CÉREBRO DAS LAGOSTAS – Capitão Bolsonaro apresenta a solução para a criminalidade no Brasil: agentes virarão autoridade 56

Eduardo Bolsonaro acaba de protocolizar o PL 2771/2015 – que define autoridade policial e estabelece as competências para os ocupantes dos cargos que exercem atividade policial.

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=47C43220043874F84AD7D9E0DDE6DBEA.proposicoesWeb2?codteor=1376946&filename=PL+2771/2015

Segundo o texto:

Art. 2º Considera-se autoridade policial o agente do Poder Público que ocupa cargo e exerce funções policiais, investido legalmente para atuar nas atividades de polícia administrativa ou polícia judiciária.

Art. 3º São autoridades policiais, nos termos especificados nesta Lei:
I – integrantes das carreiras da Polícia Federal;
II – integrantes das carreiras da Polícia Rodoviária Federal;
III – integrantes das carreiras da Polícia Ferroviária Federal;
IV – integrantes das carreiras das Polícias Civis dos Estados e do Distrito Federal;
V – membros das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares dos Estados e do Distrito Federal;
VI – membros das Forças Armadas; e
VII – servidores policiais da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, consoante os artigos 51, IV e 52, XIII, da Constituição Federal.

Art. 4º Compete à autoridade policial, além do que for expressamente
previsto em lei:
I – efetuar registro de ocorrência policial que presenciar ou receber a
solicitação;
II – lavrar Termo Circunstanciado de Ocorrência e encaminhá-lo ao juizado competente;
III – lavrar Auto de Prisão em Flagrante e encaminhar o preso, juntamente com objetos apreendidos e outros meios de prova coletados, à autoridade competente;
IV – assegurar o cumprimento de medidas protetivas, que tenham sido determinadas pela autoridade judicial competente, nos termos legais; e
V – outros procedimentos previstos em lei, nas áreas de polícia administrativa e polícia judiciária, que não sejam definidos como competência exclusiva.

Parágrafo único. Nos procedimentos de registro de ocorrência e outros atos que ensejem o início da persecução penal, no âmbito da atividade policial, observar-se-ão o direito de acesso à justiça, a celeridade e a simplicidade.

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=1692980

  1. Esta ele soltou para a galera. Até bombeiro é policial. Piadista.

  2. Igual em todo lugar do mundo, certo ele, diga em que lugar do mundo, fora o Brasil o policial não é autoridade policial, pior, ainda contratam advogados para exercer a função de autoridade policial, certíssimo ele

  3. Agora sou otoridade…………minha família não vai passar fome…..

    Só tem 171 nesta porr… de país….

    Só tem uma solução……….explode uma bomba aqui e começa do zero…

  4. Espero que a PM engula a PC……………assim, quem sabe os operacionais da PC recuperem seus direitos….

    Pois, os Dirigentes, Diretores e Delpols que anseiam uma “cadeira”, não querem que nós recuperemos nossos direitos. Querem manter as coisas como estão, caso contrário, não terão quem sustente suas “cadeiras”.

  5. Está começando pipocar idéias no Congresso, é questão de tempo para mudar algo na segurança pública, se a PC e seus comandantes ficar só no “pagodinho “, camarão que dorme a onda leva.

  6. Gostei da ideia! Quem sabe assim diminui nosso serviço, pois funcionários já não têm mesmo! Estrutura, material e condições de trabalho tão menos! Como o salário é miseravelmente baixo, temos que trabalhar pouco para fazer valer o que recebemos!
    Vamos dividir o trabalho!

  7. Vocês estão brincando né…a PM é esperta. Se isso passar estará instalado o ciclo completo que eles tanto almejam. Já passou na CCJ o projeto que muda a nomenclatura de delegado para autoridade policial para lavrar flagrantes…agora vem essa transformando todos os policiais em autoridade…junta-se o quebra cabeça e pronto…devagarinho ninguém sente né!!! ACORDEM DELEGADOS…vocês não terão mais porque existir. Graças à Deus!

  8. E a GCM faz o que?? volta a cuidar de praça chama as “autoridade policial” leva pra delegacia ou leva para o batalhão???? Esse país é uma piada…

  9. Os Delegados sempre estarão acima dos operacionais. Para tanto se dedicaram horas nos estudos. Quem quiser é só estudar e se inscrever no concurso.

  10. Ou senão faça como eu. Case com uma delegada e seu rendimento mensal será bem melhor.

  11. tem que unificar mesmo, assim aposentaremos com 30 anos, independente da idade e ainda seremos promovidos. E ainda seremos otoridade puliçiau, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  12. JUSTIFICAÇÃO

    Decorridos quase 27 anos da promulgação da Constituição Federal,
    o § 7º do art. 144 daquela Carta, referente à vigência de lei que discipline a
    organização e o funcionamento dos órgãos responsáveis pela segurança pública,
    ainda carece de regulamentação, o que compõe um dos empecilhos a serem
    transpostos, posto que, frente à omissão legislativa nesse ponto específico,
    criaram-se, ao longo do tempo, conceitos diversos acerca de termos estampados
    na CF, porém sem dispositivo legal que os definisse de forma precisa a delinear
    as atribuições de cada órgão envolvido no contexto.

