CPI do Sistema Carcerário visita presídios de São Paulo 19

A Comissão Parlamentar de Investigação destinada a investigar o Sistema Carcerário  visita nos dias 02 e 03 de julho o Centro de Detenção de Pinheiros, penitenciária de Vencesleu II e ao Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, em São Paulo.  A comissão, integrada por sete parlamentares, irá verificar as condições dos presídios e apurar denuncias de regalias a detentos que integram facções criminosas.

O deputado federal Alberto Fraga (DEM) contou que durante as visitas os parlamentares deverão conversar com os diretores, agentes penitenciários e alguns internos. Também serão analisadas as condições das penitenciárias.  Fraga lembrou que um dos principais problemas dos presídios brasileiros é a superlotação. Ele disse ainda que é necessário enxugar o sistema carcerário de pessoas que poderiam cumprir penas alternativas ou estar em regime semi-aberto.

Na  quinta-feira (02), às 14h,  será realizada uma audiência pública na Assembleia Legislativa para tratar das condições do sistema carcerário paulistano. Entre os convidados da audiência estão o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Alexandre Moraes; diretor do DEIC de São Paulo, Emidio  Machado; secretário de Administração Penitenciária de São Paulo, Lourival Gomes; juiz coordenador do Departamento Estadual de Execuções Crimanais, Luiz Augusto Teotônio, entre outros convidados.

A primeira da visita da CPI foi o Conjunto Penal de Feira de Santana, na Bahia, onde ocorreu uma rebelião que deixou nove detentos mortos, sendo dois decapitados, no fim de maio. Semana passada os parlamentares conhecram o complexo de Pedrinhas, na capital São Luís, onde aconteceram mais de 170 mortes desde 2007, segundo a Sociedade Maranhense de Direitos Humanos.

A comissão é composta pelos deputados  Alberto Fraga  (DEM  – DF),  Rocha (PSDB  – AC), Sérgio Brito (PSB – BA), Fausto Pinato ( PRB – SP),  Major Olímpio  (PDT – SP) e  Roberto Alves ( PRB – SP). A CPI do Sistema Carcerário foi instalada no final de março e tem como tarefa propor  soluções que possam mudar o rumo atual do sistema prisional brasileiro.

Cronograma de atividades

Dia 02 de julho (quinta-feira):
Manhã
– Visita ao Governador Geraldo Alckmin
– Visita ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Pinheiros.

Tarde:
Audiência Pública com debates e a manifestação dos seguintes convidados:

– Alexandre de Moraes – Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo
– Lincoln Gakiya – Integrante do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (GAECO)
– Emidio Machado  – Diretor do DEIC do Estado de São Paulo
– Lourival Gomes – Secretário de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo
– Luiz Augusto Freire Teotônio  – Juiz Coordenador do Deecrim da 6ª RAJ (Departamento Estadual de Execuções Criminais)
– Percival de Souza – Escritor e Jornalista Investigativo Brasileiro
– Fátima de Souza – Repórter do Núcleo Investigativo da Record
– João Rinaldo Machado – Presidente do Sifuspesp (Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo)
– Daniel Grandolfo – Presidente do SINDASP ( Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo)
– Gilson Pimentel Barreto  – Presidente do SINDCOP (Sindicato dos Servidores Públicos do Sistema Penitenciário Paulista)
–  Antonio Pereira Ramos – Presidente do SINDESPE (Sindicato dos Agentes de Escolta e Vigilância Penitenciária do Estado de São Paulo)

Dia 03 de julho (sexta-feira):
Manhã:
– Visita à Penitenciária Presidente Venceslau II.
– Ouvir Roberto Medina – Coordenador de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste)
– Ouvir Funcionários da Penitenciária
– Ouvir Liderança do PCC: Marcos Willians Herbas Camacho (Marcola)

Tarde:
– Visita ao Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes onde possui Regime Disciplinar Diferenciado (RDD).

Elaine Gomes

Assessora de Imprensa Major Olimpio

  1. ESTES CARAS NÃO TEM O QUE FAZER ?

    é facil !!! ja que eles estão preocupados com os encarcerados !!!!! é só cada um deles adotar e levar pra casa
    10 presos , e tomarem conta e educa los tambem……..facilmente esvaziara um CDP……

  2. Tirando o Olimpio, nenhum ai tem interesse em consertar o sistema, eles querer por bandido na rua, se estivessem interessados em fazer algo pela cadeia, combateriam o dominio que os criminosos impõem lá

  3. É uma ótima oportunidade para se manter alguns deles por lá, afinal de contas, estão em casa e em companhia de seus amigos.

