ADPESP prossegue com trabalho em Brasília pela retirada das Polícias Judiciárias da reforma previdenciária 133

comunicado

Na noite desta terça-feira, 13/12, a ADPESP esteve participando dos trabalhos na Câmara dos Deputados, em Brasília, visando a retirada das Polícias Judiciárias do texto da PEC da Reforma Previdenciária.

Após intenso debate, chegou-se a um histórico consenso entre todas as entidades representativas das diversas categorias policiais. Assim, o texto deverá ser apresentado ao Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para que possa servir de orientação ao conteúdo da PEC.

  1. Estou ansiosamente aguardando uma resposta, de quem realmente entende. Viúva de união estável, recebendo 1000% da cota da pensão. Na iniciativa privada foram reconhecidos 11 anos e quase 5 meses de contribuição (oito anos brigando na justiça para esse “reconhecimento’). Semana passada requeri averbação; Tenho 18 anos e 4 meses de contribuição como “ESCRAVÔ de polícia. De efetivo exercício, desconta 11 meses e 10 dias de licença saúde (tratamento psiquiátrico ao longo da carreira). Resumo da ópera, na soma de contribuição e idade, supera 85. Podem negar a minha aposentadoria,pois ainda não completei 20 anos de serviço público??????????. Pois se u esperar, e a nova lei for promulgada, perderei a pensão.

  2. Todos nós somos escravos da Polícia Civil. Nosso regime de trabalho se não é pior, é igual ao da Polícia Militar.
    Todos nós somos carcereiros da Polícia Civil. Investigador no plantão policial faz servicos de escrivão, carcereiro, escolta e remoção de preso, atendimento a população (muitas vezes mal educada), e muitas vezes até de delegado.
    Somos odiados por todos, massacrados com escalas abusivas, não temos Plano de Carreira Digna como Progressão de Cargo/Função/Posto, incentivos para trabalhar, colocamos nossa saúde em risco colocando as mãos em aideticos, hepáticos, viciados e etc. e ainda nas rua trocamos tiros.
    E os governos Querem Furtar este nosso Direito de receber o que contribuímos?
    Nosso futuro está igual de criminoso, não temos mais nada a perder. 😠😠😠
    Reestruturação, plano de carreira digna igual ao da Polícia Federal, senão a Polícia Civil vai parar mesmo, policias sem incentivos não apuram e não investigam, fazendo pelas coxas.
    Ess@ p*rr@ é um campo minado e vai explodir de novo como ocorreu anteriormente entre PMs e PCs.
    Encontra-se na PC hoje Universitários muitos de boa educação o quais não estão aguentando a falta de funcionários e a desvalorização, muitos estão pedindo exoneração, outros estão velhos demais e outros estão ficando porque precisam. Essa é triste imagen da PC hoje em dia.
    Uns entram por vocação (fazer o bem), outros coisa de família, outros querem um emprego, outros querem ficar rico, outros querem matar.

  3. TODOS RINDO NA FOTO QUE MARAVILHA E OS CARTEIRA PRETA SEM AUMENTO E SEM NADA

  4. RAPAZ !, ATÉ PARECE QUE ESSE CARECA 0,0% VÁ RESOLVER OU MESMO AJUDAR OS POLICIAIS CIVIS DE S.PAULO.

  5. Bom dia!

    Senhoras e Senhores

    Só tenho a dizer que:

    Se fizerem essa atrocidade com a Polícia Civil e com a Polícia Federal, seguramente esses políticos estarão arrumando uma tremenda dor de cabeça com as Categorias Profissionais, bem como, aguçará ainda mais o desejo de investigação contra essa política nefasta.

    Diante deste holocausto político não vejo luz no fim do túnel que enseja soluções positivas.

    Ademais, aprovando-se certas indelicadezas contra a Policia Civil e a Sociedade esses políticos poderão estarem assinando seus próprios atestados de burrice e por conseguinte seus óbitos da vida política.

    Caronte

  6. RAPAZ !, EU QUERO SABER É DAS TRAMITAÇÕES DE MINHAS 14 (QUATORZE) AÇÕES QUE IMPETREI CONTRA ESSE DESGOVERNO MALDITO QUE NÃO PAGA NEM PROMESSA A “santo”. . CHUCHU ! VÊ SE VOMITA PELO MENOS UMAS DUAS. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  7. Tão indo atrás pq doeu neles também, agora se fosse algo q apenas prejudicasse o resto nem perderiam tempo. Aí vem depois brandar a conquista da ADPESP como se apenas eles, e exclusivamente, eles conseguiram algo de bom. Ainda vem postar fotinho… Bom como é associação de Delegado que apenas orienta seus associados no sentido do que é apenas bom para categoria e não o q é bom para a Instituição eu quero mais é q se lasque a ADPESP. Justo afinal lutam pela sua categoria que administra a instituição e por justamente essa categoria apenas administrar seus benefícios ao invés da instituição é que estamos em frangalhos.
    Delegados já deixaram claro… Quer melhorias para sua carreira? Procurem seus sindicatos (mesmo que sua carreira não tenha um, se ela não tiver fod… vc), Pq Delegado só briga pelo dele e seus subalternos são problema do Governo. Obrigado cabeças pensantes. Pensam p kraleo, mas apenas em si mesmos.
    Se fosse possível apenas tirar a carreira de Delegado da reforma da previdência vcs podem ter certeza que eles fariam isso, mas como tem q ser a instituição TODA eles (caso obtenham exito) iram brandar que pensaram em todos. Não se iludam com essa categoria que ajudou a afundar a Civil (pq eles mesmos só sabem culpar o Governo e não olham o próprio umbigo).

  8. Escriludida (acredito que antiga Scriper)
    Já lhe explicaram sua situação vc não lembra? Se vc tiver muita duvida mesmo pergunte ao jurídico de sua associação ou sindicato. Caso não seja associada consulte um advogado que é mais garantido.
    Mesmo que venha um iluminado te explicar (o q já fizeram) ainda não é garantido que o colega tenha explicado corretamente.
    Olhando, por cima, o seu caso vc irá perder sua pensão com certeza. Sua situação é lamentável. Procure um advogado para ontem, porém não sei se ele fará milagre por vc. Seja otimista e vá atrás, vai que dá certo! O não já tá garantido mesmo.

  9. Ah, sim, claro! O Congresso Nacional está muito preoculpado com a ADPESP. Pressão total…

  10. Fico refletindo aqui nessa foto… Dessas risadinhas fofas… Quantas dessas risadinhas já levaram um ”J” extra em suas carreiras e quantas não levaram… Boa reflexão…kkkk

  11. ESCRILUDIDA OU ESCRAVÃ, para efeitos de aposentadoria toda licença médica conta como efetivo exercício, para a sexta parte não conta, precisa comprovar que exerceu a função trabalhado por vinte anos, para receber essa sexta parte. Mulher policial Civil quando completa 15 anos de efetivo exercício policial, somando os demais se der 25 anos pode aposentar, no seu caso com paridade e integralidade, pois a soma ultrapassa 85 anos, porém não recebe a sexta parte.

  12. SR. “Anonimos em Fúria ” !, S.M.J., O SENHOR SABE A QUEM PERTENCIA ESSA “GRANA” EXTRA QUE ESSES MAJURENGOS RECEBEM, SIMPLESMENTE PERTENCIA AOS ESCRIVÃES E INVESTIGADORES, PERTINENTE À VALORIZAÇÃO DO NOSSO N.U. SE ELES ABOCANHARAM O NOSSO MINGUADO REAJUSTE, IMAGINE O RESTO. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  13. não se iludam a Adpesp só trata de Delegados, como já informado anteriormente pela Presidenta !!!! Nisso vão retirar apenas eles na PEC !!!!

  14. puta que pariu se não vai e ruim se vai atrás também.Assim e melhor os sabidos de plantão explicarem o que querem.

  15. aposentado e fora desse barco furado disse:
    14/12/2016 ÀS 10:01

    Foi exatamente isso que o advogado que consultei ogo pela manhã, e disse ainda que se SPPREV, se recusar a pagar com integralidade e paridade, cabe ação. Ele me orientou para que tão logo chegue a averbação da minha certidão do temp de contribuição na iniciativa privada, o que deverá ocorrer no início de janeiro, requere a aposentadoria, para garantir o acúmulo dos dois benefícios, pois a nova regra valerá após a data de promulgação ou publicação da Lei, que não deve ocorrer antes de março/2017

  16. SR. “INVESTIPOL, , E A COR DA CALCINHA !. RAPAZ, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  17. a cada dia que passa, este “BROGUE” fica pior. O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER A REALIDADE DA POLÍCIA. De que adianta a reforma previdenciária nos beneficiar se não conseguiremos chegar à idade de aposentadoria pelas ridículas condições de trabalho? E o salário, ó…

  18. COM CERTEZA ESTÃO PLEITEANDO ALGO MELHOR PARA O BENEFÍCIO DA CLASSE ( DELEGADOS ). RESTOPOL QUE SE F…

  19. Gostaria de saber o motivo de tanta alegria desta senhora. Semana passada já passou vergonha antes do anúncio da PEC. Com certeza nós de outras carreiras ficaremos de fora desta barca. E ainda existem crédulos que pagam associações e sindicatos de classes policiais. Melhor tomar uma cerveja.

