Análise – Policiais abatidos 27

pmesp

Rafael Alcadipani* – O Estado de S.Paulo

24 Maio 2016 | 18h 46

No último domingo, 22 de maio, ao acordar na cidade de Boston, Estados Unidos, e ligar a televisão local, havia as imagens de inúmeras motos da polícia, em linha, abrindo a passagem para um carro funerário. Nele, estava o corpo de um policial que fora morto naquela madrugada ao abordar um suspeito dentro de um carro. A TV estava há horas repercutindo a história, e assim prosseguiu. Policiais de toda a redondeza da cidade de Aurun, onde o policial trabalhava, deslocaram-se para prestar as últimas homenagens ao policial que morreu cumprindo o seu dever. As polícias de toda a região uniram esforços e o atirador foi preso horas depois. O governador do Estado se pronunciou, assim como demais autoridades. Em conversa com policiais nos EUA, eles me relataram que os próprios bandidos evitam ao máximo matar policiais. Sabem que o peso da lei recairá de maneira forte sobre os assassinos de policiais que serão perseguidos e presos a longas penas.

No mesmo final de semana, dois agentes da lei foram assassinados em São Paulo. Em ambos os casos, os policiais foram executados em casa. No caso de um guarda municipal no interior do Estado, ele não apenas foi morto, mas tentaram degolar o seu corpo. Tive acesso a um áudio de um colega do GMC morto em que, desesperadamente, desabafava “nós estamos sendo abatidos como animais!”. Em levantamento realizado pela assessoria do deputado federal Subtenente Gonzaga, que computa as mortes de policiais no Brasil, fica claro o tamanho do problema. Nos dois primeiros meses deste ano, 140 policiais foram mortos no Brasil. Os dados ainda estão incompletos. Recente reportagem de ‘O Estado de S. Paulo’ mostra que um PM é assassinado a cada quatro dias no Rio de Janeiro. O assassinato de colegas é parte cotidiana da vida do policial no Brasil. Nada, absolutamente nada, é feito tanto pela sociedade (que naturalizou as mortes), quanto pelos governos. Policiais estão sendo abatidos às dezenas, semanalmente em todo território nacional. Isso sem falar nas grandes dificuldades que policiais enfrentam em seu cotidiano. O absurdo que encaram em seu dia a dia faz com que o discurso do ‘confronto’, da ‘guerra’ e do enfrentamento ganhem força em detrimento da ação policial inteligente e planejada. Os chamamentos ‘à forra’ são crescentes. Mas, no limite, o recrudescimento do confronto apenas irá levar a mais morte, a mais dor. O problema é que enquanto a nossa sociedade e os nossos governos não enfrentarem a epidemia da execução dos policiais brasileiros, teremos grandes dificuldades para avançar uma reforma das instituições de Justiça Criminal, tão urgente ao Brasil. A situação é alarmante. É impossível ver seus amigos e colegas serem abatidos e manterem a serenidade. Governo e sociedade não podem seguir lavando as suas mãos sujas de sangue, sangue de policiais que colocam a sua vida em risco para proteger a sociedade. O caso dos EUA mostra que é preciso a elaboração de políticas que protejam os policiais e também articulações da sociedade para que este quadro de horror seja revertido.

* Rafael Alcadipani é professor de Estudos Organizacionais da FGV-EAESP e visiting scholar no Boston College, EUA

  1. O Brasil está em guerra! Muito simples! O Brasil já está tomado pelos marginais, eles são muito mais bem armados que os policiais, essa é a realidade. São mais organizados, têm mais recursos… Vocês veem aquele armamento todo usado por aqueles bandos de roubo à banco, empresa de carro forte? Os fuzis dos traficantes? Pistolas automáticas com carregadores enormes?

    Governante nenhum está preocupando com isso porque eles sempre estão com uma equipe de proteção pessoal ótima e visto que só querem poder, não podem tomar medidas drásticas e correr o risco de não ganharem a eleição, por isso, mantêm o status quo.

    Para nós policiais só nos resta nos prepararmos o máximo que der, manter nossas armas em bom funcionamento, treinarmos tiro, andarmos atentos, alerta total e contarmos com um pouco de sorte, porque poucos têm condições de comprar carro blindado e caso tenham, o Exército proíbe blindagem decente e criminosos portam fuzis cuja munição atravessa a blindagem permitida, então estamos todos vulneráveis mesmo…

    E tocando bem na ferida mesmo, muitas das mortes é, sim, culpa dos próprios policiais.

    É inadmissível que um policial perca um combate para 1 ou 2 criminosos armados de revólver e pistola…

    A realidade é que muitos andam desatentos mesmos, não tem responsabilidade com seu armamento e treino, não praticam exercícios físicos, não praticam lutam, assim fica difícil! Ter um ferro na cintura não quer dizer nada!!!

