Jornalismo da Folha “trabalha” contra Alexandre de Moraes na Secretaria da Segurança Pública ironizando sua gestão e atribuindo-lhe responsabilidade por chacina 96

O governador Geraldo Alckmin durante a apresentação do novo secretário de segurança pública, Alexandre de Moraes. Data: 17/12/2014. Local: São Paulo/SP. Foto: Edson Lopes Jr/A2 FOTOGRAFIA

O governador Geraldo Alckmin durante a apresentação do novo secretário de segurança pública, Alexandre de Moraes. Data: 17/12/2014. Local: São Paulo/SP.
Foto: Edson Lopes Jr/A2 FOTOGRAFIA

ANÁLISE

Chacina na Grande SP é 1° grande revés para secretário de Alckmin

EDUARDO SCOLESE
EDITOR DE “COTIDIANO”

14/08/2015 08h15

A série de ataques com ao menos 20 mortos na Grande São Paulo é o primeiro grande revés da gestão de Alexandre de Moraes na Secretaria da Segurança Pública.

O advogado filiado ao PMDB assumiu o cargo em janeiro, no início do novo mandato de Geraldo Alckmin (PSDB). Desde então, reforçado por seu próprio discurso, acumulou uma sequência de dados positivos: interrompeu longa sequência de aumento no número de roubos, investiu na estrutura de trabalho dos policiais e, principalmente, viu os casos de homicídios atingirem no mês passado a menor taxa da série histórica no Estado: 9,38 casos por 100 mil habitantes (no acumulado dos 12 meses anteriores).

O sucesso rápido também levou o secretário a ousar voos mais altos. Bem mais altos. Nos bastidores, seu nome passou a ser cotado para a disputa da Prefeitura de São Paulo no ano que vem. Para isso, teria de trocar o PMDB pelo PSDB, do governador Geraldo Alckmin. A negociação segue intensa e o próprio secreário não descarta a ideia. “O futuro a Deus pertence”, disse, em recente entrevista à Folha.

Confiante em seu gestão, até esnobou a presença da Polícia Rodoviária Federal em território paulista. Disse que, para dar um “salto” de qualidade na segurança, gostaria de retirar os agentes federais das rodovias que cruzam o território paulista, assumindo a polícia paulista toda essa responsabilidade. Ouviu logo um “não” do Ministério da Justiça.

Sempre com os números e os holofotes ao seu lado, ainda fez um agrado político ao governador, que é pré-candidato ao Planalto em 2018. Fatiou a divulgação do balanço mensal das estatísticas de violência e organizou um evento apenas para Alckmin falar da queda do número de ocorrências de homicídios dolosos (quando há a intenção de matar).

Agora, antes de pensar no policiamento da Dutra e da Régis Bittencourt, na troca do PMDB pelo PSDB ou num agrado ao chefe, o secretário terá de explicar rapidamente o que aconteceu em Osasco e Barueri e como serão as investigações da noite mais violenta do ano na Grande São Paulo.

——————————————

Evidentemente, artigo sob encomenda para desqualificar o atual Secretário de Segurança Pública. 

Quem serão os interessados ?

  1. Oras, a culpa não é só dele, mas de quem comanda ele e as polícias deste estado. O governador é o culpado pela morte desses 21 e de todos os demais que morreram e que morrerão até o fim do mandato dele! Pode trocar de secretários a vontade, mas enquanto não trocar de governador essas coisas continuarão acontecendo! Uma polícia unificada, reestruturada, bem remunerada e equipada seria a solução, porém, isso é apenas um sonho bem distante! Boa sorte a todos e que Deus nos proteja!

  2. Segundo o portal da transparencia do estado: http://www.transparencia.sp.gov.br/despesas.html , a arrecadação até o momento é de 130.049.944.953,76 (130 bi) e as despesas até o momento: 17.667.291.794,31 (17 bi). O SECRETARIO DISSE EM REUNIÃO COM SINDICATOS QUE O ESTADO ESTA SEM RECURSOS DEVIDO A “CRISE”. SENDO ASSIM, NAO PODE ATENDER AS REIVINDICAÇÕES DE REAJUSTE E OUTRAS. SERÁ VERDADE?

  3. Isso vamos falar de reajuste, o iluminado chegou a dizer que o reajuste caso aconteça não passará de dois dígitos. Tá certo secretário, a única coisa que passou de dois dígitos esse ano foi execuções dos agentes de segurança.

  4. ATENÇÃO SENHORES POLICIAIS CIVIS – ATENÇÃO AIPESP, SIPESP, SINPOL RP, FEIPOL SE, SINPOLSAN, ADPESP, SIPOL PRUDENTE E SIPOL BAURU – ACORDEM…

    PRECISAMOS URGENTEMENTE DE:

    1- APOSENTADORIA ESPECIAL COM PARIDADE E INTEGRALIDADE. (CHEGAR DE TER QUE ENTRAR NA JUSTIÇA. QUEM TÁ ENTRANDO TÁ GANHANDO E DEPOIS VAI COBRAR O TEMPO QUE TRABALHOU HÁ MAIS).
    2- PROMOÇÃO A UMA CLASSE SUPERIOR QUANDO SE APOSENTAR. (SE CL. ESPECIAL + 20%,,,COM CORONEL DA PM É ASSIM)
    3- REAJUSTE SALARIAL
    4- REAJUSTE DO AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO. (GANHAMOS MENOS QUE A PM)
    5- REESTRUTURAÇÃO, REVENDO OS CRITÉRIOS E TEMPO PARA PROMOÇÃO. (NÃO DÁ PRA FICAR 15 ANOS NA 3ª CLASSE).

    ACORDEM PELO AMOR DE DEUS!

    OBRIGADO

  5. culpa EXCLUSIVA do psdb…que há 20 anos ferra com os policiais e com os tontos que continuam votando neste partido

  6. Robson disse:
    14/08/2015 ÀS 9:50
    Oras, a culpa não é só dele, mas de quem comanda ele e as polícias deste estado. O governador é o culpado pela morte desses 21 e de todos os demais que morreram e que morrerão até o fim do mandato dele! Pode trocar de secretários a vontade, mas enquanto não trocar de governador essas coisas continuarão acontecendo! Uma polícia unificada, reestruturada, bem remunerada e equipada seria a solução, porém, isso é apenas um sonho bem distante! Boa sorte a todos e que Deus nos proteja!

    MEU CARO ROBSON, VC FOI 100% FELIZ NAS SUAS COLOCAÇÕES, CONCORDO PLENAMENTE COM ELAS, BESTEIRAS NAVEGAR CONTRA A CORRENTEZA, VÃO REMAR, REMAR, E EM VÃO ESTAR SEMPRE NO MESMO LUGAR OU ATE VOLTAR NO TEMPO.

  7. jurassica disse:
    14/08/2015 ÀS 11:12
    culpa EXCLUSIVA do psdb…que há 20 anos ferra com os policiais e com os tontos que continuam votando neste partido

    MINHA CARA, MAS EM QUEM VOTAR ENTÃO, NO PT DE DILMA E LULA?, NÃO TEMOS OPÇÕES, A POLICIA NÃO ELEGE GOVERNADOR, MAL CONSEGUE ALGUNS DEPUTADOS ESTADUAIS E FEDERAIS!

  8. AUDIÊNCIA COM SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA

    Feipol Sudeste, juntamente com todos os sindicatos filiados, Campinas, Santos, Ribeirão Preto, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Marilia, Presidente Prudente e Jundiaí, estiveram reunidos em audiência no dia 11/08/2015 – (terça feira), para tomar conhecimento da pauta de reivindicações encaminhada pela Feipol Sudeste em consenso com os sindicatos filiados no dia 20 de janeiro de 2015 via Delegacia Geral e tivemos os seguintes posicionamentos do Excelentíssimo Senhor Secretário de Segurança Pública Dr. Alexandre de Moraes.

    Itens da pauta encaminhada em janeiro de 2015;

    1- Nível universitário para carreiras de investigador e escrivão de polícia.

    Resposta do Secretário: O atendimento desta reivindicação pelo governo de São Paulo, deverá ser feito a longo prazo e solicitou a federação que encaminhe para a Secretária de Segurança Pública o resultado do grupo do trabalho que tratou do assunto na Assembleia Legislativa de São Paulo entre membros do governo e deputados estaduais.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Quanto ao nível universitário o que falta é vontade política do governo em progredir nesta questão, uma vez que em 2012 já foi criado um grupo de trabalho entre membros do governo e parlamentares da ALESP e quase nada foi resolvido.

    2- Aposentadoria especial de policiais civis com paridade e integralidade.

    Resposta do Secretário: O secretário não se posicionou a respeito do item da pauta.

    Entendimento da Feipol Sudeste: A Feipol Sudeste está buscando medidas judiciais para sanar as ilegalidades impostas pelo governo de São Paulo no que diz respeito ao reconhecimento da aposentadoria especial com paridade e integralidade previsto nas leis 51/85 e 144/14, uma vez que já existem centenas de ações judiciais favoráveis com trânsito em julgado no TJ de São Paulo e decisões no STF.

    3- Manutenção na classe na data da aposentadoria do policial civil, independente de estar 5 anos.

    Resposta do Secretário: O Secretário se posicionou totalmente favorável à manutenção da classe na data da aposentadoria independente de estar 5 anos e que já entrou em entendimento com a PGE, para mudar este entendimento, uma vez que duas secretarias de governo já adotam este procedimento de aposentadoria na classe.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Com referência permanência a classe na data da aposentadoria, independentemente de ter transcorrido 5 anos, o TJ de São Paulo tem decidido favorável em diversas ações com trânsito em jugado referente a esta questão, por tratar-se de flagrante ilegalidade imposta aos policiais civis pelo governo de São Paulo por conta de entendimentos de procuradores do Estado.

    4- Isonomia de vencimentos de policiais civis que migraram do nível fundamental para o nível médio.

    Resposta do Secretário: O Secretário não respondeu conclusivamente sobre esta reivindicação e nem sinalizou que exista qualquer estudo ou projeto de lei a ser encaminhado para a ALESP.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Com relação as carreiras de níveis fundamental que migraram para o nível médio, o presidente da Feipol Sudeste insistiu com o Secretário para a correção desta distorção salarial argumentando que não é razoável que o Estado de São Paulo continue exigindo um nível médio de escolaridade e pagando o policial civil como se fosse nível fundamental, e sustenta que já passou da hora de corrigir este tipo de manobra usada pelo governo de São Paulo.

    5- A – Encaminhamento de projeto de lei que institui o DEJEC, nos moldes do DEJEM da Polícia Militar.

