Número de assassinatos com arma de fogo no Brasil é o maior desde 1980 29

Carlos Madeiro
Do UOL, em Maceió

13/05/201520h30

A edição 2015 do Mapa da Violência, divulgado nesta quarta-feira (13), apontou que o Brasil registrou, em 2012, os maiores números absolutos e taxa de homicídios desde 1980 –ano em que começou a ser feito o estudo.

O levantamento leva em conta dados do Subsistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde. Segundo o levantamento, 40 mil pessoas foram assassinadas por algum tipo de arma de fogo em 2012, uma taxa de 20,7 assassinatos para cada 100 mil habitantes. Os assassinatos por arma de fogo responderam por de 71% todos os 56 mil homicídios registrados no país naquele ano.

A taxa de 2012 é a maior da série histórica do Mapa da Violência, que começou em 1980 e vai até 2012 –ano mais recente com dados do sistema.  Até então, a maior taxa de homicídios tinha sido registrada em 2003 –ano de lançamento do Estatuto do Desarmamento–, quando ficou em 20,4 por cada mil.

Segundo o coordenador do estudo, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, o período de queda da taxa de mortalidade iniciada em 2004, logo após a campanha do desarmamento, foi freada por medidas que deveriam acompanhar a entrada em vigor do estatuto não foram adotadas –e a violência armada voltou crescer no país nos últimos anos.

“Quando você vê um conflito, uma briga na rua com facas, por exemplo, a primeira medida a ser tomada é desarmar os envolvidos. Depois se vê o que se faz para resolver o problema deles. Mas desarmar não é resolver o conflito. No Brasil, primeiro começou a se desarmar, mas os conflitos seguiram. Então você não resolveu o problema. Seriam necessárias uma série de medidas, como melhoria no sistema penitenciário, que não foram feitas”, afirmou.

O sociólogo disse que os dados preliminares de 2013 já mostram que o panorama não deve ser alterado e que a taxa de homicídios por arma de fogo deve seguir alta.

“Temos dados de alguns grandes Estados, mas não ainda de todo o país; mas já dá para perceber que esses números devem se manter, não há nada que aponte para uma redução em breve”, disse.

Mortes violentas

Levando em conta os assassinatos, acidentes, suicídios e causas indeterminadas, entre 1980 e 2012, as armas de fogo foram responsáveis por 880 mil mortes no Brasil.

“Nesse período, as vítimas passam de 8.710 no ano de 1980 para 42.416 em 2012, um crescimento de 387%. Temos de considerar que, nesse intervalo, a população do país cresceu em torno de 61%”, informou o texto do estudo.

O estudo apontou que a evolução da letalidade das armas de fogo não ocorreu de forma constante. O mapa mostra que, entre 1990 e 2003, o crescimento foi “sistemático, com um ritmo acelerado de 6,8% ao ano”.

“Depois do pico de 39,3 mil mortes em 2003, os números, num primeiro momento, caíram para aproximadamente 37 mil, mas depois de 2008 ficam oscilando em torno das 39 mil mortes anuais para dar um pulo em 2012: 42,4 mil. O Estatuto e a Campanha do Desarmamento, com início 2004, constituem um dos fatores determinantes na explicação dessa mudança. Entre os jovens, o processo foi semelhante, mas com maior intensidade”, explica o estudo.

Outra constatação é que as mortes por armas de fogo avançaram em direção ao interior do país.

“Se o país entre 2002 e 2012 registra um aumento de 11,7% no número de vítimas de armas de fogo, nas capitais houve uma queda de 1,6%”, ressalta.

O levantamento também traz uma comparação das taxas de mortalidade por armas de fogo de 90 países ou territórios, o qual o Brasil ficou na 11ª posição.

A Venezuela lidera o ranking com taxa de 55,4 óbitos por armas de fogo. Coreia do Sul, Japão, Marrocos e Hong Kong aparecem com taxa zero de mortes por armas de fogo.

