Representação subscrita por agente de telecomunicações policial em estágio probatório comunicando “condições precárias no setor de investigação “ 140

Assunto: DelPol Rancharia – condições precárias no Setor de investigação

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DELEGADO DE POLÍCIA TITULAR DA DELEGACIA DE POLÍCIA DO MUNICÍPIO DE RANCHARIA-SP.

Eu, Hamilton Tadeu Dorne e Silva, RG ….., Agente de Telecomunicações Policial, atualmente exercendo as funções no Setor de Investigações desta Delegacia de Polícia de Rancharia, venho à presença de Vossa Excelência expor as precárias situações de trabalho enfrentadas pelos policiais civis deste setor, solicitando as devidas providências.

DOS FATOS

Em virtude da defasagem de efetivo pela qual passa nossa instituição, desde meu ingresso na Polícia Civil sou aproveitado em funções estranhas ao cargo que ocupo. Antes, no setor de identificação civil, acumulado com controle de envios e recebimentos de mensagens eletrônicas. Agora, há aproximadamente um ano, exerço minhas funções no Setor de Investigações desta Unidade, o que faço com muito gosto e aptidão.

Quando iniciei os trabalhos investigativos, há aproximadamente um ano, as Ordens de Serviço eram distribuídas a cinco policiais (Hamilton, William, Joas, Adauto e Thiago). Nos últimos meses o número de policiais encarregados do cumprimento de referidas Ordens de Serviço foi reduzido para apenas dois. Ou seja, atualmente, as ordens de serviço são distribuídas somente a este policial e ao policial civil Thiago Rodrigues Fago.

Como Vossa Excelência bem sabe, a redução do número de policiais responsáveis pelo cumprimento dessas ordens se deu por diversos fatores, entre eles estão:

1- O afastamento regulamentar do Policial Civil José Carlos Martins Carreira, Agente Policial recém-chegado à Unidade por meio de permuta com o Policial Joas Schneider de Matos;
2- A designação do policial civil William Zamineli de Lima para elaboração de termos circunstanciados;
3- A não distribuição de Ordens de Serviço ao Policial Civil Adauto Inocêncio de Oliveira, que, em virtude das exigências feitas pela 8ª Corregedoria Auxiliar da Polícia Civil, em Correição realizada no dia 22/09/2016, está na chefia do setor, registrando e distribuindo as ordens de serviço, e supervisionando o setor, além de apoiar os policias nas diligências onde o risco e a complexidade são maiores, como nos casos de Mandados de Prisão e Busca Domiciliar e coordenar investigações sigilosas, como a interceptações telefônicas etc.

Destarte, as Ordens de Serviço, que atualmente encontram-se registradas sob número acima do 1.230 (hum mil duzentas e trinta), e eram distribuídas a cinco policiais para cumprimento, atualmente são cumpridas por apenas dois policiais.

Como Vossa Excelência bem sabe, mesmo quando o número de policiais responsáveis pelo cumprimento das Ordens de Serviço era maior, não havia uma cobrança rígida e formal de prazo para cumprimento das mesmas, tendo em vista que tanto Vossa Excelência quanto a Autoridade Policial Assistente tinham ciência do excesso de trabalho a cargo daqueles cinco policiais, que, além de dar cumprimento às ordens de serviço, são encarregados das seguintes tarefas:

1- Cumprimento de determinações judiciais, como Mandados de Busca e Apreensão;
2- Encaminhamento de expedientes da Unidade ao Poder Judiciário, Ministério Público, Instituto de Criminalística, Instituto Médico Legal e órgãos da Administração Superior, como a Delegacia Seccional de Polícia e o Deinter-8.
3- Escolta e remoção dos presos até os Municípios de Caiuá, Presidente Venceslau, Dracena, Tupi Paulista, Adamantina, a depender da condição do custodiado. Não são raras as situações em que os policiais têm de transportar presos para mais de uma Cidade, chegando a percorrer mais de 300 km, o que prejudica substancialmente os trabalhos de investigação da Unidade.

Isso sem contar investigações que tomam grande quantidade de tempo, como campanas e interceptações telefônicas, diligências que são constantemente realizadas em nossa Unidade.

Entretanto, após a Correição realizada no dia 22/09/2016, pela 8ª Corregedoria Auxiliar da Polícia Civil, e tendo em vista os questionamentos e exigências feitos por aquela Casa Censora, iniciou-se uma cobrança em relação aos prazos para cumprimento das Ordens de Serviço aos únicos dois policiais atualmente responsáveis pelo cumprimento dessas.

Tanto eu quanto o Policial Civil Thiago Rodrigues Fago e o Investigador Chefe do Setor fomos cientificados do teor da Portaria DGP 23/2013, que fixa as diretrizes para a expedição das Ordens de Serviço, e que fixa o prazo de cinco dias para elaboração de relatório após a realização das diligências, a serem efetuadas no prazo assinalado pela Autoridade Policial.

Ocorre que, diante das circunstâncias acima mencionadas, é praticamente impossível o cumprimento das diligências nos prazos atualmente estipulados (em regra 30 dias). As solicitações de dilação de prazo acabam por gerar mais burocracia e prejudicam ainda mais o já bastante lento desenrolar das atividades investigativas, uma vez que o policial tem de deixar de ir a campo, ou de relatar as diligências já efetuadas, para justificar o não cumprimento dos prazos, reduzindo a escrito as dificuldades que Vossa Excelência já tem ciência, e que também o prejudica.

Essa cobrança, embora legal e arrazoada, vem trazendo enorme desgaste aos policiais encarregados da investigação dos crimes apurados por nossa Unidade. Isto porque não há como realizar um trabalho de qualidade, que vise a necessária resposta do Estado diante de um fato criminoso, e cumprir os prazos regulamentares contando com um efetivo tão pequeno e encarregado de um volume tão grande de trabalho.

Para que haja êxito, o trabalho investigativo deve ser realizado de forma minuciosa. As diligências em campo não costumam se esgotar em um único dia. Cada uma traz à luz uma nova pista e, geralmente, um caso não é solucionado de um dia para o outro. O excessivo volume de trabalho atribuído aos pouquíssimos policiais deste setor jamais será realizado com excelência nos prazos estipulados. E isto nos coloca em uma situação bastante delicada: ou cumprimos os prazos ou desempenhamos um trabalho que traga resultado efetivo à população (resultado este tratado por nossa Administração como “Produção”).

A título de exemplo, no final de semana dos dias 28, 29 e 30 de outubro deste ano, houve três roubos a mão armada em nossa Cidade. As Ordens de Serviço para apuração de tais crimes foram distribuídas a este policial. Dos três casos, dois foram solucionados e os autores identificados. Também houve identificação e prisão de autor de roubo ocorrido no dia 26/08/2016, onde foram subtraídos R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) de uma loja de materiais de construção de nossa cidade. Logramos êxito, ainda, em identificar, por meio de interceptação telefônica, o autor do homicídio praticado no dia 17/07/2016, investigação esta que deu início a nova interceptação telefônica, desta vez para apuração de prática de tráfico de drogas, a denominada “Operação Mamão”, oportunidade em que houve identificação de pelo menos 08 (oito) pessoas envolvidas como tráfico de drogas. No entanto, a “Operação Mamão” encontra-se parada devido à falta de efetivo para dar continuidade ao trabalho de transcrição das conversas.

Atualmente, há mais de 40 (quarenta) ordens de serviço a cargo deste policial (distribuídas e não cumpridas), entre elas um furto de veículo e um roubo de veículo de carga, além de operação de interceptação telefônica para apuração de furto de gado.

Também são rotineiras as convocações para Operações em outras Unidades, como a operação Ethos, realizada nos dias 21, 22 e madrugada do dia 23 de novembro.

Como se vê, Excelência, o volume de trabalho em nossa Unidade é substancialmente alto. São aproximadamente 30.000 habitantes, numa área de 1.587 Km2, com média de 3.000 registros de boletins de ocorrência anuais e apenas três policiais civis trabalhando no setor de investigações, acumulando funções de escolta de presos.

DO PEDIDO

Ante ao exposto, uso do presente para informar que, na situação pela qual passamos, não há como desenvolver um trabalho efetivo e, ao mesmo tempo, cumprir as determinações com a celeridade que se espera.

Trata-se de missão impossível de ser realizada com o efetivo de que dispomos em nosso setor.

Assim, solicito seja a presente situação levada a conhecimento da Administração Superior, tendo em vista que este policial civil ainda se encontra em período de estágio probatório e teme sofrer as consequências da falta de estrutura de que dispomos, sendo penalizado quer pelo descumprimento de prazos ou pela má qualidade do serviço que desempenha a fim de cumprir esses prazos, solicitando auxílio para normalização dos trabalhos de nossa Unidade.

Sem mais.

Rancharia, 28 de novembro de 2016.

HAMILTON TADEU DORNE E SILVA
Agente de Telecomunicações Policial
RG:

  1. Acho que é a melhor forma de expor a situação degradante da PC é “por no papel”, como fez o jovem sonhador. Pena que o moço, depois de ver que todo o verbo gasto, terá como retorno, um brilhoso “nada”, adotará a postura de defesa, com a resposta padrão às OS. “O Setor de Investigações realizou diligências visando o cumprimento da respeitosa Ordem de Serviço expedida por Vossa Excelência, porém, sem êxito até o presente momento. Cabe salientar que novas diligências estão sendo realizadas, cujo resultado, se positivo, será imediatamente transmitido a essa D. Autoridade Policial”.

  2. OS AGENTES DE TELECOMUNICAÇÕES DEVEM SER REENQUADRADOS EM OUTRO CARGO (INVESTIGADOR OU DETETIVE), ASSIM COMO AUXILIAR DE PAPILOSCOPISTA, AGENTE POLICIAL E OS EXTINTOS CARCEREIROS.
    A POLÍCIA CIVIL TEM QUE REESTRUTURAR OS CARGO, POIS HÁ MUITOS CARGOS QUE NÃO CONDIZ COM A REALIDADE DA ATUAL POLICIA CIVIL.