    Resposta do Secretário: Se posicionou totalmente favorável ao encaminhamento deste projeto e já iniciou estudo com a Secretária de Planejamento para viabilizar o encaminhamento de projeto de lei que atenda esta reivindicação.

    Entendimento da Feipol Sudeste: DEJEC, esta reinvindicação o próprio Secretário da Segurança Pública já informou que já iniciou o estudo para viabilizar o tratamento igualitário entre os policiais das duas instituições, mas precisamos de agilidade neste processo uma vez que a polícia militar já recebe este benefício (DEJEM) desde o final de 2013.

    5-B- Gratificação por função acumulada (GFA)

    GFA é uma gratificação para o policial civil que cumulativamente desempenhar sua função em mais de uma unidade policial.

    Resposta do Secretário: Não respondeu conclusivamente sobre esta reivindicação que é paga aos Delegados de Polícia com a denominação de GAT.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Até por uma questão de justiça está gratificação deveria ser estendida para todas as carreiras que trabalham cumulativamente em outras unidades policiais e nada recebem por este trabalho.

    6- Equiparação do auxílio alimentação pago aos Policiais Civis, nos mesmos valores pagos a Policia Militar.

    Resposta do Secretário: Concorda com a equiparação dos valores pagos para os policias das duas instituições, mas entende que se faz necessário um ajuste na legislação através de projeto de lei.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Auxílio alimentação, esta é uma reivindicação que nem precisaria ser solicitada uma vez que deveria ser iniciativa da própria Secretária de Segurança pública e do governo de São Paulo, pagar igualmente o auxílio alimentação para os policiais das duas instituições.

    A Feipol Sudeste estará atuando junto a Delegacia Geral e Secretária de Segurança Pública no sentindo de viabilizar o mais rápido possível a tramitação de projeto de lei que corrija esta distorção, buscando apoio na base parlamentar do governo na ALESP.

    7- Pagamentos de bônus para setores excluídos da Policia Civil.

    Resposta do Secretário: O Secretário disse que estão sendo feitas reuniões com a ONG que integra o sistema de pagamento para que sejam estabelecidos novos redutores de índices de criminalidade, inclusão na produtividade das diligências que não resulta em prisão em flagrante, também deixou aberto um canal de comunicação com as entidades de classe com a Secretária de Segurança Pública para encaminhamento de setores que não foram incluídos.

    Entendimento da Feipol Sudeste: O benefício do bônus, no entendimento desta federação deveria ser pago a todos os policiais civis, técnico cientifico e policiais militares, uma vez que o serviço de Segurança Pública prestado pelos policiais destas instituições, só chegam a um resultado satisfatório com a parcela de participação de cada um, seja na função fim ou meio o que produzirá provas para elaboração do inquérito policial e processo penal que servirá de base para futura condenação de um criminoso. O Senhor Secretário de Segurança Pública abriu canal de comunicação para as entidades de classe para inserção de setores não incluídos.

    8- O déficit de Policiais Civis na instituição dando ênfase a carreira de Escrivão de Polícia.

    Resposta do Secretário: O Secretário disse ter o conhecimento do problema mas ponderou que os concursos da Policia Civil demoram demais para serem finalizados exemplificando que os concursos em andamento são na sua maioria de 2013 e que está solicitando informações para a academia de polícia sobre o problema e que fará estudo para dar maior celeridade ao processo.

    O Presidente da Feipol Sudeste argumentou que a maior urgência na reposição nos quadros da polícia civil é sem sombra de dúvida a de Escrivão de Polícia, uma vez que um Escrivão de Polícia chega a suprir a demanda de 10 Escrivães, ficando responsável em algumas unidades policiais por até 1.500 inquéritos policiais.

    Entendimento da Feipol Sudeste: O que constatamos ao longo de mais de uma década é que a instituição polícia civil vem sofrendo gradativamente um desmonte sistemático na reposição de seu quadro de policiais, o que diminui de forma significativa o poder de investigação na instituição, que é sua principal função de existir. Destaca-se dentre as carreiras o colapso no déficit de escrivães de polícia em todo o estado de São Paulo, o que requer medidas urgentes de reposição do déficit desta carreira, sob pena da instituição cair ainda mais no descrédito da população, porque de nada adiantará um eficiente serviço de investigação sem a devida formalização de um inquérito policial bem elaborado pelo escrivão de polícia, inquérito este que é a base da formação do processo penal no poder judiciário, e com o aumento da falta deste profissional cada vez mais os inquéritos policiais estão sendo elaborados por escrivães ad hoc, sem qualquer formação profissional em nossas academias de polícia, trazendo como consequência inquéritos mal formalizados e o descrédito da nossa instituição.

    9- Reivindicação de 15% de reposição salarial para 2015.

    Resposta do Secretário: O assunto está sendo analisado para as secretarias de segurança e educação, mas não atingirá dois dígitos.

    Entendimento da Feipol Sudeste: A reposição salarial dos policiais civis é prevista na CF em seu artigo 37-parágrafo X e também em lei estadual (data base) prevista para 1° de março de cada ano. Ocorre que o governo de São Paulo vem postergando sistematicamente a reposição salarial dos policiais civis, onde a reposição salarial no exercício anterior foi paga pelo governo no último mês do ano. Esperamos que neste ano o governo de São Paulo anuncie o mais breve possível a reposição salarial que é um direito dos policiais civis previsto na CF e em lei estadual, o que minimizaria os efeitos da alta inflação que atinge a todos.

    Feipol Sudeste, juntamente com todos os sindicatos filiados, Campinas, Santos, Ribeirão Preto, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Marilia, Presidente Prudente e Jundiaí, estiveram reunidos em audiência no dia 11/08/2015 – (terça feira), para tomar conhecimento da pauta de reivindicações encaminhada pela Feipol Sudeste em consenso com os sindicatos filiados no dia 20 de janeiro de 2015 via Delegacia Geral e tivemos os seguintes posicionamentos do Excelentíssimo Senhor Secretário de Segurança Pública Dr. Alexandre de Moraes.

    Fonte site ” Feipol Sudeste”

  9. A muito tempo a secretária de (in)segurança do Estado de São Paulo tem-se tornado trampolim para descompromissados com a causa da segurança, para alçar vôos políticos, várias nulidades de todos os naipes que passaram ou sentaram naquela cadeira são exemplos disto. Fleury, Saulo, Pinto…..e muitos mais.

    O jornalista fez uma constatação que salta aos olhos, este cretino foi tudo e mais um pouco quando da sua passagem pela prefeitura “cuidava” da CET até transporte público a garagem de ônibus e mais o cabal, não fez boa gestão na prefeitura.
    Na SSP continua a mesma água, só holofote números manipulados e blá, blá, blá…….
    na sua gestão não mudou absolutamente nada na sua gestão, poderia ficar aqui apontando o dia todo vários e vários exemplos de que nada mudou, só para apimentar:

    Qual delegacia está tirando ou já retirou alguma sucata do pátio?
    Onde está os 30% de policiais liberados com o advento da audiência de custódia?

    E para as carreiras da polícia civil.
    Diárias nos mesmos valores da PM?
    Retrocesso na classe?
    Concursos?
    Certidões do DAP?
    O que ele fez?????????

    São exemplos, bobos, de que este idiota não fez nada de nada pela segurança pública, só trololó,e papo furado.
    Ops falha minha a ONG “Instituto sou da Paz” deve ter levado uma belíssima grana para bolar supimpa projeto do bônus isto é só que ele tem a mostrar.

  10. Se a Dilma é culpada até da minha brochada, nada mais justo que o que ocorre DENTRO DO ESTADO DE SP seja responsa do PSDB. Parabens Folha.

  11. AUDIÊNCIA COM SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA

    Feipol Sudeste, juntamente com todos os sindicatos filiados, Campinas, Santos, Ribeirão Preto, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Marilia, Presidente Prudente e Jundiaí, estiveram reunidos em audiência no dia 11/08/2015 – (terça feira), para tomar conhecimento da pauta de reivindicações encaminhada pela Feipol Sudeste em consenso com os sindicatos filiados no dia 20 de janeiro de 2015 via Delegacia Geral e tivemos os seguintes posicionamentos do Excelentíssimo Senhor Secretário de Segurança Pública Dr. Alexandre de Moraes.

    Itens da pauta encaminhada em janeiro de 2015;

    1- Nível universitário para carreiras de investigador e escrivão de polícia.

    Resposta do Secretário: O atendimento desta reivindicação pelo governo de São Paulo, deverá ser feito a longo prazo e solicitou a federação que encaminhe para a Secretária de Segurança Pública o resultado do grupo do trabalho que tratou do assunto na Assembleia Legislativa de São Paulo entre membros do governo e deputados estaduais.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Quanto ao nível universitário o que falta é vontade política do governo em progredir nesta questão, uma vez que em 2012 já foi criado um grupo de trabalho entre membros do governo e parlamentares da ALESP e quase nada foi resolvido.

    2- Aposentadoria especial de policiais civis com paridade e integralidade.

    Resposta do Secretário: O secretário não se posicionou a respeito do item da pauta.

    Entendimento da Feipol Sudeste: A Feipol Sudeste está buscando medidas judiciais para sanar as ilegalidades impostas pelo governo de São Paulo no que diz respeito ao reconhecimento da aposentadoria especial com paridade e integralidade previsto nas leis 51/85 e 144/14, uma vez que já existem centenas de ações judiciais favoráveis com trânsito em julgado no TJ de São Paulo e decisões no STF.

    3- Manutenção na classe na data da aposentadoria do policial civil, independente de estar 5 anos.

    Resposta do Secretário: O Secretário se posicionou totalmente favorável à manutenção da classe na data da aposentadoria independente de estar 5 anos e que já entrou em entendimento com a PGE, para mudar este entendimento, uma vez que duas secretarias de governo já adotam este procedimento de aposentadoria na classe.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Com referência permanência a classe na data da aposentadoria, independentemente de ter transcorrido 5 anos, o TJ de São Paulo tem decidido favorável em diversas ações com trânsito em jugado referente a esta questão, por tratar-se de flagrante ilegalidade imposta aos policiais civis pelo governo de São Paulo por conta de entendimentos de procuradores do Estado.

    4- Isonomia de vencimentos de policiais civis que migraram do nível fundamental para o nível médio.

    Resposta do Secretário: O Secretário não respondeu conclusivamente sobre esta reivindicação e nem sinalizou que exista qualquer estudo ou projeto de lei a ser encaminhado para a ALESP.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Com relação as carreiras de níveis fundamental que migraram para o nível médio, o presidente da Feipol Sudeste insistiu com o Secretário para a correção desta distorção salarial argumentando que não é razoável que o Estado de São Paulo continue exigindo um nível médio de escolaridade e pagando o policial civil como se fosse nível fundamental, e sustenta que já passou da hora de corrigir este tipo de manobra usada pelo governo de São Paulo.

