Aparentemente – repito: aparentemente – o Secretário de Segurança não quer reforçar ainda mais fama assassina de parcela da PM…Mas a verdade está na cara; só não ve quem não quer! 33

Suspeita sobre PMs cresce em caso de jovens encontrados mortos em SP

ROGÉRIO PAGNAN
DE SÃO PAULO

08/11/2016 02h00

O encontro de cinco corpos em uma mata de Mogi das Cruzes (Grande de SP) reforçou as suspeitas do envolvimento de policiais militares na chacina de jovens da zona leste da capital paulista.

Embora ainda falte a confirmação científica da identidade de 3 dos 5 mortos, policiais e familiares já dão como certo que os corpos achados em uma área rural são dos rapazes desaparecidos desde 21 de outubro, quando saíram de carro para ir a uma festa em Ribeirão Pires, no ABC.

A investigação sobre eventual participação de policiais militares no crime passou a ser admitida oficialmente pela cúpula da segurança do governo Geraldo Alckmin (PSDB). Dois PMs já foram ouvidos nesta segunda-feira (7).

Na área onde os corpos foram encontrados, perto de uma estrada de terra, foram localizadas cápsulas de pistola calibre.40, que é utilizada pela polícia nas ruas.

“Estamos verificando se eles [cartuchos de.40] pertencem a algum lote adquirido por organismo policial de São Paulo”, afirmou Mágino Alves Barbosa Filho, secretário da Segurança Pública, que dizia não haver nenhum “indício concreto” contra policiais na semana passada.

Ele disse haver outras duas linhas de investigação além da possibilidade de policiais na ação, mas avaliou ser “prematuro” fazer comentários sobre elas. “As investigações continuam, não param com a localização, se confirmada, desses corpos”, declarou.

Os corpos encontrados estavam enterrados em uma ribanceira, cobertos por terra e cal, e apresentavam avançado estado de decomposição.
Impressões digitais de dois rapazes e a prótese que um deles usava na perna contribuíram para a identificação.

O ouvidor da Polícia, Júlio César Fernandes Neves, disse que um dos jovens estava com os pulsos amarrados com algemas plásticas. Todos receberam vários tiros. Um dos corpos estava sem cabeça.

Com idades entre 16 e 30 anos, os rapazes, um deles cadeirante, sumiram no caminho da festa em que encontrariam meninas conhecidas em rede social. O perfil das garotas, no entanto, também desapareceu da internet, colocando em dúvida a existência delas e da festa.

Entre as últimas mensagens enviadas pelo grupo, segundo familiares, está uma que menciona suposta abordagem policial. “Ei, acabo de tomar um enquadro ali. Os polícia está me esculachando [sic]”, disse Jonathan Moreira, 18, um dos jovens.banco de dados.

Os dois PMs ouvidos nesta segunda pelo DHPP (departamento de homicídios) haviam consultado antecedentes criminais de parte do grupo em banco de dados da polícia.

Essa consulta teria ocorrido no início de outubro, mas não se sabe em quais circunstância. Os policiais, segundo a Folha apurou, negaram envolvimento no crime e participação em abordagem.

Além da munição semelhante à da polícia paulista e da mensagem enviada por um dos rapazes, os investigadores suspeitam do envolvimento de policiais no caso também por outros motivos.

Parte dos jovens tinha antecedentes criminais. Havia rumores no bairro do suposto envolvimento de um deles na morte de um PM –fato não comprovado até hoje.

O fato de os corpos estarem enterrados em uma mata, para dificultar a localização, é citado por investigadores como uma característica menos frequente em crimes cometidos por bandidos comuns.

O ouvidor Júlio César Fernandes Neves diz haver claros sinais de que eles foram mortos rendidos. “Foi uma execução, com certeza.”

FAMÍLIAS COBRAM PROCURA

O choro desesperado nas escadarias do IML central, às 11h55 desta segunda (7), era o sinal de que para Adriana Moreira, 44, a busca pelo seu filho Jonathan Moreira, 18, terminava naquele momento e da pior forma possível.

