IMPERÍCIA ADMINISTRATIVA – Sucateamento do DEINTER-5; mais uma matéria do jornalista Allan de Abreu que desagradou alguns delegados de São José do Rio Preto 19

detento_Centraldeflagrantes
Detento em cela da Central de Flagrantes

Déficit de peritos, necrotério com goteira, falta de internet e de geladeira para conservar cadáveres. O sucateamento do IML e do Instituto de Criminalística em Rio Preto atrasa inquéritos e, no limite, absolve criminosos. A mesma situação de improviso e carência estrutural se repete na Polícia Civil. No 1º, 2º e 5º Distritos Policiais, inquéritos demoram até quatro anos para ser relatados. A Central de Flagrantes não tem nem mesmo alvará dos bombeiros, e as quatro celas são insalubres e inseguras. Na Delegacia de Investigações Gerais (DIG), um banheiro foi improvisado como depósito para três toneladas de drogas, no início do ano.

Para o Ministério Público, a situação tornou-se insustentável. “A polícia precisa de estrutura mínima para trabalhar”, diz o promotor José Heitor dos Santos, corregedor das polícias em Rio Preto. Por sugestão dele, a Promotoria da Cidadania instaurou dois inquéritos para apurar o caso, e nos próximos dias deve abrir novas investigações.

A situação mais grave, segundo Santos, é a do IML. O Diário apurou que a internet no prédio é custeada pelos próprios servidores. Além disso, o órgão tem 21 funcionários, entre médicos, auxiliares e atendentes, quando o ideal seria o dobro disso. Não há aparelho de raios- X e, por falta de equipamentos, um simples exame de dosagem alcoólica precisa ser feito em São Paulo, o que atrasa o resultado em um mês.

No IC, a situação não é diferente. Faltam pelo menos sete peritos além dos 25 que dão expediente no local. Por isso, laudos chegam a atrasar mais de um ano. “Alguns juízes da Comarca exigem laudo para comprovar um furto qualificado, com arrombamento de porta, por exemplo. Por isso, se o documento não chega a tempo no processo, o réu recebe condenação por furto simples, que tem a metade da pena”, afirma o promotor criminal Julio Sobotka. O atraso também leva à destruição de provas. “Quem teve uma janela arrombada por um ladrão não vai esperar semanas pelo perito antes de consertá-la.”

Não é raro, segundo outro promotor, Sérgio Acayaba, audiências ser adiadas ou inquéritos mofar na gaveta por falta de laudos periciais. “Em casos de estupro, por exemplo, fica difícil denunciar um suspeito sem o laudo.”

Terreno

Essa carência seria resolvida facilmente, segundo Santos. Há um ano e meio, a Prefeitura de Rio Preto doou uma área atrás do hipermercado Carrefour para a instalação do IML e do IC. Mas, até agora, a Polícia Científica nem recebeu formalmente o terreno. “É um descaso injustificável”, disse Santos.

Secretaria promete corrigir problemas

Em nota, a Secretaria Estadual da Segurança Pública garantiu que tem feito investimentos “para melhorar o atendimento à população e reforçar o policiamento” em Rio Preto. Segundo a pasta, desde 2011 as polícias Civil, Militar e Técnico-Científica ganharam o reforço de 158 novos policiais, além de 394 viaturas. Há mais 10.211 vagas em aberto de concursos em andamento para as três corporações em todo o Estado. Na semana passada 392 novos policiais civis foram nomeados no Estado. Após passar por curso de formação, os servidores serão distribuídos “de acordo com a necessidade de cada região”.

O delegado João Pedro de Arruda, diretor ( desde janeiro de 2011 ) do Departamento de Polícia Judiciária de Rio Preto (Deinter – 5), informou por meio da assessoria da SSP que “estão em andamento procedimentos para a reforma da DIG e processo para alugar novo imóvel que tenha acessibilidade para abrigar o 3º Distrito Policial”. Ele nega investigações paradas nas delegacias da cidade, mas ressalva que “alguns casos são mais complexos e demandam mais tempo para serem solucionados”. Sobre as celas da Central de Flagrantes, Arruda argumenta que “as pessoas detidas ficam neste local provisoriamente”.