    5- A – Encaminhamento de projeto de lei que institui o DEJEC, nos moldes do DEJEM da Polícia Militar.

    Resposta do Secretário: Se posicionou totalmente favorável ao encaminhamento deste projeto e já iniciou estudo com a Secretária de Planejamento para viabilizar o encaminhamento de projeto de lei que atenda esta reivindicação.

    Entendimento da Feipol Sudeste: DEJEC, esta reinvindicação o próprio Secretário da Segurança Pública já informou que já iniciou o estudo para viabilizar o tratamento igualitário entre os policiais das duas instituições, mas precisamos de agilidade neste processo uma vez que a polícia militar já recebe este benefício (DEJEM) desde o final de 2013.

    5-B- Gratificação por função acumulada (GFA)

    GFA é uma gratificação para o policial civil que cumulativamente desempenhar sua função em mais de uma unidade policial.

    Resposta do Secretário: Não respondeu conclusivamente sobre esta reivindicação que é paga aos Delegados de Polícia com a denominação de GAT.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Até por uma questão de justiça está gratificação deveria ser estendida para todas as carreiras que trabalham cumulativamente em outras unidades policiais e nada recebem por este trabalho.

    6- Equiparação do auxílio alimentação pago aos Policiais Civis, nos mesmos valores pagos a Policia Militar.

    Resposta do Secretário: Concorda com a equiparação dos valores pagos para os policias das duas instituições, mas entende que se faz necessário um ajuste na legislação através de projeto de lei.

    Entendimento da Feipol Sudeste: Auxílio alimentação, esta é uma reivindicação que nem precisaria ser solicitada uma vez que deveria ser iniciativa da própria Secretária de Segurança pública e do governo de São Paulo, pagar igualmente o auxílio alimentação para os policiais das duas instituições.

    A Feipol Sudeste estará atuando junto a Delegacia Geral e Secretária de Segurança Pública no sentindo de viabilizar o mais rápido possível a tramitação de projeto de lei que corrija esta distorção, buscando apoio na base parlamentar do governo na ALESP.

    7- Pagamentos de bônus para setores excluídos da Policia Civil.

    Resposta do Secretário: O Secretário disse que estão sendo feitas reuniões com a ONG que integra o sistema de pagamento para que sejam estabelecidos novos redutores de índices de criminalidade, inclusão na produtividade das diligências que não resulta em prisão em flagrante, também deixou aberto um canal de comunicação com as entidades de classe com a Secretária de Segurança Pública para encaminhamento de setores que não foram incluídos.

    Entendimento da Feipol Sudeste: O benefício do bônus, no entendimento desta federação deveria ser pago a todos os policiais civis, técnico cientifico e policiais militares, uma vez que o serviço de Segurança Pública prestado pelos policiais destas instituições, só chegam a um resultado satisfatório com a parcela de participação de cada um, seja na função fim ou meio o que produzirá provas para elaboração do inquérito policial e processo penal que servirá de base para futura condenação de um criminoso. O Senhor Secretário de Segurança Pública abriu canal de comunicação para as entidades de classe para inserção de setores não incluídos.

    8- O déficit de Policiais Civis na instituição dando ênfase a carreira de Escrivão de Polícia.

    Resposta do Secretário: O Secretário disse ter o conhecimento do problema mas ponderou que os concursos da Policia Civil demoram demais para serem finalizados exemplificando que os concursos em andamento são na sua maioria de 2013 e que está solicitando informações para a academia de polícia sobre o problema e que fará estudo para dar maior celeridade ao processo.

    O Presidente da Feipol Sudeste argumentou que a maior urgência na reposição nos quadros da polícia civil é sem sombra de dúvida a de Escrivão de Polícia, uma vez que um Escrivão de Polícia chega a suprir a demanda de 10 Escrivães, ficando responsável em algumas unidades policiais por até 1.500 inquéritos policiais.

    Entendimento da Feipol Sudeste: O que constatamos ao longo de mais de uma década é que a instituição polícia civil vem sofrendo gradativamente um desmonte sistemático na reposição de seu quadro de policiais, o que diminui de forma significativa o poder de investigação na instituição, que é sua principal função de existir. Destaca-se dentre as carreiras o colapso no déficit de escrivães de polícia em todo o estado de São Paulo, o que requer medidas urgentes de reposição do déficit desta carreira, sob pena da instituição cair ainda mais no descrédito da população, porque de nada adiantará um eficiente serviço de investigação sem a devida formalização de um inquérito policial bem elaborado pelo escrivão de polícia, inquérito este que é a base da formação do processo penal no poder judiciário, e com o aumento da falta deste profissional cada vez mais os inquéritos policiais estão sendo elaborados por escrivães ad hoc, sem qualquer formação profissional em nossas academias de polícia, trazendo como consequência inquéritos mal formalizados e o descrédito da nossa instituição.

    9- Reivindicação de 15% de reposição salarial para 2015.

    Resposta do Secretário: O assunto está sendo analisado para as secretarias de segurança e educação, mas não atingirá dois dígitos.

    Entendimento da Feipol Sudeste: A reposição salarial dos policiais civis é prevista na CF em seu artigo 37-parágrafo X e também em lei estadual (data base) prevista para 1° de março de cada ano. Ocorre que o governo de São Paulo vem postergando sistematicamente a reposição salarial dos policiais civis, onde a reposição salarial no exercício anterior foi paga pelo governo no último mês do ano. Esperamos que neste ano o governo de São Paulo anuncie o mais breve possível a reposição salarial que é um direito dos policiais civis previsto na CF e em lei estadual, o que minimizaria os efeitos da alta inflação que atinge a todos.

    Feipol Sudeste, juntamente com todos os sindicatos filiados, Campinas, Santos, Ribeirão Preto, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Marilia, Presidente Prudente e Jundiaí, estiveram reunidos em audiência no dia 11/08/2015 – (terça feira), para tomar conhecimento da pauta de reivindicações encaminhada pela Feipol Sudeste em consenso com os sindicatos filiados no dia 20 de janeiro de 2015 via Delegacia Geral e tivemos os seguintes posicionamentos do Excelentíssimo Senhor Secretário de Segurança Pública Dr. Alexandre de Moraes.

    Fonte site “Feipol Sudeste”

  12. Resumo “AUDIÊNCIA COM SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA” o careca disse, disse, disse……e não falou nada.

    Palavras do careca “Vamos deixar como está para ver como é que fica”.

    Vou propor a criação um grupo de estudos, para ver a possibilidade das outras secretárias fornecerem funcionários para a criação de um grupo de estudo entre as secretarias, com a supervisão da PGE, grupo este que irá propor, para a futuro, a elaboração de uma pauta única, com as propostas que serão estudas pelo grupo de estudo. Foi isto que o careca disse, para bom entendedor um pingo é letra.

  13. A foto dos dois me lembrou do Batman e Robin! Pra quem saiu xingando a Dilma achando que em São Paulo está tudo chuchu beleza, acho que vai começar a armagar com o próprio veneno. Bandidagem imperando nas ruas, presídos dominados, funcionários estaduas explorados, obras estaduais a passos de tartaruga, seca, etc…pior que está vai ficar.

  14. ESSES DOIS SÃO A EXPRESSÃO CLARA DA…
    .
    INEFICIÊNCIA !
    .
    INEFICÁCIA !
    .
    AMADORISMO !
    .
    APENAS GOLPES DE ESTATÍSTICA NÃO IRÃO RESOLVER NADA !
    .
    LAMENTÁVEL !!

  15. AH…
    .
    FAZER POLÍTICA PARTIDÁRIA NA SSP…
    .
    É FILME QUE JÁ PASSOU…
    .
    O FINAL TODOS NÓS JÁ SABEMOS…

  16. tudo merda, secretário qye maisque apolicia morra . Politico do executivo nao gosta de policia desde a existencia desta No Brasil

  17. Sem bônus, sem aumento, sem plano de carreira, sem salário digno e compatível, sem condições de trabalho, sem respaldo, sem amparo legal, sem etc etc etc….
    Uma hora essa corda vai estourar!
    Não estourou ainda, mas pode estourar a qualquer momento, fruto de décadas de incompetência, experiências e achismos em segurança pública e legislação!

  18. para bom entendedor . . .

    o sekretynu esteve no flagrante das toneladas do kapoava

    para ver e avaliar o preju dos seus par$$$as klientes,

    preparar a defesa e o habeas madrugada… kapoava rua . . .foi . . .

    PRECISAM DE MAIS VERDADES ???

    pçç$$$$$$$$$db ! ! !

    em qual lugar do mundo o crime protege e ampara os seres humanos policiais ???

    existe isto ???

  19. Ao ler a notícia pensei:

    Foda-se.

    Quero saber se influi no meu Bônus.

    Isso que interessa.

    O resto quem morreu quem matou pra mim um grande foda-se.

  20. E teremos os valores retroativos a data base de março ??? Fala sério

    Cadê a valorização do N.U e N.M ???

    Cadê a ajusta de alimentação de R$580,00 ???

    Cadê as promoções automáticas com diminuição de tempo ???

    Cadê o reajuste pelo URV ???

    Cadê o reajuste de 2015 de no mínimo 10% ???

  21. HOJE TEM PROMOÇÃO DE SKOL EM OSASCO E BARUERI. APARTIR DAS 23;OOH SÓ MIR NO LOCAL.R$ 1,25, MAS TEM QUE CONSUMIR NO LOCAL.
    ATÉ A 00:00 QUEM TEM PASSAGEM NÃO PAGA !

  22. Pelo jeito aqueles “acordos” não estão surtindo o efeito desejado! Também, vai confiar em bandido! Quero ver o baguio ficar louco quando esse psdb sair do governo de SP.

  23. Pô Anderson, acho que não vai dar meu, como sou pobre só tomo brahma e não troco por nada. Perigoso outra marca me dar uma eterna dor de cabeça. rs…

  24. Governo nao vai mas pagar Licença Premio em Pecunia,tamos fudido sem FGTS,BONUS,AX.Alimentaçao . Horas extras e Aumento salaria referente Infraçao.

