Novidades santistas – Investigadores reclamam do plantão e afirmam que a ronda é o melhor meio para elucidação de crimes…( Agora é tarde! ) 33

Policiais criticam plantão presencial na Central de Polícia Judiciária de Santos

Mesmo afirmando compreender a falta de pessoal, policiais civis dizem que a centralização de registros de flagrantes obriga os mesmos a permaneceram no local por conta do excesso de trabalho

Carlos Ratton
De Santos 

Policias civis de Santos resolveram denunciar a fragilidade em que se encontra a investigação por conta do plantão presencial, instituído há pouco tempo na Cidade, que obriga equipes inteiras a ficarem ‘paradas’ na Central de Polícia Judiciária (CPJ), no Centro.

Mesmo afirmando compreender a falta de pessoal, policiais civis dizem que a centralização de registros de flagrantes na CPJ obriga os mesmos a permaneceram no local por conta do excesso de trabalho. “Temos que atuar como auxiliares de escrivães e segurança dos presos. Essas atribuições não são dos investigadores. Temos que estar na rua, investigando crimes. Nosso rendimento chega a cair, em média, 40%. É impossível atender toda a demanda da Cidade parados em um local. A Polícia está investigando menos e a população não sabe disso”, garante um os policiais.

Eles salientam que as equipes estão desmotivadas porque têm que ficar até 12 horas fazendo serviços administrativos. “Recentemente, houve um roubo de um carro, um delito relativamente fácil de resolver caso as equipes saíssem em ronda pela área. No entanto, fomos impedidos de sair do CPJ. Investigar depois fica muito mais difícil”, lembra um policial, alertando que um terço dos plantões fica parado na Central.

Palacio da Policia credito MATHEUS TAGE DL 1
Reclamação é a de que policiais ficam ‘parados’ na Central de Polícia Judiciária (CPJ), no Centro da Cidade, deixando outros setores descobertos (Foto: Matheus Tagé/DL)

Poupar delegados

Segundo os policiais, a criação da CPJ não objetiva equacionar um problema operacional em função da falta de pessoal, mas sim ‘poupar os delegados’. Em vez de três delegados, um comanda o plantão. Eles contam que esses e outros problemas estão desgastando a imagem da Polícia Civil não só perante a opinião pública, mas também diante da classe. “Não está havendo renovação.

A média de idade nas delegacias é 40 anos. O auge da criminalidade fica entre 18 e 25. O combate ao crime está desproporcional. É preciso contratar e mudar o sistema. As ocorrências ocorrem mais justamente nos distritos que fecham”, revelam.

Resposta

A Polícia Civil informa que, em julho, houve um reforço na equipe da Central de Polícia Judiciária nos períodos noturnos, feriados e fins de semana, contando com policiais da própria CPJ e de outras delegacias. Isso ocorreu porque a CPJ e o 1º DP estão alocados no mesmo prédio.

Com a nova escala, a Polícia garante que houve otimização do atendimento à população. A mudança foi feita após reunião com os policiais que trabalham na CPJ — investigadores, escrivães e delegados — quando houve consenso quanto à melhoria no atendimento ao público. O atendimento no 3º e 7º distritos não sofreu alteração.

(Diário do Litoral)

__________________________

Deve ser alguém da velha guarda!

  1. Carreira Única. Dividir o peso do piano. Não resolve tudo, mas já ajuda significativamente.

    E um comentário que não tem relação com o post, mas eu acho importante:

    É sabido e notório que eu não nutro admiração pelo governador. Mas separar as escolas por ciclos é fundamental para a educação. Algumas escolas serão municipalizadas e outras se tornaram ETECs ou algo assim. Então, quantas escolas vão fechar de verdade?

    Em vez de luta política, que em nada ajuda na educação, com invasão de escolas, professores sérios deveriam se afastar dos doutrinadores socialistas que dão aula e lutar por um limite, definido por lei, de número de alunos por sala, sob crime de responsabilidade do governador/prefeito. E, por mim, o teto seria de 30 alunos por sala. E incentivaria as aulas virtuais e cursos a distância tanto de modo integral, como atividade complementar (antigamente só tinha o “telecurso”, mas hoje tem internet, youtube e outros, de graça!, o governo só precisa produzir o conteúdo; é questão de visão de futuro e de vontade política para educar os mais pobres).

    E a sociedade precisa acordar e perceber que as escolas se tornaram centros de doutrinação socialista.

