Polícia Militar abre 74 vagas para oficiais médicos: R$ 6.458,57 por 20 horas semanais 51

Polícia Militar de São Paulo abre concurso para 74 vagas

Oportunidades são para médicos. O salário é de R$ 6.458,57

DE A TRIBUNA ON-LINE @atribunasantos
26/03/2017 – 17:20 – Atualizado em 26/03/2017 – 17:33

A Polícia Militar de São Paulo fará concurso público para 74 vagas de nível superior para o cargo de 2º tenente médico PM estagiário. O salário é de R$ 6.458,57.

Os candidatos devem ter entre 17 e 35 anos, ter concluído o curso de nível superior de graduação em medicina e possuir título de especialista, ou certificado de conclusão de residência médica ou declaração de estar cursando, no mínimo, o último ano de residência médica, entre outros requisitos.

As oportunidades são para as especialidades de anestesiologia, cancerologia oncologia clínica, cardiologia, cirurgia da mão, cirurgia de cabeça e pescoço, cirurgia geral, cirurgia plástica, cirurgia torácica, cirurgia vascular, clínica médica, dermatologia, endocrinologia e metabologia, endoscopia, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, hematologia e hemoterapia, infectologia, medicina física e reabilitação, medicina intensiva, nefrologia, neurocirurgia, neurologia, oftalmologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, pneumologia, psiquiatria, radiologia e diagnóstico por imagem, reumatologia e urologia.

As inscrições devem ser feitas de 4 de abril a 8 de maio pelo site da Vunesp. A taxa é de R$ 200. A seleção será feita por meio de exame de conhecimentos (prova objetiva e dissertativa), exames de aptidão física, exames de saúde, exames psicológicos, avaliação de conduta social, da reputação e da idoneidade e análise de documentos.

O exame de conhecimentos será aplicado na data provável de 11 de junho, nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

  1. hahaha, se algum médico que se preze com este salário ridículo só vai se candidatar algum muito ruim mesmo, qualquer médico picareta em Santa Casa de cidadezinha do interior tira de 10 a 20 mil por mês pra fazer quase nada, tipo aquelas consultas que nem se quer olham na cara do paciente.
    bom…. tem aqueles baba ovos da PM que talvez estejam loucos para fazer o exame retal de Próstata kkk…..
    Governo não tem vergonha na cara de oferecer um salário lixo desses.
    não sabem o custo para uma pessoa se tornar médico ?? Fies sem avalista este governo Lixo não faz.
    duvido que algum médico entre neste abacaxi, até os Cubanos da Dilma ganham mais que isso.

  2. Médico do Ama que trabalha seis horas por dia ( no papel |) porque na prática é muito menos, ganha 11.000,00 .Qualquer médico por pior que seja tem no minimo três empregos e dificilmente ganha menos que 30,000,00 mensais, mas na polícia pagar pouco já virou filosofia.

  3. Salário inicial… Pra quem não sabe quanto ganha um oficial médico entra no portal transferência… Pra não falar merda !!!
    Ingênuo kkkkk

  4. Tem que contratar médicos para os oficiais PMs!!! Coitados, não podem ser atendidos pelo Iamspe não é mesmo. Afinal são sangue azul! Iriam se infectar na fila do Iamspe juntamente com a plebe! Kkkkkk

    No Brasil existem pessoas de primeiro escalão, segundo e terceiro!

    Não se enganem, vivemos em um país de castas!

  5. basicamente o medico prestava concurso para trabalhar para o governo, para no final da vida garantir uma aposentadoria decente, agora com as mudanças, isto esta ocorrendo com os peritos e medicos legistas, o cara presta concurso, a hora que fica sabendo que a aposentadoria sera do piso inss, adeus….