  20. Acredito tanto no poder de persuasão desta senhora quanto acredito que resultado dos grupos de estudos, criados na ámbito da secretária de segurança pública.
    Continuo avisando para todas as outras instituições policiais civis e associações e sindicatos dos outros Estados da Federação isolem esta tranca, ela só sabe fazer o jogo de qualquer governo e governante.
    A pressão exercida por ela é ZERO.
    Nesses anos em que ela é a presidente da associação dos “cabeças pensantes” ela só consegui o GAT para alguns poucos, fora disto ela só atrapalhou bem e fez o jogo do governo. Dúzias de foto dela ao lado do picolé de chuchu sorrindo e nada de resultado prático.
    Pedia paciência para ver no que dava os tais grupos de estudos e como a história comprovou tais grupos deram em absolutamente NADA DE NADA.

  21. O que todos tem que entender é que agora o Congresso, Ministro disso, Ministro daquilo, Governo e o kcete vai receber todo mundo com cafézinho, fotinho e sorriso no rosto. Eles são estratégicos. Agora não é hora de fechar as portas para as entidades. Se fizerem isso, dá rebuliço.

    Se neste momento, o presidente da associação dos catadores de latinha for procurar a Câmara ele será atendido como se fosse rei. Tudo teatrinho. Daqui a pouco a pica grossa de 23 cm entrará com tudo e todo mundo ficará com cara de bobo.

    Estes crápulas sabem a hora de receber todo mundo e não gerar animosidades!

    Essa perdemos. Vamos ter que trabalhar até os 65 quietinhos!

  22. EU REALMENTE NAO ENTENDO. A DOIS ANOS ATRAS, VENDO OS ACONTECIMENTOS, E QUE A CLASSE DOS DELEGADOS NADA FARIAM PELAS DEMAIS CLASSES, RESOLVI INVERTER A PROFISSAO, SAI DA LINHA DE FRENTE, PROCUREI ME ESPECIALIZAR EM OUTRA AREA, E HOJE TENHO MINHA ANTIGA PROFISSAO, A DE INVESTIGADOR COMO MEU SUB EMPREGO. AQUELA QUE SO CUMPRE ESCALAS E FICO COM MEU EMPENHO EM MAIOR DEDICACAO NA MINHA NOVA PROFISSAO.
    CARO COLEGAS, NOSSO OFICIO ACABOU, SO NAO VE QUEM NAO QUER. RECLAMAR DE NADA ADIANTA. ME LEMBRO DE UM VELHO DITADO QUE DIZ….. O SOL NASCE PARA TODOS, MAS A SOMBRA SO PARA QUEM CORRE ATRAS. RECOMENDO QUE MUDEM SUAS ATITUDES, ENTREI NO BLOG SO PARA INCENTIVAR OS COLEGAS A FAZEREM O MESMO, JA QUE O GOVERNO QUER DEIXAR A VELHA POLICIA COMO ESTA, ENTAO PROCUREM NOVOS CAMINHOS.
    BOA SORTE A TODOS QUE ADERIREM ESTE MEU RACIOCINIO.

  23. Político só entende quando toma porrada. Sorrisinhos a parte, esta senhora já demonstrou a que veio. Nada será conseguido. Única esperança da Civil é pegar carona em algo que saia para a Federal. Esta senhora que aproveite a viagem. Como sempre alegre, rindo de nós, não para nós.

  24. Escriludida disse:
    13/12/2016 ÀS 23:43
    Estou ansiosamente aguardando uma resposta, de quem realmente entende. Viúva de união estável, recebendo 1000% da cota da pensão. Na iniciativa privada foram reconhecidos 11 anos e quase 5 meses de contribuição (oito anos brigando na justiça para esse “reconhecimento’). Semana passada requeri averbação; Tenho 18 anos e 4 meses de contribuição como “ESCRAVÔ de polícia. De efetivo exercício, desconta 11 meses e 10 dias de licença saúde (tratamento psiquiátrico ao longo da carreira). Resumo da ópera, na soma de contribuição e idade, supera 85. Podem negar a minha aposentadoria,pois ainda não completei 20 anos de serviço público??????????. Pois se u esperar, e a nova lei for promulgada, perderei a pensão

    bbbbbbbbbb

    P / ESCRILUDIDA

    escriludida- o estado de são paulo aceita aposentar as mulheres policiais com legislação própria ,tendo como exigencias
    25 anos de contribuição e destes tem que ter 15 anos de efetivo policial.
    só que eles pagam a aposentadoria nestes termos com 40% de descontos do que os policiais recebem hoje na ativa.
    eles alegam que tem que ser assim a aposentadoria especial dos policiais = sem paridade e sem integralidade.
    lei 51/85 c/c lc 144/2014

    OBS== o estado de são paulo entende que:
    para a mulher policial levar a paridade e a integralidade ela ter que completar o fatos 85.

    ou seja: 30 anos de contribuição sendo que destes 20 anos tem que ser estritamente de policial.
    e a mulher tera que ter 55 anos de idade.

    1) a escriludida tem o problema dos 11 meses de licença… que eles descontarão ( não reconhecerão como policial )
    e se somara hoje= 17 anos e um mes……………….de policial…..

    resumindo= a escriludida tem que trabalhar mais 02 anos e nove meses para que o estado entenda que ela tem 20 anos de estritamente policial..

    2) 20 anos de policia é obrigatório. o art 40º da constituição exige ..e tambem o art 6º da EC 41/2003.

    nestes termos o grande dilema da escriludida esta nestes 11 meses de licença.. pois não adianta chorar nem espernear…
    o estado não quer nem saber… eles descontam mesmo…

  25. Se eu fosse deputado federal, faria uma negociação:

    Deixar a aposentadoria diferenciada (atual) como está, mas, em troca, colocar a CARREIRA ÚNICA e outras reformas que as PCs e a PF precisam.

  26. O texto será apresentado? Cade o texto? Qual texto? Qual o consenso? Porque não divulgam?

  27. PESSOAL !!!!

    NÃO PRECISA IR EM BRASILIA pra pedir que a policia civil saia desta reforma previdenciária.
    é só interpretar a constituição brasileira..
    la verão que existe uma lei
    é a LC 51/85. que foi regulamentada agora em maio de 2014 , quando editaram a LC 144/2014.

    essa lei é válida.

    e nesta projeto de reforma da previdencia em nenhum momento leremos que fora revogada a LC 51/85.
    ela continua mais viva do que nunca.

    é isso o que os representantes das policias civis precisam revindicar dos parlamentares. o reconhecimento da lei LC 51/85
    que é uma lei que foi feita exclusivamente para regularizar as aposentadorias especiais dos policiais civis do brasil
    inteiro…

    pois é uma categoria onde se vive com atividade de risco……

  28. ùnica vez que eu vi os delegados brigando pela polícia civil, não somente por eles mesmos.
    Mesmo que não queiram, não tem como eles lutarem apenas por delegados (como fazem com os salários) no caso da aposentadoria especial, pois delegado tem a mesma insalubridade que restopol. (menor, pois só ficam no ar condicionado, vendo fotos de whats app etc).

  29. só me esqueci que tem que revindicar o cumprimento desta lei com a devida paridade e a integralidade .

    pois se inventaram uma lei especial aos policiais civis 51/85 .. não tem cabimento o servidor apos cumprir muitos anos de atividade de risco ser premiado utilizando desta lei para se aposentar ,

    e na hora que se aposentar .. ser PUNIDO ganhando metade do que ganhava na atividade..

    isso os representantes das policiais não podem passar batido…tem que exigir o cumprimento da aposentadoria especial com paridade e integralidade.

  30. se nao brigarem pela aposentadoria e casa cair, terão modificar a carreira policial com carreira unica, ou alguem acredita que carcereiro, escrivão, investigador vai ficar mais de 45 anos fazendo a mesma função, o que ocorrera com a pm.

  31. Nesse momento, 14/12/2016, 14;45 horas, soubemos, que após reunião com deputados, senadores, e lideranças policiais, ficou acertado uma proposta, que conta com amplo apoio dos congressistas a ser levada ao Min. da Justiça, para a retirada da PF, e das Polícias Civis da reforma da previdência. Se tal fato for verdadeiro, e se consumar, temos mais é que agradecer aos líderes classistas e em especial a Dra. Marilda da ADPESP, porque será uma das maiores conquistas dos últimos tempos.

  32. Com o risco de pegar tuberculose e pneumonia numa carceragem de delegacia, e ainda por cima tomar um tiro ou desenvolver um cancer, nem sei se vou conseguir recuperar o dinheiro que contribui com suor do meu emprego.

  33. AGORA ERA A HORA

    DE MOSTRAR PARA O PRESIDENTE DA CÂMARA

    QUE É TUDO TEATRO

    E QUE O MESMO NÃO DEVE PASSAR A PEC

    DEPOIS OS CARAS LÁ

    VÃO FAZEREM COM ELE

    O QUE ESTÃO FAZENDO COM OS OUTROS

    O EXMO. SR. PRESIDENTE DA CÂMARA

    TEM É QUE MOSTRAR PARA OS CARAS LÁ DO STF

    QUE ELES PRECISAM DELE !

    VAI PRESIDENTA DA ADPESP !

  34. A única esperança de trabalhar na Policia Civil era aguardar a aposentadoria, sem esta esperança alguém acredita que o trabalho vai continuar fluindo…..

  35. É

    MAIS FÁCIL SABOTAR

    A P E C

    DO QUE

    PEDIR PARA CONSERTAREM

    OS ERROS DE HERMENEUTICA

    CORREÇÕES DO TEXTO

    COM CERTEZA NÃO

    DEMONSTRARÃO MUITO BOA VONTADE

    SEI NÃO

    ACREDITO SER UM TIRO NO ESCURO !

