ESCOLTA DE PRESO – Governo vai tirar policiais das ruas para cuidar de Presos. PODE ISSO? 39

OLIMPIA24HORAS

Mais escolta para o preso, menos segurança para o cidadão

Uma medida do Secretário de Segurança Pública deverá provocar significativa elevação da criminalidade no Estado de São Paulo nos próximos meses. A Resolução nº 102/2016, publicada nesta terça-feira (11),determina que as escoltas para a realização das audiências de custódia sejam efetuadas pela Polícia Civil e que ao menos um policial civil deva permanecer no Fórum até o término das audiências. Além disso, determina que seja destacado efetivo da Polícia Militar para todas as movimentações dos presos nas dependências do Fórum. E isso em todo o interior do Estado e na região metropolitana.

É importante o cidadão saber que essa resolução, que obriga Polícia Militar e Polícia Civil, além de inconstitucional, traz sérios prejuízos à segurança da população. A fim de desonerar a Polícia Militar e a Polícia Civil das centenasde escoltas de presos realizadas diariamente, o Governo do Estado de São Paulo fez promulgar a Lei Complementar nº 898, de 13 de julho de 2001, que instituiu no Quadro da Secretaria da Administração Penitenciária a classe deAgente de Escolta e Vigilância Penitenciária (AEVP). Essa classe foi criada justamente para o desempenho de atividades de escolta e custódia de presos, em movimentações externas, e a guarda das unidades prisionais, visando evitar fuga ou arrebatamento de presos, conforme prevê a lei.

Discute-se, contudo, que os AEVPs não estariam conseguindo dar conta da tarefa que lhes foi imposta, acabando por onerar as polícias Civil e Militar, em detrimento das segurança pública. Ao invés de se investir na contratação e capacitação desses agentes, opta-se por uma solução simplista e imediatista, empregando as polícias numa tarefa que não é delas.

As escoltas de presos realizadas somente pela Polícia Militar consomem, em média, 1.000 (Mil) policiais militares e 350 (Trezentas e cinquenta) viaturas por dia, comprometendo significativamente mais de 20% dos recursos disponíveis para o policiamento. Essa medida vai de encontro às declarações do próprio Governo do Estado, que desde2011 vem anunciando o fim das escoltas de presos pela Polícia Militar, como medida de incremento nas atividades de polícia ostensiva e preventiva, o que, na prática, não só não aconteceu, mas piorou o quadro até então existente.

Assim, essa resolução, além de contrariar as missões constitucionais afeta a Polícia Militar, atinge diretamente os serviços que serão prestados à população, pois os policiais militares designados para tais missões serão retirados do policiamento ostensivo das ruas e, portanto, menor será o efetivo para atender o cidadão.

Ou seja, a conclusão é evidente, esta resolução desvia os policiais militares da atividade de policiamento nas ruaspara permanecerem em escoltas de presos no interior de Fóruns em todo o Estado, agravando ainda mais os problemas decorrentes da falta de efetivo da Polícia Militar. Como se vê, cobra-se muito resultado da Polícia Militar, mas não se dá o mínimo respaldo e apoio à atividade de polícia ostensiva.

OPINIÃO DO OLIMPIA24HORAS

De fato, nós jornalistas policiais que trabalhamos diuturnamente ao lado daspolícias civil e militar compactuamos e concordamos com todos os termos citados neste artigo como prováveis aumentos nos índices de criminalidade como roubos, furtos e outros tantos crimes cometidos pelos bandidos de plantão diante da ausência da polícia nas ruas.

Mesmo com todas as dificuldades que as polícias encontram no seu dia a dia, no caso de Olímpia e região, Ela ainda desenvolve a contento um papel importante e primordial que é a defesa da sociedade de forma geral, haja vista os números deprisões e apreensões efetuadas diariamente. Mas só quem acompanha esse trabalho diariamente pode saber e exprimir a sua opinião.

Por isso, nós do Olimpia24horas repudiamos e rechaçamos de pronto mais essa“jogada suja” do Governo do Estado para reduzir custos, ou seja, tira o ônus do seu orçamento e joga o “abacaxi” para a população, que claro, não bastasse o que já sofre com a bandidagem e a insegurança, friso, mesmo com o “trabalho de leão” desenvolvido pelos nossos valentes policiais, vai sofrer ainda mais com esse “golpe de afogadilho”.