  6. Só a PM tem concurso. A PC não precisa e quando tem, dão chapéu nos trouxas aprovados.

  7. REPAREM NA QUANTIDADE DE HORAS SEMANAIS. NÃO FALEM BESTEIRA, O SALÁRIO NÃO É TÃO RUIM, ASSIM.RUIM É O NOSSO E PRA ACABAR DE “FUDER” QUASE 4 ANOS SEM REAJUSTE.
    NÃO FALEM BESTEIRAS…
    LUTEM PELO SALÁRIO DE VOCÊS…

  8. “hahaha, se algum médico que se preze com este salário ridículo só vai se candidatar algum muito ruim mesmo, “.

    Quanto você acha que ganha um médico empregado de hospital do seu plano de saúde, exceto de hospitais de primeira linha?

    Quanto você acha que ganha um médico do EXCELENTE Hospital do Servidor Público Estadual?

  9. PARA A PM ATE MEDICOS, PARA A POLICIA CIVIL ….. A EXTINCAO
    ACORDAAAAAAA DG.

  10. O HPM deveria acabar. É um cabide para vagabundos. Os médicos de lá tratam os policiais como gado. Já nos consultórios deles, tratam o paciente da forma correta.
    E não sejam ingênuos, esse salário dura apenas os 4 meses de formação básica militar que recebem no Barro Branco e os 8 meses de estágio probatório…depois de um ano são todos promovidos a 1° Tenente e passam a receber R$ 10.000 mensais por 20 horas semanais.
    Muitos deles trabalham dois plantões de 6 horas e um de 8 na semana e SÓ.
    Outros, que são classificados no próprio HPM
    Trabalham 4 plantões de 24 horas e SÓ…é ainda acumulam banco de horas para o mês subsequente…
    Portanto, quem acha que é mal negócio para médicos em começo de carreira, pensem de novo….fora a garantia da aposentadoria como Tenente Coronel e o soldo de aproximadamente R$ 18.000…
    Trouxas….eles….SERÁ?

  11. 6,5 mil por 20 horas trabalhadas e tem gente que acha ruim? Proporcionalmente equivaleria a pouco mais de 13 mil para 40 horas, inicial de carreira. Sem contar que é única profissão que a Constituição autoriza o acúmulo de cargo público. Contando que muitos deles trabalham em suas clínicas e também para hospitais particulares, tá bom demais. Some-se a tudo isso que se trata de uma carreira, todos se aposentam no mínimo como tenente coronel. Bem melhor do que os 4 conto de tira e escrivão “nu´s”. Como disse o colega aí em cima, médico nenhum ganha menos do que 30 mil líquidos.

  12. JESUS – ISSO NÃO É UM ÓRGÃO DO GOVERNO….É UM PAÍS…

    E NÃO TEM DINHEIRO PARA DEJEC …

    E NÃO TEM DINHEIRO PARA AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO …

    E NÃO TEM DINHEIRO PARA CONTRATAÇÕES

  13. PCSP , voce disse tudo!!!! Entendeu que o salario é para somente 20 horas, o cara pode acumular outros empregos em hospitais públicos e particulares…..e ainda aposenta forte!!!! Não está bom???? Bom deve estar prá mim que nao ganho isso com quase 6 quinquenios, e ainda nao me aposento com 5 pilas…….Nao seremos extintos, mas somos ignorados e tripudiados pelo atual governo, é mais do que notório!!!

  14. Coluna do Servidor: Pressão contra a reforma continuará

    Retirada de funcionalismo estadual da PEC não reduz resistência

    26/03/2017 11:00:00
    PALOMA SAVEDRA
    Rio – A decisão do presidente Michel Temer de retirar os servidores estaduais e municipais do texto da Reforma da Previdência não vai mudar em nada a pressão do funcionalismo sobre o Congresso Nacional e o governo. A medida foi tomada para acelerar e facilitar o trâmite da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287 no Parlamento, mas a resistência do setor público continuará.

