Juíza debocha da prisão em flagrante de assassinas de investigador, nega prisão preventiva e ainda ordena apuração de conduta funcional do Delegado de Polícia 32

Justiça liberta mulheres envolvidas no assassinato de policial civil em São José

Mesmo com a confissão, de que doparam a vítima a mando do autor do homicídio, elas foram liberadas em uma audiência de custódia no dia seguinte ao crime. Justiça diz que não houve flagrante.


 

 

Alessandro Alvarenga foi morto em São José e corpo deixado em galpão (Foto: Divulgação/DIG)

Um dia após o crime, a Justiça libertou nesta sexta-feira (19) as duas mulheres que confessaram à polícia participação na morte do policial civil Alessandro Alvarenga, de 46 anos. Ele foi assassinado a tiros e o corpo foi encontrado morto com sinais de tortura em um galpão na madrugada desta quinta-feira (18) em São José dos Campos.

Logo após o homicídio, a Polícia Civil conseguiu chegar até as suspeitas, de 23 e 18 anos – uma delas mantinha relacionamento com o policial. Elas foram presas em flagrante, preventivamente, e em depoimento, contaram que foram contratadas por um homem para atrair o policial até um motel da cidade, onde ele foi vítima de uma emboscada.

No local elas diseram que doparam Alvarenga e acionaram o homem que o matou – elas receberiam dinheiro em troca da ação. O assassino está foragido.

Mesmo com a confissão, elas foram liberadas pela juíza Naiara Assis Barbosa durante audiência de custódia que aconteceu de manhã desta sexta-feira. A legislação prevê que antes de ser encaminhado a um presídio, o preso tenha direito a uma audiência de custódia, onde a Justiça avalia se é necessário manter a prisão.

O Tribunal de Justiça informou em nota que as mulheres foram soltas, por questões formais, na medida em que não se verificou, no caso concreto, uma situação de flagrante, pelos critérios previstos no Código de Processo Penal. “O Promotor de Justiça requereu o relaxamento do flagrante, por entender ausentes os seus requisitos”, disse..

A Polícia Civil também foi procurada, por meio do delegado Hugo Pereira, mas ele preferiu não comentar a decisão.

Crime

Segundo as mulheres, ela chamaram o policial a ir com as duas para o motel e lá o doparam com uma droga conhecida como ‘Boa noite Cinderela’. Depois esperaram o homem que, segundo a versão delas, matou o policial.

O corpo dele foi encontrado na madrugada desta quinta e as duas mulheres presas contaram que ele foi torturado – ele tinha sinais de agressão por todo corpo e levou uma marretada na cabeça. A morte, segundo a perícia, foi causada por tiros na cabeça. O corpo foi levado depois do crime no morel para o galpão no Parque Industrial.

De acordo com a Polícia Civil, o autor já foi identificado. Ele seria amigo da vítima e teria pedido R$ 18 mil emprestado para a compra de um caminhão. O acordo era que ele devolvesse o dinheiro, o que não aconteceu. Em depoimento, as mulheres contaram que o policial estaria cobrando a dívida e essa teria sido a motivação para o crime.

A polícia faz buscas pelo autor, que teria sido visto pela última vez na rodoviária de Jacareí.

A vítima trabalhava no 50 º Distrito Policial em São Paulo como investigador, mas estava afastado das funções. Ele era divorciado e pai de três filhos.

  1. Por essas e tantas, quando chega um Juiz ao DP os mesmos são tratados com toda pompa. Por isso somos tratados com igual valor. Apesar que na hora da dor de barriga, vem pedir pinico para a Polícia. Esta na hora de deixar doto caga nas carças.

  2. Parabéns juíza pela incompetência. O crime realmente compensa. Vamos roubar milhões pq não acontece nada…vamos matar pq não acontece nada. Então vamos matar juízes. …familiares de juízes. Capaz da gente ganhar um prêmio ainda…..por isso eu sempre falo para a população que a polícia tenta fazer o serviço mas o judiciário solta. Parabéns por mostrar sua cara judiciário. O povo merece saber disso…..hahahahahaha

  3. E eu vou entrar em favela prá trocar tiros com bandidos???????? NUNCA MAIS!!!!!!
    Cuido da segurança apenas da minha família.
    Se não foi possível o flagrante, que sejam presas preventivamente.

  4. Eu já parei a investigação, agora vou levando e fazendo R.D.O até a vacância, não vou me matar para segurar de cadeira de ninguém.

  5. Realmente inadmissível a não punição dos envolvidos na morte de Alessandro Alvarenga!!! Nós “população” solicitamos justiça… E que a sra Juíza consiga reinterar se de não cumprir a correta lei, mesmo tendo tantas falhas!!!!

  6. PUXA VIDA !!!!!!

    SE ELAS NÃO SÃO AS ASSASSINAS … NO MÍNIMO FORAM COALTORAS DO HOMICIDIO….