Se hoje já é difícil cumprir o seu papel de defender a sociedade de bem, começando pelo efetivo minguado de policiais em cada cidade, que sempre está abaixo do desejado, uma resolução desse porte é mais um abuso contra as pessoas que exigem e tem o direito a segurança. Na verdade, esse é mais um exemplo de que o Governo, ao invés de promover mais concursos e contratar mais policiais, não, prefere sangrar onde já não tem mais o que tirar. As polícias já trabalham no limite, começando pelo poderio bélico dos bandidos contra os 38 dos policiais. Policiais estes que saem de casa com o coração na mão e sem a mínima garantia que vão poder voltar para casa e rever sua família, seus filhos.

Nós, eu do Olimpia24horas e a sociedade de forma em geral precisa, quer e EXIGE segurança nas ruas, nos bairros, nas cidades, na zona rural e não policiais passeando de viaturas transportando presos ou em Fóruns aguardando audiências. Já basta o policial ter que sair no seu dia de folga para depor em Fóruns e Delegacias. Para quem não sabe, muitas vezes o policial que deixa o serviço no início da manhã, depois de longa madrugada de trabalho tenso, é obrigado a acordar bem cedinho, algumas horinhas depois de pegar no sono, para participar de audiência sobre alguma prisão efetuda anteriormente. Ou seja, o policial já cumpre muito mais do que o seu horário e ainda mais esse abacaxi?

Se existe uma classe específica para essas funções, onde está? Se ela não dá conta do recado, tem mais gente na fila aguardando contratação, ainda mais num país com milhões de desempregados. O Governo esconde mas nós podemos (e devemos) falar: É redução de custos! É para não contratar mais agentes! A verdade é essa já que todos os Estadosestão com as contas no vermelho. E daí? O que temos nós cidadãos de bem com essa questão do deficit da máquina pública? E a Constituição que diz que todos nós brasileiros temos o direito a segurança? Criar subterfúgios dessa maneira para desonerar o caixa do governo onerando a já sofrida e combalida população com o que ela mais teme: a insegurança, é “jogo sujo”. Deixar as cidades sem o devido policiamento para cuidar de presos, não que ele não tenha direito, mas cada um na sua. Se existe uma classe para essa função que seja ela a designada para para tal e não os policiais civis e militares, aí é rasgar a Constituição que prega que o cidadão tem direito a segunça pública. E claro, vamos torcer para que isso nunca aconteça. Que mais concursos sejam feitos, que mais pessoas sejam contratadas, isso sim!

Se depender do Olimpia24horas, a Defenda PM pode contar com a nossa força. Lugar de Policial Militar ou Civil é nas ruas, nos bairros, nas cidades, na zona rural, no caso da Polícia Militar, e nas delegacias ou em diligências esclarecendo crimes, no caso da Polícia Civil, e não dentro de viaturas transportando ou dentro de Fórunsacompanhando audiências.

Chega de tirar das costas do governo e jogar a “bucha” para o combalido povo! Chega! Estamos de olho Senhor Secretário! Estamos de olho Senhor Governador!

http://www.olimpia24horas.com.br/noticias/escolta-de-preso-governo-vai-tirar-policiais-das-ruas-para-cuidar-de-presos-pode-isso-/3/6066

  1. NO INTERIOR NÃO VAI MUDAR NADA COM RELAÇÃO A POLICIA MILITAR, POIS ESSA RESOLUÇÃO MESMO ANTES DELA EXISTIR, ESSE SERVIÇO JÁ É DESENVOLVIDO PELA PM DESDE DOS TEMOS QUE CACHORRO ERA AMARRADOS COM LINGUIÇAS, KKKKKKKKKKK, PARA A PM NO INTERIOR NÃO MUDA EM NADA, EXCETO PARA POLICIA CIVIL, QUE ALÉM DE NÃO TER PESSOAL NEM PARA FAZER O SERVIÇO BUROCRÁTICO IMPOSTO PELOS SENHORES GESTORES, AINDA VAI TER QUE CUMPRIR ESSA RESOLUÇÃO, DE ONDE VAI TIRAR É QUE FICA A PERGUNTA KKKKKK, TEM DP NO INTERIOR QUE TEM DIA QUE SÓ TEM ESTAGIÁRIO E FUNCIONÁRIO DE EMPRESTADO DE PREFEITURAS KKKKKKK.

  2. Policial civil é concursado para proceder investigações e não fazer operações ostensiva como à PM deve fazê-lo.
    Ponham o pessoa do GARRA e do GER para a escola de preso.
    O Governador extinguiu o cargo de carcereiro policial e daí Senhor Governador?
    Na Polícia Civil há mais ex-integrantes do cargo de carcereiro do que investigador, e esse por sua vez mais do que escrivão.
    Os delegados de polícia estão conseguindo acabar com à Polícia Civil ao aceitarem que se utilizem funcionários das prefeituras municipais para exercer função de escrivão e de GM para auxiliar os tiras nos SIGS das delegacias. É o fim da picada. Será que à Corregedoria da Polícia Civil, Promotores de Justiça e Juízes não veem isto?
    Onde estão os presidentes de sindicados para apontarem essa irregularidade perante o Ministério Público e à Justiça.
    Não será crime de usurpação de função pública previsto no artigo 328 do CP, quando de exercício de atividade estritamente policial?