    Vale a pena assistir: Libertarianismo por Gloria Álvarez no Roda Viva

  2. Para saber como (NÃO) funciona, procure uma DP na baixada em época de temporada e tente registrar uma ocorrência.

  3. Faz-me rir.

    Geralmente as escalas de CPJ são 12×48 ou 12×72 ou 12×96. Fora que muitos plantonistas são funcionários públicos e não policias de fato. Não querem ter dor de cabeça, nem correr o risco de cair numa corregedoria etc.

    Conheço muitos policiais com menos de 40 anos que não querem nada com porra nenhuma.

  4. Somos trabalhadores e temos familias cade o reajuste? ?? Ficar sem aumento ja e dificil agora sem reajuste ai e demais. !!!!

  5. Temos que atuar como auxiliares de escrivães e segurança dos presos. Essas atribuições não são dos investigadores.

    É, exterminaram a carreira dos Carcereiros….
    O tira virou o bombril da PC….o faz tudo, menos investigar.
    E se esse tal ciclo completo da PM vingar os tiras serão Escrivães….

    The End.

  6. Aqui na Delegacia chegou um agente do último concurso, o cara tem 50 anos de idade.
    Parece piada, mas e verdade.
    Já chega quase aposentando.
    E os novos NU são na grande maioria cheios de fru-fru, só pensa em trabalhar fardado na rua passando tipo Robocop.
    Triste fim.

  7. Reclamam tanto da falta de policiais pra trabalhar, más os dirigentes criam escalas absurdas. 12×48,12×96, o policial trabalha 10 dias em um mês? Nunca vai ter polícia desse jeito, pode contratar toda hora.

  8. Fred Flintstone em 17/11/2015 às 21:55Temos que atuar como auxiliares de escrivães e segurança dos presos. Essas atribuições não são dos investigadores.É, exterminaram a carreira dos Carcereiros….O tira virou o bombril da PC….o faz tudo, menos investigar.E se esse tal ciclo completo da PM vingar os tiras serão Escrivães….The End.
    ———————-
    Meu amigo qual o problema depois do Delegado que faz o mesmo trampo do Escrivao porem tem mais autonomia, depois dele o Escrivao e o que tem mais colhao pois tem Fe publica e prende tanto no papel como na rua. !!!

  9. Prestei concurso para Agente e me colocaram na escala da carceragem.

  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk tem muita gente que gosta de ronda pra entocar a viatura na garagem de casa e ir dormir kkkkkk tudo virou uma grande piada…

  11. O tempo de permanência de um investigador dentro de uma delegacia deveria ser o mínimo possível. Depois reclamam do baixo índice de esclarecimento de crimes. O foco principal da atividade policial civil deve ser a investigação criminal. Caso contrário, rumamos para a extinção.

  12. Flit Paralisante:

    Pior aqueles que são funcionários públicos dentro da polícia civil há mais de 25 anos, ou seja, a carreira toda praticamente.

    Conheço muita gente que tem vontade de trabalhar numa cpj por causa da escala. Mas vê se quem está nela “larga o osso”.

    Afinal, como eu disse acima: será que o camarada vai trocar uma escala 12×96, sem precisar arrombar porta, sem muitos riscos (o plantão de uma CPJ geralmente é rondado por PM´s que trazem as ocorrências, fora os colegas do plantão), para enfrentar uma chefia de segunda a sexta das 8 às xx (sem hora para sair), e com risco de pegar um parceiro com “más intenções” e cair numa corregedoria ?

  13. É serio??? Investigador investigando??? Tamo falando da mesma polícia ou a de outro país? Pois a PC-SP não investiga nada há anos kkkkk. O que a tiragem quer é voar e cuidar de outras coisa$, kkkk

  14. GENTE !, S.M.J., MUITOS RECLAMAM DE POUCA COISA. POIS COMO BEM SABEMOS, A CARREIRA DE CARCEREIRO JÁ ERA. LABUTEI COMO ESCRIVÃO DE POLÍCIA POR APROXIMADAMENTE QUATRO DÉCADAS. OCORRE QUE CONHECI CARCEREIROS EXERCENDO AS FUNÇÕES DE ESCRIVÃES QUE DAVAM DE 10 X 0 EM CERTOS ESCRIVÃES CLASSE ESPECIAL. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…..