  3. Conheco aquela cidade. Com numero menor de habitantes que outras cidades da regiao, registra trem mil no por ano, fora os ptb. Ali e um interno, visto que funciona uma cadeia junto. O pessoal que trabalha ali sao bom de servico, mas
    Uma andorinha sozinha nao faz verao. Fez o correto o agente. Falta de recurso humano.

  4. Lutador ,

    Aposto que desses 3000 boletins , menos de 500 são pertinentes a infrações penais. Tanto que o agente de telecomunicações destaca que o acervo de ordens de serviço sob a sua responsabilidade não passa de 40 , ou seja, uma MOLEZINHA!
    O rapaz parece que ou tá de sacanagem ( documentando o desvio de função ) ou de caganeira ( medo infundado de possíveis responsabilizações ). De qualquer maneira, ordem de serviço é responsabilidade do investigador chefe do setor de investigações. Agente de telecomunicações – em flagrante desvio de função – realizando tarefas de investigadores e de agentes policiais é anomalia; até que a a lei orgânica na Polícia Civil sofra alterações deve prevalecer o que lá está determinado: cada carreira com as suas atribuições específicas . Trabalho de rua ( as tais diligências em campo ) quem faz é o delegado, os investigadores e os agentes. Antigamente, vez ou outra, escrivão; isto quando era rotineiro lavrar-se autos e croquis de locais de crime. Cada macaco no seu galho Xô xuá…O galho do agentel continua sendo a sala de meios. Aliás, uma espinhosa e cansativa função!

  5. Parabéns ao Agente de Telecomunicações pela atitude, chupa bunda moles!

    3 anos sem reajuste em março.

  6. Parabéns por quê ?

    O agentel está sendo desleal com o investigador chefe e com o próprio delegado titular que foi posto em xeque: “como Vossa Excelência bem sabe” . Com efeito, que ele colocasse claramente na representação sua contrariedade pelo desvio de função a que está sendo submetido; nunca sobre o “excessivo volume de trabalho atribuído aos pouquíssimos policiais” do setor de investigações ao qual ele foi agregado. Se de 1230 OS ele é apenas responsável por pouco mais de 40, qual o motivo da representação? Autoelogio: “há aproximadamente um ano, exerço minhas funções no Setor de Investigações desta Unidade, o que faço com muito gosto e aptidão”. Se faz com muito gosto e aptidão tá querendo o quê ? Bom cabrito não berra!
    “Destarte” ( palavrinha vetusta e metida a besta ainda empregada por bacharéis ) , sindicância e exoneração nele. Ou não quer cooperar com os superiores e demais colegas de serviço ou é o verdadeiro bunda-mole do enredo. Se não for uma coisa nem outra é muito ingênuo. A PC odeia quem exerce o direito de petição, especialmente os bagrinhos e ainda em estagio probatório. Continuando nessa toada ainda vai arrumar uma punição e nunca mais nem sequer poderá fazer inscrição em concursos para carreiras melhores!
    Nunca é demais lembrar: “a democracia ainda não chegou para os policiais civis” (palavras do falecido delegado Paulo Roberto Jodas )

  7. Amo a policia civil, mas infelizmente falta culhão aos delegados dessa grandiosa instituição. O cara é ageteu !!! so esse fato ja exonera qualquer pedido de autoridade visando a realização por parte desse funcionário função diversa. Claro que a falta de funcionário faz com que haja a necessidade disso acontecer, mas ta errado, e o funcionario tem sim direito a petição… Vamos ser sinceros falta culhão mesmo – vivem sem nem uma equipe formada de fato e estão pouco se ferrando pra isso – o dinheiro caindo na conta ta bom, dani-se o que rola na instituição. Infelizmente quando um subalterno reclama das condições ridículas de trabalho, enfiando no rabo de um pseudo autoridade acaba enfiando no seu rabo, pois é onde a corda estoura… Quando se trabalha com lei as autoridades deveriam ser o exemplo em segui-la – visão utópica – repito falta coragem !!!! se a classe é de “autoridade” porque não pleiteia o cumprimento da lei ??? resposta: interesse, medo, interesse, medo… e assim vai.

  8. dai a Digna Autoridade olhou para o papel …leu , ficou pensativo e num rompante ..RASGOU e jogou na lata do lixo !!!

  9. A Polícia Civil de São São Paulo está do jeito que está por 2 motivos. Policiais conformados achando que estamos trabalhando como militares, que o Delegado manda e nós abaixamos a cabeça, mesmo sabendo que estamos agindo contrário a Lei com medo de represálias. E por causa de Delegados bundões igual a esse que estão mais preocupados com GAT e segurar sua cadeira com as duas mãos.
    Senhores Delegados inclusive o exonerado do site, vcs ganham bem para trabalhar, não existe trabalho remoto na polícia pra delegado, só mandando fazer as coisas do sofá de casa.

  10. Calça branca chegou amanhã e está chorando faz concurso para a prefeitura, Petrobras, Artesp, MP e para de chorar vai exercer sua função, apesar que hoje em dia todos os concursos pede conhecimento básico em informática ou seja trabalho de Agetel e todas estas carreiras em pleno século XXI não faz o menor sentido, Agente, Auxiliar de Papiloscopia, Papiloscopia, Carcereiro, Atendente de Necrotério, Fotógrafo. Não tem a menor necessidade.

  11. Acho engraçado as criticas a um cara que reclama das condições de trabalho… Todo mundo sabe a merda que ta a Policia Civil… O proprio blog apresenta que a policia civil ta ruim, e ai quando um cara, que é ageteu reclama das condições de trabalho ele é covarde, chorão, desrespeitoso a autoridade policial hauhauha… Serio ???? Qual foi o desrespeito dele ??? Peticionar na propria instituição pedindo melhorias ??? Nada impede do cara entrar na justiça, denunciar no MP ou algo assim (não que isso resulte em algo positivo)… O que importa é que falta isso na instituição, peticionar reclamando não é desrespeito e sim totalmente legal, todos os policiais deveriam saber disso, apesar que acho que a acadepol não ensina essas coisas. Quando algo desse tipo acontece, a instituição deveria se mobilizar e fala “po, vamo ser o que de fato ta acontecendo”, mas não, foda-se o que o funcionário ta pleiteando LEGITIMAMENTE… em contrapartida, quando um tira enfia a arma na cara de um comerciante em visível violação a lei, muitos dizem nossa, tem que ver melhor, poxa o que sera que ta acontecendo… Engraçado essa inversão de valores na instituição, será que é por isso que ta do jeito que está ???? De fato como disse o colega acima todo homem tem seu preço, assim como todas as autoridades da Policia Civil visando fechar os olhos a um problema milenar.

  12. Pelo que eu li, não deve haver guardas municipais auxiliando os tiras nas investigações.
    Pelo menos o Agente de Telecomunicações Policial é policial e não bate.

  13. Pude concluir uma coisa: esse agente de telecomunicações é treinado no FBI. Não conheço nenhum tira tão eficaz assim. Descreveu vários escalarecimentos de crimes ocorridos rapidamente (dois roubos e um homicidio, este através de interceptação).
    O delegado deveria deixar ele investigando e por o chefe dos investigadores na sala de meios.

  14. Falta efetivo em Itapira:
    http://www.itapiranews.com.br/delegado-titular-expoe-falta-de-policiais-civis-em-itapira/

    Falta efetivo em Ribeirão:
    http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2016/07/sem-delegados-cidades-de-sp-fazem-revezamento-de-policiais-diz-sindicato.html

    Falta de efetivo em Leme:
    http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2016/04/falta-de-policiais-civis-em-leme-leva-justica-obrigar-ssp-elevar-efetivo.html

    Falta de efetivo em Araraquara:
    http://portalmorada.com.br/noticias/policia/seccional-reconhece-defasagem-policial-e-fecha-delegacias:61182

    E no estado inteiro em geral:
    http://www.folhabv.com.br/noticia/Delegado-critica-situacao-da-Policia-Civil-e-chama-instituicao-de-falida/14712

    Isso em uma busca de 5 minutos no google. Mas para a administração da PC e para alguns delegados ta tudo muito bom, não falta nada, reclamar é bobagem, ta tudo certo e pedir melhores condições é safadeza e preguiça. Afinal, o meu ta garantido né, o que importa o resto? E pra população, ó… pffffff….

  15. Se mais policiais fizessem isso a polícia estaria diferente. Não estou entendendo as criticas ao rapaz. Não é porque é novo que não pode reclamar. É por estarmos calados e aceitarmos tantas coisas que a Civil está a beira da “falência”. Parabéns ao policial

  16. É GUERRA, É POR CAUSA DE UNS BOSTAS COMO VOCÊ (DELEGADOS DE POLÍCIA) E QUE PENSAM JUSTAMENTE COMO VOCÊ, QUE ESTA INSTITUIÇÃO CHEGOU NO PÉ EM QUE ESTÁ.

  17. Se isso fosse uma novela de tragédias, a audiência número 1(um) seria a PM. O PCSP já era. E os concursos de 2013? Aliás, que tem N.U. deve prestar concurso noutras instituições, principalmente, federais. Agora, se o garoto está assim em Rancharia, imagine em Parelheiros no 25º DP.

  18. Confesso que não compreendi as ponderações do Guerra! Sempre foi contrário aos desmandos da administração e agora se insurge quando a iniciativa do policial. Por que ser punido????? O direito a petição é Constitucional e não pode ser suprimido. E levou ao conhecimento de seu superior problemas relacionados ao ambiente de trabalho. Nada mais digno! Se esse cara for punido eu pago pra ele o advogado para anular a punição no judiciário. Assim como eu, e ainda o estado foi condenado por danos morais. Agora vou provocar a administração ainda que o estado faz de ofício, uma ação regressiva para descontar dos iluminados ”juristas” o valor ao qual o estado foi condenado.

  19. PESSOAL, QUEM DISSE QUE EM MARÇO NÃO TEREMOS AUMENTO. UM “BIZUZINHO QUENTE”, S.M.J., SERÁ DE R$ 41,26, PERTINENTE AO AUMENTO DA INSALUBRIDADE, OU SEJA, R$ 634,78 + 6,5% DO INPC ACUMULADO = R$ 676,60. E, NUM TÁ BOM. E, ME AJUDEM AÍ Ó !….

