Dez motivos que deveriam levar policiais civis à greve…( Mas a covardia não deixa! ) 462

Uma vez que a cúpula da Polícia Civil e o governo estadual nada fazem de concreto para valorização dos policiais civis , para o prenchiumentos dos cargos vagos , melhores condições funcionais e materias;  reforma  nas instalações, inclusive, os policiais operacionais deveriam cruzar os braços. Motivos não faltam, falta coragem e vergonha na cara. Escolha o seu ( motivo ) e pare!

1 – Sucateamento da Polícia Civil: nos últimos anos a Polícia Civil perdeu mais de 10 mil policiais e o governo estadual  se recusa a preencher os cargos vagos. Na prática condenando o órgão a extinção.

2 – Perdas salariais: o governo estadual nunca propôs reajustes que recompusessem a inflação ocorrida desde a posse do governador Mario Covas em 1995.

3 – Adicionais não é remuneração: os adicionais criados pelo governo não incide nas férias, 13º salário, licenças ,  previdência, muito menos beneficiam  aposentados.

4 – O setor mais importante do governo: sem segurança pública nada se produz. Não há saúde, educação ,  justiça, comercio, agricultura e industria.

5. Descaso governamental: o governo inventa grupos de estudos que nada elaboram de concreto; quando chegam a bom termo suas propostas são totalmente ignoradas.

6. Adicional por acúmulo de funções: todo policial exercendo atribuições de outros cargos ou em circunscrições diversas deveria , tal como os delegados , receber um adicional compatível.

7. Diárias durante escalas de sobreaviso: policial fica à merce da Administração que pode requisitá-lo a qualquer hora do dia ou da noite, folgas, feriados e fins de semana, sem contrapartida.

 8 – Desigualdade entre carreiras : policial civil nem sequer recebe a metade do que o estado paga para carreiras de outros órgãos e poderes , muitas com  menos requisitos para ingresso , formação  e atribuições menos complexas.

9 – Vida de policial não é moleza: baixos salários , jornadas escravasassédio moral, cobrança por produção, adoecimento, sobrecarga de trabalho, terceirização ( gansos e funcionários municipais ) . O governo não faz nada para melhorar as condições de trabalho.

10 – Conselho da Polícia Civil inerte: o Delegado Geral  e seus Diretores de confiança nada fazem para melhorar as condições financeiras e funcionais dos policiais civis, resultando um órgão composto por funcionários descontentes que odeiam e boicotam seus superiores.  

Estes são apenas dez singelos motivos entre centenas, mas a covardia tomou conta do órgão desde que a Polícia Civil “apanhou” da Polícia Militar em 2008. Perderam o brio e a vergonha.

confronto-entre-pm-e-pc 

  1. servidor estadual (TJSP) em 27/01/2017 às 20:18

    NÃO ESTÃO CONTENTES, PEDEM PRA SAIR…
    Xxxxxxxxx

    Como se o TJ nunca tivesse feito uma greve.

  2. PESSOAL !, CONSOANTE OS DEZ MOTIVOS ACIMA ENUMERADOS E OUTROS TANTOS QUE FALTARAM, INFELIZMENTE O BARCO ESTÁ AFUNDANDO E NOSSA EGRÉGIA POLICIAL CIVIL DE SÃO PAULO, LOGO MAIS IRÁ DESAPARECER. E COM UM DETALHE, GRAÇAS A ESSA TURMA DE DELEGADOS QUE TÃO SOMENTE PUXAM A SARDINHA PRA OS SEUS PRATOS E OS RESTOPOLS. QUE COMAM MEDA. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…. .

  3. A verdade é que a categoria oscila entre os leões dos teclados e o coitadismo.

    Parece coisa de bipolar.

    Quanto a ter apanhado da PM, sempre é tempo para uma revanche.

  4. Blz.
    Então eu dou um motivo só para que esses 10 motivos não sejam atendidos:

    No Brasil, só 5% dos homicídios são elucidados

    No Reino Unido, taxa é de 85% e nos EUA, de 65%; 85 mil inquéritos abertos em 2007 ainda estão inconclusos.

  5. Nossa Agripino…27 mil IPs?…..qual o motivo da pm ter falhado tanto no ostensivo deixando tantas mortes ocorrer? Já sei RS rondas só onde há comércios né. …salve o pingado com pão com margarina.

  6. Guerra, acrescente por favor o décimo primeiro motivo que é o medo de sermos agredidos novamente pela pm, igual ocorreu em outubro de 2008 ao mesmo tempo que a menina Eloá estava sendo morta enquanto o gate (pm) atendia a essa ocorrência.

  7. Esses dez motivos ainda é só um exemplo, pois poderia passar o resto da noite listando motivos para uma greve geral na policia!
    Covardia também não é o único motivo de não se mexerem para que uma greve seja feita, pois em primeiro lugar vem a corrupção policial, pois policial que não precisa do salário nem pode ouvir falar em greve, senão deixa de arrecadar dinheiro.
    Depois vem os segura cadeira, pois se o titular não segura seus subordinados, não arrecada e também não ficará na titularidade.
    Depois disso vem os que complementam o salário com bicos, empresas ou outra atividade lícita qualquer, sendo que só está na polícia para ter carteira e arma, portanto, não vivendo do salário da polícia, não tem que se preocupar com greve.
    Os sindicatos são outros culpados que vêm logo em seguida, pois não fazem nada, só querem saber de receber mensalmente as contribuições. Muitos nem saem as ruas ou sequer vão falar com o Delegado Geral, o Secretário ou o Governador.
    Também tem os que já estão aos 45 do segundo tempo para se aposentar e só estão esperando publicar, subir de classe ou qualquer outra coisa, não querendo arrumar pra cabeça justamente agora.
    Tem os novatos que não ligam para porra nenhuma, pois tem pais que os bancam e estão estudando para outros concursos.
    Tem os conformados com a situação, que pensam igual a piada do cara que chega em casa e encontra a mulher na cama com outro, vindo a jogar fora a cama, achando que ela é o problema da mulher o estar traindo.
    Ainda tem aqueles poucos que até não tem medo de se manifestar ou de peitar os superiores, mas são tão poucos que ninguém dá importância, pois são fáceis de se esquecer, punindo-os ou dando bonde neles. (como é o caso do agente que fez um bo contra o Estado recentemente).
    Acredito que só então chega a vez dos acovardados, que não se enquadram em nenhuma das hipóteses acima, mas que por medo de bonde, corregedoria, represália etc, nada farão para que as coisas mudem.
    É, em suma, estamos fodidos e mal pagos, literalmente.
    O fundo do poço já chegou, estamos próximos do fim do volume morto isso sim!
    Que Deus nos ajude!

  8. Ok, Agripa, agora que já falou merda, vai lamber o saco de algum superior seu.

    Isso que dá ficar com a boca desocupada.

  9. Fico me imaginando como patrão em uma empresa em que o índice de produtividade dos funcionários seja menos de 7%.
    Acho que é algo para se pensar.

  10. Eu não sei porque reclama tanto do ordenado. Tá tão bom, a gente tá trocando de carro todo ano, comprando coberturas, acendendo charutos cubanos, a nossa geladiera está repleta de laticínios, iogurtes, presunto parma a vontade,nossos filhos estudam em colégios junto com os filhos da elite paulista, estamos todos saudáveis, bem nutridos, felizes, os colegas estão todos super bem asseados, não tem ninguém com cara feia, não entendo porque tanta reclamação de salário, eu acho que estamos ganhando muito bem, agora lhes peço licença prá ir a farmácia comprar meu gardenal e depois passarei na venda do seu Antonio pegar meu jantar, miojo…Estão servidos?!

  11. Puta vida! Nesse flit só da PM enchendo o saco! Acabou! Tô fora!

  12. O canto da sereia que levou esta instituição a morte foi convencer os Delegados que eles não deveriam lutar por melhores condições de trabalho para seus subordinados que em troca continuariam a existir, nesta nova estrutura onde o M.P. investiga com o apoio da P.M.

          É interessante como pessoas que por dever de oficio tem um nível de conhecimento muito acima da média não percebem que para a P.M. se consolidar como braço direito do M.P., e eles se consolidarem como um quarto poder é imprescindível que não exista mais a figura do Delegado?
    
          E com a perda da importância do cargo também haverá perda de salário.
    
          Não acredita? Preste atenção neste detalhe: no Inquérito Digital a pessoa é habilitada no sistema, não havendo necessidade de ser Delegado ou Escrivão.
    
          E com a avalanche de policiais civis que estão aposentando em breve milicianos serão deslocados para trabalhar nos plantões, momento em que os Delegados acreditaram que sua carreira estará salva, mas na sequência milicianos também vão ser capacitados a utilizar o I.P. Digital, nesse dia não vai adiantar chorar, a casa caiu.
    
  13. O canto da sereia que levou esta instituição a morte foi convencer os Delegados que eles não deveriam lutar por melhores condições de trabalho para seus subordinados que em troca continuariam a existir, nesta nova estrutura onde o M.P. investiga com o apoio da P.M.

    É interessante como pessoas que por dever de oficio tem um nível de conhecimento muito acima da média não percebem que para a P.M. se consolidar como braço direito do M.P., e eles se consolidarem como um quarto poder é imprescindível que não exista mais a figura do Delegado?

    E com a perda da importância do cargo também haverá perda de salário.

    Não acredita? Preste atenção neste detalhe: no Inquérito Digital a pessoa é habilitada no sistema, não havendo necessidade de ser Delegado ou Escrivão.

    E com a avalanche de policiais civis que estão aposentando em breve milicianos serão deslocados para trabalhar nos plantões, momento em que os Delegados acreditaram que sua carreira estará salva, mas na sequência milicianos também vão ser capacitados a utilizar o I.P. Digital, nesse dia não vai adiantar chorar, a casa caiu.

  14. “agripino disse:
    27/01/2017 às 21:30

    Fico me imaginando como patrão em uma empresa em que o índice de produtividade dos funcionários seja menos de 7%.
    Acho que é algo para se pensar.”

    Já parou para pensar que pode ser o “patrão” que está afundando a empresa?

    Ou é um esforço muito grande para tão pouco cérebro?

  15. Eu li o Tira Veio escrever que nem sou polícia ainda. Ele tem razão nisso. Vocês que já foram nomeados e empossados e têm 20 e poucos anos de Polícia Civil que decidam o que fazer. Ainda que quisesse estar do lado de vocês, não acho que haja a recíproca. De agora em diante, serei um simples leitor do blog. Quando, e se, for nomeado, aí poderei opinar.

  16. Aqui é o Agepol de Primavera: Não tenho medo, mas se eu cair é toda uma classe que cai, talves daqui uns anos esteja exercendo outra atividade e se eu olhar para trás lembrarei que sai da Polícia Civil de cabeça erguida e combati o bom combate, fui honesto e bati de frente não somente contra o Estado mas contra o crime e nunca me acorvardei diante de um criminoso.

  17. Quem sempre comandou o barco Policia Civil?????????

    Não foram os carcereiros…nem escribas.E aí Semideuses delegados??? Este é o rumo guiado por vocês. Aceitem que fizeram bosta.

  18. Carcereiro 13,

    Não acredito nisso.

    Muito mais rápido do que se pensa, o MP vai colidir com a PM e suas investigações vão para o ralo.

    A PM sempre foi assim, começa puxando o saco, depois tenta dar o bote.

    Agora, fala sério, vai dar uma de esperto em cima do MP?

    Sem chance.

  19. O AUTOR DO POST AÍ ACIMA, ESTA EQUIVOCADO, A POLICIA CIVIL NÃO APANHOU DA PM COISA NENHUMA, EU ESTAVA LÁ E PRESENCIEI TUDO O QUE OCORREU NAQUELA TARDE. SIMPLESMENTE, OS BONECOS, PUXA-SACOS DO GOVERNO FIZERAM UMA LINHA PARA PROTEGER O PALÁCIO. HOUVE SIM, ALGUNS TUMULTOS, AGORA, ESTA PALAVRA “APANHAR” NÃO SOA BEM; NÃO CONFUNDA CONFRONTO OU TUMULTO COM “APANHAR” ESTOU ATÉ ACHANDO QUE VOCÊ NÃO É POLICIAL CIVIL.
    NÓS SÓ TEMOS UMA SAÍDA, SE ORGANIZAR E CHEGAR ATÉ AS ÚLTIMAS CONSEQUÊNCIAS…
    VAMOS NOS MEXER…
    ABRAÇOS A TODOS…

  20. É ISSO MESMO “HORÁRIO DE ALMOÇO”. TIVEMOS UM EXEMPLO BEM CLARO HÁ POUCO TEMPO ATRÁS; FERREIRA PINTO, NÃO PRECISO DIZER MAIS NADA…
    O FAMOSO FDP…

  21. e vergonhoso, os delegados tem grande parte nesta culpa, pois so veem seu lado e enxergam o proprio umbigo, ignorando as demais classe, nos tambem temos culpas por nao agirmos de forma conjunta e unificada, nossos sindicatos sao comprados nao fazem nada por nos que pagamos mensalmente e anualmente, a falencia e extinção e dada como certa so nao se sabe quando, entrei com grande orgulho na instituição, sobrevivo e tenho vergonha, do que nos tornaram, inertes e sem acao,

  22. MINHA PRODUTIVIDADE ESTÁ CAINDO PROPORCIONALMENTE AS PERDAS INFLACIONÁRIAS NÃO REPOSTAS.

  23. Concordo com tudo, exceto com a frase: “desde que a Polícia Civil, apanhou da PM”. Isso não é verdade, eu estava lá, eu lutei, briguei, respondi na Corregedoria, fui ouvido no Comando da PM, portanto, nenhum Policial Civil, embora em menor quantidade, apanhou ou se acovardou. Inclusive, escrevi até um livro sobre esse dia fatídico.

  24. SERIA TRÁGICO, MAS, FOI CÔMICO.
    Vejam o desempenho dessa ocupante de um cargo na carreira…jurídica. De plantão,no meu mísero entender, “não fazendo” jus sequer ao salário, quiçá ao tal de GAT. Na parte da tarde, chegou lá, um certo cavalheiro, acompanhado de dois outros. A então “autoridade máxima”, foi lá sabatiná-los: “quem é o sr.?” –“ fulano”; respondeu o primeiro. O segundo e o terceiro também. Somente após 15 minutos de conversa que a tal “carreira jurídica” senhora, se convenceu e entendeu que estava falando com seu superior hierárquico, que aliás,nunca vira anteriormente e nunca teve interesse em conhecer. Diz aos “quatro ventos” que é operacional, contudo: Não dita depoimento; não dita histórico de BO’s, não acompanha Flagrantes, chega mais tarde e quer sempre ir embora mais cedo, almoça “rapidamente em 03 (tres) horas“, pois (SEGUNDO ELA) tem que dar comida para outro animal. Vive reclamando das péssimas condições de trabalho, do GAT, etc., e pior: não trata ninguém decentemente, “nem de dentro e nem de fora!” Finalmente, nesse dia, elaborando um Flagrante (logicamente, realizado do começo ao fim pelo desgraçado do Escrivão), o superior lhe perguntou, qual o título do BO do tal procedimento para constar nos papéis DOUTORA? e a resposta definiu tudo: “não me lembro; não me recordo; não sei!” — Aqui entre nós, se ganhasse um Mínimo, não seria justo para tanta responsabilidade?

  25. Finalmente dono do blog admitiu a verdade, não adianta chorar no vídeo é visível vários PCs ficaram feridos deu até dó tomaram aquele pau que bandido leva da PM ai ai ai ai se não fosse GOE e o GARRA colocar as VTRs para proteger os outros policiais sei não, bem que dizem que umas das poucas coisas que fazemos só uma vez na vida é apanhar da ROTA. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Espero que os nobres Policiais Civis tenham entendidos !!! 😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂

  26. PM parece adolescente que se acha melhor do mundo … Fala mal da Policia Civil, mas quando abre concurso a sala lota de PM, engraçado ne ???? kkkkk PM bom é o que bate continencia direitinho e lustra as bolas do superior… Fala que a Policia Civil apanho ta certo, ate aceito isso, mas não posso deixar de dizer que o PM não precisa lustra bolas de oficial todo dia hahuauhauhauuahuh, e nem é penalizado se chega com camiseta amassada (policia não é desfile de moda)… Quando abrir o concurso pra CIVIL esperamos os PM chegarem, quem sabe na proxima, se tiverem coragem, vocês apanham da ROTA tmb.

  27. Pensativo010:
    Pelo tamanho da pm em relação a Policia Civil, embora os resultados da greve não foram com se esperava, não ficou tão feio assim, lembra que teve até coronel com tiro na bunda.

  28. Agripino:
    Quer resultados tem que fornecer os meios.
    O índice da criminalidade é inversamente proporcional ao salário da Polícia, é essa a verdadeira formula da Segurança Pública.

  29. Agripino:
    Se for patrão de uma empresa, experimente pagar um péssimo salário para seus funcionários e deixa-los em condições de trabalho precárias, vamos ver que resultados você terá, garanto que não chega a 7% de desempenho.

  30. “Utilize os serviços da Polícia Civil (iniciando pelo atendimento no Plantão), e de cara descobrirá os motivos de nossa derrocada.”

  31. E PORQUE NÃO PÕE O PAU PARA TORAR ??? ESTA SEMANA VI NA GLORIOSA REDE GLOBO QUE POLÍCIA CIVIL E MILITAR NÃO PODEM FAZER GREVE??,MAS O CAOS JÁ ESTÁ INSTALADO HÁ ANOS DESDE QUE HOUVE AGLUTINAÇÃO DE DELEGACIA EM 2010 EM PRÉDIO INSALUBRE CAINDO AOS PEDAÇOS COM RISCO DE CURTO CIRCUITO POR CONTA DAS GAMBIARRAS NAS INSTALAÇÕES E POR AÍ VAI. ATÉ QUANDO VAMOS NOS SUBMETER A ESTE SERVIÇO ESCRAVAGISTA JÁ TIVE ORGULHO DE DIZER QUE SOU PC, MAS AGORA 25 ANOS DEPOIS SÓ RESTA LAMENTAR?????

  32. Não é a covardia que impede a PCSP de decretar greve. É o recolhe do bixo, puteiros, desmanches, etc. Também tem a pá daqueles que tem mordomia de ir e vir com VTR Cobalt, Fluence, entre outras com tudo pago pelo Estado (tem Portaria DGP, mas ninguém mostra na Globo), chegar na delegacia 11:00 da manhã e por aí vai. Além disso, hoje 28/01/2017 foi publicada uma reportagem sobre trabalho escravo no Diário Oficial do Estado. Quem consultar um auditor do trabalho verá que a PC se enquadra tão bem quanto as oficinas de costuras bolivianas ou fazendas; tudo bem que pra nossos dirigentes, a polícia é feita de jagunços.

  33. Alguns Pms que postam aqui se vangloriando em cima da Polícia Civil devem viver no mundo da fantasia!
    Ainda só está bom pra oficial e delegado, pros demais está a mesma merda.
    E se vamos falar de eficiência, a PC esclarece apenas 7% dos crimes, já a PM com 4x mais efetivo, não deve prender em flagrante nem esses 7% dos criminosos que delinquem diariamente, bastando ver que os plantões estão lotados de vítimas de crimes que não foram evitados. Perguntem a população se ela acha que a Pm presta um bom serviço!
    Por fim, merda por merda, ainda sou muito mais a Polícia Civil, e falo com propriedade.

  34. Realmente nossa situação está uma merda…mas uma coisa me deixa feliz com tudo isso, ainda fazemos inveja à outra instituição…..: SEMPRE TEM PM QUE NAO PASSA NOS CONCURSOS DA PC VINDO AQUI E DANDO PITACO…kkkkkkk FREUD EXPLICA KKKKKKKKKKKKKKKK

  35. SR. ” Sandro”, ISTO AI NÃO É NADA, PIOR SÃO ESSES POLÍTICOS, SEM EXCEÇÃO “TIRAREM” OS POLICIAIS CIVIS COMO TROUXAS. COMO PODEMOS VERIFICAR NO SITE DA ALESP, PERTINENTE A ESSE PLC. 37/16, EXISTE UM REQUERIMENTO DATADO DE 01/09/16, DESSE DEPUTADO “PERUQUINA”, NO QUAL ELE SOLICITA TRAMITAÇÃO URGENTE DESSE PROJETO. IMAGINE SE NÃO FOSSE PEDIDO ESSE REGIME DE URGÊNCIA. NÃO DEVEMOS ESQUECER TAMBÉM DAQUELE GRUPO QUE FOI FORMADO PARA ESTUDAR A REESTRUTURAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL, S.M.J., ELES CONTINUAM “ENGRUPINDO” OS POLICIAIS, POIS S.M.J., O PRAZO SERIA DE SEIS MESES E JÁ TRANSCORRERAM APROXIMADAMENTE DOIS ANOS. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  36. “Utilize os serviços da Polícia Civil (iniciando pelo atendimento no Plantão), e de cara descobrirá os motivos de nossa derrocada.”

    Parabéns Fernando, Em uma frase o Sr. descreveu muitíssimo bem o motivo do caos!!

    Não conheço ao menos 01 cidadão que aprove e elogie os serviços da PC. O mais infantil de tudo é que os Policiais acham que esta imagem não chega ao conhecimento do Governo.

    Resultado: Governo por si só já não está nem ai para o funcionalismo publico em geral. De repente fica sabendo que determinada categoria não tem credibilidade nenhuma perante a sociedade, pra que ele vai olhar por esta categoria?

    É tudo que o Governo precisa para virar as costas e continuar com o massacre!!!

  37. Vai ser preciso a polícia civil acabar, para que algo aconteça, quando o “pro labore” dos dirigentes da civil minguar, e vai ter nego se descabelando pra manter triplex e afins, ai vão chamar a gente, os fudidos, para caminhar com eles pra levantar a civil

    Quando a civil se levantar e o pro labore voltar, vão dar um belo dum pé no nosso rabo, pois diferente dos oficiais da pm que também ganham o pororó, mas olham pela instituição como um todo, os delegados já demonstraram que não tem competência pra gerir a civil, além de fazer qualquer negócio, dar o cu se for necessário por jota, pois é meu amigo, o melhor é deixar essa instituição acabar, eles nunca vão fazer nada por nós

    E como tem gente burra e alienada, se não está contente pede pra sair kkkkkk o manézão, sair de onde? Daqui a pouco não vai mais existir civil, acorda pateta

  38. Esse cenário só mudará se fizermos uma greve geral, com todas as carreiras participando, inclusive a Científica.. corpos no chão sob o sol escaldante, de preferência com um urubú ao lado, e a globo news filmando. O governo não teme a polícia, mas teme a opinião pública e imprensa.

  39. E para os policiais que acham que o atendimento é ruim, todas as carreiras sentem o rabo na cadeira, e façam o trabalho de escrivão, 3 flagrantes por plantão, façam bo, deixem tudo prontinho pro delegado assinar, façam tudo sozinho enquanto todos dormem, detalhe, nas delegacias é um só escrivão

    Depois disso tudo, atendam com um sorriso no rosto a vítima que aparece as 6 da manhã para fazer um bo de ameaça, e quando você diz que está montando flagrante essa pessoa te maltrata e diz que paga o seu salário

    O mau atendimento se deve ao cansaço e sobrecarga, em 1998 a civil tinha 45 mil policiais para 19 milhões, hoje 23 policiais para 49 milhões de habitantes, a situação está insuportável e inviável, antes de falar merda pensem um pouco

  40. Colegas Policiais, bom dia:

    Confesso que se houvesse tempo e espaço, daria minha resposta para cada um dos dez itens expostos pelo Administrador do Flit.

    Começaria por discordar da afirmação de que a Polícia Civil apanhou da Polícia Militar. Não é verdade, eu tomei parte ativa em todo o processo (fui eu quem fez e levava o ofício assinado pelos 19 presidentes de associações/sindicatos para ser entregue ao Sr. Governador). O que houve foi um confronto, desigual, entre os que queriam passar (nós, policiais civis) e os que receberam ordens para não deixar passar (os policiais militares). Não houve não acovardamento de nossa parte nem covardia da parte deles. Isto tem que ser desmistificado!

    Quanto à situação de quase insolvência da nossa Polícia Civil, temos sim, que assumir a culpa que nos cabe enquanto Instituição e enquanto integrantes individuais de todas as carreiras, que nunca fizemos a “lição de casa” como deveríamos ter feito. O resultado disso, está aí para quem quiser ver.

    Sobre a atuação das entidades de classe (associações e sindicatos), deixa muito a desejar: individualismos; excesso de vaidades; apego aos cargos (tem presidentes que estão nos cargos há 18/20 anos). Tenho bom relacionamento com quase todos eles, mas não concordo com a forma com que alguns deles atuam em defesa das classes que representam. Tenho a certeza de que se as entidades de classe (e vejam que são MUITAS) fizessem a sua parte, a coisa não estaria no nível em que está.

    Constato que há hoje um profundo desinteresse dos colegas policiais pelos assuntos que dizem respeito à Instituição. Vejam, ontem mesmo (27/1), organizei uma palestra (a segunda de 2017), para tratar de questões de interesse dos associados e, portanto da Polícia. Sabem quantos compareceram: dez policiais civis, um GCM, dois jornalistas, além de mim e do palestrante). O “BO do colega de Rosana, foi a tônica! E olhem que o encontro foi bastante divulgado e o local (sede da IPA) fica a 200 metros do Palácio da Polícia!

    De qualquer modo e encerrando, convido – e até desafio, respeitosamente – o Administrador do Flit, autor da do decálogo, e a todos quanto escreveram nesta página, a comparecerem na sede da IPA – saindo da condição de “leão de teclado” – e virem discutir sobre a forma de colocar em prática (quando for o caso) cada um dos DEZ ITENS elencados!

    Respeitosamente,

    Jarim Lopes Roseira, presidente da Seção de São Paulo da IPA (International Police Association) – Av. Cásper Líbero, 538, Cj. 33 (Galeria Almira), Luz, com entrada, também, pela rua Brigadeiro Robias, 699. Tel. (11) 3313.5077 / 97280.3937

  41. O governo está economizando 50% em salários já que não contrata, o que daria para dobrar o salário de todo mundo, é um policial fazendo a função de outros tantos, é uma delegacia respondendo por 300 mil habitantes

    É fácil falar bosta né, a pm com seu efetivo aumentando todo ano, 100 mil policiais, e a gcm trabalhando como pm, aumenta tudo, mas a civil está uma maravilha sem efetivo, trabalhando em regime de escravidão, e ainda tem idiota dizendo que se não está feliz pede pra sair, bando de imbecil

  42. “não está feliz pede pra sair”

    É uma frase muito utilizada por pessoas que desconhecem o trabalho policial ou tem má fé, já que o policial insatisfeito, não precisa pedir exoneração basta ele esquecer sua função primordial de enfrentar criminosos, passando a ser um mero cumpridor de ordens, sem nunca deixar levar-se pelo interesse da causa ou como dizem nas empresas “ vestir a camisa”.

    A motivação é um componente essencial para obter-se resultados em uma investigação, portando aquele policial que apenas cumpre horário não sofrerá os desgastes inerentes a profissão, tão pouco trará resultados efetivos, mas a questão principal que essas pessoas não percebem é que a neutralização da polícia de investigação abre as portas para o fortalecimento do crime organizado e como consequência também dos lucros auferidos pelas empresas que tem seus lucros aumentados com a ineficácia da Policia Repressiva.

    A geografia de S.P difere do R.J., facilitando para os órgãos de imprensa e o governo a mascarar os conflitos entre as policias e os marginais. O PCC que a pouco tempo exercia seu poder em algumas unidades praticamente já domina além dos presídios, comunidades inteiras, dificultando cada vez mais a apuração de crimes, por assumirem a função de Juízes de instrução resolvendo conflitos nas comunidades e instalando a Lei do silencio.

    Resumindo:

    Sem uma polícia que identifique e leve à Justiça o criminoso, cada vez mais a população será refém em seu próprio lar, além de gastar cada vez mais para proteger seus bens.

    O policial não deve apertar o botão do F….. , já que tem entes queridos, ( filhos, pais, amigos e (filhos), mas se o G.o.v.e.r.n.a.d.o.r. não rever essa decisão de desmantelar a Policia Civil em breve isto irá acontecer, transformando este Estado em um inferno de Dante.

  43. Jose dantas (28/01/2017 às 13:00)

    E para os policiais que acham que o atendimento é ruim, todas as carreiras sentem o rabo na cadeira, e façam o trabalho de escrivão, 3 flagrantes por plantão, façam bo, deixem tudo prontinho pro delegado assinar, façam tudo sozinho enquanto todos dormem, detalhe, nas delegacias é um só escrivão

    Depois disso tudo, atendam com um sorriso no rosto a vítima que aparece as 6 da manhã para fazer um bo de ameaça, e quando você diz que está montando flagrante essa pessoa te maltrata e diz que paga o seu salário

    O mau atendimento se deve ao cansaço e sobrecarga, em 1998 a civil tinha 45 mil policiais para 19 milhões, hoje 23 policiais para 49 milhões de habitantes, a situação está insuportável e inviável, antes de falar merda pensem um pouco

    ===========================================

    Isso quando não tem que assinar pelo delegado (arriscando a própria carreira e podendo ser demitido sem julgamento) para atender aos prazos, porque, se atrasar, lá vem o bonde.

    Ganhando menos que perito.

    E nem sei se existe, mas que eu fiz muito, o terceiro dia, enquanto o restante da equipe ficava de folga.

    Mas com a vítima precisa ter paciência. Se ela “se acha” no direito de reclamar é porque ninguém explicou as condições de trabalho para a sociedade.

    Os jornais escondem propositadamente, afinal dependem das verbas publicitárias governamentais. E os dirigentes da PC têm outras preocupações. A briga não pode ser com a vítima, precisa ser com a Administração e com o governador. E não precisa de qualquer ato extraordinário, basta mostrar a verdade do cotidiano dos policiais.

  44. constatei que a policiai civil acabou no momento em que passei a utilizar o carimbo de ” assinado no original ” quase 100% do tempo de trabalho

    no mais é empurrar com a barriga até dar o tempo de aposentadoria

  45. PESSOAL !, É AQUELE VELHO DITADO ” É O FEITIÇO CONTRA O FEITICEIRO”, HÁ POUCO TEMPO, UM COLEGA AI ACIMA RECLAMAVA QUE AQUELES QUE ACESSAM ESSE CONCEITUADO SITE SE ESCONDIA ATRÁS DOS VERDADEIROS NOMES, CODINOMES, HOJE ELE APESAR DE IDENTIFICAR NO FINAL, VEM COM ESSE TAL DE ” ipasaopaulo “. RAPAZ, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  46. Daniel disse:
    27/01/2017 ÀS 21:51
    Aqui é o Agepol de Primavera: Não tenho medo, mas se eu cair é toda uma classe que cai, talves daqui uns anos esteja exercendo outra atividade e se eu olhar para trás lembrarei que sai da Polícia Civil de cabeça erguida e combati o bom combate, fui honesto e bati de frente não somente contra o Estado mas contra o crime e nunca me acorvardei diante de um criminoso.

    Não adianta, o policial Daniel está certo, diante do caos ele foi a voz da coragem, o Estado desleixou com a Polícia Civil, e esse esculacho tem suas vítimas, e o Daniel é apenas um dos milhares de policiais civis sofrendo com dias e noites sem dormir, sem direito ao sagrado repouso e descanso com a família, correndo riscos escoltando sozinho bandidos de alta periculosidade em tempos de PCC, e não tem esse de novato ou velho, os direitos são iguais, e todos tem direito a dignidade, aos direitos trabalhistas e humanistas, e sendo o policial jovem necessita ainda mais de proteção e apoio, pela falta de experiência e conhecimento policial.

  47. SR. ” exescravão “, NA MINHA ÉPOCA DE PLANTÃO, SEMPRE EXISTA O FAMOSO 3º DIA, LÓGICO QUE EU OBRIGATORIAMENTE TINHA QUE COMPARECER, MESMO PORQUE EU ERA O ESCRAVÃO. OCORRE QUE EU SEMPRE ESTRANHA AS PRESENÇAS DOS ” TIRA$ ” DA EQUIPE. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  48. A cria contra o criador?

    FALTA DE CRITÉRIOS
    Associação vai ao STF contra auxílio-moradia para 80% dos membros do MP. 28 de janeiro de 2017,
    A falta de exigências na concessão do auxílio-moradia permite que mais de 80% dos membros de cada unidade do Ministério Público recebam o benefício mensalmente, quase todos o teto de R$ 4,3 mil. Os dados são da Associação Nacional dos Servidores do Ministério Público (Ansemp) que questiona no Supremo Tribunal Federal uma norma do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) que disciplinou o benefício.

    De acordo com a Resolução 117/2014, “os membros do Ministério Público em atividade fazem jus à percepção de ajuda de custo para moradia, […] desde que não disponibilizado imóvel funcional condigno, na localidade de lotação ou de sua efetiva residência”. A exceção é para quem está aposentado, afastado ou é casado com outro membro do MP que já recebe o benefício.

    Para a Ansemp, o texto é tão abrangente que retirou do benefício “seu caráter indenizatório, transformando-o em nítido complemento salarial”. A entidade aponta que a resolução do CNMP fez crescer, consideravelmente, os gastos com auxílio-moradia, inclusive nos casos em que os órgãos estaduais já tinha norma a respeito.

    Como exemplo, a associação mostra os gastos do MP do Ceará que, antes da resolução do CNMP, exigia a comprovação de efetivo gasto com moradia. Em 2013, o auxílio-moradia no estado gerou despesa de R$ 2 milhões. Depois que entrou em vigor a regra nacional, o valor multiplicou-se, chegando a R$ 23 milhões em 2016.

    O levantamento da entidade constata ainda que, em Santa Catarina, o 99,5% dos promotores e procuradores de Justiça recebem o benefício (leia outros exemplos na tabela abaixo).

    “Ao permitir que seja concedido auxílio-moradia a todos indistintamente pelo simples fato de ser membro do MP e sem qualquer exigência quanto ao efetivo e necessário dispêndio com moradia, a Resolução 117 conferiu ao instituto um nítido caráter remuneratório, o que não é permitido no regime de subsídio”, alega a entidade, apontando violação ao artigo 39, parágrafo 4º, da Constituição Federal.

    Ainda segundo a associação, o tema só poderia ter sido regulamentado por lei, e não por norma do CNMP, que é órgão de natureza administrativa. Outro problema seria a violação ao princípio da moralidade.

    “Não é justo que a grande maioria dos brasileiros trabalhadores, que também precisam morar dignamente, não recebam qualquer tipo de auxílio-moradia, enquanto que os membros do Ministério Público, cuja remuneração é considerada uma das maiores do país, precisa de um auxílio-moradia quase cinco vezes maior que o salário mínimo.”

    Em caráter liminar, a Ansemp pede que o STF suspenda os efeitos da Resolução 117/2014 do CNMP ou dê interpretação conforme a Constituição Federal, estabelecendo que o auxílio-moradia só poderá ser pago nas hipóteses de desempenho de atividades funcionais fora do domicílio habitual ou quando houver comprovação de despesas com aluguel ou hospedagem em hotéis fora do domicílio.

    Requer, também, que o pagamento se limite às despesas comprovadas, mantendo como teto o valor fixado para ministros do STF. No mérito, pede a declaração de inconstitucionalidade da norma. O relator é o ministro Luiz Fux. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

    Clique aqui para ler a petição inicial.
    ADI 5.645

  49. A abolição da Escravatura e a comemoração do Dia Primeiro de Maio, não deve ser vista como o fim da escravidão e da exploração patronal, mas o início da busca de uma nova era onde todos tenham seus direitos e dignidade respeitados.

    Não é possível uma instituição existir sem que seus funcionários tenham condições mínimas de trabalho o RETP não é uma carta branca para o G.o.v.e.r.n.a.d.o.r ignorar esses direitos.

    A Sociedade deve entender que existe a Lei de Ação e Reação; se o policial não tiver seus direitos respeitados, ela também não terá como exigir, dele, respeito na defesa de seus direitos.

    O Estatuto do Funcionalismo Público (1968) e a Lei Orgânica da Policia Civil (1979), são oriundos da época da Ditatura, anteriores a constituição (1988) e estão completamente defasados, urge sua atualização, sob pena do cidadão não receber, como já ocorre, retorno em suas demandas.

    Muitos reclamam da qualidade dos serviços prestados nas repartições policiais, sem perceber que a falta de recursos humanos compromete a funcionalidade, um policial cansado, desmotivado e com sua saúde (física e mental) comprometida depois de anos de serviços prestados, tendo que recorrer a um judiciário, moroso, para ver as leis que lhe dão direitos ser cumprida, jamais irá prestar um bom serviço.

    O G.o.v.e.r.n.a.d.o.r quer economizar reduzindo efetivo, sem atentar para a precarização do trabalho policial, não adianta existir 93 Distritos, sem um corpo mínimo de policiais para executar as tarefas, só restando a ele exibir estatísticas, flagrantemente manipuladas, na mídia coatada a peso de ouro pelas vultosas verbas publicitarias que deveriam estar sendo alocadas em setores essenciais como Educação, Saúde e Segurança).

    A Atitude corajosa dos rapazes de Rosana e Rancharia me fazem crer que ainda resta uma esperança.

  50. ipasaopaulo,

    A palavra “apanhou” ( “sic” ) está grafada entre aspas para indicar sentido figurado. Na verdade os policiais que lá compareceram foram briosos , embora vítimas de um cilada patrocinada pelo partido e sindicado daquele deputado ladrão e , também, pelo oportunismo do Major Olímpio. Não obstante, depois do episódio , aparentemente, os delegados e representantes classistas se acovardaram frente ao governo.

    Quanto a leões de teclado , os nossos leitores seguem o exemplo dos representantes das respectivas entidades de classe ( não é o caso da IPA ), ou seja, de apenas – para manter as contribuições e, em alguns casos, a quinzeninha – escrever ofícios e fazer propaganda daquilo que não fizeram e nunca farão ; muitas vezes por meio de matéria paga. Daí quase ninguém participar de nada que venha das entidades, ninguém acredita nelas. E a questão da PC não se resolverá por meio de discussões na sede do IPA. Nada mudará se não acontecer uma verdadeira revolução na mentalidade de todos os policiais e das entidades representativas: sindicatos e associações . O policial espera atitude de seus representantes; uma vez que seus superiores são indolentes em relação aos pleitos dos subordinados.

    De qualquer forma agradeço o seu convite!

  51. É, não adiante discutir nenhum assunto na Polícia; Sempre um sabe mais que o outro, tem mais razão que o outro, tem mais tempo, tem mais beleza, tem mais “glamour”, tem mais “namoradas”, tem mais “tirocínio”, tem mais inteligência, tem mais tudo, uma pena que olho, olho, e não consigo ver nenhuma virtude..rs! A guerra de vaidades, o orgulho, a arrogância sempre falam mais alto, minado assim, qualquer possibilidade de diálogo…Fazer o quê, né?!!

  52. Policia civil de Sao Paulo é frouxa. Nao tem vergonha de ganhar um dos piores salarios de policial do Brasil. Uma vez , por telefone, um investigador de Pernambuco tirou sarro de mim porque ganho menos que ele e moro numa cidade com custo de vida altissimo e qualidade de vida baixissima.
    Os outros que nao sao covardes , sao corruptos, andam pra la e pra ca de viatura cobalt , ganham muito com a recolha, chegam depois das 11 nos seus departamentos equipados com frigobar cheios de cerveja . Pra que fazer greve se tiram muitos milhares de reais por fora com a corrupcao. Agora eu , restopol , que me lasque com um salario baixo.
    E esses sindicatos tambem sao inuteis. Entrem nos sites e vejam as noticias : “tire ferias na nossa colonia”, “ganhamos açoes” . Parece que esta tudo bom pra eles né ? Parece que os associados só precisam de colonia de ferias, stand de tiro, restaurante…E ao invez das pessoas cairem fora desses sindicatos, associacoes e raio que o parta , continuam pagando todo mes pra sustentar um bando de vagabundos que nao fazem seu verdadeiro papel.

  53. Concurso Polícia Civil SP 2017 ofertará 2.074 vagas autorizadas no projeto de lei do orçamento estadual deste ano, confira!

    A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) no último dia 21 de dezembro aprovou o projeto de lei orçamentária estadual que prevê R$115,5 milhões para realização Concurso Polícia Civil SP 2017. O pedido tramita desde maio de 2016 na Secretaria de Gestão Pública (SGP/SP) para preencher 4.438 vagas em 2017, sendo 2.074 para o novo concurso e 2.364 para convocação de aprovados em concursos anteriores.

    Do total de vagas solicitado para convocação dos aprovados em concurso anteriores serão 1.999 vagas de nível superior, sendo 1.078 para escrivão, 406 para investigador da polícia, 222 para perito criminal, 153 para delegado e 140 para médico legista. Das vagas solicitadas para o novo concurso, 253 são para diversos cargos de nível médio e 1.821 para nível superior, com remunerações iniciais que variam entre R$3.365,00 a R$10.079,28, para jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

    Cargos – Nível Médio
    Das 253 vagas, 86 são para o cargo de fotógrafo técnico pericial, 40 para desenhista técnico pericial, 59 para atendente de necrotério policial e 68 para auxiliar de necropsia. Para o cargo de atendente de necrotério, a remuneração inicial é de R$3.365,00, já incluso adicional de insalubridade no valor de R$571,51, para o restante dos cargos, a remuneração inicial é de R$4.023,29, já incluso benefício.

    Cargos – Nível Superior
    Das 1.821 vagas, 1.012 são para investigador de polícia, 296 para escrivão, 329 para perito criminal, 104 para médico legista e 80 para delegado. As remunerações iniciais variam de R$4.171,49 para escrivão, R$8.538,49 para perito e legista e R$10.079,28 para delegado, já incluso adicional.

