Tecnologia a serviço da palhaçada – Estudante de direito bebum é filmado pela PM para caracterização de flagrante de desacato e cai nas redes sociais 120

Como o rapaz – acadêmico do largo do São Francisco – é filho de altos funcionários do TJ-SP, não tomou mais uns tapas e nem foi preso pelo oficial.

Ficou tudo pelo beijo na mão.

Mas os documentos da parte desapareceu.

Assim, solicitou a GCM e compareceu ao DP fazendo queixa do furto de seus documentos pelos policiais militares.

Moral da estória: como é bom ser branco , estudante da São Francisco e morador em bairros nobres…

TÔ CAGANDO PRA VOCÊS !

Snap 2015-10-26 at 00.30.47

  1. Que mijada monstra! O sangue azul ficou com medo de conduzir o bebão pro DP, nem que fosse pra tomar uma canseira. Não sou Doutô mas cabe uma prevaricação? Neh não?

  2. CADE O REAJUSTE DE 2015 ??????????? TEMOS FAMÍLIA COMO PODE FICAR SEM REAJUSTE E AUMENTO SALARIAL !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    CADE OS SINDICATOS ??????????????????

  3. Imagina sóbrio vai contar pontos positivos para qualquer concurso.
    O cara intoxicado botou ordem.

  4. DR. GUERRA OU QUALQUER OUTRO POSTADOR QUE CONHEÇA O FATO SOBRE AS IMAGENS ACIMA ONDE PMS DA ROTA SEPARAM ESSE PÓ BCO EM UM TAMBOR, POR FAVOR ME RESPONDAM UMA COISA.

    EU ME LEMBRO QUE NESSE DIA, OS PMS DA ROTA APRESENTARAM ESSA OCORRÊNCIA COMO TRÁFICO DE ENTORPECENTE E, SEGUNDO OS PRÓPRIOS PMS, ESSE PÓ BCO SE TRATAVA DE COCAÍNA, TAMBÉM FORAM PRESOS DUAS PESSOAS E ME PARECE QUE ENTRE ELAS HAVIA UMA MULHER.

    LOGO DEPOIS QUE A IMPRENSA DIVULGOU ESSAS IMAGENS, IMEDIATAMENTE ESSAS PESSOAS FORAM LIBERADAS PELA JUSTIÇA; NO VÍDEO ACIMA O AUTOR DA POSTAGEM LEGENDOU QUE ATÉ HOJE TODOS OS PMS ESTÃO IMPUNES.

    SE ELES MESMOS APRESENTARAM A OCORRÊNCIA COMO TRÁFICO DE COCAÍNA E ESSA MESMA DROGA APARECE NAS IMAGENS SENDO SEPARADA PELOS PMS EM UM TAMBOR, OS PMS PODEM SEQUER DEIXAREM DE SEREM PRESOS? COMO ASSIM?

    ALGUÉM CONHECE ESSES BRAVOS POLICIAIS DA ROTA PARA NOS ESCLARECER SE ELES AINDA CONTINUAM EMPREGADOS NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO?

  5. ESSE AI DE CIMA . DEVE TA DOIDO PRA DAR PRA UM PM … KIKIKIKIKI
    ACHO QUE ELE SONHA TODA NOITE COM UM PM EM CIMA DELE CUTUCANDO O , KIKIKIKIKIKIKIKI

  6. ACHO QUE É PAIXÃO NÃO CORRESPONDIDA KIKIKIKIKIKIKIKIKIKIKIKII..

    O LOCO MEU…

  7. Putz já não basta aguentar coxinha paulista me aparece um coxa carioca, subtenente da minha chapeleta! Vai te catar seu Zé ruela…

  8. Parabéns ao estudante das Arcadas. Ele sabia que eventual embriaguez tira o dolo específico do desacato.Ele também faz parte do C.A. XI de Agosto que apoia a Civil e não aceita ciclo pela PM.

  9. Para o Sr Utica.

    O mike aqui vai te ensinar alguma coisa sobre cometer ato criminoso em estado embriaguez. Só algo rápido, que estou lembrando vagamente.
    E larga de ser burro e falar merda.