    Dessa forma, a abrangência do termo “autoridade policial”, alcançou
    interpretações muitas vezes estabelecidas mais por questões políticas do que
    técnico-jurídicas, visando ao ganho e manutenção de parcelas de poder, em
    detrimento dos reais anseios e necessidades da sociedade.

    Nessa vertente, um dos pontos mais controversos consiste na
    sistemática de registro de ocorrências, inclusive a lavratura de Termo
    Circunstanciado, cabível em crimes de menor potencial ofensivo, em que a
    competência atribuída, muitas vezes, exclusivamente a delegados de polícia, ao
    arrepio da lei, oferece aos cidadãos um serviço deficiente, prestado por estruturas
    sem capilaridade em grande parte do território nacional, o que leva vítimas a se
    deslocarem centenas de quilômetros para a mera realização de um registro de
    ocorrência.

    Tal problemática não atinge exclusivamente o cidadão, mas também
    outras forças, como polícias militares e Polícia Rodoviária Federal, que destinam
    equipes a longas esperas em delegacias para registros que poderiam se
    realizados pelas próprias corporações.

    Diante do exposto, são apresentadas a seguir ideias básicas a
    serem discutidas neste parlamento, em três níveis distintos: registro de
    ocorrências, lavratura de termo circunstanciado de ocorrência e auto de prisão em
    flagrante, considerando ainda o fato de que este último procedimento não
    consiste em investigação criminal, mas tão somente o registro do fato para o
    devido encaminhamento, com celeridade, ao Poder Judiciário.

    Sala das Sessões, em 26 de agosto de 2015.
    EDUARDO BOLSONARO
    Deputado Federal – PSC/SP

  13. Thomás turbano disse:
    11/09/2015 ÀS 16:31
    Isso deixa bem claro a força, o poder e as garantias que o cargo de delegado de polícia tem…ou seja NENHUMA!! Transfere- se por telefone, fax, telex, sinal de fumaça e diário oficial. A PC é uma comédia…sofre ingerência de todos os lados. Seus dirigentes não honram as calças que vestem..,são verdadeiros leões, mas só dentro da instituição. PENA!
    _______________________________________________________________________________________________

    Assino em baixo……

  14. Agora os escrivaes estão fudidos, vao fazer tudo de ponta a ponta sem delegado.

  15. Na decada de 1950/1960, sao paulo era dividida por um paralelo, de uma lado a guarda civil e no outro a força publica, estamos encaminhando para isso entretanto a pm nao quer isto, ela aquela quer a mudança do status quo.
    Tanto assim que oficial da pm de sc, quer o ciclo completo desde que nao aumente o efetivo da policia civil.
    Porque para o ciclo completa dar certo teremos que ter policias identicas em recursos e pessoal, em sao paulo a policia civil teria que ter 90 mil ou redução da pm para 60 mil e a policia civil 60 mil funcionários.
    Se caso houvesse o ciclo completo qual policia voces acham que estaria na usp……portanto estao pregando o fim da pm mais pode ocorrer o contrario como o mario covas quis fazer quando ocorreu a favela naval.

  16. So por deus, qual a novidade, eles, os escrivães, já fazem tudo de ponta a ponta, só não recebem o GAT.

  17. Eu ainda acredito que esses novos Dekegados dirigentes de Associações e Sindicatos se derem a isonomia salarial com as outra carreiras jurídicas (mas dar na pratica mesmo), eles aceitam, se vinculam ao Judiciário como uma nova carreira com um novo nome tipo “autoridade auxiliar de juiz”, e abandona a PC. E fim.

    Espero que uma outra geração de Delegados de Polícia que pensem na Polícia Civil como um todo não admita isso.

    Agora seria a hora de unir toda Polícia Civil. Mas como? De um lado tem os que estão ganhando 16 mil líquidos mensais do outro os que ganham 3.900…

    É muita diferença. Inclusive de nível de vida.

    Tem que equalizar.

  18. COMO SE NO BRASIL NÃO TIVESSE COISA MAIS IMPORTANTE PARA SE RESOLVER. DEPUTADO, SENADOR PROMOTOR DÃO CANA! ENTÃO NA VERDADE NADA VAI MUDAR.

  19. Os pulissinha Siviu e militá veneram os Bozonaro. Não fala mal deles não, que vão te xingar.

  20. Espero que não esqueçam do ônus, os presos ficam no batalhão ou vão direto para o CDP, que não esqueçam de avisar a Defensoria, Ministério Público e o Juiz guardem os bens apreendidos, depositem o dinheiro da fiança.

