Paralisação inofensiva…Uma hora a mais , uma a menos tanto faz…Policial civil – PARALISADO – é como bancário: só adianta o lado do banqueiro! 37

Policiais Civis paralisam serviços por uma hora nesta quarta-feira

Categoria vai parar em forma de protesto pelas condições de trabalho

DE A TRIBUNA ON-LINE
18/10/2016 – 16:54 – Atualizado em 18/10/2016 – 18:30

Policiais civis vão paralisar nesta quarta-feira (19)  durante uma hora, das 12 às 13 horas, em forma de protesto. Durante esse período, os serviços nas delegacias serão interrompidos para que a sociedade fique ciente dos problemas enfrentados por esses trabalhadores.

Chamada de Operação Nocaute, a paralisação acontecerá em nível estadual com a participação da Associação dos delegados do Estado de São Paulo e os sindicatos dos policiais civis de Santos, Presidente Prudente e Bauru. Em Santos, a concentração está marcada para o Palácio da Polícia (Deinter 6), na Avenida São Francisco, 136, no Centro. Na ocasião, representantes do Sindicato dos Policiais Civis de Santos e Região (Sinpolsan) vão distribuir informativos para a população.

“Vamos pedir melhores condições de atendimento à população e de trabalho para a categoria. Um dos nossos objetivos também é alertar as pessoas de que se a delegacia não atende a contento, a culpa não é nossa, mas sim do administrador, nesse caso os governantes. Também queremos sensibilizar o governo para que resolva os problemas, apesar de sabermos que o governo não considera prioridade serviços essenciais como segurança, saúde e educação”, afirmou o presidente do Sinpolsan, Marcio Pino.

Não é de hoje que o Sinpolsan tem buscado um novo cenário para os policiais civis. Ações na justiça, reuniões com parlamentares, protestos e mobilizações integram a luta do Sindicato, que está longe de desistir. “Após esse manifesto, vamos ver os novos rumos a serem tomados. Provavelmente, outras manifestações irão ocorrer”, disse Pino.

  1. Desculpem-me quanto a minha ignorância!

    Não sou sindicalista, portanto, não saberia afirmar se funciona ou não esse tipo de greve.

    Acabamos de ver que os bancários não fazem tanta falta assim.

    Óbvio que temos que fazer algo a respeito, pois, estamos execrados e esquecidos pelo governo e cia.

    Talvez panfletar todas as delegacias o orientar o publico funcionasse melhor.

    Não sei no interior, mas, em São Paulo, nas Centrais de Flagrante, a canseira para fazer um B.O é grande geralmente, até porque, o nome já diz, é Central de Flagrante. Justificável.

    Então, uma hora a mais ou menos só irritaria mais as partes.

    Parafraseando nosso querido C.A.

    É o que penso!

    Sorte a todos, merecemos

  2. Por isso as coisas não andam na PC, os antigões só reclamam e não se mexem, será que é medo de perder as “escalinhas maneiras”? Sinceramente não sei, só sei que os novatos estão chegando com tudo e se tiver que aderir a qualquer movimento pra fortalecer a instituição conte com nós. Estamos mandando bala no que esta ao nosso alcance, agora se acham que a paralisação é “inofensiva”, tenham culhão e parem um dia, semana ou mês inteiro, vamos ver se corneteiros de plantão tem disposição!! #comissãodeaprovados2013

  3. TEM QUE PARAR É DE UMA VEZ, FAZER GREVE, “CADÊ” A REPOSIÇÃO SALARIAL RETROATIVA A TRÊS ANOS, “CADÊ” A REESTRUTURAÇÃO, “CADÊ” O NÍVEL SUPERIOR.

  4. Eu também acredito que isso é totalmente irrelevante!!! Se é para “feder” que feda de vez! Sindicato, Associação, etc., não significam nada , o que importa é a vontade do policial! Aliás, foi assim em 2008! Eles estavam lá, mas toda a ação que se seguiu, ocorreu independentemente!

  5. Discordo do título do Post, Guerra…

    Creio que por mínima que seja, a paralisação é válida. Tem de ser feito uma mobilização sim, e para o bem ou mal, acredito que a maioria de nós ainda gostaria de ver o MINIMO de valorização por parte de quem deveria de fazer sem precisar parar, a esmagadora maioria de nós é composta por gente que AINDA vive do salário.

  6. Acredito que se a PC fizer uma operação como a Lava jato da PF, e aumentar o trabalho em alguns setores, daria maior resultado que parar por apenas uma hora.

  7. Rocapol…concordo com você….para lançar o descrédito aparecem muitos…mas para sugerir algo que de fato causa impacto não aparece ninguém….greve já restou provado de que nada valerá…..foi judicializada e tanto é verdade que todas foram declaradas ilegais. sindicatos e associações amargam uma multa pesada por conta de, pasmem, terem obstruído vias públicas…..acredito que a única alternativa para os policiais é cada um cumprir exatamente suas atribuições….não sei porque até hoje nenhum sindicato e nem mesmo a adpesp se propõe a deflagrar um movimento deste….afinal, é melhor eu continuar a ganhar o que ganho fazendo só o que me cabe que ficar a praticar atribuições de outros…(e não me venham falar que hoje na polícia todos tem que fazer de tudo….se assim fosse não teriam os delegados e as demais..seria uma coisa só).se cada um fizesse o seu , p.ex., muitos municípios não teriam delegados, escrivães, investigadores….aí sim iria chamar a atenção, não do governador, mas de toda a sociedade…..quem iria processar um escrivão que deixasse de, p.ex., cumprir certas atribuições descritas no cpp referente a polícia judiciária….

