ADPESP hipoteca apoio irrestrito ao Dr. Raphael Zanon , ameaçado e aviltado pela PM por cumprir a Constituição da República 28

21/10/2015 – Comunicado: Apoio irrestrito ao Dr. Raphael Zanon

comunicado

A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo reitera seu apoio integral e irrestrito ao Dr. Raphael Zanon, Delegado de Polícia do 103º DP da Capital.

A ADPESP entende que ao Delegado de Polícia, como garantidor e operador do Direito, compete zelar pelos interesses da Sociedade acima de qualquer outro. Razão do nosso sentimento de indignação e perplexidade ao tomar conhecimento de que um colega encerrou seu expediente escoltado, sendo ameaçado por policiais que, de igual forma, devem respeito e obediência às leis.

A atuação policial não pode admitir, em circunstância alguma, conivência com abuso de autoridade, tortura ou qualquer tipo de ação que ameace a vida do cidadão. Essas são práticas criminosas que precisam ser coibidas e autuadas como rege a Lei. É espantoso imaginar uma situação onde o autoritarismo e o corporativismo estejam acima do cumprimento do dever e da integridade física e moral do ser humano.

A materialidade e a autoria dos delitos, já que ambos foram presos em flagrante, infeliz e tragicamente, coloca um infrator da Lei e um agente da autoridade no mesmo patamar.

O que assistimos ontem merece, além do repúdio, profunda reflexão a respeito do atual modelo de Segurança Pública, ineficiente, ineficaz e que permite cizânia entre aqueles que deveriam zelar pela Sociedade, os colocando como opositores.

Assim, lamentando sinceramente o desfecho do evento, a ADPESP mais uma vez sublinha sua solidariedade ao Dr. Zanon, que se fez um exemplo para todos nós. Estaremos vigilantes.

  1. Corporativismo burro da PC o proprio laudo mostra que nao houve tortura.

  2. Enquanto PC e PM se digladiam e isso já faz séculos, a bandidagem deita e rola e agradece, as duas se acham o ultimo biscoito do pacote e este biscoito está sempre quebrado..

  3. sabe o que eu mais gosto deste site ? esses comentários desses PMS burros que provavelmente nunca viram a constituição muito menos o código penal, achando-se os donos da verdade, chega a ser cômico rsrs…

  4. o judiciario confirmou o flagrante decretando a preventiva, ou seja o sargento e culpado? o culpado e o sistema que mantem policiais com 25 anos de servico, trabalhando na rua como se fosse um numero ou descartavel
    e necessario mudar a policia

  5. Até que enfim um delegado que não mija para PM, e foi tudo perfeito, uma grande demonstração de conhecimento jurídico, e uma bela demonstração de coragem as demais autoridades policiais, aliás para que serve um coronel? Coronel não serve para absolutamente nada, é um Deus isolado em seu trono, com alto salário e bajulado por todos, um ser inútil ao extremo.

  6. Opapo que esta rolando entre os mike é que se algum PC precisar de apoio…o que ocorre todo dia, vão tude se fuder!!!

  7. Creio que essa atitude não foi a mais inteligente, pois, não se pode levar as coisas a ferro e fogo, existem tantas outras possibilidades de fuder um PM , a forma como se deu a ocorrência em nada engrandece a carreira de delegados e muito menos a Polícia Civil. inicialmente o indivíduo detido por furto é um criminoso, segundo o sargento é apenas mais um sofredor que está cansado de prender ever esses marginais abusarem da sociedade e da própria polícia.
    Seria muito louvável a açao do Delegado de fossemos uma nação que tívessemos uma Constituição e demais leis respeitadas em sua plenitude. Sou favorável a prisão de policiais envolvidos com tráfico, roubo, explosões de caixas enfim aqueles que tirram a paz da sociedade. Mandar um PM pra cadeia pelo fto de ele ter dado uns tapas num criminoso!!! Na atual situação que vivemos nesse Estado? Isso não é fazer Polícia, nem fazer Justiça.
    A criminalidade é quem ganha com essa “guerra fria”. Vamos lá dr. Cana Dura quer melhorar a Polícia e fazer valer a lei? Comece a apreender as máquinas caça niqueis ai da circunscrição, as banquinhas de jogo do bicho, os VB e dá uma passadina nos Pancadões da Cohab prender os trficantes que desfilam armados e vendem drogas á vontade.
    Fazer esse espetáculo todo foi somente um prato cheio para a mídia colocar mais lenha na fogueira. Não se inicia um procedimento sem pensar em suas consequências, oras se atuou de forma seria , correta e corajosa, por que não deteve os PMs que compareceram ao distrito a fim de intimidá-lo. Sair do distrito escoltado? Muito triste ver isso, homens que agitam agitm na hora de gozar saem fora.
    O inimigo dos verdadeiros policiais ainda é o ladrão, a PM e a PC são maiores que essas picuinhas, tenho certeza que existem muitos PMs e Pcs corajosos que estão muito mais preocupados em prender ladrões e não ficarão por ai se estranhando.

