Polícia Civil instaura inquérito contra PMs que intimidaram professores e alunos de Escola Estadual de Sorocaba 56

ATENTADO A DIREITOS HUMANOS

Inquérito apura conduta da PM após trabalho escolar sobre violência

OAB denunciou possível abuso de autoridade por parte de policiais.
Cartaz exposto em escola de Sorocaba questionava violência policial.

Jomar BelliniDo G1 Sorocaba e Jundiaí

Trabalho causou polêmica ao questionar trabalho da PM (Foto: Reprodução/ Facebook)Trabalho causou polêmica ao questionar trabalho
da PM (Foto: Reprodução/ Facebook)

A Polícia Civil abriu nesta semana um inquérito para apurar um suposto abuso de autoridade de policiais militares em uma polêmica envolvendo estudantes e um professor da Escola Estadual Professor Aggêo Pereira do Amaral, emSorocaba (SP).

A polêmica começou depois que a foto de um cartaz exposto na escola foi publicada nas redes sociais. O banner fazia parte de um trabalho escolar de filosofia que classificava a PM como um “grande problema na atualidade”. Ao saber sobre o trabalho, a PM emitiu uma nota de repúdio em que criticou a atitude do professor, Valdir Volpato, e da escola. Estudantes afirmam que a presença de policiais passou a ser constante do lado de fora da escola, como forma de intimidação.

De acordo com o delegado Alexandre Cassola, responsável pelas investigações, o inquérito foi instaurado após pedido da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Sorocaba. “Vamos apurar se houve injúria qualificada contra o professor, no sentido de ser um servidor público e a injúria possivelmente ser realizada no exercício de função”, explica.

O G1 procurou a Polícia Militar para falar sobre a abertura do inquérito, mas não teve retorno até a publicação desta reportagem.

Denúncia
Para o advogado da comissão da OAB, Hugo Batalha, a injúria foi registrada na nota de repúdio emitida pela PM e que foi replicada em redes sociais com críticas nominais ao professor Valdir Volpato, responsável pelo projeto. O texto da PM classificou a postura do docente como “infeliz” ao cometer um “erro lastimável”. “A nota oficial ofende expressamente o professor e não pode ser considerada nenhuma questão de interpretação”, afirma o advogado.

O representante da OAB também denunciou o relato feito por estudantes e professores sobre uma presença constante de policiais militares na escola sem motivo aparente após a divulgação do trabalho. “Percebemos que a gravidade das ações da PM dentro da escola na tentativa de censurar o conteúdo da grade curricular. Isso teve um nítido caráter intimidatório porque não é atribuição da PM fazer patrulhamento de conteúdo escolar.”

Ainda segundo Batalha, um documento semelhante ao entregue na Delegacia Seccional de Sorocaba também foi enviado para a corregedoria da Polícia Militar.

De acordo com Cassola, três representantes da escola já foram ouvidos nesta semana. Entre eles está o professor responsável pelo trabalho. “Ele sinalizou que se sentiu censurado pelos policiais no momento em que passaram a querer determinar como deveria ser o trabalho pedagógico e injuriado quando o nome dele foi divulgado no Facebook como ‘infeliz’”, explica o delegado.

O delegado deve oficiar o comando da PM para inicialmente saber quem foram os policiais que estiveram presentes na escola. As investigações vão se estender por 30 dias, prazo que pode ser prorrogado. Como se trata de um crime de menor potencial ofensivo, possíveis indiciados poderão responder criminalmente em liberdade e, dependendo da interpretação da PM, no âmbito administrativo militar.

Repúdio
A PM foi questionada na manhã de quarta-feira (30) sobre a abertura do inquérito por parte da Delegacia Seccional de Sorocaba, mas não respondeu à solicitação do G1 até a publicação desta reportagem. A polícia também não comentou a possível abertura de um processo administrativo na corregedoria para apurar as denúncias da OAB.

No dia 17 de setembro, a corporação emitiu uma nota de repúdio que foi publicada na internet e foi replicada nas redes sociais. “Não queremos acreditar que, em pleno século XXI, profissionais da área de ensino posicionem-se de maneira discriminatória, propagando e incutindo o discurso de ódio em desfavor de profissionais da segurança, estimulando seus alunos a agirem sem embasamento e direcionando-os de acordo com ideologias anacrônicas, que em nada contribuem para a melhoria da sociedade”, dizia a nota.

Estudantes realizaram protesto a favor de projeto sobre violência policial (Foto: Jomar Bellini/G1)Estudantes realizaram protesto a favor de projeto
sobre violência policial (Foto: Jomar Bellini/G1)

Classificando a charge como “infeliz”, a Polícia Militar afirmou que “sempre foi e será grande defensora dos direitos humanos e dos deveres morais, éticos e legais da sociedade”. A nota da PM ainda criticou a forma como o trabalho foi feito, com base em “matérias jornalísticas e material de criação confeccionados por pessoas parciais” e “longe de ser uma metodologia aceitável”. A corporação encerrou a nota afirmando que repudiava “a postura do infeliz professor, caso efetivamente tenha ocorrido esse erro lastimável”.

Cartaz polêmico
O trabalho, entitulado “Violência Policial”, questiona a ação da Polícia Militar no Estado de São Paulo e foi produzido por alunos do ensino médio. O cartaz explica as etapas do projeto e diz, na conclusão, que os policiais “acabam sendo considerados um grande problema na atualidade usando a força para obter melhores resultados”.

De acordo com o projeto, o objetivo seria levantar “uma reflexão do quanto a polícia viola os deveres morais, éticos e legais com ações que contrariam as leis”. A reportagem do G1 entrou em contato com o professor Valdir Volpato na época em que surgiu a polêmcia, mas ele afirmou que não se pronunciaria sobre o caso.

O trabalho especifica as discussões realizadas em torno do tema, levantando a “questão da violência policial contra a população” alegando que a PM “usa a vingança para obter resultados”. Ainda segundo o cartaz, o trabalho foi produzido utilizando como base reportagens publicadas em jornais e em pesquisas na internet.

A peça de divulgação do trabalho traz também uma imagem do chargista Lattuf publicada em 2013, quando a Câmara Municipal de São Paulo votou um projeto de lei concedendo a homenagem “Salva de Prata” às Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota). A imagem mostra um policial com uma cabeça de caveira segurando um caixa com um homem morto e os dizeres “pelos relevantes serviços prestados”.

A publicação do banner nas redes sociais gerou críticas aos alunos que participaram do projeto e ao professor. Após a nota de repúdio da PM, estudantes chegaram a fazer um protesto em defesa da escola.

