Estelionato eleitoral do Capitão Augusto é motivo de piada e revelação: militares são politicamente farsantes e escrotos 12

Crédito: Google/Reprodução. Deputado José Augusto Rosa ( Capitão Augusto ).

Crédito: Google/Reprodução. Deputado José Augusto Rosa ( Capitão Augusto ).

O deputado “banqueiro”

HUMBERTO DANTAS

19 Outubro 2015 | 07:40

Dia desses terminei rapidamente de ler o livro “O Banco Medici” de Tim Parks. A história relata que na “Florença do século 15, emprestar dinheiro e cobrar juros dava direito a uma vaga no inferno. Mas, com artifícios que incluíam ganhos com câmbio de moedas, além de amizades e favores prestados à Igreja, uma família construiu um império que durou quase um século” segundo um bom resumo no portal do Guia do Estudante. O que se torna mais claro na narrativa é a cumplicidade entre banqueiros que corrompiam as regras presentes (e a moral vigente) e membros da Igreja que desejavam enriquecer nas sombras da própria religião. Assusta ver o nível de complexidade de algumas ações. Por exemplo: um banqueiro guardava o dinheiro de um religioso e lhe pagava os proibidos juros (usura). O religioso, por vezes, o ameaçava de excomunhão. O banqueiro rogava perdão e prometia a reforma de uma dada Igreja, e para tanto, por vezes, contratava um artista. Nos tetos adornados mandava pintar, entre dezenas de anjos, a face de seus familiares banqueiros. Era um pacto de cumplicidade. Era uma forma de se amarrar ao religioso.

Cumplicidade é uma palavra que representa bem o sentido de certas capacidades de desafiarmos lógicas presentes. Parlamentares, por exemplo, criam métodos próprios para trafegarem em terrenos que para alguns são imorais ou pouco afeitos à ética. Deputados federais (alguns) sonham mais em distribuir dinheiro de suas emendas a prefeituras, em troca de apoio político, do que propriamente em realizarem trabalhos de legisladores e fiscalizadores do Poder Executivo. Pudera: você conhece algum eleitor que em meio à campanha pergunta para o deputado quantas ações de fiscalização ele promoveu ao longo do mandato? Pois é, mas inúmeros eleitores comparecem às inaugurações de ações que contam com a presença do “deputado financiador”. E nesse tipo de atividade a criatividade parece ser a marca dominante. Em 2014, por exemplo, elegemos deputados federais. Quando assumiram o mandato, em fevereiro de 2015, o orçamento já deveria estar aprovado para o exercício vigente, mas o Congresso só o finalizou em março. O que isso representa? Teria dado tempo de os novos parlamentares incluírem seus desejos paroquiais na peça? Aparentemente sim, mas isso é secundário diante do que relataremos aqui. Num ímpeto de cumplicidade entre seu primeiro mandato e uma dada prefeitura, o deputado federal Capitão Augusto (PR-SP) “criou” o próprio banco – por sinal ele é um dos líderes da criação de um novo partido, o PMB (Partido Militar Brasileiro). Assim, em uma atividade de marketing questionável visitou Ourinhos, interior paulista, e entregou um daqueles cheques gigantes à prefeita Belkis Fernandes (PMDB), que se mostrava feliz com a conquista – a foto abaixo é do Facebook do próprio deputado. E note que no corpo do cheque tem até a imagem do “banqueiro”. Lá está o sorridente parlamentar que se notabilizou por usar farda de policial militar no Congresso Nacional. A polêmica da vestimenta ganhou os jornais, agradou alguns, incomodou outros, mas sinceramente não entendo ser isso um problema.