O encontro do corpo do jovem colocava fim às buscas que duraram duas semanas, mas não à principal dúvida: quem são os assassinos?

“Tem que ser feita a Justiça. Não é porque apareceram os corpos que acabou o caso. Não. Precisa punir quem fez”, afirmou a dona de casa Dayane Palema, irmã do motorista que levava os rapazes –o cozinheiro Jones Januário, 30.

Segundo ela, o irmão nem cobraria pela viagem dos jovens porque sempre fazia tudo de bom coração. O Santana 1987, segundo ela, era apenas “para ajudar”. “O erro dele foi ser bom demais. Acabou ajudando e não voltou pra casa”, declarou a irmã.

Joel Silva/Folhapress
Mãe de Jhonatan, Adriana se desespera ao chegar ao IML para reconhecimento de corpo do filho
Mãe de Jonathan, Adriana se desespera ao chegar ao IML para reconhecimento de corpo do filho

Dayane disse não ter dúvidas do envolvimento de policiais na morte dos jovens. Para ela, tudo foi uma emboscada de PMs para acertar contas com alguns do jovens mortos.
“Eles precisavam enterrar e jogar cal ainda por cima?”, afirmou Dayane.

Adriana Moreira, que chorava a perda do filho nas escadarias, não quis falar com os jornalistas. Para os amigos dela, a mulher tinha muito esperança de encontrar o filho ainda com vida -embora soubesse que as chances eram bem pequenas.

Ela chegou a montar grupos de buscas dos jovens –que utilizavam até cavalos nas andanças pelas matas da região leste da Grande SP.

“A gente procura sem parar. Onde tem um boato, vamos atrás”, disse Adriana à Folha, na semana passada.

REVOLTA

Os familiares do cadeirante Robson de Paula, 16, também deixaram revoltados o IML. A avó do rapaz, Alice Silva, disse que não tinha dúvidas de que era o menino. “Só esperamos justiça”, disse.
Na porta do IML, as famílias reclamaram por não terem acesso aos corpos.

Cheila Olala, conselheira do Condepe (Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana) que acompanhava as famílias, dizia que a preocupação dos policiais era poupar as famílias, devido ao avançado estado de decomposição de corpos.

Em frente ao IML, na manhã desta segunda, o clima de comoção das famílias se misturava ao forte cheiro dos corpos dos jovens que exalava das janelas do prédios.

O DESAPARECIMENTO

21.out
– Às 23h, os jovens saem da zona leste para ir a uma suposta festa em Ribeirão Pires. Foi a última vez em que foram vistos –após o desaparecimento, os perfis das meninas que os convidaram sumiram do Facebook

– Por volta da 0h30, César envia uma mensagem pedindo a um amigo que os buscasse, pois o carro havia quebrado. Não se sabe, porém, se o carro quebrou de verdade; esse amigo acredita era apenas uma forma de atrai-lo para a festa

– Um dos garotos manda um áudio a uma amiga dizendo que o grupo havia sido parado por PMs: “Ei, tio. Acabo de tomar um enquadro ali. Os polícia tá me esculachando [sic]”, dizia a mensagem

23.out
– O carro é encontrado aberto no rodoanel; ele não estava quebrado e não havia sangue

– Durante as duas semanas seguintes, família e amigos fazem buscas por conta própria em cidades próximas, como São Paulo, Santo André, Mauá, Ribeirão Pires, Atibaia e Bragança Paulista

6.nov
– A polícia acha os corpos dos cinco jovens em um matagal na estrada Taquarussu, em Mogi das Cruzes

Fonte: Boletim de Ocorrência/Polícia Civil

  1. Cinco anjinhos da guarda, qualquer imbecil que tiver com dó, tem vários desses lixos por aí, é só adorar e levar para casa, quanto ao secretário, fez o que tinha de fazer, não acusa antes de ter prova.

