Candidatos aprovados em concursos da Polícia Civil pedem socorro 93

———- Mensagem encaminhada ———-
De: Rumo à Acadepol

Bom dia, Doutor Guerra!

Gostaria que, se fosse possível, o senhor mostrasse em seu site o total descaso e falta de compromisso do governo para com os aprovados nos concursos da Policia Civil e Técnico Cientifica.

Para o senhor ter uma ideia: nos preparamos em média de um a dois anos para realizar um concurso tão concorrido. Ao todo foram quase 220 mil candidatos concorrendo as 3297 vagas, dos mais variados cargos da policia, totalizando 6645 aprovados.

Passamos por todas as fases durante 2 anos de concurso: preambular, escrita, oral, psicológica, física, investigação social – para chegar na hora da tão esperada nomeação não ter uma data ou uma perspectiva do governo.
Em entrevista durante eventos de entregas de viatura, fomos informados pelo próprio Secretário de Segurança Pública Alexandre de Moraes que, provavelmente, será chamado metade dos aprovados do concurso de Escrivão de Policia – ou seja, apenas 394 candidatos de, ao todo, 1894 aprovados que aguardam ansiosamente a carreira tão sonhada.

O pior de tudo é que, além de provavelmente ser chamada apenas a carreira de Escrivão de Policia, a outra metade teria que aguardar a situação financeira do estado melhorar e a boa vontade de nossos representantes. Vale lembrar que, segundo a SEFAZ, a arrecadação deste ano já ultrapassa a do ano passado. Ou seja, falta de verba não é desculpa! Falta compromisso com a segurança publica, com a policia civil e com os aprovados no concurso.
Enquanto somos esquecidos, a PM forma, todo o ano, em média 4 mil policiais.

Somos:

283 Delegados
1799 Investigadores
1894 Escrivães
Policia Técnico Cientifica
280 Medicos Legistas
1342 Peritos Criminais
374 Fotógrafos Técnico Periciais
161 Desenhistas Técnicos Periciais
300 Auxiliares de Necropsia
212 Atendentes de Necrotério

Imagine a força que ganharia a policia civil com esses 6645 policiais na fileiras! A atividade de policia judiciária ganharia efetivo e a população ganharia qualidade no atendimento e elucidação de crimes.

Durante janeiro e fevereiro o governador entregou diversas viaturas, tanto para a policia civil quanto para a pm, porém não há funcionários nas delegacias!
Pra maquiar, o governo desvia milhares de funcionários da prefeitura, incluindo GCM’s para fazerem os trabalhos de polícia judiciária. Enquanto isso estamos com concurso homologado sem previsão de nomeação!!

Espero que o senhor leia esse pedido de ajuda!

Desde já agradecemos!

Blog Rumo a Acadepol.

  1. Doutor Guerra, só pra complementar o post, hoje houve a nomeação, porém somente 25% de investigadores, 50% de escribas, e outras merrécas de aprovados, totalizando 1074 nomeados num universo de 6645 aprovados. Lamentável.

  2. Concurso de investigador com 1.384 vagas, apenas 346 pessoas foram nomeadas hoje, estamos aguardando a mais de dois anos, nomeação de todos os aprovados já!

  3. Dr. Guerra, o governo quer acabar mesmo com a Polícia Civil, nomeou 50 Delegados, 394 escrivães e 346 investigadores. Falta de respeito com os mais de 3000 aprovados que estão neste concurso desde 2013. Só na carreira de Delegado de Polícia existem mais de 580 cargos vagos e são 280 aprovados.

  4. Para de se apoiar na polícia militar, quando quero algo não cito vocês, cores atrás do seu sonho, não se apóie no ombro do próximo… Já começaram mal.

  5. CONVITE:
    AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Pela imediata nomeação dos 280 aprovados no concurso de DELEGADO DE POLÍCIA – DP-01/2013 e demais aprovados em todas as carreiras policiais: INVESTIGADORES, ESCRIVÃES E POLÍCIA CIENTÍFICA do Estado de SP.
    PRESENTES NESSA AUDIÊNCIA :
    -Movimento dos 280 aprovados no concurso de Delegado da Polícia Civil do Estado de São Paulo
    -ADPESP – Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo
    – Candidatos aprovados para investigadores e escrivães de polícia e para a polícia científica
    Convidados:
    -Todos os Deputados Estaduais da ALESP.
    -Governador Geraldo Alckmin
    -Secretário de Segurança Pública Alexandre de Morais
    -Delegado Geral de Polícia Youssef Abou Chahin
    -Dia 14 de Março (segunda-feira), a partir das 15h, no Plenário Teotônio Vilela,
    Iniciativa: Deputado Estadual
    Professor CARLOS GIANNAZI-P-SOL- http://WWW.CARLOSGIANNAZI.COM.BR
    Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – Palácio 9 de Julho
    Av. Pedro Álvares Cabral, 201 1° andar sala 1044 Informações (11) 3886 6686
    Ibirapuera -São Paulo/SP

  6. O que prevê o Edital do concurso ?
    Qual o prazo para prescrição dos aprovados ?

  7. Vergonha desse governo, e vergonha da cúpula da Polícia Civil, que não dá um pio sobre essa vergonha, quero ver fracionar concurso da mike, quero ver um ano não abrir pro Barro Branco, se os Coronéis não derrubam o SSP quiça o Governador.

  8. Oficial de Polícia disse:
    08/03/2016 ÀS 15:12

    Para de se apoiar na polícia militar, quando quero algo não cito vocês, cores atrás do seu sonho, não se apóie no ombro do próximo… Já começaram mal.

    Ninguém está se apoiando na gloriosa. O argumento serve apenas para demonstrar que o problema não é falta de verba. Leia direito.

  9. Uma secretaria mentirosa e sem escrúpulos. Ao final do ano passado tava tudo certo; no inicio do ano o Governador e o Secretario foram inaugurar Delegacias e entregar viaturas… Como dizem por ai, todo ano contrata a policia militar, ou seja, não é falta de dinheiro do Estado, pelo contrario, crise é para encher os bolsos de politicos pilantras que enxergam o proprio umbigo. Onde ja se viu um secretario de segurança dessa forma.. mentiroso e covarde… nem reajuste salárial para a Policia é fornecido… pelo contrario dão o DEJEC esmola…Falta de respeito não so com a policia mas tmb com a propria sociedade de uma forma geral…

  10. É uma vergonha tal situação, mas de qualquer forma, mesmo que todos os aprovados fossem chamados, mal daria para dar um fôlego nas delegacias, já que são tantos cargos vagos que talvez só o dobro desses aprovados aliviaria alguma coisa!
    Sem contar que após as nomeações ainda teremos os meses de academia, onde parte dos nomeados acaba vendo a situação da polícia e pula fora, ou porque passaram em outros concursos, ou arrumaram empregos melhores ou simplesmente por não quererem ser escravos e receberem um salário miserável pago pelo Chuchu do Palácio dos Bandeirantes!
    No meu caso, por exemplo, são quinze anos de polícia, donde acreditava que algum dia isso iria melhorar, mas só me decepcionei e hoje estou farto de tudo isso e não tenho mais esperanças que algo possa melhorar nessa polícia, ao menos enquanto o PSDB estiver no governo! Portanto, com todos os sacrifícios que passei e ainda passo, trabalhando praticamente todos os dias, estudei e passei na OAB e até julho, assim que pegar minha carteira da Ordem, irei embora dessa instituição falida!
    Sempre gostei da polícia, mas o problema é que existem pessoas que não gostam da polícia!
    Acredito que advogando serei mais feliz e com certeza mais valorizado!
    Boa sorte a todos, tanto os que aqui estão quanto os que vão entrar!

  11. E quanto aos remanescentes? Se não nomearam todos os que estão dentro das vagas, o que será então dos remanescentes? Será que já posso esquecer.

  12. Doutor, acabei de enviar um email ao senhor explicando sobre as nomeações de hoje:

    Gostaria só de dizer que hoje foram nomeados 25% do numero de vagas previstas no concurso. IMAGINE A DECEPÇÃO DOS CANDIDATOS QUE LUTARAM PARA ESTAR DENTRO DO NUMERO DE VAGAS?