  15. COMPLEMENTANDO O EXPOSTO ACIMA, E TINHA MAIS UM DETALHE, O ACERVO CARTORÁRIO ERA ´PAU A PAU ” COM ESCRIVÃES ANTIGOS E EXPERIENTES. UM DELES UM “RONALDÃO” LA NO 27 D.P/IBIRAPUERA. E O “PIETRO” NO 4 D.P. E OUTROS DISTRITOS, APESAR DE NÃO PERTENCEREM À CARREIRA DE ESCRIVÃES, HONRAVAM DIUTURNAMENTE A NOSSA CLASSE. OS ANTIGÕES SE LEMBRAM MUITO BEM DESTES DOIS ÓTICOS E EXCELENTES COLEGAS. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  16. O Governo errou em não mudar o nome da carreira, pois essa nomenclatura “Investigador de Polícia” dá um peso e uma responsabilidade muito grande para quem apenas entrega intimação, como um oficial de justiça. Como descobrimos que a incompetência da PC tem nome e sobrenome (investigador de policia), deveriam tirar esse peso das costas dos colegas, dando a essa carreira um novo nome: “Oficial de Polícia”, pois exercem muito bem a função de panfletar. A Polícia precisa aprender a investigar ficar esperando informação de ganso não vira mais, muito menos pendurar alguém para tirar trabalho. Abraço a todos!!!

  17. Carcereiros, agentes, agetel, e todo o restopol são todos auxiliares do Dr. Investigador de Polícia. Toda conversinh fora disso é falta de trabalho…obs. Sou NM e não vou remar contra a maré porque sei que os caras são Nu e não vou arrumar p minha cabeça…

  18. Boa tarde a todos. Sempre acompanho o blog, porém não comento, pois não sou “expert” nos assuntos. Porém de uma coisa eu sei. Fui aprovado nos concursos de EP-2013 e IP-2013. Optei pela carreira de Investigador de Polícia, e acabei por abandonar o escrivanato na fase de entrega dos documentos no DAP. Ocorre que vamos entrar em 2016 e ainda não saiu a classificação definitiva do concurso, apenas a provisória. A verdade é que a desorganização é muito grande, não temos previsão da nomeação, posse, início do curso da acadepol, nada. Os Srs. que já integram a instituição precisam cobrar agilidade nesses concursos, e principalmente para “enxugar” as fases desses concursos ou serem mais ágeis. São 1800 investigadores (1384 vagas), 1900 escrivães (788 vagas) e 282 delegados (129 vagas) aprovados. Claro que não resolverá o problema do efetivo por inteiro, mas irá amenizar um pouco a atual situação. Nós que ainda estamos do lado de fora não podemos fazer nada, mas vocês precisam nos ajudar para podermos ajudar vocês. A polícia precisa e irá passar por uma oxigenação. Renovação é a palavra para levantarmos a Polícia Civil. Tem muita gente nova querendo trabalhar, mas parece que não querem ou não precisam de sangue novo. Pensem nisso. Estamos na porta, ela só precisa ser aberta pelo lado de dentro.

  19. COM EXCEÇÃO DOS ESCRIVÃES DE POLÍCIA (que realmente levam essa instituição nas costas), DEPOIS DE DELEGADO DE POLÍCIA TODOS QUEREM SER INVESTIGADORES DE POLÍCIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    NÃO CONHEÇO NINGUÉM QUE SE IDENTIFIQUE PARA A POPULAÇÃO COMO AGEPOL CARCEPOL OU OUTRA CARREIRA. TODOS SE IDENTIFICAM COMO “INVESTIGADORES” E FICAM “PUTOS” QUANDO SÃO DESMENTIDOS PELO TIRAS!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  20. Cada um no seu quadrado:
    Delegado = autoridade
    Escrivão = escriba
    Investigador = Tira
    Agente pol = motorola
    Carcereiro= carcereiro

  21. Ficar sem aumento ja e dificil agora sem reajuste e demais. !!!!!! Cade a Constituicao. ????

  22. IP 2013

    A pressão interna pouco ajudará, pois a DGP só irá chamar quando o governo der o aval e ess aval e exclusivo da Secretaria de Gestão que deverá primeira traçar a previsão orçamentária para salários. Ocorre que o Estado está quebrado, catando migalhas pelas secretarias para conseguir pagar o 13 salario, portanto, pode esquecer, esses ano não chamam mais, agora é só torcer para que a situação financeira do Estado melhore em 2016 para que todos sejam chamados.

  23. Kkkkk… “ronda” é o melhor meio para esclarecer crimes… Esta é a Polícia Civil… repleta de patrulheiros…

    Bem, difícil falar de um departamento no qual jamais trabalhei (DEINTER6), mas, ao que tudo indica, todos os departamentos funcionam da mesma maneira, ou seja, nas coxas.