Regina Viana, diretora da escola, defendeu o projeto durante protesto (Foto: Jomar Bellini/G1)Regina Viana, diretora da escola, defendeu o
projeto durante protesto (Foto: Jomar Bellini/G1)

O Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo (Apeoesp) e a OAB também realizaram um ato em repúdio à suposta intervenção da PM na escola estadual. O evento aconteceu no dia 28, no Núcleo de Educação, Tecnologia e Cultura, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), e contou com a presença do professor Valdir Volpato, responsável pelo trabalho, e do chargista Carlos Latuff, que chegou inclusive a publicar uma nova charge após a polêmica.

Outros cartazes
O trabalho foi realizado após um ciclo de palestras das disciplinas de História, Filosofia e Sociologia onde os estudantes trabalham, desde o começo do semestre, o livro “Vigiar e Punir”, do filósofo francês Michel Foucault.

Em entrevista ao G1 em 17 de setembro, dia em que os estudantes fizeram o protesto, a diretora da escola defendeu o projeto e afirmou que a ideia era promover uma reflexão sobre a sociedade.“Não faltou orientação. Está dentro da obra do Foucault e não foi tirado isoladamente. O fato de a foto do cartaz ser pinçado isoladamente, fora do contexto, é que deu este problema. Teria que ler desde o primeiro porque são mais de 20 banners. Pegaram justamente sobre a violência policial, mas não quer dizer que a polícia é violenta”, disse.

Viana comentou também sobre o conteúdo do cartaz. “O cartaz foi produzido com base em pesquisas na internet e não busca denegrir a imagem da polícia.” Em outros cartazes relacionados ao ciclo de palestras e que estão expostos no saguão de entrada da escola são abordados temas como o sistema carcerário em geral e a facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios de São Paulo.

A diretora disse que, diferentemente do que os estudantes afirmam, a escola não recebeu nenhum tipo de represália da Polícia Militar, apenas críticas de publicações em redes sociais.

Charge faz crítica à possível intervenção da PM em escola de Sorocaba (Foto: Divulgação / Lattuf)Charge faz crítica à possível intervenção da PM em escola de Sorocaba (Foto: Divulgação / Lattuf)

  1. E ainda acham que um dia vão poder investigar ou atribuir conduta criminal a civil. Quer investigar ? Concurso pra PC ou PF é o caminho. Ciclo completo nunca passará, pois se trata de verdadeira aberração!