    Nomeações:

    Delegado – 50 nomeações de 120 vagas.= 42% dos aprovados
    Investigadores – 346 nomeados de 1384 vagas = 25% dos aprovados
    Escrivães – 394 nomeados de 788 vagas = 50%dos aprovados
    Médicos Legistas – 25 nomeados de 140 vagas = 18% dos aprovados
    Peritos Criminais – 111 nomeados de 447 vagas = 25% dos aprovados
    Auxilares de Necropsia – 72 nomeados de 145 vagas = 50% das vagas
    Fotógrafos Técnico Periciais – 30 nomeados de 120 vagas = 25% das vagas
    Desenhistas Técnico Periciais – 14 nomeados de 55 vagas = 25% das vagas
    Atendentes de Necrotério – 22 nomeados de 89 vagas = 25% das vagas

    Da grande maioria dos concursos foram apenas chamados os 1/4 dos aprovados.

    1078 nomeados de 3278 aprovados DENTRO DO NUMERO DE VAGAS!!

  13. Um fio de esperança: corrigir remanescerão por remanesceram.
    Pior do que está não fica, agora vai melhorar, oxigenação, sangue novo, reengenharia, otimização, reestruturação, grupo de estudos, anteprojeto, currupaco lorôôô!!

  14. Um bando de bandido querendo pegar a verba do concurso para financiar as eleições. Nem se quer gastaram verba e sim utilizaram-se da vacância e exoneração apenas preenchendo cargos.

  15. tomaram uma nota da inscrições em seguida nomeia-se meia duzia de gatos pingados o resto caduca o concurso e novamente outro concurso e ai por diante até acabar o efetivo

  16. PAREM de perder tempo e procurem a IMPRENSA! Relatem tudo isso, manifestem-se. A policia esta precisando demais de vcs, no interior somos em numero cada vez menor. Não haveria necessidade desse fracionamento, ate porque o numero de aprovados hoje é INSUFICIENTE.

  17. Notícias STF
    Quarta-feira, 10 de agosto de 2011
    Aprovado em concurso dentro das vagas tem direito à nomeação
    O Supremo Tribunal Federal (STF) negou provimento a um Recurso Extraordinário (RE) 598099 em que o Estado do Mato Grosso do Sul questiona a obrigação da administração pública em nomear candidatos aprovados dentro no número de vagas oferecidas no edital do concurso público. A decisão ocorreu por unanimidade dos votos.
    O tema teve repercussão geral reconhecida tendo em vista que a relevância jurídica e econômica da matéria está relacionada ao aumento da despesa pública. No RE se discute se o candidato aprovado em concurso público possui direito subjetivo à nomeação ou apenas expectativa de direito.
    O estado sustentava violação aos artigos 5º, inciso LXIX, e 37, caput e inciso IV, da Constituição Federal, por entender que não há qualquer direito líquido e certo à nomeação dos aprovados, devido a uma equivocada interpretação sistemática constitucional. Alegava que tais normas têm o objetivo de preservar a autonomia da administração pública, “conferindo–lhe margem de discricionariedade para aferir a real necessidade de nomeação de candidatos aprovados em concurso público”.
    Boa-fé da administração
    O relator, ministro Gilmar Mendes, considerou que a administração pública está vinculada ao número de vagas previstas no edital. “Entendo que o dever de boa-fé da administração pública exige o respeito incondicional às regras do edital, inclusive quanto à previsão das vagas no concurso público”, disse o ministro, ao ressaltar que tal fato decorre do “necessário e incondicional respeito à segurança jurídica”. O STF, conforme o relator, tem afirmado em vários casos que o tema da segurança jurídica é “pedra angular do Estado de Direito, sob a forma da proteção à confiança”.
    O ministro relator afirmou que, quando a administração torna público um edital de concurso convocando todos os cidadãos a participarem da seleção para o preenchimento de determinadas vagas no serviço público, “ela, impreterivelmente, gera uma expectativa quanto ao seu comportamento segundo as regras previstas nesse edital”. “Aqueles cidadãos que decidem se inscrever e participar do certame público depositam sua confiança no Estado-administrador, que deve atuar de forma responsável quanto às normas do edital e observar o princípio da segurança jurídica como guia de comportamento”, avaliou.
    Dessa forma, segundo Mendes, o comportamento da administração no decorrer do concurso público deve ser pautar pela boa-fé, “tanto no sentido objetivo quanto no aspecto subjetivo de respeito à confiança nela depositada por todos os cidadãos”.
    Direito do aprovado x dever do poder público
    De acordo com relator, a administração poderá escolher, dentro do prazo de validade do concurso, o momento no qual se realizará a nomeação, mas não poderá dispor sobre a própria nomeação, “a qual, de acordo com o edital, passa a constituir um direito do concursando aprovado e, dessa forma, um dever imposto ao poder público”.
    Condições ao direito de nomeação
    O ministro Gilmar Mendes salientou que o direito à nomeação surge quando se realizam as condições fáticas e jurídicas. São elas: previsão em edital de número específico de vagas a serem preenchidas pelos candidatos aprovados no concurso; realização do certame conforme as regras do edital; homologação do concurso; e proclamação dos aprovados dentro do número de vagas previstos no edital em ordem de classificação por ato inequívoco e público da autoridade administrativa competente.
    Conforme Mendes, a acessibilidade aos cargos públicos “constitui um direito fundamental e expressivo da cidadania”. Ele destacou também que a existência de um direito à nomeação limita a discricionariedade do poder público quanto à realização e gestão dos concursos públicos. “Respeitada a ordem de classificação, a discricionariedade da administração se resume ao momento da nomeação nos limites do prazo de validade do concurso, disse.
    Situações excepcionais
    No entanto, o ministro Gilmar Mendes entendeu que devem ser levadas em conta “situações excepcionalíssimas” que justifiquem soluções diferenciadas devidamente motivadas de acordo com o interesse público. “Não se pode ignorar que determinadas situações excepcionais podem exigir a recusa da administração de nomear novos servidores, salientou o relator.
    Segundo ele, tais situações devem apresentar as seguintes características: Superveniência – eventuais fatos ensejadores de uma situação excepcional devem ser necessariamente posteriores à publicação de edital do certame público; Imprevisibilidade – a situação deve ser determinada por circunstâncias extraordinárias à época da publicação do edital; Gravidade – os acontecimentos extraordinários e imprevisíveis devem ser extremamente graves, implicando onerosidade excessiva, dificuldade ou mesmo impossibilidade de cumprimento efetivo das regras do edital; Crises econômicas de grandes proporções; Guerras; Fenômenos naturais que causem calamidade pública ou comoção interna; Necessidade – a administração somente pode adotar tal medida quando não existirem outros meios menos gravosos para lidar com a situação excepcional e imprevisível.
    O relator avaliou a importância de que essa recusa de nomear candidato aprovado dentro do número de vagas seja devidamente motivada “e, dessa forma, seja passível de controle por parte do Poder Judiciário”. Mendes também salientou que as vagas previstas em edital já pressupõem a existência de cargos e a previsão de lei orçamentária, “razão pela qual a simples alegação de indisponibilidade financeira desacompanhada de elementos concretos tampouco retira a obrigação da administração de nomear os candidatos”.

    Ministros

    Segundo o ministro Celso de Mello, o julgamento de hoje “é a expressão deste itinerário jurisprudencial, que reforça, densifica e confere relevo necessário ao postulado constitucional do concurso público”. Por sua vez, a ministra Carmen Lúcia Antunes Rocha afirmou não acreditar “numa democracia que não viva do princípio da confiança do cidadão na administração”.
    Para o ministro Marco Aurélio, “o Estado não pode brincar com cidadão. O concurso público não é o responsável pelas mazelas do Brasil, ao contrário, busca-se com o concurso público a lisura, o afastamento do apadrinhamento, do benefício, considerado o engajamento deste ou daquele cidadão e o enfoque igualitário, dando-se as mesmas condições àqueles que se disponham a disputar um cargo”. “Feito o concurso, a administração pública não pode cruzar os braços e tripudiar o cidadão”, completou.

    DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS VÃO TER QUE CHAMAR E ENQUANTO NÃO CHAMAREM NÃO PODERÃO ABRIR OUTRO CONCURSO. O DÉFICIT DE PESSOAL É IMENSO E O GOVERNO VAI SOFRER PRESSÃO PARA CONTRATAR PESSOAL, IMAGINEM NÃO SOLTAREM OUTRO EDITAL PARA CONCURSO DA CIVIL NOS PRÓXIMOS QUATRO ANOS….PODEMOS FECHAR AS PORTAS E O ÚLTIMO APAGAR A LUZ, PQ JÁ ESTÁ INSUSTENTÁVEL A SITUAÇÃO.
    LOGO IRÃO NOMEAR E DAR POSSE AOS APROVADOS DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS. É DIREITO DO CANDIDATO APROVADO.