  8. Greve não resolve. A comparar com a dos bancários, se a PC parar de atender etc, sai uma resolução do SSP para a PM atender e pronto. O que resolveria é OPERAÇÃO PADRÃO, ou seja, cada um faz somente aquilo que é dever de seu cargo e no tempo certo, porém tem a maldita zona de conforto…e isso impede essa operação…Isso sim faria sentir na população, no MP, no judiciário e no governo.

  9. Ridiculo! Parar uma hora??? Na hora do almoço??? Tem que parar de verdade, greve, fazer o governo sentir e acima de tudo mostrar para a população o que ocorre com a Polícia Civil hoje e para onde estão indo os impostos. Lamentável.

  10. Acorda, já estou parado 24 hs por dia, 30 dias por mês e 12 meses por ano.

  11. Isso lá é paralisação? Por causa dessas palhaçadas que os operacionais não acreditam e não se filiam aos sindicatos! E agora deixaram de brigar pelos pares para brigar por novos associados, ou seja, os concursados de 2013. Claro, com o quadro associativo desabando precisam conseguir novos otários para bancar o caixa da arapuca!
    A PC tá acabando e nossos sindicalistas não conseguem pensar em mais nada além de uma paralisação de uma hora!
    Vão fiscalizar as escalas extras dos policias que estão sendo escravizados! Vão caçar a portaria 30 que jogou todo mundo na vala comum! Dentre outras coisas úteis que poderiam estar fazendo! Tenha dó!

  12. Os operacionais da minha seccional, achando que os delegados estão ganhando pouco, resolveram fazer uma operação denominada blecaute, para, quem sabe, conseguir mais algum tipo de benefício para os famigerados.
    Isso é o que eu chamo de “fidelidade canina”, mesmo sendo escorraçados, como da ultima vez, ainda lambem as feridas de seus algozes!!!!

  13. Pelo sim, pelo não, aqui paramos. Nâo resulta em nada esse tipo de movimento, é fato, mas talvez sirva para aferir o quanto está mobilizada a categoria, para depois sim, propor algo que realmente incomode o “status quo”. Também concordo que operação padrão seja o melhor caminho, mas isso terá que partir dos escrivães e investigadores e terão que ser fortes para aguentar a pressão dos delegados que certamente há de vir. O bom seria se os delegados abraçassem a operação padrão junto com os operacionais, porque não haveria como judicializar nada, posto que nada além seria feito que não fosse cumprir à risca o C.P.P. Isso seria um golpe de mestre em quem nos tem subjulgado há décadas e qualquer que fosse a tentativa de parar a operação padrão esbarraria na lei, não haveria um juiz sequer que contestasse procedimentos feitos dentro da legislação. Essa operação praticamente ia paralisar a segurança pública, pois não há estrutura suficiente para sequer cumprir a lei, tudo aqui é feito no improviso! Estariam de pés e mãos amarradas. Mas para dar certo, os delegados teriam que entrar nessa, pelo menos a metade deles, já estaria bom, surtiria resultados, abririam negociações, porque aí sim, as entranhas da segurança pública seriam expostas. O problema é que o comodismo impera nessas horas. Vamos ver o que vai acontecer no futuro.

  14. Paralisação tem de fazer sim. Mas não greve de uma hora. Aliás, nem tem de parar DP. Tem de parar é O PLANTÃO. Não faz mais B.O de vias de fato, Não faz mais B.O não criminal. Não faz mais adendo de B.O eletrônico. Só faz SVO e olhe lá. Parar total a pastelaria. Sem B.O de estelionato “Porque o Banco mandou fazer”, sem adendo de B.O de acidente de trânsito porque “A Seguradora mandou fazer”. Em 3 dias a gritaria vai ficar tão grande que o governo não aguenta. Só cruzar os braços no plantão e deixar o circo pegar fogo.

  15. Sinceramente? Pode parar 1 (um) ano inteiro que ninguém notará diferença. Pra ajudar, o PCC e o CV estão de mau.

  16. Parar é uma coisa, agora parar uma hora e justamente no horário do almoço é outra totalmente diferente!
    Pare às nove, dez ou onze horas, quando a população começa a chegar nas delegacias querendo o papel bala chamado BO!
    A população até já está acostumada a ficar uma, duas, três e até dez horas na delegacia para registrar boletim de ocorrência, portanto, o que é um peito para quem já está cagado!
    Isso sem contar que a população também já se acostumou a chegar na delegacia no horário do almoço e ouvir que os policiais estão almoçando e que é para esperar!
    Paralisação inócua com certeza!
    Aqui no interior é pior ainda, pois existem diversas delegacias que nem sequer abrem antes das 13:00 horas!
    Nossos sindicatos são uma piada mesmo!
    Ou para de vez e anuncia uma greve geral, com sindicatos nas portas das principais delegacias para impedir que os policiais sejam coagidos pelos superiores a trabalhar ou nem percam tempo com paralisações e passeatas que não surtem efeito nem nos policiais, quanto mais na população, na imprensa ou mesmo no secretário e no governador!
    Boa sorte a todos.

