Paralisação da Polícia Militar – Uma coisa é certa, PMs agem como bandidos: colocam mulheres e filhos como escudo…Bando de covardes de merda! 90

Pela 1ª vez, governo do ES se reúne com mulheres de PMs que fazem paralisação

Paula Bianchi

Do UOL, em Vitória

08/02/201720h08 > Atualizada 09/02/201700h21

  • Wilton Junior/Estadão Conteúdo

    Mais cedo, governador disse que não pode "pagar o resgate" pedido por PMs

    Mais cedo, governador disse que não pode “pagar o resgate” pedido por PMs

Mulheres que mobilizaram o ato de paralisação da Polícia Militar se reuniram com o governo do Espírito Santo na noite desta quarta-feira (8). Pela primeira vez, houve uma iniciativa do governo estadual para discutir uma solução junto dos familiares dos PMs. A reunião foi realizada no Palácio da Fonte Grande, no centro de Vitória.

Segundo o governo, à comissão de negociação formada pelo chefe da Casa Civil, o secretário de Controle e Transparência e o secretário de Direitos Humanos, o grupo de 15 representantes dos familiares de PMs fez duas reivindicações: a anistia geral para todos os policiais e 100% de aumento para toda a categoria.

A comissão, agora, levará a proposta ao governador e nesta quinta-feira (9), às 14h, dará um retorno ao mesmo grupo da reunião de hoje. “Vamos analisar essa proposta para ver o que efetivamente podemos fazer para que isso avance”, disse o secretário de Estado de Direitos Humanos, Júlio Pompeu, ao final do encontro.
“Deixamos clara toda a dificuldade que estamos encarando no Estado, não só nas ruas, mais fiscal, mesmo. Mas o governador é quem decide. Cabe a nós, secretários da comissão que foi criada, negociarmos”, disse Pompeu. “Há bom senso e boa vontade dos dois lados. E é a esse sentimento que nós estamos nos agarrando para resolver essa situação.”
Antes da reunião, representantes do movimento manifestaram interesse pelo entendimento. “Estamos dispostas a negociar, mas até agora ninguém chegou com proposta nenhuma”, disse Ângela Souza, cabeleireira, mulher de um PM.
Desde sábado (4), familiares dos policiais militares têm realizado motins em frente aos quartéis impedindo a atuação da PM e gerando uma onda de insegurança em todo o Estado. De acordo com o DML (Departamento Médico Legal), 92 pessoas foram assassinadas desde o primeiro dia da greve da polícia.
Mais cedo, o governador governador licenciado, Paulo Hartung (PMDB), comparou o movimento a um “sequestro” e afirmou que os policiais estão chantageando o governo. “O que está acontecendo no Espírito Santo é uma chantagem. É a mesma coisa que sequestrar a liberdade do cidadão capixaba e pagar resgate”, disse o governador, que se licenciou do cargo no último dia 5 para se recuperar de uma cirurgia feita em um hospital paulista.
Ele retirou um tumor da bexiga no dia 3, véspera do início da greve.
A fala de Hartung faz referência a um pedido de aumento salarial feito inicialmente pelos policiais capixabas, de cerca de 43%.
Nesta quarta pela manhã, cerca de 30 mulheres permaneciam em frente ao principal quartel onde estão os PMs em Vitória. Cada entrada conta com uma barraca grande, com colchões e cobertores, e um toldo. Há café, leite, pão, biscoitos, frutas, frios e até uma sanduicheira.
Em outros quartéis pela cidade há acampamentos parecidos, com familiares de PMs e policiais de folga posicionados em frente aos portões.
“Se o governador for favorável às nossas pautas, nós vamos sair”, afirmou uma das mulheres ao explicar que elas aguardam uma contraposta do governo às suas reivindicações para se retirar do local.

Entenda a crise no Espírito Santo

No sábado (4), parentes de policiais militares do Espírito Santo montaram acampamento em frente a batalhões da corporação em todo o Estado. Eles reivindicam melhores salários e condições de trabalho para os profissionais.
A Justiça do Espírito Santo declarou ilegal o movimento dos familiares dos PMs. Segundo o desembargador Robson Luiz Albanez, a proibição de saída dos policiais caracteriza uma tentativa de greve por parte deles. A Constituição não permite que militares façam greve. As associações que representam os policiais deverão pagar multa de R$ 100 mil por dia pelo descumprimento da lei.
A ACS-ES (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Espírito Santo) afirma não ter relação com o movimento. Segundo a associação, os policiais capixabas estão há sete anos sem aumento real, e há três anos não se repõe no salário a perda pela inflação.
A SESP (Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social) contesta as informações passadas pela associação. Segundo a pasta, o governo do Espírito Santo concedeu um reajuste de 38,85% nos últimos 7 anos a todos os militares e a folha de pagamento da corporação teve um acréscimo de 46% nos últimos 5 anos. (*Colaborou Daniela Garcia, de São Paulo)

Ampliar

Veja imagens da onda de insegurança no Espírito Santo31 fotos

19 / 31

7.fev.2017 – Membros do Exército reprimem manifestação na porta do quartel do Comando Geral da PM no bairro Maruípe, em VitóriaImagem: Gilson Borba/UOL

  1. Covarde , safado e sem vergonha é o canalha que coloca uma manchete dessa.

  2. se não está dando o salário na PM, pede baixa e vai procurar outro emprego que tem um monte de ramo que da mais que isso !! é só estudar um pouco !
    agora não fica ferrando com a população que está desarmada, caso contrário vocês PM’s seriam inúteis, a não ser ocorrências de briga de casal e gatinho que subiu na arvore e não consegue descer.
    mais uma vez mostrando a sua covardia agora de outra forma !!

    “Confie na Polícia Militar” kkkkkk…..

  3. Pelo menos a Policia Civil de São Paulo quando fez greve, não colocou as mulheres como escudo.

  4. TIROCÍNIO POLICIAL; QUEREM RESOLVER O PROBLEMA DE UMA VEZ POR TODAS, E QUE FATOS IDÊNTICOS NÃO VENHAM OCORRER : É SÓ DESENGAVETAREM AQUELA MOFADA PEC-300 E URGENTEMENTE APROVÁ-LA, O RESTO É CONVERSA FIADA.E, ME AJUDEM AÍ Ó !…

  5. 8/2/2017 às 18h51 (Atualizado em 8/2/2017 às 18h53)
    Policiais invadem Câmara em protesto contra reforma da Previdência
    Entrada do grupo fez com que seguranças reagissem disparando bombas de gás lacrimogêneo
    FACEBOOK
    TWITTER
    GOOGLE +
    PÁGINA INICIAL
    ALTO CONTRASTE -A +A
    Agência Estado
    Policiais Civis entraram em confronto com policiais legislativos
    Policiais Civis entraram em confronto com policiais legislativos
    André Dusek/Estadão Conteúdo
    Policiais Civis que protestavam contra a reforma da Previdência na Esplanada dos Ministérios tentaram nesta tarde de quarta-feira (8) invadir o plenário da Câmara e foram impedidos com o uso de bombas de gás lacrimogêneo. Eles conseguiram entrar no prédio da Câmara, pelo túnel que dá acesso ao Salão Verde, que foi tomado por fumaça.

    Após o lançamento das bombas, os policiais lançaram garrafas na porta. Alguns usavam máscaras. Todos no local começaram a tossir e lacrimejar por conta do gás.

    Funcionários da Câmara foram atingidos também por spray de pimenta e muitos coçavam os olhos.

    A Polícia Legislativa bloqueou a entrada das portarias de acesso da Câmara e os portões foram fechados com grades por razões de segurança. O Salão Verde também foi esvaziado.

    Instalação de comissão especial da reforma da Previdência é adiada para quinta-feira

    Um grupo de manifestantes da Polícia Civil permanece aglomerado do lado de fora da entrada do Anexo 2. Segundo agentes da Polícia Legislativa, ainda há manifestantes dentro da Câmara.

    Policiais de todo o País vieram a Brasília protestar nesta quarta-feira contra a PEC 287/16, que retira da Constituição o artigo que reconhece a atividade de risco dos profissionais de segurança pública nos critérios de concessão da aposentadoria. No início da tarde, os manifestantes se concentraram no gramado em frente ao Congresso, onde espalharam cruzes.

