Policiais montam banco de imagens para denunciar problemas em delegacias 58

Fotografias mostram infiltrações, fiação elétrica exposta e até entulhos em distritos da capital, da Grande SP, do litoral e do interior

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

02 Agosto 2017 | 07h00

Policiais montam banco de imagens para denunciar problemas em delegacias de SP
Mobília velha em delegacia de Pirituba Foto: Sindpesp

SÃO PAULO – Nas paredes, infiltrações. Nos muros, rachaduras. Portas estão quebradas. Alguns vidros, também. Sem proteção adequada, parte da fiação elétrica fica exposta. Do lado de fora, há até acúmulo de entulhos. As fotografias fazem parte de um banco de imagens que vem sendo alimentado por policiais civis, em condição de anonimato, a pedido do Sindicato dos Delegados (Sindpesp), para denunciar a situação precária de delegacias no Estado. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirma que não há falta de recursos para custeio das atividades da Polícia Civil.

42

Delegacias funcionam em condições precárias em SP; veja fotos 

 

De acordo com o Sindpesp, as imagens começaram a ser colhidas após mensagem do delegado-geral adjunto em exercício, Waldir Antonio Covino Junior, na semana passada, em que classificou a situação orçamentária da Polícia Civil como “caótica” e “alarmante”. No comunicado, Covino Junior chega a pedir que delegados elaborem planos de contingência, com previsão até de suspender atendimento em algumas unidades ou deixar de abastecer viaturas.  A SSP disse que está em fase final de tramitação a aprovação de crédito suplementar necessário.

“Pela impossibilidade de estar em todas as delegacias, pedimos para que essas fotos fossem enviadas”, afirma a presidente do Sindpesp, Raquel Kobashi Gallinati. “O sucateamento não é de agora, começou há mais de 20 anos. O que aparece nas fotos são pequenos reflexos face à realidade existente da Polícia Civil.”

Para a presidente do Sindpesp, a Polícia Civil está sofrendo um “desmonte”. “Em todos os aspectos: no contingente de policiais, de materiais, de investimento na estrutura e até investimento básico”, diz. “Não investir e não estruturar a Polícia Civil, para que ela possa investigar e desmantelar o cerne das organizações criminosas, é deixar a sociedade desprotegida.”

Banco de imagens

Até o momento, o Sindpesp reuniu fotos tiradas em 11 delegacias: três na capital, duas na Grande São Paulo, duas no litoral sul e quatro no interior. Para comparação, só na cidade de São Paulo há 93 distritos. Não há data específica de quando cada foto foi tirada.

Na delegacia de Boituva, no interior, por exemplo, as imagens mostram vazamento em uma pia, uma placa informando que o banheiro está interditado, rachadura no muro, além de entulhos na área externa. Em Cotia, na Grande São Paulo, azulejos da parede aparecem quebrados e também há infiltrações. No 33.º DP (Pirituba), há pneus empilhados dentro da unidade – e mobílias, como a cadeira usada pelos agentes, aparecem velhas e com revestimento corroído.

O cálculo do Sindpesp é que serão necessários mais R$ 38 milhões para custear as delegacias do Estado até o final de 2017. “Esse valor é para combustível, água, luz, telefone, papel higiênico: só o básico. Não inclui investimentos”, diz a presidente do sindicato.

Na semana passada, a SSP havia anunciado crédito suplementar de R$ 4,1 milhões para manter as unidades funcionando – valor insatisfatório, segundo o sindicato.

Recursos

Na ocasião, o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, classificou como “precipitada” a mensagem do delegado Waldir Antonio Covino Junior. “Ficou evidente a precipitação desse pedido de suplementação, já que o crédito tramita desde 2 de junho”, disse.

Em nota, a SSP diz que não faltam recursos para a Polícia Civil. “A execução orçamentária é acompanhada pelas áreas técnicas, tanto que já havia sido aprovada a verba complementar de R$ 4,1 milhões para gastos com a manutenção de prédios e equipamentos”, afirma. Segundo o comunicado, o dinheiro estará disponível “nos próximos dias”.

A pasta também diz que prevê novos aportes para a corporação, mas não detalhou valores. “Está em elaboração nova alteração orçamentária para destinar mais recursos para custeio da Polícia Civil, que também serão disponibilizados em breve”, afirma a nota.