Diferenças regionais

O estudo aponta para a existência de vários “brasis” no quesito violência armada. Nos últimos anos, enquanto a região Sudeste apresentou redução nas taxas, Norte e Nordeste viram as mortes por arma de fogo explodirem entre 2002 e 2012.

“Pode ser observado o forte crescimento da mortalidade na região Norte –135,7%– na década. Em menor escala, também no Nordeste o crescimento foi elevado: 89,1%. Na Região Norte, Pará e Amazonas atuam como carro-chefe desse crescimento, mais que triplicando o número de mortes por armas de fogo no período. Já no Nordeste, a maior parte dos Estados apresenta elevados índices de crescimento, com destaque para o Ceará e o Maranhão”, aponta o mapa.

As regiões Sul e Centro-Oeste tiveram crescimentos mais moderados nas taxas, de 34,6% e 44,9%, respectivamente.

Já o Sudeste foi a única região a evidenciar queda na década, com diminuição de 39,8% na taxa. “Essas quedas foram puxadas, fundamentalmente, por São Paulo, cujos números em 2012 caem 58,6% com relação ao ano de 2002 e também Rio de Janeiro, com queda de 50,3%. Já Minas Gerais teve um significativo aumento de 53,7%”, diz o estudo.

A liderança entre os Estados com mais mortes por arma de fogo continua sendo de Alagoas, com taxa de 55 por cada 100 mil, mais de 15 pontos à frente do segundo colocado, o Espírito Santo, que teve taxa de 38,3 por cada 100 mil.

Entre as capitais, Maceió também lidera, com taxa de 79,9 por cada 100 mil. Levando em conta os anos de 2002 e 2012, apenas 12 capitais conseguiram reduziram a taxa entre 2002 a 2012. O Rio de Janeiro foi a que teve a maior queda, de 68,3%. Já São Luís teve a maior alta: 316%.

O estudo também calculou as taxas de mortalidade nos 1.669 municípios com mais de 20 mil habitantes.

No caso deles, para evitar distorções, a média de mortes por armas de fogo considerada levou em conta os anos 2010 a 2012. O município de Simões Filho, na Grande Salvador, aparece com a maior taxa de mortalidade, tanto na população total, quanto entre os jovens: 130,1 e 314,4 óbitos para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

  1. O estatuto do desarmamento falhou…..apenas preconizar a ideologia de que quanto mais armas na mãos dos cidadãos de bem, mais crimes, levou não só a falsa idéia de que segurança é apenas função do Estado.
    Um cidadão bem armado passa primeiro pelo bem educado e patriota, coisa cada vez mais rara no Brasil. Desde o Estado Novo de Vagas não houve política mais restritiva, o que mostra a real situação em que vivemos…. uma República de bananas. O número de homicídios mostra ainda que estamos na contra mão da civilização…falhamos como país.

  2. Ué cade os desarmamentistas ???????

    Isso mostra que tirar armas do cidadão de bem não adiantou nada….

    É lógico que o Pais teria que fazer muito mais e não fez nada….

    Lamentável

  3. Cês são doido de deixar arma na mão de zé povinho, creio que se não fosse o estatuto, o número seria maior

  4. Depois de exames práticos, teóricos e , principalmente, psicológicos, sou a favor que o cidadão volte a andar armado. Fez cagada perde a arma e porte, nunca mais. Lembro-me quando existia o porte de arma e via quanta gente com cachaça na cabeça virava valente e vivia dando tiro por aí, era só olhar. Não pode ter aqueles valentes de transito, que existiam aos montes…ou seja, fez mau uso, bebado ou drogado, perde a arma. É um começo……