  2. Como policial militar e filho de professora( como muitos…) peço desculpas por mais esse lamentável fato.

  3. Muito bom, muito bem feito.
    Mas, qual a função do professor ou daquele que se julga educador, remunerado pelos cofres do Estado e custeado pelos recursos do Povo?
    Muito ainda se fala dos tempos da ditadura (ou Revolução, como queiram!) e eu não vivi aquela realidade. Todavia, após 1985 (quando já estava alfabetizado) passei a ter contato com livros antigos da matéria OSPB e posteriormente, tive aulas de “Moral e Cívica” na 4ª série. Antes (OSPB) e depois (Moral e Cívica) pude notar algo em comum: formação da criança/adolescente para compreender (ainda sem questionar criticamente) o papel do Estado. A intenção era fortalecê-lo.
    E hoje? As crianças e adolescentes sabem que o Poder Legislativo “faz leis”, que o Executivo “aplica as leis” e que o Judiciário “julga as pessoas que não cumprem as leis”? Nem isso sabem…
    E o que vemos agora?
    Sei que o Estado pode ser opressor e os abusos e omissões NÃO são cometidos por um ente abstrato, mas SÃO COMETIDOS por GENTE (homens e mulheres, jovens ou não) que está de passagem pela estrutura do Estado.
    A polícia está OPRIMINDO/ELIMINANDO/MASSACRANDO? Não tenho dúvida de que esta é a opinião do professor, pretenso educador que, salvo engano, ESTÁ USANDO OS ALUNOS para expressar a sua convicção? Talvez até por medo exercer o seu direito de manifestação e vir a ser punido pelo seu “chefe”, que é o mesmo “patrão” da PM.
    Faltou ao professor, com todo o respeito, a mesma CORAGEM que teve o mantenedor do Flit.
    ——————————–
    QUANDO EU SOUBE DA NOTÍCIA DO “TRABALHO” – LAVAGEM CEREBRAL QUE NA MINHA OPINIÃO SE PRATICOU NAQUELA ESCOLA – EU ESTAVA DISPOSTO A FAZER UMA REPRESENTAÇÃO AO MINISTÉRIO PÚBLICO E AO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO -, MAS DESISTI QUANDO CIRCULOU RUMORES DE “PRESSÃO” DE POLICIAIS SOBRE A MANIFESTAÇÃO DO PENSAMENTO EXTERNADA INDIRETAMENTE, ATRAVESSADA, POR INTERMÉDIO DOS ALUNOS.
    POR QUAL MOTIVO EU FARIA A REPRESENTAÇÃO? VAMOS LÁ!
    OS “EDUCADORES” ACHAM QUE A POLÍCIA É REPRESSIVA, OPRESSIVA, SELETIVA E ATUA PARA ELIMINAR E CALAR MINORIAS. TUDO BEM, E NÃO É DE HOJE QUE EXISTE UM “CLIENTE-PADRÃO” DA POLÍCIA: É O CLIENTE “PPP”.
    MAS TODO MUNDO JÁ OUVIU FALAR QUE É PELA EDUCAÇÃO QUE SE MUDA A REALIDADE DE POBREZA, DE MISÉRIA, DE EXCLUSÃO; É A EDUCAÇÃO QUE SALVA O INDIVÍDUO DAS MÃOS DA POLÍCIA; É A EDUCAÇÃO QUE PODE MUDAR A “VIDA CURTA” PARA UMA “VIDA LONGA E PROMISSORA”.
    VOU SOLTAR O VERBO: O “LIXO” QUE A POLÍCIA ESTÁ COLETANDO HOJE É NADA MAIS E NADA MENOS QUE A MATÉRIA-PRIMA DESPERDIÇADA PELOS EDUCADORES NO PASSADO. O “LIXO” QUE A POLÍCIA COLETARÁ NO FUTURO É A MATÉRIA-PRIMA DESPERDIÇADA, HOJE, PELOS “EDUCADORES”.
    O “EDUCADOR” ESTÁ PREOCUPADO COM A AÇÃO DA POLÍCIA OU ESTÁ PREOCUPADO EM NÃO TER CONSCIÊNCIA PESADA POR AQUILO QUE DEIXOU DE FAZER BEM FEITO?
    PROFESSOR E POLICIAL GANHAM, PRATICAMENTE, O MESMO SALÁRIO. MAS SE O “EDUCADOR” ACHA QUE PODE FALHAR POR NÃO SER SUFICIENTEMENTE REMUNERADO, É BOM QUE ELE SAIBA QUE A SOCIEDADE VAI EXIGIR DA POLÍCIA UMA RESPOSTA “DEFINITIVA” E “CONTUNDENTE” QUANDO A “MATÉRIA-PRIMA” DESPERDIÇADA PELOS EDUCADORES (ALUNOS) COMEÇAREM A INCOMODAR A SOCIEDADE. A “VASSOURA” DA POLÍCIA TERÁ DE SER “EFICIENTE”!
    O “EDUCADOR” ACHA QUE A ROTA PODE AGIR CONTRA OS SEUS ALUNOS? OK!
    O “EDUCADOR” E A DIREÇÃO DA ESCOLA PODERIAM APRESENTAR PARA A POPULAÇÃO PAULISTA E PARA A SOCIEDADE LOCAL OS RESULTADOS PRÁTICOS DO TRABALHO DE FORMAÇÃO QUE REALIZAM NAQUELA UNIDADE DE EDUCAÇÃO.
    COMO ESTÁ O DESEMPENHO DOS ALUNOS EM MATÉRIAS BÁSICAS? COMO ESTÁ O DESEMPENHO DOS ALUNOS EM RELAÇÃO AOS ESTUDANTES DE ÓTIMO DESEMPENHO DA REDE PÚBLICA? OS ALUNOS ESTÃO TENDO UMA NOÇÃO DE “ORIENTAÇÃO VOCACIONAL”, ESTÃO SENDO APRESENTADOS ÀS POSSÍVEIS OPÇÕES DE FORMAÇÃO E TRABALHO FUTURO?
    POLICIAL, QUE GANHA PRATICAMENTE O MESMO SALÁRIO DE PROFESSOR, TRABALHA MUITO, ÀS VEZES FAZ “BICO” E TAMBÉM NÃO TEM TEMPO DE VER A FAMÍLIA.
    O “EDUCADOR” QUE OPTOU POR SER REMUNERADO PELO ESTADO (NA VERDADE NÃO QUER TER MEDO DE DEMISSÃO) ESTÁ PREPARANDO AULAS EM SEUS PERÍODOS DE “FOLGA”? ESTÁ PENSANDO NA FORMAÇÃO MÍNIMA DOS ALUNOS, ALGUM TRABALHO DE REFORÇO? CERTAMENTE NÃO, E OS SEUS ALUNOS, NO FUTURO, PODEM SER PROVÁVEIS ALVO DA AÇÃO DO APARATO DE SEGURANÇA. QUANDO O PROFESSOR FALHA, POR CULPA GRAVE OU DOLO, QUEM TEM DE RESOLVER É O POLICIAL.
    ACHO QUE A “INTIMIDAÇÃO” DEVE SER INVESTIGADA E PUNIDA.
    MAS PENSO QUE A QUALIDADE E A EFICIÊNCIA DOS “EDUCADORES” DAQUELA ESCOLA DEVA SER AFERIDA PARA QUE OS ALUNOS (CLIENTES DA ESCOLA, PORQUE PAGAM OS IMPOSTOS QUE CUSTEIAM O SALÁRIO DOS “EDUCADORES”) POSSAM, EM VEZ DE TER PREOCUPAÇÃO COM A POLÍCIA, TER A PREOCUPAÇÃO DE SUPERAREM DESAFIOS E DE SE TORNAREM COMPETITIVOS, DISPUTAREM ESPAÇO COM A NECESSÁRIA CONFIANÇA!
    JÁ ESTUDEI EM ESCOLA ESTADUAL E DESTE PERÍODO LEMBRO-ME SOMENTE DE 2 DOIS PROFESSORES QUE REALMENTE, APESAR DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO, FIZERAM DIFERENÇA. O ENSINAMENTO DESTES DOIS, POR EXEMPLO, FOI ÚTIL E APLICADO EM PROVAS DE VESTIBULAR. COM OS ENSINAMENTOS DESTES DOIS PROFESSORES, PUDE ACERTAR AS QUESTÕES FORMULADAS E QUE TINHAM SIDO OBJETO DE SUAS AULAS DE QUÍMICA E MATEMÁTICA. POR OBRA DO EXCEPCIONAL PROFESSOR DE MATEMÁTICA FUI APRESENTADO À FACULDADE ONDE, ANOS DEPOIS, EU FUI ESTUDAR.
    FALTOU CORAGEM AO “EDUCADOR”, QUE TINHA O DIREITO DE LIVREMENTE EXPRESSAR O SEU PENSAMENTO E OPINIÃO, DESDE QUE CUMPRISSE A SUA OBRIGAÇÃO FUNCIONAL BÁSICA DE BEM FORMAR OS ALUNOS PARA OS DESAFIOS DO FUTURO, INDEPENDENTE DA “OPÇÃO POLÍTICA” QUE ELES VENHAM A ESCOLHER. JAMAIS PODERIA UTILIZAR-SE DOS ALUNOS PARA, SEM RISCOS, PREGAR A SUA IDEOLOGIA.
    PENSO QUE O “EDUCADOR” E A DIREÇÃO DAQUELA UNIDADE DEVERIAM RESPONDER POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, ACASO NÃO DEMONSTREM INEQUIVOCAMENTE QUE FAZEM UM TRABALHO MINIMAMENTE QUALIFICADO PARA A CLIENTELA QUE CUSTEIA OS SEUS SALÁRIOS.

  4. vale a pena ler . . . o da marolinha . . .

    http://www.estadao.com.br/noticias/geral,o-fim-do-milagre-petista,10000000156

    01/10/2015 O fim do ‘milagre petista’ ­ Geral ­ Estadão

    http://www.estadao.com.br/noticias/geral,o­fim­do­milagre­petista,10000000156 1/2

    01 Outubro 2015 | 02h 55

    Quando uma consultoria britânica informou, em dezembro de 2011, que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil medido em dólar havia superado o do Reino Unido e se tornado o sexto maior do mundo,