  36. BOM

    VALEU O PASSEIO

    ATÉ BRASÍLIA

    O HOTEL

    CAFÉ DA MANHÃ, ALMOÇO E JANTAR

    E CONHECER A CIDADE

    A ACADEMIA DA POLÍCIA FEDERAL

    O S T F

    A CÂMARA

    O SENADO

    O CONGRESSO NACIONAL

    FALAR COM ALEXANDRE DE MORAES

    CONHECER O PALÁCIO DO PLANALTO

    ETC…

  37. 4/12/2016 – Reforma Previdenciária: Ministro da Justiça se compromete em retirar a Polícia Civil do projeto

    comunicado
    A presidente da ADPESP, Marilda Pansonato Pinheiro, reuniu-se hoje em Brasília, junto a dezenas de lideranças classistas e parlamentares, com o Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. A reunião deu prosseguimento ao encontro que aconteceu na última sexta-feira, 9, quando o Ministro se comprometeu a receber as lideranças da Polícia Civil, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, entre outras, para voltar a tratar sobre a Reforma Previdenciária.

    A presidente acompanha, desde o começo da semana, a discussão a respeito da PEC no Congresso Nacional. Ela e lideranças do FONAED participaram ativamente da exaustiva sessão na Comissão de Constituição e Justiça da Casa, quando o assunto foi debatido por parlamentares e integralmente admitido.

    No final da tarde de ontem, as lideranças classistas aprovaram por unanimidade o texto que seria entregue ao Ministro, um momento histórico para os profissionais da Segurança Pública do país.

    Durante o encontro, as representatividades levaram as incongruências do projeto frente à realidade das carreiras policiais no país e reiteraram a nocividade das normas de transição vigentes do projeto.

    A intermediação foi feita pelo Deputado João Campos (PSDB-GO) e as propostas foram apresentadas pelo presidente do CONCPC, Erick Seba, pelo diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello e pela diretora geral da Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza.

    Ao fim da argumentação, o Ministro aceitou a proposta apresentada e comprometeu-se em retirar a Polícia Civil, a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal da PEC. A presidente Marilda Pansonato Pinheiro comemorou a decisão junto aos outros líderes, mas reiterou que esse é apenas o começo da luta e que acompanhará, ao lado das outras representatividades do FONAED, cada passo da tramitação.
    A presidente deve permanecer na Capital Federal até o final da semana, acompanhando as sessões seguintes da CCJ.

    Compartilhe|

    voltar

  38. 4/12/2016 – Reforma Previdenciária: Ministro da Justiça se compromete em retirar a Polícia Civil do projeto

    comunicado
    A presidente da ADPESP, Marilda Pansonato Pinheiro, reuniu-se hoje em Brasília, junto a dezenas de lideranças classistas e parlamentares, com o Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. A reunião deu prosseguimento ao encontro que aconteceu na última sexta-feira, 9, quando o Ministro se comprometeu a receber as lideranças da Polícia Civil, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, entre outras, para voltar a tratar sobre a Reforma Previdenciária.

    A presidente acompanha, desde o começo da semana, a discussão a respeito da PEC no Congresso Nacional. Ela e lideranças do FONAED participaram ativamente da exaustiva sessão na Comissão de Constituição e Justiça da Casa, quando o assunto foi debatido por parlamentares e integralmente admitido.

    No final da tarde de ontem, as lideranças classistas aprovaram por unanimidade o texto que seria entregue ao Ministro, um momento histórico para os profissionais da Segurança Pública do país.

    Durante o encontro, as representatividades levaram as incongruências do projeto frente à realidade das carreiras policiais no país e reiteraram a nocividade das normas de transição vigentes do projeto.

    A intermediação foi feita pelo Deputado João Campos (PSDB-GO) e as propostas foram apresentadas pelo presidente do CONCPC, Erick Seba, pelo diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello e pela diretora geral da Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza.

    Ao fim da argumentação, o Ministro aceitou a proposta apresentada e comprometeu-se em retirar a Polícia Civil, a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal da PEC. A presidente Marilda Pansonato Pinheiro comemorou a decisão junto aos outros líderes, mas reiterou que esse é apenas o começo da luta e que acompanhará, ao lado das outras representatividades do FONAED, cada passo da tramitação.
    A presidente deve permanecer na Capital Federal até o final da semana, acompanhando as sessões seguintes da CCJ.

    Compartilhe|

    voltar

  39. 4/12/2016 – Reforma Previdenciária: Ministro da Justiça se compromete em retirar a Polícia Civil do projeto

    comunicado
    A presidente da ADPESP, Marilda Pansonato Pinheiro, reuniu-se hoje em Brasília, junto a dezenas de lideranças classistas e parlamentares, com o Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. A reunião deu prosseguimento ao encontro que aconteceu na última sexta-feira, 9, quando o Ministro se comprometeu a receber as lideranças da Polícia Civil, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, entre outras, para voltar a tratar sobre a Reforma Previdenciária.

    A presidente acompanha, desde o começo da semana, a discussão a respeito da PEC no Congresso Nacional. Ela e lideranças do FONAED participaram ativamente da exaustiva sessão na Comissão de Constituição e Justiça da Casa, quando o assunto foi debatido por parlamentares e integralmente admitido.

    No final da tarde de ontem, as lideranças classistas aprovaram por unanimidade o texto que seria entregue ao Ministro, um momento histórico para os profissionais da Segurança Pública do país.

    Durante o encontro, as representatividades levaram as incongruências do projeto frente à realidade das carreiras policiais no país e reiteraram a nocividade das normas de transição vigentes do projeto.

    A intermediação foi feita pelo Deputado João Campos (PSDB-GO) e as propostas foram apresentadas pelo presidente do CONCPC, Erick Seba, pelo diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello e pela diretora geral da Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza.

    Ao fim da argumentação, o Ministro aceitou a proposta apresentada e comprometeu-se em retirar a Polícia Civil, a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal da PEC. A presidente Marilda Pansonato Pinheiro comemorou a decisão junto aos outros líderes, mas reiterou que esse é apenas o começo da luta e que acompanhará, ao lado das outras representatividades do FONAED, cada passo da tramitação.
    A presidente deve permanecer na Capital Federal até o final da semana, acompanhando as sessões seguintes da CCJ.

    Compartilhe|

    voltar

  40. Tá rolando no congresso, a toque de caixa, o projeto de renegociação de dívidas dos estados, que dentre outras coisas, impõe aos estados, caso queiram ter suas dívidas negociadas, a obrigação de retirar a nossa licença prêmio, vetar o reajuste salarial e alterar o regime previdenciário de seus funcionários, inclusive aumentando a contribuição para 14%. todos os governadores do Brasil apontaram no sentido de fecharem o acordo com a União. Ora, meus caros, essa renegociação + a reforma da previdência vai inviabiliar o serviço público no Brasil, eu mesmo saio na semana seguinte e vou correr atrás de ganhar a vida de outro jeito, tenatr a sorte como advogado, montar uma funilaria, sei lá… enfim, qualquer coisa será melhor que a miséria a que estaremos fadados! Eu acho até que tais medidas serão impraticáveis, pois emprego para servir cafezinho no bar deverá ser mais favorável. Mas não peçam exoneração antes de terem certeza do que vão fazer da vida, pois há de vir chumbo muito grosso para os trabalhadores da iniciativa privada também.

  41. Senhores sou uma pessoa muito otimista, mas agora estou sendo mais realista, se vcs acessarem a secretária da fazenda, verão que a arrecadação de ICMS e IPVA vem caindo mês a mês, diante disso, vejo pessoas aqui nesse espaço, cobrando reajuste salarial, senhores eu já estou conformado de receber em dia e de uma vez só

  42. Justiça, 😂
    Vc se contenta com muito pouco, com miséria.😓
    Saiba que, o governo de SP não faz mais que sua obrigação em nos pagar em dia e de uma vez só, pois se tratando de salários somos os que menos ganha no Brasil inteiro, o estado que mais arrecada e que mais contribui é o que menos paga. 😷
    Delegado no Rio de Janeiro ganha em torno de R $ 15.000,00. Enquanto em São Paulo ganha em torno de R $ 8.000,00.😢
    Inspetor (antigo Detetive) no Rio de Janeiro ganha em torno de R $ 7.000,00. Enquanto em São Paulo ganha em torno de R $ 3.200,00.😡
    Investigador (antigo Carcereiro e Motorista) no Rio de Janeiro ganha em torno de R $ 3.200,00. Enquanto em São Paulo ganha em torno de R $ 2.800,00.😠
    Isso porque não fiz comparação com Amazonas, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.😒

  43. enquanto alguns sindicatos e associações estão em brasília tentando alguma coisa tem associação simplesmente colocando no site FELIZ NATAL etc e dia que fechará até dia 10 de janeiro de 2017…cada classe tem a associação que merece….

  44. ELES FORAM

    LÁ COM O $ DINHEIRO DA ADPESP

    PODEM RIREM QUANTO QUISEREM

    O DINHEIRO NÃO É MEU

    NÃO SOU CONTRIBUINTE DA ADPESP

    pelo menos foram e os outros que já fecharam para natal e ano novo enquanto este assunto está fervendo!!!!!!

