O Abecê do policial civil vagabundo 73

Senhores

Descreverei a seguir, algumas atitudes e palavras, comum em nosso meio, que nada nos adiciona de bom, muito pelo contrário, só nos prejudica…

a-Sindicado não faz nada- realmente, não é o sindicato que deve fazer e sim os sindicalizados, participando de assembleias, cobrando posições na sede, aderindo a movimentos…
b-Eu faço igual ao fulano, quero o mesmo salário- nada mais justo que atividades idênticas, salários iguais, mas, presta concurso!
c-Não é comigo, estou na boa, então, fod…..- A Policia é uma roda gigante, sempre em movimento, amanhã será voce!
d-Fui extinto, então? – Oras, a secretaria mandou que devolvesse sua funcional e arma? para com esta conversinha fiada, extintos foram os cargos vagos, vai chorar na cama que é lugar quente e macio.
e-Delegado não está nem aí para o restante da Policia….- Vos pergunto, os demais Policiais se importam com os Delegados?
f- O Estado me explora…..- Siga o exemplo, o judiciário está aí, bastam ações…
g- Eu sou mal remunerado, por isso não trabalho! – Senhores, acham mesmo que algum ou alguns assessores do Governador não frequentam este sítio, não analisam o nível e a qualidade dos comentários?
Foi o que me lembrei no momento, mas, tenho certeza que o alfabeto seria insuficiente para relacionar todas as mazelas que ocorrem em nossa Policia, mas claro, todas elas, com absoluta anuência de boa parte dos Policiais, pela omissão!

é o que penso

C.A.

  1. Na minha opinião todas as cadeias deveriam voltar a funcionar e todos os carcereiros deveriam voltar pra trança. Quem quiser ser escriba, agente e pricipalnente tira, é que vá prestar o respectivo concurso.

  2. Escribapol, os carcereiros devem voltar para a transa? Quer dar a bunda para um Carcepol? Explica melhor, por favor!

  3. sindicato ? associação ? kkkkkk paguei durante 20 anos, então o trouxa aqui pode dizer com propriedade
    NÃO SERVEM PRA P….. NENHUMA. ( e só pro colega do texto saber , participei de várias reuniões)
    A verdade é que a única carreira unida nessa P.C. é a dos delegados o resto é uma querendo destruir a outra e
    ainda ficam esperando algum resultado positivo.

  4. Escribapol disse:
    19/09/2015 ÀS 18:10
    Na minha opinião todas as cadeias deveriam voltar a funcionar e todos os carcereiros deveriam voltar pra trança. Quem quiser ser escriba, agente e pricipalnente tira, é que vá prestar o respectivo concurso.

    ==========================================

    da pra ver que o sr é um zero a esquerda na policia civil ..
    pois se os carcepols estão desviados é porque quem manda na policia civil mandou seu bobão >

  5. Escribapol disse:
    19/09/2015 ÀS 18:10
    Na minha opinião todas as cadeias deveriam voltar a funcionar e todos os carcereiros deveriam voltar pra trança. Quem quiser ser escriba, agente e pricipalnente tira, é que vá prestar o respectivo concurso.

    =======================

    deixe de ser tonto…..