    Se o grupo de criminosos tiver 3 ou mais integrantes, com submetralhadoras, fuzis… Aí fica complicado mesmo, mas ser morto por um mané com um revólver .38 é inaceitável!

    Vamos nos preparar para guerra! Estar preparado é tudo!

    Comprem colete balístico de uso dissimulado, 1.500 reais… Comprem pistolas mais confiáveis, cuidem bem das suas pistolas, comprem revólver de back-up, comprem revólver .357… vão ao estande com muita frequência!

    Reclamar do governo não garante a sobrevivência na rua…

    Eu não quero enterro bonito, não quero discurso emocionante, eu quero viver, estar com meus amigos e aproveitar a vida!

    O preço da liberdade é a eterna vigilância!

    Se queres a paz, prepare-se para a guerra!

  2. Lá nos EUA um civil (sem nenhuma ligação com polícia ou forças armadas) pode ter quantos fuzis quiser, em alguns lugares pode inclusive sair de casa portando esses fuzis, com pistolas em coldres ostensivos…

    Já aqui no Brasil nós não temos liberdade para nada.

    Há a ridícula restrição de calibre, como se um 22 ou 32 não fizesse o mesmo serviço que um 45…

    Os bandidos têm muito mais liberdade que nós… O Brasil é dos criminosos!

    O governo compra espingarda pump action para a gente combater criminoso de fuzil automático 7.62/5.56… Ou compra aquelas submetralhadoras com munição de pistola…

    Policial não pode comprar fuzil para ter em casa ou no carro…

    Ah, novidade, lançaram aqui no Brasil um “fuzil” carabina, na verdade, semi-automática calibre .380 pros civis poderem fingir que podem ter a mesma coisa que é permitida nos EUA kkkkk

    Por isso eu treino muito corrida de velocidade… Se eu vejo um bandido desse eu saio correndo em disparada…

  3. Aqui é um país onde não existem leis, cujas estão repletas de brechas por onde o criminoso acaba se beneficiando, tanto no tempo como no regime da pena. Hoje a bandidagem sabe que a cadeia será curta e crime leve não existe pena. O porte de arma deveria ter uma pena de reclusão de 5 anos, acrescida de mais 3 se calibre restrito ou antecedente de crime contra o patrimonio, já o roubo deveria ter pena de 15 anos reclusos integralmente, assim como 30 o latrocínio, todos sem benefício algum, à serem cumpridos de ponta à ponta. Receptação, principalmente de veículos, 5 anos, mesmo que o veículo não esteja identificável ( se nao tem número é o que???), juntamente com a proibição de leilões, os quais alimentam, com suas “notas fiscais”, diversas motocicletas e automóveis que não possuem identificação alguma. Quanto à nós, ACRESÇA UM TERÇO DA PENA CASO O CRIME SEJA COMETIDO CONTRA QUALQUER AGENTE DO ESTADO!!! Matou ou atentou contra policial????? 30 de ponta à ponta, sem mordomias, sem sexo, sem jumbo e sem celular, tranca dura………..bom chega, estou sonhando!!!! Quero ver se assim vagabundo sai matando pai de família e policial como vem fazendo há tempos. Fui!!!

  4. É o pessoal da Fundação Casa recebeu 11% de aumento. Viva a Polícia Civil.

  5. Concordo em partes com o “sincero sempre”;

    Só que ir ao estande, e praticar tiro, é um pouco caro para os padrões de um policial operacional (seja PM ou PC), e comprar um colete, é válido, mas R$ 1.500,00 pra quem tem dividas a pagar é um pouco pesado, na verdade é o estado quem deveria dar melhores condições de treinamento e equipamento ao policial, e é claro Leis que o protejam e valorização salarial. Mas muita coisa concordo com você, tem muito policial que dá bandeira mesmo, e acaba morrendo por vacilo. Fico muito triste com essa divisão nas policias, se fossemos unidos, quando um policial fosse morto, teríamos todos os esforços da policia investigativa para apurar os fatos, e prender o culpado, e o patrulhamento feito pela policia ostensiva na rua onde mora um policial, sempre seria reforçado e com uma atenção especial para evitar furtos, roubos ou até mesmo assassinato com o colega de profissão.
    Mas infelizmente vivemos em um país onde é cada um por si.

  6. Finalmente um texto a favor dos policiais brasileiros! É a mais pura verdade! Como podemos combater o crime se estamos mais preocupados e não sermos mortos pelos bandidos? Como podemos ir para a linha de combate se não sabemos se vamos voltar e, para piorar, se não voltarmos, temos certeza que nossas famílias ficarão desamparadas? Como exigir que o policial trabalhe em prol da sociedade, se esta mesma sociedade está contra o policial? Como querer que o policial investigue, trabalhe, combata a criminalidade se ele mal consegue se sustentar e nem dar o sustento necessário à sua família, muitas vezes morando em favelas, ao lado dos bandidos que deveria combater? Como querer solução de crimes se não tem nem água para beber na delegacia, quanto mais computador, impressora, pessoal, estrutura etc?
    Na situação que se encontra as policias brasileiras, é um milagre que ainda existam alguns crimes sendo solucionados e alguns bandidos sendo presos ou mortos!
    Lamentável!