  18. Sempre que o candidato for se inscrever em um concurso tem que se atentar ao edital, porem 99% dos candidatos não se preocupam com isso.
    Geralmente um concurso é valido por 2 anos, prorrogável por mais dois anos, a critério da Administração.

    Há uma jurisprudência por parte do STF em formato de Súmula na qual diz que: A Administração pública caberá abrir novo concurso para o “cargo X” ao fim do prazo máximo previsto no certame, porém, só será possível abrir mão da prorrogação de tal prazo e, consequentemente dar início à execução de novo certame, se todos aprovados remanescentes no concurso para o “cargo X” antes mencionado, forem nomeados. A justificativa do STF é evitar que seja ferido o princípio da isonomia pois, se há aprovados no certame anterior, o mesmo parte do pressuposto de que não seja necessária a abertura de novo certame até que sejam chamados todos os remanescentes aprovados no certame anterior, cumprindo por assim dizer, um exemplo de princípio da razoabilidade previsto no Art. 37, III.

  19. Notícias STF

    Aprovado em concurso dentro das vagas tem direito à nomeação

    Boa-fé da administração

    O relator, ministro Gilmar Mendes, considerou que a administração pública está vinculada ao número de vagas previstas no edital. “Entendo que o dever de boa-fé da administração pública exige o respeito incondicional às regras do edital, inclusive quanto à previsão das vagas no concurso público”, disse o ministro, ao ressaltar que tal fato decorre do “necessário e incondicional respeito à segurança jurídica”. O STF, conforme o relator, tem afirmado em vários casos que o tema da segurança jurídica é “pedra angular do Estado de Direito, sob a forma da proteção à confiança”.
    O ministro relator afirmou que, quando a administração torna público um edital de concurso convocando todos os cidadãos a participarem da seleção para o preenchimento de determinadas vagas no serviço público, “ela, impreterivelmente, gera uma expectativa quanto ao seu comportamento segundo as regras previstas nesse edital”. “Aqueles cidadãos que decidem se inscrever e participar do certame público depositam sua confiança no Estado-administrador, que deve atuar de forma responsável quanto às normas do edital e observar o princípio da segurança jurídica como guia de comportamento”, avaliou.
    Dessa forma, segundo Mendes, o comportamento da administração no decorrer do concurso público deve ser pautar pela boa-fé, “tanto no sentido objetivo quanto no aspecto subjetivo de respeito à confiança nela depositada por todos os cidadãos”.

    Direito do aprovado x dever do poder público

    De acordo com relator, a administração poderá escolher, dentro do prazo de validade do concurso, o momento no qual se realizará a nomeação, mas não poderá dispor sobre a própria nomeação, “a qual, de acordo com o edital, passa a constituir um direito do concursando aprovado e, dessa forma, um dever imposto ao poder público”.
    Condições ao direito de nomeação
    O ministro Gilmar Mendes salientou que o direito à nomeação surge quando se realizam as condições fáticas e jurídicas. São elas: previsão em edital de número específico de vagas a serem preenchidas pelos candidatos aprovados no concurso; realização do certame conforme as regras do edital; homologação do concurso; e proclamação dos aprovados dentro do número de vagas previstos no edital em ordem de classificação por ato inequívoco e público da autoridade administrativa competente.
    Conforme Mendes, a acessibilidade aos cargos públicos “constitui um direito fundamental e expressivo da cidadania”. Ele destacou também que a existência de um direito à nomeação limita a discricionariedade do poder público quanto à realização e gestão dos concursos públicos. “Respeitada a ordem de classificação, a discricionariedade da administração se resume ao momento da nomeação nos limites do prazo de validade do concurso, disse.
    Situações excepcionais
    No entanto, o ministro Gilmar Mendes entendeu que devem ser levadas em conta “situações excepcionalíssimas” que justifiquem soluções diferenciadas devidamente motivadas de acordo com o interesse público. “Não se pode ignorar que determinadas situações excepcionais podem exigir a recusa da administração de nomear novos servidores, salientou o relator.
    Segundo ele, tais situações devem apresentar as seguintes características: Superveniência – eventuais fatos ensejadores de uma situação excepcional devem ser necessariamente posteriores à publicação de edital do certame público; Imprevisibilidade – a situação deve ser determinada por circunstâncias extraordinárias à época da publicação do edital; Gravidade – os acontecimentos extraordinários e imprevisíveis devem ser extremamente graves, implicando onerosidade excessiva, dificuldade ou mesmo impossibilidade de cumprimento efetivo das regras do edital; Crises econômicas de grandes proporções; Guerras; Fenômenos naturais que causem calamidade pública ou comoção interna; Necessidade – a administração somente pode adotar tal medida quando não existirem outros meios menos gravosos para lidar com a situação excepcional e imprevisível.
    O relator avaliou a importância de que essa recusa de nomear candidato aprovado dentro do número de vagas seja devidamente motivada “e, dessa forma, seja passível de controle por parte do Poder Judiciário”. Mendes também salientou que as vagas previstas em edital já pressupõem a existência de cargos e a previsão de lei orçamentária, “razão pela qual a simples alegação de indisponibilidade financeira desacompanhada de elementos concretos tampouco retira a obrigação da administração de nomear os candidatos”.

    Ministros

    Segundo o ministro Celso de Mello, o julgamento de hoje “é a expressão deste itinerário jurisprudencial, que reforça, densifica e confere relevo necessário ao postulado constitucional do concurso público”. Por sua vez, a ministra Carmen Lúcia Antunes Rocha afirmou não acreditar “numa democracia que não viva do princípio da confiança do cidadão na administração”.
    Para o ministro Marco Aurélio, “o Estado não pode brincar com cidadão. O concurso público não é o responsável pelas mazelas do Brasil, ao contrário, busca-se com o concurso público a lisura, o afastamento do apadrinhamento, do benefício, considerado o engajamento deste ou daquele cidadão e o enfoque igualitário, dando-se as mesmas condições àqueles que se disponham a disputar um cargo”. “Feito o concurso, a administração pública não pode cruzar os braços e tripudiar o cidadão”, completou.

    DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS VÃO TER QUE CHAMAR E ENQUANTO NÃO CHAMAREM NÃO PODERÃO ABRIR OUTRO CONCURSO. O DÉFICIT DE PESSOAL É IMENSO E O GOVERNO VAI SOFRER PRESSÃO PARA CONTRATAR PESSOAL, IMAGINEM NÃO SOLTAREM OUTRO EDITAL PARA CONCURSO DA CIVIL NOS PRÓXIMOS QUATRO ANOS….PODEMOS FECHAR AS PORTAS E O ÚLTIMO APAGAR A LUZ, PQ JÁ ESTÁ INSUSTENTÁVEL A SITUAÇÃO.
    LOGO IRÃO NOMEAR E DAR POSSE AOS APROVADOS DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS. É DIREITO DO CANDIDATO APROVADO.

  20. Mudando de assunto, alguém já se inscreveu para o Dejec ?
    O prazo é de 30 dias …

    23/02/2016

    Artigo 3º. Com observância do disposto no art. 1º desta Portaria, as Diretorias Departamentais apresentarão, em 30 dias a contar da publicação desta Portaria, plano de ação especificando os objetivos eleitos e o número de policiais civis necessários em cada unidade a ser atendida.

  21. Notícias STF

    Aprovado em concurso dentro das vagas tem direito à nomeação

    Direito do aprovado x dever do poder público

    De acordo com relator, a administração poderá escolher, dentro do prazo de validade do concurso, o momento no qual se realizará a nomeação, mas não poderá dispor sobre a própria nomeação, “a qual, de acordo com o edital, passa a constituir um direito do concursando aprovado e, dessa forma, um dever imposto ao poder público”.
    Condições ao direito de nomeação
    O ministro Gilmar Mendes salientou que o direito à nomeação surge quando se realizam as condições fáticas e jurídicas. São elas: previsão em edital de número específico de vagas a serem preenchidas pelos candidatos aprovados no concurso; realização do certame conforme as regras do edital; homologação do concurso; e proclamação dos aprovados dentro do número de vagas previstos no edital em ordem de classificação por ato inequívoco e público da autoridade administrativa competente.
    Conforme Mendes, a acessibilidade aos cargos públicos “constitui um direito fundamental e expressivo da cidadania”. Ele destacou também que a existência de um direito à nomeação limita a discricionariedade do poder público quanto à realização e gestão dos concursos públicos. “Respeitada a ordem de classificação, a discricionariedade da administração se resume ao momento da nomeação nos limites do prazo de validade do concurso, disse.

