Protesto: Sindicato paga concurso de motorista a policiais 145

Sipol afirma que o salário ultrapassa o dos investigadores e escrivães

Cinthia Milanez

  1. EU ACHO É MUITO JUSTO ESSA MEDIDA, ASSIM, AQUELES QUE QUEREM CONTINUAREM GRUDADO NAS TETAS DO GOVERNO FAZENDO COISA ERRADA POR JÁ CONTAR COM TEMPO PARA SE APOSENTAR, VÃO PENSAR DUAS VEZES ANTES DE FAZER COISA ERRADAS E MANCHANDO O BOM NOME DA INSTITUIÇÃO E DE SEUS BONS FUNCIONÁRIOS HONRADOS, PARABÉNS.

  2. PARA AQUELES QUE JÁ TEM TEMPO PARA SE APOSENTAR, VAZA, DESOCUPA O LUGAR PARA OUTROS FUNCIONÁRIO QUE PRECISA TRABALHAR, VAI CURTIR A SUA APOSENTADORIA, PARA DE FICAR LAMBENDO O TROÇO DE BOSTA IGUAL MOSQUITOS VERDES, E A GRANDE MAIORIA DAS PESSOAS QUE JÁ CONTA COM TEMPO SUFICIENTE PARA SE APOSENTAR E NÃO QUER, BOA COISA ESSES PESSOAL NÃO ESTÁ FAZENDO, POIS DO JEITO QUE A COISA ANDA, ESTÁ CADA DIA MAIS DIFÍCIL PARA SE APOSENTAR, E AI APARECEM ALGUNS BOLHAS QUERENDO CONTINUAR TRABALHANDO, TEM UNS QUE ATE ENTRA NA JUSTIÇA PARA TAL, A VÁ CATAR COQUINHOS SEUS RATAZANAS, SÓ PODE ESTAR ROUBANDO OU FAZENDO ALGO DO NAIPE, NÃO TEM OUTRA JUSTIFICATIVA.

  3. “Ato isolado, não possuem qualquer organização”. (palavras do governador).

  4. Caso fosse de familia rica, oque seria feito?

    O caso aconteceu na tarde de segunda-feira, por volta das 14 horas, no km 234 – altura do bairro Caruara, Área Continental de Santos
    MAURÍCIO MARTINS 12/10/2016 – 07:31 – Atualizado em 12/10/2016 – 07:35

    Acidente ocorreu no km 234, altura do Caruara,
    às 14 horas de segunda
    “Quando a mãe dele chegou no local do acidente, o (corpo do) Davi ainda estava quente, sangrando pelo nariz. Mas ficou tanto tempo lá… (o corpo) foi ficando roxo, frio, endureceu braço, perna, tudo. Ela começou a entrar em desespero”. O relato emocionado é da dona de casa Ivanise Telles de Oliveira Amaral, 44 anos, tia do motoboy Davi Oliveira da Silva, que tinha 19 anos e morreu em um grave acidente na Rodovia Rio-Santos. O corpo ficou quase nove horas na pista.

    O caso aconteceu na tarde de segunda-feira, por volta das 14 horas, no km 234 – altura do bairro Caruara, Área Continental de Santos. Segundo a família, Davi, morador de Bertioga, seguia pela estrada de moto, sentido Guarujá, com um amigo na garupa. Ele perdeu o controle, invadiu a pista contrária e bateu em outra motocicleta. O motoboy morreu no local e outras três vítimas foram socorridas.

    A Polícia Militar Rodoviária (PMR) enviou viaturas, cobriu o corpo e teria acionado imediatamente a equipe de perícia do Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico-Legal (IML), ambos sob responsabilidade do Governo do Estado. Mas Ivanise afirma que os peritos só chegaram por volta das 22 horas e o carro funerário retirou o corpo às 22h40.

    Indignação

    A tia do rapaz conta que os pais e os três irmãos dele, um gêmeo, ficaram ainda mais abalados por conta da situação. “A demora foi tanta que tivemos que pagar R$ 1.800,00 para fazer um procedimento e conservar o corpo para o velório, ou teríamos que enterrar direto. Mas praticamente velamos o corpo na rodovia, inclusive os policiais fizeram orações com a gente”.

    Ivanise estava em Caçapava, interior do Estado, quando soube da morte do sobrinho. Demorou três horas para chegar ao local, ainda assim bem antes de o corpo ser retirado da pista. “Cheguei 17h20 e estava lá, ficou até a noite. Estamos chocados, ninguém acredita no que ocorreu. Não há nada que justifique isso”.

    Para o tio do motoboy, o frentista Gleibis Vanderlei da Silva Amaral, de 50 anos, o caso é muito revoltante. “Será que só existe um carro no litoral para buscar as pessoas que morrem nas estradas? É o absurdo do absurdo. Até o policial rodoviário ficou indignado. Minha cunhada sofrendo, vendo o filho dentro de um saco por horas, igual um lixo. Onde estão as autoridades?”.

    O corpo de Davi está sendo velado no Cemitério Municipal de Bertioga, onde será sepultado às 10 horas.

    Responsabilidades

    A Tribuna apurou que o Estado tem convênio com a Prefeitura de Santos para fornecimento de carros funerários. A Administração Municipal, por sua vez, terceiriza o serviço para as funerárias da Santa Casa de Santos e da Beneficência Portuguesa. Naquela data, a primeira era responsável pelo serviço.

    A Tribuna procurou na noite de ontem a Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP), que responde pelo IC e pelo IML, mas não houve resposta até o fechamento desta edição. A SSP informou que vai se manifestar hoje sobre o caso. A Reportagem também tentou, mas não conseguiu contato com a Santa Casa de Santos.

  5. TRIBUNAL DE JUSTIÇA
    SPr – Secretaria da Presidência
    COMUNICADO Nº 140/2016
    Considerando a existência de denúncias concernentes à prática de assédio moral no âmbito de trabalho do Tribunal de
    Justiça do Estado de São Paulo – TJSP, por meio de comentários indevidos, gracejos, constrangimentos e humilhações,
    de forma reiterada e frequente durante a jornada de trabalho; atitudes essas que enxovalham a imagem do servidor e o
    desqualificam.
    Considerando que essas condutas degradam o ambiente laboral, exasperam os ânimos, causam adoecimento do funcionário
    e redução da produtividade, com prejuízos à atividade jurisdicional,
    Considerando que a Lei Estadual nº 12.250/2006 veda o assédio moral no âmbito da Administração Pública Direta, Indireta e Fundações Públicas, sujeitando-se o infrator a penas, conforme o artigo 4º – O assédio moral praticado pelo agente, servidor,empregado ou qualquer pessoa que exerça função de autoridade nos termos desta lei, é infração grave e sujeitará o infrator às seguintes penalidades:
    I – advertência;
    II – suspensão;
    III – demissão.
    Considerando que a decisão da Ministra Eliana Calmon, relativa ao Recurso Especial 1.286.466, reconheceu o assédio moral como Ato de Improbidade (Lei nº 8.149/1992).
    A Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo RECOMENDA aos juízes e às chefias das unidades
    administrativas e cartorárias que zelem pelo exercício do trabalho em condições de respeito, urbanidade e equilíbrio, para
    supressão do assédio moral nesta Corte.
    São Paulo, 10 de outubro de 2016.
    (a) PAULO DIMAS DE BELLIS MASCARETTI, Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São
    Paulo

    Cuidado chefes: Considerando que a decisão da Ministra Eliana Calmon, relativa ao Recurso Especial 1.286.466, reconheceu o assédio moral como Ato de Improbidade (Lei nº 8.149/1992).

  6. VERGONHA, NÃO DESMERECENDO NENHUMA PROFISSÃO MAS ATÉ MOTORISTA DE BUSÃO GANHA MAIS DO QUE TIRA.

  7. Presidente do sindicato, Márcio Cunha explica que investigadores e escrivães ganham, em média, R$ 4,2 mil mensais. “Para o cargo de motorista do MP, a remuneração chega a R$ 4,9 mil e não exige ensino superior completo.

    Como podem observar o resto não é nem mencionado. Superior completo… aafffff. Só para quem entrou atualmente. Tem um monte por aí com superior de copeiro, ou quando entrou não tinha superior e só conseguiu depois. NUNCA aprendem. Primeiro ”nois” depois, talvez, se tiver, o resto.

    Pq ele mesmo não presta para motorista então? V.S.F. Superior meu ovo. Fala o salário do resto aí…

  8. Essas “Notas para a imprensa” da SSP , tanto pra justificar o aumento da criminalidade , bem como o desmonte da Polícia Civil não servem nem pra limpar o rabo.

  9. DR. TIMELO REGO ! NÃO PRECISA IR MUITO LONGE NÃO, ATUALMENTE, O SALÁRIO DE FAXINEIRO DO METRO NÃO ESTÁ MUITO LONGO DOS DE TIRA E ESCRAVÃO NÃO, É SÓ ESSE DESGOVERNO CONCEDER LOGO MAIS UM AUMENTO PARA ELES, METROVIÁRIOS, QUE ESSA POUCA VERGONHA IRÁ SE CONCRETIZAR. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  10. No último paragrafo do tópico, fala-se em quanto foi concedido de aumento desde 2011.
    Gostaria de saber porque ninguém contesta tal afirmação, que ao meu ver é simplesmente mentirosa.

  11. COLEGA AÍ DE CIMA !, O QUE ACONTECE É QUE ESSE DESGOVERNO METE TANTO QUE, ESSAS MENTIRAS PARA A POPULAÇÃO SE TORNAM VERDADEIRAS. VOU MAIS ALÉM, O ÚLTIMO AUMENTO QUE ELE CONCEDEU FOI DE 3,6% EM JANEIRO DE 2015, PARA OS ESCRIVÃES E INVESTIGADORES, POR CONTA DE PENDÊNCIA EXISTENTE RELACIONADA AO N.U. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  12. O Rei saiu fortalecido, aumento só de serviço, quem tiver tempo para aposentadoria, vaza, isso aí mata a pessoa, nada melhor do que está perto da família curtindo uma praia e …Isso aí já era, venham pra cá, o custo de vida aqui em Tutóia é baixo, é caro só os enlatados. Aproveitando o ensejo: “Blindado”, eu estive na praia de coqueirinhos há dez dias, muito boa.

  13. Esse pessoal do Sipol Bauru não faz muito tempo tava puxando o saco do Pedro Tobias, penso que deviam reclamar pra ele, quem sabe ele não intercede junto ao governador kkk

  14. SR. Deinter 4 !, RAPAZ !, PARE COM ISSO. SÓ EM VOCÊ FALAR DO NOME DESSE INEXISTENTE, PERDI O FIM DO DIA. LEMBRA-SE QUANDO ESSE MONTE DE “M” DISSE QUE CONFIAVA MAIS EM BANDIDOS DO QUE NA P.C. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  15. Vale a pena ler:

    O presidente Michel Temer – reportagem de Eduardo Bresciani, Catarina Alencastro e Eduardo Barreto, O Globo de quarta-feira – afirmou que o projeto de reforma da Previdência Social terminará com a distinção entre o sistema geral, do INSS, e o regime aplicado ao funcionalismo público. Nesta esfera, portanto, abrangendo…

    http://www.midiafire.com.br/2016/10/politica-485-michel-temer-esta-desinformado-sobre-unificar-previdencia.html

  16. Quando da cobrança efetuada pelo presidente do SIPESP, ao lixo do deputadinho Pedro Tobias, do PSDB, indagando-o, sobre, a razão de ter afirmado que todos Policial Civil era ladrão, o lixo, correu da raia; assim que tomei conhecimento do fato enviei e-mail, contendo o que segue:

    Deputado

    Pedro Tobias

    Sou Investigador de Policia

    Conforme matéria publicada no dia 25/07/013 no site Flit Paralisante, o Presidente do SIPESP, João Batista Rebouças, compareceu na Central de Policia Judiciária, onde se encontrava o Governador Geraldo Alckmin

    Interrompendo a coletiva do governador o presidente do SIPESP, cobrou uma série de reivindicações, como também, a falta de respeito do governador para com os operacionais da Polícia Civil do estado de São Paulo

    Na mesma data, o site Flit Paralisante publica que você, deputado Pedro Tobias, expressou:

    “Neste prédio onde tem policia eu não entro”

    Minha Resposta:

    Deputado
    Pedro Tobias
    Ataca todos, no entanto, em minha opinião:
    Sois lixo do lixo não reciclável; fosse realmente decente, farias autocrítica, como também, exporia as mazelas desta casa legislativa
    Acrescento que:

    Na condição de cidadão e investigador de policia cumpridor dos meus deveres afianço que nada temo, ao mesmo tempo, sou convicto que minha inteireza é superior a sua.