  20. tANTO NESSE CASO COMO O DE ROSANA, É O QUE A MAIORIA DOS POLICIAIS CIVIS QUEIRAM DIZER, PORÉM, NÃO TEM CORAGEM, POIS, SABEM QUE POSTERIORMENTE VEM AS RETALIAÇÕES, DE UMA MANEIRA OU DE OUTRA.

  21. “Quem não luta por seus direitos, não é digno deles”

    A quase total destruição desta instituição, tão importante para a defesa de nossa sociedade, visto o poder que o crime organizado (PCC) adquiriu após vinte anos de reinado do santo, só foi possível pela atitude egoísta e covarde dos Delegados que em nenhum momento deixaram de olhar apenas para seus próprios interesses em detrimento da Instituição e dos direitos de seus subordinados.

    Meus parabéns aos CORAJOSOS jovens de Rosana e Rancharia com certeza serão açoitados pelos “Vendilhões do Templo”, mas deixaram registrado na história da PC seu VALOR e um dia poderão, ao contrário daqueles que foram coniventes com esta situação, olhar seus filhos e dizer eu combati o bom combate.

  22. Porra Dr. Gerra, O sr vem falar de deslealdade? Não entendo o vosso discurso. Ora prega que todos devem ser corretos, transparente e por a ” boca no trombone “. Agora vem me dizer que o Agetel colocou os outros em xeque só porque falou a verdade!

    Enfim, o Sr. acha que irregularidades tem mesmo que ser levadas a mais ampla publicidade ou o Sr. acha que a ética deve prevalecer e panos quentes valem mais que a verdade?

  23. Caso ocorresse a reestruturação, não haveria mais esse tipo de problema. Claro os concursos devem ultrapassar as baixas.
    Quanto as motivações do agente telec., na minha opinião é medo mesmo de não dar conta do recado, o quadro diminuiu e ele não tem formação de investipol, logo em desvio de função está pior do que se mantivesse seu cargo original, juntou então o útil ao agradável, regado de bastante ingenuidade.

  24. Estou impressionado com as críticas contundentes exaradas pelo Guerra, que sempre se postou contra os desmandos da administração. Queria saber que implicação terá este nobre colega com relação a exercer seu direito constitucional a petição? Talvez pelo fato de o Guerra estar distante da administração a um bom tempo, não tem a dimensão exata de como piorou as coisas por aqui meu caro. Basta ver no DOE dia 19 último, quando publicou a aposentadoria de 241 policiais sem a respectiva reposição. Caso este colega seja punido por exercer seu direito constitucional, eu pagarei um advogado para que entre com uma ação para anular tal ato administrativo absurdo. Assim como aconteceu comigo, e ainda levei dinheiro do estado por danos morais. Sem contar na ação regressiva que os Agentes irão sofrer por ato insano, violando nossa carta magna.

  25. É uma aberração agentes na investigação, GOE, Garra, etc.
    Agente de telecomunicações NÃO E TIRA.
    CARCEREIROS NAO SÃO.
    AGENTE POLICIAL É MOTORISTA, AUXILIA O INVESTIGADOR. PONTO FINAL.

    PPR ISSO ESTAMOS NA MERDA, CULPW DO RESTOPOL.

  26. Aqui , em araraquara, tem agente tão bom quanto tira.

  27. O agentel dos fatos acima deveria pedir sua recolha para Seccional no setor de comunicação que é a função dele.
    Tá pagando de tira na rua e agora que apertou o serviço quer sair fora.

    O que ferra a PC é o desvio de função.

    Aberração que só existe aqui. SP.

    Nenhuma outra secretaria tem esses desvios.

  28. Imagina se o agetel tivesse criado um ” blog ” pra denunciar as mazelas da Instituição…aí não teria problema ne Guerra?

    Quem afundou a PC foram os deltas e esse bando de policia velho que foram coniventes com tudo. Essa merda toda não ocorreu da noite para o dia, foram anos de cagadas ate que chegássemos nisso. Mas quem ligava? Entravam ganhando 10 salários mínimos não é mesmo, muitos com apenas o ensino médio…?

    Agora surgem novos policias, mais estudados, mais capazes, que sabem exercer seu direito Constitucional de peticionar e o que acontece? Muitos vitimados autointitulados Restopols botam a boca no mundo pra criticar o cara. Digam ai? Qual é a diferença de tem ta criticando ele dos letras que fuderam a PC? Nenhuma! Sao iguais ratos que comem as migalhas que caem das mesas de seus senhores mas acham que são especiais pq estão comendo da mesma iguaria!

    Poupem quem tem c….pra falar! Coloquem ele na presidência de um sindicato que eu tenho certeza que teremos muito melhor representação!

    Aos que apoiaram a atitude do agetel, estamos juntos!

  29. COLEGAS, SEM EXCEÇÃO !, NÃO TENHO PROCURAÇÃO E NEM PRETENDO TÊ-LA. OCORRE QUE VOCÊS ESQUECEM QUE O DR. DO SITE, PODERÁ DE HOJE PARA A MANHÃ RETORNAR À ATIVA. E SER CHEFE DE VOCÊS. AGORA DE MIM JAMAIS, JÁ FUI. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…,

  30. O sistema exige e cobra produção, mas não dá recursos ao operacional para desempenhar suas funções, me assusta os “restopol” criticando o colega que passa por dificuldades, que com certeza estava fadigado e em desespero, isso demonstra o caos e a desunião entre os autodenominados “restopol”, a Polícia Civil tem um complexo de Polícia Militar, onde o “restopol” tem que se virar, escoltar sozinho, virar dia e noite trabalhando e se ferrar calado, e mesmo desorientado será condenado, assim a depressão e outras doenças lhe ceifam a vida, cobrança e responsabilidade demasiada fazem o homem surtar, o “restopol” mesmo no limite, se fizer algum erro será massacrado e crucificado por seus iguais, mas a Polícia Civil caminha para o abismo, e a desunião continua, temos um aglomerado de sindicatos inúteis, o efetivo se reduz a cada dia, policial virar dia e noite na labuta é normal, ainda mais aos inúmero maçanetas, mas não existe reconhecimento, não existe apoio, o pior é ter de trabalhar quieto até a exaustão sem direito ao descanso, ao repouso, a hora extra ou ao lazer. Deslealdade? O cara é leal quanto existe lealdade do outro lado, quando existe bom censo, quando existe condições para que aja o mínimo de dignidade ao trabalho, a vida e a honra, condenar a ferro e fogo nossos poucos jovens policiais é um flagelo a dignidade humana.

  31. COLEGA ” jefão escrivão da dise de araraquara “. CONHECI EM SÃO PAULO, DOIS CARCEREIROS QUE PELA IDONEIDADE, SABEDORIA, PRESTEZA E ACIMA DE TUDO HONESTIDADE E COLEGUISMO, ATUARAM EXERCENDO A FUNÇÃO DE ESCRIVÃO, ATÉ MELHOR DO QUE CERTOS ESCRIVÃES CLASSE ESPECIAL DAQUELA ÉPOCA. NÃO TITUBEIO EM NOMINÁ-LOS, OS MEUS AMIGOS RONALDÃO LÁ NO 27º D.P. IBIRAPUERA E SÉRGIO DI PIETRO NO 4º D.P. CONSOLAÇÃO. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  32. DR GUERRA, SEM NENHUM DEBOCHE OU DEMAGOGIA, QUAL A ATITUDE QUE OS OPERACIONAIS DEVEM ADOTAR AO SE DEPARAREM COM SITUAÇÕES EM QUE FICA CLARO O ABUSO POR PARTE DA ADMINISTRAÇÃO.

  33. Não entendi?
    Dr Guerra, ora vc fala que não se deve passar panos quentes para as irregularidades, exalta em quase todo comentário os princípios democráticos de direito, agora vem falar que na PC a democracia não chegou?
    E que o policial estava errado em exercer seu direito de petição legalmente constituído na LOP?

  34. Enquanto isso nossa reposição da inflação está no superavit de 1,5 bilhões do governo, e quanto ao calça branca, esse sim precisa de apoio dos autodenominados “restopol”, quanto aos delegados são corporativistas, só veem o próprio lado, enquanto nos “restopol” somos desunidos e masoquistas, gostamos de levar ferro, viver na merda e ainda nos orgulhamos disso.

  35. Os delegados ainda acham que os subordinados são aqueles caras com nível fundamental que não reclamavam, só sabiam descer o cacete em qualquer situação e abraçavam tudo que os delegados mandavam.
    Mas a polícia civil mudou. O perfil do policial civil mudou.
    Hoje não é mais só o delegado que conhece a Lei, o Direito e noções básicas de cidadania.
    Hoje o policial civil da geração atual questiona, estuda e busca conhecer a realidade a sua volta.
    Hoje o policial civil, excetuando-se os mal intencionados, é um jovem ambicioso que tem aptidão para vários concursos melhores e só entraram nesta carreira pela imagem de força que a profissão ainda tem para quem está do lado de fora.
    Hoje o policial civil questiona a legalidade das ordens que recebe porque tem conhecimento e inteligência para isso.
    Acabou a época do “sacerdócio” que os delegados antigos pregavam. Somos antes de tudo funcionários públicos civis.
    E quase todo mundo que entrou na polícia civil nos últimos dez anos tem vontade de servir bem a esta instituição e esta carreira – e à Justiça Pública antes de mais nada. Estamos aqui para prender e eventualmente trocar tiro com vagbundo. Fizemos concurso para isso.
    PORÉM: esses mesmos policiais, por terem nível superior e diversas aptidões, estão também aptos a procurarem outras profissões ou outros concursos públicos que remunerem melhor e tenham mais futuro.
    ENTÃO, SENHORES DELEGADOS: vocês vivem choramingando que “não tem funcionário”, mas são culpados disso por sua mentalidade. Mentalidade que o dono deste blog continua reproduzindo mesmo já tendo sido vítima dela.
    NÃO EXISTE 100% de renúncia do policial. Quem quer ver isso dos subordinados que vá ser oficial do exército. A evasão dos policiais novos vai continuar aumentando na mesma proporção das escalas abusivas.
    A CARREIRA NAO É ATRATIVA. E se isso não mudar, a evasão dos novos e melhores policiais continuará aumentando. Se não melhorarem os salários, os equipamentos e as condições de trabalho, a Polícia Civil vai acabar por falta de escrivães e operacionais.
    A POLÍCIA CIVIL ESTÁ EM COLAPSO devido a essa mentalidade dos exmos. delegados de polícia. Se vocês não entenderem logo que os policiais de hoje são diferentes dos de antigamente, vão continuar sendo caciques numa polícia sem índios até tomarem o golpe final da parceria PM-MP.