  8. Certíssimo o grande Delegado! Fez o que deveria ser feito sempre. Ladrão de farda tem que ser preso em flagrante! Nada de achar que está acima da lei e que manda no DP. Quem manda na porra do DP é a Polícia Civil! Melhor polícia do Brasil e não comete essas barbaridades da época da ditadura igual a PM faz.

    Do soldadinho de chumbo ao coronelzinho (pra mim são todos iguais), vulgo agentes de autoridade, tem que saber se por no seu lugar e respeitar o Delegado de Polícia a ÚNICA AUTORIDADE POLICIAL. Só o que me faltava esses caras não completam nem o ensino fundamental, faz 4 anos de burro branco, não aprende porra nenhuma e quem mandar na porra toda? kkkkkk faz me rir

    Ainda consideram a burro branco como nível superior kkkkkkkk cursinho de retardado da porra!

    VÃO ESTUDAR ANENCÉFALOS!

  9. Já passou da hora de fechar as portas dessas duas policias. Não tem como melhorar nenhuma delas. Ambas têm o ranço dos tempos da ditadura e são totalmente ineficientes. PEC51 Já!

  10. foco no PM torturador.

    E o bandido 157? Sai ileso? Ninguém fala nada? Ele que causou tudo isso.

    Agora, foi o que o victor disse: Policial civil, reze para não precisar de apoio do mike.

  11. se estivesse em vigor a tal pec 51 nada disto teria ocorrido. o “autor” jamais seria vítima pois o tenente faria vista grossa das lesões …..olha aí o perigo da PM ter poder de polícia repressiva…..

  12. Isso é briga de cachorro grande!
    Cardeais e Coronéis.
    Jogaram a merda até no Jornal Nacional.
    Parece que conseguiram azedar o ciclo completo da PM.
    Se já tivesse vigorando o ciclo, o indiciado em questão já teria passado dessa para outra vida, com certeza!
    Mas antes seria judiado um pouquinho para não perderem o costume.
    Quem vai levar?
    PEC51 ou Ciclo completo com direito a tortura?
    Aguardemos cenas do próximo capítulo.
    Enquanto isto, a presidanta diz que no seu governo não existe corrupção.
    Este país é uma gracinha…

  13. Raphael Zanon da Silva

    Graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009). Pós Graduação em Direito Público pela Faculdade de Direito Damásio de Jesus e é especialista em Direito Processual Penal pela Escola Paulista de Magistratura-SP. É Pós Graduando em Direito Penal pela Escola Paulista de Magistratura. Ex Delegado de Polícia do Estado do Espírito Santo e atualmente é Delegado de Polícia Civil do Estado de São Paulo. É Professor de Direito Penal junto à Anhanguera Educacional. É pesquisador do Nucleo de Estudo e Pesquisa em Ciências Criminais – PUC-SP coordenado pelo Professor Guilherme de Souza Nucci.

  14. A PM ESTÁ TÃO ACOSTUMADA A CHEGAR AO PLANTÃO E DITAR À AUTORIDADE O CRIME E O ENQUADRAMENTO NA LEI, QUE, QUANDO LEVA UM “SACODE” COMO LEVOU ESSE SARGENTO, PERDE AS ESTRIBEIRA E DE CORTESIA E EDUCAÇÃO PASSA A FAZER AQUILO QUE MELHOR FAZ: COAÇÃO, TRUCULÊNCIA E VIOLENCIA CONTRA AQUELE QUE VAI CONTRA SUA VONTADE.IMAGINA SE ESSE BOSTAS CONSEGUE O CICLO COMPLETO. IMAGINA A REVOLTA QUE VAI GERAR NA POPULAÇÃO A “MANEIRA” PM DE FAZER POLICIA.