  6. Esse Flit Paralisante é um dos blogs mais deprimentes que ja vi. Isso constatei ha tempos , mas visitava na esperança de ver alguma boa noticia. Mas depois dessa manchete achincalhando os pms , juro que nunca mais entrarei aqui. Nao sou PM. Sou PC mas me solidarizo com os colegas do Espirito Santo ,e nao vou dar cliques em imprensa que joga contra a Policia. Tenho vergonha na cara.

  7. PARABÉNS AOS FAMILIARES DOS POLICIAIS MILITARES!!!!!
    TIVERAM A INICIATIVA DE LUTAR E DEMONSTRAR PARA O BRASIL E O MUNDO QUE POLÍCIA TEM FAMÍLIA, MULHER, FILHOS, SOGRA, MÃE, PAI.
    SE NÃO FOR A FAMÍLIA AMAR O SEU POLICIAL, QUEM MAIS AMARÁ O POLÍCIA? O GOVERNO? A POPULAÇÃO QUE SÓ LEMBRA DA POLÍCIA QUANDO ESTÁ EM PERIGO?
    EXISTEM MAIS COISAS PRA SE PENSAR DO QUE SOMENTE A QUESTÃO SALARIAL…AGUARDEM….ESSE PAÍS FICARÁ DE PONTA CABEÇA EM BREVE….

  8. so esta faltando isso em sampa,sera que os pms vão conseguir entrar em greve
    com os estrelados ganhando de 20/30.000 para conter a tropa com ameaça de espulsão e outras coisa mais
    para os oficiais e delegado e os lambem botas o salario esta bom ate demais mais para os que realmente
    carregam a policia nas costas tanto a civil e a militar estão todos fudidos no consignado do BB, quase sem chances de pagar fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  9. porque esse lixo veio se operar em são paulo
    não tem hospital no espirito santo
    o que ele fez com a verba da saude

  10. OS GOVERNANTES ESTADUAIS HÁ MUITOS ANOS ESTÃO CRIANDO UMA ESPÉCIE DE EXÉRCITOS ESTADUAIS COM FORÇAS, ARMAS, VEÍCULOS À DISPOSIÇÃO, PODER DE VOTO PARA ELEGEREM OS SEUS REPRESENTANTES POLÍTICOS…

    SE CRIARAM TUDO ISSO, ENTÃO FAZEREM O QUE AGORA DIANTE DE UMA BRIGA CONTRA SI PRÓPRIO?

    ONDE JÁ SE VIU MULHERES QUE NUNCA TRABALHARAM SE BENEFICIAREM “LEGALMENTE” DE UM SALÁRIO GORDO QUANDO O SEU PAPAI OFICIAL DA POLÍCIA MILITAR MORRE, E OS DEMAIS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS OU ATÉ MESMO AS PRAÇAS DESSA MESMA POLÍCIA QUANDO MORRE DEIXA O SALÁRIO PARA QUAL FILHO MESMO?

    CONFORME DISSE AS SÁBIAS PALAVRAS DO “Ollho por Olho, Dente por Dente disse:
    09/02/2017 ÀS 2:30”, ISSO SIM SERIA A ATITUDE DE UM HOMEM E NÃO CONSEGUIREM OS SEUS OBJETIVOS ATRAVÉS DESSA FARSA EM DEIXAREM AS SUAS DESOCUPADAS ESPOSAS NA PORTA DE UM QUARTEL, E SE O EXÉRCITO AS TIRAREM ÀS FORÇAS COM GÁS DE PIMENTA IGUAL VOCÊS MESMOS FAZEM DIANTE DE MANIFESTAÇÕES, COMO SE SENTIRIAM?

    NÃO ESTÃO CONTENTES, PEÇA BAIXA!

    GOVERNANTES, VOCÊS CRIARAM AGORA CUIDEM DAS SUAS CRIAS!

  11. ruim sem a PM…pior sem ela….vcs estão vendo pelas imagens e noticias….

    apoio as ” mulheres desocupadas ” simmmm

    ao menos elas levantam a bunda da cadeira….já nós da PC , vamos só no vácuo e olhe lá…

  12. Só não entendi uma coisa porque a PC-SP não entra de greve…. será que ganham também assim… caso contrário. Quem são os covardes? Esqueçam da PMESP e parabéns a PM do ES as manifestações dos parentes é simbólica uma forma de burlar a lei retrógrada dos regulamentos internos. Deixou claro que a PM faz FALTA a última greve da PC de SP Alguém lembra? …. Não… Não fez falta a vida continuou… vivemos sem o “sistema” Polícia Civil…. mas sem uma polícia preventiva não importa o nome que tenha o estado para, lamentável e deprimente a manchete como deprimente é ser expulso da Polícia Civil e ter que ocupar o tempo com matérias como esta.

  13. Cada um tem sua forma de lutar por melhores salários e dignidade na profissão que exerce, muito mais seus familiares que dependem desse arrimo de família. Comentários ofendendo familiares e policiais militares é ficar do lado do bandido.

  14. Exatamente…Os caras fazem greve na cara dura e enfiam os familiares no rolo, e depois falam que estão no direito… Pelo menos 30% deveria estar trabalhando. Os caras lambem o Estado e quando o dinheiro aperta eles param tudo e deixam a cidade no caos do dia para a noite… Quando a civil de SP entro em greve, respeitando os 30% bem como realizando as notificações necessários, PM nenhum fico do lado, pelo contrario, fizeram barricada…Sabe que não pode a greve, pq não luta pelos direitos de outra forma, não é assim que a PM ve a sociedade ? quem descumpre a lei é bandido ou não é ? agora não adianta reclama.

  15. Depois dessa , sem dúvida não ligo a mínima para o destino de polícia civil. Que aliás, não tem um futuro muito certo mesmo pelos próprios comentários que leio por aqui. Mas até me simpatizava com as demandas desses servidores. Só que chamar os policiais de covardes é inaceitável. Aliás, a PC do ES apoia a manifestação. Chame-os de covardes também. Seja coerente. Obviamente dirão que sou policial militar ou tenho parentes policiais. Nenhuma das duas. Sou apenas um cidadão consciente de que governo que não trata bem quem vai me dar segurança não liga a mínima para a minha vida.E tenho o mesmo pensamento quanto a trabalhadores da saúde e educação. Tripé básico de uma sociedade. O dono desta página parece um moleque , um adolescente que sequer tem consciência da realidade dos governos que desperdiçam dinheiro público de todos os modos imagináveis. Você mora no Brasil ou na Suécia? É também por conta desse desperdício de recursos, além dos conhecidos desvios e má administração que eu , cidadão, não tenho segurança adequada, saúde ou educação. Estes dois últimos até consigo suprir. Mas segurança não. Enfim, sinto muito pelos policiais que estão contra si mesmos e contra quem precisa de segurança com policiais no mínimo tendo uma remuneração adequada. Sejam civis ou militares.

  16. Parabéns à PMES! O Rio é o próximo a explodir, já cassaram o Pezão e o seu vice. O Alexandre de Moraes (em conversa não oficial com um jornalista da Jovem Pan) não vê motivo para a polícia ter tratamento diferenciado na previdência, logo, há risco de parar a polícia no Brasil, menos São Paulo porque está faltando “cabra-macho”. A tendência é piorar.

  17. Há duas categorias de governadores no Brasil: os incompetentes e os ladrões. O Chuchu está em qual?

  18. A sorte está lançada.

    Vamos ver quem vai empinar o traseiro e em que posição.

    Só não vale troca-troca.

  19. wagner nunes leite gonçalves

    Com todo respeito , pessoalmente a PM – de todo o Brasil – merece o mesmo tratamento que dispensa a outros grevistas e manifestantes: PORRADA…PORRADA e PORRADA! Cambada de canalhas extorsionários que estão praticando atos de banditismo para impor o terror na população. Pior: ainda querem dar diploma de otário para a sociedade com essa conversa de protesto de familiares. Essas mulheres de PMs devem ser tratadas como a polícia de SP trata as Mães de Maio .

  20. Escriludida, estamos na roça! A maioria dos parlamentares odeia a polícia, e nós sabemos o motivo. Por mais absurda que seja, esta PEC maldita tem grandes chances de ser aprovada sem qualquer ressalva.

  21. 3consignados em folha,

    Deprimente é verificar policiais civis solidários com um órgão que só nutre desprezo é ódio pela PC. Pretendendo e atuando de todas as formas para extinguir com a polícia judiciária civil.