  25. PESSOAL !, PELO AMOR DE MEUS FILHINHOS, ME AJUDEM AÍ Ó !, RAPAZ ! O KOJAK EM TELA , AGORA EM ENTREVISTA NO PROGRAMA DO “DAPENA”, TITUBEANTE, RESPONDE AS RESPOSTAS , NÃO DESCARTANDO LIGAÇÃO DOS EVENTOS DE ONTEM, COM AS MORTES DE UM CABO-PM E DE UM GUARDA CIVIL. MAIS UMA VEZ. ME AJUDEM AÍ Ó !…

  26. Caros Policiais Civis Deem uma olhada na matéria abaixo. Já ouviram aquela frase: ” Cada um é exatamente do tamanho do seu próprio sonho?
    Em outras palavras, quem pensa grande será grande. Quem pensa em miséria eternamente será miserável. Infelizmente na PC, as carreiras Operacionais pensam pequeno, razão pela qual estamos na merda. Já os AFRFB pensam alto, motivo pelo qual qual recebem bons vencimentos.

    Na PC está assim:

    – Uma grande parte pensa pequeno, então sempre estarão na bosta, pois não possuem coragem para ” peitar” o Governo e se contentam com qualquer migalha que o Governo oferecer;

    – Uma boa parte não está preocupada com vencimento, pois têm outras fontes de renda;

    -Uma minoria bem ínfima pensa grande. Tem até vontade de fazer suas reivindicações de igual para igual com o governo, mas como disse trata-se de uma minoria e prevalece aquela máxima de que 01 ANDORINHA APENAS NÃO FAZ VERÃO!!

    vejam a matéria de quem pensa grande e por isso é grande:( que inveja sadia desta categoria )

    BRASÍLIA – Em greve há quase dois meses, os auditores da Receita Federal querem aumentos que variam de 30% a 49,4%. A demanda é para que os salários passem da atual faixa de R$ 13,6 mil a R$ 19,45 mil para R$ 20,3 mil a R$ 25,3 mil. Dados levantados pelo Ministério do Planejamento, a pedido do GLOBO, mostram que em 2003 o salário inicial de um auditor fiscal era R$ 5.003,47, enquanto a remuneração final era de R$ 7.376,91. Os auditores fiscais (topo de carreira) tiveram 50,42% de ganho real entre 2003 e 2012. Já os auditores em início de carreira tiveram ganho real de 55,06%, no mesmo período.

    Os auditores da Receita Federal em cargos de chefia realizam nesta quinta-feira o Dia Nacional de Entrega de Chefias. Pedro Delarue, presidente do Sindifisco Nacional, afirmou que em pelo menos 40 delegacias da Receita em todo o pais os chefes colocaram o seu cargo à disposição dos titulares da unidade. Em alguns casos, 20 pessoas chegam a abrir mão da função de uma vez. Eles protestam contra a autorização do governo, por meio do decreto 7.777/2012, que permite substituir grevistas por servidores estaduais ou municipais.

    Com base nessa autorização, o governo federal publicou, no fim do mês passado, um decreto que permitiu a entrada de mercadorias no Brasil sem fiscalização. As cargas que ficarem presas nos portos por um prazo 30% superior à média do tempo gasto no primeiro semestre deste ano – que em todo o país foi de 8,5 dias – poderão ser liberadas sem passar pela etapa de conferência.

    – O problema é que, se os prazos não forem cumpridos, quem tem cargo de confiança é responsabilizado. A postura não significa que eles abriram mão da remuneração automaticamente. Eles colocaram à disposição – disse Delarue.

    Segundo ele, os servidores estão abrindo mão de gratificações que variam de R$ 300 a R$ 4 mil. O sindicalista informou que a categoria foi chamada para participar de uma reunião com o secretário de Relações do Trabalho na noite desta sexta-feira e que recebeu sinalização de uma proposta, mas não informou os índices.

    Os auditores prometem intensificar a mobilização na quarta e na quinta-feira da semana que vem.

    – Além da operação padrão nos portos, haverá paralisação de atividades como a de fiscalização de imposto de renda – disse.

    PUBLICIDADE

    A operação padrão iniciada em 18 de junho atinge cerca de 70% dos servidores em atividade, de acordo com balanço do sindicato. O principal efeito é sentido na área aduaneira, com retenção de mercadorias e formação de filas em portos. Com a mobilização, a categoria pressiona o governo para conseguir um reajuste que varia de de 30% a 49,4%, além da recomposição do quadro de pessoal e a definição de um adicional para quem trabalha em zonas de fronteiras e em localidades inóspitas.

    A demanda é para que os salários passem da atual faixa de R$ 13,6 mil a R$ 19,45 mil para R$ 20,3 mil para R$ 25,3 mil. Os servidores reclamam que o último acordo salarial foi fechado em 2008, com parcelamento até 2010.

    De acordo com estudo da Associação de Comércio Exterior (AEB) publicado pelo GLOBO na quarta-feira, nos últimos oito anos, dois foram perdidos em greves. Mas dos 659 dias em que houve paralisações desde 2005, 260 foram feitas pelos funcionários do Fisco

  27. GENTE !, S.M.J., SE EU FOSSE O CHUCHU, ESSE ” TED SAVALAS “, JÁ ESTARIA LÁ NA “P.Q.P.” CHUCHU, CUIDADO O “CARECA” VAI TE PEGAR. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  28. Tanto ele como o Chuchu são os responsáveis, aliás onde estão a aposentadoria especial, o bônus, funcionários, etc…FDP.

  29. ATENÇÃO SENHORES POLICIAIS CIVIS – ATENÇÃO AIPESP, SIPESP, SINPOL RP, FEIPOL SE, SINPOLSAN, ADPESP, SIPOL PRUDENTE E SIPOL BAURU – ACORDEM…

    PRECISAMOS URGENTEMENTE DE:

    1- APOSENTADORIA ESPECIAL COM PARIDADE E INTEGRALIDADE. (CHEGAR DE TER QUE ENTRAR NA JUSTIÇA. QUEM TÁ ENTRANDO TÁ GANHANDO E DEPOIS VAI COBRAR O TEMPO QUE TRABALHOU HÁ MAIS).
    2- PROMOÇÃO A UMA CLASSE SUPERIOR QUANDO SE APOSENTAR. (SE CL. ESPECIAL + 20%,,,COM CORONEL DA PM É ASSIM)
    3- REAJUSTE SALARIAL
    4- REAJUSTE DO AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO. (GANHAMOS MENOS QUE A PM)
    5- REESTRUTURAÇÃO, REVENDO OS CRITÉRIOS E TEMPO PARA PROMOÇÃO. (NÃO DÁ PRA FICAR 15 ANOS NA 3ª CLASSE).

    ACORDEM PELO AMOR DE DEUS!

    OBRIGADO

  30. OOO LOCO MEU.

    se todas as vezes que fosse assassinado um policial , o governador montasse uma operação como esta que esta,
    sendo montada para desvendar a chacina de osasco, só esta faltando chamar o FBI .a SUATT. ETC……………….acabaria se essa matança de policiais rapidinho.

    mas não é isso o que vemos do nosso governo. quando morre policial , dane se ninguem é preso …

    deve ter uma porrada de malas especialistas em assassinar policiais por ai..

    e nossos governantes não tão nem ai… morreu morreu… é isso que eles acham…..

    até quando ???????????????????????????????????????????????????????????

  31. Parece que até mesmo o Sipol de esqueceu dos Carcereiros. Não tem nenhuma reivindicação quanto a Carreira Extinta e esquecida. /se houver Algum Carcereiro Filiado a Sindicato ou Associação, me desculpe, vocês são imbecis.

  32. ninguem na Policia fala em greve,pois os Delegados agora ganhao bem e oresto so mao de obra trabalhando por quatro delegaçias nos polos da vida

  33. Fuderam o bônus.
    Agora que evidenciaram a segurança o foco agora é falarmos de nossas reivindicações.
    Aumento já!
    A inflação acabou com o nosso poder de compra.

  34. Esqueçam greve, reajuste, auxilio alimentação, paridade…….e tambem o tal bonus, tem novato de polícia que vem aki cobrar isso, só pode ser novato, pois quem já tem mais de 4 quinquenios pensa em aposentadoria decente e não em engodos e cala bocas, especialidade do atual governo. Este NÃO DARÁ NADA PRÁ NÓS!!!!! Não deu quando não havia essa crise, a qual agora é usada como desculpa até prá não pagar, se bobear.

  35. Antes desta maldita “DEMOCRACIA” imposta pelo tal do Ulisses Guimarães e seus cupinchas, os Governadores eram nomeados, ou seja, não se gastava um tostão com eleições desnecessárias e as coisas funcionavam milhares de vezes melhor, sem roubos, assassinatos triviais, maconha, crack e cocaína nas ruas. Os prefeitos eram também nomeados, sem necessidade de sujar as ruas com estes amaldiçoados “santinhos” … e os vereadores ganhavam R$ 3.500,00 mensais, e não os R$ 30.000,00 que ganham hoje com seus trambiques, maracutaias, superfaturamento, propinas, etc, etc. ! Na China, por exemplo, o político que rouba o povo simplesmente tem a sua mão AMPUTADA para que no futuro “não meta mais a mão onde não deve” !

  36. TÁ CORRETÍSSIMO: SE ALGUÉM PEIDA NO ELEVADOR QUE O TROUXA TÁ PEGANDO, A CULPA É DA DILMA; SE A MULHER DELE TÁ DANDO PARA O VIZINHO, A CULPA É DA DILMA; SE A SOGRA VEM ALMOÇAR NO DOMINGO NA CASA DO OTÁRIO, CULPA DA DILMA; ENTÃO PORQUE É QUE A FALTA D’ÁGUA EM SP, A CORRUPÇÃO NOS TRANSPORTES PÚBLICOS ( METRÔ ) EM SP E ESSE MILHÃO DE CHACINAS NA CAPITAL, EM CAMPINAS, EM OSASCO, SANTOS, BARUERI E EM TODO ESTADO DE SP, NÃO PODE SER ATRIBUÍDO AO PICOLÉ DE CHUCHÚ E ESSE CARECA RIDÍCULO ? AGORA A CULPA É DA IMPRENSA ?

    QUER DIZER QUE O JORNALISMO DA FÔLHA NÃO PODE IRONIZAR ESSA DUPLA DE PALHAÇOS AÍ DA FOTO ?

    PORQUE HEIN ? AH, DEVEM TER PROMETIDO ALGUM FAVORZINHO PARA ALGUÉM QUE ERA CONTRA O PSDB E DE REPENTE VIROU A FAVOR, NÉ ?