    Se Liga

    Pergunto ao ilustre “defensor das classes operacionais:

    Qual foi e qual é sua posição sobre as afirmações do lixotobias?

    A todos operacionais

    Boa tarde

  17. posso até concordar que isto não sirva para nada como diz os colegas acima. o que causa perplexidade(para não dizer outra coisa) é quem, tempos atrás, o sipesp e o sepesp, editou uma cartilha orientando escrivães e investigadores a nçao fazer nada daquilo que não é suas atribuições. assim o fez porque, acho eu, pensou que seus sindicalizados, muito embora com NU(a maioria) não sabia quais “não eram suas atribuições”. o que fizeram os “guerreiros do teclado”? nada. sabem porque? na hora de sair da zona de conforto enfiam o rabo entre as pernas e, com raríssimas exceções, continuam a “pedir a benção do chefe”. Criticar por criticar é fácil….agora dar uma sugestão de como realizar um movimento dentro da legalidade ninguém se propõe….greve será considerada ilegal e o sipesp e os demais, bem como as outras associaçõers estão amargando uma multa…a justiça jamais reconhecerá uma greve da pc legal…agora, duvido que vão julgar como ilegal deixar de praticar atribuições de delegados. a verdade é que todos os valentes tem medo de uma represália…

  18. RESENHA DE OCORRÊNCIA

    RDO.4019/16

    REGISTRADO NO: 77º.DP.
    CIRCUNSCRIÇÃO DO: 77º.DP.

    NATUREZA: MORTE SUSPEITA

    LOCAL: ALAMEDA GLETE, 827 – SANTA CECÍLIA – ESTACIONAMENTO DO 77º.DP.

    HF: 13/10/2016 10:00 HORA COM: 13/10/2016 11:59
    VITIMA: DESCONHECIDO, MASCULINO , BRANCO, APARENTADO SER “TRAVESTI”

    TESTEMUNHA: RAFAEL VARGAS RONAN – RG 44337535-SP – POL.CIVIL
    CONDUTOR: WALFRIDO DIAS JUNIOR – RG 14984648-SP – POL.CIVIL

    HIST: OS POLICIAIS ACIMA QUALIFICADOS AO APANHAREM A VIATURA VIRAM QUE
    TINHA UM CADÁVER DE SEXO MASCULINO, PERSONIFICANDO TRAVESTI, NO INTERIOR
    DO COMPARTIMENTO RESERVADO PARA PRESOS. A VIATURA TINHA DANOS NOS
    VIDROS, NA LATARIA, FECHADURA E ACRÍLICO INTERNO. SE FEZ PRESENTE NESTA
    DISTRITAL O DELEGADO SECCIONAL DE POLÍCIA, DR. MARCO ANTONIO PEREIRA N.
    DE PAULO SANTOS E O DELEGADO DO DOPE/CORREGEDORIA, DR. FELIPE MARTINS DA
    SILVA, ACOMPANHADO A LAVRATURA DA OCORRÊNCIA, QUE VISUALIZARAM AS
    IMAGENS DO CIRCUÍTO INTERNO DE CÂMARAS DE SEGURANÇA DA DELEGACIA E NÃO
    CONSTATARAM IRREGULARIDADES ADMINISTRATIVAS.
    FOI ACIONADO O DHPP PARA QUE FAÇAM A PERÍCIA DO LOCAL E O ACIONAMENTO
    DO CARRO DE CADÁVER E FEITAS COMUNICAÇOES DE PRAXE A CORREGEDORIA DA
    POLICIA CIVIL, 1ª.SECCIONAL DE POLICIA-CENTRO E CEPOL.

    ANDRE CASSIO GONÇALVES
    DEPOL 77ºD.P

  19. RESENHA DE OCORRÊNCIA

    RDO.4019/16

    REGISTRADO NO: 77º.DP.
    CIRCUNSCRIÇÃO DO: 77º.DP.

    NATUREZA: MORTE SUSPEITA

    LOCAL: ALAMEDA GLETE, 827 – SANTA CECÍLIA – ESTACIONAMENTO DO 77º.DP.

    HF: 13/10/2016 10:00 HORA COM: 13/10/2016 11:59
    VITIMA: DESCONHECIDO, MASCULINO , BRANCO, APARENTADO SER “TRAVESTI”

    TESTEMUNHA: RAFAEL VARGAS RONAN – RG 44337535-SP – POL.CIVIL
    CONDUTOR: WALFRIDO DIAS JUNIOR – RG 14984648-SP – POL.CIVIL

    HIST: OS POLICIAIS ACIMA QUALIFICADOS AO APANHAREM A VIATURA VIRAM QUE
    TINHA UM CADÁVER DE SEXO MASCULINO, PERSONIFICANDO TRAVESTI, NO INTERIOR
    DO COMPARTIMENTO RESERVADO PARA PRESOS. A VIATURA TINHA DANOS NOS
    VIDROS, NA LATARIA, FECHADURA E ACRÍLICO INTERNO. SE FEZ PRESENTE NESTA
    DISTRITAL O DELEGADO SECCIONAL DE POLÍCIA, DR. MARCO ANTONIO PEREIRA N.
    DE PAULO SANTOS E O DELEGADO DO DOPE/CORREGEDORIA, DR. FELIPE MARTINS DA
    SILVA, ACOMPANHADO A LAVRATURA DA OCORRÊNCIA, QUE VISUALIZARAM AS
    IMAGENS DO CIRCUÍTO INTERNO DE CÂMARAS DE SEGURANÇA DA DELEGACIA E NÃO
    CONSTATARAM IRREGULARIDADES ADMINISTRATIVAS.
    FOI ACIONADO O DHPP PARA QUE FAÇAM A PERÍCIA DO LOCAL E O ACIONAMENTO
    DO CARRO DE CADÁVER E FEITAS COMUNICAÇOES DE PRAXE A CORREGEDORIA DA
    POLICIA CIVIL, 1ª.SECCIONAL DE POLICIA-CENTRO E CEPOL.

    ANDRE CASSIO GONÇALVES
    DEPOL 77ºD.P

  20. SIPOL

    MANIFESTAÇÃO ESTADUAL

    Data: 20/10/2016

    Horário: 12 às 13 horas

    Local: em Presidente Prudente na rua Dr. Gurgel, 720 (Centro)

  21. SIPOL

    MANIFESTAÇÃO

    Data: 20/10/2016

    Horário: 12 às 13 horas

    Local: em Presidente Prudente na rua Dr. Gurgel, 720 (Centro)

  22. SR. APARECIDO LOUREIRO JANNONE !, ME DESCULPE, MAIS ATÉ HOJE NÃO VISLUMBREI QUAL É A SUA OU SEJA, ÉS TIRA OU ESCRAVÃO. SE INFORMAR EU E OS DEMAIS PARCEIROS AGRADECEREMOS. COMO ACABEI DE DIZER, S.M.J, VOCÊ NÃO CONHECE ESSES PRESIDENTES DESTES DOIS SINDICATOS, OU SEJA Os SRS. .REBOUÇAS E XAVIER. RAPAZ EU OS CONHEÇO MAIS DO QUE A PALMA DA MINHA MÃO. O SR. JÁ OUVIU FALAR NAQUELE VELHO DITADO ” BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSCA” ! E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  23. SÓ COMPLEMENTANDO UM POUQUINHO O ACIMA EXPOSTO : SR. APARECIDO, EU CONHEÇO ESSE REBOUÇAS HÁ MUITO E.MUITO TEMPO QUANDO ELE FOI CHEFE DOS TIRAS LA NO 65º D.P. ARTUR ALVIM,, ASSIM COMO TAMBÉM CONHEÇO O SR. XAVIER HÁ MUITO,,MUITO E MUITO TEMPO QUANDO ELE FOI PLANTONISTA LÁ NO 2º D.P,. BOM RETIRO. RAPAZ ! E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  24. SR. APARECIDO !, QUANDO DAQUELA MANIFESTAÇÃO DEFRONTE AO PALÁCIO DAQUELE “CABEÇA SEM PELO”, O QUAL AINDA EXERCIA A FUNÇÃO DE SSP, EU DE CORPO E ALMA LÁ ESTAVA, QUANDO TIVE O PRAZER DE CUMPRIMENTAR OS COLEGAS JARIM, RODOMIL, VAGNER E OUTROS OS QUAIS NÃO ME LEMBRO MOMENTO . AGORA ESSAS FIGURAS QUE SE DIZEM PRESIDENTES, TAIS COMO XAVIER, REBOUÇAS, BAILONE E OUTROS, NÃO VI NENHUM DELES , SÓ SE ESTAVAM EM REUNIÃO COM O CABEÇA DE OVO E, NÃO DESCERAM PARA NOS APOIAR. RAPAZ. E, ME AJUDEM AÍ Ó !… LÁ

  25. Sr.Blindado. O dia em que os policiais tiverem a coragem de cumprir somente suas atribuições as coisas poderão mudar. Quanto a presidentes de associações, as associações se prestam somente a lazer. Quem, de acordo com a lei pode representa-los são os sindicatos. (não devia nem ter feito este comentário pois todos NU sabem a distinção)E, por falar em sindicato ele é forte na medida em que seus sindicalizados o são. Isto é fato. O histórico de greves demonstra que neste país ela não se presta a nada. Basta ver o que se consegue com elas. Todas são, sem exceção, declaradas ilegais. No grito nada se consegue. A história também já provou. Por que ninguém tem a coragem de iniciar uma operação nos moldes daquela cartilha que mencionei. Seria o único movimento legalista. Sabe porque? Por medo de represálias . Diga ao delegado que você vai fazer greve e ele pode, até discretamente, apoiá-lo mas não vai defende-lo publicamente., Agora,diga a ele que você não vai mais praticar as atribuições dele e verás o que ele vai responder. Agora, pensar que sindicato vai “arrumar”seu aumento sem que você saia da zona de conforto aí é querer demais. Quanto a mim,fiz minha história, bem ou mal a fiz .Apenas a título de desvendar curiosidade, nos tempos em que sindicato era proibido mostrei, eu e meus colegas, no município em que trabalhávamos, que cumprir somente atribuições nossas pararia a polícia. E, por quatro meses ela parou mesmo.Isto porque os delegados estavam a pedir equiparação com promotores e o então Regional disse, em um jornal da cidade que delegados iriam voltar a presidir os inquéritos e que eles iriam mais depressa relatados ao forum e mais bem elaborados. Nos chamou se vagabundos e incompetentes. Os tempos eram outros, não se tinha democracia plena, como dizem agora. Saímos da zona de conforto mas, ao menos, mostramos ao então Diretor da Regional(era assim ) quem realmente fazia a polícia judiciária. E olha que naquele tempo boa parte dos escrivães eram oriundo da guarda civil. E, ganhávamos quase que dois terços de delegado. Ao final e ao cabo, as coisas poderiam melhorar um pouco se todos se prestassem a agir mais. Quanto ao anonimato dos que aqui se manifestam, respeito essa posição mas, convenhamos, expressar pontos de vista dentro da legalidade e sem ofensas a quem quer que seja não implica em tomar essas “cautelas”. Boa sorte a todos…

  26. o que delegado acha ou deve achar não deveria ser “problema para escrivão e investigador” e muito menos estes deveriam se preocupar com o que eles pensam….