  22. OK jurássica!

    ENTÃO PQ AS ESPOSAS DE OFICIAIS DA pm COM AS FILHAS MULHERES TAMBÉM NÃO SE JUNTAM AS DEMAIS ESPOSAS DAS PRAÇAS EM FRENTE AOS QUARTEIS PARA PARTICIPAREM DO BLOQUEIO NAS SAÍDAS DAS VIATURAS DOS QUARTEIS?

    JURÁSSICA, COM TODO RESPEITO COLEGA!
    ISSO DEVE SER RESOLVIDO DE OUTRA FORMA; GREVE SIM, MAS SEJAM HOMEM E NÃO USEM AS ESPOSAS PARA A TRAGÉDIA DAS DEMAIS PESSOAS.

    ME DESCULPE COLEGA, MAS QDO ESTIVE DESCONTENTE NA pm PEDI BAIXA E FUI TRABALHAR NOS ESTADOS UNIDOS E SÓ VOLTEI QDO SAIU OS RESULTADOS DE ALGUNS CONCURSOS QUE PASSEI AQUI NO BRASIL COMO NA PC, PREFEITURA DE SANTOS, DETRAN DO RIO DE JANEIRO E ENTRE OUTROS POUCOS E ACABEI DANDO SORTE EM ESCOLHER O QUE MAIS GOSTO DE FAZER SEM RECLAMAR, SER POLICIAL!

    SE ALGUM DIA EU ESTIVER DESCONTENTE COM O SALÁRIO, SAIREI NOVAMENTE!

    MAS QUERO DEIXAR CLARO QUE NÃO SOU CONTRA OS PMS DO ESPÍRITO SANTO NÃO, SÓ ACHO QUE DEVE SER FEITO DE OUTRA FORMA!

  23. Quando um membro do corpo sofre todo corpo sofre, não é porque a mão não é o olho, que não faz parte do corpo, a Policia Militar e a Policia Civil são membro da Segurança Pública, cada um com sua função, mas com mesmo objetivo, os inimigos são comuns nisso deve as duas corporações estarem unidas combate ao crime, e revindicar melhoria de trabalho e salários para o mesmo patrão. qualquer divisão nesse dois assuntos é desinteligência. ou burrice mesmo.

  24. essa desunião é maior entre Oficiais e Delegados.

    Restopol e praças não são melhores amigos, mas na hora do “vamo vê”, é com eles que podemos contar.

    Enquanto isso em SP, todos satisfeitos com salário, viaturas, escalas, condições gerais….

  25. Guerra, a pergunta é:
    QUEM É QUE VAI LÁ DAR A TAL PORRADA???
    A Polícia Civil….kkkk, tá bom, tô brincando…
    A Polícia Federal kkkk…. tá vou parar de zoar…
    O Exército tá lá, Pq não vai pra cima????
    A PM É FODA!!!
    E comparar paralisação da PM com a PC é escárnio, a PC pode para um ano que ninguém sequer nota… já a PM, tá aí, pra todo mundo ver….
    Quem mantém o Brasil andando é a PM….a mais importante instituição deste País…aceita que dói menos!

  26. PM de SP greve! NUNCA FARÁ!, lembrem de 2008.
    Ainda mais depois da entrevista de um Coronel da reserva da PM de SP ” especialista em segurança”, ontem em uma na Jovem Pan.
    Ah! falou também que os policiais civis de SP trabalham em uma escala de 12 x 72 horas.

  27. Concordo!
    Os Bombeiros do RJ e o PM baiano foram muito mais corajosos.
    Queria ver o ES ter lugar para prender tanto PM de uma só vez.
    Possível efeito colateral: a partir de 1985 iniciou-se o desmonte das FFAA. Os desfiles de 07 de Setembro deixaram de ser desfiles militares.
    Não há mais contingente militar compatível com as reais necessidades do Brasil, nem para situações excepcionais.
    Será que vai acabar a dispensa de contingente em massa? Será que o serviço militar voltará a ser regra e a dispensa, exceção?

  28. A quem interessa uma polícia mal equipada, mal remunerada e com contingente reduzido e envelhecido? Não há mais dúvidas de quem está no comando deste país. Intervenção militar já, doa a quem doer.

  29. PESSOAL, BOA TARDE !, SOLUÇÃO !, APROVAÇÃO URGENTEMENTE DA PEC-300. O RESTO É SÓ FALÁCIAS. E, ME AJUDEM AI Ó !…

  30. Jamiro disse:
    09/02/2017 às 11:51

    Guerra, a pergunta é:
    QUEM É QUE VAI LÁ DAR A TAL PORRADA???
    A Polícia Civil….kkkk, tá bom, tô brincando…
    A Polícia Federal kkkk…. tá vou parar de zoar…
    O Exército tá lá, Pq não vai pra cima????
    A PM É FODA!!!
    E comparar paralisação da PM com a PC é escárnio, a PC pode para um ano que ninguém sequer nota… já a PM, tá aí, pra todo mundo ver….
    Quem mantém o Brasil andando é a PM….a mais importante instituição deste País…aceita que dói menos!

    ==================================

    Nunca vi PC, PF ou FFAA colocarem a esposa como escudo.

  31. Concordo que a Polícia precisa ser valorizada e reconhecida, mudar o modelo de Polícia e tudo mais, mas…

    Se quer fazer greve, assuma! Seja homem! Não coloque a esposa para se proteger.

    E quando em 2008 a PCSP fez uma manifestação, com uma caminhada até o Palácio, a PMSP cometeu o maior erro de sua história, obedecendo às ordens do governo e abandonando as ordens, leis e princípios do Estado Democrático de Direito. Depois não adianta reclamar dos maçanetas, horácios e companhia.

    E a PM deveria sempre pensar na sociedade. Poderiam ter feito manifestações, utilizar a internet, poderiam até distribuir panfletos falando sobre as carências, e são muitas, da PM de qualquer estado do Brasil. Apesar que a PC anda muito pior.

    Um fato importante que a PM ainda não percebeu, o Exército está colocando meia dúzia de garotos de 18 anos, sem qualquer treinamento policial, para substituir os PMs, e se eles conseguirem controlar a situação, qual seria o valor social da PM?

  32. Maquiavel quer saber: os oficiais da PM estão usando os familiares de policiais como contenção e expiatórios e os praças como escudo de todas suas regalias?
    O que é covardia?

  33. Exercravão nunca vi uma noticia dessa tambem….PC e PF trabalham com inteligencia ne, por isso são tão mal vistas pelo Estado…O dia que a PM coloca um cara com visão igual PCe PF (sem ser um oficial, pois esse se acha um deus), a PM vai se extinguir… alias vejo tanto PM falando mal da PC nessa pagina, mas na hora que abre concurso da PC levanta os 7 PM em cada sala… agora na hora do concurso da PM quantos civil que fazem mesmo em ? briga idiota… o dia que o PM ver que é so massa de manobra e para de ver o mundo so na porrada e bomba esse pais melhora e muito. A escola da PM pode ensinar muita coisa mas fico na duvida se ensina humildade… Segurança precisa de inteligencia acima de tudo… Ta faltando.

  34. Macaneta Convicto disse:
    09/02/2017 às 12:16

    A quem interessa uma polícia mal equipada, mal remunerada e com contingente reduzido e envelhecido? Não há mais dúvidas de quem está no comando deste país. Intervenção militar já, doa a quem doer.

    ==================================

    Eu discordo, porque:

    (1) Os militares não sabem administrar um país;
    (2) Eles criaram a Polícia Militar, um dos maiores erros da Segurança Pública brasileira; nada contra os PMs, o problema é o modelo de Polícia brasileiro.
    (3) Antes do impeachment, os militares não se moveram, agora que as coisas começaram a destravar com o impeachment feito e a lava jato caminhando, os militares iriam fazer o quê?

    Agora, concordo com toda a sua afirmação de polícia mal equipada, mal remunerada, contingente reduzido e envelhecido. Ninguém honesto quer uma Polícia assim.

  35. GRANDE MISERÁVEL FILHO DA PUTA O CARA QUE COLOCOU ESTE TIPO DE MANCHETE, CADA UM LUTA COM AS ARMAS QUE TEM. TIVERAM CORAGEM, POIS A POLICIA MILITAR E CIVIL SÃO UM BANDO DE COVARDES SUBMISSOS.

  36. você tem a mãe na zona , filho da puta.Você está a serviço de quem colocando este tipo de matéria.