  5. Vou te falar que eu não dou nem o minimo de credibilidade para estatísticas, principalmente se forem do Estado de São Paulo, como o Governo afirma que ele tem o controle sobre esses dados? Fora as conhecidas cifras negras, tem a questão das ocorrências quadradas da PM e o fato de que o Brasil não possui um banco de dados uniformizado para ter o minimo de precisão desses estudos. Como dizia um Professor meu dos tempos de faculdade: “Estatística é aquilo que diz que, se voce estiver com a cabeça dentro de um forno a 100 Graus, e os Pés dentro de um freezer a -100 Graus, ela irá dizer que a temperatura do seu corpo é estável…”

    Sobre o Estatuto do Desarmamento: Não sou a favor das restrições que foram impostas por ele, chegando ao ponto de negar que até nós Policiais não possamos comprar armas com calibres mais poderosos como o 9 mm, porém, também não sou a favor de sair distribuindo arma na mão de qualquer paisano mané, simplesmente porque ele tem grana pra ter e se acha capacitado para tal, e nem vem com aquele papinho de que o cara faz teste psicotécnico e aula para ter que ele já esta preparado, porque se fosse assim, todo mundo que tem CNH é preparado para dirigir porque fez uma porra de exame de loco e fez 5 aulinhas com um instrutor bosta. Isto aqui é Brasil amigo, o dinheiro compra tudo!
    Acho que é uma questão cultural mesmo, Brasileiro é povo submisso e que precisa que o digam o que fazer, se não eles piram!

  6. Simples assim

    Se vc fosse um ladrão
    Fosse praticar um roubo a residência
    Qual residencia vc iria arriscar?????
    Uma que todos tivessem armados ou
    Uma que ninguém tivesse armas?????????

    SOU e SEMPRE serei
    Contra o desarmamento

  7. FIM DA VIOLÊNCIA POLICIAL! A SOLUÇÃO É ACABAR COM O PRESÍDIO MILITAR ROMÃO GOMES. disse:

    O DIFÍCIL É TER QUE ACEITAR ALGUNS MARGINAIS DO ESTADO QUE TÊM O PRIVILÉGIO DE PORTAR ARMAR E AINDA FAZEM CAGADA, ALGUNS BICHOS DESSES ATÉ USAM ARMAS REGISTRADAS OU ATÉ MESMO DO ESTADO PARA COMETEREM CHACINAS E ACHAM QUE NUNCA SERÃO DESCOBERTOS.

    PIOR AINDA É TER QUE ACEITAR QUE FORAM FURTADAS POR UM LADRÃO FARDADO DA ROTA, CERCA DE 20 PISTOLAS .40 DO INTERIOR DA RESERVA DE ARMAS DAQUELE BATALHÃO DE “ELITE” E OUTRAS DA PRÓPRIA SEDE DA POLÍCIA CIVIL, GARRA.

    ISSO É VERGONHOSO, INCLUSIVE TER QUE ASSISTIR NA TELEVISÃO QUE UMA DAS ARMAS QUE O LADRÃO DA ROTA ROUBOU FOI RECUPERADA EM UM HOMICÍDIO ONDE A VÍTIMA TAMBÉM É POLICIAL MILITAR, ISSO É NOJENTO DEMAIS.

    DIAS ATRÁS OS OFICIAIS DEPUTADOS ESTADUAIS TELHADA E CAMILO ACOMPANHADOS DO DELEGADO DEPUTADO OLIM FORAM NA SEDE DO DHPP PRESIONAR A DOUTORA SATO, FAZER MÉDIA PARA A POPULAÇÃO, PARA TER AGILIDADE NO ESCLARECIMENTO DA CHACINA DO “PAVILHÃO NOVE” (TORCIDA DO CORINTHIANS) E O RESULTADO JÁ SABEMOS EM RELAÇÃO DOS AUTORES, AGORA PORQUE ÃO PRESIONAR A POLÍCIA FEDERAL, DEIC, GAECO PARA QUE ESSAS ARMAS TAMBÉM NÃO SEJAM RECUPERADAS E ASSIM SAIRÃO DAS MÃOS DOS BANDIDOS, PROVAVELMENTE DO PRÓPRIO ESTADO DE SÃO PAULO.

