Promotor de Justiça é acusado de incontinência pública escandalosa consistente em contemplar copiosa e apetitosamente a bunda de uma jovem…( No popular: comeu com os olhos ) 16

Promotor de Justiça é acusado de assediar mulher

Segundo os PM’s que atenderam a ocorrência, ele afirmou que não iria ser conduzido à delegacia porque estava tomando uma cerveja de R$ 20 e era amigo do coronel Rogério Xavier.

thumbnail

O Promotor de Justiça Fernando José Yamaguchi Dobbert, de 55 anos, está sendo acusado de injúria e ameaça contra um casal.

Ele teria assediado uma jovem de 24 anos na loja de conveniência de um posto de combustíveis do bairro Jardim Vivendas, em Rio Preto.

Segundo a vítima, que pediu para não ser identificada, ela entrou no local para comprar pão enquanto o marido, de 35 anos, aguardava na moto.

“Eu percebi que ele falava algo para a funcionária do posto, mas olhando pra mim, de forma insinuadora. Então fiz sinal para o meu marido entrar na loja, pra ele perceber que eu estava acompanhada. Até então não sabia que era um promotor”, disse.

Em entrevista para a rádio CBN, o marido da jovem, que também foi qualificado como vítima no boletim de ocorrência, disse que o promotor não se intimidou com a presença dele.

“Continuou olhando para a bunda da minha mulher, sem o menor pudor. Perguntei ‘o senhor perdeu alguma coisa aqui?’ e ele respondeu ‘meu olho não tem cerca, eu olho pra onde quiser'”.

Segundo o casal , Dobbert é quem teria se alterado e partido para cima do marido da jovem, que se defendeu com um capacete. A confusão foi apartada por pessoas que estavam na loja e o casal decidiu telefonar para a Polícia Militar após saber que o desconhecido era um promotor de Justiça e que estaria armado.

“Quando ele viu que estávamos chamando a polícia, saiu da loja, anotou a placa da minha moto e disse que eu ia me ferrar, que não sabia com quem estava mexendo”, disse o homem.

Segundo os policiais militares que registraram a ocorrência – Jamilson Luiz da Cruz e Cláudio José Stuqui –  Dobbert se apresentou como promotor, mas não quis apresentar a carteira funcional, “dizendo aos policiais com voz de arrogância e prepotência para pesquisarem no sistema, se quisessem” (trecho extraído do b.o.).

Convidado a acompanhar os PM’s até a Central de Flagrantes, o promotor disse que estava bebendo uma cerveja de R$ 20 e que só sairia do local algemado. Ele ainda afirmou que é amigo pessoal do coronel Rogério Xavier, comandante do CPI-5, e teria perguntando: “Vocês vão ligar para o coronel ou querem que eu ligue?” (trecho extraído do b.o.).

O caso foi registrado na Central de Flagrantes de Rio Preto como ameaça e injúria. Um inquérito será instaurado no 5º Distrito Policial para investigar a denúncia. Na manhã desta quinta-feira, 04, o casal esteve na delegacia para representar criminalmente contra o promotor.

Fernando José Yamaguchi Dobbert negou as acusações. “Tudo o que foi dito é mentira. Há câmeras na loja de conveniência e no momento oportuno vou me defender”, disse por telefone.

Fonte: CBN http://cen.radio.br/noticias/promotor-de-justica-e-acusado-de-assediar-mulher

 

  1. “Pressionado, Brasil diz que reduzirá em 10% população carcerária até 2019

    Governo será alvo de questionamento por parte de mais de 100 nações, enquanto ONGs afirmam que País não cumpriu as recomendações da ONU de 2012

    Pressionado pela comunidade internacional, o governo brasileiro informa que vai assumir um compromisso de reduzir em 10% sua população carcerária até 2019. O anúncio foi feito em uma reunião fechada entre a Secretaria Especial de Direitos Humanos e organizações não governamentais (ONGs) brasileiras e internacionais, às vésperas do principal exame das políticas de direitos humanos do País, que ocorre nesta sexta-feira, 5, em Genebra, na Organização das Nações Unidas (ONU).