O superintendente da Polícia Técnico-Científica da região, Ivan Miziara, afirmou, também por meio da assessoria, que “estão sendo providenciadas adequações para melhorar a acessibilidade nos prédios” e que “serão realizados alguns reparos emergenciais no necrotério”. Com relação à doação de terreno, Miziara informou que “o processo de aceite está em andamento”.

Celas insalubres, sem pias e camas

A insalubridade é total nas cinco celas da Central de Flagrantes em Rio Preto, que abriga detentos provisórios antes da transferência para uma cadeia da região. Não há lâmpadas, pias ou torneiras no local. As latrinas estão entupidas e com vazamentos. A Vigilância Sanitária e o IC constataram restos de comida e embalagens de marmitex espalhados. Não há camas de alvenaria.

Por falta de segurança, detentos ficam poucos dias no local. “Precisa levar logo para uma cadeia”, diz um funcionário que não quis se identificar. Os problemas se repetem nos DPs. No 1º, 2º e 5º, são mais de 2 mil inquéritos. Como há déficit de funcionários, os inquéritos demoram até quatro anos para ser relatados, problema investigado por inquérito civil instaurado pelo promotor Carlos Romani. No 3º e 7º, o prédio não tem acessibilidade e é insalubre, segundo o promotor José Heitor dos Santos. “Já havíamos instaurado inquérito para investigar a estrutura desses DPs, mas a investigação foi arquivada depois que o Estado prometeu mudar de prédio. O que não ocorreu até agora”, diz Santos.

No prédio da DIG, o problema maior é a falta de acessibilidade. No piso superior, segundo a Vigilância Sanitária, há um forte cheiro de mofo, decorrente das infiltrações misturadas às fezes de pombo no telhado. Há dois anos, a carceragem do local foi desativada por falta de condições mínimas de funcionamento.

arte_situacao_policiacivil
 joao_pedro_arruda

Os delegados de polícia do DEINTER-5, muito ocupados na perseguição criminal a jornalistas e blogueiros , deveriam cuidar melhor de suas repartições e dos inquéritos sob sua responsabilidade.

Falta de verba é ladainha!

Deveriam , também, com a mesma coragem com que defendem o sigilo de suas investigações ,  a legalidade de suas requisições arbitrárias e a honra objetiva de um mero órgão público, compelir o Secretário de Segurança – sob pena de um indiciamento qualquer – a prover a região de condizentes meios materiais e humanos.

Por que não peitam a administração superior ?

  1. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    É chato ver que muitos Setores da Área Pública está num estado complicado.

    As vezes ouço que muitas empresas terceirizadas não estão recebendo em dia e por sua vez seus empregados para comer e trabalhar vivem pedindo dinheiro emprestado.

    O que muita gente deseja saber é para onde vai o dinheiro destinado?

    Quem sabe fosse mais fácil perguntar o seguinte:

    Para qual conta bancária está indo essas verbas?

    Vemos diariamente muitos reclamarem e também muitos dizerem que o dinheiro não “chega”.

    O “chegar” neste caso quer dizer:

    A) É ínfimo para as despesas;

    B) Não chega na mão certa; ou,

    C) Não atende aos anseios de poucos?

    Cada Departamento bem como suas respectivas Secções Subordinadas têm verba própria e pré estabelecida.

    Ouço uns fazendo reclamações e outros querendo mudar as posições dos holofotes no intuito de se arrumar culpados.

    E a verdade aonde estará?

    Caronte.

  2. Os nobres delegados deveriam ter mais amor na profissão e menos nas cadeiras.

  3. ESTA NOITE SONHEI COM PINDORAMA E BRUZUNDANGA

    E VI ESTA FICÇÃO QUE PASSO A NARRAR . . .

    eu tenho um misto de perplexidade, ignorância absoluta e muita curiosidade . . .

    vejo e penso:

    quantas cadeiras existem no conselho ???

    duas dezenas ??? no máximo ???

    quantos Delegados classe especial podem sentar ali ???

    será que a ideia do TRONO DE SAMOLÃO caberia bem nesta hora ???

    UMA PAI CONSEGUE DORMIR AO LADO DE UMA FAMÍLIA INTEIRA HUMILHADA TORTURADA DOENTE ???