  2. Tem bons pms mas tem muitos lixos que estragam a corporação com certeza. Que nojo….

  3. PESSOAL !, S.M.J., UM OU ALGUNS DELES JÁ HAVIAM MATADO UM PM OU UM GCM. DIANTE DAS CIRCUNSTÂNCIAS, QUER DIZER QUE ELES PODEM TUDO E OS POLICIAIS NADA !….

  4. Vc vai me censurar mas lá vai:

    Aparentemente – repito: aparentemente – foi o COMANDO VERMELHO (CV).

    Qualquer idiota já descobriu que PCC e Comando Vermelho estão em guerra em vários Estados – mas só o governo quer fingir que jamais chegará a São Paulo.

    Para quem não se lembra ou não estava aqui na época, quando a facção PCC resolveu entrar em guerra da outra vez (2006) nenhuma autoridade nos avisou e ficamos todos ilhados e abandonados sendo atacados em delegacias.

    Daquela vez era UMA facção só, agora são DUAS (e as duas nos odeiam).

    Vamos acreditar em tudo que nos contam e ser pegos de surpresa novamente ?

    Confiram como o MODUS OPERANDI é exatamente o do Comando Vermelho:

    No Rio Grande do Norte, segundo o próprio “salve” enviado pelo PCC, o Comando Vermelho matou, fora dos presídios, uma “senhora TETRAPLÉGICA”, além de várias outras pessoas, incluindo CRIANÇAS.

    Está em: http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2016/10/integra-do-salve-que-explica-guerras-entre-faccoes.html
    A íntegra do “salve” que explica as guerras entre facções – 19/10/2016

    No Acre, onde a facção Comando Vermelho se juntou com a facção “Família do Norte”, eles DEGOLARAM 3 lideres do PCC (e a polícia encontrou DUAS CABEÇAS semana passada no local de uma chacina ocorrida também fora dos presídios – mas até agora não encontrou os corpos):

    http://www.caaraponews.com.br/noticia/77093/acre-vive-noite-de-terror-com-rebelioes-e-cabecas-degoladas
    (“22/10/2016 09h07 – Acre vive noite de terror com rebeliões e cabeças degoladas”)

    http://brasil.elpais.com/brasil/2016/10/25/politica/1477406310_192891.html
    (“Família do Norte, a facção que fez a guerra entre o PCC e o Comando Vermelho”)

    Juntando-se a tudo isso o fato de que aparentemente – repito: aparentemente – os 5 anjinhos de candura mortos seriam, em tese, pertencentes ao PCC …

    Eu repito: vamos acreditar em tudo que nos contam e ser pegos de surpresa novamente ?

  5. Sejamos honestos, tal crime se cometido por policiais, só será solucionado caso algum envolvido dê com a língua nos dentes, caso contrário, arquive se. Agora secometido por criminosos comuns, nunca chegar se à aos culpados.
    A Polícia Civil esta desmotivada, não haverá dedicação e, informante não trabalha de graça , logo DHPP sem informação.
    Como tudo é possível, se os PMSque abordaram esses homens foram os executores é de se rasgar o anus alheio, pois faser pesquisa via rádio é deixar um enorme rabo.Torço para que Pms não tenham feito esssa cagada, a corporação não merece esse ato negativo em sua conta.

  6. Cada vez engolindo mais sapos em 09/11/2016 às 0:25

    Sua argumentação tem fundamento.
    Pode ser a guerra entre quadrilas.

  7. Menos 05 para prendermos e termos que sustentá-los para o resto da vida em Febem e cadeias por aí. Sem falar nas dezenas de vítimas que fariam até um dia serem presos.

  8. Tudo ainda muito confuso, cápsulas de .40 e disparos com calibre 38.
    Um dos (individuos aí) liga e passa que está sendo abordado pela PM, ué, cara está sendo abordado e consegue ligar e avisar alguém?…
    Não dá para opinar sem ter a conclusão das investigacões, mas tomara que tenha sido guerra entre faccões , aí é cobra matando cobra e ………….

