CULPA DA TAURUS – PM covarde mata e foge para dentro do batalhão, onde é ensinado a mentir e a negar prestar depoimentos à Polícia Civil 36

PM mata publicitária com tiro na cabeça na zona leste de São Paulo

Edison Temoteo/Futura Press/Folhapress
SÃO PAULO,SP,12.02.2017:MULHER-MORTA-TIRO-CABEÇA-PERSEGUIÇÃO-POLICIAL - Uma mulher foi morta com um tiro na cabeça no Viaduto Itinguçú, na Zona Leste de São Paulo (SP), na madrugada deste domingo (12). A vítima estava no banco de passageiro de um veículo com a filha. A polícia apura se um PM à paisana teria sido o autor do crime. O motorista do veículo foi perseguido pelo policial após atropelar, sem gravidade, uma pessoa que estava em um posto de gasolina da região. (Foto: Edison Temoteo/Futura Press/Folhapress) *** PARCEIRO FOLHAPRESS - FOTO COM CUSTO EXTRA E CRÉDITOS OBRIGATÓRIOS ***
Carro em que estava a publicitária Maria Cláudia Pedace, morta por policial militar em SP

RAFAEL ITALIANI
DO “AGORA”

13/02/2017 02h00

O policial militar Guilherme Carvalho de Oliveira, de 20 anos, foi preso em flagrante neste domingo, 12, acusado de assassinar a publicitária Maria Cláudia Padace, de 33 anos, com um tiro no pescoço, após atirar a esmo no carro em que ela estava, na Vila Matilde, zona leste de São Paulo.

 O caso ocorreu após uma confusão em um posto de combustíveis na Vila Ré, zona leste da cidade. A vítima foi morta na frente do namorado e da filha, de 2 anos.

Segundo a Polícia Civil, o caso ocorreu no início da madrugada de domingo. O namorado, que dirigia o carro no qual se encontravam Maria Cláudia e a criança, passou por cima do pé de uma mulher que estava em um posto de combustível, na rua Itinguçu.

De acordo com a polícia, após o acidente, essa mulher chamou os amigos, incluindo o PM de folga, que também estava no local. ( Possivelmente fazendo bico de segurança )

Segundo testemunhas, o soldado Guilherme Carvalho de Oliveira, seis meses de PM ,  pediu para que o namorado de Maria Cláudia parasse o carro. O motorista não atendeu o pedido e saiu do posto. Foi então que o PM efetuou o disparo, segundo a polícia.

Após atingir a mulher na cabeça, o policial fugiu. Depois de algum tempo, apresentou-se no batalhão onde trabalha e foi preso. Ontem à tarde, o PM foi levado para o presídio militar Romão Gomes, no Tremembé, na zona norte.

O PM é acusado de homicídio doloso (com intenção de matar). Segundo a Polícia Civil, ele se negou a prestar depoimento. A PM informou que o caso será investigado pela Corregedoria e que o suspeito pode ser expulso.

A mulher que teve o pé atingido pelo carro sofreu ferimentos leves. Ela disse à polícia que o namorado de Maria Cláudia tentou atropelar as pessoas que estavam no posto de combustíveis, entre elas o policial.

No entanto, um motorista de Uber que passava pelo local no momento do caso relatou à polícia uma versão diferente do ocorrido.

Ele afirma que o namorado de Maria Cláudia não tentou atropelar as pessoas e que apenas tentava deixar o posto com a namorada e a filha dela. O homem estaria sendo perseguido por um grupo de pessoas. O casal namorava havia poucas semanas.

Na última quinta (9), outro caso envolvendo um policial causou a morte do vendedor ambulante João Joaquim de Souza, 54, na Barra Funda.

O policial atirou enquanto perseguia um suspeito de roubo. O disparo acertou o peito de Souza.

Neste caso, o policial prestou depoimento e foi liberado em seguida.

Reprodução
Maria Cláudia Pedace, 33, morta por tiro de policial militar em SPORG XMIT: 0oUNS7oaiQIHTL2k8EI4 ***DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZAÇÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM***
Maria Cláudia Pedace, 33, morta por tiro de policial militar em SP

PURO INSTINTO ASSASSINO

  1. “Wagner Nunes Leite Gonçalves disse:
    13/02/2017 às 22:35

    Arma não é brinquedo e nem serve pra idiota ficar se exibindo pra menininha pagando de macho.”

    Outro dia, eu estava numa campana em plena Rua São Bento quando passou desfilando uma barca do GOE com um robocop segurando a arma praticamente fora da janela, como quem segura um cigarro.