  4. É a primeira vez que eu vejo uma investigação divulgar local, hora e data de onde pretendem encontrar provas de alguma irregularidade. Com certeza todas as irregularidades que por ventura existirem continuarão e serão devidamente resguardadas até a chegada dos eminentes parlamentares,

  5. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Boa parte dos envolvidos sabe que visitas assim é meramente política ou por assim dizer: Tampar o sol com uma peneira.

    Problemas existem e não são poucos.

    Que existe uma eventual e gritante intervenção das facções, isto em algumas oportunidades, deixa muito óbvio, pois em determinados momentos podemos notar que certas decisões partem de dentro para fora.

    Sempre do tipo:

    Preciso de alguma regalia ou de alguma atenção. Aí aparece alguns políticos e artistas que autointitulam serem simpatizantes, mas sabemos também que certos interessados

  6. preso tem é que trabalhar para sustentar a sua familia, o estado é só comida e guarda.

  7. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Boa parte dos envolvidos sabe que visitas assim é meramente política ou por assim dizer: Tampar o sol com uma peneira.

    Problemas existem e não são poucos.

    Que existe uma eventual e gritante intervenção das facções, isto em algumas oportunidades, deixa muito óbvio, pois em determinados momentos podemos notar que certas decisões partem de dentro para fora.

    Sempre do tipo:

    Preciso de alguma regalia ou de alguma atenção. Aí aparece alguns políticos ou artistas que se autointitulam serem simpatizantes, mas sabemos também que certos interessados são amigos, amantes ou parentes.

    Poucos se comovem sem uma razão que não enseje ter interesse próprio.

    Que existe uma eventual facilitação de comércio ilegal dentro do Sistema; que exista tráfico ou facilitação à prostituição; que exista influência de Comandos dentro do Sistema; que exista corrupção passiva; e, entre outras adversidades dentro do Sistema, tudo é possível. Pois partindo do pressuposto de que boa parte neste País são suscetíveis a uma boa quantia em dinheiro, inclusive depositada lá fora, é plenamente possível.

    Agora o que não se pode negar é que realmente boa parte deste problema se resuma em ociosidade do preso.

    Muitos presos acham que cadeia é colônia de férias e que a sua família está bem aqui fora sem eles, pois aqui fora elas recebem ajuda do governo e lá dentro alguns serão considerados “os maiorais” com direitos acima do cidadão de bem que paga seus impostos em dia, pois em certas ocasiões eles quando precisam dos préstimos do SUS, não pegam filas por horas a fio, diferentemente dos humildes pagadores de impostos que necessitam dos préstimos daquele Órgão. Eles simplesmente com o auxilio da Lei são os prioritários.

    O Sistema Prisional precisa de uma intervenção urgente e na medida do possível, de privatização e que o preso perca regalias e que comece a trabalhar dentro da cadeia.

    Cadeia é cadeia e não colônia de férias.

    Ou pior ainda, subterfúgio ou conotação para superfaturamento.

    Caronte.

  8. Quero ver de onde vai tirar verba pra resolver o problema… presídio é caro demais !

    Alguém aqui tem alguma idéia de como resolver o problema dos presídios no Brasil ?
    Sinceramente, na situação que se encontra… eu não saberia o que fazer…

  9. Bom Dia!

    Senhoras e Senhores.

    Novamente…

    Boa parte dos expectadores intui que esta visita pode tender para um lado não produtivo ou por assim dizer: Tampar o sol com uma peneira.

    Problemas existem e não são poucos.

    Que existe uma eventual e gritante intervenção das facções em algumas oportunidades deixa óbvio, pois em determinados momentos notamos que certas decisões partem de dentro para fora.

    Sempre do tipo:

    Acham-se os tais e precisam de regalias ou de atenção. Aí aparece algum político ou artista se auto intitulando ser simpatizante, mas sabemos também que certos interessados, ora são amantes, parentes ou parceiros.