    No dia 15, servidores e setor privado protestaram contra a reforma no Rio
    Fernando Frazão/ Agência Brasil
    As entidades de servidores de todas as esferas (União, estados e municípios) do país se mantêm contra o proposta e acreditam que, se for aprovada, não afetará só o funcionalismo federal. Para sindicatos, associações e movimentos, se a PEC vingar, vai gerar efeito-cascata sobre todos, já que os entes criam suas legislações baseando-se na “lei maior”, que é a Constituição Federal.

    Um dos diretores do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do RJ (Sind-Justiça) e representante do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe), Alzimar Andrade garante que não haverá trégua. “Nossa posição não muda com essa decisão”, disse ele, que acrescentou: “Isso é estratégia para conseguir aprovação. E se isso ocorrer, automaticamente municípios e estados vão copiar”. Ele diz que as diversas categorias do funcionalismo estadual vão continuar atuando pela rejeição da proposta.

    LEIA MAIS
    Coluna do Servidor: Estado paga décimo terceiro para 146 mil
    Coluna do Servidor: Estado articula para acelerar votação do texto na Câmara
    Coluna do Servidor: Bloqueios atrasarão pagamento

    “Estamos trabalhando para convencer deputados federais do Rio. E se o texto for aprovado, o Rio vai propor as mesmas mudanças e vai ter briga dos servidores (na Alerj)”, afirmou ele, que não poupou críticas à PEC. “É danosa para todo trabalhador. A União propôs alegando rombo previdenciário, sendo que parte dele foi provocado pelo próprio governo, já que a maioria dos devedores da previdência são grandes empresas, e o governo não cobra delas”, opinou Alzimar.

    Diretor da Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Condsef), Josemilton Costa também fez duras críticas à PEC. “Não estamos lutando apenas pelo funcionalismo, mas pelos trabalhadores do setor privado, ou seja, por todos”, declarou. A Condsef está convocando entidades para participar de ato contra a reforma, terça-feira, em Brasília.

    Vale lembrar que técnicos do governo e do Congresso ainda estudam como podem retirar servidores da proposta. Eles dizem que a medida esbarra na Constituição e que apenas policiais civis e professores devem ficar de fora. Assim, estados e municípios teriam que legislar apenas para essas categorias.

    Especialista cobra regras

    Para técnicos do governo, a orientação de Temer pela retirada de servidores estaduais e municipais da PEC 287 tem várias implicações. Segundo o especialista em Previdência e consultor da Câmara Leonardo Rolim, o ideal para evitar que cada estado e município adotem alíquotas de previdência “diferenciadas e sem controle”, seria melhor utilizar sistema como o da Previc (previdência complementar). Nele, os entes seriam obrigados a comprovar equilíbrio financeiro e atuarial, o que, segundo Rolim, evitaria que aparecessem “buracos” nas contas. “Não ter uma forma de regular estados e municípios e deixar ‘solto’ seria irresponsabilidade fiscal”, alerta.

  15. g1
    globoesporte
    gshow
    famosos & etc
    vídeos
    MARIA
    POLÍTICA
    Padilha se reúne com líderes, ministros e relator da reforma da Previdência
    Ministro discutiu saídas para decisão de Temer de excluir servidores do texto; governo avalia dar prazo para estados e municípios aprovarem regras próprias para servidores.
    Por Gustavo Garcia, G1, Brasília
    27/03/2017 17h29 Atualizado há 9 horas
    Eliseu Padilha convoca reunião para discutir reforma da Previdência

