Profissão de risco é a exercida pelo pai do governador de Alagoas: BANDIDO! 29

Segundo o governador, atividade de policial civil não é considerada de risco e morte está ligada à reação

Renan Filho comenta morte de agente da Polícia Civil em Maceió

FOTO: LARISSA BASTOS

O governador Renan Filho (PMDB) afirmou, na manhã desta segunda-feira (25), durante evento no Palácio República dos Palmares, em Maceió, que o assassinato do agente da Polícia Civil José Clério Vieira está ligado à reação dele ao assalto ao ônibus em que estava e não ao fato de ele ser policial. Segundo ele, a atividade de policial civil não é considerada uma profissão de risco.

“O cidadão não morreu porque era policial. Ele morreu porque entrou em uma situação de confronto com bandidos. Poderia ser com qualquer cidadão, mas infelizmente foi um policial. Policial civil não é uma profissão de risco. Morrem pessoas de qualquer profissão e isso é fruto da violência”, acrescentou após ser questionado pela imprensa.

Na oportunidade, Renan Filho disse que se “associa ao sindicado” e reforçou o discurso adotado pelo governo de que Alagoas vem reduzindo os índices de violência. “Estou ao lado do sindicato para garantir mais segurança, mais investimento. Mas a segurança vive outro momento, de firmeza e serenidade para elevar o estado a outro patamar”.

 

  1. Somente para me situar. Este caso não é do colega morto com tiros na cabeça, onde o mesmo morreu sem saber porque?.

  2. Já que esse governador, filho de de senador com inúmeros processos, não considera a carteira policial de risco, sugiro aos colegas de Alagoas, que têm o saco roxo, que minem o governo dele e faça um inferno sua vida. Assim como faz o pai dele aos brasileiros.

  3. Filho de Renan, o que poderia sair de bom dali?!

    Por isto que o Brasil é um país atrasado.

    Um governador de estado proferir tal sentença.

    Hipocrisia, estupidez, mentira e menosprezo pela classe policial: estes são os frutos que saíram daquela boca.

  4. PELO AMOR DE DEUS. NÃO É POSSÍVEL QUE OS SINDICATOS ESTEJAM INERTES DESSA FORMA. SÃO DOIS ANOS SEM AO MENOS RECEBER AS PERDAS DA INFLAÇÃO!!! TUDO PELA HORA DA MORTE E OS POLICIAIS RECEBENDO O MESMO VALOR (INCLUSIVE DE ALIMENTAÇÃO DE DOIS ANOS ATRÁS).
    SINDICATOS TENHAM O MINIMO DE HOMBRIDADE! FALAVAM TANTO QUE COM A COPA E OLIMPIADAS SERIAMOS RECONHECIDOS, QUE ISSO QUE AQUILO E ATÉ AGORA SÓ FALTA DE PESSOAL E DESVALORIZAÇÃO.
    JA QUE OS SINDICATOS NAO FAZEM NADA PRECISAMOS NOS REUNIR E FAZER.

  5. Governador safado.
    Filho de um senador safado e provavelmente de uma mãe tirada da zona de Alagoas.
    Vagabundo… Risco corre ele…sem vergonha, amoral e anti ético.

  6. DECRETO Nº 62.114, DE 22 DE JULHO DE 2016

    Suspende, no corrente exercício, a aplicação do disposto no artigo 5º do Decreto nº 25.013, de 16 de abril de 1986, para os integrantes das carreiras policiais civis em exercício na Secretaria da Segurança Pública

    GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, Decreta:

    Artigo 1º – Fica suspensa, no corrente exercício, a aplicação do disposto no artigo 5º do Decreto nº 25.013, de 16 de abril de 1986, para os integrantes das carreiras policiais civis em exercício na Secretaria da Segurança Pública.

    Artigo 2º – As férias que vierem a ser indeferidas em decorrência da aplicação do disposto no artigo 1º deste decreto serão gozadas na seguinte conformidade:

    I – se o policial civil já tiver usufruído parte das férias correspondentes ao exercício de 2016, o restante será gozado
    em 2017;

    II – na hipótese contrária, pelo menos 50% (cinquenta por cento) serão gozadas no exercício de 2017, devendo o eventual saldo ser usufruído em 2018.

    Artigo 3º – Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.

    Palácio dos Bandeirantes, 22 de julho de 2016

    GERALDO ALCKMIN
    Mágino Alves Barbosa Filho
    Secretário da Segurança Pública
    Samuel Moreira da Silva Junior
    Secretário-Chefe da Casa Civil
    Saulo de Castro Abreu Filho
    Secretário de Governo
    Publicado na Secretaria de Governo, aos 22 de julho de 2016.

