Presidente da ADPESP – Drª Marilda Aparecida Pansonato Pinheiro – responde a leitor: ” não tenho legitimidade para falar em nome da Polícia Civil e quando, inadvertidamente o fiz, fui severa e duramente criticada pelos representantes das demais carreiras” 148

Enviado em 11/10/2015 as 12:10 – NADA SABE

Doutor Guerra respeito e compartilho suas opiniões, principalmente em relação a Dr Marilda. Atualmente, devido sua credibilidade, ela é a principal voz da Polícia Civil e não apenas dos delegados. Pessoalmente, acredito que se ela manter o discurso apenas em prol dos delegados, sofrerá resistência das demais carreiras, que nesse momento é muito importante para toda a instituição. Ou os delegados sobreviverão caso a Polícia Civil morrer?

———————————-

Meu amigo querido. Fui eleita pelos Delegados, a Adpesp se mantem por conta da contribuição de Delegados e não tenho legitimidade para falar em nome da Polícia Civil e quando, inadvertidamente o fiz, fui severa e duramente criticada pelos representantes das demais carreiras, que me cobraram legitimidade para assim me manifestar, causando inclusive constrangimento.
Lamento muito não poder fazê-lo, mas as demais entidades de classe possuem legitimidade porque, a exemplo da Adpesp, foram eleitas por seus pares que as mantém e sustentam.
Quem sabe um dia não tenhamos uma associação única, onde o presidente possa atender o que o colega propõe, mas por ora, não tenho como atendê-lo. Infelizmente…
Transmita, por favor ao colega, minha mensagem, desculpando-me pela demora na resposta por conta do volume de demandas qua aqui aportam todo momento.
Fique com Deus, obrigada
Bj
Marilda

  1. ESTE CICLO É UMA BESTEIRA COMPLETA, NADA VAI SER FEITO NADA VAI MUDAR
    Isso já esta virando palhaçada, a Administração não fez nem a Reestruturação da Polícia Civil de SP quem dirá o Reenquadramento do Cargo Vago de carcereiro que esta previsto em lei sobre cargos vagos.

    Agora ficam com bla, bla, bla, e nada é feito de bom na Polícia Civil de SP.

    A Polícia Militar tem um contingente em torno de 140.000 e as maldades que são feita pela minoria não pode ser generalizada, quando houve o militarismo eu nem tinha nascido, mas sei que os bandidos respeitavam a lei, a polícia… Hoje vemos Pancadão, Menores drogados desafiando a lei.

    Em Minas Gerais a Policia Militar leva o Bandido direto ao Juiz e em seguida para o Presidio, aqui em SP esta uma bagunça nas Delegacias.

    Delegacias que foram feitas para Apurar e Investigar Crimes, no entanto, há uns imbecis que querem presos nas delegacia pra que? pra investigador ficar fazendo escolta e guarda de preso no hospital ou entrar nas carceragens para fazer vistorias. A propósito conheço Investigadores que nunca Investigaram. Investigadores que tem medo de se infiltrar na favela, prender… Ainda enchem a boca em falar Sou Investigador, investigador do que???
    Hoje em dia não há necessidade de alguns cargos:
    CARGOS DESNECESSÁRIOS NA POLICIA CIVIL HOJE:

    AGENTE DE TELECOMUNICAÇÕES: HOJE COM A TECNOLOGIA QUALQUER POLICIAL ENTRA NA VIATURA E COM UM TABLET ABRE TALÃO COM ID- IDENTIFICAÇÃO E CONSULTA PLACAS E PESSOAS, NÃO PRECISA DO RÁDIO OU DO CEPOL. NENHUM ESTADO TEM ESTA CARREIRA HOJE EM DIA

    AUX. DE PAPILOSCOPISTA: NENHUM ESTADO TEM ESTA CARREIRA HOJE EM DIA

    AGENTE/MOTORISTA POLICIAL: NENHUM ESTADO TEM ESTA CARREIRA HOJE EM DIA.

    CARCEREIRO POLICIAL: NENHUM ESTADO TEM ESTA CARREIRA HOJE EM DIA. CARCEREIROS VÃO PARA OUTROS ESTADOS E SÃO CONFUNDIDOS COM AGENTE PENITENCIÁRIO.

    OBS.EM TODOS ESTADO HOUVE REESTRUTURAÇÃO SÓ TEM O CARGO DE DELEGADO, ESCRIVÃO E INVESTIGADOR. DEVÍAMOS SEGUIR A POLICIA FEDERAL NESTE MOMENTO.

    A POLÍCIA CIENTIFICA DE SÃO PAULO É A PIOR DO BRASIL.
    E TEM TECNOLOGIA PARA DESVENDAR QUALQUER CRIME O QUE ACONTECE, UM MONTE DE CARGOS DESNECESSÁRIOS COM CABRESTO :
    ATENDENTE DE NECROTÉRIO,
    FOTOGRAFO,
    DESENHISTA,

    NOS OUTROS ESTADOS A POLICIA CIENTIFICA SÓ TEM:
    MÉDICO LEGISTA,
    PERITO,
    AUX. DE NECROTÉRIO,

    MODELOS QUE DEVERÍAMOS SEGUIR:

    https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Pol%C3%ADcia_Civil_do_Estado_de_Minas_Gerais&oldid=18017974

    OU

    http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/CONTLEI.NSF/e9589b9aabd9cac8032564fe0065abb4/407a5c1b832573fe03256a76005cbf1c?OpenDocument

  2. SHERLOCK GOMES disse:
    15/10/2015 ÀS 20:55
    ESTE CICLO É UMA BESTEIRA COMPLETA, NADA VAI SER FEITO NADA VAI MUDAR
    Isso já esta virando palhaçada, a Administração não fez nem a Reestruturação da Polícia Civil de SP quem dirá o Reenquadramento do Cargo Vago de carcereiro que esta previsto em lei sobre cargos vagos.

    Agora ficam com bla, bla, bla, e nada é feito de bom na Polícia Civil de SP.

    A Polícia Militar tem um contingente em torno de 140.000 e as maldades que são feita pela minoria não pode ser generalizada, quando houve o militarismo eu nem tinha nascido, mas sei que os bandidos respeitavam a lei, a polícia… Hoje vemos Pancadão, Menores drogados desafiando a lei.

    Em Minas Gerais a Policia Militar leva o Bandido direto ao Juiz e em seguida para o Presidio, aqui em SP esta uma bagunça nas Delegacias.

    Delegacias que foram feitas para Apurar e Investigar Crimes, no entanto, há uns imbecis que querem presos nas delegacia pra que? pra investigador ficar fazendo escolta e guarda de preso no hospital ou entrar nas carceragens para fazer vistorias. A propósito conheço Investigadores que nunca Investigaram. Investigadores que tem medo de se infiltrar na favela, prender… Ainda enchem a boca em falar Sou Investigador, investigador do que???
    Hoje em dia não há necessidade de alguns cargos:
    CARGOS DESNECESSÁRIOS NA POLICIA CIVIL HOJE:

    AGENTE DE TELECOMUNICAÇÕES: HOJE COM A TECNOLOGIA QUALQUER POLICIAL ENTRA NA VIATURA E COM UM TABLET ABRE TALÃO COM ID- IDENTIFICAÇÃO E CONSULTA PLACAS E PESSOAS, NÃO PRECISA DO RÁDIO OU DO CEPOL. NENHUM ESTADO TEM ESTA CARREIRA HOJE EM DIA

    AUX. DE PAPILOSCOPISTA: NENHUM ESTADO TEM ESTA CARREIRA HOJE EM DIA

    AGENTE/MOTORISTA POLICIAL: NENHUM ESTADO TEM ESTA CARREIRA HOJE EM DIA.

    CARCEREIRO POLICIAL: NENHUM ESTADO TEM ESTA CARREIRA HOJE EM DIA. CARCEREIROS VÃO PARA OUTROS ESTADOS E SÃO CONFUNDIDOS COM AGENTE PENITENCIÁRIO.

    OBS.EM TODOS ESTADO HOUVE REESTRUTURAÇÃO SÓ TEM O CARGO DE DELEGADO, ESCRIVÃO E INVESTIGADOR. DEVÍAMOS SEGUIR A POLICIA FEDERAL NESTE MOMENTO.

    A POLÍCIA CIENTIFICA DE SÃO PAULO É A PIOR DO BRASIL.
    E TEM TECNOLOGIA PARA DESVENDAR QUALQUER CRIME O QUE ACONTECE, UM MONTE DE CARGOS DESNECESSÁRIOS COM CABRESTO :
    ATENDENTE DE NECROTÉRIO,
    FOTOGRAFO,
    DESENHISTA,

    NOS OUTROS ESTADOS A POLICIA CIENTIFICA SÓ TEM:
    MÉDICO LEGISTA,
    PERITO,
    AUX. DE NECROTÉRIO,

    MODELOS QUE DEVERÍAMOS SEGUIR:

    https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Pol%C3%ADcia_Civil_do_Estado_de_Minas_Gerais&oldid=18017974

    OU

    http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/CONTLEI.NSF/e9589b9aabd9cac8032564fe0065abb4/407a5c1b832573fe03256a76005cbf1c?OpenDocument

    O seu comentário aguarda moderação.

  3. O segredo está em saber usar integrantes das demais carreiras para que uma só carreira seja beneficiada.

  4. Deixa a PM levar os Bandidos pra casa do c#r#klh*, mas que não venha para o D.P. que levem os presos direto para o Promotor, o Juiz… Presídios…

    Policiais Militares ganham R$ 1.000,00 a mais no salario para trabalhar nas Careceragens dos Fóruns.

    Hipócritas dizem que cidadãos do bem não devem ficam com PM’S nos Quarteis que Piada este Pais…. “que pais é este…”

    Qual a diferença da Carceragem do Quartel, do Forum ou da Delegacia?
    de qualquer forma o Preso vai fazer IML Exame de Corpo de Delito para qualquer lugar….

    ISTO JÁ TA VIRANDO PALHAÇADA DE QUEM NÃO TEM O QUE FAZER E/OU QUER FICAR DESMERECENDO OS OUTROS, PRA MIM SÃO PESSOAS FRUSTRADAS…

    Policia Judiciária foi feita para Investigar.

  5. ta certa a DRA MARILDA.

    ELA É DELEGADA , E TEM QUE ADIANTAR O LADO DOS DELEGADOS.

    cade os nossos representantes ?
    sera que tambem foram exterminados como os carcereiros.

    sendo assim …. não foram somente os carcereiros que foram excluidos…
    na mesma canetada excluiram todos os representantes dos restopols.

    ficamos, e estamos sozinhos na PC. sem representação sindical ..

    sera que eles ainda existem ?????

  6. Destas 14 carreiras ao menos 8 precisam ser ceifadas do atual quadro, em todos os Estados já ocorreu a REESTRUTURAÇÃO só a Polícia Civil ainda é está zona, uma verdadeira bagunça, a Polícia Civil é hoje uma TORRE DE BABEL onde ninguém sabe qual sua atribuição e função, é uma casa da mãe Joana rumo a extinção.

  7. O erro é que a ADPESP só luta por melhorias no bolso dos delegados, e esquece a instituição Polícia Civil, que está enfraquecida, fragilizada e sucateada, a ADPESP deve também lutar pela:

    – Reestruturação da Polícia Civil;
    – Abertura e agilidade nos concursos e admissão de novos policiais;
    – Fim da promoção por merecimento (apadrinhados);
    – Liderar todos os demais sindicatos e associações por revindicações da instituição Polícia Civil;
    – Fim das GAMBIARRAS na Polícia Civil.

    Porque se lutarem só por eles delegados, logo não terão a estrutura da Polícia Civil para comandar, afinal está não existirá mais, se deixarem a Polícia Civil nessa bagunça, logo estarão rumo a extinção junto da flagelada Polícia Civil.

  8. o ciclo completo só vai existir quando :

    o presidente da camara aceitar derrubar a dilma.
    o PSOL deixar de ser o cachorrinho pau mandado do PT.
    o LULADRÃO ser preso por desvio de dinheiro .
    a dilma admitir rombo no BNDS. e deixar a presidencia.

  9. Lembro – me dos protestos dos Delegados em frente a D.G.P todos alinhados, engravatados, em grande número, demonstraram força, demonstraram união, deviam fazer tal ato pela REESTRUTURAÇÃO da Polícia Civil, irem as ruas cobrar uma instituição estruturada, forte e sem gambiarras, se os Delegados forem para pressão para cima do governo, com apoio das associações das demais classes, como fizeram na Carreira Jurídica, tenham certeza que a REESTRUTURAÇÃO sai da gaveta, e assim a Polícia Civil terá uma chance de escapar da extinção.

  10. Esse negócio de associação, sindicato, clube, não adianta em nada. No Brasil o que vale é representação parlamentar. A polícia civil tem? Creio que não.

  11. PRECISA DESENHAR?

    MARILDA MINHA FILHA, NÃO QUEREMOS QUE O ADPESP NOS REPRESENTE EM NADA, QUEREMOS QUE VOCÊS LUTEM, JUNTAMENTE DAS DEMAIS CLASSES, PELA INSTITUIÇÃO POLÍCIA CIVIL, QUE ESTÁ MORRENDO, A ADPESP NÃO PODE SÓ PENSAR EM C.J E SALÁRIO, A PRIORIDADE AGORA DEVIA SER A REESTRUTURAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL, A PRIORIDADE AGORA É SALVAR A INSTITUIÇÃO A QUAL VOCÊS SÃO GESTORES, PORQUE VOCÊS PRECISAM LIDERAR O MOVIMENTO? PORQUE VOCÊS SÃO OS GESTORES DESSA INSTITUIÇÃO A BEIRA DA EXTINÇÃO, SIMPLES ASSIM ACORDA.

  12. Resolução SSP-129, de 13/10/15
    Prot. GS- 881/14
    Constitui Grupo de Trabalho para analisar propostas
    de aprimoramento da estrutura, organização e
    carreiras da Polícia Civil
    O Secretário da Segurança Pública,
    Considerando as propostas apresentadas visando ao aprimoramento
    na estrutura, organização e carreiras da Polícia Civil;
    Considerando a necessidade de desenvolvimento de estudos
    sobre a viabilidade das propostas apresentadas e sua
    sistematização, resolve:
    Artigo 1º – Fica instituído Grupo de Trabalho para análise
    das propostas objetivando mudanças na estrutura, organização
    e carreiras da Polícia Civil, encaminhadas a esta Pasta.
    Artigo 2º – O Grupo de Trabalho instituído por esta Resolu-
    ção terá a seguinte composição:
    I – Dr. Olheno Ricardo de Souza Scucuglia – Chefe de Gabinete
    da Secretaria da Segurança Pública, que exercerá a função
    de Coordenador;
    II – Dr. Waldir Antonio Covino Junior – Delegado de Polícia
    Dirigente da Assistência Policial para Assuntos Financeiros e
    Orçamentários – APAFO;
    III – Dr. Luciano Manente – Delegado de Polícia Assistente
    da Assistência Policial Judiciária – APJ;
    IV – Sra Terezinha Simioli Tomazi – Assistente Técnica do Departamento
    de Administração e Planejamento da Polícia Civil – DAP.
    Artigo 3º – Caberá ao Coordenador:
    I – Convocar os integrantes do grupo para a realização
    das atividades;
    II – Concentrar todas as informações relativas às atividades
    a serem desenvolvidas, mantendo as partes envolvidas informadas
    sobre o andamento dos trabalhos;
    III – Demandar informações e análises por parte de órgãos
    da SSP e da Polícia Civil, para subsidiar suas atividades;
    IV – Elaborar o relatório final e apresentá-lo ao Secretário
    da Segurança Pública para deliberação.
    Artigo 4º – O Grupo de Trabalho terá prazo de 90 dias para
    encerrar as atividades, encaminhando relatório ao Secretário da
    Segurança Pública.
    Artigo 5º – Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação,
    ficando revogada a Resolução SSP – 93, de 28-07-2014.