    o governo petista não conteve seu entusiasmo. O então ministro da
    Fazenda, Guido Mantega, vaticinou: “O Fundo Monetário Internacional prevê que o Brasil será a quinta economia em 2015, mas
    acredito que isso ocorrerá antes”. Mantega disse considerar “inexorável” que o País superasse a França e, “quem sabe”, até a Alemanha.
    Na época, o País vinha de um crescimento de 7,5% em 2010 e, mesmo diante da crise que abalava a Europa, o governo estimava uma
    expansão entre 4% e 5% em 2012. Consolidava­se no imaginário lulopetista a sensação de que bastava o voluntarismo estatista, tão caro
    ao PT, para impulsionar o desenvolvimento brasileiro como “nunca antes na história deste país”, conforme gabava­se o messias Lula da
    Silva.
    Hoje, ruiu o edifício sobre o qual se assentavam as certezas da turma petista. Não passou de uma miragem a perspectiva, tantas vezes
    anunciada por Lula nos palanques dos quais nunca desceu, de que o Brasil estava finalmente prestes a atingir o Primeiro Mundo – e
    ainda, de lambujem, promover a “justiça social”. Esse fracasso da política econômica lulopetista ficou ainda mais evidente quando a
    agência de classificação de risco Austin Rating informou, há dias, que o Brasil, hoje a oitava economia do mundo, passará a ser a nona
    no ano que vem.
    Pode­se explicar essa queda no ranking das maiores economias como consequência da forte desvalorização do real ante o dólar,
    reduzindo o PIB medido na moeda americana. Mas essa é apenas a causa imediata. A razão de fundo, salientada pela Austin, é que ficou
    claro que o Brasil “não consegue sustentar seu crescimento econômico”.
    Mesmo a alta do dólar não é apenas conjuntural. Ela se dá em razão, principalmente, da grave deterioração das contas nacionais, cuja
    origem está no segundo mandato presidencial de Lula, agravando­se no primeiro mandato de sua pupila, Dilma Rousseff. O desastre
    causado pela irresponsabilidade fiscal da dupla Lula­Dilma ainda está por ser inteiramente contabilizado, mas é certo que a ilusão da
    época em que tudo era possível, desde que houvesse “vontade política”, já pode ser medida pela decadência do Brasil entre as maiores
    economias do mundo.
    O País deverá ser ultrapassado pelo Canadá, que, embora também esteja em recessão, certamente não é visto pelo mercado com a mesma
    desconfiança reservada ao Brasil. O problema brasileiro é que o crescimento, quando houve, resultou muito mais de uma conjuntura
    externa favorável do que dos méritos da administração petista. Ficou claro que o Brasil não aproveitou as chances que teve para
    transformar aquela expansão episódica em crescimento sustentável, especialmente por causa das idiossincrasias de Dilma em relação aos
    investimentos privados e ao apego da petista à ideia de que o Estado deve ser o motor do desenvolvimento.

    O fim do “milagre petista”, que não durou nem três anos, terá especial impacto justamente sobre os mais pobres. A violenta deterioração
    da economia, traduzida pela desvalorização do real, eleva a inflação, reduz a atividade produtiva e aumenta o desemprego, fatores que
    afetam mais aqueles que não têm reservas.

    Uma pesquisa recente da Federação do Comércio de São Paulo informou que, nos últimos 12
    meses, 2% das famílias brasileiras regrediram socialmente – ou passaram da classe C para a D, ou da classe D para a E.
    Mesmo que o PIB brasileiro se mantivesse entre os maiores do mundo, isso não significaria necessariamente que as grandes deficiências
    do País estariam superadas, pois a concentração da riqueza ainda é muito acentuada. No entanto, quando o PIB despenca, as chances
    de resgatar os mais pobres ficam ainda mais remotas.

    Esse é o grande legado do modo petista de governar.

    . . .GOVERNAR NÃO . . GENOCIDAR . . .

    e justiça seja feita, estes são apenas mais um dos sucessivos e ininterruptos 515 anos de grupos krymynosus

    que se legitimaram desta feita via urna eletrônica

    única e exclusivamente para roub4r

    . . . ALI BABA E OS 515 ANOS DE GENOCÍDIO . . .

    SEXTA ECONOMIA MAROLINHA . . . ???

  5. mas este é o território das aberrações !!!

    do teratus . . .

    do genocídio . .

    da urna eletrônica . .

    dos mansos . .

    dos gersons . . dos mulatos inzoneiros . . .

    do ócio . . de deixaprala . . do não é comigo . . .

    PQ O ESPANTO ???

    qual a nossa referência do melhor ou que já foi melhor ???

    algum aspecto de alguma cultura de unidade ou excelência já serviu a esta gente ???

    o bresuil só vai mostrar a sua vocação e cara . . .

    . . . reis, mansos e genocídio . . .

  6. Grande coisa ter sido instaurado IP… não dará em nada…

    O “presidente” do IP irá comer nas mãos dos PMs…. igual acontece no DHPP, DECAP, DEINTER, etc… instauraram IP apenas para dar resposta a opinião pública… dizendo que será investigado… e no final… não dará em nada.

    A PC serve bem para arredondar as ilegalidades da PM… isto sim funciona que é uma maravilha.

  7. Eduardo,

    Mas quais as evidências ou meros indícios de lavagem cerebral ?

    Será que esses pobres coitados da escola pública de Sorocaba nem sequer são capazes de externar o próprio preconceito ( aliás, com certo fundamento ) ?

    Por que esses coitados devem ser considerados mera massa de manobra de professor ?

  8. Só faltava essa mesmo, querer controlar a opinião alheia, ainda mais em escolas. O que isso cheira, hein? 1964….

  9. Dr. Guerra,
    Infelizmente podem até estranhar, mas ainda não são capazes de questionar determinadas “diretrizes”. O “professor” é centro do universo. O professor é o “orientador” das ações dos alunos. O RESULTADO será o desejado pelo professor.

    Em seis anos estudando em escola estadual (três em uma, três em outra) ouvia, TODOS os dias (aula de história, de geografia, de “filosofia”) críticas a um “modelo” de Estado e a pregação sobre um Estado “ideal”. Em todos os casos citados os “professores” eram “simpatizantes” da mesma “ideologia política” – e que neste exato momento agoniza no Brasil. Todos pregando contra o patrão “Estado”, contra a polícia mas nada fazendo para o futuro de seus “clientes”. História realmente útil, geografia realmente útil, “filosofia” útil? Não! Em cada assunto tratado, abria-se imediatamente, de inicio, uma brecha para mostrar o “brilho da estrela” e assim seguiam até o final da aula.
    E a cada ano, sempre os mesmos a fazerem greve e a fingirem “reposição”.
    O dia em que uma aluna (bem mais velha e que já deveria ter concluído os estudos cinco anos antes) questionou a pregação, passou a ser perseguida.
    Os que foram realmente úteis aos alunos simplesmente exerceram o papel de ensinar, se possível formar, e facilitar o caminho futuro sem “pregações”.
    Observe que: a) o cartaz é institucional; b) os nomes dos professores foi apagado (a notícia é de meados de setembro), mas na internet é possível encontrar o cartaz com os nomes dos responsáveis pelo “seminário”.
    Fosse “produção autônoma” dos alunos, não teria o rótulo de “programa institucional”.
    O Luiz Felipe Pondé fala muito sobre esta desonestidade “pedagógica”, inclusive em escolas particulares.
    Pela experiência vivida e pela experiência atual compartilhada por outras pessoas, digo (rsrs): até que mo “provem” o contrário, “lavagem” foi o que ocorreu.

  10. ESSA MERDA DE PM DEVE SER EXTINTA!

  11. joão . . . E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará . . .

  12. A PM usa falsas premissas de “igualdade e legalidade” como ideia de dominação do efetivo policial para depois, alcançar o poder institucional e político.
    O militarismo trabalha com uma premissa que não se pode aceitar como doutrina policial. Trata-se de doutrina que somente tem razão de ser para forças de combate, militares que lidam com o binômio luta ou fuga em teatros de guerra.
    Essa doutrina aplicada no âmbito policial, e para tratar com o cidadão não funcional.
    Felizmente hoje, muitos praças são formados e não são tão doutrináveis, mas ainda assim a doutrina é forte, e inibe uma contestação mais firme do sistema.
    O militarismo na polícia só serve aos oficiais.
    Quem tiver interesse em perceber como se dá essa doutrina assistam ao filme alemão “a onda”. Guardadas as proporções, vão perceber que é isso que fazem conosco nos quartéis.

  13. Pq não se coloca nada nesse espaço sobre o reajuste zero para policiais civis e militares, será que existe algum envolvimento político??

  14. E a FENEME não está querendo enfraquecer a PC mas também a GCM, o Procurador Geral Da República sem motivos aparente resolveu ajuizar uma ação declaratória de constitucionalidade para tirar o porte de arma da Guarda, monopolização da segurança publica!!

  15. Lavagem cerebral é o que foi feito na cabeça dos PMs. Aqueles alunos expressam suas opniões de acordo com o conhecimento de mundo que tem! disse:

    Guerra, eu não sou muito chegado ao discurso corrente que afirma que professor de história da rede pública é panfletário da esquerda e doutrinador marxista! São papagaios de repetição do que ouviram e aprenderam de seus professores. O que houve em Sorocaba, passa longe de qualquer ideologia de esquerda ou de direita! Suas manifestações não destoam da práxis perversa da PM que mata pobres como moscas! Não acredito em lavagem cerebral quando a realidade está paripassu com aquelas manifestações estudantis!

  16. ESTÁ CHEGANDO A HORA.

    ACABEI DE ASSISTIR NO JORNAL NACIONAL UMA REPORTÁGEM DIZENDO QUE UMA JUIZA FOI ATACADA POR BANDIDOS FARDADOS DENTRO DO PRESÍDIO MILITAR NO RIO DE JANEIRO E DE IMEDIATO DETERMINOU A EXTINÇÃO DESSA PORCARIA DE CASA PARA BANDIDOS FARDADOS, O FATO JÁ ESTÁ EM ESTUDO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO.

    LÁ OS VAGABUNDOS FARDADOS ATACAM A JUIZA E AQUI FAZEM SERVIÇOS EXTRAS NA RESIDÊNCIA DA SUB COMANDANTE DO PRÓPRIO PRESÍDIO ROMÃO GOMES ENQUANTO QUE UM OUTRO ASSASSINO PRESO TEM PRIVILÉGIOS E APROVEITA DISSO PARA FUGIR E JAMAIS SER REENCONTRADO.

    AHH, JÁ HÁ UM DEFENSOR A FAVOR DAS TRANSFERÊNCIAS DOS BANDIDOS FARDADOS E SE TRATA DE UM DEPUTADO DE SOBRENOME BOLSONARO.

  17. Lavagem cerebral é o que foi feito na cabeça dos PMs. Aqueles alunos expressam suas opiniões de acordo com o conhecimento de mundo que tem!,
    Duas considerações:
    – A escolha por Focault teria sido espontânea e descomprometida? Lembrei-me, por acaso, da cena de “Tropa de Elite”, o professor e os alunos. Aliás, filme que apesar da pirataria, foi sucesso de bilheteria;
    – Você acha que as mortes cometidas pela polícia, da espécie militar, são mais ruinosas que lançar presos ao cárcere por intermediação de inquéritos que nada apuram? O estrago (ser apresentado ao sistema prisional) é o mesmo.
    Thoreau, pode acrescentar o filme “Os donos da rua”.

  18. http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2015/10/01/apos-agressao-a-juiza-justica-determina-fechamento-de-prisao-da-pm-no-rio.htm

    Após agressão a juíza, Justiça determina fechamento de prisão da PM no Rio
    Do UOL, no Rio 01/10/201519h57 Atualizada 01/10/201521h16

    Após agressões de detentos da unidade prisional da Polícia Militar do Rio de Janeiro contra uma juíza da Vara de Execuções Penais, durante vistoria surpresa na tarde desta quinta-feira (1º), o TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Estado) determinou o fechamento do BEP (Batalhão Especial Prisional) e a transferência de todos os 221 PMs presos no local para outro complexo penitenciário. A unidade fica em Benfica, na zona norte da capital fluminense.
    À noite, a assessoria de imprensa do tribunal informou que o presidente da entidade, o desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, vai reavaliar a decisão nesta sexta-feira (2) “por conta de recursos do Estado”.
    De acordo com o TJ-RJ, o juiz Eduardo Oberg, titular da Vara de Execuções Penais, ordenou que a mudança ocorra até o meio-dia de sábado. Os presos serão levados para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, também na zona norte da cidade. “O que ocorreu hoje demonstra que o BEP não tem condições de garantir a segurança de funcionários e juízes”, argumentou o juiz Eduardo Oberg na decisão.
    A juíza Daniela Barbosa Assumpção de Souza fazia uma inspeção das condições do BEP quando, segundo TJ-RJ, detentos impediram que ela fizesse a revista em uma das galerias e chegaram a atacá-la. A magistrada teve a blusa rasgada e foi obrigada a deixar o local, retornando posteriormente com a segurança do tribunal e policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais), da Polícia Militar. O juiz Eduardo Oberg acompanhou a juíza neste momento.
    Em agosto, a juíza Daniela Barbosa determinou uma fiscalização no Batalhão Especial Prisional que resultou na retirada de camas de casal, geladeiras, entre outros ítens encontrados nas celas.
    Em nota, a PM informou que o comando da corporação está “há seis meses tratando com a Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) da transferência dos presos da unidade prisional”, para garantir melhores condições de trabalho para a administração e para o judiciário.
    Segundo a Polícia Militar, a medida vai garantir ainda que os policiais que trabalhavam na unidade sejam empregados na atividade fim, policiamento. “A Polícia Militar aguarda que a Seap defina a unidade para qual os detentos serão encaminhados”, concluiu o comunicado. (Com Agência Brasil)

  19. O dia que acabar com o Romão Gomes acaba também com o PPC e não adianta para o povão que também acessa este site a Polícia Civil e a PM é a mesma coisa

    “Nossa polícia é formada por homens e mulheres do povo querer uma polícia perfeita numa sociedade imperfeita é utopia “

  20. – Você acha que as mortes cometidas pela polícia, da espécie militar, são mais ruinosas que lançar presos ao cárcere por intermediação de inquéritos que nada apuram? O estrago (ser apresentado ao sistema prisional) é o mesmo.

    Caro Edu, você como advogado acredita mesmo que ser assassinado pela PM é igual ( ou preferível ) a ser legalmente preso, ainda que – injustamente – por erro ou fraude de testemunhas ou autoridades ?

    Não estou compreendendo as suas intervenções !