  7. Concordo em partes com o sincero sempre. É verdade que muitos Policiais ficam desatentos. Porém é realidade que Policial não tem onde cair morto a não ser o chão. Outra coisa… Se tiver dois malas contra vc, pode ser de revolver ou pistola, vc já está em desvantagem e o resultado provavelmente será contra o Policial. No mais isso aqui não é filme de Hollywood não, já vi cadáver com tiro no ombro e já vi detento com dois tiros de 45 na cabeça e sem sequela (parece surreal mas não é, eu vi com meus próprios olhos) e já vi colega tomar oito tiros de 40 e sair vivo, como tb já vi colega tomar tiro na perna e morrer. Tiros são totalmente imprevisíveis e muitas vezes fatais, logo se vc se depara com dois capirotos suas chances são ínfimas ”dependendo da cena”. Mas sim muitas das mortes dos policiais são por descuido dos mesmos e o resto pela falta de Leis mais rígidas contra os criminosos e etc. Cai naquele famoso ”sistema” que por fim acaba por cair a culpa no povo que pôs os políticos que votam as mesmas Leis (que podem foder com eles mesmos e por isso não as deixam passar) que prejudicam o Povo e a Policia. Também o que esperar de quem pode votar seu próprio aumento e votar a mesma Lei q pode beneficiá-lo ou prejudicá-lo? Demos muito poder a esses monstros (políticos) e este é o resultado.

