RETRATO DA POLÍCIA CIVIL DE SÃO PAULO 60

RETRATO DA POLICIA CIVIL DE SÃO PAULO

Depoimento do Delegado de Policia de 3 classe Bruno Cyrilo Pinheiro Machado Coogan prestado a 2 Unidade Processante Permanente da Corregedoria Geral de Policia do Estado de Sao Paulo ;
” Ato continuo sabedor que os tramites de acesso a Corregedoria da Policia nem sempre são fáceis , ligou para seu pai, Dr Damião Cogan , Desembargador de Justiça que incontinente ligou para o Secretario de Segurança Publica que ligou para o Divisionário da Divisão de Operações Especiais da Corregepol sendo determinado então o envio de duas unidades Policiais .

Indaga a defesa : Porque quando o Desembargador presente não foi dada voz de prisão em flagrante delito : Responde – que o Desembargador nada tinha presenciado e não era Autoridade Policial responsável .

Pergunto – e normal um Delegado de Policia notando anormalidade na dependência Policial acionar o pai para que esse usando de seu gargo acione o Secretario ? E normal um Desembargador usando veiculo publico do TJ/SP ir a um distrito onde supostamente esta ocorrendo uma extorsão que e denunciada pelo filho Delegado de Policia , e normal o Secretario imediatamente comunicar a ocorrência a Corregedoria , e normal estando presentes o Desembargador , a Corregedoria , o Delegado que a informou ao pai o suposto crime , o preso que seria vitima da extorsão ninguém ser de imediato preso ?

Creio que não , e entendo que se alguém não confia em sua Instituição esta na hora de abandona-la pois sob sua ótica essa não o merece .

Quem esta destruindo a Policia Civil são seus próprios integrantes .

POBRE POLICIA CIVIL TENHO PENA DE TI E DE SEUS INTEGRANTES

João Alkimin

RETRATO DA POLICIA CIVIL DE SÃO PAULO II
O individuo que teria sido vitima de suposta extorsão foi preso , processado e julgado apelou e por uma dessas casualidades do destino sua apelação foi julgada pelo Desembargador ….. Marco Antonio Cogan . Coincidências da vida .

João Alkimin

 

 

  1. É, realmente era melhor no seu tempo, niguem iria supor que um policial fosse ficar indignado com uma tomada e, mesmo sabendo das perseguições que iriam ocorrer (pra dizer o mínimo, senão morte), tentasse pelo meio mais viável evitar a extorsão dos (supostos) colegas. Realmente, no seu tempo era melhor, podia – se colocar dezenas de presos numa cela 3×3 e matá – los por asfixia mecânica, que não dava nada.

    Bons tempos o seu.

  2. Realmente os trâmite$$ de acesso não são fáceis mesmo..

  3. Desde as mais antigas épocas a pior espécie de gente que existe é o cagueta. Esse x9 e Judas dos tempos atuais , acho que só passou pra delegado por causa do nome.

  4. Ouvi que o Dg atual já puxou o banquinho a pedido do governo,, Amanhã teremos novidades, são três cardeais na briga pela cadeira mor. tks qap qrv.

  5. Gostaria que alguém me explicasse como um Delegado em estagio probatório saia do Plantão do DECAP onde sabidamente faltam policiais e seja transferido DE GRAÇA para a Corregedoria

  6. O que um sujeito que tem pai desembargador está fazendo na polícia civil do Estado de São Paulo? Até uma criança de cinco anos de idade sabe das condições da PC, pois ou alguém da família já precisou da polícia ou tem pai ou mãe policial e, em qualquer das situações sabe-se que a polícia está falida e é corrupta!
    Todo mundo, menos o MP, sabe que a polícia é feita em sua maioria de corruptos! Os que não são corruptos por ação terão que ser por omissão, pois não existe departamento ou unidade que não tenha corrupção! Isso é fato! É igual na política! Não existe um partido que não tenha corrupto, assim como não há delegacia que não tenha os seus! Até na corregedoria existem corruptos!
    Não estou dizendo que todos os policiais são corruptos! O problema é que são minoria, e estes, quando não aceitam a corrupção, simplesmente saem da polícia ou fingem que não veem o que acontece a sua volta!
    O que essa autoridade policial (primeiro garantidor da justiça) fez, no caso em questão, foi arrumar para a cabeça, pois ou deveria fingir que não viu nada ou então, já que queria fazer alguma coisa, que acionasse a corregedoria e não o pai dele.
    Agora ficará pequeno para o doutor cagueta, pois ele ganhará muitos inimigos, os quais o chamarão de colega, mas quando ele menos esperar, vão apunhalá-lo pelas costas.
    Esse é o triste retrato da nossa polícia civil!
    Só sei que se tivesse um pai desembargador, no mínimo seria um promotor ou um juiz, mas jamais seria um delegado da PC.
    Boa sorte a todos, pois vamos precisar!