  36. Concordo que não esta certo o desviu de função, por isso sou a favor da carreira única, mas enquanto prevalece o sistema atual não deveria haver policiais exercendo funções diversas de seu cargo. Mas dai a não poder se manifestar pelas condições precárias de trabalho ao seu superior ( lembrando que não foi a imprensa ou outro Órgão) é demais.

  37. 25 de janeiro de 2017 Publicações Sobre o Sindicato
    JORNADAS EXCESSIVAS / ESCALAS EXTRAS:
    …tudo em nome do RETP ?
    FOTO

    LEIA MATÉRIA COMPLETA EM: http://WWW.SIPOL.COM.BR

    Amplamente divulgado pelos meios sociais de comunicação, um caso em especial chamou a atenção de milhares de Policiais Civis em todo o Estado.

    O SIPOL tomou conhecimento do fato e o Policial Civil envolvido no caso já está com toda a ajuda jurídica disponibilizada.

    Um outro documento, de outra cidade, e protocolado na unidade competente traz a tona a situação de outro Policial Civil também da Região de Presidente Prudente. O Policial já foi contatado e também receberá todo apoio do SIPOL Prudente.

    PROVIDÊNCIAS

    O SIPOL levará, através do departamento jurídico, ao conhecimento do Ministério Público de Presidente Prudente ambos os casos para eventuais providências e, também, para serem anexados à Ação Civil Pública em face da falta de servidores na área do DEINTER-8, e que corre em segredo de Justiça .

    Vamos oficiar a todos os Prefeitos e todos os Vereadores de todos os Municípios da Região de Presidente Prudente informando sobre a necessidade de pressionar o Governo a contratar servidores. Vamos expor toda nossa vontade de trabalhar e nossas necessidades e dificuldades. Dinheiro público não é feito para ter “superavit”, ou “lucro”. Dinheiro público não foi feito para investimentos de interesse do empresariado. Dinheiro público é para fazer a MÁQUINA FUNCIONAR.

    Comemorar “superavit” diante dessas condições de trabalho, escala e de material humano, três anos sem reajuste, promoções emperradas, Lei do Nível Universitário implementada de forma pífia, insignificante, demais carreiras de 2º grau recebendo como de 1º grau, … e agora com essa PEC da desgraça, cuja única consequência vai ser encher a Polícia de velhinhos e velhinhas doentes, para combater facínoras cada vez mais jovens, como os de Alcaçús, e mais recentemente em Bauru. a que estão submetidos os Policiais Civis é uma ação que caberá aos políticos incialmente da Região, ao povo, à imprensa e aos policiais julgarem.

    NÃO DÁ MAIS PARA ESCONDER

    É do conhecimento de todos a falta de servidores Policiais Civis. O descaso com a Instituição não é só em nosso Departamento, mas em todo o Estado de São Paulo.

    Estatística e produção são coisas de empresas privadas onde se visa lucro.

    Polícia é órgão estatal. É primeiro setor. Visa o bem comum.

    E isso não se consegue seguindo exclusivamente dados estatísticos.

    Mas antes, com a saúde física, mental e motivação dos subordinados.

    QUESTÕES PSICOLÓGICAS OU PSIQUIÁTRICAS

    O SIPOL orienta a todos os servidores que se encontrem diante da necessidade de tratamento para essas questões, que dialoguem exaustivamente com seus profissionais da saúde para a expedição de laudos que comprovem sua situação atual, e que comuniquem oficialmente ao departamento pessoal competente sobre a necessidade de avaliação pericial.

    Muitos casos de depressão podem ser confundidos ou tratados como descaso do servidor, como preguiça, como rebeldia etc. Isso não pode acontecer. São situações graves que afetam a saúde do servidor e dos que estão a sua volta.

  38. O comentário do Montanha, até o trecho ” tenham mais futuro.” foi o melhor que li até hoje no blog. Não posso opinar sobre os delegados, pois nunca trabalhei com um nem irei provavelmente.

  39. Conheço pessoalmente o Agetel, uma pessoa honesta, ama a Polícia, esforçado e não tem medo de enfrentar as situações adversas. Para quem o critica negativamente pela ação: ele é muito mais corajoso que vc que fica aqui no flit reclamando de salário há 30 anos e não faz porra nenhuma na d.p..
    Parabéns pela atitude colega, essa atitude não é uma anarquia como muitos verão, mas sim um gesto respeitoso aos superiores e que busca melhorar a forma de administrar, afinal a própria Constituição impõe o dever pela eficiência.
    Abraços.

  40. Não deveria nem estar na investigação.

    Isso entendido, todo o resto que o aflige é resultado desse erro inicial.

    Está preocupado com o dele, e tem todo direito.

    Daí a achar que esteja lutando pelo coletivo vai uma grande distância.

  41. A Polícia Civil tem complexo de PM, onde o policial tem se submeter a humilhações, a riscos absurdos, trabalhar como escravo sem direito ao descanso, ao entretenimento com a família, onde a maioria hoje trabalham 70 horas semanais em média, e o pior não tem direitos e não tem apoio a nada, se reclamar é ferro e cala a boca, nos operacionais somos capachos mudos, somos marionetes nas mãos de um sistema escravagista, em qualquer situação o policial já é culpado e esculachado pelas autoridades, e pasme pelo os autodenominados masoquistas “restopols”, onde trabalham dia e noite sem reclamar, onde são obrigados a se expor a riscos absurdo e se lago acontecer são condenados a ferro e fogo, a grande maioria dos policiais estão em flagelo, exceto os maçanetas é claro, delegados são corporativistas e só veem o rabo deles, enquanto que os “restopol” que se fodam, e se ferram com escalas absurdas, com escoltas de auto risco e com horários que vão além da resistência física, psicológica humano, policiais são submetidos ao stress máximo, que os levam a surtos, a depressão e a doenças degenerativas.

  42. A Administração se encheu de normas ambíguas e contraditórias entre si, que os administradores usam sempre a seu favor.
    Sai uma cagada como exposta no caput desta postagem: “funcionário em desvio de função, está errado e será punido”.
    Mas na hora de mandar agetel e papi transportar preso e digitar BO: “portaria dgp-30, se não fizer o que mando será punido”.

  43. Montanha falou tudo
    E ainda se esta em desviu de função é porque o superior permitiu, então se for punido por isso, deve punir o superior em dobro, porque tinha o dever de evitar e não evitou.

  44. Só um lembrete para aqueles que por maldade ou ignorância estão criticando.

    (ficando revogadas disposições que lhe forem contrárias)

    Portaria DGP-30, de 14-11-2012

    Artigo 1º – São atribuições comuns a todas as carreiras
    policiais da Polícia Civil:

    a) portar arma, distintivo e algemas;
    b) atender sempre, com urbanidade e eficiência, o público
    em geral, pessoalmente ou por telefone;
    c) elaborar, sob orientação da Autoridade Policial, registro
    de ocorrência;
    d) conduzir viatura policial;
    e) cumprir diligência e/ou requisição determinada pela
    Autoridade Policial, elaborando relatório respectivo;
    f) proceder à abordagem de pessoas suspeitas da prática de
    ilícitos, realizando busca pessoal quando necessário;
    g) identificar pessoas, inclusive por meio digital, nas hipóteses em que tal providência se faça necessária;
    h) conduzir e apresentar pessoas legalmente presas à Autoridade Policial competente ou onde for por ela determinado;
    i) auxiliar a Autoridade Policial na formalização de atos de
    polícia judiciária;
    j) operar os sistemas de comunicação e de dados da Polícia
    Civil.
    Artigo 2º – Esta portaria entra em vigor na data de sua
    publicação

  45. Esta porcaria, portaria, porcaria mesmo, é inconstitucional.

  46. Vamos denunciar esta aberração, delegado recebe acúmulo de função e as demais carreiras é que trabalha "de grátis". disse:

    LEIA MATÉRIA COMPLETA EM: http://WWW.SIPOL.COM.BR
    Amplamente divulgado pelos meios sociais de comunicação, um caso em especial chamou a atenção de milhares de Policiais Civis em todo o Estado.
    O SIPOL tomou conhecimento do fato e o Policial Civil envolvido no caso já está com toda a ajuda jurídica disponibilizada.
    Um outro documento, de outra cidade, e protocolado na unidade competente traz a tona a situação de outro Policial Civil também da Região de Presidente Prudente. O Policial já foi contatado e também receberá todo apoio do SIPOL Prudente.
    PROVIDÊNCIAS
    O SIPOL levará, através do departamento jurídico, ao conhecimento do Ministério Público de Presidente Prudente ambos os casos para eventuais providências e, também, para serem anexados à Ação Civil Pública em face da falta de servidores na área do DEINTER-8, e que corre em segredo de Justiça .
    Vamos oficiar a todos os Prefeitos e todos os Vereadores de todos os Municípios da Região de Presidente Prudente informando sobre a necessidade de pressionar o Governo a contratar servidores. Vamos expor toda nossa vontade de trabalhar e nossas necessidades e dificuldades. Dinheiro público não é feito para ter “superavit”, ou “lucro”. Dinheiro público não foi feito para investimentos de interesse do empresariado. Dinheiro público é para fazer a MÁQUINA FUNCIONAR.
    Comemorar “superavit” diante dessas condições de trabalho, escala e de material humano, três anos sem reajuste, promoções emperradas, Lei do Nível Universitário implementada de forma pífia, insignificante, demais carreiras de 2º grau recebendo como de 1º grau, … e agora com essa PEC da desgraça, cuja única consequência vai ser encher a Polícia de velhinhos e velhinhas doentes, para combater facínoras cada vez mais jovens, como os de Alcaçús, e mais recentemente em Bauru. a que estão submetidos os Policiais Civis é uma ação que caberá aos políticos incialmente da Região, ao povo, à imprensa e aos policiais julgarem.
    NÃO DÁ MAIS PARA ESCONDER
    É do conhecimento de todos a falta de servidores Policiais Civis. O descaso com a Instituição não é só em nosso Departamento, mas em todo o Estado de São Paulo.
    Estatística e produção são coisas de empresas privadas onde se visa lucro.
    Polícia é órgão estatal. É primeiro setor. Visa o bem comum.
    E isso não se consegue seguindo exclusivamente dados estatísticos.
    Mas antes, com a saúde física, mental e motivação dos subordinados.
    QUESTÕES PSICOLÓGICAS OU PSIQUIÁTRICAS
    O SIPOL orienta a todos os servidores que se encontrem diante da necessidade de tratamento para essas questões, que dialoguem exaustivamente com seus profissionais da saúde para a expedição de laudos que comprovem sua situação atual, e que comuniquem oficialmente ao departamento pessoal competente sobre a necessidade de avaliação pericial.
    Muitos casos de depressão podem ser confundidos ou tratados como descaso do servidor, como preguiça, como rebeldia etc. Isso não pode acontecer. São situações graves que afetam a saúde do servidor e dos que estão a sua volta.

  47. Inconstitucional?

    Existe ou existiu algum questionamento junto ao poder Judiciário?

    Ou melhor a Justiça determinou a suspenção desta Portaria?

    A resposta é: NÃO

    Leis existem para serem cumpridas, até que sejam revogadas.

  48. carcereiro faz função( usurpa) cargo N.U e recebe salária de mobral, ops ensino fundamental. disse:

    só carcereiro que que gosta desta porcaria, portaria.

  49. Duas perguntas de lorde Maquiavel:

    Desvio de função é ato passível de punição?

    Se for, cadê a cabeça da chefia no triturador de ossos?

  50. Engano seu, apenas ressalto que ela, justa ou injusta, está em vigor e não possuímos um sistema jurídico de defesa contra as arbitrariedades da administração, que nos possibilite descumpri-la, sem sofrer represálias; tanto é verdade que nenhuma entidade ajuizou processo tentando revoga-la.

  51. Quem gosta de portaria é PORTEIRO!!!!!

    Acho que o colega deveria se negar a cumprir Ordens de Serviços. Ele não prestou CONCURSO para isso.

  52. O administrador utiliza uma regra básica ensinada pelos livros de história:
    Dividir para conquistar.
    Conseguiram destruir esta instituição graças a nossa desunião.
    Unidos somos fortes, mas divididos pela “fogueira das vaidades” não teremos nossos direitos respeitado.

  53. Acho que o foco não é se houve ou não o desvio de função e sim as condições precárias de trabalho, isso e ruim para qualquer cargo com desvio de função ou não.

  54. Sr. José Lito

    O senhor já moveu uma ação contra o Estado de São Paulo?
    Tem ideia de quantas décadas leva para o processo ser julgado em última instancia?
    O senhor tem ideia do que é responder a um processo na Justiça, e do desgaste mental que isso causa?
    O senhor já teve que responder sindicância e depender do advogado do sindicato?
    O senhor tem ideia que não temos direito assistência jurídica gratuita o que nos obriga a termos dupla jornada e a fazer empréstimos para pagar advogados?
    Em algum momento o senhor já sofreu assédio moral no trabalho?
    Caso o senhor não tenha passado por algum destes problemas, me desculpe sua opinião é de quem não tem conhecimento mínimo de nossa realidade.

  55. DECEPICIONADO disse:
    25/01/2017 às 15:29

    Acho que o foco não é se houve ou não o desvio de função e sim as condições precárias de trabalho, isso e ruim para qualquer cargo com desvio de função ou não.

    Concordo, sem condições de trabalho, ninguém trabalha.

    Esse Policial é dos bons, força, meu amigo!

  56. Sr. José Lito

    O senhor já moveu uma ação contra o E.s.t.a.d.o. d.e. S.P. ?
    Tem ideia de quantas décadas leva para o processo ser julgado em última instancia?
    O senhor tem ideia do que é responder a um processo na Justiça, e do desgaste mental que isso causa?
    O senhor já teve confronto com criminosos?
    O senhor já adentrou em uma carceragem com 400 presos para uma capacidade para 45 ?
    O senhor já teve que responder sindicância e depender do advogado do sindicato?
    O senhor tem ideia que não temos direito assistência jurídica gratuita o que nos obriga a termos dupla jornada e a fazer empréstimos para pagar advogados?
    Em algum momento o senhor já sofreu assédio moral no trabalho?
    Caso o senhor não tenha passado por algum destes problemas, me desculpe sua opinião é de quem não tem conhecimento mínimo de nossa realidade.

  57. A Portaria consiste em ato infralegal emanado dos chefes dos órgãos públicos, destinados aos seus subordinados, expedindo determinações gerais ou especiais. Ela deriva do Poder Normativo da Administração, que o exerce no intuito de oferecer fiel execução às leis.Como atos infralegais que são, apenas se prestam a esclarecere a detalhar aquilo que a lei anteriormente havia previsto. Não podem inovar, criar novos direitos ou obrigações.No caso submetido a julgamento, a Portaria atacada inova na ordem jurídica, criando atribuições comuns a todos os membros da Polícia Civil, e especificamente aos Escrivães, algumas alheias a competência do cargo

  58. eu acho que este OPTEL esta desesperado… pois no mínimo na ultima correição como ele relatou ,, deve ter
    tomado o maior esporro dos superiores.. pelas OSs atrasadas …
    e como ele esta em probatorio, e em desvio de função. e a contragosto ( no mínimo ) , ele esta com medo de não passar do probatório….

    no mínimo : a unica saida que ele achou foi esta ,……….. .reclamar ao superior máximo da PC……

    pois sabe ele que na proxima correição tomará outro esporro…..pois sabe que as OSs de novo estara atrasadas….

  59. E DIGO MAIS ::::::

    este OPTEL deve sonhar com uma salinha de OPTEL ao lado da sala do delegado de plantão com ar condicionado.. ouvindo um sonzinho…e curtindo o FACEBOOK.. E MANDANDO zap zap aos coleguinhas …ate o final do plantão
    logicamente que nas horas vagas ,,, né ?????fazendo o plantão de 06 horas diarias… com sabados domingos e feriados livrinhos…………….

    ou eu to errado ?

    ou ele esta errado ?????

  60. È só cumprir as leis à risca:
    Não sair sozinho na vtr
    Relatar os defeitos e as péssimas condições das Vtr e constar que coloca em risco o policial, pedestres e demais veículos
    Quando vencer o prazo das O,Ss informar que não foi possível cumpri-las em tempo hábil devido a falta de pessoal, excesso de serviço etc.
    Há milhares de coisas que poderíamos citar, mas muitos só reclamam e não coloca no papel. Ponha no papel, protocole e guarde via protocolada.
    Faça um relatório comunicando o MP destas mazelas, pedindo providências.
    Façam alguma coisa, ou vão só ficar reclamando aqui????

  61. O cara prestou concurso pra isso, e você pra tomar conta de preso, fazer o quê??? estuda e faz pra agente de tele.

  62. Essa malfadada portaria foi o canto da sereia para muitos colegas.

    Todo mundo sabe que sempre teve um pessoal fissurado para pagar de tira.

    Alguns dão conta do recado, outros não.

    Essa novela não vai acabar nunca.

  63. Vai eu falar que so faco minha funcaou qqer outro falar isso!!! Vc consegue!!! Mas toma uma ripa de dois palmo do mapa!! Fora a perseguicao!!! Adoraria fazer so a minha funcao de auxipapipol que gracas a deus nao tem responsabilidade nenhuma… quero que se foda os outros cargos!!! Reestruturacao nao quero!! Quero que volte como era na decada de 90!! Cada um na sua funcao!! Agora eu no decap e um monte de investigador escondido em departamento cuidando de departamento pessoal e no dipol!!! E trampo de investipol!!?? Nao!! Hipocrisia e foda!!! Qta besteira!!! Abcsss….

  64. Não podemos esperar pensamento diferente dos majuras a raça mais desgraçada e FDP que existe dentro da Polícia, esses viados só pensam neles foda-se o Restopol. Trouxa na PC são quem defende essa raça e se envolve nas tretas deles com os PMs tem que mais deixar eles se foderem na mão da Meganha, só quando eles se sentirem sozinhos eles começaram a olhar para lado perceberam que a policia não é formada apenas por deltas e o Restopol não são seus subalternos e muito menos empregados.
    É legítimo direito do AGENTEL se manifestar contra o desvio de função ele prestou concurso para ser AGENTEL não prestou concurso para ser tira, escriba ou muito menos delta.

  65. Se fosse PM não ia dar em nada. Cansei de puxar B.Os contra PMs, estes por sua vez dizem que não dava em nada porque a vítima não representou contra ele. Estes B.Os não são encaminhados para corregedoria da PM.
    Se fosse PC bastava um B.O para que o delegado enviasse ofício à corregedoria PC.
    Agora tirem suas conclusões.

  66. “A PC odeia quem exerce o direito de petição, especialmente os bagrinhos e ainda em estagio probatório.”
    Aliás, dias atrás eu lia uma sentença, proferida em processo patrocinado por advogado renomado, em que o Sr. Juiz considerou legalmente perfeita a dispensa de dois (ou três) Delegados de Polícia que, em estágio probatório, inventaram de participar armados e munidos de carteira funcional de festa patrocinada (s.m.j) por estudantes do C.A XI de Agosto. Os próprios “acadêmicos de Direito” da USP cuidaram de enquadrar as “Excelências”, sendo “apoiados” pelo Juiz da Vara da Fazenda Pública.