  37. Quanta bobagem disse:
    09/02/2017 às 12:42

    Exercravão nunca vi uma noticia dessa tambem….PC e PF trabalham com inteligencia ne, por isso são tão mal vistas pelo Estado…O dia que a PM coloca um cara com visão igual PCe PF (sem ser um oficial, pois esse se acha um deus), a PM vai se extinguir… alias vejo tanto PM falando mal da PC nessa pagina, mas na hora que abre concurso da PC levanta os 7 PM em cada sala… agora na hora do concurso da PM quantos civil que fazem mesmo em ? briga idiota… o dia que o PM ver que é so massa de manobra e para de ver o mundo so na porrada e bomba esse pais melhora e muito. A escola da PM pode ensinar muita coisa mas fico na duvida se ensina humildade… Segurança precisa de inteligencia acima de tudo… Ta faltando.

    ================================

    Sim, por isso a PM cresceu tanto e a PC foi propositadamente “esquecida”. Olha o que a PF, com todas as carências, tá conseguindo fazer pelo Brasil! Qual governador vai querer uma Polícia de verdade???

  38. Uma coisa é certa na situação em que se encontra o ES e que já venho percebendo há anos no balcão dos DPs:
    A crise moral da sociedade brasileira: cidadãos comuns – muitos que trabalham, estudam, tem família, casa própria, etc, estão realizando saques em lojas e supermercados pela oportunidade gerada, que nada tem a ver com necessidade. A ausência policial revela uma realidade crítica: o caos ético e moral em que está atolado nosso país. Quando a polícia se torna o instrumento de controle que impede um cidadão comum de se tornar um criminoso – mesmo que um punguista de bebida da prateleira de um mercado – em detrimento dos valores morais, vem a tona a falta de consciência ética e moral.
    Só vejo uma solução:

    Brasil:> Format

  39. Polícia pressiona Congresso contra a reforma da Previdência
    Ato para contestar a mudança de regras de aposentadoria reúne 5 mil manifestantes e desemboca em invasão da Câmara dos Deputados

    compartilhar:

    postado em 09/02/2017 06:00 / atualizado em 09/02/2017 01:22
    Alessandra Azevedo
    Luis Nova/Esp. CB/D.A Press

    Antes mesmo de a Comissão Especial da reforma da Previdência começar os trabalhos, a indefinição sobre o tema esquentou o clima na Câmara dos Deputados. Uma manifestação de 5 mil policiais contra a proposta, que contou com a participação de mais de 20 deputados, terminou com spray de pimenta, gritos e discussões acaloradas dentro da Casa, na tarde de ontem. A confusão começou após policiais civis entrarem armados no Congresso, por volta das 18h. Enquanto integrantes da União dos Policiais Brasileiros (UPB) — que reúne, entre outros, policiais civis, federais, rodoviários federais e agentes penitenciários — se dirigiam ao auditório Nereu Ramos para continuar o debate, o grupo armado tentava chegar ao plenário, quando foi contido por seguranças da Câmara.

    Apesar de não ter resultado em agressões físicas ou detenções, o embate é um sinal de alerta para o governo quanto à insatisfação dos profissionais de segurança pública com a proposta. “Levar spray de pimenta faz parte da luta”, disse o presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrabol), Jânio Bosco Gandra, um dos organizadores da manifestação. Agora, completou, “o presidente Michel Temer já sabe o que os policiais são capazes de fazer. Não aqui, mas no Brasil todo”.

    Leia mais notícias em Economia

    “Se for preciso, vamos invadir a Câmara”, garantiu um manifestante, seguido de aplausos, no auditório lotado. Outra ameaça dos policiais, que teria um impacto ainda maior, é a de paralisação das atividades. Para o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Boudens, a manifestação de ontem foi a primeira de muitas e pode ser entendida como “um prenúncio para paralisações como a que está ocorrendo no Espírito Santo”, caso o governo insista em incluir os policiais na reforma. A UPB, que se reunirá na próxima terça-feira para discutir os próximos passos, não descarta uma greve geral. “Muitos estados estão reivindicando, mas esperamos que isso não seja necessário”, disse Gandra.

    A decisão, segundo o presidente da Cobrabol, dependerá da “reação dos deputados”, com quem os policiais pretendem conversar hoje, em visita aos gabinetes. As discussões têm sido, até o momento, proveitosas. Segundo os cálculos de Boudens, 27 deputados manifestaram apoio direto aos policiais apenas na tarde de ontem. Só da base aliada, nos últimos dias, mais de 80 deputados disseram apoiar a causa, segundo Gandra.

    Um deles foi o deputado Mendes Ribeiro Filho (PMDB-RS), que fez um discurso crítico à proposta do governo já na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), em dezembro, ao anunciar que, independentemente do que indicar o partido, ele votará contra a proposta, que definiu como “desumana” e “irresponsável”. Recentemente, o deputado Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB) disse que também não vota a favor da PEC “do jeito que está”. Lideranças do PT, da Rede, do PSOL e do PDT já se posicionaram oficialmente contra a reforma.

    A tensão tem se intensificado desde a criação da comissão especial, na última terça-feira. Até o fim desta edição, 19 dos 37 integrantes ainda não tinham sido indicados pelos partidos. Depois que ela for instalada, o que é esperado para a próxima terça-feira, os deputados terão apenas 10 sessões para propor emendas ao texto do governo. A esperança dos policiais é que uma delas retire os profissionais de segurança pública das novas regras.

    Análise da notícia
    Somos reféns da polícia

    » Leonardo Cavalcanti

    Um debate que poderia se restringir aos salários e aos direitos previdenciários de policiais mostra o quanto a sociedade brasileira é refém das forças de segurança. E não apenas no Espírito Santo, onde o número de mortes, depois de uma greve insana, ultrapassa 90, mas em todos os estados. Os governadores não conseguem comandar as tropas — e muito por culpa deles. Se, no passado, usaram as polícias como braços armados do poder local, agora não conseguem interferir na estrutura da Civil e da Militar, que parecem poder tudo e apenas mantêm a ordem quando conquistam benefícios. Na reforma da Previdência, o governo federal resolveu excluir os militares para não se indispor com a corporação num momento conturbado. São eles que estão nas ruas no Espírito Santo. Politicamente, abriu a brecha para que outros grupos, como os policiais civis, também tentem ficar de fora do projeto. E assim seguimos.
    Tags: protesto reforma previdencia policia congresso

  40. Augusto as palavras mais coerentes que li ate o presente… Parabens nobre colega. A Policia precisa de uma nova estrutura, assim como esses nossos governantes cara de pau. Lamento todo dia em saber que nossos policiais estão nas mãos de vermes políticos, se fossem uma instituição independente, assim como o MP e a Defensoria, quem sabe não seria uma força de fato melhor, mais inteligente e sem o ego superior que impregna esses agentes, que justificam suas atitudes dizendo que são os defensores da ordem; que a sociedade sente sua falta; que são foda. De ordem não tem nada, PCC é bem mais organizado; e inteligencia tambem não tem nada, pois a PM prende MAL (o ladrão sai no mesmo dia por falta de prova) e a PC não trabalha, pq não tem funcionário… Complicado esse mundão.

  41. ESSE GOVERNADOR

    DESGOVERNADOR

    CONSEGUIRA LEVAR SEU ESTADO AO CAOS

    PRA MERDA

    COMO IRÁ SE RECUPERAR AGORA !

    MAIS DE 100 MORTOS

    VANDALISMOS

    ACHARQUES

    PREJUÍZOS MAIS DE R$ 200.000,00 MILHÕES

    COM O PAÍS EM TOTAL CRISE ECONÔMICA FINANCEIRA

    OS IMPOSTOS , ARRECADAÇÕES TRIBUTÁRIAS DINHEIRO DO POVO

    PAGAM TODO O FUNCIONALISMO !

    É ABSURDO

    ABERRAÇÃO TOTAL !

  42. Engraçado ir contra esse ato seja de qualquer polícia. Em São Paulo, o governo do Estado não cumpre nem o minimo, nem o rejuste anual amparado e obrigatório pela Constituição! Isso sem ter motivo algum! Falta de dinheiro não se pode alegar, afinal, de acordo com chuchu, sobraram quase 2 bilhoes nos cofres do estado, ou seja, pura falta de vergonha! Tenho certeza que algum policial deve ter enrabado alguém forte do PSDB, pois não tem outra explicação!
    Agora, bem interessante é o MP e TJ acusarem tanto a polícia de roubar e quando chega a hora de decidir um processo em que o Estado do chuchu é réu, rasgam a constituição sem qualquer vergonha na cara!!! A troco de que?? Amor aos cofres do Estado? Sinceramente eu não entendo! A única coisa que sei é que os juízes da vara da fazenda pública são escolhidos a dedo pelo governador!!!! Ué cadê a tripartição dos poderes??? Bem estranho isso!! Mas ninguém faz nada!!! Enquanto isso policiais militares e civis ficam aqui falando mau um do outro! Pra mim, policial que faz isso, perdeu a chance de ser abortado, pois só pode ser acefalo!!
    Policiais, a sitação atual ta boa pra vcs?? antes, lembrem-se que estamos entrando no 4º ano sem reajuste salarial obrigatório, conforme CF! Não somos homens da lei??

