1. Caros, eu canso de legar bandido pra delegacia e delegado usar bom senso com criminosos, interpreta a lei a melhor maneira de deixar facinho o boletim de ocorrência. Sou a favor ciclo completo. A aproveitando o ensejo libera os investigadores do serviço burocrático 👍

  2. Sou policial militar e concordo com a machete. Os oficiais da PM só querem mais poder para poderem mamar mais nas tetas do governo e para continuar justificando a existência de tantos oficiais que recebem uma fábula de remuneração e não desenvolvem nada de útil.

  3. A mudança é inevitável, mas em SP o ciclo completo vira com o projeto de unificação e incorporação das Gms e da policia cientifica a policia do Estado esta pronto nos termos da pec 430.

  4. Bonitinhoooooo…. Eu quero o ciclo completo mas não quero fazer os flagrantes de pebas, não quero investigar furto de fio telefônico, não quero levar preso ao cdp… Chuchuuuuuu… Ebaaaaaa…. Assim até eu…. Kkkkk. Roooooolaaaaaa!

  5. Bom dia!
    Senhoras e Senhores.

    Quem disse que tem gente que quer trabalhar?

    PM/MP só querem filé!

    Caronte.

  6. Nem tanto ao céu e nem tanto à terra. Pois bem, o Ciclo Completo até seria bem vindo, aliás, é bem vindo, se junto virem mudanças radicais, pois da forma como está, não é viável, mais acima um colega escreveu o caminho, sem desmilitarização, pois sem isso esqueçam a carreira ou entrada única, sem isso, não tem como concordar que uma esmagadora maioria trabalhe e uma ínfima minoria diga que faz e ganhar. Não devemos generalizar as Polícias, nenhuma delas é culpada, o sistema não funciona e temos a terceira maior população carcerária do mundo, queremos o primeiro lugar é isso? Parece que estão buscando soluções como sempre do lado errado, os problemas não estão única e exclusivamente em nós, Policiais, mas sim nos modelos arcaicos de Polícias que dispomos, temos concursos para Policiais e concursos para chefes, estamos engessados em procedimentos que não evoluíram, travamentos burocráticos, temos um problema maior que quase ninguém ainda notou, o parágrafo que dá sentido à PEC 431, insere sorrateiramente o Ministério Público no Capítulo da Segurança Pública, como se isso não fosse ser um planejamento de tomada de poder, pois o insere no contexto de coordenador de tudo. Oras, queremos os melhores modelos de Polícias do mundo, misturado com os piores modelos de justiça do Brasil, é isso mesmo? Ou paramos para discutir seriamente o caso, ou abriremos as portas para a criação de um monstro que nunca existiu na história recente da humanidade, com todos os poderes e ainda dono da Segurança Pública.

  7. Vai ser para os crimes de pequeno potencial ofensivo. Com detenção de até quatro anos.
    Assim liberarão a polícia federal e civil para os demais crimes.

  8. Acabaram de descobrir vida em Marte. Descobriram que lá tem ciclo completo por isso que o povo ainda não deu entrevista para a Imprensa Americana.Estão aguardando email de Fidel, o único que com eles tinha contato.Kkkkkkkkkk…Fui claro???

  9. Ministério Público pega carona na PF e ainda ganha prêmio;

    Força-Tarefa da Lava Jato recebe premiação internacional
    Premiação foi recebida nos EUA, na noite de ontem, 24

    A Força-Tarefa do MPF na Operação Lava Jato ganhou reconhecimento internacional, na noite de ontem, 24. As investigações promovidas pela equipe composta por 11 membros foi a grande vencedora do prêmio Global Investigations Review (GIR), na categoria “Órgão de Persecução Criminal ou Membro do Ministério Público do Ano”.

    Em cerimônia realizada em Nova Iorque (EUA), os procuradores Deltan Martinazzo Dallagnol, Carlos Fernando dos Santos Lima e Roberson Henrique Pozzobon receberam a premiação em nome de toda a equipe.

    O trabalho concorreu com seis outros, entre eles o do Gabinete do procurador do Distrito Leste de Nova Iorque, por suas investigações no caso Fifa, e do escritório britânico contra fraudes financeiras (SFO), pela condenação a 14 anos de Tom Hayes no caso da manipulação da taxa de referência interbancária Libor.

    Formada por procuradores da República que estão na linha de frente da investigação na primeira instância da Justiça Federal do Paraná, até o momento, a equipe conquistou resultados como: recuperação de R$ 1,5 bilhão dos cerca de R$ 6,2 bi descobertos que foram usados no pagamento de propina; 31 acusações criminais contra 143 pessoas por crimes de corrupção contra o Sistema Financeiro Nacional; pedido de ressarcimento de R$ 6,7 bilhões, em 5 acusações de improbidade administrativa propostas contra 37 pessoas e empresas.