  9. Não sei quem os matou, mas se foram PM’s ESTÃO DE PARABÉNS! TEM MAIS QUE LIMPAR A CIDADE DO CRIME MESMO. MUITÍSSIMO GRATO!!

  10. A SOCIEDADE ESTÁ DE SACO DE CHEIO DE VIOLÊNCIA, IMPUNIDADE, VAGHABUNDO ARMADO, FUNK E OUTRAS MERDHAS. ISSO É PRODUTO DA SITUAÇÃO ATUAL. 5 VAGABAS A MENOS. ESTOU FELIZ!

  11. Quando não se há justiça formal, pois conforme fora dito, tais jovens estariam envolvidos na morte de um Mike e homicídio tentado de gcm, ocorre a famosa auto tutela ou vingança privada, a questão não é concordar ou não, na ausência do Estado, ela ocorrerá.

  12. ESSES DEMONIOS JA ESTAVAM SENDO INVESTIGADOS POR ROUBOS E LATROCINIO. JA FORAM TARDE.

  13. Acusar a polícia só porque havia cápsulas de .40 no local? Verdade, bandido não leva arma de policial morto e não possui AK-47, AR-15 e .50. Já tem informações que houve um desentendimento dessas peças e integrantes do PCC. Se for treta de bandido, o mínimo é mandar o Ouvidor de Polícia (cabide de teta gorda) tomar naquela via.

  14. sera que a pm acha que na policia civil, tudo mundo e tonto, que o ssp tambem, a regulamentação da pm, e basicamente estamos la, mais nao para escoltar, ou seja interpretação sempre favoravel a pm…….
    Ou seja se ficar quieto fica por isso mesmo, a res. ssp 102/2016 e 144/2014, e clara a pm apresenta o preso perante o juiz, igual e feito na barra funda, agora conforme a portaria abaixo, a pm vai fazer o que no forum tomar cafe…….

