Contra uma neoditadura militar ressentida , voto Geraldo Alckmin para Presidente da República 132

General fala em intervenção se Justiça não agir contra corrupção

Divulgação/Exército Brasileiro
General Antônio Hamilton Martins Mourão
General Antônio Hamilton Martins Mourão

RUBENS VALENTE
DE BRASÍLIA

Um general da ativa no Exército, Antonio Hamilton Mourão, secretário de economia e finanças da Força, afirmou, em palestra promovida pela maçonaria em Brasília na última sexta-feira (15), que seus “companheiros do Alto Comando do Exército” entendem que uma “intervenção militar” poderá ser adotada se o Judiciário “não solucionar o problema político”, em referência à corrupção de políticos.

Mourão disse que poderá chegar um momento em que os militares terão que “impor isso” [ação militar] e que essa “imposição não será fácil”. Segundo ele, seus “companheiros” do Alto Comando do Exército avaliam que ainda não é o momento para a ação, mas ela poderá ocorrer após “aproximações sucessivas”.

“Até chegar o momento em que ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso.”

O general afirmou ainda: “Então, se tiver que haver, haverá [ação militar]. Mas hoje nós consideramos que as aproximações sucessivas terão que ser feitas”. Segundo o general, o Exército teria “planejamentos muito bem feitos” sobre o assunto, mas não os detalhou.

Natural de Porto Alegre (RS) e no Exército desde 1972, o general é o mesmo que, em outubro de 2015, foi exonerado do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre, pelo comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, e transferido para Brasília, em tese para um cargo burocrático sem comando sobre tropas armadas, após fazer críticas ao governo de Dilma Rousseff. Um oficial sob seu comando também fez na época uma homenagem póstuma ao coronel Brilhante Ustra, acusado de inúmeros crimes de tortura e assassinatos na ditadura militar.

A palestra de sexta-feira (15) foi promovida por uma loja maçônica de Brasília e acompanhada por integrantes do Rio de Janeiro e de Santa Catarina, entre outros. Segundo o vídeo de duas horas e 20 minutos que registra o evento, postado na internet, Mourão foi apresentado no evento como “irmão”, isto é, membro da maçonaria do Rio Grande do Sul.

Ele se definiu como “eterno integrante da [comunidade de] inteligência”, tendo sido graduado como oficial de inteligência na ESNI (Escola do Serviço Nacional de Informações). Criado após o golpe militar de 64 e extinto em 1990, o SNI era o braço de inteligência do aparato de repressão militar para ajudar a localizar e prender opositores do governo militar, incluindo sindicalistas, estudantes e militantes da esquerda armada.

Um dos organizadores do evento, o “irmão” Manoel Penha, brincou, no início da palestra, que havia outros militares à paisana na plateia, com “seu terninho preto, sua camisa social”. Ele afirmou em tom de ironia: “A intervenção que foi pedida, se feita, será feita com muito amor”.

Na sua exposição, de quase uma hora, o general criticou a Constituição de 1988, que segundo ele garante muitos direitos para os cidadãos e poucos deveres, atacou a classe política. “Sociedade carente de coesão cívica. A sociedade brasileira está anímica. Ela mal e porcamente se robustece para torcer pela Seleção brasileira ou então sai brigando entre si em qualquer jogo de time de futebol. Crescimento insuficiente e o Estado é partidarizado. O partido assume, ele loteia tudo. Tal ministério é do sicrano, tal do fulano, e aquilo é porteira aberta. Coloca quem ele quer lá dentro e vamos dar um jeito de fabricar dinheiro.”

O general respondeu a uma pergunta lida pelos organizadores do evento, segundo a qual “a Constituição Federal de 88 admite uma intervenção constitucional com o emprego das Forças Armadas”. Contudo, “intervenção militar” não é prevista em nenhum trecho da Constituição. O artigo 142 da Carta, que costuma ser citado por militantes na internet, fala apenas que as Forças Armadas destinam-se à defesa da Pátria e “à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes [Poderes], da lei e da ordem”. O texto, portanto, condiciona uma eventual ação militar a uma iniciativa anterior dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. A pergunta também sugeriu um “fechamento do Congresso”.

Na sua resposta, contudo, Mourão não rebateu a afirmação contida na pergunta de que uma “intervenção” seria constitucional e nada falou sobre fechamento do Legislativo. Pelo contrário, elogiou-a como “excelente pergunta”.

Em nota neste domingo (17), o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, organização não governamental, disse que vê com “preocupação e estranheza” a sugestão do general de que o Exército poderá “intervir militarmente, caso a situação política não melhore”. “Esta declaração é muito grave e ganha conotação oficial na medida em que o General estava fardado e, por isso, representando formalmente o Comando da força terrestre. Ela é ainda mais grave por ter sido emitida pelo Secretário de Economia e Finanças, responsável pelo gerenciamento de recursos da Força e, portanto, soar como chantagem aos Poderes constituídos em um momento de restrição orçamentária.”

“O Exército Brasileiro tem pautado sua atuação no cumprimento da lei, buscando ser fator de estabilidade política e institucional. Não é possível, neste delicado quadro, vermos a confiança da população nas Forças Armadas ser abalada por posturas radicais, ainda mais diante da aguda crise de violência que atinge o país”, diz a nota.

A Folha procurou na tarde deste domingo (17) o Comando do Exército e o Ministério da Defesa para ouvi-los sobre as declarações do general. Em nota, o Centro de Comunicação Social do Exército informou “que o Exército Brasileiro, por intermédio do seu comandante, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas tem constantemente reafirmado seu compromisso de pautar suas ações com base na legalidade, estabilidade e legitimidade”.

A Folha pediu contato com o general Mourão, para que comentasse suas declarações, mas o centro de comunicação social do Exército informou que as respostas serão dadas por meio do órgão. Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”, Mourão disse que “não está insuflando nada” e que “não defendeu [intervenção], apenas respondeu a uma pergunta”. Porém, logo em seguida o general reiterou que “se ninguém se acertar, terá de haver algum tipo de intervenção, para colocar ordem na casa”.

Disse ainda que “não é uma tomada de poder. Não existe nada disso. É simplesmente alguém que coloque as coisas em ordem, e diga: atenção, minha gente vamos nos acertar aqui e deixar as coisas de forma que o país consiga andar e não como estamos. Foi isso que disse, mas as pessoas interpretam as coisas cada uma de sua forma. Os grupos que pedem intervenção é que estão fazendo essa onda em torno desse assunto”.

O Ministério da Defesa não havia se manifestado até a conclusão deste texto.

*

A seguir, a íntegra do trecho em que o general falou sobre a “intervenção”.

Pergunta: [apresentador lê um papel com a pergunta] “A Constituição Federal de 88 admite uma intervenção constitucional com o emprego das Forças Armadas. Os poderes Executivos [sic] e os Legislativos estão podres, cheio de corruptos, não seria o momento dessa interrupção, [corrigindo] dessa intervenção, quando o presidente da República está sendo denunciado pela segunda vez e só escapou da primeira denúncia por ter ‘comprado’, entre aspas, membros da Câmara Federal? Observação: fechamento do Congresso, com convocações gerais em 90 dias, sem a participação dos parlamentares envolvidos em qualquer investigação. Gente nova.”

Mourão: Excelente pergunta. Primeira coisa, o nosso comandante, desde o começo da crise, ele definiu um tripé pra atuação do Exército. Então eu estou falando aqui da forma como o Exército pensa. Ele se baseou, número um, na legalidade, número dois, na legitimidade que é dada pela característica da instituição e pelo reconhecimento que a instituição tem perante a sociedade. E número três, não ser o Exército um fator de instabilidade, ele manter a estabilidade do país. É óbvio, né, que quando nós olhamos com temor e com tristeza os fatos que estão nos cercando, a gente diz: ‘Pô, por que que não vamo derrubar esse troço todo?’ Na minha visão, aí a minha visão que coincide com os meus companheiros do Alto Comando do Exército, nós estamos numa situação daquilo que poderíamos lembrar lá da tábua de logaritmos, ‘aproximações sucessivas’. Até chegar o momento em que ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso. Agora, qual é o momento para isso? Não existe fórmula de bolo. Nós temos uma terminologia militar que se chama ‘o Cabral’. Uma vez que Cabral descobriu o Brasil, quem segue o Cabral descobrirá alguma coisa. Então não tem Cabral, não existe Cabral de revolução, não existe Cabral de intervenção. Nós temos planejamentos, muito bem feitos. Então no presente momento, o que que nós vislumbramos, os Poderes terão que buscar a solução. Se não conseguirem, né, chegará a hora que nós teremos que impor uma solução. E essa imposição ela não será fácil, ele trará problemas, podem ter certeza disso aí. E a minha geração, e isso é uma coisa que os senhores e as senhoras têm que ter consciência, ela é marcada pelos sucessivos ataques que a nossa instituição recebeu, de forma covarde, de forma não coerente com os fatos que ocorreram no período de 64 a 85. E isso marcou a geração. A geração é marcada por isso. E existem companheiros que até hoje dizem assim, ‘poxa, nós buscamos a fazer o melhor e levamos pedradas de todas as formas’. Mas por outro lado, quando a gente olha o juramento que nós fizemos, o nosso compromisso é com a nação, é com a pátria, independente de sermos aplaudidos ou não. O que interessa é termos a consciência tranquila de que fizemos o melhor e que buscamos de qualquer maneira atingir esse objetivo. Então, se tiver que haver, haverá. Mas hoje nós consideramos que as aproximações sucessivas terão que ser feitas. Essa é a realidade.