    Aliás, inquérito que nada apura não leva ninguém a prisão.

    Anotando-se que, salvo flagrante crime inafiançável , ninguém é preso sem ordem de Juiz de Direito.

  21. A PC NÃO FAZ MAIS QUE OBRIGAÇÃO INSTAURAR INQUÉRITO PARA APURAR POSSÍVEIS AUTORES DE CRIMES, NADA DE EXCEPCIONAL NISSO, QUAL É A NOVIDADE NISSO SENHORES, TEM DÓ DA MINHA BELEZA, QUE FALTA DE ASSUNTO HEM?CARACAS MEU.

    QUE TAL ASSUNTO PARA ELOGIAR AS POLICIAS , QUE TAL ASSUNTOS PARA PROPOR ALGO DE BOM PARA AS POLICIAS, VAMOS PARAR DE FICAR MOSTRANDO O INCONVENIENTE, VAMOS MOSTRAREM AS COISAS BOAS QUE AS POLICIAS FAZEM, ASSIM SEREMOS RECONHECIDOS, OU ACHAM MESMO QUE FICAR MOSTRANDO SÓ COISAS ERRADAS VÃO CONSEGUIREM SEREM RECONHECIDOS, PARE, PENSE APENAS UM POUQUINHO ANTES DE FAZER O PRÓXIMO COMENTÁRIO, SERÁ QUE VAI VALER A PENA, SERÁ QUE VOU AJUDAR DE ALGUMA FORMA A INSTITUIÇÃO AO QUAL TRABALHO E TIRO O MEU SUSTENTO.

  22. VCS QUEREM SEREM RECONHECIDOS PELA SOCIEDADE EM GERAL, PELO GOVERNO, MOSTRANDO APENAS AS COISAS ERRADAS QUE AS POLICIAS FAZEM, ESTÃO COMPLETAMENTE ENGANADOS, QUANDO OS NOSSOS FILHOS FAZEM ALGO DE ERRADO ELE GANHA É UM CASTIGO E JAMAIS UM BOM PRESENTE, E VCS ACHAM QUE GOVERNO É DIFERENTE, AS COISAS BOAS NINGUÉM MOSTRA, SÓ MOSTRA AS RUINS, AI MEUS CAROS A VACA VAI PRO BREJO MESMO, FUUUUI

  23. Justiça em 01/10/2015 às 17:45
    DISSE:
    Pq não se coloca nada nesse espaço sobre o reajuste zero para policiais civis e militares, será que existe algum envolvimento político??
    ——————————————————-\
    Agora não dá, agora precisamos resolver essa treta e dar nosso veredito sobre essa questão. Nossas famílias podem muito bem esperar. Precisamos discutir a relevante importância da aula de filosofia, em nossas vidas praticas, ainda mais se for maravilhosamente ministrada por um brilhante educador de vanguarda aos primeiros alunos, dessa face da Terra, que não são manipulados. Quanto as nossas necessidades e reinvindicações, sugiro nos juntarmos aos silenciosos sindicatos e associações. Afinal nossas famílias que esperem.

  24. Nós dois sabemos disso, Dr. Guerra.
    Obviamente que matar é uma coisa gravíssima e por tal motivo previsto no CP.
    Mas ser preso extermina, para os inocentes principalmente, a alma, a dignidade própria e da família.
    Lógico que a prisão, inclusive a sua manutenção, dependerá de ordem judicial. E quantas ordens não são proferidas com base no caderno da polícia judiciária? E quando decretada a absolvição e perseguida a indenização devida, a desculpa judiciária é a mesma: decisão proferida com base nas provas colhidas pela polícia e que sustentaram a convicção do julgador.
    Pessoalmente, talvez eu preferisse ser morto a ser levado a uma prisão, sem prejuízo de considerar e respeitar as opiniões divergentes. Todavia, se fosse um ente querido meu, preferiria ver a sua prisão em vez da sua morte porque nutriria a (muitas vezes falsa) esperança de “justa justiça”.
    Nós mesmos já nos divertimos aqui com os “reconhecimentos” feitos em DP. Imagine um sujeito preso oito meses com base em (falta de) investigação? Isso sem falar no aumento da probabilidade de “recrutamento” por facções (só constatação para não suspeitarem que sou contra prisões, muito pelo contrário).
    “Surtei”?
    Desculpe, só fiquei p***! Com os três “p”: professor, polícias, policiais que ajudam tanto quanto “educadores”.

  25. E O ANTIGÃO MALANDRO TOMANDO 500 CONTO NA VILA CLEMENTINO??
    NEM OUVINDO DÁ PRA ACREDITAR!!!!!!

  26. SERGIO, MAS AINDA VAI PARA O SENADO FEDERAL, E DEPOIS PARA A dirma ( COM LETRA MINÚSCULA MESMO), E TÁ BÃO DE MAIS PRA QUEM É.

  27. É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS

    Sinceramente eu gostaria de saber do ilustre, o que merece esse funcionário abaixo, e como é crime o que cometeu, onde ele deva pagar a sua pena, em qual presídio, o da PC, ou numa penitenciária normal, quem sabe em Presidente Venceslau, gostaria de ouvir a sua opinião.

    http://radiobandeirantes.band.uol.com.br/conteudo.asp?ID=762800

  28. Muito bom! Realmente!
    O sujo tentando sujar o mal lavado….
    A PMESP está sendo desmoralizada….
    As escolas que antes deviriam preservar os valores morais, hoje quer sujar a reputação do própio estado!
    Sabe o que deveria acontecer?
    Deveria achar os autores deste trabalho, e leva-los à um dia de patrulhamento nas ruas, assim eles veria como é o uso da força bruta!

  29. Os dias de difamações está acabando….
    Inversão se valores? Desmoralização da PMESP?
    Todo mundo que comenta aqui, não passa um maconheiro que escuta crioula e cheira cocaina….
    Voces sentiram com o novo comando da Rota!
    Apenas aguardem

  30. – SECRETÁRIO EL CARÉCON PREOCUPADO COM A MORTE DE TUCANO DO 5º ESCALÃO DESLOCA-SE ATÉ O LOCAL DO CRIME, MAS PISAR NO BARRO DA PERIFERIA PARA INVESTIGAR AS CHACINAS DA PM…JAMAIS !!!

    O prefeito de Elias Fausto (126 km de São Paulo), Laércio Betarelli (PSDB), foi morto a tiros na manhã desta sexta-feira (2) enquanto vistoriava uma obra da prefeitura. Ele tinha 58 anos e foi atingido por cinco disparos de arma de fogo.

    Os disparos atingiram os ombros e a cabeça do mandatário. Conforme informações da Polícia Civil e da Guarda Municipal, o crime aconteceu por volta das 9h. Nenhum suspeito foi localizado até o momento. As causas do atentado também permanecem indefinidas.