  7. Essa molecada que entrou na polícia é tudo filhinho de papai. Um bando de caguetas. Mais pior que o ladrão é o X9.

  8. Detesto ilicitudes mas odeio caguetes ! Tem que ter vocação pra entrar na carreira e não entrar pra usar como trampolim por causa da influência do sobrenome!

  9. Que história mal contada, alguém poderia explicar pra esse pobre coitado o que aconteceu?

  10. Cagueta é uma merda? OK! Ninguém discorda? Mas dos policiais BTT
    que, em tese, são corruptos ninguém fala!?
    Quem vale menos? Corrupto ou Cagueta?

  11. Ha tá até parece que se alguém informasse a corregedoria que um correira, camisa 10, estava tomando uma nota alguém a corregedoria iria se abalar para “esclarecer”.
    A nossa corregedoria só age contra zé ruela, muitos aqui ficam falando cagueta isto, cagueta aquilo, cagueta aquilo outro.
    pois bem vou dar uma de cagueta, hoje temos no DECAPiada operação onde a imensa maioria da ocorrências apresentadas será de porte de droga, CD falso, embriagues ao volante, falta de habilitação, com o justificativa do motorista está dirigindo de tal modo a provocar perigo a terceiros, afinal papel aceita tudo, sem contar as prisões por pensão alimentícia, etc, etc, etc…..
    Pois bem, ao final desta operação não será presentado nenhum TC de Bingo, nenhum TC de maquinha, nenhum TC de jogo do bicho, nenhum TC de exploração da prostituição, nenhuma peça oriunda de desmanche, nenhum vendedor de ouro, etc, etc, etc….por que será.
    Deve ser por a cúpula do DECAPiada cópula com todos “empresários” alternativos, para se dizer o mínimo, ou seja para os os que trazem alguém ganho financeiro a área está liberada.
    Agora sou cagueta? e pior sou mentiroso nada disto está acontecendo no dia de hoje.
    Sou cagueta e mereço me phoder, OK!
    E os ladrões, achacadores, tomadores de dinheiro, peculatários, prevaricadores, etc, etc, etc…..merecem o que?
    Já serem promovidos a classe especial, por merecimento, que é o único critério que para chegar nesta classe.
    O que a corregedoria vai fazer? Depois desta caguetagem vai cruzar os dados do dia de hoje com os da semana passada que não teve operação segura cadeira!
    Vão instaurar procedimento para apurar as minhas caguetagens?
    Vão tentar describir quem eu sou para me por na rua por “falta de lealdade” a instituição, afina já que não conseguem acabar com os que fazem me…..vamos punir que as divulga, ops falha minha as cagueta.
    O que vai acontecer é seguinte: o de sempre, vão pedir para os “caras” maneirarem na tomadas, para não dar muito na vista, mais sem não antes receber a parte deles.
    Não sejamos hipócritas se o delegado “caguetou” é porque sabia que se levasse a informação/caguetagem pela vias normais NÃO DARIA EM PHORRA NENHUMA. simples assim.

  12. A festa continua, cadê o MP estadual?

    Máfia dos shows públicos no Brasil
    Golpe 1: O atravessor e a data “reservada”
    Imagem: Arte UOL
    A Polícia Federal, a Receita e o Ministério Público Federal estão investigando uma “máfia” dedicada a fraudar a compra e venda de shows públicos de grandes artistas.

    Segundo levantamento obtido pela reportagem, o volume de dinheiro obtido por meio de fraude na contratação, superfaturamento de cachês ou infraestrutura pode passar de R$ 100 milhões apenas nos últimos três anos. Somente no interior de São Paulo há R$ 15 milhões já bloqueados pela Justiça a pedido do Ministério Público Federal.

    Por enquanto há investigações em curso em São Paulo, Rio, Pernambuco, Amazonas, Bahia, Pará, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte. A investigação começou em 2010, no interior de São Paulo, e depois se espalhou pelo país.