    INCOMPETENTES, SÓ ESTÃO DE ÔLHO NAS SUAS FUTURAS CANDIDATURAS, TEM MAIS É QUE SER ESCRACHADOS, NÃO SÓ PELA FÕLHA, MAS PELO ESTADÃO, RECORD, BANDEIRANTES E TODO ÓRGÃO DE IMPRENSA QUE TENHA O INTERESSE PÚBLICO COMO OBJETIVO, AO CONTRÁRIO DA VEJA E DA GLOBO QUE SE VENDERAM POR GRANA DAS VERBAS PUBLICITÁRIAS DO “POUPA TEMPO”, NOVO DETRAN, SABESP E TANTAS OUTRAS ENGANAÇÕES DESSE DESGOVERNO PARLAPATÃO.

    SE AQUI NO TUCANISTÃO FOSSE PERMITIDA A METADE DA LIBERDADE DE INVESTIGAÇÃO QUE A POLÍCIA FEDERAL ESTÁ TENDO E O JUIZ SERGIO MORO PUDESSE AGIR, NÃO SOBRARIA NEM O PORTEIRO DO PALÁCIO DOS BANDEIRANTES SOLTO.

    EU QUERO O ZÉ DIRCEU NA CADEIA, MAS O ZÉ SERRA TAMBÉM !

    QUERO O LULA PUDIM DE CANA ATRÁS DAS GRADES, MAS O GEGÊ PICOLÉ DE CHUCHÚ, TAMBÉM !

    PARAFRASEANDO O COLEGA Pulissa Civiu: PARABÉNS FÔLHA !

  37. Apenas para informar, eram nomeados pelo regime Militar, Governadores e Prefeitos das Capitais.

    C.A.

  38. GENTE!, ME DESCULPEM !, MAIS SERÁ QUE EU LOGO LOGO, TEREI QUE PROFERIR ESTA FRASE ” AÍ QUE SAUDADES DO ” A.F.P.” E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  39. Atenção o pessoal da Seccional de Osasco. Já sabem, no próximo trimestre não vai pigar o mata fome do “bonus” , vão receber “fumus”, ou melhor, muito “fumus incandescentis nu anus”

  40. – MAIS UMA CHACINA EM SÃO PAULO ? NÃO FAZ MAL, FOI NA PERIFERIA.

    Ao todo, 18 pessoas foram mortas e sete feridas em Barueri e Osasco, municípios da região metropolitana de São Paulo, em chacinas realizadas na noite desta quinta (13). A polícia está investigando várias hipóteses, entre elas a ação do crime organizado e, principalmente, a retaliação por parte de policiais a assassinatos de um policial militar e de um guarda-civil metropolitano.

    Antes de mais nada, vale ressaltar que todas as mortes, dos 18 e dos policiais são inconcebíveis e merecem repúdio. Mas também que, em alguns dias ou semanas, você já as terá esquecido e talvez nem ouça mais sobre o caso porque ele acabou soterrado entre tantas outras mortes sem sentido nas grandes cidades ou no interior do país.

    Polícia Civil isola local onde homem foi morto a tiros em Osasco (Foto: Avener Prado/Folhapress)
    Polícia Civil isola local onde homem foi morto a tiros em Osasco (Foto: Avener Prado/Folhapress)

    Triste é que são diferentes o tamanho e a extensão da indignação da “opinião pública” diante da morte estúpida de alguém de um bairro rico e de uma chacina estúpida ocorrida em regiões pobres. Lembrando, ainda, que “opinião pública” não existe. Quando ela se apresenta como tal, na verdade, representa a posição de alguém ou de algum grupo, que pode ou não ser maioria, mas que tem força o suficiente para que sua visão seja vista como hegemônica. Há grupos com poder de mobilização midiática que reagem quando “a favela desce ao asfalto”. E apenas se compadecem (quando não se aliviam) quando a “favela se mata”.

    (Vez ou outra um caso é adotado pela mídia ou pelos movimentos sociais e se mantém vivo, servindo de símbolo contra o crime organizado, a violência policial ou visando a repudiar ações de milícias e grupos de extermínio. Essa adoção é justa, claro, mas não deve ser encarada como um fim para si mesma e sim um instrumento para alguma coisa.)

    Pensávamos que não cometeríamos os mesmos tipos de “erros” de 20 anos atrás, mas não foi bem assim. Carandiru (1992), Vigário Geral (1993), Ianomâmis (1993), Candelária (1993), Corumbiara (1995), Eldorado dos Carajás (1996). Os famosos massacres da década de 90 ganharam roupagem nova e continuaram acontecendo em chacinas aqui e acolá. Por aqui, matamos gente pobre em pacotes.

    Nos últimos anos, o país continuou a assistir a centenas de assassinatos de trabalhadores rurais indígenas, quilombolas e ribeirinhos em conflitos agrários (e daqueles que ousaram os ajudar), massacres de sem-teto e população em situação de rua, mortes de homossexuais. Isso sem contar o genocídio de jovens negros e pobres na periferia de grandes cidades, como São Paulo.

    Como em agosto de 2004, quando moradores de rua foram espancados no Centro de São Paulo. Sete não resistiram e morreram em decorrência dos ferimentos. O crime nunca foi totalmente resolvido, mas policiais foram apontados como responsáveis.

    Ou em maio de 2006, em que cerca de 500 pessoas, a maioria de jovens, negros, pobres e moradores de periferia foram mortos no Estado de São Paulo. Organizações sociais afirmam que a responsabilidade foi de policiais e, novamente, grupos de extermínio ligados a eles como retaliação a ataques do PCC, que vitimaram policiais.

    Independentemente de quem é a culpa direta em cada um desses casos, muitos carrascos poderiam dizer que estavam “cumprindo ordens”, como os nazistas em Nuremberg. Pois, o que ocorre em parte dessas chacinas foi um servicinho sujo que vários cidadãos pacatos desejam em seus sonhos mais íntimos. Uma “limpeza social” de “classes perigosas” ou de “entraves ao progresso”.

    Como já disse aqui, não é que a nossa sociedade não consegue apontar e condenar culpados por todas elas como deveria. Parece que ela simplesmente não faz questão.

    Jogamos na vala comum “culpados” – que não tiveram direito a um julgamento justo e receberam pena de morte – e “inocentes” – que mereceram, porque “se levaram bala, boa coisa não tinham feito”. Seja pelas mãos do Estado ou de criminosos. E que essa faxina social seja rápida, para garantir tranquilidade, e não faça muito barulho. Para não melindrar o “cidadão de bem”, que têm horror a cenas de violência.

    Sem demérito para outras pautas sociais e políticas, isso também seria razão mais do que suficiente, como escreveu um amigo jornalista, para ocuparmos as ruas das grandes cidades em protesto. E, de forma racional, pedindo ações estruturais que melhorem a qualidade de vida, garantam justiça social, desmilitarizem as forças policiais, entre outras medidas preventivas, que podem garantir um contexto mais seguro. E não adotando saídas fáceis e bizarras, como colocar crianças nas cadeias. E entregar cadeias à iniciativa privada.

    Observação: Após a publicação deste post, a polícia descartou uma morte em Itapevi com os demais crimes.

    ( Extraído do Blog do Sakamoto – 15/08/2015 )

  41. SR. ” Eu quero meu “bonus” !, S.M.J., ESSA META (MATEMÁTICA) PARA EVENTUAL CONCESSÃO DO FAMIGERADO “BONUS”, PELO EVENTO (CHACINA), ” SÓ 20 ANJINHOS! DO MAL .! “, ESSE “FUMUS” PODERÁ ATINGI-LO TAMBÉM” !. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  42. A verdade que a polícia está esquecida pelo governador, e quando acontece algo que arranha a imagem desse governo como a da chacina ai eles falam em polícia cobram, mas não respeita os profissionais da segurança depois esquecem tudo de novo.

  43. Só sei que eu não espero mais nada deste governo .

    no próximo mês irei completar meus 30 anos de contribuição previdenciária,
    tenho 23 anos de policial civil. estou com 52 anos de idade.
    já consultei um advogado, ele me disse que com estes requisitos daqui a 20 dias terei direito a me aposentar com
    PARIDADE E INTEGRALIDADE nos moldes da LEI 51/85 atualizada pela LEI 144/2014. e ART 7ª da EC 41/03.
    e que eu não sou obrigado coisa nenhuma a ficar até completar o fator 095.
    60 anos + 35 de contribuição.que é como o governo quer. banana para eles.

    vou atrás dos meus direitos.pois sou policial e tenho regras próprias de aposentadoria.
    30 anos de contribuição , destes 20 anos de estritamente policial.

    fui ……………………………………….

  44. já até combinei com este advo.

    na mesma semana em que eu completar meus 30 anos de contribuição, que sera no mês que vem ,na próxima segunda feira logo na parte da manhã, irei comparecer ao escritório deste advo munido de meus documentos e providenciar o início da luta que sera travada , para minha merecida aposentadoria especial , com direitos a paridade e integralidade
    baseado na LC 51/85 c/c 144/2014 c/c Art 7º da EC 41/03.

    não aguento mais . quero me aposentar.

  45. Um homem que havia sido preso por furto de veículos acabou fugindo pela porta da frente da delegacia de Jacareí, no interior de São Paulo, após uma confusão entre policiais militares e civis, na madrugada deste sábado (15). O preso não foi recapturado e as polícias divergem sobre quem seria o responsável pelo preso no momento da fuga.
    Segundo informações do boletim de ocorrência, o homem foi seguido e localizado por dois moradores da região central da cidade que tiveram objetos dos carros furtados pelo suspeito. Eles acionaram a Polícia Militar, que fez a prisão. Ele foi conduzido pelos policiais e as vítimas para o plantão policial de Jacareí.
    Um dos moradores que ajudou na prisão disse ao G1 que enquanto aguardavam a elaboração do boletim de ocorrência, o preso foi deixado sozinho em uma sala ao fundo da delegacia. “Ele passou correndo por nós e saiu pela porta da frente da delegacia”, disse o rapaz que prefere não ser identificado.
    Segundo a delegada do plantão constou no boletim de ocorrência, o preso foi deixado na delegacia pelos policiais militares, que foram orientados por um superior a voltar para o patrulhamento da rua, cumprindo uma resolução da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP).
    saiba mais
    Assaltante é preso após trocar tiros com a polícia no centro de Jacareí
    A resolução 57/15 da SSP determina que em caso de flagrante, o delegado deve providenciar a rápida liberação dos policiais militares, providenciando rapidamente os papéis para que eles assinem e voltem ao policiamento. A resolução afirma que isso deve ser feito apenas após a entrega do recibo do preso e do depoimento dos policiais.
    Segundo informações das polícias, não foi feito o documento chamado “recibo de entrega de preso”, o que para a Polícia Civil significa que o preso ainda era responsabilidade da Polícia Militar. No boletim de ocorrência, a delegada informa que solicitou o depoimento dos policiais, mas eles foram embora antes disso.
    O G1 conversou com o comandante da Polícia Militar em Jacareí, Tenente Coronel Paulo Henrique Domingues. Ele não quis dar entrevista, mas informou que o documento de entrega de preso não havia sido preenchido quando os policiais deixaram a delegacia. Segundo ele, esse termo deveria ter sido preenchido pelas vítimas, que foram as responsáveis pela prisão do rapaz. Ele também informou que a Polícia Militar organizou buscas para tentar capturar o rapaz que havia sido preso e que as buscas continuam neste sábado.
    O diretor da Polícia Civil no Vale do Paraíba, o delegado Célio José da Silva, informou que vai abrir um procedimento para investigar de quem foi a negligência no caso da fuga. A Polícia Militar não informou se tomará medidas sobre o caso.

