Investigador da Corregedoria suspeito de perder a cabeça por conta de uma vagina…( Além de também perder o cargo vai ter que se explicar com a patroa ) 549

Imagens mostram investigador de polícia agredindo comerciante em SP

Snap 2016-02-14 at 23.21.15Comerciante é dono de uma loja de tapetes nos Jardins, área nobre de SP.
Motivo seria a reclamação de uma cliente na devolução de mercadoria.

Imagens de câmeras de segurança mostram um investigador de polícia agredindo um comerciante com socos e empurrões. O investigador trabalha na Corregedoria da Polícia de São Paulo e pode responder por abuso de autoridade. O comerciante é dono de uma loja de tapetes, nos Jardins, área nobre da capital paulista. O motivo da discussão foi a devolução de um dos tapetes da loja.

  1. SR. “HUMILDE” !, BOA TARDE, MEU AMIGO EU SÓ NÃO ENTENDO O PORQUE DESSE DESGOVERNO NÃO RECEPCIONAR A LEI FEDERAL, 51/85, INDEPENDENTE DA VINDA DA LEI TAMBÉM FEDERAL 144/14. VEJA SÓ APOSENTEI-ME-ME ANTES DA SANÇÃO DA 144/14, MAIS CONSOANTE O FATOR PREVIDENCIÁRIO, OU SEJA, SÓ DE POLÍCIA FORAM 34 ANOS, POIS O GOVERNO SEMPRE NEGAVA VEEMENTEMENTE OS MEUS PEDIDOS. VEJA SÓ CONHECI DIVERSOS COLEGAS QUE SE APOSENTARAM ATRAVÉS DA 51/85, SENDO QUE INCLUSIVE UM DELES QUANDO DA CONCESSÃO CONTAVA COM 49 ANOS DE IDADE. UM ABRAÇO…

  2. RECEM APOSENTADO disse:
    19/02/2016 ÀS 16:48
    Ao HUMILDE
    Amigão, vi que você entende bastante de aposentadoria e tomo a liberdade de lhe consultar – de graça , rsss -sobre essa decisão que mostro abaixo, que se refere a minha pessoa. Aposentei-me , pela SPPREv no inicio do ano e ainda não sei se terei paridade, pois integralidade saiu. Obrigado.

    Aposentando Voluntariamente,
    Nos termos do Artigo 3º, I, II, III, § único da EC 47/05, c/c
    art. 201, § 9º, CF/88, LC 269/81 (Certidão de Liq. de Tempo de
    Contrib. XX/2015) o(a) Sr(a). XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, RGxxxxxxxxxxxx, INVESTIGADOR DE POLICIA 1A
    CLASSE, do SQC-III-QSSP, constante do PUCT DGP XXXX/1991,
    fazendo jus aos proventos integrais

    ==========================================xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    VAMOS LA MEU CAMARADA:

    MEUS PARABENS, TU VAI GANHAR INTEGRAL E PARIDADE., SE TIVER OS CINCO ANOS NA CLASSE.IRA GANHAR O ULTIMO SALARIO DA ATIVA…………………… SEI DE COLEGAS QUE NÃO TINHA 05 ANOS NA CLASSE , AI OS ESPERTINHOS DA SPPREV SE APROVEITAM REBAIXARAM O COLEGA PARA CLASSE INFERIOR.

    O art 3º da EC 47/05 , é uma das normas que exige o fator 095……..

    exemplo=

    60 anos + 35 anos de contribuição.
    59 ANOS = 36 DE CONTRIBUIÇÃO.
    58 ANOS = 37 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO.

    mas não esquente a cabeça…. se eles te rebaixarem de classe por não ter 05 anos na classe, entre com um MS logo no primeiro pagamento…revindicando o seu direito… de se aposentar na classe que estava na ativa….

    não da boi não colega .. a diferença é pouca mas é sua………………

    quando vier o primeiro pagamento na inatividade … va ao portal de transparencia e consulte o seu nome , la tu ira conferir se a sua classe esta certa ou eles te rebaixaram ( SACANEARAM ).

    e se te sacanearam … soca o pau neles ( ms )