  27. Olha!! posso dizer com propriedade que tem “Policial Civil” que esta ganhando muito bem pelo serviço que presta…

  28. Qualquer idiota sabe que; pela exigência escolar, pela periculosidade e pela importância do nosso serviço é claro que estamos ganhando muito pouco.
    Resta-nos, a UNIÃO E MOBILIZAÇÃO, caso contrário ficaremos na mesma.
    Os próprios policiais, a grande maioria não sabe da importância do nosso trabalho…
    Abraços…

  29. CARO COLEGA APARECIDO !, S.M.J., VOCÊ NÃO ENTENDEU O QUE EU EXPUS. VEJA SÓ, QUANDO DAQUELA MANIFESTAÇÃO LÁ DEFRONTE À SSP, EU, JARIM, VAGNER, RODOMIL E OUTROS QUE NÃO LEMBRO ESTÁVAMOS LÁ PRESENTES, ENQUANTO QUE OS SRS. XAVIER, REBOUÇAS, BAILONE E OUTROS NÃO DERAM NEM AS CARAS. POSSO PERGUNTÁ-LO NOVAMENTE ? FOSTE TIRA OU ESCRIBA ? BOA SORTE TAMBÉM….

  30. Realmente, os salários no Ministério Público são bons. Estou a 15 anos na casa e o meu salário passa longe disso. Por que será? No Estado a única instituição que anda na pindaíba é a Policia Civil. Resposta pra isso? Ninguém tem. Puxa-saco? Milhares.

  31. Blindado. acredito que vc não leu o que eu escrevi. Se tivesse lido saberia se fui tira ou escrivão. Quanto aos citados, com todo respeito, no que resultou esses movimentos? Quais benefícios concretos? Por que será que todos tem medo de cumprir somente suas atribuições? Talvez vc, com muito mais propriedade que eu possa esclarecer. E mais, porque esses presidentes acima citados, nunca incentivaram seus associados/sindicalizados a fazer esse tipo de movimento? Porque nunca foram até a mídia para, ao menos, esclarecer a todos o que escrivão e investigador faz “a mais”. Boa parte deles podem ser considerados delegados de fato. Porque esse silêncio? Afinal é bem melhor eu ganhar o que ganho fazendo só o meu. Ou não?

  32. Acho que tem gente que nao conhece Marcio Cunha e nao sabe onde a greve de 2008 teve inicio..,Melhor perguntar pro Serra heim.,,

  33. O SINDICATO NÃO AJUDA? SE DESFILIE. SIMPLES. PARE DE RECLAMAR E NÃO FAZER NADA. MATA ESSA PELEGADA DE FOME. É COMEÇAR A FALTAR “ASSOCIADOS” QUE OS CARAS SE COÇAM RAPIDINHO.

  34. Esqueçam isso. Vamos nos preocupar somente com o PT.
    PSDB nos dá um salário digno e ponto final.

  35. GREVE NA POLICIA CIVIL DE PERNAMBUCO. VAMO ACORDAR SINDICATOS E ASSOCIACOES.

  36. Para complementar o comentário acima………A Polícia Civil, do Paraná, decidiu juntamente com os professores que a partir de segunda-feira, GREVE GERAL……..enquanto isso na Chuiça Brasileira (Estado de São Paulo )…..sindicatos e associações se assombram com a possibilidade GREVE ….nem discutem o assunto.

  37. Policia Civil…..Greve a partir de segunda- feira no Paraná, juntamente com os professores

  38. O “Blindado” direto de JP/PB disse:
    13/10/2016 ÀS 10:50
    COLEGA AÍ DE CIMA !, O QUE ACONTECE É QUE ESSE DESGOVERNO METE TANTO QUE, ESSAS MENTIRAS PARA A POPULAÇÃO SE TORNAM VERDADEIRAS. VOU MAIS ALÉM, O ÚLTIMO AUMENTO QUE ELE CONCEDEU FOI DE 3,6% EM JANEIRO DE 2015, PARA OS ESCRIVÃES E INVESTIGADORES, POR CONTA DE PENDÊNCIA EXISTENTE RELACIONADA AO N.U. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

    3,6 foi em janeiro , mas de 2014

  39. INFORMAÇÃO NO SIPOL SOBRE

    MANIFESTAÇÃO

    Data: 20/10/2016

    Horário: 12 às 13 horas

    Local: em Presidente Prudente na rua Dr. Gurgel, 720 (Centro)

  40. INFORMAÇÃO NO SIPOL SOBRE MANIFESTAÇÃO PARA O DIA

    Data: 20/10/2016

    Horário: 12 às 13 horas

    Local: em Presidente Prudente na rua Dr. Gurgel, 720 (Centro)

  41. O negócio é São Paulo se ajustar com os demais Estados e iniciar uma greve geral.

  42. Governo de mentira!!! Virou rotina remeter Notas sem demonstrar base de cálculo real!

    Nessa conta de 40% de aumento, deve ter incluído a incorporação de 50% do ALE.

    Mesmo assim, de 2011 a 2016, caso existisse esse aumento de 40%, esse período de 6 anos representaria aumento salarial anual de 6,6%, o que está bem abaixo da correção inflacionária para o período e prevista na Constituição Federal.

    Outro ponto também é comparar com o aumento real que outras carreiras de 1ª categoria tiveram.

    Ou seja, dá pra bater no Governo e tirar sua máscara sem o mínimo esforço.

  43. Olhando na página da Adpesp uma machete me chamou a atenção,” SSP divulga resolução após intervenção da Adpesp”. Muito vantajoso isso para a polícia cívil, conseguir passar essa merda para a PM. O fato é que a PC não tem efetivo tão pouco obrigação de fazer escolta, mesma condição da PM, pois polícia tem que está investigando e a outra patrulhando, prevenindo e pretendo, ou seja, essa missão de escolta não se enquadra para nenhuma corporação. No entanto a valorosa associação está se vangloriando com o fato, sabe o que vai acontecer, a PM não tem efetivo, então será criado mais é mais vagas de dejem, ou seja, dejem está que poderia ser dejec, mas nesses anos que estamos com zero+ zero+ zero de reajuste, qualquer dinheiro a mais já ajuda. Enquanto vossos dirigentes acharem que a vantagem da PC é fuder com a PM, nada vai mudar, me refiro a auxílio alimentação, dejem, aposentadoria, promoções, e outras coisas a mais, mas pq brigariam né, do de acúmulo de funções os delegas ganham um salário a mais de um investigador. Boa sorte pra vcs, pq irão precisar.

  44. O PROTESTO É COMEÇAR A ENCANAR OS FDP DOS RECOLHAS E LEVAR PARA O MP.
    ENQUANTO ESSAS PRAGAS EXISTIREM ESTAREMOS NA ROÇA !

  45. 11/10/2016 – SSP divulga resolução após intervenção da ADPESP

    comunicado
    A Secretaria da Segurança Pública publicou hoje a Resolução 102/16, que diz respeito à condução, movimentação e escolta de presos em fóruns nas regiões do Demacro e no interior.

    De acordo com o texto, a atribuição, até então realizada por policiais civis, deverá ser realizada pelo efetivo da Polícia Militar.

    A publicação se deu após intervenção da ADPESP. A Presidente da Associação, Marilda Pansonato Pinheiro, reuniu-se na última semana com o Delegado Geral de Polícia, Youssef Abou Chahin, e levou a ele um quadro preocupante, onde a rotina da Polícia Civil, já prejudicada pelo efetivo enxuto de profissionais, estaria ainda mais atribulada e congestionada.

    Ela ainda destacou que a participação da ADPESP foi além de suas atribuições, motivada principalmente pelo entendimento de que o Delegado de Polícia estaria com seu trabalho comprometido por um número ainda mais fragmentado e insuficiente de policiais à disposição para dar prossegimento em investigações e demais atividades inerentes à Polícia Judiciária.

    Leia a íntegra da Resolução:

    DOE de 11 Out 12, Caderno Executivo I, p. 43.
    Segurança Pública
    GABINETE DO SECRETÁRIO
    Resolução SSP-102, de 8-10-2016
    Disciplina no âmbito da Secretaria da Segurança Pública, a operacionalização da apresentação pessoal do preso provisório à autoridade judiciária para a realização da audiência de custódia no interior do Estado de São Paulo, e na região da Grande São Paulo e dá outras providências. O Secretário da Segurança Pública, resolve:
    Artigo 1º – No interior do Estado e na região da Grande São Paulo, a apresentação do preso provisório à autoridade judiciária, para realização de audiência de custódia, será realizada pela
    Polícia Civil, sendo que ao menos um policial civil deverá permanecer no Fórum até o término das audiências para a adoção das
    providências de polícia judiciária.
    Artigo 2º – Além da permanência do policial civil, deverá ser destacado efetivo da Polícia Militar, que será responsável por todas as movimentações do preso nas dependências do Fórum.
    Artigo 3º – Sendo mantida a prisão do custodiado, e não sendo a localidade provida de escolta da Secretaria da Administração Penitenciária, a escolta deverá ser realizada pela Polícia
    Militar à unidade prisional.
    Artigo 4º – O Delegado Geral de Polícia e o Comandante Geral da Polícia Militar, no âmbito das respectivas atribuições, disciplinarão, em atos administrativos próprios, as atividades
    tendentes ao fiel cumprimento desta Resolução.
    Artigo 5º – Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

    Fonte: http://www.adpesp.org.br/noticias-exibir?not=2698

  46. Fica pontuado o fracasso de consultorias contratadas na área de Gestão Pública.
    Dinheiro do contribuinte jogado fora!!!
    O índice de criminalidade subiu e adotou comportamento caracterizado por trajetória ascendente.
    Previsível.
    O resultado acusa o vexatório desastre.
    Restou evidente que a queda inicial foi atípica, marginal e insustentável.
    Teria vergonha dos resultados.
    Chacota pura!
    Tudo sabido de antemão!
    Melhor irem estudar e voltar para o jardim da infância.
    MBA e formação em universidades conceituadas são adereços de uma banda de bufões.
    Novatos!
    Segurança pública é com quem faz segurança pública.
    A linha de frente.
    O “mainstream” discreto é divergente do estudado por supostos especialistas e presunçosos.
    Tristemente, quem entende o mínimo sobre o assunto, sabe que a pauta vai piorar e muito.
    Infelizmente!
    Quem ganha: setores ligados à segurança privada, mídia e seguradoras.
    Os demais …

    E para complementar:
    Ainda não houve percepção do desgaste, beira à putrefação.
    Tudo vai piorar e muito.
    Começam a falar de problemas e, quem está na pior, ri (de ódio).
    Só ri!
    Falta pagar o preço político.
    Inevitável que venha.
    Colateralidade.

  47. Aumento de 44,8% a 72,8% de aumento, nos últimos anos? quá quá quá quá

  48. Tem um ditado que diz: “contra fatos não há argumento “. Pois bem, sabemos que a Polícia Civil é órgão esquecido pelo Governo do Estado e seus funcionários órfão de pai e de mãe. Uma pena ! Mas verdade !
    Enfim, estamos sem moral alguma !
    Escrivão e Investigador, com nível superior, ganhando menos do que motorista do MP/SP em que se exige apenas o nível fundamental (oitava série ) é a prova de que os princípios da moralidade administrativa, proporcionalidade e razoabilidade, neste país, não significam absolutamente nada. O MP/SP remunera dignamente seus funcionários. Parabéns ao MP e aos seus funcionários ! Já o Poder Executivo está pouco se lixando para a Polícia Civil e seus funcionários em geral, salientando que quanto a discrepância salarial dos escrivães e investigadores, por serem cargos de nível superior, com outras carreiras dentro da própria Polícia Civil e mais ainda com outros cargos de nível médio e superior, do próprio poder executivo,do Judiciário, do Ministério Público e do Tribunal de Contas, chega a ser um deboche por parte do Estado. Isso mesmo, um deboche !
    Sugestão: estudar para cair fora, a não ser que se goste de trabalhar muito (principalmente no interiror do Estado, em que se faz as vezes de dois ou até de três e quem conhece a realidade sabe disso) e não se importe de ganhar pouco, pouco mesmo, a ponto do motorista do MP/SP cuja exigência é nível fundamental, ganhar mais do que cargos de nível superior. Que incrível ! Bem, chega de chororo. Vamos nessa…

  49. Enquanto essa turma estiver dando as cartas, nada muda, a não ser para pior. O resto é balela.

  50. SR. ” escri13″ !, SÓ QUE ELES ESQUECERAM DE EFETIVAMENTE INDICAREM HÁ QUANTOS ANOS. POIS PRA MIM É NO MÍNIMO DURANTE ESTES ÚLTIMOS DEZ ANOS E OLHA LÁ. E, ME AJUDEM AÍ Ó !….