    É preciso que se deixe claro que cadeia não é e nunca foi sinônimo de colônia de férias, que preso tem que deixar esta qualificação de lado e labutar honestamente para manter seu sustento, dentro como também fora do Sistema, inclusive a de seus rebentos, pois a sociedade não deve patrocinar muito menos compactuar com seus atropelos.

    Se a população que paga seus impostos em dia soubesse o quanto um preso dá de prejuízo para a sociedade, a muito já estariam revoltados. Além do que, estes fraudadores da paz alheia, nunca contribuíram com o Sistema de Saúde, mas quando presos, usufruem de todos os benefícios sem que haja a necessidade de pegar fila.

    Muitos dizem que o Sistema Carcerário no Brasil está falido ou que sustenta muitos corruptos, mas verdade seja dita, se existe de fato corrupção, seguramente ela não advém dos pequenos, mas talvez, daqueles que evidentemente se locupletam da situação.

    E quem evidentemente poderia ser ele:

    Bem! Diante dos acontecimentos em que diuturnamente observamos através de rádio, televisão e jornais, percebemos que “facilidades” obviamente sempre têm um preço e que certos personagens não aguentam pressões ou tentações, sendo assim, agregados ao fato de que o ser humano sempre estará suscetível às vontades, infelizmente, dependendo do desejo, se renderá pelo melhor preço. Afinal! De acordo com alguns, tudo ou quase tudo neste mundo capitalista pode ser negociável.

    Segundo alguns especialistas, o Sistema Prisional no Brasil, a muito já poderia estar privatizado e o preso trabalhando pelo seu sustento, inclusive a de seus rebentos aqui fora. Preso não pode mais ficar na condição de “ocioso”. Tem que tomar vergonha na cara, aprender um bom Ofício e começar, assim como muitos, a pagar impostos.

    Temos que acabar com a ideia de que preso no Brasil é uma casta de falta de oportunidade ou condição social.

    Caronte.

  10. FACIL ASSIM MEU AMIGO RICKJASON

    É SÓ TERCEIRIZAR O SISTEMA COMO NOS E.U.A

    ACABA DE VEZ A PUTARIA

  11. Pingback: CPI do Sistema Carcerário visita presídios de São Paulo | Blog do Luciano Cesar Pereira

  12. nossos governantes podem estufar o peito e se orgulhar, são campeões em dois quesitos.

    1= nosso pais é o campeão em usuários de cocaina.

    2- nosso pais é campeão em usuários e crack.

    e logo revindicaremos outros quesitos : como 1º em – prostituição- festa funk- festa parada gay- etc.

  13. Ouvir liderança do PCC, é isso mesmo que está na agenda dos caras? PQP, é o fim mesmo. Fecha tudo e começa outra vez.

  14. JÁ TO ATÉ VENDO O QUE VAI SAIR DISSO TUDO. VÃO DIZER QUE O RDD E MUITO CRUEL, O COLOCAR OS LÍDERES DO PCC NO SISTEMA NORMAL. TA TUDO DOMINADO GENTE. O JEITO É SAIR DO BRASIL. SALVEM SE QUEM PUDER. E O FIM!

  15. Charles de Gaulle “O Brasil não é um país sério” e ponto final!!

  16. Esses visitantes ai foram eleitos financiados pelo crime organizado e estão apenas fazendo o seu papel.

  17. Vamos todos sugerir a instalação de uma CPI para levantar a quantas andam a vida miserável que eu levo, com esse salariozinho que não consegue mais, nem chegar ao fim do mês. Faz tempo que está assim, ou sobra mês ou falta dinheiro. E esses políticos fazendo excursão em cadeia. Alguém saberia me dizer o custo total de uma CPI e se alguma deu um resultado que valesse o custo.

  18. ouvir liderança do PCC!! tamo na unha do capeta ne!!, aff…quantas reuniões foram marcadas pra resolver problemas da família policial!!! ??? e nada ???só tomando na TOBaaa, os sindicatos se rastejando para que o desgovernador dê uma solução…e o fdp convidando PCC pra dar opinião ao governo..é o fim…!!!…o APOCALIPSE É AQUI MESMO..A BESTA 666 VAI DOMINAR O MUNDO…começou pelo BRasil…lamentávelmente …MEDONHO!!

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s