  8. ESTAMOS E SEMPRE ESTAREMOS ABANDONADOS PELO ESTADO…

    SOMOS UMA INSTITUIÇÃO QUE NASCEU PARA SERVIR E PROTEGER MAS, QUE NÃO TEM PROTEÇÃO E NEM É SERVIDA!
    O DESGOVERNO NÃO NOS RESPEITA, NÃO NOS DÁ CONDIÇÕES DE TRABALHO E NOS TRATA APENAS COMO UM NÚMERO.
    MORREU? CONTRATA OUTRO! (QUE ALIÁS, FAZ TEMPO QUE O GOVERNO NÃO CONTRATA E NÃO REPÓE O NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS NECESSÁRIOS).
    COM AS AUDIÊNCIAS DE CUSTÓDIA, CRIOU-SE UM “ALVARÁ” PARA A PRÁTICA DE CRIMES POIS, O BANDIDO É PRESO NUM DIA, E SOLTO NO DIA SEGUINTE.
    SEI QUE VÃO APARECER “DOUTORES” PHD EM DIREITO CRIMINAL AFIRMANDO QUE ISSO OCORRE POR CONTA DE FLAGRANTES MAU ELABORADOS ETC.ETC.ETC. MAS, NA VERDADE, O QUE OCORRE É O NÍTIDO “ACORDO” ENTRE O DESGOVERNO E O JUDICIÁRIO PARA SOLTAR O MÁXIMO DE VAGABUNDOS POSSÍVEL POIS AS CADEIAS ESTÃO SUPERLOTADAS E NÃO TEM MAIS ONDE ENFIAR LADRÃO.
    EU TIVE UM CASO TÍPICO DE “ABERRAÇÃO” DE AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA ONDE NA “FAMIGERADA OPERAÇÃO DO DECAP”, PRENDEMOS UM TRAFICANTE QUE VENDIA MACONHA, SENDO QUE FOI FEITA A COMPRA DO ENTORPECENTE POR UM DE NOSSOS POLICIAIS, AO SER DADA VOZ DE PRISÃO O TRAFICANTE RETIROU DE SEU TÊNIS UM PACOTE CONTENDO VÁRIAS OUTRAS PORÇÕES DE ENTORPECENTE IDÊNTICAS ÀQUELA COMERCIALIZADA, A NOTA MARCADA FOI APREENDIDA, EU PRENDI A POUCOS METROS UM OUTRO INDIVÍDUO QUE FUMAVA TRANQUILAMENTE UM “CHARUTO” DE MACONHA E DESAVISADO CAMINHAVA NA DIREÇÃO DA BIQUEIRA, ONDE FOI ELABORADO O T.C. E O MESMO CONFIRMOU QUE O LOCAL SE TRATAVA DE UM PONTO DE TRÁFICO , E
    PASMEM, “NO DIA SEGUINTE, O VAGABUNDO ESTAVA AQUI NO DISTRITO PARA PEGAR OS SEUS PERTENCES POIS SEGUNDO ELE, A PROMOTORA NÃO ENCONTROU FUNDAMENTOS PARA TRÁFICO” E O COLOCOU NA RUA!
    SINCERAMENTE, ESTAMOS NOS MATANDO PARA CUMPRIR METAS NESSAS OPERAÇÃOES “FANTA” E LITERALMENTE “ENXUGANDO GELO!”
    A CERTEZA DA IMPUNIDADE, DÁ AO CRIMINOSO A MAIS ABSOLUTA CONFIANÇA DE QUE O COMETIMENTO DE CRIMES, NÃO LHE TRARAÁ MAIORES CONSEQUÊNCIAS E QUE EM BREVE, MAS, MUITO BREVE MESMO, ELE ESTARÁ DE VOLTA À SUA PRÁTICA COSTUMEIRA.
    O QUE PODERÁ ACONTECER AO VAGABUNDO QUE MATA UM POLICIAL? (AO INVERSO DO POLICIAL QUE MATA O VAGABUNDO). POR MAIOR QUE SEJA SUA CONDENAÇÃO, SUPONDO QUE SEJA DE 30 ANOS, ELE NÃO FICA MAIS QUE CINCO ANOS NA CADEIA E LOGO ESTARÁ NAS RUAS PRONTO PARA TIRAR A VIDA DE MAIS UM PAI DE FAMÍLIA!
    OUTRA COISA QUE FAZ COM QUE O VAGABUNDO TENHA CADA VEZ MAIS CORAGEM, É O FATO DE ALÉM DE ESTAREM CADA VEZ MAIS BEM ARMADOS, A POLÍTICA DOS DIREITOS “DOS MANOS” E A PROPAGANDA NEGATIVA DA IMPRENSA QUE JOGA A SOCIEDADE CONTRA A POLÍCIA, ESTÃO TOTALMENTE À SEU FAVOR, SENDO QUE O POLICIAL SE ESENTE COM MEDO DE SENTAR O PAU NESSES LIXOS E ACABAR INDO PARAR NA CADEIA.
    NÃO HÁ QUE SE COMPARAR COM OS EUA ONDE OS POLICIAIS SÃO IDOLATRADOS E O POVO TEM EDUCAÇÃO, COM UM PAÍS DE TERCEIRO MUNDO ONDE OS POLICIAIS SÃO EXECRADOS E O POVO ELEGE PALHAÇOS E ANALFABETOS PARA REPRESENTÁ-LO!
    EM PÉ DE DESIGUALDADE, SEGUIMOS LUTANDO NO COMBATE AO CRIME QUE SE ORGANIZA CADA VEZ MAIS E INVESTE CADA VEZ MAIS EM ARMAMENTO E LOGÍSTICA PARA SE PERPETUAR., E O ESTADO SUCATEADO E INCOMPETENTE, NÃO NOS COLOCA EM PÉ DE IGUALDADE AO MENOS COM CONDIÇÕES PARA O ENFRENTAMENTO.
    HÁ POUCO TEMPO EU TROQUEI TIROS COM UM VAGABUNDO QUE VEIO ME ASSALTAR NA PORTA DE CASA E EMBORA BALEADO, O “MALA” VEIO PRA CIMA TENTANDO TOMAR MINHA ARMA POIS ESTA FALHOU POR TER UMA MUNIÇÃO PRESA AO CANO. (ENGASGOU). A ARMA É UMA PISTOLA .40 MODELO PT 100 QUE NÃO COSTUMA FALHAR. MAS, NA HORA “H” FALHOU. CULPA DA MUNIÇÃO QUE O ESTADO NOS FORNECE. “A BALA NÃO TEM FORÇA NEM PRA GERAR OS GASES NECESSÁRIOS PARA EJETAR A CÁPSULA”. (BALA VELHA). POR SORTE CONSEGUI DESENGASGAR A PISTOLA E MANDEI O VERME PRO INFERNO!
    TENHO UM AMIGO QUE MORA NA ITÁLIA, E QUE QUERIA ME MANDAR UMA CAIXA DE MUNIÇÃO REMINGTON QUE CUSTA LÁ 22 EUROS, E NÃO CONSEGUIU POIS ESBARRA NA BUROCRACIA.
    E MESMO QUE CONSEGUISSE IMPORTAR A MUNIÇÃO, NÃO TERIA CONDIÇÕES DE USÁ-LA POIS MINHA PISTOLA AINDA SE ENCONTRA APREENDIDA E ESTOU USANDO DOIS REVÓLVERES 38, UM DE CARGA E OUTRO PARTICULAR.
    DESEJAR QUE O ESTADO TENHA O MÍNIMO DE BOM SENSO, É QUERER MUITO. MAS, FICA A PERGUNTA: SE O POLICIAL ESTÁ ASSUMINDO A AUTORIA DOS DISPAROS, A ARMA ESTÁ SENDO APRESENTADA, POR QUÊ APREENDER POR TANTO TEMPO? NÃO SERIA MAIS PRÁTICO E JUSTO SE COLHER MATERIAL DA ARMA E DEVOLVÊ-LA IMEDIATAMENTE AO POLICIAL PARA DESEMPRENHO DE SUAS FUNÇÕES E, CASO NECESSÁRIO POSTERIORMENTE, REQUISITAR A ARMA NOVAMENTE COLHENDO O QUE FOSSE NECESSÁRIO E DEVOLVENDO-A IMEDIATAMENTE?
    E É ASSIM, TEMOS QUE ASSOVIAR E CHUPAR CANA!
    DAR TODO DIA UM BEIJO NA ESPOSA E NOS FILHOS ANTES DE SAIR DE CASA, POIS NÃO SABEMOS SE TEREMOS A CHANCE DE FAZÊ-LO NOVAMENTE A NOITE OU NO DIA SEGUINTE.
    É CONTAR COM A PROTEÇÃO DIVINA E COM À SORTE POIS É À ISSO QUE O DESGOVERNO NOS RELEGA.
    E PARA FINALIZAR, AINDA TEM A NOTÍCIA DE QUE O DESGOVERNO PREPARA UM SACO DE MALDADES CONTRA O FUNCIONALISMO QUE PREVÊ O FIM DE LICENÇA PRÊMIO, QUINQUÊNIOS, ABONO PERMANÊNCIA, PROGRESSÃO NA CARREIRA E A PROIBIÇÃO DE CONTRATAÇÃO POR ALGUNS ANOS…
    PLS 257/2016.
    O QUE ESPERAR?