  7. O policial civil possui uma das profissões mais estressantes e perigosas, impedir que ele saia de férias é uma atitude que demonstra todo o apreço e consideração que o Governador tem pelos profissionais desta Instituição.

  8. Fica uma interrogativa: Quem gosta da polícia? Resposta inteligente: Ninguém, nem nós mesmos…

  9. Oras… Por que o delegado geral de lá… os diretores… chefes… etc… não entregam seus cargos? Ahh…. querem ser valorizados, respeitados, etc… massss…. ninguém quer perder a cadeira…

  10. ESSE FILHO DO BANDIDO RENAN
    E UMA AVE DE ARRIBAÇÃO
    VERDADEIRO LIXO HUMANO
    TÃO PILANTRA QUANTO O PAI
    UM ENERGUMENO

  11. Dez de que os criminosos tomarão o poder, a profissão policia, seja Civil ou militar, vão ser sempre desvalorizados e considerados um incomodo para aqueles que vivem sugando o erário publico.

  12. Por acaso não existe uma alta probabilidade de vitória em ação judicial contra o próprio governador e/ou Fazenda Pública para ressarcimento por danos morais e materiais devido ao impedimento do gozo de férias no corrente ano?

  13. Megaton na Barroca disse:
    26/07/2016 ÀS 17:30
    Por acaso não existe uma alta probabilidade de vitória em ação judicial contra o próprio governador e/ou Fazenda Pública para ressarcimento por danos morais e materiais devido ao impedimento do gozo de férias no corrente ano?

    Isso sai todo ano. So regulamenta as ferias indeferidas. Todo ano vem alguém fazer tempestade com esse decreto. Esse decreto saiu em 2015, 2014, 2013.

  14. Senhores :

    TEMPESTADE EM COPO DAGUA

    E

    Megaton na Barroca disse:

    (…Por acaso não existe uma alta probabilidade de vitória em ação judicial contra o próprio governador e/ou Fazenda Pública para ressarcimento por danos morais e materiais devido ao impedimento do gozo de férias no corrente ano?…)

    O problema de entrar na Justiça em São Paulo é que leva no mínimo dez anos para o processo chegar nos Tribunais de Brasília para ter nossos direitos reconhecidos.

    (…Isso sai todo ano. So regulamenta as ferias indeferidas. Todo ano vem alguém fazer tempestade com esse decreto. Esse decreto saiu em 2015, 2014, 2013….)

    O desrespeito aos direitos do trabalhador é uma marca desta administração, mas nunca deveria ser vista como normal, já que fere o direito da Pessoa Humana por não cumprir um princípio mínimo de respeito ao direito.

  15. PROFISSÃO PERIGO É SER O MANDA CHUVA DO CONGRESSO NACIONAL.
    GOZADO É QUE ESTES MESMOS BOSTAS QUE DESPREZAM OS POLICIAIS .. NÃO SABEM VIVER LONGE
    DA POLICIA…..

    ATÉ PRA BATER UM BARRO NO BANHEIRO ESTES BOSTAS QUEREM SEGURANÇA POLICIAL ;;;;

  16. Imagine, perigo algum. O policial deveria esperar chegar a vez dele de ser abordado no interior do onibus, ser identificado como tal e levar um tiro na cara, sem sequer ter tentado reagir!!!!!Não tem risco algum, seja um de nós, em boa parte dos casos,identificados como policial até na região onde reside, prá ver o que acontece!!!!! Governos estaduais fazendo escola, avacalhando ainda mais com as Polícias Civis, desrespeitando-as e deixando-as à deriva!!!

  17. Daqui a pouco aparece alguma ONG da Paz querendo desarmar os policiais para “proteger” os próprios policiais.

    E infelizmente ainda tem quem acredita que desarmar as pessoas honestas vai ajudar na segurança. Eu acredito que o desarmamento só ajudou na segurança dos criminosos e, principalmente, dos ditadores.

  18. O chefe ligou e disse que esse assunto não vem ao caso e quer mais…produção…produção…produção…

  19. TEMPESTADE EM COPO DAGUA e Carcereiro 13

    Agradeço as observações.

  20. E precisamos começar a limpar as escolas.

    Ou este país nunca terá o futuro que todos queremos e vamos ficar produzindo pobreza e “odiando a classe média” (Chauí-PT) por tempo indeterminado.

