1. Lula disse em 1988: “No Brasil é assim: quando um pobre rouba, vai para a cadeia, mas quando um rico rouba ele vira ministro.” KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  2. E o caso Celso Daniel, prefeito de Santo André?
    Entre outros muitos rolos, tinha rolos ligados ao transporte público ali na região.

    O inquérito policial concluiu que os criminosos sequestraram Celso Daniel por engano, e que o confundiram com uma outra pessoa, um comerciante cuja identidade não foi revelada, e que seria o verdadeiro alvo do sequestro. AAAAAAH TÁAAAAAAAAAAA. E O MENOR QUE ATIROU.

    No dia 19 de Janeiro, os criminosos souberam pelos jornais que tinham sequestrado o prefeito de Santo André. Eles ficaram com medo e resolveram desistir. Monstro ordenou a Edson que a vítima fosse “dispensada”. Segundo os outros integrantes da quadrilha, Monstro quis dizer com isso que Celso Daniel deveria ser libertado. Contudo, Edson entendeu que deveria matar o prefeito. Edson contratou um menor conhecido como “Lalo” para matar a vítima. Edson, Lalo e Celso Daniel foram até a estrada da Cachoeira, em Juquitiba, e Edson deu a ordem para Lalo matar o prefeito. Dois dias depois, o corpo de Celso Daniel foi encontrado, com oito perfurações a bala.

    A família de Celso Daniel não ficou satisfeita com o resultado do primeiro inquérito policial, que disse que o prefeito foi vítima de crime comum, assassinado por engano por uma quadrilha de sequestradores. Para a família do prefeito, o crime teve motivação política.

    Após a morte de Celso Daniel foram ainda assassinadas sete outras pessoas, todas em situações misteriosas:

    Dionísio Aquino Severo – Sequestrador de Celso Daniel e uma das principais testemunhas no caso. Uma facção rival à dele o matou três meses após o crime.
    Sergio – ‘Orelha’ – Escondeu Dionísio em casa após o sequestro. Fuzilado em novembro de 2002.
    Otávio Mercier – Investigador da Polícia Civil. Telefonou para Dionísio na véspera da morte de Daniel. Morto a tiros em sua casa.
    Antonio Palácio de Oliveira – O garçom que serviu Celso Daniel na noite do crime pouco antes do sequestro. Em fevereiro de 2003.
    Paulo Henrique Brito – Testemunhou a morte do garçom. Levou um tiro, 20 dias depois.
    Iran Moraes Redua – O agente funerário que reconheceu o corpo do prefeito jogado na estrada e que chamou a polícia em Juquitiba, morreu com dois tiros em novembro de 2004.
    Carlos Delmonte Printes – Legista que atestou marcas de tortura no cadáver de Celso Daniel, foi encontrado morto em seu escritório em São Paulo, em 12 de outubro de 2005.
    Um dos promotores do caso mostrou ao menor que alegou ter atirado no prefeito, uma foto de Celso Daniel. Este não conseguiu reconhecer a pessoa na foto, sendo posta em dúvida a hipótese de ele ter sido o autor dos disparos que vitimaram Celso Daniel.
    E AÍ? UM GOVERNO METIDO EM ALGO ASSIM, NÃO PODERÍAMOS ESPERAR ALGO DIFERENTE. O PT TEM QUE ACABAR.

  3. Ei, longe de defender pt, ou qq outro partido, mas no caso “Celso Daniel” a polícia política do PSDB foi a responsável pela apuracao dos fatos. Vamos abrir os olhos…
    Não misture alhos com bugalhos.

  4. Ontem dia 07/03/16 o JN mostrou uma reportagem dizendo que havia aumentado o numero de crimes relacionados a furto de água tendo como vítima a Sabesp, os chamados “gatos”. O que ela não informou nessa reportagem é que o atual proprietário deste motel é um delegado da DISE de Diadema, mostrou apenas o gerente que foi preso, pois este estabelecimento tinha um dispositivo que não computava a água fornecida. Será que é mais um caso comum de pessoas serem donos de imoveis, estabelecimentos comerciais, sitios…etc…e alegarem não ser seus???? Será que teve BO no Deic, ou corporativismo?

    http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2016/03/sabesp-treina-tecnicos-para-descobrir-fraudes-na-conta-de-agua-em-sp.html

  5. DOUTOR GUERRA!!!
    MANDE UM ALÔ PARA O MEU CHEFE, POR FAVOR!!!
    DEU-ME A ÓTIMA NOTÍCIA QUE MINHAS FÉRIAS FORAM CANCELADAS!
    QUEM QUISER SINTA-SE À VONTADE PARA HOMENAGEAR MEU CHEFE!!