  67. Se a portaria dgp 30 diz que todos devem fazer tudo, “a grosso modo”, então por que existem concursos para 14 carreiras? Melhor unificar tudo e a única carreira faz de tudo. Resolvido.

  68. “DECEPICIONADO”,

    Meu caro, não fui eu quem falei que “na PC a democracia não chegou” , tais palavras me foram faladas pelo falecido ex-seccional de Americana quando eu fui removido de Santos para Hortolândia.

    Apenas as reproduzo rotineiramente para que outros não passem por tudo aquilo que eu já passei. Não obstante, posso reafirmar na teoria e na prática: A DEMOCRACIA AINDA NÃO CHEGOU PARA O FUNCIONALISMO PÚBLICO DE SÃO PAULO.

    Por isso, se acautelem quando exercerem o direito de petição; pior do que a corrupção é a desonestidade intelectual e jurídica reinantes na Polícia Civil, n Procuradoria do Estado e no Judiciário no trato de questões relativas a policiais comuns.

    Mas quanto à representação aqui em debate , efetuada pelo agente de telecomunicações, pelos seus próprios fundamentos continuo a entendê-la como impertinente…É até bacaninha e razoavelmente bem escrita, mas flagrantemente cavilosa. Se gosta de atuar como investigador não tem motivo de reclamar da parte que lhe cabe, ou seja, pouco mais de 40 ordens de serviço. Aliás, 40 OS é trabalho para dois dias e meio: 20 horas de serviço!

  69. Senhor Guerra

    Não é bem assim, quarenta ordens de serviço, apenas para qualificar, notificar e congeneres, conforme o tamanho da cidade, se faz no dia, mas um caso mais complexo demanda maior empenho. Não mencionarei minucias por motivos obvios, mas um delito ocorrido no ano de 2010, demandou-me centenas de diligências, inclusive em outras cidades e foi esclarecido apenas seis anos após. Há casos e casos!

    é o que penso

    C.A.

  70. Sr. Porcaria ilegal

    (…È só cumprir as leis à risca:…)
    Tem certeza?

    Já ouviu a frase “passarinho que come pedra sabe o cu que tem”

    Quando um policial bate de frente com um superior hierárquico pode sofrer todo tipo de represálias inclusive ser mandado para a “casinha”, se o senhor acredita que lá haverá imparcialidade também deve acreditar em Papai Noel, Saci Pererê e Mula sem cabeça.

    O policial só teria alguma chance se houvesse um Sindicato único com um Departamento Jurídico especializado.

    Os corruptos dirão tratar-se de heresia, mas a bem da verdade a c.o.r.r.e.g.e.d.o.r.i.a só funcionaria com eficiência e imparcialidade se tivesse carreira própria e fosse subordinada ao M.P.

  71. 40 ordens de serviço. Aliás, 40 OS é trabalho para dois dias e meio: 20 horas de serviço! vem fazer aqui no meu município em 20 horas de serviço! ta de brincadeira.

  72. Só para constar, quanto as atribuições dos cargos da Policia Civil do Estado de São Paulo estão elencadas no Decreto Estadual nº 47.788/67, SMJ.

  73. Esses caras de nível superior ficam substimanos os policiais mais antigos, pois acham que sabem tudo. Para mim são aqueles tentaram passar num concurso melhor e não conseguiram. Pior que boa parte não conseguem nem esclarexer crimes, mal conseguem cumprir ordens de serviços. E ainda ficam se achando melhores que os outros, agora então não querem nem cumprir ordens legais. Porque não prestaram concurso pra delegado, já que muitos são bacharéis em direito.

  74. Sr. Conde Guerra
    (…40 OS …)

    Discordo do senhor como bem sabe, Ordens de Serviço não são apenas entregas de correspondência:

    1- Primeiro tenta-se um contato telefônico,
    2- Segundo intimação via correios,
    3- Diligencias com VTR.

    Hoje é comum o policial não lograr êxito em encontrar o intimado até porque a maioria trabalha, não mantem seu endereço atualizado, ou a recusa de vizinhos em receber a intimação, além de que muitos, formalmente intimados, não compareceram, obrigando a repetição da O.S.

    O policial além destes inconvenientes precisa tomar cuidado ao efetuar diligencias em comunidades, muitas delas já dominadas pelo tráfico, onde cada vez mais não conseguisse obter nenhuma informação dos moradores, isto tudo leva tempo, sem contar o estado das VTRs que muitas vezes não estão em condições de trafegar.

    A atitude dos policias de Rosana e Rancharia deve ser vista não como uma afronta a instituição policial, mas uma gota d’água em um copo que já estava por transbordar, servindo de alerta que algo não está condizente com patrões mínimos de qualidade e eficiência.

    Acredito que esta instituição esteja com os dias contados, isto muito me entristece, pois, ser policial foi um sonho acalentado deste adolescente.

    Não quero ofende-lo, mas a falta de visão estratégica dos Delegados é a principal responsável pelo fim da PC.

  75. Sr. C.o.n.d.e G.u.e.r.r.a
    (…40 OS …)

    Discordo do senhor como bem sabe, Ordens de Serviço não são apenas entregas de correspondência:

    1- Primeiro tenta-se um contato telefônico,
    2- Segundo intimação via correios,
    3- Diligencias com VTR.

    Hoje é comum o policial não lograr êxito em encontrar o intimado até porque a maioria trabalha, não mantem seu endereço atualizado, ou a recusa de vizinhos em receber a intimação, além de que muitos, formalmente intimados, não compareceram, obrigando a repetição da O.S.

    O policial além destes inconvenientes precisa tomar cuidado ao efetuar diligencias em comunidades, muitas delas já dominadas pelo tráfico, onde cada vez mais não conseguisse obter nenhuma informação dos moradores, isto tudo leva tempo, sem contar o estado das VTRs que muitas vezes não estão em condições de trafegar.

    A atitude dos policias de Rosana e Rancharia deve ser vista não como uma afronta a instituição policial, mas uma gota d’água em um copo que já estava por transbordar, servindo de alerta que algo não está condizente com patrões mínimos de qualidade e eficiência.

    Acredito que esta instituição esteja com os dias contados, isto muito me entristece, pois, ser policial foi um sonho acalentado deste adolescente.

    Não quero ofende-lo, mas a falta de visão estratégica dos Delegados é a principal responsável pelo fim da PC.

  76. A inteligencia policial passa a burrice policial na Policia Civil… Quem sabe um dia a Policia Civil, ou PMs fantasiados de tiras que preferem ir pra rua na ostensiva, passa a trabalhar com inteligencia na preventiva – investigar de verdade – Muita gente fala que o cara quer ficar na mansa… civil investiga, deveria ser bem mais na mansa do que atualmente costuma ser ou vocês não sabem disso ? com anos de tira ainda não aprenderam ? Os caras se queimam porquê querem… Quer trabalhar na ostensiva entra pra PM, bate continência, fica pianinho, pega a adrenalina na rua … Se o agetel ta errado ou não com seu direito de petição (isso existe e é legal) cabe a adm falar não ao cara e cabo… agora os calças brancas reclamando do parceiro, puta falta de respeito dessa instituição ta loco… ate parece que ta recebendo bem pra caramba, com uma escala legalzinha e super feliz…. Putz é mesmo, os caras so lutam para se aposentar pra tentar melhorar algo nada ne…

  77. COM TODAS ÀS VÊNIAS DE ESTILO

    O AGETEL “EM TESE” ESTÁ CORRETO

    MAS COM TOTAL CERTEZA VÃO FUDEREM COM O RAPAZOTE !

    É ASSIM QUE FUNCIONA

  78. SÃO SÓ NOS ESTADOS QUE OCORREM ESSAS MERDAS

    O QUE ESTÁ FALTANDO A MUITO TEMPO

    DESDE QUE A POLÍCIAS CIVIS EXISTEM

    É UNIÃO

    ANTIGAMENTE NÃO ERA ASSIM

  79. Aí sim. Isso é o correto. Direito de pedir. Não xinngu e nem ofendeu. Parabéns.

  80. O GAROTO UTILIZARA O MEIO ERRADO

    SE TIVESSE PROCURADO A JUSTIÇA

    SURTIRIA MAIS EFEITO

    NAS CLASSES POLÍCIAIS SUPERIORES EXISTEM ESPÍRITO DE CORPO

    LAMENTÁVEL

  81. O “Blindado” direto de JP/PB disse:
    25/01/2017 ÀS 12:17
    COLEGAS, SEM EXCEÇÃO !, NÃO TENHO PROCURAÇÃO E NEM PRETENDO TÊ-LA. OCORRE QUE VOCÊS ESQUECEM QUE O DR. DO SITE, PODERÁ DE HOJE PARA A MANHÃ RETORNAR À ATIVA. E SER CHEFE DE VOCÊS. AGORA DE MIM JAMAIS, JÁ FUI. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…,

    ACREDITO QUE POR TUDO QUE ELE PASSOU, TODAS HUMILHAÇÕES

    O MESMO DEVA PEDIR APOSENTADORIA

    VALEU !

  82. de·le·ga·do
    (latim delegatus, -a, -um, particípio de delego, -are, delegar, confiar)
    adjetivo e substantivo masculino

    Que ou quem recebeu poderes de outrem; que ou quem recebeu uma delegação.
    substantivo masculino
    Aquele que é autorizado por outrem para o representar.
    Aquele que tem a seu cargo serviço público dependente da autoridade superior (ex.: delegado do Ministério Público).
    [Brasil] Comissário de polícia.
    adjetivo
    Que se delegou (ex.: poderes delegados).

    “delegado”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/delegado [consultado em 25-01-2017].

  83. DICA AO PESSOAL QUE TEM PROBLEMAS DE SAÚDE

    DEVEM SE TRATAREM E PEDIREM AFASTAMENTOS, LICENÇAS MÉDICAS,

    APOSENTADORIA POR INVALIDEZ

    É UM ERRO

    SERVIDORES DOENTES CONTINUAREM EM ATIVIDADE

    TODOS SABEM QUE DOENÇAS METABÓLICAS CAUSAM CONFUSÃO

    E PROBLEMAS DE RELACIONAMENTOS

    ÀS AUTORIDADES AO DETECTAREM SERVIDORES EM TAIS SITUAÇÕES

    DEVERIAM MANDÁ – LOS PARA O DEPARTAMENTO MÉDICO DO ESTADO !