    [FIM DA ATUALIZAÇÃO]

    [ATUALIZADA 07/11] O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou que irá nomear 835 aprovados Concurso Polícia Civil SP 2015, sendo 80 para cargo de delegado, 120 investigador e 387 escrivães para Polícia Civil e para a Científica, 35 médicos legistas, 25 peritos, 50 auxiliares de necropsia e 25 fotógrafos. De acordo com a Secretaria de Segurança, os 2.301 aprovados no total, o Estado já havia chamado 763 no início deste ano e nomeação dos 835 aprovados deve ser publicado no Diário Oficial em breve.

    No último dia 25 de outubro, a Folha de S.Paulo mostrou o aumento do número de aposentadorias deste ano, mais de 800% relacionada ao de 2006. Este ano foram resgistrados até agosto 1.260 solicitações de aposentadoria no órgão, sendo que em 2006 foram solicitadas apenas 139. Projeções apontam que se a reposição dos aposentados não for feita para o cargo de delegado que hoje possui certa de 2,9 mil pessoas, pode chegar a 600 em três anos. Nos cargos de escrivães e investigadores, o déficit é de 2.180 e 2.851, respectivamente, de acordo com os dados de abril, representando cerca de 24,45% e 23,84% do total de vagas fixadas para cada carreira.

    Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirma que o déficit no quadro da Polícia Civil foi agravado a partir de 2014, pela Lei Complementar 144/2014, que baixou em cinco anos o teto para aposentadoria de policiais e estabeleceu idade máxima de 65 anos. Mesmo sendo revogada em 2015, os cargos não foram restituídos.

  54. EM 1998 A PM TENTOU ENTRAR EM GREVE, EM UMA MANIFESTAÇÃO O CHOQUE BATEU EM PM’S E FAMILIARES QUE PROTESTAVAM.
    INFELIZMENTE SENHORES ESTÁ É A REALIDADE, AOS IGNORANTES QUE GENERALIZAM A CLASSE PM SAIBA QUE ESTAREMOS LA QUANDO OS SENHORES PC’S PRECISAREM DE APOIO NAS RUAS.

  55. Concurso Polícia Civil SP 2017 ofertará 2.074 vagas autorizadas no projeto de lei do orçamento estadual deste ano, confira!

    A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) no último dia 21 de dezembro aprovou o projeto de lei orçamentária estadual que prevê R$115,5 milhões para realização Concurso Polícia Civil SP 2017. O pedido tramita desde maio de 2016 na Secretaria de Gestão Pública (SGP/SP) para preencher 4.438 vagas em 2017, sendo 2.074 para o novo concurso e 2.364 para convocação de aprovados em concursos anteriores.

    Do total de vagas solicitado para convocação dos aprovados em concurso anteriores serão 1.999 vagas de nível superior, sendo 1.078 para escrivão, 406 para investigador da polícia, 222 para perito criminal, 153 para delegado e 140 para médico legista. Das vagas solicitadas para o novo concurso, 253 são para diversos cargos de nível médio e 1.821 para nível superior, com remunerações iniciais que variam entre R$3.365,00 a R$10.079,28, para jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

    Cargos – Nível Médio
    Das 253 vagas, 86 são para o cargo de fotógrafo técnico pericial, 40 para desenhista técnico pericial, 59 para atendente de necrotério policial e 68 para auxiliar de necropsia. Para o cargo de atendente de necrotério, a remuneração inicial é de R$3.365,00, já incluso adicional de insalubridade no valor de R$571,51, para o restante dos cargos, a remuneração inicial é de R$4.023,29, já incluso benefício.

    Cargos – Nível Superior
    Das 1.821 vagas, 1.012 são para investigador de polícia, 296 para escrivão, 329 para perito criminal, 104 para médico legista e 80 para delegado. As remunerações iniciais variam de R$4.171,49 para escrivão, R$8.538,49 para perito e legista e R$10.079,28 para delegado, já incluso adicional.

    [FIM DA ATUALIZAÇÃO]

    [ATUALIZADA 07/11] O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou que irá nomear 835 aprovados Concurso Polícia Civil SP 2015, sendo 80 para cargo de delegado, 120 investigador e 387 escrivães para Polícia Civil e para a Científica, 35 médicos legistas, 25 peritos, 50 auxiliares de necropsia e 25 fotógrafos. De acordo com a Secretaria de Segurança, os 2.301 aprovados no total, o Estado já havia chamado 763 no início deste ano e nomeação dos 835 aprovados deve ser publicado no Diário Oficial em breve.

    No último dia 25 de outubro, a Folha de S.Paulo mostrou o aumento do número de aposentadorias deste ano, mais de 800% relacionada ao de 2006. Este ano foram resgistrados até agosto 1.260 solicitações de aposentadoria no órgão, sendo que em 2006 foram solicitadas apenas 139. Projeções apontam que se a reposição dos aposentados não for feita para o cargo de delegado que hoje possui certa de 2,9 mil pessoas, pode chegar a 600 em três anos. Nos cargos de escrivães e investigadores, o déficit é de 2.180 e 2.851, respectivamente, de acordo com os dados de abril, representando cerca de 24,45% e 23,84% do total de vagas fixadas para cada carreira.

    Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirma que o déficit no quadro da Polícia Civil foi agravado a partir de 2014, pela Lei Complementar 144/2014, que baixou em cinco anos o teto para aposentadoria de policiais e estabeleceu idade máxima de 65 anos. Mesmo sendo revogada em 2015, os cargos não foram restituídos.

  56. (…Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirma que o déficit no quadro da Polícia Civil foi agravado a partir de 2014, pela Lei Complementar 144/2014, que baixou em cinco anos o teto para aposentadoria de policiais e estabeleceu idade máxima de 65 anos. Mesmo sendo revogada em 2015, os cargos não foram restituídos…)

    Como se um policial com mais de cinquenta e cinco anos de idade, salvo raríssimas exceções, fosse páreo para esta garotada de 15 a 25 anos que está cometendo a maioria dos crimes.

    Não é o abono permanência que impede a pessoa de aposentar é a falta de capacidade em buscar outras atividades que impede eles de saírem, mas também não os torna produtivos.

  57. A verdade é uma só e todos sabem! Na polícia civil de SP TODOS querem pegar uma cadeira onde possua uma gorda arrecadação ou grande trampos que rendam um Jotinha!
    Faz parte da cultura da instituição, quem está preocupado com salário são os desapadrinhados!
    Pergunta a quem está no DEIC, Denarc, dppc, outros departamentos, seccionais e alguns “bons” distritos se está ruim?
    Ninguém está pensando no coletivo, Delegado muito menos! Todos estão pensando em pegar uma cadeira boa!

    A verdade é essa e TODOS sabem!

    Para haver mudanças, necessariamente deve haver mudança nesses comportamentos, nessa cultura, mas isso já sabemos que não irá ocorrer!

  58. O “Blindado” direto de JP/PB (28/01/2017 às 16:01)

    E a sociedade nem imagina os apuros que já passamos para fazer Polícia.

  59. Se entendi bem, para nível médio se paga menos, são menos R$ 148,20 no bolso do que um Investigador de nível superior, nossa impressionante, terão muitos candidatos com NÍVEL SUPERIOR lutando por essa enorme diferença com relação ao nível médio. Incrível.

  60. A Polícia Civil tem complexo de PM, tem uma Lei Orgânica ultrapassada e desatualizada, que só é usada para ferrar policiais, a Polícia Civil virou uma zona, onde a maioria trabalha por dois ou três policiais, e alguns só na maçaneta e este panorama trás revolta, essa de R.E.T.P e trabalhar dia e noite, até o limite físico e psicológico, não cola mais na era na informação, não somos escravos mas somos explorados e sacrificados, quando o Estado nos impõe o limite da capacidade física como parâmetro de R.E.T.P, nos por necessidade e desespero aceitamos, e viramos noites e dias, sem repouso, sem lazer, sem convívio com a família e sem nos atentarmos com a própria saúde. Quando ao Daniel o policial vítima da exploração dos direitos trabalhistas e humanistas do Estado, esse sim por ser novato, inexperiente e estar sobre cobrança e pressão, e nos limites de suas capacidades, deveria ter tido em seu estágio probatório, as orientações e apoio de sua seccional, quando seu estado de saúde, quando suas condições de trabalho e quanto seu estado psicológico, mas na Polícia Civil estamos perdendo nossos jovens antes mesmo de tomarem posse, na demora da realização dos concursos e na demora para convocação, mas é isso ai, somos uma instituição falida do salve – se quem puder, somos jogados as traças por fatos corriqueiros, onde uma simples orientação ou intervenção colocaria tudo em plena normalidade.

  61. Eu estou em greve-branca há cinco anos…nem armado eu ando mais! Já matei mala, já capotei viatura, já me machuquei…quantas vezes tive que ouvir desaforo de delegado plantonista quando da apresentação de vagabundos presos em flagrante??? Quantas vezes montei campana pra prender ladrão e o maldito não ficou 24 horas preso?
    Tô fora! Polícia Civil é ilusão! Enquanto eu estiver num plantãozinho macetoso, vou tocando a vida. Quando não tiver jeito e todo mundo for obrigado a ir pra rua, peço exoneração de imediato.
    Nasci com vocação, quando entrei fui a pessoa mais feliz do mundo!!! O PSDB acabou com a minha carreira!!!

  62. Infelizmente os policiais com coragem em comparecer em manifestações organizadas por sindicatos e associações são poucos os que comparecem. Os sindicatos ão apenas um meio de fazer com os problemas do cotidiano do policial chegue ao Estado-Patrão, não basta pagar o sindicato tem que participar das manifestações quando convocadas. Realmente toda a classe está acovardada e desinteressada. O Governo sabe disso e vai enrolando com a barriga. O que é pior os sindicatos e associações estão divididos, Alguns do interior se uniram em torno da Feipol Sudeste, outros sindicatos do interior se uniram a Adpesp com a Dra. Marilda que tem um contato mais próximo com o Governo, e outros da capital se uniram em torno da Federação Estadual dos Servidores Públicos do Estado de São Paulo. Como se vê são vários sindicatos distribuídos em três correntes e formas diferentes de lutar. Não há união entre eles, pois alguns não aceitam se unirem á associações, outros preferem pertencer a uma determinada central sindical, e assim com essa desunião das entidades aliadas a apatia, conformismo e covardia dos policiais civis paulistas o Estado-patrão deita e rola porquê sabe que somos fracos. Se não mudarmos a mentalidade e a forma de pensar e lutar pelos nossos direitos seremos eternamente os chorões de teclado.

  63. Vamos lá, para exigir tem que oferecer algo em troca.

    Primeiro, aposentar todos aqueles que fazem jus ao merecido descanso. Estão cansados e já não produzem mais, nem deveriam.
    Segundo ponto: Exigir nível universitário (jovens que estudam têm outra cabeça e percepção, cultura ajuda muito);
    Terceiro Ponto: Carreira Única como na Federal – Agentes
    Quarto ponto: Associação Única;
    Quinto ponto: Cobrança de produtividade (baixa de índice de criminalidade, criminalidade, ok?!)
    Sexto ponto: Aproveitar a “expertise”, o conhecimento técnico e aptidão de cada policial tendo em vista sua formação, sua vocação. A polícia está cheia de engenheiro, administrador, gestor que não podem opinar porque o delegado que tem que “dirigir” tudo. Pura vaidade burra.
    Lotar o policial onde ele tiver vontade de desempenhar suas funções, exemplo: Um garoto de 20 anos de idade que gosta de operacional não deve ficar fazendo expediente, vai trabalhar insatisfeito e terá sua vocação “minada” por falta de “planejamento de pessoal”;

    Talvez, com essa nova estrutura mais “oxigenada” na polícia, poderíamos exigir aumento, face a propaganda de uma polícia nova, moderna, mais culta, mais jovem, eficiente, e, consequentemente, motivada! É hora de acabarmos com certos “estereótipos” nocivos que maculam nossa Instituição.

    Abraços fraternais!

  64. Ah, antes que me esqueça. Jamais, jamais, JAMAIS digam: “Não está satisfeito, pede prá sair”. Isso não é solução para nada, típico de mentalidade vazia, simplista, imediatista que nada tem a acrescentar. Não peça ao outros para fazerem aquilo que você não faria. Se algum dia você disse isso a um colega, envergonhe-se!

  65. Tem instituição que faz greve de 2 meses e ninguém percebe. Tem outra que fez uma greve de 10 minutos e olhem no que deu.

  66. DECEPICIONADO :

    Falando de uma maneira muito mais seria meu caro claro que teve Coronel com tiro na bunda, como também até cavalos foram atacados os goiabinhas do GOE agiram na covardia atacando 2 cordões de isolamento da PM que estavam lá para impedir de forma pacífica aproximação dos PCs ao Palácio. Uma puta burrice deixar que vários PCs sendo muitos idosos presente naquela manifestação sair de cara com a TROPA DE CHOQUE sendo que próprio GOE foram impedidos pelo Supervisor de levar munição anti motim na manifestação.

    Esse vídeo é visível que realmente que os mesmo “super policiais ” que agitaram para confronto com tropa de choque ficaram morrendo de medo quando viu o pau comer.

  67. ZÉ disse:
    28/01/2017 às 19:44

    A verdade é uma só e todos sabem! Na polícia civil de SP TODOS querem pegar uma cadeira onde possua uma gorda arrecadação ou grande trampos que rendam um Jotinha!
    Faz parte da cultura da instituição, quem está preocupado com salário são os desapadrinhados!
    Pergunta a quem está no DEIC, Denarc, dppc, outros departamentos, seccionais e alguns “bons” distritos se está ruim?
    Ninguém está pensando no coletivo, Delegado muito menos! Todos estão pensando em pegar uma cadeira boa!

    A verdade é essa e TODOS sabem!

    Para haver mudanças, necessariamente deve haver mudança nesses comportamentos, nessa cultura, mas isso já sabemos que não irá ocorrer!

    ===============================================

    Os honestos precisam ser meros burocratas.

    Se indiciar patrocinadores sem “autorização”, será demitido por qualquer besteira real ou fantasiosa antes do julgamento (Via Rápida) e, depois de absolvido, não será reintegrado (“Resíduo Administrativo” e “Conveniência da Administração”).

    “O poder corrompe, o poder absoluto corrompe absolutamente”.

  68. Senhor Administrador do Flit:

    Sua complementação de texto postada às 18:27 de 28/1, é de todo procedente e oportuna. Não contrasta em quase nada com aquilo que expus. Só não entendi em que contexto se insere a “quinzeninha” a que o Sr. alude. Desculpe a limitação do meu alcance.

    De resto, sempre acreditei que é da discussão que nasce a luz. Para revolucionar a mente dos policiais são necessários muitos debates, palestras, seminários, etc.. Policial que não se comunica, sofre e não se explica.

    Agradeço pela intervenção respeitosa e mantenho o convite feito, extensivo a todos os que escrevem no Flit.

    Jarim Lopes Roseira, presidente da Seção de São Paulo da IPA (International Police Association)

  69. A Polícia Civil está na UTI; se os delpols, Exmos; Sres.; Dres.; classes especiais, “Deuses desse mundinho”, não fizerem nada, a não ser defender os seus e suas cadeiras descoláveis, eu digo aqui com toda certeza: A Polícia Civil de São Paulo não durará 5 anos… A PC está na UTI, só faltam desligarem os aparelhos. Obs. Só disse a verdade….se parar tudo, a PM toma a frente… A Polícia Civil já não é mais importante para o narigudo… Triste, muito triste o fim da PC.

  70. agripino (29/01/2017 às 0:06)

    Tem instituição que faz greve de 2 meses e ninguém percebe. Tem outra que fez uma greve de 10 minutos e olhem no que deu.

    =========================

    Não é uma questão de Instituição, é um problema de Insegurança pública

  71. ipasaopaulo,

    Quinzeninha é a propina que determinados representantes classistas – sem generalização – tomavam de seus respectivos departamentos para nada fazer em benefício de seus representados. Nunca soube ?

  72. O pior de tudo é saber que tem “véio” da própria instituição nesse blog que chama o Daniel de fresco.

    Garanto que se ele trabalhasse de segunda a sexta, expediente normal, ele não teria dado esse “piti”.

    Só porque é novo não pode reclamar.

    Se o coitado não tem proteção/apoio nem da própria instituição, por que teria lá de fora? (imprensa, sociedade etc)

  73. O sucateamento dos órgãos de segurança pública é consequência de como esta questão é tratada no Brasil: segundo plano. Se nossos governantes acreditam que irão tirar o país da crise sem dar prioridade à segurança pública, estão muito equivocados. Quem se habilitaria a abrir uma pizzaria, por exemplo, em seu bairro, sabendo que seria assaltado todos os dias? A esquerda que tem governado o país nos últimos anos flerta com o crime, quando não é protagonista do mesmo. No tempo do regime militar, havia ministérios da Marinha, Exército e Aeronáutica, todos comandados por oficiais generais; hoje temos o ministério da defesa comandado por um civil de esquerda. Como vão nossas fronteiras com países produtores de drogas? De repente, os Estados Unidos elegem um nacionalista de direita para presidente, e o mundo todo fica de queixo caído. Tivemos nossa chance de termos um governo voltado principalmente para questões sociais, e deu nessa merda. Dependendo do que a Suprema Corte decidir com relação às deleções nos próximos dias, uma intervenção militar talvez\ seja a melhor solução.

  74. Prezado colega Maçaneta convicto.

    Assim como você, eu tenho certeza absoluta que, somente uma intervenção Militar porá um pouco de ordem e moralidade neste país. Hoje me pergunto o que funciona no Brasil, observo e, para minha infelicidade, não vejo nenhuma instituição, seja ela pública ou privada funcionarem como deveriam, com clareza, transparência, honestidade. Você faz um contrato com alguma prestadora de serviço e é lesado, recorre ao Judiciário e não tem seu Direito contemplado, leva o carro na oficina e tem o motor sorrateiramente trocado, olha, está difícil viver. Chegamos a um grau de desonestidade, imoralidade tão grande que só passando o país a limpo por meio de uma intervenção Militar, e é só ela que poderá resolver todas, ou grande parte, das mazelas que temos aí. Nossos governantes esqueceram de governar, simplesmente isso, o governo virou um grande balcão de negócios, e esta conduta, veio em escala decrescente afetando toda a sociedade e minando valores que são essenciais no dia a dia. Enquanto estivermos nas mãos desses civis (todos de esquerda, todos!) vamos continuar remando contra a maré. Vejo que grande parte dos nossos problemas seriam resolvidos com atitudes até simples, como por exemplo, a volta do ensino religioso nas escolas, a volta da Educação Moral e Cívica, Noções de Civismo e Cidadania e o mais IMPORTANTE de todos: Cartilha de Ensino Nacional Anti Drogas, demonizando-nas para que os jovens tenham MEDO, PAVOR das drogas, inibindo assim seu consumo e por conseguinte, o comércio, aliado a isso a uma Política de Segurança Pública de VERDADE, com técnicos no assunto auxiliando a Polícia no intento de reprimi-las a níveis nulos. É o país que sonho para nós. Quem sabe, quem sabe, difícil, porém, não impossível.

    Abraços

  75. Meu caro Administrador do Flit, boa tarde:

    A hipótese é tão absurda que, sinceramente, prefiro acreditar que ela nunca existiu existiu, não exista e que jamais existirá. E olhe, Sr. Administrador, ingressei na Polícia em 1º de Janeiro de 1965. Em 1967 já estava na luta classista/sindical, da qual jamais me afastei. Presidi a Associação dos Escrivães de Polícia de 1985 a 1988, tendo antes exercido alguns cargos na sua diretoria e, por vontade própria, e para dar o exemplo, depois do meu mandato nunca mais me candidatei a qualquer cargo na mesma.

    Como muitos sabem, lecionei na Academia de Polícia durante 26 anos ininterruptos. Portanto, de Polícia, modéstia a parte sei tudo: das virtudes e das mazelas. Às vezes me surpreendo… faz parte!

    Mas, não é minha trajetória que está em jogo. O que temos que fazer é salvar a Instituição Policial Civil, enquanto é tempo. E para isso eu me disponho a colaborar (eu e a IPA) e acho, com toda a sinceridade, que este Flit pode dar grande contribuição pata tanto. Que tal arregaçarmos as mangas e começar a trabalhar?

    Renovo ao Sr. e a todos quanto navegam neste polêmico mas prestigiado Blog, o CONVITE para participarem dos debates, palestras e conferências na sede da IPA, para tratarmos do assunto, saindo da gramática para a prática. Dado a urgência que a questão requer, que tal a sexta-feira dia 10/2/2017, a partir das 18 horas para o nosso primeiro encontro. Aguardo manifestação.

    Jarim Lopes Roseira, presidente da Seção de São Paulo da IPA (International Police Association)

  76. Meu caro Administrador do Flit, boa tarde:

    A hipótese é tão absurda que, sinceramente, prefiro acreditar que ela nunca existiu existiu, não exista e que jamais existirá. E olhe, Sr. Administrador, ingressei na Polícia em 1º de Janeiro de 1965. Em 1967 já estava na luta classista/sindical, da qual jamais me afastei. Presidi a Associação dos Escrivães de Polícia de 1985 a 1988, tendo antes exercido alguns cargos na sua diretoria e, por vontade própria, e para dar o exemplo, depois do meu mandato nunca mais me candidatei a qualquer cargo na mesma.

    Como muitos sabem, lecionei na Academia de Polícia durante 26 anos ininterruptos. Portanto, de Polícia, modéstia a parte sei tudo: das virtudes e das mazelas. Às vezes me surpreendo… faz parte!

    Mas, não é minha trajetória que está em jogo. O que temos que fazer é salvar a Instituição Policial Civil, enquanto é tempo. E para isso eu me disponho a colaborar (eu e a IPA) e acho, com toda a sinceridade, que este Flit pode dar grande contribuição pata tanto. Que tal arregaçarmos as mangas e começar a trabalhar?

    Renovo ao Sr. e a todos quanto navegam neste polêmico mas prestigiado Blog, o CONVITE para participarem dos debates, palestras e conferências na sede da IPA, para tratarmos do assunto, saindo da gramática para a prática. Dado a urgência que a questão requer, que tal a sexta-feira dia 10/2/2017, a partir das 18 horas para o nosso primeiro encontro. Aguardo manifestação.

    Jarim Lopes Roseira, presidente da Seção de São Paulo da IPA (International Police Association)

  77. Irmaozinho,

    Tudo que sofremos hoje é resultado de 20 anos de autoritarismo. De cartilhas, de religião mentirosa e falsas lições de moral. Os militares são piores do que os civis, estes podem ser retirados do poder por meio do voto; os primeiros apenas com sangue. O Brasil não presta por conta de seus atuais agentes públicos que nos anos 60 e 70 aprenderam com os militares a lei de Gerson. Ainda vivemos no país do “sabe com quem está falando “.

  78. Com todo respeito, Dr. Guerra, mas permita-me discordar do senhor. Não creio que os Militares sejam piores do que temos hoje. Isso que temos como “governantes” não foram criados pelo Regime Militar ,e sim os que lutaram contra ele, tentando impor na marra, as doutrinas comunistas. Conseguiram, infelizmente!

    Forte abraço e meus respeitos!

  79. Absurda, mas verdadeira! Sem generalizações. Tanto que uma grande e prestigiada entidade elegia sempre o preferido da Administração, sendo que seus sócios eram assediados e policiados no momento do voto.

  80. O Alkimin, o Cabral e Temer entre centenas. Nenhum deles lutou contra o regime militar. Quem de fato lutou morreu há muito tempo ou já passou dos 70 anos. Quem manda no Brasil estou Educação Moral e Cívica, foi coroinha e se alistou no NPOR. ..digo, estudou.

  81. Eu discordo! em 28/01/2017 às 11:46
    “Utilize os serviços da Polícia Civil (iniciando pelo atendimento no Plantão), e de cara descobrirá os motivos de nossa derrocada.”

    Parabéns Fernando, Em uma frase o Sr. descreveu muitíssimo bem o motivo do caos!!

    Não conheço ao menos 01 cidadão que aprove e elogie os serviços da PC. O mais infantil de tudo é que os Policiais acham que esta imagem não chega ao conhecimento do Governo.

    Resultado: Governo por si só já não está nem ai para o funcionalismo publico em geral. De repente fica sabendo que determinada categoria não tem credibilidade nenhuma perante a sociedade, pra que ele vai olhar por esta categoria?

    É tudo que o Governo precisa para virar as costas e continuar com o massacre!!!

    Como tem gente que não perde a oportunidade de falar merda …. Dúvido que seja Policial Civil ….
    Experimente você atender com um Windows paralelo, impressora que dá pau toda hora porque o tonner é paralelo, Prodesp que não abre, legitimação que não volta, delpol que não faz nada e só assina quando está tudo pronto, e mais, e principalmente, perder 80% do tempo fazendo ocorrências não criminal de pessoas que sentam na sua frente, claramente mentindo, apenas pra supostamente se livrar ou se defender de alguma causa cívil …
    E nem estou falando que, o que o delpol ganha de gat é mais que meu salário, três anos sem reajuste e tudo que já foi exposto acima pelos colegas …
    Aí vc abre os dentes e sorri como um vendedor da Oscar Freire🖕🖕🖕🖕

  82. FlitParalisante,

    Hoje na USP as idéias difundidas são todas “Gramscianas”, e pasme, até nas Arcadas da São Francisco. A ideologia comunista está viva e pulsando. Muitos dos estudantes da USP poderão ser futuros políticos, nenhum deles militou contra o Regime Militar, pudera, não eram nem nascidos, mas foram “seduzidos” por essas idéias e o que oferecerão á Pátria?! Descriminalização das drogas, direito ao aborto, direito de bandidos de alta periculosidade pagarem a pena “pintado muros” invasão das propriedades privadas, e outras imundícies mais. O problema é que o comunismo não foi enterrado, está vivo em todas universidades do país, sendo profetizado por professores barbudinhos usando óculos de armação de acetato preto e camisas xadrez, com seus cabelos em desalinho. Olho para os políticos de hoje, só vejo esquerdistas (alguns se travestem de direita, ex. FHC) mas são todos comunas, todos. Resultado, olhe para o Brasil e lamente-se.

  83. Governo Alckmin vai devolver R$ 120 milhões ‘carimbados’ à Fapesp
    GABRIEL ALVES-DE SÃO PAULO-28/01/2017

    Após a pressão realizada por cientistas e associações acadêmicas, o governo de São Paulo deve devolver ao orçamento da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) R$ 120 milhões que seriam destinados diretamente para institutos de pesquisa do Estado, com a finalidade de modernizá-los.

    O montante representa cerca de 10% do R$ 1,116 bilhão previsto inicialmente para as atividades normais da instituição, que já envolve apoio à pesquisa científica e tecnológica.

    A retirada desse recurso contrariava a constituição estadual de 1989, que afirma que o Estado destinará o mínimo de 1% de suas receitas tributárias à fundação.

    A solução encontrada pelo governo para remediar a situação foi devolver à tutela da Fapesp os R$ 120 milhões –que haviam sido retirados pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp)– com a condição de que eles fossem integralmente investidos nos institutos de pesquisa do Estado.

    Adriano Vizoni/Folhapress
    Presidente da Fapesp, José Goldemberg; fundação vai receber R$ 120 mi ‘carimbados’ do governo
    Presidente da Fapesp, José Goldemberg; fundação vai receber R$ 120 mi ‘carimbados’ do governo
    Até então, segundo o presidente da Fapesp, o físico José Goldemberg, anualmente eram investidos cerca de R$ 50 milhões nesses institutos, mas alguns, como o Butantan, acabam sendo mais favorecidos.

    “As razões são complexas –a própria estrutura não permite que eles acessem os recursos da Fapesp”, diz Goldemberg. “Nós já estávamos fazendo um plano de expansão do apoio aos institutos, mas não é uma coisa que dá para fazer de uma hora para outra. É primeiro preciso melhorar os recursos humanos.”

    “Não houve um sinal amarelo por parte da Alesp. Não fui convocado para dar explicações. Não houve oportunidade de discutir melhor o assunto. Mesmo assim, acabou sendo um final feliz.”

    Isso porque a decisão da Alesp acelerou a implementação de planos para que a Fapesp conseguisse apoiar de forma mais eficaz os institutos estaduais –uma área que não vinha sendo coberta adequadamente, na avaliação de Goldemberg.

    “Serão programas especiais, que podem envolver até infraestrutura. Além de comprar um aparelho caro, um instituto pode fazer o prédio para abrigá-lo. Isso foi o que ficou acertado com o secretário [estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Márcio França (PSB), que também é vice-governador]”, diz o presidente da fundação.

    Situação semelhante aconteceu em 1995, relata. “R$ 300 milhões foram destinados à modernização de instituições de pesquisa do Estado.”

    Apesar do susto, ele considera que a manutenção do 1% de receitas para a Fapesp é algo para se comemorar. “Nós vemos outras fundações estaduais de amparo à pesquisa sendo muito atingida pelas restrições orçamentárias. Sem inovação e pesquisa científica e tecnológica, nós não vamos sair do atoleiro.”

    Em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, Mário França disse que “Eles [da Fapesp] estavam lá trabalhando nisso já há uns seis meses. O Goldemberg se reuniu com vários institutos; então estava bem encaminhado, só que no ritmo deles lá, da Fapesp, enfim. Imaginaram que isso não ia acontecer, naturalmente.”

    “Ou seja, a decisão da Alesp só antecipou uma certa tendência que a Fapesp já tinha de poder aumentar o valor e criar chamadas exclusivas para os institutos”, disse.

  84. Senhores

    Cada coisa ao seu tempo, em 1964, dado a situação de baderna total existente, os Militares de então, atendendo a pedido do Congresso Nacional (eleito pelo povo) efetuaram o contra-golpe, isso mesmo, porque o golpe estava em vias de ser aplicado pela Esquerda, o mesmo Congresso decretou como vaga a Cadeira de Presidente da Republica, assumindo-a o então Deputado Paschoal Ranieri Mazzili, até que o mesmo Congresso, elegesse por via indireta, como Presidente da Republica o Gal. Castelo Branco.(mesma forma de eleição usada pelos EUA desde sempre) O encrudescimento do regime, deu-se justamente por conta das “Lutas armadas” com os A.I. 4 e 5.(financiadas por Comunistas do exterior)
    Não sou defensor de regime militar, mas verdade seja dita, os esbulhadores da nação foram os civís que se aproveitaram da inexperiência politica dos Generais, acostumados a mandar e suas ordens acatadas de imediato, ao passo que com civis?
    Não sejamos tolos, mesmo na década de chumbo, a maioria da administração Federal, Estadual era civil, e portanto com todos os vícios que traziam, como ocorre agora na atualidade, não é mesmo?
    Quantos civis que orbitaram ao redor do regime enriqueceram, conseguiram concessões de rádio e tv,televisão formando redes de radio e televisão de cobertura nacional, nas milhares de obras que se concluiram para tirar o pais do atraso absoluto? (teria as forças armadas condição de colocar um Oficial capacitado para cada setor governamental?)
    E os Generais, morreram ricos? No regime houve varias arbitrariedades praticadas por militares, mas lesa patria não, pesquise!
    Nossa história deve ser olhada de forma imparcial, sem ranço politico, principalmente de esquerda, esta mesmo que titula o General Presidente como DITADOR e o Sr. Raul Castro como PRESIDENTE!( aqui havia dois partidos, depois da revolução em Cuba, apenas um)
    Nos dias atuais, não há mais espaço para um “Governo Autoritário e Militar”

    é o que penso

    C.A.

  85. Caro Irmaozinho, na USP não tem comunitas; tem muito pobre e burguês falido ressentido. De qualquer forma, a maioria dos alunos dos cursos de elite são conservadores. Por fim, eu não sou e nunca fui esquerdista, comunista ou coisa parecida, mas penso que as drogas em geral deveriam ser vendidas e consumidas livremente e que a mulher tem todo o direito de abortar. Por outro lado, sou a favor de prisão perpétua para reincidentes específicos em crimes violentos e pena de morte para reincidentes em homicídios qualificados.

  86. Flitparalisante

    Há um ditado que diz: Se não podemos vencê-la, unamo-nos a ela. Esse ditado é um ditado de derrotados, fracassados! Não aceito a idéia da legalização das drogas (embora ache que no no Brasil o termo: repressão ás drogas seja uma piada) não sou a favor das drogas por um simples motivo: eu não as ofereceria aos meus filhos…Quantos problemas a droga traz em seu bojo: esquizofrenia, acidentes, violência, distúrbios mentais variados, e, MORTE! Como sou a favor da vida, nãoposso dizer que sou a favor das drogas, tampouco do aborto, penso que uma mulher que engravidou e não deseja essa criança, não tem o porquê abortar. Simples, deixe-na nascer, entregue-a a Adoção Legal e pronto, ela terá uma família que irá amá-la e respeitá-la. Aborto é CRIME contra a VIDA! Poucas pessoas aceitam meu ponto de vista, mas faço questão de deixar claro que sou um conservador, católico, acredito na fé e na moral cristã, acredito e respeito a instituição família e propriedade , vida e liberdade. Valores que acredito que JAMAIS, deveriam ser destruídos, e confesso, que minha vida na polícia é de profunda frustração, profunda decepção, por ver que estes valores estão tão escassos…

  87. Sou a favor da legalização, pelo fato que no Brasil é livre o consumo e é crime a venda, essa dissonância não combina, ou se libera de vez, ou se restringe o uso e a venda, mas se condenar o uso as penitenciárias já além do limite explodirão, portanto sou a favor da legalização da venda de entorpecentes, já que o uso já é livre mesmo, e no mais, geraria mais impostos, que poderiam ser destinados a saúde e ao INSS.

  88. COLEGA ” Irmãozinho ” !, CONCORDO COM O SEU EXPOSTO EM GÊNERO, NUMERO E GRAU E, ASSINO EM BAIXO. O EXEMPLO MÁXIMO É QUE NESSE CONCEITUADO SITE, EXISTEM MUITOS QUE AQUI ACESSAM E NEM SEQUER CONHECEM A LETRA DO HINO NACIONAL. UM ABRAÇO…

  89. Irmaozinho,

    Respeito o seu ponto de vista; eu também não ofereceria drogas aos meus filhos. Aliás, nem cerveja jamais ofereci. Mas há quem goste de usar drogas, então que sejam escravos apenas do próprio vício e não dos traficantes. Quanto a solução para o aborto, há dezenas de milhares de crianças esperando por adoção; ninguém quer! A moral cristã é comunista. ..kkk A igreja tem função recreativa e educativa, mas jamais deveria influenciar questões estritamente legais como é o caso do aborto.

  90. Vale do Rio Doce: a verdade é a kriptonita do PT
    Tire cópia.Guarde na carteira.Use como uma arma da inteligência contra a empulhação. Estou me referindo ao artigo que Eduardo Graeff escreve hoje na Folha (“Lula e seus militantes amestrados”) sobre essa conversa mole da privatização da Vale do Rio Doce (íntegra aqui). Sempre que um petista, com a fala perturbada e o olhar esgazeado pela […]

    Por Reinaldo Azevedo access_time 17 set 2007, 16h10 – Atualizado em 5 dez 2016, 23h22 chat_bubble_outline more_horiz
    Tire cópia.
    Guarde na carteira.
    Use como uma arma da inteligência contra a empulhação.
    Estou me referindo ao artigo que Eduardo Graeff escreve hoje na Folha (“Lula e seus militantes amestrados”) sobre essa conversa mole da privatização da Vale do Rio Doce (íntegra aqui). Sempre que um petista, com a fala perturbada e o olhar esgazeado pela ideologia bananeira, babar números inconseqüentes, vocês devem fulminá-lo com a verdade. A verdade é a kriptonita do petista.

    A gestão da Vale foi, felizmente, privatizada, sim. E, por conta disso:
    1 – Em seis anos, ela recebeu US$ 44,6 bilhões em investimentos: nos 54 anos de estatismo, foram US$ 24 bilhões;

    2 – Em 1997, inteiramente estatal, empregava 11 mil pessoas; hoje, 56 mil;

    3 – Como estatal, produzia 35 milhões de toneladas de ferro; hoje, são 300 milhões;

    4 – Em 1997, exportou US$ 3 bilhões; em 2006, US$ 10 bilhões (mais de um quarto do saldo positivo da balança comercial);

    5 – Se a empresa realmente vale hoje US$ 50 bilhões, TRATA-SE DA VALE INTEIRA; em 1997, venderam-se se por US$ 3 bilhões APENAS 42% das ações ordinárias;

    6 – Quem continua a ser o verdadeiro “dono” da Vale? O fundo de pensão do Banco do Brasil e o BNDES: eles detêm dois terços do capital da empresa;

    7- O outro terço se distribui entre Bradesco, a japonesa Mitsui e mais de 500 mil brasileiros que aplicaram parte do FGTS em ações da companhia.

    Isso que vai acima é a verdade. Não a cascata que está sendo contada nas igrejas por padres que entendem de economia o que tendem dos Evangelhos: NADA!!! Eis a verdade, não o que os bispos brasileiros permitem que se fale nos púlpitos. Se quer entrar nesse mérito mundano, que nada tem a ver com Deus, dom Odilo Scherer deveria levar a boa-nova a seus fiéis, em vez conspurcar o altar com a urna da mistificação.

    A mentira é coisa do demônio, bispo!

    A verdade sobre a Vale também é a verdade sobre as outras empresas privatizadas, especialmente no setor de telefonia. Ou daquela que é hoje um caso de sucesso global: a Embraer, que foi da falência certa a um caso formidável de sucesso.

    Vocês conhecem a capacidade da esquerda de contar mentiras. Mais do que isso: ela acha que a mentira é moral se for para garantir o que entende ser o bem da humanidade. Ela não tem qualquer receio de fraudar, de trapacear, de enganar se for para ver triunfar a sua verdade particular. Também é capaz de matar. Em proporções industriais. Não! Em proporções que faria Homero corar.

    Lembram-se do post sobre a entrevista de Marxilena Oiapoque à revista argentina Debate? Ela admite que o PT meteu a mão na sujeira, mas diz que seu maior patrimônio é a “ética na política”. E isso significa que ela não distingue a fronteira entre a verdade e a mentira.

    Não permita que a baba hidrófoba se espalhe por aí. Contra ela, use apenas a verdade.

    FONTE-http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/vale-do-rio-doce-a-verdade-e-a-kriptonita-do-pt/

  91. Senhor Guerra

    Discordo do senhor, disse-nos que é defensor da pena de morte para autor de homicidio qualificado , mas…defende o direito ao aborto.
    O ABORTO NÃO É MAIS QUE UM HOMICIDIO QUALIFICADO, PRATICADO POR PESSOA DESCUIDADA E SEM RESPONSABILIDADE, QUE DESEJA VIRAR OS “ZÓIM” MAS NÃO SE PREOCUPA COM O RESULTADO DE SEUS ATOS, CONTRA UM SER DE ESPECIE IGUAL E SEM QUALQUER CHANCE DE DEFESA, PORTANDO ‘CRIME HEDIONDO”
    PESSOAS INTELIGENTES DEFENDEM O PLANEJAMENTO FAMILIAR, A EDUCAÇÃO SEXUAL, O USO DE METODOS ANTI-CONCEPCIONAIS.

    C.A.

  92. Só observando !!! e a culpa , claro!!!! de quem é ???? da instituição estar assim??? , em todas as carreiras sempre existiu e existira a chamada hierarquia, sindicatos todos parados, chefes (calças brancas), parecem conformados , estes ultimos claros todos ganhando Gats, só que esquecem que uma hora vao se oposentar, agora os restopols, sofrendo ha anos sem reposições salarias, escalas extras, etc, muitos fazendo de tudo e de todos, isso porque um DGP em certo ano fez uma portaria, que em todas as carreiras se fazem de tudo e de todos, ou seja, não existem padrão funcionais, mas agora o salario existem diferenças, ações , mesmo que ganharmos o valor bruto fica anos a serem pagos, crise???? só aqui no Brasil que a crise é combatida sem dinheiro na praça, enquanto essas politicas dos arcaicos estarem dominando tudo , isso não , não vai para de ter choradeira , portanto em vez de criarem grupo de estudos, o certo é criar grupos de ações de pessoas que vestem a camisa e saem a luta,o resto é blá blá blá ….

  93. Só observando !!! e a culpa , claro!!!! de quem é ???? da instituição estar assim??? , em todas as carreiras sempre existiu e existira a chamada hierarquia, sindicatos todos parados, chefes (calças brancas), parecem conformados , estes ultimos claros todos ganhando Gats, só que esquecem que uma hora vao se oposentar, agora os restopols, sofrendo ha anos sem reposições salarias, escalas extras, etc, muitos fazendo de tudo e de todos, isso porque um DGP em certo ano fez uma portaria, que em todas as carreiras se fazem de tudo e de todos, ou seja, não existem padrão funcionais, mas agora o salario existem diferenças, ações , mesmo que ganharmos o valor bruto fica anos a serem pagos, crise???? só aqui no Brasil que a crise é combatida sem dinheiro na praça, enquanto essas politicas dos arcaicos estarem dominando tudo , isso não , não vai para de ter choradeira , portanto em vez de criarem grupo de estudos, o certo é criar grupos de ações de pessoas que vestem a camisa e saem a luta,o resto é blá blá blá ….

  94. PESSOAS INTELIGENTES DEFENDEM O PLANEJAMENTO FAMILIAR, A EDUCAÇÃO SEXUAL, O USO DE METODOS ANTI-CONCEPCIONAIS.

    Caro C.A., então sou burro, ignaro, néscio e estupido, mas continuarei a defender o aborto ( auto-aborto ou consentido quando praticado por médicos , obviamente ) como um direito exclusivo da grávida.

    Especialmente quando tudo falha e uma probre coitada é vítima de uma gravidez não desejada, muitas vezes em razão de abusos e violência sexual .
    Além do mais, embrião não é pessoa. Não sendo lícito um feto possuir mais direitos do que a grávida.

