Art. 157 – Polícia Civil – por consideração – abafa a prisão em flagrante do filho de comandante da segurança do TJ-SP: 34

Filho do oficial PM comandante da segurança do Fórum da Barra Funda ( APMTJ ) , foi preso em flagrante no último dia 6 de outubro ; por infração ao art. 157 do Código Penal: roubo a mão armada em concurso com outros criminosos.

A investigação e prisão foi efetuada por policiais civis de Osasco.

A Polícia Militar ficou bem quietinha para não macular a sua imagem junto ao TJ e juízes da Barra Funda, afinal não pega nada bem filho de oficial PM ladrão e ainda tatuado como PCC.

Os policiais civis de Osasco ficaram com pena do pai do roubador e não divulgaram a prisão.

Com todo respeito, inocentes.

Oficial PM não merece tal consideração da casa.

Se o criminoso – capturado por PMs –  fosse filho de Delegado ou de qualquer policial civil a prisão teria sido levada ao Fantástico.

Snap 2015-10-20 at 13.30.15

  1. Melhor nem comentar, senão os deuses do Olimpo (juízes e promotores) não vão gostar, assim como o semideus (oficial da PM)!

  2. Dr Guerra! O senhor poderia criar um tópico sobre a intolerancia que o movimento negro vem discursando nos ultimos tempos, querendo criar ódio entre as pessoas, colocando pretos contra brancos e vice-versa? É uma assunto polêmico que a sociedade deveria acordar e ficar atenta para não cair nesses discursos de ódio apregoado por esses ditos movimentos de minoria.
    Olhem o discurso de ódio que essa mulher negra fez dentro de uma sala de aula na USP de Ribeirão Preto. Ela cometeu injúria qualificada generalizando todos os brancos como racistas.

  3. Bom….só para apagar o incêndio com gasolina, há um praça de uma Polícia Militar do estado mais rico de um país que ingressou na corporação com desabonador 157 com condenação transitado em julgado!!!!

    Quem aprovou seu ingresso foi nada mais nada menos que o chefe maior deste estado!!!

    O que fizeram com o prontuário desta pessoa??? Segredo que algumas poucas pessoas conhecem, assim como essa história que parece mentira, mas é verdadeira!!!

  4. Consideração nada…isso é medo mesmo. A PC sempre passando um pano pra PM em nome do bom relacionamento …só toma no c…!! Sabe de nada.

  5. E dava pra dar uma atochada maior no vagabundo filho do vagabundo. Mas a polícia civil consegue ser a sua segunda grande maior inimiga.

  6. Mas a pergunta é: houve a lavratura do auto de prisão em flagrante delito? Se houve, está tudo certo.

  7. Episodio triste por envolver um pai, mas muito emblemático quanto ao desenrolar da ocorência.

    Policiais militares pararam o carro onde estavam o filho do Capitão e mais alguns. o rapaz se recusou a colaborar com os pms dizendo que era filho de Capitão que os praças serviam apenas para limpar privada.

    Certamente foi ensinado desde de pequeno pelo pai a como olhar para os praças.

    O capitão esteve no local e após esbravejar e discutir com os pms sacou a arma e desferiu um tapa na cara de um deles, enquanto ameaçava o outro com a arma. O agredido saiu andando, provavelmente muito mais humilhado que dolorido fisicamente pela agressão.

    Toda generalização é burra, mas podemos tirar do ocorrido uma lição para os praças que apoiam mais poder para os oficiais.

  8. coisa doida….

    Continuação….eram capturados por outras tribos da propria AFRICA, e vendidos aos traficantes.
    Concordo que a ESCRAVIDÃO É ABOMINAVEL, mas, se é para cobrar a conta, ela não é apenas do ESCRAVOCRATA, passa também pelos “IRMÃOS AFRICANOS QUE TRANSFORMARAM O HOMEM LIVRE EM MERCADORIA” O QUE COMERCIALIZOU E O QUE LUCROU COM A MÃO DE OBRA ESCRAVA.
    Culpar apenas uma parte desta cadeia é no minimo “mal intencionada”
    A abolição no Brasil se deu por pressão do Reino Inglês, pois escravo não tinha dinheiro para o consumo.
    Outra sacanagem, foi que com a libertação dos Africanos e descendentes os deixaram a propria sórte, coisa de gente egoista, cada um deveria receber alguma quantia em dinheiro e a opção de voltar para a Africa ou ficar.
    Mas, aí é outra questão…..
    A maioria do povo da Africa na atualidade, quando tem oportunidade, mesmo que clandestino, VAZA! Permanecendo os que não conseguem forma de sair e os de melhor situação financeira.
    Estamos em um Pais, que a maioria é MESTIÇA, a propria protagonista deste video de mal gosto, também o é…
    Cotas não resolve o problema da EDUCAÇÃO, e SIM ESCOLAS DE MELHOR QUALIDADE PARA TODOS….
    Só a instrução, quando de qualidade, remove as barreiras para o pobre.