  21. http://ponte.org/pl-aprovado-no-senado-pode-dar-aval-a-torturas-praticadas-pela-pm-dizem-defensores-de-direitos-humanos/

    PL aprovado no Senado pode dar aval a torturas praticadas pela PM, dizem defensores de direitos humanos

    Maitê Berna

    Ponte Jornalismo

    *Arthur Stabile, especial para a Ponte

    O projeto de Lei (PLS) 554/2011– que regulamenta a chamada audiência de custódia, nome dado ao procedimento de levar presos em flagrante ao juiz de execução num prazo de 24 horas – foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado nesta quarta-feira (09/09), em meio a críticas.

    Defendida por entidades de direitos humanos, a audiência de custódia está prevista na Convenção Americana de Direitos Humanos, ou Pacto de San José da Costa Rica, e desde fevereiro está sendo aplicado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com o objetivo de reduzir o encarceramento.

    “A falência completa do sistema penitenciário pedia uma resposta”, disse, à Ponte, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio de Mello. Para ele, a decisão foi muito importante porque, na realidade, a audiência de custódia estava prevista no Código de Processo Penal, mas tem sido ignorada. “A grande questão é que a prisão preventiva no Brasil deveria ser exceção, mas virou regra”, disse.

    Porém, há críticas em relação ao texto no que se refere à atribuição da investigação, já que, na emenda aprovada, o termo “delegado de polícia” foi substituído por “autoridade policial”, atribuindo a função a qualquer funcionário da corporação, como Policiais Militares. O relator da proposta, senador Humberto Costa (PT-PE), defendeu que a competência fosse exclusiva dos delegados de polícia. Porém, a maioria dos senadores aprovou a emenda defendida pelo senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).

    Ampliação papel PM

    De acordo com a defensora pública Daniela Skromov de Albuquerque, essa emenda “amplia de maneira inconstitucional o papel da PM”. “Lavrar flagrante é função da polícia civil. Delegar isso para a PM só através de emenda constitucional”, avalia.

    A coordenadora do núcleo de direitos humanos da defensoria pública de São Paulo explica que uma das funções da audiência de custódia “é aferir se o detido sofreu maus tratos ou tortura quando da prisão, que é feita majoritariamente pela PM. Ou seja, a escolta pela própria PM pode servir como forma de evitar que o preso fale em juízo o que sofreu”.

    A votação terminou com 18 votos a favor e uma abstenção, e teve caráter terminativo no Senado, ou seja, pode haver a possibilidade de apresentação de recurso, e, depois disso, deverá ainda passar por votação da Câmara dos Deputados.

    Retrocesso

    O advogado Ariel de Castro Alves é um dos defensores da realização das audiências de custódia, mas acredita que a forma como o PL aprovada representa um retrocesso. “Tratados internacionais definem essa necessidade [das audiências]”, mas a emenda é “um grande equívoco, um erro gravíssimo. Qualquer autoridade policial poderá fazer o ato de prisão em flagrante, um escrivão, um soldado na rua. Ela abre margem para vários abusos. Da forma que ficou, está tão aberto, que é possível que nem se leve mais as pessoas para as delegacias, já se julga na rua, se faz tudo na rua, os reconhecimentos em botecos. É uma avacalhação”, afirma. Para ele, “hoje, ao menos os delegados são pessoas formadas em direito, verificam se o flagrante da polícia cumpriu a legalidade ou não. Ao ter a militarização da PM, usurpa as funções da policia civil. Daí, certamente, abre um precedente muito perigoso para uma militarização completa da segurança”.

    O ministro do STF Marco Aurélio Mello discorda e explica que a discussão não pode ficar no âmbito de quem terá mais ou menos poder no julgamento: “A PM é uma polícia repressora. Ela prende o sujeito na rua e precisa necessariamente encaminhar a outra instância. Nesse caso, vai encaminhar diretamente à Justiça. A polícia judiciária, que é civil, tem relação direta com a Justiça e vai dar o andamento desses processos. É tempo de pensarmos no todo. O antagonismo é péssimo”, salientou.

    STF

    No mesmo dia, o Supremo Tribunal Federal também discutiu o tema, por causa da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 347 – encaminhada pelo legislativo à Corte, pedindo medidas urgentes de correção ao sistema prisional -, e endossou o prazo de 24 horas para audiência de custódia para os casos de flagrante e o prazo máximo de 90 dias para que os estados passem a adotar essa medida.

    Além disso, determinou a liberação do Fundo Penitenciário Nacional, uma verba destinada especificamente para melhorias do sistema, mas que, de acordo com o ministro relator Marco Aurélio Mello estava sendo utilizada para outros fins. “Os recursos do fundo na teoria estavam bloqueados e por isso a votação aprovou o descontingenciamento, porque, na prática, a verba estava sendo desviada e isso é ilícito, porque é um dinheiro que visa ser empregado no sistema prisional, nada mais que isso”, afirmou o ministro.

    Em junho deste ano, o Ministério da Justiça por meio do departamento Penitenciário Nacional divulgou um levantamento que mostra que quatro em cada dez presos estão atrás das grades guardando julgamento. Em mais de um terço das unidades prisionais do país, 60% deles estão há mais de 90 dias na cadeia.