  17. Rafael Alcadipani*
    A Segurança Pública é vista por grande parte dos brasileiros como um dos principais problemas do Brasil. O brasileiro vive com medo de ser assaltado, sofrer um sequestro relâmpago ou até mesmo ser vítima de um latrocínio. As principais forças policiais do Brasil são as Polícias Militares, responsáveis pelo patrulhamento e repressão dos crimes, e as Polícias Civis, responsáveis pela investigação dos crimes que já aconteceram.
    Imaginava-se que dada a situação de calamidade pública da Segurança Pública nacional, os nossos governos iriam investir e dar atenção as duas forças policiais de maneira igual. Além disso, investir em investigação criminal é fundamental para que quadrilhas sejam desbaratadas, criminosos sejam presos e não voltem a cometer seus crimes. Porém, não é isso que acontece.
    Parte expressiva do orçamento de Segurança Pública dos Estados é dedicada às Polícias Militares. Em São Paulo, Estado mais rico da federação, a Polícia Civil está praticamente na UTI. Os salários nessa força policial, em todas as carreiras, estão abaixo da média nacional, a despeito da pujança econômica paulista. Alguns dados a respeito dos Policiais Civis de São Paulo mostram os graves problemas que essa força está enfrentando: 44% dos delegados de polícia serão idosos nos próximos anos. Apenas 3% dos policiais civis têm menos de 30 anos. Entre 2014-2016, saíram 379 delegados e apenas 48 entraram. 40% dos municípios de São Paulo não possuem delegados de polícia. 23% dos cargos de escrivão de polícia estão vagos no Estado de São Paulo. Apenas 25% dos escrivães têm menos de 40 anos. Entre 2015-2016, saíram 1319 escrivães e apenas 394 entraram. O padrão se mantém também para os investigadores de polícia. 77% deles estão acima de 40 anos. 1390 saíram e apenas 669 foram admitidos.
    Esses dados mostram os motivos das dificuldades que a população encontra quando precisa dos serviços da Polícia Civil. Há poucos funcionários e a mão de obra está envelhecida. As aposentadorias na força polícia tende a agravar o quadro. E a se manter o padrão, a Polícia Civil vai encolhendo. Por outro lado, há delegados, escrivães e investigadores que passaram em concursos para serem nomeados e o governo do Estado, sem explicar o motivo, não os nomeia. Parece, sim, que o interesse do governo paulista é acabar com a sua Polícia Civil.
    É urgente que sejam tomadas medidas para que a Polícia Civil saia da UTI. Isso começa com as nomeações e novos concursos para repor a falta gritante de pessoal. Mas também deve envolver uma reforma nas carreiras da força e uma valorização dos policiais. Sem uma Polícia Civil forte, ficaremos nas mãos de uma polícia truculenta e pouco inteligente.
    * Rafael Alcadipani é Professor Adjunto de Análise Organizacional e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

  18. Do jeito que a urucubaca tá na PC se fizermos greve a PM toma conta do que falta pro ciclo completo.
    E pior, a população não vai ver diferença nenhuma.

  19. E os níveis de criminalidade só aumentando,….

    Policiamento ostensivo falhando na sua principal atribuição e, como de costume, querendo abraçar o mundo.

    Segurança tem que ser municipalizada.

    É notória a extinção das polícias civis e militares estaduais.

    Mera e única questão de tempo, o qual voa, voa, voa,…

  20. Contraproducente, onerosa e altamente retrógrada a existência de duas polícias estaduais.

    Os resultados falam per si.

  21. O Governador, em nome dos policiais honrados da Polícia Civil, poderia fazer um grande favor para a sociedade , fechando esse DENARC e o monte de traficante travestido de policial que lá trabalha. VERGONHA Levar cana da PM por tráfico de drogas. Tem que investigar a direção do Departamento. VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, Cambada de ladrão.

    VERGONHA! CANA NESSA BANDIDAGEM QUE SE DIZ POLICIAL. disse:
    19/10/2016 ÀS 21:12
    Cadê aquele “Doutor” do DENARC que meteu a boca na imprensa sobre o HC que o Desembargador concedeu pro traficante?

    “Doutor” primeiro verifica se sua casa está em ordem. Tem TRAFICANTE trabalhando do seu lado, debaixo do seu nariz e você que se vangloria por se achar um super investigador não sabe de nada?

    Me ajuda aí, pô. O GAECO tem que investigar todo mundo aí.

  22. fred…se isso acontecer seria muito bom para escrivães pois é melhor ganhar o que se ganha sem fazer nada(ou sómente o nosso) do que carregar muita gente nas costas….

  23. Enquanto vcs tiverem com trunfo o Fábio Morrone, tenho apenas dó de vcs, o cara é muito fraco, mas muito fraco mesmo.