    se isso acontecer . a policia civil fecha as portas, seu maçanetão bestão …

  6. Planos de carreira[editar | editar código-fonte]

    A Polícia Civil do Estado de São Paulo dispõe de 40.663 integrantes (dados constantes nas Leis Complementares nº 1.063 e 1.064, de 13/11/2008), distribuídos em 14 carreiras policiais. Segue a listagem de carreiras com suas peculiaridades, escalonadas de acordo com as exigências de maior capacitação para o desempenho, em nível de execução, de atividades policiais, conforme o art. 1º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro de 1986. Faz-se saber que nenhum dispositivo legal delimitou, até o presente momento, as atribuições de cada carreira policial, razão pela qual estas estão descritas conforme constante em quadro no Museu da Polícia Civil, localizado nas dependências da Academia de Polícia (Acadepol) em São Paulo.
    Delegado de Polícia: dirige delegacias policiais e demais unidades de polícia judiciária, comanda equipes formadas por policiais civis de várias carreiras, registra boletins de ocorrência e preside inquéritos (investigações) policiais. O requisito para ingresso na carreira é diploma de nível superior em Direito, além de 2 anos de atividade jurídica ou 2 anos de efetivo exercício em outro cargo de natureza policial civil. A carreira possui 3.443 integrantes (8,5% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo o cargo de Delegado Geral de Polícia.
    Médico Legista: realiza exames periciais em pessoas vivas ou mortas, colimando determinar se foram vítimas de crime, acidente ou outro infausto. O requisito para ingresso na carreira é diploma de nível superior em Medicina. A carreira possui 573 integrantes (1,4% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo o cargo de Superintendente da Polícia Técnico-Científica.
    Perito Criminal: realiza exames periciais, quando solicitados pelo Delegado de Polícia, em locais de crime ou desastres ou objetos a eles relacionados, colimando determinar o que pode ter ocorrido, emitindo laudo para apreciação no Inquérito Policial. O requisito para ingresso na carreira é diploma de nível superior em qualquer área, desde que compatível com as atribuições do cargo. A carreira possui 1.177 integrantes (2,9% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo o cargo de Superintendente da Polícia Técnico-Científica.
    Investigador de Polícia: realiza investigações gerais ou especializadas sobre crimes e contravenções penais. O requisito para ingresso na carreira é diploma de nível superior em qualquer área. Uma das carreiras mais importantes da Polícia Civil, já que exerce sua atividade-fim: investigar. É a carreira policial com o maior número de integrantes (11.957 ou 29,4% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Investigador de Polícia Chefe.

    Prédio do 52º Distrito Policial – Vila Zilda, capital de São PauloEscrivão de Polícia: Como qualquer outro policial civil, registra os boletins de ocorrência, por competência, conduz inquéritos policiais e outros documentos regulares, secretariando Delegados de Polícia. O requisito para ingresso na carreira é diploma de nível superior em qualquer área. A carreira possui 8.912 integrantes (21,9% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Escrivão de Polícia Chefe.
    Agente Policial: Auxilia em investigações e outras funções necessárias ao trabalho policial, na prática realiza todas as tarefas policiais semelhantes ao cargo de Investigador.Além da condução de viaturas policiais (precisando possuir Carteira Nacional de Habilitação, classe D profissional) O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino médio. A carreira possui 2.938 integrantes (7,2% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.
    Fotógrafo Técnico-Pericial: fotografa locais de crimes ou desastres, objetos a eles relacionados, vítimas de crimes e criminosos, conforme a necessidade de cada caso. O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino médio. A carreira possui 724 integrantes (1,8% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.
    Agente de Telecomunicações Policial: trabalha com os meios eletrônicos de comunicação da Polícia Civil, sobretudo rádios e, modernamente, dedica-se também à Informática, em especial à Intranet (parte da Internet exclusiva da Polícia Civil). O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino médio. A carreira possui 2.431 integrantes (6% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.
    Auxiliar de Necrópsia: prepara a realização de exames em cadáveres e auxilia o Médico Legista. O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino médio. A carreira possui 334 integrantes (0,8% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.
    Desenhista Técnico-Pericial: elabora croquis de locais de crimes ou desastres e objetos a eles relacionados, conforme a necessidade de cada caso, além de elaborar, também, os retratos-falados para identificação de suspeitos. O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino médio. É a carreira policial com o menor número de integrantes (198 ou 0,5% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.
    Papiloscopista Policial: dedica-se à identificação civil e criminal, através da coleta, classificação, análise e comparação de impressões dígito-papilares e realiza também a comparação técnica de outras impressões papilares. O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino médio. A carreira possui 875 integrantes (2,1% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.
    Carcereiro Policial (carreira extinta): responsável pela guarda de presos sob a custódia da Polícia Civil nas Delegacias e pelos registros pertinentes, em seguida, o preso é mandado para Penitenciaria onde ficará a disposição da Justiça e na guarda dos agentes penitenciários. O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino médio. A carreira possui 5.379 integrantes (13,2% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.