    E se aborto fosse uma forma de homicídio qualificado não estaria tipificada nos arts. 124 a 128 do CP. Lembrando a lição do desembargador Nucci:

    Nenhum direito é absoluto, nem mesmo o direito à vida. Por isso, é perfeitamente admissível o aborto em circunstâncias excepcionais, para preservar a vida digna da mãe (NUCCI, 20008, p. 619)

    E como decidiu o STF em novembro passado: O Supremo Tribunal Federal (STF) emitiu uma sentença, nesta terça-feira (29), na qual considerou “inconstitucional” criminalizar o aborto voluntário no primeiro trimestre de gravidez, uma decisão válida apenas para um caso ocorrido no Rio de Janeiro, mas que pode criar jurisprudência para situações futuras.“Essa sentença não é necessariamente vinculante. Vale apenas para esse caso, mas pode ser usada como precedente para outros”, disse à AFP uma fonte do STF.

    O Supremo alegou que a decisão foi tomada, levando-se em consideração que a criminalização do aborto “viola diversos direitos fundamentais da mulher”. A “proporcionalidade” do castigo também foi levada em conta.

    “Praticamente nenhum país democrático e desenvolvido do mundo trata a interrupção da gestação durante o primeiro trimestre como um crime”, enfatizou o tribunal, citando Estados Unidos, Alemanha e Espanha como exemplos.

    Obrigado!

  95. Senhor Guerra

    É evidente que na minha afirmação, não é incluso as vitimas de estupro, ou as situações que colocam em risco a vida da mãe, aliás, todas já descritas em lei.
    Me refiro a pessoa que de forma irresponsável, sem tomar os devidos cuidados engravida, como mencionado por outro comentarista, o mais aconselhavel é que termine a gestação e doe a criança, ao menos a vida foi mantida.
    Conceitos, cada um tem o seu, mas, o meu é que desde o momento da concepção já há vida sim!
    Nos EUA há estados que permitem esta prática e outros não.
    Na China era usado, como controle populacional.
    Não afirmarei que os paises desenvolvidos permitem apenas com a finalidade de controle populacional.
    Me desculpe se lhe fui ofensivo,, mas ainda mantenho o meu modo de pensar, certo ou errado, mas é meu e vida é vida.
    Quem não preserva a vida, mesmo que pequena, também não preserva em sua plenitude!

    é o que penso

    C.A.

  96. Mas para o homem só resta o dever de prestar alimentos?
    Por mais que seja somente um embrião, o material genético é dos dois, pq não exigir consentimento no descarte desse material também?
    Concordo que as mulheres, pela sua própria natureza, demandam proteção legal especial, porém, no Brasil, isso é levado ao extremo e vejo muitos excessos e abusos.
    Aliás, sempre quando as leis são criadas para suprir demandas populistas é assim, levando muito tempo para corrigir o desequilíbrio.
    Digo isso para rebater seus argumentos, pq para mim o aborto é um homicídio. Eu prefiro leis que defendam os verdadeiros “inocentes”.

  97. PESSOAL !, ENTENDO QUE ESSE PROBLEMA DE GRAVIDEZ É DE SUMA IMPORTÂNCIA E RESPONSABILIDADE. AGORA VEJAM SÓ O QUE PRESENCIEI. NUM JOGO DO SANTOS NA LIBERTADORES AI NO PACAEMBÚ, UMA LOUCA ALOPRADA NO MEIO DA TORCIDA, GRITOU ” NEYMAR ME ENGRAVIDA !”. RAPAZ !, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  98. Acho que necessitamos de uma reestruturação.
    Só deveria abrir concursos para Delegados, Escrivães e Investigadores.

    As demais carreiras continuariam com suas funções até a aposentadoria e depois só haveria Delpol, escripol e Investipol.

  99. Aliás, até bem pouco tempo atrás, quando vigorava uma lei na China que punia com multa e retirada de auxilio governamental, o casal que tivesse dois filhos, se a mãe parisse uma menina, a criança era morta, pois preferiam que fosse menino!

    C.A.

  100. Caro C.A., então sou burro, ignaro, néscio e estupido, mas continuarei a defender o aborto ( auto-aborto ou consentido quando praticado por médicos , obviamente ) como um direito exclusivo da grávida.

    Especialmente quando tudo falha e uma probre coitada é vítima de uma gravidez não desejada, muitas vezes em razão de abusos e violência sexual .

    Além do mais, embrião não é pessoa. Não sendo lícito um feto possuir mais direitos do que a grávida.

    F L I T :

    .
    Permita-me meter a minha colher de pau aqui:
    .
    1- direito exclusivo da grávida,
    e o direito do (futuro) ser?……….
    .
    .
    2- pobre coitada de uma gravidez não desejada, ainda que por abuso,
    com exceção do abuso, nos demais casos é precaver-se (camisinha doa-se em posto de saúde),
    .
    .
    3- Embrião não é pessoa,
    Claro que não, está tentando, e só será se deixarem, como nos deixaram um dia.
    .
    .
    4- Não é lícito um feto possuir mais direitos do que a grávida.
    A grávida tem direito ao aborto e o (ser) não tem direito a vida, a balança aí está fora da metade.
    .

  101. Garotão!
    Aqui não tem negócio de greve para outros virem na cola e se darem bem.
    Tem DEJEM pra isto; para remunerar quem acha que está ganhando pouco.
    Todo mundo fica feliz.
    Um tipo que é daquele naipe.
    Faça sol escaldante ou chuva forte, no deserto ou no gelo do Alasca, sozinho ou na multidão, embaixo ou em cima, com vento na proa ou na popa, com chiadeira no peito ou batedeira de joelhos, com PhD ou no analfabetismo puro.
    No cheque especial ou na bica; no pelo ou de chinelo.
    É.
    Toda semana tem que ter um pato gordo pra comer.
    Mestre nas engrenagens e alavancas; não importa o tamanho, cor ou peso.
    Queria ter um filho assim.
    Cabra porreta!

  102. Passou da hora dos delegados tomarem a frente como protagonistas da PC e liderarem uma retomada da instituição

  103. Quem bateu ou quem apanhou eu não sei, mas de uma coisa eu tenho certeza.

  104. NÃO FAÇO PARTE DE NENHUMA ASSOCIAÇÃO OU SINDICATO. DURANTE ANOS CONTRIBUÍ COM A ASSOCIAÇÃO DOS ESCRIVÃES E UMA ÚNICA VEZ QUE NECESSITEI DOS PRÉSTIMOS DAQUELE ÓRGÃO, FUI PRETERIDO OU COMPLETAMENTE IGNORADO. AGORA O Sr. JARIM, DESCONHECER QUE NÃO EXISTE O TAL “CAIXA II” EM DETERMINADOS SETORES, É A MESMA COISA QUE ALEGAR QUE NO BRASIL NÃO EXISTE CORRUPÇÃO, O MARCELO ODEBRECHT É APENAS UM MEGA EMPRESÁRIO, O LULA NÃO DESVIOU DINHEIRO E O EIKE, ENRIQUECEU ÀS CUSTAS DO PRÓPRIO ESFORÇO. AH! E O QUE EU VOU FAZER NA TAL DA IPA?!

  105. Seu guarda sr.Agripino, se o índice de produtividade da PC é de apenas 7%, qual seria o da PM? -10%? Afinal de contas, só existem esses milhares de inquéritos pq o crime ocorreu, e se ocorreu quem falhou num primeiro momento? Responda-me, por favor.

  106. Sr. Jeremias F.T., bom dia:

    Pelo jeito o Sr. não sabe bem o que diz. “Ser preterido” é uma coisa, “ou completamente ignorado”, outra bem diferente. Com certeza Escrivão de Polícia o Sr. não é. Policial, talvez…

    Onde está dito que eu desconheço o que é “caixa 2”? Por favor, não meça os outros com a sua régua..

    Desculpe-me, mas pessoas que raciocinam como o Sr. é bom que não compareçam mesmo na “tal da IPA”. Sua presença não acrescentaria nada, mas, certamente, atrapalharia bastante. Passar bem, Sr. Jeremias F.T. Tenho mais o quê fazer…

    Jarim Lopes Roseira, presidente da Seção de Sãp Paulo da IPA (International Police Association)

  107. “Diferença hiper compensatória, R$148,20 disse:
    28/01/2017 ÀS 21:19
    Se entendi bem, para nível médio se paga menos, são menos R$ 148,20 no bolso do que um Investigador de nível superior, nossa impressionante, terão muitos candidatos com NÍVEL SUPERIOR lutando por essa enorme diferença com relação ao nível médio. Incrível.”

    kkkkkkkkkkkkkk

    Rindo até 2051!

    Diferença hiper compensatória de nem 150 mangos,….
    Faço isto em 15 segundos,…

  108. Outra coisa que notei aqui é o ranço contra a USP e uspianos. Taí, sou formado lá e passei no concurso da PC-SP. Eu vou chegar aí, calça branca de tudo, suposto concurseiro paraquedista sem vocação, gramsciano como disse um, burguês e falido como disse o doutor. Daqui a 10 anos – se sobreviver na carreira (sem trocadilho), como o Tira Veio pôs em xeque – serei mais um flitador bravateando e reclamando do bonus, do NU, dos novatos…

  109. Eu não nutro nenhum ranço pela USP e uspianos, especialmente pelo Largo do São Francisco, mas os uspianos, especialmente os da Cidade Universitária, nutrem verdadeiro asco pelos alunos da ACADEPOL. De qualquer forma, qual é o perfil econômico dos atuais estudantes dos cursos menos competitivos? Você estudou o quê?

  110. FLIT PARALISANTE disse:
    29/01/2017 às 19:06

    PESSOAS INTELIGENTES DEFENDEM O PLANEJAMENTO FAMILIAR, A EDUCAÇÃO SEXUAL, O USO DE METODOS ANTI-CONCEPCIONAIS.

    Caro C.A., então sou burro, ignaro, néscio e estupido, mas continuarei a defender o aborto ( auto-aborto ou consentido quando praticado por médicos , obviamente ) como um direito exclusivo da grávida.

    Especialmente quando tudo falha e uma probre coitada é vítima de uma gravidez não desejada, muitas vezes em razão de abusos e violência sexual .

    Além do mais, embrião não é pessoa. Não sendo lícito um feto possuir mais direitos do que a grávida.

    E se aborto fosse uma forma de homicídio qualificado não estaria tipificada nos arts. 124 a 128 do CP. Lembrando a lição do desembargador Nucci:

    Nenhum direito é absoluto, nem mesmo o direito à vida. Por isso, é perfeitamente admissível o aborto em circunstâncias excepcionais, para preservar a vida digna da mãe (NUCCI, 20008, p. 619)

    E como decidiu o STF em novembro passado: O Supremo Tribunal Federal (STF) emitiu uma sentença, nesta terça-feira (29), na qual considerou “inconstitucional” criminalizar o aborto voluntário no primeiro trimestre de gravidez, uma decisão válida apenas para um caso ocorrido no Rio de Janeiro, mas que pode criar jurisprudência para situações futuras.“Essa sentença não é necessariamente vinculante. Vale apenas para esse caso, mas pode ser usada como precedente para outros”, disse à AFP uma fonte do STF.

    O Supremo alegou que a decisão foi tomada, levando-se em consideração que a criminalização do aborto “viola diversos direitos fundamentais da mulher”. A “proporcionalidade” do castigo também foi levada em conta.

    “Praticamente nenhum país democrático e desenvolvido do mundo trata a interrupção da gestação durante o primeiro trimestre como um crime”, enfatizou o tribunal, citando Estados Unidos, Alemanha e Espanha como exemplos.

    Obrigado!

    =======================================================

    Eu preciso discordar.

    (1) PESSOAS INTELIGENTES SABEM A DIFERENÇA ENTRE MÉTODOS ANTICONCEPCIONAIS E ASSASSINATO DE BEBÊS.

    (2) Sim, não existe qualquer direito natural só o pacto social que impõe, dá, aumenta ou diminui direitos, equilibrando todos numa sociedade ou privilegiando alguns em detrimentos de outros. No caso do assassinato de bebês, privilegiando o direito de assassinar da “mãe” ou do “médico” e, principalmente do governo, de acordo com os interesses dos poderosos.

    (3) A tipificação ou a nomenclatura, sinceramente, não tem peso social. As pessoas não se tratam pelos códigos e legislações, mas pelos significados cotidianos. Matar um bebê inocente e indefeso é simplesmente matar um bebê inocente e indefeso. A lei já havia definido os casos excepcionais para matar bebês.

    (4) HITLER do partido Nacional SOCIALISTA dos Trabalhadores da Alemanha, também acreditava que JUDEUS NÃO ERAM PESSOAS; as crenças podem ou não corresponder à realidade, por isso buscamos entender os fatos, as ciências e a razão, para construir crenças na realidade. E eu desconheço tribunal alemão condenando Hitler durante o governo. Aliás, o tribunal decide de acordo com o pacto social, a lei, os valores da sociedade e o caso concreto, se a sociedade decidir que a escravidão é válida, o STF vai decidir a favor da escravidão, porque o STF é, pelo menos em tese, uma manifestação do poder da sociedade. E se o STF decide contra o direito à vida, gera, no mínimo, espanto, porque a sociedade brasileira, ainda bem, é a favor do direito à vida dos bebês.

    (5) Embrião é uma idade do bebê, tal como qualquer outra. Não podemos desumanizar bebês, crianças, adolescentes e adultos pela idade ou qualquer outro critério. Somos seres humanos e nenhum discurso marxista pode mudar isso.

    (6) Se o bebê não tem o direito à vida como liquido e certo, por que a grávida teria? Poderíamos fazer um controle de natalidade matando uma boa parte das grávidas, assim não correríamos o risco delas gerarem outras vidas;

    (7) Sim, os países “democráticos” estão sofreram uma constante lavagem cerebral marxista, na qual o direito à vida é relativizado, assim fica mais fácil para o governo poder matar quem quiser sem revoltas populares, fazer controle populacional e quebrar a principal instituição que age contra a escravidão, a família. E a falta de responsabilidade familar é uma necessidade do SOCIALISMO (REGIME ESCRAVOCRATA).

    “…Em 1920, a União Soviética tornou-se o primeiro país do mundo a garantir às mulheres o direito ao aborto legal….

    …Segundo a historiadora americana e professora da Carnegie Mellon University, Wendy Goldman, os ideais de emancipação da mulher e amor livre que inspiraram o movimento feminista ocidental nos anos 60 e 70 já eram debatidos nos primeiros anos da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), na década de 20. Em Mulher, Estado e Revolução: política familiar e vida social soviéticas, 1917-1936 … reconta a história do “verão do amor” soviético…”

    http://epoca.globo.com/ideias/noticia/2014/05/uniao-sovietica-foi-pioneira-nos-bdireitos-das-mulheresb-afirma-historiadora-americana.html

    Como diria Marx, em “Propriedade Privada e Comunismo” sobre a liberdade sexual:

    “Esse movimento que tende a opor a propriedade coletivizada à propriedade privada se exprime de uma forma completamente animal quando contrapõe o casamento (que é, evidentemente, uma forma de propriedade privada exclusiva) à coletivização das mulheres: quando a mulher torna-se uma propriedade coletiva e abjeta. Pode-se dizer que essa idéia da COLETIVIZAÇÃO DAS MULHERES contém o segredo dessa forma de COMUNISMO ainda grosseiro e desprovido de espírito. Assim como a mulher deve ABANDONAR O CASAMENTO em prol da PROSTITUIÇÃO GERAL, o mesmo deve acontecer com o mundo da riqueza, o qual deve abandonar sua relação de casamento exclusivo com a propriedade privada para abraçar uma nova relação de prostituição geral com a coletividade.” (Karl Marx in http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1396 em 30.01.2017)

    E quem é que não tem casamento e nem dinheiro? Os escravos

    (8) Quem defende o aborto?

    PCO – http://causaoperaria.org.br/filie-se-e-lute-com-o-pco-o-partido-que-defende-a-legalizacao-do-aborto/

    PSTU – http://www.pstu.org.br/com-quantas-mortes-se-mantem-uma-lei-razoes-para-legalizar-o-aborto/

    PT – http://www.pt.org.br/no-brasil-o-aborto-continua-ilegal/

    PCB -http://pcb.org.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=7835:-pela-nao-criminalizacao-das-mulheres-pela-legalizacao-do-aborto-&catid=1:popular

    PCdoB – http://www.pcdob.org.br/noticia.php?id_noticia=178479&id_secao=1

    PSol – http://psol50sp.org.br/blog/tag/aborto/

    Socialista morena – http://www.socialistamorena.com.br/tag/aborto/

    Portal Vermelho – http://vermelho.org.br/coluna.php?id_coluna_texto=676&id_coluna10

    E a lista seria infinita, porém só de ESQUERDA que PRECISA DESTRUIR A FAMÍLIA, DESTRUIR O DIREITO À VIDA, DESTRUIR O DIREITO A PENSAR E TOMAR DECISÕES para que possa governar.

    (9) Quem financia as campanhas pró-assassinato de bebês?

    O que os SOCIALISTAS querem? ESCRAVOS
    O que os BILIONÁRIOS querem? ESCRAVOS
    A união de socialistas e bilionários já é até piada em mensagens de políticos obtidas pelo WikiLeaks

    Por isso tanto ódio contra a classe média.

  111. O serpentário do Butantan não produz nada desde a sua fundação. Vivem emburrecidos pelo ódio que nutrem pelos seus antagonistas. Lixo! disse:

    Os uspianos que definem algo como “uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa” – o melhor que eles produziram em anos – são exemplos da esterilidade reinante em nosso país de intelectuais – que também nada produzem – medíocres, alimentados pelo estado que não quer que eles produzam. Sua maior estrela é a Marilena Chauí, produtora de livros sobre Espinosa que ela mesmo não entende, e nas horas vagas leciona sobre culinária. Dirão os idiotas da objetividade que eu tenho inveja de não ter estudado no serpentário do Butantã, argumento contra a pessoa muito utilizado por eles para combater aqueles que não congregam sua idéias infantis. Congrego a ideia dos que pensam que a “Fofolete” é um antro de vagabundos, sujos e maconheiros que alardeiam aos quatro cantos que “uma coisa é uma coisa…”.

  112. FLIT PARALISANTE disse:
    30/01/2017 às 2:10

    Eu não nutro nenhum ranço pela USP e uspianos, especialmente pelo Largo do São Francisco, mas os uspianos, especialmente os da Cidade Universitária, nutrem verdadeiro asco pelos alunos da ACADEPOL. De qualquer forma, qual é o perfil econômico dos atuais estudantes dos cursos menos competitivos? Você estudou o quê?

    ========================

    Vou discordar novamente, desculpe por ser tão chato.

    Mas eu fui uspiano, bacharel pela FFLCH, e cursei disciplinas na ECA, na FAU, na FEA, usei muito o CCE da Poli, as bibliotecas de todas as unidades, almoçava quase todo dia nos bandejões da Química ou central (na FD também quando fui trabalhar no centro) fiz a academia durante o dia e estudava à noite. Nunca me trataram mal. Nunca andei no campus com aquele colete, mas também nunca escondi nem a academia, nem os anos de trabalho seguintes.

    Aliás, plantões com flagrantes eu até usei para justificar faltas em dias de provas ou seminários. E, sinceramente, ser policial e colega de classe é um atrativo para alunas.

  113. Guerra, o abortista, agora emitirá um pitaco sobre a cópula de dois machos (para mim, o grande problema nesse caso é o cheiro de feijão e borracha queimada!! heehehe disse:

    Guerra, podemos dizer que o senhor é um abortista? E as questões de genêro, casamento entre pessoas do mesmo sexo? Emita suas opiniões sempre muito bem fundamentadas. Você se casaria com outro homem?

  114. O serpentário do Butantan não produz nada desde a sua fundação. Vivem emburrecidos pelo ódio que nutrem pelos seus antagonistas. Lixo! (30/01/2017 às 3:50)

    “Fofolete” é um antro de vagabundos, sujos e maconheiros que alardeiam aos quatro cantos que “uma coisa é uma coisa…”.

    ============================

    A USP foi criada pelos barões do Café, para entender a crise de 29 e até hoje ela é quem melhor descreve a realidade. É uma universidade e o pensamento precisa sempre ter liberdade para considerar qualquer possibilidade.

    O problema é que os marxistas se aproveitaram da falta de defesas do pensamento acadêmico para tornar a USP E TODAS AS UNIVERSIDADES, públicas e particulares, em Centros de Doutrinação Marxista, assim como nas escolas do fundamental ao médio.

    Aliás, eu sou da FFLCH e posso dizer que a maioria é de direita e que todo aluno e professor convive com todas as correntes marxistas diariamente, esse é o problema, uma minoria que faz barulho e impõe um sistema escravocrata à força na sociedade.

    Sobre o vagabundo, sujos, maconheiro etc, nunca fui e a grande maioria lá também não o é.

    Aliás, é muito mais fácil encontrar vagabundo e maconheiro em faculdade particular. Há uma perto da minha casa, na Vila Maria, onde nem se pode passar de carro no horário da “aula”, porque os “alunos” estão na rua bebendo, fumando e “pegando geral” e nunca vi isso na USP.

    https://www.youtube.com/results?search_query=baile+de+favela+karl+marx

  115. Para quem acha que marxismo é coisa da USP ou do Brasil ou de qualquer ponto específico, por favor entenda que o SOCIALISMO é um PROJETO ESCRAVOCRATA MUNDIAL

  116. Se eu tivesse atração por homens certamente casaria com um. Mas o meu fraco – ou forte – sempre foi por mulheres. Ora, se duas pessoas do mesmo sexo se gostam qual o problema de formalizarem casamento e constituírem família? O importante é que as pessoas sejam felizes desde que não prejudiquem outrem.

  117. Ah, se defender o direito das mulheres praticarem aborto nas condições elencadas noutros comentários é ser abortista, então sou um abortista.

  118. Feto indesejado na barriga dos outros é refresco! Cada um de o seu cu para quem quiser, desde que não seja o meu! disse:

    As pessoas que o conhecem sabem que não é abortista, quanto menos homofóbico! Fico observando o povo que vem aqui para colocar um monte de rótulos em você! Dentro da perspectiva utilitarista apresentada pelo judiciário, está correto: o aborto não está sustentado por um direito absoluto, ou por outra, a mulher cuja gravidez teve origem estranha, deve, para não ter que suportar o fruto indesejado, interromper a gravidez! Quanto ao amor praticado no tóba, disse tudo: cada um goza por onde achar melhor!

  119. Cacete, to rindo muito alto com os comentários aqui. Doutor, fiz Letras. Estudei na FFLCH – e não na fofolete, como um aí escreveu, quem sabe um dia ele me qualifique pessoalmente como fez aqui – e tenho muito orgulho disso. SMJ, não sou sujo, não sou maconheiro (embora favorável à legalização, que não agradaria àqueles conhecidos como “recolhas”) e sou vagabundo sim, mas só em meio-período e porque não fui nomeado ainda.
    Então, doutor, quanto mais concorrido um curso na Fuvest melhor é a condição sociocultural e econômica do candidato. Por isso, o trio engenharia-direito-medicina e jornalismo concentram “azelites” (incluam-se aí os filhos dos conhecidos como “cardeais” que serão os delegados de polícia que conduzem a Polícia Civil).
    O meu curso, Letras, como citado antes, é tido como um antro de vagabundos, sujos e maconheiros, que aparentemente têm menos recursos financeiros (não é bem assim, mas realmente não se compara com medicina) e são os que não têm lá muita escolha além de trabalhar em escolas.
    Doutor, o senhor realmente acha que o Daniel e o Hamilton fizeram bobagem? Sempre li nos posts aqui que os policiais deveriam se opor aos possíveis desmandos e pôr no papel, coisa que eles fizeram. O senhor mesmo foi vítima de uma demissão injusta, não foi?
    Porque uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Ou, como diria Cateano Veloso, ou não?
    Valeu pela atenção. Abraço.

  120. Doutor, eu, pessoalmente, nunca quis ser professor. Sempre quis ser polícia desde criança. Fiz letras por uma questão de gosto – sou apaixonado por literatura italiana e leitor compulsivo.

  121. O atual governo tucano usou de uma estratégia, ao meu ver, muito inteligente. Deu um bom aumento aos delegados e oficiais, e assim, eles “seguram” suas tropas! Simples assim! A Polícia Civil está no início do fim, o que é uma pena.

  122. VENHO FALANDO QUE SEM GREVE NADA MUDA!!! MAS VENDO ESSES COMENTÁRIOS ACIMA, NEM SEI SE A GREVE RESOLVERIA. ASSIM COMO NO BRASIL, O PROBLEMA É O POVO, NA POLÍCIA NÃO É DIFERENTE. PM FARDADINHO, SE HUMILHANDO PRA CABO, ESTE PRO SARGENTO, ESSE PRO TENENTE E ASSIM VAI…. SÓ ESQUECE QUE SEU SALÁRIO BASE, SE NÃO ME ENGANO É 1.200 MISEROS REAIS, INFELIZMENTE ATÉ MENOR QUE O MENOR SALARIO BASE DA CIVIL, QUE É 1.300 MISEROS REAIS. MAS ELES IDOLATRAM A INSTITUIÇÃO (DEVEM TER SOFRIDO UM ESTUPRO MENTAL)!!!!!! E NA CIVIL OS CHEFES E DELTAS IDOLATRAM SUAS CADEIRAS E DÃO ATÉ O C* PRO GOVERNO PARA MANTE-LÁS. ESSA IDOLATRIA DÁ ATÉ PRA ENTENDER, AFINAL É DIFICIL NA INICIATIVA PRIVADA ALGUÉM GANHAR 60, 70, 100 MIL POR MÊS SEM FAZER NADA. OU SEJA, POR IDIOTICE OU POR DINHEIRO, QUEM REALMENTE TRABALHA E VIVE DE SALÁRIO É QUE TEM QUE PARAR!!! SE OS DELEGADOS OU CHEFES PARAREM QUEM VAI NOTAR?? QUEM TEM QUE PARAR É O PLANTÃO, É A ESCOLTA É O BONDE!!!! LÓGICO QUE QUEM GANHA CIFRAS ABSURDAS E QUEM NÃO PODE FAZER GREVE NÃO VAO APOIAR NADA!! A GREVE TEM QUE PARTIR DE BAIXO, ENQUANTO ISSO NÃO ACONTECER, A BASE, MESMO SENDO O QUE SUSTENTA ESSE LIXO, VAI CONTINUAR GANHANDO SALARIO BASE DE 1.300 CONTO.

  123. PESSOAL, ME DESCULPEM !, ENQUANTO O FUMO ESTÁ ERECTO E PENETRANDO NO TRASEIRO DOS RESPOLS., OS CANALHAS DOS RECOLHAS MANCOMUNADOS COM SEUS “PARCEIROS”, DIUTURNAMENTE DÃO RISADAS E SÓ MAMANDO NAS TETAS DOS TROUXAS.,AI VEM UNS INDIGITADOS FALAREM DE ABORTOS, FETOS E E ETC. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  124. ISSO AQUI E MESMO UMA PIADA……TODO MUNDO RECLAMA, RECLAMA, RECLAMA, MAIS NINGUÉM FAZ NADA…É O VERDADEIRO MURO DAS LAMENTAÇÕES……PARECEM AQUELAS CRIANÇAS CHORONAS QUE FICAM O DIA INTEIRO ENCHENDO O SACO. CADÊ A ATITUDE POVO????? SE FOSSE COM OS PROFISSIONAIS QUE FAZEM A COLETA DO LIXO, JÁ TERIAM TOMADO UMA ATITUDE, CHAMADO A ATENÇÃO DA MÍDIA E COM CERTEZA CONSEGUIRIAM ALGUM BENEFÍCIO…. ISSO ACONTECEU DIVERSAS VÊZES…..O GOVERNADOR JÁ SABE QUE TÁ TODO MUNDO DESCONTENTE… MAS PRA QUE GASTAR DINHEIRO SE DÁ PARA IR LEVANDO NA CONVERSA JÁ QUE NINGUÉM VAI FAZER NADA MESMO…. NEM SINDICATO EXISTE MAIS ……PARA OS DELEGADOS ESTÁ EXCELENTE A SITUAÇÃO…..PARA MUITOS, COM HORÁRIOS E LOCAIS PRIVILEGIADOS TAMBÉM….. MAS PARA A GRANDE MAIORIA DE ESCRAVOS GANHANDO MERRECA TÁ DIFÍCIL….. DÁ PENA……

  125. Seja um policial PADRÃO, faz o que cabe com excelência, mas faça somente o que é de sua COMPETÊNCIA, nada mais.

  126. Eu estava lá também disse:

    30/01/2017 às 1:40

    Outra coisa que notei aqui é o ranço contra a USP e uspianos. Taí, sou formado lá e passei no concurso da PC-SP. Eu vou chegar aí, calça branca de tudo, suposto concurseiro paraquedista sem vocação, gramsciano como disse um, burguês e falido como disse o doutor. Daqui a 10 anos – se sobreviver na carreira (sem trocadilho), como o Tira Veio pôs em xeque – serei mais um flitador bravateando e reclamando do bonus, do NU, dos novatos…

    Ô meu querido, não coloquei nada em Xeque, não deturpe minhas palavras, apenas disse que se você vier para nossa instituição, o qual será uma satisfação, da maneira em que colocou em outro post, você terá vida curta aqui, apenas isso.
    É para refletir apenas, contar até 10 e pagar alguns micos, simples assim.
    Você é quem disse que tem vários advogados na família e que não teria medo de nada, inclusive peitando Delegados Seccionais, Titulares etc.
    Só te digo que não é por ai que a coisa caminha. (Desculpe-me mais uma vez, sou apenas mais um Véio querendo fazer um novato enxergar um palmo a frente do nariz.
    Ademais, você havia concordado comigo nas explanações.

    No mais, lhe desejo

    Boa sorte.

    Ahhhhh esqueci que você não acredita em precisar de sorte

    Sou meio teimoso, por isso, continuo afirmando !

    Você precisará sim dela em qualquer Polícia.

  127. ooooooooooow tira veio, como vai essa força? Mas por que acha que não vou durar na polícia? Só porque tenho advogados na família (eu preferiria nunca precisar deles, na verdade) não me sinto acima de ninguém. E, sim, como você, eu não quero fazer traquinagem nem entrar pro clube do carnê.
    Ao contrário do que você imagina, não é bem que eu discorde de vocês veteranos (e quem seria eu pra isso?). O que não entendo é o desprezo que vocês têm por quem vai entrar e ser colega de vocês. Toda vez que vejo você comentar tenho essa impressão.
    Então, eu não conto com a sorte. A experiência de vida, ainda que não muita e da qual aprendi menos do que gostaria, me mostrou que nela só posso contar comigo mesmo. Se eu contar com a sorte na carreira policial, acho que irei encontrar Dante e Virgilio antes do que pretendo.
    Grande abraço!

  128. Em primeira mão teremos R$34,00 de reajuste em março, parabéns a todos.

  129. Com 34,00 dá pra levar a(o) cônjuge no maior restaurante árabe de SP, o habib´s.

  130. Você é um PELEGO, um individuo PELEGUENTO?

    Em nossas vidas temos nossas responsabilidades, e em uma Instituição onde os governantes que ali estão há mais de 25 anos, eles conseguiram marcar as pessoas pelo medo, diante de suas decisões arbitrárias e perseguições que fazem.

    “Pelego é aquele trabalhador que não sabe o significado da palavra solidariedade, o egoísta que não consegue ver nada além de suas próprias e momentâneas necessidades ;… não consegue olhar nos olhos de seus companheiros, porque se sente uma sub-pessoa, uma não-gente, pois lhe falta uma parte essencial a todo ser humano que se preze: o brio, a coragem, o amor próprio, a nobreza de caráter, enfim.”

    Alguns funcionários são “obrigados ou induzidos” muitas vezes a executar funções ou atos contra sua vontade e índole, somente para obedecer mentes distorcidas. Alguns se enrolam de tal maneira que quando querem sair são veladamente ameaçados de sua atitude ou ato anterior praticado. É o preço que alguns, infelizmente, pagavam por serem pelegos.

    Cumpra sempre sua obrigação da melhor forma, licitamente e com a melhor eficiência, mas faça somente o que lhe cabe, NADA MAIS, nada menos. Tenha brio, tenha honra e cumpra sua obrigação tão somente.

  131. APOLO, vc fez a conta errada, são 41,07 reais de aumento (R$ 634,78 + 6,47%)….tudo balela os índices de reajuste. Mais uns anos a insalubridade será maior que nosso salário.

  132. é só os sindicatos largarem mão de sugar o erário e unidos convocarem todos os PCs, ai sim, não espera que a DP de uma cidadezinha do interior comesse alguma coisa!

  133. Os melhores resultados conseguidos em 2016 foi com a U nião dos sindicatos com a Adpesp que, depois de muita pressão da imprensa, conseguiram chamar alguns concursados!!! Pena que se esqueceram de também brigar pela recomposição salarial.

    Tal prática devia ser reiterada também para estes diversos motivos para fazermos Greve. Não aguento mais bater na porta dos vizinhos para pedir comida!!!

  134. 3 anos sem reposição salarial já pode pedir música, parei de pagar sindicato, o salário tá defasado.

  135. E a coisa esta mais ou menos assim, mais para menos e os malas aumentando como moscas na merda.
    Pagar sindicato, coisa de doido, não esta sobrando nem para o PÃO, quem dera ter o luxo de pagar SINDICATO.
    Com a polícia cada vez mais pobre, vai chegar a vez dos sindicatos acomodados a não verem mais a grana dos policiais falidos. Se segurem sindicatos a vez de vocês virá, a vez de ficarem na lona também.

  136. Na verdade lemos as experiências dos colegas de trabalho, agora vou contar uma que presenciei:

    Na minha delegacia tem um guarda municipal que pilota o rdo, enfim, é um escrivão ad-hoc… Ele prestou e FOI APROVADO nas vagas remanescentes do concurso de investigador em 2013! Até agora não foi chamado pra academia…

    Sabe a conclusão dele: deixa quieto, estou MELHOR NA GUARDA MUNICIPAL! JÁ DESENCANEI, TRÊS ANOS E NADA, E AINDA CORRO O RISCO DE FAZER ACADEMIA E IR PARAR EM ALGUM CANTO DO ESTADO E FICAR LONGE DÁ MINHA ESPOSA, TÔ FORA!

    MELHOR FICAR NA GUARDA MUNICIPAL!

  137. Vamos lá pessoal desanima não eu quero é mais Produção !!! Produção !!!! Produção !!!

  138. Eu estava lá também

    Vou indo bem meu amigo!

    Não disse que por motivo de ter Advogados na família você terá vida curta na polícia, ao contrário, você com isso poderá ter até um “prazinho” maior nela, se forem bons. rsrsrsr
    Te falei sobre o que havia postado de que bateria de frente com os Delegados Seccionais, Titulares, chefes e etc, lembra?
    Não é verdade também que os antigos tenham desprezo por novatos, muito pelo contrário, recebemos todos de braços abertos, tenha a certeza disso, e quando entrar vai ver e sentir exatamente o que estou lhe dizendo.
    Ocorre que MUITOS dos novatos já entram com a “mão cansada” e os antigos é que tem que segurar a peteca, (carregar o piano) , isso você terá oportunidade de presenciar o que estou dizendo e um dia você irá entender isso, digo por que tenho certeza que irá entrar um dia e será colega.
    Quanto à sorte, aprenda que na polícia você terá que contar MUITO com seu parceiro, creia, experiência própria, lembrando que uma andorinha não faz verão.
    Novamente eu com conselhos……..Faça sua parte de forma digna, com retidão e respeito, e com o tempo irá conseguir enxergar melhor o parceiro ideal e com ele e um pouco de “sorte”, você não irá encontrar tão cedo Dante e Virgilio.
    Bom….prá mim deu certo.
    No mais, sucesso!

  139. Fico um tempo sem entrar e é a mesma merda. Pm querendo ser tira, carcepol e agente querendo ser tira, delegado sendo a mesma merda, ou seja, defendendo a própria bunda e se achando o biscoitão, Ainda bem que falta pouco!

  140. Porque tive que passar pelo crivo? Porque existia a palavra delegado no contexto? Ainda sonha com isso? No seu lugar preferia dez vezes mais ser jornalista.

  141. COLEGA “TIRA VÉIO ” ! ME DESCULPE EM ME ENVOLVER NO ASSUNTO. MEU AMIGO DEIXA A NOVA GERAÇÃO TRAMITAR, QUEM SABE ALGO DE MELHOR VIRA. MAIS QUANDO NA ATIVA A UNICA COMPANHEIRA QUE SEMPRE ME ACOMPANHAVA ERA A INESQUECÍVEL MÁQUINA DE ESCREVER E, POR DIVERSAS VEZES CHEGUEI MACHUCÁ-LA, QUEBRANDO-A NO CHIFRE DE LADRÕES SAFADOS. UM ABRAÇO…

  142. Imagina…
    Os favoráveis ao aborto.

    Homem , heterosexual, casado e com dois filhos.
    Uma menina de 18 anos e um menino de 15.

    A menina chega no pai…
    – Papai to gravida de 3 meses do Wellington e terminamos o namoro, não quero mais esse bebê, me leva na clinica para abortar ????

    E logo atrás vem o filho e fala para o papi.

    Papai tenho algo para lhe contar , to sufocado, preciso tirar esse peso dos meus ombros.
    -Fala logo filho !!!!
    -Papai sou gay …

    Não sou homofóbico, mas qual pai quer ouvir isso dos filhos ???
    É igual pena de morte, somos a favor, mas se o condenado fosse nosso filho, ainda seríamos a favor ???

    As coisas parecem fáceis de opinar quando não incluem nossas família.

  143. Eu estava lá também

    Olha, não sou tão novato, tampouco antigão.

    Mas uma dica que lhe dou: escute os antigões, que vão contar muitas historinhas que fizeram acontecer, que pulavam muro, que dava tiro para o alto e era o Batman da década de 80/90, mas também irão lhe ensinar o trabalho.Finja que está acreditando e não bata de frente.

    mas FILTRE bastante o que eles lhe falarem. Preocupe-se apenas em aprender o trabalho (se tiver vocação), fuja de pessoas que dizem “eu seguro” (porque na prática ninguém segura nada), escute bastante e fale o necessário. Assine somente o que voce fizer. Lembre-se que os antigões tem suas personalidades formadas e já estão caindo fora.

  144. Congratulações aos policiais pelo aumento de R$ 34,00, brutos, aos vencimentos.
    Governador expressa sua generosidade e magnanimidade mesmo em momentos de grave crise.

  145. Entre os cortes de gastos o sindicato foi a primeira vítima, não por pirraça mas por necessidade.

  146. Eu estava lá também

    Vou indo bem meu amigo!

    Não disse que por motivo de ter Advogados na família você terá vida curta na polícia, ao contrário, você com isso poderá ter até um “prazinho” maior nela, se forem bons. rsrsrsr
    Te falei sobre o que havia postado de que bateria de frente com os Delegados Seccionais, Titulares, chefes e etc, lembra?
    Não é verdade também que os antigos tenham desprezo por novatos, muito pelo contrário, recebemos todos de braços abertos, tenha a certeza disso, e quando entrar vai ver e sentir exatamente o que estou lhe dizendo.
    Ocorre que MUITOS dos novatos já entram com a “mão cansada” e os antigos é que tem que segurar a peteca, (carregar o piano) , isso você terá oportunidade de presenciar o que estou dizendo e um dia você irá entender isso, digo por que tenho certeza que irá entrar um dia e será colega.
    Quanto à sorte, aprenda que na polícia você terá que contar MUITO com seu parceiro, creia, experiência própria, lembrando que uma andorinha não faz verão.
    Novamente eu com conselhos……..Faça sua parte de forma digna, com retidão e respeito, e com o tempo irá conseguir enxergar melhor o parceiro ideal e com ele e um pouco de “sorte”, você não irá encontrar tão cedo Dante e Virgilio.
    Bom….prá mim deu certo.
    No mais, sucesso!

    Ciclo Completo e Carreira Única disse:
    30/01/2017 ÀS 21:35
    Eu estava lá também

    Olha, não sou tão novato, tampouco antigão.

    Mas uma dica que lhe dou: escute os antigões, que vão contar muitas historinhas que fizeram acontecer, que pulavam muro, que dava tiro para o alto e era o Batman da década de 80/90, mas também irão lhe ensinar o trabalho.Finja que está acreditando e não bata de frente.

    mas FILTRE bastante o que eles lhe falarem. Preocupe-se apenas em aprender o trabalho (se tiver vocação), fuja de pessoas que dizem “eu seguro” (porque na prática ninguém segura nada), escute bastante e fale o necessário. Assine somente o que voce fizer. Lembre-se que os antigões tem suas personalidades formadas e já estão caindo fora.

    Opa, fiquei até feliz com a resposta. Ganhei o dia no flit hoje. Descobri que o ex escravão é bacharel letroso da USP que nem eu, você me respondendo, o Ciclo completo e carreira unica também. Sabia que eu leio vocês, o blindado, o megaton, o tira gosto, o roçapol, o jefão da dise araraquara, até o doutor respondeu pra mim.
    Isso me alegra porque vem de vocês veteranos. Peço, deem um voto de confiança pros novinhos. A gente é legal, nem todo mundo é nutella e leite com pera, nem quer pagar de gatinho na barca usando preto de cima a baixo. Apesar da demora do concurso e de tudo, eu curto a Polícia Civil e acho que levo jeito pra coisa. Se vocês receberem um novato, abracem o cara, chamem pro lado de vocês. A gente é o que vocês são, ou foram um dia.
    Abraço!!

  147. Desculpem sair do tom da discussão ai de cima!! mas enquanto isso no site do SIPESP, noticias de 09/01, como se tudo estivesse bem na gloriosa.

  148. e o APOLO apareceu ….heeeee

    só boas noticias….R$34 reais em meu salário…heeeee

    sqn ……APOLO …já que vc tem sempre noticias em primeira mão , deve estar dentro da páh né

    então avisa o ditador de SP que ele pode enfiar estes miseros contos de réis no C….dele tá

  149. PCSP em 29/01/2017 às 23:42

    Seu guarda sr.Agripino, se o índice de produtividade da PC é de apenas 7%, qual seria o da PM? -10%? Afinal de contas, só existem esses milhares de inquéritos pq o crime ocorreu, e se ocorreu quem falhou num primeiro momento? Responda-me, por favor.