  13. rumo a extinção disse:
    15/10/2015 ÀS 20:45
    Na Academia de polícia encontrei um Antigo amigo, ele passou para escrivão, era um antigo sonho dele,olha que já é Advogado, mas parou para entrar na Polícia, veja que absurdo já no estágio mandaram o pessoal que mora na zona sul para fazer na leste e vice-versa,as vagas eram para Decap ou Demacro, agora fiquei sabendo que só tem vaga para trabalhar nos Deinters 600 km da capital , adivinha ele me disse que vai” sair fora” , a polícia precisando de escrivão em qualquer lugar, depois disso eu estava em dúvida sobre o “Circo” Completo, mas que venha o “Circo” Completo quem sabe teremos melhores Administrado

  14. REESTRUTURAR É PRECISO,

    De fato, o NU está sendo nefasto para a Polícia Civil! Além de não ter trazido valorização financeira para as carreiras e ter causado divisões internas, ainda trouxe para os concursos um pessoal que de cara quer sentar na janelinha.

    Quem não tem disposição e disponibilidade para trabalhar em qualquer local do estado nem deveria fazer inscrição em concursos públicos, especialmente na Polícia Civil.

    Outra aberração, se o cara é advogado, ou seja, profissional devidamente inscrito na OAB, prestar concurso para Escrivão não é vocação; estando muito mais para acomodação com grande carga de incompetência. Verdadeiro “capitis diminutio”.

    O tipo de escriba que – depois de empossado – se achará mais realista do que o rei pregando a extinção da carreira de delegado , a carreira única e o fim do inquérito.

  15. Cade o Ciclo Completo? ???

    Enquanto isso estamos ficando sem reajuste e aumento salarial! !!!!

  16. Dra. Marilda.
    O que reclamo é que a senhora é a represente da Adpedp, e a Adpedp criou uma cartilha para que os operacionais a seguissem durante a greve, e essa cartilha dizia:
    Não sair com viaturas em péssimo estado;
    Não registrar ocorrências sem a presença do delegado, , etc., bem como criaram faixas da greve e os delegados deram ordem de não fazer BO, mas os mesmos delegados do teu time da Adpedp, ao saberem da aprovação nas cochas da carreira jurídica que na verdade recebeu o nome de adicional e não isonomia salarial como deveria ser e ainda não contemplou os majuras aposentados, vocês mandaram retirarar as faixas e os majuras deram ordens de começar a fazer todos os BOs que não haviam feito durante a greve, sob pena de punição, ou seja ganharam mas não levaram graças a Adpedp e os 30 coronéis PM que visitaram o governador e disseram que se fizessem isso para operacionais da PC também exigiram para os praças da PM , e deu no que deu, em nada, mas não teve 30 delegados de classe especial ou membros da Adpesp que fossem pedir pelos operacionais de nível de superior da PC e ainda diziam que se dessem o reconhecimento causaria insubordinação e que de hierarquia o que nunca poderia acontecer, pois antigamente quando ingressei na PC um classe especial ganhava muito mais que um delegado calca branca e graças a tua associação vocês conseguira usar de força hierárquica para inverter isso, e isso não é justiça, a PM por pior que sejam os oficiais em 25 anos conseguiram valorizar a distorção salarial entre a PM e Civil em detrimento a classe dos operacionais da PC. Na PM existe oficiais sangue azul, os bailarinos no Barro Branco e os demais oficiais oriundos dos quadros de praçase, chacais, médicos. Veterinários, psicólogos. Administração e etc. Mas na Civil vocês da Adpesp não deixaram criar concorrência com medo de dividir o poder. No Ceara um Escrivão de Polícia era diretor do Instituto de Identificação e tinha delegados subordinados, la pode. Aqui é vetado pela lei orgânica. Tudo bem, mas não aceitaram dividir sequer a administração das Uge com verdadeiros policias formados em administração, pessoal com policias formados em recursos humanos e hoje o que temos , bacharéis em direito sem formação em administração admistrando sem saber faze-lo. Deu no que deu , deu BOSTA e agora seguiremos pela sorte, mas não se preocupe vossas carreiras serão provavelmente beneficiadas no tapetão , como vocês mesmos diziam essa palavras quando se referiam a operacionais com experiência de mais de 30 anos e não leigos em direito se tem nomeados delegados, vocês irão no tapetão para juiz em substituição aos estagiários de direito que auxiliam os juízes, não vai ser totalmente ruim para a senhora ou para os majuras que vivem de seus salarios, mas aqueles que se fazem pela recolha. Esses sim vão chorar.
    Como disse um colega PM oficial que pretendia ser Promotor de Justiça e depois desistiu e perguntei o motivo da decisão, e ele informou, ser oficial é melhor, eles me dão de tudo. carro oficial, celular, empregados e motoristas, o salário no final é igual ou melhor e mando em um monte de praças e o que tem um promotor, só salário, nem carro oficial não tem se não for chefe de algum órgão do MP.
    Dra. Marilda. Após a greve vocês delegados não querem mais que sigam a cartilha. Ai é certo fazer tudo sem a presença do delegado. Ou é só por causa do Gat que só vocês recebem, ou só da carreira jurídica que também do vocês recebem, apesar que o TJ-SP também admite como trabalho jurídico por três anos o de escrivão de polícia para os concursos de juiz de direito, ou seja na pratica o escrivão determina o cumpra-se a ele mesmo.

  17. A Polícia Civil já desanima o futuro candidato a policial logo de cara no concurso, são cinco etapas idiotas, sendo que duas etapas seriam o suficiente, etapa objetiva e escrita, e vai direto para academia, 6 meses e pronto, de lá para delegacia exercer sua função e atribuição que de fato prestou o concurso.

    Não quero que o ADPESP me represente ou represente qualquer carreira operacional, quero sim que o ADPESP lidere um movimento com todos sindicatos e associações, na busca da essencial REESTRUTURAÇÃO, na busca de maior abertura de concursos menos burocráticos e mais práticos, na busca do fim de algumas aberrações e gambiarras as quais a Polícia Civil se acostumou e está sendo engolida com elas. O ADPESP precisa de parar de pensar só no próprio bolso, e convocar as demais entidades de classe para pressionar a REESTRUTURAÇÃO, por ordem na bagunça, acabar com as gambiarras e colocar a Polícia Civil para funcionar, só assim pode – se evitar que sejamos engolidos pelo grande tubarão cinzento da PM, é de reagir em busca de uma NOVA POLÍCIA CIVIL.

  18. Fala serio,

    Esqueça reajustes ou aumento.

    Se o Restopol quiser alguma coisa deverá partir para a guerra, ou seja, paralisação geral organizada para o meado de 2016.
    Este 2015 já foi!
    Mas considerando a indolência das carreiras policiais civis – que se reflete nas associações e sindicatos – o governo pode ficar tranquilo.
    Continuarão destilando seu ódio contra os delegados, esbravejando ( silenciosamente ) pelos cantos e se lamuriando nas redes sociais.

  19. Polícia é sempre polícia disse:
    15/10/2015 ÀS 23:39

    Falou tudo e mais um pouco, o ADPESP só pensou neles, surfou em nosso movimento e depois veio a traição, foda – se vamos esquecer esse episódio, já passou, agora estamos em um momento crucial, onde a Polícia Civil agoniza, desvalorizada, desorientada, desorganizada e desestruturada, é hora de pressionar a reestruturação e nada desse grupo de palhaçada, é hora de agir, é hora da ADPESP puxar as ações de ressurgimento da Polícia Civil que está em estado terminal, é triste, mas agora é preciso que os líderes, que os cabeças pensantes voltem sua concentração para Polícia Civil enquanto ela ainda existe.

  20. Flit Paralisante em 15/10/2015 às 23:15
    REESTRUTURAR É PRECISO,

    De fato, o NU está sendo nefasto para a Polícia Civil! Além de não ter trazido valorização financeira para as carreiras e ter causado divisões internas, ainda trouxe para os concursos um pessoal que de cara quer sentar na janelinha.

    Quem não tem disposição e disponibilidade para trabalhar em qualquer local do estado nem deveria fazer inscrição em concursos públicos, especialmente na Polícia Civil.

    Outra aberração, se o cara é advogado, ou seja, profissional devidamente inscrito na OAB, prestar concurso para Escrivão não é vocação; estando muito mais para acomodação com grande carga de incompetência. Verdadeiro “capitis diminutio”.

    O tipo de escriba que – depois de empossado – se achará mais realista do que o rei pregando a extinção da carreira de delegado , a carreira única e o fim do inquérito.

    ……….

    Ora, uma delegada de 24 anos que chega na PC apenas por teoria de direito e nenhuma experiência de vida, apenas pelo pai ter custeado a faculdade de direito e cursinho do Damásio, chega na policia, sequer sabe direito onde sentar e o que vai fazer e pede pelo amor de Deus para que coloquem um escrivão antigao com ela para que ela possa aprender com ele, sem que ele cobre pelas aulas é claro, pois de cara ela cai receber o Gat para responder por dois cartórios e dois DPs , sendo comissionada na segunda classe como titular. Mas quer aulas de graça, e pior quer mandar no antigao ainda é ser chamada de doutora, titulo acadêmico, não fazendo sequer questão de saber que aquele profissional as vezes tem formação superior a dela e em direito também, porém por ter dado sua vida e juventude a PC é por ser escrivão , na época era cortado nos exames orais.
    Vocês quiseram tudo. Agora segurem a brinca sem chiar, e mais, implorem pelo apoio dos rejeitados operacionais, porque se a PM der qualquer coisa a eles eles vão para onde o vento balançar melhor. Entendeu ou preciso desenhar.

  21. KKKKKKKKKKKK. SSP 129/2015 GRUPO DE ESTUDOS, SE DEPENDESSE DO TEMPO QUE PERDERAM TODOS ESSES ANOS JÁ TERIAM PASSADO NO VESTIBULAR PARA MEDICINA NA USP.
    SÓ AQUI EM SÃO PAULO MESMO PARA VER ESTAS ASNEIRAS.
    E POR ISSO QUE MINHA INSTITUIÇÃO IRÁ ACABAR ATÉ O ANO DE 2016 MESMO.
    ATÉ LÁ ESTAREI APOSENTADO.

  22. CIDA ESCRIVÃ,

    Que movimento de vocês ?

    Traição ? Não seja mentirosa!

    Ora, porque vocês não se movimentam e organizadamente vão ter com a diretoria da ADPESP ?

  23. A Polícia Civil, tem que sair do século passado, onde temos companheiros que contam histórias de Canas e Investigações encríveis, mas agora estamos em outro tempo , onde Investigadores não Investigam, delegacias que nem carceragem tem para guardar o preso enquanto faz um flagrante, uma verdadeira “pastelaria”, a maioria dos colegas estão para se aposentar, todos fazem de tudo, enfim temos a oportunidade de termos novos colegas com outro tipo de pensamentos, podendo sim trocar idéias com Delegados para melhorar nossa instituição, a Polícia Federal está mostrando que precisa sim de novos colegas com idéias próprias, enfim senão seremos engolidos se não agora pela P.M. mas lá na frente por outra Instituição do estado.

  24. ADPESP – Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo

    Para quem ainda não percebeu!

  25. Como aceitaram passivamente o não cumprimento da data base para reajuste este ano?

  26. A propósito, alguém sabe o número de entidades representantes que se ALIMENTAM à nossa custa em todo o Estado?

    O que estão fazendo os representantes? Estão esperando pela Doutora Marilda?

  27. NELSON,

    A omissão do Executivo diante da falta de regulamentação da data-base do funcionalismo está em debate no STF desde 2007, quando o tribunal começou a analisar o Recurso Extraordinário (RE) 565.089/SP. Trata-se de recurso da Fenajufe contra acórdão do TJ-SP que julgou improcedente ação de policiais militares de São Paulo que querem a condenação do Estado ao pagamento de indenização repondo a inflação.

    Os recorrentes argumentam que a Constituição está sendo violada pela omissão do Executivo ao não encaminhar projeto de lei anual. O STF reconheceu a repercussão geral da questão, que significa que a decisão sobre o recurso afetará todos os servidores do Brasil.

    Todavia, até o presente momento , por falta de regulamentação , o estado não é obrigado a reposição anual para todos os funcionários.
    Ademais, também se discute a sua constitucionalidade.

  28. Parece que estamos trabalhando na POLÍCIA CIVIL DOS DELEGADOS DE SÃO PAULO, e somos todos empregados deles, a Instituição está ameaçada de extinção, perdemos todos nós, por causa da Desmilitarização a PM está usando a tática do ataque, e a PC como está frágil por causa da desorganização que vem sofrendo a anos , agora é cobrada a conta.

  29. A Polícia Civil SEMPRE FOI DOS DELEGADOS:

    LEI N. 10.123, DE 27 DE MAIO DE 1968
    Lei Orgânica da Polícia
    O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:
    Faço saber que, nos têrmos do § 1.º do Artigo 24 da Constituição do Estado, promulgo a seguinte lei:

    LEI ORGÂNICA DA POLÍCIA

    CAPÍTULO I

    Da Secretaria da Segurança Pública

    Artigo 1.º – A Secretaria da Segurança Pública é responsável pela manutenção, em todo o Estado, da ordem pública e segurança interna, e exerce as suas atividades por intermédio dos órgãos policiais que a integram.
    Artigo 2.º – São órgãos policiais, subordinados hierárquica, administrativa e funcionalmente ao Secretário da Segurança Publica:
    I – Delegados de Polícia e demais carreiras policiais civis;
    II – Fôrça Pública; e
    III – Guarda Civil.
    Parágrafo único – Integrarão também a Secretaria da Segurança Publica, como órgãos auxiliares da atividade policial:
    1. Conselho Superior da Polícia;
    2. Coordenação Operacional;
    3. Assessoria Técnico-Policial;
    4. Corregedoria Geral da Polícia;
    5. Órgãos de Polícia Técnico-Científica.
    Artigo 3.º – São órgãos administrativos da Secretaria da Segurança todos os que, integrados na sua estrutura, cooperam para a realização de seus fins.

    CAPÍTULO II

    Dos órgãos Policiais

    Seção I

    Dos Delegados de Polícia

    Artigo 4.º – Aos Delegados de Polícia incumbe exercer a polícia judiciária, com a finalidade de apurar as infrações penais e sua autoria, bem como presidir os atos processuais a eles atribuídos por lei.
    Artigo 5.º – Os Delegados de Polícia são os responsáveis pela direção e o regular funcionamento da unidade polícial em que tenham exercício.
    Artigo 6.º – Para o desempenho de suas funções, os Delegados de Polícia disporão dos serviços técnico-científicos da polícia civil e dos servidores das carreiras policiais a eles subordinados, podendo requisitar, quando necessário, elementos dos demais órgãos policiais.
    § 1.º – A requisição, que deverá ser atendida incontinenti, será sempre feita ao superior de maior hierarquia, em serviço na respectiva área ou região policial, conforme o caso.
    § 2.º – Todos os servidores civis em exercício na unidade policial ficam subordinados ao Delegado de Polícia que a dirige.
    Artigo 7.º – Os Delegados de Polícia e os integrantes das demais carreiras policiais civis ficam sob a direção do Delegado Geral.

    Seção II

    Da Fôrça Pública

    Artigo 8.º – À Fôrça Pública incumbe:
    I – executar o policiamento ostensivo, fardado, planejado pelas autoridades policiais competentes, a fim de assegurar o cumprimento da lei, a manutenção da ordem pública e o exercício dos poderes constituídos;
    II – atuar de maneira preventiva como fôrça de dissuasão em locais ou áreas específicas, onde se presuma ser possível a perturbação da ordem;
    III – atuar de maneira repressiva, em caso de perturbação da ordem, precedendo o eventual emprêgo das Fôrças Armadas; e
    IV – atender à convocação do Govêrno Federal, em caso de guerra externa ou para prevenir ou reprimir grave subversão da ordem ou ameaça de sua irrupção, subordinando-se ao Comando da Região Militar, para emprêgo em suas atribuições especificas de polícia e de guarda territorial.
    Artigo 9.º – À Fôrça Pública compete, ainda exercer:
    I – o policiamento e a fiscalização do trânsito e do tráfego nas rodovias;
    II – o policiamento especializado ferroviário, o florestal e o fluvial;
    III – o policiamento nas estações rodoviarias e ferroviárias;
    IV – a guarda externa de estabelecimentos penais;
    V – a prevenção e extinção de incêndios, a prestação de socorros públicos e de salvamento;
    VI – a proteção e defesa da população nos casos de calamidade pública;
    VII – as honras, guardas e assistências militares;
    VIII – as guardas dos palácios do Govêrno e da Secretaria da Segurança Pública; e
    IX – as atividades da Casa Militar do Governador do Estado.
    Parágrafo único – O policiamento de Rádio Patrulha será planejado, em conjunto, por elementos dos três órgãos policiais, ficando sua execução sob a inteira responsabilidade da Fôrça Pública.
    Artigo 10 – Caberá ao Secretário da Segurança Pública indicar as autoridades policiais competentes a que se refere o inciso I, do Artigo 8.°.
    Artigo 11 – O disposto no artigo anterior será regulamentado por decreto do Poder Executivo.
    Artigo 12 – O Comandante Geral da Fôrça Pública será nomeado pelo Governador do Estado, na forma da legislação pertinente.
    Artigo 13 – A Fôrça Pública será estruturada em órgãos de Direção, Execucão e de Apoio, de acôrdo com as finalidades essenciais do serviço policial e as necessidades do Estado.
    Parágrafo único – Para o pleno atendimento de suas finalidades e articulação no território do Estado, a Fôrça Pública organizar-se-á em grupos policiais, com um chefe e componentes habilitados, indispensáveis ao cumprimento de suas missões básicas. De acôrdo com a importância da região, o interesse administrativo e as facilidades de comando, os grupos poderão ser reunidos em Pelotões, Companhias e Batalhões, ou em Esquadrões ou Regimento, quando se tratar de unidades montadas
    Artigo 14 – Os postos e graduações da escala hierárquica da Fôrça Pública, assim como a justiça e a disciplina, a instrução e o armamento, obedecerão às normas da legislação federal pertinente.