  1. Venham, Senhores Militares, recebê-los-ei com tapetes vermelhos, todas honrarias, e, me disponho, se necessário for, compor as primeiras fileiras como voluntário nessa empreitada. Espero que isso se realize o mais breve possível, porque, só assim, teremos um país de verdade, pautado no Nacionalismo, civismo, cidadania, ordem, educação Moral e Cívica, o fim desse maldito politicamente correto enfiado goela abaixo das pessoas conservadoras, cristãs que são obrigadas todos os dias a verem escárneos, tais como, jornalistas vermelhos falando em “prefiro salvar o bandido á vida do policial”, “vamos legalizar as drogas?”, “o aborto”? “Será que a propriedade privada é realmente privada, ou pode atender á função social dos que necessitam”? Chega! Basta! Violência crescente, corrupção que não cessa, desordem, imoralidade, cultura pobre e chula, educação, saúde jogadas ás traças e uma juventude totalmente perdida em meio ás falsas ideologias marxistas, gramscianas que a transformou literalmente numa “coisa”que desconhece o que são valores morais, familiares, cristãos, cívicos, éticos, etc. A solução deste país está nas mãos dos Militares, somente deles. Na minha opinião, já passou da hora. Estão sendo tolerantes em demasia. Sonho com um dia de manhã, ligar a tv, ou por qualquer outro veículo de comunicação, ouvir que os Militares sitiaram Brasília e todas as Capitais do Estados e Municípios, e com ela, venham a ordem e um novo modelo de país. O povo decente e trabalhador, honrado e de bem, merece este presente. Aguardo ansiosamente. Que assim o seja.

  2. “Irmãozinho”,

    Entre 1964 e 1984, a ditadura militar destruiu a política , a economia, a cultura , o ecossistema , institucionalizou a corrupção e fez da tortura e da execução sumária, práticas políticas. Envileceu os órgãos policiais civis e, principalmente, destruiu o já precário sistema educacional. Quando já estávamos no fundo do poço saíram de fininho como os salvadores da pátria que instalaram a democracia no Brasil. Ser contra o militarismo não é ser de esquerda; é não ser idiota! Não há pior forma de gramscismo do que militares no poder. Ocupam todos os espaços possíveis e deturpam toda a forma de informação . Além da imposição de censura e restrição aos direitos e garantias individuais.
    No funcionalismo público , a ditadura militar só foi boa para policial ladrão e torturador; uma neoditadura militar identicamente apenas será boa para novos policiais corruptos e torturadores apadrinhados pelos militares.
    Gente decente e trabalhadora não necessita de militar no governo. E a maioria do povo é decente, ordeira e trabalhadora, embora os valores morais sejam diversos do século passado.
    Não queira impor ao resto do mundo os teus supostos “valores” morais, familiares, cristãos, cívicos, éticos, etc., quando na verdade você quer mesmo é um pedacinho de poder para voltar a vomitar aquela frase: sabe com quem tá falando ?
    Ademais, os tempos e as pessoas são absolutamente diferentes de 50 anos atrás, para com o teu catequismo de botequim; ninguém é obrigado a acreditar nas mentiras ditas em nome de Cristo.
    Por fim, militar só faz aquilo que o patrão ordena, ou seja, o Cabral ( como disse o General falastrão ) que no caso são as forças econômicas deste país e os investidores internacionais.
    Sem dinheiro dos civis abastados para financiar uma intervenção ( golpe de estado, na verdade ) os militares não passam de leões sem dente!
    E os seus prosélitos apenas um bando de indolentes esperando o salvador que , ao fim e ao cabo, será mais uma vez crucificado.

  3. Ok, Sr. Flit!

    Continue acreditando nas “boas” intenções dos “democratas”…rsrsrsr! Boa sorte, vai precisar…

  4. Irmaozinho,

    Fique tranquilo com a minha sorte, eu não acredito em boas intenções ou em homens bem intencionados, especialmente nas boas intenções de homens que usam uniforme.

  5. era só o que faltava para fude esse país dos bananais de vez,nunca gostei de política ou partido algum mas se isso acontecer,na mesma semana eu fujo para o Paraguai

  6. se os integrantes do partido do judiciario nao tomar alguma atitude referente a corrupção, algum outro partido tem que tomar certo, seus corruptos.

  7. Caríssimo administrador
    Respeito sua opinião mas concordo plenamente com o general, somente uma intervenção militar resolveria a situação que os políticos corruptos colocaram nosso País
    Precisamos de uma mudança radical
    Ou ainda vamos afundar mais
    Lembro de uma piada que dizia mais ou menos assim
    “O camarada pergunta ao otimista o que você acha da situação do nosso País, ele diz acho que daqui há alguns anos todo mundo vai estar comendo bosta, e faz a mesma pergunta ao pessimista, ele diz eu acho que a bosta não vai dar para todo mundo”
    Logo também acredito que se o Brasil continuar nas mãos de partidos políticos a bosta não vai dar para todo mundo
    Ou o senhor entende diferente disso, com o devido respeito.

  8. Sinceramente!!!
    Os milicos estão nem aí.
    Não mexendo no “j” deles, está tudo certo.

  9. Jamais ocorrerá intervenção militar nesse país, pois nossos heróis, sofrem até hoje por aquilo que não fizeram. Quem estudou o mínimo sabe muito bem que não houve ditadura no Brasil. E digo mais, quem prendia, torturava e matava, era a polícia cívil, o já se esqueceram do Dói Cody, o delegado Fleury. O povo não queria democracia, então, fiquem com ela agora. Resumindo, democracia e voto na mão de analfabetos e igual revólver na mão de macaco.

  10. Amém Irmãozinho. Amém, pois do jeito que tá não da mais, se ao menos o povo reagisse, mas comodados como somos realmente a merda não servirá a todos.

  11. Ditadura. Período onde pessoas trabalhavam, estudavam e tinham condições de progredir na vida. Dava para sair a rua. Não havia tolerância para abuso de drogas. Bandidos eram tratados como convém. Não havia a cultura permissiva que acaba com valores familiares. Tempo bom se querem saber. E votar no Geraldo é desperdiçar o voto com um sujeito maléfico, vil, descabido de pudores. Um esquálido e patético governador. Seu destempero contra o major Olímpio foi de rir. Parecia que só o major tinha aqueles proventos. Deputados e membros do psdbosta são famosos pelo acúmulo de aposentadorias e gratificações. E tem mais é que ouvir mesmo. Governo tem a capacidade de entregar estações de metrô inacabadas. Entregar viaturas boneca e não pagar salário decente aos profissionais da segurança não adianta. E tem gente que ainda acha que este governo é bom. Tá na hora de dar oportunidade a outro. Este psdbosta já afundou demais a segurança pública. Fora com eles.

  12. esse flit alem de comunista ainda sao imbecil os que foram persiguido na epoca sao os mesmo que estao indo para a cadeia vcs sao a favor de inocentar todos

  13. Será que no Governo Militar poderíamos discutir, questionar e dizer abertamente o péssimo governo que temos, a Democracia é o único sistema para o Brasil.

  14. eu vivi aquela epoca os persiguidos eram os vagabundo de agora quem trabalhava andava livre e solto

  15. os poderes do brasil estãç corrompidos tanto no executivo,legislativo e no judiaciario,todos acertados apenas em beneficios proprios e das sua familias, o brasil continua uma capitania hereditaria, cada pedacinho do brasil tem um dono e fazem os acertos entre eles, em resumo tudo ladrão corruptos. a justiça não funciona é parcial, e na verdade nada funciona certo no brasil i SOMENTE O ROUBO E OS ACERTOS O RESTO DEIXA PRA LA A POPULAÇÃO QUE SE VIRE

  16. Então administrador puxa saco de um Governo que te fudeu, tu tem síndrome de Estocolmo?Qualquer um menos Alckmin, e você mais do que ninguém sabe o quanto os policiais civis simpatizam com ele e seu partido.

  17. O administrador prefere votar em quem demitiu ele dá Polícia Civil, então quem sucateou ela, que está acabando com a Polícia, é só estuda um pouco Historia pra ver a verdade que nunca houve uma ditadura, e foi o povo que foi nas rua pedir para os militares assumirem o governo . Pois não queria que o comunista assumisse o governo, mas se vc ficar lendo esses livros de história das escolas que são distorcidos de esquerda nunca vai saber a verdade.

  18. Na referida época dos militares, alunos respeitavam professores, não abusavam de drogas nas escolas e respeitavam os pais. Se trabalhava, havia condições de progredir na vida. Dava para andar na rua. Hoje tudo virou. Ninguém respeita ninguém, juventude submetida a drogas, televisão (globo) cultua bandidos, prostituição, traições e trairagens. Vejam a juventude como está perdida. Não sabem mais se são homem ou mulher. Querem impor culturas do tudo pode. Absurdo. Cada um que cuide de sua vida como bem quiser. Mas respeitem as famílias. Maioria não tolera este tipo de permissividade.

  19. Qualquer governo militar é melhor do que governo de políticos e politiqueiros que fazem conchavos para se manter no poder.

  20. Arzinho,

    Eu já estava na faculdade e trabalhando nos anos 1980 a 1985; eu sei muito bem o que é comer bosta. Aquele foi o tempo mais tenebroso para o Brasil , muito pior do que o fim do governo Sarney e o Collor. Entretanto pode ser que para alguns policiais corruptos que podiam roubar a vontade sem medo de serem presos fosse muito bom, vai saber, né ? Pois posso apostar que a polícia em geral recebia muito menos do que recebe atualmente.

  21. Uma de minhas primeiras lembranças é ir com minha mãe no mercado e todo mundo correndo antes que alguém remarcasse os preços graças à inflação que foi consequência da ditadura militar. Esse general – que parece ignorar ou interpretar mal o art. 142 da CF/88 – faria melhor se fosse apenas passar suas tropas em revista e fizesse um jogo de guerra de vez em quando. Uma cleptocracia como a que vivemos não justifica que se coloque um fardado na presidência. Já corrremos o risco de vir um Bolsonaro ou um Doria, o que já é inacreditável também.