    Ministros
    Segundo o ministro Celso de Mello, o julgamento de hoje “é a expressão deste itinerário jurisprudencial, que reforça, densifica e confere relevo necessário ao postulado constitucional do concurso público”. Por sua vez, a ministra Carmen Lúcia Antunes Rocha afirmou não acreditar “numa democracia que não viva do princípio da confiança do cidadão na administração”.
    Para o ministro Marco Aurélio, “o Estado não pode brincar com cidadão. O concurso público não é o responsável pelas mazelas do Brasil, ao contrário, busca-se com o concurso público a lisura, o afastamento do apadrinhamento, do benefício, considerado o engajamento deste ou daquele cidadão e o enfoque igualitário, dando-se as mesmas condições àqueles que se disponham a disputar um cargo”. “Feito o concurso, a administração pública não pode cruzar os braços e tripudiar o cidadão”, completou.

    DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS VÃO TER QUE CHAMAR E ENQUANTO NÃO CHAMAREM NÃO PODERÃO ABRIR OUTRO CONCURSO. O DÉFICIT DE PESSOAL É IMENSO E O GOVERNO VAI SOFRER PRESSÃO PARA CONTRATAR PESSOAL, IMAGINEM NÃO SOLTAREM OUTRO EDITAL PARA CONCURSO DA CIVIL NOS PRÓXIMOS QUATRO ANOS….PODEMOS FECHAR AS PORTAS E O ÚLTIMO APAGAR A LUZ, PQ JÁ ESTÁ INSUSTENTÁVEL A SITUAÇÃO.
    LOGO IRÃO NOMEAR E DAR POSSE AOS APROVADOS DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS. É DIREITO DO CANDIDATO APROVADO.

  22. JURISPRUDÊNCIA DO STF DE 2011

    SEGUE SÓ UM TRECHO, POIS É GRANDE…
    Para o ministro Marco Aurélio, “o Estado não pode brincar com cidadão. O concurso público não é o responsável pelas mazelas do Brasil, ao contrário, busca-se com o concurso público a lisura, o afastamento do apadrinhamento, do benefício, considerado o engajamento deste ou daquele cidadão e o enfoque igualitário, dando-se as mesmas condições àqueles que se disponham a disputar um cargo”. “Feito o concurso, a administração pública não pode cruzar os braços e tripudiar o cidadão”, completou.

    DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS VÃO TER QUE CHAMAR E ENQUANTO NÃO CHAMAREM NÃO PODERÃO ABRIR OUTRO CONCURSO. O DÉFICIT DE PESSOAL É IMENSO E O GOVERNO VAI SOFRER PRESSÃO PARA CONTRATAR PESSOAL, IMAGINEM NÃO SOLTAREM OUTRO EDITAL PARA CONCURSO DA CIVIL NOS PRÓXIMOS QUATRO ANOS….PODEMOS FECHAR AS PORTAS E O ÚLTIMO APAGAR A LUZ, PQ JÁ ESTÁ INSUSTENTÁVEL A SITUAÇÃO.
    LOGO IRÃO NOMEAR E DAR POSSE AOS APROVADOS DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS. É DIREITO DO CANDIDATO APROVADO.

  23. JURISPRUDÊNCIA DO STF DE 2011.
    RELATOR – MINISTRO GILMAR MENDES – VALE A PENA LER.
    MUITO GRANDE PARA POSTAR AQUI, MAS RESUMINDO…É OBRIGAÇÃO CONTRATAR TODOS OS APROVADOS DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS OFERECIDAS NO EDITAL DO CONCURSO.

  24. Enquanto isso, viaturas novas estacionadas nas portas de delegacias sem o “PRINCIPAL” o funcionário.
    SOCOOOOOOOOOOORRO CIVIL na UTI

  25. OPINIÃO DE OUTRO MINISTRO…BEM IMPACTANTE…FAZ PARTE DO MESMO JULGADO.

    Para o ministro Marco Aurélio, “o Estado não pode brincar com cidadão. O concurso público não é o responsável pelas mazelas do Brasil, ao contrário, busca-se com o concurso público a lisura, o afastamento do apadrinhamento, do benefício, considerado o engajamento deste ou daquele cidadão e o enfoque igualitário, dando-se as mesmas condições àqueles que se disponham a disputar um cargo”. “Feito o concurso, a administração pública não pode cruzar os braços e tripudiar o cidadão”, completou.

  26. Ministro Marco Aurélio, “o Estado não pode brincar com cidadão. O concurso público não é o responsável pelas mazelas do Brasil, ao contrário, busca-se com o concurso público a lisura, o afastamento do apadrinhamento, do benefício, considerado o engajamento deste ou daquele cidadão e o enfoque igualitário, dando-se as mesmas condições àqueles que se disponham a disputar um cargo”. “Feito o concurso, a administração pública não pode cruzar os braços e tripudiar o cidadão”, completou.

    UM PEQUENO TRECHO DO JULGADO, MAS BEM INTERESSANTE, UM TAPA NA CARA DOS CAÇA NÍQUEIS….

  27. Marco Aurélio, “o Estado não pode brincar com cidadão. O concurso público não é o responsável pelas mazelas do Brasil, ao contrário, busca-se com o concurso público a lisura, o afastamento do apadrinhamento, do benefício, considerado o engajamento deste ou daquele cidadão e o enfoque igualitário, dando-se as mesmas condições àqueles que se disponham a disputar um cargo”. “Feito o concurso, a administração pública não pode cruzar os braços e tripudiar o cidadão”, completou.

  28. quanto ao assunto Dejec, é uma tremenda furada, pois você só pode se inscrever para trabalhar dez dia (a 180 reais por dia), mas em outra unidade policial que não seja a sua, ou seja, os caras não fazem nada na unidade deles e você, trouxa, que deixou sua trabalho em dia (o que é bem difícil de se conseguir, dado à falta de funcionários e o volume de trabalho), vai trabalhar no seu dia de folga (quanto tiver um), para deixar o trabalho dos outros em dia!
    Em resumo, o Dejec é: Despir o seu santo para vestir o santo dos outros!
    Tô fora!

  29. Ao REMANESCENTE ILUDIDO: A polícia civil não está na UTI, pois já morreu faz tempo! Só esqueceram de enterrar!
    O correto seria: Polícia Civil no cemitério!

  30. Por isso a situaçao da PC esta assim…..começa pela demora em abrir concurso, concluir as fases e por fim para chamar…pessoal aprovado devia ir na midia como bem falou o colega acima…..300 EP? Metade vaza p tomar posse em IP

  31. E o aumento?
    O bônus?

    Vi uma resposta de dias atrás do Governo para as associações da PM e para a Imprensa que desde 2011 já foi concedido 70% de aumento salarial para as polícias, sendo que 25% acima da inflação.

    Pior que o Governo acredita mesmo nisso.

    2 anos sem aumento. No mínimo nosso salário desvalorizou 30%.
    Subiu condomínio, plano de saúde, escola das crianças e até mesmo o cafezinho e pãozinho da padoca

    E os chefes cobrando.

    Pega no meu e balança.

  32. depois que o governo de são paulo fechou as cadeias em delegacias , os 4.500 carcereiros foram desviados de funções
    forçosamente como investigadores de policia pela portaria 30 da DGP … a diferença é que os carcepas continuam ganhando como nível fundamental….e isto para o governo é muito importante..estão economizando din din …….

    então se fizermos as contas veremos que eles fizeram concursos para 1.384 vagas . mas pegaram só 346 tiras NU.

    ja pensaram que ainda existem mais de 4.000. carcereiros desviados nas funções de tira. ????????
    quantos concursos eles irão fazer , para que estes 4.000 tiras novatos substituam os carcereiros desviados ??????

    sera que até o ano de 2025 . estes 4.000.00 carcepas desviados de função , serão substituidos pelos investigadores
    oriundos da acadepol ??????????????????????

    sera ???????????????????
    sera????????????????????
    sera ????????????????????

  33. Relatem a Imprensa o volume morto de picolé de xuxu , a vergonha que esta o Estado mais rico da Federação , na segurança pois, na saude e educação tudo uma vergonha nacional além dos salarios .

    botem a boca agluém vai escutar tem internet para que afinal

  34. É uma puta falta de respeito com essa multidão de pessoas que estão correndo atrás de um sonho de uma carreira.