  9. Infelizmente em um país que sequer teve o brio de realmente guerrear por sua independência e que aqueles que se faziam resistência na ditadura militar, “resistiam” sentados em suas salas de estar com um copo de whisky na mão ou lá na França e que hoje são os que ditam as regras neste país, a polícia é simplesmente um aglomerado de pessoas com armas nas mãos e se esquecem que o Estado só funciona, ainda que parcamente, devido a intervenção dessa polícia. História, civilidade e bom senso é algo de que os governantes e o povo brasileiro são desprovidos. Só se lembram da polícia na hora da dificuldade, passada essa….

  10. IGUAL NO BRASIL.
    FECHAMOS RUA E CARROS DE POLICIA DESFILAM COM UAS SIRENES LIGADAS. UNIFORMES DE GALA.
    ATÉ PARECE.
    AS CABEÇAS DE NOSSOS GOVERNANTES
    E PARA ROUBAR. INCLUSIVE MERENDA ESCOLAR VERGONHA.

  11. Para o Rodrigo:

    é uma questão de prioridades. Quanto vale a sua vida? Pra mim, a vida tem um valor inestimável. Se a gente tem porte de arma, logo, pode se defender de uma maneira ativa e somos policiais, ou seja, alvos de criminosos, precisamos agir de acordo com essa situação, precisamos estar prontos para a hora da verdade.

    Sim, realmente, o estado deveria nos dar condições maravilhosas, mas isso não acontece e reclamar do Estado não leva ninguém a lugar nenhum. Eu escolho não depender do estado para garantir a minha sobrevivência nessa guerra.

    Temos de viver com a seguinte premissa: “eu sou o meu próprio guarda-costas. Sou o único responsável pela minha proteção pessoal. Eu tenho uma arma de fogo, preciso ser o melhor operador dessa ferramenta”.

    Enfim, é uma questão basicamente de estabelecer prioridades e planejamento.

    Para o Anonimo em furia:

    Sim, confronto armado passa longe de ser uma ciência exata. Mas quando estamos treinados temos maiores chances de sairmos vitoriosos. Podemos ser surpreendidos em diversas situações. Mas temos de nos preparar do melhor jeito possível. Por isso citei o colete balístico, o revólver calibre .357.

    Assim, a gente vai aumentando a probabilidade de sair vivo e vitorioso dessas situações. Com colete II (dissimulado) e III-A (ostensivo/tático) ambos que podemos comprar tranquilamente vai impedir o projetil de pistola penetrar em partes importantes do corpo e o calibre .357 é ótimo pra parar gente com mais facilidade do que um 380 ou 38, como não podemos confiar na .40 institucional…

  12. Para o Rodrigo:

    é uma questão de prioridades. Quanto vale a sua vida? Pra mim, a vida tem um valor inestimável. Se a gente tem porte de arma, logo, pode se defender de uma maneira ativa e somos policiais, ou seja, alvos de criminosos, precisamos agir de acordo com essa situação, precisamos estar prontos para a hora da verdade.

    Sim, realmente, o estado deveria nos dar condições maravilhosas, mas isso não acontece e reclamar do Estado não leva ninguém a lugar nenhum. Eu escolho não depender do estado para garantir a minha sobrevivência nessa guerra.

    Temos de viver com a seguinte premissa: “eu sou o meu próprio guarda-costas. Sou o único responsável pela minha proteção pessoal. Eu tenho uma arma de fogo, preciso ser o melhor operador dessa ferramenta”.

