Fodam-se, policiais! 28

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Cidadão tem direito de fazer crítica ofensiva à polícia na Alemanha

Por Aline Pinheiro – CONJUR

9 de junho de 2015, 9h39

Mostrar a insatisfação com a polícia, ainda que com palavras ofensivas, é um direito na Alemanha. O Tribunal Constitucional Federal decidiu que a crítica agressiva contra a atuação policial não é um crime quando direcionada à toda instituição, e não a apenas um policial.

A decisão da corte, instância máxima da Justiça alemã, foi noticiada recentemente por diversos jornais alemães e pelo jornal britânico The Telegraph. De acordo com eles, uma mulher havia sido condenada a prestar 15 horas de trabalho comunitário por usar uma camiseta e um broche com a inscrição “FCK CPS”, abreviatura em inglês que pode ser traduzida como “danem-se, policiais”.

rita-lee

  1. Aqui no Brasil, os policiais já vem se fodendo há muito tempo; mais ou menos, vinte anos, inclusive em São Paulo, gestão anti-policia (psdb).

  2. É mas ve se o cidadão lá tem culhão pra atacar um Policial(ir pra cima),ou o zé povinho fica causando durante a abordagem?Aqui kkkk já se fudemos faz tempo!!

  3. Ex advogado do pcc aparece como papagaio de pirata em entrevista do picole de chuchu em brasilia na tarde de hoje. Revendo as imagens foi possivel constatar tratar-se do secretario de segurança do estado de sao paulo… e nois, mano!

  4. A opinião do povo à respeito da polícia ou dos policiais é pouco ou nada importante para mim. Se o cidadão quer sair gritando ou escrevendo “FODA-SE A POLÍCIA” ele não está me xingando e por isso não me ofendo. Não sou eu quem vai defender a “honra” da polícia e não sou em quem vai se indispor com o cidadão pra levá-lo a uma delegacia, ficar umas duas horas esperando o termo circunstanciado ficar pronto para, depois de meses, ser chamado no fórum, no prejuízo de meu descanso, para afirmar perante o juíz que a “honra” da polícia foi maculada. Meu raciocínio é bem simples: A polícia é representada por seus dirigentes e eu não sou dirigente de nada. Simples assim. Por acaso alguém já viu um dirigente da polícia ir no fórum defender a honra maculada da polícia? Alguém já viu o delegado seccional, o diretor de departamento, o membro do conselho da polícia, o delegado geral, o secretário de segurança pública ou, finalmente, o governador, aparecerem no termo circunstanciado como condutor de ocorrência de desacato? Então, é só seguir o exemplo deles. Se o cidadão fizer afronta direta a mim, resolvo isso diretamente com ele, como cidadão que também sou. Inclusive com processo indenizatório. É fácil e rende dividendos diretos. Se algum colega se dispõe a defender a imaculada honra da polícia, boa sorte!
    Em tempo, ofensivo mesmo, é ouvir o dirigente mor dizer na televisão que vai te valorizar como funcionário e depois de dar um adicional de R$160,00 em duas vezes; ofensivo é ouvir ele, de novo, dizer que vai te pagar um bônus produtividade e depois, mudar as regras do cálculo para o bônus nunca mais atingir o nível máximo; ofensivo é ver o dirigente mor negar sua aposentadoria integral por que, pra ele integral quer dizer “proporcional”.
    Os ofensores de verdade são “os de dentro” e não o cidadão comum. Esse também é vitima do sistema.

  5. Aqui é ao contrario pode-se chingar o policial , que é sempre quem não presta ,o que presta é a policia , haja visto nosso salario.

  6. Olhem, pior do que já está……..se fosse só xingamentos, agora os malas dão tiros na gente!!! Só digo uma coisa: Se vier me ofender vai levar porrada, foda-se quem é, foda-se a Corregedoria. Nós não estamos com essa bola toda, mas quem ofende a Polícia, braço armado do Estado, é vagabundo e bandido e estes, tem mais é que sifu!!!!!!