  43. Engraçado ir contra esse ato seja de qualquer polícia. Em São Paulo, o governo do Estado não cumpre nem o minimo, nem o rejuste anual amparado e obrigatório pela Constituição! Isso sem ter motivo algum! Falta de dinheiro não se pode alegar, afinal, de acordo com chuchu, sobraram quase 2 bilhoes nos cofres do estado, ou seja, pura falta de vergonha! Tenho certeza que algum policial deve ter enrabado alguém forte do PSDB, pois não tem outra explicação!
    Agora, bem interessante é o MP e TJ acusarem tanto a polícia de roubar e quando chega a hora de decidir um processo em que o Estado do chuchu é réu, rasgam a constituição sem qualquer vergonha na cara!!! A troco de que?? Amor aos cofres do Estado? Sinceramente eu não entendo! A única coisa que sei é que os juízes da vara da fazenda pública são escolhidos a dedo pelo governador!!!! Ué cadê a tripartição dos poderes??? Bem estranho isso!! Mas ninguém faz nada!!! Enquanto isso policiais militares e civis ficam aqui falando mau um do outro! Pra mim, policial que faz isso, perdeu a chance de ser abortado, pois só pode ser acefalo!!
    Policiais, a sitação atual ta boa pra vcs?? antes, lembrem-se que estamos entrando no 4º ano sem reajuste salarial obrigatório, conforme CF! Não somos homens da lei??

  44. As manifestações do “Flit Paralisante” denotam claramente apenas um ressentimento pueril relacionado a PM. Não é possível considerar a sério. Vive num mundo muito restrito e é incapaz de perceber o que nós cidadãos necessitamos. Em última análise suas instituições existem para nós , cidadãos. Isso é irrefutável. É hora de sair do seu mundinho e pensar além. Ou então permaneça num caminho que levará a lugar nenhum.

  45. “Policiais militares estão extorquindo a população…policiais militares estão de mãos-dadas com os bandidos no Espírito Santo…ninguém obrigou a pessoa a se tornar policial militar…tá insatisfeito com o salário? Pede pra sair.”
    .
    O pessoal está lendo Reinaldo Azevedo e jogando as frases do cara aqui no blog!!!

  46. Parabéns aos Policiais do Espírito Santo, mostraram que se respeitam, continuem assim. Polícia não é escravo que tem que se curvar diante de “autoridades” (alguns envolvidos até com facção criminosa),e dizer amém a tudo. Parabéns mesmo, meus profundos respeitos!

  47. Fodido e mal pago disse: O pessoal está lendo Reinaldo Azevedo e jogando as frases do cara aqui no blog!!!

    Pois é. Os ruinaldetes estão em peso por aqui. Quem diria,

  48. QUE TAL SE APOSENTAR COM R$ 8,6 MIL APÓS 2 ANOS DE SERVIÇO? TEM DEPUTADO NESSA MORDOMIA!
    Por Congresso Em Foco 08/02/2017 07:58

    Foto: Câmara dos Deputados.
    Foto: Câmara dos Deputados.

    Marun admite rever idade de aposentadoria na reforma da previdência
    O deputado Manuel Rosa Neca (PR-RJ) chegou à Câmara como suplente, em janeiro de 2013. Cinco meses mais tarde, ingressou no plano de previdência dos congressistas. Completou apenas dois anos de mandato como deputado federal. Com o aproveitamento (averbação) de parte de mandatos anteriores de vereador e prefeito em Nilópoles (RJ), além de mais 26 anos de contribuição ao INSS, conseguiu a aposentadoria e recebe, hoje, R$ 8,6 mil. Esse é um dos exemplos das facilidades do Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC), que conta com regras bem mais brandas e flexíveis do que as previstas na reforma da Previdência a ser votada pelos deputados e senadores nos próximos meses.

    Manuel Rosa Neca (PR-RJ) conseguiu se aposentar com R$8,6 mil após dois anos de mandato.
    Manuel Rosa Neca (PR-RJ) conseguiu se aposentar com R$8,6 mil após dois anos de mandato.

    Mas as regras do plano são ainda mais permissivas. Um deputado pode se aposentar a partir de apenas um ano de exercício do cargo, desde que faça averbações de outros mandatos ou contribuições ao INSS. O ex-deputado Junji Abe (PSD-SP) exerceu o cargo por apenas quatro anos, entre 2011 e 2015. Em janeiro de 2015, teve aprovadas pela Câmara a averbação de mandatos de deputado estadual, vereador e prefeito de Mogi das Cruzes que somavam 20 anos de exercício desses cargos. O valor da averbação ficou em R$ 1,4 milhão. Em junho daquele ano, conseguiu ainda o aproveitamento de 12 anos de contribuições ao INSS. Fechou 24 anos de mandatos e assegurou uma aposentadoria de R$ R$ 23 mil.

    As contribuições ao INSS contam para o tempo de contribuição – é necessário um mínimo de 35 anos –, mas não são consideradas para o cálculo do valor da aposentadoria. As averbações de mandato são pagas – cerca de R$ 7,4 mil por mês recuperado – e entram no cálculo da aposentadoria. Mas nem sempre é assim.

    Também com três mandatos, o deputado Gervásio Silva (PSDB-SC) teve reconhecidos 23 anos de contribuição ao RGPS (Regime Geral de Previdência Social), mais cinco anos pelo mandato de vereador e quatro pelo mandato de prefeito em São José (SC). A averbação foi “não onerosa”, o que significa que o parlamentar não pagou a contribuição mensal para cada mês acrescentado ao seu tempo de contribuição. Os arquivos da Câmara registram que “não houve contribuição previdenciária”, mas destaca que o tempo de serviço registrado foi exercido antes da Emenda à Constituição nº 20/1998, podendo assim ser contado como tempo de contribuição para efeito de aposentadoria. Silva conseguiu a aposentadoria e recebe, atualmente, R$ 11,5 mil.

    Durante o mandato, o deputado segurado paga R$ 3,7 mil por mês ao PSSC – parcela igual àquela paga pela Câmara. Isso representa 11% do salário do parlamentar, que está em R$ 33,7 mil. Se comprovar os 35 anos de exercício de mandatos – federais, estaduais ou municipais – e 60 anos de idade, recebe aposentadoria integral, no mesmo valor do salário de deputado. Em 2015, 24 deputados se aposentaram, com aposentadoria no valor médio de R$ 18,4 mil. Nem todo o período de averbação aprovado é aproveitado. Quando sobra tempo de contribuição, ou falta dinheiro ao deputado, acontece a “desaverbação” parcial ou total. Mais uma regra bastante flexível.

    O deputado Fernando Ferro (PT-PE) chegou a 20 anos de mandato parlamentar e teve reconhecidos 15 anos de contribuições ao INSS. Mas precisou averbar quatro anos relativos ao antigo Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC), entre 1995 e 1998. Ele não precisou recolher a cota patronal, que já havia sido paga pela Câmara à época do referido mandato. A operação custou R$ 126 mil. Mas cada mandato acrescido representa um acréscimo de R$ 3,8 mil na aposentadoria. O investimento será recuperado em menos de três anos. Recebe hoje R$ 21,2 mil como aposentado.

    “Um absurdo”
    Mesmo internamente há quem critique as facilidades oferecidas pelo PSSC. Informado sobre a aposentadoria de um colega após dois anos de mandato, o deputado Décio Lima (PT-SC), foi direto: “Isso é um absurdo. Tem deputado que entra aqui como suplente, averba um monte de tempo e sai daqui aposentado. Eu acho que isso tudo devia acabar. Deveria ter um regime geral. A lei abre uma porteira que não deveria abrir”, protestou o deputado, em entrevista ao Congresso em Foco.

    Questionado sobre o valor da aposentadoria desse deputado (R$ 8,6 mil), responde: “Não é pouco não, é muito. É um modelo de privilégio capitalista”.