    . . . SERES HUMANOS POLICIAIS SRS . . .

    não há dúvida nenhuma com relação a história da nossa instituição

    ou do próprio Instituto histórico personalizado na pessoa do Delegado, delegar . . .

    não podemos sentar encima disto no alto de uma montanha distante

    e como um espirito eremita

    nos apartar da realidade genocida imposta por um rei temporal ! ! !

    os muitos e bons exemplos pelo mundo podem nos guiar . . .

    há que ter coragem e inteligência para preservar o que é um direito histórico

    e há que acordar o espirito, o dever da fraternidade,

    ou a imposição do dever que carrega o cargo de excelência frente os seus dirigidos . . .

    hoje,

    a deriva neste cenário real genocida mantido por um reizinho temporal fdp qualquer . . .

    nossa história, nossa luta, as conquistas e as perdas,

    ainda são muito maiores que este isteliu nato de crfb88 !!!

    . . . 2015 O PONTO DE MUTAÇÃO . . . R$ 3.500,00 mês ! ! !

    o que é isto ???

    R$ 3.500,00 mês ! ! !

    vou repetir:

    a história nos ensina . . não precisa nem se esforçar para pensar, criar e acertar . . .

    sic . . . Nessa noite Deus apareceu a Salomão e disse-lhe: “Pede-me o que quiseres!”

    8/10 Salomão respondeu: “Ó Deus, tu foste extremamente bondoso para com o meu pai David, e agora deste-me o reino. Só pretendo que as tuas promessas se confirmem! A tua palavra, dirigida a David meu pai, concretizou-se, e fizeste-me rei sobre um povo tão numeroso como o pó da terra!

    Dá-me agora sabedoria e conhecimento para os governar com competência. Porque quem seria capaz de dirigir sozinho uma tão grande nação como esta?”

    11/12 Deus retorqui-lhe: “Sendo assim, que o teu maior desejo

    é seres capaz de servir este povo,

    e que não pretendeste nem riquezas nem honras pessoais, nem me pediste que amaldiçoasse os teus inimigos, nem tão pouco que te desse uma longa vida;

    antes pediste sabedoria e conhecimento para guiar competentemente o meu povo —

    por isso te concedo o que pediste . . .

    . . . CAIXÃO NÃO TEM GAVETA . . . .

    uma obra e um nome ficam para sempre . .

    ou o Rei e seus asseclas vem para cima, poem a cara de uma vez

    ou corrigimos apenas o que deve ser corrigido . . .

    o assunto é só nosso . . . . é entre nós e eles, os ditos legitimamente eleitos e seus comissionados,

    e a maioria da casa . . .

    o que todos temos mais a perder ???

    ou

    o que apenas alguns poucos podem continuar a ganhar

    em detrimento do teu irmão que também tem fome, família, sonhos ???

    pena que isto foi só um sonho, EM PINDORAMA NÃO TEM FOME, SANGUE, NEM SONHOS ???

  4. Thoreau , mas e da BRUZUNDANGA vc não disse nada, acaso esqueceu? ou ficou com medinha do pessoal que tenta calar as bocas com inquérito aos moldes do dr.guerra. hehehehehehe

  5. JORNALISTA PÉ DE CHINELO. QUERIA VER FAZER ISSO COM UM REINALDO AZEVEDO, MARCO ANTONIO VILLA, DATENA, RESENDE…

  6. É realmente difícil admitir que venderam a instituição pelo título de vossa excelência!

  7. Jacaré meu querido,

    agora com dente de leite nascendo,

    meu livro de cabeceira é o processo de franz kafka . . .

    prefiro ver uma arma pela minha frente

    mas caneta e lei não . . .

    a arma eu posso encarar . . .

  8. KKKKKKKK, TA CERTO THOREAU, JÁ DIZIA AS PESSOAS BEM ANTES DE EU VIR NESSE MUNDO, MIJAR NA HORA CERTA DEIXA DE SER APENAS UMA MIJADINHA, MAS FAZER NECESSIDADES, KKKKKK, BOA TARDE.

  9. EU NÃO TENHO TEMPO PARA FICAR ENVOLVIDO COM JUSTIÇA QUE PODE ACABAR EM INJUSTIÇA, E PIOR, NÃO TENHO DINHEIRO PARA JOGAR NO RALO DO ESGOTO, TÔ FORA.