  24. 19/10/2016
    20:46
    Encerramento
    O UOL Notícias encerra sua cobertura minuto a minuto da prisão do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Clique em “Leia Mais” para acessar a nossa home e ver os principais destaques do noticiário neste momento: Leia Mais
    20:41
    Veja a trajetória política do ex-deputado federal Eduardo Cunha

    20:41
    Advogados de Cunha são hostilizados por manifestantes em Curitiba

    20:40
    Análise: Cunha é primeiro peixe grande que a Lava Jato prende fora do PT
    A prisão do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) nesta quarta-feira (19), autorizada pelo juiz federal Sergio Moro, pode ficar marcada como a primeira grande ação da Operação Lava Jato que não envolveu o PT. Leia Mais
    Análise: Cunha é primeiro peixe grande que a Lava Jato prende fora do PT – Pedro Ladeira/Folhapress
    20:15
    Josias: Prisão de Cunha enfraquece a tese de que Lava Jato persegue PT

    Revista piauí
    20:13 Revista piauí
    Por ora, Cunha fica com os não delatores
    A cela em que Eduardo Cunha está, na superintendência da PF em Curitiba, foi escolhida segundo um critério interessante: fica na ala dos chamados não colaboradores, ou não delatores, onde também está o ex-ministro Antônio Palocci. A carceragem paranaense tem uma segunda ala, onde os federais colocam os que chamam de colaboradores ou potenciais colaboradores, onde hoje estão Marcelo Odebrecht e o doleiro Alberto Yousseff, o primeiro delator da Lava Jato. Leia Mais
    Josias de Souza, colunista do UOL
    19:46 Josias de Souza, colunista do UOL
    Prisão de Cunha abafa fogos da queda dos juros
    O governo havia se equipado para festejar nesta quarta-feira a queda na taxa de juros. No entanto, quando parecia estar tudo bem para a gestão de Michel Temer —o PT derrotado nas urnas, a emenda do teto de gastos aprovada na Câmara em primeiro turno, a queda no preço dos combustíveis, o êxito do Tite na Seleção Brasileira e, agora, o declínio da Selic— vem a Lava Jato e arrasta Eduardo Cunha, sua ira e seus segredos para Curitiba. Leia Mais
    19:35
    Análise: Cunha terá de ‘cuspir sangue’ para se tornar delator
    Um general da Lava Jato diz, menos de uma hora após a prisão de Eduardo Cunha : “Os estoques de Rivotril em Brasília vão desaparecer das gôndolas das farmácias”. A referência ao ansiolítico e a ironia com os poderosos tem razão de ser. Tão logo a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara foi anunciada, Brasília entrou em verdadeira ebulição. Ministros, auxiliares do governo e, em especial, deputados federais ficaram atônitos. Leia Mais
    18:58
    Cunha foi preso em apartamento funcional que já deveria ter desocupado
    O apartamento funcional em que Eduardo Cunha foi preso nesta quarta-feira (19) já deveria ter sido devolvido à Câmara dos Deputados há uma semana. Cassado pelos próprios pares em 12 de setembro, Cunha tinha 30 dias para desocupar o imóvel, que fica no final da Asa Sul, região central de Brasília. Leia Mais
    18:43
    Cunha é recebido por manifestantes na PF em Curitiba aos gritos de “Fala, Cunha”
    O ex-deputado Eduardo Cunha foi recebido nesta quarta-feira (19) por cinco manifestantes aos gritos de “Fala, Cunha” e aplausos ao juiz federal Sérgio Moro, que determinou a prisão do parlamentar cassado. O “Fala, Cunha” é menção ao pedido para que o peemedebista apresente nomes à operação Lava Jato em uma eventual delação premiada. Leia Mais
    Cunha é recebido por manifestantes na PF em Curitiba aos gritos de “Fala, Cunha” – Janaina Garcia/UOL
    18:31
    Advogados de Cunha são hostilizados em Curitiba
    Dois advogados do ex-deputado Eduardo Cunha, preso hoje, foram hostilizados hoje em frente ao prédio da Polícia Federal em Curitiba — para onde o ex-presidente da Câmara foi levado. Eles foram alvo de gritos de “vagabundo” e “pega ladrão”. Segundo um dos advogados, Ticiano Figueiredo, Cunha “está sereno” e “não há motivos para essa prisão”. Segundo Figueiredo, um eventual acordo de delação premiada não estava “no radar” do ex-deputado. Leia Mais
    18:25
    Por quanto tempo Eduardo Cunha pode ficar preso?
    O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso preventivamente nesta quarta-feira (19) em Brasília pela força-tarefa da operação Lava Jato e já está nas dependências da Polícia Federal em Curitiba. Quando a prisão preventiva é decretada, não há tempo determinado para o fim da restrição de liberdade. Ou seja, Cunha pode ser mantido preso até o momento de seu julgamento ou pelo período considerado necessário pela Justiça para que ele não atrapalhe as investigações. Leia Mais
    18:13
    De homem forte do Congresso a prisioneiro: ascensão e queda de Cunha em 2 anos
    Preso pela Polícia Federal nesta quarta (19), o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) começou sua carreira política há cerca de 30 anos trabalhando em campanhas eleitorais para o PMDB e PDS (atual PP). O auge de sua trajetória foi a eleição para presidência da Câmara dos Deputados, em 2015, destacando-se entre os líderes da campanha pelo impeachment de Dilma Rousseff. Economista e radialista, Cunha já foi aliado do então presidente Fernando Collor de Mello e do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho. Nos últimos meses, no entanto, seu poder político foi caindo rapidamente, culminando com sua prisão. Leia Mais