    A JUIZA PODERIA DESCLASSIFICAR O CRIME PARA COALTORIAS…MAS NUNCA MANDA LAS PARA A RUA…

    TA FEIA A COISA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. O CODIGO PENAL BRASILEIRO PRECISA URGENTEMENTE DE UMA REFORMA……
    QUE PUNA VERDADEIRAMENTE OS CRIMINOSOS…

  8. Agora tá assim:
    Matar, violentar, acabar com a vida do policial e de sua família é normal.
    Como sempre digo se querem uma boa segurança que paguem bem por ela.

  9. O pior é que se fosse um “mano desassistido” já tava chovendo de mordedor de fronha aqui para exigir justiça. Lamentável.

  10. Isso é para a gente aprender não ficar “pagando pau” para quem chega no DP.

    Tem Delegados e Chefes (alguns) que abrem as pernas para qualquer um que chega no DP.

    Temos muito que aprender com a PM que não baixa a cabeça nem pra juiz. Vai a um Batalhão Militar para ver como vc é tratado.

  11. Vai $aber pq liberou, nunca gostei dessa casta, trabalham pouco ganham muito e trabalham mal. Ainda têm J vitalício.

    Favela e fórum a hostilidade é igual contra a polícia, com raras exceções.

  12. Estão esquecendo do promotor bundão que pediu o relaxamento da prisão em flagrante. Queria ver se fosse um promotor ou um juiz se teriam a mesma atitude. Covardes!

  13. INFELIZMENTE QUEM USA TOGA TAMBÉM MANDA NESTE PAÍS.NESTE PAÍS . TEMOS DUAS POLICIAS,ENQUANTO AMBAS NÃO SE ENTENDEM, A VANTAGEM FICA PARA LADO DA MALANDRAGEM.

  14. Chega de sofrer, nesse país é ir levando a vida de boa, porque se for pensar, você enlouquece ou se mata.

  15. Mas porque não pediram a prisão temporária? Oras se não era caso de flagrante. Não adianta criticar judiciário. De quem foi verdadeiramente a culpa ? Preguiça as vezes da nisso.

  16. Bom dia!

    Senhoras e Senhores.

    Vemos a Polícia enxugar gelo diariamente e, notamos uma acentuada e gritante negativa de Magistrados em quererem manter o executor na cadeia ou envia-los a estas.

    Percebe-se acintosamente também que tanto a Justiça quanto certos governantes fazendo questão de punir o Policial que executa ou tenta manter a ordem na sociedade.

    Destarte a isso, vemos a bandidagem praticando a céu aberto e, observa-se, descaradamente e armados, como se impunes fossem, vendendo drogas e armas sem qualquer preocupação com quem quer que seja.

    Notem, inclusive, molestando membros honestos da Sociedade que paga seus impostos em dia e que absolutamente nada está tendo em troca.

    Diante deste holocausto surgem as perguntas:

    Pra quê pagar impostos?
    Pra quê ser homem honesto e trabalhador?
    Pra quê respeitar o próximo?
    Pra quê termos os Três Poderes se quem deveria proteger membros honestos da NAÇÃO protegem somente os bandidos e encarceram as vitimas em seus lares?

    Vivemos hoje uma desordem absoluta e uma total INVERSÃO de valores. Ladrões roubando descaradamente a NAÇÃO e o sofrido povo com a corda no pescoço!

    Até quando a sociedade irá aguentar esses descalabros?

    Até quando vão insistir em colocar algemas na Polícia?

    Caronte

  17. as coisas vao mudar, estao mudando, no mundo osmuros estao virando vidraca, que todos enxergam o outro lado.
    o judiciario e o unico orgao que nao foi atingindo pela democracia

  18. mostra que a carreira de delpol precisa de modernizacao de um “up” ou a propria a policia possa postular em juizo, como carreira juridica para nao ficar refem de posicionamentos ou de boas vontades

  19. Senhores

    Certas situações, com a máxima certeza, se torna difícil o comentário preciso, mas …
    -Na matéria menciona que a prisão foi logo após, (quanto tempo? foi nas cercanias do sitio do evento? estava com o instrumento da prática do crime? etc…)
    Como nada disso foi mencionado, possivelmente o Magistrado está correto na decisão…
    Por tratar-de de crime grave e de comoção social, ao meu entender, deveria a Autoridade Policial, no ato da prisão, instaurar o IP, confeccionar representação a Justiça por “PRISÃO TEMPORÁRIA”, levando-a em mãos e despachando com o Promotor e aguardando a decisão, isso com as duas ainda em diligências (ENTENDEM?)
    No decurso da temporária, se faria maiores e mais precisas diligências e antes mesmo do seu término, representaria pela PREVENTIVA.
    Esta é a simplória visão de um Investigador antigo! (MEUS SINCEROS E ENTRISTECIDOS SENTIMENTOS AOS FAMILIARES, AMIGOS.)

    é o que penso

    C.A.