“Em relação às imagens fornecidas pela reportagem, a SSP informa que todas serão analisadas e os recursos citados contemplarão as reformas necessárias”, finaliza o comunicado.

  1. Quero ver os sindicatos que tiveram a ideia garantindo o anonimato de quem mandar fotos e, ato contínuo, segurando a piça na forma de sindicância.

  2. Eu nunca pensei que veria um dia que um sindicato de delegados tivesse tanta coragem em demonstrar o cotidiano policial e algumas de suas precariedades.

    PARABÉNS!!!

    A população precisa conhecer os problemas que o governo tanto esconde, para começar a entender os motivos da baixa resolução de crimes.

    Óbvio que as condições materiais não são o problema principal da PC, mas é o mais fácil de provar em relação às dificuldades da Polícia Civil.

  3. É importante destacar também que em alguns casos são os próprios servidores que não têm o devido cuidado com o patrimônio público, principalmente nos plantões.

  4. Boa tarde!

    Senhoras e Senhores.

    Qualquer banco de dados que a Segurança Pública e a Prodesp possui no tocante aos criminosos foi confeccionado pela Polícia do Estado.

    Informações que, diga-se de passagem, foram oriundas de investigações e prisões em flagrantes confeccionados pelo Plantão de Unidade Policial.

    Não podemos esquecer que a Polícia Militar também fez o seu papel, porém, ressalto aos internautas que toda ocorrência por mais perfeita, quadrada ou escabrosa que possa parecer, passou pelas mãos dos Policiais Civis e pelo crivo da Autoridade Policial.

    Destarte a isso, mesmo a Polícia Militar tendo cinco vezes mais do Efetivo da Polícia Civil o trabalho nas Delegacias de Polícia foi executado com primazia!

    Esse descaso, infelizmente, não é de hoje e, perdura desde o governo de Luiz Antonio Fleuri Filho.

    Mesmo com dificuldades e o Estado deixando de investir e de contratar mais profissionais para a Polícia Civil, em momento algum ela ou seus profissionais, deixaram de exercer tal ofício. Sempre com o devido respeito e dedicação.

    Investiram somente na Polícia Uniformizada e deixaram de lado a Investigativa.

    Retiraram prerrogativas da Autoridade Policial e por conseguinte negaram às Classes de Investigadores e Escrivães os vencimentos augurados pela conquista do Nível Universitário.

    Não promoveram Concurso de Acesso Interno
    para todo Policial Civil que possuísse Curso Superior para galgarem os Cargos de Escrivães ou Investigadores para assim preencherem as vagas remanescentes e assim diminuírem o déficit tanto na confecção quanto nas Investigações.

    O tempo foi passando e as dificuldades aumentando.

    Policiais abarrotados com escalas exaustivas; frota sucateada; material humano envelhecido; falta de investimentos; falta de efetivo; e, falta de respeito com a Classe Operacional a Polícia Civil, ali começou a degringolar.

    Aquele profissional, mesmo diante das dificuldades apresentadas, que insistia, com amor à profissão, em efetuar seu ofício, viu -se desolado, cansado e impotente diante deste total descalabro governamental.

    E hoje vemos este espelho de desespero, de falência e de certeza que com eventual falecimento da Instituição a criminalidade crescerá e desencadeará uma desordem pública que evidentemente a sociedade dificilmente conseguirá ressurgir dos escombros.

    Caronte

  5. Pronto,agora a culpa é dos plantonistas que as instalações da PC tá esta merda, plantonista trabalhando plantão de 15 horas sem nada a mais(aliás,uma pica bem grande no cu a mais) noite sim noite não numa escala q quase pior q a dos coxinhas e a culpa é dos plantonistas, pq além de atender público,digitar rdo planilhas,fazer café,passar pano no chão pra não ficar sangue na delegacia,ainda tem q concertar impressora q vive dando pau,entender de rede pq toda hora fica offline,se não tem reajuste o mínimo q nós plantonistas queríamos é pelo menos uma escala descente pq eu estudei bem mais que coxinha,eu não posso ter a mesma escala destes,a chefia podia ajudar já que está inchada e pesada,assim teríamos vida social ao menos,num sei não, só sei q foi assim.

  6. Tem plantão de delegacia de polícia que se você soltar um porco ele vomita. Sabe qual vai ser a providência que os vendilhões do templo que nos dirigem vão determinar? Vão determinar que os titulares “batam caneca”, reformem os prédios sob pena de perderem a cadeira de titulares da coletoria.