  3. AO HUMILDE:
    Muito obrigado pelos esclarecimentos. Vou agora mesmo conferir.

  4. Artigo 3º da E.C. nº 47/2005 – Aposentadoria Voluntária

    1.1 – Nos termos do artigo 3º da E.C. nº 47/2005

    Ressalvado o direito de opção à aposentadoria pelas normas estabelecidas pelo art. 40 da Constituição Federal ou pelas regras estabelecidas pelos arts. 2º e 6º da Emenda Constitucional nº 41, de 2003, o servidor da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, incluídas suas autarquias e fundações, que tenha ingressado no serviço público até 16 de dezembro de 1998 poderá aposentar-se com proventos integrais, desde que preencha, cumulativamente, as seguintes condições:

    trinta e cinco anos de contribuição, se homem, e trinta anos de contribuição, se mulher;
    vinte e cinco anos de efetivo exercício no serviço público, quinze anos de carreira e cinco anos no cargo em que se der a aposentadoria;
    idade mínima resultante da redução, relativamente aos limites do art. 40, § 1º, inciso III, alínea “a”, da Constituição Federal, de um ano de idade para cada ano de contribuição que exceder a condição prevista no inciso I do caput deste artigo.

    Aplica-se ao valor dos proventos de aposentadorias concedidas com base neste artigo o disposto no art. 7º da Emenda Constitucional nº 41, de 2003, observando-se igual critério de revisão às pensões derivadas dos proventos de servidores falecidos que tenham se aposentado em conformidade com este artigo.

    o art 7º da EC 41/2003 significa a paridade com o pessoal da ativa .

  5. BREJEIRINHO disse:
    19/02/2016 ÀS 17:04
    SR. “HUMILDE” !, BOA TARDE, MEU AMIGO EU SÓ NÃO ENTENDO O PORQUE DESSE DESGOVERNO NÃO RECEPCIONAR A LEI FEDERAL, 51/85, INDEPENDENTE DA VINDA DA LEI TAMBÉM FEDERAL 144/14. VEJA SÓ APOSENTEI-ME-ME ANTES DA SANÇÃO DA 144/14, MAIS CONSOANTE O FATOR PREVIDENCIÁRIO, OU SEJA, SÓ DE POLÍCIA FORAM 34 ANOS, POIS O GOVERNO SEMPRE NEGAVA VEEMENTEMENTE OS MEUS PEDIDOS. VEJA SÓ CONHECI DIVERSOS COLEGAS QUE SE APOSENTARAM ATRAVÉS DA 51/85, SENDO QUE INCLUSIVE UM DELES QUANDO DA CONCESSÃO CONTAVA COM 49 ANOS DE IDADE. UM ABRAÇO…

    BREJEIRINHO-

    é porque , este governo se acha o todo poderoso , passando por cima da constituição federal ao não reconhecer a 51/85 c/c 144/2014. como ela tem que ser reconhecida , eles fizeram pareceres interpretando a 51/85 com prejuízos
    aos policiais, com um valor de aposentadoria de 40% a menos nos proventos e sem a paridade.

    e só para lembrar que no ano de 2008 o governo de são paulo editou a lei complementar estadual de aposentadorias aos policiais civis do estado. foi a lei de nº 1062/2008.

    onde eles exigiam 30 anos de contribuição sendo no mínimo 20 anos de policia.
    eles alegavam que a LC federal 51/85, não havia sido regulamentada pelo congresso.e por isso que eles criaram a lei complementar estadual 1062/2008. e ferraram um monte de policiais , como voce te obrigando a cumprir o fator 095.
    caso fosse nesta lei hoje tu estaria ferrado ..

    agora em 2014 o congresso nacional regulamentou a LC 51/85 editando a LC 144/2014..
    é por causa desta lei que muitos policiais estão brigando na justiça…
    pois agora o governo não pode mais se segurar em uma lei estadual a 1062/2008 ..( eles ja revogaram esta maldita lei )..
    pois agora a lei 51/85 esta regulamentada… e é ela quem manda……
    e o judiciário paulista esta cheio de jurisprudencia aceitando esta LEI. para os policiais.

    em 2008, o governo de são paulo criou uma lei estadual porque nós não tínhamos uma lei federal regularizada…
    em 15 de maio de 2014 a LC 144/2014 regularizou a nossa lei federal 51/85……….