    O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, se reuniu nesta segunda-feira (27), no Palácio do Planalto, com líderes do Senado e da Câmara e ministros para discutir o texto da reforma da Previdência.
    Participaram do encontro os ministros Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) e Dyogo Oliveira (Planejamento), além do secretário da Previdência do ministério da Fazenda, Marcelo Caetano. Os líderes do governo no Congresso, o relator do texto na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), e o presidente da comissão que discute o tema, deputado Carlos Marun (PMDB-MS) também foram à reunião.
    O encontro ocorreu em meio à discussão sobre a exclusão de servidores estaduais e municipais do texto da reforma. Na última terça (21), o presidente Michel Temer anunciou que a reforma atingiria somente servidores federais e trabalhadores do setor privado. Foi a primeira concessão feita pelo presidente ao texto original enviado pelo governo ao Congresso.
    A análise do governo é de que, com a exclusão dos servidores de estados e municípios, ficaria mais fácil aprovar o texto no Congresso. Isso porque há deputados federais que relataram ao governo que estavam sofrendo pressões de corporações estaduais e, com isso, poderiam votar contra o texto.
    Após o anúncio, o governo passou a discutir sobre se a exclusão é viável do ponto de vista jurídico. Técnicos alertaram que, em um primeiro momento, a mudança poderia ser questionada na Justiça.
    Dessa forma, segundo o colunista do G1 e da GloboNews Gerson Camarotti, desenhou-se uma saída para o impasse: o governo deve colocar no texto da reforma da Previdência um artigo que dá prazo de seis meses para estados e municípios aprovarem regras próprias para os regimes previdenciários de seus servidores.
    Se as reformas locais não forem aprovadas neste prazo, passará, então, a valer, para cada estado e cada município que não fizer as mudanças, o texto que vier a ser aprovado pelo Congresso Nacional.

    O prazo de seis meses para a implementação das reformas locais será contado a partir do momento em que Temer sancionar a reforma.
    De acordo com o Blog do Camarotti, o presidente recebeu apelos de governadores que estavam preocupados com a dificuldade em aprovar regimes próprios para os servidores.
    Ao mesmo tempo, havia pressão de corporações organizadas, como as de policiais federais e outras categorias da União, que ficariam com regimes diferenciados dos correspondentes nos estados, como policiais civis. O mesmo aconteceria com juízes federais, procuradores federais e professores, por exemplo.
    Com isso, a avaliação no Palácio do Planalto é que será possível quebrar as resistências de bancadas e dar segurança de que não haverá rombo nas contas estaduais.
    Reunião
    O líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE), após reunião no Palácio do Planalto (Foto: Gustavo Garcia/G1) O líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE), após reunião no Palácio do Planalto (Foto: Gustavo Garcia/G1)
    O líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE), após reunião no Palácio do Planalto (Foto: Gustavo Garcia/G1)
    Após a reunião, o líder do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE), disse que a possibilidade de estipulação de um prazo de seis meses para que estados e municípios aprovem regras previdenciárias próprias foi apenas “ventilada” na audiência e que os participantes não avançaram na discussão do tema.
    De acordo com Moura, o relator da PEC, Arthur Maia, foi quem “tocou” no assunto.
    Moura declarou ainda que o que prevalece no momento é o que foi anunciado pelo presidente da República, Michel Temer, na semana passada, de que servidores estaduais e municipais ficarão fora do texto da reforma da Previdência.
    Segundo Moura, o anúncio de Temer ajudou a conquistar votos a favor da reforma dentro da base governista.
    “A nossa avaliação, depois do anúncio da semana passada, é de que nós já temos os votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência. É lógico que nós vamos trabalhar para avançar ainda mais”, declarou.
    O líder do governo no Congresso declarou também que os participantes da reunião apresentaram pontos que ainda são motivos de resistência de parlamentares, entre eles as mudanças na aposentadoria rural e a regra de transição.
    O deputado afirmou ainda que “até o momento” não há a previsão de retirada de nenhuma outra categoria do texto da reforma da Previdência.
    Moura disse que o relator da reforma, Arthur Maia, afirmou que deve apresentar relatório da PEC já nas primeira semana de abril.

  16. Previdência.
    Interessante e o Temer conseguiu fazer de forma que vai todo mundo para VALA COMUM NOVAMENTE, PM, PC, PF, todas, incrível essa pestilento. PM vai precisar de muito mais médicos mesmo.