    COMANDO GERAL
    Portaria Cmt G PM3-002/02/16, de 3-11-2016
    Sistemática de movimentação de preso autuado
    em flagrante delito em decorrência da implan-
    tação da audiência de custódia nos Fóruns do
    Poder Judiciário
    O Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado de São
    Paulo, com fundamento no artigo 19, incisos I e X, do Regula-
    mento Geral da Polícia Militar (R-1-PM), aprovado pelo Decreto
    7.290, de 15-12-1975, à vista da sistemática de movimentação
    de preso autuado em flagrante delito em decorrência da
    implantação da audiência de custódia, iniciada no âmbito do
    Poder Judiciário paulista por meio do Provimento Conjunto 3,
    de 22-01-2015, subscrito pela Presidência do Tribunal de Justiça
    do Estado de São Paulo (TJSP) e a Corregedoria Geral de Justiça;
    Considerando que a audiência de custódia é destinada à
    apresentação, pela autoridade policial, de pessoa detida em
    flagrante delito perante a autoridade judiciária competente, em
    até 24 horas após a prisão;
    Considerando que, visando à expansão dessa sistemática
    para todo o Estado, a Resolução TJSP-740, de 27-04-2016, esta-
    beleceu cronograma de afetação das audiências de custódia nas
    circunscrições judiciárias, prevendo seu cumprimento em doze
    fases, tendo a primeira delas sido iniciada em 2 de maio de 2016
    e a última prevista para começar em 14-10-2017;
    Considerando que, em sua esfera de atribuições, a Secreta-
    ria de Segurança Pública disciplinou a participação das polícias
    militar e civil nesse mister, por meio da Resolução SSP-102, de
    8 de outubro de 2016, cuja redação delimita o envolvimento
    dessas instituições policiais na Região Metropolitana da Capital
    e no Interior do Estado;
    Considerando ainda que, em consonância e complemen-
    tarmente ao artigo 3º do Provimento Conjunto 3/15, a norma
    secretarial em tela determina que a apresentação do preso à
    autoridade judiciária, para realização de audiência de custódia,
    seja realizada pela Polícia Civil, sendo que ao menos um Policial
    Civil deve permanecer no fórum até o término das audiências
    para a adoção das providências de polícia judiciária;
    Considerando por fim que, de acordo com a Resolução SSP-
    102/16, a participação da Polícia Militar na sistemática ocorre
    na movimentação do custodiado no interior do estabelecimento
    judiciário, bem como na eventual escolta armada decorrente
    de decisão judicial que delibere pela manutenção da prisão do
    infrator da lei, Determina:
    Artigo 1º – Os Comandantes (Cmt) de Organização Policial-
    Militar (OPM) localizadas na Região Metropolitana da Capital
    e no Interior do Estado [regiões do Comando de Policiamento
    Metropolitano (CPM) e dos Comandos de Policiamento do Inte-
    rior (CPI)], em cuja área de comando haja Fóruns que realizem
    audiências de custódia, deverão destacar efetivo policial-militar
    destinado à movimentação de preso nas dependências do esta-
    belecimento judiciário.
    Parágrafo único – Com vistas a causar o menor prejuízo
    possível à execução do policiamento ostensivo-preventivo, a
    disponibilização de efetivo deverá ser efetuada mediante pla-
    nejamento conjunto com as autoridades envolvidas, de acordo
    com a rotina estabelecida e ou demanda de audiências no
    respectivo fórum.
    Artigo 2º – A movimentação de preso no interior do fórum
    por Policial Militar se restringe ao acompanhamento a Policial
    Civil no deslocamento do custodiado na execução das atividades
    de polícia judiciária afetas ao rito da audiência de custódia.
    Artigo 3º – A movimentação de preso no interior do fórum
    não abrange:
    I – recepção;
    II – revista pessoal;
    III – custódia dos pertences;
    IV – permanência na sala de audiência de custódia, após
    a entrada do preso provisório, exceto se houver determinação
    judicial em contrário.
    Artigo 4º – Em se detectando riscos à segurança dos envolvi-
    dos (indivíduo preso, policiais, peritos, Juiz, Promotor de Justiça,
    Defensor, funcionários do fórum) e ou de terceiros usuários dos
    serviços prestados pelo Poder Judiciário, o Policial Militar pode-
    rá, excepcionalmente, efetuar revista pessoal no preso antes de
    realizar sua movimentação no interior do fórum.
    Artigo 5º – Caso a autoridade judiciária decida por manter
    a prisão do custodiado, a escolta armada do preso será execu-
    tada, mediante acionamento do Juiz competente, da seguinte
    maneira:
    I – na Capital e Região Metropolitana [regiões dos
    Comandos de Policiamento da Capital e Metropolitana (CPC
    e CPM)], conforme disciplinado pela Resolução SSP-014, de
    07-02-2014, a escolta armada continuará sendo realizada
    por agentes da Secretaria de Administração Penitenciária
    (SAP);
    II – no Interior do Estado (âmbito dos CPI), nas situações
    em que a localidade não seja provida de escolta armada da SAP,
    essa atividade caberá à Polícia Militar, que a realizará por meio
    da OPM em cuja área esteja localizado o fórum, deste até a
    unidade prisional de acolhimento do preso.
    Artigo 6º – Nos fóruns onde ainda não são realizadas
    as audiências de custódia, os respectivos Cmt OPM deverão
    atentar para o cronograma de afetação estabelecido pelo
    TJSP na Resolução 740/16 e adotar as medidas preliminares
    destinadas à consecução das determinações contidas nesta
    Portaria.
    Artigo 7º – Na Capital (região do CPC), as atividades
    relacionadas à movimentação de presos no interior do fórum
    permanecerão conforme regulamentação própria editada por
    meio da Resolução SSP-10, de 18-02-2015.
    Artigo 8º – Caberá à Coordenadoria Operacional da Polícia
    Militar monitorar, por meio de ferramenta própria, a participa-
    ção da Polícia Militar no desenvolvimento da sistemática de
    movimentação de presos autuados em flagrante delito para
    submissão às audiências de custódia.
    Artigo 9º – Esta Portaria entrará em vigor na data de sua
    publicação.
    COMANDANTE-GERAL DA POLÍCIA

  15. Achar cápsula com lote da pm não quer dizer nada…eu mesmo já peguei pistola da pm com munição da pm na mão de integrante do PCC…

    independente de quem os matou…. parabéns 5 lixo a menos.