    Betarelli estava sozinho no momento do crime, ainda segundo a GM, mas alguns operários que estavam próximos ao local da morte presenciaram os disparos. Eles já foram ouvidos informalmente pela Polícia Civil.

    Segundo informações da Guarda Municipal, Betarelli vistoriava a obra de canalização de um córrego quando uma caminhonete se aproximou e um suspeito desceu do veículo e efetuou os disparos. As testemunhas afirmaram que, além do homem que atirou, outro dirigia o veículo.

    Procurada, a Secretaria de Segurança Pública informou que irá enviar um representante à cidade, o que deve acontecer na tarde de hoje. A Polícia Civil de Elias Fausto informou que irá procurar, em circuitos de vigilância, imagens que ajudem a identificar o criminoso.

    A reportagem tentou contato com a Prefeitura de Elias Fausto, mas uma funcionária limitou-se a confirmar as informações e relatar que ninguém falaria sobre o assunto por enquanto.

    Betarelli foi eleito em 2012 com 67,21% dos votos, derrotando Carlos Ernesto (PMDB) e Jan (PSDC). Casado, ele deixa dois filhos. Ele era engenheiro civil formado pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de Campinas e foi vereador em Elias Fausto entre 1989 a 1992. Betarelli havia comandado a cidade em outros dois mandatos, entre 1997 a 2000 e de 2005 a 2008.

    Ameaças e polêmicas

    A Polícia Civil informou que não descarta nenhuma hipótese para o crime, inclusive motivos políticos ou mesmo relacionados a licitações na cidade, já que o prefeito assassinado registrou, em março, um boletim de ocorrência onde afirmou ter sido ameaçado por um empreiteiro que prestou serviços à prefeitura.

    Na ocasião, segundo relato de Betarelli, o empreiteiro, que disse que não recebeu pelo serviço prestado, chegou a colocar uma faca no pescoço dele.

    “Ele me segurou pelos braços, sacou de uma faca e colocou no meu pescoço, me ameaçando querendo saber se eu iria pagar”, disse o prefeito a uma emissora local de televisão, ao falar sobre o caso.

    Além da ameaça, Betarelli também colecionou polêmicas, a última delas envolveu o delegado da cidade, Gullis Scrocca. O prefeito chegou a pedir a saída dele do cargo ao secretário de Segurança paulista, Alexandre de Moraes, em 22 de setembro. Na ocasião, o prefeito afirmou que o policial era “omisso, inoperante e ausente”.

    Seguiu-se à declaração uma troca de farpas entre as duas autoridades onde o delegado disse que a declaração do prefeito foi política, motivada pela ação da polícia contra aliados políticos de Betarelli.

    Agora, caberá ao próprio Scrocca investigar a morte. A reportagem tentou falar com o delegado, mas ele não foi localizado até o fechamento da matéria.

    – Extraído do site UOL – 02/10/2015 –

  31. AGORA MANDA A POLÍCIA CIVIL 0% E A PM 0%, APURAREM…………………

  32. OU MELHOR…………MANDA O JUDICIÁRIO APURAR……….AFINAL RECEBERAM 7,7% RETROATIVO A MARÇO…

  33. JACARÉ SEM DENTE disse:

    02/10/2015 às 11:40

    É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS

    Sinceramente eu gostaria de saber do ilustre, o que merece esse funcionário abaixo, e como é crime o que cometeu, onde ele deva pagar a sua pena, em qual presídio, o da PC, ou numa penitenciária normal, quem sabe em Presidente Venceslau, gostaria de ouvir a sua opinião.

    http://radiobandeirantes.band.uol.com.br/conteudo.asp?ID=762800
    ——————————————————————————————————————————————————————-
    VERME,

    QUANTO AO POLICIAL CIVIL QUE ESTÁ SENDO ACUSADO OU FOI VISTO CATANDO UMA MOEDINHA IGUAL A QUADRILHA DE OFICIAIS DO COMANDO GERAL DA PM QUE FOI DENUNCIADA POR UM COMPARSA QUE COLABOROU NO DESVIO DE 10 MILHÕS DE REIAS NO PERÍODO DE DOIS ANOS;

    À PRINCIPIO, DEVE SER PRESO E IMEDIATAMENTE, CASO EXISTA PROVAS CONCRETAS DE QUE O FATO TENHA EXISTIDO, ANTES MESMO DA SETENÇA JUDICIAL DEVE SER EXPULSO DO SERVIÇO PÚBLICO E À PARTIR DO MOMENTO DA PERDA DA FUNÇÃO POR DEIXAR DE SER POLICIAL, DEVE IMEDIATAMETNTE SER TRANFERIDO PARA UM PRESÍDIO COMUM, DA CIDADE DE TREMEMBÉ TALVEZ; NÃO MERECE IR PARA UM PRESÍDIO DE SEGURANÇA MÁXIMA POR NÃO TER EXECUTADO NENHUM SER HUMANO IGUAL OS ASSASSINOS FARDADOS DA POLÍCIA MILITAR, POIS ESSES TIPOS DE PRESÍDIOS DE SEGURANÇA MÁXIMA SÃO PARA OFICIAIS ASSASSINOS PRESOS PERICULOSOS QUE COSTUMAM MATAR DENTISTAS FILHOS DOS SEUS PRÓRPIOS IRMÃOS DE FARDA.

    POR OUTRO LADO, EU NÃO GOSTARIA DE VER NENHUM POLICIAL MILITAR OU CIVIL SENDO TRANSFERIDO PARA UM PRESÍDIO COMUM ENQUANTO SER EMPREGADO PÚBLICO DEVIDO MUITAS VEZES EXISTIREM PROVAS QUE OS INOCENTAM DURANTE O PERÍODO QUE ESTÃO PRESOS, NÃO DEVEMOS NOS ESQUECER QUE NA MAIORIA DAS VEZES E PRINCIPALMENTE QUANDO A POLÍCIA MILITAR PRENDE, É FÁCIL PROVAR ARBITRARIADE POR SE TRATAR DE UMA INTITUIÇÃO QUE COSTUMA FORJAR SITUAÇÕES; ENTÃO DEVE-SE TOMAR MUITÍSSIMO CUIDADO NAS PRISÕES FEITAS POR ESSA FACÇÃO CRIMINOSA FARDADA.

    VERME,

    QUANDO EU SOLICITO A EXTINÇÃO DO ROMÃO GOMES, TAMBÉM NÃO SOU CONTRA A EXTINÇÃO DO PRESÍDIO DA CIVIL NÃO.

    É QUE QUANDO FALAMOS DE CRIMES COMETIDOS POR POLICIAIS, É BEM MAIS FÁCIL ENCONTRAMOS ASSASSINOS QUE EXECUTAM OUTROS BANDIDOS LIXOS E NA MAIORIA DAS VEZES AS PROVAS SÃO INDISCUTÍVEIS.