    Aloisio Mauricio /Fotoarena/Folhapress

    Thiago Lacerda Nobre, procurador-chefe da Procuradoria da República em SP
    Quem a iniciou foi Thiago Lacerda Nobre, hoje chefe da Procuradoria Geral da República em São Paulo, e procurador da República em Santos.

    “Quando viajava a trabalho pelo interior de São Paulo comecei a perceber que algumas cidades minúsculas estavam fazendo eventos com artistas de renome nacional, cujos cachês eram caríssimos. Começamos a investigar porque não havia como aquelas cidades bancarem tantos shows e festas de peão. Acabamos descobrindo uma série de irregularidades, que envolviam não só as cidades, mas até o governo federal, que era fraudado por meio de convênios culturais”, afirmou o procurador em entrevista exclusiva ao UOL.

    Segundo Lacerda Nobre, somente no interior de São Paulo 32 cidades com governantes ou contratantes (de áreas culturais ou de eventos) estão hoje sofrendo ações de improbidade; além disso, há dez ações criminais em curso contra ex-prefeitos suspeitos de envolvimento ou facilitação das fraudes, e mais R$ 15 milhões já bloqueados até que as investigações terminem.

    “Esse valor se refere apenas a bloqueios já realizados entre 2010 e 2013, e somente na região de Jales”, afirma o procurador.

    No restante do país, segundo a reportagem apurou junto a fontes da PF e MPF, as fraudes podem somar mais de R$ 100 milhões desde 2013. Há novas ações sendo iniciadas em outros Estados, porém

    Um dos artistas já condenados a ressarcir os cofres públicos nos últimos meses foi o sambista Zeca Pagodinho. Sua empresária, Leninha Brandão, confirma a condenação, mas nega irregularidades e afirma que os advogados do artista vão recorrer (leia texto abaixo). No caso de Zeca, a ação contra ele se desenrolou em Brasília.

    Modus operandi

    A fraude mais comum, segundo o procurador, é aquela em que um atravessador recebe informação privilegiada de que esta ou aquela cidade fará uma grande festa (de aniversário por exemplo) e que a intenção é de contratar a dupla sertaneja “X”. De posse da data, o atravessador então se antecipa, entra em contato com a dupla e faz uma oferta de compra da data em questão.

    Quando um funcionário da prefeitura entra em contato com o empresário da dupla, dizendo que a cidade tem interesse em contratar seus artistas, é informado que a data em questão já está vendida, e que a prefeitura deve procurar o empresário-atravessador. Não raro, a prefeitura acaba pagando um preço às vezes exorbitante pelo cachê dos artistas de seu interesse, porque o “atravessador” sabe que não há outras opções e “enfia a faca” no município.

    O problema é que, segundo o Ministério Público Federal, há suspeitas de que muitos empresários e mesmo artistas decidiram entrar no “esquema” nos últimos anos. Há uma lista de empresas, empresários e artistas sendo investigados. Dezenas de sigilos fiscais já foram quebrados, com autorização da Justiça.

    Técnicos da Receita Federal, por sua vez, estão cruzando dados de faturamento de artistas com dados declarados por prefeituras que os contrataram.

    Máfia regionalizada

    Segundo dados obtidos pela reportagem, a “máfia dos shows” está hoje instalada em ao menos oito estados. Em cada um deles, a máfia designou um “atravessador”, ou comprador de shows.

    Sempre que uma cidade do interior desses estados quer comprar o show de algum grande artista, acaba sendo “obrigada” a tratar da contratação por meio do atravessador desse estado. Mesmo em alguns casos, contratações de artistas por empresas e locais privados também foram prejudicadas.

    Os escritórios e suspeitos investigados pela força-tarefa estão atualmente localizados em São Paulo, Rio, Fortaleza, Recife, Manaus, Salvador, Belém, Natal e Teresina.

    Outra modalidade de fraude que está sendo investigada envolve a contratação dirigida de empresas ligadas a funcionários públicos (de áreas como Cultura e Eventos) que vem mantendo monopólio no fornecimento de equipamentos e infraestrutura para grandes shows, como som, iluminação, segurança e até banheiros químicos (veja álbum, no topo desta página).

  13. A dívida dos Estados foi acordado para continuarem a serem pagas no ano que vem então agora podemos ter reajuste ne !!!

