Gestão Organizacional – Dar ciclo completo para a PM é deixar a população vulnerável ainda mais vulnerável. 10

Prezadas e prezados,

Este é, sem dúvida, um belo debate.  Eu tenho uma visão não de sociologia, mas sim de Gestão Organizacional e há pontos importantes a serem pensados:

1. O Brasil é pródigo em olhar para “exemplos de fora” como se eles fossem aplicáveis na realidade Brasileira. Não se compara uma polícia nos EUA ou na Europa com a polícia brasileira. São realidades distintas e não comparáveis.  Inúmeros estudos mostram que organizações possuem habilidades especializadas e construídas na prática ao longo dos anos. As Pms não são especializadas em investigar e a sua formação e prática não é da lógica de investigação (vc vê isso ao ver como a PM preserva cenas de crimes no Brasil). Ou seja, as Pms precisariam mudar sua identidade organizacional, a sua formação e a sua lógica organizacional para poder dar conta de realizar um ciclo completo de polícia. Ciclo completo parece ter virado outra panacéia policial, assim como é a ideia de desmilitarização

2. Muito se fala de ciclo completo para a PM. Agora, o ciclo completo está atrelado a outras características organizacionais: entrada única, polícias pequenas, controle externo da atividade policial. Porque não se falam destes outros elementos e não se trazem estes outros elementos?

3. A resposta a questão anterior me parece simples: a luta pelo ciclo completo está sequestrada pela lógica corporativista do Oficialato das Pms que busca para si mais poderes. Hoje a grande maioria das Pms estão fora do controle do Poder Executivo. Elas são organizações que lutam para preservar o próprio poder e aumentar a própria influência. Isso ocorre para o privilégio dos Oficiais e contra os interesses de praças e dos cidadão mais vulnerável. Os abusos contra as pessoas comuns e os praças é prática corrente nas Polícias Militares. O corporativismo do oficialato da PM é bastante inteligente, pois ele se coloca como se as Pms fossem uma só e não houvesse uma quase “guerra fria” cotidiana entre praças e oficiais. Uma conversa simples com praças mostra um quadro muito diferente da realidade que o oficialato da PM mostra. Os privilégios dos oficiais superiores são inaceitáveis em um país como nosso.

4. O argumento de que o ciclo completo puxará outras mudanças não me parece válido, pois irá apenas dar mais poder ao oficialato da PM e possibilitar o abuso contra os grupos mais vulneráveis. Após acompanhar o dia a dia da polícia por 3 anos nas ruas, eu tenho convicção que o grande poder da PM é o que precisa ser combatido pela sociedade e isso não passa por desmilitarização. A prática do “esculacho”, da “derrubada” é fortemente presente dentro da PM (basta ver que nao passamos uma semana sem um escandalo que envolve a PM)

5. A mudança, eu acredito, que deveria ser bastante gradual e em outro foco. O ciclo completo é um ideal a ser atingido, sem a menor dúvida. Mas, antes precisamos desburocratizar o sistema de justiça criminal, criar mecanismos de controle externo das polícias, reduzir o poder das Pms  e a partir dai ver como fica para pensar em uma unificação territorializada da polícia. Dar o ciclo completo para a PM sem os demais ajustes é cair na lógica corporativista e deixar a população vulnerável ainda mais vulnerável.

Meu ponto aqui é contra uma lógica organizacional e nada tem a ver com oficiais individuais da PM, muitos deles bem preparados, competentes e sérios.

Rafael Alcadipani

Professor da FGV

  1. Pode ser. Se considerarmos que o Estado precisa de controle pelo próprio Estado, a PM e PC precisam da fiscalização uma pela outra.
    De outro lado, a PRF tem ciclo completo. O problema é só a qualificação “militar”? Parece pouco.
    A educação pública é civil, preponderantemente formada por “progressistas”, e o que temos é lastimável.
    A saúde pública, com todos os problemas ainda existentes, é menos pior hoje depois da implantação das parcerias com organizações sociais, depois de muita “birra” de sindicatos da saúde “pública”.
    Realmente, precisa mudar e do jeito que está não pode ficar.
    Pergunta necessária: policial civil aceita fazer o trabalho da PM?