  8. Desarmamento foi para ESCRAVIZAR O POVO. Estamos voltando ao EGITO DOS FARAÓS.

    Cada cidadão de bem, quando armado, conta como mais uma força contra o crime. É o EFEITO AUREOLA.

    O Brasil já votou pelo DIREITO DE DEFESA, ou seja, pelo DIREITO À VIDA.

  9. E, para aquele que ainda acreditam no governo para manter a segurança, ontem o GOVERNO APROVOU O FIM DA PENSÃO VITALÍCIA DAS VIÚVAS com o apoio dos esquerdopatas e a venda de cargos públicos para os “honestos” deputados. Há muitos que votaram contra, ainda bem, mas não em número suficiente.

    Ou seja, quem acredita no governo, sinceramente… não dá.

  10. E, pelo mesmo motivo que desarmaram as pessoas de bem, por que não DESARMAR A PM? Isso iria diminuir significativamente o número de mortes por arma de fogo no Brasil.

    A ideia não é minha, é de um deputado e PM de Goiás.

    Óbvio que era uma IRONIA, mas o argumento para manter a PM armada é o mesmo para manter o cidadão armado: DEFESA!

  11. A proibição de armas aos cidadãos deveria ser revista. É um direito se não Constitucional, Natural, de todo cidadão defender a si mesmo e sua família. Se vier a cometer excessos, pagará por eles. Simples. Da mesma maneira, ridículo a proibição de armas a gurdas GCM de cidades pequenas. Como se lá não existisse traficante, ladrão, resistência a prisão etc.

  12. Amanhã será votada a PEC dos policiais, nossos sindicatos organizaram as excursões e cederam ônibus?

  13. Comovidos, policiais pagam fiança de ladrão e fazem compras para ele no DF

    Notícia do UOL

    “Comovidos com a história de um homem que havia sido preso em Santa Maria (DF) por furtar carne de um supermercado, policiais civis da 20ª Delegacia de Polícia (Gama Oeste) resolveram pagar a fiança e comprar alimentos e produtos de higiene pessoal para ele e sua família.

    Desempregado há três meses, o eletricista Mário Ferreira Lima, 47, que mora com o filho de 12 anos, tentou furtar 2 quilos de carne por volta das 16h de quarta-feira (13) em um supermercado, quando foi preso em flagrante.

    Segundo Lima, sua única renda atual são os R$ 70 mensais que recebe do programa Bolsa Família. O recurso ainda não tinha sido depositado na conta dele e, segundo seu relato, só havia R$ 20 dentro da carteira.

    “Coloquei as carnes dentro da bolsa e passei no caixa queijo, mortadela e pães. Porém funcionários do local perceberam e chamaram a polícia. Fiz isso em um momento de desespero. Estava há dois dias sem comer”, conta.

    Segundo o policial Ricardo Machado, ao chegar à delegacia, o eletricista passou mal e desmaiou. “Ele contou que há um ano a mulher foi atropelada e passou oito meses no hospital. Por ter de cuidar dela diariamente, acabou perdendo o emprego. Quando ela se recuperou, foi morar com um filho de outro relacionamento, pois Lima não tinha dinheiro para os cuidados necessários de que ela precisava.”

    O policial contou que a todo o momento Lima se desesperava por conta do filho, que estava sozinho em casa. A preocupação emocionou uma agente, que pagou a fiança de R$ 270. “Fizemos também uma vaquinha de R$ 300 com quase todos os policiais.”

    A agente Kelen Cristina disse que, para ter certeza de que a história era verídica, os policiais foram até a casa de Lima e constataram que a situação era de extrema pobreza.

    “Não havia nada na geladeira nem produtos de higiene pessoal, como pasta de dente e sabonete. Também não havia gás”, afirmou.

    Os policiais levaram Lima ontem mesmo para um supermercado e pediram para que ele escolhesse os mantimentos. “Ele chorou demais e agradecia a toda hora. Não queria nada caro. Percebemos de longe a humildade dele”, disse Machado.