  7. O nome disso também é relaxo. Onde é que já se viu sujeira espalhada e paredes riscadas serem problemas do governo? Fios soltos e papeis colados porcamente nas paredes serem falta de atenção dos escalões superiores? Jardins destruídos e pátios sujos serem culpa da Secretaria da Segurança? Isso tudo deveria ser cuidado pelo policial de plantão. No Japão o policial varre a frente da sua Delegacia todos os santos dias e mantém todos os móveis e salas em perfeita ordem. O que falta é dar uma punição à altura para policiais relaxados com o bem público.

  8. Mas no Japão policial ganha 11.600,00 por mês e não tem q aguentar a população fazendo b.o de perda e extravio de documento nem a escala de semi escravidão 15×24 15×48

  9. Sugestão ao Flit! Mostrem estas imagens novamente às vésperas da próxima eleição para o governo de São Paulo. Quem sabe o eleitor paulista deixe de ser masoquista e para de votar neste partidinho de merda!

  10. Verba a polícia tem, haja vista a LDO anual. O que aparenta é desvio de verba ou coisa pior. Será que necessitamos duma Lava Jato?

  11. O ESTADO DE SEMI ESCRAVIDÃO IMPOSTO NA POLÍCIA CIVIL SE DÁ PELO ABANDONO DO ESTADO, E TAMBÉM DO PODERES FISCALIZADORES DO TRABALHO, TODOS ACHAM QUE POLICIAIS SÃO MÁQUINAS.

  12. http://intra.policiacivil.sp.gov.br/artigos/modelo1ver.asp?cod=1659

    [ 02/08/2017 ] Conselho da Polícia Civil em reunião extraordinária faz um balanço de demandas institucionais

    Considerando inúmeras solicitações de entidades de classe (sindicatos e associações), o Conselho da Polícia Civil divulga expedientes que visam a atender às demandas institucionais e que foram objeto de pauta da reunião extraordinária desta data.
    São Paulo, 02 de agosto 2017.