    Mas, enquanto o plano não acaba, Lima está buscando as suas averbações: quatro anos do mandato de vereador e oito pelo de prefeito de Blumenau. Os anais da Câmara registram que ele terá que pagar R$ 1 milhão ao plano de previdência. “Eu aderi a esse instituto há dois anos convencido por várias razões. Primeiro, tive que abandonar a advocacia por 20 anos. Não tenho mais como voltar no mercado. Não tenho tempo para me aposentar no Regime Geral. Eu não tive alternativa. Estou me desfazendo de patrimônio, de tudo, para me prevenir, porque têm muitos ex-deputados brasileiros sem renda, pessoas que largaram tudo pela paixão da política e ficaram sem renda”, justificou.

    Reforma
    Os reflexos da reforma da Previdência no plano dos congressistas ainda não estão claros para alguns dos segurados. O deputado Vilson Covatti (PP-ES), que já deixou o mandato, mas ainda busca averbações para assegurar a aposentadoria, afirma que a reforma é necessária: “Tudo tem que ser ajustado”. Questionado se vai mexer com o PSSC, responde, confuso: “Não, é um plano que não é privado, mas é basicamente privado. Não sei se interfere”.

    QUE MAMATA!!
    QUE TAL SE APOSENTAR COM R$ 8,6 MIL APÓS 2 ANOS DE SERVIÇO? TEM DEPUTADO NESSA MORDOMIA!
    Por Congresso Em Foco 08/02/2017 07:58
    A+
    A-
    Comentar matéria5
    Foto: Câmara dos Deputados.
    Foto: Câmara dos Deputados.
    Marun admite rever idade de aposentadoria na reforma da previdência
    O deputado Manuel Rosa Neca (PR-RJ) chegou à Câmara como suplente, em janeiro de 2013. Cinco meses mais tarde, ingressou no plano de previdência dos congressistas. Completou apenas dois anos de mandato como deputado federal. Com o aproveitamento (averbação) de parte de mandatos anteriores de vereador e prefeito em Nilópoles (RJ), além de mais 26 anos de contribuição ao INSS, conseguiu a aposentadoria e recebe, hoje, R$ 8,6 mil. Esse é um dos exemplos das facilidades do Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC), que conta com regras bem mais brandas e flexíveis do que as previstas na reforma da Previdência a ser votada pelos deputados e senadores nos próximos meses.

    Manuel Rosa Neca (PR-RJ) conseguiu se aposentar com R$8,6 mil após dois anos de mandato.
    Manuel Rosa Neca (PR-RJ) conseguiu se aposentar com R$8,6 mil após dois anos de mandato.

    Mas as regras do plano são ainda mais permissivas. Um deputado pode se aposentar a partir de apenas um ano de exercício do cargo, desde que faça averbações de outros mandatos ou contribuições ao INSS. O ex-deputado Junji Abe (PSD-SP) exerceu o cargo por apenas quatro anos, entre 2011 e 2015. Em janeiro de 2015, teve aprovadas pela Câmara a averbação de mandatos de deputado estadual, vereador e prefeito de Mogi das Cruzes que somavam 20 anos de exercício desses cargos. O valor da averbação ficou em R$ 1,4 milhão. Em junho daquele ano, conseguiu ainda o aproveitamento de 12 anos de contribuições ao INSS. Fechou 24 anos de mandatos e assegurou uma aposentadoria de R$ R$ 23 mil.

    Com três mandatos, entre 2003 e 2015, o deputado Carlos Souza buscou 24 anos de contribuições ao Governo do Amazonas, ao INSS e utilizou até mesmo o período de prestação de serviço militar ao Exército, de 1971 a 1972. Recebe R$ 10,6 mil como aposentado. O ex-deputado Ronaldo Zulke (PT-RS), que exerceu o mandato de 2011 a 2015, teve aprovada a averbação de 34 anos de contribuições e aposentou-se em fevereiro de 2015. Recebe R$ 3,8 mil.

    Publicidade

    Impressora Brother HL-… R$ 467,10
    R$ 467,10
    CLIQUE AQUI

    Multifuncional Epson L… R$ 899
    R$ 899
    CLIQUE AQUI

    Multifuncional HP Lase… R$ 1.349,99
    R$ 1.349,99
    CLIQUE AQUI

    As contribuições ao INSS contam para o tempo de contribuição – é necessário um mínimo de 35 anos –, mas não são consideradas para o cálculo do valor da aposentadoria. As averbações de mandato são pagas – cerca de R$ 7,4 mil por mês recuperado – e entram no cálculo da aposentadoria. Mas nem sempre é assim.

    Também com três mandatos, o deputado Gervásio Silva (PSDB-SC) teve reconhecidos 23 anos de contribuição ao RGPS (Regime Geral de Previdência Social), mais cinco anos pelo mandato de vereador e quatro pelo mandato de prefeito em São José (SC). A averbação foi “não onerosa”, o que significa que o parlamentar não pagou a contribuição mensal para cada mês acrescentado ao seu tempo de contribuição. Os arquivos da Câmara registram que “não houve contribuição previdenciária”, mas destaca que o tempo de serviço registrado foi exercido antes da Emenda à Constituição nº 20/1998, podendo assim ser contado como tempo de contribuição para efeito de aposentadoria. Silva conseguiu a aposentadoria e recebe, atualmente, R$ 11,5 mil.

    Durante o mandato, o deputado segurado paga R$ 3,7 mil por mês ao PSSC – parcela igual àquela paga pela Câmara. Isso representa 11% do salário do parlamentar, que está em R$ 33,7 mil. Se comprovar os 35 anos de exercício de mandatos – federais, estaduais ou municipais – e 60 anos de idade, recebe aposentadoria integral, no mesmo valor do salário de deputado. Em 2015, 24 deputados se aposentaram, com aposentadoria no valor médio de R$ 18,4 mil. Nem todo o período de averbação aprovado é aproveitado. Quando sobra tempo de contribuição, ou falta dinheiro ao deputado, acontece a “desaverbação” parcial ou total. Mais uma regra bastante flexível.

    O deputado Fernando Ferro (PT-PE) chegou a 20 anos de mandato parlamentar e teve reconhecidos 15 anos de contribuições ao INSS. Mas precisou averbar quatro anos relativos ao antigo Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC), entre 1995 e 1998. Ele não precisou recolher a cota patronal, que já havia sido paga pela Câmara à época do referido mandato. A operação custou R$ 126 mil. Mas cada mandato acrescido representa um acréscimo de R$ 3,8 mil na aposentadoria. O investimento será recuperado em menos de três anos. Recebe hoje R$ 21,2 mil como aposentado.

    “Um absurdo”
    Mesmo internamente há quem critique as facilidades oferecidas pelo PSSC. Informado sobre a aposentadoria de um colega após dois anos de mandato, o deputado Décio Lima (PT-SC), foi direto: “Isso é um absurdo. Tem deputado que entra aqui como suplente, averba um monte de tempo e sai daqui aposentado. Eu acho que isso tudo devia acabar. Deveria ter um regime geral. A lei abre uma porteira que não deveria abrir”, protestou o deputado, em entrevista ao Congresso em Foco.

    Questionado sobre o valor da aposentadoria desse deputado (R$ 8,6 mil), responde: “Não é pouco não, é muito. É um modelo de privilégio capitalista”.

    Mas, enquanto o plano não acaba, Lima está buscando as suas averbações: quatro anos do mandato de vereador e oito pelo de prefeito de Blumenau. Os anais da Câmara registram que ele terá que pagar R$ 1 milhão ao plano de previdência. “Eu aderi a esse instituto há dois anos convencido por várias razões. Primeiro, tive que abandonar a advocacia por 20 anos. Não tenho mais como voltar no mercado. Não tenho tempo para me aposentar no Regime Geral. Eu não tive alternativa. Estou me desfazendo de patrimônio, de tudo, para me prevenir, porque têm muitos ex-deputados brasileiros sem renda, pessoas que largaram tudo pela paixão da política e ficaram sem renda”, justificou.

    Reforma
    Os reflexos da reforma da Previdência no plano dos congressistas ainda não estão claros para alguns dos segurados. O deputado Vilson Covatti (PP-ES), que já deixou o mandato, mas ainda busca averbações para assegurar a aposentadoria, afirma que a reforma é necessária: “Tudo tem que ser ajustado”. Questionado se vai mexer com o PSSC, responde, confuso: “Não, é um plano que não é privado, mas é basicamente privado. Não sei se interfere”.