    SECÇÃO III

    Da Guarda Civil

    Artigo 15 – À Guarda Civil incumbe exercer:
    I – o policiamento e a fiscalização do trânsito urbano;
    II – o policiamento de diversões públicas;
    III – o policiamento e a guarda das repartições públicas e recintos fechados;
    IV – o policiamento marítimo e aéreo, em cumprimento de convênio com a União;
    V – o policiamento dos aeroportos;
    VI – prestar honras, desde que não sejam de caráter militar; e
    VII – outras atividades de natureza policial que não forem da competência específica dos demais órgãos.
    Artigo 16 – Os cargos de Comandante e Subcomandante da Guarda Civil serão de livre provimento do Governador do Estado.
    Artigo 17 – A Guarda Civil será organizada, com base nos princípios de disciplina e hierarquia, em unidades adequadas às suas finalidades de polícia civil uniformizada, na forma estabelecida na legislação pertinente.
    Parágrafo único – A Polícia Feminina e a Divisão de Polícia Maritima e Aérea passam a integrar a Guarda Civil, subordinadas ao Comando desta.

    CAPÍTULO III

    Dos Órgãos Auxiliares

    Artigo 18 – O Conselho Superior de Polícia, constituído pelo Delegado Geral, Comandante Geral da Fôrça Pública e Comando da Guarda Civil, sob a presidência do Secretário da Segurança Pública, é o órgão consultivo para os assuntos considerados de relevância para a Pasta.
    Artigo 19 – A Coordenação Operacional, diretamente subordinada ao Secretário da Segurança Pública, é o órgão incumbido de coordenar e harmonizar o emprego dos órgãos policiais quando em ação conjunta.
    § 1.º – A Coordenação Operacional é constituída por quatro membros, escolhidos pelo Secretário da Segurança Pública, sendo:
    1. 1 (um) Coordenador;
    2. 1 (um) membro, da mais alta classe ou hierarquia, de cada órgão policial.
    § 2.º – No interêsse do serviço policial, a juízo do Secretário da Segurança Pública, a Coordenação Operacional poderá projetar-se regionalmente, mantidas nas Coordenações Regionais a constituição e as atribuições previstas nêste artigo.
    Artigo 20 – A Assessoria Técnico-Policial é o órgão incumbido de assessorar o Secretário da Segurança Pública nos assuntos relacionados com as atividades policiais da Pasta.
    Parágrafo único – A Assessoria constituir-se-á de até 9 (nove) elementos especializados em assuntos da Pasta, escolhidos equitativamente, pelo Secretário da Segurança, entre os integrantes dos órgãos policiais.
    Artigo 21 – A Corregedoria Geral da Polícia é o órgão incumbido de acompanhar e fiscalizar a regularidade dos serviços da Pasta, e de apurar as infrações em que estiverem envolvidos elementos de mais de um órgão policial.
    § 1.º – A Corregedoria constituir-se-á de um representante de cada órgão policial, ocupante da última classe ou pôsto, escolhidos pelo Secretário da Segurança Pública.
    § 2.º – A Direção da Corregedoria será exercida, em rodízio anual, a iniciar-se pela ordem de antiguidade na classe ou no pôsto.
    § 3.º – Por comprovada necessidade de serviço ou para correições especiais, o Secretário da Segurança Pública poderá designar, por tempo certo nunca superior a 30 (trinta) dias, prorrogável por igual prazo, uma só vez, auxiliares para a Corregedoria observado o critério paritário .
    § 4.º – A Corregedoria poderá agir de ofício ou mediante comunicação de autoridade ou de qualquer do povo sôbre irregularidades ou infrações de sua alçada.
    § 5.º – Concluída a correição, qualquer que seja o resultado será comunicado ao órgão policial interessado, para as providências cabíveis. Se houver infração a punir ou irregularidade a sanar, a providência deverá ser tomada dentro de 30 (trinta) dias do recebimento da comunicação, pelo órgão competente. Se houver omissão do órgão competente, ou divergência entre êste e as conclusões da Corregedoria, será o fato levado ao conhecimento do Secretário da Segurança Pública para decisão final e as providências cabíveis.
    Artigo 22 – São órgãos da Polícia Técnico-Científica todos aqueles especializados em polícia técnica, medicina legal, identificação, registros, processamento de dados, e outros de ensino, pesquisa ou investigação científica, de intêresse policial.

    CAPÍTULO IV

    Das Normas Gerais

    Artigo 23 – Os órgãos policiais deverão atuar integrada e harmônicamente, de maneira a assegurar o pronto atendimento público e a eficiente execução de seus serviços.
    Artigo 24 – Qualquer eventual atrito entre elementos dos órgãos policiais, que acarrete prejuízo para o serviço ou desprestígio da Polícia perante a opinião pública, configura transgressão disciplinar de natureza grave e deverá ser apurada de forma sumária para a devida punição. Iniciada a sindicância, os implicados serão imediatamente presos ou suspensos preventivamente.
    Artigo 25 – Os órgãos policiais funcionarão em regime de permanente e recíproca colaboração, com mútua e rápida prestação de informes e esclarecimentos, bem como darão pronto atendimento às requisições das autoridades judiciárias, sob pena de o responsável pelas omissões ou retardamento incidir em transgressão de natureza grave.
    Artigo 26 – A Secretaria da Segurança Pública promoverá, anualmente, cursos intensivos conjuntos, para elementos dos três órgãos policiais, de modo a aprimorar conhecimentos necessários à integração e eficiência de suas atividades funcionais.
    Artigo 27 – É vedado, salvo com autorização expressa do Governador em cada caso, a utilização de elementos dos órgãos policiais em funções estranhas ao serviço policial, sob pena de responsabilidade do superior hierárquico que o permitir.
    Artigo 28 – As funções administrativas e outras não policiais serão exercidas por pessoal sujeito ao regime do Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado, ou por contratados na forma da legislação trabalhista.
    Artigo 29 – Os órgãos policiais ficam sujeitos às mesmas normas de administração financeira e orçamentária aplicáveis aos demias órgãos do serviço público estadual.
    Artigo 30 – Nas unidades policiais em que existem exclusivamente elementos de uma das corporações uniformizadas, a êste incumbe o desempenho supletivo das funções da outra.
    Parágrafo único – Na falta de elementos dos outros órgão policiais, poderá ser atribuído ao Delegado de Polícia, pelo Secretário da Segurança Pública, o exercício supletivo das funções próprias daqueles órgãos.
    Artigo 31 – As funções específicas de cada órgão policial poderão ser exercidas por qualquer um deles supletivamente, em caráter excepcional e a Juízo exclusivo do Secretário da Segurança Pública.
    Artigo 32 – As Guardas Municipais e as Guardas Noturnas ficam sujeitas à orientação e ao contrôle funcional da Secretaria da Segurança Pública, na forma estabelecida em regulamento.

    CAPÍTULO V

    Dos Deveres, Direitos, Vantagens e Regimes de Trabalho

    Artigo 33 – No que respeita aos deveres, direitos, vantagens e regimes de trabalho, aplicam-se aos servidores policiais as disposições do Estatuto dos Servidores Civis do Estado, exceto no que contrariarem as desta lei e as da legislação especifica.
    Artigo 34 – O ingresso nos cargos e funções policiais será feito exclusivamente:
    I – por nomeação em comissão, quando se tratar de cargo que, em virtude de lei, assim deva ser provido;
    II – por nomeação, nas classes iniciais das respectivas carreiras, quando se tratar de Delegados de Polícia e demais carreiras policiais cívis; e
    III – como aluno dos cursos de formação, quando se tratar da Fôrça Pública e da Guarda Civil.
    Parágrafo único – Os alunos dos cursos de formação que forem desligados por falta de aproveitamento serão demitidos ou reverterão à classe ou graduação anterior, conforme o caso.
    Artigo 35 – A nomeação obedecerá ordem de classificação, obtida no concurso de provas ou de provas e títulos ou no curso de formação.
    Artigo 36 – São requisitos gerais para matrícula nos cursos de formação ou nomeação para as carreiras policiais, além das estabelecidas especificamente para cada uma:
    I – ser brasileiro;
    II – ter, no mínimo, 15 (quinze) e, no máximo, 26 (vinte e seis) anos de idade, para os candidatos aos cursos de formação profissional da Fôrça Pública e Guarda Civil, ou satisfazer as condições de idade estabelecidas para as carreiras de Delegado de Polícia e demais integrantes da polícia civil;
    III – não registrar antecedentes criminais e político-sociais e estar em gôzo dos direitos políticos;
    IV – ter procedimento irrepreensível, apurado através de investigação sigilosa;
    V – ter aptidão física e mental, comprovada em inspeção médica, segundo critérios estabelecidos em regulamento;
    VI – possuir temperamento adequado ao exercício da função policial, apurado em exame psicotécnico;
    VII – estar em dia com o serviço militar;
    VIII – ter sido habilitado em concurso público de provas ou de provas e títulos.
    Parágrafo único – O regulamento estabelecerá as normas para verificação dos requisitos, inclusive padrões de aferição e sequência dos exames em cada caso.
    Artigo 37 – Os concursos de ingresso na carreira de Delegado de Polícia, na Fôrça Pública e na Guarda Civil serão organizados e realizados pelos respectivos órgãos policiais.
    Artigo 38 – Os integrantes dos órgãos policiais deverão tomar posse no prazo de 15 (quinze) dias, contados da data da publicação do ato de nomeação.
    § 1.º – Êste prazo poderá ser prorrogado por mais 5 (cinco) dias, por solicitação escrita do interessado e mediante ato fundamentado da autoridade competente.
    § 2.º – Se a posse não se der dentro do prazo inicial ou da prorrogação, será tornada sem efeito a nomeação.
    Artigo 39 – São competentes para dar posse:
    I – o Secretário da Segurança Pública, aos Delegado Geral, Comandante da Fôrça Pública, Comandante da Guarda Civil e Membros da Coordenação Operacional, da Assessoria Técnico-Policial e da Corregedoria Geral da Polícia;
    II – o Delegado Geral, aos Delegados de Polícia e integrantes das demais carreiras policiais civis.
    Artigo 40 – O exercício do cargo tem início dentro do prazo de 15 (quinze) dias, contados:
    I – da data da posse; e
    II – da data da publicação do ato, no caso de remoção ou promoção.
    § 1.º – Quando a remoção ou promoção não importar em mudança de município, o policial deverá entrar em exercício no prazo de 2 (dois) dias.
    § 2.º – O policial que não entrar em exercício no prazo legal será exonerado.
    Artigo 41 – As promoções por bravura, ainda que póstumas, independem da existência de vagas e serão feitas a juízo do Govêrno, em face de ação meritória apurada em processo.
    Artigo 42 – Os servidores policiais invalidados ou mortos em consequência de lesões recebidas no exercício da função serão promovidos à classe, ao pôsto ou à graduação imediatamente superior, ainda que não haja vaga.
    Artigo 43 – Nenhum pedido de exoneração ou de baixa poderá ser recebido e autuado em períodos de anormalidade ou declarados de calamidade pública, que exijam prontidão policial.
    Parágrafo único – A ocorrência das condições previstas nêste artigo sustará o processamento do pedido de exoneração ou de baixa.
    Artigo 44 – Os integrantes dos Órgãos Policiais, submetidos a processo administrativo, não poderão ser exonerados ou dar baixa, nem passar para a inatividade, antes de concluido o processo e cumprida a penalidade que lhe tenha sido imposta.

    CAPÍTULO VI

    Das Disposições Finais e Transitórias

    Artigo 45 – Fica mantida a atual estrutura dos Órgãos Policiais e a sua competência no que não colidir com esta lei, até a sua adaptação ao sistema ora estabelecido.
    Parágrafo único – Dentro de um ano, o Secretário da Segurança Pública apresentará ao Governador do Estado, respeitadas as diretrizes desta lei, proposta de reestruturação dos Órgãos Policiais visando ao seu aprimoramento e maior eficiência.
    Artigo 46 – Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação.
    Artigo 47 – Revogam-se as disposições em contrário.
    Palácio dos Bandeirantes, 27 de maio de 1968.
    ROBERTO COSTA DE ABREU SODRÉ
    Hely Lopes Meirelles
    Respondendo pelo Expediente da Secretaria da Segurança Publica
    Publicada na Assessoria Técnico-Legislativa, 27 de maio de 1968.
    Nelson Petersen da Costa
    Diretor Administrativo, Substituto

  30. Mas somos todos funcionários Públicos se a Polícia Civil acabar perdemos todos.

  31. Flit Paralisante disse:
    15/10/2015 ÀS 23:15
    REESTRUTURAR É PRECISO,

    De fato, o NU está sendo nefasto para a Polícia Civil! Além de não ter trazido valorização financeira para as carreiras e ter causado divisões internas, ainda trouxe para os concursos um pessoal que de cara quer sentar na janelinha.

    Quem não tem disposição e disponibilidade para trabalhar em qualquer local do estado nem deveria fazer inscrição em concursos públicos, especialmente na Polícia Civil.

    Outra aberração, se o cara é advogado, ou seja, profissional devidamente inscrito na OAB, prestar concurso para Escrivão não é vocação; estando muito mais para acomodação com grande carga de incompetência. Verdadeiro “capitis diminutio”.

    O tipo de escriba que – depois de empossado – se achará mais realista do que o rei pregando a extinção da carreira de delegado , a carreira única e o fim do inquérito.

    DR GUERRA, FAÇO MINHAS ESSAS SUAS PALAVRAS ACIMA, MAIS PURA VERDADE.

  32. Fique descansado!

    Os delegados de polícia – como sempre – jamais deixarão que o órgão seja extinto.

    Diga-se de passagem, o governo Franco Montoro, em 1983, cogitava acabar com a instituição, mas quando percebeu como era a PM fez grandes investimentos e contratações que se estenderam até 1994 ( governo Fleury ).

    Desde então – 1994 – por conveniência do governo do estado não houve ampliação de cargos criados por lei, tampouco reposição dos claros decorrentes de aposentadorias, exonerações e demissões.

  33. No mínimo do mínimo do mínimo, a reestruturação de carreiras da Polícia Civil do Estado de São Paulo (a única em todo o país que ainda não reestruturou suas carreiras policiais) deveria se dar do seguinte modo:

    1- Delegado de Polícia, bacharel em direito, 3 anos de atividade jurídica ou 2 anos de experiência policial;
    2- Médico Legista Policial, bacharel em medicina;
    3- Perito Criminal Policial, bacharel nas áreas específicas;
    4- Investigador de Polícia, curso superior em qualquer área;
    5- Escrivão de Polícia, curso superior em qualquer área;
    6- Papiloscopista Policial, curso superior em qualquer área;
    7- Agente de Telecomunicações Policial, curso superior em qualquer área;
    8- Agente de Polícia (agente policial + carcereiro policial + auxiliar de papiloscopista policial + atendente de necrotério policial) nível médio; carreira de apoio aos investigadores e escrivães de polícia, UNIFICAÇÃO EMBASADA NO SALÁRIOS IDÊNTICOS DESTAS CARREIRAS
    9- Agente de Perícia Policial, nível médio técnico com cursos nas áreas específicas ministrados pela acadepol ou colégios conveniados.