    AGORA NÓS TEMOS UMA LEI OFICIAL PRA APOSENTADORIA… É A LC 51/85.
    AGORA ELES SERÃO OBRIGADOS A ACEITAR A LC 51/85 E NOS DANDO A PARIDADE E A INTEGRALIDADE
    COM EXIGENCIA DE –

    1- POSSUIR 30 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO.
    2- TER NO MÍNIMO 20 ANOS DE POLICIA.
    3- TER ENTRADO NA POLICIA ANTES DE 1998 OU O ANO DE 2003…..

    ESTAS SÃO AS EXIGENCIAS PARA O POLICIAL PODER ENTRAR COM UM MANDADO DE SEGURANÇA NO JUDICIÁRIO
    EXIGINDO A PARIDADE E A INTEGRALIDADE. POIS É UM DIREITO DO POLICIAL CIVIL.

    ….

  6. O BREJEIRINHO.

    esse tal de ” CAUÃ ” não sabe de nada.. não manja nada… ele é um zé ninguem…

    pergunte a ele !!

    porque o cabrito caga redondo.
    aposto que ele não vai saber a resposta.

  7. Puta que pariu!!!!!!!!!!!!!!!
    5000 Dilmas por um tapete persa falsificado????????
    Caralho meu! Isso é um assalto!!! Quase um estuprocínio!!!
    O puliça podia ter descarregado a pistola no iraniano e depois batido uma e ejaculado na cara do cadáver que ainda assim SERIA LEGÍTIMA DEFESA.

    O único erro dele foi não ter atirado no iraniano e em todos os curiosos que estavam gravando com o celular.

    Depois era só ir pro motelzinho comer o cu da putinha que o acompanhava.

    Fim.

    O cara é ladrão? Não, é um policial civil. Ladrão é o iraniano.
    O policial praticou algum crime? Não, ele agiu em legítima defesa.
    O policial é corrupto? Sim, isso faz parte da instituição Polícia Civil do Estado de São Paulo. Não é crime.

  8. Humilde, parabéns pelos seus conhecimentos sobre o assunto. Queria que você fizesse um esclarecimento sobre como fica a aposentadoria daquele que ingressou na Polícia Civil após a edição das Emendas Complementares 41/03 e 47/05.

  9. O JEREMIAS – não tenho certeza mas vamos lá.

    as emendas complementares de 20 / 98- e 41/ 2003 e a 47/2005 . são regras de aposentadorias dos funcionários

    públicos comuns, ……. não são especiais. ex. func da sec fazenda.

    la é exigido para ganhar a paridade e integralidade 02 regras.:::

    1- art 6º da ec 41/2003- 60 anos e 35 de contribuição.= fator 095.

    2- e o art 3º da EC 47/2005… a cada ano passado dos 35 de contrib .. diminue se 01 ano da idade dos 60 …….
    sendo que neste art exige se o mínimo de 25 anos no serviço público. totalizando se o fator 095.
    onde o func publico policial civil ou não pode ter 58 anos de idade e 37 anos de contribuição, = 095 …

    ******************* este papo de policial civil ter entrado antes da EC 41/2003 não existe mais após o congresso regulamentar a LC 51/85 em maio de 2014 quando editou a LC 144/2014…. mas essa regra vai funcionar somente aos funcionarios públicos comuns………
    mas mesmo assim houve várias jurisprudencias a favor dos policiais devido a EC 47/05 dizer que aos que entraram
    antes de 98 e 2003 , terão direito a integralidade e a paridade. estas jurisprudencias do TJ somente aproveitou o bonde

    mas agora com a edição da 144/2014 regulamentando a aposentadoria especial do policial , em complemento a LC
    51/85.. que o governo não aceitava. não precisaremos mais do requisito de ter entrado antes de 1998 ou 2003….

    pois agora estamos com a LC 51/85 regulamentada atraves da LC 144/2014…….
    agora temos a lei própria…
    onde exige 30 anos de contribuição e ter no mínimo 20 anos estritamente de policia …somente isto…pra homem…
    quem entrou em 2003 … somente em 2023 completara 0s 20 anos , e quem ter mais 10 anos fora … é só entrar direto com pedido na aposentadoria especial voluntária do policial civil na LEI 51/85 c/c 144/2014…
    pois la diz que é integral ,, e se é integral tem que ser paritário…….= ultimo salário….