    É uma puta falta de respeito com os policiais que estão trabalhando em escalas absurdas.

    É uma puta falta de respeito com a População que não tem uma atendimento adequado da Polícia Civil.

    Ass. Um concurseiro.

  35. DUVIDO que o governo contrate um monte de tira …
    sendo que eles estão com mais de 4.000. carcereiros desviados de funções, trabalhando como tira………………………………… mas ganhando como nivel fundamental…..

    talvez depois do ano de 2030 o governo pegue algum tira da acadepol….
    porque somente neste anos é que os carcepas estarão se aposentando….
    ai o governo vai ficar sem saida…..
    e sera obrigado a contratar INVESTIGADORES ……………..

  36. Como assim SOMOS???
    SOMOS o caralho, VC não é porra nenhuma seu desocupado. Se ainda não te falaram, aí vai:
    Papai Noel não existe!
    Coelhinho da Páscoa não existe!
    Você NÃO É POLICIAL!
    Vá trabalhar, pare de pagar pau num sítio para policiais.
    Escrivão é a carreira mais importante e a que tem que ser tratada com mais prioridade na PC…podem gostar ou não mas essa é a verdade e qualquer policial, civil ou militar sabe disso.
    Quem dera todas as vagas q VC mencionou da PC (a qual VC NÃO pertencente) fossem para escrivão.

  37. acho que enquanto tiver este monte de carcepas desviados de função trabalhando como tira , mas ganhando
    como nivel fundamental, o governo não vai nomear nenhum tira da acadepol.. o governo ira se aproveitar desta tática
    até os carcereiros se aposentarem…………………ganhando NF mas trabalhando como NU…………………

  38. desisto me nego a comentar este assunto tão importante….
    estou sendo cerceado da minha sincera opinião……..
    fui…..

  39. É uma Puta falta de respeito com todos os aprovados que se dedicaram a passar no concurso por um sonho, por uma carreira.

    É uma Puta falta de respeito com todos os policiais que estão fazendo escalas desumana.

    É uma Puta falta de respeito com toda a População que não tem o atendimento adequado.

  40. enquanto ter carreira NF trabalhando DESVIADOS DA FUNÇÃO como carreira NU. dificilmente o governo nomeara carreira nu.

  41. só vai ter tira da acadepol quando os NF se aposentarem e parar de trabalhar desviados da função como NU

  42. A polícia Civil esta precisando de muita gente para trabalhar, pois seu efetivo esta super reduzido, o que afeta e muito a qualidade do trabalho policial…

  43. Tem que boicotar a Dejec, senão vamos virar escravos igual aos coxinhas, sem família, sem vida, sem nada, além do que há o desconto de IR e não incorpora no salário, se deixar vai acontecer igual a Era Mário Covas, este F.D.P que graças a deus já foi pro Inf. nod deixou 07 anos sem reajuste. Se aceitarmos a Dejec não haverá mais reajuste de salário, ele substituiu o Ale pelo Dejec. Boicote já, afinal é voluntário, é só não se inscrever.
    Por que não pagam o acúmulo de função como os majuras. Dejec é pra jegue, burro de carga, besta etc.

  44. Estão chamando uma parte dos candidatos por causa do Dejegue, pior que tá cheiom de puliça morto de fome e puxa-saco que vai abraçar esta patifaria. Sem luta e sacrifício não conseguiremos nada. Boicote ao Dejegue.

  45. Lembre-se você vai aposentar um dia e o Dejegue vai acabar com sua saúde e passarás fome (merecida) quando aposentar. Então colherão o que plantarem hoje. Se aceitar o Dejegue estará fadado a miséria e a minha praga que vais passar fome na aposentadoria.

  46. Conselho aos candidatos não chamados, unam-se, criem blogs, façam passeatas, chamem a atenção da mídia, procure os sindicatos, mostre para a população que o governador só contrata coxinha pra operação visibilidade (cone na esquina) e que quer a destruição da PC para evitar que ela faça o que a Federal faz. (veja o que aconteceu em São Vicente, cana da D.I.G nos políticos).

  47. O desrespeito ao policial começa antes que ele ingresse na polícia e persiste por toda sua vida funcional, culminado com a negativa de direitos na aposentadoria .

    Esta situação parece nova, mais não é. Na década de 90 fiquei dois anos também esperando para ser nomeado e a turma foi chamada em bloco de 3 vezes.

    Os plantões policiais precisam urgente de novos policiais.

    É de entristecer a constatação do fato que este é apenas o primeiro dissabor que será enfrentado pelos valorosos novos policiais.

    A administração vai dobra-los……até que quebrem.

  48. Jamiro disse:
    08/03/2016 ÀS 17:50
    Como assim SOMOS???
    SOMOS o caralho, VC não é porra nenhuma seu desocupado. Se ainda não te falaram, aí vai:
    Papai Noel não existe!
    Coelhinho da Páscoa não existe!
    Você NÃO É POLICIAL!
    Vá trabalhar, pare de pagar pau num sítio para policiais.
    Escrivão é a carreira mais importante e a que tem que ser tratada com mais prioridade na PC…podem gostar ou não mas essa é a verdade e qualquer policial, civil ou militar sabe disso.
    Quem dera todas as vagas q VC mencionou da PC (a qual VC NÃO pertencente) fossem para escrivão.

    Ooooooô você aí, valentão do teclado. Somos todos cidadãos, então tenha respeito com aqueles – não importa a carreira – que passaram no concurso e que são pessoas esforçadas e dignas que trabalham e/ou estudam. Quem foi aprovado e vem aqui comentar quer apenas falar de sua situação. Como o dono do espaço parece não ter se manifestado contra quem faz isso, vaza tu se te incomoda. Ninguém é melhor ou pior, ou mais imprescindível ou mais substituível, nem escrivães – até porque escrivão não examina ou recolhe cadáver nem faz exame pericial ou médico.

  49. O CERTO É : O GOVERNO OFICIALIZAR A CARREIRA DE : ( CARCETIRA ).

    1- CARCETIRA= carcereiro ganhando como NF só que trabalhando como NU.

  50. estes 346 tiras não da nem pra iniciar o plantão……….
    somente na minha delegacia tem uns 11 tiras com mais de 30 anos de contribuição. e a maioria diz que pegarão o bone
    e cairão fora………………………

  51. 1º Não adianta colocar artigos e parágrafos dizendo que este ou aquele tem direito, isso aqui é a republiqueta tucana, ou seja, aqui não se cumpre lei.
    2º Se ao invés de prestar concurso fossem acionistas da SABESP (bodes), com certeza já teriam seus dividendos devidamente recebidos!

    Tanto se fala em Dilma mas quem será capaz de investigar a administração tucana?

  52. A RESPOSTA ESTA AÍ:
    PM forma, todo o ano, em média 4 mil policiais.
    Somos:
    283 Delegados
    1799 Investigadores
    1894 Escrivães
    Policia Técnico Cientifica
    280 Medicos Legistas
    1342 Peritos Criminais
    374 Fotógrafos Técnico Periciais
    161 Desenhistas Técnicos Periciais
    300 Auxiliares de Necropsia
    212 Atendentes de Necrotério

    ENQUANTO NÃO HOUVER UM ENXUGAMENTO DE CARREIRAS E HAVER NO MAXIMO 4 CARREIRAS IRÁ SER ASSIM.

    POLICIAL CIVIL É POLICIAL JUDICIÁRIO TEM QUE FAZER DE TUDO UM POUCO, ASSIM COMO É NA POLICIA MILITAR, POLICIA FEDERAL, GUARDA CIVIL, AGENTE PENITENCIÁRIOS TODOS ESTES SÃO UNIDOS, SÃO DE CARREIRAS PRATICAMENTE UNICA.
    PM, PF, GCM, E ASP SÃO CARREIRAS UNICA.

  53. Não tivemos reajuste de 2015 e 2016 e nem aumento salarial e o governador querendo contratar fala serio

  54. Infelizmente essa é a realidade da Polícia: sem salário ou perspectivas de melhoras. Quem está no comando não vive dos rendimentos.
    Outra:
    Vão se acostumando a pedir socorro, na verdade, caso nomeados farão isso por toda vida funcional.
    Aproveitem os estudos e procurem algo melhor.