    ESSE PESSOAL DOENTES NÃO SABEM O QUE FAZEM , O QUE FALAM , ETC…

  84. Esse jovem policial não falou nenhuma mentira, a Polícia Civil está um flagelo, trabalhar dia e noite afinco é desumano, a Polícia Civil quer seguir os passos de exigência da Polícia Militar e não temos efetivo, organização e nem poder para isso, exceto os maçanetas ao menos 70% dos policiais estão virando expediente, plantão, sobreaviso, escoltas individuais contrariando as regras, e ainda são cobrados pelo delegado, pelo seccional e até pelo prefeito da cidade, por produção, a Polícia Civil fera e esculacha os direitos trabalhista, digo mais, fere profundamente os direitos humanos, fazendo o policial correr risco de escoltar presos sozinho, com viaturas avariadas, com salário de fome, com exigências ridículas, com horários e escalas absurdas, e mesmo assim sofre pressão por produção e sofre pressão da sociedade, da câmara dos vereadores, do prefeito e do padre por esclarecimentos de crimes impossíveis.

  85. ENTENDAM PARA RECLAMAREM UTILIZEM

    AS ASSOCIAÇÕES DA POLÍCIA CIVIL

    SINDICATOS DA POLÍCIA CIVIL

    SIPESP

    AIPESP

    LÁ ELES TEEM ADVOGADOS PARA DEFENDÊ – LOS !

  86. UMA PESSOA COM RAIVA , NERVOSA,

    FAZ AS COISAS SEM PENSAR

    DEPOIS DO TIRO DADO, DA FLECHA LANÇADA, DE TUDO ENCAMINHADO

    NÃO VOLTA MAIS ATRÁS

    QUE TÁ TUDO ERRADO , ESTÁ MESMMO !

    MAS TEM QUE UTILIZAREM DOS CAMINHOS CORRETOS

    MEIOS CERTOS

    PARA NÃO SE PREJUDICAREM !

  87. GERAÇÃO POLICIAIS ZUMBI:

    O garoto não mentiu em nada, policiais estão virando ZUMBIS alienados:

    A polícia civil está um caos;
    Falta de efetivo é uma calamidade;
    Trabalha – se 70 horas semanais;
    Vira – se 48 horas em serviço sem ganhar nada a mais;
    Escolta – se sozinho;
    Trabalha – se dia e noite como zumbi;
    Policial é cobrado por produção pelo prefeito, administração, igreja, sociedade entre outros;
    O efetivo é mal distribuído;
    A polícia civil tem um aglomerado de atribuições confusas;
    A policia civil perdeu sua identidade funcional;
    Trabalha – se expediente, escolta noturna, operações extra, plantão e sobreaviso, esclarecimento, escutas, e tem que trabalhar como máquina sem reclamar, até se esgotar, até o surto psicológico senão vai se ferrar.

  88. Diante dos fatos e da repercussão o governo resolveu agir e vai criar a CLASSE DOS ZUMBIPOL, assim ninguém vai reclamar do horário e das escalas absurdas, ZUMBI não vai reclamar de direitos trabalhistas pois não é humano.

  89. resumo da representação: solicitação de exoneração

  90. Isto é apenas o reflexo da política de Segurança Pública do PSDB que está há mais de 22 anos no comando do Governo do Estado de São Paulo. Polícia fraca, bandidos fortalecidos.

  91. Pelo o exposto essa delegacia não precisa de delegado, os caras fazem tudo. Na verdade delegado não passa de um filtro governamental entre a informação é o MP. Parabéns aos agentes de Rancharia!

  92. A situação de trabalho dos policiais no interior é desumana, os policiais viram as vezes 48 horas direto em serviço, parece mentira para em muitas cidades policial não tem descanso, passam anos fazendo expediente, plantão, sobreaviso dia após dia, e parece que policial não tem direitos, não tem vida social, não tem família, perdem os amigos, faz escoltas com sono, e muitas vezes sozinho, policiais estão sendo massacrados e muitos deles estão adoecendo calados, pois não lhes é permitido reclamar, não lhes é permitido errar, pois serão condenados sem direito a nada, policial civil segue regras nesse aspecto a Polícia Militar. Policial é cobrando pelo judiciário, pelos políticos, pela sociedade, policial tem uma responsabilidade que não lhes é cabida, pois não possuem tal poder e valorização social e financeira para tais cobranças, porque policiais não passam de peões mais são vistos como super heróis responsáveis pela paz social.

  93. Já que estamos apontando dedos…
    E aquele delegado que estando alcoolizado, efetuou um disparo ilegal de arma de fogo, com uma calibre 12, num posto de gasolina. E ainda por cima, identificou-se como Policial Federal e roubou cigarros e bebidas? Alguém sabe se ele foi pra rua??
    Postem o nome dele aqui por favor pra eu ver se saiu algo no diário oficial.
    Esse sim tinha que ir pra rua!!

  94. PARABÉNS AO NOBRE AGENTE, QUEM NÃO CHORA NÃO MAMA, E NEM ESTÁ PEDINDO ISSO, VC SÓ QUER QUE SEUS DIREITOS SEJAM OBEDECIDOS, E TER UM LOCAL DECENTE PARA DESEMPENHAR DE UMA FORMA ADEQUADA OS SEUS SERVIÇOS, VC ESTÁ CERTÍSSIMO MEU QUERIDO, QUERO ACREDITAR NO BOM CENSO E A ELEGÂNCIA DOS DIRETORES DA INSTITUIÇÃO, UMA VEZ QUE ESTAMOS NO SÉCULO 21, E JÁ NÃO SÃO ACEITÁVEIS FATOS DO TIPO, UMA VEZ QUE A INSTITUIÇÃO POLICIA CIVIL, ALÉM DE UM ÓRGÃO SÉRIO, TEM O COMPROMISSO DE SER GUARDADORA E CUMPRIDORA DA LEGALIDADE E INTEGRIDADE DA PESSOA HUMANA E DO BOM CENSO, EU NÃO ACREDITO DE FORMA NENHUMA QUE ALGUÉM TENHA CULHÃO SUFICIENTE PARA PREJUDICAR ESSE INTEGRO FUNCIONÁRIO, ACREDITO INCLUSIVE NO POTENCIAL DOS DIRETORES DA INSTITUIÇÃO QUE FARÁ O INVERSO DOS COMENTÁRIOS, OU SEJA, ALEM DE SOLUCIONAR ESSES PROBLEMAS EXISTENTES POR LÁ, ESSE AGENTE SERÁ ELOGIADO PERANTE SEUS PARES ( COMPANHEIROS DE SERVIÇO), POR LEVAR AO CONHECIMENTO DOS SEUS SUPERIORES HIERÁRQUICOS, PROBLEMAS QUE ORA ESTÃO ACONTECENDO, E MAIS, POR VIAS LEGAIS, E MUITO BEM REDIGIDAS, TALVEZ , COISA QUE ESTÃO SENDO ENCOBERTOS POR DETENTORES DE CADEIRAS, E QUE APÓS, SERÃO DESMASCARADOS E PUNIDOS EXEMPLARMENTE.

  95. Rapaz eita começo de ano difícil, parece que todos estão preocupados com um monte de besteiras, menos com a atual política salarial. O que vejo é uma total alienação, esse espaço fala de cada assunto, um pior que o outro, as associações da PM se calaram, como se algum acordo com o governo estivessem feito, no caso dos sindicatos da PC, chega a ser desesperador, começou o ano cobrando é ameaçando sócios por causa de atraso, com coisa que parte desse atraso se dá pela própria incompetência deles mesmos, a Aipesp chegou a falar em índices,porém a matéria foi retirada, ou seja, todas as entidades de classe estão quietinhas, serenas, apenas mordendo a suada mensalidade dos sócios. Acho que estamos fudidos mesmo.

  96. JUstiça,

    Salvo nosso total desconhecimento da situação atual pertinente às contribuições descontadas no holerite , as associações em geral e os sindicatos da PC em especial se calaram desde a ameaça do bloqueio das contribuições DIRETAMENTE na folha de pagamento, o que é feito ( desconto em folha ) desde que o funcionário não tenha outros descontos que subtraiam a maior parte dos vencimentos. Recebe boleto quem já está em situação de absoluta insolvência; obviamente não podem pagar. Daí a entidade classista ficar cobrando e ameaçando exclusão é a prova mais eloquente de que não operam na salvaguarda dos associados.

  97. Polizei,

    Com perdão das palavras, mas o que o cu tem a ver com as calças ? O delegado fez merda e será demitido, aguarde a conclusão do PA. Em relação ao nome segue a postagem aqui publicada em novembro com a indicação do nome:HENRIQUE KÄSTNER JÚNIOR

    08/11/2016
    Delegado de Diadema assalta loja em Campinas…Não é bêbado ou louco: AGIU COMO LADRÃO! 80
    por FLIT PARALISANTE • Sem-categoria
    Homem que disparou tiros em loja é delegado da Polícia Civil; veja o vídeo
    Imagens das câmeras da loja de conveniência foram divulgadas nesta terça.
    Delegado atua em Diadema e aparenta estar alcoolizado no vídeo.

    delegaatira3-7280914
    do G1 em Campina e Região

    O homem que fez disparos na loja de conveniência de um posto de combustíveis em Campinas (SP) foi identificado como delegado da Polícia Civil. Ele atua na cidade de Diadema (SP). Imagens divulgadas nesta terça-feira (8) mostram o momento em que os disparos foram efetuados. [Veja como foi no vídeo acima]

    No vídeo, divulgado pela EPTV, afiliada da TV Globo, o homem de camisa branca é o delegado, segundo confirmação da Secretaria de Segurança Pública de SP. Ele aparece mexendo em uma arma de grosso calibre como se estivesse fazendo um teste, ao colocar a munição. De repente, ele atira e quase atinge o rapaz que o acompanha.