  22. Como se as .50, fuzis e 9 mm que os bandidos usam contras as forças policiais – alguns de vocês que aqui comentam, inclusive – não chegassem às mãos erradas com, no mínimo, o olho de vidro de um oficial na fronteira…

  23. silvio,

    Naquela época eramos 90 milhões, hoje mais de 200 milhões. Você é um saudosista descontente com o presente querendo que as pessoas se comportem conforme os seus valores pessoais. A Globo não inventa nada , apenas demonstra a nossa realidade . Ora, na ditadura toda família já tinha seu transsexual ou seu homossexual, a diferença é que eles eram proscritos e excluídos da sociedade. Da mesma forma como a cristã sociedade de então escondia seus deficientes mentais ou especiais. Viva o Brasil de hoje! Apesar da maloqueragem reinante. Regime de governo não deve se intrometer com a sexualidade das pessoas.

  24. Quando um arbusto está muito torto, amarramos ele para o lado contrário por um tempo para que ele cresça e com o tempo, podemos tirar as amarras e ele estará novamente ao centro, crescendo equilibrado.

    Vivemos em uma situação extrema. Precisamos de medidas extremas.

    Pessoalmente, acho melhor alguns “bons rapazes” tomarem uma “pressão” na rua de vez em quando do que todos os cidadãos serem prejudicados porque qualquer um pode fazer o que quer sem consequências.

    Apenas uma reflexão.

  25. Agente Tásifer Hando disse:

    18/09/2017 ÀS 9:20

    Quando um arbusto está muito torto, amarramos ele para o lado contrário por um tempo para que ele cresça e com o tempo, podemos tirar as amarras e ele estará novamente ao centro, crescendo equilibrado.

    Vivemos em uma situação extrema. Precisamos de medidas extremas.

    Pessoalmente, acho melhor alguns “bons rapazes” tomarem uma “pressão” na rua de vez em quando do que todos os cidadãos serem prejudicados porque qualquer um pode fazer o que quer sem consequências.

    Apenas uma reflexão.

    Os “nossos melhores rapazes” que fariam essa “pressão” contra os “bons rapazes” são aqueles que deixam passar todo tipo de contrabando nas fronteiras, os “homens de valor” como esses generais são aqueles que impedem os policiais de terem armas boas e confiáveis e enfiam Taurus e Imbel goela abaixo sob pretexto de “favorecer a indústria nacional”.

    Alguns dizem que o Dr. Guerra tem síndrome de Estocolmo por defender ou votar em quem assinou sua demissão da Polícia Civil do Estado de São Paulo, mas apoiar um regime militar também seria outra forma dessa síndrome, porque não parece que militares sejam menos propensos a negociatas e injustiças que os governantes civis atuais.

  26. Bola Fora,

    Quem necessita estudar um pouco sobre a nossa história e sobre a cultura militar no Brasil é você?

    Eu me mato de rir com essa nova direita brasileira: a direita dos pés-rapados!

    Eita necessidade de pertencer a uma facção, né ?

  27. Infelizmente o militares fizeram pouco, estes lixos que estão no poder politicamente deveriam serem exterminados na época, fizeram pouco, o resultado está aí, somente roubalheira, tudo dominado.
    “”Irmãozinho” estou com você e não abro, Acho que o Doutor Guerra não sabe nada do que aconteceu. Abraços.

  28. Concordo com o FLIT PARALISANTE, com exceção de votar no mAlkimin.

    Os que são a favor do militarismo no poder, citem algum país DESENVOLVIDO que o militarismo comanda ….

    NÃO EXISTE.

    Se a PM já é opressora hoje, imagina com o exército no poder.

    Flit tem razão, em partes.

  29. Fred Flintstone disse:

    18/09/2017 ÀS 9:39

    Concordo com o FLIT PARALISANTE, com exceção de votar no mAlkimin.

    Os que são a favor do militarismo no poder, citem algum país DESENVOLVIDO que o militarismo comanda ….

    NÃO EXISTE.

    Se a PM já é opressora hoje, imagina com o exército no poder.

    Flit tem razão, em partes.

    Muito bem lembrado. Entre países comandados por militares, estão potências com elevado grau de desenvolvimento socioeconômico e bons índices no IDH como Sudão, Mauritânia e Birmânia.

    http://cs.mcgill.ca/~rwest/wikispeedia/wpcd/wp/l/List_of_countries_by_system_of_government.htm

  30. “Irmãozinho” disse:
    18/09/2017 ÀS 4:06
    .
    PARABÉNS PELA CORAGEM DO SEU COMENTÁRIO IRMÃOZINHO.
    Todo mundo tem direito a uma opinião e se essa é a sua, e eu a respeito.
    .
    Flit:
    RESPEITO SUA OPINIÃO também, porém dizer:
    Não há pior forma de gramscismo do que militares no poder.
    Eu acho que não há coisa pior do que uma ditadura seja ela de esquerda, de direita ou de qualquer outra porcaria, mas pior ainda que isso é vir acompanhada por (gramscismo) . Socorro!
    .
    ninguém é obrigado a acreditar nas mentiras ditas em nome de Cristo.
    VERDADE!, como também ninguém é obrigado a acreditar nas mentiras ditas por qualquer um em nome de qualquer coisa, inclusive do politicamente correto.
    .
    No demais cada um pensa como quiser, vota em quem quiser e diz o que quiser, desde que não atinja o direito do próximo.
    .

  31. Flit:
    Escrevi em português talvez tenha sido esse o problema né?

  32. Eu vejo esses militares, Bolsonaro e certos setores exacerbados e lembro de uma frase do Samuel Johnson: “O patriotismo é o último refúgio dos canalhas”.

    E relaciono com a do De Gaulle (que foi um grande general mas também um grande político), “O caráter é uma virtude dos tempos difíceis”.

  33. Quem demitiu o Guerra foi a corregedoria e o FLIT e não o lixo do Alckmin. O pior é ler o discurso do Guerra em relação ao Alckmin. Bom como já escrevi aqui anteriormente, o Guerra escreve o que quer, cabe a nós filtrarmos o que é de nosso interesse.
    Se ele acredita que SP está bom assim quem somos nós para discordar… Não é não?
    PCC agradece a Alckmin e seus apoiadores.

    Guerra
    Uma coisa eu tenho que te dizer…
    Vc escreveu diversas coisas contraditórias em seu Blog (até aí tudo bem … Acontece de vez em quando né). Só que o sr. escreveu para um leitor (não neste tópico) que ele apenas apoia uma Ditadura pois ele faria parte dela. Pois bem… Qual é o seu interesse em Alckmin? Deve ter feito muito pelo Sr. pelo visto. Tenho comércio e gosto da politica do PSDB quando se trata de minha empresa, mas quando vejo meu holerith do Estado vejo que o trabalho primordial virou bico. Tento achar um Politico que tente equilibrar as coisas (o q até o momento está impossível de achar), mas e vc? Como consegue nutrir tamanho respeito por Alckmin? Ajudou aos Delegados que por sua vez quebraram a Civil? Esperança de regressar aos quadros da PC? (apesar de não ter ficado claro este ponto ainda.. Ora diz que foi benção sua demissão e que não planeja nunca mais retornar e ora diz que não vê a ora de retornar as atividades aguardando um salário ou aposentadoria polpuda…Entre outras coisas contraditórias…Nem vou perguntar qual é seu objetivo, pois já está claro que vc escreve o q lhe convém na hora que quer, mesmo que seja algo contraditório… Logo não pergunto mais se vc deseja retornar ou não aos quadros da PC… )
    Em suma não sei pq tanto amor para quem está e deixou o PCC comandar o País. Se não fosse o CV o país já estava dominado. Imagina Alckmin Presidente…
    Reitero minha pergunta…
    Pq tanto respeito (e ainda se declarar eleitor) a Alckmin? Eu teria motivo para votar nele, mas não olho apenas o meu umbigo.
    Fiquei curioso, porém, respeito à vossa decisão. Voto é igual a roupa intima, cada um tem a sua.

  34. O Flit, voce esta errado desde os 90 milhões, que era por volta de 1970 nao 1980, que quem trabalhava corretamente conseguia os seus objetivos, agora e so corrupção em tudo, desde que o Governo Sarney foi empossado.

  35. Siga o modelo CUBANO para tratamento de opositores !
    P A R E D O N !

  36. Ainda aguardo a resposta dos apoiadores da intervenção militar no Brasil.

    Qual país DESENVOLVIDO no mundo tem ditadura militar ?

  37. Quando se fala em INTERVENÇÃO, vejo um copo nem muito cheio nem muito vazio, pois tal intervenção, devido a podridão nos trés poderes, se faz necessário. Repito, seria apenas uma intervenção pra fazer uma faxina no país e posteriormente ser entregue ao povo para um novo recomeço

  38. Obter o Outlook para Android

    ________________________________

  39. Agora votar no Geraldinho, para combater a ditadura já e demais. Esse picole de chuchu, ja bajula a PM como Governador, imagina como presidente. Sera o fim das Policiais civis, e quem sabe da Federal. Pois politico so gosta de Policia que ele pode mandar. Se lhe permitir pensar, ja não presta.
    Gostaria de saber onde o responsavel pelo Flit, deseja chegar.

  40. Embora, tambem, não concordo com Ditadura Militar, pois a maioria dos “perseguidos daquela epoca” são familiares de militares, e atualmente fazem parte da Politica honesta que vivemos atualmente. Portanto, acreditar em uma volta ao passado e o mesmo que acreditar, em Papai Noel, Saci Perere e em politico honesto.

