Epílogos – Gregório de Matos 4

Gregório de Matos

Epílogos

Que falta nesta cidade?…………….Verdade

Que mais por sua desonra?………..Honra

Falta mais que se lhe ponha……….Vergonha.

O demo a viver se exponha,

Por mais que a fama a exalta,

numa cidade, onde falta

Verdade, Honra, Vergonha.

Quem a pôs neste socrócio?……….Negócio

Quem causa tal perdição?………….Ambição

E o maior desta loucura?……………Usura.

Notável desventura

de um povo néscio, e sandeu,

que não sabe, que o perdeu

Negócio, Ambição, Usura.

Quais são os seus doces objetos?….Pretos

Tem outros bens mais maciços?…..Mestiços

Quais destes lhe são mais gratos?…Mulatos.

Dou ao demo os insensatos,

dou ao demo a gente asnal,

que estima por cabedal

Pretos, Mestiços, Mulatos.

Quem faz os círios mesquinhos?…Meirinhos

Quem faz as farinhas tardas?………Guardas

Quem as tem nos aposentos?………Sargentos.

Os círios lá vêm aos centos,

e a terra fica esfaimando,

porque os vão atravessando

Meirinhos, Guardas, Sargentos.

E que justiça a resguarda?………….Bastarda

É grátis distribuída?………………….Vendida

Que tem, que a todos assusta?…….Injusta.

Valha-nos Deus, o que custa,

o que El-Rei nos dá de graça,

que anda a justiça na praça

Bastarda, Vendida, Injusta.

Que vai pela clerezia?………………Simonia

E pelos membros da Igreja?……….Inveja

Cuidei, que mais se lhe punha?…..Unha.

Sazonada caramunha!

enfim que na Santa Sé

o que se pratica, é

Simonia, Inveja, Unha.

E nos frades há manqueiras?………Freiras

Em que ocupam os serões?…………Sermões

Não se ocupam em disputas?………Putas.

Com palavras dissolutas

me concluís na verdade,

que as lidas todas de um Frade

são Freiras, Sermões, e Putas.

O açúcar já se acabou?………………Baixou

E o dinheiro se extinguiu?………….Subiu

Logo já convalesceu?…………………Morreu.

À Bahia aconteceu

o que a um doente acontece,

cai na cama, o mal lhe cresce,

Baixou, Subiu, e Morreu.

A Câmara não acode?……………….Não pode

Pois não tem todo o poder?………..Não quer

É que o governo a convence?……..Não vence.

Que haverá que tal pense,

que uma Câmara tão nobre

por ver-se mísera, e pobre

Não pode, não quer, não vence.

 

——————————————————-

 

Gregório de Matos

OBSERVAÇÕES:
Gregório de Matos, já em Portugal, tinha reputação de poeta satírico e improvisador. Quando chega ao Brasil em 1682 começa a satirizar os costumes do povo de todas as classes sociais baianas e dos nobres. Desenvolve uma poesia corrosiva e erótica, apesar de ter andado por caminhos líricos e sagrados. Criticava o governador, o Clero, os comerciantes, os negros, os mulatos, os colonos, os bachareis, os degredados lusos que conforme comentamos neste trabalho eram trazidos para o Brasil e aqui enriqueciam, etc. Criticava a incompetência, a promiscuidade e a desonestidade.
Encontrou uma sociedade em crise que passava fome com a decadência econômica do açúcar brasileiro, o qual passou a perder mercado e preço para o açúcar das Antilhas; enquanto os comerciantes (portugueses na maioria) acumulavam riquezas com a importação e exportação de produtos.
Neste poema ele retrata exatamente estas características de forma irônica mostrando a paisagem moral ou “imoral” na verdade de Salvador, Bahia, nossa capital na época colonial; e assim abriu espaço para a língua do povo e as manifestações nativistas de nossa literatura com autores que passaram a criar uma consciência crítica nacional, a qual ainda demorou um século para concretizar-se realmente.

Bibliografia:
Biografia de Gregório de MatosDisponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Greg%C3%B3rio_de_Matos>.
Acesso em: 11 out. 2013.

Análise do poema: Epílogos
Disponível em: <http://nelsonsouzza.blogspot.com.br/2010/03/analise-do-poema-epilogos.html>.
Acesso em: 11 out. 2013.

PRODUZIDO POR: DANIELA MENEGASSI E GEZIEL ALVES DE MELO 

http://estudandoletrassempre.blogspot.com.br/2013/10/analise-do-poema-epilogos-de-gregorio.html

  1. – MAIS 14 ASSASSINOS FARDADOS DA PM PRESOS NA CAPITAL DO TUCANISTÃO. –

    Eles foram presos após uma ocorrência que terminou com duas morte, na noite de quinta-feira, em Piritubana, zona norte da capital

    Catorze policiais da Rota, grupo de elite da PM (Polícia Militar) de São Paulo, estão detidos na corregedoria da corporação.

    Eles foram presos após uma ocorrência que terminou com duas morte, na noite de quinta-feira, dia 6, na Avenida Doutor Felipe Pinel, em Pirituba, na zona norte da capital.

    A Secretaria de Segurança Pública informa, em nota, que dois suspeitos foram mortos durante uma troca de tiros com policiais.

    O PMs foram detidos porque o relato deles sobre a ocorrência não bateu com as informações registradas no GPS das viaturas.

    Ainda segundo a pasta, durante a ação, foram apreendidos um revólver, um colete balístico, duas bananas de dinamites e uma submetralhadora 9 milímetros.

    A identidade dos suspeitos que morreram e dos policiais detidos ainda não foi divulgada.

    by: noticias@band.com.br

    OBS.: Certamente o Comando Inútil e Estrelado já está redigindo outra nota, afirmando tratar-se de mais um ( talvez o milésimo ) FATO ISOLADO.

  2. Parabéns a quem lembrou-se de Gregório de Matos (boca do inferno), grande poeta satirizador da sociedade corrupta brasileira, os maçons e alfaiates da Conjuração Baiana (1796) devem estar se remoendo no túmulo, assim como o poeta, porque após 300 anos as coisas continuam as mesmas.

  3. Boa noite!

    Senhoras e Senhores.

    Nosso País é dos “oēs”.

    Grilhões; milhões; bilhões; pobretões; ladrões; anões; espertalhões; cifrões; chifrões; bobões; cu…; babões; vampirões; sapa…; e,

    Enfim:

    Falta prisões e todos se dizem ser, filhos de uma boa mãe.

    Caronte.

  4. E ainda… as diretorias do Decap e Demacro, cobram a tal “produção”, com contagem de pontos, porém esquecem que as cadernetas mensais continuam a todo vapor, caça-níquéis á cada esquina, verdadeiras “lojas” de tráfico de drogas funcionando sem serem incomodadas, desmanches tranquilos, contrabando se fortalecendo, e ainda no dia dá magnifica ronda, todos que estão em dia com suas “obrigações” são avisados, enfim , querem passar para a população que a P.C está trabalhando, utilizando-se dessa forma, ou seja, exigem que policiais se redobrem e que esqueçam os péssimos salários, para que outros segurem as cadeiras e não percam a arrecadação!

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s