  51. Ao inves de ficar pagando inscricão em concurso para um ou outro tinham é que estar brigando por nós, pelo aumento, ou melhor, pela reposição salarial, por um vale refeição digno, estamos perdidos!!!

  52. O êxtase coletivo pós impeachment aliado a hipnose coletiva via Globo, tem deixado as ações absurdas e devastadoras de Temer sem oposição, a PEC 241 foi aprovada sem qualquer discussão ou contestação, as Ruas ficaram vazias e silenciosas durante a votação da PEC 241, assim como querem nos enfiar goela abaixo a reforma da previdência, espero que o povo saia da inércia e saia as Ruas, governo sem oposição é um perigo, daqui a pouco vão impor idade mínima de 70 anos para aposentadoria, e o povo continuará contemplando o açoite em berço esplêndido.

  53. GENTE !, SÃO AQUELES DITADOS ” QUEM QUER MUITO TRAZ DE CASA E O LOBO PERDE O PELO MAIS NÃO PERDE O VÍCIO “, VIRAM A FALCATRUA PERPETRADA POR ESSE TIRA CHEFE LÁ DE SÃO BERNARDO DO CAMPO E SEUS COMPARSAS. DIANTE DESSA POUCA VERGONHA, SABE QUANDO ESSE GOVERNO NOS CONCEDERÁ REPOSIÇÃO SALARIAL : NUNCA !. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  54. Sera que nossos sindicatos nao possuem pessoal especializafo na area de cálculos para rebater esta contra informação do desgoverno????? Será que NUNCA farão calculos para desmentir essa falsa notícia que já vai para 1 ano?????

  55. “A PEC diz o seguinte: se você ganha hoje 10.000, nos próximos 10 anos, se seu salário passar para 50.000, você só poderá gastar os mesmos 10.000. Nenhum país do mundo fez isto, e só mesmo alguém muito perturbado aprova isto em PEC, significando que estamos engessados 20 anos, a não ser que se chame uma constituinte.”

  56. Os militares envelhecem mais cedo, basta trabalhar 5 anos registrado na previdência (com carteira profissional assinada) e outros 25 anos vestir uma farda e então, indiferentemente da idade, já estão cansados.

    Um operário ou qualquer outro trabalhador do funcionalismo público deve trabalhar até os 65 anos de idade, indiferentemente da idade que começou a trabalhar e se não aguentar o baque, que se foda!

    Há uma polêmica referente aos militares cansados que se aposentam com apenas 30 anos trabalhados:
    cada vez que há ataques de criminosos contra a ordem pública, os aposentados cansados se colocam à disposição para vestirem novamente uma farda para combater a criminalidade!
    Então pq não trabalharem até os 65 anos de idade como qualquer outro ser-humano?

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/10/1823183-aposentadoria-de-militar-so-deve-mudar-apos-reforma-da-previdencia.shtml

  57. Forma válida de protesto, bem como a desfiliação de sindicatos e associações que vivem as nossas custas.

    Mês passado me desfilei de uma certa Associação… Recepcionista com cara de bunda pra mim e na porta o tal Presidente e seus “meninos” falando as mesmas de sempre, nem perceberam que alí passava um investigador que deixou de “colaborar” com dignissima associação…
    Todos muito bem vestidos, engravatados…e pensar em quantos colegas não deram sua saúde e/ou vida e eles nada… Ou quase nada: ROMARIA e Promoção de “Crise” pra colônia de férias…
    Nem preciso falar qual associação é, né!?

  58. Coluna do Aposentado: Reforma da Previdência na mira da DPU

    Defensoria vai entrar com ações civis públicas contra propostas do governo que contrariarem a Constituição

    16/10/2016 12:00:00
    MARTHA IMENES

    ‘Deveria haver uma forma de fazer revisão na aposentadoria a cada dez anos. Seria mias justo’, diz Joaquim de Souza Oliveira, de 72 anos
    Luiz Ackermann / Agência O Dia
    Rio – Implementação de idade mínima de 65 anos para homens e mulheres, contagem maior do tempo de contribuição, fim do acúmulo de benefícios, como pensão e aposentadoria, e desvinculação do reajuste do salário mínimo são alguns dos itens da Reforma da Previdência que serão questionados judicialmente com ações civis públicas pela Defensoria Geral da União (DPU).

    Um dos principais tópicos que o governo Temer vai apresentar como proposta ao Congresso e que está na mira da DPU é o que trata da idade mínima para aposentar pelo INSS.

    “É constitucional ter diferenciação de gênero”, afirma o defensor público federal Thales Treiger. “A diferença de idade é necessária porque as mulheres têm tripla jornada, é uma questão de justiça. É ela, por exemplo, quem cuida de uma pessoa doente da família, dos filhos”, pontua o defensor, que acrescenta que daqui a alguns anos essa realidade tende a mudar, com os homens exercendo um papel mais atuante no que diz respeito ao cotidiano familiar.

    Outro ponto que o defensor questiona é o que trata do tempo de contribuição ao INSS. Segundo ele, com o aumento dos atuais 15 anos de recolhimento para 25 anos, o governo está ampliando ainda mais o que já foi feito quando instituiu o fator previdenciário.

    “Nenhuma mudança pode implicar em perda de direitos aos aposentados”, adverte Treiger.

    O aumento no tempo de contribuição é visto com preocupação pelo vigilante Tiago Ribeiro, 29 anos, morador de Nova Iguaçu. “Fui militar e quando saí do quartel e fui trabalhar como vigilante. Contribuo há pouco tempo e pelo visto vou morrer trabalhando”, diz. “Acho errado essas mudanças, elas vão prejudicar o trabalhador. Os políticos não pensam no povo”, critica.

    Mais um ponto da reforma contestado pelo defensor público é o que proíbe o acúmulo de benefícios, como pensão e aposentadoria. As novas regras valerão para quem ainda não adquiriu o direito de se aposentar. Quem já está aposentado ou já atingiu os critérios atuais para requerer a aposentadoria tem os direitos garantidos.

    “Muitas famílias, principalmente no interior do Brasil, se estruturam dessa forma. O pai sustenta a família e a mulher cuida dos filhos e da roça”, exemplifica Treiger. “Nos rincões do país a figura do arrimo ainda é muito forte”, conta. “É natural que ao morrer o trabalhador deixe a pensão para a mulher, assim como também é justo que ela se aposente e receba seu benefício”, avalia.

    ‘A Previdência precisa garantir ao trabalhador um benefício compatível ao salário recebido na ativa’, diz Benjamin da Silva Teixeira, de 62 anos
    Luiz Ackermann / Agência O Dia
    DÚVIDAS SOBRE A REFORMA
    Ainda no aguardo dos acontecimentos e com muitas dúvidas sobre as mudanças que serão propostas para a Previdência, os contadores Benjamim da Silva Teixeira e Joaquim de Souza Oliveira, avaliam que é preciso fazer mudanças, desde que sejam resguardados os direitos dos segurados.

    Aposentado há dois anos, Benjamim, 62 anos, morador de Vila Isabel, continua no mercado de trabalho. Ele avalia que o sistema tem que mudar, principalmente no que diz respeito ao valor do benefício e as fontes de custeio do INSS.

    “A Previdência deve garantir ao trabalhador benefício compatível ao salário recebido na ativa”, reivindica Benjamim. Visão similar tem Joaquim, 72, aposentado há 20 e que também continua trabalhando.

    Para ele, o INSS precisa rever gastos e aposentadorias. “Deveria haver forma de revisar a aposentadoria a cada dez anos. Seria mais justo para corrigir perdas e distorções”, avalia Joaquim, que está com ação de desaposentação na Justiça.

    INSS terá que responder ao MPF e à DPU

    Pente-fino do INSS virou alvo de inquérito civil do Ministério Público Federal e da Defensoria Pública da União na última semana. Os órgãos pedem esclarecimentos sobre a revisão dos benefícios por incapacidade, que avaliará auxílios-doença e aposentadorias por invalidez concedidos há mais de dois anos. O principal ponto questionado pelo MPF é sobre os direitos concedidos pela Justiça e que serão cortados na esfera administrativa.

    Tanto o MPF quanto a Defensoria Federal são contra o procedimento por entender que as revisões deveriam passar pelo crivo da procuradoria, o que garantiria ao segurado uma nova análise, apontando até quais documentos faltaram ser analisados pelo perito médico do instituto.

    “Os segurados têm que ter direito à defesa. O prazo dado pelo INSS (cinco dias a contar do recebimento da convocação) é muito curto para providenciar laudo e exames que comprovem a sua incapacidade”, diz o presidente do Instituto de Estudos Previdenciários (Ieprev), Roberto de Carvalho Santos.

    O prazo para que o instituto responda ao questionamento e apresentar estudos sobre o pente-fino ao MPF termina na próxima sexta-feira e o estipulado pela Defensoria acaba dia 24. Se o INSS não se manifestar, os órgãos podem entrar com ação para suspender o pente-fino da maneira como está sendo conduzido.

    De acordo com Santos, isso não quer dizer que toda medida provisória que implementou o pente-fino seria paralisada, apenas as questões apontadas pelo MPF e a DPU. Antes de entrar na Justiça, porém, o especialista acredita que haverá tentativa de acordo, por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

    Ao ser convocado para revisão da MP 739 de julho de 2016, o segurado deve ficar atento, pois o INSS, ao entender que o segurado tem condições de retornar ao trabalho, vai cancelar o pagamento do auxilio doença ou da aposentadoria por invalidez. Ele deve guardar os laudos, receitas e prontuários médicos do tratamento para apresentá-los na perícia.

    Tiago: políticos não ligam para os pobres
    Luiz Ackermann / Agência O Dia
    CONFIRA OS PONTOS

    REFORMA PEGA TODOS
    Todos os trabalhadores da iniciativa privada, servidores públicos em atividade e parlamentares serão alvos das proposta da Reforma da Previdência. Sobre os militares ainda não foi batido martelo. Quem tem até 50 anos de idade terá de obedecer novas regras integralmente; segurado com mais de 50 anos cumprirá regras mais suaves, mas com tempo adicional para requerer aposentadoria. Aposentados e quem completar requisitos para pedir o benefício até a aprovação da reforma não serão afetados.

    QUANDO AS MUDANÇAS ENTRAM EM VIGOR
    Vai depender da aprovação da reforma no Congresso. O governo deve enviar a proposta depois do segundo turno das eleições municipais. A expectativa é que tramite ano que vem.

    REGRAS DE TRANSIÇÃO
    O governo quer que a regra de transição dure 15 anos para que os efeitos sejam mais rápidos. Quem for enquadrado na regra de transição (com 50 anos ou mais) poderá se aposentar pelas regras atuais, mas pagará pedágio de até 50% para requerer o benefício (se faltar um ano, por exemplo, será preciso trabalhar 18 meses).

    IDADE MÍNIMA
    No setor privado, trabalhadores se aposentam com cerca de 54 anos, ao completar o tempo de contribuição (35 anos, homens e 30, mulheres). O governo quer uma idade mínima de 65 anos, chegando a 70 para novas gerações. No funcionalismo, já há idade mínima (60 anos, homens e 55, mulheres), mas subirá para igualar os regimes de previdência. Há possibilidade de ser criado gatilho para aumentar a idade mínima sempre que a expectativa de vida aumentar.

    CÁLCULO DO BENEFÍCIO
    O governo pretende mexer na fórmula de cálculo e pressionar o trabalhador a contribuir por mais tempo e, assim, melhorar o valor do benefício. Hoje, dificilmente, o segurado recebe benefício integral. A ideia é aplicar um percentual de 50% sobre a média das contribuições feitas, acrescida de um ponto percentual a cada ano adicional de recolhimento para o INSS.

    TEMPO MÍNIMO DE CONTRIBUIÇÃO
    Deve subir dos atuais 15 anos para 25 anos.