    Procurada, a missão do Brasil em Genebra não retornou os pedidos da reportagem sobre esclarecimentos e nem sobre como isso seria feito. Mas entidades como Anistia Internacional e outros grupos confirmaram ao Estado que a promessa foi declarada no encontro pela primeira vez.

    Com a quarta maior população carcerária do mundo, com mais de 630 mil pessoas, o Brasil é com frequência acusado de violações de direitos humanos em suas prisões. Nesta sexta-feira, documentos obtidos pelo Estado revelam que dezenas de países exigirão resposta a isso e denunciarão os abusos por parte da polícia e a situação das prisões.”

    Aqui em Sampa estão a todo vapor para atingir a meta, é entrar para a audiência de custódia por uma porta e sair pela outra com o alvará de soltura.

    E o seu “puliça”? O seu “puliça” depois vai responder “piça” na “corró” porque o liberado disse que apanhou.

  2. Esse “coroné” é o que disse que “assassinato” praticado por PM é melhor investigado pela própria PM? É ele que o promotor disse ser muito amigo? Que bom hein!

  3. Nossa, que grande criminoso é esse promotor. E que crime hediondo ele cometeu. Olhar para a bunda do próximo principalmente quando o próximo estiver bem próximo merece uns dez anos de prisão, quiçá prisão perpétua. Que merda de país é esse onde agora todo mundo quer cinco minutos de fama. Tudo é racismo, tudo é assédio, tudo é bulling, tudo é preconceito, tudo é motivo de show. E a porra da PM não tem nada melhor para fazer. Com tanto bandido na rua roubando e dando tiros nas cabeças da população, os gloriosos soldados agora cuidam da bunda alheia.

  4. Não vai dar nada , isso é óbvio!!! É bem capaz de sobrar para os mikes que atenderam a ocorrencia ou para as vítimas!!!! \ainda há o risco dos mikes serem perseguidos pelo dito em ocorrencias. Se o marido da moça fosse policial, civil ou militar, estaria ferradaço, aí todos veriam a estória virar prá cima dele.

  5. Semideus.Pobres pms…lá na frente ainda podem tomar uma invertida. O certo seria deixar o popular dar um pau nele…kkk

  6. O promotor comeu a menina com os olhos, marido vendo e tal, mas gozou foi com os PMs?

    Praticamente uma suruba, então.

  7. Se a mocinha não quisesse confusão, era só pegar os pães, pagar, e sair num boa, sem dar moral para o fulano! Simples assim!

  8. Concordo com vc, Tira interior!!! Pegava seus pães e saia andando, mas deve ser uma chave de cadeia!!!

  9. Nem vai dar nada! Juiz e promotor neste país possuem carta branca!
    Capaz dos PMs se fuderem!

  10. Depois que eu vi na conversa do Sr. Emílio Odebrechet nessa operação Lava Jato que a Imprensa e os Procuradores da Republica sabiam que os acertos entre os empresários e políticos já ocorriam cerca de 30 anos e nunca fizeram nada e os atuais Procuradores nem mencionam de investigar isso…
    Pau que bate em chico só bate em chico !!!

  11. Por expressa disposição legal (Lei Orgânica do Ministério Público), quem irá investigá-lo será o próprio Ministério Público. Polícia não pode investigar e muito menos instaurar inquérito contra promotor. Conclusão: não vai dar nada. Só finalizando: além dos crimes citados na matéria tem também o de abuso de autoridade.

  12. Toda vez que aparecem essas histórias confusas e com detalhes demais, e com a vítima sendo “extremamente” vítima, tem que analisar com calma. Não estou defendendo o parquet, mas olhar pra bunda de uma mulher, mesmo comprometida, não é crime (ainda). Aliás, hoje o homem ter que ter extremo cuidado ao lidar com uma mulher.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s