    é o que penso

    C.A.

  9. Boa noite!

    Senhoras e Senhores.

    Todos são capazes e procuram seus caminhos a seguir e a conveniência varia de acordo com o que lhe apetece.

    Caronte.

  10. @ Flit: Mas será que alguém não passou o BO pra imprensa e os abutres é que resolveram se calar?

    @ C.A.: PERFEITO! Até o Wikipedia sabe das coisas, tem é que mandar a “leitora de parede de banheiro” ler o Wikipedia também, além de estudar um pouco mais e provar que também conseguiria a vaga na USP se não existissem cotas.

    @ Caronte: me apetece chutar as ocorrências hoje, será que vira?

  11. É o filho do Cap PM Patricio Junior, do APMTJ…..esse mesmo Capitão..que há tempos atrás…em frente ao CPA-M/5 agrediu um Aluno Soldado….com um tapa na cara…frente a uma agressão cometida por seu filho que também era Aluno Soldado….Porém…o Aluno Soldado agredido pelo Cap PM Patricio Júnior…era filho de um outro Oficial…e ainda…Oficial Superior ao Sr Cap PM Patricio Júnior….

  12. CARAMBA, O OFICIAL PADRE CAPELÃO É PRESO ACUSADO POR GOSTAR DE CATAR UMA MOEDINHA EXTRA E AGORA O FILHO DO GEMADA É ACUSADO EM BOLETIM DE OCORRÊNCIAS POR SER LADRÃO.

    QUEM FOI QUE AFIRMOU AQUI NO FLIT DIAS ATRÁS QUE BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO?

    SE NÃO ME FALHA A MEMÓRIA FORAM DIVERSOS PMS, NÃO FOI MESMO?

  13. Osascity… disse:

    20/10/2015 às 19:54

    É o filho do Cap PM Patricio Junior, do APMTJ…..esse mesmo Capitão..que há tempos atrás…em frente ao CPA-M/5 agrediu um Aluno Soldado….com um tapa na cara…frente a uma agressão cometida por seu filho que também era Aluno Soldado….Porém…o Aluno Soldado agredido pelo Cap PM Patricio Júnior…era filho de um outro Oficial…e ainda…Oficial Superior ao Sr Cap PM Patricio Júnior….
    ———————————————————————————————————————————————————————
    GERALMENTE OS BICHOS SE DEVORAM ENTRE SI.

  14. @ Smilinguido> R7 não vale. Tem que sair NO MÍNIMO no SPTV. Nem precisa ser JN ou Fantástico, mas SPTV NO MÍNIMO, senão ninguém fica sabendo.

  15. Vamos ao em interessa cade o REAJUSTE SALARIAL DE 2015 ????

    Todas as classe de trabalhadores recebendo e nós não !!!!!!!!!!! Porque devemos pagar o PATO por causa da crise !!!!

  16. e se fosse ao contrario ?????? O oficialato da PM odeia a PC, (ou tem muita inveja)…..

  17. Senhor C.A.,
    Concordo com algumas coisas que falou. Também não engulo esse papo de política de “afirmação”.
    Já estamos vendo casos em que duas pessoas – com a mesma cor de pele, de mesma origem, camada social, tipo, qualidade e grau de instrução-, cuja diferença entre uma e outra decorre apenas de alguns anos (período de um governo para o outro) que separam uma “geração” da outra estão sendo tratados de forma descaradamente desigual. Uns ingressam em faculdades de primeira linha somente por causa das cotas e políticas “afirmativas”; outros, por diferença de alguns poucos anos, tiveram de “correr atrás” de outro jeito…
    Hoje um juiz ou promotor afrodescendente e de origem humilde não precisa provar nada! Todos sabem e reconhecem como foi conquistada a posição/status funcional. Nada diferencia este juiz de um outro juiz ou promotor de origem rica e pele branca.
    Mas no futuro, essa certeza poderá não existir. A política de cotas, acaso seja praticada no âmbito de tais Poderes, certamente gerará dúvidas a respeito e porá por terra uma certeza hoje inquestionável.
    Vi outro vídeo a respeito deste movimento que foi produzido, s.m.j, na Faculdade de Economia, e um comentário chamou a minha atenção: teria faltado inteligência emocional para tratarem a situação e “embarcaram” na onda das hostilidades. Parece que aconteceu o mesmo no episódio registrado pelo vídeo.
    E o ponto que interessa: a moça que fala refere ao uso da sindicância. Parece que foi um caso recente em que encontraram escritos indefensáveis nos banheiros.
    A manifestação, parece, não é tão gratuita…
    Com a sua compreensão é o que penso.