    Nova caracterização para as viaturas nas cores preto e branco (2012)Atendente de Necrotério Policial: realiza funções genéricas nos necrotérios do Instituto Médico-Legal, podendo remover cadáveres de locais de crimes, desastres ou abandonados. O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino fundamental. A carreira possui 405 integrantes (1% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.
    Auxiliar de Papiloscopista Policial: realiza funções semelhantes às do Papiloscopista Policial. O requisito para ingresso na carreira é certificado de conclusão de ensino fundamental. A carreira possui 1.317 integrantes (3,2% do total) e seu ocupante pode ocupar em nível máximo a função de Chefe de Seção ou Equipe.
    Observação: As carreiras de Médico Legista, Perito Criminal, Fotógrafo Técnico-Pericial, Auxiliar de Necrópsia, Desenhista Técnico-Pericial e Atendente de Necrotério Policial são ainda pertencentes ao quadro funcional da Polícia Civil, embora estejam a serviço da Superintendência da Polícia Técnico Científica, órgão pericial desvinculado pela Lei Complementar nº 756/1994.

    Na Polícia Civil, assim como na Polícia Federal e na maioria das Polícias Judiciárias não existe verticalidade nas promoções dentro das carreiras, apenas horizontalidade (diferente do que ocorre na Polícia Militar), ou seja, se na PM alguém pode ingressar como Soldado e ser promovido até o posto de Subtenente; ou entrar como Aspirante-a-Oficial e chegar a Coronel; na Polícia Civil, quem ingressar como Agente Policial, por exemplo, permanecerá como Agente Policial para sempre (a menos que ingresse em outra carreira por meio de outro concurso exonerando-se da anteriormente.

    Assim sendo, a única progressão que existe é dentro das Classes de uma mesma carreira, sendo que um novato ingressa na 4ª Classe, depois progride para a 3ª, a 2ª, a 1ª e, finalmente, para a Classe Especial. Em suma, as únicas diferenças entre, por exemplo, um Escrivão de 3ª Classe e um de Classe Especial são o salário e a primazia para ocupar postos de chefia. Os integrantes da 4ª Classe ainda não são considerados efetivos e só adquirem estabilidade após 3 (três) anos de efetivo exercício (os 1095 dias do Estágio Probatório), quando são promovidos automaticamente à 3ª Classe.
    Oficiais Administrativos: O único cargo administrativo existente atualmente na Polícia Civil do Estado de São Paulo é o de Oficial Administrativo. Estes são funcionários efetivos, regidos pela Lei Complementar 1080/08, que exercem funções internas e externas de Apoio às atividades Policiais, em todo tipo de unidade policial, notadamente no DETRAN e em Seções de Trânsito. Apesar do cargo existir há mais de 20 anos, não há um plano de carreira para esse cargo, não havendo horizontalidade nas promoções como nas carreiras policiais.

    Os Oficiais Administrativos são responsáveis, ainda, pelo suporte das tarefas policiais. Esse cargo não conta com atributos de proteção pessoal como os policiais, tais como: porte de arma, coletes, seguro de vida, dentre outros, apesar de ombrear com os policiais e se deslocar em serviço nas viaturas policiais. A luta da classe é para que a Policia Civil e o Governo do Estado inclua a carreira administrativa na Lei Orgânica, com a designação Agente de Apoio Policial ou Agente Administrativo Policial.

    fonte-https://pt.wikipedia.org/wiki/Pol%C3%ADcia_Civil_do_Estado_de_S%C3%A3o_Paulo

  7. De novo !!!!! Vai veno…

    O DEPUTADO CAMPOS MACHADO INFORMOU AOS DIRETORES DO SINPOL QUE JÁ MANTEVE CONTATOS COM O GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN E COM O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA FERNANDO CAPEZ PARA REATIVAR O GRUPO DE ESTUDOS QUE IRÁ ANALIZAR VALORIZAÇÃO DAS CARREIRAS POLICIAIS CIVIS EM TODAS AS SUAS REIVINDICAÇÕES, AS QUAIS CITAMOS ANTERIORMENTE NESSE SITE. Sinpolrp

  8. Comentário do C.A. lúcido e real! Mas uma coisa afirmo: Com certeza, asseclas do secretário e do governador aqui adentram para analisar os comentários , talvez seja por isso que não conseguimos nada!!! A desunião entre as corporações, entre as as carreiras e outros, além de comentários infelizes e desnecessários sobre o que o secretário faz ou já fez, bem como aqueles comentários tristes e infelizes sobre a sua esposa e a trágica morte do filho dele. Nossa situação é de penúria total, estamos há tempos sem reajuste digno, não conseguimos valer nossos direitos, viramos bode expiatório da imprensa e a população , mas RESPEITO PARA QUALQUER PESSOA, SEJA QUEM FOR, É FUNDAMENTAL!!!