    qualquer norma diferente desta , acaba não sendo especial…. e não tera motivo para o policial pedir aposentadoria na especial , sera melhor ele esperar completar o fatos 095…..

    mas o governo não é tonto de pensar que os policiais deixarão de usufluir um direito tão ´perseguido que é a paridade e a integralidade…….. ainda mais sabendo que agora a partir de 2014 atraves da LC 144/2014 a LC 51/85 é uma lei federal regulamentada oficial ….que da direito aos policiais civis se aposentarem com todos os beneficios que a lei determina…..

    o governo vai ter que engolir a lei 51/85… pois ela é federal. e lei federal é a que manda..
    e nós temos ela como regra para nossa aposentadoria….

  10. abaixo A LEI COMPLEMENTAR 144/2014… QUE ATUALIZOU A LC 51/85.
    E REPAREM QUE LA NÃO EXIGE DATA DE ENTRADA NO SERVIÇO PÚBLICO.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

          Art. 1o A ementa da Lei Complementar no 51, de 20 de dezembro de 1985, passa a vigorar com a seguinte redação:
    

    “Dispõe sobre a aposentadoria do servidor público policial, nos termos do § 4o do art. 40 da Constituição Federal.”

          Art. 2o O art. 1o da Lei Complementar no 51, de 20 de dezembro de 1985, passa a vigorar com a seguinte redação:
    

    “Art. 1o O servidor público policial será aposentado:

    I – compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, aos 65 (sessenta e cinco) anos de idade, qualquer que seja a natureza dos serviços prestados;

    II – voluntariamente, com proventos integrais, independentemente da idade:

    a) após 30 (trinta) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se homem;

    b) após 25 (vinte e cinco) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 15 (quinze) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se mulher.” (NR)

          Art. 3o Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.
    

    Brasília, 15 de maio de 2014; 193o da Independência e 126o da República.

  11. OBESERVEM QUA LOGO NO ARTIGO 1º ESTA DIZENDO QUE ……
    ART 1º – O FUNCIONARIO POLICIAL SERA APOSENTADO…

    isso significa que não precisamos de outra lei para reger a nossa aposentadoria especial ,
    agora temos a querida lei complementar 51/85……

    éla é nossa ……

    LEI COMPLEMENTAR Nº 51, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1985

    (Vide art, 103 da Constituição)
    (Vide § 4o do art. 40 da Constituição Federal

    Dispõe sobre a aposentadoria do funcionário policial, nos termos do art. 103, da Constituição Federal.

    Dispõe sobre a aposentadoria do servidor público policial, nos termos do § 4o do art. 40 da Constituição Federal.

    (Redação dada pela Lei Complementar n° 144, de 2014)
    O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

    Art.1º – O funcionário policial será aposentado:
    I – voluntariamente, com proveitos integrais, após 30 (trinta) anos de serviço, desde que conte, pelo menos 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial;
    II – compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de serviço, aos 65 anos (sessenta e cinco) anos de idade, qualquer que seja a natureza dos serviços prestados.
    Art. 1o O servidor público policial será aposentado: (Redação dada pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    I – compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, aos 65 (sessenta e cinco) anos de idade, qualquer que seja a natureza dos serviços prestados; (Redação dada pela Lei Complementar n° 144, de 2014) (Revogado pela Lei Complementar nº 152, de 2015)

    II – voluntariamente, com proventos integrais, independentemente da idade: (Redação dada pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    a) após 30 (trinta) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se homem; (Incluído pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    b) após 25 (vinte e cinco) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 15 (quinze) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se mulher. (Incluído pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    Art. 2º – Subsiste a eficácia dos atos de aposentadoria expedidos com base nas Leis nºs. 3.313, de 14 de novembro de 1957, e 4.878, de 3 de dezembro de 1965, após a promulgação da Emenda Constitucional nº 1 de 17 de outubro de 1969.

    Art. 3º – Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.

    Art. 4º – Revogam-se as disposições em contrário.

    Brasília, em 20 de dezembro de 1985; 164º da Independência e 97º da República.

