Ministro da defesa critica Polícia Civil de São Paulo; de terrorismo ele entende! 21

Wagner chama ataque a Instituto Lula de ‘terrorismo’ e critica Polícia Civil

01/08/15 às 17:31 Folhapress
BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) – O ministro Jaques Wagner (Defesa) criticou neste sábado (1º) a avaliação inicial da Polícia Civil de São Paulo sobre o ataque à sede do Instituto Lula com uma bomba de fabricação caseira e classificou a ação de “terrorismo”. Rebatendo a suspeita dos agentes de que se tratava de um ato de “baderneiros” e não de um crime político, Wagner afirmou que os responsáveis pela ação mexeram em valores “intocáveis” da democracia. “Eu acho que [o ataque] é grave e acho que foi pobre a afirmação da Polícia Civil de São Paulo porque não se trata de ter sido alguém organizado ou não”, afirmou o ministro em Salvador, antes de reunião do diretório do PT da Bahia, Estado que governou entre 2007 e 2014. “Está se criando um clima no país em que alguém se acha no direito, seja ele quem for, pode ser um cidadão comum, de chutar as costas do prefeito de Maricá (RJ) ou de botar uma bomba explicitamente no local de trabalho de um [ex-presidente]”, acrescentou. “Isso é inadmissível para qualquer um, porque o terrorismo é a pior forma de se trabalhar as diferenças.” Segundo ele, “não se trata de ser um baderneiro”. “O baderneiro não jogou a bomba para o alto, jogou no Instituto Lula”, disse. Sem citar nomes, Wagner se referiu aos grupos que defendem o impeachment da presidente Dilma Rousseff como responsáveis por incentivar ações similares. “A tentativa de quebra da regra da naturalidade da democracia é que eventualmente embala loucos como esse que jogou a bomba. Porque outros, sem serem loucos iguais [ao que arremessou o artefato], [o] embalam.” O ministro está na Bahia acompanhado do presidente nacional do PT, Rui Falcão, que também criticou a avaliação da Polícia Civil e chamou o episódio de “ato de violência contra a maior liderança que o país já produziu”. Veja vídeo BOMBA O artefato com material inflamável e pregos foi arremessado por ocupantes de um carro sedã escuro às 22h18 de quinta-feira (30), na sede do Instituto Lula, no Ipiranga, zona sul de São Paulo. A bomba provocou danos no portão da garagem. Os estragos foram percebidos pelos primeiros funcionários a chegar ao trabalho no instituto, às 8h de sexta-feira (31). Nas redes sociais, a presidente Dilma Rousseff creditou o ato à intolerância. O Instituto Lula foi criado em 2011, com o término do segundo mandado do ex-presidente Lula, em substituição ao Instituto da Cidadania, onde o petista debatia propostas políticas antes de ser eleito, e cuida do acervo histórico do ex-presidente. A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo determinou a abertura de uma investigação e a realização de uma perícia pela Polícia Civil.

  1. Boa noite!

    Senhoras e Senhores.

    Sinceramente! Quando considerar ato como:

    Baderneiros, vandalismo ou terrorismo?

    Colocar fogo em ônibus, danificar patrimônio e proibir o ir e vir do povo é o quê?

    Atirar fogo em cidadão?

    Mentir, roubar, dilapidar o erário e negar direitos do trabalhador?

    Atirar bomba caseira em lojas de autos e outros lugares públicos?

    Quebrar a estabilidade financeira de um povo?

    Criar onda de desemprego, alta de juros e aumento de impostos?

    Ignorar direitos à cidadania e democracia?

    Invadir Delegacia e enfrentar Policiais com equipamentos bélicos proibidos?

    Utilizar e instruir menores como soldados do tráfico de drogas?

    Criar movimentos para desmoralizar governos?

    Atentar contra a vida do cidadão comum é igual à atentar contra uma pessoa pública?

    Há controversa em tudo?

    Caronte.

  2. A policia civil do estado de são paulo tem que se empenhar em esclarecer todos os casos, principalmente de politicos que dilapidam o erario publico. A roubalheira generalizada, escancarada da maquina publica a nivel federal é notoria, vide petrobras. Cabe ao povo parar de colocar corruptos no congresso, nas prefeituras, nos estados para que esse pais valorize o patrimonio da população.

  3. Atos como esse, de jogar ou colocar artefato, numa casa, ou qualquer lugar que seja é inadimissivel. Mesmo que esse ato tenha ou não conotação politica.

  4. primeiro o tal mini$$$$$$$$$$$$$$$$$$tru não tem certeza de nada nem imagina nada nem pensa nada ele acha

    ele é achador

    ele acha tesouro de pirata nota de 3 e por ai vai . . .

    mas achando e errando ele acertou . . .