    De homem forte do Congresso a prisioneiro: ascensão e queda de Cunha em 2 anos – Adriano Machado/Reuters
    18:12
    Por que Cunha não foi preso antes? Moro explica, especialistas comentam
    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu em junho a prisão preventiva de Eduardo Cunha ao STF (Supremo Tribunal Federal). Por que só agora, quatro meses depois, ele foi detido? O próprio juiz federal que decretou a prisão de Cunha, Sergio Moro, explica: na época, mesmo afastado Cunha ainda era deputado federal, e a Constituição determina que um parlamentar só pode ser preso em casos de “flagrante delito de crime inafiançável”. Leia Mais
    Por que Cunha não foi preso antes? Moro explica, especialistas comentam
    17:46
    ‘O que importa saber o que eu acho?’, diz Renan sobre prisão de Cunha
    Alvo da Operação Lava Jato, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), mostrou-se irritado, nesta quarta-feira (19), ao ter questionada sua opinião sobre a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “O que que importa saber o que eu acho?”, retrucou o presidente do Senado, que tem contra ele oito inquéritos no âmbito da Lava Jato. Leia Mais
    17:45
    Mídia estrangeira compara Cunha a Frank Underwood e diz que “queda continua”
    Ao noticiar a prisão do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha nesta quarta-feira (19), a imprensa estrangeira lembrou da comparação do ex-deputado com o personagem Frank Underwood, político americano da série “House of Cards”, citou seu protagonismo no impeachment de Dilma Rousseff e também as acusações que sofre na Justiça brasileira. Leia Mais
    Mídia estrangeira compara Cunha a Frank Underwood e diz que “queda continua” – Reprodução/Le Monde
    17:30
    ‘Delação não está no nosso radar’, diz advogado de Eduardo Cunha
    Um dos advogados do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Ticiano Figueiredo, disse que um eventual acordo de delação premiada não estava “no radar” do ex-presidente da Câmara dos Deputados preso nesta quarta-feira (19) em Brasília. “Até o presente momento, não havia hipótese de fazer delação. A delação não estava no nosso radar”, disse Ticiano. O advogado disse que apesar da prisão, ainda não há indicação de que Cunha possa fazer uma eventual delação. Leia Mais
    ‘Delação não está no nosso radar’, diz advogado de Eduardo Cunha – Renato Costa – 12.jul.2016/Folhapress
    17:27
    Planalto nega preocupação com possível delação de Cunha
    Apesar de a ordem ser evitar comentários sobre a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha antes da chegada do presidente Michel Temer ao Brasil, o Palácio do Planalto afirmou nesta quarta (19) que a preocupação do governo com uma possível delação do peemedebista “é zero”. “Não há preocupação nenhuma”, explicou a Secretaria de Imprensa. “O governo tem reiterado que não há nenhuma interferência na Lava Jato e que as ações são de outro poder, que é completamente independente.” Leia Mais
    17:25
    Cunha estava em seu apartamento quando a PF apareceu para prendê-lo
    O ex-deputado Eduardo Cunha estava em seu apartamento quando a primeira equipe da Polícia Federal chegou, por volta das 13h desta quarta, de acordo com informações dos seguranças do prédio onde ele mora, em Brasília. Segundo os funcionários, dois agentes se apresentaram na portaria, com mandados de prisão e busca e apreensão em mão, e avisaram que subiriam na casa do ex-deputado. Leia Mais
    17:21
    Procuradoria: Cunha mantém influência e fez indicações para o governo Temer
    Ao pedir a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba reiterou todos os argumentos já apresentados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, perante o STF (Supremo Tribunal Federal), e acrescentou que, mesmo após ter seu mandato cassado em setembro, o peemedebista “ainda mantém influência nos seus correligionários, tendo participado de indicações de cargos políticos do Governo Temer”. Leia Mais
    17:17
    Cunha chega à PF em Curitiba
    O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) acaba de chegar ao prédio da Polícia Federal em Curitiba. O político entrou no edifício em um carro da PF por volta de 17h15. Pouco antes das 17h, ele havia chegado ao aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba, a bordo de um avião da corporação. Cunha foi preso preventivamente hoje pela manhã em Brasília após decisão do juiz Sérgio Moro. Leia Mais
    Cunha chega à PF em Curitiba – Theo Marques/Folhapress
    17:07
    Jornalistas, manifestantes e curiosos se juntam na entrada da PF em Curitiba
