Luís Francisco Carvalho Filho – Mortes e mais mortes 12

Mortes e mais mortes

29/08/2015 02h00

No rescaldo da brutal chacina de Osasco e Barueri, que contabiliza 19 mortos, o comando da PM reagiu no Facebook a críticas recebidas afirmando que não se pode “generalizar toda uma classe de trabalhadores por causa de atos supostamente praticados por bandidos que integram temporariamente a instituição”. A mensagem é essencialmente correta.

A corporação é de fato composta também por policiais honestos, atenciosos, destemidos e protetores e tem se esforçado, com mais ou menos intensidade, conforme a região do país e a repercussão de episódios negativos junto à opinião pública, para expurgar quem se aventura pelo mundo da violência e da arbitrariedade.

Mas há algo de errado na formação e no controle da atividade policial no Brasil, e notícias recentes ajudam a explicar o descompasso que se vê entre o ideal civilizatório de segurança pública e a prática repressiva –sobretudo quando a polícia age em regiões periféricas das grandes cidades.

Além de policiais que permanecem na ativa portando extensa folha corrida de crimes pendentes de julgamento (é o caso do suspeito de envolvimento na chacina de Osasco e Barueri preso nesta semana), a corporação tem um indicador preocupante e que se tornou do conhecimento geral graças à Lei de Acesso à Informação. Entre 2005 e 2014, 14.756 policiais militares de São Paulo foram afastados do serviço por transtornos psiquiátricos: em média, quatro casos de afastamento por dia, o que revela falha no recrutamento ou uma qualidade de vida profissional esfacelada.

As corregedorias agem a reboque dos acontecimentos e, pela ausência de controle externo de suas atividades, ainda se deixam contaminar por interesses corporativos. Não exercem função preventiva.

No dia 20 de agosto foi assassinado a tiros no Rio de Janeiro o cabo Eduardinho. A Divisão de Homicídios investiga três hipóteses de motivo para a execução: mulheres, milícia e jogo do bicho. O que chama a atenção, no entanto, é o fato de a vítima ter ostentado nas chamadas redes sociais uma vida de luxo absolutamente incompatível com o salário e imagens impróprias, como a da camisa da seleção brasileira de futebol com a inscrição “Amarildo”, homenagem ao personagem que desapareceu em 2013 depois de ser preso pela PM na Rocinha, e o número “-1” (menos um). Eduardinho fazia parte de uma das Unidades de Polícia Pacificadora.

O número de mortos por policiais em serviço em São Paulo, nos primeiros seis meses do ano, aumentou 10% em relação ao mesmo período de 2014. No Rio, a tendência é também de crescimento: 347 mortes no semestre passado.

A cultura do confronto, entranhada nas corporações, acirra a letalidade policial e, indiretamente, estimula a formação de grupos de extermínio.

A entrevista para a BBC Brasil do deputado estadual Paulo Telhada, coronel reformado da PM e, registre-se, destacado parlamentar do partido político do governador de São Paulo (PSDB), é constrangedora: matar, “infelizmente”, faz parte da ação policial. Será?

Por essas e por outras é que pesquisa do Datafolha em municípios com mais de 100 mil habitantes, publicada em julho, mostra que 62% dos entrevistados têm medo da PM. É o sentimento de jovens, pretos, pobres e nordestinos.

lfcarvalhofilho@uol.com.br

É advogado criminal. Foi presidente da Comissão Especial de Mortos e Desaparecidos Políticos instituída pela Lei 9.140/95. Escreve aos sábados, a cada duas semanas.

Transcrito da Folha de São Paulo ; nos termos do artigo 46 da Lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.‏

  1. Já está virando uma novela este qru ai. A imprensa já achou um monte de culpado, já foi 01 Sgt e 04 guardas, depois 5 Sgt, 2 Cb, 11Sd, depois um Sd da ROTA, depois um marido de uma fox. Daqui a pouco vão colocar a culpa no batman também.

  2. É só acabar com a porra do Romão Gomes que essas chacinas e essas patifarias acabam…

    RÁ, o dia em que policia for pra cadeia comum e sem ficar no seguro, aí eu quero ver mike fazer merda.

    Igual os mikes do qru de sumaré… meteram bala no pintor (que é mala), meteram bala nos polícia de serviço e congestionaram a rede copom e as viaturas locais para o qru deles. nesse caso, não deveria nem ter romão, deveria era ter um pelotão de fuzilamento. e hoje estão tudo em liberdade.