  45. carteira preta é carteira preta carteira vermelha nao se mistura com carteira vermelha
    boas novas e grupos de estudos

  46. Aposentados e pensionistas deverão receber a 2a. parcela do 13º salário só no dia 20 de dezembro, 3a. feira, enquanto que o pessoal da ativa recebe amanhã, 6a. feira, é claro. Precisam menos que nos aposentados. É rir prá não chorar, só vou comprar o pedaço de pernil na semana que vem.

  47. art. 332 do CP “Solicitar, exigir, cobrar ou obter, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem, a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público no exercício da função. Pena – Reclusão de dois a cinco anos, e multa”.

    Trata-se de tráfico de influência:

    Muito parecido com o que se faz na adpesp:

    Permanecer na sua estrutura diretiva, reelegendo-se, “administrando” mensalidades de 150 reais per capita, beneficiando – se do mandato e da condição privilegiada obtida, sob o fundamento da amizade com o alto escalão político, para obter alguma “vantagem” para os cabeças pensantes, e algum resto de pó de fada para o restopol…

    E quando nada obtém, que é o resultado invariavelmente sabido, esconde – se sob o manto de que “entidade associativa não é sindicato, e portanto, não detém legitimidade e representatividade para falar pela classe”, apenas vende colônia de férias. …

    Vender pó de fada e parmegiana para um bando de dinossauros extintos, que já foram mortos pelo grande meteoro chamado REALIDADE!

    Parabéns pelo ardil. Engambelou os engambeladores, Ribentropp-Molotov estão estupefatos. …

    TRÁFICO DE INFLUÊNCIA MORAL

  48. SR. “Tired” !, CONCORDO COM TODO O SEU EXPOSTO, MAIS COM UMA RESSALVA,POIS S.M.J., ESSA GRANA DESTINADA AO GAP. DELES, ERA SIMPLESMENTE O DINHEIRO QUE SE DESTINARIA PARA A VALORIZAÇÃO DOS ESCRIVÃES E INVESTIGADORES, PERTINENTE AO N.U.

  49. É ISSO AI PESSOAL…

    este papo de ir a brasilia acompanhar a tramitação da reforma da previdencia é pura jogadinha politica…
    querem apostar que daqui a alguns dias, outros sindicalista irão anunciar que irão a brasilia lutar pelos direitos dos policiais.

    eu que não sou nenhum bacharel em direito , mas entendo um pouco das leis, vejo que esta reforma da previdencia .
    vai , e é para atingir em cheio os funcionários públicos no geral….. que terão que trabalhar até os 65 anos .

    e eles aproveitando a pancada estão matando dois coelhos em uma paulada só…..
    pois estão igualando as femininas aos masculinos . no quesito 65 anos para se inativar..
    ( nada mais que justo , este quesito ) pois as femininas sempre revindicaram direitos iguais, e não é justo elas serem diferenciadas trabalhando menos tempo que os masculinos…

  50. É ISSO AI PESSOAL …

    pelo fato de eu entender um pouquinho ref as leis constitucionais vigorando no brasil . digo aos colegas que a lei
    LC 51/85 C/C LC 144/2014, esta em pleno vigor…pois mesma foi editada agora em 2014 pelo congresso nacional..

    este mesmo congresso que ta ai…

    qual o motivo do congresso nacional aprovarem e regulamentarem uma lei ref as aposentadorias especiais com atividade de risco , revindicada a 25 anos pelos policiais civis ???????????

    sera que alguem aqui acredita que o congresso nacional revogara a LC 51/85 ?????

  51. Será que o careconi pelo menos recebeu a Marilda ontem pra tomar um chá da tarde ou nem isso?
    E o que dizer dos bailones, xavieres, Rebouças da vida?
    Entre no site de uma dessas associações esperando Informações e veja o que está postado sobre a reforma da previdência: feliz natal??????
    Pagamos essas associações pra que eles tenham um fim de ano gordo e mais nada.
    Impressionante essa inércia de quem deveria nos representar e pelo menos usar o dinheiro arrecadado para fazer alguma pressão no governo federal.
    Não há outra saída senão incentivar uma operação padrão já. Deixar pra Janeiro pra que? Iniciemos agora e continuemos em janeiro, ora bolas….
    O problema é que esses enganadores estão mais preocupados com o recesso de fim de ano…como se tivessem feito alguma coisa o ano inteiro.
    Com a palavra os senhores dirigentes de aipesp, sipesp, aepesp, sepesp………..

  52. É ISSO AI PESSOAL…

    no meu humilde entendimento, A lc 51/85 SOMENTE DEIXARA DE EXISTIR SE O PRÓPRIO CONGRESSO NACIONAL REVOGAR A MESMA… e até o momento ela não foi revogada…

    e ainda mais para reforça la … o STF ja tem entendimento de repercussão e reconhecimento nacional .,
    com sumula vinculante ,de que a LC 51/85 é a lei que rege as aposentadorias dos policiais civis.do brasil inteiro.
    através da ADI 567110 AC……

  53. Em primeira mão trecho da reunião de ontem entre Marilda e careconi:
    – careconi!!! Quanto tempo!!!!
    – marildinha!!! Que bom te rever!!! Como está???
    – ah, careconi, que bom que podemos nos rever, agora em Brasília. Muito grata por ser prontamente recebida aqui.
    – como estão os majuras em SP? Felizes com o gat? Estão segurando a onda? Funcionou ne? Nem sinal de greve!!! Não te falei que o “cala a boca” iria segurar o restopol? É só ameaçar por esses porras no papel..
    – mas, careconi, e essa história aí de ter que receber teto de 5 pilas? Ficar até 65 anos tudo bem, delegado não faz porra nenhuma mesmo, mas… 5 conto de aposentadoria?
    – pois é Marilda…não fazem porra nenhuma mesmo ne??? Segura a onda deles pq o vampiro não quer tratar disso agora não….
    – então tá. Vou segurar e fazer um suspense.
    – beijo, até ano que vem marildinha….ta muito bonita heim…
    – beijo careconi… até!!! Por falar nisso, muito bom seu penteado….

  54. Não vi nenhum comentário ainda por aqui sobre isso…

    Mas essa transferência do Marcola para o RDD vai ensejar outro 2006?

    Porque a Polícia seria tão idiota de fazer isso? Tá a mando do CV?

    Infelizmente acho que teremos um natal sangrento…

  55. aposentado e fora desse barco furado disse:
    14/12/2016 ÀS 10:01
    ESCRILUDIDA OU ESCRAVÃ, para efeitos de aposentadoria toda licença médica conta como efetivo exercício, para a sexta parte não conta, precisa comprovar que exerceu a função trabalhado por vinte anos, para receber essa sexta parte. Mulher policial Civil quando completa 15 anos de efetivo exercício policial, somando os demais se der 25 anos pode aposentar, no seu caso com paridade e integralidade, pois a soma ultrapassa 85 anos, porém não recebe a sexta parte.

    yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy

    — ei meu camarada !!! a sua explicação , não procede…

    o fato da mulher policial ter 25 anos de contribuição= 15 de policia + mais 10 anos fora … não garante a paridade e muito menos a integralidade ( ultimo salario da ativa )…

    se a policial for no depto pessoal e pedir administrativamente a aposentadoria especial nestes termos,
    com certeza o estado a aposentara… mas o desconto sera enorme…

    o estado fara a soma dos ultimos vencimentos e vai tirar a média aritmética desde o ano de 1994….
    fara o cálculos pela lei federal 10.884/2004….

    disso chegara ao resultado , de que seu novo salario de aposentada sera de quase 50% menos do que recebe agora…

  56. para se ter uma aposentadoria especial com paridade e integralidade nos termos da escriludida …
    15 anos de policia + 10 anos fora..= 25 anos de contribuição…

    ATUALMENTE AQUI NO ESTADO DE SÃO PAULO..
    o único jeito das policiais conseguirem os beneficios da paridade e integralidade nestes termos,
    é procurar um advogado competente , que entenda deste assunto e entre com um mandado de segurança em uma das varas da fazenda pública..

    pedindo a aposentadoria especial pela LC 51/85 c/c EC 144/2014 c/c artº 7º da EC 41/2003…
    com a devida paridade e integralidade total ( ultimo salario da ativa.)

    vão por mim …. o resto é papo furado….

  57. o expediente DGP-6942-2016, sobre Diária Especial por
    Jornada de Trabalho Policial Civil – Dejec aos integrantes da
    Policia Civil do Estado – Dejec: “À vista dos elementos de ins-
    trução constantes dos autos, destacando o pronunciamento do
    Secretário da Segurança Pública, datado de 9-12-2016, autorizo
    a Polícia Civil do Estado de São Paulo a adotar as providências
    necessárias à realização de despesas decorrentes da Diária
    Especial por Jornada de Trabalho Policial Civil – Dejec, referentes
    aos exercícios de 2016 e 2017, para o efetivo de 4.152 vagas/
    diárias, observadas as disponibilidades orçamentário-financeira,
    e obedecidos os demais preceitos legais e regulamentares
    atinentes à espécie.”

    ja e um começo, mais muito pouco pela realidade das delegacias dos interior, onde existe somente 03 funcionários revezando, digo 1 delpol, 1 investigador e um escrivao.

