Por uma terceira polícia. Até que as outras sejam extintas 24

O que ocorreu em São Paulo não foi uma “rixa”. Foi uma tentativa, combatida pelo mais reles corporativismo, de se fazer cumprir a lei e a Constituição, diante de um crime hediondo
por Mauro Santayana publicado 27/10/2015 17:28, última modificação 28/10/2015 10:37
EDISON TEMOTEO/FUTURA PRESS/FOLHAPRESS
103 DP Itaquera

Carro da PM, na quarta-feira (21), diante da delegacia onde sargento foi preso por suspeita de tortura

Do Blog – A propósito do incidente ocorrido na porta de uma delegacia da zona leste de São Paulo, na madrugada de quarta-feira (21), a imprensa chama a atenção para o “agravamento da rixa” entre policiais civis e militares de São Paulo.

A questão por trás do fato não é essa, mas sim o que se seguiu a um primeiro gesto, emblemático, de um delegado de polícia, no sentido de fazer valer a lei e combater a tortura, que é crime hediondo, dando voz de prisão, em flagrante, a um sargento da PM, acusado de dar uma série de choques em um suspeito de roubo dentro da viatura a caminho da  delegacia, e a reação de um bando de PMs, em sua defesa, que foi, na verdade, a defesa da parte mais visível de um gigantesco iceberg de cultura da violência e do genocídio, caracterizado pela onipotência dos agentes de segurança no Brasil, que se acham no direito de tratar, como a um animal de caça ou de sua propriedade, qualquer pessoa  que venha a cair sob sua custódia, em uma situação de “trabalho”.

Chama a atenção, também, o fato de que, na Câmara dos Deputados, circulem projetos destinados a dar à PM poder de investigação, e que, por iniciativa do Secretário de Segurança de São Paulo, Alexandre de Moraes, PMs estejam sendo  dispensados de aguardar, em casos mais simples, a conclusão de Boletins de Ocorrência por parte de delegados.

Ora, o que o Brasil precisa não é de uma legislação que divida ainda mais as diferentes polícias, dando mais poder a cada uma delas, mas de uma nova polícia, unificada, judiciária, com a presença de um juiz em cada delegacia, para que se proceda à audiência de custódia, no momento do encaminhamento do preso pelos agentes responsáveis pela prisão, com o rígido cumprimento do exame de corpo de delito.

Como é simplesmente impossível, diante de fatos como esse, unificar as polícias já existentes em todos os estados, deveria ser criada, por decreto, essa nova polícia, responsável pelo policiamento ostensivo – nos primeiros anos de carreira – e depois, pela investigação, a partir da estruturação de um novo sistema acadêmico, com uma nova filosofia, baseada, fundamentalmente, no mais estrito cumprimento da lei, e suspender a realização de concursos para a Polícia Civil e Militar, até que estas viessem a se extinguir naturalmente, em uma geração, sendo progressivamente substituídas em suas atribuições, por essa nova força.

No intervalo, poder-se-ia avançar na federalização dos crimes de tortura, sejam esses cometidos por policiais ou por bandidos, a cargo da Polícia Federal, e, se isso não for possível, na criação de delegacias específicas para a investigação desses delitos, com a presença – aí, sim, mista – de membros das corregedorias da Polícia Civil e da Militar, em todos os estados.

Sejamos claros. O que ocorreu em São Paulo não foi uma “rixa”. Foi uma tentativa, combatida pelo mais reles corporativismo, de se fazer cumprir a Lei e a Constituição. Um corporativismo cada vez mais desatado e incontrolável, que ameaça a sociedade e o Estado de Direito como um todo e que deveria ser enfrentado de frente, com coragem e com mão firme, e não da forma covarde, escorregadia e ambígua, demonstrada, na entrevista que se seguiu ao “incidente”, pelas autoridades do estado

  1. Tá aí uma proposta bem interessante. Eu migraria com certeza pra essa nova polícia. Não só eu como 99% dos operacionais de ambas.