  14. O caguete não vai p/ lugar nenhum seu peneu furou são em maioria mais vai enfrente sem lealdade mais um furo nos projetos dos eminantes sem frente sem apoio bola furada no campo sem poder…

  15. Tired concordo com quase tudo de sua explanação , mas pergunto precisa chamar o papai, isso e atitude de Delegado de Policia ? já aprontei muito a velha guarda sabe e me conhece, meu era Desembargador e Presidente de Tribunal e nunca pedi nada nem usava o nome dele . Minha opinião , prefiro o corrupto que o alcaguete , pois corruptos todos somos se alguns não fazem não e por serem honestos mas por medo do Código Penal .

  16. Caro Senhor João Alckimin!
    Há servidores que por maior que sejam seus salários, ainda assim roubarão.
    Há servidores que por menor que sejam seus salários, ainda assim não roubarão.
    Para alguns ser honesto é mais importante que ser rico.
    Há pessoas honestas! Evangelho…Jesus…Moral…palavras gastas mas ainda sobreviventes.
    Alguns rirão…OK.
    Mas tudo bem…pontos de vista.
    Sucesso.

  17. Joao Alckmin disse:23/06/2016 ÀS 17:13, Chamar o papai é phoda, mais como um dizem cada uma se coloca onde está, a carreira de delegado, e por consequências as demais carreiras da polícia civil estão na m…pela subserviência dos delegados aos juízes, promotores a agora defensores públicos.
    Quantos delegados inúteis temos na polícia por conta de outros delegados atenderem a pedidos de outras instituições.
    Só a título de exemplo do caso do DR. Tonelada só virou delegado por conta de pedido extra corporação, deu no que deu o esculachou fico com a Polícia Civil.
    Também temos o caso do ex-presidente da associação do delegados, do rapazola feito a fazer trapalhadas contando com o beneplácito da administração superior, pelo simples fato do papai dele ser juiz, os seus colegas delegados nada viram de errado no fato deste meter a mão!
    Ele não servia para seguir a cerreira do pai mais prestava para ser delegado, deu no que deu o MP grampeou o rapazola e ele foi demitido.
    Como podemos constatar tudo o que não presta para o judiciário, MP e defensoria e outras carreiras jurídicas serve de bom grado para a polícia civil, assim como podemos cobrar algo de quem quer que seja.
    O “cagueta”, segundo o senhor, não além do que podemos esperar deles, simples assim.
    Quanto a temer o Código Penal concordo com o senhor, por isto eu vivo de meu salário, e se outro$ também o a$$im fize$$e quem sabe não estaríamos discutindo outros temas mais republicamos.
    E finalizando na nova ordem do dia mudamos não temos mais CAGUETAS e sim DELATORES .

  18. Isso é o resultado da VIA RÁPIDA (demitir sem julgamento, pela simples “Conveniência da Administração”) e do RESÍDUO ADMINISTRATIVO (não reintegrar os absolvidos criminalmente pela simples “Conveniência da Administração”).

    Assim, quem quebrar a cadeia alimentar da corrupção vai ser demitido e só por milagre será reintegrado, porque a Administração tem a força de demitir pela sua simples conveniência e foi assim que a corrupção deixou de ser pessoal e facultativa para ser institucionalizada.

    Ou seja, o policial tem três caminhos:
    1 – Fingir que nada vê;
    2 – Fazer o mínimo exigido pela burocracia;
    3 – Entrar para a corrupção.

    Se alguém quiser mesmo quebrar a cadeia alimentar da corrupção, só chamando o pai desembargador mesmo. E mesmo assim ainda é capaz de levar uma bronca administrativa por ter exposto a Polícia em sua bizarra realidade.

    No final a Via Rápida que era só marketing político, tornou-se o principal instrumento da corrupção.

  19. Concordo integralmente com você Tired , e o Tonelada tinha somente o curso primário, mas a indicação foi de Orlando Zancaner , pelo visto você e da velha guarda .

  20. Chamou o papai e 3 Investigadores estão com a bronca sem ter nada com a fita

  21. Joao Alckmin disse:23/06/2016 ÀS 18:29 .
    Sim, Sr. João estou militando na área da segurança, ou insegurança, desde 86, já vi cada fita e cada presepada que até Deus dúvida.
    Cada bagulho, doido do tipo o cara vende a mãe, a equipe, a delegacia, dá recibo e não dá nada pro cara.
    Já outros que só por ter deixado o RG vinculado no talão de uma VTR quase foi demito.