  12. EM 2008 O STF JULGOU A ADI 3817 DF.
    E O RESULTADO FOI FAVORÁVEL AOS POLICIAIS . ISSO PORQUE VARIOS ESTADOS NÃO RECONHECIAM A LC 51/85.
    AGORA ALEM DESTA ADI ELES TERÃO QUE RECONHECER A LC 144/2014…
    GOSTEM OU NÃO GOSTEM….

    TERÃO QUE ENGULIR………………………

    STF – AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE : ADI 3817 DF
    AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE. ART. 3º DA LEI DISTRITAL N. 3.556/2005. SERVIDORES DAS CARREIRAS POLICIAIS CIVIS CEDIDOS À ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA E INDIRETA DA UNIÃO E DO DISTRITO FEDERAL: TEMPO DE SERVIÇO CONSIDERADO PELA NORMA QUESTIONADA COMO DE EFETIVO EXERCÍCIO DE ATIVIDADE POLICIAL. AMPLIAÇÃO DO BENEFÍCIO DE APOSENTADORIA ESPECIAL DOS POLICIAIS CIVIS ESTABELECIDO NO ARTIGO 1º DA LEI COMPLEMENTAR FEDERAL Nº 51, DE 20.12.1985. AÇÃO JULGADA PROCEDENTE.

    Salvar • 0 comentários • Imprimir • Reportar
    Publicado por Supremo Tribunal Federal – 6 anos atrás
    2
    ResumoEmenta para Citação Inteiro Teor
    Inteiro Teor (pdf)
    Inteiro Teor (html)
    Andamento do Processo
    Dados Gerais

    Processo: ADI 3817 DF
    Relator(a): Min. CÁRMEN LÚCIA
    Julgamento: 13/11/2008
    Órgão Julgador: Tribunal Pleno
    Publicação: DJe-064 DIVULG 02-04-2009 PUBLIC 03-04-2009 EMENT VOL-02355-01 PP-00059
    Parte(s): GOVERNADORA DO DISTRITO FEDERAL
    PGDF – LUIZ LUCAS DA CONCEIÇÃO E OUTRO(A/S)
    GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL
    CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL
    ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO BRASIL – ADEPOL/BRASIL
    ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO DISTRITO FEDERAL – ADEPOL/DF
    WLADIMIR SÉRGIO REALE
    FEDERAÇÃO NACIONAL DOS POLICIAIS RODOVIÁRIOS FEDERAIS – FENAPRF
    EMANUEL SANTOS DE LIMA
    ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS DELEGADOS DE POLÍCIA FEDERAL – ADPF
    FRANCISCO REZEK
    Ementa

    AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE. ART. 3º DA LEI DISTRITAL N. 3.556/2005. SERVIDORES DAS CARREIRAS POLICIAIS CIVIS CEDIDOS À ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA E INDIRETA DA UNIÃO E DO DISTRITO FEDERAL: TEMPO DE SERVIÇO CONSIDERADO PELA NORMA QUESTIONADA COMO DE EFETIVO EXERCÍCIO DE ATIVIDADE POLICIAL. AMPLIAÇÃO DO BENEFÍCIO DE APOSENTADORIA ESPECIAL DOS POLICIAIS CIVIS ESTABELECIDO NO ARTIGO 1º DA LEI COMPLEMENTAR FEDERAL Nº 51, DE 20.12.1985. AÇÃO JULGADA PROCEDENTE.

    Inexistência de afronta ao art. art. 40, § 4º, da Constituição da República, por restringir-se a exigência constitucional de lei complementar à matéria relativa à aposentadoria especial do servidor público, o que não foi tratado no dispositivo impugnado.
    Inconstitucionalidade formal por desobediência ao art. 21, inc. XIV, da Constituição da República que outorga competência privativa à União legislar sobre regime jurídico de policiais civis do Distrito Federal.
    O art. 1º da Lei Complementar Federal n. 51/1985 que dispõe que o policial será aposentado voluntariamente, com proventos integrais, após 30 (trinta) anos de serviço, desde que conte pelo menos 20 anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial foi recepcionado pela Constituição da República de 1988. A combinação desse dispositivo com o art. 3º da Lei Distrital n. 3.556/2005 autoriza a contagem do período de vinte anos previsto na Lei Complementar n. 51/1985 sem que o servidor público tenha, necessariamente, exercido atividades de natureza estritamente policial, expondo sua integridade física a risco, pressuposto para o reconhecimento da aposentadoria especial do art. 40, § 4º, da Constituição da República: inconstitucionalidade configurada.
    Ação direta de inconstitucionalidade julgada procedente.