  2. Com tantos especialistas, não sei como as polícias do Brasil podem ser tão ruins assim. Acompanhou o dia a dia da polícia por três anos e ao final só deu palpite, só fez comentários e sugestões superficiais. Não aprendeu nada. No Brasil em se tratando de serviço policial ESPECIALISTA = PALPITEIRO.

  3. A PM quer começar a pegar peixe grande. Eles tem consciência de que existe muito treinamento, muito aparato, muita despesa pra pegar lambari; enquanto que a PC, com todo o sucateamento, sem o aparato e as despesas da PM, ainda assim, abocanha muito tubarão.

  4. Senhores da Policia Civil , prestem bem atenção que essas mudanças são feitas as pressas e a a PM e o MP, não importam a quem vai prejudicar o que eles querem é vencer na Força, se é “legal ou não , depois vamos ver como fica”. Já tivemos outras experiências quanto a votação de PECs. que já perdemos, então se cuidem porque tudo pode acontecer; quando era policial , eu flava que uma unificação seria a melhor coisa para PC, mas era muito criticado pelos colegas, pois também já tinha sido PM e sabia como era os “donos dela”, pois agora esta aí estão querendo exclui-os, comendo pelas beiradas, até acabar de vez; para PM e MP, tem ou condições de atender a população ou não; os SRs. da PC, não sabem o que lhes estão preparando. Vai acontecer quando da absorção da Guarda Civil de São Paulo pela Força Pública, o DETRAN pela GESTÃO que foi do dia pra noite e os Delegados de Polícia não acreditavam, e aconteceu, perderam um trunfo, as CIRETRANS estão péssima em atendimento para solução de problemas e ninguém tem responsabilidade de resolver, mas não importa é da GESTÃO e você não tem a quem reclamar e isto vai acontecer com o ciclo completo da PM

  5. A POPULAÇÃO JÁ ESTA TÃO VULNERÁVEL QUE O CICLO COMPLETO NÃO TEM CHANCES DE ERROS, QUALQUER COISA QUE FIZER , SERÁ BEM VINDA E NADA PODERÁ PIORAR !

  6. eder muniz de farias disse:
    27/09/2015 ÀS 23:16
    Senhores da Policia Civil , prestem bem atenção que essas mudanças são feitas as pressas e a a PM e o MP, não importam a quem vai prejudicar o que eles querem é vencer na Força, se é “legal ou não , depois vamos ver como fica”. Já tivemos outras experiências quanto a votação de PECs. que já perdemos, então se cuidem porque tudo pode acontecer; quando era policial , eu flava que uma unificação seria a melhor coisa para PC, mas era muito criticado pelos colegas, pois também já tinha sido PM e sabia como era os “donos dela”, pois agora esta aí estão querendo exclui-os, comendo pelas beiradas, até acabar de vez; para PM e MP, tem ou condições de atender a população ou não; os SRs. da PC, não sabem o que lhes estão preparando. Vai acontecer quando da absorção da Guarda Civil de São Paulo pela Força Pública, o DETRAN pela GESTÃO que foi do dia pra noite e os Delegados de Polícia não acreditavam, e aconteceu, perderam um trunfo, as CIRETRANS estão péssima em atendimento para solução de problemas e ninguém tem responsabilidade de resolver, mas não importa é da GESTÃO e você não tem a quem reclamar e isto vai acontecer com o ciclo completo da PM..

    Um forte abraço grande Delegado de Polícia , sempre considerarei como Delegado e jamais Ex, por uma simples razão (INJUSTIÇADO). Para aqueles que não conhecem, Drº Eder era Delegado em Americana, com mais de 30 anos de Polícia, foi Investigador também , foi demitido juntamente com mais outros Policiais, todos bons Policiais, sabem porque? acusação de tortura no antigo Cadeião. Infelizmente o Drº Eder e os demais Policiais estão ainda aguardando recursos e fora da Polícia porque bandidos denunciaram eles por agressões, aqueles mesmos bandidos que matam Pais de famílias todos os dias, aqueles que matam Policiais, aqueles que estupram, sequestram, enfim barbarizam a sociedade de modo geral, sim, esses coitadinhos inocentes e necessitados da proteção da justiça conseguiram prejudicar o Drº Eder , Investigador e Carcereiros , hoje todos demitidos e já condenados , infelizmente é isso. Desculpe- me Drº Eder por não lhe pedir permissão para dizer essas palavras, mas estava engasgado e fiz sem licença . Forte abraço Drº Eder.