  41. SÁBIO,

    Essa tua intervenção é a mesma coisa do que jurar para a namorada virgem que só vai colocar a cabecinha sem tirar o cabacinho …KKK
    Se é que tu me entendes, né ?

  42. Muito bem, lendo comentários sobre a “ditadura” militar, eu vivi aquele tempo, era um garotão. Recordo-me de coisas que hoje causariam estranheza em qualquer pessoa que nao a tenha vivido, como por exemplo, estudei numa escola Estadual, corria o ano de 1977/1978, onde havia um consultorio odontoligico equipado, onde o dentista teatava dos denres sas crianças gratuitamente, a escola era limpa, saíamos sabendo ler e escrever muito bem, até USP sem cursinho, muita gente galgou uma vaga lá, oriundo da escola pública. Podíamos fazer piqueniques nas beiras sas estradas, cansei de ir, nunca fomos agredidos pir quem quer que fosse. O Brasil era ourava economia mundial (que orgulho), grandes obras, rodovias, usinas hidreletricas foram construidas, tornando o paīs grande e poderoso. Malandro era cadeia ou vala, dane-se. Agora falar em ditadura? Que ditadura? Podiamos viajar, montar um negócio próprio, estudar, trabalhar, namorar, sair do paīs, se quisesse, comprar 300 kilis de carne para chureasco, etc. Ditaduraaaa? Aonde? Mostre-me! A vida era simples, o brasileiro era um povo aberto, feluz, receptivo, atė puro, duferente de hoje onse só se vê ódio e rancor. Eu vivi aquele tempo e digo, nao era de familia rica, mas éramos muito felizes. Os campings á beira das estradas, o bate volta tranquilo da praia, os lanches á taede nas xadeieas de plástico do extinto grupo Sėrgio..rsrs (quem lembra?) As músicas que nao feriam os ouvidos, etc. As filas nas escolas para cantar o Hino Nacional, a reverência aos professores, eeeeh tempo bom. Saudades! Militares, vocês deixaram saudades! Ahhh, e antes de eu terminar, na minha familua nao havia policiais, militares ou politicos e mesmo assim, nenhum deles foi perseguido? Será que nasceram com a estrela ou eram simplesmente pessoas de bem? Abraços!

  43. Troll,

    Você tem comércio e gosta da politica do PSDB quando se trata de sua empresa, né ?
    Eu tenho diversas lojas comerciais; se meus inquilinos estiverem em situação ruim eu ficarei em situação ruim, por isso quando se trata dos meus interesses financeiros eu gosto do PSDB tanto quanto você. Por que sei também que não vão tomar as minhas economias. O Alckmin é o melhor nome para governar o Brasil. Se ele será eleito é outra coisa.
    Enquanto delegado eu detestava o governo, tanto do PMDB quanto do PSDB.
    Quanto a ter deixado o PCC comandar o país quero provas, pois enquanto delegado por 23 anos o que eu vi foi uma parcela influente da polícia civil deixando o PCC se criar em troca do vil metal.

  44. Sou totalmente a favor do governo militar, embora sei que é quase impossível isso acontecer. Militares são a. Salvação.

  45. VAI SOMANDO MAIS ESSA,

    Para mim, nenhum!
    Talvez você conheça muita gramática e pouca linguagem; não estando muito afeito a figuras retóricas. Eu entendo e desculpo!
    Mas gosto mais quando aqui você escreve em inglês e espanhol. É engraçadinho !

  46. “Irmãozinho” ,

    Você estudou numa escola mantida pelo governo de São Paulo e que certamente já existia muito antes do golpe de estado de 1964.
    Para o seu conhecimento foi na década de 1970, com o Cel. Jarbas Passarinho como ministro da educação , que o ensino público foi sucateado. Eu ingressei no ginásio em 1970, depois de fazer o vestibulinho ( lembra ? ) e com 9 anos de idade. Logo depois os militares acabaram com o exame de admissão ao ginásio para que qualquer um pudesse ser admitido sem muito esforço, né ? Também, no ano de 1970, acabaram com a obrigação do uso de uniforme e das aulas aos sábados. Isso eu gostei. Logo em seguida eliminaram um monte de matérias e reduziram o tempo em classe de aula para que se pudesse criar mais uma turma.
    Mas concordo com você, o brasileiro era feliz até eles militares. Castraram o nosso futuro; o resultado é o que se vê. Quanto a sua família, eram apenas desinformados alienados ; nem poderia ser diferente sob o império da censura. Deixe de saudosismo pueril.

  47. Ok, Sr. Flit.

    Aprovaçao automática, lhe diz algo? Hum? Será que o senhor tem acesso ás informaçoes do Governo? Sabe de tudo o que eles aprontam? Confia nas eståtistícas? …rsrsr. Senhor Flit, senhor Flit…

  48. Flit:
    Eu entendo as figuras retóricas, por isso o entendi.
    kkkkkkkk

  49. Irmãozinho,

    Eu não confio no governo, não confio em estatísticas e não confio em funcionários públicos em geral, militares ou não , mas prefiro representantes civis eleitos pelo povo do que um governo militar que só interessa a eles próprios e uma minoria de simpatizantes.
    Se são possuidores de planos para a melhoria do país que os divulguem publicamente ou fiquem calados. O General critica a Constituição , mas ignorante nesses assuntos dela nunca deve ter lido um capítulo. A CF não atribui a ninguém mais direitos do que obrigações. A cada direito corresponde um dever, princípio fundamental do Direito.

  50. Parabéns Exmo General! Realmente estamos precisando “impor” certas coisas nesse país. Os esquerdistas destruíram tudo, a economia, a política, a cultura, a saúde e educação. Incluam-se ai, os esquerdistas fabianos (FHC,Alckmin, Doria, Serra, Aloysio Nunes e Aécio). #BOLSONARO 2018!

  51. Não sei o que é pior… Intervenção militar ou Geraldo Alckmin, vulgo O SANTO, pra apenas mudar de dono a corrupção… Brasil de apenas uma saída: O AEROPORTO

  52. Guerra vc perdeu o poder de argumentação, vc esta apoiando todas as canalhice a é safadezas que estão sendo esfregadas nas nossas caras. Vamos lá então Guerra, dei- nos a receita da salvação então!!, Seja pratico e direto e pare com esse discurso comunista. Daqui a pouco vc vai querer transformar isso aqui em uma Venezuela.

  53. Esse inimputavel, ao que tudo indica, votará no Bolsonaro…

  54. Aí, sim! Se a maçonaria fardada quiser virar o barco, podemos dizer que o Brasil tem jeito; do contrário, não. Restaria o Kim Jong Un da Coréia do Norte acertar um míssil intercontinental em Brasília.

  55. ALEMÃO,
    FUGIR PARA O PARAGUAI?

    OS MILITARES BRASILEROS ADORAM MATAR POR LÁ TAMBÉM!

    VC JÁ OUVIU SOBRE A MORTE DE SOLANO LOPEZ QUE FOI CAÇADO PELO MILITAR BRASILEIRO DUQUE DE CAXIAS?

    BOM,
    OS “HONESTOS” CAVALEIROS DA ORDEM CEDENDO AS SUAS LOJAS PARA UM DE SEUS IRMÃOS PARA DIVULGAR ISSO!

    LULA, DILMA, MARINA…

    SEJAM BEM VINDO!

  56. AH,
    ALEMÃO!

    SOLANO LOPEZ TAMBÉM ERA DA ORDEM, TÁ BOM?

    MAS A SUA IDÉIA DE SAIR DO BRASIL CASO OS MILTARES RETORNEM É BOA!

    SOBRE ESSAS REUNIÕES ENTRE OS SENHORES DA ORDEM, NO MEU PONTO DE VISTA NÃO É BOM NÃO!

    KKKKKKKKKKKK

    MILTARES, COMO JÁ FOI DITO PELO CONDE GUERRA, EM OUTRAS PALAVRAS, VCS NÃO DEIXA RAM SAUDADES VIU, HOMEM DO CARLOS PUMA BOMBA!

    KKKKKKKKKKKK

    FALAR ALGUM A COISA JACA SOBRE ESSA REUNIÃO DEMOLEY.

  57. Cade o reajuste porra ? 4 anos !!! chega de emprestimos por favor alguem me ajuda?

  58. Como pode alguém em sã consciência defender torturas, desaparecimento de pessoas, censura, fim do voto universal e dos representantes eleitos, etc., enfim, defender uma ditadura?
    .
    Se votamos mal e escolhemos corruptos, temos a opção de não votar neles na próxima eleição, agora depois que um general se instala no poder e sendo um desastre para o país, de que forma consegue-se tirá-lo?
    .
    Existe impeachment de general?
    .
    Nos países sérios, militares são proibidos de atuar contra seus nacionais. Militar deve sempre estar subordinado ao poder civil, pois, detêm o poder das armas.
    .
    Os três poderes do Estado não são o Executivo, Legislativo e Judiciário, mas sim Exercito, Marinha e Aeronautica.
    .
    A fala do general Mourão já seria suficiente para colocá-lo na cadeia por crime militar, mas os juízes militares, seus colegas e o comandante do Exercito fazem ouvidos moucos sobre o caso, afinal, já estão maquinando isso há algum tempo.
    .
    Uma pequena amostra dos militares no poder foi dada há pouco tempo, quando um general que estava fazendo uma vistoria num presídio impediu o juiz corregedor do presídio de acompanhar a operação.
    .
    Outro exemplo emblemático dos militares foi o caso do jornalista Vladmir Herzog que sabendo que era investigado, se apresentou por conta própria para ser ouvido em um quartel da aeronáutica e lá “se suicidou”. Faz todo sentido, alguém se apresentar para depor e depois se suicidar.
    .
    “Cuidado com o que se deseja, às vezes, se consegue.