    DIFERENÇA DE REGRAS ENTRE HOMENS E MULHERES
    Hoje, as mulheres podem se aposentar antes dos homens (com cinco anos a menos). O governo federal pretende reduzir a diferença de forma gradual, unificando em 65 anos a idade mínima para todos. A nova regra afetará principalmente mulheres com até 45 anos.

    ESPECIAL
    A ideia é acabar com aposentadorias especiais para militares, professores, PMs e bombeiros. Para professores, a regra de transição seria mais suave, igual a das trabalhadoras em geral. Para PMs, deve haver idade mínima e não apenas tempo de contribuição, como é hoje.

    PENSÃO
    A pensão por morte, que é integral, deve ser reduzida para 50%, mais 10% por dependente, para todos os segurados (INSS e serviço público). O benefício também será desvinculado do salário mínimo, ficando sem ganhos reais.

    TRABALHADORES RURAIS
    Considerados segurados especiais, os trabalhadores das áreas rurais podem se aposentar por idade (60 anos homens e 55, mulheres), bastando apenas comprovação da atividade no campo, que pode ser feita com declaração fornecida por sindicato. O governo quer que esse segmento também passe a contribuir para o regime, com alíquota semelhante à do MEI, de 5%. A idade mínima para se aposentar também vai subir.

    BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS (LOAS)
    Idosos ou deficientes de baixa renda têm direito a um benefício assistencial mesmo sem nunca terem contribuído, o que é considerado injusto com os demais trabalhadores que contribuem. A ideia é desvincular este benefício da política de reajuste do salário mínimo. Os benefícios seriam reajustados pela inflação.

    FIM DA PARIDADE ENTRE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS
    A regra atual assegura o mesmo reajuste salarial para todos e na mesma data. A novidade afetaria aqueles que ingressaram no serviço público antes de 2003 e ainda não se aposentaram. Esses trabalhadores passariam a ter direito só à reposição da inflação no momento de reajustar o benefício. O mecanismo já vigora para quem entrou depois de 2003.

    MILITARES E PARLAMENTARES
    Há proposta de alterar as regras dos militares. Mas o governo ainda não bateu o martelo. A ideia era de fazer ajustes na carreira, que elevariam o tempo de serviço para pedir transferência para a reserva de 30 para 35 anos. A idade compulsória (limite para permanência na ativa) deve acabar. Pensão das filhas deve mudar. No caso dos parlamentares, desde que acabou o Instituto de Previdência dos Congressistas, em 1997, deputados e senadores podem se aposentar aos 60 anos, com benefício integral se exerceram o mandato por 35 anos, ou proporcional, se por tempo inferior.

  59. ECONOMIA
    Coluna do Aposentado: Reforma da Previdência na mira da DPU

    Defensoria vai entrar com ações civis públicas contra propostas do governo que contrariarem a Constituição

    16/10/2016 12:00:00
    MARTHA IMENES

    ‘Deveria haver uma forma de fazer revisão na aposentadoria a cada dez anos. Seria mias justo’, diz Joaquim de Souza Oliveira, de 72 anos
    Luiz Ackermann / Agência O Dia
    Rio – Implementação de idade mínima de 65 anos para homens e mulheres, contagem maior do tempo de contribuição, fim do acúmulo de benefícios, como pensão e aposentadoria, e desvinculação do reajuste do salário mínimo são alguns dos itens da Reforma da Previdência que serão questionados judicialmente com ações civis públicas pela Defensoria Geral da União (DPU).

    Um dos principais tópicos que o governo Temer vai apresentar como proposta ao Congresso e que está na mira da DPU é o que trata da idade mínima para aposentar pelo INSS.

    “É constitucional ter diferenciação de gênero”, afirma o defensor público federal Thales Treiger. “A diferença de idade é necessária porque as mulheres têm tripla jornada, é uma questão de justiça. É ela, por exemplo, quem cuida de uma pessoa doente da família, dos filhos”, pontua o defensor, que acrescenta que daqui a alguns anos essa realidade tende a mudar, com os homens exercendo um papel mais atuante no que diz respeito ao cotidiano familiar.

    Outro ponto que o defensor questiona é o que trata do tempo de contribuição ao INSS. Segundo ele, com o aumento dos atuais 15 anos de recolhimento para 25 anos, o governo está ampliando ainda mais o que já foi feito quando instituiu o fator previdenciário.

    “Nenhuma mudança pode implicar em perda de direitos aos aposentados”, adverte Treiger.

    O aumento no tempo de contribuição é visto com preocupação pelo vigilante Tiago Ribeiro, 29 anos, morador de Nova Iguaçu. “Fui militar e quando saí do quartel e fui trabalhar como vigilante. Contribuo há pouco tempo e pelo visto vou morrer trabalhando”, diz. “Acho errado essas mudanças, elas vão prejudicar o trabalhador. Os políticos não pensam no povo”, critica.

    Mais um ponto da reforma contestado pelo defensor público é o que proíbe o acúmulo de benefícios, como pensão e aposentadoria. As novas regras valerão para quem ainda não adquiriu o direito de se aposentar. Quem já está aposentado ou já atingiu os critérios atuais para requerer a aposentadoria tem os direitos garantidos.

    “Muitas famílias, principalmente no interior do Brasil, se estruturam dessa forma. O pai sustenta a família e a mulher cuida dos filhos e da roça”, exemplifica Treiger. “Nos rincões do país a figura do arrimo ainda é muito forte”, conta. “É natural que ao morrer o trabalhador deixe a pensão para a mulher, assim como também é justo que ela se aposente e receba seu benefício”, avalia.

    ‘A Previdência precisa garantir ao trabalhador um benefício compatível ao salário recebido na ativa’, diz Benjamin da Silva Teixeira, de 62 anos
    Luiz Ackermann / Agência O Dia
    DÚVIDAS SOBRE A REFORMA
    Ainda no aguardo dos acontecimentos e com muitas dúvidas sobre as mudanças que serão propostas para a Previdência, os contadores Benjamim da Silva Teixeira e Joaquim de Souza Oliveira, avaliam que é preciso fazer mudanças, desde que sejam resguardados os direitos dos segurados.

    Aposentado há dois anos, Benjamim, 62 anos, morador de Vila Isabel, continua no mercado de trabalho. Ele avalia que o sistema tem que mudar, principalmente no que diz respeito ao valor do benefício e as fontes de custeio do INSS.

    “A Previdência deve garantir ao trabalhador benefício compatível ao salário recebido na ativa”, reivindica Benjamim. Visão similar tem Joaquim, 72, aposentado há 20 e que também continua trabalhando.

    Para ele, o INSS precisa rever gastos e aposentadorias. “Deveria haver forma de revisar a aposentadoria a cada dez anos. Seria mais justo para corrigir perdas e distorções”, avalia Joaquim, que está com ação de desaposentação na Justiça.

    INSS terá que responder ao MPF e à DPU

    Pente-fino do INSS virou alvo de inquérito civil do Ministério Público Federal e da Defensoria Pública da União na última semana. Os órgãos pedem esclarecimentos sobre a revisão dos benefícios por incapacidade, que avaliará auxílios-doença e aposentadorias por invalidez concedidos há mais de dois anos. O principal ponto questionado pelo MPF é sobre os direitos concedidos pela Justiça e que serão cortados na esfera administrativa.

    Tanto o MPF quanto a Defensoria Federal são contra o procedimento por entender que as revisões deveriam passar pelo crivo da procuradoria, o que garantiria ao segurado uma nova análise, apontando até quais documentos faltaram ser analisados pelo perito médico do instituto.

    “Os segurados têm que ter direito à defesa. O prazo dado pelo INSS (cinco dias a contar do recebimento da convocação) é muito curto para providenciar laudo e exames que comprovem a sua incapacidade”, diz o presidente do Instituto de Estudos Previdenciários (Ieprev), Roberto de Carvalho Santos.

    O prazo para que o instituto responda ao questionamento e apresentar estudos sobre o pente-fino ao MPF termina na próxima sexta-feira e o estipulado pela Defensoria acaba dia 24. Se o INSS não se manifestar, os órgãos podem entrar com ação para suspender o pente-fino da maneira como está sendo conduzido.

    De acordo com Santos, isso não quer dizer que toda medida provisória que implementou o pente-fino seria paralisada, apenas as questões apontadas pelo MPF e a DPU. Antes de entrar na Justiça, porém, o especialista acredita que haverá tentativa de acordo, por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

    Ao ser convocado para revisão da MP 739 de julho de 2016, o segurado deve ficar atento, pois o INSS, ao entender que o segurado tem condições de retornar ao trabalho, vai cancelar o pagamento do auxilio doença ou da aposentadoria por invalidez. Ele deve guardar os laudos, receitas e prontuários médicos do tratamento para apresentá-los na perícia.

    Tiago: políticos não ligam para os pobres
    Luiz Ackermann / Agência O Dia
    CONFIRA OS PONTOS

    REFORMA PEGA TODOS
    Todos os trabalhadores da iniciativa privada, servidores públicos em atividade e parlamentares serão alvos das proposta da Reforma da Previdência. Sobre os militares ainda não foi batido martelo. Quem tem até 50 anos de idade terá de obedecer novas regras integralmente; segurado com mais de 50 anos cumprirá regras mais suaves, mas com tempo adicional para requerer aposentadoria. Aposentados e quem completar requisitos para pedir o benefício até a aprovação da reforma não serão afetados.

    QUANDO AS MUDANÇAS ENTRAM EM VIGOR
    Vai depender da aprovação da reforma no Congresso. O governo deve enviar a proposta depois do segundo turno das eleições municipais. A expectativa é que tramite ano que vem.

    REGRAS DE TRANSIÇÃO
    O governo quer que a regra de transição dure 15 anos para que os efeitos sejam mais rápidos. Quem for enquadrado na regra de transição (com 50 anos ou mais) poderá se aposentar pelas regras atuais, mas pagará pedágio de até 50% para requerer o benefício (se faltar um ano, por exemplo, será preciso trabalhar 18 meses).

    IDADE MÍNIMA
    No setor privado, trabalhadores se aposentam com cerca de 54 anos, ao completar o tempo de contribuição (35 anos, homens e 30, mulheres). O governo quer uma idade mínima de 65 anos, chegando a 70 para novas gerações. No funcionalismo, já há idade mínima (60 anos, homens e 55, mulheres), mas subirá para igualar os regimes de previdência. Há possibilidade de ser criado gatilho para aumentar a idade mínima sempre que a expectativa de vida aumentar.

    CÁLCULO DO BENEFÍCIO
    O governo pretende mexer na fórmula de cálculo e pressionar o trabalhador a contribuir por mais tempo e, assim, melhorar o valor do benefício. Hoje, dificilmente, o segurado recebe benefício integral. A ideia é aplicar um percentual de 50% sobre a média das contribuições feitas, acrescida de um ponto percentual a cada ano adicional de recolhimento para o INSS.

    TEMPO MÍNIMO DE CONTRIBUIÇÃO
    Deve subir dos atuais 15 anos para 25 anos.

    DIFERENÇA DE REGRAS ENTRE HOMENS E MULHERES
    Hoje, as mulheres podem se aposentar antes dos homens (com cinco anos a menos). O governo federal pretende reduzir a diferença de forma gradual, unificando em 65 anos a idade mínima para todos. A nova regra afetará principalmente mulheres com até 45 anos.

    ESPECIAL
    A ideia é acabar com aposentadorias especiais para militares, professores, PMs e bombeiros. Para professores, a regra de transição seria mais suave, igual a das trabalhadoras em geral. Para PMs, deve haver idade mínima e não apenas tempo de contribuição, como é hoje.

    PENSÃO
    A pensão por morte, que é integral, deve ser reduzida para 50%, mais 10% por dependente, para todos os segurados (INSS e serviço público). O benefício também será desvinculado do salário mínimo, ficando sem ganhos reais.

    TRABALHADORES RURAIS
    Considerados segurados especiais, os trabalhadores das áreas rurais podem se aposentar por idade (60 anos homens e 55, mulheres), bastando apenas comprovação da atividade no campo, que pode ser feita com declaração fornecida por sindicato. O governo quer que esse segmento também passe a contribuir para o regime, com alíquota semelhante à do MEI, de 5%. A idade mínima para se aposentar também vai subir.

    BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS (LOAS)
    Idosos ou deficientes de baixa renda têm direito a um benefício assistencial mesmo sem nunca terem contribuído, o que é considerado injusto com os demais trabalhadores que contribuem. A ideia é desvincular este benefício da política de reajuste do salário mínimo. Os benefícios seriam reajustados pela inflação.

    FIM DA PARIDADE ENTRE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS
    A regra atual assegura o mesmo reajuste salarial para todos e na mesma data. A novidade afetaria aqueles que ingressaram no serviço público antes de 2003 e ainda não se aposentaram. Esses trabalhadores passariam a ter direito só à reposição da inflação no momento de reajustar o benefício. O mecanismo já vigora para quem entrou depois de 2003.

    MILITARES E PARLAMENTARES
    Há proposta de alterar as regras dos militares. Mas o governo ainda não bateu o martelo. A ideia era de fazer ajustes na carreira, que elevariam o tempo de serviço para pedir transferência para a reserva de 30 para 35 anos. A idade compulsória (limite para permanência na ativa) deve acabar. Pensão das filhas deve mudar. No caso dos parlamentares, desde que acabou o Instituto de Previdência dos Congressistas, em 1997, deputados e senadores podem se aposentar aos 60 anos, com benefício integral se exerceram o mandato por 35 anos, ou proporcional, se por tempo inferior.

  60. JACARÉ SEM DENTE disse:
    13/10/2016 às 2:29

    EU ACHO É MUITO JUSTO ESSA MEDIDA, ASSIM, AQUELES QUE QUEREM CONTINUAREM GRUDADO NAS TETAS DO GOVERNO FAZENDO COISA ERRADA POR JÁ CONTAR COM TEMPO PARA SE APOSENTAR, VÃO PENSAR DUAS VEZES ANTES DE FAZER COISA ERRADAS E MANCHANDO O BOM NOME DA INSTITUIÇÃO E DE SEUS BONS FUNCIONÁRIOS HONRADOS, PARABÉNS.

    ====================

    A aposentadoria não é benefício social, é DIREITO PAGO todo mês (descontada do pagamento).

    Ser demitido é uma coisa, perder a aposentadoria é outra.

    Se não quer aposentar, então não desconta da folha de pagamento.

    Se pegou o dinheiro e não vai aposentar, então que DEVOLVA O DINHEIRO pago. Ou é SIMPLES SUBTRAÇÃO do dinheiro alheio. Tenta entrar com uma ação na Justiça para conseguir esse dinheiro de volta e veja se consegue e, se conseguir, quanto anos ou décadas, demorara. Eu não sei, porque nunca pedi, mas imagino.

    E imagine se, na iniciativa privada isso também ocorresse. E olha que o INSS é muito ruim, muito mesmo!

    Se eu estiver cometendo algum erro, por favor, digam, porque não entendo muito desse assunto.

  61. JACARÉ SEM DENTE disse:
    13/10/2016 às 2:29

    EU ACHO É MUITO JUSTO ESSA MEDIDA, ASSIM, AQUELES QUE QUEREM CONTINUAREM GRUDADO NAS TETAS DO GOVERNO FAZENDO COISA ERRADA POR JÁ CONTAR COM TEMPO PARA SE APOSENTAR, VÃO PENSAR DUAS VEZES ANTES DE FAZER COISA ERRADAS E MANCHANDO O BOM NOME DA INSTITUIÇÃO E DE SEUS BONS FUNCIONÁRIOS HONRADOS, PARABÉNS.

    ================

    E mais um detalhe:

    Não se esqueça que ser demitido na Polícia pode ser exemplo de simples honestidade, enquanto alguns que prosperam na carreira são completamente corruptos.

    Tudo fica muito escondido na fumaça da corrupção institucionalizada.

  62. INVESTIPOL QUEBRADO (16/10/2016 às 1:58)

    O êxtase coletivo pós impeachment aliado a hipnose coletiva via Globo, tem deixado as ações absurdas e devastadoras de Temer sem oposição, a PEC 241 foi aprovada sem qualquer discussão ou contestação, as Ruas ficaram vazias e silenciosas durante a votação da PEC 241, assim como querem nos enfiar goela abaixo a reforma da previdência, espero que o povo saia da inércia e saia as Ruas, governo sem oposição é um perigo, daqui a pouco vão impor idade mínima de 70 anos para aposentadoria, e o povo continuará contemplando o açoite em berço esplêndido.

    ============================

    Entendo a sua indignação, mas criar eu, na minha mais alta insignificância, entendo a PEC 241 como um remédio necessário.

    A PEC 241 é o resultado do governo PT. Se a PEC não fosse aprovada, logo você não teria salário, como vários policiais estão passando agora na Venezuela ou mesmo nos estados onde o PT e a esquerda foram governo.

    Não é complicado. Não se pode gastar mais do que se arrecada. Como um país cheio de problemas foi construir metrô na Venezuela e porto em Cuba? Tem obras até na África.

    Outro problema, diferente da PEC 241, é que o POLICIAL CIVIL foi DESVALORIZADO jurídica, salarial e até socialmente e isso precisa ser corrigido.

    Se o salário vai aumentar ou diminuir não depende da PEC. É só uma questão de escolha de onde colocar o dinheiro que tem. Até por que outras categorias tiveram aumentos substanciais nos últimos governos do PSDB de São Paulo e agora o governador poderia olhar para os PCs.

    Por exemplo, o projeto de Lei Orgânica da Polícia:

    http://www.al.sp.gov.br/propositura/?id=1000001937

    O governador vai apoiar? Ou seja, não é uma questão de dinheiro, é uma questão de ESCOLHA POLÍTICA.

    PEC 241 é outra questão, uma muito maior: O Brasil quebrou. As lojas estavam fechando, as praças estavam sendo tomadas por moradores de rua, as feiras estavam esvaziando.

    O PT sangrou o Brasil em nome do infeliz do Karl Marx e do enriquecimento de meia dúzia às custas dos favorecimentos do governo.

  63. E A RESTRUTURAÇÃO ????????

    QUANDO SERA ?????????????????
    TO ESPERANDO ………………….PÔ….

  64. Senhor Exescravão

    Até onde sei, o funcionario com tempo para aposentadoria que é demitido, perde o status de funcionario publico e portanto o regime previdênciario que estava vinculado, mas isso não quer dizer que ficará sem aposentadoria, ele poderá socorrer-se no INSS, se contar com 35 anos de contribuição e por contagem recíproca solicitar aposentadoria. Se negado, pode recorrer a justiça.
    Já que o assunto do momento é aposentadoria, farei algumas considerações, baseando-me no que sei até o presente:
    FUNCIONARIO PUBLICO FEDERAL- o sistema deles é deficitario em virtude de a União, nada previdente nos ultimos anos, aumentou o salario dos funcionarios e esqueceu-se de que se aposentariam algum dia, que haviam aposentados com paridade, que ha aposentadorias precoces…..
    FUNCIONARIO PUBLICO ESTADUAL- também há casos aqui de aposentadorias precoces, e algumas com integralidade e posto imediato.
    INSS- o sistema dos contribuintes urbanos é avitário, o problema é a aposentadoria rural(não contribuitiva) e o LOAS, que provem de beneficio pessoas que nunca contribuiram, tudo isso sai na conta do que contribui.
    Anteriormente a Constituição de 1988, aposentadoria rural era paga pelo FUNRURAL, no valor de meio salario, este povo migrou para o INSS ganhando UM SALARIO, da mesma forma, criaram a tal LOAS que se sustenta das contribuições.
    O INSS não se sustenta apenas das contribuições de empregadores e de empregados, há também a participação nos jogos.
    Mesmo assim, a conta não fecha, pois quando idealizado o atual modelo, a idade média de sobrevida era 60 anos e hoje, passa dos 75, sem contar, que estavamos em fase de crescimento populacional acelerado, este mesmo crescimento, pressiona para se aposentar agora.
    Não funciona como peculio, uma aposentadoria é paga com a contribuição dos que trabalham, agora, quando a quantidade de aposentados beira os 50% dos que trabalham não há sistema que se sustente.
    Não há matematica que sustente uma pessoa contribuir por 25 anos, se aposentar aos 50 e receber integral, vivendo até 80 anos…não é aceitavel que as Sras. se aposentem antes, se vivem mais e portando recebem mais.
    Estes e outros vários fatores, fazem com que se algo não for feito e com URGENCIA, no futuro bem proximo, ou todos receberão apenas o salario minimo, ou não haverá recurso para pagar ninguém, evidentemente, as categorias com maior pressão puxará a brasa para a sua sardinha em detrimento dos outros, TEMOS QUE NOS ATENTAR A ISSO, A DIVISÃO DO PREJUIZO DEVE SER EQUANIME!

    é o que penso

    C,A,

  65. EM TEMPO…

    O INSS, apesar dos avanços tecnologicos, não foi previdente para se proteger de fraudes, tanto internas como externas!
    Uma parte consideravel dos recursos foram e talvez irão para os ralos. Alguém se lembra da “Jorgina”? (risos)

    C.A.

  66. EU SÓ QUERIA UMA COISA

    QUE ESSES COMENTÁRIOS

    SURTISSEM ALGUM EFEITO

    EM ALGUM LUGAR

    PARA FICAR NA MESMA

    NEM PRECISEM FALAREM

    NADA !

    E ME AJUDEM AÍ OH !

  67. ESTÁ FALTANDO

    POLÍCIA NA POLÍCIA

    NA MINHA EQUIPE

    SÃO:

    1 – DELPOLSINHO DE MERDINHA

    1 – ESCRIPOLZINHO DE MERDINHA

    1 – INVESTIPOL DE MERDINHA

    1 – UMA DELEGACIA DE …..

    UMA EQUIPE QUE VIRA DIRETO

    PLANTÃO

    E ME AJUDEM AÍ OH !

  68. TÁ TODO MUNDO ESTRESSADO

    ESGOTADO

    PRA MATAR UM NÃO CUSTA NADA !

    TÁ FODA EU NÃO AGUENTO MAIS !

    E ME AJUDEM AÍ OH !

  69. Por favor, pare agora!
    Sr. juiz,…

    Ganha corpo a ideia de que depois de inúmeras tratativas e anos de engodo, o confronto é inevitável.
    Quem serão os lutadores deste UFC?
    kkkkkk

    Não sou irmão e nem co-irmão de ninguém.
    Quem tiver que ficar sozinho, ficará sozinho.
    Esta na hora de começar uma investigação profunda sobre os ‘bravos’ e os superiores coniventes.
    Sobre as empresas dos bacanas.
    Dezenas de policiais sendo presos, assim que é bom!
    Cartas na mesa e superiores no olho da rua.
    Demissão a bem do serviço público aos traidores da gloriosa.
    É o jogo!

    Estou de brincadeira, mas, que gela a espinha de muito graduado de estrela.
    Gela mesmo!
    Segue o enredo humorístico: “fica esperto e não põe pressão que a filmadora está rodando, mais do que nunca.
    No mesmo dia e horário, semana pós semana, mês pós mês, ano pós ano.
    Uma equipe atrás da outra.
    Dá até batedeira nas pernas.”

    kkkkkkkkkkkkkk

  70. DATENÃO disse:

    16/10/2016 às 20:19

    ESTÁ FALTANDO

    POLÍCIA NA POLÍCIA

    NA MINHA EQUIPE

    SÃO:

    1 – DELPOLSINHO DE MERDINHA

    1 – ESCRIPOLZINHO DE MERDINHA

    1 – INVESTIPOL DE MERDINHA

    1 – UMA DELEGACIA DE …..

    UMA EQUIPE QUE VIRA DIRETO

    PLANTÃO

    E ME AJUDEM AÍ OH !

    Pô meu…….!!!!!!

    Então, o único que presta na sua equipe é você, o “SUPER CARCEPA” kkkkkkkkkkkk

    Tô achando que o seu chefe montou é uma equipezinha toda de Merd… rsrsrsrs

    Chefe sabe quem colocar em seu devido lugar.

    Para com isso garoto!!!