    (ref. Código Penal) Art. 28 – Não excluem a Imputabilidade penal: II – a embriaguez, voluntária ou culposa, pelo Álcool ou Substância de efeitos análogos. § 1º – É isento de Pena o Agente que, por Embriaguez completa, proveniente de Caso fortuito ou força maior, era, ao tempo da ação ou da omissão, inteiramente incapaz de entender o Caráter Ilícito do Fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento. § 2º – A Pena pode ser reduzida de um a dois terços, se o agente, por embriaguez, proveniente de Caso fortuito ou força maior, não possuía, ao tempo da ação ou da omissão, a plena Capacidade de entender o Caráter Ilícito do Fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.
    ___ acidental, decorrente de Caso fortuito ou Força maior.
    ___ acidental advinda de força maior, aquela que o Indivíduo é forçado a beber, é incapaz de entender o Caráter Ilícito do Fato.
    ___ acidental decorrente de Caso fortuito, aquela em que o Agente ignora que está se embriagando, seja por desconhecer que a bebida é alcoólica, seu teor alcoólico, pela Incapacidade do Agente de entender o Caráter Ilícito do Fato.
    ___ aguda, Intoxicação imediatamente após a ingestão de Bebida alcoólica.
    ___ comatosa, Embriaguez completa.
    ___ completa, Estado de Letargia semelhante ao Coma [embriaguez comatosa].
    Estado em que o Indivíduo encontra-se em acentuada Confusão mental que o leva a perder sua Capacidade de discernimento e não possui, assim, domínio sobre seus atos, por isso o Direito penal, isenta de Pena o Embriagado se a mesma provém de Caso fortuito ou força maior, por ser considerado inteiramente incapaz.
    ___ confirmada ou furiosa, ingestão excessiva de Bebida alcoólica levando a Pessoa à loucura passageira, em razão do Estado de Intoxicação em que se encontra.
    ___ crônica, quando o Indivíduo continua apresentando os sintomas da bebida embora já tenha parado de ingerí-la.
    ___ culposa, é aquela em que o Agente apenas quis ingerir Substância alcoólica não pretendendo embebedar-se mas, acaba por perder sua Capacidade de discernimento eis que por Imprudência exagera na bebida.
    ___ de excitação, diz-se da embriagues que ocasiona apenas Estado de muito entusiasmo, alegria e Euforia.
    ___ deliberada, o Agente tem a vontade de embriagar-se, perde o discernimento, embora não tenha tido a intenção criminosa [esse Tipo de Embriaguez não exclui a Responsabilidade penal].
    ___ fisiológica, assim denominada quando da excessiva ingestão de Álcool ocasionando perda da Consciência.
    ___ forçosa, Pessoa é compelida a ingerir Bebida alcoólica em razão de Força maior.
    ___ fortuita, oriunda acidentalmente, de Caso fortuito, sem partir da vontade da própria Pessoa mas resultante de absorção exagerada e continuada, distingue da Força maior que esta além de ocasional pode advir de coação de outrém.
    ___ habitual, Pessoa que diariamente está embriagada.
    Uso diário de Dose alcoólica que conduz a leve alteração do Estado mental.
    ___ incompleta, a que ainda não provocou Confusão mental acentuada mas já há Perturbação mental que dificulta entender a gravidade de atos que pratique sujeitos à Sanção penal [nesse caso, se proveniente de Caso fortuito ou Força maior a Pena é atenuada nos termos do art. 28, inciso II, parágrafo 2 do CP].
    ___ inveterada Embriaguez por vício, obstinação pelo Álcool.
    ___ letárgica ou plena, Sin. Embriaguez completa.
    ___ não-acidental culposa, é a conseqüente da ingestão de Bebida alcoólica sem a intenção de embriagar-se mas tendo a Consciência de que repetindo inexoravelmente se embriagaria.
    ___ ocasional, Embriaguez acidental.
    ___ patológica, decorrente de anormalidades psíquicas [decorrente da ingestão de Substância alcoólica, mesmo que em pequena dose, por Pessoa doente como epiléptico, histérico, etc. ou, anormalmente, Suscetível ao álcool].
    ___ preordenada, é intencional o uso da bebida, chegando a provocar Perturbação mental com o intuito de colaborar na pratica de ação delituosa ou se eximir da Responsabilidade pelo Delito [Código Penal – Art. 61. São circunstâncias que sempre agravam a pena, quando não constituem ou qualificam o Crime: I – a reincidência; II – ter o Agente cometido o Crime: l) em Estado de Embriaguez preordenada].
    ___ procurada, é a mesma que deliberada pois a Pessoa teve a intenção de embriagar-se para praticar Delito ou apenas pelo simples querer.
    ___ provocada, diz-se da embriagues decorrente da iniciativa da própria Pessoa ou por imposição de outrém.
    ___ voluntária, a Pessoa deliberadamente desejou se embebedar.
    F. lat. inebriare, embebedar-se.