  22. Se ele fosse cabra-macho entregaria funcional, distintivo e partiria pra outra. Existe vida fora da polícia.

  23. Agora pense Tired, os tiras estão com Pad nas costas, e se papai ligar para o Secretario e pedir para demiti-los você acha que a Corro segura a bronca , e no penal o Juiz de 1 instancia vai desagradar o Desembargador ?

  24. É bom ler aqui que tem gente defende o Delegado. Se é pra ser cagueta pra fazer valer a lei fodasse, prefiro cagueta do que ladrão, corrupto, ETC.

    Ele já chamou o PAI desembargador e agora todos sabem que ele tem conta quente, pra não sofrer represaria mais tarde.
    Se ele tivesse chamado direto a Corregedoria não daria em nada.

  25. Se acha isso da Policia Civil creio que esta na hora de deixa-la , para mim e difícil entender como alguém pode criticar quem bem ou mal lhe fornece o sustento , isso e vergonhoso .

  26. Na mosca João Alkimin, porque aquele que semear vento vai colher tempestade.

  27. jefão escrivão da dise de araraquara disse:
    23/06/2016 ÀS 16:06
    A festa continua, cadê o MP estadual?

    Máfia dos shows públicos no Brasil
    Golpe 1: O atravessor e a data “reservada”
    Imagem: Arte UOL
    A Polícia Federal, a Receita e o Ministério Público Federal estão investigando uma “máfia” dedicada a fraudar a compra e venda de shows públicos de grandes artistas.

    ççççççççç

    RESP-

    jefão :: tai a resposta aos defensores deste ministerio da cultura- onde muitos artistas ficaram doidos da vida com a ameaça do ministerio ser transformado em uma simples secretaria …

    é a mafia da cultura….

    e continuaremos a engordar esta mafia se nada for feito…

  28. Em 1988, a Civil já estava falindo. Foi boa até 85/86. Do Governo do Quércia pra cá, foi ruindo, ruindo e está nesses escombros. A do Rio de Janeiro, também está assim ou pior. A quem interessa isso?

  29. O rapaz fez certo.Policial ladrão tem que ser preso mesmo. É por causa desses fdps corruptos que estamos tão ferrados e mal pagos.Fez bem em chamar o desembargador pois assim sendo o caso teve que ser apurado.

  30. Jose, o trouxa disse:
    23/06/2016 ÀS 15:51
    Cagueta é uma merda? OK! Ninguém discorda? Mas dos policiais BTT
    que, em tese, são corruptos ninguém fala!?
    Quem vale menos? Corrupto ou Cagueta?

    olha vc esta com razão estamos em um lugar que honesto e caguete e bandidos são bons policiais, sabe porque estamos na merda em relação a salarios?
    pois todos aqui, ate quem deveria defender a honestidade, insinua que devemos ser ladroes e nao caguetasss

    somos a favor da moralidade e a favor da lei, diferente de ladroes que falam dos outro para sentarem nas cadeiras

  31. Desculpem-me a ignorancia, mas não entendi o que realmente aconteceu no título deste post…………

  32. Joao Alckmin disse:
    23/06/2016 às 19:05

    Agora pense Tired, os tiras estão com Pad nas costas, e se papai ligar para o Secretario e pedir para demiti-los você acha que a Corro segura a bronca , e no penal o Juiz de 1 instancia vai desagradar o Desembargador ?

    ==================================================

    João Alckmin, sem entrar no mérito de ter havido ou não uma “tomada”, porque eu não sei, o problema é que não se pode mais contar com a SEGURANÇA JURÍDICA da e na Instituição.

    Quem vai enfrentar o titular, o seccional, o diretor, a corró, o conselho e o dg, além dos promotores que dão assistência na demissão que acontece por simples “Conveniência da Administração”?

    Hoje basta a vontade, a motivação subjetiva, o motivo “minus”, para demitir. E contra isso, não tem razão ou lei contra, pelo contrário, a lei abona este resquício de ABSOLUTISMO na Coisa Pública.

  33. Língua Ferina disse:
    23/06/2016 às 21:32

    Em 1988, a Civil já estava falindo. Foi boa até 85/86. Do Governo do Quércia pra cá, foi ruindo, ruindo e está nesses escombros. A do Rio de Janeiro, também está assim ou pior. A quem interessa isso?