  3. Jornalista escrever esta besteira até é admissível, já que para ser jornalista não é exigido nem mesmo segundo grau, qualquer pessoa que trabalhe hoje em são paulo e já levou preso para audiencia de soltura sabe que assim que entramos no forum os presos sao da PM, que além de fazerem a revista, por sinal do modo correto de ser, se encarregam de guardar e encaminhar as vitimas do sistema para a audiencia, que la no forum central da barra funda existe um batalhão de escolta, com dezenas de policias ja fazem isso desde a implantação deste sistema.

  4. Engraçado….
    PM na ALESP pode.
    PM na portaria do fórum pode.
    PM dentro do MP pode.
    PM escoltar preso não pode ????

  5. Jacaré sabe tudo, emite pitacos desde culinária, zoologia, sexo anal, passando por moda, hemorróidas e doces; não nega que é PM

  6. MAS UMA COISA É CERTA..

    SE SOBRAR ESCOLTA DE PRESOS AOS PCs NOS FORUNS,,, MAIS UMA VEZ SERÃO OS CARCEREIROS
    EXTINTOS , DESVIADOS DE FUNÇÕES QUE FARÃO ESTE SERVIÇO…

  7. MAIS UMA VEZ OS EXTINTOS CARCEREIROS SERÃO CONVIDADOS A MAIS UMA NOVA TAREFA…

  8. AGORA OS CARCEPAS DESVIADOS COMO ATUAIS TIRAS… FARÃO AS ESCOLTAS DE PRESOS NO FORUM…

    PODEM IREM SE PREPARANDO….

  9. È puxadinho daqui, gambiarra dali, e a gente vai seguindo. Não se iludam, isso aqui já acabou…

  10. Boa tarde pessoal…..

    Vamos ler direito antes de dar opiniões……..

    Isso é na cidade de OLIMPIA, em SP, isso já ocorre desde o inicio das Audiências de Soltura.

    O efetivo lá é praticamente ZERO de policiais, por isso a revolta….(e com razão)4

    Abraço a todos.

  11. Se faz urgente e imprescindível a aglutinação de algumas carreiras, que se tornaram desnecessárias, como por exemplo carcereiro e auxiliar de papiloscopista com a carreira de agente policial, criando-se a carreira de agente de polícia, para dar conta desta nova atribuição, bem como para auxiliar na atividade de investigação, o que já ocorre atualmente. Só falta um pouco de visão das autoridades e vontade política.

  12. senhores carcereiros : arregacem as mangas , se preparem para mais um desvio de função.

  13. ja temos em são paulo :

    carcetira.= carce + tira
    carcevão. = carce+ escravão.
    carcerolla.carce+ motorolla

    agora teremos carcecolta…. carce + escolta

  14. Discordo colega Juca Bala!! Vai sobrar para todo mundo!!Carcereiro, Investigador, Agente e o que estiver na frente!!!!

  15. Em todos os fóruns têm PMs… INCLUSIVE puxando degem…

  16. Freud Explica está com toda a razão.
    Eu já estou aposentado, graças a Deus.
    O ideal é que todos os policiais civis se unam pela aglutinação, unificação de uma carreira única, supondo à de Agente de Polícia Civil onde todos investigadores, escrivães, ex-carcereiros, agente de telecomunicações, agente policial, etc e, todos os integrantes da atuais carreiras devem compor um único cargo e todos com as mesmas atribuições.
    Haverá mais atribuições e responsabilidades, sim haverá.
    Enquanto os policiais civis não resolverem as suas disputas de seus cargos, os sindicatos menos ainda o farão, pois todos têm seus interesses.
    A mudança deverá vir da base, dos próprios policiais civis, sem a participação dos sindicatos.
    Todos estão esperando mudanças desde a greve de 2008 e nada ocorreu, certo? Então cabe os policiais civis da ativa se mobilizarem e peçam ao Governador do Estado a Unificação de suas carreiras.
    Quem ainda está na ativa e o seu tempo já o habilita a se aposentar, faça-o, aposente-se.

  17. Jacaré, dr Sabe tudo! Lixo disse:
    13/10/2016 ÀS 15:39
    Jacaré sabe tudo, emite pitacos desde culinária, zoologia, sexo anal, passando por moda, hemorróidas e doces; não nega que é PM

    Você saberia a razão de tão abrangentes ideias (de burro) e generalizados pitacos?