  7. Gostei do comentário do escriba, parabéns, são comentários assim que nos elevam a sabedoria.

  8. Meus sinceros parabens “escribasempreatento” nota-se pela sua explanação que trata-se de um pensamento muito lúcido. Seria uma utopia, mas quem dera mais profissionais da segurança tivessem essa diretriz.

  9. escribasempreatento,

    Parabéns pela clareza da vossa opinião, aliás, mais que isso, trata-se da mais elogiável conclusão de que a instituição que se sentir negativamente alvejada (entenda-se como vítima de delito caracterizado/tipificado) não tem apenas o DIREITO de defesa, mas, e sobretudo, o DEVER LEGAL de rebater eventuais ataques. Nessa defesa, mostra aos seus integrantes a verdade dos fatos. As que se acovardam, como a Polícia Militar paulista (espécie nefasta de “PMTROBRAS” ou “FIFA de botas”) preferem o tão popularizado subterfúgio conhecido como quem cala, consente.

    Caso queira constatar uma prova dessa covardia da PM paulista, observe meu comentário decorrente da postagem neste Blog, em 18/09/14).

    Eis o título da mencionada postagem: O manifesto de nove entre dez policiais militares: “Quero sair da PM. Não tenho mais aquele brilho no olhar para a polícia, não gosto mais da profissão.”

    “Na faculdade, deixei minha profissão camuflada”, diz PM

  10. . . . orgulho . . honra . . . são apenas palavras

    ou sinais dentro de um processo de talvez evolução . . .

    no meu entendimento apenas um mero acaso processo de sobrevivência

    não mitifico o homem nem endeuso . . .

    criamos linguagem . . .

    ENTRE

    sinais traços impressos . . linguagem

    e

    fatos concretos que unem ou repelem os seres ditos humanos

    =

    existe o abismo infinito DO REAL DA VERDADE DO JUSTO

    este sim que separa os homens das crianças

    entendam como crianças o puro a inocência a paz a natureza como ele é . . .

    e

    entendam homens qualquer coisa que não seja esta criança . . .

    muito pior que a palavra proferida

    é a aparência do mais honesto

    é a vida da mulher de caeser . . .

    não voltamos a selvageria e a barbárie

    criamos coisa nova e ainda sem adjetivo sem nome e muito pior . . .

  11. QUER XINGAR…FALAR MAL….RIR..ZOAR…PRA MIM NÃO MUDA NADA!
    EQUIPE NA VTR É A SEGUINTE: HORÁCIO, MISTER MAGOO E A VELHA SURDA DA PRAÇA.
    SÓ ME INTERESSA O QUINTO DIA ÚTIL.

  12. O Povo perdeu algo de valor muito importante que um dia poderia defendê-lo, isto é, a Moral. A CF prevê esse valor a ser preservado e cultuado a favor da sociedade e contra os malfeitores da sociedade, mas a Sociedade prefere ignorar como regra de ordem a tudo e todos.

  13. eSCRIVA SEMPRE ATENTO, PARABÉNS, FAÇO MINHAS SUAS PALAVRAS! ACRESCENTANDO APENAS QUE PARA SE DEFENDER A HONRA E A MORAL DO QUE QUER QUE SEJA, É PRECISO QUE HAJA HONRA E MORAL A SER DEFENDIDA. PRA BOM ENTENDEDOR, MEIA PALAVRA BASTA.

  14. Aqui em São Paulo a população está defendendo os policiais:

  15. POLÍCIA ESPERTO NO TRAMPO ASSUME ESSE PERFIL!
    PADRÃO BOÇA DE QUALIDADE

  16. Povo = Estado =Polícia
    Se a Policia é uma bosta. O que é o povo????? Se quiser ofender, tente a sorte. Mas vem na fé.

  17. Boa tarde!

    Senhoras e Senhores.

    E tem gente que diz: Arianos os melhores do mundo. Tudo Nazista

    Caronte.