    ================================================================

  34. esses senhores nao sao juizes nem desembargadores ele sao deuses, que vivem as custas do dinheiro publico! entre nos custam caro!

  35. A PC esta assim pela covardia da maior parte dos Diretores que só pensam em si, em suas cadeiras, em mendigar cargos na Assembleia para Deputados , sendo subservientes, ora meu amigo um jovem Delegado sem padrinhos fortes consegue sair do Plantão do DECAP e ser assistente da Diretoria da Corregedoria ? Ladroes temos em qualquer lugar, na Imprensa no Jornalismo, no Judiciário com Desembargador cobrando por voto, no Ministério Publico com Promotor bêbado matando uma família e sendo promovido para a Capital , portanto não culpemos somente os Policiais e a Instituição .

  36. RETRATO DA POLICIA CIVIL II
    O individuo que teria sido vitima de suposta extorsão foi preso , processado e julgado apelou e por uma dessas casualidades do destino sua apelação foi julgada pelo Desembargador ….. Marco Antonio Cogan . Coincidências da vida .

  37. A polícia está como está por causa dos corruptos e não dos delatores.

  38. PESSOAL !, INFELIZMENTE O RETRATO DA NOSSA EGRÉGIA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE SÃO PAULO ESTÁ OPACO, ISTO GRAÇAS A MUITOS DELEGADOS E PECATIELLOS DA VIDA. COMO UM COLEGA JÁ MENCIONOU, A POLÍCIA CIVIL DE SÃO PAULO, PASSOU A JAZIR NO INÍCIO DO GOVERNO QUÉRCIA, SENDO QUE NO GOVERNO MONTORO JÁ APRESENTAVA SINTOMAS CONTUMAZES DE FUTURA EXTINÇÃO, QUANDO DO INÍCIO DAQUELA TURMA DOS DIREITOS HUMANOS, TAIS COMO ESSE TAL DE SUPLICI, DOM EVARISTO E OUTROS FARINHAS DO MESMO SACO. RAPAZ !, O “CARA” DEIXOU DE DORMIR COM A LOIRAÇA PARA DORMIR COM OS MANOS NO CARANDIRÚ. É POR ESTE E OUTROS DETALHES QUE NÃO TITUBEIO EM DIZER: ME AJUDEM AÍ Ó !…

  39. Dr João pelo amor de Deus, como vcs aqui falam merda, para de ficar usando o blog para gerar falsa ideia, seja o que for seja como for temos sim que denunciar coisa errada seja aqui ou na casa do carakho, O que não pode acontecer aqui e vocês ficarem dando a impressão que o certo é ser corrupto e quem denuncia está errado isso pode acabar prejudicando o blog que notoriamente está sendo usado para outros fins, temos sim recolhas em todas as delegacias temos acertos diários temos a seccionais que estão arrebentando os consumidores e clientes estou aqui indo o povo as delegacias estão sim caindo aos pedaços as verbas estão sim sendo roubadas não temos nem viaturas dignas de um estado chamado São Paulo. Basta ver na Mídia todos os dias bilhões de reais desviados e o dia que isso vir a tona em relação a polícia civil a bomba que vai explorar é bem maior pois são mais de 500 policiais recolhendo propina no estado todos os meses é mais de milhões de reais entrando de contrabando de desmanches de carros e motos boates prostituição infantil tráfico de drogas enfim somente um retardado não sabe somente um louco fala que não existe isso na polícia pois todos que aqui estão não falo por ter medo mas todos sabem e me admira um repórter um delegado um juiz um promotor ter coragem de chamar uma pessoa que está denunciando um esquema de propina de caguete, em vez desse blog ajudar denunciando as coisas erradas e levando ao conhecimento direto do Ministério Público através do doutor João alkimin para que sejam apurada as denúncias, não aqui se fica tentando descobrir quem caguei tou dando indireta nos corredores das delegacias, e usando as caguetagem pára mudar o tipo de modo operantes

    Chega de corrupção chega de recolha a culpa é nossa vamos aprender todas as máquinas jogou-se bixo desmanches

  40. Falar ao vento e facil, se houve se esta corrupção nao estaria a maioria dos policiais fazendo bico em suas folgas, ou so na unidade ninguem faz bico.

  41. Caro João,

    O comentário é absolutamente desprovido de qualquer finalidade moral para a instituição, corroborado por uma enorme injustiça feita ao jovem delegado, pertencente a uma família de renomados juristas, o que muito orgulha a carreira dos delegados de polícia em tê-lo como um de seus integrantes.