    O Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD) faz o monitoramento das audiências de custódia em São Paulo e avalia como positivo o sistema até o momento.

    De acordo com o IDDD, independentemente do projeto de lei, já há outros 16 estados – além de São Paulo – que firmaram acordo com o IDDD e o CNJ para começarem com as audiências de custódia. O presidente do IDDD, Augusto de Arruda Botelho afirma que os dois resultados práticos que puderam ser observados foram o desafogamento bastante significativo das prisões na cidade e a diminuição de violência policial nas prisões em flagrante, já que nos casos em que há indícios de maus tratos ou tortura, em 24 horas a denúncia é encaminhada as autoridades competentes. “Há uma função pedagógica e preventiva. E também tem a questão da própria punição, já que o mau policial sabe que, se ele usar da violência, o detido chegará na frente de um juiz em menos de 24 horas e as marcas denunciarão o óbvio. É bem diferente um preso que vai ver o juiz pela frente três quatro meses depois de ser capturado. As marcas já saíram e, às vezes, até perde-se o interesse em fazer a denúncia”, explica.

    O ministro Marco Aurélio Mello concorda e ressalta que o julgamento não pode acontecer na rua. “O mais importante disso tudo é que o conduzido tem que ser tratado como ser humano não como um animal, especialmente porque não podemos nos esquecer da presunção da inocência. Não se pode fazer justiça com as próprias mãos, principalmente quando se tem uma estrela no peito e um revólver na cintura”, conclui.

  22. Se o Comando da PM for um pouquinho inteligente, puxe para si os operacionais da PC e deixe os Delegados.
    Dê o mesmo tratamento interno da PM, ou seja, aposentadoria com posto imediato, férias regulamentares, licença prêmio, concurso interno tipo chacal, certidões de todas as espécies em tempo razoável, e não 2 anos para o DAP te emitir uma certidão e etceteras, ai vocês vão ver se a PM engole ou não a PC.
    Abraça os Escrivães e Tiras, respeitando-os, dai pode soltar o Ciclo Completo que não vai ter pra ninguém, pois essas duas carreiras já fazem tudo mesmo.

    Abraço a todos e Comando da PM, pensem bem na proposta.

  23. Antes do golpe militar o policiamento ostensivo era feito pela Guarda Civil, uma polícia respeitadíssima, inclusive, o batalhão de polícia do exército que serviu na Itália durante a segunda guerra mundial foi formado por efetivos da guarda civil.

    Ai veio o golpe militar e a força pública (atual Pm), passou a fazer o policiamento ostensivo. Foi o começo do fim da polícia respeitada pela sociedade. A força pública era uma tropa militar que havia participado de várias campanhas militares, tinham, como ainda tem, a visão de combate ao inimigo, procuram defender o governante, quando deveriam proteger o cidadão.

    Até o Exército se arrependeu do monstro que criou.

    Mudar o nome de delegado pra autoridade policial não muda nada, no código de processo penal não existe o termo delegado, só autoridade policial e todos nós sabemos quem é autoridade policial. Até o mp se autodenomina autoridade ministerial. Procurem no código de processo penal quais as únicas autoridades, garanto que não encontrarão promotor nem policial militar.

  24. ZICA
    concordo contigo, só não quero saber de pôr farda.

    E digo mais: sou a favor desse ciclo completo.

    E antes que me mandem estudar para delegado, já digo que não sou formado em direito e nem o pretendo ser. Quero apenas um salário digno e condições de trabalho.

  25. ZICA,

    Você é um inocente, ou não conheçe a PM?

    Amigo na Pm o praça não pode nem falar com o oficial sem pedir permissão. Se conversar com o oficial e ele não autorizar que o praça se retire este tem que ficar em posição de sentido na frente do oficial. Já vi muitas dessas cenas ridículas, durante os mais de dez anos que estive na PMSP.

    Lá o praça não pode nem entrar no alojamento dos oficiais, a não ser pra fazer faxina. Na polícia civil, com todos os nossos defeitos, nunca vi um investigador ou escrivão ser obrigado por um delegado a varrer a delegacia,mói a trabalhar doze horas molhado. Pergunta a qualquer praça da Pm se isso acontece ou não por lá.

    O praça não pode nem fazer refeições junto com os oficiais.

    Na Pm, quem faz alguma coisa são os praças e oficiais,Mano máximo até tenente, daí pra frente, os caras tiram plantão uma vez por mês de superior de dia, cujo único inconveniente é dormir no quartel para informar o comandante e ao Datena, sobre ocorrências graves.

    Pergunta para os praças da Pm se preferiam ser comandados por nós delegados tiranos e maquiavélicos, ou por seus generosos oficiais? Se dessem a opção de vir para polícia civil como investigadores ou escrivães até o porteiro do quartel viria.

    Havendo o ciclo completo de polícia, nós delegados que deveríamos comandar o policiamento ostensivo e não a Pm comandar a investigação. Não sou eu quem diz é a Onu.

    Abraço.

  26. JClaudio disse:

    11/09/2015 às 18:25

    ZICA,

    Você é um inocente, ou não conheçe a PM?

