua rigidez exige tal absurdo, cada soldado volta para suas residências na cidade de origem após o trabalho, essa portaria foi feita para atingir de forma maléfica o policial operacional, mas culminou por atingir o policial e a unidade familiar do coitado, medidas como essa, fere o direito da família, e destrói a estrutura familiar.

  69. Não to nem ai
    Se escolheram esta profissao, aguente as normas existentes, ou entao, peçam baixa e ou demissao e vao prestar para outra coisa.
    É LEI MANO, CUMPRA-SE

  70. Essa portaria obriga o Policial a ficar preso e restrito na cidade onde trabalha, mesmo ele tendo uma cidade com opções melhores de educação, saúde e estrutura nas proximidades? Essa imposição não seria inconstitucional?

  71. Essa Portaria DGP 2 veio regulamentar o artigo 62, X da Lei Complementar 207 desta nobre instituição; como se vê, o Policial que não quiser trabalhar no endereço onde mora deverá requerer aos superiores a autorização para trabalhar em outro endereço que não seja o local de sua residência, por exclusão, então, o Policial que quiser trabalhar em seu domicílio não pode ser impedido pela Administração de exercer sua obrigação, que é de morar no local de seu exercício, sob pena de se estar descumprindo a lei. Se não for atendido pela Administração e imediatamente transferido, caberá mandado de segurança.

  72. E ai TIRA FRANCA! Está lotado em Franca?

    Como que está as coisas por aí?

    Sabe se tem vaga ai pra IP?

  73. Entidades serão recebidas pelo
    Secretário ADJUNTO
    e não pelo Senhor Alexandre de Moraes. SIPOL: se for para…

    SIPOL: se for para ouvirmos as mesmas coisas de sempre:

    1 – vamos criar um grupo de estudo;
    2 – não somos nós quem decidimos;
    3 – temos que ouvir as secretarias de planejamento, gestão e fazenda;
    4 – depois enviaremos para a Casa Civil;
    5 – etc….
    … talvez fosse melhor desmarcar a reunião e partirmos para ASSEMBLÉIA GERAL DE TODAS AS ENTIDADES, em todas as Regiões ou UNIFICADA em uma única cidade, para construção de Pauta, como manda o figurino.
    Mas a FEIPOL é uma Entidade séria. Quer seguir o caminho todo, sem pular degraus. Só que, dessa vez, com toda urgência possível, para que isso não se arraste por MESES.

    _______——————_______________—————————-__________________________

    E ai sipol, depois do que está escrito no site do SINPOL RIBEIRÃO PRETO, o que vai ser feito agora, já que não existe nenhum indicativo de melhora, tanto em termos salariais quanto nas reinvidicações que já haviam sido feitas anteriormente,. só nos resta agora ligar pro Disk-Birra, porque já fomos pro buraco….

  74. VOU MORAR ONDE EU QUISER VAO PROCURAR QUE FAZER

  75. caro amigo jacare sem dente, voce faz um concurso publico para investigador de policia de sp .atualmente mora ca capital,faz academia e quando assume seu cargo ,e transferido para interior paulista de rancharia e justo,seria justo voce receber uma ajuda de custo,pois o gasto que tera e muito grande entre transporte e alimentaçao e moradia.

Os comentários estão desativados.