  71. PESSOAL 1, VEJAM COMO ESSA CLASSE POLÍTICA BRINCA COM A INTELIGÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS E PRINCIPALMENTE DOS POLICIAIS CIVIS. ESSE P.L.C, Nº. 037/16, EMPACOU, MAIS PARECENDO UM JEGUE PREGUIÇOSO, POIS DESDE 06/09/16, ENCONTRA-SE PARADO, OU SEJA APROXIMADAMENTE UM MÊS E MEIO…

  72. SR. “Cansado ” !, VOU RESPONDÊ-LO : ELES ESTÃO DIUTURNAMENTE SE REUNINDO, A FIM DE NOS FUDER AINDA MAIS, COM UM ABUSIVO AUMENTO DE CONTRIBUIÇÃO….

  73. ONDE VOCÊ ESTAVA EM 16/10/2008?
    AQUELA MANIFESTAÇÃO SÓ DEU CERTO, E HOUVE GREVE PORQUE OS DELEGADOS DE POLÍCIA ESTAVAM DO NOSSO LADO, DOS OPERACIONAIS. MAS DESDE ENTÃO HOUVE UM AFASTAMENTO DA CLASSE DOS DELEGADOS, QUE TIVERAM UMA MELHORA CONSIDERÁVEL NO SALÁRIO E NÓS FICAMOS PRA TRÁS. HOJE, O QUE VEMOS, É SÓ PRESSÃO, PRA TRABALHAR, SEM CONDIÇÕES NA MAIORIA DAS VEZES. A POLÍCIA ESTÁ AINDA MAIS OPRESSORA, COM MAIS ASSÉDIO MORAL DO QUE NUNCA. AÍ FICA DIFÍCIL FALAR EM MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO. LEMBRO-ME MUITO BEM, QUEM DAVA AS COORDENADAS DA GREVE NAQUELA ÉPOCA ERA OS DELEGADOS, OS OPERACIONAIS, ESTAVAM COMO CORDEIRINHOS, FORAM USADOS.

  74. PESSOAL !, ONDE EU ESTAVA EM 16/10/2008 ?, RESPONDO : ESTAVA SENDO AMEAÇADO DE SER AUTUADO EM FLAGRANTE NUM D.P., LÁ, NO FUNDÃO DA ZONA LESTE, POR UM SAFADO DE UM MAJURA CAÇACEIRO,. O BICHO ERA TÃO SEM VERGONHA QUE QUATRO MESES APÓS VEIO ME CONVIDAR PARA CHEFIAR O CARTÓRIO. ADVINHA A RESPOSTA QUE EU DEI PARA AQUELE LIXÃO. GRAÇAS A DEUS ESSA TRANQUEIRA JÁ APOSENTOU-SE. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…RA ELE

  75. Cansado
    Qual é a novidade nisto? Delpol usando operacional como massa de manobra, depois Tira e Escriba usando o resto da mesma maneira. na Civil só tem zoiudo que olha para o próprio umbigo.
    Se a farinha ‘e pouca meu pirão primeiro. FATO.
    Revogar art 92 da Lei complementar 37 de 2016 seria o mais justo, porem, mais uma vez, tira e escriba correndo por fora.

  76. Vem bomba………..previdência dos Estados
    Esta agendada uma reunião a pedido de TODOS OS GOVERNADORES, incluindo Geraldo Alckimin, provavelmente na sexta-feira, quando o Michel Temer regressar da viagem ao Japão. O assunto a ser tratado será a previdência dos Estados que não aceitam mais e não concordam com as APOSENTADORIAS ESPECIAIS, tanto dos PROFESSORES E POLICIAIS CIVIS, os governadores alegam rombo na previdência dos Estados…pagando super aposentadorias para os ” acobertados”,

  77. O GRUPO DE ESTUDO DA REESTRUTURAÇÃO ESTÁ FAZENDO MESTRADO, MBA OU DOUTORADO, O PIOR E QUE ESTÃO IGUAL AOS ALUNOS DA ESCOLA PÚBLICA COM O PROGRESSÃO CONTINUADA, OU SEJA, NÃO SABEM NADA.

  78. A professora pergunta na sala de aula:
    – Pedrinho qual a profissão de seu pai?
    – Advogado, professora..
    – E a do seu pai, Marianinha?
    – Engenheiro.
    – E o seu, Aninha?
    – Ele é médico
    -E o seu pai, Joãozinho, o que faz?
    -Ele… Ele é dançarino numa boate gay!
    – Como assim? (pergunta a professora, surpresa)
    – Fessora, ele dança na boate vestido de mulher, com uma tanguinha
    minúscula de lantejoulas, os homens passam a mão nele e poem dinheiro no elástico da tanguinha e depois saem para fazer programa com ele.
    A professora rapidamente dispensou toda a classe, menos Joãozinho.
    Ela caminha até o garoto e novamente pergunta:
    – Menino, o seu pai realmente faz isso?
    – Não, fessora. Agora que a sala tá vazia, eu posso falar. Ele é Policial Civil… Mas dá uma vergonha falar isso na frente dos outros!!!

  79. Senhor Pedro

    Desculpe, mas se a piadinha infame, retratar o seu sentimento e o de sua familia quando a Policia Civil e o Policial, sinceramente, lhe aconselho a ter mesmo a atividade que a criança comenta com a sala.
    Posso não ter a retribuição que mereça, posso não ser reconhecido pela sociedade e pelo governo, mas minha familia a qual sustento me deve respeito.
    EU TENHO E TEREI ORGULHO SEMPRE EM SER INVESTIGADOR DE POLICIA, POLICIAL CIVIL, se fosse a MERDA que tantos dizem, não haveria filas e mais filas e pessoas impacientes para convocação ou prestar a admissão.
    SENTI-ME OFENDIDO.

    C.A.

  80. SR. “C.A” !, CONCORDO INTEGRALMENTE COM O SEU SINCERO EXPOSTO. COMO JÁ COMENTEI ANTERIORMENTE, SE EVENTUALMENTE EXISTISSE UMA OUTRA ENCARNAÇÃO, SEM SOMBRA DE DÚVIDAS OPTARIA PELO ESCRIVANATO. AGORA O SR. PEDRO, FOI INFELIZ NESSE COMENTÁRIO CONTUMAZ ESDRÚXULO, ELE DEVERIA PROFERIR ESSAS PIADINHAS CONTRA ESSES POLÍTICOS QUE NÃO RESPEITAM A MELHOR POLÍCIA DA AMÉRICA DO SUL. UM ABRAÇO….

  81. ENQUANTO UM OFICIAL É PEDÓFILO, O SEU COMPANHEIRO DE ACADEMIA É PAGA-PAU DE RICO! disse:

    Bastou o empresário abaixo ser apresentado na delegacia para um oficial da pm do Rio de Janeiro comparecer nessa delegacia para ajudar o amigão do peito.

    https://globoplay.globo.com/v/5381241/

  82. SOU FORMADO EM 22 CURSOS SUPERIORES

    SERVI NO CPOR/SP

    TEN R2 ARTILHARIA

    SERVI JUNTO COM O JOÃO NAZARENO PEDROSO DE OLIVEIRA – MÉDICO PERITO

    QUE TAMBÉM CURSOU 26 UNIVERSIDADES PÚBLICAS E FEDERAIS

  83. E ninguém fala do PROJETO DE LEI ORGÂNICA DA POLÍCIA – PLC 37/16

    http://www.al.sp.gov.br/propositura/?id=1000001937

    É melhor aprovar o projeto do que ter que ficar mendigando aumento todo ano.

    Andamento
    Data Descrição
    27/08/2016 Publicado no Diário da Assembleia, página 5 em 27/08/2016
    30/08/2016 Pauta de 1ª sessão.
    31/08/2016 Pauta de 2ª sessão.
    01/09/2016 Pauta de 3ª sessão.
    02/09/2016 Pauta de 4ª sessão.
    03/09/2016 Publicado Requerimento, do autor, solicitando que a tramitação do referido Projeto de lei se faça em caráter de urgência. (DA. pág. 6)
    05/09/2016 Pauta de 5ª sessão.
    06/09/2016 Publicadas as Emendas nº.s 1 e 2, de autoria do Deputado João Paulo Rillo. (DA. págs. 08 e 09)
    06/09/2016 Distribuído: CCJR – Comissão de Constituição, Justiça e Redação. CSPAP – Comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários. CFOP – Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento.
    08/09/2016 Entrada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação
    14/09/2016 Distribuído ao Deputado Marcos Zerbini

  84. PESSOAL !, ACABEI DE ASSISTIR NO NOTICIÁRIO BOM DIA SÃO PAULO, UMA REPORTAGEM ACERCA DAQUELA EXTORSÃO PERPETRADA POR PARTE DE POLICIAIS DO DEIC, CONTRA AQUELA QUADRILHA DE ADULTERAÇÃO E VENDA DE GASOLINA ADULTERADA.. PASMEM !, NO “GRAMPO”, UM DOS POLICIAIS EXTORSIONÁRIOS FALA DE DOIS MILHÕES COMO SE ESTIVESSE FALANDO DE DOIS MIL REAIS. É POR ESTE E OUTROS MOTIVOS QUE, DIGO. E, ME AJUDEM AÍ Ó!…

  85. Bom dia!

    Senhoras e Senhores

    Que o Estado não investe na Policia Civil não é novidade.

    Essa situação começou a ficar evidente quando vimos que viaturas da Policia Civil era comprada pela PM e tínhamos que buscá-las no CSM/MB do Carandiru.

    Outros cargos, como Oficiais da PM e Oficiais de Justiça, ganhavam igual e menos respectivamente, com os cargos de Escrivães e Investigadores.

    Hoje as referidas Carreiras Profissionais Policiais estão aquém até das Carreiras de Sargentos da PM, pois além de se aposentarem como Oficiais PM, muitos ainda recebem verba gratificada como instrutores do CFAP, perfazendo desta forma um aumento camuflado de quarenta por cento a mais do salário.

    Há casos de Investigadores de Polícia que prestaram concursos de motorista do Fórum para ganharem acima de dez mil reais/mês.

    É vergonhosa essa situação e digo mais:

    “Mais vergonhosa ainda é ver que essa situação de constrangimento não fica somente nisso, mas sim também no que tange à morosidade na aposentadoria do profissional e na profunda expectativa de ver o velho operacional cometer um deslize para desligá-lo sumariamente sem algum direito”!

    Muitos populares até questionam se vale realmente a pena continuar pagando impostos e sendo honesto neste País!

    É vergonhoso!!!

    Caronte

  86. PRA QUE CARGO DE AGENTE (MOTORISTA) POLICIAL SE TODOS DIRIGEM VIATURAS?

    TEM INVESTIGADOR (MOTORISTA) DE INVESTIGADOR CHEFE DA 2ª SECCIONAL, FORA OUTROS INVESTIGADORES QUE SÃO MOTORISTA DO GOE, GARRA…

    OS CARGOS DA POLÍCIA CIVIL DE SP SÃO ARCAICOS E PRECISAM SIM DE REESTRUTURAÇÃO, ESTE É O MOTIVO DA DESVALORIZAÇÃO DO POLICIAL CIVIL DE SÃO PAULO, QUE GANHAM O PIOR SALÁRIO DA UNIDADES FEDERATIVA DO BRASIL.