    Amigo na Pm o praça não pode nem falar com o oficial sem pedir permissão. Se conversar com o oficial e ele não autorizar que o praça se retire este tem que ficar em posição de sentido na frente do oficial. Já vi muitas dessas cenas ridículas, durante os mais de dez anos que estive na PMSP.

    Lá o praça não pode nem entrar no alojamento dos oficiais, a não ser pra fazer faxina. Na polícia civil, com todos os nossos defeitos, nunca vi um investigador ou escrivão ser obrigado por um delegado a varrer a delegacia,mói a trabalhar doze horas molhado. Pergunta a qualquer praça da Pm se isso acontece ou não por lá.

    O praça não pode nem fazer refeições junto com os oficiais.

    Na Pm, quem faz alguma coisa são os praças e oficiais,Mano máximo até tenente, daí pra frente, os caras tiram plantão uma vez por mês de superior de dia, cujo único inconveniente é dormir no quartel para informar o comandante e ao Datena, sobre ocorrências graves.

    Pergunta para os praças da Pm se preferiam ser comandados por nós delegados tiranos e maquiavélicos, ou por seus generosos oficiais? Se dessem a opção de vir para polícia civil como investigadores ou escrivães até o porteiro do quartel viria.

    Havendo o ciclo completo de polícia, nós delegados que deveríamos comandar o policiamento ostensivo e não a Pm comandar a investigação. Não sou eu quem diz é a Onu.

    Abraço.
    ——————————————————————————————————————————————————————-
    JCLÁUDIO,

    MUITAS VEZES NÃO ADIANTA DAR ATENÇÃO, VÁ POR MIM!

  27. E tem de chamar de vossa excelencia magnanima poderosa vitaminada também???I? KKKKKKKKKKKKKKK

  28. BOA NOITE DR. GUERRA,

    SOLTA PARA NOS A REPORTAGEM QUE ACABOUR DE SAIR NA PÁGINA DA GLOBO.COM.

    ESSA FACÇÃO CRIMINOA CHAMADA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO ACABA DE TER QUATRO MARGINAIS FARDADOS PRESOS POR EXECUTAREM MAIS UM BANDIDO.

    SE TRATA DE UMA REPORTAGEM ONDE MOSTRA UM DOS MARGINAIS DA PM INDO ATÉ A MERDA DA VIATURA E PEGANDO A ARMA QUE FOI COLOCADA NAS MÃOS DO OUTRO BANDIDO QUE FOI EXECUTADO.

    É UMA ATRÁS DA OUTRA E DIGO MAIS: ENQUANTO NÃO ACABAR COM O PRESÍDIO MILITAR ROMÃO GOMES ISSO NUNCA VAI ACABAR.

    AGORA IMAGINEM OS SENHORES ESSA MERDA DE PM COM MAIS AUTORIDADES?

  29. Promoção por merecimento, já vi muitas, agora, estupro …….

    Viixe!!!!!!!!!!!

  30. ainda bem que na minha cidade ha integracao com a policia civil e militar sou guarda civil e aki nao tem essas bobeirinhas os inimigos sao os vagabundos e nos se unimos contra eles,a guarda nao vai acabar a pm nao vai acbar tao pouco a policia civil leia a pec 51 do maldito sebnador lidberg ele tem uma proposta interessante sobre seguranca publica e deixa as vaidades de lado pq encher a boca pra falar que é policia é mole agora quero ver trocar tiro com vagabundo

  31. Kkkkkk
    É cada piada!
    Mas a culpa não é desse boçal, é de quem votou nele!

  32. Futuro presidente ? Só se for do inferno ! Foi ele mesmo que deu ordens para que fossem retiradas todas as faixas “Fóra Dilma, Fóra Lula, Fóra PT, Fóra COMUNISTAS !” que os manifestantes postavam no dia 7 de Setembro ! Todos os atuais POLÍTICOS MALDITOS são representantes de Lúcifer e embaixadores dos demônios, são todos vagabundos e auto corruptos, NÃO FAZEM NADA, NÃO TRABALHAM, NÃO PENSAM NA POPULAÇÃO coisa alguma e SIM EM ENCHER SEUS PRÓPRIOS BOLSOS. As nossas poderosas FÔRÇAS ARMADAS BRASILEIRAS (a única coisa séria que sobrou neste Brasil destruído pelos COMUNISTAS PT, PMDB, PSDB, PP, PCB etc) irão acabar de vez com esta moleza, destronando estes VAGABUNDOS e sanguessugas do suor da população que trabalha e paga impostos PARA NADA RECEBER EM TROCA. As FF ARMADAS fecharão todos estes currais de imprestáveis: Congresso, Senado, Palácio Planalto, Governos Estaduais e respectivas apadrinhadas Assembléias, Prefeituras e Câmaras de vereadores. Devemos pedir a Deus que os MILITARES varram este LIXO monstruoso e dirijam no Brasil para SEMPRE. Em pouco tempo nosso grande e rico país será RECONSTRUÍDO e passará a ser a 2ª Potência do mundo, atrás apenas dos nossos amigos e aliados ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA que já estão auxiliando as FF AA BR com seus modernos F-16 e F-18 esquadrinhando todo o Espaço Aéreo do Brasil … NINGUÉM escapará, nem mesmo Lula … só se ele fugir nadando até Cuba !