    Pior que nós dois sabemos que é bem mais que 10% né, colega?
    Se fossem os memos 7% de vcs ou os tal 10% que você diz, a essa hora nossas casas estariam sendo saqueadas. O caos estaria tomando conta das ruas. Você é mais inteligente que isso. Kkkkk

  150. SR(A) ” jurassica” !, ESSES R$ 34,00 QUE ESSE MALVADO DESSE ” santo”, IRÁ NOS CONCEDER, SÓ DAR PARA TOMAR 04 CERVEJAS NO BAR DO BIGODE, AQUI NO MERCADO DE MANGABEIRA E O TROCO DE R$ 2,00, VAI PARA A CAIXINHA DO BIGODE. RAPAZ !, FALAR EM ” santo” NUM É QUE O NOME DESSE PECADOR ESTÁ NAQUELA LISTA DOS ROEDORES DO ERÁRIO.GENTE DO CÉU !, NUNCA VI ” santo” PECADOR, SERÁ QUE SÃO PEDRO IRÁ ABRIR A PORTA PARA ELE ? E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  151. agripino (31/01/2017 às 9:55)

    Pior que nós dois sabemos que é bem mais que 10% né, colega?
    Se fossem os memos 7% de vcs ou os tal 10% que você diz, a essa hora nossas casas estariam sendo saqueadas. O caos estaria tomando conta das ruas. Você é mais inteligente que isso. Kkkkk

    =====================

    As pessoas e empresas estão sendo saqueadas diariamente.

    Nem PC reprime e nem PM previne e ninguém dá segurança à população.

    Ou você acredita que alguém em São Paulo, inclusive o governador, andaria tranquilamente pelas ruas? Ou dormiria tranquilo com o cachorro latindo?

    Você já viu quantos BOs são feitos todos os dias porque o policiamento preventivo não funcionou? Imagine agora o número de ocorrências não registradas, porque as pessoas nem acreditam mais no Estado.

    Pelo menos a PC tem senso crítico, o que ajuda a resolver o problema. Achar que as coisas “funcionam” na Segurança Pública só em discurso político em propaganda eleitoral e acredito que você sabe disso.

    Uns dizem que a REPRESSÃO é a melhor prevenção e como a PC ainda vive no século XIX, sem segurança jurídica, sem pessoal e sem salário compatível, todo o sistema não funciona.

    Outro elo quebrado foi do direito à defesa (proibir o cidadão ter portar arma de fogo).

    Aí eu me pergunto se político é demente ou se faz propositadamente a insegurança pública. Porque a vontade de resolver os problemas é muito perto de ZERO.

    Não é uma questão de Instituição, é da segurança da sua família, dos seus amigos, dos seus vizinhos.

    Como diria o CA: “é o que eu penso”.

  152. os delegados como sao juristas, não pode exigir coisa diferente do que esta hoje, se fosse juiz ou promotor estaria na mesma , diferente deles tem orçamento proprio, e ganham o ceu e limite.
    os delegados estão completamente perdidos, tem medo de mexer na policia, porque podem perder o controle, imagina que houve se somente 4 carreiras, delpol perito investigador e escrivao.
    Reduziria as batidas de cabeça…..

  153. MAS O DECAP E SEUS FLAGRANTES MANDRAKE ESTAVA INDO TAAAAAAAOOO BEM…..

  154. COLEGAS !, INDEPENDENTE DAS EVENTUAIS MUDANÇAS, GOSTARIA QUE A DRA. CATARINA FOSSE PRESERVADA E PROMOVIDA, POIS PARA MIM, ELA SEMPRE FOI UMA AUTORIDADE, INTELIGENTE, PROBA E ACIMA DE TUDO AMIGA…

  155. Minuta do anteprojeto do estatuto, discutida no STF, amplia benefícios para juízes e suas famílias que vão do berço ao velório

    Aguardada há quase três décadas, a nova Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) suscita polêmica ainda em sua fase de esboço. Um dos pontos controversos é a série de auxílios, capaz de ampliar os ganhos dos juízes e aumentar o custo do Judiciário.

    A minuta do anteprojeto do estatuto, discutida no Supremo Tribunal Federal (STF), amplia benefícios para juízes e suas famílias que vão do berço ao velório. Auxílios-transporte, alimentação, moradia, saúde, mudança e capacitação constam no texto, que ainda traz um auxílio-funeral, extensivo a quem já está aposentado.

    Pela redação, que precisa ser aprovada por STF e Congresso, filhos de juízes teriam a maior parte dos estudos custeada com dinheiro público, já que são previstas verbas indenizatórias para creche e educação. Um desembargador com salário de R$ 30,4 mil teria R$ 1,5 mil de auxílio creche ou educação por filho até os 24 anos de idade. A minuta também preserva vantagens, a exemplo dos 60 dias de férias, e agrega o passaporte diplomático para viagens a trabalho.

    Apresentado em dezembro pelo presidente do STF, Ricardo Lewandowski, o esboço integra a nova tentativa de revisar a Loman, que estabelece funcionamento dos tribunais e regras para juízes, desembargadores e ministros. O atual estatuto foi editado em 1979, ainda no regime militar, e precisa ser atualizado, conforme determina a Constituição de 1988.

    A NOVA LEI DA MAGISTRATURA

    O presidente STF, ministro Ricardo Lewandowski, trabalha para enviar ainda em 2015 ao Congresso um anteprojeto para o novo estatuto da magistratura. A atual Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) é considerada defasada, já que foi editada em 1979, ainda no regime militar. No final de 2014, Lewandowski apresentou uma minuta do texto da futura lei, versão que passará por alterações na Corte e no Congresso. O esboço traz uma série de benefícios para juízes, desembargadores e ministros.

    loman-2

    CLIQUE AQUI PARA SABER OS BENEFÍCIOS NOS NÚMEROS ACIMA

    Magistrados, acadêmicos, parlamentares e ministros de Estado ouvidos por Zero Hora reconhecem a necessidade de atualizar a lei e de garantir boa remuneração aos mais de 16 mil juízes, mas divergem na concessão de tantas vantagens, chamadas de penduricalhos.

    — Os benefícios eventuais são escandalosos, pois viram recomposição salarial. Ampliá-los reforça a cultura do privilégio. Por que seria necessário ajuda para pagar os estudos dos filhos de um juiz? — questiona Fernando Fontainha, professor da FGV Direito Rio e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

    Fontainha vê caráter corporativista no esboço do estatuto. Para o especialista, o Judiciário brasileiro confunde independência com autonomia, em especial no aspecto salarial. Com todas as benesses previstas na minuta, ao somar subsídio e auxílios, o rendimento mensal de um juiz de primeira instância poderá passar dos R$ 60 mil. Coordenador da Justiça Estadual da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Gervásio Santos evita comentar a real necessidade dos penduricalhos:

    — Acredito que, neste primeiro momento, foram contempladas todas as demandas. A sociedade e o Congresso vão debater e definir o que é adequado.

    STF vota pelo fim da autorização prévia de biografias

    A AMB defende a paridade entre os magistrados ativos e aposentados. Santos reforça a defesa de bons salários para atrair quadros qualificados, mas não indica um valor ideal — o salário inicial bruto para um juiz federal é de R$ 28.947,55, enquanto no Tribunal de Justiça do Estado fica em R$ 22.213,44.

    — Ao magistrado é vedado ter atividade político-partidária, é preciso dedicação exclusiva. Outras carreiras jurídicas têm remuneração assemelhada e sem essas restrições. Se não valorizar a magistratura, a carreira será esvaziada — afirma Santos.

    Fux sugere fórmula de reajustes automáticos

    Outra proposta polêmica na reforma da Loman foi apresentada pelo ministro Luiz Fux. Ele defende uma fórmula de reajuste automático para os salários dos próprios ministros. Aplicado sempre em janeiro, o cálculo levaria em conta inflação, crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e um fator vago, a “necessidade de valorização institucional da magistratura”.

    Ministros do STF repercutem aprovação de doações de empresas para partidos

    A proposta de Fux transfere do Congresso para o STF a prerrogativa do reajuste salarial, o que desagrada Planalto e parlamentares. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) avalia que seria possível editar uma lei com a indexação dos salários.

    Essa medida teria impacto nas contas públicas. O salário dos ministros do Supremo baliza o teto do funcionalismo e serve de referência para o restante do Judiciário e para o Ministério Público — no caso do Tribunal de Justiça, os aumentos precisam ser aprovados na Assembleia Legislativa. Professor de Ciência Política da UERJ, João Feres Júnior alerta que outras categorias tentarão indexar aumentos:

    — O juiz é um funcionário público que precisa ser bem remunerado, mas tudo o que sai do padrão é ruim, vira privilégio corporativo e cria precedente. Outras carreiras vão querer indexar salários, que hoje dependem de votações de leis.

    Uma proposta de emenda à Constituição do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) autoriza o Legislativo a propor mudanças na Loman antes que o STF envie um anteprojeto ao Congresso. A AMB alega que o projeto é inconstitucional.

    Caminho longe pela frente

    A nova lei da magistratura tem um caminho longo até entrar em vigor, que pode consumir mais alguns anos de discussões. Antes de chegar ao Congresso, o anteprojeto precisa ser aprovado no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). Na Câmara e no Senado, passará por comissões e votações em plenário, seguindo à sanção.

    Presidente do STF, Ricardo Lewandowski quer enviar o estatuto para deputados e senadores ainda em 2015. No entanto, terá de convocar sessão administrativa para que os 11 ministros da Corte votem o texto. A aprovação interna não é simples. O Supremo discute a reforma há mais de uma década, com análise de diferentes comissões. A demora, segundo o ministro Marco Aurélio Mello, também se deve ao volume de trabalho:

    — A lei tarda também por decorrência de outras matérias mais importantes que chegam à Corte, e por sobrecarga do Supremo. Não é razoável que cada ministro receba cerca de 120 processos por semana. Isso passa por uma reforma legislativa.

    Rosane de Oliveira: Juízes ganharão R$ 38 mil de auxílio-alimentação

    A minuta recheada de benefícios seria uma forma de dirimir resistências corporativas. Em 2013, o então presidente da Corte, Joaquim Barbosa, criou outra comissão, composta por Mendes, Lewandowski e Luiz Fux. Segundo o STF, o grupo não suprimiu sugestões feitas por comissões anteriores, apenas fez acréscimos ou considerações.

    Enquanto a revisão do estatuto segue no Supremo, o Planalto monitora a discussão sem alarde, mas nos bastidores se posiciona contrário a propostas que aumentem despesas. Governadores compactuam da posição, em virtude do possível efeito cascata. Alguns parlamentares acreditam que 2015 não é o ano ideal para votar o tema.

    — O momento não é oportuno, o país passa por ajuste de contas — diz o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE).

    Em temporada de ajuste fiscal e com endurecimento no acesso a benefícios, como seguro-desemprego e pensões, o Planalto avalia que reforçar as mordomias de juízes ampliaria o desgaste na base. O recado é reproduzido por deputados, cientes das cobranças que receberão de seus eleitores.

    — Se exigir orçamento maior, o país não terá condições de comportar — alerta José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara.

    No Planalto, há o temor de que parlamentares cedam ao lobby da toga. O STF evita projetar o impacto da nova Loman no erário enquanto o texto é discutido. Para 2015, o Judiciário tem orçamento de R$ 38,3 bilhões — 74,6% destinados a pessoal. Defensores dos penduricalhos argumentam que, se as vantagens não estourarem o limite do orçamento do poder, é possível concedê-las.

    SIMULAÇÃO*

    Auxílio-transporte: R$ 1,4 mil

    Auxílio-alimentação: R$ 1,4 mil

    Auxílio-creche: R$ 1,4 mil por filho

    Auxílio-educação: R$ 1,4 mil por filho

    Auxílio-mudança: R$ 28,9 mil a R$ 86,7 mil

    Auxílio-moradia: R$ 5,78 mil

    Difícil provimento: R$ 9,6 mil

    Auxílio-plano de saúde: R$ 2,8 mil para o casal

    Auxílio-capacitação: R$ 2,8 mil a R$ 5,6 mil

    Adicional formação profissional: R$ 1,4 mil a R$ 5,7 mil

    Indenização de permanência: R$ 1,4 mil a R$ 7,2 mil

    Prêmio por produtividade: R$ 57,8 mil (ano)

    *Cálculo para juiz federal de primeira instância, com subsídio de R$ 28,9 mil mensais

    Fonte: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2015/06/nova-lei-organica-preve-privilegios-que-aumentam-salarios-e-elevam-custos-do-judiciario-4779875.html

  156. Babá de JUIZ

    No Planalto, há o temor de que parlamentares cedam ao lobby da toga. O STF evita projetar o impacto da nova Loman no erário enquanto o texto é discutido. Para 2015, o Judiciário tem orçamento de R$ 38,3 bilhões — 74,6% destinados a pessoal. Defensores dos penduricalhos argumentam que, se as vantagens não estourarem o limite do orçamento do poder, é possível concedê-las.

    SIMULAÇÃO*

    Auxílio-transporte: R$ 1,4 mil

    Auxílio-alimentação: R$ 1,4 mil

    Auxílio-creche: R$ 1,4 mil por filho

    Auxílio-educação: R$ 1,4 mil por filho

    Auxílio-mudança: R$ 28,9 mil a R$ 86,7 mil

    Auxílio-moradia: R$ 5,78 mil

    Difícil provimento: R$ 9,6 mil

    Auxílio-plano de saúde: R$ 2,8 mil para o casal

    Auxílio-capacitação: R$ 2,8 mil a R$ 5,6 mil

    Adicional formação profissional: R$ 1,4 mil a R$ 5,7 mil

    Indenização de permanência: R$ 1,4 mil a R$ 7,2 mil

    Prêmio por produtividade: R$ 57,8 mil (ano)

    *Cálculo para juiz federal de primeira instância, com subsídio de R$ 28,9 mil mensais

    Fonte: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2015/06/nova-lei-organica-preve-privilegios-que-aumentam-salarios-e-elevam-custos-do-judiciario-4779875.html

  157. Está no Diário Oficial desta sexta-feira o ato 025/2015, do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Aquino Flôres de Camargo, definindo o pagamento do auxílio-alimentação para os magistrados, que será de R$ 799 por mês. Se você achou que é absurdo pagar vale-alimentação de R$ 799 para quem ganha no mínimo R$ 22 mil, sente-se e respire fundo: juízes e desembargadores receberão esse valor retroativo aos últimos quatro anos. O Ministério Público deverá seguir exatamente a mesma regra do Tribunal de Justiça, mas ainda não tem data para publicação do ato que autoriza o pagamento do auxílio-alimentação.

    Em uma conta simples, cada magistrado em atividade (e depois os promotores, procuradores e conselheiros do Tribunal de Contas) tem assegurada uma receita extra de R$ 38.352, livre de Imposto de Renda, porque, afinal, o pagamento se enquadra na categoria “verba indenizatória”.

    Como o orçamento deste ano não comporta o pagamento dos atrasados de uma vez só, o Tribunal de Justiça decidiu pagar na folha de junho “apenas” os atrasados de 2015. Ou seja, R$ 4.794 a mais no próximo contracheque. A partir de julho, os R$ 799 entrarão no pacote da remuneração mensal, que já tem incorporados os R$ 4,3 mil do auxílio-moradia.

    Só no Judiciário estadual, o custo anual do auxílio-alimentação é de R$ 7,5 milhões. O passivo referente ao período de junho de 2011 a dezembro de 2014, que é de R$ 26 milhões, sem contabilizar juros e correção monetária, será pago quando a situação das contas permitir.

    Rosane de Oliveira: após o auxílio-moradia, o vale-alimentação

    E por que pagar auxílio-alimentação retroativo a junho de 2011? O ato número 025/2015, assinado pelo presidente do TJ, esclarece que “o direito reconhecido tem origem na Resolução número 133 do Conselho Nacional de Justiça de 21 de junho de 2011”. Em nome da “simetria constitucional entre membros da magistratura e do Ministério Público”, o auxílio-alimentação será pago para indenizar juízes e promotores pelo que comeram ou beberam nos últimos 48 meses.

    O pagamento de auxílio-alimentação equivalente a um salário mínimo para quem está no topo da pirâmide salarial soa como deboche em um Estado atolado na mais grave crise financeira de sua história. O governador José Ivo Sartori, que em maio atrasou o pagamento da dívida com a União e os repasses para municípios, hospitais e fornecedores de produtos e serviços, nada pode fazer: a Constituição garante autonomia ao Judiciário e ao Ministério Público para se autoconcederem vantagens desse tipo.
    Leia todas as colunas de Rosane de Oliveira
    Leia as últimas notícias de Política

  158. LOMAN (Lei Orgânica da Magistratura Nacional): Privilégios que aumentam salários e elevam custos do Judiciário
    Por Poliglota –
    11 de novembro de 2016
    0
    3768
    Pela redação, filhos de juízes teriam a maior parte dos estudos custeada com dinheiro públicoFoto: Felipe Sampaio / STF,Divulgação

    Minuta do anteprojeto do estatuto, discutida no STF, amplia benefícios para juízes e suas famílias que vão do berço ao velório

    Aguardada há quase três décadas, a nova Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) suscita polêmica ainda em sua fase de esboço. Um dos pontos controversos é a série de auxílios, capaz de ampliar os ganhos dos juízes e aumentar o custo do Judiciário.

    A minuta do anteprojeto do estatuto, discutida no Supremo Tribunal Federal (STF), amplia benefícios para juízes e suas famílias que vão do berço ao velório. Auxílios-transporte, alimentação, moradia, saúde, mudança e capacitação constam no texto, que ainda traz um auxílio-funeral, extensivo a quem já está aposentado.

    Pela redação, que precisa ser aprovada por STF e Congresso, filhos de juízes teriam a maior parte dos estudos custeada com dinheiro público, já que são previstas verbas indenizatórias para creche e educação. Um desembargador com salário de R$ 30,4 mil teria R$ 1,5 mil de auxílio creche ou educação por filho até os 24 anos de idade. A minuta também preserva vantagens, a exemplo dos 60 dias de férias, e agrega o passaporte diplomático para viagens a trabalho.

    Apresentado em dezembro pelo presidente do STF, Ricardo Lewandowski, o esboço integra a nova tentativa de revisar a Loman, que estabelece funcionamento dos tribunais e regras para juízes, desembargadores e ministros. O atual estatuto foi editado em 1979, ainda no regime militar, e precisa ser atualizado, conforme determina a Constituição de 1988.

    A NOVA LEI DA MAGISTRATURA

    O presidente STF, ministro Ricardo Lewandowski, trabalha para enviar ainda em 2015 ao Congresso um anteprojeto para o novo estatuto da magistratura. A atual Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) é considerada defasada, já que foi editada em 1979, ainda no regime militar. No final de 2014, Lewandowski apresentou uma minuta do texto da futura lei, versão que passará por alterações na Corte e no Congresso. O esboço traz uma série de benefícios para juízes, desembargadores e ministros.

    loman-2

    CLIQUE AQUI PARA SABER OS BENEFÍCIOS NOS NÚMEROS ACIMA

    Magistrados, acadêmicos, parlamentares e ministros de Estado ouvidos por Zero Hora reconhecem a necessidade de atualizar a lei e de garantir boa remuneração aos mais de 16 mil juízes, mas divergem na concessão de tantas vantagens, chamadas de penduricalhos.

    — Os benefícios eventuais são escandalosos, pois viram recomposição salarial. Ampliá-los reforça a cultura do privilégio. Por que seria necessário ajuda para pagar os estudos dos filhos de um juiz? — questiona Fernando Fontainha, professor da FGV Direito Rio e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

    Fontainha vê caráter corporativista no esboço do estatuto. Para o especialista, o Judiciário brasileiro confunde independência com autonomia, em especial no aspecto salarial. Com todas as benesses previstas na minuta, ao somar subsídio e auxílios, o rendimento mensal de um juiz de primeira instância poderá passar dos R$ 60 mil. Coordenador da Justiça Estadual da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Gervásio Santos evita comentar a real necessidade dos penduricalhos:

    — Acredito que, neste primeiro momento, foram contempladas todas as demandas. A sociedade e o Congresso vão debater e definir o que é adequado.

    STF vota pelo fim da autorização prévia de biografias

    A AMB defende a paridade entre os magistrados ativos e aposentados. Santos reforça a defesa de bons salários para atrair quadros qualificados, mas não indica um valor ideal — o salário inicial bruto para um juiz federal é de R$ 28.947,55, enquanto no Tribunal de Justiça do Estado fica em R$ 22.213,44.

    — Ao magistrado é vedado ter atividade político-partidária, é preciso dedicação exclusiva. Outras carreiras jurídicas têm remuneração assemelhada e sem essas restrições. Se não valorizar a magistratura, a carreira será esvaziada — afirma Santos.

    Fux sugere fórmula de reajustes automáticos

    Outra proposta polêmica na reforma da Loman foi apresentada pelo ministro Luiz Fux. Ele defende uma fórmula de reajuste automático para os salários dos próprios ministros. Aplicado sempre em janeiro, o cálculo levaria em conta inflação, crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e um fator vago, a “necessidade de valorização institucional da magistratura”.

    Ministros do STF repercutem aprovação de doações de empresas para partidos

    A proposta de Fux transfere do Congresso para o STF a prerrogativa do reajuste salarial, o que desagrada Planalto e parlamentares. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) avalia que seria possível editar uma lei com a indexação dos salários.

    Essa medida teria impacto nas contas públicas. O salário dos ministros do Supremo baliza o teto do funcionalismo e serve de referência para o restante do Judiciário e para o Ministério Público — no caso do Tribunal de Justiça, os aumentos precisam ser aprovados na Assembleia Legislativa. Professor de Ciência Política da UERJ, João Feres Júnior alerta que outras categorias tentarão indexar aumentos:

    — O juiz é um funcionário público que precisa ser bem remunerado, mas tudo o que sai do padrão é ruim, vira privilégio corporativo e cria precedente. Outras carreiras vão querer indexar salários, que hoje dependem de votações de leis.

    Uma proposta de emenda à Constituição do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) autoriza o Legislativo a propor mudanças na Loman antes que o STF envie um anteprojeto ao Congresso. A AMB alega que o projeto é inconstitucional.

    Caminho longe pela frente

    A nova lei da magistratura tem um caminho longo até entrar em vigor, que pode consumir mais alguns anos de discussões. Antes de chegar ao Congresso, o anteprojeto precisa ser aprovado no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). Na Câmara e no Senado, passará por comissões e votações em plenário, seguindo à sanção.

    Presidente do STF, Ricardo Lewandowski quer enviar o estatuto para deputados e senadores ainda em 2015. No entanto, terá de convocar sessão administrativa para que os 11 ministros da Corte votem o texto. A aprovação interna não é simples. O Supremo discute a reforma há mais de uma década, com análise de diferentes comissões. A demora, segundo o ministro Marco Aurélio Mello, também se deve ao volume de trabalho:

    — A lei tarda também por decorrência de outras matérias mais importantes que chegam à Corte, e por sobrecarga do Supremo. Não é razoável que cada ministro receba cerca de 120 processos por semana. Isso passa por uma reforma legislativa.

    Rosane de Oliveira: Juízes ganharão R$ 38 mil de auxílio-alimentação

    A minuta recheada de benefícios seria uma forma de dirimir resistências corporativas. Em 2013, o então presidente da Corte, Joaquim Barbosa, criou outra comissão, composta por Mendes, Lewandowski e Luiz Fux. Segundo o STF, o grupo não suprimiu sugestões feitas por comissões anteriores, apenas fez acréscimos ou considerações.

    Enquanto a revisão do estatuto segue no Supremo, o Planalto monitora a discussão sem alarde, mas nos bastidores se posiciona contrário a propostas que aumentem despesas. Governadores compactuam da posição, em virtude do possível efeito cascata. Alguns parlamentares acreditam que 2015 não é o ano ideal para votar o tema.

    — O momento não é oportuno, o país passa por ajuste de contas — diz o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE).

    Em temporada de ajuste fiscal e com endurecimento no acesso a benefícios, como seguro-desemprego e pensões, o Planalto avalia que reforçar as mordomias de juízes ampliaria o desgaste na base. O recado é reproduzido por deputados, cientes das cobranças que receberão de seus eleitores.

    — Se exigir orçamento maior, o país não terá condições de comportar — alerta José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara.

  159. Adivinha quem vai pagar essa continha banal? Bidu, é você menino inteligente! Acertou MISERÁVEL.

  160. Mas eu sou mesmo um miserável de um policial e daí, problema meu…Ah morre DIABO! O que importa é que eu gosto das CÂMERAS.

  161. O alento é que mesmo não aposentando nunca mais e sendo um miserável, quando morrer NO CÉU TEM PÃO.

  162. Seu corpo é todo ESTADUAL, tu é um GALO CEGO mesmo.

  163. Outro dia dei uma visitada no portal transparência, e, para minha maior desilusão, pensei que todo o funcionalismo público estivesse na mesma (quando estamos fodidos e vemos outros tantos também, acabamos por “aceitar” a condição) mas não, os únicos servidores que estão ferrados são os da Segurança Pública e Educação. Oficiais de Justiça estão ganhando bem prá karalho, Servidores da justiça Federal ,não em referindo aos Juízes, refiro-,me aos “Técnicos”, “Agentes de Segurança”, ganham no mínimo R$ 7.000,00, GCM, inspetor ganhando 12.000,00 e segundo uma conhecida minha que trabalha na CET (Companhia de Engenharia do tráfego) salários de 10.000 tem aos montes lá, é mato, e podiam fazer hora extra, aumentando seus ganhos, ocorre que o atual Prefeito Sr. João Dória cortou tal benefício .Isso só serviu para eu me sentir mais merdha do que já sinto que sou, e aos ditos “Futuros investipols” que neste site escrevem, expõe suas opiniões, aproveitem o termo “futuro” (já que ainda não é polícia) e pensem bem, prestem QUALQUER OUTRO CONCURSO, não joguem suas vidas no lixo. Fica a dica.

  164. Dois motivos para os policiais civis não fazerem greve: Os corruptos não precisam. Os honestos não têm voz ativa.

  165. Parece que a denúncia do agente já repercutiu no governo, segundo consta o governo não tinha conhecimento que no interior, havia policiais virando 24 x 24, trabalhando de forma contínua e sem direito a folga ou repouso, e ainda por cima escoltando sozinho com aval da autoridade, pelo visto a decadência do interior ainda não chegou aos olhos do governo, talvez a denúncia do agente faça com que o governo abra os olhos, diante dos abusos e exploração contra os policiais interioranos, já que os horários, escalas e condições de serviço no interior ferem os direitos trabalhistas e humanistas, e o pior a própria polícia que seria responsável em fiscalizar tal exploração, fere de forma escandalosa os direitos de seus policiais a vida, ao repouso, a segurança no trabalho, e a qualidade de vida.

  166. ESCRIVÃ DECAP disse:
    31/01/2017 ÀS 18:17
    Parece que a denúncia do agente já repercutiu no governo, segundo consta o governo não tinha conhecimento que no interior, havia policiais virando 24 x 24, trabalhando de forma contínua e sem direito a folga ou repouso, e ainda por cima escoltando sozinho com aval da autoridade, pelo visto a decadência do interior ainda não chegou aos olhos do governo, talvez a denúncia do agente faça com que o governo abra os olhos, diante dos abusos e exploração contra os policiais interioranos, já que os horários, escalas e condições de serviço no interior ferem os direitos trabalhistas e humanistas, e o pior a própria polícia que seria responsável em fiscalizar tal exploração, fere de forma escandalosa os direitos de seus policiais a vida, ao repouso, a segurança no trabalho, e a qualidade de vida.

    Escrivã Decap, suponhamos que o Governo não soubesse desses fatos, então nada poderia fazer, agora, tomando tal conhecimento, também nada fará. Tudo continuará como antes…Existem outras prioridade$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$.

  167. Talvez se houvesse denúncias coletivas das explorações e abusos trabalhistas e humanistas contra os policiais as coisas mudariam sim. Mas as denúncias precisam chegar a esferas maiores para se tornar incomoda.

  168. Veja de forma muito explicativa como é ROUBADO O DINHEIRO DA PREVIDÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL.

  169. Caríssimo Dr. Guerra, nesse tocante, não posso concordar com o seu posicionamento.
    Note: isso é auspicioso. Denota que não pensamos em bloco.
    Da minha parte, não concebo que a funcionários públicos armados se outorgue o direito de greve

  170. Mas afinal, pode-se mudar as regras do jogo após a partida ter começado? Previdência, previna-se do MAL GOVERNO.

  171. ESCRIVÃ DECAP disse:
    31/01/2017 ÀS 18:34
    Talvez se houvesse denúncias coletivas das explorações e abusos trabalhistas e humanistas contra os policiais as coisas mudariam sim. Mas as denúncias precisam chegar a esferas maiores para se tornar incomoda.
    .
    .
    EXATAMENTE,
    e essa iniciativa tem que partir dos sindicatos e associações, os quais podem ser pressionados com a possibilidade de baixas coletivas dos associados e sindicalizados.
    .

  172. De novo essa história repressiva, ignorante e masoquista contra os colegas, não aguenta exonere – se! Repugnante tal pensamento, onde se flexibiliza os direitos trabalhistas e humanistas, onde se busca a qualidade de vida, onde se busca a dignidade, na Polícia Civil ainda existe brucutus com pesamentos medievais, esse merda já não tem funcionário e os brucutus maçanetas medievais, insistem que os policiais vítimas de exploração pela merda de administração se exonerem, policial não é máquina, policial é mal pago para se doar a sociedade, policial é mal pago pela responsabilidade e pelos riscos que corre, por essa sociedade violenta e alienada. A polícia civil está afundada na merda e na decadência e as autoridades arrotam superioridade, arrotam arrogância, arrotam soberba sobre seus “restopols” explorados além do limite físico e psicológico do ser humano, a polícia civil devia ser exemplo de cidadania, exemplo de dignidade com seus servidores, mas ao contrário os tratam com lixos humanos.

  173. Greve no setor público sempre fere suscetibilidades.
    De qualquer modo, penso que tal possibilidade deve ser a mais restrita possível. Pois no frigir dos ovos quem se estrepa com ela é a população.
    Para polícia? Nem pensar!!!
    Será que nossos valorosos policiais civis não enxergam essa obviedade?Além dessa, será que eles não enxergam tantas outras?
    Cito uma: enquanto nosso estado for mastodôntico, agigantado até aí mais poder, a se imiscuir em todas as searas, jamais ele poderá se dedicar efetivamente à sua mais basilar função: a saber, a segurança pública. Será que nossos valorosos policiais acreditam mesmo que, com greves episódicas, reverterão essa quadro?
    Se nossos valorosos policiais pensam assim, eu me pergunto: como são policiais?

  174. Só tem um jeito, é radical e ninguém quer. Greve irresponsável. Abandonem DP’s, esvaziem seus departamentos, fiquem em casa, deixem a coisa descambar, aí a reportagem cairá em cima, haverá saques, furtos, roubos, e, aí sim, pedirão pelo amor de Deus para a Polícia agir, voltar a trabalhar. Pressão, meus caros, pressão!! Fazê-los sentir o que sentimos, pressão!! esquentar as cabecinhas, e, quando o governo decidir (sentindo-se obrigado) a conversar conosco, a conversa será daquele jeito, imposições de todos os nossos direitos! Aumento, respeito, etc, etc. Demitir não pode, porque teria de demitir todos, caso contrário estaria ferindo o princípio da isonomia (igualdade), ir pro “papel” (risadas) a polícia teria de “parar” só para ver a responsabilidade de cada grevista, o que seria impossível. Basta união, organização. Temos a faca, o queijo e a goiabada nas mãos, e repito, é na pressão, de boa já deu prá perceber (faz tempo) que não vai.

  175. GENTE !, ESSE DR. AÍ DE RIBA FALA ISTO PORQUE ELE ESTÁ AUFERINDO AQUELE “MONEY” QUE SERIA PARA A VALORIZAÇÃO DOS N.U.s. E, ME AJUDEM AÍ Ó !….

  176. E não me venham dizer: Polícia não pode fazer greve. Eu respondo: Também não pode passar necessidade.

  177. Na boa, para acabar com a escravidão dos policiais interioranos, basta fechar algumas delegacias de cidades pequenas, e aglutinar a delegacia da cidade maior, tem cidade em São Paulo com 2000 habitantes e possuí delegacia, e o governo mantém delegacia nessa merda de cidade só para agradar a merda do prefeito, pasme tem cidade com 800 habitantes com delegacia em São Paulo, essa merda nem devia ser cidade. Cidades com 15 mil habitantes para baixo, as delegacias deviam ser fechadas, e seus funcionários remanejados para delegacia maior mais próxima, chega de escravizar nossos irmãos policiais para fazer média com prefeito de vilinhas de merda.

  178. Sensacional. O Blindado supõe que todos, a exemplo dele, se movem por meros interesses particularistas. Se bem que, sim, o Gat ajuda muito. De qualquer sorte, e na moral, tem muito NU (essa nomenclatura é uma delicia) que ganha até demais, se se levar em conta o nível congnitivo de certos colegas.

  179. O “Blindado” direto de JP/PB disse:
    31/01/2017 ÀS 21:08
    GENTE !, ESSE DR. AÍ DE RIBA FALA ISTO PORQUE ELE ESTÁ AUFERINDO AQUELE “MONEY” QUE SERIA PARA A VALORIZAÇÃO DOS N.U.s. E, ME AJUDEM AÍ Ó !….

    Prezado Blindado, outro dia um “doutor” disse prá nós tiras: “Eu tenho vergonha de dizer o quanto ganho”, olhamos um para a cara do outro e foi um silêncio só! Se ele diz que tem vergonha de dizer o quanto ganha, imagine nós…

  180. DR. !, O QUE OCORRE É QUE QUEIRA OU NÃO, VOCÊS “LEVARÃO” A NOSSA VALORIZAÇÃO, POR CONTA DESSE TAL DE ” GAT”. AGORA COM RELAÇÃO A CERTOS N,Us. OCIOSOS, S.M.J., COMPETE À ADMINISTRAÇÃO, A QUAL ESTÁ SOB A RESPONSABILIDADE DE DELEGADOS QUE SIMPLESMENTE ENTERRARAM A NOSSA EGRÉGIA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE SÃO PAULO. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  181. Tem essa mensagem rolando no WHATSAPP por todo Estado sobre a escravidão dos colegas do interior:

    Pessoal chegou a uma nota ainda não se sabe a veracidade;
    Fechamento de 8 unidade da capital;
    Sistema R.D.O nos poupa tempo;
    Um pacote de medidas vão aparecer nos próximos dias, a Polícia Civil, dentre elas subordinação e controle da Corregepol pelo M.P;
    R.D.O com agendamento prévio do poupa tempo;
    O governo do Estado foi denunciado na corte interamericana, sobre trabalho escravo em algumas unidades do interior do Estado de São Paulo;
    Diminuição das delegacias do DEIC e DENARC para alocação no interior;
    Elaboração de TCO por policiais militares;
    Extinção de três carreiras policiais;
    Núcleos de apoio operacionais regionais no interior do Estado, funcionando como chefia de investigação das tarefas diárias, desonerando policiais visando o atendimento ao público;
    Decisão judicial de Jales – SP em que o Juiz chamo o uso indiscriminado do RETP na polícia civil como nova forma de escravidão;
    Fechamento de delegacias em cidades até 20 mil habitantes, centralizando os atendimentos na cidade vizinha de maior expressão.

  182. DR. !, O QUE OCORRE É QUE QUEIRA OU NÃO, VOCÊS “LEVARÃO” A NOSSA VALORIZAÇÃO, POR CONTA DESSE TAL DE ” GAT”. AGORA COM RELAÇÃO A CERTOS N,Us. OCIOSOS, S.M.J., COMPETE À ADMINISTRAÇÃO, A QUAL ESTÁ SOB A RESPONSABILIDADE DE DELEGADOS QUE SIMPLESMENTE ENTERRARAM A NOSSA EGRÉGIA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE SÃO PAULO. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  183. A prática expediente + plantão + sobreaviso + escutas telefônicas no interior é normal, fora as escoltas e operações onde os tiras são submetidos a exaustão física e psicológica, portanto o policial é ser humano como qualquer um, e deve ser respeitado em seus direitos, a Polícia Civil devia ser fiscal dos abusos e atrocidades trabalhistas e não uma das instituições escravocratas em pleno século XXI, é hora de levar a situação as altas cortes, aos direitos trabalhistas e humanos, já é uma vergonha a exploração do ser humano, seja em qualquer âmbito, mas a escravidão partir da própria polícia já é um esculacho, virou zona de vez.

  184. Estamos sem funcionários, escravizados, desvalorizados, abandonados e ainda somos cobrados pelos delegados, políticos e até pelo padre da merda de cidadezinha por produção, somos a referência e solução de todos problemas de segurança pública, a sociedade esquece que a segurança está essa merda porque vivemos em um país sem educação, com baixo nível social e corrupto. Os policiais civis são os escravos referência das cidades do interior, e o povo nem quer saber, se não esclarecer será cobrando em audiência na câmera dos vereadores e em audiência com promotor, somos escravos com açoites requintados.

  185. ALGUÉM TÁ SABENDO ALGO À RESPEITO ???
    Um pacote de medidas vão aparecer nos próximos dias a Polícia Civil, dentre elas subordinação e controle da Corregepol pelo Ministério Público Estadual, pelo GECEP…
    Sistema RDO nos poupas tempos elaborado por atendentes…
    Recebi em outro grupo, não sei a veracidade dos fatos e do conteúdo…
    Diminuição das Delegacias do DEIC e DENARC para alocação de funcionários, nas unidades faltantes, principalmente no interior…
    Entre outras fechamento de aproximadamente 8 unidades policiais na capital…
    Elaboração de TCO por Policiais Militares, só aguarda uma edição de uma resolução estadual…
    SPTC será desvinculada da Polícia Civil sendo órgão e entidade autónoma sobre controle de Peritos e Médicos Legistas…Se revezando a cada dois anos…2 anos peritos…2 anos médicos…
    O Governo do Estado foi denunciado na corte interamericana sobre trabalho escravo em algumas unidades do interior do Estado de São Paulo…
    RDO com agendamento prévio via internet no Poupatempo…
    Funcionando com chefia de investigação para realização das tarefas diárias..
    Desonerando os policiais das unidades visando o atendimento ao publico nestas delegacias…
    Este pacote de medidas começa a ser anunciado gradativamente a partir de meados de fevereiro e até julho deve estar vigente…
    Extinção definitiva de 3 carreiras policias…
    Núcleos de apoio operacionais regionais no interior do Estado…
    Investigações especializadas sobre crime organizado e tráfico de entorpecentes de facções criminosas no Deic e Denarc serão coordenadas e supervisionadas por Promotores…
    Delegacia eletrônica registrará mais 7 tipos de ocorrência…Dentre elas estelionato…
    Ainda não foi anunciado, mais será nos próximos dias…como dito gradativamente…Em grande parte por denúncias diversas na metodologia de trabalho…desde acumulo de serviço até envolvimento de policiais com facções criminosas. Uma série de reuniões na SSP que começaram com o antigo secretário hoje ministro da justiça…
    Delegacias das mulheres devem atender 24 horas ineterruptamente…inclusive finais de semana…
    Conciliado a denuncias de trabalho escravo…
    Este plano seria o projeto dele implementado inicialmente em São Paulo que visa principalmente reforma nas Polícias O que fez o Governo de São Paulo a adotar algumas medidas para desonerar os policiais… Designando algumas atribuições a outras entidades…Tais como PM e Poupa tempo…

  186. Ow, Dr. COGNITIVO, se liga, seu salário é de merda assim como todo salário da Polícia Civil de SP, em suma, um LIXO, acorda Pacheco, que papo de pobre esse de, mas sou “limpinho”

  187. O artigo 37 passa a vigorar com a seguinte redação:

    “Art. 37.Os integrantes das Forças Armadas e os servidores dos órgãos, instituições e corporações mencionados nos incisos II, V, VI e VII do caput do art. 6ºda Lei nº10.826, de 2003, transferidos para a reserva remunerada ou aposentados, para conservarem a autorização de porte de arma de fogo de sua propriedade deverão submeter-se, a cada cinco anos, aos testes de avaliação psicológica a que faz menção o inciso III do caput do art. 4ºda Lei nº10.826, de 2003.

    A partir deste Decreto, que entrou em vigor na data de sua publicação, 19/12/2016, os policias civis de todo o Brasil, deverão submeter-se aos testes, a cada 05(cinco) anos.

  188. Policial miserável, morrendo de fome, desculpe, mas acho que vou desapontá-lo: não acho meu salário uma maravilha – aliás, não conheço nenhum assalariado que o ache.
    Mas, veja, considero o salário auferido por esse pessoal da sua tabela aí um sintoma do quanto somos uma país infeliz e de infelizes.
    O meu ponto de vista é que eles ganham muito. E, para prová-lo, retomo a palavra que tanto o impressionou: cognição. Vc acha realmente aceitável que, num país de terceiro mundo, um analista de não sei o quê ganhe dezoito mil? Eu não acho. Não acho aceitável, nem meritório. Para mim, esse salário, num país como o nosso, seria justo para um juiz, um promotor, ou até, por que não, um delegado.

  189. Dr. Pacheco disse:
    31/01/2017 ÀS 21:04
    .
    Entendi tudo Dr. Pacheco, mas aí eu pergunto:
    O que fazer então?……

  190. Pois é, prezados! Resido mais ou menos próximo de um Posto Fiscal da Secretaria da Fazenda. Algum tempo atrás estenderam uma faixa em frente ao prédio, garboso, bem arrumado, diga-se de passagem, onde se lia :Estamos em greve pleiteando melhores salários para melhor atendê-los”. Sabe quanto ganha um Fiscal da Secretaria da Fazenda? R$ 25.000,00 no Holleryth. “Estamos fazendo greve buscando melhorias salariais para melhor atendê-lo…”

    Boa noite a todos!