    YOUSSEF ABOU CHAHIN
    PRESIDENTE

    Processo DGP nº NATUREZA Andamento
    3.881/2017 Promoção na carreira de Agente de Telecomunicações Policial GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.882/2017 Promoção na carreira de Agente Policial GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.887/2017 Promoção na carreira de Atendente de Necrotério GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.886/2017 Promoção na carreira de Auxiliar de Necropsia GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.885/2017 Promoção na carreira de Auxiliar de Papiloscopista GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.880/2017 Promoção na carreira de Carcereiro GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    4.043/2017 Promoção na carreira de Delegado de Polícia GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.896/2017)
    3.888/2017 Promoção na carreira de Desenhista Técnico Pericial GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.878/2017 Promoção na carreira de Escrivão de Polícia GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.884/2017 Promoção na carreira de Fotógrafo Técnico Pericial GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.889/2017 Promoção na carreira de Investigador de Polícia GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.879/2017 Promoção na carreira de Médico Legista GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.883/2017 Promoção na carreira de Papiloscopista Policial GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    3.877/2017 Promoção na carreira de Perito Criminal GS em 26/07/2017 (Remessa nº 4.895/2017)
    1.899/2017 Promoção na carreira de Agente Policial – Art. 22 da Lei 1151/2011 GS em 26/05/2017 (Remessa nº 3.392/2017)
    1.898/2017 Promoção na carreira de Auxiliar de Papiloscopista –
    Art. 22 da Lei 1151/2011 GS em 26/05/2017 (Remessa nº 3.392/2017)
    1.900/2017 Promoção na carreira de Carcereiro – Art. 22 da Lei 1151/2011 GS em 26/05/2017 (Remessa nº 3.392/2017)
    1.741/2017 Promoção na carreira de Delegado de Polícia – Art. 22 da Lei 1152/2011 GS em 19/05/2017 (Remessa nº 3.392/2017)
    1.901/2017 Promoção na carreira da Escrivão de Polícia – Art. 22 da Lei 1151/2011 GS em 26/05/2017 (Remessa nº 3.223/2017)
    5.294/2016 Consulta acerca da possibilidade de autorização governamental para
    abertura de concurso na carreira de Investigador de Polícia GS em 27/09/2016 (Remessa nº 6.902/2016)
    5.295/2016 Consulta acerca da possibilidade de autorização governamental para
    abertura de concurso na carreira de Médico Legista GS em 27/09/2016 (Remessa nº 6.902/2016)
    5.296/2016 Consulta acerca da possibilidade de autorização governamental para
    abertura de concurso na carreira de Papiloscopista Policial GS em 27/09/2016 (Remessa nº 6.902/2016)
    5.297/2016 Consulta acerca da possibilidade de autorização governamental para
    abertura de concurso na carreira de Auxiliar de Papiloscopista GS em 27/09/2016 (Remessa nº 6.902/2016)
    5.298/2016 Consulta acerca da possibilidade de autorização governamental para
    abertura de concurso na carreira de Agente Policial GS em 27/09/2016 (Remessa nº 6.902/2016)
    5.299/2016 Consulta acerca da possibilidade de autorização governamental para
    abertura de concurso na carreira de Escrivão de Polícia GS em 27/09/2016 (Remessa nº 6.902/2016)
    5.300/2016 Consulta acerca da possibilidade de autorização governamental para
    abertura de concurso na carreira de Agente de Telecomunicações Policial GS em 27/09/2016 (Remessa nº 6.902/2016)
    5.570/2016 Pedido de autorização para deflagração de certame, visando à realização
    de processo seletivo para provimento de cargos de Delegado de Polícia GS em 27/09/2016 (Remessa nº 6.902/2016)
    6.516/2016 Minuta de decreto que define o tratamento protocolar de
    “Diretor Adjunto” para os Delegados Divisionários de Polícia
    das Assistências Policiais dos Departamentos. GS em 07/12/2016
    2.826/2017 Pagamento de Honorários a título de horas-aula ministradas na
    Academia de Polícia GS em 04/05/2017 (Remessa nº 2.830/2017)
    Assessoria Técnica do Governo em 14/06/2017
    2.647/2017 Minuta de Decreto que objetiva proporcionar nova regulamentação
    para a concessão de ajuda de custo para alimentação de policiais
    civis GS em 03/05/2017 (Remessa nº 2.796/2017)
    CRH – Secretário do Governo em 01/06/2017
    Ofício nº 160/2014,
    Protocolo
    GS nº 16.176/2014 Cinco anos na classe em que se der a aposentadoria GS em 21/06/2017 (Remessa nº 4.025/2017)

    Ofício nº 17/2015 Cinco anos na classe em que se der a aposentadoria GS em 19/02/2015 (Recebido por Carla Vilela)
    2.739/2015 Obrigatoriedade anual de prorrogação/renovação da autorização de
    afastamento dos servidores em exercício na Assistência Policial
    Civil da Assembleia Legislativa GS em 21/01/2016 (Remessa nº 479/2016
    3.025/2015 Minuta de anteprojeto de Lei Complementar – regularização da
    situação funcional dos servidores em exercício na Assistência
    Policial Civil da Assembleia Legislativa GS em 04/08/2015 (Remessa nº 5.835/2015)
    4.435/2017 Minuta de decreto que suspende no corrente exercício a aplicação
    do art. 5º do Dec. 25.013/1986 e permite o indeferimento de férias
    de Policiais Civis para serem usufruídas em 2018 e/ou 2019. GS em 20/07/2017 (Remessa nº 4786/2017)
    2.826/2017 Reforma do Edifício Garagem Alfredo Issa GS em 26/04/2017
    2.577/2017 Aquisição de três ônibus para a Academia de Polícia GS em 26/06/2017
    6.247/2017-DGPAD Pedido de liberação de dotação contingenciada GS em 04/07/2017

    APCS

  13. PLANTÃO É CLARO, SEM PLANTÃO PORQUE TU FARÁS PICO NA FOLGA, O SALÁRIO ESTÁ UM LIXO.

  14. Cheio de eleitores de PSDB por aqui.

    Policial, além de fazer BO, planilhar preso, tocar inquérito, fazer relatório de investigação, ainda tem que botar a vassoura/rodo nas costas e limpar a delegacia, ser elétrico, pintor, técnico em informática e mecânico(viatura). Que pensamento de coxinha, meu deus.