  55. Sem reajuste salarial de 2015 e 2016 !
    Sem aumento salarial de 2015 e 2016!
    Sem promocoes automaticas!
    Sem auxílio alimentação compatível!
    Sem valorização do NU !
    Sem valorização do NM!

    Todos desanimados esperando essas soluções e surge contratações fala serio primeiro valorize quem esta para render mais e valorizar o funciobario e depois contrata !

  56. Jamiro em 08/03/2016 às 17:50

    Como assim SOMOS???
    SOMOS o caralho, VC não é porra nenhuma seu desocupado. Se ainda não te falaram, aí vai:
    Papai Noel não existe!
    Coelhinho da Páscoa não existe!
    Você NÃO É POLICIAL!
    Vá trabalhar, pare de pagar pau num sítio para policiais.
    Escrivão é a carreira mais importante e a que tem que ser tratada com mais prioridade na PC…podem gostar ou não mas essa é a verdade e qualquer policial, civil ou militar sabe disso.
    Quem dera todas as vagas q VC mencionou da PC (a qual VC NÃO pertencente) fossem para escrivão.

    Ooooooô, vai devagar aí, valentão do teclado. Somos todos cidadãos, então tenha respeito com aqueles que passaram no concurso e que são pessoas esforcadas e dignas que trabalham e/ou estudam. Quem foi aprovado e vem aqui comentar quer apenas falar de sua situacão. Como o dono do espaco parece não ter se manifestado contra quem faz isso, vaza tu se te incomoda.

  57. OLHA AÍ O QUE NOS ESPERA! SE SEM DEJEC ESTÁ ASSIM, IMAGINA COM!

    Jornal Tribuna Moratense
    5 de março às 16:59 ·

    ESCRIVÃO DA POLÍCIA CIVIL MORRE EM FRANCISCO MORATO

    Ontem o Escrivão Freitas, em serviço pelo plantão na delegacia de Francisco Morato, ajudando um Policial Militar que enquanto legitimava um preso, este tentou fugir agredindo o Escrivão Com uma Cotovelada, O Preso entrou em luta Corporal com o escrivão e Policiais Militares que apresentavam a ocorrência.

    Com a confusão o Escrivão começou a Passar mal e infartou, Sendo socorrido ao Hospital Lacaz não resistiu, entrando em Óbito

    O Preso foi autuado por Tráfico de drogas resistência a Prisão e por Homicídio.

    O Escrivão foi Velado e enterrado neste sábado em Fco Morato

    Por
    RENATA LOVENTTAL equipe de apoio JORNAL TRIBUNA MORATENSE

  58. Algumas ponderações:

    1 – espero que os candidatos vejam que o nosso inimigo principal é o PSDB. O PT, apesar de tantas burradas e desvios, costuma valorizar o funcionário público. Basta ver o salário da PF, receita federal etc.
    Triste saber que muitos dos que estão reclamando votaram no Alckmin na eleição passada. Agora aguentem.

    2 – Não adianta reclamar que faltam policiais na delegacia, qualidade de atendimento etc.
    O governo sabe disso, a imprensa o apoia e a sociedade é facilmente manipulada. Acontece que, apesar de alguns torcerem contra, o fim da polícia civil está chegando, provavelmente com a unificação das polícias.

    3 – Os delegados não representam e não defendem o restopol (investigador, escrivao etc). Eles já estão ganhando bem e enchendo o bolso de dinheiro. Alguns de forma lícita ( já que ganham bem), outros que ganham por fora em suas confortáveis cadeiras. Basta ver se algum “poderoso” da PC se levantou de sua confortável cadeira para defendê-los.

    4 – Levantem as mãos para o céu se todos forem nomeados, pois apesar de haver um direito subjetivo quem está dentro das vagas, há situações excepcionais, entre elas (a mais temida da atualidade): crise econômica.

    5 – A PC precisa de Policiais com P maiúsculo, não de funcionários públicos. Todo ano, policiais são exonerados, demitidos, aposentados, falecimentos, fora os funcionários públicos que fingem que trabalham e sobrecarregam os demais. Espero que entrem para fazer a diferença.

  59. Jamiro disse:

    08/03/2016 ÀS 17:50

    Como assim SOMOS???
    SOMOS o caralho, VC não é porra nenhuma seu desocupado. Se ainda não te falaram, aí vai:
    Papai Noel não existe!
    Coelhinho da Páscoa não existe!
    Você NÃO É POLICIAL!
    Vá trabalhar, pare de pagar pau num sítio para policiais.
    Escrivão é a carreira mais importante e a que tem que ser tratada com mais prioridade na PC…podem gostar ou não mas essa é a verdade e qualquer policial, civil ou militar sabe disso.
    Quem dera todas as vagas q VC mencionou da PC (a qual VC NÃO pertencente) fossem para escrivão.

    Ooooooô você aí, valentão do teclado. Somos todos cidadãos, então tenha respeito com aqueles que passaram no concurso e que são pessoas esforçadas e dignas que trabalham e/ou estudam. Quem foi aprovado e vem aqui comentar quer apenas falar de sua situação. Como o dono do espaço parece não ter se manifestado contra quem faz isso, vaza tu se te incomoda.

  60. Chamei um cara para instalar uma TV num painel : 150 reais ( 40 minutos)

    Chamei um cara para instalar torneira elétrica : 100 reais (30 minutos)

    Fui no dentista apertar o aparelho: 200 reais (15 minutos )

    Fui num neurologista de confiança: 500 reais (1 hora de consulta)

    Chamei um cara pra montar um guarda roupa: 130 reais (1 hora)

    DEJEC: 12 horas de plantão. Sujeito a tiros, escolta e fuga de presos, planilhas mendigos doentes, aguentar família com jumbo. ..e mais uma caralhada de coisas: 180 REAIS!!!

    SÓ EU QUE TÔ MALUCO?

    DEJEC tinha que ser 100 conto a hora trabalhada na sua folga.

    Tirar na sua folga 12 HORAS DE PLANTÃO por 180 conto sem direito ao Jota do almoço e jantar, mais gasolina…..

    Vai se foder os passa-fome

  61. Pessoal

    Porque voces não se unem e vão em peso protestar na frente da SSP com nariz de palhaço, camisetas e cartazes com a foto do careca escrito FORA ADVOGADO DO PCC!!!!!

    Esses 6 mil aprovados no concurso de 2013 poderia se unir a voces la na frente da SSP. Voces deveriam jogar ovos na fachada, ligar o giroflex bem alto em forma de protesto e pedir ao alckimn a cabeça desse secretário. Ja passou da hora de tirar aquele LIXO da SSP. Tem que colocar alguem honesto e de pulso firme pra comandar a secretaria.

  62. Ciclo Completo e Carrera Única disse:
    08/03/2016 às 19:48

    Algumas ponderações:

    1 – espero que os candidatos vejam que o nosso inimigo principal é o PSDB. O PT, apesar de tantas burradas e desvios, costuma valorizar o funcionário público. Basta ver o salário da PF, receita federal etc.
    Triste saber que muitos dos que estão reclamando votaram no Alckmin na eleição passada. Agora aguentem.

    2 – Não adianta reclamar que faltam policiais na delegacia, qualidade de atendimento etc.
    O governo sabe disso, a imprensa o apoia e a sociedade é facilmente manipulada. Acontece que, apesar de alguns torcerem contra, o fim da polícia civil está chegando, provavelmente com a unificação das polícias.

    3 – Os delegados não representam e não defendem o restopol (investigador, escrivao etc). Eles já estão ganhando bem e enchendo o bolso de dinheiro. Alguns de forma lícita ( já que ganham bem), outros que ganham por fora em suas confortáveis cadeiras. Basta ver se algum “poderoso” da PC se levantou de sua confortável cadeira para defendê-los.

    4 – Levantem as mãos para o céu se todos forem nomeados, pois apesar de haver um direito subjetivo quem está dentro das vagas, há situações excepcionais, entre elas (a mais temida da atualidade): crise econômica.

    5 – A PC precisa de Policiais com P maiúsculo, não de funcionários públicos. Todo ano, policiais são exonerados, demitidos, aposentados, falecimentos, fora os funcionários públicos que fingem que trabalham e sobrecarregam os demais. Espero que entrem para fazer a diferença.