  33. Tá tudo comprado através da propaganda paga pelo “governo” federal comunista: Globo, SBT, Record, Bandeirantes, RedeTV; ao assistir estes canais parece-nos que vivemos num MUNDO diferente, ou seja, nada é real alí, se tirarmos alguma parte dos noticiários ou das reportagens policiais do Datena, o que sobrar é só jogar no lixo ! Se esta mALDIÇÃO do COMUNISMO não for retirada logo, até a INTERNET será censurada pelo PT+PMDB+PSDB+PC+PP+PS+pê não sei de quê !

  34. A FRIBOI está comprando TÔDAS as carnes do Brasil … rebanhos inteiros estão sendo arrematados no Mato Grosso e Goiás … tá virando um monopólio do Lulinha Comunista … abram os olhos brasileiros … Fóra COMUNISMO, Foro de S.Paulo, Dilma, Lula !

  35. ´Todas as autoridades vão levar para a Autoridade Garantidora, que referendará, ou não a prisão. Quem é o Garantidor?: O Delegado de Polícia ou outra denominação que lhe dêem. O Delegado tem que ser incluído na parte da Constituição que se refere às FUNÇÕES ESSENCIAIS À JUSTIÇA como o MP, por exemplo, só assim vai valorizado e respeitado.

  36. No dia que o filho da puta do coxinha me arrastar pra um quartel pra me prender eu juro por Deus que dou um jeito de arranjar umas dinamites e explodo a porra toda. Ou me leva direto da rua pro juiz ou pra uma delegacia ou dou um jeito de assassinar a coxolandia toda!

  37. flavio:

    Com essa expectativa de trocar tiro com vagabundo, resta-me perguntar: qual o grau de satisfação do preventivo, aí em Pasárgada?

    Os índices de flagrantes estão em decréscimo, em comparação com os das cidades não virtuais?

    Seriam as estatísticas dessa cidade dos sonhos também forjados e manipulados como os “reais”, das comunidades “do lado dê cá”? Observe que não errei na expressão dê cá (não confundível com de cá), quer dizer, dê cá o meu “J” pra campanha política, e, portanto, não precisamos investigar nada que comprometa, diria Alexandre!

    Tenho certeza que aí não chegam “sensacionalismos da imprensa”, por exemplo, aqui, no mundo real, ao que tudo indica, o filme de ficção A REVOLTA DOS E.T, estará brevemente em cartaz. A primeira cena foi rodada em Barueri e Osasco! Rapaz: os caras do outro mundo “sentam o dedo”, de verdade!!!

    Chego a pensar que nosso Alexandre (O Grande “caçador” de chacineiros) corre sério risco de perder os cabelos! Coitado, pudera: incumbiram-no dessa missão quase impossível de prender E.T.

  38. 34 anos de previdência e 22 de polícia APOSENTADO SEM PARIDADE e ROUBADO:

    Concordo com você, em parte. Nem sempre é possível essa maldita amenização da gravidade pela qual passamos. No programo do “Jô”, início desta semana, ele fez de tudo para justificar o aumento de impostos, tentou, DE TODAS AS MANEIRAS, amenizar a crise brasileira, puxando o que seria “quase saco” da Dilma, enfim, fugiu da realidade, por completo. Pelo que conheço do nível intelectual dele, só poderia estar atuando como “pau mandado”. Impossível, ate para um medíocre, como eu, não perceber que o maior e mais bem concatenado esquema de ladroeira está em investigação pela Operação Lava Jato, e, mesmo assim, o Brasil acaba de entrar na vala dos caloteiros, dos não confiáveis, potencializando todo esse desgaste (ético, moral, econômico e político). Torçamos para que o Juiz Sérgio Moro, de repente, não se veja “voluntariamente obrigado” a seguir o exemplo do ex-ministro Joaquim Barbosa.

    As pessoas de bem, certamente inspiradas na Ministra Carmem Lúcia, ainda reagem, graças a Deus (apesar da pouca graça que observo na visita do Lula à companheira Cristina. Observemos o Lula lá …. na Argentina, tomando lições de como kirchnerizar a imprensa brasileira)

    Dentre essas pessoas de bem, posso apontar a aguerrida jornalista Lilian Witte Fibe (rapaz, a mulher é muito braba!), Mara Luchet, juntamente com outras duas, estas menos contundentes nas opiniões, embora sinceras. Não é que, literalmente, puseram o “Jô” Soares na roda. A Lilian parecia querer espancar a Dilma, execrando toda a sua política econômica e suas práticas ilegais do projeto criminoso de poder. Vale à pena procurar na internet.