  9. C. A. por favor, aprenda a escrever e pontuar antes de digitar essas baboseiras.
    Comentário burro e desconexo por conta dessa vossa ignorância.
    Vai á merda, por favor!
    Idiota.

  10. Senhor S.J,C.

    Agradeço a sua honrosa crítica, tranquilize-se, aprimorarei a gramática e a ortografia.

    C.A.

  11. PARA O C.A.
    SE REALMENTE HOUVESSE VISTAS NESTE ESPAÇO, POR PARTE DE ASSESSORES GOVERNAMENTAIS, ENTÃO PORQUE NÃO FAZEM NADA PARA QUE HAJA MUDANÇAS?
    NÃO ACREDITE NISSO, ESTE ESPAÇO (QUE TEVE SEU APOGEU HÁ MUITO TEMPO ATRÁS) ESTA FALIDO, DESACREDITADO E TOTALMENTE DESCOMPROMETIDO COM SUA PROPOSTA INICIAL, NA SUA CRIAÇÃO.
    ESQUEÇA, SE FOR FUNCIONÁRIO DA ADMINISTRAÇÃO, FINJA QUE TRABALHA QUE O PATRÃO/ESTADO, FINGE QUE NOS PAGA.

  12. O Abecê do policial civil vagabundo 62
    por Flit Paralisante • Sem-categoria
    Enviado em 19/09/2015 as 1:32 – C. A
    Senhores
    Descreverei a seguir, algumas atitudes e palavras, comum em nosso meio, que nada nos adiciona de bom, muito pelo contrário, só nos prejudica…
    a-Sindicado não faz nada- realmente, não é o sindicato que deve fazer e sim os sindicalizados, participando de assembleias, cobrando posições na sede, aderindo a movimentos…
    Resposta:
    A primeira atitude de um líder sindical seria a luta por uma entidade única que traria representatividade e poder de negociação, este universo de associações e sindicados servem, na pratica, apenas para arrecadar contribuições.
    b-Eu faço igual ao fulano, quero o mesmo salário- nada mais justo que atividades idênticas, salários iguais, mas, presta concurso!
    Resposta:
    Somos Quatorze carreira de policiais, mas deveríamos ser tratados como Policiais de quatorze carreiras, já que não se justifica o mesmo grau de dificuldade com salários tão diferenciados, sem contar que na moderna administração a existência desta estrutura só favorece a ineficiência e a corrupção.

    c-Não é comigo, estou na boa, então, fod…..- A Policia é uma roda gigante, sempre em movimento, amanhã será voce!
    Resposta:
    A maior característica POSITIVA do Policial Civil é seu raciocínio lógico e sua capacidade em adaptar-se (Um PC chamais “deixaria” um preso algemado “cair” de um telhado). O crime é dinâmico e imprevisível exigindo um policial com características incompatíveis com o militarismo que exige obediência sem questionamentos.

    d-Fui extinto, então? – Oras, a secretaria mandou que devolvesse sua funcional e arma? para com esta conversinha fiada, extintos foram os cargos vagos, vai chorar na cama que é lugar quente e macio.
    Resposta:
    A forma como o governo extinguiu o cargo de carcereiros policiais sem cumprir o a Lei do Estatuto do Funcionalismo que prevê que quando um cargo é extinto os ocupantes devem ser enquadrados no cargo mais próximo que no caso do carcereiro seria o Agente Policial, demostrou falta de respeito à LEI e aos Profissionais. E um governante que não cumpre uma lei, provavelmente, não cumpra outras.