    Quero ver o que vão fazer com esse qru de osasco e barueri. mataram 19 pessoas, nenhuma envolvida na morte do mike de osasco (que continuam soltos). e aí? problema só aumentou.

    É o que me disseram no quartel uma vez: polícia é polícia civil, que investiga, faz ações, grampo, etc. policia militar é GUARDA. é um vigilante com porte de arma na rua.

    Custei a entender isso.. E há aqui gente que vai dizer que eu sou charlie infiltrado…

    Falando nisso tá longe o concurso de Agetel? Preciso trocar de lado..

  3. Só um exercício de lógica

    e um esforço matemático . . .

    não é necessário ser um Qi alienígena para chegar cada um ao seu resultado

    leiam, pensem e projetem:

    leiam os serviços, quem são seus cliente e quanto eles ganham por esta nobre missão . . .

    http://www.defensoria.sp.gov.br/dpesp/Default.aspx?idPagina=3151

    E VC QUER INVESTIGAR O Q ???

    ME DIGA O QUE É ISTO ???

    VC É JUSTAMENTE E DIGNAMENTE REMUNERADO ???

    PRECISAMOS DE SERES HUMANOS POLICIAIS ???

    PRECISAMOS ???

    PRECISAMOS ABAIXAR E CABEÇA E SER “”””LEGALISTA””””, QUE LEGALIDADE É ESTA ???

  4. O que é cultura de confronto? O cara é advogado ou policial? O que sabe de polícia? Porque não escreve um artigo jurídico? Especialista em segurança pública é o policial (PM ou PC), pois esses sim fazem curso de Segurança Pública. O RESTO não passa de PALPITEIRO.

  5. Quem realmente conhece as entranhas de Osasco… (14º BPM/M e 42º BPM/M) sabe o que aconteceu….além disso….ninguém sabe nada…

  6. Militares são treinados para a GUERRA, ponto. O militarismo deveria ser restrito às FFAA, como ocorre em países democráticos.

    Quem já foi a algum quartel sabe: – Os coronéis fazem suas preleções à tropa sempre exaltando a “guerra contra os criminosos”. Ocorre que alguns meganhas acreditam e vão pra cima, mas depois quando dá cagada os oficiais dizem na imprensa que o mané será punido exemplarmente e expulso da corporação.

    Por isso é que repito o que li ainda o outro dia aqui no Flit: – Rezemos pelos soldados, cabos e alguns sargentos da nossa gloriosa! Que Deus os proteja de seus comandantes!

  7. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Certos assuntos são polêmicos e outros constrangedores. Pois vejamos:

    Quando o assunto é futebol ou quando o time vai mal a culpa é de quem?

    R- Do técnico é claro. Só que ninguém tem a coragem de dizer que o grande vilão disto são os Cartolas.

    Quando a sociedade é carente na Saúde, na Educação e na Segurança quem eles culpam?

    R- Culpam a Polícia.

    Quem sofre e acaba ficando com o ônus dos gastos astronômicos do setor público?

    R- O Povo.

    Quando querem achar um bode expiatório para desviar a atenção dos outros, quem leva a culpa?

    R- A Polícia.

    Quando há fragilidade na lei e na sua execução quem é crucificado?

    R- A Policia.

    Quando o saidinha não volta pra cadeia de quem é a culpa?

    R- É lógico que vão dizer que é da Polícia.

    Se tem drogas espalhadas por toda a sociedade de quem é a culpa?

    R- É claro que vão dizer que a culpa é da Policia.

    Se tem muito viciado na sociedade quem leva a culpa?

    R- É evidente que vão dizer que é tudo culpa da Polícia.

    E assim caminha a humanidade.

    Caronte.

  8. Senhor Caronte

    Em sociedade de preguiçosos e acomodados, a busca do culpado é mais simples que a solução do problema!

    C.A.

  9. Logo, logo a culpa vai ser do Escrivão, é sempre assim, fala com o escrivão, chama o escrivão, cade o escrivão, eh,eh.

  10. Sinceramente, historicamente as chacinas sempre foram cometidas por PMs, salvo uma ou outra exceção.
    Os números poderiam ser os mesmos, mas sem que ninguém fosse pra cadeia. Bastaria apresentar e registrar as “resistências” em dias, horários com “condutores diferentes” !
    Seja como for, parabéns “excelências” Del.Pol., MAIS UMA BOLA NAS COSTAS DA PM !
    kkkkkkkk… Força Tarefa… rsssss … só rindo mesmo !
    Quanto aos inocentes mortos ( se é que haviam), sinto realmente !
    Quanto aos “malas mortos”… chupa !!!

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s