1. Aí a mulher chega toda estrupiada de madrugada no dp porque apanhou do marido e o tira e escriba, que estão sozinhos no plantão noturno, vão ter que abandonar o distrito, muitas vezes com presos nas celas. Enquanto o delegado dorme tranquilamente.
    Lá vem cagada.

    E essa magistrada é piadista 😀
    “A magistrada ainda reiterou que não há necessidade desse tipo de providência, já que todas as cidades do Brasil têm juiz de plantão 24 horas por dia, inclusive nos fins de semana e feriados. ”
    http://www.amb.com.br/novo/?p=28892

  2. sera que com o novo DG, a operação segura cadeira = cata nóia- cata mendigo- irão continuar.??
    ja não chega os nóias que os PMs prendem ?

    se continuar , irei trabalhar com um tubo de VIC no nariz.
    os atuais personas em FLAGRANTES são fedidos demais…….

  3. Lindo, lindo, lindo….papel aceita tudo.
    A voz com sotaque carregado já dá bem a ideia da onde vem tal preciosidade.
    Pode ser que eu acorde em outro país, se for “aprovada” , tal pérola, deixaremos de ser um país do quinto mundo, onde a mulheres morrem de câncer na mama por falta do tomógrafos, para nos transformar numa Suiça, Suécia, Dinamarca do dia para noite ou vice versa com a simples aprovação desta PEC.
    Não que as mulheres não mereçam proteção, mas toda a sociedade merece, inclusive eu que tenho que lidar com as partes.
    Já pensou eu no plantão no domingão, me chega uma a vítima desfia o rosário da sua vida conjugal, que mais parece um roteiro de filme do terror.
    E eu “poliça”, que sou vou, até o local e mandar, mandar não melhor exigir que o maridão/agressor se afaste, que vá embora, que este vá dormir numa pensão, vá para acasa de parente, ou na impossibilidade que o maridão/agressor vá para a casa do BARALHO.
    Por óbvio ele vai me mandar ir para um lugar bem menos aprazível.
    E eu “poliça” que sou vou quer clarear as ideias do dito cujo, pois agora temos a PEC Tabajara, no melhor estilo os todos seus problemas acabaram….
    Dado os fatos, acima, pronto ´temos mais um BOOOOO, a mulher vai ficar do lado do maridão/agressor, eu vou arrumar um piça, e ai sim a minha mulher vai me chamar de otário por trazer para a minha vida profissional e pessoal problemas da vida alheia.
    E quem em tese teria o poder e obrigação de dar satisfação imediata a estas demandas estarão em suas belas casas numa boa, recendo altíssimos salários, para não trabalharem sábados, domingos, feriados, pontos facultativos.
    Ganha um doce se alguém adivinhar que é que tem o poder de mandar quem quer que seja de se afastar de alguém, ou da sua residência!
    Mais uma lei que não vai pegar e nem funcionar.

  4. medida protetiva não e solução na hora do atendimento em dp muitas medidas protetivas são quebrada pelas partes ex homem tentou matar sua mulher deu farias facadas saiu mandado de prisão ao dar cumprimento ambos fugiram sou contra com essa pec 07.2016 tem que ser avaliada pelos juiz de direito

  5. medida protetiva não e solução na hora do atendimento em dp muitas medidas protetivas são quebrada pelas partes ex homem tentou matar sua mulher deu varias facadas saiu mandado de prisão ao dar cumprimento ambos fugiram sou contra com essa pec 07.2016 tem que ser avaliada pelos juiz de direito

  6. Pessoalmente acho que isso não funciona.

    Acredito muito mais num julgamento rápido, com algum tipo de pena alternativa, como serviço de limpeza da cidade ou algo assim, quando é o caso de agressão leve, e penas mais severas para casos mais graves. O que também deve ser estendido às mulheres agressoras.

    Além disso, as crianças que não podem pedir socorro são muito mais agredidas em casa, principalmente pelas mães, e continuam desprotegidas.

    “Uma pesquisa inédita, realizada pelo Centro de Análises Econômicas e Sociais da PUCRS (Caes), mapeou as experiências de violência no cotidiano de crianças que vivem em favelas do Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. Os resultados apontam que elas sofrem violência física e psicológica a partir do primeiro ano de vida, ficando mais intensa entre os 2 e 4 anos de idade. Foi constatado, também, que as mães são as pessoas que mais praticam atos violentos contra os filhos, incluindo grito, castigo e violência física. Em Recife, 73% delas batem nos filhos; no Rio, 71%; e em São Paulo, o número cai para 58%. Tanto em Recife (71%) quanto em São Paulo (51%), as avós são as pessoas que mais batem nas crianças depois das mães.”

    http://www.ebc.com.br/infantil/para-pais/2015/01/criancas-pequenas-sao-as-principais-vitimas-de-violencia-domestica

    E não estou falando de palmada na bunda e sim de agressão seria, daquelas que param nos PSs da vida.

    Também essa medida protetiva de afastamento também pode ser usada para tirar o marido ou a esposa do imóvel sob uma falsa acusação de agressão. E as pessoas fazem absurdos por causa de dinheiro.

