Polícia Civil apreende 14 toneladas de maconha 12

A Polícia Civil apreendeu 14,1 toneladas de maconha no bairro do Jaraguá, na zona norte de São Paulo, que estava dentro de um caminhão que transportava soja.

Ao todo, oito pessoas foram presas em um estacionamento na rua Antônio Moniz Barreiros na noite desta terça-feira (16) no momento em que descarregavam a droga. No local, havia mais dois caminhões e um carro.

A polícia informou que foram dois meses de investigação até chegar ao local onde os criminosos faziam a troca. A droga, segundo a polícia, veio do Paraguai e era comercializada na região metropolitana de São Paulo.

Os criminosos foram presos em flagrante e conduzidos para o Denarc (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico). A droga foi apreendida e seguiu para perícia e pesagem no IC (Instituto de Criminalística).

Divulgação/Polícia Civil
Polícia apreende droga que estava escondida em meio a uma carga de soja
Polícia apreende droga que estava escondida em meio a uma carga de soja

  1. foi so deixarem de perseguir o dr. RUI
    que as canas comecam a aparecer.
    sem ser puxa saco.QUEM SABE SABE

  2. 29/03/2012
    Denarc apreende mais de 700 kg de cocaína e crack em SP 24
    por Flit Paralisante • Sem-categoria
    É uma das maiores apreensões já feitas pelo departamento de narcóticos. Três homens foram presos; várias armas foram localizadas pela polícia.

    Do G1 SP, com informações do Globo Notícia

    Comente agora

    Mais de 700 kg de cocaína e crack foram apreendidos nesta quarta-feira (28) em São Paulo e no interior do estado. É uma das maiores apreensões da história do Departamento de Narcóticos, o Denarc.

    A quadrilha armazenada as drogas em três locais da Zona Norte e quatro da Zona Leste da capital. O laboratório funcionava em Jarinu, a uma hora de distância da capital.

    Também foi apreendida uma grande quantidade de solventes e insumos para a produção de mais drogas. Todo o material era transportado em uma carreta e cinco carros.

    Foram apreendidos ainda trêz fuzis, duas metralhadoras e oito pistolas. Três homens foram presos.

    ————————————–

    Polícia desmonta ‘linha de produção’ de crack em SP

    Bando tinha oito pontos de drogas no Estado; três suspeitos foram presos

    Laboratório tinha até paredes falsas; foram apreendidos 750 kg de drogas, avaliadas em R$ 2 milhões, e armas

    ANDRÉ CARAMANTE DE SÃO PAULO
    Paredes falsas em um sítio, depósitos subterrâneos, carros com compartimentos secretos e um arsenal para proteger um laboratório e sete depósitos usados na produção de crack em São Paulo.

    Essas eram algumas das estratégias usadas por traficantes presos ontem pelo Denarc (departamento de narcóticos) para abastecer “biqueiras” (pontos de tráfico) das zonas norte e leste e também a área central da capital paulista conhecida como cracolândia.

    Três desses locais eram casas na zona norte paulistana; quatro, na zona leste. Todas eram usadas como depósito das drogas. O oitavo local era a base da quadrilha de traficantes e funcionava num sítio em Jarinu (71 km de São Paulo).

    No sítio, os policiais encontraram as quatro paredes falsas que eram acionadas por um sistema automático e usadas para esconder a droga.

    A droga apreendida, segundo estima o Denarc, está avaliada em aproximadamente R$ 2 milhões.

    Pela quantidade de insumos localizados nos oito pontos, os policiais acreditam que os traficantes iam triplicar os 750 kg de drogas.

    Também foram apreendidos três fuzis, oito pistolas, duas metralhadoras e três liquidificadores industriais. As armas eram usadas na escolta das drogas no transporte.

    A investigação -iniciada no final de 2011- teve ontem a prisão de três suspeitos de trabalhar na produção e distribuição do crack. O Denarc investiga a possível ligação deles com o PCC (Primeiro Comando da Capital).

    Para os policiais, a droga apreendida na ação de ontem foi comprada pelos traficantes na Bolívia.

    A primeira pista contra a quadrilha surgiu no fim de 2011, quando uma denúncia anônima levou os policiais do Denarc a passar a monitorar um carro (Fox vermelho) que fazia diversas entradas e saídas no sítio de Jarinu.

    Ao longo da investigação, os policiais descobriram que outro carro exatamente igual ao denunciado inicialmente também circulava muito no mesmo sítio.

    Os dois veículos, que são legalizados e só têm as placas diferentes, foram apreendidos. Ambos tinham fundos falsos para transportar a droga do sítio para as biqueiras.

  3. CADE A VALORIZAÇÃO DO N.U e N.M ????

    CADE O REAJUSTE DE 2015 ????

    CADE AS PROMOÇÕES DA POLÍCIA CIVIL???

  4. SERÁ QUE TEREMOS UM REAJUSTE DE 15% EM 2015 E MAIS 15% PARA 2016 ????

    MERECEMOS NÉ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Parabéns ao Dr. Ruy Fontes e óbvio aos seus tiras, quem trabalha com o Dr. Ruy sabe que pode trabalhar sossegado. Tive a honra de trabalhar com ele e quem o conhece sabe que ele deveria ser nomeado Secretário de Segurança Publica, seria o cargo de envergadura mínima para ele. Um grande abraço Dr.

  6. Enquanto isso aqui no DECAP os tiras paparicando os gansos pé-de-breque para fazer produçao para segurar cadeira. E enquanto os tiras correm com esses gansos fraquinhos que só servem para comprar na biqueira, os malas de verdade nadam de braçada e aqueles tiras da antiga que davam as canas boas já se foram ou estão encostados com tanta delisulão com essa polícia falida.

  7. Alguém aí pode explicar como um cara (vulgo Ratão) foragido, procurado pela PF e pela Interpol por tráfico internacional de drogas, ainda consta como PC e ainda está na lista de promoção por tempo serviço à Classe Especial??

    D.O.E Executivo – Caderno 2 – 14/03/2015
    DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA ADJUNTA
    Comunicado
    Policia Civil do Estado de São Paulo – Divisão de Administração de Pessoal
    Lista nominal dos integrantes da carreira de INVESTIGADOR DE POLÍCIA, com contagem de Tempo de Serviço líquido, apurados em dias até 01-03-2015, com indicação do tempo de efetivo serviço na CLASSE, CARREIRA e SERVIÇO PÚBLICO, para fins de promoção, de conformidade com a L.C. 1.151/11 alterada pela L.C. 1.249/14.

    Investigador de Polícia de 1ª Classe – Efetivo
    POS NOME RG
    1683 Walter Jose Bernal 17503320

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s