    Apesar da boa vontade dos agentes, Lima pode ser condenado, já que foi preso em flagrante. A pena pode ser de um a quatro anos de prisão em regime fechado

    …”

    http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2015/05/14/comovidos-policiais-pagam-fianca-de-ladrao-e-fazem-compras-para-ele-no-df.htm

  14. A população tem que ser mais criativa… façam como o Rambo (o do filme) usem armadilhas, espetos, facas, arco e flecha !

    Em casa, cercas eletricas, muros altos, portões fechados, 3 cachorros pit bull… ha não esse o governo tbm não gosta, melhor ter puddles agressivos pra não aborrecer o governo.
    Sensores de movimento, cameras e construa uma sala cofre segura em caso de invasão.

    No carro… tem que ser blindado.

    Não saia depois que escurecer, não saia sozinho, não leve objetos de valores, não mostre seu celular, não use relógio, não passe por lugares com placas escrito “risco de assalto” (essas são as melhores).

    Seja um carneirinho e se for assaltado, entregue tudo ao bandido.

    É assim que devemos agir ? isso é vida ?

  15. exescravão disse:
    14/05/2015 ÀS 13:19
    Comovidos, policiais pagam fiança de ladrão e fazem compras para ele no DF

    Notícia do UOL

    ————————————–

    ué . e aquele tal de crime famélico ? onde numa ocorrência desta após as investigações de se constatarem ser
    para matar a fome , no caso é verdade …. fazer um flagrante de furto não é forçar muito a barra ?

    acabaram com o crime famélico ???????????????não existe mais ??????????????

  16. Nunca vi delegado fazendo crime famélicos, com a pessoa comprando mortadela, queijo, pães já vi sim delegado fazendo flagrante de pessoa que furta arroz e feijão, por está no estágio probatório e ter medo que os coxa, informem ao capitão e este informe a corregedoria e o ministério público.

  17. Mas já vi Delegado não fazer nada, já vi até DELEGADO DILIGENCIANDO ATÉ O MERCADO RECOLHENDO VÁRIOS PRODUTOS VENCIDOS E PRENDENDO O GERENTE DO ESTABALECIMENTO. É ISSO.

  18. santander paraguaio (14/05/2015 às 14:17)

    Acho que no fórum deve cair. A própria PC demonstrou, numa “investigação humanitária”, as condições de fome da família.

    Não conheço a PC do DF, mas talvez o delegado tenha decidido tipificar como furto com medo de levar uma prevaricação.

    E meu obrigado a quem ajudou na vaquinha!

    Um dado importante: AS DOAÇÕES DE ALIMENTOS pelas IGREJAS estão DIMINUINDO. As pessoas estão com menos dinheiro, então elas doam menos e, consequentemente, mais pessoas carentes ficam sem comida.

    Eu, graças à incompetência/maldade do senhor governador, já precisei pedir cesta básica na Igreja, eu sei como isso é importante.

  19. não acredito nestas pesquisas divulgadas.

    é impossivel acreditar que são paulo e rio de janeiro são os estados com menor indice de violencia.

    todos tão cansados de saber que sp e rj são os estados mais violentos do brasil…

    que pesquisa mais ridícula esta .

  20. acho que descobri o motivo deste alarme em ref a PEC 300.

    1-a poucos dias melhoraram a situação das empregadas domesticas.- alegra as domesticas.
    2- depois disseram que acabariam com o fator previdenciario.- alegra quem for aposentar.
    3- liberaram varios beneficios para os homossexuais.- alegra os gays.
    4- agora tão falando da pec 300 , mas é só para alegrar a classe das policiais . mais nada.
    5- aprovaram a pec do mp.. alegra o MP.

    isso tudo , é para dizer que estão trabalhando e muito , mas a finalidade é outra , éw para que os brasileiros se esqueçam do mensalão e da petrobras. e estão morrendo de medo da fita do BNDS.