    Compõem a equipe: Deltan Martinazzo Dallagnol (coordenador), Antônio Carlos Welter, Carlos Fernando dos Santos Lima, Januário Paludo, Orlando Martello Junior, Athayde Ribeiro Costa, Diogo Castor de Mattos, Roberson Henrique Pozzobon, Paulo Roberto Galvão, Júlio Noronha e Laura Tessler. Andrey Borges de Mendonça já fez parte do grupo e atua como colaborador.

    Conheça o prêmio – O Global Investigations Review (GIR) é um site de notícias que tem se firmado no cenário internacional como um dos principais canais sobre investigações contra a corrupção. O prêmio foi instituído para reconhecer e celebrar os investigadores e as práticas de combate à corrupção e compliance que mais se destacaram no último ano. Em seis categorias, foram reconhecidos trabalhos investigativos respeitados e admirados em todo o mundo. Os países que disputaram o prêmio com o Brasil foram Estados Unidos, Noruega, Reino Unido e Romênia.

    Conheça o GIR visitando o site: http://globalinvestigationsreview.com/

  10. 28/09/2015 – Em visita ao Brasil, relatora da ONU pede o fim da Polícia Militar

    Em visita ao Brasil, a relatora especial da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Questões das Minorias, Rita Izsáck, pediu o fim do Polícia Militar e dos casos de mortes por autos de resistências (mortes praticadas por agentes do Estado) como forma de promover a igualdade social e a defesa de suas minorias no país.

    As declarações de Izsáck foram divulgadas nesta sexta-feira (25). No texto, ela escreve que os “altos índices de homicídios, na casa dos 56 mil todos os anos, precisam acabar. Isso afeta particularmente os afro-brasileiros pelo fato de que eles compõem 75% do total de vítimas. É preciso terminar com a Polícia Militar, remover os mecanismo dos autos de resistência e tratar todas as mortes como casos de homicídios, processar os autores e prover auxílio psicossocial para as famílias das vítimas, especialmente para mães que perderam os filhos.”
    “Estou particularmente preocupada com os jovens e suas famílias que moram em favelas e que possuem menos sonhos e expetativas em suas vidas. Espaços comunitários e o senso de comunidade devem ser promovidos para previnir que a juventude entre no crime e na violência e que sirva de motivação para que eles terminem seus estudos”, escreveu.

    A relatora também analisou a demarcação de terras indígenes, pedindo agilidade ao governo na resolução da questão.

    Fonte: Portal Uol

  11. Os Senhores acham que só as vossas mães fizeram filhos espertos! Acham que ninguém sabe que quem dificulta a prevenção criminal no Estado de São Paulo é, infelizmente, a Polícia Civil. É frequente o fato de viaturas da Polícia Militar ficarem horas na delegacia esperando a boa vontade para conseguirem apresentar uma ocorrência, o que diminuiu a quantidade de viaturas disponíveis para patrulhar, atender a população, etc. Os senhores acham que o Estado (Governador, deputados, Poder Judiciário, Ministério Público, etc) não sabem disso. Em razão do exposto, é que há, atualmente, uma certa tendência favorável do Estado em aceitar o ciclo completo por parte da PM, a qual costuma ser chamada de “ranço da ditadura”, “assassina”, “opressora”, etc,mas que cumpre a missão, apesar de alguns excessos, às vezes.

  12. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Caro “Opinião Sincera”:

    Concordaria com você, nas muita gente sabe que o buraco é mais embaixo. Pois falta mesmo é uma politica mais séria do governo e uma intervenção em certos Setores que contribuem ao máximo com o descrédito e a falta de investimento na Polícia Civil.

    Precisamos acabar é com falsos moralismos e com as doninhas de plantão.

    Caronte.

  13. Sr. Opinião sincera:

    Quem dificulta a prevenção criminal é a PM que sofre com uma formação deficiente de seus comandantes e comandados, cujo foco é apenas o de manter a tropa no cabresto e agradar o Governador com estatísticas de abordagem fajutas. O ciclo completo por parte da PM é um absurdo, uma falácia. A corporação não foi moldada para isto, ela sequer opera suas funções com maestria, quiça novas funções. Talvez o dia que a PM deixar de ser Incoerente, Imprevidente e Ingerente aí sim, ela possa pleitar novas funções. Até lá jamais.

  14. Sr. Justiça:

    Não sou PC, sou PM mesmo. O corporativismo é virtude dos boçais.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s