    Contratação de Oficiais Administrativos para ocupar algumas funções não estritamente policiais.

    A unificação, principalmente, das carreiras de agente policial, carcereiro policial, auxiliar de papiloscopista policial e atendente de necrotério policial na carreira de AGENTE DE POLÍCIA se justifica por estarem enquadradas na mesma base de salários, o que não ensejaria aumento de despesas financeiras ao Estado.

  34. A Polícia Civil e uma Instituição de Segurança Pública que está na Constituição Federal, juntamente com outras Instituições sendo está chefiada por delegado de Polícia, onde juntamente com outra carreiras formam o corpo da Instituição.

  35. Quando eu era pequeno, tinha um tio que dizia: “exército é para general e policia é para delegados” …vcs tem dúvida…??.. Querem ser Deltas…..estudem..estudem..estudem….

  36. Caro Guerra, entendo que não se trata de sentar na janelinha, pois a maioria não tem condições de pagar para trabalhar.

  37. Dr Guerra é um prazer discutir e ver outras opiniões neste Blog, parabéns a todos que participam.

  38. curto e grosso em 16/10/2015 às 1:18
    Flit Paralisante disse:
    15/10/2015 ÀS 23:15
    REESTRUTURAR É PRECISO,

    De fato, o NU está sendo nefasto para a Polícia Civil! Além de não ter trazido valorização financeira para as carreiras e ter causado divisões internas, ainda trouxe para os concursos um pessoal que de cara quer sentar na janelinha.

    Quem não tem disposição e disponibilidade para trabalhar em qualquer local do estado nem deveria fazer inscrição em concursos públicos, especialmente na Polícia Civil.

    Outra aberração, se o cara é advogado, ou seja, profissional devidamente inscrito na OAB, prestar concurso para Escrivão não é vocação; estando muito mais para acomodação com grande carga de incompetência. Verdadeiro “capitis diminutio”.

    O tipo de escriba que – depois de empossado – se achará mais realista do que o rei pregando a extinção da carreira de delegado , a carreira única e o fim do inquérito.

    DR GUERRA, FAÇO MINHAS ESSAS SUAS PALAVRAS ACIMA, MAIS PURA VERDADE
    ……………………….

    Realmente, escrivães e investigadores deveriam ser botânicos e não bacharéis em direito, tem tudo a ver.kkkk
    .

  39. O Investigador de Polícia é o Marketing da Polícia, vê se tem filme do Delegado da pesada ou um escrivão no jardim da infância.kkkk

  40. BRuno,

    O serviço público estadual, especialmente o policial , é para quem tem disposição e disponibilidade para trabalhar em qualquer região do estado.
    Nada impedindo que no decorrer da carreira busque locais mais convenientes as suas necessidades pessoais e familiares.
    Ademais, no edital de concurso consta os vencimentos do cargo; assim , regra geral, . presume-se que todo candidato busque a aprovação para melhorar de vida ( financeiramente falando ). Racionalmente, ninguém pode dizer que pagará para trabalhar caso não permaneça nas proximidades da residência.
    Pura e simplesmente, em muitos casos, apenas não será compensador assumir as funções. Ocorre que muitas pessoas em vez de se ajustarem às necessidades da Polícia querem que a Polícia se ajuste às necessidades do novato. Em casos tais o gestor deve ser intransigente; nada de dar um jeitinho para acomodar o necessitado. Aliás, tal tipo não acrescenta nada; acabando por acarretar sobrecarga e problemas aos demais.

  41. CONCURSO PARA CHEFE

    Requisitos :

    Não possuir qualquer experiência de vida;
    Ter no máximo 24 anos e nunca ter trabalhado de verdade;
    Nunca ter entrado em uma comunidade, favela é nome feio;
    Não saber o que é Teresa. Tatu, televisão. Bonde, bandeco, boi, e nunca saber o que é pagar a boia ou café do ladrão.
    De modo algum saber o que é 36 ou QSA.
    E principal, ter ogeriza por armas e assuntos relacionados a pobreza.
    Pronto. Esta formado um chefe . Sabe tudo. Agora é só sair mandando a vontade nos antigoes.
    E ainda querem seriedade e apoio dos operacionais.
    Carreira única é a única solução.
    Não sabe porra nenhuma. Comece de baixo.
    Uma empresa é assim.
    O.mundo inteiro esta errado, só nas policias do pais da jabuticaba esta certo.

  42. Polícia é sempre polícia,

    O ideal fossem todos bacharéis em direito; oxalá um dia assim seja.

    Mas a questão aqui é ADVOGADO ( profissional ) abraçando o ESCRIVANATO por R$ 3.500,00; enquanto inúmeros escrivães ganhando bem mais do que o inicial trocam a carreira pela advocacia.

  43. Polícia é sempre polícia,

    Deixe de ser papagaio de pirata, esse negócio de pais da jabuticaba é ridículo.

    Alguns policiais civis acham que sabem muito mas nada sabem, são uns tolos que devem ser evitados…

    Começar de baixo é ingressar cedo , obter o diploma de direito e – antes dos 30 anos – ser aprovado no concurso pra delegado.

    Aliás, como a maioria dos Delegados, pois cerca de 67 % são egressos das carreiras policiais.

    Ora, daquele – de fora – que antes dos 24 anos é aprovado no concurso de Delegado os demais devem ter como fonte de motivação.

    Carreira única ?

    Uma empresa é assim?

    Nomeie uma?

  44. depois de ler todos os comentarios, e muito bla bla, a pc vai acabar, mais sp nao e locomotiva de mais nada, a sorte que outras pcs sao organizadas e mais fortes

  45. o delpol e a tampa da panela de pressao, oficiais e delpol e a formula da elite mandar na policia

  46. A POLICIA MILITAR SERÁ EXTINTA

    PELO GOVERNO PARA ATENDER AO PROJETO COMUNISTA E A CARTILHA DA ONU QUE PEDIU PROVIDENCIAS DO GOVERNO BRASILEIRO CONTRA A PM ATÉ SETEMBRO PASSADO. DIA 13/10/2015 EDUARDO CUNHA PRESIDENTE DA CAMARA DEU INICIO AO QUE ELES CHAMAM DE UNIFICAÇÃO DAS POLICIAS QUE NA PRÁTICA É O FIM DA PM.

    ISTO IRÁ ACONTECER EM PASSOS LARGOS, POIS É AGENDA COMUNISTA AGORA ACABAR COM A PM, PRIMEIRO FOI DESARMAR O CIDADÃO AGORA ACABAR COM A PM E AS FFAA, JA COM SEUS 3 SUPERIORES APARELHADOS( POIS NÃO SÓ PRESTAM CONTINENCIA A ALDO REBELO DIZEM-SE AMIGOS PESSOAIS, DECLARAM GRANDE SATISFAÇÃO EM TE=LO COMO MINISTRO, TRAÇAM ELOGIOS QUE CAUSA VERGONHA ALHEIA)
    , SERÁ ENTÃO CONSOLIDADO O GOLPE COMUNISTA NO PAÍS.

    A FORMA QUE TEMOS QUE LUTAR CONTRA ISTO É TODOS OS BRASILEIROS AOS MILHARES JUNTAMENTE COM A PM EM BRASILIA COMEÇANDO DIA 15 DE NOVEMBRO. DOUTRA FORMA ACABOU O BRASIIL.

    ENTÃO SENHORES ESTÁ CHEGANDO O DIA “D”

    FAÇAM CARAVANAS, MÉDICOS, PROFESSORES, FAZENDEIROS, PMS, CIVIS EM GERAL, TODAS AS CATEGORIAS NAO LIGADOS A CUT.. DEVEM POR OBRIGAÇÃO PATRIOTICA APOIAR ESTE MEGA EVENTO.

    VAMOS RETOMAR O BRASIL PARA OS BRASILEIROS!!!!

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/05/paises-da-onu-recomendam-fim-da-policia-militar-no-brasil.html

  47. Bom dia Guerra!!
    Entendo e concordo com sua posição quando diz que a Adpesp não tem o dever de lutar pelas outras carreiras senão as de delegado. Afinal, pagamos essas porcarias de sindicatos para este fim, mas nada adianta. Agora, você há de concordar que os Delegados deveriam deixar livremente os demais policiais civis lutarem pelos seus direitos, com manifestações, operação padrão e até mesmo greve, sem qualquer perseguição ou retaliação, tal qual ocorre com a carreira de delegados ou mesmo no poder judiciário. Taí o motivo das demais carreiras ter receio de iniciar qualquer movimento paredista. Ao meu ver, essa é a maior traição de vossas excelências.

  48. SE ALGUÉM AQUI TEM ALGUMA DÚVIDA QUE VAI HAVER MUDANÇAS E SÓ OLHAR A POSTAGEM DO DR. GUERRA NA DATA DA LEI ORGÂNICA DA POLÍCIA CIVIL. 1968 . ASSIM TEMOS UMA BOA IDEIA DE COMO ESTAMOS ATRASADOS EM APRIMORAR A POLÍCIA CIVIL. SÃO CARGOS OBSOLETOS QUE FORAM CRIADOS PARA AQUELA ÉPOCA, QUE DIGA SE DE PASSAGEM SERVIAM PARA AQUELE TEMPO.
    SE A MUDANÇAS VIRAM, ACREDITO QUE SIM, POIS HOJE A POLÍCIA VIVE DE ESTATÍSTICAS, E ESTAS NÃO TEM CREDIBILIDADE NENHUMA.

  49. Representantes dos escrivães é o Guevara…. Não vemos ele porque deve estar em Cuba. Estamos é ferrados com esse tipo de representação.

  50. Em visita ao Brasil, relatora da ONU pede o fim da Polícia Militar (25/09/2015)

    Redação RedeTV!

    Em visita ao Brasil, a relatora especial da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Questões das Minorias, Rita Izsáck, pediu o fim do Polícia Militar e dos casos de mortes por autos de resistências (mortes praticadas por agentes do Estado) como forma de promover a igualdade social e a defesa de suas minorias no país.


    Leia Também
    Na ONU, papa ataca ‘sede sem limites’ por riqueza e poder
    Hospital da Polícia Militar tem desvio de verbas
    As declarações de Izsáck foram divulgadas nesta sexta-feira (25). No texto, ela escreve que os “altos índices de homicídios, na casa dos 56 mil todos os anos, precisam acabar. Isso afeta particularmente os afro-brasileiros pelo fato de que eles compõem 75% do total de vítimas. É preciso terminar com a Polícia Militar, remover os mecanismo dos autos de resistência e tratar todas as mortes como casos de homicídios, processar os autores e prover auxílio psicossocial para as famílias das vítimas, especialmente para mães que perderam os filhos.”

    “Estou particularmente preocupada com os jovens e suas famílias que moram em favelas e que possuem menos sonhos e expetativas em suas vidas. Espaços comunitários e o senso de comunidade devem ser promovidos para previnir que a juventude entre no crime e na violência e que sirva de motivação para que eles terminem seus estudos”, escreveu.

    A relatora também analisou a demarcação de terras indígenes, pedindo agilidade ao governo na resolução da questão.

  51. SR. Wagner Nunes Leite Gonçalves”, meus parabéns, pois o Senhor disse tudo em pouquíssimas palavras. Essa turma ficam na moita e, quando o Restopol vai pra cima, caso dê certo eles tomam a frente e puxam a sardinha para o prato deles e o resto que morram de fome e, dando errado, eles querem mais é que o Restopol se “f” e, passam a persegui-los. Eu particularmente quando na ativa fui vítima de alguns desses crápulas. Ocorre que em detrimento do N.U, dos Escrivães e Investigadores, eles “gritaram”, e esse desgoverno deu o que era nosso para eles. E, me ajudem aí ó !….

  52. Thomás turbano disse:
    16/10/2015 às 7:56

    Bom dia Guerra!!
    Entendo e concordo com sua posição quando diz que a Adpesp não tem o dever de lutar pelas outras carreiras senão as de delegado. Afinal, pagamos essas porcarias de sindicatos para este fim, mas nada adianta. Agora, você há de concordar que os Delegados deveriam deixar livremente os demais policiais civis lutarem pelos seus direitos, com manifestações, operação padrão e até mesmo greve, sem qualquer perseguição ou retaliação, tal qual ocorre com a carreira de delegados ou mesmo no poder judiciário. Taí o motivo das demais carreiras ter receio de iniciar qualquer movimento paredista. Ao meu ver, essa é a maior traição de vossas excelências.

    ===========================================

    Parabéns. Já está errado em ter um sindicato “por carreira”. Mas, se delegado que se separar dos demais, que pelo menos não embacem nosso lado (manifestação, greve, pedido de aumento e condições).

    E quanto ao post do Flit Paralisante sobre a Lei Organica da década de 60, é preciso lembrar que já viramos o ano, a década e o século. Hoje, a cultura é diferente. A sociedade é diferente. A polícia também precisa ser diferente.

  53. vamos atualizar . . . convergência . . .

    que todos seres humanos policiais independente da carteira que carregam

    estão ainda solidários em alguns pontos . . .

    estado não existe

    democrático não existe

    direito . . o que é isto ???

    coisa pública ??? para roubar ???

    o cenário é este . . quem pode mais chora menos . . . território genocida sem ordem e sem progresso . . .

    diante disto o que representa o ideal de segurança pública ???

    algo a ser paralisado ou extinto ok

    Niccolò di Bernardo dei Machiavelli e Sun Tzu . . .

    somos atacados com todos os detalhes destes grandes pensadores e executores . . .

    ta bom assim . . .

    direito de greve ??? existe de fato ???

    representação oficial ???

    nada disto vai funcionar onde não existe mais ordem nem lei nem justiça

    agora é 1 x 1 e haja criatividade . . . .

    divididos á estamos . . alea jacta est . .

    e não digam que não avisei . . 2015 na trave . . 2016 – 11 a 0 ok

  54. PARABÉNS e obrigado Drs..,
    Quem sabe a farda não nos represente melhor…
    obrigado pelo e N.U., enfia o I.P. no CU…
    e P2 para sempre!!!

  55. Fico imaginando como seria a policia civil se implantasse carreira única. Seria a terra do assedio moral, da corrupção institucionalizada em níveis muito piores do que existem hoje. Os postos elevados seriam ocupados pelos escaladores, bajuladores, por aqueles que $orriem e sabem fazer outros $orrir e por filhos de ocupantes dos andares superiores. Enquanto que a maioria, indistintamente, não passaria da metade do nível da nova carreira única. Imaginem carreira única nas FFAA ou na PM, é virtualmente impossível de implantar e impossível de ser praticada. O acesso ao topo é inatingível por quem entra pela base. O proprio sistema criará meios de impedir o progresso de quem não deveria estar entre o topo.

  56. E agora Dr. Guerra dê uma olhada no endereço: bingoclandestinoblog.wordpress.com. Lá estão a maioria dos endereços das casas de jogo clandestino de Santos. Será que a PC e a PM vão fazer alguma coisa?

  57. Leitor do Flit em 16/10/2015 às 13:41
    Fico imaginando como seria a policia civil se implantasse carreira única. Seria a terra do assedio moral, da corrupção institucionalizada em níveis muito piores do que existem hoje. Os postos elevados seriam ocupados pelos escaladores, bajuladores, por aqueles que $orriem e sabem fazer outros $orrir e por filhos de ocupantes dos andares superiores. Enquanto que a maioria, indistintamente, não passaria da metade do nível da nova carreira única. Imaginem carreira única nas FFAA ou na PM, é virtualmente impossível de implantar e impossível de ser praticada. O acesso ao topo é inatingível por quem entra pela base. O proprio sistema criará meios de impedir o progresso de quem não deveria estar entre o topo.

    …………..

    E já não é assim. Só que em carreiras separadas. Quem não é puxa saco só vai a primeira classe aos 25 anos de polícia.

  58. “Capitis Diminutio” tem uma Instituição consubstanciada e organizada, como bem falou o colega, em Delegadas que nunca trabalharam na vida, papai pagou a faculdade e o Damasio, e chegam pra chefiar diversos funcionários. Fazendo uma escolinha de 3 meses. (Ao menos nesse quesito os coxa colocam a molecada 4 anos de Barro Branco).

