Eis a frase que define o pensamento dos magistrados brasileiros: Farinha pouca, meu pirão primeiro! 30

RISE FINANCEIRA

AMB se diz surpresa com parcelamento de salários de juízes no Rio de Janeiro

30 de outubro de 2016- CONJUR 

Sem condições de honrar seus compromissos financeiros, no dia 17 de junho, o governo do Estado do Rio de Janeiro decretou estado de calamidade pública no âmbito da administração financeira no Estado. A crise estadual, no entanto, é bem anterior. Em dezembro de 2015, o governo já havia começado a parcelar salários de servidores e aposentados.

Na Justiça, o estado tenta acabar com a série de arrestos determinadas por juízes. Na última semana foi a vez de magistrados e servidores do Judiciário ficarem sabendo que não receberão os salários em dia, nem mesmo indo direto na fonte. A Justiça determinou um arresto nas contas do governo, mas o valor encontrado paga apenas 33,8% da folha salarial.

Apesar do cenário ser conhecido, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) se mostrou surpresa com a situação e resolveu intervir. A associação afirmou que ingressará no mandado de segurança do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que pede no Supremo Tribunal Federal o repasse dos valores determinados pela Constituição.

“Reiteramos nosso compromisso com a unidade e valorização da magistratura brasileira e não toleraremos atitudes de desrespeito e aviltamento do Poder Judiciário ou que deem tratamento diferenciado a magistrados da ativa e aposentados”, diz a nota, assinada pelo presidente da AMB, João Ricardo Costa.

A entidade lamentou, ainda, que o TJ-RJ tenha tentado resolver o problema sem fazer alarde. “A AMB lamenta que tão delicado e relevante assunto tenha sido mantido em sigilo impossibilitando adoção de outras medidas preventivas em favor da classe.”

Leia a nota da AMB:

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) surpreendida no dia 27 de outubro, às 18 horas, com a informação de que o Estado do Rio de Janeiro descumpriria o preceito que obriga o pagamento dos membros ativos e aposentados da magistratura no último dia útil do mês trabalhado, informa aos seus associados o seguinte:

 1. A gravidade da situação e a possibilidade de repercussão em outras unidades da Federação torna a questão de interesse nacional e autoriza a AMB a intervir diretamente;

2. A AMB ingressará no mandado de segurança 34483 impetrado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), cujo relator é o ministro Dias Toffoli, em defesa do interesse da magistratura pugnando pelo cumprimento da Constituição, para compelir o Estado do Rio de Janeiro a respeitar a tripartição dos Poderes e cumprir a Lei Orçamentária transferindo ao Tribunal de Justiça os recursos financeiros que lhe estão assegurados;

3. A AMB, além de solidarizar-se com os magistrados ativos e aposentados, mantém seus advogados à disposição de todos os associados e os colocará também à disposição do Tribunal para adoção de outras medidas judiciais ou administrativas para garantir o devido e necessário respeito à Constituição, à independência e autonomia financeira do Judiciário nacional;

4. A AMB manifesta integral apoio ao presidente do TJRJ, desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, e à presidente em exercício, Maria Inês da Penha Gaspar, que vêm adotando medidas que talvez permitam a quitação da folha de pagamento ainda nesta segunda-feira (31), mas com probabilidade de integralizar o repasse até no máximo o dia 07 de novembro;

5. A AMB lamenta que tão delicado e relevante assunto tenha sido mantido em sigilo impossibilitando adoção de outras medidas preventivas em favor da classe, como foi feito pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (SINDJUSTIÇA), em medida que alcançou e beneficiou a magistratura.

 Reiteramos nosso compromisso com a unidade e valorização da magistratura brasileira e não toleraremos atitudes de desrespeito e aviltamento do Poder Judiciário ou que deem tratamento diferenciado a magistrados da ativa e aposentados.

Brasília, 29 de outubro de 2016.
João Ricardo Costa
Presidente da AMB

  1. Pelo que entendi enquanto o atraso dos vencimentos arder no rabo da grande massa de servidores publicos do RJ, Ferrem-se eles!

    Agora quando começa a atingir os intocáveis, o bicho pega!

    este pais é um LIXO sem tampa!