    Com a notícia de que o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso em Brasília hoje e levado para Curitiba, manifestantes e curiosos começaram a se juntar em frente ao prédio da Polícia Federal na capital do Paraná. Muitos profissionais da imprensa também já estão no local. Cunha chegou ao aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba, pouco antes das 17h (horário de Brasília), a bordo de um avião da PF.
    Jornalistas, manifestantes e curiosos se juntam na entrada da PF em Curitiba – Janaina Garcia/UOL
    16:53
    Empregadas de vizinhos de Cunha no Rio comemoram prisão
    Empregadas domésticas que trabalham no condomínio onde mora Eduardo Cunha, no Rio, comemoraram na tarde desta quarta (19) a prisão do ex-deputado. Pela manhã, operação na casa de Cunha na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, para cumprir a ordem de prisão. O ex-parlamentar, porém, foi capturado em Brasília. “Quando a minha patroa nos avisou que viu na internet uma notícia sobre a prisão dele, comemorei muito. É mais um safado que vai preso metendo a mão no nosso dinheiro”, afirmou Érica Cristina, 35, moradora de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Leia Mais
    16:50
    Após prisão em Brasília, Cunha chega a Curitiba
    O ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso hoje em Brasília, acaba de chegar ao aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba. Cunha foi trazido em um avião da Polícia Federal e ficará em uma cela na carceragem da PF na capital do Paraná. Ele teve a prisão preventiva decretada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelas decisões em primeira instância da Operação Lava Jato.
    16:38
    Após cassação, Cunha prometeu livro sobre bastidores do impeachment
    Logo após deixar a sessão em que teve seu mandato cassado, no dia 12 de setembro, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) disse que se dedicaria a escrever um livro contando os bastidores do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). “Eu vou escrever um livro do impeachment. Eu vou contar, obviamente, tudo o que aconteceu no impeachment. Diálogos com todos os personagens que participaram de diálogos comigo em relação ao impeachment. Esses serão tornados públicos em toda a sua integralidade. Todos, todos, todos. Todo mundo que conversou comigo”, disse. Leia Mais
    Após cassação, Cunha prometeu livro sobre bastidores do impeachment – Pedro Ladeira – 12.set.2016/Folhapress
    Janaina Garcia, direto de Curitiba
    16:36 Janaina Garcia, direto de Curitiba
    Cunha ficará em cela comum, diz PF
    Segundo a assessoria da PF (Polícia Federal) no Paraná, o ex-deputado federal Eduardo Cunha ficará numa “cela comum”, com cama de alvenaria, colchão e grades. A PF não divulgou se o ex-deputado terá companhia na cela. Alguns dos presos da Operação Lava Jato que estão na carceragem da Polícia Federal em Curitiba são o empresário Marcelo Odebrecht e o ex-ministro-chefe da Casa Civil Antonio Palocci, além do doleiro Alberto Youssef.
    16:32
    No Facebook, fãs de Eduardo Cunha defendem ex-deputado após prisão
    Ainda em trânsito de Brasília a Curitiba após ser preso pela Polícia Federal, o ex-deputado Eduardo Cunha publicou um post na sua página no Facebook para se defender da decisão da Justiça, a qual chamou de “absurda”. Em meio aos comentários que comemoravam sua prisão, alguns fãs o chamavam de “herói da nação” e pediam que fizesse delação premiada. Leia Mais
    16:27
    Renan ignora perguntas sobre prisão de Eduardo Cunha
    O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), evitou comentar a prisão preventiva do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Em saída rápida do plenário do Senado, o peemedebista ignorou os questionamentos de jornalistas e seguiu para seu gabinete sem responder perguntas. Renan, que é do mesmo partido de Cunha, também é alvo da Lava Jato, sendo investigado em nove inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) relacionados a essa operação. As informações são do Estadão Conteúdo.
    Renan ignora perguntas sobre prisão de Eduardo Cunha – Alan Marques – 7.jul.2016/ Folhapress
    16:25
    Com prisão de Cunha, caminho de Curitiba está aberto para Lula, diz líder do DEM
    O líder do DEM na Câmara, Pauderney Avelino (AM), considerou uma “surpresa” a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) antes mesmo de prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro. O parlamentar disse que, com a prisão do peemedebista, o próximo poderá ser o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Se for na tese do PT (de prender Cunha primeiro), o caminho está aberto e as portas de Curitiba estão abertas para Lula”, alfinetou. Leia Mais
    Com prisão de Cunha, caminho de Curitiba está aberto para Lula, diz líder do DEM – Nilson Bastian – 17.abr.2016/Câmara dos Deputados
    16:17
    “Não tem nenhum motivo para sermos presos”, disse Cunha em setembro
    Em setembro, o ex-deputado Eduardo Cunha e sua mulher, a jornalista Claudia Cruz, deram entrevista ao programa “Conexão Repórter”, do SBT, e disseram não temer ser presos. “Não tem nenhum motivo para sermos presos, porque não cometemos nenhum crime”.