  13. RESUMO DA ÓPERA……………………….

    OS POLICIAIS CIVIS DE SÃO PAULO QUE ENTRARAM APÓS O ANO DE 2003 , somente perderão a paridade e a integralidade, se o congresso nacional fizer uma ALTERAÇÃO na lei complementar 51/85.
    ASSIM:

    EXEMPLO:

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

      Art. 1o A ementa da Lei Complementar no 51, de 20 de dezembro de 1985, passa a vigorar com a seguinte redação:
    

    “Dispõe sobre a aposentadoria do servidor público policial, nos termos do § 4o do art. 40 da Constituição Federal.”

      Art. 2o O art. 1o da Lei Complementar no 51, de 20 de dezembro de 1985, passa a vigorar com a seguinte redação:
    

    “Art. 1o O servidor público policial será aposentado:

    I – compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, aos 65 (sessenta e cinco) anos de idade, qualquer que seja a natureza dos serviços prestados;

    II – voluntariamente, com proventos integrais, independentemente da idade:
    aos policiais que entraram no serviço público antes da EC 20/98 e EC 41/2003…

    a) após 30 (trinta) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se homem;

    ******************* mas é difícil acontecer isso.

    REPITO: o governo vai ter que engulir a LC 51/85 com paridade E integralidade.
    30 anos de contribuição e estritamente 20 anos de policia.

  14. Colega Humilde, agradeço-lhe por ter respondido à pergunta que fiz. Suas postagens foram de grande valia para todos os policiais civis que se valem do Flit como ferramenta de informação; tanto os antigões, que já sonham com o merecido descanso, como aqueles que têm menos tempo de Casa e que um dia exercerão tal direito. Há muita desinformação no que tange à aposentadoria do policial civil, sobretudo o bandeirante, e você contribuiu bastante para saná-las. Novamente, meus sinceros agradecimentos.

  15. Um lagartixo e uma lagartixa iam de mãos dadas atravessar a rua. Ele era alto, moreno, de olhos azuis, lindo como qualquer príncipe. Ela também era alta, loira, olhos verdes, linda como uma princesa, só que tinha um rabo enorme.

    Quando estavam quase chegando no outro lado da rua, o lagartixo nota que a roda de uma bicicleta vem na direção do rabo da namorada e, num desespero de amor, ele empurra-a para cima da calçada e ela se salva.

    Mas, por uma ironia do destino, a roda da bicicleta passa bem por cima da sua cabeça e ele morre.

    Moral da história: por causa de um bom rabo muitas vezes se perde a cabeça.

  16. Parem com isso. Parece que apóiam este péssimo profissional. Para vossas senhorias é desacato a autoridade. Mas para nós é ART. 9848/65 ABUSO. lembrando que foi cometido crime contra Adm. Pública. Coisa que vossas senhorias adoram fazer pois são abusados. Alem de serem mal educados e sem respeito. Nem todo mundo é vagabundo como vossas senhorias afirmam. Por Allah, se falo isso de perto para um de vocês mesmo com todo respeito, querem prender a pessoa já. Vocês ja me faltaram com respeito umas 5 ou 6 vezes na vida, inclusive ja apanhei sem motivo. Coloquem a mão nas cabeças e tratem de ser respeitosos. E parem de ser mal educados quando atender as pessoas inclusive na delegacia. Ninguem tem culpa vossas senhorias terem escolhido este caminho no Brasil. LAMENTÁVEL LER ESTES COMENTÁRIOS ORIUNDOS DE EMERGENTES DE VIGILÂNCIA E PORTARIA. Tratem de portarem-se como POLICIAIS de VERDADE e não como EMERGENTES DE VIG. E PORT. como eu citei. Pagamos impostos e nada temos a ver se não são pagos e em casos como este, se tiver arma registrada eu atiro na polícia por legítima defesa pois estes, NÃO SÃO POLICIAIS E SIM BANDIDOS… não é atoa que pegou 11 anos… quando sair será que vai querer matar meu conterrâneo Iraquiano? LEMBREM-SE ESTÃO LIDANDO com gente de nível e RESPEITO e temos DIREITO DE RESPOSTA diante comentários de gente que parece serem CRIMINOSOS. Ora, no Iraque seriam DEGOLADOS. COLEGA SEM VERGONHA ESSE SEU HEIN…