    e-Delegado não está nem aí para o restante da Policia….- Vos pergunto, os demais Policiais se importam com os Delegados?
    Resposta:
    Um dirigente que não se preocupa com seus subordinados, fatalmente, levara sua instituição ao fracasso.
    Exemplificando: Os estrelinhas chamais permitiriam que seus soldados recebessem um auxilio alimentação inferior ao dos policiais civis (120 a 580), pois sabem que isto traria desmotivação e no trabalho policial motivação é 90 por cento dos resultados.
    f- O Estado me explora…..- Siga o exemplo, o judiciário está aí, bastam ações…
    Resposta:
    Uma causa contra o Estado, na maioria esmagadora das vezes, leva mais de dez anos para chegar nos Tribunais em Brasília e uma Justiça “lenta” é pior do que a injustiça pois gera descrença.
    g- Eu sou mal remunerado, por isso não trabalho! – Senhores, acham mesmo que algum ou alguns assessores do Governador não frequentam este sítio, não analisam o nível e a qualidade dos comentários?
    Foi o que me lembrei no momento, mas, tenho certeza que o alfabeto seria insuficiente para relacionar todas as mazelas que ocorrem em nossa Policia, mas claro, todas elas, com absoluta anuência de boa parte dos Policiais, pela omissão!
    Resposta:
    A atual situação falimentar em que esta instituição se encontra é o resultado da decisão do administrador em não fazer uma Reestruturação dos cargos e salários que traria motivação resultando em um aumento da eficiência, mas se em vinte anos não conseguiram entender esta regrinha básica, da moderna administração, não vai ser agora que irão aprender.
    (É o que penso)

  13. Resposta ao C.A.
    A- A primeira atitude de um líder sindical seria a luta por uma entidade única que traria representatividade e poder de negociação, este universo de associações e sindicados servem, na pratica, apenas para arrecadar contribuições.
    B-Somos Quatorze carreira de policiais, mas deveríamos ser tratados como Policiais de quatorze carreiras, já que não se justifica o mesmo grau de dificuldade com salários tão diferenciados, sem contar que na moderna administração a existência desta estrutura só favorece a ineficiência e a corrupção.
    C-A maior característica POSITIVA do Policial Civil é seu raciocínio lógico e sua capacidade em adaptar-se (Um PC chamais “deixaria” um preso algemado “cair” de um telhado). O crime é dinâmico e imprevisível exigindo um policial com características incompatíveis com o militarismo que exige obediência sem questionamentos.
    D-A forma como o governo extinguiu o cargo de carcereiros policiais sem cumprir o a Lei do Estatuto do Funcionalismo que prevê que quando um cargo é extinto os ocupantes devem ser enquadrados no cargo mais próximo que no caso do carcereiro seria o Agente Policial, demostrou falta de respeito à LEI e aos Profissionais. E um governante que não cumpre uma lei, provavelmente, não cumpra outras.

    E-Um dirigente que não se preocupa com seus subordinados, fatalmente, levara sua instituição ao fracasso.
    Exemplificando: Os estrelinhas chamais permitiriam que seus soldados recebessem um auxilio alimentação inferior ao dos policiais civis (120 a 580), pois sabem que isto traria desmotivação e no trabalho policial motivação é 90 por cento dos resultados.
    F-Uma causa contra o Estado, na maioria esmagadora das vezes, leva mais de dez anos para chegar nos Tribunais em Brasília e uma Justiça “lenta” é pior do que a injustiça pois gera descrença.
    G-E atual situação falimentar em que esta instituição se encontra é o resultado da decisão do administrador em não fazer uma Reestruturação dos cargos e salários que traria motivação resultando em um aumento da eficiência, mas se em vinte anos não conseguiram entender esta regrinha básica, da moderna administração, não vai ser agora que irão aprender.
    (É o que penso)

  14. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    O que falta realmente meus queridos, é falta de respeito com o profissional envolvido;

    O que falta realmente meus queridos, é falta de responsabilidade da classe representativa da categoria em sempre protelar discussão acirrada no que tange aos direitos do trabalhador;

    O que falta realmente meus queridos, é falta de união dos Delegados de Polícia com os demais cargos da Instituição Policial;

    O que falta realmente meus queridos, é o patrão criar uma gestão eficaz e respeitar todos os direitos do trabalhador; e,

    O que falta realmente nesta altura do campeonato meus queridos, é a completa execução dos ditames da lei e condenar e prender àqueles que retardam e negam os direitos do trabalhador.

    Caronte.