  16. É nego!!! Tem um ditado que diz: “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”. Taí! a máxima valeu! Agora CHORAAAAA a família dos vagabundos! Taí, GOSTEI! 5 VERMES A MENOS! Agora com licença que vou tomar uma breja para comemorar!….(risos)

  17. NINGUÉM PODE RECLAMAR DO SERVIÇO DA POLÍCIA CIVIL DE SÃO PAULO

    ELA CUMPRE O SEU PAPEL

    TODOS OS CASOS SÃO INVESTIGADOS

    OS QUE ENVOLVEM POLICIAIS CIVIS

    OS MESMOS SÃO PUNIDOS

    COM CERTEZA PELA VIA – RÁPIDA

  18. HOJE EM DIA COM A CRISE E O DESEMPREGO GALOPANTE

    QUEM TEM FAMÍLIA , FILHOS PARA CRIAR, TEM QUE TEREM MUITO JUÍZO !

    SE FIZEREM BARBÁRIES , QUEM PAGARÃO SERÃO OS PRÓPRIOS FILHOS

    DOS DESAJUIZADOS !

    ALÉM DE QUE

    NOVOS EMPREGADORES FALAM ASSIM:

    ESSE CARA NÃO SERVIU PARA SER POLÍCIA , EU NÃO QUERO ESSE CARA AQUI

    NA MINHA EMPRESA !

  19. POLICIAIS TEM QUE SABEREM QUE HOJE EM DIA

    TEM CÂMERAS ESCONDIDAS EM TODOS OS LUGARES

    ATÉ CELULAR FILMA GRAVA E NUM SEGUNDO VAÍ POR WAT ZAP

    PARA TODA REDE SOCIAL

    VIRALIZOU JÁ ERA !

  20. SOU FREQUENTADOR DA ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS, SGTOS E SUB – OFICIAIS E DOS OFICIAIS

    CONHEÇO MILHARES DE EX – POLICIAIS QUE FORAM EXPULSOS, EXONERADOS, DEMITIDOS À BEM DO

    SEVIÇO PÚBLICO

    QUE NÃO CONSEGUEM SEREM REINTEGRADOS

    NEM QUE A VACA TUSSA !

    SOU ESPECIALISTA EM DIREITO ADMINISTRATIVO CIVIL E MILITAR

    OS CASOS SÃO COMPLICADOS

  21. JUSTO E PEEFEITO

    _——————-
    Fala colega algum Bizu de reajuste para este ano na PM ?

  22. Justo e perfeito, pelos sucessivos erros de concordância verbal pode ser chamado também de:
    ( ) Jacaré sem dente;
    ( ) Sem dente perfeito;
    ( ) Jacaré perfeito;
    ( ) Perfeito sem dente
    (X) todas as alternativas estão corretas

  23. enquanto nois mata……….. os papa ladrão cevil ficam acharcando os ladrãozinhos e os traficantizinhos

  24. Todos que defendem um polícia assassino e corrupto, assim também os são. Uma coisa é você ser caça, outra coisa é você ser caçador. Uma coisa é você ser Polícia no sentido amplo da palavra, outra coisa é você ser um gado, ver toda essa engrenagem te comer….

  25. kzica disse:
    10/11/2016 às 21:44

    Todos que defendem um polícia assassino e corrupto, assim também os são. Uma coisa é você ser caça, outra coisa é você ser caçador. Uma coisa é você ser Polícia no sentido amplo da palavra, outra coisa é você ser um gado, ver toda essa engrenagem te comer….

    Comentário perfeito!

Os comentários estão desativados.