    Isso é “Capitis Diminutio”, e jamais uma pessoa que prefere ter uma carteira de Escrivão de Polícia do que a já vexatória e manchada OAB.

    Quem hj se rebaixa de todas as formas é a Instituição Polícia Civil, comandada por Delegados de Polícia, que ao ingressarem na Instituição já percebem que não é sério o negócio.

    Sinceramente: vc acha que uma meninota de 24, 25 anos passa pra Delegada, entra numa delegacia e vê 10, 15 funcionários todos acima de 45 anos e com mais de 20 anos de Polícia, e não pensa “Caralho, eu que mando nessa porra toda!!! Cheguei há 2 minutos, e é tudo meu essa porra!! Até café buscam!!!”…….

    Ai ela para mais um pouquinho e pensa: “Vou ficar na minha, quietinha, mas que essa porra não é seria…ah não é”.

    PS: não me venham falar de Juízas e Mp……função extremamente diferente no dia a dia….tudo, absolutamente tudo é diferente. Totalmente condizente uma menina começar como promotora auxiliar/substituta nos cafundós de uma cidade cú, e lhe dar com 2, 3 funcionários capiaus. Agora Polícia é Polícia. Quem é sabe.

  59. Eu sou advogado há 4 anos, trabalho em uma multinacional e ganho R$ 5.000,00 por mês (+ bonus, PLR de 2 salários, VR 700 pila, VT, plano de saúde foda e etc), formado em faculdade de ponta de SP (PUC) diga-se de passagem e pós-graduado com ingles fluente…

    Estou entrando agora nesse EP/13.. pq?

    1º – Admiro a polícia civil, sei que está foda e que a instituição está destruída, mas desde criança sempre achei legal.. terei um baita orgulho ao terminar o curso de formação!

    1º.1 – Todos os problemas que vejo aqui relatados existem em qualquer empresa… trabalho em uma multinacional líder de mercado e sei bem os podres… acreditem, a PC não é o único lugar em que se vê corrupção e favorecimento de pistolão!

    2º – Passei no concurso de escriba sem estudar, trabalho desde que entrei na faculdade com empresa e banco, sonho em ser delegado, mas hoje não tenho tempo de estudar… Foi o concurso mais próximo que deu para eu entrar, meu trampolin!

    2º.1 – Até pq meu contrato diz entrar as 8 e sair às 17, coisa invejada pelo povo do RETP… MAAAAAS, se eu chego 08:01 tomo bronca e dificilmente saio antes das 19:00 (ou seja, trabalho quase num plantão 5 dias por semana, então vamos com calma)… o mundo é um lugar ruim, não só a PC!

    3º – Tenho sonho de ser delegado, e pretendo estudar para isso, mas, não tive tempo na faculdade por sempre trampar (venho de família muito humilde) e acredito que como escrivão, ao lidar com o assunto no dia dia, bem como, tendo establidade do concurso público conseguirei estudar…

    3º.1 Até pq no meu trampo tenho que fazer cursos direto, e se desconfiarem que quero estudar para concurso (e não estou vestindo a camisa 100% pra sempre) eles me demitem na hora (assim é o mercado)! Portanto, como escrivão, na minha hora livre poderei fazer com meu tempo o que quiser, e estudarei para Delta…

    Portanto não entendi pq é um equívoco largar minha OAB para ir para as operacionais da PC… tenho um amigo que se formou comigo que está no certame (mas é remana) e no dia do PAF conheci uns 10 advogados pelo menos..

    A visão de que advogado ganha bem e´é bem tratado é um equívoco…

    O cara que tem berço consegue ir para um escritório boutique ou pega uma carteira legal.. pro restOab sobre empresa abusando, e escritório de contencioso de massa, pagando R$ 3.000,00 e 1.500,00 iniciais respectivamente….

    PS: A única coisa que me preocupa é o fato de ter que ir pra DEINTER… em SP moro com minha mulher mas consegui um lugar com um preço bacana e estou bem… se tiver que ir pra Deinter depois do CF aí tomei no fiofó lindo… huahuahuahuahuaau

  60. Dr. Guerra já ficou sabendo do endereço bingoclandestinoblog.wordpress.com? Neste constam muitos endereços de bingos clandestinos em Santos. Será que os recolhas vão gostar? O que será que vai acontecer?

  61. .
    Pela desmilitarização das polícias; por uma polícia única e civil; pela extinção do arcaico e “burrocrático” inquérito policial e pela extinção da carreira de delegado de polícia.
    .
    DIGA SIM !
    .
    Assinado: Escrivão +- realista, mais muito menos do que qualquer delegado, digo rei, já há algum tempo empossado.

  62. OAB virando escriba…

    Você vem de família “muito humilde”, mas é formado na PUC e pós-graduado com inglês fluente…Uma sumidade, então!

    Presumo – sendo pobre – ter recebido bolsas integrais, né ?

    Por que ainda não foi aprovado no concurso para Delegado ou coisa até melhor ?

  63. OAB virando escriba…
    Se liga… Na PC como escravao você NAO terá tempo livre pra estudar meu caro…muito menos pique para isso… Sinto muito, mas você se F…!!kkkkkkk

  64. Quem senta à mesa com o SSP, Gov., DG, para informá-los da situação da PC ?

    Quem, afinal, dá as diretrizes à PC tornando-a forte e cumprindo seus deveres ?

    Quer dizer que, quem tem a obrigação de fazê-lo, não está preocupado se as “engrenagens” do sistema estão quebrando ?

    Os Delegados agem como se não fossem problema deles, a situação que se apresenta, porque sempre dizem aos governantes que está tudo bem, que são “gersons”, sempre dão resultado com pouco……….
    Essa é a mentalidade deles, o Dr. Guerra sabe que nos bastidores funciona assim……..ficam até se gabando uns perante os outros, quem faz mais com menos,……….deixando chegar nesta situação.

  65. Ao OAB virando escriba, bem como aos demais que pensam que nem ele:

    Com a devida vênia!

    Sou escrivão há cerca de 14 anos! Levei quase 11 anos para me formar em direito, pois cada ano tinha que mudar de faculdade, pois trancava o curso na metade, porque onde trabalhava os chefes e delegados não queriam que estudasse! Arrumei muitas brigas e muitos bondes também, por isso não conseguia terminar o ano letivo. Por causa disso, tive prejuízos enormes prejuízos financeiros, de oportunidades, de saúde, familiares etc!

    Quando entrei na polícia também sonhava em ser delegado, porém atualmente, tendo que tocar duzentos inquéritos, fazer bos, flagrantes, ouvir pessoas para o setor de investigação, concorrer nas escaldas a distância, durante a semana e nos finais, não podendo tirar férias, nem licença prêmio etc, desisti de ser delegado, ao menos deste Estado! Estou estudando para qualquer concurso que remunere melhor que a polícia, sendo que já passei para escrevente do TJ e estou aguardando resultado final de auxiliar de promotoria. Assim que for chamado num desses, nem tchau eu darei para os ditos colegas, muito menos para minha chefia e para os delegados, os quais preferiam que continuasse com nível médio do que me formasse em direito!

    Ainda, te informo que não pensava em ser advogado, mas um ex-escrivão me abriu os olhos para tal oportunidade, sendo que ele trabalha atualmente para a VIVO, ganhando cerca de sete mil e quinhentos reais por mês, fora os benefícios e o participação nos lucros, mesmo não tendo inglês fluente. Enquanto esse ex-escrivão está curtindo os finais de semana com a família, viajando, com dinheiro, estou escalado para todos os finais de semana deste mês, além do feriado, isso sem contar as madrugadas durante a semana, sem dinheiro, sem descanso e, para piorar, sem esperança de que isso algum dia vá melhorar!

    Ainda dá tempo de se arrepender…, depois não diga que não foi avisado, assim como aconteceu comigo!

    Boa sorte e que Deus nos ajude!

  66. Norte desanimado,

    Talvez a diferença das Juízas e Promotoras para a Delegada – todas com vinte e poucos anos – é que as duas primeiras chefiarão simples capiaus ( como você diz ) ; enquanto a terceira chefiará criminosos das mais variadas espécies: falsários, peculatários, traficantes, assassinos e corruptos em geral. Todos arrotando falsa verve: POLÍCIA É POLÍCIA.

    E por tudo que você fala da Polícia Civil, o que se pode pensar de alguém que troca a já vexatória e manchada OAB pela mais do que manchada e vexatória carteira de escrivão de polícia; mero vassalo de delegados filhos de papai?

    Meu caro, se você se sujeita a tal estado de coisas não deve ter vergonha na cara ou capacidade para buscar instituição ou cargo melhor.

    Contudo, enquanto você fica execrando delegados bem nascidos , dezenas de ex-colegas seus e outros funcionários públicos – até mais humildes do que os do escrivanato – estão assumindo os cargos de delegado.

  67. POIS É ASSIM NENHUM PRESIDENTE DESSAS ENTIDADES DE CLASSE DAS DIVERSAS CARREIRAS DA POLICIA CIVIL DE SP É CAPAZ DE CONTRIBUIR QUE SEJA COM UM ESBOÇO DE PROJETO DE LEI, UM RABISCO UMA PAUPITE, SEI LÁ O QUE, PARA MELHORAR A INSTITUIÇÃO POLICIAL, A POLICIA CIVIL NÃO É DE UMA CARREIRA OU DE OUTRA , ANTES DE TUDO É UMA INSTITUIÇÃO POLICIAL DE ESTADO.

    REESTRUTURAÇÃO DA POLICIA CIVIL SP

    DELEGADO DE POLICIA
    ESCRIVÃO DE POLICIA
    AGENTE DE POLICIA JUDICIARIA
    PERITO

    NÍVEL SUPERIOR PARA TODAS AS CARREIRAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    SINDICATO UNICO JÁ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  68. A Polícia Civil pertence ao estado, à sociedade; nunca, jamais, em hipótese alguma, à qualquer carreira que a integre.

  69. Quem tem o DEVER de dar um rumo à PC, são os Delegados……

    Eu duvido que algum membro do Conselho (formado só por Delegados) algum dia falou que os operacionais estão insatisfeitos e por que…..

  70. Thomás turbano disse:
    16/10/2015 ÀS 15:21
    OAB virando escriba…
    Se liga… Na PC como escravao você NAO terá tempo livre pra estudar meu caro…muito menos pique para isso… Sinto muito, mas você se F…!!kkkkkkk

    ——————————————————————————————————–
    COLEGA SE VOCÊ NAO FOR DELEGA E NENHUM CARGO N.U , POR FAVOR FIQUE QUIETO VOCÊ ESTA ABAIXO !!!!!!

    OBS: AGENTE DE TELECOMUNICAÇÃO, AGENTE E CARCEREIRO NEM CHEFE TEM KKKK TEM QUE RESPONDER PARA O CHEFE DO ESCRIBA OU INVESTIGA !!!!!

    SE TOCA VOCE ESTA UM GRAU ABAIXO !! SE PARA O N.U ESTA DIFÍCIL IMAGINA PARA VOCES

  71. Por que o Conselho da PC não é formado por representantes de todas as carreiras ? já que a PC pertence ao Estado, à sociedade ?

  72. Se há hierarquia………………como teremos representatividade perante o gov, ssp e dg……..se só os delegados sentam-se à mesa com estes ?

  73. Quem senta à mesa com o SSP, Gov., DG, para informá-los da situação da PC ?

    Quem, afinal, dá as diretrizes à PC tornando-a forte e cumprindo seus deveres ?

    Quer dizer que, quem tem a obrigação de fazê-lo, não está preocupado se as “engrenagens” do sistema estão quebrando ?

  74. ROBSON,

    O funcionário publico deve ter facilitado o acesso e frequência a cursos superiores, sendo dever da respectiva chefia zelar para que tal direito não seja frustrado. Mas isso não significa que possa faltar ao serviço ou ter a carga de trabalho diminuída. Eu jamais dificultei a vida escolar de ninguém; também , pelos locais onde trabalhei , nunca vi a Administração colocar trave na vida de funcionários acadêmicos. Mas dizem que a Capital é outro mundo, ou seja, terra de filhos da puta. Não sei!

  75. Por que quando há paralisação da Polícia Federal, não vemos Delegados Federais dizendo que vão punir os operacionais ?

    Por que Delegados Federais, não foram contra o progresso das outras carreiras, alegando insubordinação ?

  76. Agradeço o conselho dos colegas, acreditem não está sendo fácil tomar essa decisão… todos os dias penso, vou ou não vou afinal o CF começa logo logo (?)

    Dr. Guerra, eu entrei na faculdade já trabalhando, e logo arrumei um estágio que pagava o preço da mensalidade… na época morava com meus pais, e pelo menos a moradia e a janta saiam de graça, só tinha um terno e tres camisas sociais hehehe…

    O inglês aprendi observando mesmo, e quando me formei me matriculei no curso da cultura, gastei uma nota no nível avançado e e conclui até o fim do curso em 3 anos…

    Mesmo assim penso, pq não sair da empresa e ir para a polícia??? Se for tão ruim assim eu posso sair e voltar para o mercado, ou a polícia por acaso é uma mancha tão negra no CV que impossibilita de arrumar emprego numa empresa novamente?

    O fato é que com o país em crise o coro tá comendo nas empresas… todo dia roda um e vou me equilibrando… garantia de emprego ZERO, e terrorismo de RH o dia todo… não dá pra planejar a vida sabendo que vc pode ser demitido a qualquer corte, a qualquer fusão…

    Sei que a vida na PC não é fácil… mas se o concurso é abarrotado será que é tão ruim assim em relação ao mercado? Qual é a % das pessoas que pedem exoneração depois que entram?

    Óbvio que no começo é no barro como todo trampo.. mas conheço um escriba aí de uma especializada que todo fds tá fazendo churrasco e quando estou de férias vejo ele andando pelo condomínio durante a semana vez ou outra e conheço um tira que tem até dois empreendimentos (no nome da patroa) que ele tem tempo de cuidar…

    Digo que dos PCs que conheço aparentam qualidade de vida melhor do que alguns colegas do “mundo corporativo”…

    Mas entendo que posso estar altamente equivocado e com uma amostragem comprometida da realidade…

  77. O que fazer com o Policial vocacionado, que gosta da sua profissão, mas está desprestigiado ?

    Se falar para ele ir para outra…………..é decretar o fim daquela ? certo ?……….sua carreira não tem mais importância……

    Na PC todas as carreiras operacionais não tem mais sentido em existirem…………….a PC vai funcionar somente com delegados motivados………..

    Eu não desisto……..foi meu sonho ingressar na função que exerço…………e quero que seja valorizado, ou acabem logo….

  78. Criticar é fácil, ajudar não…

    Não é verdade!

    Os delegados de São Paulo nunca foram contrários ao progresso das outras carreiras, tanto que o primeiro projeto aprovando o NU foi da autoria da delegada Rosmary Correa; assim como a regulamentação das carreiras em classes tal como os delegados.

    O fato é que os policiais civis são paralíticos incapazes de qualquer iniciativa sem os delegados.

    Os policiais civis não respeitam seus próprios representantes classistas…

    Para os policiais civis todo e qualquer representante classista não passa de um ladrão vendido para a Administração.

  79. Pode ter certeza Guerra! Terra de filhos da puta é pouco! Nunca me deixaram estudar e quando insistia, bonde atrás de bonde!
    Quando estava na chefia, tinha horário mais flexível para, em tese, poder sair uma hora mais cedo, mas não deixavam e ainda por cima me colocaram no plantão, onde o delegado de plantão não permitia que chegasse tarde ou saísse mais cedo!
    Por esses e outras, passei por seis faculdades diferentes, além de ter tomado uns dez bondes!
    Tive que pedir licença médica e ficar afastado por sete meses, para só então terminar o terceiro ano de faculdade.
    Fui para o interior, mas foi pior ainda, em dois anos, só mais um ano de faculdade.
    Voltei para a capital, mas não me deixaram estudar, até que consegui, com muito custo, ir para a DDM, onde, finalmente, me deixaram estudar e consegui me formar.
    Com certeza não são todos os delegados e chefes que são filhos da puta, só 90 por cento o são! Prova disso é que as delegadas e chefes da DDM com quem trabalhei, estão entre os dez por certo de exceções!
    Enfim, quando conseguir sair da polícia escreverei um livro contando essas e outras frustrações, além de alguns poucos momentos felizes que vivi na policia civil! Pode deixar que lhe mando um exemplar gratuito!
    Abraços a todos!