  2. DESISTI DO BRASIL. ESSE LUGAR É UM INFERNO. ESPERAR A APOSENTADORIA E ME MUDAR PARA A ESPANHA. FODA-SE O RESTO.

  3. Mexeu nos graúdos! A corte caindo…..se não tem pão, dê-lhes brioches!!!!
    Os doutos vão penar tais quais os nobres servidores da casta inferior. Corroeram as bases da sociedade Brasileira com a corrupção e estão todos agora em um mar de lama. Foram como muita sede ao pote e secou!

  4. PESSOAL, BEM FEITO, POIS ” PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É COLÍRIO “. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…!

  5. ” Farinha pouca meu pirão primeiro “, perfeito.

    Esta também é a frase que define p pensamento dos Delegados de Polícia. Explico :

    Amanhã completará 4 meses que s lista de promoção pública em 01/07 esta engavetada no palácio sob a alegação de verificação de adequação orçamentária !!

    Ocorre que somente está lá s lista de promoção dos operacionais , pois a dos Delegados o decreto foi pubpicado em 19/07, 18 dias após a publicação da lista !

    Para fugir ao bolo orçamentário , a lista de delegados foi enviada primeiro enquanto os demais esperaram.

    Resumo : ninguém mais será promovido na lista de final de ano, Pq só pode haver nova lista de homologada a anterior . Se for Delegado pode, afinal já houve o decreto.

    Não há mais promoção para as demais carreiras .

  6. Há sei puta cana!
    Seis meses só fazendo isto, ou seja uma única e exclusiva “investigação”, não atendendo o público, não trabalhando em finais de semana e feriados, acesso irrestrito ao sistema guardião, mondando as “investigações” as suas circunstâncias e conveniência e fizeram isto!
    E ainda só deixaram o torre fugir!
    Realmente um put… de um trampo “bão”.
    No mesmo tempo do MPF mandou um senador, um ex- presidente da câmara dos deputados e mais um sem fim de ex-políticos para a cadeia, sequestrou milhões e milhões de reais, fora outros bens.
    Enquanto isto aqui em São Paulo o GAECO do MP paulista e a sua trupe mandou quem do PSDB para a tranca? ……………………pausa dramática…………………NINGUÉM.
    Já sei aqui no Estado de São Paulo não existe crime do colarinho branco. Deve ser só tem políticos honesto neste Estado, o Barros Munhos está ai para provar o quanto operacional o GAECO é.
    Nem o conselheiro afastado do TCE está preso, nem devolveu um centavo.
    As mortes da cratera do Metrô em pinheiros, o GAECO E O MP paulista não responsabilizou ninguém!
    O desmoronamento no “ROBOanel”!
    Aquela pilastra do mono trilho que matou um operário.
    O caso das merendas!
    O caso Paulo Preto!
    E mais um sem fim de escândalos que envolvem a gestão tucana o que o GAECO e o MP e afins fizeram?
    Absolutamente PHORRA NENHUMA DE PHORRA DE NADA.
    Assim meu velho até eu, escolhendo o que “investigar”, sem obrigação nenhuma, com todos os recursos a minha disposição; “assim é fácil é lindo quero ver arrastar a gata para fundo da fiorino”.

  7. Caro “me TIRA daqui disse” se depender dos bacharéis vamos continuar na água de salsicha.
    Não é piada, mais bem que parece.
    Alguém tem noticias do grupo de estudo,………..NINGUÉM RINDO POR FAVOR,………. grupo de estudo este criado no âmbito da DGP.
    Repito grupo de estudo criado no âmbito da DGP, ou seja, em tese dentro da “nossa casa”, que iria apresentar propostas para a reestruturação das cerreiras.
    Aquele grupo este que só tinha bacharéis, quando estava vencendo o prazo para a apresentação das propostas, e os bacharéis como não tinham ph…… nenhuma para apresentar, já que nem eles não sabem e muito menos tem competências para presentar algo, eles conseguiram esticar o prazo com o migue de que os sindicatos e associações também iriam compor aquele grupo de estudo, pois bem o prazo já venceu a muitos meses e eles, os bacharéis até hoje não apresentam nada!
    Se nem algo que em tese poderiam beneficiar eles próprios, eles conseguem fazer, imagina algo que pode e deveria favorecer os operacionais, esquece.
    O que eu sei deste grupo de estudo é que eles querem recriar o elevador exclusivo no prédio da DGP!
    Isto sim é piada.