  6. CAIRÁ TODOS SECRETÁRIOS DE SEGURANÇA QUE SÃO PROMOTORES , 7AMBÉM AQUELES QUE ESTÃO EM CARGO MUNICIPAL, KKKKKKKKKKKKKKK disse:

    Renan RamalhoDo G1, em Brasília

    O Supremo Tribunal Federal(STF) decidiu proibir que membros do Ministério Público, como promotores e procuradores de Justiça, exerçam cargos fora da instituição. A decisão impede que o novo ministro da Justiça, Wellington Cesar Lima e Silva, procurador de Justiça da Bahia, permaneça no governo federal.

    Caso queira se manter, ele terá 20 dias, a partir da publicação da ata do julgamento, prevista para próxima segunda-feira (14), para pedir exoneração definitiva e abrir mão da carreira no Ministério Público.

    Os ministros entenderam que um membro do Ministério Público só pode trabalhar fora da instituição como professor.

    O entendimento valerá também para promotores e outros procuradores de Justiça que ocupam cargos executivos nos estados.

    Os ministros acertaram que, em até 20 dias após a publicação da ata do julgamento — que ocorrerá na próxima segunda (14) –, eles devem deixar os cargos no Executivo ou abrir mão em definitivo da carreira no Ministério Público, caso queiram ocupar cargos fora da instituição.

  7. De. Guerra, acaba de sair decisão do STF sobre a incompatibilidade de membros do MP na função de Secretários ou Ministros de Estado.
    Como de fato não sei e tenho esperança que seja do conhecimento do Senhor, o SSP de SP é membro do MP ou já é aposentado?

  8. CAIRÃO TODOS SECRETÁRIOS DE SEGURANÇA QUE SÃO PROMOTORES , TAMBÉM AQUELES QUE ESTÃO EM CARGO MUNICIPAL, KKKKKKKKKKKKKKK disse:

    O Supremo Tribunal Federal(STF) decidiu proibir que membros do Ministério Público, como promotores e procuradores de Justiça, exerçam cargos fora da instituição. A decisão impede que o novo ministro da Justiça, Wellington Cesar Lima e Silva, procurador de Justiça da Bahia, permaneça no governo federal.

    Caso queira se manter, ele terá 20 dias, a partir da publicação da ata do julgamento, prevista para próxima segunda-feira (14), para pedir exoneração definitiva e abrir mão da carreira no Ministério Público.

    Os ministros entenderam que um membro do Ministério Público só pode trabalhar fora da instituição como professor.

    O entendimento valerá também para promotores e outros procuradores de Justiça que ocupam cargos executivos nos estados.

    Os ministros acertaram que, em até 20 dias após a publicação da ata do julgamento — que ocorrerá na próxima segunda (14) –, eles devem deixar os cargos no Executivo ou abrir mão em definitivo da carreira no Ministério Público, caso queiram ocupar cargos fora da instituição.

    Wellington Cesar Lima e Silva tomou posse no Ministério da Justiça na semana passada. Ele substituiu José Eduardo Cardozo e a troca foi alvo de críticas por associações de policiais federais, que temiam interferência em investigações da Polícia Federal, subordinada à pasta.

    Dos 11 ministros da Corte, oito já haviam votado para atender a pedido do PPS para suspender a nomeação do ministro. Até a última atualização desta reportagem, manifestaram-se assim os ministros Gilmar Mendes (relator), Edson Fachin, Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Dias Toffoli, Luiz Fux e Cármen Lúcia.

    Contra o pedido, havia votado somente Marco Aurélio Mello, por entender que a ação usada pelo PPS não era adequada para o pedido. Faltam ainda os votos de Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.

    Primeiro a votar no julgamento, Gilmar Mendes considerou que a Constituição proíbe membros do MP no Executivo, ainda que afastados provisoriamente do cargo. Para ele, um promotor ou procurador de Justiça só pode exercer cargos dentro do próprio Ministério Público.

    “Ao exercer cargo no Poder Executivo, o membro do Ministério Público passa a atuar como subordinado ao chefe da administração. Isso fragiliza a instituição Ministério Público, que pode ser potencial alvo de captação por interesses políticos e de submissão dos interesses institucionais a projetos pessoais de seus próprios membros”, afirmou Gilmar Mendes.

    Em seu voto, ele também recomendou a “imediata exoneração” de todos os membros do MP que estejam exercendo cargo em outros Poderes. Segundo ministro, atualmente existem 22 promotores ou procuradores nomeados em órgãos do Executivo federal, estadual ou municipal.