    a finalidade é só isso e nada mais .

    a pec 300 foi aprovada em 1º turno em 2010. e ate agora não falaram mais nada . agora que todos estamos criticando os governantes ,vem eles nos lembrar de novo, só para nos tapear.o intuito deles é só isso.

    continuaremos ganhando um dos piores salarios do pais sendo o estado mais rico da nação…

  21. BÔNUS BÔBUS BÔNUS BÔBUS BÔNUS BÔBUS BÔNUS BÔBUS BÔNUS BÔBUS BÔNUS BÔBUS
    Tudo que é pago em dinheiro ou com coisa material faz parte do salário … então o bônus faz parte do salário e constitui, obviamente, um AUMENTO DISFARÇADO DE SALÁRIO, portanto deve ser estendido aos policiais civis aposentados seguindo um valor médio e isto é facilmente APURADO mediante um rastreio nas folhas: uns receberam R$ 400 e outros R$ 3.600 sem critério justo algum. Associações e Sindicatos o que vocês estão esperando para pedir isto na Justiça ? O Governador de S.Paulo estipulou este bônus simplesmente para que este “aumento disfarçado de salário” não seja pago aos aposentados, não se incomodando se isto vai contra a lei ou não, assim como foi feito com outros “aumentos disfarçados” como o ALE (“adicional de local de exercício”), AOL (“adicional operacional de localidade”) e GAP (“gratificação de apoio policial”) que, de tanto perder nos vários julgamentos no Tribunal de Justiça, resolveu extingui-los ou incorporá-los aos salários. Estas tais de gratificações e o atual “bônus” é uma maneira de enganar os policiais descaradamente, ao invés de pagar um SALÁRIO JUSTO A TODOS.

    Ainda não tem decisão processual a respeito, mas a conclusão se baseia na Emenda Constitucional Federal nº 20 de 15-Dezembro-1998 que alterou o Artigo 40 § 8º da Constituição Federal estabelecendo o seguinte:

    Art. 40 § 8º – Observado o disposto no art. 37, XI, os proventos de aposentadoria e as pensões serão revistos na mesma proporção e na mesma data, sempre que se modificar a remuneração dos servidores em atividade, sendo também estendidos aos aposentados e aos pensionistas quaisquer benefícios ou vantagens posteriormente concedidos aos servidores em atividade, inclusive quando decorrentes da transformação ou reclassificação do cargo ou função em que se deu a aposentadoria ou que serviu de referência para a concessão da pensão, na forma da lei.

    Concluindo, o Governador paga este “bônus” aos policiais em atividade e deixa os policiais aposentados às minguas, chupando o dedo e a ver navios. Será que é tão difícil assim ser justo e honesto ? Há 3000 anos atrás, o Rei Salomão praticou a justiça ao ordenar a entrega do filho à mãe verdadeira numa decisão muitíssima mais difícil que esta relacionada com os policiais civis do Estado.

  22. GUERRA SE VC PUDER, FAZ UM POSTER PARA ESSE ASSUNTO QUE ESTOU TE ENVIANDO, AO MEU VER, TRATA-SE DE INTERESSE GERAL AOS POLICIAIS CIVIS, MILITARES,DAS FORÇAS ARAMADAS, FEDERAIS, AGENTES PENITENCIÁRIOS E GCM DE TODO BRASIL.