  59. a verdade é uma só. Só vota em PSDB:

    Empresários
    Os pobres de direita que querem que privatizem tudo
    Cúpula e jornalistas da mídia em geral
    Os Anti PT (aqueles que aceitam que o governo roube, desde que não seja do PT)
    Os comissionados pelo PSDB (famoso cabide de emprego)

    Ou, por fim…

    Os que acham que, como a mídia publica discretamente e raramente os podres do PSDB, acham que este partido é honesto.

  60. Esqueçam esse negócio de intervenção militar. Porque teria que se mudar a constituição, nosso sistema é o democrático, pelo voto direto do povo. O militar que quiser ser político tem que ganhar a eleição e depois passar para a reserva.
    Se houver um levante militar para tomar o poder como em 64, simplesmente esse amotinados serão presos e responderão conforme o artigo 5º, , inciso XLIV – constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático; e tambérm o inciso XVII, é vedada associação de caráter paramilitar.
    Não há espaço para o militarismo pela constituição atual. Mas somente se ocorrer de forma ilegal, ilegítima.

  61. Lógica para quem defende regime militar :

    Se estivéssemos sob um regime militar, não estaríamos debatendo este assunto livremente neste fórum !

    Os senhores defensores deste regime não estariam expressando suas opiniões .

    Militares são bons para serem militares .

    Não voto no Geraldo nem por 1 milhão . Acho um governante alienado e um péssimo administrador, mas acho que não é necessário colocá-lo como única alternativa a uma intervenção militar.

  62. BOLSONARO NA CABEÇA EM 2018,

    PEFERIO OS MILITARES, OS NORTE COREANOS, AS FARCS OU O CAPETA A ESSE PINOCULOS

  63. Depois do impeachment, intervenção militar pra quê?

    A lava jato tá funcionando.

    Além disso, a guerra é cultural, não militar. E, no campo cultural, os militares perderam durante o regime militar de 64-85.

    Sobre os valores, também é efeito de uma guerra cultural, porque o marxismo precisa destruir as famílias para consolidar o Estado Escravocrata.

    E gays não eram perseguidos, ou odiados. Tanto que personalidades como Clodovil existiam e viviam tranquilamente.

    Sobre os deficientes, meu saudoso tio era deficiente mental e sempre teve até mais liberdade do que as pessoas hoje em dia. Todos o conheciam e o tratavam bem. E isso durante o regime militar. Era uma época de um respeito muito maior entre as pessoas.

    O problema dos valores foi que, repetindo, os militares perderam a guerra cultural e o marxismo entrou com toda força no sentido da destruição da família.

    E os militares também foram péssimos administradores da coisa pública. Foram muito mais honestos que os civis, não há general que ficou rico, porém, com o surgimento de várias estatais, nasceram meios de corrupção #EstadoMinimo

    Sobre a educação, juntou a tecnocracia com tendências à onipotência dos militares c/c a pedagogia do oprimido e a educação crítica da esquerda e acabou tudo! Hoje há alguns alunos terminam o ensino médio sem conseguir entender uma notícia de jornal, é possível encontrar até analfabetos, sem falar nos “erros” ensinados nas aulas de história, sociologia etc.

    Realmente, outro erro foi a criação das PMs, algo que os próprios militares já reconhecem.

    Então eu votaria no Alckmin? Não por escolha livre. Só se for naquela do “menos trágico”

    #EsquerdaNuncaMais #MenosImposto #PorteDeArma #HomeSchooling

  64. JClaudio disse:

    “Nos países sérios, militares são proibidos de atuar contra seus nacionais. Militar deve sempre estar subordinado ao poder civil, pois, detêm o poder das armas”

    Nos países sérios não há presidente com duas denuncias ainda no poder e debochando do povo, indo para outro pais e se hospedando em hotel cuja diária é de $ 15,000,00 ( quinze mil dólares) nessa tremenda crise , não há impostos absurdos, ou até existe países que os tem, porém o Estado supre todas necessidades publicas.
    E em países sérios não há policia sem CARREIRA UNICA, não há ingresso na carreira já como chefe.
    Até entendo voce, porque como delegado deve mesmo defender o PSDBOSTA.
    Então zona por zona,………………

  65. o problema do brasil , é que os RATÕES que estão no poder confundem DEMOCRACIA com CLEPTOCRACIA….

    esse é o regime que estamos vivenciando……

  66. exescravão disse:
    Meu caro voce acha que o PSDBOSTA não é esquerda, estude um pouco de historia e via ver que os caminhos dos caciques dos partidos se cruzam muitas vezes com os caciques do PT, são farinha do mesmo saco.

  67. O ESTRANHO É QUE ESSE GAL se manifestou na véspera da saida do PGR. e talvez deduzindo .. ou sabendo que a nova PGR nada fara para que os poderosos acusados sejam punidos……falou tudo aquilo…..

    talvez ele quis dar um recado a nova PGR … ou aquele que solta todo mundo da cadeia na ultima instancia…………………………….todo mundo sabe de quem to falando né ????????????????

  68. acho que o GAL quis dar um susto nos responsáveis pelo andamento dos inqueritos ( tipo a 2º denuncia ) que ta la p/ cima ….., e que tem que punir quem for culpado…..

    pena que não e´ o que a população vendo …

  69. TOMARA QUE EU ESTEJA ENGANADO……………………

    mas acho que a partir de hoje a PGR dificilmente ira apurar qualquer BÓ contra um parlamentar do PMDB….

    comparo a ao MINISTRO carequinha , que dificilmente contrariara os TUCANOS…..

  70. E VOU MAIS ADIANTE…….

    com esta mudança na PGR , acho que é o inicio do fim da operação LAVA JATO….

    para prejuizo da nação brasileira………

  71. Fred Flintstone disse:
    18/09/2017 ÀS 11:08
    Ainda aguardo a resposta dos apoiadores da intervenção militar no Brasil.

    Qual país DESENVOLVIDO no mundo tem ditadura militar ?

    Aqui é o pais da Jaboticaba, então :

    Qual país DESENVOLVIDO no mundo tem inquérito policial?

  72. exescravão disse:

    18/09/2017 ÀS 20:38

    Depois do impeachment, intervenção militar pra quê?

    A lava jato tá funcionando.

    Além disso, a guerra é cultural, não militar. E, no campo cultural, os militares perderam durante o regime militar de 64-85.

    Sobre os valores, também é efeito de uma guerra cultural, porque o marxismo precisa destruir as famílias para consolidar o Estado Escravocrata.

    E gays não eram perseguidos, ou odiados. Tanto que personalidades como Clodovil existiam e viviam tranquilamente.

    Sobre os deficientes, meu saudoso tio era deficiente mental e sempre teve até mais liberdade do que as pessoas hoje em dia. Todos o conheciam e o tratavam bem. E isso durante o regime militar. Era uma época de um respeito muito maior entre as pessoas.

    O problema dos valores foi que, repetindo, os militares perderam a guerra cultural e o marxismo entrou com toda força no sentido da destruição da família.

    E os militares também foram péssimos administradores da coisa pública. Foram muito mais honestos que os civis, não há general que ficou rico, porém, com o surgimento de várias estatais, nasceram meios de corrupção #EstadoMinimo

    Sobre a educação, juntou a tecnocracia com tendências à onipotência dos militares c/c a pedagogia do oprimido e a educação crítica da esquerda e acabou tudo! Hoje há alguns alunos terminam o ensino médio sem conseguir entender uma notícia de jornal, é possível encontrar até analfabetos, sem falar nos “erros” ensinados nas aulas de história, sociologia etc.

    Realmente, outro erro foi a criação das PMs, algo que os próprios militares já reconhecem.

    Então eu votaria no Alckmin? Não por escolha livre. Só se for naquela do “menos trágico”

    #EsquerdaNuncaMais #MenosImposto #PorteDeArma #HomeSchooling

    Não havia corrupção na Ditadura?

    https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2015/04/01/conheca-dez-historias-de-corrupcao-durante-a-ditadura-militar.htm

    O UOL esqueceu o episódio dos Fuscas para os campeões da Copa de 70.

    Não há general rico? Aqui no litoral não conheço um militar de alta patente que não more em mansão e não esteja muito bem aposentado.

    As usinas atômicas em Angra eram tão necessárias ao país – rico em todo tipo de recurso natural – quanto areia no deserto. O Brasil já era signatário do Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares de 1968, então não poderia fabricá-las.

    Só um crime de lesa-pátria justifica os 50 bilhões de dólares investidos. Os militares aprontaram bastante também, não menos que os civis pós-1985. Só devem ter uma porrada de esqueletos no armário.

    P.S.: aceito você ser olavete, mas lamentando demais, afinal temos a mesma alma mater.

  73. Senhores

    A favor de uma intervenção Militar?
    JAMAIS!!!
    Tivemos tempo suficiente para ver os prós e contra desta situação anômala!
    Mas sou partidário que se feche todas as casas legislativas, se promova ELEIÇÃO GERAL e claro, com clausula de barreira, quem ocupa cargo eletivo, quem ocupou, quem foi suplente, quem ocupou cargo de confiança, não pode se candidatar!
    Feito isso, proximo passo, EXECUTIVO!!!
    MAS ISSO É UTOPIA DE TIRA ANTIGO!!!

    é o que penso

    C.A.

  74. VOTO DISTRITAL PURO, TODOS COM O MESMO TEMPO NA TV, SEM FINANCIAMENTO PARTICULAR OU PUBLICO, APENAS A VERBA PARTIDARIA QUE JÁ EXISTE E NÃO É POUCO!!!
    C.A.