  7. Nem os generais, durante o regime militar, ousaram cometer esta atrocidade. Ciclo completo sim, mas para uma polícia civil.

  8. Valdeildo Claro Gomes:

    Parabéns por externar essa indignação. Isso poderia servir de regra a todos que, de alguma forma, conhecem a realidade dos fatos!

    O Brasil está se afundando no mar da indiferença, da frieza social e da apatia!

  9. CICLO COMPLETO.

    TANTO A PM QUANTO A PC ATUAM NA RESERVA DE MERCADO DE SUA ATRIBUIÇÕES E QUEREM UMA FAZER O SERVIÇO DA OUTRA. A PC É LOUCA PARA TRABALHAR UNIFORMIZADA PARECENDO ASTRONAUTAS, POSSUEM BANDA E CANIL (traços de militarismo, no 7 de setembro desfilam com mais entusiasmo que os militares), POR OUTRO LADO A PM QUER TRABALHAR SEM UNIFORME E INVESTIGAR, FUGIR DO TJM E DA RIGOROSA HIERARQUIA. TANTO A PC QUANTO A PM, AO TRAZEREM EXEMPLOS DE PAÍSES DESENVOLVIDOS SOMENTE O FAZEM NOS PONTOS QUE LHES INTERESSAM. EXEMPLO: A PC NÃO FALA QUE EM TAIS PAÍSES NÃO EXISTE O INQUÉRITO, JÁ A POLICIA PREVENTIVA DE LÁ NÃO SÃO MILITARES E POSSUI CARREIRA ÚNICA. ORA, INVESTIGAR NÃO É NADA DIFÍCIL TANTO QUE O INVESTIGADOR COM UM CURSO DE 6 MESES JÁ ESTÁ APTO PARA O TRABALHO. TODO MUNDO SABE QUE QUEM CARREGA UMA DELEGACIA NAS COSTAS É O ESCRIVÃO, O DELEGADO SÓ ATUA EM OCORRÊNCIAS DE VULTO. NA PM, ATÉ EM SUAS MENORES FRAÇÕES, QUE É O Gp, EXISTE UMA SALA DE AULA PARA INSTRUÇÃO, SENDO QUE EM POUCO TEMPO SERIAM TREINADOS MUITOS PROFISSIONAIS PARA AS INVESTIGAÇÕES QUE SERIAM MAIS EFICIENTES PORQUE TERIA MAIS PROFISSIONAIS A DISPOSIÇÃO. NO PASSADO OS DELEGADOS PRETENDIAM SER JUÍZES DO JEC, DEPOIS TRABALHARAM PARA A DESMILITARIZAÇÃO E UNIFICAÇÃO, AGORA NÃO QUEREM MAIS ESSA UNIFICAÇÃO E DESMILITARIZAÇÃO. NÃO AS QUEREM PORQUE FORAM VALORIZADOS COM A CARREIRA JURÍDICA E ENTENDERAM (porque a PM alertou) QUE SERÃO ENGOLIDOS PELA PM FACE AO EFETIVO MUITO MAIOR E PELO TREINAMENTO MILITAR CALCADO NO TRABALHO EM EQUIPE. A PC ESTA SUPERVALORIZANDO SUAS ATRIBUIÇÕES PORQUE O INQUÉRITO NÃO É ESSENCIAL E SERIA IMPORTANTE PARA SE ESTABELECER UMA CONCORRÊNCIA NO SERVIÇO PÚBLICO. PELO MENOS A PM NÃO VAI TOMAR CHÁ DE BANCO, ESPERANDO ATRAVESSAR UMA NOITE PARA SE LAVRAR UM FLAGRANTE PORQUE O DELEGADO DEIXOU PARA O PLANTONISTA DO DIA SEGUINTE E TALVEZ A POPULAÇÃO TENHA UM LOCAL MAIS ADEQUADO PARA RECEBER A POPULAÇÃO. SERÁ QUE A PM VAI TOMAR O ENDEREÇO DA VÍTIMA NA FRENTE DO BANDIDO?

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s