    Décio Lima diz que a reforma da Previdência “faz parte da proposta de subdesenvolvimento desse governo que caracterizamos como golpista. Ela é totalmente desnecessária, é tirar dos pobres para resolver o problema do capitalismo. E nós vamos resistir para impedir qualquer alteração que signifique retiradas de direito do povo”. Sobre os reflexos no plano dos congressistas, afirma, convicto, ou quase: “Mexe, atinge todos. Eu ainda não li o texto, mas acho que atinge todos”.

    Um milênio
    A decisão do governo de fazer a reforma da Previdência – e com normas bastante duras, como os 49 anos de contribuição – levou os deputados a buscar averbações para completar o tempo de contribuição e assegurar uma aposentadoria mais robusta. Como mostra levantamento feito pelo Congresso em Foco, as averbações feitas por 69 deputados em 2015 e 2016 somaram 960 anos – quase um milênio. No mesmo período, 150 deputados aderiram ao PSSC. O novo plano foi criado para substituir o Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC), que tinha normas ainda mais benevolentes, como a aposentadoria após oito anos de contribuição, sem necessidade de averbação de outros mandatos.

    O novo plano estabeleceu idade mínima de 60 anos – antes era 50 anos – e 35 anos de contribuição. Mas, ao longo dos anos, os parlamentares
    foram abrindo brechas na lei que descaracterizaram o PSSC. Uma delas é a reabertura do prazo para filiação – o que já ocorreu quatro vezes, em 2005, 2006, 2010 e 2014. Após a edição do Ato da Mesa 148/2014, por exemplo, dezenas de deputados pediram a inclusão no plano com o aproveitamento dos últimos cinco anos para contagem de tempo de exercício de mandato, após recolhidas as contribuições do período.

    Após um ano
    Questionada sobre a aposentadoria de um deputado após dois anos de mandato, a Câmara respondeu que o deputado pode se aposentar pelo PSSC “a partir do primeiro ano de mandato”, na proporção de 1/35 por ano inteiro de mandato/contribuição, desde que tenha 35 anos de contribuições previdenciárias e 60 anos de idade.

    Sobre as averbações, informou que o parlamentar também pode averbar tempo de mandato eletivo federal, estadual e municipal, desde que pague retroativamente a contribuição ao plano, conforme está previsto no artigo 5º da Lei 9.506/97. Esclarece ainda que as contribuições ao INSS servirão para contagem de tempo de
    contribuição, mas não para cálculo do valor da aposentadoria pelo PSSC. O deputado deve optar pela aposentadoria do PSSC, na proporção dos anos de mandato, ou pelo INSS. Não pode ser acumulado.

    A Câmara confirma que está mantida a reaposentadoria: “Se o deputado aposentado voltar a exercer o mandato e optar por contribuir para o PSSC, nesse período, poderá averbar esse tempo para atualizar os valores. Lembrando que o exercício de mandato suspende o benefício da aposentadoria que o deputado estiver recebendo”.

    A respeito da natureza jurídica do plano, informa: “O PSSC é um regime próprio de previdência de parlamentares, administrado pela União, por meio de cada uma das Casas do Congresso Nacional, nos moldes do regime próprio dos servidores públicos. Não é uma entidade fechada de previdência e sim um regime orçamentário na modalidade benefício definido e financiado por repartição simples”.

  49. Nesse momento no Rio de janeiro a Policia Militar, aquela que tava ameaçando a entrar em greve, colocando seus familiares como escudo, estão lançando bomba de efeito moral em servidores que não conseguiram o reajuste de 10,22%… eai ????? Os militares podem fazer greve através dos seus familiares, agora os demais servidores não podem e eles ainda saem jogando bomba em cima desses ne ??? que coisa ne… O bandido na verdade é o que descumpre a lei E NÃO É MILITAR… pq se descumprir a lei e for militar ta no seu direito.

  50. André Marconi,

    Pueril é a sua argumentação. Não chega a lugar nenhum! Afinal, o que nós cidadãos necessitamos ?

    De uma polícia militar que paralisa o trabalho de rua prejudicando a população pobre , mas que não paralisa – para não perder adicionais – os serviços de dignatários: magistrados, procuradores e políticos ? Por que a PM – bajuladora de políticos e altas autoridades – não interrompeu suas atividades junto ao Tribunal de Justiça e Assembleia daquele estado ?

    Verdadeiramente, o cidadão necessita de novos órgãos policiais; que não tenham perfil e aparência de bandidos.

    Eesse motim da PM do ES apenas revela que a sociedade brasileira não pode confiar a sua segurança a tal espécie de organização.

  51. Quanta Bobagem:
    Eu vi esse filme aqui em SP em 2008.
    a pm jogava bomba na PC/SP, mas também queria o aumento de salario.

  52. FLIT PARALISANTE disse:
    09/02/2017 ÀS 15:49
    André Marconi,

    Pueril é a sua argumentação. Não chega a lugar nenhum! Afinal, o que nós cidadãos necessitamos ?

    De uma polícia militar que paralisa o trabalho de rua prejudicando a população pobre , mas que não paralisa – para não perder adicionais – os serviços de dignatários: magistrados, procuradores e políticos ? Por que a PM – bajuladora de políticos e altas autoridades – não interrompeu suas atividades junto ao Tribunal de Justiça e Assembleia daquele estado ?

    Verdadeiramente, o cidadão necessita de novos órgãos policiais; que não tenham perfil e aparência de bandidos.

    Eesse motim da PM do ES apenas revela que a sociedade brasileira não pode confiar a sua segurança a tal espécie de organização.

    Flitparalisante

    Concorda que o policial deve ser tratado como um zé ninguém? sem plano de carreira? sem assistência médica? sem aumento de salário? Escravidão acabou em 1888 meu amigo! Por favor, ponderação! Chego a pensar que o senhor tem muitos amigos na altas esferas do Poder. Não está fácil viver com salário de Polícia meu amigo! Risco, estresse, perdas salariais, cortes disso, daquilo, pô! Fácil não dar aumento, não pagar salário, não conversar, não negociar! Taí, falta de diálogo dá nisso! Está aí o resultado. Agora o (des)governo aprende a respeitar!

  53. É inadmissível ver policiais se matando, chorando, passando necessidade como no Rio de Janeiro, cúmulo do absurdo! Escravidão acabou em 1888. Os colegas capixabas estão certos, sem dinheiro, sem trabalho. Não sei como ainda tem gente que compactua com o Estado e chama os policias de covardes! Vale a pena lembrar que estão nas ruas correndo riscos, sem receber, aliás, recebem sim, cobranças do Estado, IPTU, água, luz, IPVA, licenciamento, etc, etc, do não pagamento na data, acrescente-se multas. Absurdo!!!!! Acabou mesmo!!!

  54. Observem a tabelinha da PM desde 2011:

    Coronel: R$ 18.041,41
    Tenente-coronel: R$ 16.107,05
    Major: R$ 14.657,11
    Capitão: R$ 12.725,64
    1º Tenente: R$ 9.988,48
    2º Tenente: 8.340,29
    Aspirante: 7.576,71
    Subtenente: R$ 6.592,37
    1° Sargento: 5.889,05
    2° Sargento: 5.333,59
    3º Sargento: 4.538,83
    Cabo: R$ 4.365,64
    Soldado: 3.596,96

    Mesmo com toda a inflação acumulada nos últimos 5 anos: CONTINUAM GANHANDO MELHOR DO QUE A MAIORIA DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS BRASILEIROS.

    E trabalhando muito menos.

  55. “Irmãozinho”

    Na rua todos nós corremos riscos; a diferença é que policiais trabalham em grupos e armados. O trabalhador comum só conta com Deus. Três mil e quinhentos reais está de bom tamamnho para quem com 19/ 20 anos – sem nenhuma qualificação anterior – ingressa na PM podendo se aposentar aos 49/50 ganhando até bem mais de R$ 10.000,00.

  56. A melhor solução seria a unificação das policias com uma careira única onde seria promovido através de concurso interno, assim aquele que ingressa na base, mesmo com um salário modesto teria um plano de carreira, evitaria o descontentamento dos policias, pelo contrario incentivaria seu aprimoramento.
    A Policia unica teria o ciclo completo, sendo mais eficiente, gerando uma enorme economia ao erário, todos sairiam ganhando, a Sociedade, o Governo e os Policiais.