  8. Uma mão lava a outra????????????????????????

    PMs ajudaram a livrar ex-presidente do TJ-SP de apuração sobre acidente
    Divulgação/TJ-SP
    Desembargador Ivan Sartoti recebe medalha de homenagem da PM em 2013
    ROGÉRIO PAGNAN
    LEANDRO MACHADO
    DE SÃO PAULO

    31/10/2016 15h09 – Atualizado às 19h17
    A agenda do desembargador Ivan Sartori estava cheia em 22 de novembro de 2012. Então presidente do Tribunal de Justiça de SP, ele viajaria a Brasília com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) para participar de um evento no Supremo Tribunal Federal.

    Naquele dia, Sartori saiu de Santos dirigindo sua Mercedes com destino a São Paulo. Na chegada à capital, ao trocar de faixa em uma avenida da zona sul, atropelou a moto Honda Biz guiada pela consultora Joelma Ramos, 33.

    A motocicleta ficou destruída, com perda total. Desacordada, Joelma foi socorrida às pressas a um hospital.

    O acidente, porém, não atrapalhou os planos do magistrado. Ele pegou o avião com Alckmin e foi ao evento de posse de Joaquim Barbosa na presidência do STF.

    Para isso, o magistrado teve a ajuda de policiais militares. Além de desobrigá-lo a comparecer à delegacia para dar explicações, esses agentes –cedidos ao TJ– ainda o ajudaram a se livrar de qualquer investigação sobre o acidente.

    Tudo começou no quarto do hospital. Assim que recuperou a consciência, ainda na maca e em circunstâncias desconhecidas, a vítima foi convencida por PMs a assinar uma declaração na qual renunciava a qualquer intenção de processar o magistrado.

    O documento foi entregue pelos PMs ao delegado João Doreto Campagnari quase quatro horas após o acidente. Do local do atropelamento até o 35º distrito, onde foi feito o registro, o percurso dura 20 minutos –o acidente ocorreu às 9h, e só foi comunicado à Polícia Civil às 12h51.

    Ao contrário do padrão em acidentes dessa gravidade, o delegado não teve contato pessoal com Sartori nem com a vítima. Segundo relatou a colegas, o delegado nem mesmo conseguiu localizar o hospital onde Joelma foi levada –uma unidade em Diadema.

    CARANDIRU

    No mês passado, foi Sartori quem presidiu a sessão que anulou a condenação de 74 policiais militares pelo Massacre do Carandiru –episódio, em 1992, que terminou com a morte de 111 presos. “Não houve massacre, houve legítima defesa”, afirmou o magistrado. Sartori ainda pediu a absolvição de todos os policiais –foi voto vencido nesse ponto, porém.

    Nos dias seguintes, a Folha revelou a relação próxima do magistrado com a PM. Na época em que foi presidente do TJ, ele era escoltado por policiais e foi homenageado cinco vezes pela corporação. Neste ano, seu filho, Guilherme Sartori –candidato derrotado a vereador– fez campanha no centro de operações da Polícia Militar.

  9. o Poder Judiciário Brasileiro, definitivamente NÃO REPRESENTA O POVO BRASILEIRO!!!

  10. NÓS BRASILEIROS SOMOS FEITOS DE PALHAÇOS A TODO O TEMPO. NO NOSSO CASO PELO DGP E ESSE GRUPO DE ETUDO.

  11. PELA MILESIMA VEZ CARTEIRA VERMELHA E CARTEIRA PRETA TEM UM GRANDE ABISMO NAO SE ILUDAM
    E MAJURA DE UM LADO E ORESTOPOL DO OUTRO

  12. Agora sim comecei a crer que a situação econômica do RJ está em estado de calamidade.

    A Reforma da Previdência, infelizmente, percorrerá o mesmo caminho, ou seja, os que mais são abastados e dão prejuízo serão os últimos a serem alcançados e com bem menos intensidade.