    Estado em que se encontra a pessoa, que se embriagou ou está embriagada, por ter ingerido Dose excessiva e constante de Bebida alcoólica ou de efeito Análogo [tecnicamente é o Alcoolismo agudo].
    Perturbação psíquico-somática advinda da ingestão demasiada de Bebida alcoólica levando o Indivíduo a impulsos agressivos podendo chegar a pratica de Crime. Intoxicação por Bebida alcoólica acarretando Perturbação física e psíquica (Lei das Contravenções Penais, art.62 – Decreto-Lei n.3.688, de 3/10/1941).
    ___ acidental, decorrente de Caso fortuito ou Força maior.
    ___ acidental advinda de força maior, aquela que o Indivíduo é forçado a beber, é incapaz de entender o Caráter Ilícito do fato, Código Penal, art 28, parágrafo 1 e 2.
    ___ acidental decorrente de Caso fortuito, aquela em que o Agente ignora que está se embriagando, seja por desconhecer que a bebida é alcoólica, seu teor alcoólico, pela Incapacidade do Agente de entender o Caráter Ilícito do Fato. Código Penal, art. 28, parágrafo 1e 2.
    ___ aguda, Intoxicação imediatamente após a ingestão de Bebida alcoólica.
    ___ comatosa, Ver: Embriaguez completa.
    ___ completa, (ref. med. legal) Estado de Letargia semelhante ao Coma [embriaguez comatosa].
    (ref. jurídica) Estado em que o Indivíduo encontra-se em acentuada Confusão mental que o leva a perder sua Capacidade de discernimento e não possui, assim, domínio sobre seus atos, por isso o Direito penal, isenta de Pena o Embriagado se a mesma provém de Caso fortuito ou força maior, por ser considerado inteiramente incapaz, art. 28, inciso II, parágrafo 1 do CP].
    ___ confirmada ou furiosa, (ref. medicina forense) Ingestão excessiva de Bebida alcoólica levando a Pessoa à loucura passageira, em razão do Estado de Intoxicação em que se encontra.
    ___ crônica, quando o Indivíduo continua apresentando os sintomas da bebida embora já tenha parado de ingerí-la.
    ___ culposa, é aquela em que o Agente apenas quis ingerir Substância alcoólica não pretendendo embebedar-se mas, acaba por perder sua Capacidade de discernimento eis que por Imprudência exagera na bebida [art. 28, inciso II, do CP. – não exclui a Imputabilidade penal].
    ___ de excitação, diz-se da embriagues que ocasiona apenas Estado de muito entusiasmo, alegria e Euforia.
    ___ deliberada, o Agente tem a vontade de embriagar-se, perde o discernimento, embora não tenha tido a intenção criminosa [esse Tipo de Embriaguez não exclui a Responsabilidade penal].
    ___ fisiológica, (ref. medicina forense) Assim denominada quando da excessiva ingestão de Álcool ocasionando perda da Consciência. Ver: embriguez culposa, fortuita, preordenada e voluntária.
    ___ forçosa, Pessoa é compelida a ingerir Bebida alcoólica em razão de Força maior.
    ___ fortuita, oriunda acidentalmente, de Caso fortuito, sem partir da vontade da própria Pessoa mas resultante de absorção exagerada e continuada, distingue da Força maior que esta além de ocasional pode advir de coação de outrém.
    ___ habitual, Pessoa que diariamente está embriagada.
    Uso diário de Dose alcoólica que conduz a leve alteração do Estado mental.
    ___ incompleta, a que ainda não provocou Confusão mental acentuada mas já há Perturbação mental que dificulta entender a gravidade de atos que pratique sujeitos à Sanção penal [nesse caso, se proveniente de Caso fortuito ou Força maior a Pena é atenuada nos termos do art. 28, inciso II, parágrafo 2 do CP].
    ___ inveterada Embriaguez por vício, obstinação pelo Álcool. Ver: embriagues habitual
    ___ letárgica ou plena, Ver: Embriaguez completa.
    ___ não-acidental culposa, é a conseqüente da ingestão de Bebida alcoólica sem a intenção de embriagar-se mas tendo a Consciência de que repetindo inexoravelmente se embriagaria.
    ___ ocasional, Ver: Embriaguez acidental.
    ___ patológica, decorrente de anormalidades psíquicas [decorrente da ingestão de Substância alcoólica, mesmo que em pequena dose, por Pessoa doente como epiléptico, histérico, etc. ou, anormalmente, Suscetível ao álcool].
    ___ preordenada, é intencional o uso da bebida, chegando a provocar Perturbação mental com o intuito de colaborar na pratica de ação delituosa ou se eximir da Responsabilidade pelo Delito [art.61, inciso II, letra “ L “do CP – o Agente ter cometido o Crime em Estado de Embriaguez preordenada constitui Circunstância Agravante da pena].
    ___ procurada, é a mesma que deliberada pois a Pessoa teve a intenção de embriagar-se para praticar Delito ou apenas pelo simples querer.
    ___ provocada, diz-se da embriagues decorrente da iniciativa da própria Pessoa ou por imposição de outrém. Ver: Embriaguez deliberada.
    ___ voluntária, a Pessoa deliberadamente desejou se embebedar, Código Penal art. 28 inciso II .