  75. O mais engraçado de tudo é o que se fala dos militares serve para os políticos eleitos pelo povo. Ou seja, são todos iguais. Militares ou civis, quando estão no poder lembram apenas deles e dos seus.

  76. nem comentava mais nesse blog, mas essa não resisti: é claro guerra que vc guerra é contra qualquer militar, se uma intervenção ocorresse o que seria um delegado de policia civil nesse contexto? entendam porque o guerra é avesso aos militares, defendendo seu pedacinho de chão, como todos os outros……rsrsrsrsrsr

  77. O ser humano realmente é fåcil de ser manipulável. Como diz a lenda ( essa serve bem para os brasileiros) um homem foi colocado numa cela, sem água, sem comida; A ele, foi apresentado aquele que seria , a partir daquele dia, seu torturador. Sujeito ogro, feio, barbudo, sujo, fedido e semi analfabeto. Na primeira semana, o encarcerado sentiu as dores da tortura, ficou abalado psicológicamente, assustou -se, ficou traumatizado. Na segunda semana, a tortura parecia ja nao tão estranha; Seis meses depois, o encarcerado já se preparava para receber seu algoz, já estava pronto para a tortura do dia, mas, naquele dia veio outro torturador. O encarcerado questionou: quem é você? Meu torturador é o Zelâo. Nao, nao, o Zelão tá de férias, hoje o seu torturador sou eu, mas não serei muito diferente do Zelão, não. Respondeu ele. Ahhhh então tudo bem, assim tudo bem, disse o encarcerado, aceitando e até sorrindo pro seu novo algoz. Moral da estória, o brasileiro sempre se ferrou tanto nas mãos desses políticos, que se vê incapaz de conceber a iďéia de que vive no jardim do mundo, no paīs mais rico do mundo, com potenciais diversos ,e que, qualquer forma de pensar que tudo poderia ser diferente, faz com que ele não acredite em novos modelos de governo, em novas propostas, em novos administradores, etc. Está condicionado a pensar que Sarney, Collor, FHC, Serra (eca) sao os únicos que podem representar algo de bom. Está tão ruim que até tem gente falando aqui que vai votar no picolé de chuchu para presidente. Parabéns, senhores políticos, conseguiram o qye queriam. Cegar o povo brasileiro e fazer aceitá-los como seus representantes, e que, qualquer outra proposta, como uma intervençao militar, seria pior e trágico para o país e para o povo, e que este modelo “democrático” é o melhor. Saúde zero, educação zero, segurança zero, mas o caraaa é uóoooootimooooo!!!

  78. Eu estava lá também (18/09/2017 às 21:58)

    (1) Só com a Petrobrás na gestão PT, a corrupção causou um prejuízo de R$ 42,8 bi. Ninguém sabe o tamanho do rombo da corrupção pós 85, mas há a suspeita que só de PT com o BNDES possa passar de 1,5 trilhão.
    http://juntospelobrasil.com/bndes-desvia-r-15-trilhao-sob-mandato-de-lula-escandalo-e-maior-que-a-petrobras/

    (2) Não estou dizendo que a corrupção não existia nos governos militares, como diria o professor Antonio Villa, a corrupção no Brasil vem desde Nabucodonosor. Inclusive os militares, criando várias estatais e autarquias, criam os instrumentos à corrupção, como Getúlio e a Petrobrás. O que mudou foi uma corrupção para enriquecimento ilícito individual para algo sistemático, institucionalizado para a construção de um Estado Escravocrata que deslanchou nos governos do PT.

    (3) Salvo engano, o professor Olavo defende a intervenção, eu não. O Alckmin falou que salário de deputado é uma vergonha, eu concordo também. Mas, se quiser me chamar de olavete, pode chamar, seria uma honra! Aliás eu só conheci o professor Olavo graças à esquerda, por esse equipamento pisco-linguístico de associar um nome a um deboche, partindo do pressuposto que as pessoas, por confusão e sem uma defesa imediata, teriam vergonha e, quando as pessoas são realmente indefesas, funciona, uma pena, porque o professor Olavo, há décadas, já falava do Foro de São Paulo, do projeto de uma América Latina socialista etc e eu, bem enganado, acreditando que a esquerda queria o “bem estar social”, serviços públicos de qualidade e o aumento do IDH.

    #EsquerdaNuncaMais

    (4) O Brasil precisava de usinas nucleares? Eu não gosto de energia nuclear, mas o cenário de guerra fria, posicionamento geopolítico etc realmente colocam as usinas como uma questão nacional importante. Hoje eu defendo a compra do Gripen NG, porque vem com transferência de tecnologia, e de submarinos nucleares (motor nuclear) e que as usinas nucleares funcionem apenas para pesquisa, mesmo sabendo que foram decisões na/da gestão PT.

    E a nossa identidade nacional não é exclusivamente estatal.

    Embraer, de quase falida à empresa que está crescendo após a privatização

    Super Tucano
    http://video.foxnews.com/v/5561451488001/?#sp=show-clips

    KC390
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/06/1892284-embraer-negocia-com-portugal-a-1-exportacao-do-cargueiro-kc-390.shtml

    Sem falar na telefonia, apesar do oligopólio presente.

    #EstadoMinimo

    (5) Onde é melhor ser policial, na Coreia do Norte ou do Sul? Nos Estados Unidos ou em Cuba?
    E, principalmente, onde é melhor ser cidadão?

    #PorteDeArma

  79. Pqp! Para não haver uma “protoditadura militar” saneadora no Brasil, o Guerra vota no Alckimin. Kkkkkkkkkkkkkkk
    Sério mesmo?
    Outra coisa: gramiscismo nunca foi imposição de ideias pela força. Trata-se de revolução cultural…mas revolução através de ideias. Enquanto os militares tentaram forçar goela abaixo o seu padrão moral e cívico, a esquerda contaminou toda a estrutura educacional, cultural, religiosa. O resultado está aí: educação zero, cultura morta e a quase extinção da Igreja Católica no Brasil.
    Pra finalizar, aproveitei o momento e perguntei a vários delegados: todos, absolutamente todos foram unânimes em rechaçar a ideia de uma intervenção militar. Sinal de que o Exército no poder seria uma boa para o Brasil.

  80. Pois é Guerra vc precisa de prova? Sério mesmo? Tá parecendo os petistas falando do Lula… Moro condenou o Lula sem provas… kkkkk

    Senhores ajudem o Sr. Guerra a descobrir onde estão as provas que indicam q o Alckmin deixou o PCC dominar o Brasil.

    vc tem motivos para votar no PSDB e eu entendo e respeito. Agora pedir provas qto ao PCC foi um chute no ….

    É… Ficou no mínimo estranho. A culpa é dos PC’s…. Que por sinal são dirigidos e fiscalizados por Delegados de Polícia. Se a culpa é dos PC’s, então por lógica, a culpa é dos Delegados? Não… É do restopol… kkkkk

  81. O problema do brasileiro é e sempre foi a lei de Gerson.

    Gosta de levar vantagem em tudo, troca seu voto por cesta básica, 50 reais, botijão de gás, galinha, cabrito, etc.
    Não saber votar no Brasil é cultural.

    Quem manda no político é o partido, engana-se quem acha que qualquer dos partidos da atualidade teria forma diferente de governar do PT PSDB e PMDB.

    O que vai acontecer daqui para frente e óbvio, só ver as nomeações do MPF, STF e em breve PF.
    A sangria esta estancada, e agora será aperfeiçoada a maneira de desviar verbas.

    Meus caros, esse pais não conserta, a unica revolução que tem a possibilidade de uma mudança nesse país e a do POVO.

    Mas o povão tem internet 4G, TV a cabo, Facebook, etc….

    Não estão preocupados com os políticos.

    Quem sabe o MBL muda esse país (estou sendo irônico)

  82. E sobre o PÊcc.

    Discordo, com o dono do blog.
    O governo PSDB tem uma parcela enorme de culpa do agigantamento desta facção criminosa.

    Alastrou suas ramificações como um câncer por todo o estado de São Paulo com o envio dos presos da capital para o interior no fim da década de 90.

    Depois disso foi se instalando em outros estados, e atualmente atua até no Paraguaí e creio que boa parte da América do Sul.

    Falar que o PSDB não tem parcela de culpa nisso seria mentira.

    Se na época em que começou esta facção tivessem isolado todos os presos, possivelmente não teria chegado a situação de hoje.

  83. Esse papo de “não sabe votar, vende voto” não cola mais. Realmente, tem muitos cabecinhas.

    Mas convenhamos: Dilma, Aecio, Marina, Eduardo Jorge, Levy Fidelix etc….. a verdade é uma só: não tem como votar certo nesse país.

    “ah, tem que votar no menos pior”.

    Ok, quem é o menos pior? E por que “menos pior”? Não tem um “melhor” ?

  84. Eu estava lá também disse:
    18/09/2017 ÀS 9:30

    Os “nossos melhores rapazes” que fariam essa “pressão” contra os “bons rapazes” são aqueles que deixam passar todo tipo de contrabando nas fronteiras, os “homens de valor” como esses generais são aqueles que impedem os policiais de terem armas boas e confiáveis e enfiam Taurus e Imbel goela abaixo sob pretexto de “favorecer a indústria nacional”.

    Alguns dizem que o Dr. Guerra tem síndrome de Estocolmo por defender ou votar em quem assinou sua demissão da Polícia Civil do Estado de São Paulo, mas apoiar um regime militar também seria outra forma dessa síndrome, porque não parece que militares sejam menos propensos a negociatas e injustiças que os governantes civis atuais.

    Entendo o que você disse, e não discordo. O ponto que eu tinha a intenção de chegar é que eu tenho consciência de que possivelmente, alguém no poder PODERIA usurpar nosso “desespero” neste momento e realizar manobras visando seu próprio benefício, ao invés de ajudar – (mais ou menos o que você disse acima).