    Se um maluco qualquer a puxasse, ou levava pra casa a pistola, tomava um tiro na fuça ou ia sobrar para alguém.

    O engraçado foi que o otário me encarou fazendo cara de mau.

    Ou seja, tem comédia em todo lugar, só esperando para fazer uma grande merda.

  2. Coisa mais difícil é ver atitude nobre, limpa, decente, honesta de um policial, ooohhh meiozinho podre! Só merdha! Dá desgosto…Porisso somos “adorados” pela sociedade. Faz tempo que respondo quando me perguntam o que eu faço: “Funcionário público”, e torço para a pergunta parar por aí mesmo.

  3. Coisa mais difícil é ver atitude nobre, limpa, decente, honesta de um policial, ooohhh meiozinho podre! Só merdha! Dá desgosto…Porisso somos “adorados” pela sociedade. Faz tempo que respondo quando me perguntam o que eu faço: “Funcionário público”, e torço para a pergunta parar por aí mesmo.

    ASSINO EMBAIXO. TUDO LIXO. SEM EXCEÇÃO. EU TENHO VERGONHA E JÁ ESTOU SAINDO SE DEUS QUISER.

  4. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Muitas vezes por falta de opções, jovens criaram o hábito de frequentarem lojas de conveniência de certos Postos de Combustíveis espalhados pelas cidades.

    Essa frequência acaba gerando algumas insatisfações, pois esses jovens usuários dessas lojinhas de conveniência, em determinados horários, além de fazerem uso de bebidas alcoólicas indiscriminadamente, em alguns casos, acabam acrescendo esse quadro com algum produto alucinógeno e desta maneira acabam intimidando aquele usuário esporádico que ali estaciona com sua família para efetuar o abastecimento do veículo e também suprir suas necessidades fisiológicas.

    Em certas regiões da cidade esse hábito além de virar rotina acaba facilitando o comércio de drogas ilegais e aquilo que de início se achava ser interessante pelo fato de ser um local público arejado com boa iluminação e, podendo até ter segurança, acaba virando um antro de desocupados; ponto de distribuição de drogas; encontro de marginais que ficam à espreita de eventuais vítimas; encontro de candidatos à rachas de veículos pelas grandes avenidas; etc..

    Quem tinha como hábito sair de casa a noite com a família e na maioria das vezes parar nestes locais até para tomar um lanche ou bebericar alguma coisa, acaba desistindo.

    Se olharmos com atenção nas filmagens do local em epígrafe seguramente veremos a eventual vítima parada de costas para o veículo citado sem que haja, por parte desta, a devida cautela em não permanecer em local destinado a manobras de veículos.

    Por essas e outras que certos procedimentos deveriam ser praticados pelos estabelecimentos em não autorizar frequentadores de lojas de conveniência a perambular pelo citado Posto para não criar estes embaraços constrangedores.

    Que houve excesso, imaturidade e despreparo do Policial, disto não resta dúvidas. Agora se de fato ele lá estivesse de “folga” o porquê de estar armado?

    Aí alguém vai dizer:

    Ele e Polícia!

    Até concordaria dele estar armado se de fato ele já fosse mais experiente e exímio conhecedor do objeto bélico e de suas eventuais consequências, Civil e Criminal.

    Neste caso específico houve uma enorme fatalidade e um grande prejuízo à uma família.

    Uma genitora levou um tiro e por mais que se tente justificar o injustificável, houve falha sim, seja pela imperícia ou imprudência do profissional em tela ou até pelo sítio dos fatos que o prestador de serviços “loja de conveniência” não se acautelou em dar a devida segurança e um local adequado para usufruto dos seus usuários.

    Agora uma criança crescerá sem a presença materna e seguramente terá que ter acompanhamento psicológico, pois na sua cabecinha, quiçá sua vida toda, ela aceitará que sua mãe tenha sido morta por um Policial imaturo e despreparado que não soube usar seu dever de ofício para conter um simples caso de um eventual desentendimento, mesmo que esse tenha havido.

    Caronte.

  5. O menino concretizou o sonho de se tornar um “glorioso policial militar”, honra e glória, muito orgulho da farda.

    Puliça pá karai.

    Apareceu um zulu vou metê nessaporra!!!

    Bravo, vou puxar um bravo pa cume uma mina mais pá.

    QRU

    E agora? Que fazer????

    Arma… sou puliça pa karai…

    Tiro

    Eita porra,,, sera que fiz merda???

    Phudeu, e agora?

    Linha… depois vejo o que faço

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s