  80. OAB virando escriba… disse:

    A realidade da PC não é retratada à população, até mesmo para não se decretar sua falência.

    Os que estão cientes………querem é “se darem bem”, entendeu ? ou farão da PC um trampolim para outros concursos e “bicos”……..sem compromisso nenhum com a população e colegas de trabalho.

    Quem quer executar uma profissão que, por força Legal, se paga com a própria vida (e de seus familiares, se de fato for policial), em troca de um salário inicial ridículo, e que receberá na aposentadoria o mesmo salário inicial ?

  81. OAB virando escriba…

    Agora você revelou o atrativo, né ?

    Parabéns, siga o exemplo do escriba da “especializada” e do tira empreendedor !

  82. Dr. Guerra, mas se o Delegado é quem senta à mesa com Gov., SSP e DG, e diz que está tudo bem…….o que fazer ?

    O Sr. sabe que a cartilha do governo é: “Nós pagamos bem vocês Delegados para segurarem qualquer insatisfação”…

    Agora, contra vocês, dentro da Instituição, não tem ninguém, são livres…..

  83. Falando em polícias no mundo. Como é na Bélgica?
    O único com capacidade policial completa é o comissário. São quatro carreiras: Agente, inspetor, inspetor principal e comissário de polícia. A partir de Agente, você pode chegar a inspetou e sucessivamente até chegar a comissário mediante concurso interno ( não é promoção) e concurso externo. Se observar, o único cargo que tem o poder pleno de autoridade polícia é o comissário de polícia. Lá não tem a famigerada PM que foi abolida (gendarmerie). Tem a policia federal e as polícias locais. Não seria um modelo a seguir??

    Para facilitar, pois está em frances, traduzi no google. ( o tradutor náo é 100%),

    O comissário de polícia – descrição da função
    O quadro operacional da polícia integrada é composta por policiais dividido tradicionalmente em três quadros: a base de quadro, o gerente de nível médio e parte dos oficiais. . Esses policiais são responsáveis ​​por missões de polícia administrativos e judiciais O quadro operacional pode também. Compreendem uma parte de policiais A equipe deste quadro são chamados: policiais. Mas estes não são policiais. Por contras, eles têm limitado competência da polícia.
    Esta distribuição é baseada em diferenças de competências, responsabilidades, natureza e complexidade das tarefas a serem realizadas. Dizer, em resumo: “A pessoa é necessária, onde deveria estar.” Essas configurações diferentes são acessíveis a pessoas com nacionalidade belga que preencham os vários critérios de seleção necessários para cada quadro.
    Da pedreira, oficiais da polícia oficiais quadro são “comissário de polícia ‘. Além da oportunidade de se tornar comissário de polícia por um exame de promoção interna que é organizado para os inspectores chefe de polícia (seleção interna), ele é a possibilidade de serem recrutados para o quadro agentes com base em um grau (selecção externo). Experiência prévia ou carreira policial não é necessário!
    Als je een commissaris heb uitgesproken leidinggevende opdracht (Esses membros da equipe desfrutam de autoridade policial completa e exercício de tarefas eminentemente de decisão). Na verdade, eles garantir a coesão entre os funcionários dentro de unidades maiores e equipes. O oficial muda freqüentemente durante sua carreira como gerente de nível de gestão ou ao nível do corpo. É, portanto, lógico que o modelo de competência para o quadro oficiais incluirá habilidades superiores representados em vários domínios (gestão de informações, as tarefas de pessoas, de relações interpessoais e auto).
    Os oficiais de polícia sob oficiais será capaz de atingir os objectivos operacionais no domínio da sua responsabilidade, desenvolver objetivos, ações e planos de acção através da gestão estratégica. Um trabalho emocionante para aqueles que amam os desafios relacionados ao monitoramento, ajustes de gerenciamento e relatórios.
    Oportunidades de carreira abundam para o oficial. Então você estará livre para trabalhar em cada força policial ou em um dos 195 corpos de polícia local ou o corpo da polícia federal.

  84. É OAB virando escriba! Está explicado a sua vontade de ser escrivão!

    Só não se esqueça que esse tipo de policial pode não durar muito nessa situação! Se for preso e exonerado, nem voltar a ser advogado por conseguir!

    A minha situação real, com 14 anos na carreira, é: afundando em dívidas, nome sujo, sem carro, morando de aluguel e com empréstimos no BB, CEF, financeiras diversas etc!

    Churrasco? Nem os de gato estou podendo comprar! Imagina morar em condomínio e fazendo churrasco todos os finais de semana! Mesmo se tivesse dinheiro, não tenho os fins de semana de folga!

    Infelizmente essa é a imagem que alguma pessoas de fora têm dos policiais! Que têm carrões, moram em condomínios fechados, viajam para tudo quanto é lugar, inclusive para o exterior, andam com correntes e pulseiras de ouro etc!

    Tinha que ser igual ao filme Matrix, onde toma-se a pílula azul ou vermelha, e acorda no mundo real, ou continua-se vivendo no mundo irreal!

  85. Dr Guerra, jamais quero isso…

    Até pq já tive oportunidade inclusive na empresa de participar de esquemas “estranhos” e não só não me enquadrei como denunciei a diretoria e quase fui demitido por isso…

    O que quero é sim:

    – Estabilidade (fui fazer Direito por causa dos concursos);
    – Policia Civil de SP (gosto, desde quando ainda criança via o “Aqui Agora” os tiras com aquele colete “POLICIA CIVIL” já brilhava meus olhos;
    – Qualidade de vida: pq não!? Afinal acho que com o plantão me adaptaria facilmente, trabalhei em um escritório em que habitualmente virava madrugadas e achava de boa… desde que pudesse folgar o outro dia todo e tal… não vejo problema..

    Quanto à corrupção, esse na verdade é meu MAIOR medo na PC…

    Não chego a ter medo da violência, pq estatisticamente acho que morrem mais pessoas com descargas elétricas de trovões do que PCs executados em SP… se fosse mike viveria com o c.u na mão… na PC a chance de morrer pra mim não difere da de ser atropelado na praça da sé…

    O meu maior medo é sim ser exonerado por merda que nem fiz, ou tomar uns bonde por não querer participar de esquema…

  86. Diante do exposto……………não pergunte mais a ninguém se será bom ou ruim………veja com seus próprios olhos…..

  87. OAB VIRANDO ESCRIBA:
    Jamais pensei que fosse viver para ler um caso como o seu, porém vá em frente.
    Você parace masoquista, mas tem lá seus motivos.
    Boa sorte e espero que consiga posteriormente algo melhor.
    Hã, … Se cair no DECAP, podendo, evite trabalhar na 7ª Seccional.
    No demais boa sorte veio.

  88. bingoclandestinobs,

    O que será que vai acontecer?

    Ora, quanto mais denúncias maior o risco, quanto maior o risco maior a propina. Quanto maior a propina menor a possibilidade do jogador ganhar.

    Se eu fosse recolha reajustaria os preços pelos meus serviços.

    Por fim, essa sua lista aparentemente é seletiva, tem muito mais!

  89. Oab virando escriba, não faça essa besteira cara, percebe se q vc tem sonhos d um futuro profissional e etc. As tarefas do escrivão são maçantes e mecânicas, não se usa o q aprendeu p nada e ainda corre o risco d ser mandado por uma pessoa mais incompetente q vc. Enfim, ai vc é Dr. Aqui vc vai ser capacho!

  90. Aumento e considerado o porcentual acima da infacao! !!
    E ao menos o reajuste tinha que ser obrigatorio! !!! Todas as classes trabalhista privadas e publicas foram ou seram comtempladas e porque nos nao! !!Concorda Dr.Guerra

  91. OAB virando escriba… em 16/10/2015 às 14:15
    Eu sou advogado há 4 anos, trabalho em uma multinacional e ganho R$ 5.000,00 por mês (+ bonus, PLR de 2 salários, VR 700 pila, VT, plano de saúde foda e etc), formado em faculdade de ponta de SP (PUC) diga-se de passagem e pós-graduado com ingles fluente…

    Estou entrando agora nesse EP/13.. pq?

    1º – Admiro a polícia civil, sei que está foda e que a instituição está destruída, mas desde criança sempre achei legal.. terei um baita orgulho ao terminar o curso de formação!

    1º.1 – Todos os problemas que vejo aqui relatados existem em qualquer empresa… trabalho em uma multinacional líder de mercado e sei bem os podres… acreditem, a PC não é o único lugar em que se vê corrupção e favorecimento de pistolão!

    2º – Passei no concurso de escriba sem estudar, trabalho desde que entrei na faculdade com empresa e banco, sonho em ser delegado, mas hoje não tenho tempo de estudar… Foi o concurso mais próximo que deu para eu entrar, meu trampolin!

    2º.1 – Até pq meu contrato diz entrar as 8 e sair às 17, coisa invejada pelo povo do RETP… MAAAAAS, se eu chego 08:01 tomo bronca e dificilmente saio antes das 19:00 (ou seja, trabalho quase num plantão 5 dias por semana, então vamos com calma)… o mundo é um lugar ruim, não só a PC!

    3º – Tenho sonho de ser delegado, e pretendo estudar para isso, mas, não tive tempo na faculdade por sempre trampar (venho de família muito humilde) e acredito que como escrivão, ao lidar com o assunto no dia dia, bem como, tendo establidade do concurso público conseguirei estudar…

    3º.1 Até pq no meu trampo tenho que fazer cursos direto, e se desconfiarem que quero estudar para concurso (e não estou vestindo a camisa 100% pra sempre) eles me demitem na hora (assim é o mercado)! Portanto, como escrivão, na minha hora livre poderei fazer com meu tempo o que quiser, e estudarei para Delta…

    Portanto não entendi pq é um equívoco largar minha OAB para ir para as operacionais da PC… tenho um amigo que se formou comigo que está no certame (mas é remana) e no dia do PAF conheci uns 10 advogados pelo menos..

    A visão de que advogado ganha bem e´é bem tratado é um equívoco…

    O cara que tem berço consegue ir para um escritório boutique ou pega uma carteira legal.. pro restOab sobre empresa abusando, e escritório de contencioso de massa, pagando R$ 3.000,00 e 1.500,00 iniciais respectivamente….

    PS: A única coisa que me preocupa é o fato de ter que ir pra DEINTER… em SP moro com minha mulher mas consegui um lugar com um preço bacana e estou bem… se tiver que ir pra Deinter depois do CF aí tomei no fiofó lindo… huahuahuahuahuaau

    …..
    ……..

    Cara. Desculpe . VC não tem visão nenhuma do que é PC.
    De voce trocar teu trabalho de gravata , anel , adevo, vai se acostumando com os termos, tudo bem, vai ser escriba, tudo bem, vai trocar quase seis por meia dúzia, vai trocar cincao por tres e meio, tudo bem, estabilidade, coisa que esta difícil na crise hoje, desemprego em futuro próximo, fora que não é todo mundo que tem saco para advogar, mas pensar que vai conseguir tempo para estudar para concurso para delegado, cuidado, pode ser mais um engano em sua vida. Escrivão trabalha pra cacete e seu colega de trabalho. Delegado, nunca vai te aceitar como Bel. Como tu é, do mesmo nível dele, pois entrou em concurso de nível superior igual a ele é com a mesma formação, você será apenas ridicularizado na polícia, é uma pena isso, coisa de cabeças pequenas, mas o que pode-se esperar de quem esta perdendo a polícia, seja pela unificação e carreira única ou mesmo pelo ciclo único da PM .

  92. Se a questão é salário igual na unificação de carreiras, por que não unem as carreiras de investigador de polícia com a de escrivão de polícia. Somadas, diminuiria a carga de trabalho para os escrivães e não iria onerar o erário público.

    AHHHHHH! Mas escrivão trabalha muito, né?

  93. Oab virando escriba,

    Como pode perceber, você está entrando pra MÁFIA!! Será mais um dos “criminosos das mais variadas espécies: falsários, peculatários, traficantes, assassinos e corruptos em geral. Todos arrotando falsa verve: POLÍCIA É POLÍCIA.”

    E não se esqueça: “quanto mais denúncias maior o risco, quanto maior o risco maior a propina. Quanto maior a propina menor a possibilidade do jogador ganhar.”

    ANAUÊ TOBIAS DE AGUIAR!!

  94. As coisas estao mudando e so ver os novos sindicatos e outros estados, os delpols estao de malas prontas para cair fora da policia, vao a voltar a serem juizes de instrução.
    Agora o que fazer com os oficiais da pm? porque o resto da pm mais o resto da policia = igual melhoria na segurança da população.

  95. Flit Paralisante em 16/10/2015 às 15:56
    Criticar é fácil, ajudar não…

    Não é verdade!

    Os delegados de São Paulo nunca foram contrários ao progresso das outras carreiras, tanto que o primeiro projeto aprovando o NU foi da autoria da delegada Rosmary Correa; assim como a regulamentação das carreiras em classes tal como os delegados.

    O fato é que os policiais civis são paralíticos incapazes de qualquer iniciativa sem os delegados.

    Os policiais civis não respeitam seus próprios representantes classistas…

    Para os policiais civis todo e qualquer representante classista não passa de um ladrão vendido para a Administração.

    GUERRA, DESCULPE MAS QUEM DEVE TER FICADO MEIO PARALITICO FOI O SENHOR SEM CARTEIRA VERMELHA, SEM ARMA E SEM SALÁRIO, MAIS PERDIDO QUE CACHORRO QUANDO CAI DO CAMINHÃO DE MUDANÇA. NAO ADIANTA FICAR PUXANDO SACO DA PROPRIA CARREIRA QUE TE FERROU, OU FERRARAM POR ORDEM DAQUELE QUE VOCE DEFENDEU É QUERIA QUE FOSSE ELEITO E FOI, OU POR PROPOSITOS DELES MESMO, DOS TEUS EX-PARES LA DO ANDAR DE CIMA. TODOS SOMOS VITIMAS DOS DELEGADOS, INCLUSIVE OS DELEGADOS, O SENHOR JÁ DEVE TER ESCUTADO AQUELA FRASE QUE OS POLICIAIS ANTIGAMENTE FALAVAM PARA APRESENTAR OS DELEGADOS AOS NOVOS OPERACIONAIS, TERMO ESSE QUE BEM ERA USADO NA ÉPOCA , CUIDADO , ” DELEGADO SEMPRE É DELEGADO, CONFIE DESCONFIANDO, TODOS SAO FDP.. UNS SAO MAIS É OUTROS SÃO MENOS”. SAIBA QUE QUANTO MAIS VOCE FAZ POR UM DELEGADO, POR MAIS QUE FAÇA, SE DIA TIVER QUE DIZER NÃO VOCÊ CAIU EM DESGRAÇA, É COMO SE NUNCA TIVESSE FEITO NADA POR ELE É AINDA PIOR.
    Por isso que sempre digo ” Polícia é sempre polícia” , ” DELEGADO é sempre delegado”.

  96. OAB virando escriba… em 16/10/2015 às 16:16
    Dr Guerra, jamais quero isso…

    Até pq já tive oportunidade inclusive na empresa de participar de esquemas “estranhos” e não só não me enquadrei como denunciei a diretoria e quase fui demitido por isso…

    O que quero é sim:

    – Estabilidade (fui fazer Direito por causa dos concursos);
    – Policia Civil de SP (gosto, desde quando ainda criança via o “Aqui Agora” os tiras com aquele colete “POLICIA CIVIL” já brilhava meus olhos;
    – Qualidade de vida: pq não!? Afinal acho que com o plantão me adaptaria facilmente, trabalhei em um escritório em que habitualmente virava madrugadas e achava de boa… desde que pudesse folgar o outro dia todo e tal… não vejo problema..