  46. Na madrugada deste sábado, 15-8-2015, no Plantão Permanente da Seccional de Jacareí, dois policiais militares apresentaram um flagrante de furto interior de veiculo, com duas vitimas, alegando que estas haviam feito a prisão. E que não permaneceriam no recinto por ordem do Tenente PM Queiroz, deixaram o local e o preso algemado no saguão, ao invés de ter colocado o preso na gaiola, o preso fugiu, deixando as algemas do PM, na gaiola. Posteriormente o PM voltou para buscar sua algema, e foi aí que soube da fuga do preso. Foi alertado sobre sua responsabilidade. Acionou seu comando, que compareceu ao Plantão, o Tenente PM Queiroz, que invadiu o recinto do plantão, a autoridade policial, pediu para que ele saísse, além de não obedecer, disse que ficaria ali dentro, ordenou que outros dois policiais ficassem na entrada da sala de audiência e ainda chamou reforços, pelo menos dez viaturas estiveram no local, os PM´s ficaram na porta da Delegacia e na frente dela permaneceram outros tantos, intimidando a equipe plantonista, que consistia em um escrivão, um investigador e a delegada. Desrespeitaram e desobedeceram a autoridade policial plantonista. Foi uma falta de respeito, um abuso total. E o motivo era porque o SD PM não tinha obrigação de apresentar o flagrante, em cumprimento a Resolução 57/15 da SSP, que abandonou a ocorrência, culminando na fuga do preso, que ficou sem vigilãncia e não avisaram a equipe que ele não estava na gaiola.

  47. PARIDADE, INTEGRALIDADE, CARREIRAS DE SEGUNDO GRAU

    x

    Reunião na SSP

    Muitas mensagens estão chegando ao SIPOL questionando os itens acima.

    Sim, foi cobrado posicionamento governamental a respeito desses assuntos, e de outros relatados na primeira matéria.

    Após as cobranças de posicionamento do Governo, o Secretário passou a pontuar item por item, que são os descritos inicialmente.

    Durante o tempo que durou a reunião, das 15 até 17 horas todos os assuntos foram exaustivamente discutidos. Incluindo PARIDADE, INTEGRALIDADE, e AS CARREIRAS DE SEGUNDO GRAU.

    A palavra do Secretário é de que as reivindicações são legítimas e as apóia, mas que nem todas dependem dele.

    Repete-se, como todo ano, como toda reunião, como em toda gestão, que a arrecadação do Governo está baixa, e especialmente este ano também.

    Caímos na mesmice. Não se posicionou sobre a Gratificação de Função Acumulada (GAT dos Delegados).l

    O “engraçado” é que para a PM tem dinheiro para:

    PROMOVER PRAÇA AO OFICIALATO SEM CONCURSO PÚBLICO

    PARIDADE

    INTEGRALIDADE (sem a esdrúxula INC 3/2014 – SPPREV/UCRH que diz que integralidade não é o último vencimento, e sim uma média)

    PROMOÇÃO IMEDIATA e 20% a MAIS PARA CORONÉIS

    MILHARES DE PROMOÇÕES À CABO

    AJUDA DE CUSTO ALIMENTAÇÃO R$ 500,00 A MAIS

    DEJEM

    CONCURSOS PÚBLICOS RÁPIDOS

    REPOSIÇÃO DE SERVIDORES RÁPIDA

    MANTER ACADEMIAS (até então 4 anos de casa, comida, roupa lavada, formação e salário), ESCOLAS (menos tempo apenas), QUARTÉIS, BANDAS DE MÚSICA, CANIS, BAIAS, …)

    DEPARTAMENTO PESSOAL AUTÔNOMO (A Fazenda paga a “conta enviada”) – inclusive, no site http://www.transparencia.sp.gov.br, Polícia Militar não figura DENTRO do ítem Segurança Pública, como corretamente figura a Polícia Civil. (????????????????????????????????????????????????????????)

    Fica a pergunta ao Governo: Senhor Governador, enquanto o índice de evasão de funcionários é de dar vergonha de publicarmos em porcentagem neste espaço, qual o índice de evasão de praças e oficiais da PM? (voluntariamente, claro)

    Respondendo essa pergunta qualquer cidadão brasileiro saberá que a PM não inveja a PC em nada.

    E não tem a menor condição ética (seja por que argumento for) de se opor a qualquer benefício a, Investigadores, Agentes, Carcereiros, Escrivães, Peritos, Agentes de Telecomunicações, Fotógrafos, Delegados, Legistas, Papiloscopistas e Auxiliares, etc.

    Portanto, Senhor Governador, sinta-se à vontade, à despeito de qualquer crise de ciúmes que isso possa despertar, para valorizar os Policiais Civis ainda mais, tendo como base, dentro do possível, as reivindicações das Entidades de Classe que a representam.

    É imprescindível, Senhor Governador, o atrelamento dos salários de todas as Carreiras de Servidores da Polícia Civil, para evitar saltos gigantescos que possam vir a comprometer a saúde orgânica de nossa casa.

  48. e depois de ver tudo isso, nenhum sindicato fala em
    greve!

  49. Policiais Civis vocês são renegados até pela justiça do trabalho, trabalham em média 20 horas semanais a mais que as 40 horas que lei manda, vocês gostam muito do governo, trabalham várias horas acima da lei e tão de boa.

  50. Greve, vocês estão de brincadeira, os Delegados de Polícia estão comendo na mão do governador, só esperando a PEC do judiciários, aí eles vão revindicar R$ 30.000,00 de salário e nós, vamos ganhar um pé na bunda. Os Delegados não fazem mais parte da PC são elite. Só de GAT e diárias tiram mais de R$ 5.000,00 por mês. GREVE NUNCA MAIS. É o fim da PC. O negócio é braço curto e olho de vidro.

  51. ACORDANDO,

    Os delegados jamais fizeram parte da Polícia Civil; os delegados criaram a Polícia Civil.

    Mais do que elite, os delegados antecedem e independem de seus agentes.

  52. O SSP/SP aderiu o ranço do oficialato da PM. O que se pode esperar de um advogado constitucionalista que ao defender os direitos administrativos dos associados da AFAM, concordava com o descarte da CF na lata do lixo pelos Oficiais da PM, que fazem o que querem dentro dos quartéis em detrimento do R. QUERO que é uma lei complementar estadual inconstitucional que regula o direito da liberdade e do direito de ir e vir dos punidos. O assunto liberdade é matéria federal.

  53. É cada uma… os delegados criaram a polícia civil.. ok ok ok…

    O governo criou a policial civil… e entregou o poder de comando ao delegado de polícia, este que desde então vem destruindo a instituição pela péssima gestão.
    O delegado de polícia sem seus agentes não é nada, contudo, muitos pensam que são a polícia civil, quando na verdade, a polícia civil é um grupo simplesmente chefiado pelo delegado.
    É uma carreira que centraliza “poderes”, funções… que torna inviável o efetivo exercício do cargo… pois se os agentes não fizerem a função do delegado, o serviço não é feito.

    Hoje os delegados mais inteligentes preferem não se gabar das suas funções, pois sabem que não tem condições de exercer o cargo na forma da lei.
    Mas muitos gostam de falar… falar… falar que SÃO… falar que FAZEM… sempre com aquele excesso de vaidades… e esquecem que não são e que não fazem… não… sozinhos nunca… se não fossem seus agentes, nada seriam, nada fariam.

    Pena que ainda existam inúmeros agentes bunda mole… que se submetem a inúmeras ilegalidades, irregularidades e arbitrariedades.

    Então, para alguns, melhor ficar em silencio e deixar que pensem que são idiotas… pois, se falarem, acabaram com a dúvida.

  54. É cada uma… os delegados criaram a polícia civil.. ok ok ok…

    O governo criou a policial civil… e entregou o poder de comando ao delegado de polícia, este que desde então vem destruindo a instituição pela péssima gestão.
    O delegado de polícia sem seus agentes não é nada, contudo, muitos pensam que são a polícia civil, quando na verdade, a polícia civil é um grupo simplesmente chefiado pelo delegado.
    É uma carreira que centraliza “poderes”, funções… que torna inviável o efetivo exercício do cargo… pois se os agentes não fizerem a função do delegado, o serviço não é feito.

    Hoje os delegados mais inteligentes preferem não se gabar das suas funções, pois sabem que não tem condições de exercer o cargo na forma da lei.
    Mas muitos gostam de falar… falar… falar que SÃO… falar que FAZEM… sempre com aquele excesso de vaidades… e esquecem que não são e que não fazem… não… sozinhos nunca… se não fossem seus agentes, nada seriam, nada fariam.

    Pena que ainda existam inúmeros agentes bunda mole… que se submetem a inúmeras ilegalidades, irregularidades e arbitrariedades.

    Então, para alguns, melhor ficar em silencio e deixar que pensem que são idiotas… pois, se falarem, acabaram com a dúvida.
    .
    .

  55. Flit Paralisante (16/08/2015 às 7:01)

    ACORDANDO,

    Os delegados jamais fizeram parte da Polícia Civil; os delegados criaram a Polícia Civil.

    Mais do que elite, os delegados antecedem e independem de seus agentes.

    ————————————

    Guerra, discordo completamente.

    “Os delegados jamais fizeram parte da Polícia Civil…”, sinceramente acredito que alguns realmente pensam assim, o que é uma pena para a sociedade que perde absurdamente em Segurança Pública.

    E “… independem de seus agentes…” também não concordo. A carreira de delegado existe dentro de um contexto de trabalho que depende o tempo todo das outras carreiras. Especificidade não leva à independência, pelo contrário.

    Talvez alguém mude a Instituição Polícia Civil e haja apenas delegados e nenhuma outra carreira.
    Ou a Polícia Civil trabalhe sem a carreira de delegado que está querendo se transformar num juiz de instrução criminal.