    Causou-me estranheza fazer um comentário tão descabido, mormente em razão de vários outros de sua autoria, criticando a corrupção e falta de moralidade administrativa em nossa instituição. Posso lhe assegurar que foi muito infeliz nesta postagem.

    Entre outras finalidades deste espaço virtual está a de denunciar as mazelas que enlameiam nossa polícia. Em algumas situações não temos a quem recorrer, exatamente por não sabermos quem é quem nesse trem da corrupção, que vez ou outra passa por um DP como se fosse uma estação, o que justifica a conduta do jovem delegado em recorrer a pessoas de sua confiança, ou seja, seus familiares, para ajudá-lo a combater esse verdadeiro câncer institucional que é a corrupção.

    Parabéns ao delegado. Que sirva de exemplo a seus pares. Quem tem que sair da instituição não é ele, mas todos aqueles que estão travestidos de policiais e que fazem exatamente aquilo que ele reprimiu com sua conduta.

    João, se você está preocupado com o uso indevido de viatura, não passa vontade, na polícia civil está cheio de gente usando viatura descaracterizada para fazer de tudo, menos investigação e policiamento, é só averiguar.

    Atirou pedra em janela errada.

  42. Só pra finalizar: Parabéns ao Delegado que usou dos meios que tinha pra denunciar a roubalheira que todos sabem que existe no primeiro andar e no plantão da delegacia. Se utilizou seu pai desembargador não é demérito. Demérito é ficar quieto diante da canalhice de marmanjos inúteis pata a sociedade tomando nota de Raul e o delegado do plantão com medo na sua sala podendo até ser levado junto como corrupto pelos filhos da puta.

    Parabéns ao Nobre colega. Tenha meu apoio neste momento em que um monte de velhotes filho de senhoras duvidosas da noite confundem honra com perpetuação só que mais nos destrói : a corrupção.

  43. E O DG? CAI OU NÃO CAI?

    ISSO NO MOMENTO E O MAIS IMPORTANTE!
    ESTÁ NA HORA DE AO MENOS SONHAR QUE O RETRATO DA POLÍCIA CIVIL POSSA VIR A SER OUTRO…

  44. Jovem velho disse:
    23/06/2016 às 13:36

    Desde as mais antigas épocas a pior espécie de gente que existe é o cagueta. Esse x9 e Judas dos tempos atuais , acho que só passou pra delegado por causa do nome.

    A família inteira é de promotores e desembargadores, colega, alinhados com nosso louvável governador e seu antecessor que hoje é ministro. Papai frita no TJ , filhinho frita no PA.

  45. Enquanto isso ninguém se manifesta quanto a defasagem salarial da Polícia Civil paulista né? Eu, cansado de esperar pelos representantes, desiludido desse governo, iniciei uma maratona de processos para ter os meus direitos garantidos. Não sei se terei êxitos nos processos, mas estou lutando sozinho com as únicas armas que possuo. Esperar atitudes descentes por parte desse governo é perda de tempo. Por tudo que estamos passando, não temos representantes sindicais também. VAMOS AO JUDICIÁRIO E TORCER QUE O MARTELO NÃO BATA NA BEIRADA DA MESA !

  46. A Policia Civil merece estar na vala comum em que se encontra , respeito o ladrão mas não o alcaguete , aqueles que acham que só Policial e ladrão e cretino Desembargador rouba dentro do gabinete e e aposentado com salario integral

    o juiz Gersino Donizete do Prado, acusado de crime de concussão (extorsão por funcionário público) por 177 vezes contra um empresário de Santo André, região do ABC paulista.

    Para não converter em falência uma recuperação judicial, segundo a Procuradoria Geral de Justiça, Gersino exigiu dinheiro e presentes no valor que somaram cerca de R$ 500 mil. Na ocasião, ele exercia a titularidade da 7.ª Vara Cível de São Bernardo do Campo.

    A sequência de extorsões arrastou-se por mais de 3 anos, entre 2008 e 2011, segundo denúncia da Procuradoria-Geral de Justiça. Segundo a denúncia, o magistrado recebia pagamentos mensais de até R$ 20 mil.

    Além de dinheiro, ele exigiu da vítima gargantilha de ouro, relógios das marcas Rolex e Bvlgari.