  13. Por que não legalizar a maconha?
    Em primeiro lugar devemos entender que o princípio ativo da maconha, a Cannabis sativa Lineu, isômero delta 9, é uma droga que interage com o nosso Sistema Nervoso Central – SNC, podendo agir como depressor ou/e alucinógeno, dependendo da dose e da frequência com que é usada pelo dependente. Logo é uma droga que atua diretamente na vontade do indivíduo, exercendo uma ação prejudicial nas atividades que ele exerce. Muita gente afirma que tem amigos que fumam Cannabis ocasionalmente e que isso não afeta suas atividades laborais ou de estudo. Da mesma forma, existem pessoas que sabem beber e o fazem guardando o limite de sua capacidade de ingestão, interrompendo-a, demonstrado controle sobre a bebida. Isso é verdade, mas é uma minoria entre os usuários. Mas a realidade é muito mais cruel e a outras pessoas não têm controle sobre seu uso de drogas, fazendo inclusive, uma mistura descontrolada. Chamamos isso de dependência cruzada, ou seja, o indivíduo usa cigarro e álcool, maconha e álcool, cigarro, maconha e álcool, maconha, cocaína e álcool, depois se tornam dependentes de crack também. Como podemos observar a maconha, o cigarro e o álcool são as portas de entrada para outras drogas também muito prejudiciais ao nosso organismo. A maconha deixa o indivíduo mais “lerdo” em seus reflexos e suas ações, prejudica em grande parte a sua capacidade de memorização. A maconha determina dependência química sim! Estão querendo liberar o uso de uma droga que dizem ser de menor potencial, mas o potencial de ataque da droga é diretamente proporcional ao uso que dela faz seu usuário, assim como envolve diversos fatores ligados ao ambiente em que ele vive, estuda e trabalha, assim como de sua alimentação e diversos outros hábitos. O foco agora é a maconha, pois já conseguiram, historicamente e economicamente, liberar o álcool, cujo abuso é o responsável por desagregações familiares, acidentes de trânsito, licenças e aposentadorias trabalhistas, etc. Se fizermos isso a nossa conta a pagar, pessoal, social e governamental será muito maior.

  14. Formado em Administração de Empresas e estudante de Direito, Guilherme Sartori tem 30 anos.

    Foi nomeado pelo Governador Geraldo Alckmin como Coordenador de Juventude do Estado de São Paulo, tendo a oportunidade de elaborar e desenvolver políticas públicas para os mais de 11 milhões de jovens, onde ganhou destaque no meio político e foi convidado a concorrer ao cargo de Deputado Federal em 2014, atingindo uma expressiva votação de 18.464 votos em sua primeira eleição!

    Sua história política também se deve ao grande trabalho realizado por seu pai, o Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Ivan Sartori.

    O Desembargador era o chefe do Poder Judiciário no Biênio 2012/2013. Em um mandato histórico, Ivan Sartori foi considerado o melhor Presidente do TJ de todos os tempos.

  15. Nada mudou … disse:
    31/10/2016 ÀS 22:22
    .
    No Rio de Janeiro, um vereador do PMDB, não lembro agora o nome do (judas), apresentou projeto para que com 3 mandatos eles tenham direito a continuar recebendo, mesmo apos não exercerem mais o cargo eletivo, seus vencimentos normais que são hoje R$ 15.000,00 líquidos. O vereador justificou a medida por nota dizendo: (é uma questão de justica).
    Durma-se com um barulho desse.

  16. Enquanto conseguirem burlar o teto constitucional dos salários com gratificações, será um saco sem fundos suprir os gastos com servidores do alto escalão.

    Um teto de 30 mil reais por mês seria mais que suficiente. Mas aqui no Brasil, lugar onde juízes tem o maior salário do mundo, nunca acontecerá.

    M.P ubli.co Tribu.nal de Jus.tiça e Assem.bleias de Deputados quebram o Estado com gastos exorbitantes em suas folhas de pagamento.

    Tanto é que não deixam divulgar seus salários no portal transparência.