  20. Essa é para os Charlie (principalmente aquele ¨VITÓRIA NA GUERRA¨) que ficam de Blá blá blá quando a PM mata um vagabundo. Meus sentimentos a família do investigador.

  21. Se fosse um PM morto com certeza as duas estariam mortas, assim como o outro criminoso estaria sendo cassado por todos os PMs.
    Como foi um PC…

  22. Se a juíza entendeu que a hipótese não se enquadrava nos casos de flagrante do CPP, tudo bem. Mas a prisão temporária ou preventiva não poderia ter sido decretada de ofício pela juíza? Há tempos essa grita do legalismo vem prostituindo o direito em favor da nova classe de revolucionários: os criminosos.

    É curioso como, de um lado, a imprensa pinta um juiz como herói, que investiga, que faz acontecer (no caso, o exemplo do Sérgio Moro). De outro, essa juíza marmota e inerte não pode decretar uma prisão de ofício, quando a lei o prevê.

    Isso é um demônio sob a toga.

  23. É muita falta de respeito de uma Juíza dessa com a vida do polícial, temos que fazer é nada mesmo nesse país de merda, que tem mais valor é bandido, vida de um polícial vale nada num país desse revoltante essa atitude dessa Juíza.

  24. o poder judiciario foi o unico que nao passou por nenhuma reforma democratica e republicana

  25. Na boa tem que haver uma reforma e mudança nesse CPP, CP e algumas leis especiais urgente, senão o crime vai dominar geral e sem punidade a segurança pública entrará em colapso, ainda sobre esse caso específico, na boa autoridade judicial, se a meritíssima com sua vasta sabedoria jurídica entendeu que não foi o caso de prisão em flagrante, então poderia prender as coautoras pela prisão preventiva.

  26. Prisão Temporária? Pelo amor de Deus, ambas são indiciadas confessas, é caso de prisão preventiva, não temporária. Mesmo que relaxasse o flagrante, o Ministério Público poderia ter pedido a prisão preventiva e a juíza tê-la decretado. Ambas são partícipes de um homicídio com três qualificadoras, contra um agente estatal e com aval do Poder Judiciário deixaram o fórum pela porta da frente. Brasil não existe mesmo.

  27. Houve clara omissão do MP . Deveria ter pedido a PP.

    Quanto a polícia civil, deve esquecer essa história de flagrante . Flagrante nunca foi garantia de prisão , ainda mais depois da audiência de custodia .

    O negócio é pedir a PT e depois a PP

  28. No geral os policiais do Brasil mais de 500 mil são uns bobões, não passam de cães de guarda adestrados, não reagem as maldades do sistema, são tratados como porcos e agem como marionetes.

  29. Já que essas autoras confessas do homicídio do colega estão livres, graças à decisão da meritíssima, então que se faça justiça e as mandemos pros infernos.
    PS: cuidado com câmeras, com parceiros, com PMs e se puder façam sozinhos. Segredo em dois só matando um. Pra quem entende, fica a dica.

  30. AGORA A ÁGUA BATEU NA BUNDA NÉ, AGORA A VÍTIMA MUDOU DE LADO, AGORA VCS ESTÃO VENDO O QUANTO É DIFÍCIL TRABALHAR NA RUA ENFRENTANDO O CRIME, O GOVERNO, O JUDICIÁRIO, O MINISTÉRIO PÚBLICO, A IMPRENSA, OS DIREITOS DOS MANOS, E PARA PIORAR, TE QUE ENFRENTAR TAMBÉM UMA GRANDE PARCELA DA POLICIA CIVIL QUE AO INVÉS DE DAR APOIO VEZ QUE ESTÃO NO MESMO BARCO ( VER TÓPICO ACIMA) FICA COM PICUINHAS , INVEJINHA, COM DORZINHA DE COTOVELO, SEMPRE PROCURANDO PENAS EM OVO, E TENTANDO DE TODAS AS FORMAS PREJUDICAR AQUELES QUE AINDA CARREGAM O PIANO, TALVEZ OS ÚNICOS.

  31. Mais um tapa na nossa cara!!! Senhores, fodam-se as operações para segurar cadeira de titular, parem de trabalhar, nada de prisões!!! Depois dessa, quando a própria Justiça agravaria a pena para quem atentasse contra um de nós ou nossos familiares, põe em liberdade uma coautoria gritante como essa!!! Dar cana??? Trocar tiro???? Pra que??? Se nao sai no dia seguinte na custódia, acaba sobrando um abuso ou outra coisa pro nosso lado, e o pior é que estamos sendo tratados dessa forma pela Justiça!!! Nem nossa casa censora faria isso conosco!!!! Deixem as cadeiras mudarem, chega de campeonato de procurado de poupatempo e flagrante conveniado. Não temos valor algum prá ninguem!!!

  32. Não entendi o motivo pelo qual o Delegado não pediu a prisão preventiva.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s