    Isto não seria diferente do que está acontecendo agora.

    Minha idéia seria tentar algo diferente. O que está sendo apresentado AGORA não está nada bom. Mudar isso pode piorar? Bem.. Até pode, dependendo das pessoas alocadas no poder. É uma possibilidade.

    Mas uma coisa é certa: se continuar do jeito que está, NÃO VAI MELHORAR MESMO!

  85. Geraldo Alckmin. Presidente da República.
    Reclama dele como governador (que aliás, valoriza, investe e amplia a Militar e deixa a Civil morrer aos poucos) e o coloca como Presidente.
    Faz sentido?
    Intervenção militar não ocorrerá, pois a verdade é que para os militares, está bom.
    Vejam os salários, aposentadorias e mordomias.
    Veja que Lula e Dilma se relacionavam MUITO BEM com os militares, tal qual um certo governador.
    Quem quer um herói salvador é o povo, que não aguenta mais ver bandido solto, enquanto vive preso dentro de casa (correndo, ainda assim, risco).

  86. Fred Flintstone disse:
    18/09/2017 ÀS 9:39
    Concordo com o FLIT PARALISANTE, com exceção de votar no mAlkimin.

    Os que são a favor do militarismo no poder, citem algum país DESENVOLVIDO que o militarismo comanda ….

    NÃO EXISTE.

    Se a PM já é opressora hoje, imagina com o exército no poder.

    Flit tem razão, em partes.

    ddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddd..

    TAI UM EXEMPLO…..

    a poucos anos atras, O EGITO estava sendo governado por um governo muito corrupto…verdadeiros .bandidos …
    houve a PRIMAVERA VERMELHA….os milicos tomaram o poder , e marcaram eleições diretas em 06 meses….

  87. CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS

    Sempre disse que esse termo “crise” utilizado pelos Governos é um engodo para justificar o não atendimento de justas reivindicações do povo bem como do funcionalismo público. A desculpa esfarrapada que cita a “recessão”, a “não realização de receitas”, a “falta de investimento”, já não podem mais prosperar. Vejam o exemplo da cidade de São Paulo.

    Informações obtidas do Portal da Transparência dão conta que a Prefeitura, até a data de 14-09-2017, teve realizado como RECEITA, os valores de R$ 32,447 bilhões de reais. Nesse mesmo período teve empenhado (despesas) na ordem de R$ 28,790 Bilhões de reais.

    A simples conta matemática nos leva a crer que existe um superávit de R$ 3,657 bilhões de reais, os quais podem ser utilizados para o atendimento de justas e necessárias prioridades sociais.

    Outro ponto importante é que as projeções indicam que encerraremos o ano com receitas realizadas da ordem de 42 bilhões de reais, valores esses superiores àqueles obtidos em anos anteriores a 2015. Essas projeções se aplicadas às despesas dão conta de que os valores estarão em um patamar de R$ 37 bilhões de reais – superávit de R$ 5 bilhões no ano.

    Infelizmente, a política sórdida dos nossos governantes não leva em consideração as premissas básicas traçadas como objetivos do nosso país – construir uma sociedade livre, justa e solidária; garantir o desenvolvimento nacional; erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; e, finalmente, promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

    Urge os governantes entenderem que o Estado não pode ser administrado como uma fábrica, um comércio, ou, simplesmente, “um negócio”. O Estado NÃO FOI FEITO PARA GERAR LUCRO e sim para ser assistencialista para os necessitados, justo para aqueles que dele não necessita e, finalmente, correto com os seus funcionários.

  88. Intervenção já. Com dissolução do congresso atual com realização de novas eleições legislativas para uma assembleia constituinte com mandato temporário. Reforma política urgente e reforma no poder judiciário com inclusão de eleições para ministro do supremo. Somente após essas medidas, e várias mudanças na constituição, marcação de eleições gerais e simultâneas para todos os cargos. Em tempo: partidos políticos noriamente transformados em organizações criminosas, como PT, PMDB e PSDB deverão ter seus membros, no mínimo, banidos do cenário político nacional, juntamente com as siglas.

  89. O pronunciamento se afigura mais como desabafo de um cidadão do que um ultimato de um militar. disse:

    Na verdade o povo está sem determinação de rumo face essa avalanche de denúncias de corrupção envolvendo o binômio políticos x empresários. Acima de todos os poderes está o poder político. Emana do povo que o confere a mandatários populares para que façam a condução política dos negócios públicos no interesse da coletividade que representam, mas, o que podemos constatar nas últimas décadas é que, outra coisa não fazem, senão usurpar o mandato popular recebido para lapidar o patrimônio público em proveito próprio, de familiares e dos amigos próximos.
    Hoje, não há como se negar que para o povo, partido político é sinônimo de quadrilha.
    Contra fatos não há argumentos. O PMDB é o carro chefe dessa roubalheira toda, juntamente com PT, DEM PR e outros agrupamentos de larápios travestidos de agremiações políticas.
    O Cabral destruiu o Rio de Janeiro em todos os sentidos, transformou a cidade maravilhosa em cidade pavorosa. Roubou tudo, até pirulito de criança, tendo como parceira a 1ª dama que, numa dessas estranhas decisões judiciais sob medida, está em casa cumprindo prisão domiciliar.
    O Geddel tinha em seu apartamento mais dinheiro em espécie do que o Banco Central. O estranho é fazer movimentações bancárias dessa envergadura sem qualquer fiscalização de órgãos financeiros. Era o assessor especial do “presidente” , como o Loures, o Padilha, o Moreira Franco, o Henrique Alves, Coronel Batista e outros. Ainda um lixo desse tipo fez com que um diplomata pedisse exoneração do cargo de Ministro da Cultura por não ter o perfil de bandido necessário para fazer parte do time.
    O povo está com o saco cheio desses ladrões. A cara de pau de se apresentar publicamente como se nada estivesse acontecendo.
    Falam que as instituições estão funcionando. Quem o STF condenou até agora? Quanto de dinheiro roubado do povo foi recuperado e quanto ainda se encontra ocultado em paraísos fiscais?
    Esses políticos são vagabundos da pior espécie, pois são covardes na medida em que, travestidos de homens públicos, exercitam o poder para roubar e se manterem impunes.
    Acredito que a manifestação do general foi mais um desabafo como cidadão do que um ultimato como militar.
    O povo está esperando para ver o que vai acontecer.
    Será que toda essa bandidagem política e empresarial vai cumprir alguns aninhos de prisão domiciliar e depois ficar livre e solto para gastar a vontade tudo o que foi roubado e não encontrado?
    Para um cidadão honrado, assalariado, cumpridor de seus deveres, é difícil engolir uma coisa dessas. O que você mais vê na TV é o “presidente” fazendo churrascos e jantares no Palácio da Alvora ou do Jaburu com sua quadrilha. Tudo pago com dinheiro do povo, sendo que uma parte dele, nem tem o que comer.
    Corrupção é o câncer da nação e de toda e qualquer instituição, inclusive a nossa.

  90. Só corrigindo um erro dito acima:
    Dói Cody, o delegado Fleury.
    O referido Depto não era só pessoal da Policia Civil, tambem faziam parte o pessoal da força pública, atual coxolandia, forças armadas, policia federal, enfim, eram todos unidos sob ordens dos penas verdes e colocavam ordem na casa.

  91. SE ESSE SITE FOSSE DA POLÍCIA MILITAR LAMBE BOTAS DO GOVERNO E LAMBE BOTAS DO EXERCITO, TUDO BEM, MAS POLICIA CIVIL ESMAGADA PELO GOVERNO E DESPREZADA PELO SEGMENTO MILITAR, AQUI LAMBE BOTAS TBEM??? PIADAS DE MAL GOSTO EM SENHORES PULICIA……

  92. Caro administrador:
    O que mudou até hoje?
    Os corruptos roubadores com respaldo de chefes corruptos atras de mesas peidando, continuam roubando muito até hoje, basta ver o luxo em que vivem, com salários baixos.
    Não vem com essa de que as forças armadas isso ou aquilo.
    Aquela época podia-se trabalhar e sonhar com alguma coisa, hoje se trabalha e se espera o dia de morrer num hospital do governo, como o HSPE, pessimamente administrado, pra não dizer, roubado.
    Aposto que você nunca precisou daquele açougue a céu aberto, e Deus permita que nunca precise. se não, lembrará do que escrevo.
    Quanto a haver intervenção militar, eu não acredito, pois eles sabem mais do que nós, que já foi o tempo, as frutas estão podres demais pra salvar as poucas que ainda insistem em ser boas.
    Em resumo, quem puder, suma daqui.
    Este país, em especial, este tucanistão, nunca mais sairá do lodo.
    Como já foi dito, faltará bosta pra todos que ficarem.

  93. O único erro dos militares, foi deixar o entulho deles nas latas de lixo dos estados, o órgão mais caro e ineficiente do planeta responsável pelo esvaziamento do erário público, com fraudes e roubos, incapacidade de impedir o avanço do crime, tudo comprovado e amplamente divulgado ate neste espaço. Alguem sabe de quem estou falando? Aquele pessoal com latinhas nos ombros e sangue azul, que odeia praças, que acendem uma vela preta ao demônio todos os dias pra que nós, policiais civis, nunca tenhamos nada. E estão se dando bem.

  94. a nova PGR ja mudou a equipe de procuradores que estão trabalhando na operação lava JATO…..
    hoje ela deu bonde em 06 , alegando que estes eram da equipe do antigo PGR………….
    os 06 retornaram aos seus respectivos estados . reassumindo os seus postos antigos ….