    Falou tudo

    Se esses 6 mil aprovados no concurso de 2013 votarem no PSDB agora em 2016 pra vereador e prefeito e em 2018 votarem no (aécio aspirada tudo) tem mais é que se foder mesmo. O PSDB além de um partido CORRUPTO é engana trouxas. Quando o PSDB fala do PT é o sujo falando do mal lavado

    Podem falar o que quiser do PT, mimimi pra cá, mimimi pra lá, mas foi o governo do PT que transformou a Polícia Federal na melhor polícia da américa latina. Quando Lula pegou o governo de FHC nem ofice-boy queria ser da PF, a instituição estava falida, desorganizada, sumida, passava quase que despercebida pela sociedade. A PF nos anos 90 andava de santana.

    Foi o governo do PT que mudou a cara da gloriosa, hoje esta quase impossível ingressar na Policia Federal, é uma das profissões mais disputadas do país, antigamente a profissão da moda era ser médico e engenheiro. Hoje é ser policia federal. Todo mundo quer ser PF por ser a instituição mais gloriosa e renomada de segurança publica do país.

    Então amiguinhos, voces que passaram no concurso da civil, mas votam no PSDB, saiba que é o PSDB que não te chama pra trabalhar. Na próxima eleição votem em quem voces quiser, mas não votem no PSDB.

  63. Charles disse:
    08/03/2016 ÀS 19:27
    Sem reajuste salarial de 2015 e 2016 !
    Sem aumento salarial de 2015 e 2016!
    Sem promocoes automaticas!
    Sem auxílio alimentação compatível!
    Sem valorização do NU !
    Sem valorização do NM!

    Todos desanimados esperando essas soluções e surge contratações fala serio primeiro valorize quem esta para render mais e valorizar o funciobario e depois contrata !

    CONCORDO !

  64. Não há mais o que fazer: Existem aprovados que não são nomeados, enquanto isso as delegacias estão sem funcionários e quem fica se sobrecarrega, alopra e sai de licença, não sendo substituído por ninguém. IPs parados, cobranças do Judiciário, pede se prazo sobre prazo e assim vai. Aí voce ve que estamos sem reajuste salarial, sem reposição, auxílio alimentação para 4 dias, tudo aumentando assustadoramente, daí voce não consegue cumprir suas obrigações em casa e devido à isso voce arruma mais um problema na vida. Aí nossos superiores sentadinhos em suas respectivas cadeiras nos cobram ferrenhamente e voce já está prá lá de aloprado. Ainda temos que esconder a profissão, antes pelas críticas e hoje pela bandidagem que quer nossa pele, estes, aliás, cientes que estão num país com leis brandas e inócuas, fazem o que querem e não estão nem aí com a PC ou com a PM, se virar vítima na mão deles morre!!! Ainda acham que alguém está preocupado conosco?????? Alguém fará algo por nós??????

  65. Nada mudou ... A solução é dotar a Polícia de orçamento próprio e liga-lá diretamente ao MP. disse:

    Analisando os fatos e posição do Governo, percebo que a polícia cada vez mais está à serviço da Política e não da sociedade.

    Esses políticos são mestres na arte de enganar a sociedade e maquiar a verba desviada, os quais também só querem saber de ganhar votos em diversas etapas: Anúncio do Concurso; Nomeação; Ingresso na Acadepol; Término da Acemia e Apresentação dos policiais nas Unidades. Sendo que agora fracionando concursos de 3 anos de duração em 4 vezes, imagine quanta propaganda positiva para o Governo e manipulação do povo teremos ainda.

    A solução pode ser tirar a polícia do governo, dotando de orçamento próprio e a alocando diretamente ao MP, pois de qualquer outra forma a polícia estará sendo usada pelo Governo somente para ganhar votos, fazer favores aos mais ricos e ceder por pressões políticas.

    O DGP não pode ir contra nem cobrar a pessoa que o indicou, resumindo, ele tem que se virar como o que tem e fazer o melhor, senão é pé na bunda.

  66. Morre tanta gente assim neste Estado pra ter tanto Auxiliar de Necropsia e Atendente de Necrotério ?

  67. Lamentável ler uma coisa dessas, realmente a política do governo é fazer a Polícia Civil operar com capacidade mínima, com funcionários desmotivados, cansados e sem muitas esperanças de melhorias…

    Aí oferecem o DEJEC para trabalharmos em nossas folgas ou na licença prêmio… RS.

    Realmente, Polícia investigativa não interessa a muita gente…

    É péssimo esperar por um resultado negativo, mas infelizmente, pelos números, chamaram pouco… Pessoal, vão em frente, façam outros concursos! Não se abatam! Talvez tenha sido o melhor, arrisquem em outros Estados!

  68. Meu chefe chamou as duas equipes da chefia que removem presos,fazem O.S,Disque Denuncia,Audiencia de Custodia,e disse que que ainda temos de fazer 3 flagrantes cada equipe no mes além dos 4 no minimo operação Patrimonio denominada pelo Diretor do Decap que acho que não tem o que fazer e fica bolando essas m….. nós só não mandamos ele se f… porque nossa educação não foi essa e ele não tem culpa.

  69. Outra mais ,ninguem do DP onde trabalho deixou o nome pra fazer a tal DEJEC,a Seccional disse que vai mandar pegar no laço!!

  70. O pessoal tem que ficar é ligeiro com estas DEJEC’s.

    Vai por mim.

    O policial já sobrecarregado com as multitarefas, com a saúde precária, com elevado nível de stress e moral abatido se ir no

    oba-oba do trampo e no gás dos cadeiras, para pegar uma bucha e bater a bunda na corregedoria serão dois palitos.

    Nós ainda veremos, infelizmente, aqueles que por necessidade, terem que ficar rebolando para se livrar de piças,

    mesmo trabalhando honestamente.

    Vós vereis e lembrar-vos-eis.

    Não desencorajo ninguém a deixar de fazer DEJEC’s, mas, preste atenção em como você é, está e o que tem que ser feito,

    onde e com quem.

    Depois que estiver na fritura e dizer adeus a benefícios tais como licença-prêmio, posição na lista de promoção, consciência

    em paz e tiver o prontuário manchado não adiantará chorar, afinal, as DEJEC’s serão remuneradas, e o policial não estará

    de favor.

  71. Precisam buscar o direitos a nomeação na justiça, em protestos, buscar apoio de políticos que sejam vereadores, prefeitos e deputados, os não nomeados precisam pressionar o governo, ao contrário não serão nomeados, e o concurso irá caducar.

  72. Desrespeito total…! O Sr. Governador, esforçando-se para se manter dependurado no mais baixo degrau da “escada” do bom senso ofereceu “milgalhas” para a Polícia Civil… Enquanto isso, nomeia milhares de PMs anualmente. É vergonhoso saber que o mais rico estado da Federação age dessa forma com sua polícia judiciária. Fico imaginando: Se já é assim antes de entrar, imaginem só depois?

  73. Doutor Guerra, muito obrigado pela atenção e por sua postagem!

    Gostaria só de dizer que hoje foram nomeados 25% do numero de vagas previstas no concurso. IMAGINE A DECEPÇÃO DOS CANDIDATOS QUE LUTARAM PARA ESTAR DENTRO DO NUMERO DE VAGAS?

    Nomeações:

    Delegado – 50 nomeações de 120 vagas.= 42% dos aprovados
    Investigadores – 346 nomeados de 1384 vagas = 25% dos aprovados
    Escrivães – 394 nomeados de 788 vagas = 50%dos aprovados
    Médicos Legistas – 25 nomeados de 140 vagas = 18% dos aprovados
    Peritos Criminais – 111 nomeados de 447 vagas = 25% dos aprovados

    Auxilares de Necropsia – 72 nomeados de 145 vagas = 50% das vagas
    Fotógrafos Técnico Periciais – 30 nomeados de 120 vagas = 25% das vagas

    Desenhistas Técnico Periciais – 14 nomeados de 55 vagas = 25% das vagas

    Atendentes de Necrotério – 22 nomeados de 89 vagas = 25% das vagas

    Da grande maioria dos concursos foram apenas chamados os 1/4 dos aprovados.

  74. ISSO LEVA A CRER QUE ESTES QUE FORAM APROVADOS INVESTIRAM SEU INTELECTO EM CONCURSO ERRADO.
    REZO PARA QUE ESTES TENHAM SIDOS ABSORVIDOS EM OUTROS CONCURSOS DE MELHORES INSTITUICOES.