    FOI APROVADO NA COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA O PROJETO DE LEI DO DEPUTADO FEDERAL CAPITÃO AUGUSTO, QUE ISENTA POLICIAIS DE IMPOSTO NA COMPRA DE ARMAS.
    ESSE PROJETO FOI APROVADO POR UNANIMIDADE , NA COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS O PROJETO DE LEI Nº 344, DE 2015,DO DEPUTADO CAPITÃO AUGUSTO, QUE ISENTA POLICIAIS MILITARES E OS DEMAIS AGENTES E ÓRGÃOS DE SEGURANÇAS PÚBLICA DO PAGAMENTO DE IMPOSTOS NA AQUISIÇÃO DE ARMA.
    O PARECER APROVADO, NO ENTANTO RESTRINGIU A EXTENSÃO DA ISENÇÃO AO (IPI)- IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS , O QUE MESMO ASSIM TRARÁ CONSIDERÁVEL REDUÇÃO NA REFERIDA TRANSAÇÃO.
    PARA O DEPUTADO CAPITÃO AUGUSTO, TRATA-SE DE UM PORTANTE AVANÇO, POIS VIABILIZARÁ AOS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA CONDIÇÕES DE ADQUIRIR ARMA PARA SUA PROTEÇÃO, O QUE MUITAS VEZES É INVIÁVEL EM RAZÃO DO ALTO CUSTO E DO DEFASADO SALÁRIO DA CATEGORIA; E TAMBÉM PERMITIRÁ MELHOR APARELHAMENTO DOS ÓRGÃOS DE SEGURANÇA PÚBLICA.

    MUITO GRATO

  23. A vitória na Justiça é MAIS QUE CERTA ! Aliás o Alkimino pensa que o Supremo não existe e que todos nós somos uns IDIOTAS e analfabetos e que só ele detém a SUPREMA INTELIGÊNCIA !

    Apenas examinando o art. 2º da Lei do Bônus (abaixo) notamos CLARAMENTE que não só esta própria lei é INCONSTITUCIONAL, ou seja, o maldito “bônus” nem pode ser pago (!) como também ela fere o Art.40 § 8º da Emenda Constitucional 20/1998 que estabelece que qualquer VANTAGEM criada para os ativos deve ser automaticamente ESTENDIDA aos aposentados e, por tabela (como um “efeito dominó”), sobre este bônus desgraçado deve incindir o desconto previdenciário que NÃO ESTÁ sendo descontado patavina alguma ! Veja só que bagunça e ilegalidade que este “governador” pratica juntamente com sua assessoria jurídica que entende que apenas os interesses do Governo Central Estadual é que conta, como se o Estado de S.Paulo não PERTENCESSE ao resto do Brasil e assim NÃO PRECISA obedecer/respeitar a SUPREMA CONSTITUIÇÃO FEDERAL ! Lemos abaixo que o bônus seria uma prestação pecuniária eventual mas jamais deixa de ser uma VANTAGEM e, assim sendo, DEVE ser paga também aos aposentados MESMO QUE DE MANEIRA EVENTUAL e mesmo que num VALOR MÉDIO (pois isto é uma interpretação jurídica LÓGICA) pois a CF assim o determina pela Emenda 20/98 ! Este tal de Alkimino pensa mesmo que todos nós somos bôbos e palermas e somos obrigados simplesmente a aceitar tudo que ele assina.

    Artigo 2º – A Bonificação por Resultados – BR constitui, nos termos desta lei complementar, prestação pecuniária eventual, desvinculada dos vencimentos do policial, que a perceberá de acordo com o cumprimento de metas fixadas pela Administração.
    Parágrafo único – A Bonificação por Resultados – BR não integra nem se incorpora aos vencimentos, proventos ou pensões para nenhum efeito e não será considerada para cálculo de qualquer vantagem pecuniária ou benefício, não incidindo sobre a mesma os descontos previdenciários e de assistência médica.

    Espero que esta pequena explicação ajude a esclarecer o entendimento jurídico dos advogados e assim poderem chegar a uma conclusão final e que seja aceita de pronto pelos desembargadores que darão uma DECISÃO ÓBVIA e JUSTA.

  24. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Bem!

    O dia que a maioria dos brasileiros descobrir que a Lei através dos seus aplicadores, talvez, somente punam com veemência quem pratica um segundo crime;

    O dia que população descobrir que certos seres agem na calada da noite para o prejuízo alheio; e,

    O dia que o cidadão de bem abrir seus olhos e descobrir que está sendo enganado em todos sentidos.
    .
    Bom! Aí quem sabe a coisa pode mudar de figura.