    “Eu acho que [o ataque] é grave e acho que foi “””””””pobre”””””””” a afirmação da Polícia Civil de São Paulo . . .

    realmente somos pobres

    pq nos aterrorizaram horrorizaram genocidaram

    gente da tua laia nos impôs via terror a condição de pobres…

    mini$$$$$$$tru do krlhu . . . . vsfudfdp….

  5. Ae Jaques Wagner……………ficou na bronca………………corrija a LC 144/2014, explicitando a Integralidade e Paridade………

    e verás que metade da PC de SP sumirá……………..fica a dica ai…..

  6. Falou o ministro que, quando governou a Bahia, enfrentou duas greves da Polícia Militar e triplicou homicídios e roubos a banco.

  7. Caronte: compartilho integralmente do que escreveu!!!! Tudo que vem desse partido de merda, junto com o outro atual no estado, não deve ser levado em consideração. O primeiro então, nem se fala!!!! Se nossa polícia tivesse poder, prá nao dizer culhões, prá mexer com políticos………..

  8. O pior é quando fuzilam um policial na porta de casa, e a polícia civil e militar afirma a tese de latrocínio (familia fica sem direito ao seguro). Isso sim é terrorismo.

  9. Um fraco rei faz fraca a forte gente. Se usa dispositivos para descaracterizar o tráfico. Se usa dispositivo para sucatear a investigação e a Polícia Civil. Se faz acordos com a bandidagem fortalecendo o crime organizado e que o amado e perfumado tem moral para reclamar?

  10. Confusão no 50 DP. PM tentou sitiar o distrito por conta de um pau que um auxiliar de papi tomou deles! disse:

    50 DP, ontem: auxiliar de papi toma um couro da PM e corre para o DP. PM cerca delegacia. GOE apoia! Coisa feia!

  11. Então vejamos quem atira bomba contra o patrimônio alhei é um ato de terrorismo?, então porque os black blocks não são tratados como terroristas, salvo engano o crime de terrorismo não prescreve, então porque alguns integrantes do PT não são presos por tal crime?.

  12. Para quem não acreditou no fim da Licença Prêmio Governador Alkimin no segredo encaminha o projeto de sua extinção

    Governador encaminha projeto para extinguir a licença prêmio de servidores Civis e Militares.

    Associação Paulista dos Técnicos Judiciários – APATEJ – http://www.apatej.org.br/?pg=noticias_interna&id=3322
    Nesta quinta-feira, 30/7, a Apatej teve conhecimento do Projeto de Lei do governador Geraldo Alckmin que retira o direito dos servidores do estado de São Paulo à licença-prêmio.
    “Mais uma vez, o governador tucano traz prejuízos ao servidor. Este projeto é um ataque direto a um importante direito trabalhista conquistado, após muitas lutas da categoria”, ressalta o presidente da Apatej, Marinho.
    A partir desta notícia, a Apatej junto com outros segmentos do Funcionalismo Público vai promover reuniões e atos diversos em protesto contra o projeto.
    Conheça o projeto na íntegra abaixo:

    Comissão de Entidades se reúne na Alesp para discutir PL e decretos do Governo que prejudicam interesses dos servidores

    No dia 17/8, a Apatej e demais entidades representativas do Judiciário paulista se reunirão na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), a partir das 14 horas, para discutirem Projeto de Lei do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que suspende minutas da licença-prêmio, e outros decretos que deverão ser enviados à Casa de Lei que interferem em bonificações e premiações diversas, estabelecidas por lei, dos servidores públicos do Estado de São Paulo.

  13. A PC paulista vai ser respeitada quando fizer o que a PF está fazendo no Lava Jato.

  14. MAS FOI ALGUM POLICIAL CIVIL COMPROVADAMENTE QUE JOGOU ESTA BOMBA NESTE LOCAL, SE FOI, DEVERA IMPUTAR ISTO NA PESSOA DESSE FUNCIONÁRIO, E NÃO NA INSTITUIÇÃO QUE NADA TEM A VER, OS DEMAIS FUNCIONÁRIOS NÃO PODEM E NÃO DEVEM PAGAREM POR ALGO QUE NÃO FIZERAM, ENTÃO SENHORES MINISTROS, DEVO ACONSELHAR VCS A IREM CAGAREM TÁ, VÃO PROCURAREM ALGO DECENTE E ÚTIL PRA FAZEREM, QUE TAL DAR UMA AJUDA AO PESSOAL DA LAVA JATO HEM, QUEM NÃO TEM NADA PRA FALAR, QUE PERMANEÇAM COM AS BOCAS FECHADAS.

Os comentários estão desativados.