  75. NÃO ESTÃO PERDENDO MUITO ESTUDEM MAIS UM POUCO PORQUE A POLICIA JUDICIÁRIA DE SP ESTA EM EXTINÇÃO.

    INVESTIGADORES E AGENTES POR FALTA DE REORGANIZAÇÃO OU REESTRUTURAÇÃO ESTÃO VIRANDO CARCEREIROS, CARGO EXTINTO E QUE SÓ EXISTE NA POLICIA CIVIL DE SP.

    INVESTIGADORES COM NÍVEL SUPERIOR ESTÃO PEDINDO EXONERAÇÃO COM NOJINHO DE PEGAR EM PRESO, BEM COMO OS (MOTORISTAS) AGENTES POLICIAIS.

    ESCRIVÃES NIVEL SUPERIOR ESTÃO PEDINDO EXONERAÇÃO QUANDO DESCOBREM QUE A RESPONSABILIDADE É GRANDE E O SALÁRIO É POUCO.

    QUEM CONHECE O SISTEMA NÃO FICA PEDE PRA SAIR.

    QUEM TEM PROFISSÃO/GRADUAÇÃO/TÉCNICO NÃO QUER FICAR PONDO AS MÃOS LIMPAS DE NIVEL SUPERIOR EM PRESOS SUJOS E DOENTES QUE A POLICIA MILITAR PRENDE.

  76. ESSE NEGÓCIO DE CHAMAR PARCELADO DE 25% – (uma academia virou 4) FOI ÓTIMO PARA OS PROFESSORES DA ACADEMIA QUE VÃO RACHAR O CU DE DAR AULA E GANHAR DINHEIRO DESTILANDO SEU GRANDE CONHECIMENTO !

  77. eu comi a bruna lombardi disse:
    ESSE NEGÓCIO DE CHAMAR PARCELADO DE 25% – (uma academia virou 4) FOI ÓTIMO PARA OS PROFESSORES DA ACADEMIA QUE VÃO RACHAR O CU DE DAR AULA E GANHAR DINHEIRO DESTILANDO SEU GRANDE CONHECIMENTO !

    Comentário melhor impossível!

  78. Extinto Carcepol 2005 disputado 60 por vaga - Investipol 2005 Laçados 3 por vaga disse:

    Todos Carcepol que entraram em 2005, entraram com a ilusão da Reestruturação da Polícia Civil.
    Conclusão nada foi cumprido por este mesmo governo, então aos novos Recrutas da Polícia Civil sejam bem vindo ao mundo de ilusão policial…
    Vcs não terão mais tempo de estudar pra outro concurso, ficaram amarrados nesta instituição engolindo sapo, com escalas de serviços de até 72h. Semanais, sem chance de estudar pra outro concurso sem contar com os perseguidores e arbitrários que trabalham na corregedoria que querem suja seu nome pra fazer estatística com a desgraça dos outros. Nm.

  79. Demorei 2 anos para tomar posse p/ escriba, éramos trezentos e poucos calças brancas, já na academia 70 desistiram, nos primeiros meses de trabalho, pouco mais de 40 pediram exoneração.
    Moral da história desses 400 escribas nomeados hoje, sem dúvida nenhuma, metade desistirá antes de completar um ano ou nem tomarão posse e alguns poucos pés rapado, como eu, por necessidade, conseguirão concluir o estágio probatório. Enquanto isso a PC-SP desce ladeira abaixo.

  80. Não entendi já que não tem dinheiro no caixa para pagar reajuste de 2015 e 2016 como consegue nomear novos cargos?

    Sem falar em aumento salarial e sim em reajuste !

  81. CONCORDO COM O COLEGA
    eu comi a bruna lombardi disse:
    ESSE NEGÓCIO DE CHAMAR PARCELADO DE 25% – (uma academia virou 4) FOI ÓTIMO PARA OS PROFESSORES DA ACADEMIA QUE VÃO RACHAR O CU DE DAR AULA E GANHAR DINHEIRO DESTILANDO SEU GRANDE CONHECIMENTO !

    HOJE TODOS ESTÃO FAZENDO UM CURSO DE ATENDIMENTO AO PUBLICO, SO PARA DAR AULAS PROS DELEGAS,
    E ASSIM QUE FUNCIONA A POLICIA CIVIL, CADA UM CUIDANDO DO SEU CORRE E QUE SE FODA OS OUTROS.

  82. Tem que se mexer, vamos pressionar políticos, imprensa, sindicatos e associações. disse:

    10/03/2016 16:20
    Debate sobre a situação de concursados aprovados e não nomeados
    Da assessoria do deputado Carlos Giannazi

    Download Giannazi em reunião com delegados concursados

    Durante a recepção em 3/3, na Assembleia Legislativa, de cerca de vinte concursados para o cargo de delegado da Polícia Civil do Estado de São Paulo, Carlos Giannazi (PSOL) disse que levará à tribuna a luta ” pela posse legítima e imediata dos concursados também das carreiras de Investigador, Escrivão e Polícia Técnico Científica ” dos 280 habilitados no concurso de 2013 e organizará audiência pública ” já marcada para o dia 14/3, às 15h, no auditório Teotônio Vilela da Alesp ” para a qual convidará a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Adpesp); o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp); o governador Geraldo Alckmin; o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, e o delegado geral da Polícia Civil, Youssef Abou Chahin.

    O objetivo é pressionar o governo estadual a chamar à posse esse contingente. “A população está, mais uma vez, sendo prejudicada em relação à prestação do serviço na área da Segurança Pública, pois encontra delegacias abandonadas, fechadas, na capital e mais de 200 cidades sem nenhum delegado ou funcionários para atender às ocorrências”, argumentou o parlamentar, que com um projeto de decreto legislativo já tramitando nas comissões permanentes do Parlamento batalha pela derrubada do decreto do governador que proíbe a contratação de funcionários públicos nos mais diversos setores da administração direta e indireta do Estado.

    carlosgiannazi@uol.com.br

  83. Socorro eles vão pedir quando ingressarem na instituição…. Sejam espertos e caiam fora antes!!!

  84. Gastei R$3000,00 com esse concurso com idas e vindas em suas infinitas fases, perdi dois anos depositando toda minha esperança e projeto de vida nesse concurso, por isso me encontro necessitado e desesperado com essa situação, angustia e desânimo se juntam em desespero, ainda mais agora que só nomearam 25% dos aprovados, o sofrimento é tamanho que diante da situação venho tendo pensamentos ruins, e me encontro psicologicamente enfraquecido, é um descaso sufocante aos aprovados.

  85. Vamos falar a real: Está demorando muito sim. Entretanto esse desespero parte principalmente dos concurseiros. Antes de prestar a preambular só querem saber do salário. Depois que passam, ficam na fúria de serem nomeados pois não querem voltar a estudar, pagar cursinho e muitos estão sem trabalhar há tempos só para estudar. Esse é um dos motivos das polícias estarem nessa situação: está cheia de concurseiros que só querem salário e estabilidade. Precisa ter sangue de polícia para honrar as duas instituições. Tem um monte de candidatos que só estão no certame por MS, pois não foram capazes de passar em um teste físico que beira o ridículo. Esse povo encara/vai encarar um cidadão no DP como “mais serviço” e o trata mal sem se preocupar com o trauma/violência que a vítima ali na frente dele acabou de sofrer. Já estão xingando tudo e a todos sem ter a menor ideia do que os espera na polícia(politicagem/carga horária/excesso de serviço/falta de material/politicagem/sujeira)… Ainda está em tempo de reconsiderarem a posse do cargo.

  86. Sou a favor de novas nomeações, mas antes disso deveria pagar o Reajuste de 2015 e 2016 para depois nomear!!!!!!

    Prefiro trabalhar por dois do que ficar sem reajuste !!!!!

  87. Com tanta roubalheira na política, com tantas desculpa esfarrapadas em dizer que o estado não tem verba pra nomear os candidatos aprovados no concurso da policia civil, que chega desanimar qualquer ser humano!! Vc passa dois, três anos estudando pra prestar uma prova e vc passa nela porque vc fez a sua parte e o estado (o governo de sp) não cumpre com o combinado!! Uma palhaçada isso ai, to estudando pra prestar o concurso, no ano passado foi falado que sairia o edital, e depois foi prorrogado para 2017! Porque o país estava em crise por conta dos políticos que roubou! Estamos chegando no final de 2017 e nada, nem previsão de quando vai sair! Talvez depois da copa 2018!? Fora os que estão esperando a nomeação, aqueles que fizeram a prova em 2013!? Um desrespeito para nós futuros policias que pretende proteger a sociedade arriscando a nossa própria vida!!

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s