Voltemos então para a “ordem de pagamento”: ali, estampado, bonito, e no espaço comumente destinado à instituição financeira os dizeres “Capitão Augusto / deputado federal” ao lado da foto (verifique). Praticamente um banco! É isso mesmo: as questionáveis emendas parlamentares foram transformadas em folha de cheque e distribuídas. A foto da entrega, nessa caso pequenina, também está no portal da Prefeitura de Ourinho-SP – pelo menos estava até o dia 22 de setembro. E na reportagem a promessa de que os recursos chegariam até agosto – ou seja, tratava-se de um cheque pré-datado? A data é de 23 de março, ou seja, faltou o “bom para”. Mas há quem garanta, no entanto, que os recursos não chegaram efetivamente em razão da situação caótica do país – ou seja, as contas públicas federais transformaram o cheque num borrachudo sem fundo? Pois é! Diante de tudo isso, faltou apenas entender porque não há numeração no cheque, verificar se efetivamente o nome do “correntista doador” é o do deputado, como parece ser, e sugerir que o troquemos por  “povo brasileiro”. Faltou também verificar onde está aquele discreto “cliente desde…”, atestando a duração da cumplicidade.

http://politica.estadao.com.br/blogs/humberto-dantas/o-deputado-banqueiro/

DEPUTADO FEDERAL CAPITÃO AUGUSTO DESTINA R$ 5 MILHÕES PARA OURINHOS

Obras

Por Coordenadoria de Comunicação Social

Ourinhos, São Paulo

Segunda-feira, 23 de Março de 2015

Na manhã desta segunda-feira, 23, a Prefeita Belkis Fernandes recebeu no gabinete da Prefeitura o Deputado Federal Capitão Augusto Rosa para uma coletiva de imprensa.

Na oportunidade, o deputado federal anunciou a destinação de mais de R$ 5 milhões para Ourinhos, sendo que deste montante R$ 2 milhões serão destinados à Prefeitura para investimentos em infraestrutura. O deputado também conseguiu mais R$ 350 mil para a Secretaria Municipal de Saúde.

Os outros R$ 3 milhões serão enviados para Santa Casa de Misericórdia (R$ 1.250 milhão), a APAE (R$ 300 mil), a RECCO (R$ 100 mil), a AADF (R$ 200 mil), o Lar Santa Teresa Journet (R$ 250 mil) e a Congregação Irmanzinhas dos Anciãos Desamparados (R$ 100 mil).

O deputado também enviou recursos no valor de R$ 200 mil, por meio do Fundo Nacional de Segurança Pública para implantação de um sistema de videomonitoramento que irá auxiliar o trabalho da Polícia Militar na prevenção de furtos e roubos na região central da cidade.

Além disto, para a realização da FAPI, por meio do Ministério do Esporte, foi destinado um recurso no valor de mais R$ 300 mil para realização da FAPI (Feira Agropecuária e Industrial de Ourinhos).

A Prefeita Belkis Fernandes já anunciou que o recurso de R$ 2 milhões será utilizado integralmente para o recapeamento asfáltico. “Agradecemos ao Deputado Capitão Augusto pelo recurso destinado a Ourinhos. Já decidimos que esta verba destinada a infraestrutura será totalmente utilizada para recuperação asfáltica, já que este é a maior necessidade da cidade”, explicou.

Após anunciar os recursos, Capitão Augusto salientou a importância de a região ter eleito um legítimo representante em Brasília. “Fico extremamente feliz e orgulhoso em poder proporcionar esse grande presente para a população ourinhense em tão pouco tempo. Nada mais justo do que retribuir a confiança de cada cidadão que depositou em mim a esperança de contribuir para mudar a história da nossa cidade e da região”, destacou.

É importante ressaltar que de acordo com o próprio Deputado Federal o recurso destinado são oriundos de emendas parlamentares impositivas do Orçamento de 2015. “A previsão é que após toda a parte burocrático, a partir de agosto deve acontecer a liberação do recurso para o município e as entidades contempladas”, explicou.

A Prefeita Belkis informou que o projeto para o recapeamento de diversas ruas já está pronto e aguarda apenas a liberação do recurso. “Já fizemos o estudo, identificamos as vias com maiores problemas, fizemos medição e temos o projeto de recape para contemplar diversas ruas. Assim que o recurso estiver disponível no SICONV (Sistema de Convênios do Governo Federal) já cadastramos os valores e as ruas que serão contempladas para agilizar o início de mais obras de recape”, esclareceu.