  191. Somente observando, queria eu ter a resposta, mas não tenho. E não é só ela que me falta. Falta-me esperança nesse país.
    Agora, se for para ser meramente pragmático, claro que há uma resposta. Se quiser ganhar um salário nababesco sendo funcionário público – o que por si já é uma distorção – preste para promotor ou para juiz. Ou, sei lá, invista na inciativa privada. Eu não fiz nada disso, e não me arrependo. Mas, note, tenho só oito anos como delegado, ainda dá tempo de me arrepender. Kkkkkk

  192. Dr, Pecheco.
    Além dos salários acima, some-se, GAI de 35% sobre o salário; 7,5% com especialização;15% com o doutoramento; auxilio transporte de 1.300,00; alimentação de 820,00;quinquênios e anuenios incorporados, nossa cansei. Dá para notar que seu salário é realmente de pobre, não é Dr. Pacheco? Acorda baguá.

  193. Antes de ler comentários absurdos, no que expus acima, quero deixar claro que não me vejo no direito de ganhar como um Juiz, Promotor ou Fiscal como acima escrevi, apenas fazendo uma comparação no que tange o tema que está sendo debatido: GREVE. A idéia é passar o seguinte: Se quem ganha tão bem faz greve, como nós que ganhamos tão mal não fazemos? É isso…

  194. Dr. Pecheco. Quem disse que são 18.000,00, isso é o basicão, somando-se com os aditivos é mais que 25.000,00. E como é petulante, o cargo de analista exige o curso de direito como o seu e os que citou.
    Cá entre nós, seu salário é de merda mesmo, deveria ganhar como promotor e como juiz, mas é acomodado, encostado, enfim, ganha o que merce mesmo, essa merreca, para fazer seu serviço de pelego. Muita sorte a você.

  195. Policial miserável, morrendo de fome. Dá para perceber que sua maior miséria não é a financeira. Rs
    Insisto: com esses penduricalhos todos que vc mencionou, o descalabro só aumenta.
    Não sei se meu salário é de pobre. Pode até ser.
    Encerro com um lembrete: rico é aquele que sabe viver com o que tem.

  196. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME.

    Prezado colega,

    Juízes, Promotores, Analistas Judiciários (não sei definir bem o que seria isso, o que este “servidor” faz) “Agentes de Segurança Judiciários”, Fiscais de Renda que estão certos. Ganham muito bem e ainda continuam lutando para ganhar mais, usando do slogan “Para melhor servir”, não estão errados não, lutam por aquilo que é sua segurança: Ordenado. Amanhã estarão aposentados, descansando, percebendo fartos salários e com a cabecinha bem fresca, já nós…

  197. Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

  198. Bom. Por isso tb que esse país não vai para frente. Servidores públicos – o assim dizer baixo clero, delegados inclusos – acham razoável que uma analista aufira vinte e cinco mil. Redigo: eu não acho. Não se trada de ser medíocre ou não. Mas, convenham, quem quer que invista no funcionalismo público não é um suprassumo em nada. É, no máximo, uma pessoa disciplinada. Em países infinitamente superiores ao nosso, algo dessa natureza suscitaria comoção. E isso independentemente da área de formação.

  199. Olha, não torço para que se reduzam os salários de ninguém. Só constato que a equação simplesmente não fecha. E sim, irmãozinho, eles estarão aposentados, auferindo seus polpudos subsídios, mas vivendo ainda, e para sempre, num país miserável

  200. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 22:43
    Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

    Exato, quem sabe os políticos de Brasília não tomam a consciência e fazem o seguinte: Senhoras e Senhores Deputados, nós parlamentares roubamos tanto o Brasil, o povo brasileiro e isto é uma vergonha para nós, façamos o seguinte: Devolvamos todo o dinheiro roubado e abramos mãos dos nosso salários, ganhemos como os policiais de São Paulo…rss!! Piada! Já viu salário de servidor público baixar?!…Só o nosso. Piada!!! Quem terá esse “crise de moral”? “Ganho muito num pais de miserável e quero ganhar menos, andar de busão e morar no CDHU do Brás…rss! Estou morrendo de rir!

  201. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 22:43
    Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

    Exato, quem sabe os políticos de Brasília não tomam a consciência e fazem o seguinte: Senhoras e Senhores Deputados, nós parlamentares roubamos tanto o Brasil, o povo brasileiro e isto é uma vergonha para nós, façamos o seguinte: Devolvamos todo o dinheiro roubado e abramos mãos dos nosso salários, ganhemos como os policiais de São Paulo…rss!! Piada! Já viu salário de servidor público baixar?!…Só o nosso. Piada!!! Quem terá esse “crise de moral”? “Ganho muito num pais de miserável e quero ganhar menos, andar de busão e morar no CDHU do Brás…rss! Estou morrendo de rir!

  202. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 22:43
    Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

    Exato, quem sabe os políticos de Brasília não tomam a consciência e fazem o seguinte: Senhoras e Senhores Dheputados, nós pharlamentares roubamos tanto o Brasil, o povo brasileiro e isto é uma vergonha para nós, façamos o seguinte: Devolvamos todo o dinheiro roubhado e abramos mãos dos nosso salários, ganhemos como os policiais de São Paulo…rss!! Piada! Já viu salário de servidor público baixar?!…Só o nosso. Piada!!! Quem terá esse “crise de moral”? “Ganho muito num pais de miserável e quero ganhar menos, andar de busão e morar no “CDHU” do Brás…rss! Estou morrendo de rir!

  203. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 22:43
    Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

    Exato, quem sabe os pholíticos de Brasíliah não tomam a consciência e fazem o seguinte: Senhoras e Senhores Dheputados, nós pharlamentares roubamos tanto o Brasil, o povo brasileiro e isto é uma vergonha para nós, façamos o seguinte: Devolvamos todo o dinheiro roubhado e abramos mãos dos nosso salários, ganhemos como os policiais de São Paulo…rss!! Piada! Já viu salário de servidor público baixar?!…Só o nosso. Piada!!! Quem terá esse “crise de moral”? “Ganho muito num pais de miserável e quero ganhar menos, andar de busão e morar no “CDHU” do Brás…rss! Estou morrendo de rir!

  204. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 22:43
    Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

    Exato, quem sabe os pholíticos de Brasíliah não tomam a consciência e fazem o seguinte: Senhoras e Senhores Dheputados, nós pharlamentares rhoubamos tanto o Brasil, o povo brasileiro e isto é uma vergonha para nós, façamos o seguinte: Devolvamos todo o dinheiro roubhado e abramos mãos dos nosso salários, ganhemos como os policiais de São Paulo…rss!! Piada! Já viu salário de servidor público baixar?!…Só o nosso. Piada!!! Quem terá esse “crise de moral”? “Ganho muito num pais de miserável e quero ganhar menos, andar de busão e morar no “CDHU” do Brás…rss! Estou morrendo de rir!

  205. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 22:43
    Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

    Exato, quem sabe os pholíticos de Brasíliah não tomam a consciência e fazem o seguinte: Senhoras e Senhores Dheputados, nós pharlamentares rhoubamos tanto o Brasil, o povo brasileiro e isto é uma vergonha para nós, façamos o seguinte: Devolvamos todo o dhinheiro roubhado e abramos mãos dos nosso salários, ganhemos como os policiais de São Paulo…rss!! Piada! Já viu salário de servidor público baixar?!…Só o nosso. Piada!!! Quem terá esse “crise de moral”? “Ganho muito num pais de miserável e quero ganhar menos, andar de busão e morar no “CDHU” do “Brás”.. Estou morrendo de rir!

  206. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 22:43
    Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

    >

    Exato, quem sabe os pholíticos de Brasíliah não tomam a consciência e fazem o seguinte: Senhoras e Senhores Dheputados, nós pharlamentares rhoubamos tanto o Brasil, o povo brasileiro e isto é uma vergonha para nós, façamos o seguinte: Devolvamos todo o dhinheiro roubhado e abramos mãos dos nosso salários, ganhemos como os policiais de São Paulo…rss!! Piada! Já viu salário de servidor público baixar?!…Só o nosso. Piada!!! Quem terá esse “crise de moral”? “Ganho muito num pais de miserável e quero ganhar menos, andar de busão e morar no “CDHU” do “Brás”.. Estou morrendo de rir!

  207. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 22:43
    Irmãozinho. É simples, veja a ideia do Dr. Pecheco, melhor dizer que os que ganham mais deveriam ganhar menos e não o contrário, os que ganham menos deveriam ganhar o piso normal da categoria. Disse ele_ Sou delegado há apenas 8 anos, posso mudar (só se for do Itaim Bibi, para o Paulista, ainda há tempo para me arrepender, kkkkkk. Ora, 8 anos, não sai daí nunca mais. Continue torcendo para baixarem os salários dos outros, quem sabe um dia chegue próximo à sua merreca Dr. Pacheco. Muito mais sorte a você, vai precisar.

    Polícial Miserável, to morrendo de rir aqui!

    Quem sabe estes funcionários de alto escalão não têm uma crise moral e não combinam entre si: Pessoal, ganhamos muito num país de miseráveis, abramos mãos dos nossos vencimentos e ganhemos como os policias paulistas, o mundo nos agradecerá, preparem seus bilhetes únicos, as marmitas, e comprem a prazo seus “apertamentos no CDHU – Brás”…Piada! Estou rindo muito aqui!!

  208. Irmãozinho. Enquanto houver funcionários na Polícia Civil do tipo que lhes basa a forma formal de tratamento, Dr. Excelência e só, a instituição resta estagnação, melhor, deterioração, visto que, todos sabemos que Dr. é dinheiro licito no bolso. Pompa, acomodação entre outras coisas, contribui ainda mais para isso. Ser delegado ganhando 10 contos e morando na casa da mamãe, esta de bom tamanho para os Drs. Pachecos da vida. Grande abraço.

  209. E ai seus trouxas “trabalho análogo a escravidão” é hora de virar plantão trouxa, operação trouxa, escolta trouxa, 24 x 24 seu trouxa, e quero produção porque quero ficar de bem com a sociedade.

  210. Policial Miserável, o jeito é ficar quieto e ir tocando a vida, entre trancos e barrancos,porque cada vez que se discute aumento, greve, melhorias, sempre tem um “iluminado” que vem jogar água morna no nosso chopp. Instituição podre e medíocre, é isso, incapaz até de se manter um debate de “nível”. Cada desculpa, cada ponto de visto absurdo que olha, depois do que li aqui, vou dormir.

    Boa noite!

  211. Irmãozinho, realmente hilariante. Estou em posição fetal de tanto rir

  212. Dr. Pacheco disse:
    31/01/2017 ÀS 23:16
    Irmãozinho, realmente hilariante. Estou em posição fetal de tanto rir

    Não é dele que estou rindo. Volte os textos acima e entenderá do que estou falando. Passar bem…

  213. Irmãozinho. O tal de Dr. Pacheco é tão humilde, tão singelo, tão justo, deve ser delegado na Finlândia ou quiça Disneylândia, sei lá, mas que não estamos falando do mesmo Estado, muito menos país, não estamos, sem levar em conta que é o único policial civil de SP que esta contente com o que ganha. Esta aí a resposta para toda essa “barganha” de palavras há tentativa de convencimento através desse instrumento, mas cá entre nós, se embaralhou todo, pois não passa de jumento. Uma pena, pois com todo esse conhecimento, deveria fazer por onde, lutar por melhorias e aumento, dessa for o mesmo, inclusive seus pares e olhares, conseguiriam de melhor forma acabar com esse tormento, restando enfim a paz, com o bolso bem cheio do aumento, gerando por fim o melhor alento. Grande abraço.

  214. Poxa, não se vão. Agora que está ficando legal. Mas se não posso persuadi-los a ficar, explico tudo num nível mobral.
    Claramente, a responsabilidade de um investigador de polícia é maior do que a responsabilidade de um analista, afinal, convenham, àquele recai a responsabilidade de elucidar um ato ilícito. Com efeito, não se pode condescender com uma distorção dessa monta. Não se trata, menos ainda, de boicotar quem quer que seja, mas sim de exigir razoabilidade. Claro que eles, “spont propria”, não vão propugnar pela diminuição dos seus próprios vencimentos. Não haverá essa crise de consciência, nas palavras do Irmãozinho. Não acho meu salário bom, longe disso. E tb não acho razoável que um investigador receba menos ainda. Mas é muito obtusidade não perceber que as coisas estão intimamente ligadas. Enquanto o estado não for reduzido, focado naquilo que realmente importa, essas distorções continuarão a ocorrer. Vcs teimam em esquecer que o estado, nosso patrão, não produz riqueza nenhuma. Quem o faz é o contribuinte. Enquanto um juiz receber 100 mim, um analista, vinte e cinco, viveremos perpetuamente nessa guerra de lobbys. E já deu pra notar que o nosso não é dos mais fortes

  215. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME. disse:
    31/01/2017 ÀS 23:24

    Exato.

  216. Irmãozinho. É por isso que a Polícia Civil esta na merda que esta, por causa desses Drs. Pachecos da vida. No final, sabemos que não passa de mais um PELEGO, nem delegado é o tal, mas deve deve ter se gabado ao ser tratado no “papo” como se o fosse, durante esse parco tempo. Boa noite.

  217. Á , Irmãozinho, antes que me esqueça, parabéns pela inteligencia e perspicácia em atenção. Boa noite “ostraveis”.

  218. Polícia miserável, morrendo de fome e Irmãozinho, obrigado pelos elogios que me dispensaram. Jamais os trataria de forma desrespeitosa. Sou, isso sim, contundente ao divergir. Numa próxima vez, leiam noque está escrito, e não o que querem ler. Urbanidade, mesmo num espaço virtual e sob a proteção do anonimato, é um – vou gastar um pouquinho de erudição – imperativo categórico. Senão, viramos símios numa luta de todos contra todos. Abraços.

  219. DEPUTADO FEDERAL RICARDO IZAR JUNIOR PEDE AO M.P INTERVENÇÃO NA PC, PELO EXCESSO DE ATRIBUIÇÕES, BAIXO EFETIVO, RESPONSABILIDADES E RISCOS AO POLICIAL CIVIL.

  220. Pacheco, continue rindo na posição fetal, posição essa da qual nunca saiu. Acorda polícia. Acorda.

  221. Pacheco, se é policial mesmo, bem sabe que não há anonimato no espaço virtual, pois todas conexões deixam seus rastros e endereços. Abraços, outros.

  222. Claro, meu amigo. No meu cas, todavia, não se faz necessário muita expertise. Basta o mínimo de perspicácia para saber quem sou. Quanto a posição fetal, dizer o quê. Melhor que a genuflexão, de pires na mão. Abraços

  223. Agora foi de vez, ta todo mundo na vala comum, PM, FEDERAL, CIVIL, tudo. Se aprovaram o teto, essa da aposentadoria é moleza, não vai passar da primeira quinzena de fevereiro e aprovam isso. Acordem, vai ser na calada da noite como sempre.
    PMs celetistas essa é nova em. Quem puder aposentar caia fora logo, vaza disso, deixa a bomba para o governo.

  224. MAJOR OLÍMPIO, VIROU NADA EM VÃO COLOCAR A PM JUNTO COM A CIVIL e FEDERAL, da próxima lembre-se de toda a polícia, pois não existe só PM não, existe FEDERAL, CIVIL, e até PM.

    PM é polícia como CIVIL, segura a pepa agora, POLÍCIA É POLÍCIA, seja PM, seja CIVIL, não seja servil.

  225. MAJOR OLÍMPIO A POLÍCIA CIVIL TODA VOTOU EM VOCÊ, EU VOTEI EM VOCÊ, VOCÊ SE ESQUECEU DA POLÍCIA CIVIL, MAS NÃO HOUVE SOMENTE ESSA ELEIÇÃO PASSADA, VIRA OUTRA, NÃO NOS TRAIA, NOS HONRE. LEMBRE-SE.

  226. POLÍTICA / REFORMA NA PREVIDÊNCIA
    31.01.2017 | 17h19 Tamanho do texto A- A+
    Deputado pede apoio para manter aposentadoria especial da Polícia Civil
    PEC 287 extingue benefício a servidores sujeitos à atividade de risco
    Reprodução
    Clique para ampliar

    O deputado Wancley Carvalho, que quer manutenção de aposentadoria especial a Polícia Civil
    DA REDAÇÃO
    “A Proposta de Emenda Constitucional 287, que prevê a reforma da Previdência Social, traz efeitos devastadores aos policiais civis de Mato Grosso”. A afirmação é do deputado estadual Wancley Carvalho (PV), que tem se articulado junto a bancada federal para garantir o direito especial aos policiais civis do Estado.

    A PEC está em tramitação na Câmara dos Deputados, e aguarda criação de Comissão Temporária para ser votada em plenário.

    O texto da reforma apresentado pelo presidente Michel Temer (PMDB), retira o artigo que reconhece a atividade de risco dos profissionais de segurança pública, nos critérios de concessão da aposentadoria de profissionais da segurança pública.

    De acordo com o deputado Wancley, o serviço policial tem suas peculiaridades e regime de trabalho diferenciado.

    “Da forma que é proposta, a reforma vai criar uma polícia envelhecida, já que o novo texto determina que os policiais civis e federais serão submetidos à regra de idade mínima de 65 anos e de, pelo menos, 25 anos de contribuição. Uma polícia envelhecida não traz segurança para a população”, disse.

    Em conversa com o senador José Medeiros (PSD), o deputado solicitou ajuda na defesa da pauta.

    “Sou favorável a aposentadoria especial de todos os policiais, na integralidade, pois sei da atividade de risco que desempenham. Já me reuni com o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, para tratar do assunto, que atualmente é debatido na Câmara”, afirmou o senador, que é policial rodoviário federal.

    Ainda segundo Wancley, a defesa do assunto não privilegia a categoria, em detrimento de outras.

    “Pela atividade de risco que o policial pratica diariamente, a sua expectativa de vida, segundo pesquisas, é inferior. Essa reforma precisa ser pautada por aspectos técnicos”, finalizou o deputado.

    Manifestação

    No início do mês de dezembro,investigadores, escrivães e delegados da Polícia Civil participaram de um ato em frente à sede da diretoria da Polícia Civil, em Cuiabá.

    Os manifestantes protestaram contra a reforma previdenciária.

  227. Ao invés de cortarem benefícios, não darem licença saúde, deveriam é recuperar as dividas para com a união e cessar as desonerações fiscais que juntas somam BILHÕES.

  228. OLHA PESSOAL, QUALQUER DÚVIDA SOBRE SALÁRIO, APOSENTADORIA ESPECIAL, PAGAMENTO DO NÍVEL SUPERIOR, PROMOÇÕES, AJUSTE DO QUINQUENIO E SEXTA PARTE, É SÓ PROCURAR O BRIGUENTO PRESIDENTE DO IPA, QUE GOSTA DE DEFENDER SEU EGO E NADA DE ATENDER O QUE NOS INTERESSA E COM MUITO PRAZER E HONRA O CONVIDO A PASSAR PELA SEDE DO 72º. DP – PARA A GENTE DIALOGAR COMO SERES CIVILIZADOS, JÁ QUE AFIRMOU QUE NÃO SOU POLICIAL EM SUA ÚLTIMA POSTAGEM.

  229. A Polícia Civil ao invés de fiscalizar o trabalho escravo, a mesma escraviza seus policiais do interior, isso é atrocidade aos maus pagos policiais.

  230. Dr. Pacheco em 01/02/2017 às 0:18
    Claro, meu amigo. No meu cas, todavia, não se faz necessário muita expertise. Basta o mínimo de perspicácia para saber quem sou. Quanto a posição fetal, dizer o quê. Melhor que a genuflexão, de pires na mão. Abraços

    VC TEVE UM DERRAME E UM INFARTO? E ESTÁ COM CIRROSE? Falaram que está com o pÉ na cova e pensando na recolha de 10 mil na sua mão e está voltando mesmo em licença? Será qhe é verdade? Como pode a corrupção fazer uma pessoa doente voltar a trabalhar sem
    Condições psíquicas e moral e de saúde só por causa do poder e da arrecadação da próprios?

    Que Deus ilumine essa alma, pois esse corpo podre dês tanta bebida e cigarro já era

  231. Polícia quer apito, se não der, pau vai cume.

  232. Novos boatos de mudança isso tudo porque está sendo armado para a calada da noite o projeto da aposentadoria, e prometendo mudança os idiotas corruptos param de pensar em reclamar e ficam sonhando com Deic Fazenda Denarc DPPC e esquece de lutar por salário como sempre a 100 anos mesma ladainha . Que hipocritas qhe nos polícias somos

  233. Pacheco.
    Pois é, continue na sua posição fetal, pois a maioria dos polícias de verdade vão continuar na posição que você prefere não estar, ou seja, forçados a genuflexão sobre o milho que o jurupari colocou e nos força a ficarmos sobre ele, mas continuaremos a combatê-lo. Não se resigne à parca contraprestação injusta que recebe pela sua exsudação devido à labuta árdua. Tenha um bom dia.

  234. Os meganhas estão preocupados porque poderão ter que trabalhar até os 55 anos e já estão se mobilizando. Nós policiais civis seremos tratados como trabalhador comum e ninguém se manifesta. Que porra é esta?

  235. Aqui o servidor público não é valorizado, somos tratados como lixo pelas autoridades (de todas as esferas e instâncias), não temos salário digno nem aumento, não temos material e ainda jogam a imprensa contra nós, como se fôssemos culpados de tudo neste país.

    O governo é péssimo patrão e péssimo gestor.

    Eu lembro quando, há mais de 20 anos, vieram policiais dos EUA mostrar como eles faziam lá, com milhões de máquinas de última geração para perícias. Quando mostraram um laser para medir distância, mostramos para ele como nós, aqui no Brasil, fazíamos – com uma bolinha, uma trena e um cronometro…

    E hoje, ao consultar o site da Universidade onde minha filha passou, descobri que, apesar dos impostos abusivos que cobram da gente, nossos filhos são FEITOS DE IDIOTAS em faculdades públicas:

    Enquanto os brasileiros prestam ENEM e se humilham 4 dias no site do SISU (a grande maioria acaba NÃO PASSANDO) e depois ficam lutando por vagas do PROUNI, os REFUGIADOS têm PROCESSO DE SELEÇÃO específica e SIMPLIFICADA em faculdades PÚBLICAS, que consiste em uma SIMPLES REDAÇÃO.

    Brasileiros são obrigados a prestar ENEM por 2 dias, ficar 4 dias pendurados no site do Sisu para estrangeiros conseguirem as vagas fazendo uma SIMPLES REDAÇAO ??????? Por quê ? Eles são mais bonitos que a gente ? São muito importantes e não podem prestar ENEM e entrar pelo SISU, como todo mundo ?

    Observação: NÃO APARECE NEM O NOME DELES NO RESULTADO FINAL, apenas o nº de inscrição (vide site da UFSCAR). http://www.saci.ufscar.br/data/solicitacao/32516_res_fnl17.pdf . Somos NÓS que pagamos essas faculdades com nossos impostos e temos o direito de saber QUEM SÃO ESSES PRIVILEGIADOS que conseguem VAGAS PÚBLICAS de maneira tão fácil.

    Observação 2: a COMPROVAÇÃO DE ESCOLARIDADE pode ser feita por MERO ATESTADO expedido pelo Conare – não fazem NEM MESMO UM MÍSERO TESTE para comprovar a escolaridade – dão o atestado e pronto.

    http://www.prograd.ufscar.br/cursos/ingresso-na-graduacao/refugiados

    UFSCAR – Edital nº 6, de 04/05/2016: http://www.prograd.ufscar.br/cursos/arquivos-graduacao/refugiados/Edital%20ProGrad%20006%20de%2004052016%20-%20Inscricoes%20e%20Regulamento.pdf

    Observação 3: a imprensa NÃO NOTICIA isso; eu só soube porque li no site. E não é só nessa faculdade não, tem esse absurdo em toda faculdade pública.

  236. Hoje as atrocidades trazidas pelo R.E.T.P representa quase uma sentença de morte ao Policial Civil.

  237. Ah, meu estimado polícia miserável, à beira da inanição. Assim inanido, continuará a pensar essas bobagens todas e, pior, a tentar esgrimi-las nesse sotaque meio dialetal que, doravante, adota.
    Façamos assim: eu fico na minha posição fetal (confortável , por sinal). E vc, bom, com o joelho já calejado, fique mesmo genuflexo.
    Mais uma coisa: não precisa se socorrer dos “verdadeiros policiais”. Tenha hombridade. Fale por si só. Não precisa chamar trevosos em seu socorro.
    (Gostei da estilística concordância “a maioria das pessoas vão”. Denota que vc nao escreve só com o fígado.)

  238. Bom dia!

    Senhoras e Senhores

    Sabe o que é lamentável nisto tudo:

    1 – Exercer Atividade de Risco sem ser devidamente reconhecido pelo patrão;

    2 – Exercer Atividade de Risco numa Sociedade que cultua o errado e o desprezível;

    3 – Acabar servindo de bode expiatório para esconder a deficiência do Sistema e, servir de justificativa para outros demonstrarem suas qualidades numa total inoperância;

    4 – Efetuar Atividade de Risco sem um mínimo de apoio logístico tampouco de efetivo;

    5 – Não ter profissionais compatíveis em nível de liderança tampouco em Representatividade para realmente fazer a diferença;

    6 – Não receber salário digno, NU tampouco uma aposentadoria respeitada e, ainda por cima ser taxado ao final de tudo de ” VAGABUNDO”.

    AÍ JÁ É DEMAIS!!!

    Aí muitos dirão:

    “O Governo finge que paga e o profissional finge que trabalha” e “O povo tem a Polícia e o Governo que merece”

    Finalizando:

    É bem mais fácil fechar umas Delegacias de Polícia do que assumir o erro e suprir as reais necessidades.

    Caronte

  239. A Dr. Pacheco, quem dera fosse assim insistente, digo mais; usando a palavra de seus pares e da “moda” ; resiliente, fazendo algo de útil em pró de seus subordinados, que assim como eu, não passam de miseráveis, escrevemos com o caldo, mas do figo. Bom dia de “trabalho” enfadonho.

  240. Policia Miserável, Morrendo de Fome, não quero acarinhá-lo, longe disso. Mas foi um prazer discutir contigo. Malgrado tenha me sido hostil – penso eu de modo desnecessário – , vê-se que é um debatedor de bom nível.
    No tocante aos meus “subordinados” – palavra sua (se a usei, foi em tom provocativo, pois não o vejo como tais, e sim como colegas ) – ajudo-os na medida das minhas possibilidades. E o faço pois são na expressiva maioria policiais valorosos e com muito mais experiência do que eu. Aprendo muito mais com eles do que eles comigo. Tenho imensa gratidão por todos eles. Posso lhe afiançar.
    Mas, a despeito de tudo, sou obrigado a decepcioná-lo, pois meu trabalho não é nada enfadonho. Adoro o que faço.
    Estendo meus cumprimentos ao colega Irmãozinho. Ele também carregou nas tintas. Mas, a seu exemplo, sabe debater.
    O único senão é o tom abespinhado que ambos imprimiram à discussão.
    Abraços.

  241. Pacheco. Não é possível, assim não dá de forma nenhuma. Não quer que chame outros a se alinharem com meus pensamentos, mas você memo os chama, como se pares fossem, infelizmente para eles não são, mas mesmo sim os chama como se fossem. Á o bom GAT, outrora podiam ser dois, hoje não mais, a cabeça esta econômica, hoje só um quando há.
    Pacheco deixe de ser acomodado e cobre seu superior indolente, para que o mesmo se torne um resiliente e faça essa merda melhorar. Esta ruim, mas pode piorar ao invés de melhorar. A miséria esta grande, mas quem sou eu para valorar, mais um miserável, mas pode piorar, e não se engane, tem muita gente que nesse intento vai se empenhar. Tenha um bom dia de “trabalho” virtuoso.

  242. POLÍTICA / PREVIDÊNCIA
    31.01.2017 | 17h19 Tamanho do texto A- A+
    Deputado pede apoio para manter aposentadoria especial da Polícia Civil
    PEC 287 extingue benefício a servidores sujeitos à atividade de risco

  243. PESSOAL !, VOCÊS ESTÃO PERDENDO OS VOSSO PRECIOSOS TEMPOS COM ESSE MALA DESSE ” pachequinho”. ISSO PARA MIM É MAIS UM ” nada”,. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  244. Prezados, analisando a conjuntura atual da polícia, nos preparemos:

    Com o número absurdo de pedidos de aposentadoria e a não contratação de novos funcionários (segundo o patrão, até final de 2018, não haverá contratação); ocorrerá:
    Distritos menos “movimentados” serão desativados, o pessoal será remanejado para os que permanecerem ativos;
    Policiais que trabalham nas “nasas” serão remanejados para atender a demanda destes distritos;
    Trabalharão “estrangulados”, como o colega de Rosana mencionou no B.O;
    Aumento de salário, puuuuuf!! esquece;
    E agora o pior, as folgas serão uma doce lembrança no passado na polícia. Terão de trabalhar todos os dias, sim, todos os dias;
    A desmotivação e o cansaço de abaterão nos ombros dos policiais, tornando-os cada dia menos produtivos, e tendo como consequência o “estender do tapete vermelho” para a recepção do “Ciclo Completo”, que virá mais cedo ou mais tarde, mas virá. Preparem-se, quem tiver tempo, vá embora.

    Abraços!

  245. SR. ” policial Miserável, MORRENDO DE FOME ” !, MEU AMIGO SE LIGA !, COMO VOCÊ DESEJA UM BOM DIA DE TRABALHA PARA UMA PESSOA QUE NÃO TRABALHOU DE ONTEM PARA HOJE,. POIS ESTOU APOSENTADO, FUI DORMIR ÀS 02:00 HORAS DE HOJE, E ESSE ” nada” NÃO PARAVA DE DISPARAR SUAS FALÁCIAS CONTRA OS RESTOPOS. E, COM UM DETALHE, PODE CONFERIR ANTES DAS 07:00 ELE JÁ CONTINUOU FALANDO AINDA MAIS ASNEIRAS. PORTANTO, PARA MIM SE EFETIVAMENTE FOR UM ” majura” É MAIS UM OCIOSO. E, ME AJUDEM AÍ Ó !….

  246. Meu caro amigo Blindado, tem algumas pessoas que ao verem um quadro fora de esquadro o arruma, mas há os que fazem questão de desquadrinhar os restantes, há ainda os que nem veem os quadros, muitas das vezes nem as paredes. Lembrando também que há funcionários na Polícia que gostariam muito de ser Policiais, mas nunca serão.

    Se tiver paciência leia mais algumas postagens acima, percebe o tempero e o tom da brejeirice. No restante é isso mesmo, o blog aqui é extremamente democrático, apesar de alguns por mero desconhecimento de troca de informações de dados se equivocarem, achando que suas postagens foram censuradas. Justamente nesse blogue em que o dono não é perfeito e as vezes muda de opinião de acordo com as informações novas auferidas ou mesmo a mudança de seu próprio pensamento, o que é bem normal e inerente a todos nós seres humanos inteligentes, procuramos mudar para o melhor.

    Lembro ainda, que com todos os defeitos desse mantenedor do blog, dito por muitos que passam e somem por aqui, que preferiu manter sua integridade de pensamentos do que ficar acomodado em uma cadeira mofada, sebosa nas bordas e bem brilhante no assento. Estamos aqui pois o mesmo ainda o mantém e isso brioso.

    No restante, existem os “costinhas” sem noção, tentam expressar aqui o que não podem expressar em seu local de trabalho onde é titular, ou ainda, substituto. Lamentável, eu tenho um dó tremendo.

    Já me estendi por demais. A coisa não vai para frente por isso. Relembremos o velho, mas bem atual:

  247. Já passou da hora de se contestar na justiça o golpe denominado RETP. O fato de isso não ter acontecido ainda é a maior prova de que nossos sindicatos e associações são muito fracos, fraquíssimos.

  248. Relembrando o velho, mas atual: _Eu não queria ser burocrata…

  249. O trabalho análogo a escravidão, vem sendo impondo aos policiais do interior ao menos a 10 anos, só agora um ser iluminado resolveu denunciar, pois teve coragem, as coisas caminharam na Polícia Civil para a semi – escravidão, porque os delegados sempre fizeram vistas grossas para esse abuso, e porque os que comandam a Polícia Civil não sofrem essa atrocidade trabalhista e humanista, são maçanetas, estão na zona de conforto, enquanto 70% dos policiais são massacrados, trabalhando 24 x 24, realizando escoltas sozinhos e exaustos, e ainda são cobrados por produção pelos carrascos e bem pagos delegados de polícia, o pior que a ADPESP observa a Polícia Civil no flagelo e nada faz.

  250. Não são apenas os delegados que fazem vista grossa ao estado de Semi – escravidão dos policiais civis, mas principalmente esse aglomerado de Sindicatos que não servem para nada, sindicato na polícia civil são inúteis, até agora não vi nenhuma providência, ação ou diligência realizada pelos SINPOL’s, ou as associações para levantar os abudos e atrocidades trabalhistas que estão passando os policiais do interior, e olha que os casos de trabalho escravo acontecem a mais de 10 anos e os sindicatos nada fazem. Os Sindicato deviam contestar na justiça o R.E.T.P em pleno XXI somos submetidos a essa exploração do R.E.T.P – REGIME ESCRAVO DE TRABALHO POLICIAL.

  251. PARABÉNS POLICIAIS DE SÃO PAULO!!!!!!!! VOCÊS ESTÃO NO FUNDO DO POÇO!!!!! AQUI É SÓ RECLAMAÇÃO E NINGUÉM TEM CORAGEM DE TOMAR ATITUDE. TODOS ESTÃO MERECENDO ESTA SITUAÇÃO PORQUE NÃO TEM CORAGEM DE EXPOR A REALIDADE. PARA OS CORRUPTOS ESTÁ ÓTIMO, ASSIM COMO PARA OS PRIVILEGIADOS… QUANTO AO RESTO, O PRÓPRIO TERMO JÁ DIZ TUDO: NÃO PASSAM DE RESTO E ASSIM SEMPRE SERÁ….. R E S T O

  252. Sindicatos de Policiais Civis, Sindicatos de Policiais Federais, chegou a hora de fazer, de cumprir o que lhes cabe. SE A PM VAI A BRASÍLIA NO DIA 14 DE FEVEREIRO, VOCÊS, BEM COMO TODOS OS POLICIAIS DO PAÍS DEVEM ESTAR UNIDOS E EM UMA SÓ VOZ EXIGIREM OS DIREITOS QUE TODOS TEMOS POR DIREITO. TRABALHEM.

  253. Vamos trabalhar sindicatos! Chega de fazer número se unam e trabalhem, delegados acumulam escala pelo G.A.T e nos escravopol trabalhamos dia e noite continuas por doenças e depressão, façam alguma coisa SINPOL, SIPOL e ASSOCIAÇÕES.

  254. Esses dez motivos ainda é só um exemplo, pois poderia passar o resto da noite listando motivos para uma greve geral na policia!
    Covardia também não é o único motivo de não se mexerem para que uma greve seja feita, pois em primeiro lugar vem a corrupção policial, pois policial que não precisa do salário nem pode ouvir falar em greve, senão deixa de arrecadar dinheiro.
    Depois vem os segura cadeira, pois se o titular não segura seus subordinados, não arrecada e também não ficará na titularidade.
    Depois disso vem os que complementam o salário com bicos, empresas ou outra atividade lícita qualquer, sendo que só está na polícia para ter carteira e arma, portanto, não vivendo do salário da polícia, não tem que se preocupar com greve.
    Os sindicatos são outros culpados que vêm logo em seguida, pois não fazem nada, só querem saber de receber mensalmente as contribuições. Muitos nem saem as ruas ou sequer vão falar com o Delegado Geral, o Secretário ou o Governador.
    Também tem os que já estão aos 45 do segundo tempo para se aposentar e só estão esperando publicar, subir de classe ou qualquer outra coisa, não querendo arrumar pra cabeça justamente agora.
    Tem os novatos que não ligam para porra nenhuma, pois tem pais que os bancam e estão estudando para outros concursos.
    Tem os conformados com a situação, que pensam igual a piada do cara que chega em casa e encontra a mulher na cama com outro, vindo a jogar fora a cama, achando que ela é o problema da mulher o estar traindo.
    Ainda tem aqueles poucos que até não tem medo de se manifestar ou de peitar os superiores, mas são tão poucos que ninguém dá importância, pois são fáceis de se esquecer, punindo-os ou dando bonde neles. (como é o caso do agente que fez um bo contra o Estado recentemente).
    Acredito que só então chega a vez dos acovardados, que não se enquadram em nenhuma das hipóteses acima, mas que por medo de bonde, corregedoria, represália etc, nada farão para que as coisas mudem.
    É, em suma, estamos fodidos e mal pagos, literalmente.
    O fundo do poço já chegou, estamos próximos do fim do volume morto isso sim!
    Que Deus nos ajude!
    .
    .
    .
    Falou tudo e mais um pouco !!! Parabéns

  255. Sindicatos da Policia Civil, ora os Sindicatos…eles só arrecadam porque uma leva de otários contribuem, porquanto esses sindicatos e associações da polícia civil não fazem nada todos os policiais sabem mas alguns teimam em contribuir. o que nos resta é GREVE, fora isso não adiante mais nada…formam-se “grupos de estudos” há anos……sem valia alguma.
    Os policiais civis realmente estão morrendo de fome e de cansaço fisico e mental.

  256. Para começar os sindicalistas são os maçanetas de ontem, e outra a maioria nos sindicalistas são ex – policiais que na ativa nunca prenderam nem o dedo na porta, vivem na maciota e de uma polícia fictícia e de fantasia, por isso os presidentes desse aglomerado de sindicatos inoperantes e inúteis não veem as atrocidades do Estados com seus policiais, obrigado – os a risco imediatos e de longo prazo a suas vidas e saúde, a maioria desses sindicalistas eram maçanetas que nunca viraram plantão, faziam expediente administrativo, por isso os SINPOL, SIPOL e ASSOCIAÇÕES não fazem absolutamente nada, sindicatos da Polícia Civil significavam o fracasso do sistema que levou seus policiais a semi – escravidão, trabalhando dia e noite pós noite sem folga ou descanso, sem direitos a nada, mas cheio de deveres e responsabilidades nas costas.

  257. Li alguns dos comentários aviados. Não todos – o que se revelaria um “tour de force”. E por quê?
    Ora, porque o nível do que se escreve e, pior ainda, a forma que se lhe empresta, ambos são baixíssimos
    Em cada linha, período e oração, colhe-se uma cambulhada de solecismos, de barbarismos.
    Ademais, temos aquele contorno histérico, com cada qual a brandir, nervosamente, suas verdades, tornando impossível um qualquer concerto de ideias. De saída, achei tudo apenas patético, mas ao cabo, entristeci-me
    Mas há um alento – se é que o podemos nomear dessa forma. O nível pedestre, a ilogicidade dos argumentos, a incapacidade de vislumbrar um pouquinho além do próprio umbigo, o emprego deficitário da gramática (eufemismo descarado), o diversionismo com prática aceitável – ataque ao contentor, e não ao que pontifica – tudo isso, é muito mais, não é exclusividade nossa, não, da polícia civil. Isso se replica em todas as instituições pátrias. Em todas as searas. Um nivelamento com o que há de mais deplorável e abjeto, ou seja: a idiotia deliberada.
    Minha intenção, explicito – muito embora me parecesse desnecessário. Basta saber ler – nunca foi demover ninguém da greve ou seja lá qual outra iniciativa. Nada obstante, se me fosse dado aconselhar, diria: aprimorem-se, dediquem-se a atividades que vão além do cotidiano policial, cultivem seus afetos e interesses íntimos. A polícia civil não vai mudar do dia para a noite. Talvez nunca mude. Não se transformem em esbirros biliosos – nossa, forcei a mão -, sacrificando a saúde, a alegria de viver, na esperança de que seus pleitos serão atendidos. Façam greve, façam o diabo, mas façam-no com inteligência e expectativa diminuta. E se a coisa ficar insustentável, sempre há outros concursos. Sempre há a iniciativa privada. Se a mudança tão ansiada advir, lucro. Do contrário, interessa a vida que se levou.

  258. Insisto veementemente, SINDICATOS a HORA DE MOSTRAR TRABALHO É AGORA, sob pena de enfrentarem o mais duro boicote, a mais dura evasão de contribuição que recebem, a mais dura propaganda contrária aos sindicatos, feita pelos mesmos MISERÁVEIS que já não aguentam mais pagar o seu dizimo. Os Policiais Civis afundam, mas levam junto todas as mordomias SINDICAIS E SEUS INDOLENTES. Acordem, a hora é agora, dia 14 de fevereiro em Brasília.

    Sindicatos de Policiais Civis, Sindicatos de Policiais Federais, chegou a hora de fazer, de cumprir o que lhes cabe. SE A PM VAI A BRASÍLIA NO DIA 14 DE FEVEREIRO, VOCÊS, BEM COMO TODOS OS POLICIAIS DO PAÍS DEVEM ESTAR UNIDOS E EM UMA SÓ VOZ EXIGIREM OS DIREITOS QUE TODOS TEMOS POR DIREITO. TRABALHEM.

  259. Relembrando o velho, mas atual: _Eu não queria ser burocrata…
    ACORDEM SINDICATOS, TRABALHEM, ORGANIZE-SE PARA O DIA 14 DE fevereiro EM BRASÍLIA.

  260. O TOTAL DAS FORÇAS ARMADAS NO BRASIL de acordo com a máximo autorizado em Lei é de 444.814 homens.

    O TOTAL DAS POLÍCIAS NO BRASIL É DE APROXIMADAMENTE 555.407 homens, não há cabimento que todos sejam jogados na vala comum de políticos que roubam, matam, e ainda vilipendiam o povo já morto.

    SINDICATOS DE POLICIAIS CIVIL DO BRASIL TODO, trabalhem, a hora é agora o sia é 14 de fevereiro em Brasília. A PM vai e nós temos a obrigação de estarmos todos juntos com eles. A obrigação.

    Deixem de SER PELEGOS, TRABALHEM.