  57. Ze Niguem disse:
    09/02/2017 ÀS 18:16
    A melhor solução seria a unificação das policias com uma careira única onde seria promovido através de concurso interno, assim aquele que ingressa na base, mesmo com um salário modesto teria um plano de carreira, evitaria o descontentamento dos policias, pelo contrario incentivaria seu aprimoramento.
    A Policia unica teria o ciclo completo, sendo mais eficiente, gerando uma enorme economia ao erário, todos sairiam ganhando, a Sociedade, o Governo e os Policiais.

    Sr. Zé Ninguém, seu apelido vem bem a calhar ao entendimento do nosso governo: Somos todos zé ninguém! E com relação a carreira única, melhorias, salário, esquece! Só na pressão! Já falei, na pressão! Enquanto estiver de boa para ele (sabe quem, né?) tudo continuará igual…

  58. Mais um bando de lambe botas...se o comando deles mandasse o contrário, como o de SP, estariam dando borracahada nas próprias esposas. disse:

    Isso está sendo bom para a população ver o “monstrinho” que os governos estaduais criaram…frases como “A PM é a melhor instituição do país!” kkkkk. Concordo com o titulo da matéria! Usar esposas e outros parentes de escudo, é o fim da picada da melhor instituição do país…kkkkk to rindo e assistindo de camarote. Fuck you baby para os lambe botas.

  59. Bem ou mal eles estão lutando por seus direitos. E agora te pergunto, o que nós ou nossos representantes estão fazendo?

  60. FLIT PARALISANTE disse:

    Que eu saiba bandidos terroristas são seus pares ou ex pares que na greve de 2008 tentaram invadir o palácio do governador com a estrutura do estado como viaturas, uniformes coletes balísticos, armas (fuzis, metralhadoras, espingardas, pistolas). Em qualquer outro país no mundo isso seria tentativa de golpe de estado, na onde já se viu policial disparar arma de fogo com munição letal contra PMs chegando matar um cavalo da cavalaria, sem contar as VTRs danificadas.
    Engraçado que nos ataques 2006 não vi nenhum super policial do GOE ou GARRA ser tão macho assim só faltaram eles se esconderem de baixo de suas camas, tanto é verdade que a Central de Suzano foi atacada duas vezes só pararam de atacar quando os policiais da região foram macho de partir para o enfrentamento. kkkkkkk

    Doutor de acordo com estatuto do desarmamento o policial estando em greve pode disparar arma de fogo fora do horário de trabalho igual os PCs fizeram em frente do Palácio??
    A grande verdade foi que os PMs passaram maior pano para todos PCs, tentaram de todas a formas evitar uma aproximação para perto do palácio, mas esses idiotas não colaboraram partiram para o terrorismo romperam dois cordões de isolamento ai não teve jeito deram de cara com a Tropa de Choque que estava preparada para evitar de fato a invasão tendo em vista tudo que os PCs havia feito ficou barato para todos.

    Agora sobre dar porrada nos PMs do ES o senhor só pode está brincando kkkkkkkkkk, quem vai lá dar porrada ???
    Os pobres velhinhos da PC ES que não aguentaram nem conter os populares que começaram saquear lojas ??

    Um bando de playboy da PF que só fazem Auê com uniforme modernos, armas de ultima geração, VTRs belíssimas, para se ter só um pouquinho de ideia da habilidade e treinamento que homens COT e GPI tem foram armados com fuzis na busca na SEDE DO PT, será que os manifestantes fosse pra cima eles iria fazer o que atirar no populares ? aiaiaiaia

    Agora colocar um bando de menino alegre mimado do Exército armado com um FAL nas mãos ai jáé sacanagem acho que eles nem tem coragem pra tanto, e se tentarem a sorte vão tomar maior pisa igual levaram na Guerrilha do Araguaia. Só que ai as tropas especiais das Forças Armadas não poderão fazer nada se não vão ser massacrado pelos quase 500 mil sobrecoxas de todo país. Todo mundo sabe que as PMs já deixou faz tempo de ser força auxiliar das Forças Armadas, hoje em dia eles que são força auxiliar dos PMs. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  61. João disse:

    09/02/2017 às 6:24

    Pelo menos a Policia Civil de São Paulo quando fez greve, não colocou as mulheres como escudo.

    Resposta:

    Tem certeza? É só olhar as fotos defronte o Palácio dos Bandeirantes, Fardadas e tudo!. kkkkkkkkkkkkkkkk Zoeira!!!!!

  62. Ridícula aquela encenação do comandante de batalhão no Espírito Santo pedindo penico para a tropa com aquele monólogo teatral que entre outras coisas rogou o amor divino para que as praças fossem para as ruas.

    As praças diariamente ao saírem de casa para trabalhar rogam o amor divino para que nela retornem ao final do turno de serviço mesmo tendo que conviver com as recorrentes necessidades familiares que não conseguem atender.

    Monólogo repleto de frases de efeito: “Não é hora de coronel brigar com capitão, de capitão brigar com soldado”. “Vocês sabem, se um de vocês tombar, eu tombo junto”. Pergunta: Tombar como? Se a partir de capitão todos só ficam no quartel coçando o saco e fazendo educação física?

    As praças deixaram de ser trouxas faz muito tempo, todos sabem que a grande totalidade dos que tombam em serviço é constituída de praças da PM, o mesmo ocorrendo fora do serviço, vez que precisam fazer “bicos” para não deixarem a família passar fome.

    O verdadeiro conteúdo do discurso que aquele comandante não expressou, seria mais ou menos o seguinte:

    “Pelo amor de Deus, voltem para as ruas, para que eu consiga prosseguir aqui, coçando o saco atrás de uma mezinha, jogando uma bolinha todo dia e fazendo os enquadramento das suas punições disciplinares. Tudo para, ao final de 30 anos de serviço, independentemente da idade, aposentar como coronel, com um salário superior ao do governador, com um resíduo para aumentá-lo assim que o governador aumentar o dele”

    Acorda comandante, ninguém é trouxa não.

  63. Podem estar certos de uma coisa!!Eles não estão brigando por cadeiras,nem por distritos e departamentos de “elite”onde a sexta feira é mais feliz,não ouvem um sonoro fodam-se pelo Sr.feudal quando pedem mais efetivo,não se fodem tendo de trabalhar ate os 75 anos,não vivem de flagrantes com hora e dia marcado em detrimento a real finalidade da Policia Civil,”investigação”que há muito deixou de existir.

  64. E outra a PC faz uma greve sem impacto nenhum,o povo nem sente na pele,nem mesmo os colegas dos melhores “lugares” colaboram pois aqui se ve que se perpetuam em departamentos atraves de otimo$ $serviços prestados a quem de direito.Enquanto no Decap e no Demacro sofrem a falta total de meios!!A PM não usa a familia,não teve alternativa chegou ao fim do tunel na merda total,para chegarem onde chegaram.Vc Policial Civil acha que eles estão errados?Vc não briga por salario e condiçoes de trabalho e porque vc esta feliz em trabalhar num local que nem papel pra vc limpar o traseiro!

  65. KKKKK A Sociedade, o Governo e outros órgãos policiais estão com ódio, pois a PM acordou e mostrou que quem não gosta dele por questões ideologicas, depende dela para poder sair para trabalhar, estudar, em resumo, viver com segurança. O Leão acordou e percebeu sua força KKKKKKK

  66. Mais idiota é quem entra na onda deste governador do espirito santo isso é calúnia e os familiares do pm pode se manifestarem
    Teu nojo só de ler

  67. Donizete:

    Entendo como ABSOLUTO pertinente o vosso comentário. Para que a situação chegasse a esse ponto só me restam três palavras: governos estaduais BANDIDOS!

  68. O emocionante pedido de penico do comandante. disse (10/02/2017 ÀS 8:20)

    Concordo. Comandante SAFADO, pilantra, sem-vergonha! Ele deveria se envergonhar da defasagem salarial generalizada, não apenas no Estado em que ele se borra de medo. É falastrão do mais humilhante nível, lambe-saco de governador safado!

    Vide, por exemplo, a situação falimentar do Rio de Janeiro no qual a ladra, piranha, BANDIDA e comparsa de Sérgio Cabral ostentou anel no valor de R$ 800.000,00 (OITOCENTOS MIL) e par de brincos de 1.000.000,00 (UM MILHÃO). Apenas esses penduricalhos equivalem à compra de 45 (QUARENTA E CINCO) caros 0KM, ao estilo do HB-20!

    Enquanto isso, muitos mikes se humilham atrás de carona!

Os comentários estão desativados.