  34. É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS

    OUTRA PERGUNTA NOBRE FLITADOR AI DE CIMA, QUANDO A CHACINA DE OSASCO SE DEU LOGO APOS TER SIDO MORTO UM PM, TODA A CULPA DESSA MORTANDADE DE GENTE CAIU SOBRE RESPONSABILIDADE DE PMS QUE TERIAM DADO UMA RESPOSTA RÁPIDA PELA MORTE DO PM, E O QUE VC ME FALA AGORA DA MORTE DESSE PREFEITO DO PSDB QUE NO ÚLTIMO DIA 22/09/2015 PEDIU EM PRAÇA PÚBLICA AO SSP QUE FOSSE FEITO A TRANSFERÊNCIA URGENTE DO DELEGADO SECIONAL, E EM 10 DIAS ESSE PREFEITO VENHA A SER EXECUTADO COM 06 TIROS A QUEIMA ROUPA NUMA CILADA, COMO NA CHACINA DE OSASCO OS SUSPEITOS ERAM POLICIAIS MILITARES, E O QUE VC ACHA NESSA COVARDIA QUE FIZERAM COM ESSE PREFEITO, GOSTARIA DE OUVIR AS SUAS OPINIÕES, E SE CONSTATADO SER O DELEGADO O AUTOR OU O MANDANTE, ONDE ELE DEVERIA PAGAR PELO SEU CRIME, ACASO SERIA NUM PRESÍDIO DE SEGURANÇA MÁXIMA, COMO O DE PRESIDENTE VENCESLAU OU BERNARDES, AGUARDO SUA OPINIÃO NOBRE E INTELECTUAL FLITADOR CALÇA BRANCA.

  35. É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS

    COMO VC SEMPRE AFIRMOU QUE OS MATADORES DE OSASCO ERAM PMS, COM CERTEZA VC TB VAI AFIRMAR QUE O MATADOR DO PREFEITO SEJA TB ESSE DELEGADO NÉ, ESPERO QUE TENHA SACO ROXO PARA FAZER ESSAS AFIRMAÇÕES, OU NO MÍNIMO SER O MANDANTE DESSE BARBÁRIE CRIME, COM REQUINTE DE CRUELDADE, PEGO NUMA CILADA, SEM AO MENOS TER TIDO O DIREITO DE DEFESA, CRUELDADE, COVARDIA, OU VC TEM OUTRA TESE, QUEM SABE NESSE CRIME TB NA SUA INTELECTUALIDADE PSÍQUICA VC POSSA IMPUTAR A ALGUM PM, KKKKKKKK

  36. TUDO PAU MANDADO DE PROFESSORES DE BOSTA; CRIA DESTA MERDA DE COMUNISTA!!!

  37. VERME SEM DENTE,

    À PARTIR DO MOMENTO QUE SER ESCLARECIDO A MORTE DO PREFEITO E CASO TENHA SIDO UM POLICIAL DE QUALQUER INSTITUIÇÃO, DEVE DEMITI-LO IMEDIATAMENTE DO SERVIÇO PÚBLICO E TAMBÉM PRESO EM UM PRESÍDIO DE SEGURANÇA MÁXIMA E VENCESLAU É POUCO.

  38. Alguém ainda com algum resquício de saco roxo desta vegetativa polícia. Estava achando que iriam federalizar imediatamente. …

  39. eu discordo de mandar policiais para presidios comuns, o brasil de olhar o passado costuma sempre cometer os mesmo erros
    manda policiais para presidios como foi no rio de janeiro misturar presos politicos com presos comuns e foi criado o comando vermelho
    temos uma cultura no servico publico e principalmente nas policiais se o policial nao oficial ou delegado porque ele e resto, sem competencia e assim por diante, entretanto a realidade fora da policia e outra, os policiais tem competencia para o bem ou para o mal.

  40. “É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS. ”

    Tenho observado os seus comentários, percebo que você é revoltado é melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota do quer falar e acabar com a dúvida.

  41. Qual foi o professor esquerdopata que idealizou esse projeto? Quer doutrinar os jovens na ideologia de esquerda. Infelizmente, quem idealizou esse projeto está em uma das pontas do triângulo: maconheiro – homossexual ou marginal.

  42. Taqueles inquérito neles marcos tacales inquéritos. No pms, e no professor por apologia.

  43. É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS. (Mande os PMs presos pirocudos para minha casa) disse:

    O “grande problema” sempre a quimioterapia e nunca o câncer.

  44. É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS. (Mande os PMs presos pirocudos para minha casa) disse:

    sempre é***

  45. HEHEHEHEHE, ACABOU CONFESSANDO EM NOBRE (É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS. (Mande os PMs presos pirocudos para minha casa) disse:) TODOS AQUI JÁ ESTAVA CANSADO DE SABER DESSA SUA CONFISSÃO, VC É BAITOLA, E FOI ARROMBADO POR PMS DO ROMÃO, HEHEHEHEHE, PREOCUPA NÃO, VC DEU O QUE É SEU KKKKKKKKKK

  46. A grande sorte da PC é que os meganhas fazem uma bobagem atrás da outra.

  47. É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS. (Mande os PMs presos pirocudos para minha casa) disse:

    03/10/2015 às 23:08

    O “grande problema” sempre a quimioterapia e nunca o câncer.
    —————————————————————————————————————————————————————–
    PM BURRO, EM PRIMEIRO LUGAR O DESENHO DE IDENTIFICAÇÃO É DIFERENTE E NÃO TEM COMO COPIAR;

    EM SEGUNDO LUGAR PARA A MINHA CASA NÃO, LÁ NÃO É QUARTEL DA PM ONDE O ÍNDICE DE PROSTITUIÇÃO, PEDOFILIA, TROCA CONSTANTE DE CASAIS E BUTARIA SE EXCEDE.

    VE SE ALGUEM DA MINHA FAMÍLIA PRECISOU SE TRANCAR EM UM BANHEIRO QUANDO SERIA PRESO E DEU UM TIRO NA CABEÇA POR SER PEDÓFILO.

  48. É SÓ ACABAR COM O ROMÃO GOMES QUE ELES DEIXARÃO DE COMETER OS ABSURDOS

    (Mande os PMs presos pirocudos para minha casa)

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, SAI DESSA NOBRE SABE TUDO, É VIADÃO É VIADÃO É VIADÃO KKKKKKKKKKKKKKK, HEHEHEHEHEHEHEHE, VC DEVE ESTAR É BEM ARROMBADO MESMO, TÁ AÍ A SUA REVOLTA CONTRA MEMBROS DA PM, VC FOI ESTUPRADO, POSSUÍDO POR PMS, E ESSES NÃO FORAM PARA O PRESÍDIO ROMÃO GOMES, KIKIKIKIKIKIKIKI IRONIA TOTAL, SEU BABACA.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s