  15. Para aqueles que querem culpar os plantonistas:

    Não posso dizer por hoje, porque não sei, mas até alguns anos atrás… várias peças do mobiliário NÃO foram pagas pelo Estado, mas ou foram doações de peças USADAS e que seriam JOGADAS NO LIXO por empresas, ou PAGAS DO PRÓPRIO BOLSO dos policiais plantonistas e/ou da chefia. Assim como as instalações elétricas, telefonia etc que também já vi inúmeras vezes feitas pelos próprios policiais ou por eletricistas, pedreiros, encanadores particulares no QSA (sem pagar) ou pagando do dinheiro dos próprios policiais.

    Ou seja, poderia existir algum policial que maltratasse as dependências das delegacias, mas, eu só vi o contrário, policiais buscando algo melhor para a Polícia.

    Atualmente, esse quadro mudou?

  16. Ninguém está culpando os plantonistas, não dá prá generalizar, mas o colega Wagner, acima, tem razão!!!! Na minha pastelaria os colegas põe os pés na parede, batem cinza de cigarro no chão além de deixar a cozinha da unidade, após o plantão, em estado de calamidade, sem contar o que fazem com a viatura à eles designada. Vive cheia de restos de comida, embalagens de agua, refrigerante , salgadinhos e pontas de cigarro, fora as raladas em parachoques, laterais e rodas. A situação está difícil, mas a colaboração tem que vir dos dois lados.

  17. Concordo, plenamente, com o colega Sérgio que a colaboração tem que vir de ambos os lados. Quem cumpre escalas de plantão pode observar que o servidor que deveria zelar pelo patrimônio público não está nem ai, pois julga que apenas o Estado deve se preocupar com o mesmo. É cultural e tem que mudar.

  18. SOMOS TODOS UM… COMPANHEIROS
    Parabéns !
    Sindpesp , ” Banco de Imagens da caótica e alarmante situação vivenciadas no dia-a-dia de boa parte das Delegacias onde laboramos, publicidade certeira na significativa atuação e competências assumidas pela Sindpesp.

  19. WAGNER disse:
    02/08/2017 ÀS 14:45
    É importante destacar também que em alguns casos são os próprios servidores que não têm o devido cuidado com o patrimônio público, principalmente nos plantões.

    Se pelo menos cuidassem do ambiente em que trabalham.
    Sou plantonista.

  20. INDAGO VOS , POR QUE O SINDIPESP, AIPESP, AFPCESP, NÃO SE MANIFESTARAM SOBRE

    AS DECLARAÇÕES INFRA :!

    E SE O CARA QUISER SABER ONDE TRABALHO

    ENDEREÇO FISICO: RUA DA CONSOLAÇÃO, Nº 2.333 – 11º – PROCURAR PELO ARAUJINHO !

    SÓ QUE SE FOR MACHO VENHA ACOMPANHADO DE SEUS PARÇAS ! POR QUE EU TENHO COMO

    LEVANTAR ONDE TRABALHA E MORA !

    Dr. Pacheco disse:

    TODAS AS CLASSES INFERIORES A DELEGADOS DE POLÍCIA TEM QUE CHAFURDAREM NA LAMA COMO PORCOS………………………..
    28/07/2017 ÀS 18:32
    Tolinhos. Até parece que os promotores vão querer assumir o bo. Se assim o desejassem, já o teriam feito de há muito. Fico sobremodo impressionado com a deficiência estratégica e até de antevisão dos operacionais e figuras correlatas. Por isso, chafurdam na lama.
    Dr. Pacheco disse:
    28/07/2017 ÀS 18:40
    Os delegados de polícia deveríamos cada vez mais nos afastar dos operacionais. Deveríamos propugnar pelo nosso reconhecimento com juízes de instrução, ou algo similar “Grosso modo”, chefiar essa barafunda só nos onera. Eles que se organizem do modo que a eles aprouver. Lamentavelmente, os designados operacionais não conseguem urdir nenhuma estratagema que preste. Ficam só vociferando contra esse ou aquele. Porra, francamente, não acho credível que eles, tiras e escrivães, possam a vir trabalhar diretamente com promotores ou figura quejanda. Mas vai lá. Vai que consigam. O busílis é que eles simplesmente não conseguem se articular. Não conseguem esgrimir uma postulação defensável que seja. O que dizer dos órgãos de classe? Uma piada.

  21. EM BUSCA DA PAZ !

    E DE BOM SALÁRIO PARA TODOS

    SEM DISCRIMINAÇÃO !

    NINGUEM É MELHOR QUE NINGUEM

    TEM QUE ACABAREM COM ISSO DENTRO SO SERVIÇO PÚBLICO !