  58. Pretendo me aposentar de qualquer jeito para garantir as regras atuais, e ter direito adquirido de acumular pensão por morte que já recebo. Sse eu ficar até junho2019, vou ter 6ª parte, 4 quinquênios, 20 anos de efetivo exercício na carreira (descontando 11 meses e 10 dias de licença oara tratamento de saúde em períodos alternados), mas perderei a pensão, cujo valor atualmente é mais que o dobro (6{ parte mais 1 quinquenio) já recebo 3.,

  59. PIMENTA PRETA em 15/12/2016 às 10:58
    É ISSO AI PESSOAL…

    no meu humilde entendimento, A lc 51/85 SOMENTE DEIXARA DE EXISTIR SE O PRÓPRIO CONGRESSO NACIONAL REVOGAR A MESMA… e até o momento ela não foi revogada…

    e ainda mais para reforça la … o STF ja tem entendimento de repercussão e reconhecimento nacional .,
    com sumula vinculante ,de que a LC 51/85 é a lei que rege as aposentadorias dos policiais civis.do brasil inteiro.
    através da ADI 567110 AC……

    ———-————————-———-

    Meu caro colega seu entendimento está equivocado, vejamos:

    A Lei complementar 51/85 trata-se de uma lei infraconstitucional, ou seja, localiza-se abaixo da Constituição Federal.
    A reforma da previdência está sendo discutido a nível constitucional. É uma proposta de modificação dos pilares que estruturam as regras de aposentadoria.
    Assim sendo, o que está contido no bojo da Lei 51/85 continuará vigendo desde que não contrarie as novas regras que serão trazidas pela modificação constitucional das regras de aposentadoria. Se contrariar, se mostrar incompatibilidade com a nova ordem constitucional, toda a lei ou parte dela – artigo, parágrafo, inciso ou alínea, será considerado tacitamente revogado.
    Resumindo: a Lei 51/85 terá validade desde que não contrarie as novas regras para a aposentação.

    Nossa sorte está lançada…o que será aprovado no CN vai ditar nossas vidas…

  60. Quando a Dilma sancionou a Lei Complementar 144/15, um monte de dinossauros da polícia civil foi aposentado compulsoriamente aos 65 anos de idade, muitos delegados e demais carreiras estavam querendo entrar com ações judiciais para terem direito de ficar até os 70 anos. No fundo a ADPESP está é com medo de a idade máxima de permanência no cargo, com VTR particular e demais vantagens voltar a ser 65 anos de idade.

  61. RAPAZ !, ESSES POLÍTICOS ESTÃO BRINCANDO COM O POVO. DE ONTEM PARA HOJE, VEREADORES DE CAMPINA GRANDE/PB, APROVARAM UM REAJUSTE SALARIAL PARA ELES. PREFEITO E VICE PREFEITO DE 26%, ASSIM COMO A IMPLANTAÇÃO DO RECEBIMENTO DO 13º SALÁRIO, NÃO DEU OUTRA, A POPULAÇÃO REVOLTADA, SIMPLESMENTE ACONDICIONARAM 100 KG DE BOSTA, ESTERCO, E JOGARAM NA ENTRADA E NO HALL DO PRÉDIO DA REFERIDA CÂMARA MUNICIPAL. SE A MODA PEGA, LOGO MAIS AS ENTRADAS DE CERTOS PALÁCIOS IRÃO VIRAR MICTÓRIOS. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  62. BLINDADO.
    estão de parabéns as pessoas responsáveis pelo ato de repúdio contra estes desavergonhados vereadores de campina grande PB…

  63. SR BLINDADO …

    o fato ocorrido em campina grande não gerou nenhum crime , pois o povo simplesmente jogou merda na calçada
    para que os outros merdas sujassem os seus sapatos.

    no fim o resultado seria= varios merdas sujaram seus sapatos com merdas.

  64. SR. PIMENTA PRETA !, ESSAS RATAZANAS CONTUMAZES DO ERÁRIO, ASSOLAM O PAIS DE NORTE A SUL E DE LESTE A OESTE E PRINCIPALMENTE NO QUARTEL GENERAL LÁ NO PLANALTO CENTRAL. MEU AMIGO, ALÉM DESSES ROEDORES DO ERÁRIO, OS LADRÕES DE BANCO E CAIXAS ELETRÔNICOS ESTÃO ALOPRANDO PARA TODOS OS LADOS. COINCIDENTEMENTE DE ONTEM PARA HOJE, NUMA CIDADEZINHA AQUI DA PARAÍBA, OS ROUBADORES, NA TENTATIVA DE EXPLODIREM UM CAIXA ELETRÔNICO, SIMPLESMENTE DERRUBARAM PARTE DO PRÉDIO DA PREFEITURA. MEU AMIGO ! SÓ DIZENDO, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  65. O problema da previdência começa nas escolas e universidades, centros de doutrinação marxista

    Não economia e muito menos previdência que suporte o socialismo.

  66. o que é uma lei complementar ?

    No direito, a lei complementar é uma lei que tem como propósito complementar, explicar, adicionar algo à constituição. A lei complementar diferencia-se da lei ordinária desde o quorum para sua formação. A lei ordinária exige apenas maioria simples de votos para ser aceita, já a lei complementar exige maioria absoluta.

    exemplo:

    LEI COMPLEMENTAR Nº 51, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1985

    (Vide art, 103 da Constituição)
    (Vide § 4o do art. 40 da Constituição Federal

    Dispõe sobre a aposentadoria do funcionário policial, nos termos do art. 103, da Constituição Federal.

    Dispõe sobre a aposentadoria do servidor público policial, nos termos do § 4o do art. 40 da Constituição Federal.
    (Redação dada pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

    Art.1º – O funcionário policial será aposentado:
    I – voluntariamente, com proveitos integrais, após 30 (trinta) anos de serviço, desde que conte, pelo menos 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial;
    II – compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de serviço, aos 65 anos (sessenta e cinco) anos de idade, qualquer que seja a natureza dos serviços prestados.
    Art. 1o O servidor público policial será aposentado: (Redação dada pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    I – compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, aos 65 (sessenta e cinco) anos de idade, qualquer que seja a natureza dos serviços prestados; (Redação dada pela Lei Complementar n° 144, de 2014) (Revogado pela Lei Complementar nº 152, de 2015)

    II – voluntariamente, com proventos integrais, independentemente da idade: (Redação dada pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    a) após 30 (trinta) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se homem; (Incluído pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    b) após 25 (vinte e cinco) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 15 (quinze) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se mulher. (Incluído pela Lei Complementar n° 144, de 2014)

    Art. 2º – Subsiste a eficácia dos atos de aposentadoria expedidos com base nas Leis nºs. 3.313, de 14 de novembro de 1957, e 4.878, de 3 de dezembro de 1965, após a promulgação da Emenda Constitucional nº 1 de 17 de outubro de 1969.

    Art. 3º – Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.

    Art. 4º – Revogam-se as disposições em contrário.

    Brasília, em 20 de dezembro de 1985; 164º da Independência e 97º da República.

    JOSÉ SARNEY
    Fernando Lyra

  67. LEI COMPLEMENTAR Nº 144, DE 15 DE MAIO DE 2014

    Atualiza a ementa e altera o art. 1o da Lei Complementar no 51, de 20 de dezembro de 1985, que “Dispõe sobre a aposentadoria do funcionário policial, nos termos do art. 103, da Constituição Federal”, para regulamentar a aposentadoria da mulher servidora policial.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

          Art. 1o A ementa da Lei Complementar no 51, de 20 de dezembro de 1985, passa a vigorar com a seguinte redação:
    

    “Dispõe sobre a aposentadoria do servidor público policial, nos termos do § 4o do art. 40 da Constituição Federal.”

          Art. 2o O art. 1o da Lei Complementar no 51, de 20 de dezembro de 1985, passa a vigorar com a seguinte redação:
    

    “Art. 1o O servidor público policial será aposentado:

    I – compulsoriamente, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, aos 65 (sessenta e cinco) anos de idade, qualquer que seja a natureza dos serviços prestados;

    II – voluntariamente, com proventos integrais, independentemente da idade:

    a) após 30 (trinta) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se homem;

    b) após 25 (vinte e cinco) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 15 (quinze) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se mulher.” (NR)

          Art. 3o Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.
    

    Brasília, 15 de maio de 2014; 193o da Independência e 126o da República.

    DILMA ROUSSEFF
    José Eduardo Cardozo
    Garibaldi Alves Filho
    Eleonora Menicucci de Oliveira

  68. Escriludida disse:
    15/12/2016 ÀS 12:09
    Pretendo me aposentar de qualquer jeito para garantir as regras atuais, e ter direito adquirido de acumular pensão por morte que já recebo. Sse eu ficar até junho2019, vou ter 6ª parte, 4 quinquênios, 20 anos de efetivo exercício na carreira (descontando 11 meses e 10 dias de licença oara tratamento de saúde em períodos alternados), mas perderei a pensão, cujo valor atualmente é mais que o dobro (6{ parte mais 1 quinquenio) já recebo 3.

    ESCLARECENDO: Será menos que 1/4 da pensão que já recebo.

  69. GENTE !, S.M.J., QUALQUER PRETENDENTE A SE CANDIDATAR NA POLÍTICA, DESDE O VEREADOR AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, DENTRE OS REQUISITOS EXISTE AQUELE QUE O CANDIDATO TEM A OBRIGAÇÃO DE COMPROVAR SEU PATRIMÔNIO, PERANTE O T.S.E. AGORA VAMOS AO PRINCIPAL, NO MEU ENTENDER, PARA SEREM RESOLVIDAS TODAS ESSAS CELEUMAS, ATINENTES A PATRIMÔNIOS DE TODOS OS POLÍTICOS SEM EXCEÇÃO, É SÓ COMPARAR O PATRIMÔNIO INICIAL E AO FINAL DO CANDIDATO E,SUBTRAINDO SALÁRIOS, O RESTANTE TERIA QUE SER CONFISCADO EM PROL DO ERÁRIO. EM ASSIM OCORRENDO, MAIS DA METADE DA PROBLEMÁTICA DO PAIS SERIA RESOLVIDA E O$ ROEDORE$ DO ERÁRIO, IRIAM PENSAR EM SE CANDIDATAR A QUALQUER CARGO PÚBLICO….