    Hoje o policial civil é um mero patrulheiro, não desmerecendo o serviço, já que é essencial e deveria ser prestado exemplarmente pela Polícia Militar, o que também não é, mas esta não é a função da Polícia Civil.
    Quer patrulhar? Preste concurso para a PM… GCM… entretanto, este pensamento de “patrulheiro” não afeta apenas os recém chegados… afeta os gestores…

    Atualmente os “esclarecimentos” de crimes no DECAP são TC’s de porte de entorpecente. Divulgam na mídia que realizaram 100, 200 prisões… porém, não informam que, na realidade, foram apenas usuários detidos e liberados em seguida.
    Qual é o reflexo disto? Tudo parado… criminalidade estourando…

    Para quem já viu a planilha da produção do DECAP… é desesperador… o JECRIM deve estar feliz da vida.

    É a famosa operação segura a cadeira…

    Triste fim.

  24. Sr. IP-2013, a Polícia Civil é uma bagunça na parte administrativa, e você já está vendo isso. Quando entrar na ACADEPOL, vai ver o que é inaptidãoe administrativa de verdade. Fora isso, devo lhe informar que você foi vítima de estelionato. Todos nós fomos. Sou do IP-2008, um concurso que formou um bando de idealistas que achavam que iam mudar a Polícia. Cinco anos depois, a maioria daquela turma está nas ribanceiras matando mosquito, transportando presos e servindo de redatores para a PM local. Diante da frustração, alguns foram presos, meia dúzia cometeu suicídio e dezenas passaram em concursos melhores. A verdade é que o tal “nível universitário” foi um golpe para encher a Polícia Civil de redatores um pouco melhores que os de antigamente. Desde então, a Polícia Civil encheu de concurseiros e reprovados na OAB, até nas carreiras de nível médio, e hoje estamos tocando os plantões em “piloto automático” enquanto o Delegado se torna figura distante, mero “espectro”. Bem-vindos à Polícia Civil!

  25. Hoje pelo saiu a classificação definitiva do concurso IP-2013. Estamos aguardando a convocação do DAP. Dizem as boas línguas que está para ser publicado em breve. Estamos chegando. Não desanimem.

  26. Quem não conhece a rotina da PC pode até acreditar nas bobagens faladas nesse post. Quer dizer que os investigadores estão insatisfeitos porque querem sair das cpj para ir investigar? Ora, façam-me o favor. Quem não lhes conhece que lhes compre. Ta todo mundo sabendo porque o pessoal quer ficar à vontade. Ou é $$$$ ou é zzzzzzz. Façam o seguinte: Quando der muita vontade de trabalhar, atende os clientes da delegacia, ou então senta e espera a vontade de trabalhar passar. Normalmente passa rapidinho.

  27. EXÉRCITO DE SP kkkkkkk DO DITADOR ALCKIMIM.

    A Polícia Militar acaba de ganhar um reforço de 2.820 novos policiais que se formaram nesta quarta-feira (18) durante solenidade no Sambódromo do Anhembi. Os soldados intensificarão o patrulhamento preventivo e ostensivo das ruas. Os PMs foram selecionados em um concurso que contou com 54.350 inscritos.

    Siga o Governo no Twitter, Facebook e veja fotos no Flickr

    Os recém-formados, 2.375 homens e 445 mulheres, passaram por cerca de um ano de curso na Escola Superior de Soldados (ESSd). O curso, que começou em novembro do ano passado, teve 1.516 horas de aulas, com 49 disciplinas dos módulos básico e específico.

    “Um concurso dificílimo, o mais difícil concurso de ingresso da Polícia Militar do país. Um ano de intenso treinamento físico, intelectual para que vocês pudessem, a partir dessa formatura, se somar aos quase 90 mil homens que representam a Polícia Militar do estado de São Paulo,” afirmou o secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes.

    Entre as disciplinas, os alunos da Escola Superior de Soldados cursaram Direitos Humanos, criminalística, Método Giraldi, defesa pessoal, inteligência policial, entre outras.

    Mais reforço
    O Estado de São Paulo possui um efetivo de 87.970 policiais militares. Desde 2011, o Governo do Estado contratou 16.023 novos PMs. Além disso, já estão em curso mais 2.841 futuros soldados de 2ª classe e 571 oficiais. Em breve, outros 2.215 alunos serão nomeados e empossados para entrar na ESSd.

    Ainda estão em andamento concursos para a seleção de mais 2 mil soldados, além de 240 alunos-oficiais para a Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB).