  10. isso ai é rotina pra quem trabalha na rua.

    o policia de rua tem que as vezes dar uma de bundão……

    ta cheio de cameras pra todo lado..

    e automaticamente cheio de testemunhas para os coitadinhos da população….

    policial esperto muitas vezes tem que ser o famoso ZÓIO DE VIDRO.

  11. esta cena la de cima é o exemplo que a nossa policia esta fraquinha…
    sem retaguarda alguma…

    se fosse a 20 anos atras este folgado tinha tomado umas bolachadas, pois só depois disto é que o topete dele iria
    abaixar………..
    velhos tempos= policia era muito respeitada..
    novos tempos = policia fraquinha, qualquer bosta deita e rola em cima da policia…

  12. mas neste episodio ai os policiais sairam no lucro, não vão responder piça nenhuma e não irão para o romão gomes…

    o policial foi super inteligente.
    burro se desce um safanão no folgado, hoje poderia estar no romão gomes, e sua aposentadoria cancelada..
    ate o final do IPM, talvez ate chegando a demissão do policial….

  13. Elementos do tipo, tipicidade, dolo específico…. PM não entende.Repito.A embriaguez exclui o dolo específico do desacato no caso em tela.No mais vai engraxar a botina tá kkkk

  14. Só faltou o aluno mandar o coxa creme engolir a Guinga que foi achada segundo o b.o.

  15. Estranho, polícia é mesmo uma raça maldita. É verdade. Utilizam esse espaço para se digladiarem todos os dias, se importarem com coisas que sempre aconteceram e acontecerão; Uma pena não utilizarem esse espaço para discussões, organizações acerca de um ordenado DECENTE. Enfim, combustível aumentando, condomínio aumentado, planos de saúde aumentando e nós aqui, ganhando uma ninharia que mal tem dado para pagar contas, Ah! detalhe: não vou a restaurantes (faz tempo, hein), cinema, viajar, etc,etc. Lamentável, gostaria que os colegas se unissem num mesmo ideal: Organização, espírito de corpo e reivindicação por melhorias salariais, mas pelo visto isso não importa. O que tem importado (e bastante, diga-se de passagem) são as vaidades de sempre. “quem é mais polícia”, “quem prende mais” “quem tá na constituição ou deixa de estar”, “quem tem poder para isso…quem tem poder para aquilo” e coisas que nos interessam de verdade são deixadas de lado ou postergadas. Está na hora de nós policiais crescermos, não acham?

  16. SERA QUE NÃO CANSAM DE PUXAR O SACO ??????

    gozado que alem de puxarem o saco dos delpols nas delegacias, aqui os mesmos puxas sacos continuam
    dando uma de majura….

    acordem restopols…… os delpols são independentes, e não precisam de puxa sacos aqui…,

    criticar o coroné tem que sair dos delpols e vice verça,,,,,,,,

    restopol da PC e da PM , estão no mesmo barco,,,,

    BAM BAM BAM na PM são os coronés.
    BAM BAM BAM na PC são os delpols.

    Restopol é igual, só muda a instituição…. ACORDEM RESTOPOLS……

  17. O vídeo exprime bem a realidade do brasil (escrito com letras minúsculas de propósito) atual. Vivemos CRISES, crises estas de responsabilidade, de moralidade, de honestidade, Autoridade, etc. Hoje em dia ninguém tem responsabilidade nenhuma sobre seus atos (e não podem ser responsabilizadas- o negro que mata – não pode ser responsabilizado porque a Polícia não tem o direito de prender um afrodescendente, mas é bandido, não!!! Você está prendendo por ser um afro descendente – o crime em si fica para segundo plano. Recebe críticas por prender um marginal menor de idade – Não! ele tem um infância triste, viu mãe ser estuprada, isso gerou uma revolta nele e o fez virar bandido. Não se pode lucrar também, porque se trabalha, se empreende o fisco quer “garfar” o que você ganhou para fazer “assistência social” prá vagabundo cachaceiro, prá sem vergonha que não quer lavar, passar para ganhar uma diária, enfim, vivemos num paísinho demagogo, cheio de “conceitozinhos”, estes extremamente nocivos e tendenciosos que a cada dia joga mais esse “gigante autista” no fundo do poço. De uns anos prá cá, face aos (des)governos que assumiram o país, fez com que tudo adoecesse, murchasse, apodrecesse, bandido não é bandido é vítima da sociedade, o capitalista é o senhor dos escravos, o policial é o fascista impiedoso e chacinador de podres (na cabeça de esquerdistas dementes), o ato de pichar muros não pode ser repreendido pelo fato do pichador estar “libertando suas idéias”, etc,etc. O brasilzão virou o país do é proibido proibir, não á proibição do petrolão, não a proibição da corrupção generalizada, não a proibição da violência escancarada, não a proibição do uso, consumo e tráfico das drogas, não a proibição de tudo que é errado. Para que serve polícia? Hum, prá quê? Qual tem sido sua real finalidade? Bom feriado a todos…

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s