    16:13
    VÍDEO: Após ser preso, Cunha embarca em avião da PF rumo a Curitiba

    Janaina Garcia, direto de Curitiba
    16:10 Janaina Garcia, direto de Curitiba
    Cunha fará exame de corpo de delito amanhã de manhã, diz PF
    A assessoria de imprensa da Polícia Federal informou que o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) será submetido só amanhã a exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal) de Curitiba. O exame será feito de manhã. Hoje, Cunha deve chegar à sede da PF por volta das 17h30 e já ser encaminhado a uma cela da corporação. A assessoria não soube dizer se ele dividirá o espaço com mais algum preso.
    16:02
    Lava Jato aponta uso de propina para pagar casamento de filha de Cunha
    No pedido de prisão do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), o Ministério Público Federal apontou o uso de dinheiro “proveniente de crimes contra a administração pública” para pagar o casamento de uma das filhas do peemedebista. O casamento de Danielle custou R$ 267.384, considerando apenas os serviços prestados pelo hotel, sem outros prestadores. Leia Mais
    Lava Jato aponta uso de propina para pagar casamento de filha de Cunha – Pedro Ladeira – 1º.jun.2015/Folhapress
    15:55
    Deputados da Rede defendem que Cunha faça delação
    Os deputados federais Miro Teixeira (foto) e Alessandro Molon, ambos da Rede-RJ, defenderam que Eduardo Cunha deve fazer um acordo de delação. “Nós temos que cobrar que Eduardo Cunha colabore com a Justiça, para colaborar com a sociedade. Essa é uma maneira de ele se redimir. Ele faria um grande bem ao Brasil se delatasse, se desse nomes aos bois, descrevendo qual foi o papel de cada um deles”, disse Miro. As informações são do Estadão Conteúdo.
    Deputados da Rede defendem que Cunha faça delação – Alexandra Martins – 9.out.2012/Agência Câmara
    15:50
    Em nota, Cunha classifica prisão como ‘decisão absurda’
    Em nota publicada em sua página no Facebook, Eduardo Cunha classificou a decisão judicial pedindo sua prisão como absurda. Leia a íntegra do comunicado: “Tendo em vista o mandado de prisão preventiva decretado hoje pela 13º Vara Federal do Paraná, tenho a declarar o que se segue: Trata-se de uma decisão absurda, sem nenhuma motivação e utilizando-se dos argumentos de uma ação cautelar extinta pelo Supremo Tribunal Federal. A referida ação cautelar do Supremo, que pedia minha prisão preventiva, foi extinta e o juiz, nos fundamentos da decretação de prisão, utiliza os fundamentos dessa ação cautelar, bem como de fatos atinentes a outros inquéritos que não estão sob sua jurisdição, não sendo ele juiz competente para deliberar. Meus advogados tomarão as medidas cabíveis para enfrentar essa absurda decisão.” Leia Mais
    Em nota, Cunha classifica prisão como ‘decisão absurda’ – Pedro Ladeira/Folhapress
    15:49
    Após prisão de Cunha, Câmara adia votação de mudança no pré-sal
    A base aliada de Michel Temer não conseguiu nesta quarta-feira (19) reunir o quorum mínimo de 257 dos 513 deputados para concluir a votação do projeto que altera as regras de exploração do pré-sal, uma das prioridades do governo para 2016. O cronograma do Palácio do Planalto previa a conclusão desta votação no início de outubro. Agora, a tendência é a de que isso ocorra só em novembro, após o segundo turno das eleições. Leia Mais
    15:49
    Para Moro, Cunha mantinha poder mesmo sem mandato
    O juiz federal Sergio Moro afirmou que, apesar de ter tido o mandato de deputado federal cassado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) mantinha poder suficiente para obstruir investigações e intimidar potenciais testemunhas. Esse foi um dos principais argumentos usados pelo magistrado para determinar a prisão preventiva do ex-deputado, ocorrida nesta quarta-feira (19) em Brasília. Leia Mais
    15:46
    Cunha é a ‘delação das delações’, diz deputado Ivan Valente (PSOL-SP)
    O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) afirmou nesta quarta (19) que um eventual acordo de colaboração premiada de Eduardo Cunha poderia prejudicar o governo do presidente Michel Temer. “Cunha é a delação das delações, ele, sem dúvida, pode derrubar o governo do presidente Michel Temer”, disse. Ivan disse ainda que houve uma “imensa cumplicidade” dos deputados em relação a Cunha, que postergaram por cerca de oito meses a tramitação do processo de cassação do mandato do deputado no Conselho de Ética. “À medida que ele perdeu a imunidade parlamentar, há um mês e pouco, nós estamos assistindo agora a ação imediata do juiz de Curitiba para prisão preventiva”, disse. As informações são do Estadão Conteúdo.
    Cunha é a ‘delação das delações’, diz deputado Ivan Valente (PSOL-SP) – Aílton de Freitas – 16.abr.2016/ Agência O Globo
    15:44
    Lindbergh: se Cunha fizer delação, Temer não se sustenta por um dia
    O líder da oposição, senador Lindbergh Farias (PT-RJ), anunciou no plenário do Senado a prisão preventiva do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O senador disse torcer por uma delação e afirmou que, caso aconteça, o governo de Michel Temer não irá resistir. “Acaba de ser preso Eduardo Cunha. E eu, sinceramente, espero que ele faça uma delação. Se ele fizer uma delação, esse governo de Michel Temer não se sustenta por um dia”, anunciou Lindbergh ao plenário lotado, que votava uma medida provisória. O senador também registrou que a prisão de Eduardo Cunha procedeu de forma diferente de outras ações da Lava Jato. “Essas ações da Lava Jato aconteceram com grande cobertura midiática. Dessa vez, não aconteceu. Espero que seja uma mudança de procedimento”, afirmou. Segundo o senador, ações que envolvem membros do PT são anteriormente avisadas para a imprensa e acontecem no início da manhã. As informações são do Estadão Conteúdo.

  25. Nossa Corregedoria Geral verdadeira chama-se GAECO.
    Se você, for aqui da capital, sendo empresário, comerciante, etc..,e for escolhido como a próxima vítima desses vagabundos extorsionários com carteira de policial, não perca seu tempo indo a Corregedoria Geral, procure o GAECO que você terá o resultado esperado, CADEIA PARA POLICIAL LADRÃO.
    A Corregedoria Geral agora só funciona para quem não é amigo.
    Por isso quem prendeu o escrivão sequestrador, que levou a vítima para o cárcere no pátio de uma delegacia da capital e quem prendeu o investigador TRAFICANTE do DENARC foi o GAECO.
    No interior as corregedorias auxiliares são confiáveis, aqui tá tudo dominado.

  26. jamais farei parte de greve na polícia civil, porque fizemos uma em 2008 e só foi bom para os delegados, o resto está chupando o dedo até hoje.