  18. Senhor Eduardo

    Com civilidade, educação e respeito, toda manifestação de opinião é bem aceita por pessoas inteligentes.
    O senhor acha normal, a defesa de uma “injusta agressão”, mesmo que moral, com o uso de palavras “”?
    Se houve alguma manifestação depreciativa em alguma das paredes ou objetos do banheiro, uma pessoa de inteligencia mediana e que não deseja aparecer ou se fazer “aparecer”, registraria com uma foto de celular (objeto usual e corriqueiro), representaria na Direção do Instituto Educacional, ao invés de, pelo que parece, em sala que nem é a sua, efetuar a leitura de discurso vociferante, agressivo, ao meu ver ofensivo.
    Não sei a sua idade, mas creio que já deve aprendido, que parede de banheiro é terra de , onde as pessoas sem educação e principios, externam as suas frustrações.
    (sic)local onde o valente e o covarde se igualam, todos cagam!

    C.A.

  19. (meu note está a beira de explodir)

    * chulas

    Além do mais, ela menciona os dissabores de uma “empregada doméstica”, ai vos pergunto.
    Só há empregadas domésticas NEGRAS?
    Já que se fala tanto em cotas, por qual motivo o FILHO DO NORDESTINO POBRE, NÃO TEM COTAS? OS FILHOS DOS POBRES DE OUTRAS REGIÕES? NEGROS OU NÃO, MESTIÇOS OU BRANCOS?
    Sem falar nos DEMAIS POBRES, que também não possuem!
    Existe mais coisa entrelaçada neste assunto que a mera cor da pele meu amigo.

    é o que penso

    C.A.

  20. Outra coisa que aprendi com a vida. Se quer falar, ótimo!
    Isso não inclui que eu precise ou queira ouvir (caso da sala de aula).

    C.A.

  21. Penso o contrário. Por mais que a pm tenha atitude canalha e miserável com todos nós ao divulgar nossos dissabores,
    não devemos devolver na mesma moeda. Deixa a cafajestagem para o outro lado. Miremos na decência e discrição,
    principalmente com relação as famílias, pois ninguém as escolhe, apenas tolera.

  22. Por mim fecha a USP, pagamos aquela bosta e nunca vou usar, poucos lá querem estudar, o resto só quer fumar maconha, beber e causar polêmica. Depois de formados deveriam ser obrigados a pagar o estudo com serviço público obrigatório, dentro das respectivas áreas em que se formaram. Poderiam reforçar os hospitais, escolas, etc… Mas não, estudam de graça com nosso dinheiro e depois fazem fama e fortuna nas costas de seu patrocinadores.
    Quanto ao ladrão ser filho de policial, só digo uma coisa, não deve existir dor maior para um policial do que ter um filho ladrão.

  23. Sabem de nada inocentes!
    Dizem que esse mesmo oficial foi condenado num processo crime por ter agredido um soldade de 2 classe quando ele prendeu esse suspeito de roubo uma outra vez.
    Dizem que está em grau de recurso e que o mesmo pode ser exonerado a qualquer momento.
    Esse Soldado po azar dele é filho de um Major.
    Esse mesmo oficial dizem que transferiu dezenas de exemplares Policiais Militares do Fórum pra levar seus amiguinhos pra lá por causa da gratificação que tinha acabado de aumentar.
    Acho que vai dar *%#%#@&&!!?!

  24. Neste caso discutido neste post havia qualificadoras que poderiam e deveriam ter sido mencionadas no indicia menti mas não foram porque o Delpol recebeu telefonemas para “pegar leve”.

    O Delpol deste caso é honesto e honrado mas tem um grande defeito: tende a interpretar excessivamente a favor de vagabundo, um defeito que eu tinha mas que graças a Deus me redimi.

  25. me TIRA daqui:

    Pelo que você descreveu, posso afirmar que o episódio foi MUITO MAIS GRAVE do que esse “caso isolado” ocorrido no 103ªº DP.

    Quais reações dos colegas do agredido com tapa na cara?

    Quais providências decorrentes da CRIMINOSA intervenção Capitão?

  26. Bom, quanto ao vídeo da afro descendente complexada aí, só podemos lamentar a incitação de ódio que ela quer promover. E os bobinhos medrosinhos da sala de aula não tiveram o culhao de abaixar a bola dela, não é mesmo Juvenal ???

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s