    Mas, até lá, como dizem “é o que tem pra hoje”.

    E “SEM ESCRIVÃO A POLÍCIA PARA” é um ditado que eu já ouvia na academia quando entrei e nunca encontrei prova em contrário.

    E o que precisa é o ESCRIVÃO PARAR DE FAZER O TRABALHO DE DELEGADO, quebrar essa “tradição”, porque no holerite vem o salário de carimbador de data e certidão e o governo faz questão de continuar fingindo que não sabe como a PC trabalha. Até perito ganha mais que escrivão. O laudo é mais valorizado que o Inquérito (como diria o Jack Palance: “acredite, se quiser”)

    Os SINDICATOS dos escrivães e demais carreiras, exceto de delegado, são tão úteis como geladeira para esquimó. Eles sequer colocam em pauta o trabalho de GHOST WRITER do escrivanato. Talvez começar a recorrer às cortes internacionais seja o caminho.

    Eu sou um homem de poucos entendimentos e parcos recursos, mas o que eu vejo na iniciativa privada é justamente o pensamento oposto.

    ISO 9000
    ========

    “A expressão ISO 9000 designa um grupo de normas técnicas que estabelecem um modelo de gestão da qualidade para organizações em geral, qualquer que seja o seu tipo ou dimensão.

    Esta família de normas estabelece requisitos que auxiliam a melhoria dos processos internos, a maior capacitação dos colaboradores, o monitoramento do ambiente de trabalho, a verificação da satisfação dos clientes, colaboradores e fornecedores, num processo contínuo de melhoria do sistema de gestão da qualidade. Aplicam-se a campos tão distintos quanto materiais, produtos, processos e serviços.

    A adoção das normas ISO é vantajosa para as organizações uma vez que lhes confere maior organização, produtividade e credibilidade – elementos facilmente identificáveis pelos clientes -, aumentando a sua competitividade nos mercados nacional e internacional. Os processos organizacionais necessitam ser verificados através de auditorias externas independentes.”

    https://pt.wikipedia.org/wiki/ISO_9000

  56. O delegado que não tiver uma equipe de tiras, escrivães, etc…que sejam bons de rua e de papel, não fica na cadeira…

  57. Exescravão e Xupacabra: Certeiros no que disseram! Já venho escrevendo aqui há tempos que os delegados estão levando o deles por fora e na surdina, como foi feito em Janeiro passado, agora essa PEC, há o GAT que , criminosamente, SÓ ELES RECEBEM!!!!! O restante da equipe, que pasta, não recebe nada e aguenta ocorrencias de até 4 delegacias. Tem mais é que não fazer nada sozinho, só na presença deles, como manda a lei!!!!

  58. É melhor se conformar com o regime de semiescravidão, o R.E.T.P se opõe aos direitos trabalhistas, não tem o que fazer, o R.E.T.P é como se fosse horas extras embutidas ao salário, por isso não importa se o policial trabalhe 40 horas ou 100 horas semanais, o salário será o mesmo, e mesmo que você morra de trabalhar o R.E.T.P estará sempre acima dos direitos trabalhistas, e é por isso que a sigla significa REGIME ESPECIAL (escravo) DE TRABALHO POLICIAL, seu salário é na verdade 50% do que consta no holerite, portando os policiais ganham em média R$1500,00, os outros 50% R.E.T.P são horas extras embutidas, que somando ao seu salário resulta no dobro do valor, e assim garante o direito ao governo de impor a escravidão a seus policiais.

  59. Esse comentário do Dr. Guerra reflete a sua total defasagem de conhecimento do que ocorre HOJE, dentro da Polícia Civil paulista.

    Delegado já foi o pilar da Polícia Civil, talvez quando o nobre blogueiro ainda fazia parte da instituição.

    Hoje Delegado só referenda o que os Tenentinhos da meganha trazem das ruas.

    Os estrelinhas adentram as salas dos majurengos, dizem o que querem, já afirmam que estão com um flagrante, um prêso, uma cana e o tal pilar da Polícia Civil só indica com o dedo a sala do escrivão. Nem sequer se digna a levantar a bunda gorda e flácida da poltrona para ir até o escrivão e determinar os procedimentos, pois tem medo de ser contestado pelos PMs.

    Agora até aquele papel inútil e pessimamente redigido, que jamais serviu para nada, a nãos ser justificar os patrulhamentos e atendimentos das viaturas da meganha nas ruas, o tal BOPM, está sendo entregue nas Delegacias para que os escrivães “transcrevam” tais relatos incompletos e parciais, em Boletins de ocorrência, tudo isso nas barbas dos tais “carreiras jurídicas”

    Posso estar errado nos números, mas atualmente, de 20 a 30% dos Delegados de Polícia, lutam pela instituição e demonstram conhecimento para tal. O resto só quer um empreguinho com bom salário para não fazer NADA. Um bando de encostados que sabem que seus superiores são corruptos e só estão nos cargos de chefia engordando a poupança à espera da expulsória e que seus subordinados, bem ou mal, levam o trampo pesado nas costas sem precisar de suas poucas e inexpressivas opiniões.

    Não é à toa que já inventaram plantões policiais com Delegados à distância e que em muitas Delegacias, o titular e adjunto só aparecem no final da tarde para dar uma olhadinha e assinar alguns papéis, isso quando lá comparecem.

    Carreira buzina de avião.

  60. O QUE DEVEMOS ENTENDER E QUE NO ESTADO DE SÃO PAULO, AQUELE QUE ACEITA O CONVITE DA PASTA DA SEGURANÇA PÚBLICA, ASSUMI COM A ORDEM DE NÃO ONERAR DE NENHUMA FORMA O ESTADO, MUITOS JÁ FORAM CONVIDADOS E NEGARAM POIS RECEBE UMA PASTA EM QUE SÓ PODE MUDAR PEÇAS MAS NADA DE MUDAR INVESTIMENTOS, ENTÃO NA VERDADE NADA MUDA. ENTÃO FICA DIFÍCIL ANALISAR O ALEXANDRE. CONHECI ESTE SENHOR COMO ADVOGADO, E POSSO DIZER QUE É UM CARA INTELIGENTE, CHEIO DE IDEIAS E QUE SABE DOS PROBLEMAS QUE OCORREM NA SEGURANÇA. MAS TB SABE QUE QUANDO ASSUMIU TERIA QUE EFETUAR MUDANÇAS SEM MEXER EM DINHEIRO DO ESTADO. ESTE CARA NÃO É BOBO, SABE QUE A INSTITUIÇÃO ESTÁ QUEBRADA, MAS TAMBÉM SABE QUE O GOVERNO NÃO VAI ACEITAR MAIS ONERAÇÃO PARA O ESTADO. ENTÃO USARÁ ESTÁ PASTA PARA TRAMPOLIM, MAS DIZER QUE VAI FAZER GRANDES MUDANÇAS ESQUEÇAM.
    ESTAREMOS NA MESMA ÁGUA DE SALSICHA DE SEMPRE. NOS PEDIMOS O GOVERNO ESTUDA, E NADA.
    A AQUELES QUE PROCURAM MUDANÇAS, ACONCELHO QUE MUDEM E SUAS CARREIRAS.

  61. The end disse:
    17/08/2015 às 7:07

    “(…). ACONCELHO QUE MUDEM E SUAS CARREIRAS.”

    **********

    Aconselho que o caro “The end” use o corretor de textos, caso seja PC.
    Mas, se for PM pode!

  62. Infelizmente, infelizmente, tenho que concordar com o The end, a polícia civil é isso. Se não esta feliz com a carreira que ocupa e almeja “direitos” da outra, preste concurso para esta, mas se almeja “direitos” que não encontra em nenhuma carreira, saia da polícia. Triste realidade, mas realidade e ainda não consegui enxergar coisa diferente. Se alguém vê luz no fim do túnel, por favor, nos mostre.

  63. Escrivao Hoje, Futuro Delegado! disse:
    17/08/2015 ÀS 10:49
    The end disse:
    17/08/2015 às 7:07

    “(…). ACONCELHO QUE MUDEM E SUAS CARREIRAS.”

    **********

    Aconselho que o caro “The end” use o corretor de textos, caso seja PC.
    Mas, se for PM pode!

    A MELHOR RESPOSTAS PARA UM IGNORANTE AINDA É IGNORÁ-LO.
    QUE OPORTUNIDADE QUE VC PERDEU EM FICAR COM A SUA BOCA FECHADA HEM COLEGA!
    BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSQUITO.
    QUEM FALA O QUE QUER, ACABA ESCUTANDO O QUE NÃO QUER!
    SE ACHA CONHECEDOR DA LÍNGUA PORTUGUESA SUFICIENTE PARA FAZER O QUE FEZ, POR QUE AINDA NÃO ÉS UM PROFESSOR DE UMA FACULDADE, POR QUE AINDA É UM BORRA-BOSTA DE PLANTONISTA DE MEIA PATACA!
    TE ACONSELHO A NUNCA MAIS APARECER NESTE ESPAÇO SE ÉS QUE TEM VERGONHA NESTA CARA SEU DIGITADORZINHO DE MERDA.

  64. JACARÉ SEM DENTE, acabou de ganhar uma oportunidade de ter seu texto corrigido, vejamos:

    A MELHOR RESPOSTAS (aqui o correto é RESPOSTA para concordar com o singular) PARA UM IGNORANTE AINDA É IGNORÁ-LO.
    QUE OPORTUNIDADE QUE VC PERDEU EM (aqui seria melhor o emprego da preposição “DE”) FICAR COM A (esse artigo “A” é totalmente dispensável) SUA BOCA FECHADA (aqui uma vírgula foi omitida) HEM (o correto seria escrever “heim”) COLEGA (aqui uma impropriedade, não, definitivamente, não sou teu colega, embora por dever de urbanidade lhe trate respeitosamente)!
    BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSQUITO (no início deste frase caberia o emprego de preposição “EM”, mentalize a frase com a referida preposição, veja como ficou melhor, percebeu?).
    QUEM FALA (aqui no caso nada foi falado, apenas “escrito”, você realmente confunde os instrumentos de comunicação, mas entendi perfeitamente o que quis dizer) O QUE QUER, ACABA ESCUTANDO (novamente, empregou o verbo errado, o correto seria “LENDO”) O QUE NÃO QUER!
    SE ACHA CONHECEDOR DA LÍNGUA PORTUGUESA SUFICIENTE (creio que você desejou escrever “SUFICIENTEMENTE”) PARA FAZER O QUE FEZ, POR QUE (esse “por que” está errado, todavia, deixarei as regrinhas para você mesmo pesquisar) AINDA NÃO ÉS (“és” esse estilo deveria ter sido empregado em todos os verbos e pronomes de tratamento, ficou assistemática a concordância, entendeu?) UM PROFESSOR DE UMA ( novamente, artigo ai, poderia ser substituído pela preposição “DE”) FACULDADE, POR QUE (novamente o “por que”….!!!!) AINDA É UM BORRA-BOSTA DE PLANTONISTA (você deseja adivinhar se trabalho no plantão, querendo dizer que plantão é lugar ruim; em uma: não trabalho no plantão; em duas: o plantão é lugar honroso; em três: você não sabe de nada) DE MEIA PATACA!
    TE ACONSELHO A NUNCA MAIS APARECER NESTE ESPAÇO SE ÉS QUE TEM VERGONHA NESTA CARA SEU DIGITADORZINHO DE MERDA(sem vírgulas, sem concordância, sem alternância de letras maiúsculas e minúsculas).