  70. Colegas de sofrimento, até agora nada da publicação do demonstrativo de pagamento no site da fazenda do nosso 13º . Sei, que no meus caso, o valor será exatamente igual ao creditado em 18/12/2015; pois permaneço na 2ª classe e não tivemos NADA de reajuste salarial.. O que me causa apreensão é a não publicação do demonstrativo em questão até o presente momento. Será que vão parcelar nossa minguada 2ª parcela do 13º …………………..???. No site do SPPREV, já publicaram o demonstrativo do 13º dos pensionistas. Dos da ativa, não sei.

  71. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 49, DE 2016

    Dispõe sobre o Adicional de Qualificação aos servidores do Quadro de Servidores da Assembleia Legislativa

    A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:

    Artigo 1º – É instituído o Adicional de Qualificação – AQ aos servidores do Quadro de Servidores da Assembleia Legislativa de São Paulo – QSAL, em razão dos conhecimentos adicionais adquiridos pela realização de cursos que possam ser utilizados no exercício das atribuições de seus cargos, nos termos desta lei.
    § 1º – O adicional de que trata este artigo não será concedido quando o curso constituir requisito ou estiver no mesmo nível de escolaridade para ingresso no cargo efetivo.
    § 2º – O adicional contemplará os aposentados somente se o título ou o diploma forem anteriores à data da inativação.
    Artigo 2º – Serão admitidos, para os fins desta lei, os seguintes cursos:
    I – Ensino médio;
    II – Graduação;
    III – Pós-graduação lato sensu, desde que possua carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas;
    IV – Mestrado Científico ou Mestrado Profissional;
    V – Doutorado.
    § 1º – O disposto neste artigo contemplará:
    1 – os cursos das instituições de ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC);
    2 – os cursos oferecidos pelo Instituto do Legislativo Paulista (ILP);
    3 – os cursos oferecidos na modalidade de Educação a Distância (EAD);
    4 – os cursos realizados em instituições de ensino estrangeiras.
    § 2º – A comprovação dos cursos realizados em instituições de ensino estrangeiras será feita mediante:
    1 – certificado de conclusão de curso ou diploma revalidado por entidade credenciada pelo MEC, no caso de cursos regulares de ensino médio, graduação, mestrado, doutorado e equivalentes;
    2 – certificado de conclusão de curso legalizado pela autoridade consular brasileira e traduzido para o português por tradutor juramentado, no caso de cursos de pós graduação lato sensu, observando-se a carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas;
    § 3º – Os cursos de Master in Business Administration – MBA (Mestre em Administração de Negócios), de LL.M (Mestrado em Direito) e outros similares denominados como “mestrado” serão aceitos como cursos de pós-graduação lato sensu, observada a carga horária mínima prevista nesta lei, salvo se validados como cursos de mestrado pelo MEC.
    § 4º – Dispensar-se-á o certificado de conclusão emitido por instituições de ensino estrangeiras de países signatários da Convenção sobre a Eliminação da Exigência de Legalização de Documentos Públicos Estrangeiros, promulgado pelo Decreto Federal nº 8.660, de 29 de janeiro de 2016.
    Artigo 3º – O Adicional de Qualificação – AQ será calculado com base no vencimento padrão nível 15 do cargo de Procurador da Alesp, na seguinte conformidade:
    I – 5% (cinco por cento), pela conclusão de ensino médio;
    II – 7,5% (sete vírgula cinco por cento), pela conclusão de ensino superior;
    III – 5% (cinco por cento), pela conclusão de curso de especialização lato sensu;
    IV – 10% (dez por cento), pela apresentação de título de Mestre;
    V – 15% (quinze por cento), pela apresentação de título de Doutor;
    § 1º – Os percentuais previstos neste artigo poderão ser percebidos cumulativamente até o limite de 25%.
    § 2º – O Adicional de Qualificação – AQ será devido a partir do protocolo do certificado ou diploma, devidamente registrado, validado e traduzido, quando for o caso.
    § 3º – A realização de programas de pós-doutorado ou a obtenção de título de livre-docência poderão conferir um acréscimo de 5% (cinco por cento) em relação ao valor de que trata o inciso V do caput deste artigo, observado o aproveitamento dos conhecimentos adquiridos para a Administração Pública, bem como, no caso do pós-doutorado, o tempo mínimo de participação no programa de 1 (um) ano.
    § 4º – O portador de um título de grau mais elevado poderá ter computado a realização posterior de curso de nível igual ou inferior de interesse da Administração, observando-se o disposto no caput e o limite previsto no §1º deste artigo.
    Artigo 4º – As despesas decorrentes da aplicação desta lei complementar correrão á conta das dotações próprias consignadas no orçamento vigente, suplementadas se necessário.
    Artigo 5º – Esta lei complementar entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos financeiros a partir de 1º de dezembro de 2017.

    JUSTIFICATIVA

    A instituição do adicional de qualificação tem por finalidade premiar os servidores que procuram se desenvolver academicamente com vistas à melhora da prestação jurisdicional.
    Com a instituição de adicionais semelhantes no Poder Judiciário dos Estados e da União, os servidores de carreira acabam preferindo, após todo investimento neles efetuado por este Poder, abraçar outras carreiras, comprometendo a eficiência no desenvolvimento das atividades parlamentares, cujas necessidades impostas pelo desenvolvimento das políticas públicas e do próprio agigantamento do Estado exigem uma capacitação cada vez maior.

                             Sala das Sessões, em 14/12/16
    

    a) FERNANDO CAPEZ – Presidente

  72. Dois Projetos de Leis para os Quadros do legislativo:
    Um cria adicional de qualificação
    Outro faz reenquadramento dos cargos (leias aumento de salário)

  73. DIARIO OFICIAL DE HOJE

    , autorizo
    a Polícia Civil do Estado de São Paulo a adotar as providências
    necessárias à realização de despesas decorrentes da Diária
    Especial por Jornada de Trabalho Policial Civil – Dejec, referentes
    aos exercícios de 2016 e 2017, para o efetivo de 4.152 vagas/
    diárias, observadas as disponibilidades orçamentário-financeira,
    e obedecidos os demais preceitos legais e regulamentares
    atinentes à espécie.”

    Qual o valor da DEJEC alguem sabe?

  74. Reparem bem na expressão dessa senhora da ADPESP; dá pra perceber a falsidade e a vontade de se aparecer; não se iludam, não; já fomos traídos por esta categoria, nas últimas negociações.
    Vou parando por aqui; minha vontade seria de falar muita coisa, más deixa pra lá.
    Não vou perder meu tempo …

  75. Macetão da aposentadoria com integralidade e paridade: (mulher):

    requisitos mínimos constitucionais alterados pela Emenda 41: (ingresso anterior a 19/12/2003)
    – 55 idade
    – 30 contribuição previdenciária
    – 20 anos efetivo exercício público

    Aqui vai o macetão: caso a mulher não preencha os requisitos introduzidos pela EC 41, analisar se pode se beneficiar pelos requisitos da EC 47: (ingresso antes de 16 de dezembro de 1998)

    55 idade (pela ec 47 esse requisito pode ser reduzido subtraindo 1 ano de idade com o que passar dos 30 de contribuição)
    30 de contribuição previdenciária
    25 anos de efetivo exercício público.

    Vejamos então que a mais recente emenda traz um benefício, que é o de poder comutar os anos de contribuição, que exceder os 30 pelos anos da idade, porém, exige-se que tenha no mínimo 25 anos de efetivo exercício no serv público, 5 a mais que a emenda anterior.
    Ex: Pela EC 47, no serviço público uma mulher de 53 anos poderá se aposentar com integralidade e paridade, desde que tenha ao menos 32 de contribuição.

    Não confundam os requisitos da aposentadoria com integralidade e paridade com o da aposentadoria especial da Lei 51/85, alterada pela Lei 144/14, pois essa trata-se da aposentadoria especial do policial civil. O entendimento em nosso estado é de que esse tipo de aposentadoria será calculada pela média dos 80% maiores salários.

  76. Pimenta preta,

    Se aprovado o projeto nos moldes em que foi proposto, a idade mínima para aposentadoria especial para o policial civil será de 55 anos. Parece que tem previsão expressa em um dos artigos da PEC. Aos requisitos da 51/85, deverá ser cumulado o da idade mínima (55), portanto.

  77. o 13 salario sai só dia 20 de dezembro, não como a sec. da fazenda publicou, outra mentira

  78. Os reajustes são diferentes e serão parcelados nos próximos três anos, a partir de 2017. Dessa forma, os delegados da PF e os peritos criminais federais, cujo salário inicial é de R$ 16.830 em 3ª classe, passarão a ter remuneração de R$ 21.644 em janeiro de 2017, chegando a R$ 23.000 em 2019. Após progressão na carreira, o salário passará dos atuais R$ 22.805 para R$ 28.262 no início do próximo ano e ultrapassará R$ 30 mil em três anos.