  7. É madrugada e eu sem dormir, preocupada com as contas devido aos dois anos sem reposição da inflação, nossos minguados salários defasados, enquanto servidores federais ganham 40% as custas de nosso rico Estado e de nossos impostos, dormir que jeito?

  8. ESCRIVÃ DECAP disse:
    08/06/2016 às 1:54

    É madrugada e eu sem dormir, preocupada com as contas devido aos dois anos sem reposição da inflação, nossos minguados salários defasados, enquanto servidores federais ganham 40% as custas de nosso rico Estado e de nossos impostos, dormir que jeito?

    ===================================

    Judiciário até 40%
    Forças Armadas, este ano 5%

    O PT quebrou o Brasil.

  9. Muito errado o estado de São Paulo produzir boa parte da riqueza nacional e seus servidores ganharem pouco em relação a funcionários públicos de outros estados e aos federais.
    Para mim, isto é injusto e tem que ser corrigido.

  10. Gostaria muito de saber quanto aos dois anos de salario (dissidio, ou como a reposição inflacionaria seja chamada) atrasado? Esta na CONSTITUIÇÃO GENTE!!! Não é possivel que ninguém consiga fazer com que ao menos isso seja cumprido, ninguem esta pedindo aumento, queremos a REPOSIÇÃO

  11. SIPESP 07/06/16

    SIPESP participará do grupo de trabalho que tratará da Reestruturação da Polícia Civil
    7 de junho de 2016 Notícias
    No último dia 30/05/2016, o SIPESP foi incluído no grupo de trabalho criado para analisar propostas para integrar o plano de reestruturação da Polícia Civil, Resolução-129/2015.

    A inclusão, realizada através da Resolução SSP-64/2016, atendeu uma reivindicação do SIPESP e do grupo de entidades que compõe o movimento “S.O.S Polícia Civil”, para fortalecer as discussões em prol de efetivas melhorias para a Polícia Civil.

    A participação de entidades classistas com legitimidade e representatividade, além de fortalecer o grupo de trabalho, garantirá que as discussões realmente envolvam questões relevantes ao Policial Civil.

    Manteremos todos os nossos sindicalizados e toda a classe policial civil, informados sobre as reuniões e discussões do grupo.

    A Diretoria

  12. ESTA NO BIZU PM

    ALE 100% NO PADRÃO: VEJA QUANTO VOCÊ PODERÁ RECEBER A MAIS

    A 13ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo deu provimento ao recurso da AOMESP e determinou ao Estado corrigir a incorporação do ALE, devendo ser alocado integralmente no Salário Base Padrão de todos os policiais militares da ativa, inativos e pensionistas.

    É uma vitória incontestável da AOMESP; a matéria não será analisada pelo Supremo Tribunal Federal, o que significa dizer que vale o que o Tribunal de Justiça paulista decidiu.

    Os padrões de vencimentos/proventos dos PM passarão a ser acrescidos dos valores das tabelas abaixo, conforme posto, número de quinquênios e local de exercício. O Escritório Negri Advogados Associados, contratado da AOMESP, está lutando para fazer o Estado cumprir a decisão da Justiça.

    DR.Guerra ou Flit, acredita que possa ser pago mesmo o ALE já nos próximos três meses ?

  13. Se a ação foi considerada procedente e foi ganha em todas as instâncias, o que resta ao governo é cumprir a sentença e pagar o A.L.E, e essa vitória do AOMESP abre precedente para procedência das demais ações do A.L.E, já que abre caminho para jurisprudência.

  14. PODE SER QUE UM DOS DIVERSOS SINDICATOS DOS POLICIAIS CIVIS, ENTRARAM NO SITE DO RJ ,
    E COPIOU A PETIÇÃO INICIAL DESTE PROCESSO… PARA ( APRENDER ) E SABER COMO PETICIONAR UMA AÇÃO EM NOME DE TODOS OS POLICIAIS CIVIS DE SÃO PAULO…..

    ~HA … E PODE USAR ESTA SENTENÇA DE ACORDÃO DE 2º GRAU .. COMO JURISPRUDÊNCIA..

    APRENDERAM SINDICALISTAS ???????

    OU VOU TER QUE DESENHAR ?????????

  15. SINDICALISTAS DOS POLICIAIS CIVIS !”!!!

    ACORDEM !!!! DEIXEM DE SER INOPERANTES …

    SE VOÇES GANHAREM UMA AÇÕES DESTA , A ARRECADAÇÃO MENSAL DE VOCES AUMENTARÁ…..EM FOLHA.

    NÃO PERCAM TEMPO…. TEMPO É DINHEIRO…..SE DEMORAREM PERDERÃO DIM DIM …..

  16. SINDICALISTAS !!!!

    A INOPERANCIA DE VOCES , ESTA DANDO PREJUIZOS AOS SEUS COFRES…..

    ENTREM LOGO COM UMA AÇÃO COLETIVA NA VARA DA FAZENDA PÚBLICA…… PEDINDO 100% PARA TODOS OS POLICIAIS CIVIS DE SÃO PAULO….

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s