  9. CAIRÃO TODOS SECRETÁRIOS DE SEGURANÇA QUE SÃO PROMOTORES , TAMBÉM AQUELES QUE ESTÃO EM CARGO MUNICIPAL, KKKKKKKKKKKKKKK disse:

    Delegados da Federal vão dominar as SSP dos Estados.

  10. Jamiro,

    O Dr. Alexandre de Moraes deixou o MP há anos, especialmente em razão da incompatibilidade agora em julgamento.
    Ele requereu exoneração para se dedicar ao magistério , advocacia e política, atualmente conta apenas 47 anos de idade.

    Trajetória de Alexandre de Moraes

    Alexandre de Moraes é formado pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP), em 1990, onde também obteve os títulos de doutor em Direito do Estado (2000) e livre-docente em Direito Constitucional (2001).

    Foi professor associado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, tendo sido Chefe do Departamento de Direito do Estado da FADUSP no biênio 2012-2014, professor titular da Universidade Presbiteriana Mackenzie e das Escolas Superior do Ministério Público de São Paulo e Paulista da Magistratura; além de professor convidado de diversas escolas da Magistratura.

    Em 1991, foi o primeiro colocado no Concurso de Ingresso à Carreira do Ministério Público do Estado de São Paulo, tendo sido promotor de Justiça de 1991 a 2002. Em janeiro de 2002, aos 33 anos de idade, foi nomeado o mais novo secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania da história do Estado de São Paulo, exercendo o cargo até maio de 2005, quando foi eleito para o CNJ.

    De agosto de 2004 a maio de 2005, também acumulou a presidência da antiga Fundação do Bem-Estar do Menor (Febem/SP), hoje Fundação CASA. Em junho de 2005, foi nomeado pelo presidente da República membro da 1ª composição do Conselho Nacional de Justiça (biênio 2005-2007). De agosto de 2007 a junho de 2010, exerceu os cargos de secretário municipal de Transportes de São Paulo, acumulando as presidências da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e SPTrans (São Paulo Transportes – Companhia de Transportes Públicos da Capital) e, também, a titularidade da Secretaria Municipal de Serviços de São Paulo de fevereiro de 2009 a junho de 2010.

    Alexandre de Moraes é autor de diversas obras jurídicas, entre elas livros sobre direito constitucional, direitos humanos, agências reguladoras e legislação penal especial.

    Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública, com informações do Portal do Governo

  11. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/03/1748149-maioria-do-stf-vota-para-anular-nomeacao-de-novo-ministro-da-justica.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado.

  12. Senhores a dimensão da decisão do stf, altera a composição de poder no estado, o partido ministerio publico, deixa de existir., nao podem inclusive concorrer a eleição., quem entrou pos 1988.

  13. As prefeituras mesmo com dificuldades estão concedendo reajuste normalmente para seus servidores e o Estado por que não, falta de planejamento? ou descaso?

    Cadê o reajuste 2015 e 2016?

  14. Boa noite!

    Senhoras e Senhores.

    O “poder” entorpece e deixa o sujeito achando que pode tudo. Alguns deles também crê que possuem ações nominais da eternidade.

    E para adentrar neste mundo paralelo, alguns ainda se sujeitam a muitas atitudes e conveniências estranhas. Parecido como a um ritual. Este ritual ao que consta, no início os interessados se acham fortes e potentes.

    Mas no transcorrer do processo eles descobrem que são somente “mais um” no meio de outros tantos e que somente servem como “peão” para atender aos anseios de uma minoria que insiste em dominar à tudo e à todos indistintamente.

    Cabe aos honestos neste momento tomarem cuidado no que tange à “decisões” pois não se sabe, tampouco se calcula, quantos já estão contaminados.

    A luta é difícil mas não impossível.

    Caronte.

  15. Não entendi já que não tem dinheiro no caixa para pagar reajuste de 2015 e 2016 como consegue nomear novos cargos?

    Sem falar em aumento salarial e sim em reajuste !

  16. A quadrilha de São Vicente, por envolver crentes, era dezena, se fossem católicos, seria NOVENA?
    Beleza o currículo acadêmico do SSP. Mas falta-lhe o essencial:EXPERIÊNCIA DE VIDA, ou seja, o que muitos policiais antigos têm e os novos NÃO,=HISTÓRIA PRA CONTAR

  17. DECISÃO S.T.F. PAULADA NA CABEÇA DA VÍBORA QUE ESTAVA EM TUDO QUE É CANTO. AGORA SÓ FALTA TIRÁ-LAS DA MÍDIA. O PESSOAL DA LAVA JATO NÃO TRABALHA?NÃO DÁ EXPEDIENTE? POIS ESTÃO NA TV A TODA HORA.