  27. Se a policia trabalhar um mes, somente um mes, sem nenhum arrego nem acerto pra ninguem, meter todo mundo que tiver erredo pra dentro, inclusive os de crime continuado, protegidos que sustentam o sistema podre; voces verao se a policia civil nao tem forca como alguns dizem.

  28. Colegas, como policiais civis que somos, independente do cargo por nós concursados e nomeados, deveríamos nos unir e acabar com salário miserável que recebemos. Desde que o PSDB entrou a 22 anos, estamos tendo esse massacre salarial, onde não é cumprido o mínimo dos mínimos que é a reposição salarial pela inflação do período. A quantos anos, não recebemos a inflação passada??. Mas o governo estadual, sabe repor com a inflação anterior os seus impostos, então não é desculpa, este governo falar que não tem verba. Dependendo da carreira, nós policiais civis, estamos defasados de 150% a 200% porcento, nesses últimos 22 anos. Quando entrei na polícia civil ganhava o equivalente a 8 salários mínimos da época, sendo que os policiais mais antigos falaram para mim, que chegaram a ganhar de 13 a 15 salários mínimos. Hoje ganho na base de 4 salários, com todos os quinquênios e promoções conquistadas, sem nenhum padrinho político. Infelismente nossos sindicato são extremamentes fracos. Nós operacionais, deveríamos, ter somente um único sindicato para nos representar e cobrar do governo um salário digno do risco que corremos todos os dias, porque, saímos de nossos lares e entes queridos e não sabemos que hora voltaremos e se voltaremos. Acho que essa estória de enquadramento de carreiras já deu o que tinha. Há quantos anos só se discute e nada. Já estamos passando da hora de uma greve geral de todas as carreiras da Polícia Civil e resolver de vez os problemas internos da própria Polícia Civil, seja questão salarial e condições de trabalho, vocês sabem o que falo, não preciso aqui dizer o que passamos e como temos que nos virar. CHEGA DESSA MISÉRIA QUE GANHAMOS. QUEREMOS UM SALÁRIO JUSTO. Desculpe o desabafo.

  29. Redundância, parar o que já está parado faz tempo. Boa parte das delegacias do interior não abre a noite e aos finais de semana. Aqui na capital e na Grande São Paulo também, achava melhor não fazermos mais paralisação nenhuma, o tiro pode sair pela culatra, vão perceber que a gente com paralisação ou não é a mesma coisa, ou seja, não faz a menor diferença pararmos.

  30. Redundância, parar o que já está parado faz tempo. Boa parte das delegacias do interior não abre a noite e aos finais de semana. Aqui na capital e na Grande São Paulo também, achava melhor não fazermos mais paralisação nenhuma, o tiro pode sair pela culatra, vão perceber que a gente com paralisação ou não é a mesma coisa, ou seja, não faz a menor diferença pararmos.

  31. Caro Policial ainda Vivo!

    Parabéns pela explanação. Faço minhas suas palavras. Está na hora de pararmos de usar esse espaço para nos atacar e passarmos a usa-lo para nos mobilizarmos.

  32. Chegamos aonde chegamos,por causa de alguns fodoes da pc,que sempre pensaram em seus nariz empinados,venderam a alma ao diabo,pensando que iriam ser reconhecidos,pelo demonio!kkkkkkkkkkk,
    A agua esta batendo na bunda de todo mundo,a gansolandia esta tomando conta das delegacias ,de viaturas,pra cima e pra baixo,com o braco pra fora,fazendo o diabo,esta de dar do os plantoes,decadentes,alguns delegados novos que mal cumprimentam os demais,alimentados de reis na acadepol,nao tiraramco rei da barriga,mas e de dar do,ve los com seus ternos alinhados carissimos,no titanic!lamentavel

  33. PESSOAL !, REPORTAGEM DE HOJE DA FOLHA DE SÃO PAULO ” COM EXPLOSÃO DE APOSENTADORIAS POLÍCIA CIVIL DE SÃO PAULO ENCOLHE “. CONSOANTE O NOTICIÁRIO, NESTES ÚLTIMOS DEZ ANOS, O DEFICIT DE DELEGADOS, ESCRIVÃES E INVESTIGADORES SÃO DE 5.113 POLICIAIS. PELO ANDAR DA CARRUAGEM, LOGO MAIS CADA ESCRAVÃO ESTARÁ SECRETARIANDO MAIS DE 2.000 FEITOS. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  34. Desde 2008 não vejo que os sindicalistas das carreiras da Polícia Civil lograram algum êxito em defesa das classes.
    Por qual motivos?
    Motivo este que jamais quis me associar ao sindicato de minha categoria.
    Quanto as carreiras policiais civis, independente de quais sejam, e se chegamos no fundo do poço é pela culpa de todos os policiais civis que se calaram quando das nomeações pelos delegados de polícia de funcionários municipais e de guardas municipais para exercer a função de escrivão ad hoc e em auxiliar os tiras nos S.I.G.
    A PM sempre saiu ganhando, pois é menina dos olhos de todos os governadores de Estado e do governo federal, mesmo que não façam greves, o governo os utiliza como quer, e até cria os bicos legalizados pelo Estado e da utilização na força nacional de segurança. São pau para toda obra. E para compensar um pouco, se aposentam com integralidade e paridade e num posto superior.
    Quanto aos policiais civis, ficam implorando que os sindicatos façam algo que nunca se concretizou desde 2008.

Os comentários estão desativados.