    Do Portal do Governo do Estado

  28. Polícia Civil não é obrigada a lavrar boletins de ocorrência de fatos atípicos
    11/11/2015 · por Blog do Delegado
    Do portal do TJGO

    090714Em decisão monocrática, o desembargador Zacarias Neves Coêlho (foto) manteve decisão do juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Goiânia, Élcio Vicente da Silva, que deferiu liminar desobrigando os escrivães e demais servidores do quadro da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) a lavrar boletins de ocorrência de fatos atípicos, ou seja, fatos que não apresentem tipicidade penal.

    Em primeiro grau, o juiz acolheu os pedidos do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol) ao considerar que a disponibilidade dos servidores para registrar ocorrência de fato atípico “priva a sociedade de atendimentos de caráter de urgência, considerado o número ínfimo de servidores que deveriam se dedicar a investigar delitos e contravenções”.

    O Estado de Goiás recorreu ao aduzir que, de acordo com o artigo 50, da Lei Orgânica da PCGO, “as atribuições do cargo de escrivão de polícia não estão restritas à formalização dos procedimentos relacionados com as investigações criminais e operação policial e execução de serviços cartorários, já que, pela própria redação daquele dispositivo, é possível inferir que outras atribuições podem lhe ser atribuídas por regulamento, como é o caso da confecção de boletins de ocorrência de fatos atípicos”.

    Porém, o desembargador entendeu que a liminar deveria ser mantida, pois, segundo ele, os argumentos do juiz mostraram-se “pertinentes e juridicamente válidos”. O magistrado destacou que a medida “não esgota o objeto do processo”, já que é passível de reversão e que “não há periculum in mora reverso capaz de determinar a reforma do decisum atacado”, pois o serviço da Delegacia Virtual pode ser usado para o fim de registrar fatos atípicos. As informações são do portal do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO).

    (apenas repassando)

  29. Seu eu fosse seu patrão, eu lhe concederia reajuste salarial a troco do que? porque eu haveria de mexer com minhas economias se você já produz o necessário para minha empresa? se quer você tem sindicatos para ti representar e me pressionar ! eu como patrão uso habitualmente a palavra (crise) para me furtar de minhas obrigações legais de lhe repassar o reposição salarial obrigatória ! se ninguém me cobrar, eu fico na minha e se cobrar eu digo que estou faturando menos e por isso não posso fazer nada por você, ainda culpo o governo federal por essa crise atribuindo á ele a culpa de você estar ganhando menos , eu digo também que a culpa é da inflação ! Mas se o seu sindicato ficar no meu calcanhar, deflagrar greves, ai eu serei obrigado a rever minha postura, mas mesmo assim eu lutarei para lhe dar o menor porcentual possível e parcelados, seria algo bem insignificante para servir de exemplos para os demais que pensam em fazer o mesmo. LEMBREM-SE…EU SOU O SEU PATRÃO E VOCÊS COMEM EM MINHAS MÃOS !

    É ASSIM QUE PENSA O GOVERNADOR GERALDO ALCKIMIM DO PSDB DO ESTADO DE SÃO PAULO !

  30. Que o rendimento cai 40% é verdade, acho que até mais.. Rendimento financeiro.. Porque nao podem tomar uma nota na rua,, vender uma cana… Agora Investigar??? Kkkkk Piada Boa essa!!!! Investigador investigando??? Kkkkkkk!! Salvo poucos investigadores sérios, que têm inteligencia, a maioria nao faz porra nenhuma a nao ser jogar lama nesse cargo que é de extrema importancia se fosse executado de maneira séria…Porque a grande maiiria so corre atras de uma nota e de interesses proprios.. Por isso que essa porra esta falindo.. Olhem em suas unidades quantos Inqueritos para investigar existem.. Porque nao o fazem??? Sabe porque? Porque nao é do interesse a nao ser que haja condiçao de tomar uma nota.. Ai para mostrar produçao,, ficam pegando flanelinha na rua para fazer TC… Por essa e outras que essa a PC esta falindo,, tem que unificar com a PM ou ser engolida pelo MP mesmo.. Derrepente muda alguma coisa.. Agoara investigador na rua.. Ta fazendo qualquer coisa,, menos investigar…

  31. QUERIA SABER DO INVESTIGADOR QUE DISSE QUE É RELATIVAMENTE FÁCIL RESOLVER ROUBO DE VEÍCULO, POR QUAL MOTIVO ENTÃO ESTE TIPO DE CRIME NÃO CAI? OU AINDA PQ NÃO É SOLUCIONADO? E nem venha falar que é por estar parado na central que isso é balela

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s