  18. Colega disse:

    09/03/2016 ÀS 23:33

    Não entendi já que não tem dinheiro no caixa para pagar reajuste de 2015 e 2016 como consegue nomear novos cargos?

    Sem falar em aumento salarial e sim em reajuste !

    Então, (futuro?) colega, só sei que houve os concursos e pessoas – eu, inclusive – foram aprovadas. Quando reclamar das nomeações, lembre-se de nós quando pintar homicídio em que a perícia leva horas para chegar porque não há pessoal.

  19. DEZENA? Fosse eu, queria toda sexta-feira. FRIDAY PAY DAY, haha.

  20. São Vicente, apenas? Muitos outros prefeitos e vereadores são criminosos, inclusive do PSDB. O MP e a polícia precisam cair pra cima e desmascarar antes das eleições.

  21. Jamiro disse:
    09/03/2016 ÀS 21:01
    De. Guerra, acaba de sair decisão do STF sobre a incompatibilidade de membros do MP na função de Secretários ou Ministros de Estado.
    Como de fato não sei e tenho esperança que seja do conhecimento do Senhor, o SSP de SP é membro do MP ou já é aposentado?

    Vc se esquece que aqui na republica tucana não se cumpre lei nem pareceres, aqui o que vale é o entendimento do chuchu!

  22. QI-2 disse:
    10/03/2016 às 10:28

    Jamiro disse:
    09/03/2016 ÀS 21:01
    De. Guerra, acaba de sair decisão do STF sobre a incompatibilidade de membros do MP na função de Secretários ou Ministros de Estado.
    Como de fato não sei e tenho esperança que seja do conhecimento do Senhor, o SSP de SP é membro do MP ou já é aposentado?

    Vc se esquece que aqui na republica tucana não se cumpre lei nem pareceres, aqui o que vale é o entendimento do chuchu!

    Gesuízzzz!!!
    Se o cara é advogado, como poderia ainda pertencer ao MP????
    Contestar é válido, mas precisa um mínimo de discernimento. Do contrário, é esperneio sem fundamento.

  23. Caro colega, a falta de reajuste salarial é fruto de sindicatos que só sabem bajular o secretário, só sabem fazer romarias e só se interessam em aposentadorias. Tem que ligar lá nos sindicatos e perguntar o que eles estão fazendo para melhorar a vida do policial civil. Vai ter greve? Vai ter mobilização? Vai ter operação padrão? Esse sindicato que está aí pelo jeito não serve pra nada. Na próxima eleição do sindicato, vote na chapa da oposição.

  24. Como pode alegam que está sem dinheiro no caixa para pagar reajuste de 2015 e 2016 e como conseguem nomear novos cargos?

    Sem falar em aumento salarial e sim em reajuste !

    Deixando claro que sou a favor de contratações, mas antes pagar o justo !

  25. Agora precisava uma decisão do STF dizendo que lugar de PM é no patrulhamento ostensivo e não de porteiro de tribunal , câmaras municipais e qualquer lugar que não seja fazendo ronda a pé ou de viatura.

  26. Com um curriculum destes, e o MP está questionando as estatísticas da SSP.

  27. Não estou defendendo ninguém, mas o pedido de prisão do Lula é fumaça.

  28. Seria oportuno uma mini reestruturação, aglutinando as carreiras de Carcereiro, Auxiliar de Papiloscopista e Agente Policial em uma nova carreira intitulada Agente de Polícia, com exigência para ingresso de nível médio e adequação salarial, bem como a elevação da exigência de nível superior para as carreiras de Papiloscopista e Agente de Telecomunicações, também com a devida adequação salarial. Oportuna também seria uma revisão nos critérios de promoção, fixando um interstício de 5 ou 7 anos para a promoção automática, até a classe especial. São pequenas mudanças, que motivariam os policiais e cujas despesas seriam menores do que as causadas pela atual política de bônus, que inclusive não contempla toda a comunidade policial civil.

  29. Sera que o MP conseguiu fundamentar bem em algum inciso do 312 do CPP? Espero que sim

  30. Língua Ferina disse:
    10/03/2016 às 8:29

    A quadrilha de São Vicente, por envolver crentes, era dezena, se fossem católicos, seria NOVENA?
    Beleza o currículo acadêmico do SSP. Mas falta-lhe o essencial:EXPERIÊNCIA DE VIDA, ou seja, o que muitos policiais antigos têm e os novos NÃO,=HISTÓRIA PRA CONTAR

    Só que os velhos da policia civil 99% são corruptos. Os novos policiais entram limpos, não são corruptos e fazem polícia de verdade. Sendo assim, prefiro andar com gente de CARÁTER sem história pra contar do que andar com LIXOS RECOLHAS cheio de história pra contar.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s