    Enfim, é uma questão basicamente de estabelecer prioridades e planejamento.

    Para o Anonimo em furia:

    Sim, confronto armado passa longe de ser uma ciência exata. Mas quando estamos treinados temos maiores chances de sairmos vitoriosos. Podemos ser surpreendidos em diversas situações. Mas temos de nos preparar do melhor jeito possível. Por isso citei o colete balístico, o revólver calibre .357.

    Assim, a gente vai aumentando a probabilidade de sair vivo e vitorioso dessas situações. Com colete II (dissimulado) e III-A (ostensivo/tático) ambos que podemos comprar tranquilamente vai impedir o projetil de pistola penetrar em partes importantes do corpo e o calibre .357 é ótimo pra parar gente com mais facilidade do que um 380 ou 38, como não podemos confiar na .40 institucional…

  13. sincero sempre (24/05/2016 às 22:18)

    O despreparo de policiais é uma realidade, mas dizer que polícia morre por isso é um grande equívoco. Procure os policiais pelo mundo e vai ver que a maioria que trabalha com investigação não é atleta e não pratica artes marciais, nem anda de colete etc.

    A questão aqui é outra, muito mais complexa: DINHEIRO DO CRIME

    Mexer com o crime organizado demanda dinheiro do governo os governos de centro esquerda e de esquerda não gostam de investir em uma Polícia séria. Além disso, o fluxo de dinheiro do crime invadiu a máquina do Estado, a corrupção.

    E que vai enfrentar isso com a “Via Rápida” (demitir por crime pela simples “Conveniência da Administração”) e o Resíduo Administrativo” (não reintegrar absolvido pela simples “Conveniência da Administração”)

    É muito dinheiro circulando, muito sangue derramado e policiais escondidos debaixo de suas mesas ou vendidos ao crime graças à “Conveniência da Administração”.

    Então a pergunta é: Qual é a “Conveniência da Administração”?

    ….

  14. Para o Rodrigo:

    É uma questão de prioridades. Quanto vale a sua vida? Pra mim, a vida tem um valor inestimável! Se a gente tem porte de arma, logo, pode se defender de uma maneira ativa e somos policiais, ou seja, alvos de criminosos, precisamos agir de acordo com essa situação, precisamos estar prontos para a hora da verdade.

    Sim, realmente, o estado deveria nos dar condições maravilhosas, mas isso não acontece e reclamar do estado não leva ninguém a lugar nenhum. Eu escolho não depender do estado para garantir a minha sobrevivência nessa guerra.

    Temos de viver com a seguinte premissa: “eu sou o meu próprio guarda-costas. Sou o único responsável pela minha proteção pessoal. Eu tenho uma arma de fogo, preciso ser o melhor operador dessa ferramenta”.

    Enfim, é uma questão basicamente de estabelecer prioridades e planejamento.

    ;;;

    Para o Anonimo em furia:

    Sim, confronto armado passa longe de ser uma ciência exata. Mas quando estamos treinados temos maiores chances de sairmos vitoriosos. Podemos ser surpreendidos em diversas situações. Mas temos de nos preparar do melhor jeito possível. Por isso citei o colete balístico, o revólver calibre .357.

    Assim, a gente vai aumentando a probabilidade de sair vivo e vitorioso dessas situações. Com colete II (dissimulado) e III-A (ostensivo/tático) ambos que podemos comprar tranquilamente vai impedir o projetil de pistola penetrar em partes importantes do corpo e o calibre .357 é ótimo pra parar gente com mais facilidade do que um 380 ou 38, como não podemos confiar na .40 institucional…

    ;;;

    Para o exescravao:

    Então, quer dizer que policial sendo morto por qualquer idiota com um revólver .38 é culpa de quê? Não é equívoco algum dizer que policial morre porque falta preparo!

    Na civilização a maioria senão todos os detective foram patrulheiros…

    E se você tem uma carteira escrito POLÍCIA, se você recebe um porte de arma do governo é sua responsabilidade saber usar muito bem sua arma de fogo e estar condicionado para agir eficientemente em confrontos armados ou não.

    Ninguém falou em ser atleta ou perito em artes marciais. Mas o excelente condicionamento físico e treinamento constante em alguma luta é algo obrigatório pra qualquer policial…

    Se existem pessoas por aí (eu conheço) que não são policiais, que nunca fora militares e conhecem muito mais sobre armas, que atiram super bem, que são exímios lutadores, que possuem incrível capacidade física… Por que logo o policial que está na linha de frente não deve ser assim???