  17. O senhor Abdoul vamos lá.
    Primeiro vc volta a uma notícia antiga no qual o servidor (q deveria ser o exemplo) foi punido exemplarmente.
    Segundo vc paga impostos e nós também.
    Terceiro Abuso e desacato são condutas diferentes e isto irá ser determinado pela autoridade. O q vc acha não se encaixa.
    Quarto vigilante e portaria… Sem comentários. Vc quer policiais exemplares mesmo estes também sofrendo todo tipo de abuso e assédio. Vc diz que não é culpa do povo o policial ganhar mal… Pois bem… Quem é que põem o político que irá pagar nossos salários.?
    Quinto Já lidei com varios de seus conterrâneos no centro de SP e a grande maioria são de pilantras. Porém não se deve generalizar a conduta de alguns com a de todos( coisa q vc fez).
    Sexto vc deve respeitar a polícia sim. O Brasil é uma bagunça mesmo, porém, o povo quer fazer valer a justiça na hora para não cair no sistema. Eu sempre falo: Policial fez ou está fazendo merd…. deixa ele fazer primeiro e depois vc vai atrás dos seus direitos. Querer bater de frente vai se dar mal. Afinal quem é q tá armado entre outras coisas? Deixe q faça e depois faça valer a justiça!
    Sétimo Quem é vc para reclamar de nossa hospitalidade ou serviço? Vc pode ser naturalizado ou qq outra coisa mas se veio p o Brasil teve um motivo. No País q o Sr deixou p trás os policiais são melhores treinados? São mais respeitosos? Ganham melhor? Se vc é de origem iraniana eu nem preciso comentar o q ocorre na sua terra natal.
    Oitavo Vc está regular no Brasil? Já chegou de maneira regular? Acho difícil dada à prática das coisas por aqui. Se o Sr. Já chegou de maneira irregular vc não tem moral alguma para vociferar o q o Sr acha ou deixa de achar.
    Nono O q dizer da galeria Page? Seus conterrâneos estão fazendo tudo corretamente por lá? Tipo contrabando, corrupção e etc? O famoso generalizar… Ruim não?
    Décimo Não está feliz? Pq vc não volta para sua terra natal onde os direitos humanos são respeitados à risca e as mulheres respeitadas? Tá vindo aqui na nossa terra e ainda vociferar contra policiais? Realmente vc não pode falar isso perto de um Polícia. Afinal se fosse do meu lado eu rebateria seus argumentos com fatos.

    Está bem claro sua frustração com a polícia brasileira e ,talvez, até mesmo com o brasileiro, mas vc está aqui ainda não? Terra das oportunidades e casa da mãe Joana. Se vc está aqui vai ter que jogar conforme o jogo. Não está feliz? A porta da rua é cortesia da casa.
    O policial foi um idiot…
    Vc trouxe uma reportagem antiga só para desabafar.
    Meteu o pau na polícia, mas está aqui mamando nas tetas de nossa terra.
    Passar bem. Um ótimo fim de semana e feriado.

  18. Ahhh seu Abdul, ia esquecendo..
    S.M.J o senhor é da terra do sadam…
    O Sr é sunita ou xiita? Quer começar a jogar pedra no telhado dos outros? Afinal quem foi mal educado?
    Realmente eu não poderia encontrar pessoalmente com o senhor, pois com certeza eu teria de prendê-lo! Tenho certeza absoluta que vc já deve ser simpatizante do jeitinho brasileiro e com certeza faz ou já fez algo ilegal.
    Toma vergonha na cara e escova os dentes antes de falar besteira a policiais, pois se o crime ainda não dominou de vez e graças a polícia.
    Vai mandar vídeo de decapitação para nós agora? Essa terra é formada por valentes e bravos. Não precisamos apedrejar mulheres em praças públicas ou fazer casamento forçado em troca de bode, dinheiro e status.
    Alinhe se com o Brasil ou deixe-o!

  19. SR. Ollopa !, SÓ QUERO SABER SÃO DOS AUMENTO$$$$$$$$$. O RESTO, DEIXA PRA LÁ. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s