    AS TAIS DISCRIMINAÇÕES

    ACABAREM OOM OS BENEFICIADOS E BENEFICIÁRIOS !

    SÃO MUITAS INJUSTIÇAS !

    NÃO DÁ PARA AGUENTARMOS MAIS !

  22. FALTA MUITO DISSO

    DENTRO DA PC/SP: CAMARADAGEM, COLEGUISMO, PROFISSIONLISMO;

    A PC, É UM LUGAR ONDE CADA UM SÓ VÊ O SEU LADO !

    DE FORMA EGOISTA , INDIVIDUALISTA,

    EM PREJUÍZO SEJA LÁ DE QUEM FOR !

  23. caipora disse:
    02/08/2017 ÀS 21:09
    http://intra.policiacivil.sp.gov.br/artigos/modelo1ver.asp?cod=1659

    [ 02/08/2017 ] Conselho da Polícia Civil em reunião extraordinária faz um balanço de demandas institucionais

    Considerando inúmeras solicitações de entidades de classe (sindicatos e associações), o Conselho da Polícia Civil divulga expedientes que visam a atender às demandas institucionais e que foram objeto de pauta da reunião extraordinária desta data.
    São Paulo, 02 de agosto 2017.:

    Acho que não vi nada referente a reposição constitucional da inflação dos últimos 04 anos, ou será que esta em algum lugar oculto???

    É só o restopol que esta realmente preocupado como o salário????

  24. EU QUERIA ENTENDER

    POR QUE QUEREM NOS ENGANAREM

    COLOCAR PARA SONHAR

    JÁ NÃO CHEGA TODO O SOFRIMENTO NÃO

    AGORA TEM QUE NOS MANDAR CHAFURDAR NA LAMA COMO PORCOS !

  25. 02/08/2017
    Policiais montam banco de imagens para denunciar problemas em delegacias 38
    por FLIT PARALISANTE • Sem-categoria
    Fotografias mostram infiltrações, fiação elétrica exposta e até entulhos em distritos da capital, da Grande SP, do litoral e do interior

    Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

    02 Agosto 2017 | 07h00

    UM ENORME ATO DE CORAGEM !

  26. THE END disse:
    03/08/2017 ÀS 13:54
    caipora disse:
    02/08/2017 ÀS 21:09
    http://intra.policiacivil.sp.gov.br/artigos/modelo1ver.asp?cod=1659

    [ 02/08/2017 ] Conselho da Polícia Civil em reunião extraordinária faz um balanço de demandas institucionais

    Considerando inúmeras solicitações de entidades de classe (sindicatos e associações), o Conselho da Polícia Civil divulga expedientes que visam a atender às demandas institucionais e que foram objeto de pauta da reunião extraordinária desta data.
    São Paulo, 02 de agosto 2017.:

    Acho que não vi nada referente a reposição constitucional da inflação dos últimos 04 anos, ou será que esta em algum lugar oculto???

    É só o restopol que esta realmente preocupado como o salário????

    EXATAMENTE !

    NÓS NÃO GANHAMOS:

    GAT

    VERBA DE GABINETE

    ADICIONAIS E DÉCIMOS DE:

    CHEFIA

    POUPA – TEMPO

    DE DEPARTAMENTOS

    DE CIC’s

    GABINETE

    ETC..

    TEM RAZÃO É SÓ O RESTOPOL

    E OS DELEGADOS AINDA TIRA ONDA COM AS NOSSAS CARAS

    DIZENDO QUE AS CLASSES INFERIORES TEM QUE CHAFURDAREM NA LAMA COMO PORCOS

    SERVIDOR PÚBLICO AGORA SÃO PORCOS PARA CHAFURDAREM NA LAMA !

    BARBARIDADE SÔ !

    FUDEU DE VEZ !

    ACABOU O RESPEITO E TUDO !

  27. THE END disse:
    03/08/2017 ÀS 13:54
    caipora disse:
    02/08/2017 ÀS 21:09
    http://intra.policiacivil.sp.gov.br/artigos/modelo1ver.asp?cod=1659

    [ 02/08/2017 ] Conselho da Polícia Civil em reunião extraordinária faz um balanço de demandas institucionais

    Considerando inúmeras solicitações de entidades de classe (sindicatos e associações), o Conselho da Polícia Civil divulga expedientes que visam a atender às demandas institucionais e que foram objeto de pauta da reunião extraordinária desta data.
    São Paulo, 02 de agosto 2017.:

    Acho que não vi nada referente a reposição constitucional da inflação dos últimos 04 anos, ou será que esta em algum lugar oculto???