  15. Senhor Carcereiro 13

    Realmente, não há pessoa com liderança e pujança suficiente, para em nome e com apoio da Classe, iniciar um movimento melhorando nossas condições funcionais e institucionais, isso se consumaria, com massiva e constante presença de todos na vida sindical, surgindo dai, alguém com disposição para concorrer com o “atual presidente”.
    Torno a repetir, OS CARGOS EXTINTOS FORAM OS VAGOS, remanejados segundo o decreto, para as carreiras de Investigador e Escrivão(segundo o decreto), pense, a administração lhe pediu a devolução de sua Carteira Funcional ou armamento? Caso fosse extinta a “Carreira de Carcereiro”, aí sim, haveria a transposição para carreira similar (trocariam a funcional inclusive)
    Para o bom entendedor “pingo é letra”, não só os Operacionais não se preocupam com os Delegados, como os Delegados não se preocupam com Operacionais e nem mesmo Operacionais se preocupam com Operacionais, nem mesmo com colegas da mesma carreira.
    Se não estou enganado, na Policia Militar, por regulamento Militar, o Praça graduado, ganha uma porcentagem a mais que o Soldado raso, e esta escala é progressiva, até o posto de Tenente Coronel, eles não fazem nada para os subordinados, por força do Regime Militar, não há como aumentar o ganho do Oficial sem arrastar o Praça.
    Lembro-me bem, de quando a Policia Federal tinha salário menor que o nosso, esta situação se modificou nos dias atuais, pelos méritos próprios, não de Governantes, basta relembrar os movimentos paredistas do passado e do presente que efetuaram.
    Todo e qualquer Governante, só se movimenta se lhe for aplicada força motriz, caso contrario, a situação estática permanece, sem o ativismo sindical, continuaremos eternamente discutindo estes tópicos por anos e anos, como eu mesmo presencio e já presenciei por décadas.
    Estaremos sempre com a mesma duvida existencial (Biscoito Tostines vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais)
    O meu comentário em momento algum teve a intenção depreciativa, na verdade, o objetivo foi a reflexão e a conscientização.
    Embora, por alguns comentários que postaram, demonstra claramente que não alcancei o esperado, por falta de uma interpretação de texto digna.

    é o que penso

    C.A.

  16. QUER VER POLICIA TRABALHAR, É FÁCIL: ACABA COM A MALDITA ESTABILIDADE. O CARA ENTRA NA POLICIA DEPOIS DE ASSINAR A POSSE E TRABALHA EXATOS 1095 DIAS( 3 ANOS), ATÉ SER CONFIRMADO NO CARGO PELO ESTAGIO PROBATÓRIO. SAIU O SEU NOME D.O. O CARA NO DIA SEGUINTE METE UM ATESTADO DE DOAÇÃO DE SANGUE E NÃO TRABALHA MAIS COM A MESMA VONTADE. MANDA ESSES VAGABUNDOS TRABALHAREM NA INICIATIVA PRIVADA PARA VER SER AGUENTAM.

  17. VAI DAR MERDA!! O SR. DEVE SER UM EXIMIO POLICIAL. QUE ORGULHO VÊ-LO COM ESTE APETITE TODO. BOBEIRA MINHA, SERA QUE O SR. É POLICIAL MESMO? TO COMECANDO A ACHAR QUE NUNCA ENTROU EM UM DP.

    MAS INDEPENDENTE DISSO, QUERO TE DIZER QUE ESTABILIDADE É UM DIREITO QUE SE CONTRAPOE AO FGTS. SE A ADMINISTRACAO PUBLICA QUISER ABOLIR A ESTABILIDADE E ME INSCREVER NO FGTS EU ACEITO.

    OUTRA COISA, A EXPERIENCIA DIZ QUE SUJEITOS QUE USAM DESTE DISCURSO SEU GERALMENTE SAO OS MAIS PELEGOS, ESQUIVADORES E FALSOS MORALISTAS!!!

  18. Galera não deem créditos a ele…
    Esse cara não foi o MESMO que escreveu aos quatro ventos que não iria postar mais nada nesse blog?
    Tá claro a linha de raciocínio dele…
    Já debati com ele algumas vezes e ele não dá o braço a torcer, então não percam tempo com ele.
    O mais lindo é que dessa vez não precisei escrever nada ele mesmo se enforcou.

    Pois é C.A… Não se segurou agora aguenta.

  19. quer se investigador NU?? Presta concurso….hoje em dia tá facil, qualquer um entra. Só ninguem mais prestar pra outras carreiras, ai teremos a carreira unica!

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s