  261. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME E SEDE DE JUSTIÇA (01/02/2017 às 17:59),

    Como o vídeo mostra, o Hélio Luz era comunista declarado. Marxismo que defende tanto os traficantes, permitindo que se se organizem, tomem “consciência” e sejam o braço armado da “revolução” socialista.

    Independentemente da ideologia, afinal naquela época, todo mundo era socialista, formos todos vítimas desse estelionato intelectual, o que mais chama a atenção nele é que, salvo engano, ele foi demitido por cobrar do governador uma reestruturação e aumento de salário para os policiais.

    A ideia de que o salário compatível pode colocar a classe média na Polícia é a base da Polícia no mundo. Quando a classe média faz parte da Repressão acabam os privilégios, aquelas pessoas que estão acima da lei, como a PF está fazendo hoje no âmbito federal.

    Não sem motivos que a esquerda odeia a classe média.

  262. Depois de 2008 os presidentes de sindicatos e associações de classe não mais buscaram um movimento grevista, para reivindicar as pretensões e os direitos dos policiais.
    Calaram-se e acovardaram-se.
    Entrou e saiu secretário de estado da segurança público e todos eles criaram e recriaram grupos de estudos e por todos os sindicalistas e associativos, calaram-se, como também se calaram todos os policiais civis.
    Agora com a aprovação da medida provisória do Presidente Temer, que proíbe por 20 (Vinte) anos o reajuste de vencimentos para o funcionalismo público federal, estadual e municipal, não tem como mais reivindicar os direitos dos policiais.
    Deveriam todos os policiais civis solicitar a suas EXCLUSÕES do quadro de associados dessas entidades sindicais ou associativas de classe, sendo essa uma forma de demonstração de descontentamento para com os presidentes e diretores desses sindicatos e associações.
    Tchau Queridos!

  263. E saiu do PT em 2002

    “… o deputado estadual e delegado aposentado Hélio Luz, ex-chefe da Polícia Civil do Rio, comunica amanhã ao partido que o está deixando…”

    “… Quando o repórter insistiu, respondeu em linguagem cifrada. “Com o tempo, começa-se a perceber o que se avizinha à distância, como quando se está no campo e se percebe que se arma uma tempestade…”

    http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,helio-luz-deixa-o-pt-por-divergencia-politica,20020423p56098

  264. Ser sindicalizado na Polícia Civil é um atestado de idiota, não servem e não fazem absolutamente nada, não representam nada e ninguém, apenas arrecadam. Pelo que venho lendo nas argumentações dos policiais civis, os maiores responsáveis pelo caos e atrocidades contra policiais civis do interior são os SINDICATOS e DELEGADOS.

  265. Sr. JFTORRES:

    Estou sim, em condições de tirar dúvidas de qualquer colega sobre reposição salarial, aposentadoria, promoção, defasagem de pessoal, etc., etc, porque me informo e participo de tudo. Amanhã mesmo, dia 2/2/17, às 15 hs. participarei de audiência com o Sr. DGP, juntamente com os colegas da FEIPOL e Sindicatos do Interior. Agora mesmo estou redigindo o ofício que entregaremos ao chefe da Instituição.

    Meu ego é do tamanho que tem que ser. Não sou briguento, nem provoco quem quer que seja: apenas não costumo receber desaforos e me calar. Mas e o ego do Sr., que se vangloria de dizer que não faz parte de qualquer associação ou sindicato, que tamanho tem?!

    Contudo, sem ironia, o receberei na sede da IPA (que o Sr. tratou de “tal da IPA”) com prazer e honra, e com a mesma educação e civilidade que trago desde o berço.

    Respeitosamente,

    Jarim Lopes Roseira, presidente da Seção de São Paulo da IPA (International Police Association)

  266. GENTE !, É AQUELE VELHO DITADO ” O POVO MERECE O GOVERNO QUE ELE ELEGE “. VEJAM SÓ !, ENCERROU-SE A SESSÃO DO SENADO FEDERAL, ONDE A “CORJA DE ROEDORA DO ERÁRIO” TROCOU O ” JUSTIÇA” PELO ” ÍNDIO”, AMBOS ATOLADOS ATÉ O PESCOÇO NAS MARACUTAIAS DA VERIFICADAS NA LAVA JATO.

  267. Policial Miserável, MORRENDO DE FOME E ATOLADO NA MERDA QUE OS COMUNISTAS DEIXARAM DESDE FHC. disse:

    Escravão, Escrivã DECAP, Kaiser, Irmãozinho, Blindado entre outros amigos. Nenhum SINDICATO posta nada aqui, há exceção convites para contribuição. Trabalho, empenho, nada, ainda somos obrigados a ler coisas de agripinos e pachecos. Á cambada, tem muita gente é no lugar errado e com tapa lateral. Há o pior, ficar o dia todo procurando sinônimos e antoninos e fazer tudo isso se encaixar, antes era muito custoso, hoje não, após o advento da internet e do “google” é moleza, nem precisa mais do…E me ajudem aí Ó! Incrível!

  268. COLEGA ESCRIVÃ DECAP !, ME DESCULPE, MAIS CONCORDO EM PARTE COM O SEU EXPOSTO. POIS NÃO SEI SE VOCÊ O CONHECEU, FALO DO EXCELENTÍSSIMO SR. DR. HILKHIAS DE OLIVEIRA, DE CUJOS E SAUDOSO PRESIDENTE DA AFPCESP. COLEGA !, POSSO ATÉ ERRAR MAIS S.M.J., 50% DAS MELHORIAS AUFERIDAS PELOS POLICIAIS CIVIS DE SÃO PAULO, NESTES ÚLTIMOS TRINTA ANOS FORAM GRAÇAS À COMPETÊNCIA DELE. AGORA COM RELAÇÃO AOS DEMAIS, PRA MIM PODE JOGÁ-LOS NO SESTO DO LIXO QUE NÃO FARÁ FALTA NENHUMA. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…..

  269. Se os policiais estão trabalhando em escala de escravidão, imagina com a saída de 6000 policiais que se aposentarão nos próximos dois anos? A solução é fechar estas delegacias de cidadezinhas até 20 mil habitantes, porque ter delegacia nestas cidadezinhas é só para fazer média com prefeitos de merda mesmo.

  270. Bom, nada além do mimimi de sempre.

    E outra: Pacheco para mim é nome de cachorro.

  271. Só tem um jeito. Acabar e começar de novo. Nova lei orgânica e nova estrutura organizacional. disse:

    Item 10 – O Conselho da Polícia Civil nada fez, nada faz e nada fará pelos funcionários da Polícia Civil. Sempre fez, faz e sempre fará para eles próprios e para o seleto grupo, escolhido a dedo, que cercam, cada um de seus integrantes, alguns desses grupos formado por parentes de integrantes da Magistratura e do Ministério Público para dar um ar de seriedade na coisa.

    Por conta disso, alguns deles, proprietários de empresas na área de segurança privada possuem como funcionários, os policiais “de confiança” que eles transferiram para os Departamentos que dirigem.

    Entende?

    Para eles também não tem investigação do GAECO para apurar se procede ou não a informação. Não tem também para apurar a enraizada estrutura de corrupção institucionalizada nas chefias das unidades policiais a partir de DP, estruturada na forma de “recolha” de propinas de desmanches, biqueiras, puteiros, cassinos clandestinos com as conhecidas maquininhas, etc.. Pode não ter policial para plantão, investigação, mas para recolha e para trabalhar na “firma” do chefe nunca vai faltar.

    Isso tudo é resultado de uma Lei Orgânica arcaica feita para concentrar poderes ilimitados nas mãos de uma dúzia de verdadeiros proprietários da instituição que fazem dela o que bem entende.

    Se não é do time, não fez, não faz e por convicção pessoal se recusa a fazer parte desses núcleos de poder que se assenhoram da instituição e tem a possibilidade de se aposentar, não pensa duas vezes, vai embora enquanto ainda tem dignidade e saúde para desfrutar o que lhe resta de vida com seus familiares.

  272. Caso os sindicatos e associações perceberem que seus associados estão saindo em massa, muito rápido começarão a tomar providências, caso contrário continuarão na zona de conforto.

  273. Hoje compareci a Ciretran de São Caetano do Sul para realizar uma transferência de veículo, para minha surpresa me passaram as informações todas erradas voltei 3 vezes e ainda me cobraram a taxa errada. Aí pedi para chamar o chefe do pessoal para minha surpresa era um cara de nome Flávio na hora lembrei dele na globo era aquele funcionário flagrado pelo cesar tralli dirigindo sem cinto e usando o celular. Fui super mal tratado por esse idiota que sei lá como consegue ser chefe de alguma coisa sem postura nenhuma, disse que a culpa era minha pq não leio o que pago e que o que poderia fazer para me ajudar era um papel para eu ir receber o valor na fazenda e tinha que pagar outra taxa isso tudo muito irônico e mal educado como pode o detran manter um funcionário assim ainda como chefe

  274. Essa Lei Orgânica da Polícia Civil é desatualizada, arcaica, fora da realidade da polícia e policiais, mas nem isso conseguem alterar, não revisar e melhorar um simples livro de normas e regras, que foi idealizado em outros tempos, e em uma realidade totalmente diferente, mostra a ineficácia e a inércia degradante da Polícia Civil.

  275. SR. ” Tira Gosto” ! NÃO RETIRO UMA VÍRGULA DO QUE EXPUS. CONCORDO INTEIRAMENTE COM O SEU EXPOSTO. ELE CONTINUA SENDO PARA MIM UM ” nada”. POIS ESSE FALATÓRIO E MIMIS…MIMIS. ESTÃO DISPOSTO NO FAMOSO ” PAI DOS BURROS”. RAPAZ ! VAI TRABALHAR. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  276. Hoje ficou disponível no site da fazenda o “miserite”, no meu caso o imposto de renda descontado na fonte, diminiui algo em torno de 3 reais e aluns centavos (tabela nova do IR, e como não tivemos se quer a correção da inflação o IR descontado na fonte ficou menor neste mês.

    Auxílio alimentação, tivemos a semanas (nata/ ou ano novo). “Não nos alimentamos na semana que precedeu o Natal ou na semana que precedeu a virada do ano (tivemos desconto no auxílio alimentação).

    Quanto ao adicional de insalubridade, está igualzinho do mês passado, oras bola, isso não é vinculado a 80% do salário mínimo, que teve reajuste em 6,48% em janeiro, a ser pago em fevereiro.

  277. Sr Escravão, ótimas observações, uma pena que muita excelência, não enxergue um besouro pousado na ponta do próprio nariz . Que ” cazzo”

  278. Escriludida, essa atualização só acontece após um “delay” de singelos DOIS MESES, como sempre.

  279. agripino (01/02/2017 às 18:00)

    Quem aqui, se fosse patrão, estaria feliz e iria reconhece e dar recompensa a um funcionário que produz 7% ?

    =================

    Concordo que 7% de eficiência é um absurdo para a PC!

    Mas… qual é a taxa de eficiência da PM?

    É difícil quantificar a eficiência da prevenção (apesar de ser muito eficiente para o marketing político), mas uma ideia seria fazer a conta de quantos crimes acontecem e quantos flagrantes são realizados pela PM. E nem estou falando dos crimes não registrados, a conta é só com os números oficiais.

    E as duas não funcionam porque os modelos de Polícia são ineficientes. Como disse o ex-secretário do Rio, a Polícia é feita para segurança do Estado (governo), não do cidadão.

    A PC não tem segurança jurídica, não tem salário compatível, não tem plano de carreira, aí 7% é até um espanto.

    Se a segurança do cidadão tivesse passado alguma vez pelos pensamentos dos políticos, todo cidadão de bem teria direito a ter arma de fogo. O simples fato de negar o direito à defesa pessoal já mostra o quão a Segurança Pública é dedicada à segurança do cidadão.

  280. E ao pessoal que está no pé do Dr Pacheco, eu entendo a indignação, mas sinceramente sempre o percebi como uma pessoa coerente e em defesa do bem.

    O Dr Pacheco é parte da solução. O problema é o modelo de Polícia.

    Por exemplo, esse modelo de castas é altamente ineficiente, mas era o modelo possível para uma realidade social brasileira de analfabetismo, o que não é o caso hoje.

    A realidade social mudou e o modelo de Polícia não se atualizou. Hoje a PC poderia ter a carreira única e exigir terceiro grau para ingresso. Só não existe o interesse político nessa eficiência.

    Aliás, até o PLC 37/16 que já trazia melhoras para a Instituição (inclusive representação de todas as carreiras no Conselho), recebeu vários comentários contrários, por interesses segundo carreiras. Se a luta continuar entre carreiras, só Nosso Senhor voltando e fazendo um milagre para acontecer a carreira única e as demais atualizações que a PC precisa.

    E eu não estou defendendo delegados, escravões, tiras, agentes etc, só estou dizendo que qualquer melhora para qualquer carreira abre portas para as demais carreiras e, principalmente, ser POLICIAL dever ser o âmago e não a carreira A ou B.

    Óbvio que eu não sei de tudo e não estou querendo diminuir ou desprezar os conhecimentos de quem defende castas, mas acredito sinceramente que castas não funcionam e a sociedade está jogando dinheiro e vidas no lixo com esse modelo.

  281. resumo do resumo do resumo :

    ainda pode piorar !!!!

    e olha que tento ser otimista e chego a imaginar alguma ” melhora ” , mas os fatos mostram o contrário ….

  282. Ontem dia 31/01/2017 foi feita uma Reunião com o Conselho da Polícia Civil e nosso Secretário de Segurança o qual enfatizou que o governador Geraldo Alckiminn do PSDB, Não irá autorizar concursos para Polícia Civil até o final de 2018, pois não terá dinheiro em caixa para pagar os salarios .
    1- Os diretores terão que fazer uma reengenharia inclusive com o fechamento de Distritos .
    2- Mais de 1.500 irão aposentar-se ate marco .
    Sempre pensei que a Policia Civil seria extinta por ser engolida pela Policia Militar , e o que sobrasse ficaria sobre o controle do Ministério Publico , mas nunca por falta de efetivo .
    3- A media da idade dos Policiais hoje e de 48 anos , portanto não existe renovação .
    O P.S.D.B foi o algoz da Policia Civil e o único responsável por seu desmonte Jose Geraldo Rodrigues Alckmin Filho e a 14 anos o responsável pela falta de condições da Policia , pelo desanimo dos Policiais , pelos salários de fome , e pela falta de segurança que nos população Paulista passamos .
    João Carlos Rodrigues de Alckmin Barbosa

  283. Ontem dia 31/01/2017 foi feita uma Reunião com o Conselho da Polícia Civil e nosso Secretário de Segurança o qual enfatizou que o governador Geraldo Alckiminn do PSDB, Não irá autorizar concursos para Polícia Civil até o final de 2018, pois não terá dinheiro em caixa para pagar os salarios .
    1- Os diretores terão que fazer uma reengenharia inclusive com o fechamento de Distritos .
    2- Mais de 1.500 irão aposentar-se ate marco .
    Sempre pensei que a Policia Civil seria extinta por ser engolida pela Policia Militar , e o que sobrasse ficaria sobre o controle do Ministério Publico , mas nunca por falta de efetivo .
    3- A media da idade dos Policiais hoje e de 48 anos , portanto não existe renovação .
    O P.S.D.B foi o algoz da Policia Civil e o único responsável por seu desmonte Jose Geraldo Rodrigues Alckmin Filho e a 14 anos o responsável pela falta de condições da Policia , pelo desanimo dos Policiais , pelos salários de fome , e pela falta de segurança que nos população Paulista passamos .
    João Carlos Rodrigues de Alckmin Barbosa

  284. Tive uma boa ideia pra melhorar a Polícia Civil! Registro de ponto eletrônico por biometria e com supervisão do Gabinete da SSP. Ótimo pra marcar os “turistas” e denunciar as horas trabalhadas daqueles que suam a camisa.

  285. E ainda tem os iluminados com ideias velhas e que não funcionam com a sistemática de trabalho policial, muito menos com RETP. Simplesmente não dão certo como é essa de relógio de ponto biométrico que há tempos foi implantado e não durou um mês se quer, portanto, ótima piadinha Sr. Sandro, use seu tempo para coisas melhores.

  286. Caro Policial Miserável, MORRENDO DE FOME E ATOLADO NA MERDA. Nossa! – Não entendi nada que você disse em resposta a minha manifestação.
    Tem como ser mais claro.

  287. GENTE !, QUERO AMANHECER JAZINDO COM A BOCA CHEIA DE FORMIGA SE NÃO É VERDADE O QUE VOU EXPOR. HOJE PELA MANHÃ EU ESTAVA NUMA FILA DE UMA CASA LOTÉRICA AQUI DE JP, QUANDO OUVI DOS ” TIOZINHOS” CONFABULAREM. ATO CONTÍNUO UM DELES DISSE, ” MAIS COMO É QUE PODE ESSE VICE, REFERINDO-SE AO CUNHA LIMA, E O OUTRO LADRÃO, NOMINANDO O ” ÍNDIO”, REPRESENTAREM O SENADO FEDERAL, ELE, CUNHA LIMA, ROUBOU MAIS DE 100.000 MILHÕES AQUI DO DNOCS ( DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS CONTRA A SECA “. QUANDO GOVERNADOR..RAPAZ !, PELO ANDAR DA CARROAGEM, S.M.J., LOGO MAIS TEREI QUE RETORNAR À`SAMPA. JESUS DO CÉU. AJUDE NOS AI Ó !…

  288. Caro amigo Kaiser, disse que esta corretíssimo no que disse.
    Quanto alguns que escrevem e postam aqui, que usam a expressão formal e buscam sinônimos complexos para rebuscar seus pensamentos traduzidos nessas “palavras”, hoje usam das facilidades tecnológicas para tanto, não precisam mais ter seu uso cotidiano essa cultura e esse conhecimento do vernáculo, tão pouco da gramática em frases prontas. Em suma, responder rapidamente, digitando e pensando ordenadamente é mais difícil.

    Quanto ao videio de amigo Escravão, a coisa esta ficando insuportável após esses advento comunista, essa nova engendrada, esse novo ataque à sociedade do País da Jaboticaba.

    Em 1913, Lênin escreveu o “Decálogo” que apresentava ações táticas para a tomada do Poder

    1.Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual

    2.Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

    3.Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais

    4.Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;

    5.Colabore para o esbanjamento do dinheiro público;

    6.Coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

    7.Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

    8.Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

    9.Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

    10.Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa…

    Tags: decálogo de Lênin,

    https://homemculto.com/decalogo-de-lenin-e-os-dez-principios-da-esquerda/

  289. “Eu estava lá também disse:
    31/01/2017 ÀS 1:40”

    Você disse que me lê, nem devia,…. rs, rs

    Você diigitou: “…to rindo muito alto com os comentários aqui. Doutor, fiz Letras. Estudei na FFLCH…”.

    Está no lugar errado. Aqui não se pensa muito mais do que se defende.

    Tomara que sua passagem policial seja breve (principalmente para sua saúde e bem-estar) e consiga alcançar mares calmos

    e terras produtivas.

    Está dado o recado para quem quer ter qualidade de vida e ter uma.

    Abraço.

  290. Reformulando:

    “Você disse que me lê; nem deveria,…. rs, rs”.

  291. Ao Jarim Lopes Roseira….

    Essas informações que correm nos grupos de policias do whatsapp sobre extinção de 3 carreiras, promotor de justiça supervisionando Deeic eDeenarcc , B.O feito no poupatempo, fechamento de algumas delegacias ????

    Procede ????

  292. Procede apenas que serão fechadas delegacias em cidades até 20 mil habitantes, os funcionários serão remanejados para delegacias próximas com maior movimento.

  293. e a reunião dos sindicatos com o DG, onde todos os nossos problemas serão resolvidos, alguém sabe de alguma coisa?

  294. Caro Fred:

    As perguntas que nos faz não passam de boatos. Não procedem. Há meia hora saímos da audiência com o Sr. Delegado Geral que nos recomendou exatamente não darmos ouvidos a boatos. Ele falou de “reengenharia”, (mudanças internas), porém esta não inclui extinção de qualquer departamento da Polícia Civil. As tais mudanças decorrem da diminuição do efetivo, com aposentadorias, etc. Há promessa de abertura de concursos, porém de forma “lenta e gradual”. Enfim, a situação continua preocupante.

    Um abraço,

    Jarim

  295. É meu caro Jarim…
    o comandante do TITANIC dizia o mesmo… e ainda mandou a banda tocar…
    Veja a realidade e não viva de sonhos !
    abc

  296. Caraleo…trabalhando direto, e agora sobreaviso aos finais de semana. Só para fazer bonito.
    O que é foda é que está cheio de apadrinhados, policiais que só sabem ir atrà$$$$$$, policiais ricos graças ao trabalho e$$$tra (não é extra), e eu me fodendo aqui.

    Até quando?

  297. só acho o seguinte;
    delegacia sem delegado, quem estiver, seja o zelador.
    Não se faz b.o. sem a presença do delegado.

  298. Meu amigo Sindicalista, quando serão divulgados os resultados dá reunião???? Fraterno abraço.

  299. O que deixa desanimado os policiais de verdade é esses apadrinhados que com poucos anos de Pc,já estão na 2 classe. Tenho um amigo fotógrafo, do certame de 2009, apadrinhado que já está na 2 classe. E com escala de invejar muitos;
    éessa a PC que afunda; graças a má gestão da máquina pública e interesses obscuros.
    Enquanto alguns não trabalham 60 horas por mês, outros trabalham mais de 200 horas mensais

  300. GENTE !, INFELIZMENTE PERDEMOS, S.M.J., O MAIOR SINDICALISTA E AMIGO DOS RESTOPOL. QUE A P.PC, PERDEU, OU SEJA O DECUJOS, O EXCELENTÍSSIMO SR. DR. HILKHIAS DE OLIVEIRA, O RESTO, COMO JÁ DISSE E DIGO NOVAMENTE, JUNTA TUDO E JOGA NO SESTO DO LIXO. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  301. GENTE !, INFELIZMENTE PERDEMOS, S.M.J., O MAIOR SINDICALISTA E AMIGO DOS RESTOPOL. QUE A P.C, CONHECEU ATÉ HOJE, OU SEJA O DECUJOS, O EXCELENTÍSSIMO SR. DR. HILKHIAS DE OLIVEIRA, O RESTO, COMO JÁ DISSE E DIGO NOVAMENTE, JUNTA TUDO E JOGA NO SESTO DO LIXO QUE A SITUAÇÃO IRA MELHORAR. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  302. 39 anos na casa, e vendo apenas ruínas!

    O Capitão do Titanic afundou com o navio, no da PC esta mais para o Capitão Schettino, enfim, o final da Nave é o mesmo, mas que está mais para Schettino está.

    E ainda temos Jardim com Rosas, mas o que vejo são só ESPINHOS, fala, fala, e não fala nada. Reporte a “reunião” aí, ou foi chá um bate-papo. De blá blá blá esta todo mundo cheio aqui Roseira, ou é segredo de ESTADO.

    Sindicatos e “outros bichos”, similares, A HORA DE TRABALHAR É AGORA para todos polícias do Brasil estarem juntos com A Polícia Militar em BRASÍLIA NO DIA 14 DE FEVEREIRO DE 2017.

    ORGANIZAR-SE RÁPIDO TUDO ISSO, O TEMPO ESTA PASSANDO, TRABALHEM SINDICATOS, SOB PENA DE TEREM UMA DEBANDADA GERAL DE TODOS SEUS CONTRIBUINTES, OS QUE PAGAM A SUA EXISTÊNCIA. TRABALHEM CARACA, DEIXEM DE SER INDOLENTES, TRABALHEM A HORA É AGORA, O TEMPO É AGORA.

  303. Em conversa com alguns delegados, todos disseram que o “trabalho análogo a escravidão” na polícia civil, faz parte de nossas atribuições, já que prestamos concursos cientes dos serviços acumulativos, sem descanso, fora de hora, sem folga, incluindo dias e noites a fio, segundo esses delegados, policiais civis não possuem os direitos trabalhistas dos demais servidores, e muito menos direitos humanos, portanto recebemos o R.E.T.P ( REGIME ESCRAVO DE TRABALHO POLICIAL) e devemos trabalhar como máquinas, como super heróis porque somos Policiais Civis, e somos 24 horas policiais a prontidão a serviço da sociedade.

  304. Policial é muito trouxa ao pagar sindicatos, os sindicalistas são os maçanetas da Polícia Civil, que nunca fizeram nada ao serviço policial, e agora como sindicalistas, continuam a fazer absolutamente nada, a não ser o jogo político nulo, para arrecadar o suado dinheiro dos agora escravizados policiais, que viram dia e noite de forma contante, para encherem seus bolsos ao cair na lábia desses maçanetas, esse aglomerado de sindicatos comandados por maçanetas representam um grande nada.

  305. COLEGA ESCRIVÃ DECAP !, A REAL É QUE, ELES SÃO INSIGNIFICANTES E AINDA VÃO SE REUNIR COM UM “nada”. RAPAZ. ME AJUDEM AÍ Ó !…

  306. Precisamos de mudanças até no meio sindical, esses maçanetas líderes sindicais só arrecadam, os serviços escravos acontecem em regiões abrangidas pelos SINPOLS de Ribeirão Preto, Campinas, Bauru entre outros, onde policiais são submetidos a escalas desumanas, e a atrocidades que destroem a saúde tanto psicológica quanto física, mas os sindicados estão ai só para arrecadar, mas trabalhar, agir e lutar por seus associados isso não querem saber, querem só sombra e água fresca, como na época de policiais maçanetas que eram, por isso parem de contribuir para esses meros sugadores de dinheiro, que assim como os delegados dão um foda – se para situação escravagistas de seus associados.

  307. RETP é para coisas eventuais, quando as mesmas são cotidianas essa MERDA não se aplica.

    Lembrando ainda que todos os policiais que foram empossados ates de exigirem CNH a todos, dirigir não era uma atribuição que fazia parte de alguns policiais, portanto É UM AUMENTO DE ATRIBUIÇÃO ao qual o Estado, o Governo nuca pagou, deixando a contraprestação devida por esse trabalho, por esse aumento de atribuição, feito por muitos policiais, aos quais nunca viram remuneração.

    Sendo assim o ESTADO EXPLORA E ENRIQUECE ILICITAMENTE, por não pagar por esse aumento de atribuição que cabe ao Agente Policial (dirigir). É portanto passível de ação JUDICIAL por quem tem DIREITO, retroativo aos últimos 5 anos, e mais, adjudicados como parte permanente dos vencimentos dos prejudicados, o valor respectivo.
    Acordem sindicatos, FAÇAM SEU TRABALHO CAMBADA DE ENCOSTADOS. TRABALHEM.

    Quanto a sacanagem do Governo com pareceres feitos por ele mesmo, todos caindo como deve ser, o correto.
    Para ajudar nada, para prejudicar MILHARES DE CONTRATADOS COM SALÁRIOS ALTOS, Á Cambada de FDP.

    Quanto ao mérito, a ação procede.
    Em primeiro lugar, parece evidente o efeito normativo
    do Parecer da Procuradoria do Estado, ainda que não tenha sido
    homologado pela autoridade administrativa. O Parecer fundamenta o
    Comunicado 01/16, que determina que se anote falta injustificada enquanto
    não decidido o pedido de licença saúde pelo DPME. Assim, ainda que não
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 588
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    7
    seja ato normativo, o Parecer da Procuradoria irradia efeitos normativos
    pela administração aptos a serem caracterizados como atos coatores.
    Nem cabe aqui o argumento de que eventual decisão
    judicial estaria a interferir em conteúdo de parecer jurídico. A pretensão não
    é de alterar o conteúdo do parecer jurídico da Procuradoria do Estado, mas,
    nos exatos termos do pedido formulado “obstar a aplicação do Parecer PA
    nº 95/2015, de forma a impedir a consignação de faltas e o desconto dos
    vencimentos dos dias em que os policiais civis deixaram ou deixarem de
    comparecer ao serviço em virtude de solicitação de licença para tratamento
    de saúde”. Sendo assim, o pedido é para impedir que o entendimento
    proferido seja aplicado e produza efeitos danosos na vida dos servidores
    atingidos.
    Outrossim, o ato não é geral e abstrato. O Impetrante
    é substituto processual da classe dos funcionários da Polícia Civil e os atos
    normativos afetaram concretamente os membros daquela classe, como
    demonstra o pedido de habilitação formulado nos autos.
    (…)
    De acordo com o art. 5º, inciso LIV, da Constituição
    Federal, “ninguém será privado de sua liberdade ou de seus bens sem o
    devido processo legal”.
    O princípio do devido processo legal se aplica tanto
    aos processos judiciais quanto aos procedimentos administrativos, ou seja,
    a Administração Pública não pode atingir a esfera jurídica de um particular,
    deixando de pagar seus vencimentos, verba de natureza alimentar, sem lhe
    oferecer a oportunidade de se defender, mediante o devido processo legal
    administrativo, e em razão de uma omissão da própria administração, que
    não analisou o pedido de licença para tratamento médico imediatamente.
    De fato, não pode o Poder Judiciário imiscuir-se no
    âmbito da competência discricionária da Ré, o que violaria, com efeito, o
    princípio consagrado no art. 2º da Constituição Federal, bem como a
    reserva da administração, definida por Canotilho como o “núcleo funcional
    da administração contra as ingerências do parlamento” (Direito
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 589
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    8
    constitucional e teoria da Constituição”, 7ª ed., p. 739). Embora a reserva
    da administração não tenha limites bem definidos, uma coisa é certa: não
    pode a administração, sob o pretexto de estar agindo dentro do seu âmbito
    de autonomia, reescrever a Constituição e suprimir direitos.
    No caso em tela, o processo administrativo consiste
    na avaliação e no julgamento do pedido de licença para tratamento médico.
    Ao permitir a consignação da ausência do servidor, e do respectivo
    desconto na remuneração, antes da decisão definitiva sobre o pedido, a
    Administração está privando os servidores de sua remuneração sem antes
    esgotar o contraditório na esfera administrativa.
    Essa orientação não deixa de ser uma forma de
    adiantamento de um eventual indeferimento do pedido administrativo, o que
    ofende, por sua vez, o princípio da proporcionalidade, ou, mais
    especificamente, o subprincípio da necessidade.
    A Administração pode, perfeitamente, realizar o
    desconto pelas ausências injustificadas, se assim for o caso, após a
    decisão final que porventura negar o pedido de licença médica para
    tratamento de saúde.
    Trata-se de meio igualmente eficaz a impedir o
    enriquecimento ilícito pelos funcionários públicos que faltarem ao serviço
    injustificadamente, mas certamente menos gravoso, uma vez que aqueles
    que tiverem seu pedido deferido pela Administração não serão prejudicados
    pela retenção de parcela de seus vencimentos enquanto realizam
    tratamento de saúde.
    Nesse mesmo sentido, a orientação do Parecer PA
    95/2015 atinge o próprio direito à saúde, consagrado no caput do art. 6º da
    Constituição Federal, tratando-se de direito social fundamental, já que
    acaba por penalizar os servidores que se ausentem do serviço por motivos
    de saúde.
    (…)
    O requisito do perigo de dano é decorre do caráter
    alimentar dos vencimentos dos servidores, que poderão ter sua
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 590
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    9
    subsistência afetada, justamente em meio a tratamento de saúde, caso os
    descontos sejam realizados.»
    5. Considera-se questionada toda matéria
    infraconstitucional e constitucional, observando-se jurisprudência
    consagrada, inclusive no Superior Tribunal de Justiça, no sentido de que
    para fins de interposição de recursos extremos às cortes superiores é
    desnecessária a citação numérica dos dispositivos legais, bastando que a
    questão posta tenha sido decidida.
    Eventuais recursos que sejam apresentados em
    decorrência deste julgado estarão sujeitos a julgamento virtual. No caso de
    discordância, deverá ela ser apresentada no momento de apresentação do
    novo recurso.
    6. Ante o exposto, nego provimento ao recurso.
    PONTE NETO
    Relator

  308. RETP é para coisas eventuais, quando as mesmas são cotidianas essa MERDA não se aplica.

    Lembrando ainda que todos os policiais que foram empossados ates de exigirem CNH a todos, dirigir não era uma atribuição que fazia parte de alguns policiais, portanto É UM AUMENTO DE ATRIBUIÇÃO ao qual o Estado, o Governo nuca pagou, deixando a contraprestação devida por esse trabalho, por esse aumento de atribuição, feito por muitos policiais, aos quais nunca viram remuneração.

    Sendo assim o ESTADO EXPLORA E ENRIQUECE ILICITAMENTE, por não pagar por esse aumento de atribuição que cabe ao Agente Policial (dirigir). É portanto passível de ação JUDICIAL por quem tem DIREITO, retroativo aos últimos 5 anos, e mais, adjudicados como parte permanente dos vencimentos dos prejudicados, o valor respectivo.
    Acordem sindicatos, FAÇAM SEU TRABALHO CAMBADA DE ENCOSTADOS. TRABALHEM.

    Quanto a sacanagem do Governo com pareceres feitos por ele mesmo, todos caindo como deve ser, o correto.
    Para ajudar nada, para prejudicar MILHARES DE CONTRATADOS COM SALÁRIOS ALTOS, Á Cambada de FDP.

    Quanto ao mérito, a ação procede.
    Em primeiro lugar, parece evidente o efeito normativo
    do Parecer da Procuradoria do Estado, ainda que não tenha sido
    homologado pela autoridade administrativa. O Parecer fundamenta o
    Comunicado 01/16, que determina que se anote falta injustificada enquanto
    não decidido o pedido de licença saúde pelo DPME. Assim, ainda que não
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 588
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    7
    seja ato normativo, o Parecer da Procuradoria irradia efeitos normativos
    pela administração aptos a serem caracterizados como atos coatores.
    Nem cabe aqui o argumento de que eventual decisão
    judicial estaria a interferir em conteúdo de parecer jurídico. A pretensão não
    é de alterar o conteúdo do parecer jurídico da Procuradoria do Estado, mas,
    nos exatos termos do pedido formulado “obstar a aplicação do Parecer PA
    nº 95/2015, de forma a impedir a consignação de faltas e o desconto dos
    vencimentos dos dias em que os policiais civis deixaram ou deixarem de
    comparecer ao serviço em virtude de solicitação de licença para tratamento
    de saúde”. Sendo assim, o pedido é para impedir que o entendimento
    proferido seja aplicado e produza efeitos danosos na vida dos servidores
    atingidos.
    Outrossim, o ato não é geral e abstrato. O Impetrante
    é substituto processual da classe dos funcionários da Polícia Civil e os atos
    normativos afetaram concretamente os membros daquela classe, como
    demonstra o pedido de habilitação formulado nos autos.
    (…)
    De acordo com o art. 5º, inciso LIV, da Constituição
    Federal, “ninguém será privado de sua liberdade ou de seus bens sem o
    devido processo legal”.
    O princípio do devido processo legal se aplica tanto
    aos processos judiciais quanto aos procedimentos administrativos, ou seja,
    a Administração Pública não pode atingir a esfera jurídica de um particular,
    deixando de pagar seus vencimentos, verba de natureza alimentar, sem lhe
    oferecer a oportunidade de se defender, mediante o devido processo legal
    administrativo, e em razão de uma omissão da própria administração, que
    não analisou o pedido de licença para tratamento médico imediatamente.
    De fato, não pode o Poder Judiciário imiscuir-se no
    âmbito da competência discricionária da Ré, o que violaria, com efeito, o
    princípio consagrado no art. 2º da Constituição Federal, bem como a
    reserva da administração, definida por Canotilho como o “núcleo funcional
    da administração contra as ingerências do parlamento” (Direito
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 589
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    8
    constitucional e teoria da Constituição”, 7ª ed., p. 739). Embora a reserva
    da administração não tenha limites bem definidos, uma coisa é certa: não
    pode a administração, sob o pretexto de estar agindo dentro do seu âmbito
    de autonomia, reescrever a Constituição e suprimir direitos.
    No caso em tela, o processo administrativo consiste
    na avaliação e no julgamento do pedido de licença para tratamento médico.
    Ao permitir a consignação da ausência do servidor, e do respectivo
    desconto na remuneração, antes da decisão definitiva sobre o pedido, a
    Administração está privando os servidores de sua remuneração sem antes
    esgotar o contraditório na esfera administrativa.
    Essa orientação não deixa de ser uma forma de
    adiantamento de um eventual indeferimento do pedido administrativo, o que
    ofende, por sua vez, o princípio da proporcionalidade, ou, mais
    especificamente, o subprincípio da necessidade.
    A Administração pode, perfeitamente, realizar o
    desconto pelas ausências injustificadas, se assim for o caso, após a
    decisão final que porventura negar o pedido de licença médica para
    tratamento de saúde.
    Trata-se de meio igualmente eficaz a impedir o
    enriquecimento ilícito pelos funcionários públicos que faltarem ao serviço
    injustificadamente, mas certamente menos gravoso, uma vez que aqueles
    que tiverem seu pedido deferido pela Administração não serão prejudicados
    pela retenção de parcela de seus vencimentos enquanto realizam
    tratamento de saúde.
    Nesse mesmo sentido, a orientação do Parecer PA
    95/2015 atinge o próprio direito à saúde, consagrado no caput do art. 6º da
    Constituição Federal, tratando-se de direito social fundamental, já que
    acaba por penalizar os servidores que se ausentem do serviço por motivos
    de saúde.
    (…)
    O requisito do perigo de dano é decorre do caráter
    alimentar dos vencimentos dos servidores, que poderão ter sua
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 590
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    9
    subsistência afetada, justamente em meio a tratamento de saúde, caso os
    descontos sejam realizados.»
    5. Considera-se questionada toda matéria
    infraconstitucional e constitucional, observando-se jurisprudência
    consagrada, inclusive no Superior Tribunal de Justiça, no sentido de que
    para fins de interposição de recursos extremos às cortes superiores é
    desnecessária a citação numérica dos dispositivos legais, bastando que a
    questão posta tenha sido decidida.
    Eventuais recursos que sejam apresentados em
    decorrência deste julgado estarão sujeitos a julgamento virtual. No caso de
    discordância, deverá ela ser apresentada no momento de apresentação do
    novo recurso.
    6. Ante o exposto, nego provimento ao recurso.
    PONTE NETO
    Relator.

  309. RETP é para coisas eventuais, quando as mesmas são cotidianas essa MERDA não se aplica.

    Lembrando ainda que todos os policiais que foram empossados ates de exigirem CNH a todos, dirigir não era uma atribuição que fazia parte de alguns policiais, portanto É UM AUMENTO DE ATRIBUIÇÃO ao qual o Estado, o Governo nuca pagou, deixando a contraprestação devida por esse trabalho, por esse aumento de atribuição, feito por muitos policiais, aos quais nunca viram remuneração.

    Sendo assim o ESTADO EXPLORA E ENRIQUECE ILICITAMENTE, por não pagar por esse aumento de atribuição que cabe ao Agente Policial (dirigir). É portanto passível de ação JUDICIAL por quem tem DIREITO, retroativo aos últimos 5 anos, e mais, adjudicados como parte permanente dos vencimentos dos prejudicados, o valor respectivo.
    Acordem sindicatos, FAÇAM SEU TRABALHO CAMBADA DE ENCOSTADOS. TRABALHEM.

  310. Quanto a sacanagem do Governo com pareceres feitos por ele mesmo, todos caindo como deve ser, o correto.
    Para ajudar nada, para prejudicar MILHARES DE CONTRATADOS COM SALÁRIOS ALTOS, Á Cambada de FDP.