    Outra dica: se possível, não perca, na próxima segunda-feira, às 21h00min, o Jornal da Cultura. Salvo imprevisto, será entrevistado (como em todas as segundas-feiras) o historiador Marco Antônio Villa. O cara é, pelo que conheço, o mais bem informado dos historiadores e analistas políticos. Bate no Lula, tratando-o como o pior dos piores, em contraposição ao outro entrevistado, Airton Soares, o IDIOTA que sempre “passa um pano” nessa roubalheira do PT, O Villa tem um grave defeito, o qual, infelizmente, também sempre constatei em mim: dá nomes, endereços, horários, números de documentos, e datas – tudo com as mais irrebatíveis provas. Villa é o cara. Tentar apanhá-lo em contradições é jogar pedra na Lua!

    Não te desiludas…. sairemos dessa MERDA:,apesar dos canalhas!!!

  39. Anonimo:

    A pena é mais poderosa que a espada, da mesma forma que as câmeras de segurança são mais eficazes do que as dinamites.

    Reflita: quem destruiu o Império Romano, senão o próprio?

    Quem destrói a imagem da quase Santa Igreja Católica, senão seus próprios pedófilos?

    Quem literalmente DETONA a imagem da Polícia Militar paulista, senão seus próprios “bilões”, covardes, mentirosos, puxa-sacos e “amnésicos” por conveniência?

    Quem, afinal, acreditaria numa instituição que esculhamba as próprias crias? Veja quem é esse CASJPM!

    É o mesmo que olvidou meu convite, deixando de assistir ao meu julgamento (processo nº 53.872/2009), no TJM/SP, o AVALISTA DE PATIFARIAS da Polícia Militar. Por que fugiu da raia? Porque o DNA da Polícia Militar estava (e continua) na folha 442 daquele Processo! Como estaria o contingente da PM em 2009, em termos de equilíbrio psicofísico? Posso te garantir que não havia nada a comemorar, depois do que revelou uma reportagem do Estadão, daquele ano anterior.

    Nunca atraia para si a desgraça do outro, nem tampouco se faça susceptível dessa contaminação. Não te sintas na iminência de ser “arrastado para quartéis”. Desarme o espírito. O que eventualmente te surrupiarem do material, compensa-o no espiritual! Você é único – pelo princípio da individualidade -. Ninguém poderia tomar água para saciar tua sede. Deixe que o tempo seja o senhor da VERDADE!

  40. realmente, vejo uns comentando que a diferença entre delegas e oficiais é enorme , quanta a liberdade dos operacionais
    sejam praças ou operacionais da pc.
    quanto a este quesito esta correto estes comentários..

    só não podemos se esquecer que os operacioanais da pc mais conhecidos como (RESTOPOLS DA PC).
    FORAM ESQUECIDOS por estes superiores quanto a sua valorização…

    e nunca podemos nos esquecer que os nossos superiores se aliaram ao governo, achando que uma instituição
    é composta de somente uma carreira ( a de delpol ).

    e isso é um motivo pra deixar muitos operacionais revoltados com esta manobra delegalesca , feudal, sangue azul aqui também.

    então companheiros , se formos analisar os dois casos, estamos iguais aos praças da PM.

    – resumindo , os oficiais pensam que são deuses.
    e os delpols são egoístas, quando se esqueceram das outras carreiras.

    para os restopols tanto faz , como tanto fez.. são todos iguais. são farinhas do mesmo saco.

    ninguém fede e ninguém cheira.

  41. ai não tem novidade nenhuma.

    este PL do deputado é somente uma desculpa para criar a policia do câmara dos deputados e do senado.
    e mais nada.

    pois esse papo de autoridade policial onde todos fazem de tudo , há tempos que já fazemos isso.
    o escrivão ( coitado ) faz além de suas atribuições, só falta ser chamado de doutor.
    o carcepol é um tira adoc. o agepol idem. e o delegado endossa o que foi feito pela equipe.

  42. culpa deste povo de vassalos que ainda precisam ser tolhidos até hoje…só colocar um apelido antes do nome que ganha voto: capitão, cabo, sargento….um país de estúpidos, governado por boçais.
    daqui a pouco vai ter gambé querendo ser juiz pq sabe tudo…menos as questões do concurso, né?
    aqui não existe meritocracia. o “traficante” entra em cana e a gente tem que correr e protocolizar o flagrante na defensoria pública. o vagabundo não estudou a vida inteira, mesmo sabendo que é pobre, e que existe faculdade federal pra tudo que é lado, USP, etc…aí ele entra numa particular e vai pedir o FIES.
    Não é novidade nenhuma. Um lixo que não teve capacidade pra virar delegado de polícia, fez uma escolinha com nível de primeiro grau, foi amestrado por 3 anos e agora se acha melhor e mais capacitado pra usar um paletó, distintivo e ser chamado de doutor.
    Este país só tem uma saída: O aeroporto