  2. To dentro com certeza. Operacionais não tem nada a perder.

  3. Ninguém precisa reinventar a roda para tentar resolver a ineficiência policial no Brasil. Em primeiro, a policia deve ser municipal, pois os estados são grandes demais e não conseguem administrar nem as unidades policiais próximas, quem dirá as distantes. Em segundo, policia tem de ser unificada e não dividida, uma querendo ser mais que a outra. Em terceiro, coronel, tenente coronel e major nao são cargos policiais e sim das forças armadas. Delegado não é cargo policial e nem sei onde é que se encaixa esse cargo. Por isso devem ser abolidos na nova policia. Por ultimo, policial deve receber salário decente e não os trocados que recebem. Tudo isso que eu disse não fui eu quem criou. Não se tratam de ideias minhas. No mundo todo as policias são assim. Só aqui é que ficam mantendo vivas essas aberrações policiais que somente atrasam o desenvolvimento da segurança pública.

  4. A ideia é boa mas só fazendo uma obs., cargo só pode ser criado por lei não por decreto.

  5. Eu sempre pensei nisso, uma nova polícia, sem quaisquer vicios da polícia civil ou militar, pra mim ambas deveriam ser extintas.

  6. O atual sistema de Segurança Pública é ineficiente, isto todos nós sabemos, mas será que a sociedade brasileira quer uma polícia que funcione?

    NÃO

    Sonegam direitos trabalhistas,
    Sonegam Impostos,
    Não colaboram com a Justiça,
    Aceitam dinheiro de origem ilícita,
    Obedecem fielmente a Lei de Gerson,
    Não respeitam as Leis de Transito,
    Tem elevado preconceito social e racial,
    Não respeitam as pessoas e suas diferenças,

    E muitos estão adotando o “ódio ao próximo” como estilo de vida.

  7. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Caro “Carcereiro 13”, “Polícia é sempre Polícia” e “Escribasempreatento”.

    Concordo com os Senhores, mas digo que seria mais fácil excluir estes cabeças que estão contaminando os dois lados. Usam a tropa como pressão para forçar questões de satisfação pessoal de uma minoria que se acham hereditária.

    Caronte.

  8. uma terceira policia pressupõe que no futuro vamos virar mendingos, porque vamos ter paridade com quem, portanto e unificar logo…

  9. Antes, é necessário que a Constituição permita a “terceira” polícia.
    Deverá prever que a Nova Polícia substituirá as policias estaduais já existentes.
    E quem vai querer?

  10. Difícil. Acho menos difícil unificar as polícias. Já resolveria em partes esse problema.

  11. Para pensar em unificação antes os governadores e o senado pensam em …….dinheiro. Sim isso mesmo, tudo, absolutamente tudo que poderia gerar despesas não será aprovado seja na assembleia no congresso nem na casa da Dilma.
    É por isso que acho que o ciclo da Pm será aprovado. O estado não terá gastos, eles são muito maior em números, e assim basta colocar os mikes para registar e tudo mais o que a nossa polícia civil não dá mais conta por falta de efetivo.
    Então gente, acho que como dizem por aí o circo será aprovado, por não ter despesas para os cofres do governo.
    Quanto a desmilitarização isso o governo não tá nem aí, só a ONU e que está cobrando o seu fim, mas se depender de gastar com a segurança, esqueçam.

  12. Quer saber, os governantes sabem que não há solução.
    Não adianta “desmilitarizar”. Não adiante “civilizar”,
    Pensei que o absurdo, o fundo do poço fosse ver uma força policial (BOPE/RJ) usar como dístico institucional uma caveira. Mas a justificativa da aberração é o tal do “militarismo”, não?
    No entanto, que dizer quando “forças civis” usam boina preta (há uma simbologia no uso da cobertura preta) e coturno e fazem da caveira e da armadura medieval os identificadores da “tropa”?
    http://www.gcmduarte.com/2015/03/equipe-do-iope-faz-foragido-da-justica.html

  13. copforever disse:
    29/10/2015 ÀS 23:56
    Tá aí uma proposta bem interessante. Eu migraria com certeza pra essa nova polícia. Não só eu como 99% dos operacionais de ambas.