  17. Convenhamos: 6 mil por mês para trabalhar pouco é luxo nos dias de hoje, mesmo que ele tenha gastado 6 mil de mensalidade na faculdade.

    Hoje em dia as pessoas procuram o concurso público para estabilidade, não por vocação, salvo raríssimas exceções.

    Antigamente tínhamos muitos concurseiros À p´rocura de emprego também, conheço policiais com mais de 30 anos de casa que tem medo de sair na rua.

  18. Aos “revoltados de plantão”, sugiro que acompanhem o número de inscritos e também que procurem saber quem são. Ver que aquele Médico que atende você e seus Familiares no Plano de Saúde é o mesmo que atende nos Quartéis da Polícia Militar.

  19. O MAIOO PROBLEMA em ser POLICIAL MILITAR no Estado de São Paulo É SER DISCRIMINADO PELA ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO ESTADO. Todo Funcionário Público pode ser associado,seja do Estado, da União, dos Municípios do Estado; só POLICIAL MILITAR NÃO PODE. O ESTATUTO É DE 1931. Todas as Associações de Policiais Militares admitem Associados que não sejam da Corporação. E pensar que estamos no século XXI.

  20. caramba o cara com 17 anos já entra ganhando mais de 6 mil por mês, Tá ruim para você?

  21. Caro Élio Alves

    PM espanca professores nas greves.
    A maioria dos associados da AFPESP são professores, logo querem distancia de PMs.

    Que continue assim

    E tem mais, PM já tem a sua ADPM, Associações cabos e soldados, Hospital da PM…
    Se entrar PM na AFPESP eu peço desligamanto no mesmo dia.

  22. Novidades, nosso querido governador vai conceder um abono de R$500,00 aos PC e PM a partir de junho.

  23. acho que o MERLIN é o novo APOLO…os 7% viraram 500 dilmas…digo, temers

  24. jose disse:

    28/03/2017 às 16:43

    caramba o cara com 17 anos já entra ganhando mais de 6 mil por mês, Tá ruim para você

    Pô meu amigo !!!!!!

    Onde você viu um cara “médico” com 17 anos?
    Entrou com 12 na faculdade? São 5 de faculdade e 2 de Residência, portanto, essa de poder se candidatar a partir dos 17 é
    “firula” do comando PM.

    A ordem é ” Escrevam o que quiserem e interpretem o que lhes convenham ou entendam”.

  25. Entra como 2 tenente médico e aposenta como coronel médico ganhando mais de trinta ainda podendo trabalhar em outros hospitais ta ruim pra voce

  26. VERGONHA É O QUE PAGA A PC DE SP!!!!! ABRIU CONCURSO PRA PC DO ACRE, SALARIO DO AGENTE POLICIAL R$ 5.000 E DELTA 15.300! SERÁ QUE O ESTADO DE SP NÃO TEM VERGONHA DE SER O MAIS RICO DA AMERICA LATINA E UM DOS MAIS RICOS DO MUNDO E PAGAR R$ 2.700 PRA UM AGENTE E R$ 7.500 DELEGADO? SERÁ QUE NÃO TEM NADA ERRADO AI? SERÁ QUE OS POLICIAIS VÃO CONTINUAR BATENTO PALMA PRA LOUCO? O ESTADO DE SP ERA PRA TE O MELHOR SALARIO, OU NO MINIMO SER O SEGUNDO MELHO, FICANDO ATRAS APENAS DO DF!!! VAMOS TOMAR CONSCIENCIA MEU POVO!!! SEM GREVE NADA MUDA
    FONTE: https://jcconcursos.uol.com.br/portal/noticia/concursos/concurso-policia-civil-ac-67798.html

  27. SEM GREVE NADA MUDA:

    Corrigindo um delegado inicial na PC/SP ganha aproximadamente 10,500,00 de vencimento e mais 4.800,00 de GAT no grau máximo, agora quanto as outras carreiras realmente estão com seus vencimentos bem defasados.
    O problema é que quando há grave só os delegados são beneficiados é só lembrar do GAT e do ADPJ, por isso não aconselho as outras carreiras aderirem a qualquer movimento de paralisação.