  79. Agente de Polícia Federal Classe Especial 1° janeiro 2019 R$ 18.651,79

  80. Teve um caso aqui na cidade.
    PM abordou filho de um PC sem motivo, apenas rotina de PM, a tal suspeita infundada.
    Esses cabeças de bagre acham que tem que ser chamado de senhor, sim senhor, não senhor.
    O rapaz inocente e sem malicia não entendeu por que fora abordado e questionou o PM.
    PM todo machão esculachou o rapaz em publico por nada.

    No fim da abordagem o rapaz disse que era filho de policial civil, e que iria fazer um BO de abuso.

    O PM correu no plantão e fez um BO de desacato !!!!

    Que bom que acabou essa palhaçada de BO de desacato.

  81. Caso fosse no Jardim Angela, o Deic interviria, também?

    À noite, três funcionários e dois parentes do deputado federal Paulo Maluf compareceram à sede do Departamento de Investigações Criminais, em Santana, na Zona Norte, para prestar depoimento.

    O assalto à residência da irmã do ex-prefeito Paulo Maluf pode ter sido praticado pela mesma quadrilha que assaltou, na madrugada de 5 de novembro, a mansão do Cônsul de Angola, localizada na Rua Feliciano Maia, 167, no Jardim Paulista, naquela mesma região.

  82. RAPAZ !, PARA MIM A ATITUDE MAIS SENSATA DOS ÚLTIMOS TEMPOS.FOI A DESCRIMINALIZAÇÃO DESSA TIPIFICAÇÃO DE “DESACATO” POIS COMO SABEMOS, MAUS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS SE PREVALECIAM DAS FUNÇÕES, PARA DAREM LIÇÃO DE MORAL E MENOSPREZAREM A POPULAÇÃO EM GERAL. PROVA MAIOR É QUE EM QUALQUER “BOQUETA” ELES ESTAMPAVAM AQUELE AVISO ADVERTINDO A POPULAÇÃO, ACERCA DE EVENTUAL DESACATO. LEMBRO-ME QUE EM CERTA OCASIÃO AI EM SAMPA, NUM POSTO DA SPTRAN, AO PEDIR UMA INFORMAÇÃO A UMA FUNCIONÁRIA, ELA MAU EDUCADA, NÃO RESPONDEU E QUIS ME DAR UMA LIÇÃO DE MORAL, QUANDO SIMPLESMENTE MANDEI ELA IR TOMAR NAQUELE LOCAL.

  83. Informação no site da adpesp: o ministro da justiça se prontificou em reunião do dia 14/12/2016 a retirar a pc, pf e prf da PEC.
    Sera mesmo??? Vamos torcer para que essa postagem não seja abduzida do site nas próximas horas…afinal, da marildinha e do cabeça de ovo tudo podemos esperar….
    Se bem que, envolvendo a PF, teremos alguma chance. Agora, se fosse pra esperar alguma coisa dos nossos representantes (to falando das associações restopols de SP), aí estaríamos fodidos e mal pagos..
    Aipesp, sipesp, sepesp, aepesp em conjunto desejam um “feliz natal” e comunicam que as atividades estarão suspensas no período de festas…kkkkkkk. ( festas de natal, réveillon, páscoa, junina, independente, proclamação da república, enfim…o ano inteiro). Pode isso Arnaldo?????

  84. Vejo muita gente querendo que os militares sejam incluídos nas novas regras da previdência. Não seria interessante também incluir os trabalhadores comuns nas regras dos militares? Vamos lá! Sem horas extras (nem banco de horas) expediente regulamentar (é só pesquisar) de vinte e quatro horas. Sem Fundo de Garantia. Períodos de férias determinados pelos…

    http://www.midiafire.com.br/2016/12/link-473.html

  85. SR. “Lucas” !, DEUS QUEIRA QUE EU ESTEJA ERRADO, MAIS S.M.J., ESSE “SEM CABELO” ESTÁ POR UM FIO DE MANDAREM ELE DE VOLTA PARA “SAMPA” DEMITINDO ELE DESSE MINISTÉRIO. MEU AMIGO !, LEMBRO QUE NO MÊS DE ABRIL P. PASSADO, NUMA MANIFESTAÇÃO DEFRONTE AO PRÉDIO DA SSP/SP, ONDE ESSE CIDADÃO RESPONDIA PELA PASTA, TODOS QUE LÁ ESTAVAM, INCLUSIVE EU, GRITÁVAMOS PEDINDO E ULTIMANDO QUE ESSE ” CABEÇA PELADA” DESCESSE PARA DAR UMA SATISFAÇÃO, SENDO QUE PELO QUE QUE PRESSENTI NAQUELA OPORTUNIDADE ELE ESTAVA ESCONDIDO DEBAIXO DA MESA OU DENTRO DO ARMÁRIO. SEGUIDAMENTE, ELE ZARPOU PARA ESSE MINISTÉRIO, DEIXANDO COM OS GRANDIOSOS POLICIAIS CIVIS E MILITARES A EXORBITANTE REMUNERAÇÃO DE 0,0%. PERGUNTO ? VOCÊ ACREDITA : RESPONDO EU, JAMAIS. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  86. Enquanto todos dormiam, na calada da noite, políticos aumentavam seus salários em até 100%, para que não fossem impedidos após promulgação de Lei de contenção de gastos. É brincadeira! Brasileiro é otário mesmo.

  87. Gente do céu!!! Aumento p PF pode? Então só tem esse setor!?? Pelamor, não é possível que seja, o nosso salário, considerado renda! Bonificação, aff, aff!! Que moral nós temos perante a população? Qual o incentivo para elaboração do nosso trabalho e diante desse cenário Dantesco, da economia e da situação do país? Mlds, estamos em SP, não é possível que sejamos tão insignificantes, desmerecidos -> restopol do inframundo! Somos responsabilizados pelo que fazemos, pelo que deixamos de fazer. Lidamos com procedimentos judiciais, lidamos com infratores, efetuamos prisões, mandados, lidamos com público, auxiliamos ou elucidamos crimes, somos chamados a qlqr hora para resolver pepas…Somos cobrados por excessos, por imprudência, inépcia, negligência. Temos que lidar com as demandas, com as mudanças de local, com o que foi apreendido de uma forma hoje, amanhã de outra, com a pluralidade de situações, dificuldades, limitações. O mínimo seria ter nossos direitos assegurados, pela última emenda, que prevê a profissão de risco, ter um reajuste salarial, fora dessa reforma previdenciária que quer escravos… Fica uma analogia, (guardada as devidas proporções), de que muito pouco mudou de uma organização feudal!

  88. O preço da destruição da PC

    G1

    ‘Franquia’ de facção paulista tomou a Rocinha após morte no Paraguai
    Bandidos de São Paulo romperam aliança com quadrilha do Rio e dominaram o maior ponto de venda de drogas da Zona Sul. Especialistas explicam mudança.

    Considerada pela polícia como o principal ponto de venda de drogas da Zona Sul do Rio de Janeiro, a favela da Rocinha é controlada hoje pela maior facção criminosa paulista. A quadrilha fez uso de uma estratégia de obter “franqueados” fora de seu local de origem para se aliar a bandidos locais, segundo especialistas e autoridades da segurança.

    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/franquia-de-faccao-paulista-tomou-a-rocinha-apos-morte-no-paraguai.ghtml

  89. Base governista já articula mudar regra de transição na Previdência

    Idade mínima só valeria para quem ainda não entrou no mercado de trabalho

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/base-governista-ja-articula-mudar-regra-de-transicao-na-previdencia-20656955#ixzz4T16xClHt
    © 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

  90. SÍSIFO

    Disse tudo, não temos valor, é só cobrança! Por isso que, mesmo contra minha vontade, parei de trabalhar! olho de vidro de braço curto!

  91. Sísifo????? Ta de brincadeira… Clonando meu Nick , véio? Kkkkk Sísifo sou eu. O verdadeiro. Aquele que empurra a pedra montanha acima todo dia….oraa, va arrumar um de Zeus, hades, Thor ou Renan.

  92. CORTA PRA MIM !

    ENGRAÇADO !

    OBSERVO O CAGUETA DESDE QUE COMEÇOU

    POSTAR SEUS COMENTÁRIOS

    NESTE BLOG

    SÃO EVASIVOS

    FICA EM CIMA DO MURO SEMPRE

    E COMO SEU PAPEL É DE FISCAL

    SE ALGUÉM POSTAR ALGO

    CONTRA O PILANTRA SEM VERGONHA

    DO DELEGADO LADRÃO SEU AMIGO

    ESSE ALCAGUETA PILANTRA CORRE LÁ PARA

    ALCAGUETAR

    VEJAM ! O CARUDA NEM POLICIA É MAIS

    ESTÁ APOSENTADO

    USA UM CODINOME, PSEUDONIMO

    ESTE O QUAL SE ESCONDE POR TRÁS

    ESTE CARA É O NÃO É UM SAFADO !

    É O MAIOR NOJO

    VER UMA BARBARIDADE DESSAS NESTE BLOG !