    É só o restopol que esta realmente preocupado como o salário????

    COM CERTEZA

  28. Com mais de 40 (quarenta) anos de serviço

    tenho que deparar – me com uma situação dessa

    coitados das classes que estão na ativa !

    quanta prepotência e arrogância desse majura

    que disse essa besteira

    sobre as classes inferiores !

  29. SOMOS TODOS UM… COMPANHEIROS
    Usem das suas habilidades para o FORTALECERMOS, pela força da UNIÃO IRMÃOS POLICIAIS e de maneira estratégica e ordeira, Capiyche !
    Veja !
    Do Delegado Geral Adjunto, em exercício, Waldir Antonio Covino Júnior: “Não somos irresponsáveis, mentirosos, moleques”.
    Quando ele se refere a COMPANHEIROS POLICIAIS ( acesse o link ),demonstra mais uma vez seu INABALÁVEL CARÁCTER de gestor público, e de ser humano como nós. Temos mais um imprescindível aliado. Vamos nós UNIR e nos fortalecer + e +, por um desfecho satisfatório a todos nós pela CAUSA GUERREADA !
    Estamos no caminho certo : — O do não conformismo !
    Abraços a todos.

  30. É, muitos Delegas falam o que pensam só na internet, quando um superior chega perto (em correições, por exemplo), abaixa o rabo e treme de medo e dizem “sim, senhor, está tudo perfeito, não falta estrutura, não falta pessoal, o GAT, quer dizer, o salário está ótimo, na minha Delegacia a população está sendo bem atendida”. Então, pra que mudanças se está tudo perfeito. Ah, vão todos se danar. Fui

  31. GLAUCON disse:
    04/08/2017 ÀS 7:05
    SOMOS TODOS UM… COMPANHEIROS
    Usem das suas habilidades para o FORTALECERMOS, pela força da UNIÃO IRMÃOS POLICIAIS e de maneira estratégica e ordeira, Capiyche !
    Veja !
    Do Delegado Geral Adjunto, em exercício, Waldir Antonio Covino Júnior: “Não somos irresponsáveis, mentirosos, moleques”.
    Quando ele se refere a COMPANHEIROS POLICIAIS ( acesse o link ),demonstra mais uma vez seu INABALÁVEL CARÁCTER de gestor público, e de ser humano como nós. Temos mais um imprescindível aliado. Vamos nós UNIR e nos fortalecer + e +, por um desfecho satisfatório a todos nós pela CAUSA GUERREADA !
    Estamos no caminho certo : — O do não conformismo !
    Abraços a todos.:

    Dr. Pacheco disse:

    TODAS AS CLASSES INFERIORES A DELEGADOS DE POLÍCIA TEM QUE CHAFURDAREM NA LAMA COMO PORCOS………………………..
    28/07/2017 ÀS 18:32
    Tolinhos. Até parece que os promotores vão querer assumir o bo. Se assim o desejassem, já o teriam feito de há muito. Fico sobremodo impressionado com a deficiência estratégica e até de antevisão dos operacionais e figuras correlatas. Por isso, chafurdam na lama.
    Dr. Pacheco disse:
    28/07/2017 ÀS 18:40
    Os delegados de polícia deveríamos cada vez mais nos afastar dos operacionais. Deveríamos propugnar pelo nosso reconhecimento com juízes de instrução, ou algo similar “Grosso modo”, chefiar essa barafunda só nos onera. Eles que se organizem do modo que a eles aprouver. Lamentavelmente, os designados operacionais não conseguem urdir nenhuma estratagema que preste. Ficam só vociferando contra esse ou aquele. Porra, francamente, não acho credível que eles, tiras e escrivães, possam a vir trabalhar diretamente com promotores ou figura quejanda. Mas vai lá. Vai que consigam. O busílis é que eles simplesmente não conseguem se articular. Não conseguem esgrimir uma postulação defensável que seja. O que dizer dos órgãos de classe? Uma piada.

  32. Em outubro Alckmim deve conceder 18% tanto para PM quanto para PC parabéns todos pela conquista.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s