    Alguns ainda até dirão:

    O Caronte está louco. Mas vejam os Senhores o seguinte:

    Não querem maioridade penal; não punem os pais dos menores infratores na questão “educação dos filhos”; não agem com repulsa os traficantes que fazem destes menores seus escudos e ganhos absolutos; não exigem dos pais maior vigilância sobre seu rebanho; não punem os pais que colocam seus filhos em situação de escravidão do crime organizado em troca de algumas migalhas; incutem na cabeça destes incautos a sensação de impunidade; não exigem maior rigor na Lei para estes bandidos que dilapidam o erário publico; e, deixam que pensem que cadeia é sinônimo de colônia de ferias.

    Ainda existem àqueles que também dirão:

    O que tem a ver?

    Poi é, enquanto a população deixar certos seres pensantes pensarem por eles, estas ações serão praticadas.

    Caronte.

  25. 19/05/2015 10h00 – Atualizado em 19/05/2015 11h37
    Marsilac é o distrito de SP com mais homicídios de jovens, diz estudo
    Região da Zona Sul teve 28,6 mortes a cada 10 mil habitantes em 2014.
    Levantamento foi feito pelo movimento Rede Nossa São Paulo.
    Do G1 São Paulo
    FACEBOOK
    mapa marsilac (Foto: Arte/G1)
    saiba mais
    Trinta dos 96 distritos de São Paulo não têm leito hospitalar, diz pesquisa
    62,5% dos distritos de SP não têm espaços culturais, aponta pesquisa
    Conheça Marsilac, único distrito de SP sem casos de dengue em 2015
    O distrito de Marsilac, no extremo da Zona Sul de São Paulo, teve a maior quantidade de homicídios a cada 10 mil habitantes e também a taxa mais alta de mortes de jovens entre 14 e 29 anos em 2014. Os dados estão no estudo “O Mapa da Desigualdade”, elaborado pelo movimento Rede Nossa São Paulo, que será divulgado nesta terça-feira (19) com base em dados da Prefeitura.
    De acordo com a pesquisa, Marsilac registrou média de 28,6 óbitos por assassinato de pessoas entre 15 a 29 anos a cada 10 mil habitantes no ano passado. O índice é 44,5 vezes maior em comparação ao distrito Vila Mariana, que teve a menor taxa (0,64).
    Marsilac também teve 6,16 homicídios a cada 10 mil habitantes no ano passado, número é 34,67 vezes maior em relação ao distrito de Perdizes, que teve o menor índice (0,176) no período. Nos dois cenários, o índice é muito superior à média da capital (1,42 e 4,63, respectivamente). O estudo usa dados do IBGE e do Serviço Funerário do Município de São Paulo.
    O relatório apontou, no entanto, que os distritos de Alto de Pinheiros, Barra Funda e Jaguará não tiveram homicídios no ano passado. Em relação à morte de jovens entre 15 e 29 anos, 15 distritos tiveram indicador zero de assassinatos em 2014.
    Marsilac é o distrito de São Paulo com maior índice de homicídios (Foto: TV Globo/Reprodução)
    Marsilac é o distrito de São Paulo com maior índice de homicídios (Foto: TV Globo/Reprodução)
    Mortalidade infantil
    A região da República foi a que mais registrou mortes de crianças menores de um ano, média de 22,2 óbitos a cada 1 mil nascidas vivas. Os dados mais atualizados são de 2013 e constam no Mapa da Desigualdade do movimento Nossa São Paulo. Moema foi o distrito com menor índice – 1,09 mortes a cada 1 mil nascimentos.
    Nos registros de gravidez na adolescência, Marsilac teve índice de 26,61 de mães residentes no distrito com 19 anos ou menos com filhos nascidos vivos. Já Moema foi a região com a menor taxa (0,585) em 2014.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s