    Aí você foi extremamente além… O contexto das minhas mensagens é: um policial sozinho na rua que por acaso (ou não) se torna alvo de marginais armados…

  15. ABANDONO, IMPROVISO, FALTA DE PROFISSIONALISMO, DESCASO, DESINTERESSE, INCOMPETENCIA, FALTA DE CONDIÇÕES, TUDO ISSO NOS ACOMPANHA DESDE O PRIMEIRO DIA EM QUE NOS INSCREVEMOS PARA O CONCURSO PARA A POLÍCIA ATÉ O FINAL DA CARREIRA. O RESULTADO MAIS PERVERSO PARA NÓS É ESSE AÍ, CADA UM TENDO QUE SE VIRAR PARA SE MANTER VIVO. LAMENTÁVEL, PARA DIZER O MÍNIMO. E ASSIM SERÁ, ENQUANTO NOSSA CLASSE POLÍTICA FOR CORRUPTA, ENQUANTO NOSSA POPULAÇÃO FOR MAL EDUCADA, ENQUANTO A POLÍCIA, PRINCIPALMENTE A CIVIL, CONTINUAR À DERIVA, FINGINDO TER ALGUMA ORGANIZAÇÃO. GRAÇAS A DEUS ESTOU PERTO DE CAIR FORA. UM ABRAÇO E QUE DEUS NOS PROTEJA A TODOS!

  16. PARA CADA POLICIAL MORTO !

    MORREM 100 MALAS !

    OS CADETES DA ACADEMIA DA POLÍCIA MILITAR DO BARRO BRANCO

    IMPLORARAM NESTE BLOG POR UMA SOLUÇÃO PARA SEUS PROBLEMAS

    E OS SOLDADOS , CABOS , SARGENTOS, SUBTENENTES

    COMO QUE FICA A SITUAÇÃO DELES ATÉ QUANDO

    VÃO SEREM HUMILHADOS , EXPLORADOS

    PELOS OFICIAIS DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO !

  17. SÓ QUEM USA FARDA OU JÁ USOU SABE O QUANTO É DURA À VIDA DOS POLICIAIS MILITARES

    O QUANTO SÃO ILUDIDOS QUANDO ENTRAM NA PM , PENSAM QUE É UMA COISA E É TOTALMENTE

    OUTRA – FAZEM UMA LAVAGEM CEREBRAL NO CARA QUE NÃO TEM ÀQUELE QUE ALOPRA !

    TEM VÁRIOS OFICIAIS CARRASCOS , DITADORES , DESPOTAS, TIRANOS !

    TEM MUITOS PRAÇAS, SOLDADOS, CABOS, SARGENTOS , QUE NÃO ESTÃO AGUENTANDO MAIS !

  18. OCORREM MUITOS SUICÍDIOS

    DEVIDO TODA ESSA TORTURA PSICOLÓGICA

    QUE OS OFICIAIS FAZEM PRA CIMA DOS PRAÇAS !

  19. Deveria existir uma pena de prisão perpétua para quem mata e inclusive para os assassinos que executaram esses agentes da lei;
    e essa mesma sentença deveria ser aplicada para os agentes da lei que cometem esse tipo de crime, como por exemplo para aqueles dois pms que recentemente perseguiram uma moto com dois rapazes e atiraram contra essa moto e o disparo atingiu um vigilante que retornava para a sua residência e inclusive, como de costume, à princípio foi inventado uma outra versão mentirosa pelos dois assassinos fardados (fato ocorreu em Sapopemba); outro fato foi o caso daquele dentista que foi executado por assassinos fardados no carnaval do ano 2004 e também aquele outro caso do publicitário que também foi executado por outros marginais fardados na oeste.
    Todos esses assassinos que cometem esse tipo de crime contra o ser humano deveria ser submetido a uma pena perpétua aqui no Brasil.

  20. A hipocrisia da esquerda gourmet me dá nojo. Big Mac é uma delícia e os filmes e seriados dos imperialistas malvadões são fonte de distração. Vou fingir que acredito em sua “indignação” assim como gente do seu tipo fingem que estão preocupados com os pobres e pretos. Bay bay pelego gourmet!

  21. sincero responde (25/05/2016 às 17:44)

    Quando se é patrulheiro, aí o condicionamento físico é mais importante, mas se está na fase investigatória, o intelecto é que precisa estar mais afiado.

    E mesmo que você chamasse o Bruce Lee, o Chuck Norris, o Jackie Chan, o Stalone, o Van Diesel, o Arnald Schwarzenegger (esse eu tive que pesquisar pra escrever o nome), o Anderson Silva, os irmãos Minotauro etc, precisa lembrar que Polícia é algo muito maior e que o confronto físico é apenas parte do trabalho mesmo na patrulha.

    Eu não peguei essa fase, mas houve tempos na Polícia em que se prendia apenas com um “teja preso” e se guardava a arma na meia e eu conheci até investigador que guardava a arma na gaveta. Mas isso é passado. Todos conheciam e respeitavam um PC, de todas as carreiras. Hoje PC parece agente secreto com medo da sua família ser vítima de um ataque de criminosos.