    Porém, como disse anteriormente, não se melindre, PM pode!

    Cordiais abraços!

  65. Não é só o Alexandre que está indo para berlinda não.
    Para os que foram as ruas ontem, parabéns, direito a manifestação, esta ficando difícil fazer greve, bombas e balas de borracha a quem se manifesta. Agora que tem síndrome de macaco é melhor manifestar sem ódio e distribuir a raiva para todos que merecem.

    http://oglobo.globo.com/brasil/alckmin-concentrou-768-das-doacoes-de-empresas-denunciadas-por-cartel-no-metro-14506012

    http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2015/08/17/50-dias-apos-inauguracao-de-obra-rio-seca-e-sabesp-nao-tem-como-captar-agua.htm
    Empresa que manda 1 Bilhão a mais que os lucros garantidos aos acionista na bolsa de NY.

    Veja o NY TIMES. (TRADUZIDO)

    Embora as investigações têm criado enormes problemas políticos para Dilma e levantaram questões sobre o seu mandato de sete anos como o presidente da Petrobras, antes de se tornar presidente, ela tem admiravelmente não fez nenhum esforço para restringir ou influenciar as investigações. Pelo contrário, ela tem salientado repetidamente que ninguém está acima da lei, e apoiou um novo prazo para o procurador-geral encarregado da sonda Petrobras, Rodrigo Janot.

    http://www.nytimes.com/2015/08/18/opinion/brazils-rising-turbulence.html?smid=tw-share&_r=2

    Ao final vemos que protestar é um luxo só. Que as empresas estão na vanguarda de todos, friso “TODOS” os políticos. A imprensa deita e rola nessa lama, fazendo os acertos monetários.

  66. A PM vai fazer como fez com o último secretário, como era mesmo o nome ???

  67. No Estadão tem um Coroné que é colunista e mete o pau na PC – Tá lá só pra isso.

    A Rádio Estadão dá o maior espaço para o cara meter o pau na PC.

    Ele só não fala nada sobre a polícia mais violenta do mundo.

  68. As pessoas confundem uniforme com farda. Uma polícia uniformizada, ostensiva, não precisa ser militar. Vide EUA e todos os países democráticos.

  69. ATENÇÃO PESSOAL !, QUEM QUISER AUFERIR UM LUCRO A MAIOR DE R$ 50.000,00, VIDE RESOLUÇÃO 107 DA SSP DE 17/08/15 ( D.O. DE HOJE, PAG. 07). RAPAZ !, ANTIGAMENTE GANHÁVAMOS RAZOAVELMENTE BEM, SENDO QUE NESTES CASOS, NÓS PEGÁVAMOS OS “FEINHOS” NA UNHA, SEM QUALQUER TIPO DE EXTRA. É POR ISTO QUE EU DIGO, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  70. ALOPRADO, MAS OS FEINHOS NESSA AÇÃO É BEM FEIÃO MESMO, FOI SE A ÉPOCA QUE OS CARAS ERAM FEINHOS, KKKKKK, ACREDITO EU.

  71. A CARA DO SSP/SP PARECE MAIS UMA CABEÇA DE P………, PUTA MERDA ?

  72. Deputados estaduais atuais[editar | editar código-fonte]
    Deputado Estadual Partido Base Eleitoral Observações
    Adilson Rossi
    PSB
    Adriano Diogo
    PT
    Capital
    Padre Afonso Lobato
    PV
    Taubaté
    Aldo Demarchi
    DEM
    Rio Claro
    Alencar Santana Braga
    PT
    Alexandre da Farmácia
    PP
    Suplente
    Ana do Carmo
    PT
    Analice Fernandes
    PSDB
    André do Prado
    PR
    André Soares
    DEM
    Antonio Mentor
    PT
    Antonio Salim Curiati
    PP
    Capital
    Barros Munhoz
    PSDB
    Itapira e Capital
    Beth Sahão
    PT
    Suplente
    Beto Trícoli
    PV
    Atibaia Suplente
    Campos Machado
    PTB
    Capital
    Carlão Pignatari
    PSDB
    Carlos Bezerra Júnior
    PSDB
    Carlos Cezar
    PSB
    Carlos Giannazi
    PSOL
    Capital e Interior
    Carlos Neder
    PT
    Capital Suplente
    Cauê Macris
    PSDB
    Célia Leão
    PSDB
    Celino Cardoso
    PSDB
    Celso Giglio
    PSDB
    Osasco
    Chico Sardelli
    PV
    Americana
    Constância Félix
    PDT
    Suplente
    Davi Zaia
    PPS
    Dilador Borges
    PSDB
    Suplente
    Dilmo dos Santos
    PV
    Ed Thomas
    PSB
    Edinho Silva
    PT
    Araraquara
    Edmir Chedid
    DEM
    Bragança Paulista
    Edson Ferrarini
    PTB
    Capital
    Edson Giriboni
    PV
    Ênio Tatto
    PT
    Capital
    Estevam Galvão de Oliveira
    DEM
    Feliciano Filho
    PEN
    Fernando Capez
    PSDB
    Capital e Interior
    Francisco Campos Tito
    PT
    Suplente
    Geraldo Cruz
    PT
    Gerson Bittencourt
    PT
    Gilmaci Santos
    PRB
    Gilson de Souza
    DEM
    Hamilton Pereira
    PT
    Sorocaba
    Hélio Nishimoto
    PSDB
    Heroilma Soares
    PTB
    Isac Reis
    PT
    Itamar Borges
    PMDB
    João Caramez
    PSDB
    Capital e Região de Sorocaba Suplente
    João Paulo Rillo
    PT
    Jooji Hato
    PMDB
    Capital
    Jorge Caruso
    PMDB
    Suplente
    José Bittencourt
    PSD
    José Zico Prado
    PT
    Suplente
    Leandro Klb
    PSD
    Suplente
    Leci Brandão
    PC do B
    Luciano Batista
    PTB
    Suplente
    Luiz Carlos Gondim
    SD
    Suplente
    Luiz Cláudio Marcolino
    PT
    Luiz Moura
    PT
    Marco Aurélio
    PT
    Marcos Martins
    PT
    Suplente
    Marcos Neves
    PV
    Marcos Zerbini
    PSDB
    Maria Lúcia Amary
    PSDB
    Sorocaba
    Mauro Bragato
    PSDB
    Presidente Prudente
    Milton Leite Filho
    DEM
    Capital
    Milton Vieira
    PSD
    Orlando Bolçone
    PSB
    Orlando Morando
    PSDB
    Osvaldo Verginio
    PSD
    Suplente
    Pedro Tobias
    PSDB
    Rafael Silva
    PDT
    Ramalho da Construção
    PSDB
    Suplente
    Reinaldo Alguz
    PV
    Rita Passos
    PSD
    Sorocaba e Itu
    Roberto Engler
    PSDB
    Roberto Felício
    PT
    Suplente
    Roberto Massafera
    PSDB
    Araraquara e São Carlos
    Roberto Morais
    PPS
    Rodrigo Moraes
    PSC
    Rogério Nogueira
    DEM
    Roque Barbiere
    PTB
    Rui Falcão
    PT
    Sarah Munhoz
    PC do B
    Suplente
    Sebastião Santos
    PRB
    Suplente
    Telma de Souza
    PT
    Santos
    Uebe Rezeck
    PMDB
    Suplente
    Ulisses Sales
    PSD
    São Carlos e Capital Suplente
    Ulisses Tassinari
    PV
    Vanessa Damo
    PMDB
    Mauá
    Vitor Sapienza
    PPS
    Capital
    Welson Gasparini
    PSDB

  73. Verdade, mas, agora o PT elegeu 20 e poucos deputados estaduais……uma boa oportunidade de colocar tudo em limpos, aliás, já vamos para 9 meses de legislatura….

    C.A.

  74. POLICIAIS DE SÃO PAULO

    NÃO ADIANTA CONVERSAR COM ESTE ALEGRE SENHOR DE POUCO TELHADO, ELE NÃO DECIDE NADA, NADA.

    QUEM MANDA NO ESTADO DE SÃO PAULO E NEM RESPEITA DECISÕES JUDICIAIS A FAVOR DOS SERVIDORES

    PUBLICOS É AQUELE SORRIDENTE SENHOR AO LADO, TAMBÉM CONHECIDO COMO O LEGUME QUE ODEIA OS

    POLICIAIS DE SÃO PAULO.

    QUANTO A CULPA PELA CHACINA, “QUARQUÉ” ZÉ MANÉ SABE A AUTORIA, SÃO: BAIXO SALÁRIO, MÁ ESTRUTURA,

    FALTA DE FUNCIONÁRIOS, DESRESPEITO A DATA BASE, REDUÇÃO DE CLASSE NA APOSENTADORIA, NÃO PAGA

    MENTO DE ABONO…E POR AI VAI….

    PC SÃO PAULO

  75. Escrivão Hoje, Futuro Delegado!

    O Prêmio Nobel da Paciência é o mínimo para você!

    Parabéns!

    Tentar “um dedinho de prosa” com o JACARÉ, domando-o à pureza do nosso vernáculo … é demais!

    O referido jumento conseguiu grafar, três vezes, em reduzido texto, o novo “neologismo” (com perdão do aparente pleonasmo): “testo”!

    Que tal: Professor por insistência, Escrivão Hoje, Futuro Delegado?

    Melhor que se tornasse Juiz (para condenar o JACARÉ ao pagamento de multas, correspondentes aos erros gramaticais).

    Abraços!

  76. ALESP…………………..CARTÓRIO DO PSDBosta,,,,,,,,,,,,,,,,,,,fim de papo….

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s