  93. Sendo especialistas no principal assunto em pauta na sociedade brasileira hoje, resolvemos criar uma campanha para instruir a população, devido à Proposta de Reforma da Previdência que o governo atual enviou ao Congresso. Estamos apresentando as emendas que entendemos necessárias para que a Reforma proposta não venha a ser o imediato fim do sistema de aposentadorias e pensões no Brasil.
    Entendemos então que a Reforma da Previdência é necessária para a realidade do país, e que os governantes usam dinheiro da Previdência para pagar dívidas de outros setores. É necessário mudar o sistema para adequar ao aumento da população idosa e à melhoria da qualidade de vida na terceira idade, mas não pode o governo praticamente impedir o acesso às aposentadorias, deixando as pessoas conseguirem o benefício somente no fim da vida.
    Apresentamos 11 pontos fundamentais para que a Previdência Social se mantenha justa, sendo um sistema protetor das pessoas e que também se projete para o futuro de forma a tornar-se mais moderna e eficaz.
    Conheça nossa campanha e o que está acontecendo no nosso país, isso vai atingir você e sua família. E ajude a divulgar.

    #SalveaPrevidencia: Idade Mínima de 60 anos sem Progressão
    A proposta de Reforma sugere 65 anos como idade mínima, hoje não existe. Porém, essa é uma idade extremamente alta, inclusive comparada a países desenvolvidos onde a expectativa de vida ultrapassa 80 anos de idade (no Brasil é 73 anos, no Maranhão é de 66 anos para homens).

    Por isso, entendemos que 60 anos é o ideal para o Brasil e já equilibra as contas da Previdência por pelo menos 20 anos.

    Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. Discordamos das medidas adotadas para resolução dos problemas e, em contrapartida, propomos ideias para a reforma que não agridem tanto os direitos do trabalhador e a qualidade de vida dos aposentados. Uma delas é a ideia de estabelecer a idade mínima em 60 anos sem a progressão automática baseada na longevidade da população.

    A proposta de reforma sugere 65 anos como idade mínima. Porém, essa é uma idade extremamente alta, inclusive comparada a países desenvolvidos, onde a expectativa de vida ultrapassa 80 anos de idade. Imagine então no Brasil, onde a expectativa geral é de 73 anos. Além disso, a reforma propõe uma progressão automática dessa idade mínima, que fará com que as pessoas com 40 anos só se aposentem aos 73.

    Seguindo com exemplos, um adulto de 30 anos só se aposentará com 76 anos e um jovem de 18 anos só se aposentará com 80 anos. Isso tudo conforme as projeções de expectativa de vida e como o Governo quer aprovar a Reforma. Explico melhor: este é o texto que o Governo Temer quer incluir na Constituição Federal:

    § 22. Sempre que verificado o incremento mínimo de 1 (um) ano inteiro na média nacional única correspondente à expectativa de sobrevida da população brasileira aos sessenta e cinco anos, para ambos os sexos, em comparação à média apurada no ano de promulgação desta Emenda, as idades previstas nos incisos II e III do § 1º serão majoradas em números inteiros, nos termos fixados para o regime geral de previdência social.

    Como a expectativa de vida tem aumentado 1 ano a cada 3 anos que o IBGE faz a medição, a idade mínima aumentaria a cada 3 anos, e a projeção desse aumento seria assim:

    ANO IDADE MÍNIMA
    2017 65 anos
    2020 66 anos
    2023 67 anos
    2026 68 anos
    2029 69 anos
    2032 70 anos
    2035 71 anos
    2038 72 anos
    2041 73 anos
    2044 74 anos
    2047 75 anos
    2050 76 anos
    2053 77 anos
    2056 78 anos
    2059 79 anos
    2062 80 anos

    Fica claro que a progressão é mais perversa e violenta que a própria implantação da idade mínima.

    Por isso, entendemos que 60 anos é ideal para o Brasil e já equilibraria as contas da Previdência por pelo menos 20 anos. Motivo pelo qual não é preciso instituir uma progressão automática da idade mínima como propôs o governo.

    Conforme a tabela do Anuário de Benefícios publicado pelo INSS, é mais que suficiente fixar em 60 anos a aposentadoria, pois garante uma economia de mais de 80% na concessão de benefícios. Os dados lançados abaixo correspondem até o ano de 2014. Os números de 2015 ainda não foram publicados. Confira:

    Obviamente que é necessário que a proposta de Emenda Constitucional também permita a implantação de uma regra de transição, a fim de não prejudicar demasiadamente quem já está às vésperas de sua aposentadoria.

    #SalveaPrevidencia: Manutenção da Aposentadoria do Professor

    A proposta do governo é acabar com a aposentadoria do professor e submeter os professores a uma situação de extrema penosidade. Manter o tempo de magistério e uma idade mínima de no máximo 55 anos é a situação adequada para os professores, o que permite desempenhar funções fora da sala de aula após completar o tempo mínimo, e suficiente para equilibrar as contas da Previdência.

    #SalveaPrevidencia: Manutenção da Aposentadoria Especial
    A aposentadoria especial é um dos maiores avanços da sociedade brasileira, mas por essa esdrúxula proposta do Governo, a Aposentadoria Especial, para quem está entrando agora no mercado de trabalho, seria com 70 anos de idade.

    A retirada da expressão “no máximo, dez anos no requisito de idade ” do Projeto de Emenda a Constituição é extremamente necessário para não causar os danos acima expostos na população.

    #SalveaPrevidencia: Aumento do Salário Maternidade
    A igualdade de gênero é um dos princípios essenciais inscritos no art.5º da Constituição, mas na prática ainda é uma utopia. Um dos principais direitos que busca equilibrar isso é a redução de 5 anos na aposentadoria da mulher, que já tem em média um valor bem inferior a dos homens, devido aos salários menores pegos no mercado de trabalho.

    O aumento no salário maternidade para 6 meses e posteriormente, após o país sair da crise, para 8 meses, seria essencial para se manter essa medida de equilíbrio, além de melhorar o desenvolvimento de nossas crianças.
    Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. A igualdade de gênero é um dos princípios essenciais inscritos no art. 5º da Constituição, mas na prática ainda é uma utopia. Um dos principais direitos que busca equilibrar isso é a redução de 5 anos na aposentadoria da mulher, que já tem em média um valor bem inferior a dos homens, devido aos salários menores pegos no mercado de trabalho.
    A PEC da Reforma da Previdência foi apresentada sem NENHUMA compensação para as mulheres, de forma que é um verdadeiro assalto aos direitos da mulher, podendo se dizer que o texto é extremamente machista.
    É preciso equilibrar essa proposta com a medida certa, e isso deve ser buscado na fundamentação jurídica da redução da idade. Quando na Constituinte foi definido essa idade menor para a aposentadoria, se justificou que a mulher paria os filhos e que dificultava o acesso e permanência no mercado de trabalho, o que ainda é uma realidade.
    A ampliação do Salário Maternidade para 6 e depois 10 meses é, portanto, a medida mais justa para a compensação.
    Assim, as mulheres que tenham mais filhos terão uma proteção maior, especificamente no período que para elas realmente importa, enquanto as mulheres que tenham poucos ou nenhum filho, seguindo uma vida laboral como os homens, se aposentarão e terão a mesma proteção social que eles, reafirmando a igualdade de gênero.
    Além disso, um dos principais argumentos para a reforma da Previdência é que a população brasileira está envelhecendo, e que a proporção de massa trabalhadora jovem cresce menos que a massa de aposentados. Assim, o Brasil já precisa pensar em medidas que incentivem a natalidade, principalmente entre a classe trabalhadora e média.

  94. Depois da nossa greve em 2008, quem ouviu delegado dizer: “nós conseguimos o nosso, agora vocês correm pra vocês”, esperar o que mais desta polícia egoísta? Parei desde então, apague a luz e feche a porta o último que sair. Fui.

  95. Se todos os Policiais Civis se unirem, seremos fortes; agora do jeito que está, Adeus a Polícia Civil.

  96. Chega de xurumelas, há alguém aí com conhecimento plausivelmente argumentado (sem achismos) capaz me orientar no sentido que conseguirei minha aposentadoria baseado na Lei 13.183/2015 (85/95)./85), tendo seguramente um pouquinho mais que 18 anos de contribuição no funcionalismo estadual, que juntado ao tempo de contribuição na iniciativa privado, mais minha idade, ultrapassa 85 anos (sou do sexo fem.) e ; no meu entender posso me aposentar com paridade e integralidade, assim que conseguir a averbação. Ou será que terei que enfrentar mais calvários????????? Oh! especialistas de plantão, me sinalizem uma luz.

  97. Oh! pessoal, foi publicado hoje no DOE listagens de indicações para promoções em diversas carreiras na P.C.. Para ganharem tempo na pesquisa, acessem https://www.imprensaoficial.com.br/#20/12/2016, clique em busca avançada, no “retangulinho”, digite seu nome completo, separando cada palavra ou conjunção com +. Exemplo: José+Agrespino+da+Silva+Campreste_Júnior; e selecionar caderno executivo, para essa finalidade. Se quiser, selecionar todos. Digite seu nome só após clicar no busca avançada.

  98. o sentido que conseguirei minha aposentadoria baseado na Lei 13.183/2015 (85/95), tendo seguramente um pouquinho mais que 18 anos de contribuição no funcionalismo estadual, que juntado ao tempo de contribuição na iniciativa privado, mais minha idade, ultrapassa 85 anos (sou do sexo fem.) e ; no meu entender posso me aposentar com paridade e integralidade, assim que conseguir a averbação. Ou será que terei que enfrentar mais calvários????????? Oh! especialistas de plantão, me sinalizem uma luz.

    Melhor explicando: um pouquinho mais de 30 anos de contribuição entre iniciativa privada e funcionalismo estadual, sendo que um pouquinho menos de 20 anos de contribuição exclusivamente no funcionalismo estadual.

  99. Tem que ter no minimo 20 anos de carreira policial- fator previdenciário 85-95-Paridade e Integralidade

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s