    Hoje realmente policiais morrem diariamente, o governo e a sociedade não se importam, mas dizer que isso é falta de condicionamento físico é coisa de filme de ficção.

    O que existe é uma corrupção sistêmica no Estado, a falta de SEGURANÇA JURÍDICA para trabalhar, o que IMPEDE O TRABALHO POLICIAL, porque ninguém vai prender um patrocinador ou futuro patrocinador do seu superior hierárquico, isso quando o tal policial não entra pra cadeia alimentar da corrupção.

    E quando a Polícia Investigativa e Repressiva não trabalha, o PCC domina, os demais criminosos não têm medo e o governo prefere fazer propaganda de quantos policiais foram demitidos em vez de explicar menos de 10% de eficiência no combate ao crime.

    Nesse cenário, policial morrer é só uma consequência trágica e desumana, da qual toda a sociedade está sujeita e, mesmo assim, a maioria finge que está tudo bem nos Três Poderes.

    Só como exemplo de detetive nos Estados Unidos:

  22. exescravão,

    eu entendo seu ponto, sei que no brasil existe uma conjuntura ruim para o policial, mas preciso dizer: voce tá viajando, fugindo do escopo aqui discutido, pela premissa levantada por mim.

    como eu disse… quando um policial está sozinho na rua na sua rotina diária, por exemplo, fazendo compras ou simplesmente trafegando na rua a responsabilidade de ser capaz de se defender é plenamente dele! não é culpa do governador, do secretário de segurança, do delegado geral se vier um ladrao com um revólver e anunciar um roubo…

    e caso o policial seja alvejado…

    a culpa é unicamente, sim, do policial que foi incapaz de impedir a ação do ladrão… simples assim! vamos pensar com mais autonomia, viu!!

    sendo prolixo: é obrigação do policial estar em excelente capacidade física e ser um exímio operador de arma de fogo!!

    pra você ser inteligente voce nao precisa ser obeso e sedentário!!! é totalmente possível ser super inteligente, forte, saber se defender, excelente atirador… basta estabelecer prioridades na vida e saber se planejar.. utilizar o tempo da maneira produtiva…

    existem policiais gordos no mundo todo e não é porque um ou dois detetives nos eua é obeso que ele está certo ou é um padrao a ser seguido.. ele está errado e ponto final..

    se voce nao sabe, a polícia federal do brasil OBRIGA que todos os seus agentes façam atividade física.. e é preciso comprovar a atividade…

    polícia não tem porte de arma de enfeite…não é coisa de filme ficção, nao!!!

    até porque é muuuito mais fácil culpar o governador em vez de limpar regularmente a pistola, ir no estande e atirar, comprar um colete, prestar atenção ao que acontece ao redor, ir à academia de musculação, se inscrever na aula de defesa pessoal……

    temos que parar de achar que o resultado desses eventos é questão de sorte!!! há muita técnica envolvida, sim!!

    quando todos os policiais se conscientizarem disso, menos policiais vão morrer à toa por ai…

  23. sincero responde (29/05/2016 às 5:27)

    sincero,

    Concordo que todo policial deveria ter um treinamento físico e tático, o que não acontece e há muito despreparo, sem falar na diferença que uma atividade física faz para a saúde

    Mas o problema da criminalidade é outro. Se há um bandido que assassina um policial é porque algo está muito errado e há anos, porque isso é resultado de um processo lento e gradual de “crescimento da letalidade do crime”. Esse CRIMINOSO NEM DEVERIA EXISTIR, mas o sistema de impunidade o criou, alimentou e o fortalece a cada dia.

    Por mais treinado que um policial seja, isso não resolve o estado de guerra em que se encontram os policiais e as pessoas honestas, Daqui a pouco nem com tanque de guerra vamos poder sair de casa (que já parecem mais cadeias, dos pobres, ou pequenas fortalezas, dos ricos)

    Polícia Repressiva não é força, é inteligência. E a inteligência está emperrada por uma estrutura obsoleta e ineficiente, na qual a corrupção tem o poder de demitir a honestidade. E o resultado é menos de 10% de eficiência.

    E é por isso que tem tanto ladrão (incluindo políticos) sobrando e sempre faltando policiais. É um copo sem fundo, não importa quanta água você coloque. É um sistema que faz o ladrão acreditar que pode até matar policiais e ficar impune. E não importa, neste cenário, o quão preparado física ou taticamente, se a estratégia é errada e perversa contra o policial.

    Mais uma vez, não discordo que todos precisam de preparo físico e capacidade de defesa contra o crime, por isso sou a FAVOR DO PORTE DE ARMA para PESSOAS DE BEM. Porque não é só o policial que precisa saber e poder se defender, mas todas as pessoas honestas. Mas o que eu vejo é um problema de estratégia de Segurança Pública, e sem isso, ninguém vai ter segurança de verdade, nem o saudoso Bruce Lee teria no Brasil.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s