  18. Ei! Ninguém fala em aumento…quando virá? E o NU real quando virá? e a data base março, quando virá? Pelo jeito o pessoal da ativa está contente com a atual situação…aboninho, etc. O etc quer dizer trabalhar em lugares tidos como “bons”, porquanto ninguém reclama da atual situação. Ora gente da ativa, voces vão se aposentar um dia, e ai verão que os seus parentes aposentados, seus amigos aposentados, já morreram na miséria, de fome, e por falta de remédios…..

  19. Senado aprova projeto que torna crime hediondo o homicídio de policiais
    O agravamento da pena previsto no texto alcança o crime praticado contra o cônjuge, companheiro ou parente até 3º grau do agente público de segurança, quando o ilícito for motivado pela ligação familiar. Em todos esses casos, a pena será de reclusão de 12 a 30 anos

    POR AGÊNCIA SENADO | 11/06/2015 15:24
    CATEGORIA(S): DIREITOS HUMANOS, NOTÍCIAS, OUTROS DESTAQUES
    TWEET Share COMPARTILHAR IMPRIMIR
    O assassinato de policiais civis, militares, rodoviários e federais, além de integrantes das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e do Sistema Prisional, seja no exercício da função ou em decorrência do cargo ocupado, agora será considerado crime hediondo e qualificado. É o que determina o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 19/2015, aprovado pelo Plenário do Senado na tarde desta quinta-feira (11). O texto já havia sido aprovado na Câmara dos Deputados no final de março e agora segue para sanção.

    Do deputado federal Leonardo Picciani (PMDB-RJ), o projeto altera o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/1940) e a Lei dos Crimes Hediondos (8.072/1990) para qualificar o delito. O agravamento da pena previsto no texto alcança o crime praticado contra o cônjuge, companheiro ou parente até 3º grau do agente público de segurança, quando o ilícito for motivado pela ligação familiar. Em todos esses casos, a pena será de reclusão de 12 a 30 anos. Hoje, a pena de homicídio simples varia de seis a 20 anos de prisão. O projeto estabelece também que a lesão corporal cometida contra agentes de segurança em serviço, e seus parentes, será aumentada de um a dois terços.

    A proposta tramitou em regime de urgência no Senado – o que permite o projeto avançar etapas e prazos. Por isso, o relator da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), senador Alvaro Dias (PSDB-PR), adiantou seu voto favorável ainda na quarta-feira, no Plenário.

    O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), destacou que o projeto é fruto de um acordo no Senado e classificou a matéria como um avanço para a segurança pública do país. Segundo Renan, a proposta não vai resolver por completo a questão da violência, mas representa um “passo importante”. Ele acrescentou que a segurança pública pede ações profundas como a repactuação das responsabilidades e a definição de fontes permanentes para o setor.

    “Há uma cobrança muito forte da sociedade. O Parlamento há anos estava devendo avanços sobre esse assunto”, afirmou Renan.

  20. Concordo em número, gênero e grau com o Sr. escribasempreatento disse:09/06/2015 ÀS 22:25.

    E acrescentaria mais em todos os equipamentos e utensílios por nos utilizados todos os dias, no caso da PM farda, temos a bandeira o Estado de São Paulo, e no caso PC temos o Brasão do Estado de São Paulo, que representamos o Estado por estes símbolos.
    Mas se a maior autoridade o Estado, na figura do governador, já começa por nos esculachar todos os dias, pelos motivos que todas conhecem, como é que no caso de uma ofensa dirigida a instituição podemos pedir respeito.
    Dá minha parte podem ofender o quanto quiserem as instituições policiais, que não ligo, no estou nem ai, mas se partir para a ofensa pessoal a mim, farei como colega escribasempreatento resolverei no particular, com todos os meios ao meu alcance, simples assim.

  21. Eu quero ver o ‘cidadão’ fazer críticas ofensivas ao Judiciário e os ‘magieestrados’ apoiarem e defenderem o direito de cada um se manifestar. Poliça é tratado como merda em qualquer lugar do planeta.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s