    Ao se abaixar para pegar a cápsula, o delegado se desequilibra, aparentando estar alcoolizado. Ele ainda atira mais uma vez antes de sair da loja. Os tiros atingiram o chão do estabelecimento, o teto e o aparelho de TV, mas ninguém se feriu. O rapaz que está com ele também tem uma arma, mas não faz disparos.

    Delegado atira dentro de loja de conveniência em Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)Delegado atira dentro de loja de conveniência em Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)
    De acordo com a Polícia Civil, o caso do delegado está sendo investigado pela 2ª Corregedoria Auxiliar de Campinas, que instaurou inquérito policial e procedimento administrativo para apurar a conduta do policial. O delegado poderá ser afastado ao longo das investigações. Ele já foi localizado e a Polícia Civil informou que está em contato com ele.

    Disse que era policial federal
    O caso ocorreu na madrugada do último domingo (6). O delegado disse aos funcionários que seria policial federal de São Paulo e que as armas eram de brinquedo. Ele e o rapaz foram embora sem pagar pelo consumo de bebidas e cigarros.

    saiba mais

    O delegado atua como plantonista em um distrito policial de Diadema e em 2015 ele teria movido uma ação junto ao Tribunal de Justiça (TJ) contra a decisão do delegado seccional em transferi-lo de unidade. Na época ele dizia se sentir perseguido por apreender centenas de máquinas caça-níqueis em uma operação deflagrada em fevereiro daquele ano, por ele com a ajuda da Guarda Municipal da cidade, sem comunicar os superiores.
    Em dezembro passado, ele conseguiu derrubar a determinação do delegado seccional e se manteve na mesma delegacia.
    Em nota enviada à redação, a Corregedoria da Polícia Civil confirmou que o policial é delegado e apenas informou que instaurou inquérito para apurar a conduta do “delegado de Diadema”, sem identificar o nome do policial ( HENRIQUE KÄSTNER JÚNIOR ) . Também não informou se o servidor foi afastado do cargo enquanto ocorre a apuração.
    https://flitparalisante.wordpress.com/2015/12/14/ripa-cabulosa-decisao-do-tj-determina-a-anulacao-de-remocao-de-delegado-de-policia-de-diadema-perseguido-por-apreender-caca-niqueis/
    Share this:

  98. Cada um tem seu limite, e o agente chegou ao limite, após trabalhar dias e noites sem descanso, dedicando a vida a polícia, a gota d’água foi o acidente com a viatura, escoltando sozinho com stress explodindo em meio a chuva, essa situação limite inclui milhares de policiais pelo Estado de São Paulo, submetidos aos excessos de cobrança, responsabilidade e com horários desumanos, acumulando atribuições e expostos aos riscos e erros fatais da vida policial.

  99. Não ta contente com a função, você é voluntario, agente pede conta e sai, reclamar de trabalhar nessa crise, é piada.

  100. Viva o Desvio. Quem não gostou q se fod… Todos têm direito a buscar o que é melhor para si. Se Tira não gosta de desvio (pq desvaloriza sua carreira celestial) é pq fez por merecer. Se o cara é desviado pq quis tem que segurar o Reggae, caso contrário apenas se negue a fazer. Desvio sempre teve e sempre terá.
    Não gostaram? Liga para o DGP e ”vê” o q ele acha. Quebrou a cara? Liga para o Alckmin e pede justiça.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  101. Trabalho junto com o referido Agentel.

    Nunca vi ninguém trabalhar quanto o destemido Agentel, sempre disposto a servir, ajudar e proteger a população de Rancharia, mesmo fora de horário (após as 18h). Inúmeras vezes presenciei o Hamilton saindo de sua residência, tarde da noite, deixando sua esposa, para atender a população.

    Rancharia há muito tempo está com o efetivo defasado, pois além dos policiais da Investigação cumprirem ordens de serviço, fazem também escolta (todos os dias), razão pela qual perdem o dia todo fazendo a escolta, consequentemente atrasando as ordens de serviço que tem o prazo de 5 a 15 dias.

    Hamilton, você tem o total apoio nosso, vivenciamos diariamente o descaso em Rancharia, uma vergonha!!

    Infelizmente a falta de efetivo descrita em sua petição, que apenas expõe a verdade, existe há muito tempo, sendo que os crimes nesta cidade, está cada dia maior e daqui uns dias será impossível retomar a ordem.

    Tem alguns “super policiais” aí que estão criticando o agentel, falando que é moleza 40 ordens de serviço, interceptações telefônicas, escolta, diligências, mas eu conheço esse tipinho, são os famosos negativam tudo, que nunca efetuaram uma prisão.

    Abraço Hamilton, conte comigo.

  102. É duro ver Policial Civil defendendo a política de segurança pública desse Governo. Cada comentário … cruel.

  103. ERA O CASO DE TEREM MANDADO ARQUIVAREM

    TANTO A REPRESENTAÇÃO

    E NÃO TER SE CONSUMADO BO

    ASSINADO POR AUTORIDADE

  104. QUEM QUE DISSE

    QUE HÁ DIREITO TRABALHISTAS PARA SERVIDORES PÚBLICOS

    NÃO TEEM DIREITO

    AO FGTS

    E MILHARES DE BENEFÍCIOS E MORDOMIAS QUE A PM TEM !

  105. o pior de tudo é que … com toda a certeza este monte de OS relatada que estão atrasadas, devem ser DE ………………..INQUERITOS PODRÕES ….

    ex= briga de vizinho- bate boca de rua… jogaram lixo na porta do vizinho— briga de bebados….

    e por ai vai………………..

    estes inquéritos podrões são um dos responsaveis por estes atrasos de ORDENS DE SERVIÇOS…………….

    OU EU FALEI BESTEIRA ??????????????????????????????????????????

  106. Vou ser direto; LUGAR DE AGENTEL TELEFONISTA É ATENDENDO TELEFONE E FAZENDO PESQUISA PROS SENHORES INVESTIGADORES!!! Vamos ler varias vezes pra fixar? Até porque agentel é TELEFONISTA DE DELEGACIA!!!

    LUGAR DE AGENTEL TELEFONISTA É ATENDENDO TELEFONE E FAZENDO PESQUISA PROS SENHORES INVESTIGADORES!!!

    LUGAR DE AGENTEL TELEFONISTA É ATENDENDO TELEFONE E FAZENDO PESQUISA PROS SENHORES INVESTIGADORES!!!

    LUGAR DE AGENTEL TELEFONISTA É ATENDENDO TELEFONE E FAZENDO PESQUISA PROS SENHORES INVESTIGADORES!!!

                            LUGAR DE AGENTEL TELEFONISTA É ATENDENDO TELEFONE E FAZENDO PESQUISA PROS SENHORES INVESTIGADORES!!!
    

    LUGAR DE AGENTEL TELEFONISTA É ATENDENDO TELEFONE E FAZENDO PESQUISA PROS SENHORES INVESTIGADORES!!!

  107. O AGENTE DE TELECOMUNICAÇÃO não está obrigado a fazer escolta, muito menos a realizar INVESTIGAÇÃO.

    O problema é que o DESVIO DE FUNÇÃO está institucionalizado na Polícia Civil PAULISTA, onde esses guerreiros das outras carreiras diversas da de investigador/escrivão estão prestando excelente serviço para a nossa instituição. Porém, NÃO ESTÃO SENDO RECONHECIDOS PELO QUE FAZEM.

    A carreira que mais se encontra protagonizando o trabalho “BOMBRIL” é a de CARCEREIRO. Contudo, o que esses guerreiros ganharam até agora? N A D A !!!!!

    Fez certo o Agente de Telecomunização! Ele prestou concurso pra atender ramal de telefonia nas centrais e fazer pesquisas nos sistemas. Nada a mais ele está obrigado a fazer.

    E pra finalizar; a PORTARIA DGP-30 já foi alvo de processo judicial, onde juiz determinou a sua nulidade, pois fere com a lei das orbigações individuais de CADA CARREIRA!!!

    A T E N Ç Ã O C A R R E I R A S D I V E R S A S !!!!!! CARCEREIROS…..AGENTES……AGENTELS……..PAPIS……etc……NÃO FAÇAM ALÉM DO QUE AS SUAS CARREIRAS OS OBRIGA!!!!! VOCÊS NUNCA SERÃO VALORIZADOS POR DAREM OS SEUS SANGUES EM TRABALHOS ALHEIOS AOS DAS SUAS FUNÇÕES!!!!

  108. o fato relatado por este policial desesperado, com medo de ser estirpado da corporação é o retrato atual da PC de são paulo………………….

    a poucos dias atras , vimos noticias de que a ROTA após denuncia anonima interceptou 02 ou 03 veiculos carregados de drogas e armamentos pesados….compondo varios malas aqui em são paulo, e apos troca de tiros zerou 05 malas .
    os demais fugiram…………………………..

    ontem ouvi na mÌdia que o nosso orgulhoso DEPARTAMENTO DEIC .. recebeu uma ordem de investigar os PICHADORES DE SÃO PAULO…………………… e se possivel prende los………………

    mas pera ai !!!!!!!!!!!!!!!. pichadores vão pra cadeia ?????????????????????????????????????????????????

    se forem sera a primeira vez ;………………………………………………………….

  109. O.S é gerada por falta de coletas de informações no R.D.O. . Por isso o policial que registra tem que saber que amanhã ele pode sair do plantão e ir para chefia ( expediente ) de uma unidade policial, comprometimento com a Instituição e respeito com os outros colegas de trabalho; Outras geram porque o escrivão não percebe que tem um telefone de contato e poderia sanar com uma ligação telefônica; Outras, chegam há época da correição e a saída é por no Investigador o B.O.
    Quanto a petição do colega e o R.D.O do outro, devemos nos unir a eles, independente da função é um problema de todos !

  110. Vamos lá gente, fazer POLÍCIA!!! Bora fazer POLÍCIA, tem que fazer POLÍCIA, fazer POLÍCIA, prá vocês terem estórinhas para contar aos netinhos…

Os comentários estão desativados.