  28. Na minha região não estão pagando nem as diárias, o Estado me deve diárias dos últimos 7 meses, e até agora nada.

    SEM GREVE NADA MUDA:

    Corrigindo um delegado inicial na PC/SP ganha aproximadamente 10,500,00 de vencimento e mais 4.800,00 de GAT no grau máximo, agora quanto as outras carreiras realmente estão com seus vencimentos bem defasados.
    O problema é que quando há grave só os delegados são beneficiados é só lembrar do GAT e do ADPJ, por isso não aconselho as outras carreiras aderirem a qualquer movimento de paralisação.

  29. Delegado estão de boa com seus R$15.000,00 e nos com nossos R$3000,00, ganhamos 5 vezes menos.

  30. Nada mais justo que delegado receber 5 vezes mais que o restopol, afinal delegados são chefes e são carreiras superiores, e deviam ganhar 10 vezes mais, portanto parem de chorar e comecem a produzir.

  31. CONCURSO TJ/SP : ASSISTENTE SOCIAL E PSICÓLOGO = R$ 6.010,21 INICIAL, POR 30 HS/SEMANAL. É MOLE OU QUER MAIS !. E, ME AJUDEM AÍ Ó !

  32. SR. ” CARREIRA UNICA” !, O POLICIAL, TANTO CIVIL COMO MILITAR ALÉM DA FUNÇÃO POLICIAL,EXERCE AS FUNÇÕES DE ASSISTENTE SOCIAL E PSICÓLOGO, E AUFERE UMA MERRECA DESSA. ..

  33. Nossa salário defasou diante os salários dos delegados aproximadamente 40%, e nesses 4 anos sem reajuste aproximadamente 30% diante os demais profissionais, que auferem seus reajuste conforme piso salarial, imposto por lei.

  34. Aproximadamente 30% se comparado ao salário mínimo, o qual, ao longo destes 4 anos valorizou, isso porque o governo federal vem respeitando os percentuais de inflação.Sendo que, o governo estadual não reajustou um centavo se quer e nem satisfação quer dar aos funcionários públicos em geral.
    Gostaria de saber o que este governo quer fazer do funcionalismo e em especial os policiais.
    Vamos reagir meus amigos e companheiros não podemos mais ficar de braços cruzados; vamos se mexer; procurar sindicatos e associações e cobrar dos nossos representantes, ATITUDES…
    Abraços a todos…

  35. É O JUSTO
    VOCE NÃO PASSA DE UM PALHAÇO, PUXA SACO SEM SORTE, OTÁRIO.
    NÓS SOMOS NÍVEL SUPERIOR, NÃO DEVEMOS NADA A DELEGADO DE POLICIA.
    PROCUREM VALORIZAR SUAS FUNÇÕES E PARAR DE FICAR PUXANDO O SACO.
    NÓS FOMOS PREJUDICADOS NAS ÚLTIMAS NEGOCIAÇÕES SINDICAIS, TODO MUNDO SABE DISSO, SÓ QUE NINGUÉM FICA CRITICANDO. EU FALO SIM, NÃO TENHO O RABO PRESO COM NINGUÉM E MUITO MENOS, MEDO!..
    VOU PARANDO POR AQUI, ABRAÇO A TODOS…

  36. RAPAZ !, CONCURSO TJ/SP. PARA 590 VAGAS PARA ESCREVENTE TÉCNICO JUDICIÁRIO, 2º GRAU E SALÁRIO INICIAL DE R$ 6.000.00 Ó. PERCEBERAM QUE NENHUM CONCURSO DELES O SALÁRIO É MENOR DO QUE SEIS MILHAS !. E, ME AJUDEM AÍ Ó !..

  37. sagundo os delegados a culpa do trump a policia estar do jeito que esta….

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s