    A joia, cravejada de esmeraldas, foi adquirida pelo valor de R$ 11,5 mil. Segundo a ação, o próprio juiz foi à joalheria e escolheu a peça de seu gosto. No dia seguinte, o empresário foi à joalheria e pagou. O joalheiro contou que entregou a encomenda no prédio onde o juiz mora.

    O relógio Rolex custou R$ 20 mil. O Bvlgari saiu mais em conta para a vítima, R$ 12,9 mil. Gersino assistiu a seu próprio julgamento. Mesmo condenado ele saiu da Corte direto para casa porque pode recorrer em liberdade.

  47. Policia Civil ?, não esse e o retrato do Judiciário

    Em seu voto, o relator José Carlos Xavier de Aquino demonstrou perplexidade com a conduta do juiz. “Ao que parece, diante das facilidades encontradas, a concussão veio em cascata, posto que também foram exigidas três canetas da marca Mont Blanc, um notebook Sony Vaio, uma mala Louis Vuitton, ternos Brooksfield, um aparelho celular modelo Iphone, shampus de cabelo que custavam quinhentos reais a unidade, além de custear o conserto de rodas de seu automóvel e pagar uma homenagem na Academia Brasileira de Arte, Cultura e História.”

  48. O desembargador Otávio Henrique de Sousa Lima, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), informou nesta quarta-feira (19) que se afastou do caso envolvendo a quadrilha do traficante Welinton Xavier dos Santos, o Capuava. A partir de agora, ele não participa mais de nenhum ato do processo.

    A decisão foi tomada dias após o TJ-SP instaurar um procedimento para apurar a conduta de Sousa Lima, suspeito de cometer irregularidades que vão desde a participação em um esquema de distribuição de habeas corpus para que ele próprio julgasse os pedidos – sempre de bandidos ligados ao crime organizado – a decisões que soltaram traficantes perigosos

  49. O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu nesta quarta-feira (3/4) afastar cautelarmente o desembargador Arthur Del Guércio Filho, presidente da 15ª Câmara de Direito Público do TJ. Ele é réu em processo administrativo sob a acusação de ter exigido, na qualidade de terceiro juiz em Agravo de Instrumento, dinheiro de uma das partes. Ele fica afastado até o término do Procedimento Administrativo Disciplinar. A decisão foi unânime.

    A história foi levada à presidência do Direito Público por um juiz aposentado, a quem, segundo o voto do presidente do TJ-SP, Ivan Sartori, foi pedido o dinheiro. O juiz, que hoje atua como advogado, contou ao presidente do Direito Público, desembargador Samuel Alves de Melo Júnior, que Del Guércio procurou sua filha, que trabalha com ele, e pediu que fosse ao seu gabinete. Lá, Del Guércio explicou que estava devendo R$ 35 mil por causa da reforma de seu apartamento e precisaria pagar até o dia seguinte.

    O desembargador teria dito que não estava vinculando o “empréstimo” ao julgamento do Agravo de Instrumento, mas que a advogada poderia conversar com o cliente dela para que resolvessem isso até o dia seguinte. O juiz aposentado pediu, então, para falar com diretamente com o credor, mas o desembargador disse que não. O caso deveria ser resolvido diretamente no gabinete.

  50. O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo aceitou ação por Improbidade Administrativa contra o juiz Alberto de Amorim Michelli. Nesta quarta-feira (12/12), por maioria de votos, os membros do colegiado acolheram ação ajuizada pelo Ministério Público de São Paulo para apurar acusações de enriquecimento ilícito e de envolvimento com a facção criminosa PCC por meio de sua ex-mulher, a advogada Suzana Volpini. O caso está sob segredo de Justiça.

    Michelli é juiz da 1ª Vara de Família do Tatuapé, na capital, mas está afastado de suas atividades jurisdicionais. Em processo administrativo aberto pela Corregedoria do TJ-SP foi apurado que seu patrimônio não condizia com seus vencimentos e que ele fez declarações falsas de renda à administração do tribunal. Foi colocado em disponibilidade em 2007. Suzana Volpini foi casada com ele e denunciada, em 2006, pelo MP por transferência ilegal de presos e por ligação com o PCC, sigla para Primeiro Comando da Capital.

  51. Alguém mais deseja falar em corrupção Policial, estou disposto a discutir ate o inferno congelar .

  52. Caro João Alkimin. O DG foi ou será intimado? Troca ou não troca a cadeira?

Os comentários estão desativados.