  21. Megaton na Barroca 27/07/2016 às 2:19

    TEMPESTADE EM COPO DAGUA e Carcereiro 13

    =====================================

    Também estou tentando ganhar da Fazenda e, sinceramente, não existe equilíbrio entre o (ex)policial e o governo. A Administração e a Fazenda ganham desproporcionalmente.

    O Legislativo e o Judiciário esqueceram que dá o direito a dormir de toda a sociedade. É preciso mudar a lei orgânica e dar segurança jurídica e trabalhista ao policial.

    Não é a Administração e nem as Instituições Policiais (PC e PM) que dão o direito a dormir de toda as pessoas; são os policiais, as pessoas que passam as madrugadas acordadas, correndo risco de perder a vida (mesmo que os governadores não acreditem, inclusive quando os policiais são assassinados).

    Polícia no Brasil tem menos direitos que criminoso e, aos poucos direitos que sobram, ainda é combatido pelo governo diariamente, como se o policial fosse o inimigo da sociedade. Seja com a “Via Rápida” (demitir por crime sem julgamento criminal) ou “Resíduo Administrativo” (não reintegrar absolvido criminalmente pela simples “Conveniência da Administração”), seja pelas aposentadorias ou horas de trabalho, pela falta de segurança para trabalhar ou pelos salários vexatórios, seja pela cadeia de corrupção que tem mais fome e poder do que a própria estrutura de governo etc.

    E acho difícil que os políticos e juízes não saibam de tudo isso, então quem ganha com esse quadro de combate contra o trabalho policial?

  22. SERÁ SEGUNDA FEIRA
    O DIA DA DESGRAÇA DO FUNCIONALISMO PÚBLICO
    UMA VERDADEIRA PÁ DE CAL NO ÂNIMO DE SERVIDORES DE TODO O BRASIL
    (EXCETO ALGUNS PRIVILEGIADOS E POLÍTICOS)
    Apoiado pelos Governadores dos Estados (inclusive Geraldo Alckmin) o PLP 257.
    Aquele projeto que suspende “aumento salarial” para o funcionalismo, bem como contratações por dois anos. Ainda bem que projeto de Lei não altera a Constituição. Pois não impede que conceda os reajustes inflacionários.
    Ah é mesmo….em São Paulo não se cumpre a Constituição há dois anos.

  23. Sr. exescravão

    Como uma instituição pode sobreviver, sem respeitar os direitos de seus integrantes?

    -Para termos nossos direitos respeitados temos que esperar a boa vontade do Judiciário o que não leva menos que uma década, para decidir o óbvio ululante,
    -A reposição anual da inflação, conforme previsão legal, é simplesmente ignorada pelo Governo,
    -A via rápida deixou o policial com a certeza que havendo dúvida, ele poderia ser punido, resultando que ele passasse a temer enfrentar pessoas influentes acabando por fortalecer o crime organizado.

    Qualquer atitude dos dirigentes desta instituição a qual encontra-se em um processo, provavelmente, irreversível de letargia e inercia as quais não comecem por:

    1- Atualização da Lei orgânica com a incorporação do que a de mais moderno em matéria de direitos e deveres,
    2- Escolha de pessoas antenadas com o que de mais atual em matéria de gestão, principalmente em cargos de chefia,
    3- Combate eficaz a burocracia que leva a ineficiência o que possibilita a corrupção,
    4- Treinamento constante e de nível elevado para todos seus integrantes,
    5- Carga de trabalho condizente com a capacidade, respeitando o legitimo e necessário direito ao descanso e lazer, ou seja, fim dos plantões de vinte quatro horas e do indeferimento de férias e licenças prêmio,
    6- Fim das transferências para locais de difícil locomoção e distantes da residência do policial como forma de punição” extraoficial”.
    7- Contratação de funcionários em quantidade e com a qualidade que a função policial exige,
    8- Regulamentação das relações de policiais com seus informantes,
    9- Valorização do policial com incentivos a evolução profissional,
    10- Combate incessante a corrupção, porém respeitando o direito os princípios legais do contraditório da ampla defesa e da presunção da inocência,
    11- Fim do recolha e por consequência da quinzena (Quem não vive de salário não luta por ele nem por ninguém),
    12- Fim da semana magra, semana gorda para os apadrinhados,
    13- Fim dos Fantasmas,
    14- Uma auditoria independente para verificar: onde, como, quanto e principalmente com quem se gasta.