    PUTA QUE PARIU, EM QUE LUGAR NO TESTO ESTÁ SOLICITANDO PARA ALGUÉM FAZER A SUA ESCOLHA SE QUER IR OU NÃO PARA O QUADRO DA TERCEIRA POLICIA? DEIXA DE SER ZÉ MANE CARA, O QUE VC PODERIA SE QUISESSE, E SE ACASO CONCORDAR COM O TESTO , É SE ESTÁ DE ACORDO COM A TERCEIRA POLICIA, E NÃO SE QUEREM MIGRAR PARA ELAS, KKKKKKKKKK TO DENTRO, TO LÁ, HEHEHEHEHE OS PCS ESTÃO TODOS DESCONTROLADOS QUEREM DE QUALQUER FORMA ESTAREM AO LADO DOS PMS,KKKKKKKK

  14. Para se criar uma nova Polícia há de se alterar o Art 144 da CF, onde o Constituinte definiu quais Órgãos de segurança pública devem existir em nosso país e suas atribuições, em que pese as Polícias Civis e Militares estarem apenas subordinadas aos Governadores de Estado.

    Pensar que uma terceira Polícia possa ser criada por Lei ou Decreto demonstra falta de conhecimento básico.

    A ideia do blogueiro não é plausível, pois além de não demonstrar conhecimento das atividades da polícia no geral, há certa tendência de proteção aos Direitos dos Manos, nivelando por baixo todos os policiais atuais como torturadores e descumpridores da Lei.

    Ideia melhor e mais avançada é a unificação, fortalecimento e autonomia da Corregedoria sem que haja pressão para produção, fiscalização externa e imparcial pelo MP e que o Estado também respeite os direitos dos policiais e as Leis.

  15. Pura imbecilidade estas idéias de unificacao ou ate mesmo criação de uma nova policia que abarque as 2 existentes.
    A forma atual de 2 policias é boa, sendo uma Judiciária e a outra preventiva. O problema vigente é de infraestrutura e falta de comando e controle estatal. Se houvesse seriedade por parte do Estado, a coisa funcionaria com este modelo que temos.

    Este negocio de unificar ou criar uma terceira policia é a confissão por parte do Estado da sua ineficiência.

    Se cada Policia fizesse tao somente o seu papel Constitucional, sem vaidades e sem incompetência não tenha duvida que tudo funcionaria bem.

    Tenham certeza que se houver unificação ou criação de uma nova Policia daqui a pouco a situação estará critica do mesmo jeito.

    ENTENDAM: O problema não esta nas Policiais Civil e Militar. O problema está no controle estatal que se mostra péssimo e desrespeitoso com o Policial

  16. To cagando de rir disse:

    Pura imbecilidade estas idéias de unificacao ou ate mesmo criação de uma nova policia que abarque as 2 existentes.
    A forma atual de 2 policias é boa, sendo uma Judiciária e a outra preventiva. O problema vigente é de infraestrutura e falta de comando e controle estatal. Se houvesse seriedade por parte do Estado, a coisa funcionaria com este modelo que temos.

    Este negocio de unificar ou criar uma terceira policia é a confissão por parte do Estado da sua ineficiência.

    Se cada Policia fizesse tao somente o seu papel Constitucional, sem vaidades e sem incompetência não tenha duvida que tudo funcionaria bem.

    Tenham certeza que se houver unificação ou criação de uma nova Policia daqui a pouco a situação estará critica do mesmo jeito.

    ENTENDAM: O problema não esta nas Policiais Civil e Militar. O problema está no controle estatal que se mostra péssimo e desrespeitoso com o Policial

    Na minha humilde opinião os sistemas policiais estaduais atuais (civil e militar) são inconciliáveis, possuem regras, valores e culturas próprios que dificultam uma unificação, porém possível após anos de uma árdua adaptação. É muito mais fácil criar uma terceira polícia que absorveria o efetivo das duas policiais com novas regras, valores e cultura corporativa. Não será também uma transição fácil, contudo será mais fácil, no meu ponto de vista, que a unificação. Por fim, o autor do texto faz algumas considerações impertinentes, no entanto a ideia de criar uma terceira polícia foi a melhor que já vi até agora após ler na internet várias propostas como: ciclo completo para todos os órgãos policiais, policias municipais, unificação, etc. O que não dá é continuar como está com duas polícias cheias de vícios e defeitos sérios …

  17. Eu acho que nada resolve os problemas das Polícias, nem desmilitarização, nem unificação….Se me perguntarem qual a solução não tenho vergonha em responder: Não sei!