  15. A ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS PODERIA ALÉM DE APOIAR ESTE DELEGADO, MANDAR UMA CÓPIA DA PORTARIA DO DELEGADO GERAL QUE PEDE EM OCORRÊNCIAS QUE ENVOLVAM POLICIAIS MILITARES E CIVIS, SOLICITAR A PRESENÇA DA CORREGEDORIA. ESTA PODERIA TOMAR AS MEDIDAS CABÍVEIS, E NADA DESTA PORCARIA TERIA OCORRIDO. NENHUMA DAS INSTITUIÇÕES SAEM GANHANDO COM ISSO. ATITUDES COMO ESSAS SÓ DISTANCIAM AS INSTITUIÇÕES.
    PÉSSIMA ATITUDE. SÓ PERDEM AQUELES QUE TRABALHAM NAS RUAS. RESULTADO DISSO É CADA VEZ MENOS POLICIAIS QUERENDO EXECUTAR SUAS ATIVIDADES NAS RUAS. QUEM GANHOU COM TODO ESTE CIRCO, FOI UM LADRÃOZINHO REINCIDENTE E A VAGABUNDAGEN DE SÃO PAULO, QUE ESTAM RINDO DESTE ESPETÁCULO.
    R E D I C U L O

  16. O criminoso se trata de um adolescente infrator. Estava simplesmente arrebentado. Tomou choque por todo o corpo, inclusive nos testículos. Trazia Inúmeras marcas pelo corpo. O perito descreveu tudo no laudo. O delegado de polícia, mesmo se quisesse, nao poderia fazer vista grossa. Basta. Nós não agimnos assim, porque temos que compactuar com isso. O Delegado agiu certo. Mil vezes certo.

  17. PARABÉNS PELO APOIO IRRESTRITO….., MAS O CICLO COMPLETO JÁ PASSOU!!!

    SENTA E CHORA!!!!!

  18. Se fosse apenas coisa leve com certeza tinha passado no dp e no exame de corpo delito mas trazer o malinha lotado de hematomas certamente daria merda ao Dp tbm…..
    Conivência em uma situação dessas? NUNCA!! Qualquer um “menos burro” tbm não
    Compactuaria ainda mais nos dias de hoje!!!
    Apoio total ao DR Raphael

  19. Significado da abreviatura de “PM”:
    Polícia que Mata ou
    Polícia que Mente??????

    Atenção: Emergência ligue 153

  20. Paulo augusto em 21/10/2015 às 19:55
    Corporativismo burro da PC o proprio laudo mostra que nao houve tortura.
    ————————————————————————–

    Oh jumento! O coxinha ficou preso justamente por causa do laudo pericial! Foi decretada a prisão preventiva com base nas escoriações nas costas e mordidas no pau do mala, que o sargento deu!
    E corporativismo foi por partes dos coxas, quantos coxinhas foram na delegacia tentar intimidar o Delegado? Na boa, se fuderam grandão! Quem planta vento, colhe tempestade! Agora o caldo azedou pro lado de vcs! Chega na delegacia com ocorrência quadrada pra ver! Ciclo completo: NUNCA SERÃO!!!!!!

  21. NOTA DE APOIO AO DELEGADO RAPHAEL ZANON E DE REPÚDIO ÀS AÇÕES DE ALGUNS POLICIAIS MILITARES EM SÃO PAULO

    A Federação Nacional dos Delegados da Polícia Civil, entidade de classe que congrega todos os Sindicatos dos Delegados de Polícia do Brasil, vem a público REPUDIAR, com veemência, as abusivas, criminosas e deploráveis ações ameaçadoras praticadas por um grupo de policiais militares em desfavor do delgado de polícia Raphael Zanon, responsável pela autuação em flagrante delito pelo delito de tortura de um sargento da Polícia Militar do Estado de São Paulo na data de 20 de outubro do corrente ano, quando a autoridade de polícia judiciária em referência trabalhava no exercício legítimo de suas atribuições no distrito policial do 103º DP – Itaquera/Cohab.

    A efetivação da prisão do policial militar pelo delegado de polícia não só obedeceu aos princípios da legalidade estrita e da dignidade da pessoa humana, mas sacramentou a importância de o Estado de Direito brasileiro consagrar e fortalecer de uma vez o papel da Polícia Judiciária como instância primacial na garantia da lei e na proteção dos direitos fundamentais do indivíduo.

    A decretação da prisão preventiva pela justiça paulista do policial militar suspeito de tortura e do homem detido suspeito de roubo, após manifestação do Ministério Público, ratificou a legalidade da prisão determinada pelo Delegado Zanon e retratou a importância da existência do cargo de Delegado de Polícia, fiscal da lei e garantidor dos direitos fundamentais do cidadão.

    Tentar aviltar ou impedir o livre exercício profissional do nobre delegado de polícia Raphael Zanon reflete não apenas uma potencial ação criminosa que enseja imediata providência apuratória por parte da Polícia Civil do Estado de São Paulo e da Corregedoria da Polícia Militar, mas a necessidade urgente e premente de adoção de diretrizes e providências no âmbito da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo que inibam atitudes insurgentes ao Estado de Direito e aos princípios constitucionais tal como vergonhosamente vislumbrado na ação de alguns policiais militares contra o referido delegado de polícia, o qual teve que sair escoltado da unidade policial onde trabalha para que não sofresse represálias diversas.