  17. Tem palavras chaves que bloqueiam a publicação neste blog ????

  18. SR. ‘Cesar” !, EU PARTICULARMENTE ACHO QUE ESTÁ DEMORANDO MUITO, E SABE QUEM SÃO OS CULPADOS ! SÃO TÃO SOMENTE ESSES MAJURAS QUE SÓ VISLUMBRAM O PRÓPRIO UMBIGO. TRABALHEI POR APROXIMADAMENTE QUATRO DÉCADAS NA P.C., EM PLANTÕES E CHEFIAS, AUTOMATICAMENTE SEMPRE SUBORDINADO A UM MAJURA. AGORA DE TODOS ELES EU SÓ TIRO O CHAPÉU PARA UM EXCELÊNCIA, O QUAL INFELIZMENTE JÁ SE FOI, OU SEJA, O GRANDE DR. ORLANDO RICARDO, COM O QUAL TRABALHEI NO PLANTÃO DO 4º D.P., ESTE SIM, ERA AMIGO DOS RESTOPOLS. QUANDO DOS PLANTÕES, TANTO DIURNO0S COMO NOTURNOS, ELE AO ASSUMIR JÁ ANUNCIAVA ” O PRIMEIRO É SEU O SEGUNDO É MEU E ASSIM SUCESSIVAMENTE”, OU SEJA SE APORTASSEM QUATRO FLAGRANTES, O PRIMEIRO ERA MEU O SEGUNDO ERA DELE E SUCESSIVAMENTE.É POR ESTE E OUTROS MOTIVOS QUE DIGO ” AÍ QUE SAUDADES DOS VELHOS TEMPOS “. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  19. Sr. jefão escrivão da dise de araraquara,
    E faz tempo, ein?
    Não fossem os jornais, não saberíamos das fanfarronices supostamente perpetradas pelas polícias, inclusive.
    Houve a suposta participação da PM (com a inservível declaração de que não se pretendia processar o suposto autor da lesão) e a suposta omissão da Polícia Civil. Cada um, em tese, cuidado do seu “rabo”, obviamente. Mas ambas omissas, supostamente…
    O papel assinado pela suposta vítima (preparado pela PM e aceito pela Polícia Civil), isentando o suposto autor da lesão serviria, em tese, como utensílio de mictório de boteco a ser fornecido a pinguço com diarreia.
    E a investigação policial? E a representação para a Corregedoria da PM?
    Enfim…

  20. O teor desta frase aconteceu dentro da policia paulista. A Adpesp quando das negociações com a equipe de governo há pouco tempo atrás, utilizou-se deste jargão.
    Entretanto, o pirão deles, já foi; estamos aguardando o nosso…
    Passou da hora dos administradores da policia começar a fazer justiça, vocês não acham…

  21. Aos Carreira Jurídica:

    “A falência de um sistema é de responsabilidade integral do topo da pirâmide, que não deu suporte, nem reforçou ou reestruturou sua base, com a base frágil todo sistema tende a desmoronar” . BILL GATES

  22. QUEM SOU EU PARA COMENTAR SOBRE SALÁRIO DE JUÍZES !

    AGORA NO FIM DO ANO ELES RECEBEM DE 13º E 14º

    QUASE R$ 100.000,00

    MAIS AJUDA DE CUSTO DE 10.000,00
    MAIS BENEFÍCIOS DE R$ 25.000,00
    MAIS PRODUTIVIDADE DE R$ 15.000,00
    MAIS AUXÍLIO ESCOLA DOS FILHOS DE R$ 7.000,00
    MAIS AJUDA DE CUSTO SE ATUA EM OUTRA CIDADE DE R$ 8.000,00
    MAIS GRATIFICAÇÕES
    MAIS ADICIONAIS PERICULOSIDADE, ETC
    MAIS O RETORNO DE TUDO QUE GASTAM COM TÁXI, PASSAGEM AÉREA,
    JUIZ NÃO PAGA NENHUM TRIBUTO

    PARA ELE É TUDO DE GRAÇA

    MAIS MORDOMIAS , CARRO COM MOTORISTA PARA IR LEVAR E IR BUSCAR EM CASA
    PREFERÊNCIA EM TODOS ATENDIMENTOS PÚBLICOS ,

    JUÍZES TEM PRIORIDADE EM TUDO

  23. DIANTE DESTE PENSAMENTO, ISTO QUE VOCÊ DISSE IRÁ SE CONCRETIZAR MESMO. NÓS PRECISAMOS É DE AÇÃO, ORGANIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO, NÃO ADIANTA VIR AQUI E NÃO FAZER A SUA PARTE.
    ESTAMOS NESTA SITUAÇÃO POR FALTA UNIÃO. AQUELA COISA DE SEMPRE OLHAR PARA SI PRÓPRIO; PRECISAMOS CRESCER POLITICAMENTE, FAÇA A SUA PARTE…

Os comentários estão desativados.