  18. Policia Civil, Policia Militar, Policia Cientifica, “Policia” Guarda Municipal e agora a “Terceira Super Policia”!!!
    Circulo completo mais que perfeito com poderes de Juiz, Promotor, Delegado e Coronel, tipo americana com giroflex Azul!!!!! Salario em Euro!!! é isso que precisamos!!! Carreira unica, sem precisar ser Bacharel em Direito é claro, Bacharel em Educação Física já ta bom!

  19. Se acaso alguém ainda consegue ver “exageros” nas minhas manifestações sobre esse nefasto corporativismo, basta refletir sobre esse desenfreado comportamento que, aliás, faz a própria polícia militar como a sua primeira vítima.

    Quem assistiu ao filme O Menino de Pijama Listrado, certamente não escapará da seguinte reflexão: a câmara de gás somente pareceu exagerada, como prática hedionda contra a humanidade, quando nela entrou o filho do oficial alemão. Antes disso, tudo era “normalmente” concebido, para a “grandeza” da nação!

  20. A LEI QUE GARANTE AOS AGENTES POLICIAIS EQUIPARAÇÃO COM NÍVEL MÉDIO JÁ EXISTE.
    AGORA QUERO SALÁRIO EQUIPARADO COM AS CARREIRAS DE NÍVEL MÉDIO.
    SALÁRIO REAJUSTADO COM AS PERDAS DESTE ÚLTIMO ANO SEM AUMENTO.
    NÓS OS AGENTES POLICIAIS TEMOS QUE NOS UNIR E REIVINDICAR A EQUIPARAÇÃO SALARIAL COM AS CARREIRAS DE NÍVEL MÉDIO.
    E AI DEPUTADOS DA CLASSE POLICIAL “AJUDA NOIS AI”,”TAMO PRECISANDO DE UMA GRANA A MAIS NO SALÁRIO”.
    JÁ QUE A ENTIDADE CLASSISTA NADA FAZ, VAMOS NOS UNIR, PRECISAMOS DE UM LÍDER CLASSISTA URGENTE PARA REVINDICAR POR NÓS. ALGUÉM SE HABILITA.

  21. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Temos que criar através de Lei Emergencial uma Polícia Específica de combate ao Crime Organizado. Composta de pessoas íntegras, com moral, sem afinidades políticas e com independência funcional.

    Esta Lei Emergencial terá como principal escopo a prisão e a condenação de todo aquele que direta ou indiretamente comungou com qualquer prejuízo à Nação.

    Todo patrimônio do acusado bem como dos respectivos parentes sem a devida comprovação de origem lícita, deverão ser sequestrados e utilizados para o bem da sociedade.

    A composição deverá ser de Especializados em Segurança Nacional; Administradores Contábeis; Magistrados; Membros do MP; e, Fiscais Tributários.

    OPS: Acho que uma parecida com essa já existiu no passado e ao que parece não criou raízes.

    DELETA…

    Caronte.

  22. Quanta ignorância achar que no atual contexto político do Brasil pode-se criar algo realmente novo e com alguma qualidade. Que inventem a 3*, 4* ou seja lá quantas qualquer coisa e nada vai prestar. A Polícia já é uma só, apenas está dividida para se ter mais cargos de chefia e para que cada chefe ou comandante use sua parte como melhor lhe convier. Sabendo-se, é claro, que não é só a chefia que usa a Polícia para satisfação própria. A Polícia não fabrica policiais, ela se utiliza do que a sociedade fornece, a Polícia não faz leis, a Polícia não tem um modelo de segurança para seguir através dos anos, ela segue políticas de segurança, que além de não terem rumo definido são mudadas a todo tempo diante de qualquer fato novo. Os policiais de alguma forma e mesmo que bem pouco, vem a cada ano conquistando algum tipo de benefício e lugar na sociedade. Então querem extinguir a Polícia que existe e criar algo novo? De onde virão a mão de obra e o material novo a ser usado, ou será apenas uma demão de tinta para esconder o velho. Será uma nova Polícia apenas para jogar o pouco adquirido ao longo de tanto tempo no lixo? O policial seguir a mentalidade destrutiva de pseudos especialistas na criação de uma nova Polícia, sem que a proposta seja apresentada no papel é se jogar no abismo.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s