    O JACARÉ é candidato ao próximo Nobel de “Literaburra”!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  18. DENTRO DOS FÓRUNS A POLÍCIA MILITAR JÁ FAZ ISSO A MUITO TEMPO NÃO MUDA NADA !

    JÁ FAZEM ESCOLTAS DOS CADEIÕES NÃO MUDA NADA

    OS POLICIAIS CIVIS SÓ LEVAM DAS DELEGACIAS PARA OS CADEIÕES

    AS ESCOLTAS TEM SIDO REALIZADAS PELA POLÍCIA MILITAR !

    E ME AJUDEM AÍ OH !

  19. 11/10/2016 – SSP divulga resolução após intervenção da ADPESP

    comunicado
    A Secretaria da Segurança Pública publicou hoje a Resolução 102/16, que diz respeito à condução, movimentação e escolta de presos em fóruns nas regiões do Demacro e no interior.

    De acordo com o texto, a atribuição, até então realizada por policiais civis, deverá ser realizada pelo efetivo da Polícia Militar.

    A publicação se deu após intervenção da ADPESP. A Presidente da Associação, Marilda Pansonato Pinheiro, reuniu-se na última semana com o Delegado Geral de Polícia, Youssef Abou Chahin, e levou a ele um quadro preocupante, onde a rotina da Polícia Civil, já prejudicada pelo efetivo enxuto de profissionais, estaria ainda mais atribulada e congestionada.

    Ela ainda destacou que a participação da ADPESP foi além de suas atribuições, motivada principalmente pelo entendimento de que o Delegado de Polícia estaria com seu trabalho comprometido por um número ainda mais fragmentado e insuficiente de policiais à disposição para dar prossegimento em investigações e demais atividades inerentes à Polícia Judiciária.

    Leia a íntegra da Resolução:

    DOE de 11 Out 12, Caderno Executivo I, p. 43.
    Segurança Pública
    GABINETE DO SECRETÁRIO
    Resolução SSP-102, de 8-10-2016
    Disciplina no âmbito da Secretaria da Segurança Pública, a operacionalização da apresentação pessoal do preso provisório à autoridade judiciária para a realização da audiência de custódia no interior do Estado de São Paulo, e na região da Grande São Paulo e dá outras providências. O Secretário da Segurança Pública, resolve:
    Artigo 1º – No interior do Estado e na região da Grande São Paulo, a apresentação do preso provisório à autoridade judiciária, para realização de audiência de custódia, será realizada pela
    Polícia Civil, sendo que ao menos um policial civil deverá permanecer no Fórum até o término das audiências para a adoção das
    providências de polícia judiciária.
    Artigo 2º – Além da permanência do policial civil, deverá ser destacado efetivo da Polícia Militar, que será responsável por todas as movimentações do preso nas dependências do Fórum.
    Artigo 3º – Sendo mantida a prisão do custodiado, e não sendo a localidade provida de escolta da Secretaria da Administração Penitenciária, a escolta deverá ser realizada pela Polícia
    Militar à unidade prisional.
    Artigo 4º – O Delegado Geral de Polícia e o Comandante Geral da Polícia Militar, no âmbito das respectivas atribuições, disciplinarão, em atos administrativos próprios, as atividades
    tendentes ao fiel cumprimento desta Resolução.
    Artigo 5º – Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

    Compartilhe| http://www.adpesp.org.br/noticias-exibir?not=2698

  20. Não tem um monte de carcereiros que por não ter mais concursos, propositadamente criam o discurso que são “extintos” kkk, estão em plena função , pois recebem seus salários como carcereiros, então porque não se ocupem dentro dos Dps exercendo suas funções, e deixem de ficarem “desfilando” em delegacias especializadas (hoje são especializadas em $), desse jeito a desculpa de estar em desvio de funções acabarão, agora carcereiro permanecer no fórum ou em cadeias de trânsito, não vejo esse absurdo todo, por acaso existe algum carcereiro pleiteando exercer as funções de escrivão? pouquíssimos. Quem está no dia dia da policias sabe que não estou falando mentiras.

  21. “auxiliar na atividade de investigação”…kkkkkkk e desde quando se precisa de auxiliar pra isso?
    Têm super-policiais do distintivo de ferradura que sequer sabe pesquisar um DVC…
    Um frentista atento e de qualquer carreira esclarece mais casos que qualquer SIG.

  22. Leandro falou tudo.
    Se acham uns NASA’s e são tudo bunda rachada igual ao resto.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s