    Quanto à corrupção, esse na verdade é meu MAIOR medo na PC…

    Não chego a ter medo da violência, pq estatisticamente acho que morrem mais pessoas com descargas elétricas de trovões do que PCs executados em SP… se fosse mike viveria com o c.u na mão… na PC a chance de morrer pra mim não difere da de ser atropelado na praça da sé…

    O meu maior medo é sim ser exonerado por merda que nem fiz, ou tomar uns bonde por não querer participar de esquema…

    ….
    .
    Aqui , como você terá vários , são chamados de X-9 .Kkkkk

  97. comissão para discutir a unificação das policias

    omissão Especial destinada a estudar e apresentar propostas de unificação das polícias civis e militares – CEUNIFI

    TITULARES SUPLENTES
    PMDB/PP/PTB/DEM/PRB/SD/PSC/PHS/PTN/PMN/PRP/
    PSDC/PEN/PRTB
    Alberto Fraga DEM/DF (Gab. 511-IV) André Fufuca PEN/MA (Gab. 945-IV)
    Arnaldo Faria de Sá PTB/SP (Gab. 929-IV) Expedito Netto SD/RO (Gab. 943-IV)
    Carlos Henrique Gaguim PMDB/TO (Gab. 222-IV) Fausto Pinato PRB/SP (Gab. 562-IV)
    Delegado Edson Moreira PTN/MG (Gab. 933-IV) Geraldo Resende PMDB/MS (Gab. 905-IV)
    Fernando Francischini SD/PR (Gab. 265-III) Laudivio Carvalho PMDB/MG (Gab. 717-IV)
    Fernando Monteiro PP/PE (Gab. 282-III) Marcos Reategui PSC/AP (Gab. 344-IV)
    Gilberto Nascimento PSC/SP (Gab. 834-IV) Professora Dorinha Seabra Rezende DEM/TO (Gab. 432-IV)
    Guilherme Mussi PP/SP (Gab. 712-IV) Renzo Braz PP/MG (Gab. 736-IV)
    Hildo Rocha PMDB/MA (Gab. 734-IV) Ronaldo Nogueira PTB/RS (Gab. 625-IV)
    Junior Marreca PEN/MA (Gab. 537-IV) (Deputado do PT/PSD/PR/PROS/PCdoB ocupa a vaga)
    Vinicius Carvalho PRB/SP (Gab. 356-IV) 1 vaga
    PT/PSD/PR/PROS/PCdoB
    Átila Lins PSD/AM (Gab. 730-IV) Hugo Leal PROS/RJ (Gab. 631-IV)
    Cabo Sabino PR/CE (Gab. 617-IV) Jaime Martins PSD/MG (Gab. 904-IV)
    Capitão Augusto PR/SP (Gab. 273-III) João Rodrigues PSD/SC (Gab. 503-IV)
    Givaldo Carimbão PROS/AL (Gab. 732-IV) Laerte Bessa PR/DF (Gab. 340-IV)
    João Daniel PT/SE (Gab. 605-IV) Lincoln Portela PR/MG (Gab. 615-IV) – vaga do PMDB/PP/PTB/DEM/PRB/SD/PSC/PHS/PTN/
    PMN/PRP/PSDC/PEN/PRTB
    Reginaldo Lopes PT/MG (Gab. 426-IV) Silas Freire PR/PI (Gab. 484-III)
    Rômulo Gouveia PSD/PB (Gab. 411-IV) 3 vagas
    1 vaga
    PSDB/PSB/PPS/PV
    Delegado Waldir PSDB/GO (Gab. 645-IV) Pastor Eurico PSB/PE (Gab. 906-IV)
    Gonzaga Patriota PSB/PE (Gab. 430-IV) Vicentinho Júnior PSB/TO (Gab. 817-IV)
    João Campos PSDB/GO (Gab. 315-IV) 4 vagas
    Raul Jungmann PPS/PE (Gab. 754-IV)
    Rocha PSDB/AC (Gab. 607-IV)
    Tenente Lúcio PSB/MG (Gab. 239-IV)
    PDT
    Subtenente Gonzaga PDT/MG (Gab. 750-IV) Major Olimpio PDT/SP (Gab. 279-III)
    PSOL
    Glauber Braga PSOL/RJ (Gab. 362-IV) 1 vaga

    Secretário(a): Kátia da Consolação dos Santos
    Local: Anexo II – Pavimento Superior – Sala 165-B
    Telefones: (61) 3216-6218
    FAX: (61) 3216-6225

  98. Estou percebendo que o Sr. Flit está aguerrido em defender a classe dos Majuras.
    Será desespero de causa?

  99. Marcelo,

    O que mais admiro nos antagonistas dos delegados de polícia que aqui se manifestam é a elevação intelectual, nada como debater com pessoas inteligentes e de fortes e construtivos argumentos.

  100. Polícia é sempre polícia,

    Muito antes de ter sido vítima de alguns delegados fui vítima de agente de polícia , depois um escrivão e um investigador. Mas nem por isso nutro ódio dessas carreiras por conta de alguns de seus membros. Certamente, os delegados são possuidores de graves defeitos, mas Delegado é sempre Delegado.

    Por outro aspecto, a carreira de delegado de polícia é uma instituição nacional centenária; presente em todos os estados e na União, transcende a São Paulo. Assim, não cabe nenhuma culpa aos delegados do Brasil pela eventual injustiça por mim sofrida; pelo que sempre defenderei com total isenção essa carreira e as suas relevantes atribuições.

  101. TIRA VIRANDO P2: ++ BENEFÍCIOS!!!

    Você pode e possui o direito de usar as minhas próprias palavras contra mim, mas sem descontextualizá-las.

    Faltou parte da oração: E por tudo que você fala da Polícia Civil, não é ?

    Afinal, qual a diferença de um jovem delegado chefiando policiais civis de um jovem juiz chefiando capiaus ?

    Quanto ao comentário em relação aos bingos clandestinos, escapa completamente ao assunto em discussão.

  102. Criticar é fácil, ajudar não… em 16/10/2015 às 15:45
    Por que quando há paralisação da Polícia Federal, não vemos Delegados Federais dizendo que vão punir os operacionais ?

    Por que Delegados Federais, não foram contra o progresso das outras carreiras, alegando insubordinação ?

    ………
    Amigo voce esta totalmente equivocado, apesar de lei a respeito. Lei essa que não é cumprida. Que prevê remuneração , salário de nível superior, policiais federais , apesar de terem salários bons, ainda recebem salários de segundo grau, na Policia Federal só delegados e peritos recebem salário de nível superior. O dobro dos agentes, pspiloscopistas e escrivães. É lá os delegados acabaram com os operacionais, não podem ser mais chefe de nada e nem professores da academia de policia Federal , o negocio lá é bem pior do que na PC em termos de convivência.

  103. Dr.Guerra:

    Esse seu “por tudo que vc fala da Policia Civil”…..

    Ora, no seu entendimento.

    Meu texto é claro: em nenhum momento ofendi os Policiais Civis, apenas fiz menção que é uma Instituição falida graças aos Delegados que não sabem organizar.

    Então ao responder pro ao “Tira que quer virar P2”, não impute a mim tais palavras, ou “no seu entender o que quis dizer”…

    Pq dessa maneira lhe dou a mesma resposta que vc deu pra ele….”pode utilizar minhas palavras mas não descontextualize”.

    Ok?

  104. Dra. Marilda expressou a essência do bom delgado – a covardia do chefe-. Quando a droga de um navio afunda adivinhem quem se fode.Qual a classe que propala para todo mundo que é dona do polícia, logo, dizer que não representa a polícia só desvela, mais uma vez, a covardia.

  105. Flit Paralisante em 16/10/2015 às 15:56
    Criticar é fácil, ajudar não…

    Não é verdade!

    Os delegados de São Paulo nunca foram contrários ao progresso das outras carreiras, tanto que o primeiro projeto aprovando o NU foi da autoria da delegada Rosmary Correa; assim como a regulamentação das carreiras em classes tal como os delegados.

    O fato é que os policiais civis são paralíticos incapazes de qualquer iniciativa sem os delegados.

    Os policiais civis não respeitam seus próprios representantes classistas…

    Para os policiais civis todo e qualquer representante classista não passa de um ladrão vendido para a Administração.

    ………

    Dr. Guerra, desculpe mas hoje estamos discordando muito.
    Conheci a Dra. Rosemary Correa, irmã do Dr. Porto Seguro, se é que me entende, ela é política e age do mesmo modo que o PMDB.
    Fica do lado que pagar mais. Correto.
    Como secretaria abafou o próprio nível superior que criou com o outro que faz a mesma coisa. Campos Machado.

  106. O seu texto é bastante claro, vamos lá:

    Enviado em 16/10/2015 as 14:13
    “Capitis Diminutio” tem uma Instituição consubstanciada e organizada, como bem falou o colega, em Delegadas que nunca trabalharam na vida, papai pagou a faculdade e o Damasio, e chegam pra chefiar diversos funcionários. Fazendo uma escolinha de 3 meses. (Ao menos nesse quesito os coxa colocam a molecada 4 anos de Barro Branco).

    Isso é “Capitis Diminutio”, e jamais uma pessoa que prefere ter uma carteira de Escrivão de Polícia do que a já vexatória e manchada OAB.

    Quem hj se rebaixa de todas as formas é a Instituição Polícia Civil, comandada por Delegados de Polícia, que ao ingressarem na Instituição já percebem que não é sério o negócio.

    Sinceramente: vc acha que uma meninota de 24, 25 anos passa pra Delegada, entra numa delegacia e vê 10, 15 funcionários todos acima de 45 anos e com mais de 20 anos de Polícia, e não pensa “Caralho, eu que mando nessa porra toda!!! Cheguei há 2 minutos, e é tudo meu essa porra!! Até café buscam!!!”…….

    Ai ela para mais um pouquinho e pensa: “Vou ficar na minha, quietinha, mas que essa porra não é seria…ah não é”.

    PS: não me venham falar de Juízas e Mp……função extremamente diferente no dia a dia….tudo, absolutamente tudo é diferente. Totalmente condizente uma menina começar como promotora auxiliar/substituta nos cafundós de uma cidade cú, e lhe dar com 2, 3 funcionários capiaus. Agora Polícia é Polícia. Quem é sabe.

  107. OAB virando escriba… em 16/10/2015 às 15:50
    Agradeço o conselho dos colegas, acreditem não está sendo fácil tomar essa decisão… todos os dias penso, vou ou não vou afinal o CF começa logo logo (?)

    Dr. Guerra, eu entrei na faculdade já trabalhando, e logo arrumei um estágio que pagava o preço da mensalidade… na época morava com meus pais, e pelo menos a moradia e a janta saiam de graça, só tinha um terno e tres camisas sociais hehehe…

    O inglês aprendi observando mesmo, e quando me formei me matriculei no curso da cultura, gastei uma nota no nível avançado e e conclui até o fim do curso em 3 anos…

    Mesmo assim penso, pq não sair da empresa e ir para a polícia??? Se for tão ruim assim eu posso sair e voltar para o mercado, ou a polícia por acaso é uma mancha tão negra no CV que impossibilita de arrumar emprego numa empresa novamente?

    O fato é que com o país em crise o coro tá comendo nas empresas… todo dia roda um e vou me equilibrando… garantia de emprego ZERO, e terrorismo de RH o dia todo… não dá pra planejar a vida sabendo que vc pode ser demitido a qualquer corte, a qualquer fusão…

    Sei que a vida na PC não é fácil… mas se o concurso é abarrotado será que é tão ruim assim em relação ao mercado? Qual é a % das pessoas que pedem exoneração depois que entram?

    Óbvio que no começo é no barro como todo trampo.. mas conheço um escriba aí de uma especializada que todo fds tá fazendo churrasco e quando estou de férias vejo ele andando pelo condomínio durante a semana vez ou outra e conheço um tira que tem até dois empreendimentos (no nome da patroa) que ele tem tempo de cuidar…

    Digo que dos PCs que conheço aparentam qualidade de vida melhor do que alguns colegas do “mundo corporativo”…

    Mas entendo que posso estar altamente equivocado e com uma amostragem comprometida da realidade…

    ………

    Rapaz . Policias conquistam isso ou fazendo muito bico nas poucas horas de folga, seu caso como escrivão a noite e fins de semana ou se tiver a sorte de trampar em uma central de flagrantes, ou metendo a mão no que é dos outrosé, acertos mesmo, e se é a isso que vem ou você vai ganhar olhos rochos e doenças ou vai para a cadeia mesmo.

  108. Mudei de opinião… Sou a favor da união das policias e do fim do militarismo… Não vejo a hora de, logo após um anúncio de 0% de reajuste salarial anunciarmos GREVE…
    “190 não atende hj”.
    AI EU ACORDEI E PERCEBI QUE GOVERNADOR NENHUM FARIA UMA CAGADA DESSAS

  109. OAB virando escriba… em 16/10/2015 às 16:16
    Dr Guerra, jamais quero isso…

    Até pq já tive oportunidade inclusive na empresa de participar de esquemas “estranhos” e não só não me enquadrei como denunciei a diretoria e quase fui demitido por isso…

    O que quero é sim:

    – Estabilidade (fui fazer Direito por causa dos concursos);
    – Policia Civil de SP (gosto, desde quando ainda criança via o “Aqui Agora” os tiras com aquele colete “POLICIA CIVIL” já brilhava meus olhos;
    – Qualidade de vida: pq não!? Afinal acho que com o plantão me adaptaria facilmente, trabalhei em um escritório em que habitualmente virava madrugadas e achava de boa… desde que pudesse folgar o outro dia todo e tal… não vejo problema..

    Quanto à corrupção, esse na verdade é meu MAIOR medo na PC…

    Não chego a ter medo da violência, pq estatisticamente acho que morrem mais pessoas com descargas elétricas de trovões do que PCs executados em SP… se fosse mike viveria com o c.u na mão… na PC a chance de morrer pra mim não difere da de ser atropelado na praça da sé…

    O meu maior medo é sim ser exonerado por merda que nem fiz, ou tomar uns bonde por não querer participar de esquema…

    …………

    Jovem anel. Funcionários policiais civis que ingressaram depois de 2004 na PC sequer gozam do direito de conquistar na justiça uma aposentadoria especial , com salario com paridade, os anteriores brigam anos na justiça para ter esse direito, e mais vagas no DPPC são poucas.kkkk
    Só lá hoje tem churrasco a vontade.kkk

  110. E essas partes em negrito significam : “falsários, traficantes, Assassinos e corruptos”???

    Esse foi o ponto.

    Jamais que meus dizeres se aproxima a isso. Mas nem de perto.

    Agora: bagunça, falta de seriedade, vivência e desorganização, aí sim.

  111. Polícia é sempre polícia disse:
    16/10/2015 ÀS 19:50
    Criticar é fácil, ajudar não… em 16/10/2015 às 15:45
    Por que quando há paralisação da Polícia Federal, não vemos Delegados Federais dizendo que vão punir os operacionais ?

    Por que Delegados Federais, não foram contra o progresso das outras carreiras, alegando insubordinação ?

    ………
    Amigo voce esta totalmente equivocado, apesar de lei a respeito. Lei essa que não é cumprida. Que prevê remuneração , salário de nível superior, policiais federais , apesar de terem salários bons, ainda recebem salários de segundo grau, na Policia Federal só delegados e peritos recebem salário de nível superior. O dobro dos agentes, pspiloscopistas e escrivães. É lá os delegados acabaram com os operacionais, não podem ser mais chefe de nada e nem professores da academia de policia Federal , o negocio lá é bem pior do que na PC em termos de convivência.

    ________________________________________________________________________________________________

    Os operacionais da PF fazem paralisação ? Você viu algum Del. PF vir a público e criticar as revindicações ? Eu não vi.

    Entendi sua colocação quanto ao NU deles, acompanho e sei que querem salários iguais as carreiras NU da PF, e não tantos % como alguns mencionam aqui.

    Quanto ao “progresso” que mencionei, diz respeito aos resultados obtidos nesses anos consequentes dessas paralisações.

    A 29 anos atrás, quando entrei, a PF não ganhava bons salários, nem se ouvia falar em PF……..a PC era bola da vez.

  112. Flit Paralisante disse:
    16/10/2015 ÀS 19:10
    Polícia é sempre polícia,

    Muito antes de ter sido vítima de alguns delegados fui vítima de agente de polícia , depois um escrivão e um investigador. Mas nem por isso nutro ódio dessas carreiras por conta de alguns de seus membros. Certamente, os delegados são possuidores de graves defeitos, mas Delegado é sempre Delegado.

    Por outro aspecto, a carreira de delegado de polícia é uma instituição nacional centenária; presente em todos os estados e na União, transcende a São Paulo. Assim, não cabe nenhuma culpa aos delegados do Brasil pela eventual injustiça por mim sofrida; pelo que sempre defenderei com total isenção essa carreira e as suas relevantes atribuições.
    _______________________________________________________________________________________________

    Talvez , tanto o Sr. e nós operacionais, estamos errando na forma de se expressar……….generalizando.