    Sem isto está instituição, tão importante para o Estado de Direito, estará fadada ao fracasso, já é pública e notória a insatisfação generalizada dos integrantes desta Instituição.

  24. carcereiro 13 27/07/2016 às 18:21

    =================================

    Polícia assim assustaria muita gente graúda dentro do governo.

    Mas quem sabe a sociedade acorda e pede as transformações necessárias, porque é o dinheiro de todos indo pelo ralo e o sangue de muitos inocentes escorrendo pelas ruas.

  25. Bom Dia!

    Senhoras e Senhores.

    Quanto mais o tempo passa a política vai ficando mais porca, pobre e cheia de imbecis!

    Caronte

  26. sergio disse:
    26/07/2016 ÀS 21:19
    Imagine, perigo algum. O policial deveria esperar chegar a vez dele de ser abordado no interior do onibus, ser identificado como tal e levar um tiro na cara, sem sequer ter tentado reagir!!!!!Não tem risco algum, seja um de nós, em boa parte dos casos,identificados como policial até na região onde reside, prá ver o que acontece!!!!! Governos estaduais fazendo escola, avacalhando ainda mais com as Polícias Civis, desrespeitando-as e deixando-as à deriva!!!

    SERGIO, VOCÊ TEM TODA RAZÃO…………E TEM MAIS UM AGRAVANTE……….TRABALHAMOS COM AS PESSOAS QUE NOS VENDEM…..

    UMA DECLARAÇÃO DESSA, ATINGE TODO POLICIAL “QUE TRABALHA”………..MENOS OS QUE FAZEM O JOGO POLÍTICO DESSES GOVERNANTES……E ESTÃO NA MESMA INSTITUIÇÃO….

    QUE VERGONHA, DIRIGENTES DAS POLÍCIAS CIVIS DE TODO O BRASIL………SE SUJAM DE SANGUE EM TROCA DAS CADEIRAS….

  27. Sou policial civil aqui de Alagoas, neste exato momento (18h32 de 30/7) estamos, civis e militares, em alerta maximo; alguns sem sair de casa e os que estao trabalhando em “QAP” total; pois existem informes confiirmados que a faccão criminosa nascida ai em Sampa e que se espraioiu país afora quer se vingar em decorrencia de 7 bandidos mortos em 8 dias aqui. Um deles, do “quadro operacional”da facção. A ordem (o salve) é MATAR TODO E QUALQUER POLICIAL!
    Aí vem esse FDP desse cidadao, que, tal como o pai dele, nunca deu um dia de serviço – digno e convencional – a não ser “fazer politicagem” e enriquecer com as fazendas em terras do miseravel municipio de onde eles vêm, Murici; dizer que minha PROFISSAO NAO É DE RISCO. De certo está a manchete dessa materia: “risco tem o pai dele em sua profissao”; se bem que nem tanto assim porque os senhores ministros “supremos” nao deixam. E a gente nao vai as ruas pra parar essa merda.

  28. PROBLEMAS!
    PROBLEMAS!
    PROBLEMAS!
    Soluções?
    Ajuda de Custo Alimentação defasado, esquecido e aviltado perante o valor pago aos milicianos;
    Carreira de Carcereiro Extinta, e cadeias se multiplicando;
    DEJEC uma expectativa desafortunada;
    Pro labore das chefias operacionais cerca de R$ 200,00. Na S.A.P. R$ 1.200,00;
    Aposentadoria sem integralidade, em desacordo com a Lei 144/2014, regrada por uma INSTRUÇÃO conjunta denominada nº 3/2014;
    Aprovados em concurso aguardando na fila;
    Inúmeros Escrivães recém nomeados prestes a migrar para o Curso de Formação de Investigador (problema anunciado oficialmente);
    Regressão de classe quando da aposentadoria na maioria dos casos. Na PM se sobe de classe. Lá é prêmio. Aqui é castigo. Desprestígio.
    Nível Universitário anunciado pelo Governador NÃO CUMPRIDO. Inclusive retificaram o site governamental no dia seguinte mudando todo o sentido do texto; demais carreiras nada.
    Temos que ouvir que devemos dar graças a Deus por receber o salário nessa “crise”, Mas nenhum ocupante de cargo em comissão, nenhum ocupante de cargo político foi demitido para dar lugar a servidor de carreira.
    Onde está o grupo de estudos da Secretaria de Segurança Pública?
    De vez em quando volta o papo do fantasma chamado “reestruturação”. Não se fiem nisso.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s