FOTO: Capitão Augusto entregou um cheque simbólico com o valor do dinheiro repassado para o município.

  1. E tem gente que lê isso !!!!

    Quem é HUMBERTO DANTAS ?????

    Poderia nos dizer primeiro quem é este Senhor HUMBERTO DANTAS ???

  2. Para os tiras em quadro de extinção, devido a estabilidade, serão remanejados para Fundação Casa ou SAP. Fiquem tranquilos o pai XUXU não abandona ninguém. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Como é? Estão jogando pedra no cara porque ele conseguiu dinheiro pro município e outras entidades? Esse, pelo menos, mostrou a cara. E aqueles que se elegem não mostram a cara e não fazem nada, a não ser em causa própria? Temos um delpol eleito na ALESP, mas…

  4. Quem é Humberto Dantas: Cientista social, mestre e doutor em ciência política pela USP. Professor universitário desde 1999, atualmente leciona no Insper. Coordena cursos de pós-graduação na FIPE-USP, onde trabalhou como pesquisador entre 1995 e 2000. Autor e organizador de diversos livros sobre política, coordenou e participou de mais de 180 cursos livres de formação política.

  5. “…Mas há quem garanta, no entanto, que os recursos não chegaram efetivamente em razão da situação caótica do país – ou seja, as contas públicas federais transformaram o cheque num borrachudo sem fundo…” – o dinheiro 💲 não veio….o cheque não tinha fundos….estelio….171…..bonde dos Raul…..kikikikikikikikikikikikikkki

  6. Boas novas, após 30 anos de COMUNISMO no Brasil !

    19-Out-2015 às 00h45 – NOTÍCIAS PATRIÓTICAS – Há uma intensa distribuição de tropas e armamentos militares por todo o Brasil, devendo, em questão de horas, serem retirados do nosso país TODOS os POLÍTICOS nas três esferas, FEDERAL, ESTADUAL e MUNICIPAL e conseqüente instalação de interventores militares para que uma LIMPEZA TOTAL seja feita em nossa querida PÁTRIA finalizada por PRISÃO PERPÉTUA e FUZILAMENTO dos culpados (POLÍTICOS). As Forças Armadas Brasileiras contam com 1,6 milhão de homens contra os COMUNISTAS que tem 2.000 cubanos disfarçados de médicos e os arruaceiros do MST; o PCC e demais terroristas estão desarticulados ! Para não falar que as FFAA do Brasil serão ajudadas pelos ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA e por TODOS os países da OTAN ! De um dia para o outro o povo verá a DIFERENÇA no país ! Em poucos anos nos seremos a Segunda Potência MUNDIAL ! GLÓRIA A DEUS !

  7. Os Oficiais superiores e subalternos da PM, não sabem fazer política, vivem numa ilha da fantasia, e pensam que a instituição não é alvo de mudanças democráticas rápidas.

  8. Aqui tem 10 vezes mais noticia da PM, do que interessa a Civil. Só se fala nisso, caralho que chatice !

  9. Alguém esperava comportamento diferente desta oficial PM/deputado?
    É só mais um que passou pela academia do barro branco e aprendeu com afinco como aplicar golpe, ops falha minha, estratégia de marketing.
    Podem reparar que são todos estes ou são muitos próximos ou contemporâneos do barro branco : Telhada, Camilo, aquele que colou a tropa em forma para a bicha do Kassab, do capelão ladrão, do mais novo funcionário da Microsoft, aquele do detecta, aquele ex-comandante geral que quando no cargo fazia tudo para agradar o secretário e o governador, mas quando faltava dois dias para a sua reforma passou a falar mal do governador e da PC, o corené que habilitou firmar fantasma para pegar em dinheiro vivo para pagar festas e coquetéis do comando geral, e por vamos de “honestíssimos” em “honestíssimos” é isto que seu sai do barro branco.
    Sem contar o maior FDP de todos os tempos o Ferreirinha, aquele mesmo que disse que o PCC não passava de uns 30 ou 40, pela afirmação dele já se vê que ele é muito honesto e sincero das sua declarações.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s