    Trabalhei e conheço Delegados Policiais, os quais até hoje dão respaldo aos nossos trabalhos.

    Eu, particularmente, me refiro àqueles que sentam à mesa com Governador, Secretário, DG, havendo até relações pessoais e, dizem a estes que está tudo bem, a PC não tem problema algum….

    A Nenhum Operacional é dada a chance de se manifestar sem que haja represália…..

  113. Pode ter certeza que só é cobrado, aquele que pode ajudar…………..

  114. AUMENTO É CONSIDERADO O PERCENTUAL ACIMA DA INFLAÇÃO !!!!

    ENTÃO CADE AO MENOS O REAJUSTE SALARIAL DE 2015 ???

    CADÊ O AUMENTO SALARIAL ???

  115. nao e possivel mais um grupo de estudos do inferno já chega de boas novas, comisao de estudo, reuniao e mais reuniao de merda e aumento real que preste nada acorda cambada de frequentadores de grupo de estudos de 171

  116. “OAB virando escriba”

    Quem está te desanimando são os antigões, ou aqueles que arrumaram o primeiro emprego na polícia e nunca trabalharam em outro lugar antes.

    Como advogado, vc pode ganhar 10 mil por mês, mas saiba que a INSTABILIDADE é permanente.

    No funcionalismo público, vc ganha menos, mas terá a estabilidade. Ou seja: com crise ou sem crise econômica, seu salário cairá todo mês e vc não perderá seu emprego certo e garantido, salvo se fizer merda.

    Enfim, apenas preocupe-se em cair em um bom local de trabalho (com pessoas decentes e uma escala razoável) que vc terá tempo para curtir família e lazer.

    Infelizmente, atualmente, os únicos bons lugares são as diretorias, seccionais, especializadas e DP de bairro de ELITE.

  117. O bruno falou td…vão sonhando com unificação e ciclo completo…sonhar não custa nada…

  118. PC falida disse: Lembro – me do caso de Rio Claro o DP foi cercado por dezenas de milicianos, o delegado tomou um telefone do oficial, fatos parecidos ocorreram em vários lugares, a PM impõe pela força bruta, são numerosos, dispostos e coesos, a Polícia Civil está fragilizada, não dá nem para cobrar muito, cobrar resultado e produção de uma instituição a beira da falência é exigir demais, não tem como, Policial Civil é artigo de luxo, cada vez mais raro, e nem estão com pinta de polícia de tão desanimados, muitos estão velhos, gordos e doentes beirando os 60 anos, os Delegados não querem nem saber, só pensam na Carreira Jurídica, só pensam em poder e no bolso, estão certos, cada um vê seu lado, mas por consequência a Polícia Civil está indo para o ralo, é uma zona, ninguém sabe quem é quem, quem é o quê, as atribuições, funções e cargos não batem, as disfunções são remendadas com funcionários cedidos pelas prefeituras, estagiários e outros meios absurdos, enquanto isso a PM se fortalece, engrandece e almejando mais poder, e vê na zona que se tornou a Polícia Civil, um caminho aberto, sem resistência para avançar, enquanto nossos gestores se encontram ocupados na busca de outros mares, nossa Polícia Civil se próxima de ser invadida e dominada pela Força Militar, que diante de nossa fragilidade encontrou mais um nicho de poder e domínio.

  119. Eu como Policial Civil do Estado de São Paulo, concordo plenamente que deverá ser extinta a Polícia Civil, pois não tem o menor cabimento de ainda existir com essa famigerada estrutura, é totalmente precária em relação a estrutura monstra da Polícia Militar. Que tenham o bônus e o ônus a Polícia Militar. Não quero me alongar nessa discussão, é perca de tempo, todos nós da Polícia Civil sabemos os motivos da relutância para a permanência da Polícia Civil em atividade, mesmo sem a menor condição querem manter as delegacias com as portas abertas, mesmo que seja enganando a sociedade, pois não tem a menor estrutura para atender a demanda, quiça cumprir com as atribuições de polícia judiciária, é uma verdadeira enxugadora de gelos, não corresponde com as necessidades da sociedade ! Estou dizendo essas palavras do fundo do meu coração, que assuma a PM, ela sim possui quadro de funcionários ociosos e com alto custo para o contribuinte, então que devolva em benefícios !

  120. Polícia é sempre polícia disse:
    16/10/2015 ÀS 18:03
    Flit Paralisante em 16/10/2015 às 15:56
    Criticar é fácil, ajudar não…

    Não é verdade!

    Os delegados de São Paulo nunca foram contrários ao progresso das outras carreiras, tanto que o primeiro projeto aprovando o NU foi da autoria da delegada Rosmary Correa; assim como a regulamentação das carreiras em classes tal como os delegados.

    O fato é que os policiais civis são paralíticos incapazes de qualquer iniciativa sem os delegados.

    Os policiais civis não respeitam seus próprios representantes classistas…

    Para os policiais civis todo e qualquer representante classista não passa de um ladrão vendido para a Administração.

    GUERRA, DESCULPE MAS QUEM DEVE TER FICADO MEIO PARALITICO FOI O SENHOR SEM CARTEIRA VERMELHA, SEM ARMA E SEM SALÁRIO, MAIS PERDIDO QUE CACHORRO QUANDO CAI DO CAMINHÃO DE MUDANÇA. NAO ADIANTA FICAR PUXANDO SACO DA PROPRIA CARREIRA QUE TE FERROU, OU FERRARAM POR ORDEM DAQUELE QUE VOCE DEFENDEU É QUERIA QUE FOSSE ELEITO E FOI, OU POR PROPOSITOS DELES MESMO, DOS TEUS EX-PARES LA DO ANDAR DE CIMA. TODOS SOMOS VITIMAS DOS DELEGADOS, INCLUSIVE OS DELEGADOS, O SENHOR JÁ DEVE TER ESCUTADO AQUELA FRASE QUE OS POLICIAIS ANTIGAMENTE FALAVAM PARA APRESENTAR OS DELEGADOS AOS NOVOS OPERACIONAIS, TERMO ESSE QUE BEM ERA USADO NA ÉPOCA , CUIDADO , ” DELEGADO SEMPRE É DELEGADO, CONFIE DESCONFIANDO, TODOS SAO FDP.. UNS SAO MAIS É OUTROS SÃO MENOS”. SAIBA QUE QUANTO MAIS VOCE FAZ POR UM DELEGADO, POR MAIS QUE FAÇA, SE DIA TIVER QUE DIZER NÃO VOCÊ CAIU EM DESGRAÇA, É COMO SE NUNCA TIVESSE FEITO NADA POR ELE É AINDA PIOR.
    Por isso que sempre digo ” Polícia é sempre polícia” , ” DELEGADO é sempre delegado”.

    ———————————————————

    RESPONDO ESTA COLEGA: esta todos sabemos.

    Os delegas tem ética…….. o sr nunca vai ouvir um delgado criticar o outro delega.( na frente de um restopol ).

    se eles fazerem uma crítica ao colega deles, sempre sera somente entre eles .( longe de algum do restopol )….

    entendeu ??????

  121. ja faz tempo que , na policia civil , o que manda não é a carreira , é outras coisas.

    em uma delegacia , independente de de ter vários delpols, tem policial que manda mais que muitos delpols.

    1º= Del . Titular.
    2º= Chefe dos Investigadores.
    3º= Chefe dos Escrivães.
    4º= Del assistente.
    5º= os 05 delpols do plantão.

    Ou eu estou errado ??

  122. cade a hierarquia que tem que existir ente as carreiras ?

    UMA PERGUNTA !!!!!

    Sera que na gloriosa , é assim tambem ?
    sera que la tem sargentão que manda mais que capitão?
    sera que tam cabo que manda mais que sargentão ?
    sera que la tem Tenente que manda mais que Coronel ???????

    Eu duvido …………………

  123. THE END-PC/SP

    concordo com tudo que você falou, hoje a PC engana a sociedade, não temos as minimas condições de realizar um trabalho descente para sociedade, entramos em falência a muitos anos, se fossemos uma empresa privada já teriamos fechado as portas! e de quem é a culpa? de todos nós!

  124. De tanto mandarem………….afundaram a PC….

    Um bando de mauricinho querendo arrecadar e …………..nada de Polícia….

  125. Os delegados transformaram a Polícia Civil numa máquina de enganar o povo com os BOs inócuos e as estatísticas.
    O nosso maior problema aqui hoje não é nem a corrupção, é a desordem administrativa.
    Os delegados centralizam em si a parte administrativa mas 90% dos que estão nessa função não têm competência para realizar uma licitação de pneu de viatura. Se acostumaram a mendigar materiais e recursos para prefeitos e empresários, ignorando que nada é de graça e ninguém dá nada pra nós sem o mínimo de interesse.

    Mas o pior problema é a administração de recursos humanos e aproveitamento da mão de obra. Ninguém vai levar uma vida de devoção à carreira policial civil para ser digitador de BO de ameaça. Nenhum policial ingressou na carreira para conciliar briga de comadre e fazer papel mentiroso de “preservação de direitos” numa delegacia longe pra cacete. Os delegados mantém esse mesmo pensamento do Dr Flit de FORÇAR o funcionário a trabalhar nos quintos dos infernos, principalmente com o pessoal do interior. Só que depois que o NU virou regra até nos concursos de nível fundamental, isso não funciona mais. O resultado é alta evasão e insatisfação, falta de conexão do policial com a localidade onde trabalha e buracos nas escalas do interior, enquanto na CAPITAR os tiras que poderiam aliviar a situação caótica nos DEINTERs de forma voluntária viram fabricantes de BO para a pastelaria DECAP. Depois que esse pessoal fica puto e faz outro concurso, aí vem o majura com o mimimi aiaiai uiuiui não tem funcionário, o menino que eu nem lembro o nome foi embora, o outro lá aposentou… bem feito, que feche essa merda. Ah, falando em fechar, três delegacias da 2ª cidade mais rica do Estado estão com ordem de despejo para este ano ainda. A que ponto chegamos.

  126. OAB virando escriba,
    Se você quer estabilidade, vá em frente. Tenha certeza de que todo o mês vá pingar, ainda que o Brasil esteja afundando.
    Mas não almeje aumento real regular ou coisa semelhante. Terá, quando muito, reposição. Vez ou outra, a depender do governo e de “n” condições, um aumento.
    Não raramente, no serviço público, briga-se por uma cadeira (móvel de sentar) decente, um computador minimamente funcional, uma mesa que não esteja “manca”. Quando o mais antigo sai, deixa para o “sucessor” os melhores equipamentos. De uns 15 anos para cá não faltam papel, clipes, caneta, embora vendam ao Estado, pelo preço de BIC, a pior esferográfica chinesa; pagam preço de grampeador de primeira pelo pior artigo chinês. Na maioria dos casos é assim.
    Você poderá pagar um plano de saúde básico, mas quem vai te tirar do sufoco em caso de extrema necessidade será o “Servidor Público”, serviço extremamente qualificado e valioso. Não caia na tentação de pedir “desfiliação” do IAMSPE.
    Já li aqui no Flit, faz muito tempo, um policial escrever sobre as limitações financeiras do trabalhador policial. Pura verdade!!!! Enfrentando as dificuldades comuns, você viverá honestamente, mas sem poder fazer estripulias/esbanjar.

    Todo o quinto dia útil o “$eu” estará creditado e provisionado um ou dois dias antes. Tem quinquênio, sexta-parte, mas você será aposentado, a partir de agora, observando-se a sistemática do INSS. Integralidade é para os antigos…

    Depois de pegar o meu “canudo”- já tendo passado na OAB e “cavucando” o solo cerca de um ano para plantar e colher meses ou anos depois – acabei prestando e sendo aprovando um concurso estadual (2005), cujo trabalho e remuneração muito se assemelhava ao labor do escrivão policial civil. Aliás, cheguei a trabalhar com um ex-escrivão, que dizia que o nosso trabalho era praticamente igual: mesma clientela formada pelo povão, encheção de saco similar, mas não tratávamos com marginais e nem usávamos armas.
    Em 2008 enquanto havia uma onda de desemprego, apesar de tudo, eu sentia-me aliviado. Era pouco, mas todo o mês pingava.
    No meu concurso também havia muitos formados em Direito. Em tal situação formado em Direito, ainda que inscrito na OAB, não pode dizer que é Advogado.
    Mas alguns se diziam Advogados… criminalistas, societários, contratualistas, trabalhistas… Besteira, gente sem noção.
    Eu me negava a dizer que era bacharel inscrito na OAB, porque isso não fazia diferença alguma e eu também me sentia frustrado. Se eu fosse Advogado, naquela circunstância, eu estaria advogando e não prestando concurso para “não advogado”, concurso acessível a formados em psicologia, nutrição, educação física, filosofia, marketing, serviço social. Ou você é Advogado ou, onde a sua OAB não faz diferença alguma, é melhor ficar quieto.
    Pedi “demissão” em 2009. O serviço público não me faz falta, mas corro os grandes riscos dos autônomos. Para muitos, serviço público é essencial, é uma meta de vida. Para outros, é o refúgio no momento de dificuldade. ALGUNS INGRESSAM, PRINCIPALMENTE NA POLÍCIA, DE OLHO NAS OPORTUNIDADES ILÍCITAS.
    Na verdade, é um trabalho como tantos outros, mas com garantia de estabilidade. Alguns cargos são bem remunerados, a maioria não.
    Oportunidade de “aumentar a renda” existe em todos os locais, mas o risco (NA POLÍCIA, DE AUMENTAR MUITO) compensa? Não sou idiota e reconheço afinal que a ética do serviço policial é diferente.
    Se você quer SÓ estabilidade para pagar conta, vá em frente porque em tempos de crise ser só empregado é arriscado mesmo. Mas inscrição na OAB não faz(rá)diferença alguma, pelo contrário. E aí concordo com o Dr. Guerra.

  127. Sem Mais ,,,,,,,,,

    REESTRUTURAÇÃO DA POLICIA CIVIL SP

    DELEGADO DE POLICIA
    ESCRIVÃO DE POLICIA
    AGENTE DE POLICIA JUDICIARIA
    PERITO

    NÍVEL SUPERIOR PARA TODAS AS CARREIRAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    SINDICATO UNICO JÁ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  128. REESTRUTURAÇÃO

    DELEGADO
    ESCRIVÃO
    INVESTIGADOR
    AGENTE
    PERITO

    SINDICATO UNICO

    OBS: QUER OUTRO CARGO ESTUDE !!!!!!!!!!!!!!

  129. Para os tiras em quadro de extinção, devido a estabilidade, serão remanejados para Fundação Casa ou SAP. Fiquem tranquilos o pai XUXU não abandona ninguém. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  130. Boas novas, após 30 anos de COMUNISMO no Brasil !

    19-Out-2015 às 00h45 – NOTÍCIAS PATRIÓTICAS – Há uma intensa distribuição de tropas e armamentos militares por todo o Brasil, devendo, em questão de horas, serem retirados do nosso país TODOS os POLÍTICOS nas três esferas, FEDERAL, ESTADUAL e MUNICIPAL e conseqüente instalação de interventores militares para que uma LIMPEZA TOTAL seja feita em nossa querida PÁTRIA finalizada por PRISÃO PERPÉTUA e FUZILAMENTO dos culpados (POLÍTICOS). As Forças Armadas Brasileiras contam com 1,6 milhão de homens contra os COMUNISTAS que tem 2.000 cubanos disfarçados de médicos e os arruaceiros do MST; o PCC e demais terroristas estão desarticulados ! Para não falar que as FFAA do Brasil serão ajudadas pelos ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA e por TODOS os países da OTAN ! De um dia para o outro o povo verá a DIFERENÇA no país ! Em poucos anos nos seremos a Segunda Potência MUNDIAL ! GLÓRIA A DEUS !

  131. caros colegas, quando os delegas puderam juntar dois cartórios em delegacias, colocando no bolso 3100, querem lutar pra que, engraçado que os policiais que participam da epj não recebem.

  132. Vamos ao em interessa cade o REAJUSTE SALARIAL DE 2015 ????

    Todas as classe de trabalhadores recebendo e nós não !!!!!!!!!!! Porque devemos pagar o PATO por causa da crise !!!

Os comentários estão desativados.