  87. para comprar tem que ter competencia, a partir das viaturas compradas pela pm, a pcesp, começou a comprar viaturas com radios instalados, geroflexs, e portas, os mais antigos lembram como era as viaturas da pcs, quando era comprada, vinha sem radio, sem giroflex e de duas portas……

  88. 1 hora sem atender? O que mudou?AAffff. Alguém sentirá falta? Para fazer um B.O se espera até umas 3 horas ou mais dependendo da situação…

    Gostosopol…
    Se vc tem tudo isso que afirma o que faz aqui ainda? É mulher de malandro? Reparei que vc tem um amor platônico pelo médico perito…

    C.A
    Me desculpe mas não posso perder a piada…
    Minha família me deve respeito… putz já dá para perceber seu tipo (sem ofensa). Até onde sei respeito se conquista e não se deve. Outra coisa… reparei que vc tem mais orgulho em ser Tira do que Policial Civil, tudo bem até aí, não problema algum em se achar a ultima bolacha do pacote, agora falar das fileiras é um tanto esnobe… Logo faço a seguinte menção: Querem entrar para dar tiro em todo mundo, para vagabundear (literalmente), muitos para roubar (como se fosse privativo de tal carreira) e depois caem na realidade da profissão que literalmente não é nada de mais. Policial é tido pela sociedade como pessoas que não estudaram e foram por tal caminho (não concordo mas é a realidade na cabeça do povo).
    Já que amas tanto sua carreira, tu poderias fazer cartilhas e menções que ajudem os mais novos a esclarecer crimes e diretrizes de trabalho, pois a carreira de tira não soluciona quase nenhum crime, sem contar as liberdades vendidas, logo MUITOS Tiras não têm moral alguma, basta ver os números alarmantes dos Estados, principalmente de SP. Até o nome Investigador de Policia é errado, quem investiga é quem procura vestígios (perito), logo o correto seria detetive além, é claro, que o próprio nome dá a entender que o Investigador estaria investigando Policiais. Não continuarei para não lhe deixar chateado mais que o necessário….
    Se vc se sentiu ofendido pela piada do colega então vc se sentirá mais ofendido ainda com a realidade.
    Somos piada para o Governo, para o Povo e sei lá mais quem.

  89. KKKKKK
    Irmão, se na PC espera até 3 horas pra fazer um BO, por motivo de flagrante na delegacia, na PM você demora uma semana para poder retirá-lo sabia?
    A culpa não é das policias, e sim, da falta de vergonha na cara do governo que não repões funcionários.

  90. kkkkkk disse:
    18/10/2016 ÀS 9:31
    ”Investigador de Policia é errado, quem investiga é quem procura vestígios (perito), logo o correto seria detetive além, é claro, que o próprio nome dá a entender que o Investigador estaria investigando Policiais.”

    Concordo plenamente com a exposição do colega supra exposto.

    Agora. Por que existe cargo de Agente (motorista) policial se todos dirigem viaturas, na 2ª Seccional quem dirigi para o Chefe dos Investigadores não é Agente Policial, mas sim um Investigador “de” Policia.
    Carreiras Policiais Civis não condiz com a realidade de hoje, por isso se faz necessário a Reorganização, Reestruturação ou o Reenquadramento dos cargos conforme lei especifica.

  91. Por que existe cargo de Agente (motorista) policial se todos dirigem viaturas?

    Na 2ª Seccional quem dirigi para o Chefe dos Investigadores não é Agente (MOTORISTA) Policial, mas sim um Investigador de Policia, ou razoávelmente correto Investigador Policial.

    Carreiras Policiais Civis não condiz com a realidade de hoje, por isso se faz necessário a Reorganização, Reestruturação ou o Reenquadramento dos cargos conforme lei especifica. (Esse é um dos motivos do qual o policial civil de SP não é valorizado, pois já houve Reestruturação em todos os Estados das Unidades Federativas do Brasil.

  92. Quem pode pode !!!!! Só mesmo o MP para PAGAR corretamente salários aos seus funcionários, recomposição salarial em dia, bons salários… !!!!! Um dia jaz a PC!!!!!!!

  93. Na Polícia só existem 4 carreiras:
    Delegado.;
    Escrivão;
    Investigador;
    E o resto.

  94. Querem tanto uma reestruturação, tem uma idéia andando por aí e ganhando força, apenas tres carreiras, Delegado, Investigador e Escrivão, as demais carreiras serão aglutinadas pela tão sofrida e explorada carreira do escrivanato, que padece com uma carencia enorme de funcionários. Assim os tão capacitados e vocacionados de outras carreiras, serão aproveitados onde mais se requer mão de obra, pois o que não falta na Policia é PAPEL!!!

    C.A.

  95. Para quem quiser ser INVESTIGADOR DE POLICIA tenho um recado bem simples: A Acadepol esta de portas abertas, basta cursar uma faculdade e passar em todas as fases do concurso. Caso contrário fiquem em suas carreiras e parem de invejar a de INVESTIGADOR DE POLICIA…

  96. Ah, já sei, a reestruturação deve atender ao ego particular de cada um….
    Tá!

  97. A realidade hj é outra, carcereiro investiga, agetel investiga, aux. de papi investiga, agente policial investiga e tm tmb por incrível que pareça, alguns investigadores. rsrsrs, Pois a maioria dessa renomada carreira policial está em desvio de função, exercendo serviços de aux. adm, portarias de prédio, vigilantes noturnos, motoristas,e outros afazeres quaisquer. Querem comprovar basta ir ao prédio na rua Brigadeiro Tobias, na garagem, tutóia etc

  98. AGORA EU ENTENDI O COMENTARIO DO SR KKKKK

    Já que amas tanto sua carreira, tu poderias fazer cartilhas e menções que ajudem os mais novos a esclarecer crimes e diretrizes de trabalho, pois a carreira de tira não soluciona quase nenhum crime, sem contar as liberdades vendidas, logo MUITOS Tiras não têm moral alguma, basta ver os números alarmantes dos Estados, principalmente de SP. Até o nome Investigador de Policia é errado, quem investiga é quem procura vestígios (perito), logo o correto seria detetive além, é claro, que o próprio nome dá a entender que o Investigador estaria investigando Policiais. Não continuarei para não lhe deixar chateado mais que o necessário….
    Se vc se sentiu ofendido pela piada do colega então vc se sentirá mais ofendido ainda com a realidade.
    Somos piada para o Governo, para o Povo e sei lá mais quem.

  99. “Harmonia entre facções de SP e RJ acabou, diz secretário de São Paulo

    ‘A guerra recomeçou’, diz secretário da Administração Penitenciária de SP. Questionado, secretário de Segurança do RJ diz que situação é ‘preocupante”

    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/10/harmonia-entre-faccoes-de-sp-e-rj-acabou-diz-secretario-de-sao-paulo.html

    Todo mundo já sabe, mas um pouco de WD, uma lanterna e as cautelas de praxe é sempre importante.

  100. C.A.

    Agora a culpa toda da policia são dos Investigadores de Policia.

    Tem uns manés ai que ninguém presta na equipe dele, ninguém !

    Só ele o SUPER CARCEPA é quem presta.

    Tá difícil irmão kkkkkkkk

    Somos a bola da vez, fazer o que não é mesmo?

    Mas, de boa, com o passar do tempo eles vão caindo na real.

    Abraço irmão

  101. NÃO IMPORTA A CARREIRA.

    SÓ QUERO SAÚDE, TRABALHAR MENOS DE 48H SEMANAIS E GANHA MAIS. COISA DIFÍCIL PARA QUALQUER POLICIAL CIVIL.

  102. Tira Véio
    Vcs são a maioria da PC e não estão solucionando bolhufas…
    Tem a incompetência administrativa dos cabeças pensantes, mas o fato de não se solucionar bolhufas cabem aos senhores. Ficar cuspindo nos cabeças pensantes é a bola da vez para os senhores então?
    No mais ninguém inveja essa carreira, até pq se fosse as mil maravilhas, a mais disputada, a mais prestigiada, a mais sei lá o q , como vcs pregam, não teria qq carreira fazendo as vezes dos senhores. Pq o chefe dos tiras não expulsa as carreiras alheias dali? Pq tem um monte de tira zelador, porteiro e etc? (de novo culpa dos outros né?)
    Vcs só sabem botar a culpa no Desgoverno e nos cabeça pensantes, mas vestir a carapuça, que vcs mesmos fizeram, não querem.
    Hj tá assim:
    Um monte de Playboy q entrou atualmente, já não querendo trabalhar ou querendo fazer muito (E geralmente errado).
    Um monte de antigão q só sabe vociferar e coçar o saco, sempre fodendo o ”carça” por ”vagabundisse” própria.
    Um monte de ladrão.
    Um monte de porteiro e zelador.
    Um monte de FILÓSOFOS.
    Um monte que se acha a última bolacha do pacote sem ser nada de mais.
    Um monte que não prende nem o dedo na porta e só sabe fazer ”zóio” de vidro.
    Um monte que apenas quer se esconder.
    Um monte que diz que tem curso superior, porém quando entrou no concurso não tinha, além é claro de um monte que não tem.
    Uma minoria que faz o trabalho correto e exemplar.

    Isso são os tiras de hj. Quem soluciona crime é o Delegado? É o SSP? Se vcs ganhassem igual a Perito esse quadro iria mudar? Para véio… É sempre mais fácil criticar o Governo e os cabeças pensantes, mas a realidade é que a carreira não tá fazendo nem o minimo e se achando injustiçada, desprestigiada e sei lá mais oq. Óbvio que o Governo e os cabeças pensantes são uns safados, mas querer se eximir da responsabilidade da carreira de vcs é foda…

    Me responda se possível…
    Vc já viu rodinha de escrivão na frente do DP trocando ideia? Pq de tira já cansei de ver.

    O q muda ser tira hj em dia? Eu sendo Papiloscopista (Exemplo) posso fazer as mesmas coisas que os senhores, posso prender quem está em flagrante, investigar individualmente (extra oficialmente, pois não sou obrigado a passar trampo para a carreira), tenho Prodesp, Alpha e o diaba quatro, tenho carteira preta e arma equivalente a dos senhores e se eu quiser ”ROUBAR” tb posso pois nada é privativo da carreira de Tira. No fim vcs só têm mais atribuições e competência para fazer a função, mas nada impede as outras carreiras de o fazerem tb.

    Somos todos piada, achar diferente disso é mera ilusão. A realidade é que se vc quiser ser tira, hj, tá muito fácil, basta agradar os mais honesto$$$. Essa é a realidade da carreira de tira.

    Só peguei no pé de vcs pq MUITOS acham q tira é a ultima coca cola do deserto mas na realidade não é nada de mais, é igual as outras carreiras. Tem uns que acham q são eles os ”Policia” de verdade, pq entra em favela para pegar nóia e biqueirinha de merda, moto sem placa e muitas pérolas por aí. Eu enxergo de outra maneira, para mim ”Policia pra caraio é o Policia que prende políticos, veem as fraudes dos engravatados e etc, pq se for para fazer trampo de PM vcs deveriam ter ido para a PM. Aqui o foco é INVESTIGAR coisa que essa carreira não está levando a sério, pois os números mostram isso. (de novo culpa dos outros…)

    Peço desculpas pela extensão do post e pelo português lamentável e sofrível, mas apenas quis demonstrar que a culpa não é só do Governo e dos cabeças pensantes. Além de pegar no pé de quem acha que a carreira de tira é mais isso ou aquilo, por isso mostrei que a carreira de vcs já começa errado pelo nome. Hj preferiria trabalhar internamente do que ter que me sujeitar a fazer trampo de PM, escolta, ronda e o diaba quatro, pois para mim isso já virou comédia. É Civil querendo fazer trampo de PM e Pm querendo fazer trampo de Civil, tudo em prol dos números e das cadeiras valorosa$$$.
    Abraços colegas e IRMãO Tira Véio..

  103. NOSSA……..

    A carapuça serviu como uma luva kkkkkkkkkk

    Irmão, você nunca me viu falar de carreira nenhuma, quiçá desmerece-las.

    Apenas e tão somente dou meus pitacos quando vejo comentários que só determinadas carreiras prestam dentro de uma unidade policial.

    Portanto, vejo que você só falou abobrinhas aqui, e quanto a ser Investigador, sou, entrei como tal na acadepol em 84 e pasme, já no ultimo ano de Direito, fui escolhido para integrar o SAT Serviço Aerotático, pois também sou Piloto e por lá trabalhei um bom período. ( Quem me conhece e trabalhou comigo sabe). Estrei para a Policia Civil como Investigador por vocação.

    Entre poder e dever, existe uma linha divisória. Minha carreira Deve, as outras podem, simples assim.

    Quanto fazer serviço de outra carreira, Escrivão faz todo o trabalho dos Delegados e nem por isso “tentam” esculachar os delegados dizendo que são iguais e melhores.

    Ahhhh e quanto a ser TIRA VÉIO, não se trata de ser um ancião, e sim, por expertise.

    Parafraseando o Dr. Bitencourt ( cada um no seu quadrado)

    Boa sorte.

Os comentários estão desativados.