    Mais que um abuso, o que se verificou neste lamentável episódio foi um atentado inaceitável ao ordenamento jurídico e ao sistema de segurança pública, o que vem a reforçar e expor à sociedade o risco gravoso à cidadania e à coletividade retirar da polícia judiciária a prerrogativa plena de investigação e análise da legalidade da prisão, assim como do respeito aos direitos fundamentais do cidadão, mesmo que esse cidadão seja um criminoso.

    Seja para qualquer servidor policial, não importando a corporação a qual exerça sua missão, a observância aos regramentos legais e constitucionais é uma vinculação contínua e compulsória no exercício das atribuições, devendo haver a aplicação rigorosa da lei frente a quaisquer desvios ou transgressões.

    A FENDEPOL manifesta seu apoio total ao delegado de polícia Raphael Zanon e lhe parabeniza pela atitude corajosa e firme em defesa da legalidade e dos direitos fundamentais, impedindo que persista a nefasta prática de se tolerar uma cultura de leniência ao amadorismo e tolerância com abusos que tanto agravaram a crise de legitimidade social que as instituições policiais sofreram após o regime militar, quando as Polícias eram instrumentalizadas para atos nefastos similares àquele devidamente analisado e coibido pelo Dr. Raphael Zanon.

    Informamos ao fim que cobraremos providências apuratórias e apoio ao dileto delegado de polícia junto ao Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, ao Delegado-Geral, ao Ministério Público para que não se legitimem mais em nosso Estado Democrático de Direito ações próprias de regimes de exceção e não condizentes com uma segurança pública racional e profisisonal.

    Assinado no original
    José Paulo Pires
    Presidente da Federação Nacional dos Delegados de Polícia Civil

  22. PARABÉNS!!

    MAS NÃO VAI TER JEITO, CICLO COMPLETO SE APROXIMA!!!!!

  23. Uma coisa é certa, esse fato demonstra a união da Polícia Militar frente a sua estrutura, bastou a prisão de um de seus milhares de sargentos, para desencadear uma reação em cadeia, tanto dos oficiais tanto dos soldados, em apoio a esse sargento, a união é tanta que partiram para guerra contra toda Polícia Civil, pela causa de um soldado.

    Agora se fosse um “restopol”? Jamais a classe dos delegados iria nos dar apoio ou proteção, seriamo jogados aos leões, seriamos mutilados, porque os delegados só pensam em si, e esquecem a estrutura que comandam, que está morrendo e se extinguindo, hoje os delegados não se veem mais como policiais, e por isso deixaram os operacionais no mais completo abandono, diante dos fatos, a união e luta de Polícia Militar civil pela causa de seu soldado em apuros, deve servir de exemplo aos gestores delegados da Polícia Civil, de como lutar pela instituição, pela causa e pela estrutura, mesmo se a causa significar um soldado, mas esse soldado é a estrutura da Polícia Militar, assim como o Policial Operacional é a estrutura da Polícia Civil, que vocês delegados abandonaram e esqueceram.

  24. Será que o Telhada e Olim estão fazendo algum empenho lá na ALESP para reajustar nossos salários? Estamos passando fome e não vejo ninguém brigando por melhorias salariais para nós, só vejo propagandas enganosas e bafão como esse do 103 DP, mas legislar e fiscalizar o Executivo que é bom, nada né? CADE A PORRA DA REPOSIÇÃO SALARIAL DE 2015? JÁ ESTAMOS NO FINAL DO MÊS DE OUTUBRO E NINGUÉM SABE DE NADA E VAI FICAR POR ISSO MESMO PORRA?

  25. quero ver o MP ir pra cima da PM com isso... quero ver a "independência e imparcialidade" disse:

    Quero ver se o MP vai acusar esse Sargento ou os PMs que estão ameaçando o Delegado.
    O MP também está na mão da PM, morrem de medo de perder o apoio da PM em suas operações abusivas.
    Quero ver se algum promotor tem coragem de investigar esses casos de superfaturamento nas licitações da “gloriosa”. Vai fazer a lava jato parecer esmola.
    São licitações analisadas e abafadas no Tribunal de Contas do Estado, quem tiver interesse procure os casos TC-41911/026/11 e TC-6459/026/12
    Depois passem para o MP e quero ver o que vão fazer. Com certeza se fosse da PC iriam iguais a um pit bull pra cima da PC, mas na PM vão ficar com o rabo entre as pernas MP frouxo, cheio de biba que gosta de dar entrevista mas são frouxos.
    Mas duvido que algum promotor vá fazer alguma coisa.
    Se alguém conseguir acesso aos autos por favor coloque aqui no flit, vai ser o maior escândalo da “gloriosa”.
    Segura essa coxinhas…

Os comentários estão desativados.