    Quanto ao mérito, a ação procede.
    Em primeiro lugar, parece evidente o efeito normativo
    do Parecer da Procuradoria do Estado, ainda que não tenha sido
    homologado pela autoridade administrativa. O Parecer fundamenta o
    Comunicado 01/16, que determina que se anote falta injustificada enquanto
    não decidido o pedido de licença saúde pelo DPME. Assim, ainda que não
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 588
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    7
    seja ato normativo, o Parecer da Procuradoria irradia efeitos normativos
    pela administração aptos a serem caracterizados como atos coatores.
    Nem cabe aqui o argumento de que eventual decisão
    judicial estaria a interferir em conteúdo de parecer jurídico. A pretensão não
    é de alterar o conteúdo do parecer jurídico da Procuradoria do Estado, mas,
    nos exatos termos do pedido formulado “obstar a aplicação do Parecer PA
    nº 95/2015, de forma a impedir a consignação de faltas e o desconto dos
    vencimentos dos dias em que os policiais civis deixaram ou deixarem de
    comparecer ao serviço em virtude de solicitação de licença para tratamento
    de saúde”. Sendo assim, o pedido é para impedir que o entendimento
    proferido seja aplicado e produza efeitos danosos na vida dos servidores
    atingidos.
    Outrossim, o ato não é geral e abstrato. O Impetrante
    é substituto processual da classe dos funcionários da Polícia Civil e os atos
    normativos afetaram concretamente os membros daquela classe, como
    demonstra o pedido de habilitação formulado nos autos.
    (…)
    De acordo com o art. 5º, inciso LIV, da Constituição
    Federal, “ninguém será privado de sua liberdade ou de seus bens sem o
    devido processo legal”.
    O princípio do devido processo legal se aplica tanto
    aos processos judiciais quanto aos procedimentos administrativos, ou seja,
    a Administração Pública não pode atingir a esfera jurídica de um particular,
    deixando de pagar seus vencimentos, verba de natureza alimentar, sem lhe
    oferecer a oportunidade de se defender, mediante o devido processo legal
    administrativo, e em razão de uma omissão da própria administração, que
    não analisou o pedido de licença para tratamento médico imediatamente.
    De fato, não pode o Poder Judiciário imiscuir-se no
    âmbito da competência discricionária da Ré, o que violaria, com efeito, o
    princípio consagrado no art. 2º da Constituição Federal, bem como a
    reserva da administração, definida por Canotilho como o “núcleo funcional
    da administração contra as ingerências do parlamento” (Direito
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 589
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    8
    constitucional e teoria da Constituição”, 7ª ed., p. 739). Embora a reserva
    da administração não tenha limites bem definidos, uma coisa é certa: não
    pode a administração, sob o pretexto de estar agindo dentro do seu âmbito
    de autonomia, reescrever a Constituição e suprimir direitos.
    No caso em tela, o processo administrativo consiste
    na avaliação e no julgamento do pedido de licença para tratamento médico.
    Ao permitir a consignação da ausência do servidor, e do respectivo
    desconto na remuneração, antes da decisão definitiva sobre o pedido, a
    Administração está privando os servidores de sua remuneração sem antes
    esgotar o contraditório na esfera administrativa.
    Essa orientação não deixa de ser uma forma de
    adiantamento de um eventual indeferimento do pedido administrativo, o que
    ofende, por sua vez, o princípio da proporcionalidade, ou, mais
    especificamente, o subprincípio da necessidade.
    A Administração pode, perfeitamente, realizar o
    desconto pelas ausências injustificadas, se assim for o caso, após a
    decisão final que porventura negar o pedido de licença médica para
    tratamento de saúde.
    Trata-se de meio igualmente eficaz a impedir o
    enriquecimento ilícito pelos funcionários públicos que faltarem ao serviço
    injustificadamente, mas certamente menos gravoso, uma vez que aqueles
    que tiverem seu pedido deferido pela Administração não serão prejudicados
    pela retenção de parcela de seus vencimentos enquanto realizam
    tratamento de saúde.
    Nesse mesmo sentido, a orientação do Parecer PA
    95/2015 atinge o próprio direito à saúde, consagrado no caput do art. 6º da
    Constituição Federal, tratando-se de direito social fundamental, já que
    acaba por penalizar os servidores que se ausentem do serviço por motivos
    de saúde.
    (…)
    O requisito do perigo de dano é decorre do caráter
    alimentar dos vencimentos dos servidores, que poderão ter sua
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 590
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    9
    subsistência afetada, justamente em meio a tratamento de saúde, caso os
    descontos sejam realizados.»
    5. Considera-se questionada toda matéria
    infraconstitucional e constitucional, observando-se jurisprudência
    consagrada, inclusive no Superior Tribunal de Justiça, no sentido de que
    para fins de interposição de recursos extremos às cortes superiores é
    desnecessária a citação numérica dos dispositivos legais, bastando que a
    questão posta tenha sido decidida.
    Eventuais recursos que sejam apresentados em
    decorrência deste julgado estarão sujeitos a julgamento virtual. No caso de
    discordância, deverá ela ser apresentada no momento de apresentação do
    novo recurso.
    6. Ante o exposto, nego provimento ao recurso.
    PONTE NETO
    Relator

  311. Quanto a sacanagem do Governo com pareceres feitos por ele mesmo, todos caindo como deve ser, o correto.
    Para ajudar nada, para prejudicar MILHARES DE CONTRATADOS COM SALÁRIOS ALTOS, Á Cambada de FDP.

    Quanto ao mérito, a ação procede.
    Em primeiro lugar, parece evidente o efeito normativo
    do Parecer da Procuradoria do Estado, ainda que não tenha sido
    homologado pela autoridade administrativa. O Parecer fundamenta o
    Comunicado 01/16, que determina que se anote falta injustificada enquanto
    não decidido o pedido de licença saúde pelo DPME. Assim, ainda que não
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    …. da classe dos funcionários da Polícia Civil e os atos
    normativos afetaram concretamente os membros daquela classe, como
    demonstra o pedido de habilitação formulado nos autos.
    (…)
    De acordo com o art. 5º, inciso LIV, da Constituição
    Federal, “ninguém será privado de sua liberdade ou de seus bens sem o
    devido processo legal”.
    O princípio do devido processo legal se aplica tanto
    aos processos judiciais quanto aos procedimentos administrativos, ou seja,
    a Administração Pública não pode atingir a esfera jurídica de um particular,
    deixando de pagar seus vencimentos, verba de natureza alimentar, sem lhe
    oferecer a oportunidade de se defender, mediante o devido processo legal
    administrativo, e em razão de uma omissão da própria administração, que
    não analisou o pedido de licença para tratamento médico imediatamente.
    De fato, não pode o Poder Judiciário imiscuir-se no
    âmbito da competência discricionária da Ré, o que violaria, com efeito, o
    princípio consagrado no art. 2º da Constituição Federal, bem como a
    reserva da administração, definida por Canotilho como o “núcleo funcional
    da administração contra as ingerências do parlamento” (Direito
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 589
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo

    O requisito do perigo de dano é decorre do caráter
    alimentar dos vencimentos dos servidores, que poderão ter sua
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 590
    PODER JUDICIÁRIO
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Apelação nº 1016744-35.2016.8.26.0053 – São Paulo
    9
    subsistência afetada, justamente em meio a tratamento de saúde, caso os
    descontos sejam realizados.»
    5. Considera-se questionada toda matéria
    infraconstitucional e constitucional, observando-se jurisprudência
    consagrada, inclusive no Superior Tribunal de Justiça, no sentido de que
    para fins de interposição de recursos extremos às cortes superiores é
    desnecessária a citação numérica dos dispositivos legais, bastando que a
    questão posta tenha sido decidida.
    Eventuais recursos que sejam apresentados em
    decorrência deste julgado estarão sujeitos a julgamento virtual. No caso de
    discordância, deverá ela ser apresentada no momento de apresentação do
    novo recurso.
    6. Ante o exposto, nego provimento ao recurso.
    PONTE NETO
    Relator

  312. Quanto a sacanagem do Governo com pareceres feitos por ele mesmo, todos caindo como deve ser, o correto.
    Para ajudar nada, para prejudicar MILHARES DE CONTRATADOS COM SALÁRIOS ALTOS, Á Cambada de FDP.

    Quanto ao mérito, a ação procede.
    Em primeiro lugar, parece evidente o efeito normativo
    do Parecer da Procuradoria do Estado, ainda que não tenha sido
    homologado pela autoridade administrativa. O Parecer fundamenta o
    Comunicado 01/16, que determina que se anote falta injustificada enquanto
    não decidido o pedido de licença saúde pelo DPME. Assim, ainda que não
    Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 1016744-35.2016.8.26.0053 e código 4DEC15F.
    Este documento foi liberado nos autos em 14/12/2016 às 11:59, é cópia do original assinado digitalmente por JOSE DA PONTE NETO.
    fls. 588

    …constitucional e teoria da Constituição”, 7ª ed., p. 739). Embora a reserva
    da administração não tenha limites bem definidos, uma coisa é certa: não
    pode a administração, sob o pretexto de estar agindo dentro do seu âmbito
    de autonomia, reescrever a Constituição e suprimir direitos.
    No caso em tela, o processo administrativo consiste
    na avaliação e no julgamento do pedido de licença para tratamento médico.
    Ao permitir a consignação da ausência do servidor, e do respectivo
    desconto na remuneração, antes da decisão definitiva sobre o pedido, a
    Administração está privando os servidores de sua remuneração sem antes
    esgotar o contraditório na esfera administrativa.
    Essa orientação não deixa de ser uma forma de
    adiantamento de um eventual indeferimento do pedido administrativo, o que
    ofende, por sua vez, o princípio da proporcionalidade, ou, mais
    especificamente, o subprincípio da necessidade.
    A Administração pode, perfeitamente, realizar o…

    …subsistência afetada, justamente em meio a tratamento de saúde, caso os
    descontos sejam realizados.»
    5. Considera-se questionada toda matéria
    infraconstitucional e constitucional, observando-se jurisprudência
    consagrada, inclusive no Superior Tribunal de Justiça, no sentido de que
    para fins de interposição de recursos extremos às cortes superiores é
    desnecessária a citação numérica dos dispositivos legais, bastando que a
    questão posta tenha sido decidida.
    Eventuais recursos que sejam apresentados em
    decorrência deste julgado estarão sujeitos a julgamento virtual. No caso de
    discordância, deverá ela ser apresentada no momento de apresentação do
    novo recurso.
    6. Ante o exposto, nego provimento ao recurso.
    PONTE NETO
    Relator

  313. o teor da reunião deve ser ultra mega blaster confidencial, pelo jeito, deve vir coisas tão boas que eles vão levar pro túmulo….

  314. O R.E.T.P e essa Lei Orgânica arcaica fora da realidade dos tempos atuais, é usada quando convém pelos delegados e pela administração para ferrar os já ferrados Policiais Civis.

  315. Quero que a Polícia Civil se exploda, ou como vejo, imploda-se.

    Cheguei nos anos 90. O pau ficava ereto 24 horas por dia. Não tinha corrupção. Era tesão. Um trezoitão na cinta, uma algema meia boca, uma vtr com uma puta folga no volante e uma maquininha de choque show de bola.
    Os Delegados eram os mesmos de hoje, só que diferentes. Eles corriam naquela alucinação. Deixar o mala passar a noite no corró era coisa corriqueira, ainda mais na sexta-feira para subir no pau de arara na segunda.
    Era bem tranquilo. Você subia o cidadão para a sala, conversava e explicava como era o esculacho. Se ele estivesse a fim de tentar segurar o rojão, bastava despi-lo e suspende-lo. Cagava o que tinha feito e o que não tinha. A bosta do Ministério Público apenas referendava o cacete. O juiz então virava pro lado e mandava a sentença.
    Corregedoria era pra inglês ver.
    E a Defensoria então, nem existia. Direitos Humanos muito menos.
    Deus do céu. como tudo mudou.
    Hoje nossos algozes são os Delegados. Não os antigões que sobraram. Embora estejam diferentes, mas essa “molecada” que chegou.
    Que dizer dos jovens borra botas do Ministério Público. É mais fácil arrebentar com policiais do que com bandidos.
    Polícia tem família e preza. Bandido tem a noite e o dia e tá cagando e andando se um inocente morre.
    Um dia me cansei da direita, digo pelo fato de te votado no finado Mário Covas, que Deus o tenha nos quintos dos inferno.
    Então resolvi votar na dita esquerda. Que bosta. Ninguém vale nada. Lula, FHC, Alckmin, Serra, Mercadante, Moro dos holofotes, Teori com a periguete, Alexandre de Moraes pagando de fudido, Esse monte de Delegados marca bosta, a Fenapef querendo a morte dos Delegados, os Delegados querendo a morte dos operacionais.
    Porra, que saudade do tempo em que ninguém tinha salário decente, do tempo em que não existia GAT, do tempo que Delegado ajudava a levantar o vagabundo no cavalete, que participava do churrasco no fundo da Delegacia, do tempo em que nenhum policial imaginava que isso iria virar no que virou.

  316. RETP- Quem entra já sabe, não aguenta pede exoneração e vaza.
    Rosana, Porto Primavera e Euclidesda Cunha, pouca distância, é bem melhor do que sair do fundo da leste pra fazer IML.
    O colega reclamou de trabalho escravi, mas SMJ em Porto Primavera, subdistrito de Rosana, os funcionários vivem em eterno sobreaviso com a delegacia fechada. Apenas no QAP no telefone. Essa geração Nutella é embaçada. Prestou concurso por que quis, ou o Governador foi com o SSP na porta da casa de alguém pedir para o colega entrar na PC???? Aí fica aqui um monte de tira zero cana que fica de horácio no plantão e nunca subiu pra chefia por ter braço curto e esse monte de escrivão plantonista que não tocam IP, demoram dois anos pra fazer um flagrante e tratam mal a população. Cambada de funcionário público resmungão, que nunca foram polícia. Aí ficam de mimimi de DEIC isso, DENARC aquilo, mas não aguentariam um dia nesses departamentos nos quais se TRABALHA as vezes dois, três, quatro dias ou mais fora de casa.
    Por quê não pedem exoneração????
    Cambada de Horácio, Zero Cana e Nutella

  317. Rosana, Porto Primavera e Euclides da Cunha, uma pertinho da outra. Porto Primaver, SMJ, delegacia fechada com fincionários só no QAP, normalmente trabalhando pouco, uma vez ou outra dá uma piça.
    Aí ficam aqui um monte de tira horácio, zero cana, 200 anos de plantão, pois nunca mostraram interesse de subir pra chefia e um outro monte de escrivão plantonista, que nunca tocaram IP, só fazem RDO e atendem mal a população de mimimi.
    Aí começam a falar que o DEIC isso, o DEBARC aquilo e etc, mas não aguentariam um dia nesses departamentos, nos quais as equipes ficam dias fora de casa e dão cana.
    Todo mundo sabe do RETP, e mesmo assim prestaram concurso. O governador e o SSP não vão na porta de nunguém chamar o cara pra ser policial. Não gosta, pede exoneração, presta outro concurso. Não fazem isso ficam se reunindo em grupos de Horácios, Reclamões e Nutellas de mimimi. POLÍCIA NÃO TEM HORA, quer horarinho vai ser caixa de banco. Reclamam que travalham muito, mas de ficar só no QAP com a base fechada não falam nada. PEDIR EXONERAÇÃO É SIMPLES, RÁPIDO E FÁCIL.

  318. A Polícia Civil deve e tem por obrigação reprimir o trabalho análogo a escravidão e não expor seus policiais a escravidão.

  319. Alckmin propõe reajuste de 7% para policiais

    O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta quinta, 02, o envio à Assembleia Legislativa de um projeto de lei que concede aumento salarial de 7% para os membros da Polícia Militar, da Polícia Civil e da Polícia Técnico-Científica. O reajuste também será estendido aos agentes penitenciários. Aposentados e pensionistas das quatro categorias também terão o mesmo benefício. No total, serão beneficiados 172 mil policiais militares, 53 mil policiais civis e 33 mil agentes penitenciários. O custo para o Tesouro do Estado será de R$ 983 milhões por ano.

  320. O Miserável. Me engana que eu gosto, afinal sou um Miserável.

  321. O Miserável. Me engana que eu gosto, afinal sou um Miserável.

  322. Puta demora para divulgar as “conquistas” dos sindicatos!!!! Kikooooo

  323. A noticia do aumento postada pela tal Veronica novinha é falsa e data 2013. Concurso só em 2.018??? É isso mesmo? Os sindicatos mais uma vez vão ficar parados assistindo de camarote mais esse absurdo sem fazer NADA???

  324. Sr. “V” , não interpretou a decisão direito.

    Parabéns ao Exmo. Presidente Celso, Dr. Advogado e ao SINCOPOL, QUE VENCEU A PROCURADORIA GERAL DO ESTADO NO ULTIMO RECURSO CONTRA A PARIDADE E INTEGRALIDADE

    APOSENTADORIA JURÍDICO

    03 de fevereiro de 2017

    O Presidente Celso, (Investipol), Advogado, autor das Ações Judiciais do Sincopol, leva ao conhecimento de todos os colegas, mais um grande e derradeiro passo rumo a consolidação da paridade e integralidade nas aposentadorias dos Policiais Civis de todo o Estado. Visto que na AÇÃO PRINCIPAL, nesta tarde de 02/02/2017 o Presidente da Seção de Direito Publico do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, INDEFERIU os dois últimos recursos da FAZENDA E SPPREV que eles apresentaram contra a paridade e integralidade dos filiados do Sincopol. Desta feita nossa ação da paridade e integralidade anda a passos largos rumo ao transito em julgado, que pode ocorrer mais rápido do que parece.

    E para completar o triunfo de todos os colegas Policiais Civis , foi publicado também a decisão da Presidente do Supremo Tribunal Federal , Excelentíssima Ministra Dra. Cármen Lúcia. A decisão, o INDEFERIMENTO do recurso da FAZENDA E SPPREV que pretendia suspender a Liminar do Sincopol.

    QUE 2017 CONTINUE TRAZENDO NOVAS CONQUISTAS PARA TODA FAMÍLIA POLICIAL

  325. Sr. “V” , não interpretou a decisão direito.

    Parabéns ao Exmo. Presidente Celso, Dr. Advogado e ao SINCOPOL, QUE VENCEU A PROCURADORIA GERAL DO ESTADO NO ULTIMO RECURSO CONTRA A PARIDADE E INTEGRALIDADE

    APOSENTADORIA JURÍDICO

    03 de fevereiro de 2017

    O Presidente Celso, (Investipol), Advogado, autor das Ações Judiciais do Sincopol, leva ao conhecimento de todos os colegas, mais um grande e derradeiro passo rumo a consolidação da paridade e integralidade nas aposentadorias dos Policiais Civis de todo o Estado. Visto que na AÇÃO PRINCIPAL, nesta tarde de 02/02/2017 o Presidente da Seção de Direito Publico do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, INDEFERIU os dois últimos recursos da FAZENDA E SPPREV que eles apresentaram contra a paridade e integralidade dos filiados do Sincopol. Desta feita nossa ação da paridade e integralidade anda a passos largos rumo ao transito em julgado, que pode ocorrer mais rápido do que parece.
    E para completar o triunfo de todos os colegas Policiais Civis , foi publicado também a decisão da Presidente do Supremo Tribunal Federal , Excelentíssima Ministra Dra. Cármen Lúcia. A decisão, o INDEFERIMENTO do recurso da FAZENDA E SPPREV que pretendia suspender a Liminar do Sincopol.
    QUE 2017 CONTINUE TRAZENDO NOVAS CONQUISTAS PARA TODA FAMÍLIA POLICIAL

  326. Sr. “V” , não interpretou a decisão direito.

    Parabéns ao Exmo. Presidente Celso, Dr. Advogado e ao SINCOPOL, QUE VENCEU A PROCURADORIA GERAL DO ESTADO NO ULTIMO RECURSO CONTRA A PARIDADE E INTEGRALIDADE

    APOSENTADORIA JURÍDICO

    03 de fevereiro de 2017
    Para completar o triunfo de todos os colegas Policiais Civis , foi publicado também a decisão da Presidente do Supremo Tribunal Federal , Excelentíssima Ministra Dra. Cármen Lúcia. A decisão, o INDEFERIMENTO do recurso da FAZENDA E SPPREV que pretendia suspender a Liminar do Sincopol.

    QUE 2017 CONTINUE TRAZENDO NOVAS CONQUISTAS PARA TODA FAMÍLIA POLICIAL

  327. O fim da atividade de risco, prevista na PEC que reforma a Previdência, é o fim da Polícia Judiciária. Se PCs Estaduais e PF não se unirem agora, não fará mais qualquer sentido ser policiais nesse País. Todos serão considerados funcionários públicos comuns, vinculados ao teto da previdência e mesmo tempo de serviço. Para ou…quero descer. Melhor ser escrevente do que policial. É o fim da Polícia.

  328. ENQUANTO O BICHO TÁ PEGANDO….ASSOCIAÇÃO COM FOTO DO ANO PASSADO DA PASSEATA

    SINDICATO COM NOTICIA DE PORTE DE ARMA PARA APOSENTADO DESDE O ANO PASSADO…

    CADA CARREIRA TEM O SINDICATO E ASSOCIAÇÃO QUE MERECE…..

  329. Caro colega Jarim, fomos contemporâneos, fala aí para este velho aposentado com NU de verdade, se vai haver algum aumento salarial neste primeiro trimestre, a coisa tá feia, salário vil, mal dá para comer e comprar remédios. Não seria o caso de algum sindicato começar a trocar idéias sobre uma greve da polícia civil com urgência? Há esperança de aumento salarial sem greve?

  330. Gente, alguem perde tempo abrindo esses links ou vendo esses videos que vcs postam? Ta chato isso. E mudando de assunto , é preciso ser muito trouxa pra ser filiado de qualquer associacao , sindicato ou raio que o parta. E tem gente que vem com a desculpa que vale pelas colonias de ferias, mas nos sites booking ou trivago vc encontra coisa muito melhor e mais barata, fora que vc pode desmarcar quando quiser, nao corre o risco de ir pra pousada na chuva e frio como dessas associacoes e sindicatos, que vc nao pode desmarcar .

  331. SERÁ ASSIM ATÉ O FIM!!!!!! QUEM NÃO LUTA PELOS SEUS DIREITOS NÃO MERECE RECONHECIMENTO!!!!!!!!!!

  332. ISSO AQUI E MESMO UMA PIADA……TODO MUNDO RECLAMA, RECLAMA, RECLAMA, MAIS NINGUÉM FAZ NADA…É O VERDADEIRO MURO DAS LAMENTAÇÕES……CADÊ A ATITUDE ???? SE FOSSE COM OS PROFISSIONAIS QUE FAZEM A COLETA DO LIXO, JÁ TERIAM SE MOBILIZADO PARA CHAMAR A ATENÇÃO DA OPINIÃO PÚBLICA E DA MÍDIA, E COM CERTEZA CONSEGUIRIAM ALGUM BENEFÍCIO….O GOVERNADOR JÁ SABE QUE TÁ TODO MUNDO DESCONTENTE… MAS PRA QUE GASTAR DINHEIRO SE DÁ PARA IR LEVANDO NA CONVERSA JÁ QUE NINGUÉM VAI FAZER NADA MESMO…. NEM SINDICATO EXISTE MAIS …… PIADA!!!!!

  333. Aqui é um espaço para desabafo, mas a primeira medida que tomei esse ano foi cancelar os pagamentos aos sindicatos, primeiro pela necessidade de cortes de gastos e segundo porque esses sindicatos não nos representam, não agem e não estão servindo absolutamente para nada, a não ser arrecadar nosso sofrido dinheiro, percebam que os atuais sindicalistas são os maçanetas de outrora, quando policiais também eram ruins de trampo, mas bons de política. Tanto que os serviços análogos a escravidão, acontecem a mais de 10 anos nas regiões de todos os SINPOL’s, mas os atuais sindicalistas e ex – maçanetas nadam fazem, continuam a arrecadar sem trabalhar ou lutar pelos direitos dos policiais.

  334. DELEGADOS TAMBÉM ESTÃO TRABALHANDO EM ESCALAS DESUMANAS MAIS GANHAM BEM PARA ISSO, E AINDA TEM O G.A.P AGORA OS OPERACIONAIS ESTÃO NA MERDA:

    RELATO DE UMA DELEGADA DE POLÍCIA DE SÃO PAULO
    Há dois anos e sete meses sou delegada de polícia. Embora eu tenha passado no concurso na condição de concurseira e não propriamente na de vocacionada, aprendi muito na polícia civil e com a polícia civil. Aprendi a dar maior valor à vida, porque vi que ela é frágil demais. Aprendi a dar valor ao sono, porque ele é artigo de luxo para um policial. Aprendi a enfrentar situações de risco com mais naturalidade, porque se trabalha com o risco todo dia. Aprendi que garantista mesmo não é aquele que infla falando do assunto, de pantufa, com uma doutrina na mão, e sim aquele que confere as garantias ao preso numa delegacia, há 48h sem dormir, trabalhando em condições precárias, com fome, com sono e diante de um bêbado gritando e ofendendo até a sua quinta geração. Aprendi que há profissões em que a gente acaba pagando para trabalhar, porque os recursos matérias e humanos são parcos e a gente quer muito que aquilo dê certo, que fique bom. Aprendi que servir e proteger não é só um juramento. É um modo de vida. Aprendi a me abnegar, a esgotar as minhas forças e continuar de pé, a enfrentar meus medos e a deixar, muitas vezes, a família e os amigos de lado (é a pior parte) para bem cumprir a minha missão. Nos últimos dias, se discutiu sobre a pec 37. Nós (delegados) cometemos um erro estratégico: antes da discussão (profunda e séria) sobre a exclusividade da investigação criminal por parte das polícias, é preciso lutar por AUTONOMIA POLÍTICA E ADMINISTRATIVA, por PRERROGATIVAS FUNCIONAIS AOS DELEGADOS DE POLÍCIA, imprescindíveis ao fortalecimento da instituição, à sociedade e ao próprio estado democrático de direito. A quem interessa uma polícia vinculada ao executivo? Contudo, não foi a rejeição da PEC que abalou a moral dos policiais, e a minha, especialmente. Foram as ofensas e as agressões proferidas contra aqueles que são os únicos a abrir as portas para as vítimas nas madrugadas frias. Aqueles que são os primeiros a tomar conhecimento do crime e a tomar as primeiras (e mais sacrificantes) providências (ouvir os familiares do morto logo depois do homicídio, comparecer no local do crime, na vila, de madrugada, na chuva, para isolar o local e colher os primeiros elementos de prova…). Aqueles que volta e meia têm que se confrontar com marginais. Generalizar e jogar lama na honra, na coragem e no mérito dos policiais não vai fazer da polícia uma instituição melhor. Apóie o policial. A esmagadora maioria arrisca a vida por você.

  335. Colegas, separei 3 trechos da decisão do STF que indeferiu a suspensão para demonstrar que não há novidade no que diz respeito à aposentadoria com integralidade e paridade do policial civil.

    Na verdade as regras da emenda 47 sempre foram respeitadas inclusive em nosso estado, só pedir administrativamente, sucintamente:
    -30 anos de contribuição para mulher desde que 55 idade,
    -35 anos de contribuição para homem desde que 60 idade.
    Em ambos os casos, a idade mínima pode ser reduzida de 1 ano para cada ano de contribuição que passar do mínimo.

    O problema é que está a vender-se a idéia de que está pacificada a questão da integralidade e paridade para que cumpre os requisitos da 144/14.

    Não é bem por aí, pessoal, vejam por seus próprios olhos….

    trecho a)
    Relatório
    1. Suspensão de liminar ajuizada pelo Estado de São Paulo, em
    23.8.2016, com o objetivo de suspenderem-se os efeitos do acórdão
    proferido pela Décima Câmara de Direito Público do Tribunal de São
    Paulo na Ação Civil Pública n. 1013240-89.2014.8.26.0053, pelo qual se
    determinou a aplicação da Lei Federal n. 51/1985 aos policiais civis de São
    Paulo e assegurou a integralidade e paridade remuneratórias àqueles que
    ingressaram no serviço público antes da Emenda Constitucional n.
    41/2003, desde que observadas as regras de transição da Emenda
    Constitucional n. 47/2005.

    trecho B)
    Ressaltou que “o enfrentamento do mérito, no ponto em que afasta a
    aplicação da EC 47/05, constitui mero obiter dictum, que em nada altera a
    realidade jurídica delineada nos autos, segundo a qual o recurso de embargos foi
    expressamente rejeitado” (fl. 4, doc. 24).
    Reiterou os termos do parecer anterior, pugnando pelo
    indeferimento da suspensão por não ter o acórdão impugnado estendido
    “a todos os policiais civis, indiscriminadamente, o direito à integralidade e à
    paridade no cálculo dos benefícios remuneratórios, até porque, como dito, consta
    daquele decisum a observação de que no ‘caso presente a tutela é coletiva, o que
    não impede a verificação do preenchimento dos requisitos legais caso a caso na
    oportunidade da execução” (fl. 3, doc. 24).

    trecho C)
    O acórdão que se busca suspender está de acordo com a
    jurisprudência deste Supremo Tribunal, pois determina que a
    integralidade e a paridade somente ocorrerão se preenchidos os
    requisitos da Emenda Constitucional n. 41/2003 e as regras de transição
    da Emenda Constitucional n. 47/2003.

  336. Aumenta – se o trabalho, atribuições e responsabilidades, audiência de custódia, escoltas, mas se diminui o efetivo pela metade, e assim os que restam precisam trabalhar por quatro policiais que já se aposentaram, e para dar conta o policial entra no regime “trabalho análogo a escravidão”, como se trabalhar em regime escravo fosse normal, assim os delegados e sindicatos fazem vistas grossas ao policiais surrados, escravizados e surtados pelo sistema, é como se fosse um parque de horrores, policiais se matando e delegados bem pagos e sindicatos arrecadando, vendo o sistema massacrar os policiais, e se não aguentarem, serão punidos e esculachados pelo arcaica e ultrapassada Lei Orgânica da Polícia Civil.

  337. Vai…Agora vai! RETIFICADO disse:
    03/02/2017 ÀS 21:18
    Sem aumento, sem DEJEC, para resolver nossos problemas vão legalizar o “bico”. Com a Projeto de lei Complementar Nº 1 / 2017 estaremos autorizados a distribuir currículos.

    http://www.al.sp.gov.br/propositura/?id=1000024984

    LEGAL ESTAMOS TRABALHANDO EXPEDIENTE + PLANTÃO + ESCOLTA + OPERAÇÕES, ENTRE OUTRAS ATRIBUIÇÕES, TODOS SATURADOS, VAI TER TEMPO PARA BICO ONDE? SÓ OS MAÇANETAS, PRIVILEGIADOS DO PLANTÃO ENTRE OUTROS, POLICIAL ESTÃO TRABALHANDO 24 X 24 CONTÍNUO, SE FOLGA E DESCANSO JÁ ESTÁ IMPOSSÍVEL, IMAGINA TER TEMPO PARA BICO.

  338. RAPAZ !, MAIS UM ENGODO DESSE DEPUTADO “PERUQUINHA”. E AINDA EXISTEM POLICIAIS CIVIS QUE VOTAM NUM CARA DESSE. TRABALHEI MAIS DE TRINTA E CINCO ANOS NA P.C., ESTOU APOSENTADO HÁ ANOS E, NUNCA OUVI DIZER QUE UM PROJETO DESSE “NADA”, QUE BENEFICIASSE A POLÍCIA POLÍCIA CIVIL TENHA SIDO APROVADO…

  339. Os Sindicalistas dos aglomerados de sindicatos além de idosos, eram maçanetas quando na ativa, e hoje esse aglomerado de micro – sindicatos representam um grande nada, não nos representam, não tem influência em nada por serem pequenos, não tem influência política por não serem coesos, são um monte de velhos desunidos por fora do “trabalho análogo a escravidão” que assola os policiais pelo interior do Estado, onde os policiais são vítimas de horários impróprios, são forçados a trabalhar além do limite, e se cometem algum erro pela exaustão,estafa e pelo excesso de atribuições, responsabilidade e riscos ainda são massacrados pela corregedoria e pelos próprios delegados, que exigem produção, fazendo os policiais forçarem suas capacidades acima do limite físico e psicológico do ser humano normal.

  340. FALTAM DELEGADOS?

    SIPOL: Sim, claro. Faltam delegados.

    FALTAM ESCRIVÃES?

    SIPOL: Sim, claro. Faltam Escrivães.

    FALTAM INVESTIGADORES?

    SIPOL: Sim, claro. Faltam Investigadores.

    SIPOL
    Aliás, que pese o quadro de Delegados de Polícia não estar completo, nem de longe esse é o ponto nevrálgico da gravíssima crise que assola a Polícia Judiciária Bandeirante. Estamos diante da falta de milhares e milhares de Investigadores, Carcereiros, Escrivães, Agentes Policiais, Papiloscopistas, Auxiliares de Papiloscopistas, Agentes de Telecomunicações, Peritos, Fotógrafos, Auxiliares de Necrópsia, Atendentes de Necrotério, Servidores Administrativos.

    Aliás, na atual conjuntura, faltar Delegado não é má ideia. Tem o GAT. Muitos reclamam de sua famigerada existência. Mas não parece algo nada prejudicial.

    Aliás, coitado daqueles que têm que trabalhar, de corpo presente, em outras unidades, e até em outros municípios, sem adicional algum, por falta de previsão legal.

    Imaginem uma CONSTRUTORA onde tem engenheiro demais, arquiteto demais, para coordenar pouquíssimos pedreiros e serventes . Muito engenheiro e arquiteto mandando, exigindo, comunicando e punindo. E poucos ajudando a assentar tijolos.

    O que vai rolar? O que vai acontecer com essa CONSTRUTORA?

    Os concursos para Delegado de Polícia deveriam ser suspensos por anos. E em seu lugar chamar Escrivães, Investigadores, etc… Quem defende ideia contrária, por favor venha a público e se explique FUNDAMENTANDO A DEZENAS DE MILHARES DE POLICIAIS O PORQUÊ.

    Recentemente ocorreu o contrário. O Governador chamou TODOS OS REMANESCENTES DE DELEGADOS. Agora vamos fazer o que? Andar pra trás? Fechar unidades? O ponto chave dessas discussões todas é mesmo contratar mais chefes? É isso mesmo? Vamos melhorar a questão:

    QUAL O CARGO, PROPORCIONALMENTE FALANDO, EM QUE FALTAM MENOS SERVIDORES ?????

    Nem vamos entrar no mérito que houveram três promoções para Delegados em 2016 e apenas UM para as demais carreiras. Né?

    Não parece que causará muita admiração se Entidades de Classe passagem a apoiar o Ciclo Completo de Polícia.

  341. Cadê as medidas que seriam anunciadas em fevereiro? Uma das coisas que precisa acabar é a propagação de comentários sem fundamentos, fofocas!! Se bobear nem os míseros 7% teremos!! Greve!!Greve!! Greve!!

  342. Caro Colega JOSEP, quanto prazer!

    Respondendo à tua indagação, lamento te dizer, que pelo que ouvi, pessoalmente (eu e mais sete colegas sindicalistas) do Sr. Delegado Geral, as possibilidades (de aumento, reajuste, reposição …) são mínimas, quase zero!

    Foram mais de duas horas de uma conversa franca, olho no olho, onde ele, o Dr. Youssef, jogou limpo, não escondeu a realidade e disse, mais de uma vez, que não está preso à cadeira.

    Se o documento de três laudas que lhe entregamos era de assustar, mais assustados ficamos nós ao saber da realidade dita por ele próprio. A DGP não tem dinheiro sequer para cumprir a nova lei que manda criar novas funcionais, com a menção de que “têm fé pública em todo território nacional”. Precisa dizer mais?

    Caro Josep, abaixo vou tentar postar um resumo do que foi a nossa audiência com o DGP.

    Um grande abraço,

    Jarim

  343. AUDIÊNCIA COM O DELEGADO GERAL DE POLÍCIA CIVIL DE SP

    A pedido da FEIPOL SUDESTE, juntamente com os Sindicatos de Policiais Civis das Regiões de Campinas, Ribeirão Preto, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Jundiaí e IPA-SP, realizou-se na data de ontem, 2 de fevereiro de 2017, uma audiência com o Delegado Geral de Polícia, Dr. Youssef Abou Chahin, onde o principal foco foi a absurda falta de Policiais Civis em todas as Unidades Policiais do Estado, que vem causando uma inadmissível carga de trabalho, trazendo também como consequência afastamentos por licença de saúde, aposentadorias precoces e até pedidos de exonerações.
    Também encaminhamos ao DGP no ofício com oito itens reivindicatórios que há muito tempo afligem a nossa categoria, entre os quais a inadmissível falta de reposição salarial nos últimos três anos, o que acarreta uma perda de aproximadamente 30% nos salários dos Policiais Civis.
    A sinceridade e a transparência do DGP em não ocultar nenhum problema pelo qual atravessa a Instituição, informando às entidades de classe sobre a complexa realidade que a Polícia Civil atravessa mostram o comprometimento institucional do chefe da Polícia com a categoria e a sua preocupação em tentar resolver a situação mais extrema, que é a enorme falta de Policiais Civis em todo o Estado, diga-se de passagem, que é muito maior do que imaginávamos.
    Apenas para exemplificar, tomamos conhecimento que 294 das cidades paulistas não têm Delegados de Polícia, isso é quase metade dos 645 municípios do Estado de São Paulo. A situação é ainda mais grave considerando as faltas em outros cargos, como Escrivães, Investigadores de Polícia, Peritos Criminais, Médicos Legistas, entre outros.
    Diante do quadro extremo, o DGP convidou, em 31 de janeiro, o Secretário Estadual de Segurança Pública, Dr. Mágino Alves Barbosa Filho para uma reunião onde apresentou os preocupantes números de nossa defasagem de pessoal e pediu para o Secretário solicitar ao Governador, em caráter de urgência, a convocação do restante dos aprovados no Concurso de 2013 e expôs que em 1994 a Polícia Civil de São Paulo tinha 32 mil Policiais para uma população de 33 milhões e neste ano de 2017 são 25 mil Policiais, com projeção que o número caia para 21 mil em quatro meses, dado ao número de pedidos de aposentadorias em andamento, enquanto a população subiu para 44 milhões, além de aumentar o rol de crimes a serem investigados, levando-se em conta que no ano de 94 não existia, por exemplo, furtos ou roubos de celulares ou os chamados crimes cibernéticos.
    E nesta esteira, o DGP também convocou o Conselho da Polícia Civil para determinar aos diretores que elaborem um plano de reengenharia (Agrupamento de Unidades Policiais), pois ele enfatizou na reunião com as entidades de classes que não “existe mágica”, pois a solução do problema mais urgente da Instituição, que é falta de Policiais Civis, será com a convocação urgente dos remanescentes aprovados no Concurso de 2013 e a abertura de novos Concursos.

    Diante da colocação do DGP, o presidente da FEIPOL SUDESTE, Aparecido Lima de Carvalho, Kiko, enfatizou que a reengenharia servirá apenas para mudar o problema de lugar, uma vez que os números de Inquéritos, Investigações e outras atribuições continuarão os mesmos para um ínfimo número de Policiais Civis. E ele quis saber qual é seria a fórmula do DGP para resolver o impasse. Por sua vez o Delegado Geral respondeu que pensava em fazer mutirões com Delegados, Escrivães e Investigadores para diminuir o acúmulo de Procedimentos das Unidades Policiais.

    A FEIPOL SUDESTE entende que a situação é de extrema gravidade e a Instituição está colocando em xeque, correndo o risco até de extinção. Enquanto isso, o Governo do Estado se aproveita da crise em que o país atravessa para justificar o desmonte da Polícia Civil, enquanto alardeia em meios de comunicação que está com superávit de mais de R$ 1, 5 bilhão em caixa, enquanto nossa Instituição agoniza, sem ter recursos sequer para confeccionar novas identidades funcionais previstas na lei 1.282/16, sancionada pelo próprio Governo do Estado de São Paulo.
    A FEIPOL SUDESTE levará ao conhecimento das autoridades competentes a gravíssima situação de desmonte sistemático pela qual a Instituição Polícia Civil vem sendo submetida pelo Governo de São Paulo. Conclamamos ainda toda a categoria que informe a FEIPOL SUDESTE, atualizando déficits de Policiais em suas cidades e regiões e nos informando pelos emails: feipol.se@gmail.com e sinpol@mpc.com.br e que todos participem desta incansável luta em busca do respeito e dignidade tão merecidos por nossos trabalhadores Policiais Civis.

    Att//
    Aparecido Lima de Carvalho, Kiko
    Presidente da FEIPOL SUDESTE

  344. SR. ” Extintopol”, BOA TARDE ! E, VOCÊ AINDA ACREDITA NESSAS FALACIAS DE “171”. MEU AMIGO UM DELES É ESSE “PERUQUINHA”, QUE HÁ ANOS ESTÁ NA ALESP, SE ELEGENDO ÀS CUSTAS E COM OS VOTOS DE MUITOS RESTOPOLS. VÊ SE ESSE “nada” ATÉ HOJE INDICOU OU MESMO VOTOU ALGUM PROJETO EM BENEFÍCIO DOS RESTOPOLS. UM ABRAÇO;;

  345. AUDIÊNCIA COM O DELEGADO GERAL DE POLÍCIA CIVIL DE SP

    A pedido da FEIPOL SUDESTE, juntamente com os Sindicatos de Policiais Civis das Regiões de Campinas, Ribeirão Preto, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Jundiaí e IPA-SP, realizou-se na data de ontem, 2 de fevereiro de 2017, uma audiência com o Delegado Geral de Polícia, Dr. Youssef Abou Chahin, onde o principal foco foi a absurda falta de Policiais Civis em todas as Unidades Policiais do Estado, que vem causando uma inadmissível carga de trabalho, trazendo também como consequência afastamentos por licença de saúde, aposentadorias precoces e até pedidos de exonerações.
    Também encaminhamos ao DGP no ofício com oito itens reivindicatórios que há muito tempo afligem a nossa categoria, entre os quais a inadmissível falta de reposição salarial nos últimos três anos, o que acarreta uma perda de aproximadamente 30% nos salários dos Policiais Civis.
    A sinceridade e a transparência do DGP em não ocultar nenhum problema pelo qual atravessa a Instituição, informando às entidades de classe sobre a complexa realidade que a Polícia Civil atravessa mostram o comprometimento institucional do chefe da Polícia com a categoria e a sua preocupação em tentar resolver a situação mais extrema, que é a enorme falta de Policiais Civis em todo o Estado, diga-se de passagem, que é muito maior do que imaginávamos.
    Apenas para exemplificar, tomamos conhecimento que 294 das cidades paulistas não têm Delegados de Polícia, isso é quase metade dos 645 municípios do Estado de São Paulo. A situação é ainda mais grave considerando as faltas em outros cargos, como Escrivães, Investigadores de Polícia, Peritos Criminais, Médicos Legistas, entre outros.
    Diante do quadro extremo, o DGP convidou, em 31 de janeiro, o Secretário Estadual de Segurança Pública, Dr. Mágino Alves Barbosa Filho para uma reunião onde apresentou os preocupantes números de nossa defasagem de pessoal e pediu para o Secretário solicitar ao Governador, em caráter de urgência, a convocação do restante dos aprovados no Concurso de 2013 e expôs que em 1994 a Polícia Civil de São Paulo tinha 32 mil Policiais para uma população de 33 milhões e neste ano de 2017 são 25 mil Policiais, com projeção que o número caia para 21 mil em quatro meses, dado ao número de pedidos de aposentadorias em andamento, enquanto a população subiu para 44 milhões, além de aumentar o rol de crimes a serem investigados, levando-se em conta que no ano de 94 não existia, por exemplo, furtos ou roubos de celulares ou os chamados crimes cibernéticos.
    E nesta esteira, o DGP também convocou o Conselho da Polícia Civil para determinar aos diretores que elaborem um plano de reengenharia (Agrupamento de Unidades Policiais), pois ele enfatizou na reunião com as entidades de classes que não “existe mágica”, pois a solução do problema mais urgente da Instituição, que é falta de Policiais Civis, será com a convocação urgente dos remanescentes aprovados no Concurso de 2013 e a abertura de novos Concursos.

    Diante da colocação do DGP, o presidente da FEIPOL SUDESTE, Aparecido Lima de Carvalho, Kiko, enfatizou que a reengenharia servirá apenas para mudar o problema de lugar, uma vez que os números de Inquéritos, Investigações e outras atribuições continuarão os mesmos para um ínfimo número de Policiais Civis. E ele quis saber qual é seria a fórmula do DGP para resolver o impasse. Por sua vez o Delegado Geral respondeu que pensava em fazer mutirões com Delegados, Escrivães e Investigadores para diminuir o acúmulo de Procedimentos das Unidades Policiais.