  10. Só no D-5????????????????????????????????????????

  11. É Doctor wars, temos diferenças politicas, mas antes fosse só D5 sucateado. O negócio esta pegando. A PC vai as traças, e graças a este espaços podemos reclamar.
    E como me disse um covarde sindicalista em outubro de 2008, lá no Morumbi sob bombas do choque atrás de uma viatura do GOE, que nos protegia das balas do choque. “Um serviço de formiguinha”. Para mim acredito que se venderam [sindicalista, quem nem sabem que eu sou, mas olhou nos meus olhos ao desfiliar]. E agora vejo Minas Gerais fazer história ao prender jornalista, se alastrando para sampa, com um [inqt] contra Vossa Senhoria fico puto, ma fazer o que com esse estado que não cumpre nem seu decreto, como irá de cumprir a constituição.

    http://www.conversaafiada.com.br/politica/2015/08/30/seca-tucana-alckmin-e-o-criminoso-%E2%80%8B/

  12. E com todas essas mazelas e incompetência administrativa, ainda querem instaurar IPs contra jornalistas e blogueiros?!
    A esse respeito, reitero aqui comentário que fiz em post anterior:

    “essa informação, posta no ofício acima publicado, no sentido de que, no âmbito do DEINTER-5, foi instaurado IP para apurar a conduta do Dr. CONDE GUERRA, de que teria sido o responsável, ou coautor, ou pelo menos partícipe, de publicação, neste blog, de matéria supostamente ofensiva ao DEINTER-5, foi recebida com tamanho espanto e indignação que, em seguida, acabou se transformando em piada entre os convivas do blog, dando ensejo então a diversos comentários – inclusive de minha parte – em tons merecidamente irônicos.
    Considerando que um IP, uma vez instaurado, não pode (ainda que mereça) ser rasgado e jogado no lixo, como também não pode ser prontamente arquivado no âmbito da própria Polícia por ordem de autoridade superior, muito menos pode, in casu, o investigado se apoderar dos respetivos autos e com eles limpar o traseiro, aguarda-se do Exmo. Sr. Delegado Geral que, objetivando preservar a honra e seriedade da Polícia Civil como um todo, não permitindo que caia no ridículo com a instauração desse IP, proceda sua imediata “avocação”, ou, quando menos, designe para presidi-lo autoridade policial que não esteja afeta ao DEINTER-5. É isso o que, em princípio, se espera de alguém que, com competência, honradez e denodo, chefia uma Instituição secular como a Polícia Civil de São Paulo.”

  13. As Centrais de Flagrantes do DECAP não têm nem mesmo alvará dos bombeiros, e as celas são insalubres e inseguras. A insalubridade é total nas celas das Centrais de Flagrantes, que abriga detentos em flagrante delito antes de irem para audiência de custódia. Não há lâmpadas, pias ou torneiras no local. Os BOIS estão entupidos com restos de comida e embalagens de marmitex, FEZES E URINA PRA TODOS OS LADOS

  14. iria escrever algo sobre os descalabros no DECAP…
    .
    mas, é de conhecimento de todos, menos daqueles que têm cadeiras…
    .
    boa semana !

  15. Xiii…… não é este mesmo Deinter 5, que uns cabeça de bagre, querendo se passar por “otoridade” e “honestos” indiciaram um jornalista recentemente!?
    Não é o mesmo Deinter 5 onde um delegado está “oficiando” o Dr Guerra, que só fez repercutir uma reportagem e o indiciamento do jornalista!?
    Caracas, pelo visto vai faltar papel A 4 no Deinter 5,só falta agora o Diretor mandar indiciar o jornalista, o diretor do jornal que publicou esta matéria, o motorista que levou os jornais ás bancas, o jornaleiro que vendeu os jornais e todos os leitores.
    Algum “jenio” de plantão deste departamento, agora travestido de indignado, pelo fato da reportagem constatar e publicar o óbvio, vai sacar o teoria “JUMENTO/JURÍDICA” de que todos que leram a matéria jornalista conspiraram para denegrir a imagem do departamento e das instituições e portanto devem ser indiciados.
    Os pós doutorando em matéria de incompetência administrativa só não explicaram o porque não fizeram absolutamente phorra nenhuma até agora para resolver os problemas constados pela reportagem, pelo visto só tem comédia na direção deste departamento.

  16. Tired

    O Jornal Nacional acaba de detonar esse DEINTER!

    Tino Marques exclamaria: “O que é isso, rapaz”!!!!!!!!! “Que Delegado mais Mustelídeo”!!!!!!!!!!!!!!!!

Os comentários estão desativados.