  43. Ainda vi uma reportagem estes dias sobre um coroné que foi fuzilado anos atrás…
    Apareceu um major que todo mundo fazia campanha pra ele aqui no flit, defendendo o cara,,,dizendo que era honesto, dedicado, ético,,,
    Não explicou bem o grampo que estava no celular do falecido…nem a grana que a motorola deixou guardada no ap dele e na conta corrente…perto de 2 milhões

  44. Criticar é fácil, ajudar, não….. disse:
    12/09/2015 ÀS 20:37
    Criticar é fácil, ajudar, não….. disse:
    12/09/2015 ÀS 20:09
    http://www.universopolitico.com/colunista.php?noticia=7654

    STF reconhece direito de policiais militares se aposentarem com 25 anos de serviço…

    Criticar é fácil, ajudar, não….. disse:
    12/09/2015 ÀS 20:11
    http://tj-sp.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/16052990/mandado-de-injuncao-mi-990100375334-sp
    __________________________________________________________________________________________________

    ALGUÉM TEM A CONFIRMAÇÃO DESSA DECISÃO ??????????????

  45. cubano em 12/09/2015 às 14:14
    realmente, vejo uns comentando que a diferença entre delegas e oficiais é enorme , quanta a liberdade dos operacionais
    sejam praças ou operacionais da pc.
    quanto a este quesito esta correto estes comentários..

    só não podemos se esquecer que os operacioanais da pc mais conhecidos como (RESTOPOLS DA PC).
    FORAM ESQUECIDOS por estes superiores quanto a sua valorização…

    e nunca podemos nos esquecer que os nossos superiores se aliaram ao governo, achando que uma instituição
    é composta de somente uma carreira ( a de delpol ).

    e isso é um motivo pra deixar muitos operacionais revoltados com esta manobra delegalesca , feudal, sangue azul aqui também.

    então companheiros , se formos analisar os dois casos, estamos iguais aos praças da PM.

    – resumindo , os oficiais pensam que são deuses.
    e os delpols são egoístas, quando se esqueceram das outras carreiras.

    para os restopols tanto faz , como tanto fez.. são todos iguais. são farinhas do mesmo saco.

    ninguém fede e ninguém cheira.

    =========:============:==============

    A diferença é que na PM um médico, um psicólogo, um outro profissional além dos sangue azuis do Barro Branco e até mesmo OS TÃO FALADOS PRAÇAS tem condição a qualquer momento a prestarem concursos internos e virarem oficiais e receber salario de oficial e aposentadoria de oficia, enquanto na Policia Civil delegado é delegado e restopol é restopol ou seja nunca chegará em lugar nenhum. O cara chega a Classe Especial com uma experiência de policia e de inquérito e flagrante dez vezes maior de que um delegado com 10 dias de delegado e mesmo assim o delegado inicia como titular de uma cidade de interior recebendo GAT de 4.000,00
    e comissionado na 2. Classe , de cara 20.000, 00 por mês contra 4.500,00 do restopol.
    Na PM o cara chega em algum lugar na PC não é isso acontece da federal também só delegados tem valorização. É triste isso.

  46. Descobri que em Londres não tem oficial da PM nem delegado de polícia, faz tanta falta.

  47. Descobri que na França não tem oficial PM nem delegado de polícia , vão ter que chamar o Batman por isso.

  48. BB Bonzinho disse:
    12/09/2015 ÀS 16:09
    Ainda vi uma reportagem estes dias sobre um coroné que foi fuzilado anos atrás…
    Apareceu um major que todo mundo fazia campanha pra ele aqui no flit, defendendo o cara,,,dizendo que era honesto, dedicado, ético,,,
    Não explicou bem o grampo que estava no celular do falecido…nem a grana que a motorola deixou guardada no ap dele e na conta corrente…perto de 2 milhões

    Muito importantes estes seus informes, apesar de demasiadamente resumidos! Poderia nos fornecer mais detalhes?

  49. Nem foi votado… nesse governo do PT isso não passa!!! Retrocesso, volta da ditadura militar, duvido que passe o projeto da audiência de custódia e esta do Bonsanaro.

  50. Por mim, que fiquem com tudo. Os delegados de polícia só pensam em encher os bolsos e fuder as outras carreiras. São contra os Investigadores e Escrivães de ganharem mais, mesmo sendo reconhecido o grau superior. Perderam a Ciretran e agora vão perder o IIRGD.FODA-SE. Delegado só quer o GAT.

  51. O Acordando está certo!!! Os Delegados nunca fizeram e nunca farão algo por nós, a preocupação é a cadeira , o $ e o GAT, uma das maiores injustiças cometidas contra o restopol, principalmente contra os escrivães (sou tira), os quais são quem se ferram nessas CPJs e nada recebem por isso, enquanto Delegado está ganhando quase 5 pilas para trabalhar nos polos. Perdemos o Detran, o registro de armas e logo o IIRGD vai por água abaixo….culpa de quem?????

  52. Conversei com um colega e ele me disse que o Circulo Completo seria, Ele sai de casa para o Trabalho, lê todo o Jornal, vai almoçar, toma o café da tarde e volta para a casa a noite.

    Interessante.

Os comentários estão desativados.