    A FEIPOL SUDESTE entende que a situação é de extrema gravidade e a Instituição está colocando em xeque, correndo o risco até de extinção. Enquanto isso, o Governo do Estado se aproveita da crise em que o país atravessa para justificar o desmonte da Polícia Civil, enquanto alardeia em meios de comunicação que está com superávit de mais de R$ 1, 5 bilhão em caixa, enquanto nossa Instituição agoniza, sem ter recursos sequer para confeccionar novas identidades funcionais previstas na lei 1.282/16, sancionada pelo próprio Governo do Estado de São Paulo.
    A FEIPOL SUDESTE levará ao conhecimento das autoridades competentes a gravíssima situação de desmonte sistemático pela qual a Instituição Polícia Civil vem sendo submetida pelo Governo de São Paulo. Conclamamos ainda toda a categoria que informe a FEIPOL SUDESTE, atualizando déficits de Policiais em suas cidades e regiões e nos informando pelos emails: feipol.se@gmail.com e sinpol@mpc.com.br e que todos participem desta incansável luta em busca do respeito e dignidade tão merecidos por nossos trabalhadores Policiais Civis.

    Att//
    Aparecido Lima de Carvalho, Kiko
    Presidente da FEIPOL SUDESTE

  346. Quem paga todo mês associação ou sindicato é TROUXA, OTÁRIO mesmo, daqueles bem conformado.

  347. AGORA PM VAI A VALA COMUM NOVAMENTE. NÃO VAI FICAR MAIS NINGUÉM NA POLÍCIA.

    Governo deve incluir militares em reforma da Previdência
    A proposta é definir a idade mínima de 65 anos, com algumas exceções, e o tempo de contribuição crescente para obter a aposentadoria
    Por Reuters
    access_time
    30 jan 2017, 20h33 – Atualizado em 31 jan 2017, 11h03
    chat_bubble_outline
    more_horiz
    Forças armadas fazem segurança do complexo da Maré no Rio

    Exército: a decisão marca uma virada na posição do governo, que retirou os militares da proposta de regime geral da Previdência (Agência Brasil)

    O governo planeja incluir as Forças Armadas nas mesmas regras previdenciárias estabelecidas para os demais servidores, incluindo a idade mínima de 65 anos, com algumas exceções, e o tempo de contribuição crescente para obter a aposentadoria, além do teto de 5.578 reais para o benefício, disse à Reuters uma alta fonte do governo.

    A decisão marca uma virada na posição do governo, que retirou os militares da proposta de regime geral da Previdência e planeja mandar um outro projeto, específico, e que, inicialmente, contemplaria apenas o aumento do tempo de contribuição.

    Há duas semanas, o próprio presidente Michel Temer confirmou à Reuters, em entrevista, que haveria um teto para a aposentadoria das Forças Armadas, mas que o valor ainda não estava definido. Segundo a fonte, esse ponto agora está resolvido.

    “Será o mesmo teto para todos. Para além disso, a previdência complementar, em que o governo paga uma parte e os servidores, a outra”, disse a fonte, que tem envolvimento direto com as negociações.

    O projeto separado, disse a fonte, seria porque os militares não teriam um regime de previdência previsto na Constituição e isso terá que ser criado. As regras, no entanto, seguirão o padrão dos demais trabalhadores.

    A idade mínima será de 65 anos, mas haverá exceções. “Existem funções que o militar exerce em que ele não pode trabalhar até os 65 anos”, justificou a fonte.

    O tempo de contribuição também será o mesmo. Com a idade mínima e 25 anos de recolhimento do INSS, o militar poderá se aposentar com 76 por cento do teto da Previdência. A cada ano a mais trabalhado, aumentará o valor da aposentadoria, mas não será mais integral, como é atualmente.

    As mudanças ainda estão sendo negociadas em um grupo de trabalho com representantes das Forças Armadas. Mas a fonte reconheceu que as propostas devem desagradar o grupo, que sempre se opôs fortemente a quaisquer mudanças no seu regime de aposentadoria.

    A ideia de incluir as Forças Armadas no regime geral da Previdência estava prevista no início das discussões sobre a reforma, mas foi descartada pela resistência dos militares, que ainda receberam apoio integral do ministro da Defesa, Raul Jungmann.

    No entanto, as aposentadorias do setor representam 44,8 por cento do déficit da Previdência dos servidores da União, apesar de serem apenas um terço dos funcionários públicos federais, de acordo com um estudo da Comissão de Orçamento da Câmara. O déficit chegou a 50 bilhões de reais em 2016, de acordo com a fonte.

    A contribuição dos militares também é inferior a dos demais servidores públicos. Enquanto os civis pagam 11 por cento em cima do salário bruto, o militares pagam apenas 7,5 por cento.

    Manter o sistema praticamente como é hoje –a única mudança aceita pelas Forças até agora havia sido a ampliação do tempo de contribuição de 30 para 35 anos– passou a ser difícil de justificar para o governo.

    As mudanças, no entanto, ainda estão sendo negociadas. De acordo com uma outra fonte, a expectativa é que o governo apresente um texto final aos militares, ainda para ser discutido, no final de fevereiro. O governo planeja enviar a proposta e aprovar as mudanças ainda este ano.

  348. TIRA QUE DÁ CANA, O BURRO.

    Olha aqui seu jumentio, RETP é feito para ser usado eventualmente em caso de necessidade, quando se passa a ser usado cotidianamente, ou seja, todos os dias, reduzindo a folga, o descanso obrigatório, deixa de ser eventual para se tornar regra cotidiana o que totalmente ILEGAL.

    Portanto fica claro a luz da constituição o caráter da função e reforça a tese de que a gratificação RETP apenas tem o seu caráter remuneratório vinculado a possibilidade de o Agente sofrer por eventuais convocações que o funcionário fica sujeito, mas não se fala em como remunerar essas horas a mais efetivamente trabalhadas.

    Os editais que anunciam os concursos falam que se receberia um adicional por estar sujeito a um regime de “no mínimo 40 horas semanais”, qual seria seu máximo? Sua complementação vem da própria Carta paulista no artigo 124 e seu correspondente na Constituição Federal no artigo 7º.

    Ainda à luz da jurisprudência existente que nos faz saber que, o recebimento de um adicional não exclui a possibilidade de se receber uma contraprestação legítima e legal destinada a cobrir os trabalhos prestado, ao qual o Estado não o fazendo se enriquece indevidamente.

    Ainda considerando a norma Constitucional a melhora da condição social do agente estatal, esta de acordo com a nova ordem de direitos estabelecidos não só no Brasil, mas internacionalmente.

    Considerando que como o Agente é funcionário público, a legislação não se cala em relação à sua classe no tocante aos serviços extraordinários, resta diante do exposto, a remuneração que é amparada pelos decretos RGS E CLF e Constituição federal e estadual.

    Enfim, o R.E.T.P. diz que o funcionário poderá ser chamado a qualquer momento… Não diz que os trabalhos, que as horas de trabalho extraordinárias não devam ser pagas.

  349. Falida, desacreditada, sem chefia e sem liderança que inspire um mínimo de confiança. disse:

    Caro Kumite, sua postagem é o retrato da falida PC, dirigida por conhecidos coletores ha mais de 20 anos, a grande maioria phodida com salários ridículos e escalas de verdadeira redução à condição análoga a de escravo, sem possibilidade de fazer um “bico” para levar o que comer em casa.

    Os amigos na chefia, muitos sequer aparecem no DP(RECOLHAS OU EMPREGADOS NAS EMPRESAS DE SEGURANÇA DO TITULAR) todos recebendo a devida frequência, alguns até recebendo GAT.

    Delegados apadrinhados que passam o dia inteiro na ACADEPOL engordando salário, só vão no local de trabalho no final de expediente para assinar os documentos. Alguns recebendo por aulas que nunca ministraram. Falência moral e institucional que vem de cima. Daqueles que batem no peito e bradam honestidade.Você acha que o MP não sabe de nada?. Por que nada faz é que eu não sei.

    Viva a arcaica LC 207,Lei Orgânica da Polícia Civil, Alterada em parte pela L. 922, que introduziu a via rápida, que só introduz até o joelho rapidamente nos desafetos, para os amigos não faz nem cócegas.

  350. Quanto à reunião com o DGP, a “solução” inicial seria fechar delegacias. Iria economizar com aluguéis, por exemplo.
    Já que querem a extinção da Civil, e não vão contratar, então fechem as delegacias que os policiais destas serão realocados para outra, o que “aliviaria” a situação de todos.

    quanto à aposentadoria, se isso chegar aos militares, eles cruzam os braços, por meio das associações. Esse papo de greve é proibido é aplicado quando não se há união, pois o Estado não poderá demitir 90 mil PM`s de uma vez só, a menos que ele queira o caos instalado e sua candidatura comprometida.

    Quanto a nós, temos que ficar na sombra da PF, pois é a queridinha da mídia e da população. Como eles são polícia judiciária como nós, é a nossa única saída.

  351. Cidades até 20 mil habitantes são as que mais submetem seus policiais ao “Serviço Análogo a Escravidão” e estas delegacias deviam ser fechadas, e seus funcionários deslocados a delegacia da cidade maior mais próxima.

  352. Nosso inúmeros sindicatos e associações não nos representam, não tem influência para nada, e são comandados por velhos ex – maçanetas que desconhecem a situação de seus associados, nossos sindicatos são um grande nada dividido em vários nada, nossos sindicalistas são velhos gagá, que mal conseguem falar, mal vestidos e sem conhecimento político, jurídico e sindical para presidir um sindicato que representa a Polícia Civil de São Paulo, nossos sindicatos não são sérios, são amadores, pequenos, possuem nenhuma influência junto ao governo, somos uma Polícia desorientada em meio a um aglomerado de sindicatos nulos, e que só arrecadam seu dinheiro, mas são lhe dão nada em troca, tanto que a policiais em regime de escrivão e estamos a quase quatro anos sem reposição da inflação.

  353. BOM PLANTÃO, BOAS ESCOLTAS E AUDIÊNCIAS DE CUSTÓDIA AOS SOFRIDOS POLICIAIS TRABALHADORES ANÁLOGOS A ESCRAVIDÃO.

  354. Sr. INVESTIGADOR RP:

    Presentemente não exerço cargo algum em qualquer dos sindicatos de policiais civis, embora seja filiado a pelo menos três deles (o de Escrivães de Polícia e os regionais de Mogi das Cruzes e Ribeirão Preto). Se não estivesse satisfeito com o desempenho de qualquer deles já teria me desfiliado. O Sr. conhece o trabalho do Eumauri em Ribeirão Preto?; do Kiko em Campinas e do Celso em Marília, este bacharel em Direito, que, com esforço próprio, fundamenta todas as petições que faz e acaba de obter uma marcante vitória no STF na questão da paridade e integralidade (decisão da ministra presidente Cármen Lúcia)?

    O Sr. não nomina nem excetua ninguém. Isso não é justo!

    Causa espécie ver a virulência com que o Sr. se refere a esses colegas, que, se estão lá é porque foram eleitos. Se são velhos é porque os novos sequer demonstram interesse em se candidatar. Se são “ex-maçanetas”, como o Sr. os classifica, foram muito bons maçanetas: não tendo trabalhado na linha de frente, ainda assim conseguiram se eleger! Como se explica isso…

    Convivo com muitos deles e não tenho como classificar qualquer deles de “gagá”, “mau vestidos” ou “que não sabem falar”, “sem conhecimento…”., como o Sr. os classifica.

    O que é para o Sr. “possuir influência junto ao governo”?. Por favor não diga que “se estamos quatro anos sem reposição da inflação” é por culpa dos sindicatos. Sob pena de termos que convidá-lo para, nas próximas audiências, comparecer conosco levando uma .50 para encostar os representantes do governo ou o próprio governador contra a parede. Quem sabe, fazendo assim, o Sr. obtenha melhor resultado que os “gagás” e “maçanetas”, etc.,. “categorias” nas quais também não me enquadro. Daí minha revolta contra a sua diatribe genérica.

    De resto, Sr. Investigador RP, exercer representação classista parece fácil, mas não é. Ao contrário de quem, muitas vezes sem pertencer a qualquer entidade, faz críticas acerbas aos seus próprios companheiros. Se alguns merecem críticas – e alguns merecem mesmo e nem deveriam estar onde estão – o Sr. não deveria generalizar e muito menos ridicularizar os seus próprios colegas que, se estão lá é porque foram votados. Ou não?

    Jarim Lopes Roseira, presidente da IPA-SP (Associação Internacional de Polícia)

  355. Sr. INVESTIGADOR RP:

    Presentemente não exerço cargo algum em qualquer dos sindicatos de policiais civis, embora seja filiado a pelo menos três deles (o de Escrivães de Polícia e os regionais de Mogi das Cruzes e Ribeirão Preto). Se não estivesse satisfeito com o desempenho de qualquer deles já teria me desfiliado.

    O Sr. conhece, pelo menos, o trabalho do Eumauri em Ribeirão Preto?; do Kiko em Campinas e do Celso em Marília, este bacharel em Direito, que, com esforço próprio, fundamenta todas as petições que faz e acaba de obter uma marcante vitória no STF na questão da paridade e integralidade (decisão da ministra presidente Cármen Lúcia)?

    O Sr. não nomina nem excetua ninguém. Isso não é justo?

    Causa espécie ver a virulência com que o Sr. se refere a esses colegas que, se estão lá é porque foram eleitos. Se são velhos é porque os novos sequer demonstram interesse em se candidatar. Se são “ex-maçanetas”, como o Sr. os classifica, foram muito bons maçanetas: não tendo trabalhado na linha de frente, ainda assim conseguiram se eleger! Como se explica isso…?

    Convivo com muitos deles e não tenho como classificar qualquer deles de “gagás”, “mau vestidos” ou “que não sabem falar”, “sem conhecimento…”., como o Sr. os classifica.

    O que é para o Sr. “possuir influência junto ao governo”?. Por favor, não diga que “se estamos quatro anos sem reposição da inflação” é por culpa dos sindicatos. Sob pena de termos que convidá-lo para, nas próximas audiências, comparecer conosco levando uma .50 para encostar os representantes do governo ou o próprio governador contra a parede. Quem sabe, fazendo assim, o Sr. obtenha melhor resultado que os “gagás” e “maçanetas”, etc.,. “categorias” nas quais também não me enquadro. Daí minha revolta contra a sua diatribe genérica.

    De resto, Sr. Investigador RP, exercer representação classista parece fácil, mas não é. Ao contrário de quem, muitas vezes sem pertencer a qualquer entidade, faz críticas acerbas aos seus próprios companheiros. Se há os que merecem críticas – e alguns merecem mesmo e nem deveriam estar onde estão – o Sr. não deveria generalizar e muito menos ridicularizar os seus próprios colegas que, se estão lá, repito, é porque foram votados. Ou não?

    Jarim Lopes Roseira, presidente da IPA-SP (Associação Internacional de Polícia)

  356. relembrando. Dr. Hilkias – AFPCESP.

    A força de antes e a degradação de HOJE. Guardadas as circunstâncias políticas da época, muito mais conturbadas.
    Quanta diferença. A Polícia começou a ser enterrada pelo comunista mario COVA, FHCova, GERALDO A.cova, e a corja continua com a perpetuação dos salafrários na política, coisa de pai para filho.

  357. SR. ” O Miserável ” !, SABE QUANDO VAMOS TER UM PRÓXIMO DESSA EXCELÊNCIA, O DE CUJOS DR. HILKHIAS DE OLIVEIRA, NUNCA, MESMO PORQUE ESSA BARCA JÁ AFUNDOU HÁ TEMPO. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  358. Se na prevenção o índice fosse de 7% também, com certeza eu não estaria utilizando esse celular, pois algum militante já o teria subtraído. Graças a Deus que a nossa polícia preventiva tem índices muito superiores aos 7%

  359. É melhor se acostumarem os trabalho análogo a escravidão porque muitos entrarão nesse regime, dentro de seis meses.

  360. É melhor se acostumarem ao trabalho análogo a escravidão porque muitos entrarão nesse regime, dentro de seis meses.É melhor se acostumarem ao trabalho análogo a escravidão porque muitos entrarão nesse regime, dentro de seis meses.

  361. Agripino seu inútil jumentio, acorda, a segurança pública é uma só, todos somos policiais e individuo como você que promovem discórdias, como comunistas, não acrescentam nada para uma melhora, você é um inútil da política “quanto pior melhor”. São individuais como você que não são necessários na polícia. Somos todos policiais e queremos o bem comum da população e o da segurança pública. Além de tudo, quem disse que a polícia é de alguém seu jumentio.
    É devido à alguns lixos como você, individualistas como você, néscios como você que levaram o país a ficar como esta cheio de mentiras e corrupção Vá tomar no OLHO DE SEU CU, seu bosta.

  362. Sr. INVESTIGADOR RP:

    Presentemente não exerço cargo algum em qualquer dos sindicatos de policiais civis, embora seja filiado a pelo menos três deles (o de Escrivães de Polícia e os regionais de Mogi das Cruzes e Ribeirão Preto). Se não estivesse satisfeito com o desempenho de qualquer deles já teria me desfiliado.

    O Sr. conhece, pelo menos, o trabalho do Eumauri em Ribeirão Preto?; do Kiko em Campinas e do Celso em Marília, este bacharel em Direito, que, com esforço próprio, fundamenta todas as petições que faz e acaba de obter uma marcante vitória no STF na questão da paridade e integralidade (decisão da ministra presidente Cármen Lúcia)?

    O Sr. não nomina nem excetua ninguém. Isso não é justo?

    Causa espécie ver a virulência com que o Sr. se refere a esses colegas que, se estão lá é porque foram eleitos. Se são velhos é porque os novos sequer demonstram interesse em se candidatar. Se são “ex-maçanetas”, como o Sr. os classifica, foram muito bons maçanetas: não tendo trabalhado na linha de frente, ainda assim conseguiram se eleger! Como se explica isso…?

    Convivo com muitos deles e não tenho como classificar qualquer deles de “gagás”, “mau vestidos” ou “que não sabem falar”, “sem conhecimento…”., como o Sr. os classifica.

    O que é para o Sr. “possuir influência junto ao governo”?. Por favor, não diga que “se estamos quatro anos sem reposição da inflação” é por culpa dos sindicatos. Sob pena de termos que convidá-lo para, nas próximas audiências, comparecer conosco levando uma .50 para encostar os representantes do governo ou o próprio governador contra a parede. Quem sabe, fazendo assim, o Sr. obtenha melhor resultado que os “gagás” e “maçanetas”, etc.,. “categorias” nas quais também não me enquadro. Daí minha revolta contra a sua diatribe genérica.

    De resto, Sr. Investigador RP, exercer representação classista parece fácil, mas não é. Ao contrário de quem, muitas vezes sem pertencer a qualquer entidade, faz críticas acerbas aos seus próprios companheiros. Se há os que merecem críticas – e alguns merecem mesmo e nem deveriam estar onde estão – o Sr. não deveria generalizar e muito menos ridicularizar os seus próprios colegas que, se estão lá, repito, é porque foram votados. Ou não?

    Jarim Lopes Roseira, presidente da IPA-SP (Associação Internacional de Polícia)

  363. Saudade do tempo em que DGP era Abrahão Kfoury…
    DGP com maiúsculas…

  364. O Misarável

    Vc não passa de um Leão de blog.

    Sabe qual seria um salário justo pra ti?

    100% de resolução de crimes = 100% do salário.

    07% de resolução de crimes = 07% do salário.

    Na sua época não tinha matemática para entrar, acho que você não vai entender.

  365. Sr. INVESTIGADOR RP:

    Presentemente não exerço cargo algum em qualquer dos sindicatos de policiais civis, embora seja filiado a pelo menos três deles (o de Escrivães de Polícia e os regionais de Mogi das Cruzes e Ribeirão Preto). Se não estivesse satisfeito com o desempenho de qualquer deles já teria me desfiliado.

    O Sr. conhece, pelo menos, o trabalho do Eumauri em Ribeirão Preto?; do Kiko em Campinas e do Celso em Marília, este bacharel em Direito, que, com esforço próprio, fundamenta todas as petições que faz e acaba de obter uma marcante vitória no STF na questão da paridade e integralidade (decisão da ministra presidente Cármen Lúcia)?

    O Sr. não nomina nem excetua ninguém. Isso não é justo?

    Causa espécie ver a virulência com que o Sr. se refere a esses colegas que, se estão lá é porque foram eleitos. Se são velhos é porque os novos sequer demonstram interesse em se candidatar. Se são “ex-maçanetas”, como o Sr. os classifica, foram muito bons maçanetas: não tendo trabalhado na linha de frente, ainda assim conseguiram se eleger! Como se explica isso…?

    Convivo com muitos deles e não tenho como classificar qualquer deles de “gagás”, “mau vestidos” ou “que não sabem falar”, “sem conhecimento…”., como o Sr. os classifica.

    O que é para o Sr. “possuir influência junto ao governo”?. Por favor, não diga que “se estamos quatro anos sem reposição da inflação” é por culpa dos sindicatos. Sob pena de termos que convidá-lo para, nas próximas audiências, comparecer conosco levando uma .50 para encostar os representantes do governo ou o próprio governador contra a parede. Quem sabe, fazendo assim, o Sr. obtenha melhor resultado que os “gagás” e “maçanetas”, etc.,. “categorias” nas quais também não me enquadro. Daí minha revolta contra a sua diatribe genérica.

    De resto, Sr. Investigador RP, exercer representação classista parece fácil, mas não é. Ao contrário de quem, muitas vezes sem pertencer a qualquer entidade, faz críticas acerbas aos seus próprios companheiros. Se há os que merecem críticas – e alguns merecem mesmo e nem deveriam estar onde estão – o Sr. não deveria generalizar e muito menos ridicularizar os seus próprios colegas que, se estão lá, repito, é porque foram votados. Ou não?

    Jarim Lopes Roseira, presidente da IPA-SP (Associação Internacional de Polícia)

  366. agripino (05/02/2017 às 15:43)

    Se na prevenção o índice fosse de 7% também, com certeza eu não estaria utilizando esse celular, pois algum militante já o teria subtraído. Graças a Deus que a nossa polícia preventiva tem índices muito superiores aos 7%

    ===============================

    O número de celulares roubados, em São Paulo, diariamente é algum tipo de recorde mundial. Você está considerando que existe 1 ladrão para cada cidadão e quem impede isso é a PM?

    Como você fez essa conta de que a PM tem uma eficiência de 7%?

    Se você pegar o número de crimes (e só os registrados) e dividir pelo número de flagrantes qual é a resposta?

    As duas instituições são altamente ineficientes, a população sabe disso e os bandidos também.

    E reconhecer que o problema existe é só o primeiro passo para buscar soluções.

  367. Alguém sabe o que o prefeito Dória pensa sobre Polícia?

    Porque, sinceramente, tá parecendo que ele vai sair candidato ao governo, deixar o Covas Junior na prefeitura e, com isso, o Alckmin vai ter todo o espaço para a campanha a presidente.

  368. SR. ” exescravão” ! BOA NOITE, PODE ATÉ OCORRER ESSA TRAMITAÇÃO POR VOCÊ EXPOSTA, MAIS AFIRMO CATEGORICAMENTE, POR ESSAS BANDAS O “CHUCHU” NÃO AUFERIRÁ VOTOS NEM PATA ENCHER UM ” fusquinha”. UM ABRAÇO…

  369. aGRIPINo Jumentio. Bem, pelo menos tu reconhece um Leão, seu zé ruela.

  370. aGRIPINo, você é o tipo de pelego que precisa de toda uma guarnição completa (se não, não dá conta) para apreender um menor com uma “baganinha! em uma caixa de fósforo, faz questão de levar ao plantão para ficar enchendo o saco de todo mundo lá, dando mais ainda prejuízo a população e a polícia, seu zé ruela inútil.

  371. A solução é uma carreira com um único cargo. Enquanto existir esse monte de cargos nada vai mudar. Delegado sempre vai ganhar e o resto vai lamber sabão! Acordem e briguem por uma carreira única!

  372. Governo tem é que tomar vergonha na cara e dar viatura a prova de bala, armamento pesado a altura dos malacos, chega de moleza de remissão de pena, de indulto (seja qual for). Nós não aguentamos mais. O negócio é esse, dentro da Lei, mada pro caixa-prego.

  373. No mundo todo a aposentadoria de policiais é especial, de carreira única e em torno de 20 a 25 anos, ainda podem ficar com o armamento após a aposentadoria integral. No Brasil, ora no Brasil policial vai para PQP.

  374. Está faltando funcionário e o serviço vai aumentando.
    Agora eu fico imaginando como estão as coisas para os escrivães que estão nas fileiras ralando. Deve estar muito pior do que quando eu aposentei, infelizmente.

  375. Trabalho análogo a escrivão é ficar quase 4 anos sem reposição da inflação é nossa realidade, a outra realidade é que irão aposentar 4000 policiais civis, a última realidade é que cidades até 20 mil habitantes irão ficar sem delegacias, vão ter que fazer B.O na cidade vizinha, chega de média com prefeitos, que façam B.O com a PM essa tem efetivo de sobra.

  376. POLÍCIA MILITAR DO ESPIRITO SANTO PARA GERAL. O ESTADO ESTA O CAOS.
    MANDA A POLÍCIA QUE NÃO EXISTE NA CONSTITUIÇÃO (PRETORIANOS NACIONAIS)

  377. PERNAMBUCO, GOVERNO ESTADUAL SOLICITA O EXÉRCITO, PM EM ESTADO DE GRAVE, PROMETENDO INICIO PARA AMANHÃ, TERÇA FEIRA. AGORA O BICHO VAI PEGAR TEMER, SEGURA AGORA CARA, SEGURA.
    Cotidiano
    Governo pede reforço do Exército caso haja greve da PM

    Documento vazado foi enviado ao Governo Federal na terça-feira, mas só se tornou conhecido nesta sexta-feira

    Por: portal FolhaPE em 09/12/16 às 12h46, atualizado em 09/12/16 às 13h07

    O governo de Pernambuco enviou ao Governo Federal um ofício para pedir apoio do Exército Brasileiro para garantir a segurança pública em caso de greve dos policiais militares, que realizam assembleia nesta sexta-feira (9) para discutir uma possível paralisação. O documento, de acordo com o executivo estadual, seria rotineiro e teria sido encaminhado a Michel Temer (PMDB) na terça-feira (6) – mas teria vazado. Confira o texto no fim da matéria.

    Saiba mais:
    Desembargador proíbe associações militares de fazer assembleia sobre greve
    PMs e bombeiros suspendem paralisação mas fazem operação padrão
    Policiais e bombeiros mantêm assembleia

    Na quarta-feira (7), o desembargador José Fernandes Lemos, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), determinou que associações militares “se abstenham” de realizar assembleias para tratar sobre greve. A decisão é endereçada à Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados Policiais e Bombeiros Militares (ACS), à Associação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (Aspra-PE), à Associação de Bombeiros Militares de Pernambuco (ABM-PE) e à Associação dos Militares Estaduais (AME).

    Mesmo sob ameaça de multas e punições civis, administrativas e penais, a assembleia marcada para as 14h desta sexta-feira (9) está mantida. Foi o que asseguraram alguns dos principais líderes da campanha salarial da categoria. De acordo com Nadelson Leite, vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados (ACS-PE), a reunião vai acontecer e deve ter adesão ainda maior do que a manifestação anterior.

  378. AGORA O BICHO VAI PEGAR, SEGURA AÍ TEMER, SEGURA A POLÍCIA DO BRASIL EM GREVE CARA.MANDA LÁ SEUS PRETORIANOS, NO BRASIL TODO, A POLÍCIA VAI PARAR.

    PERNAMBUCO PEDE AJUDA AO GOVERNO FEDERAL, A POLÍCIA VAI PARAR LÁ TAMBÉM.
    ESCUTA AÍ MEU.

  379. PMDB + PSDB = PT ENTRE OUTROS BICHOS, ENFIOU TODAS AS PANELAS NA BUNDA DO POVO DO BRASIL.
    E O ANGORA TÁ LÁ, PROTEGIDO PELA BALANÇA DESREGULADA QUE HÁ NESSE SISTEMA PODRE.

  380. PMDB + PSDB = PT, QUE ESTÃO ENFIANDO TODAS AS PANELAS NA BUNDA DO POVO BRASILEIRO. CADÊ OS PANELEIROS DO BRASIL? AHHHHHHH CAMBADA. CHE CAZZO.

  381. Esse DG é o pior chefe da história da polícia civil.
    Pouco se manifesta e não está nem ligando para seus subordinados.

  382. QUEREM UMA SOLUÇÃO IMEDIATA PARA ESSES PROBLEMAS !, É SÓ DESENGAVETAR AQUELA PEC-300 QUE HÁ ANOS ESTÁ JAZINDO NA GAVETA E VOTÁ-LA URGENTEMENTE…

  383. Informação quente, bizu, rádio peão em ação::
    Será criado um grupo de estudos para estudar os grupos de estudo que foram criados.

  384. SR. ” Gugu”, SEMPRE DISSE QUE ESSE AI É UM ” nada”. VEJA SÓ ! E O EX-MAÇANETA ” jarim” E OUTROS, AINDA PERDEM O TEMPO COM ESSE ” nada”, OU MELHOR 0,0% DE REPOSIÇÃO SALARIAL EM BENEFÍCIO DOS P.C.s. . E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  385. AS PM’s do RIO DE JANEIRO, BAHIA, PERNAMBUCO, MARANHÃO, CEARÁ, PARÁ, AMAZÔNIA, STA CATARINA E RIO GRANDE DO SUL VÃO PARAR! A COISA ESTÁ SE ESPALHANDO E VAI VIRAR O CAOS COMPLETO.

  386. COLEGAS !, DIGO E ASSINO EMBAIXO, SE HOJE, EM TERMOS DE P.C., NÓS TIVÉSSEMOS 06 ( SEIS), CLASSISTAS, DO NAIPE DO DR. HILKHIAS DE OLIVEIRA, SEM SOMBRA DE DÚVIDAS QUE EM TERMOS DE SALÁRIO ESTÁVAMOS PRÓXIMO DO AUFERIDO PELA P.F. AGORA VEM MEIA DUZIA DE GATO$ PINGADO$ QUE, $Ó BLA$FEMAM TENTANDO RE$OLVER UM PROBLEMA CRÔNICO QUE A$$OLA A P.C. HÁ MAI$ DE VINTE ANO$. PERGUNTAR NÃO OFENDO CERTO, E O $IPESP, AEPE$P E A AIPE$P ?. E COM UM DETALHE, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  387. depois de uma reunião, que nao tem dinheiro para fazer as carteiras funcionais de 88 delegados novos, e porque esta na hora, repensar o papel dos delegados na condução da policia civil, são juristas e não administradores, portanto os delegados devem estar no mesmo nivel de juizes e promotores.

  388. Carteira funcional ??? é com isso que o delegado se preocupa ???? Não tem dinheiro para papel higieco, nem para preencher um efetivo que ja esta previsto em lei… e é com funcional e equiparação a juizes e promotores que o delegado se preocupa ???? Uma coisa eu concordo, delegado tem que repensar sua posição na policia civil… Se durante a guerra o exercito ta perdendo, a culpa não é dos soldados e sim do capitão.

  389. Caro colega antonio… ate concordo com melhorar a importancia do delta na instituição… Mas antes disso acontecer os delegados precisam tomar vergonha na cara e fazer o trabalho que devem fazer… Funcional e equiparação não é momento de se pensar, quando a instituição ta falindo… O investigador e o escrivão que fazem o trabalho do delegado é assim e sempre vai ser assim, logo não existiram… do que adianta uma funcional e uma equiparação para o delegado se ele não vai ter seu braço direito e esquerdo ????? Vai ganhar 20 mil e encostas ???? não vamos esquecer da funcional.

  390. ESSE ” ZÉ POVINHO “, TEM MAIS É QUE SE FUDEREM, POIS QUANDO ESTÃO NO ” BEM BOM “, ESQUECEM DE DEUS E EXECRAM A POLÍCIA E, QUANDO O BICHO PEGA, ELES SE LEMBRAM DE DEUS E CLAMAM PELA POLÍCIA. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  391. Falida, desacreditada, sem chefia e sem liderança que inspire um mínimo de confiança. disse:

    No Espírito Santo, o espirito de porco do governo não dá aumento de salário aos policiais há 7 anos. Para o governo, família de policial tem que morrer de fome e o policial de tiro nas mãos dos bandidos por uma merreca de salário. Vão o governo e os milionários juízes que julgam ser a greve ilegal para a pqp.
    Isso aqui deixou de ser Estado de Direito faz tempo, vez que bandidos travestidos de representantes do povo passaram a elaborar as leis que o povo está obrigado a obedecer.
    Os milionários juízes, desembargadores e ministros dos tribunais superiores deveriam por na cadeia esse quadrilhão político que saqueou o dinheiro do povo brasileiro, deixando-o largado a própria sorte.
    Os ladrões continuam no governo, roubavam junto com o PT, agora roubam junto com o PSDB, só trocaram de comparsas.
    Os policiais do Brasil inteiro deveriam seguir o exemplo dos colegas do Espírito Santo.
    Aqui em São Paulo vamos para 5 anos de aumento real de salário. Só penduricalhos que não valem nada.
    Ministério da Justiça e SEGURANÇA PÚBLICA sabe o que significa de mudança. Nada. A mer… continua a mesma.
    Demorou pra casa virar.

  392. VEJAM SÓ !, O COURO ESTÁ COMENDO LÁ NO ESPIRITO SANTO, EM DETRIMENTO DA GREVE DA P.M, ENQUANTO QUE O GOVERNADOR DE LÁ PAULO HARTUNG ( PMDB), S.M.J., ESTÁ EM SAMPA FAZENDO EXAMES NO SÍRIO LIBANÊS, VISTO QUE NO SUS, ELE NÃO PASSA NEM DEFRONTE. LÁ NO R.J., O PEZÃO ( P.M.D.B), NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR O SALÁRIO DOS POLICIAIS, MAIS DINHEIRO PARA O CARNAVAL NÃO FALTA. RAPAZ !, VÃO SE CATAR. E, ME AJUDEM AÍ Ó !….

  393. PESSOAL !, VIVA O ” EL KAREKON”. S.M.J., O NOVO MINISTRO DO S.T.F LEMBRAM-SE QUE NO DIA DA MORTE DO TEORI, EU JÁ CANTEI A BOLA DIZENDO QUE HAVIA SONHADO COM O EXCELÊNCIA KAREKON COMO MINISTRO. RAPAZ !, PELO AMOR DE MEUS NETINHOS, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  394. ILUSTRÍSSIMO Dr. GUERRA, TEMOS UMA NOTA EM UNÍSSONO DO PRESIDENTE DO IPA, REPETIU QUATRO VEZES ÀS MESMAS COISAS, TEMENDO NÃO SER ESCUTADO! – SEM COMENTÁRIOS.

  395. Relembrando, inclusive a conversa FIADA da PEC 300, LEMBRAM?

    Brasil
    Greves de PMs ameaçam se espalhar pelo Brasil
    Sem que situação na BA esteja definida, associações policiais de 8 estados e do DF ameaçam paralisação para pressionar parlamentares a aprovar PEC 300
    Por Bruno Huberman, Gabriel Castro e Marina Pinhoni
    access_time
    9 fev 2012, 11h25

    Soldados do Exército observam manifestação de policiais militares em greve que desde a semana passada ocupam a Assembleia Legislativa da Bahia (Marcello Casal Jr./Agência Brasil/VEJA)

    Embora oficialmente não esteja encerrada, a greve de policiais militares na Bahia parece caminhar para um desfecho nesta quinta-feira. Os grevistas desocuparam o prédio da Assembleia Legislativa do estado e os líderes do movimento foram presos. O fantasma das paralisações de PMs, no entanto, não foi exorcizado. Pelo contrário. Nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, uma assembleia com representantes de várias organizações nacionais definirá se os policiais fluminenses também interromperão os trabalhos. E o que se desenha é a possibilidade de nacionalização dos protestos. Nas últimas semanas, associações policiais de todo o Brasil parecem ter superado suas divergências ideológicas (já que muitas são aparelhadas por partidos políticos) e se unido em torno de um objetivo comum: pressionar o Congresso para que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/2008, ou apenas PEC 300, seja aprovada.
    Leia também:
    Com greve da PM, Salvador tem shows e ensaios de Carnaval cancelados
    Marco Aurélio Mello: “A Polícia Militar não pode fazer greve”
    O projeto da PEC 300 cria um piso nacional para policiais militares e bombeiros no valor de 3 500 reais – bem acima da média nacional. Segundo um levantamento realizado pelo site de VEJA, oito estados e o Distrito Federal estão com negociações em andamento e ameaçam entrar em greve nos próximos dias. São eles: Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Alagoas, Espírito Santo, Goiás, Tocantins e Mato Grosso (veja mapa abaixo). “Na semana que vem, muitas corporações vão parar se a coisa continuar desse jeito”, afirmou o sargento Gilberto Cândido de Lima, vice-presidente da Associação Nacional de Cabos e Soldados (Ancs), que também é presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM de Goiás (ACS-GO).
    Ciente do impacto que a PEC 300 teria nas contas públicas, especialmente para os estados, o governo tem usado sua ampla maioria no Congresso para adiar repetidas vezes a votação do projeto. A proposta foi aprovada em primeiro turno na Câmara, mas precisa de uma nova votação na Casa antes de seguir para o Senado. Em tese, bastaria a vontade do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), para concluir a votação.
    Frente dupla – Diante da resistência em Brasília, as associações estaduais trabalham em duas frentes: ao mesmo tempo em que se articulam nacionalmente pela PEC 300, reivindicam localmente questões específicas. “Claro que as mobilizações são uma pressão pela PEC 300, mas cada associação também tem que lutar dentro do próprio estado”, disse o tenente Aparício Santellano, presidente da Associação dos Sargentos Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar do Rio Grande do Sul (Asstbm). “Não queremos que aconteça com os policiais o mesmo que aconteceu com os professores. Estabeleceram um piso nacional, mas os governadores não cumpriram.”
    Em muitos casos, as reivindicações se assemelham: aumento salarial, revisão do plano de carreira, carga horária de 40 horas semanais, aumento do efetivo e melhores equipamentos. “Temos soldados com 22 anos de polícia que ainda não foram promovidos a cabos”, observou o sargento Jean Ramalho, presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros do Espírito Santo (ACS-ES). “No Rio de janeiro, por exemplo, esse tempo já foi reduzido de oito para seis anos. A reestruturação possibilitaria essas promoções”.

  396. SR. ” O Iluminado” !, ENQUANTO ASSOLA ESSA POUCA VERGONHA LÁ NO ESPIRITO SANTO, S.M.J., SABE ONDE ESTAVA O GOVERNADOR DE LÁ O TAL DE HARTUNG (P.M.D.B), SIMPLESMENTE AÍ NO SÍRIO LIBANÊS REALIZANDO EXAMES COM O DINHEIRO DOS TROUXAS CONTRIBUINTES. VÊ SE ESSES ” NEGUINHOS” VÃO PARA O SUS. RAPAZ. ME AJUDEM AÍ Ó !…

  397. PT-PSDB-PMDB= comunistas traidores da Pátria, mentirosos, crápulas.
    Lembram da PEC 300?

  398. Na pressão o GOVERNO ARROCHA, na conversa é um passa moleque descarado. ACORDEM CAMBADA DE INDOLENTES. ACORDEM SINDICATOS. E CADÊ OS DIRIGENTES DAS CÚPULAS DAS POLÍCIAS CIVIS QUE NÃO ABREM A BOCA E NÃO TIRAM A BUSANFA DE SUA CADEIRA NEM A PAU.

    Governo anuncia reajuste da PM em três parcelas até 2018
    PM: soldados terão reajuste de 27,49% e coronéis de 40,19%
    Publicado em 03/02/2017, às 19h48

    Reajuste da PM chegará à Alepe na próxima segunda-feira (6)
    Paulo Veras
    O governo do Estado divulgou nesta sexta-feira (3) o percentual de reajuste dos policiais militares (PM), que será implantado de forma escalonada e em três parcelas até o final de 2018. O reajuste no soldo para os dois anos varia entre 20,79% e 41,37%, dependendo da patente. Serão incorporados, porém, benefícios como as gratificações de transporte e de defesa civil. A Associação de Cabos e Soldados (ACS) criticou a proposta.
    Os maiores aumentos serão para subtenentes (41,37%) e coronéis (40,19%). Soldados terão revisão de 27,49% e passam a ganhar R$ 4.104,88 em dezembro de 2018. Para os cabos, a variação vai ser de 21,73%, com salário de R$ 4.568,80 no final do próximo ano. Para o governo, este é o maior acordo de valorização funcional da história de Pernambuco na hora em que o País passa por uma crise.
    A primeira parcela será em maio deste ano. A segunda em abril de 2018. E a última em dezembro do próximo ano. Segundo o Estado, o reajuste representará um acréscimo de R$ 303 milhões na folha de pagamento. O projeto de Lei deve ser encaminhado à Assembleia Legislativa na próxima segunda-feira (6). O deputado Joel da Harpa (PTN), que representa os PMs no Legislativo, anunciou que votará contra o texto.

    CONFIRA OS SALÁRIOS
    tabela PM

  399. SR. ” silvio “, EU AFIRMO CATEGORICAMENTE QUE O SEU NOME E O MEU NÃO ESTÃO ATOLADOS ATÉ O PESCOÇO NESSE LAMAÇAL DESSA LAVA JATO. OCORRE QUE, MUITOS QUE AI ESTÃO GOVERNANDO LÁ ESTÃO. E, POR DERRADEIRO, SABE O QUE ESSE CIDADÃO VAI SER, SIMPLESMENTE O REVISOR DOS PROCESSOS DA LAVA JATO. MEU AMIGO!.NÃO SE IRRITE, É BRASIL. E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s