  95. sera que o rei do alvara de soltura ( JOÃO PLENÁRIO ) vai soltar mais ALGUNS presos da lava jato nos próximos dias ????????????…

    QUEM SERA O PRÓXIMO A SER SOLTO ???????????????

  96. Ahhh Sr. ROBERTO o sr. estava na faculdade, quando os milico mandavam no Brasil, por isso o recalque com a PM. O Sr é de esquerda, vota no PT, Psol etc. MERECE LEVAR BALA DE BORRACHA.

  97. PREFIRO O PAÍS NAS MÃOS DE MILICO DO QUE COM ESSAS PESSOAS QUE ESTÃO NO PODER.

  98. RATIFICANDO A INFORMAÇÃO ……….

    INFORMEI QUE HOJE A NOVA PGR TROCOU 06 PROCURADORES QUE TRABALHAM NA LAVA JATO…

    na verdade foram trocados 08 dos 10 procuradores…..

    na minha humilde opinião … é o inicio do fim da operação lava jato……………………….

    coitado do povo brasileiro……………………

  99. QUERO UM PAÍS DEMOCRÁTICO, PORÉM SE NÃO HOUVER COMO, E ACHO POUCO PROVÁVEL ENTÃO QUE VENHAM OS MILICOS MILICOS MILICOS MILICOS MILICOS.

  100. senhor administrador. Tem um livro de que talvez o senhor goste: O MEU PACTO SOCIAL LIBERAL E A MINHA SUB REFORMA CONSTITUCIONAL escrito por um ex- escrivão de Polícia, um certo Lenílson Santos. Espero que goste e que divulgue: Ali alguma opções de reformas, falando muito de Polícia, um pouco de Polícia Civil de São Paulo e apresenta algumas opiniões as quais aparentemente são parecidas e/ou iguais as que eu penso e que são iguais as suas expostas sobre Política aqui neste Flit Paralisante. Se puder ler o livro é da Editora Perse. Obrigado e um abraço. Denilson Rosa.

  101. Como se fossem mesmo situações mutuamente excludentes e obrigatórias: ou Alckmin, ou “ditadura” militar!!! Do tipo, ” Se não acontecer um, o outro vai acontecer com certeza. E se você não escolher um, você é a favor do outro”… Fala sério!!!

  102. Não sei o por quê falam tao mal do PSDB.
    Faz 2 anos que estou na casa.
    Salas de aula de cursinhos preparatórios lotados, todos querendo ser escrevente, PC.
    Coisa que não existia ha mais de 20 e tantos anos, -época do laco- como meu tio dizia.
    Se a remuneração esta tao ruim, pq temos sala de aulas cheias de profissionais liberais, administradores, advogados querendo um cargo publico?
    Sim, o salario poderia ser melhor, mas na iniciativa privada a coisa esta bem pior.a folha de pagamento de funcionário custa o dobro do que ele recebe. Poucas pagam melhor que o estado, na media um servidor chega a ganhar mais de 3 x que um empregado privado.

  103. fala para os presos do pcc, qual candidato eles tem medo……….ate eles sabem em quem deve votar….

  104. Em caso de guerra quem deve assumir?
    Vivemos uma guerra urbana com números de guerras do iraque/Afeganistão e etc.
    Quando os poderes não funcionam quem deve assumir?
    Não existe dúvida que os três poderes estão comprometidos.
    Ninguém quer uma intervenção, mas acredito ser necessário para o Brasil se ajustar e não virar uma Venezuela. Acabar com a doutrinação de esquerda.

  105. vneopc (19/09/2017 às 23:17)

    Desculpe, mas vou discordar.

    O PSDB destruiu a PC que já vinha de forma precária de outros governos. Acho que o Quércia foi o último a construir delegacias, mas não lembro mais. Enquanto o PSDB está fechando delegacias. O PSDB tirou os presos das delegacias, o que dificultava a investigação, mas criou a Via Rápida, o que impede a investigação. Ou seja, um passo a frente, uma caminhada atrás!

    E querer ser policial é diferente de querer cargo público. O Poder de Polícia exige garantias jurídicas específicas, que, aliás, o PSDB conseguiu destruir.

    Se alguém quer ser funcionário público, talvez o atual modelo de Polícia realmente possa ser interessante, se conseguir ficar em algum lugar sem necessidade de agir. Se quiser ser policial, precisa aproveitar o ano véspera de eleição com o Bolsonaro em alta, depois das eleições, se o PSDB voltar ao normal, aí volta tudo às estatísticas mágicas.

    Ah… sempre teve muita gente prestando concurso. Para o atual desemprego, o número de inscritos em qualquer carreira da PC é bem menor do que eu esperava.

    Agora, não estou dizendo isso para desanimar alguém, porque eu espero que a PC mude e melhore! A Polícia Repressiva é fundamental em qualquer sociedade civilizada e democrática e, mais cedo ou mais tarde, a sociedade vai perceber e cobrar isso dos governos e políticos.

  106. A LENDA (20/09/2017 às 1:27)

    Daqui a pouco já teremos eleições. Por que os militares iriam governar para marcar novas eleições?

    E o Hugo Chaves era militar.

    A necessidade de intervenção era antes do impeachment. Agora, qual seria o motivo? Segurança Pública? Não é tarefa das FFAA e sim da Polícia, do #PorteDeArma a todas as pessoas de bem, da recuperação dos valores morais que ensinavam que roubar, matar, estuprar, sequestrar etc são falhas de caráter, que a submissão aos pais é necessária à vida e a #Família é a base da sociedade etc.

    A guerra é cultural, não militar

    #EsquerdaNuncaMais

  107. exescravão disse:
    20/09/2017 ÀS 9:00

    A LENDA (20/09/2017 às 1:27)

    Daqui a pouco já teremos eleições. Por que os militares iriam governar para marcar novas eleições?

    E o Hugo Chaves era militar.

    A necessidade de intervenção era antes do impeachment. Agora, qual seria o motivo? Segurança Pública? Não é tarefa das FFAA e sim da Polícia, do #PorteDeArma a todas as pessoas de bem, da recuperação dos valores morais que ensinavam que roubar, matar, estuprar, sequestrar etc são falhas de caráter, que a submissão aos pais é necessária à vida e a #Família é a base da sociedade etc.

    A guerra é cultural, não militar

    #EsquerdaNuncaMais

    Em primeiro lugar se esquerda nunca mais, PSDBOSTA nunca mais, ou voce acha que o psdb e direita? Lembre-se que muitos integrantes do PT, PSDB e PMDB cometeram crimes juntos, sim crimes, que roubar, sequestrar e matar é crime sim senhor, com o objetivo de implantar uma ditadura de esquerde (comunista), contudo foram beneficiados com a “anistia”.

    Ouvi isso de uma grande pessoa ” …o que adianta trocar as peças sem trocar o tabuleiro…” , ou seja, o que adiante trocar PMDB e colocar o PSDBOSTA? Adiantou tirar o PT e colocar o PMDB?
    Por isso a necessidade de uma intervenção militar.
    Ademais do jeito que esta mesmo sendo necessário um novo impeachment voces sabem que não ocorrerá.

  108. Eu respeito a opção política de qualquer um, até porque não cabe a mim “doutrinar” ninguém para que vote neste ou naquele candidato, mas acho que para defender Alckimin para a presidência do país é preciso observar, antes dos próprios interesses, como o Estado de São Paulo está, após duas décadas em que o mesmo grupo político esteve no comando. Para tanto, faço algumas perguntas para que todos aqui reflitam, até porque, a responsabilidade é INTEGRAL desse grupo político, que está no comando há duas décadas:

    1.- Como está a Educação Estadual?
    2.- Como está o serviço de saúde pública oferecido pelo Estado?
    3.- Como está o preço dos pedágios?
    4.- Como está a Segurança pública estadual?
    5.- Como está a Justiça estadual?
    6.- Como está o serviço social prestado pelo Estado?
    7.- Como estão as apurações de denúncias de corrupção feitas contra o grupo político governante?
    8.- Como estão os impostos estaduais?
    9.- Como está o salário dos servidores em geral, especialmente os que ganham menos?
    10.- Como estão as finanças do Estado?
    11.- Como estão as repartições públicas do Estado?

    Há outras perguntas que no momento não me ocorrem, e que certamente são igualmente ou até mais relevantes, mas é necessário que seja feita uma reflexão honesta pelo menos sobre essas questões, antes de se cravar este ou aquele candidato. Na política não se vota com paixão, mas com razão.

    De minha parte, acho que após vinte anos de governo, este grupo político não me convenceu. Não conseguiu resolver a maioria dos problemas do Estado, por pura incompetência ou má fé, esta última, não há como provar, pois nenhuma denúncia contra esse grupo político é apurada, nem pela polícia, nem pelo Ministério Público, por ninguém!

    Não votarei em Alckimin, pois acho que seu grupo político é incompetente, tiveram vinte anos para governar e os problemas estão aí, se agravando a cada dia, no estado mais rico da união e que pouco depende do governo federal. Ele é um político fraco, vacilante, com opiniões e propostas fora da realidade e muito mal assessorado. Cito o exemplo de quando inventaram o celular pré-pago e, como os bandidos começaram a usar esse tipo de aparelho nas penitenciárias, a proposta de Alckimin foi de proibir a venda desse tipo de aparelho! Patético.

    Outra coisa que para mim depôs muito contra Alckimin, foi a crise hídrica, que todo mundo esqueceu e que foi solucionada pela chuva, pois o governo sequer sabia o que fazer! Sejamos honestos!

    Acho que o povo do Estado de São Paulo merece coisa melhor.

    Não sei em quem votar ainda, mas no grupo político PSDB, com certeza não votarei.

    Um abraço a todos

  109. Não há mais espaço para governos militares no Brasil, nem provisórios, nem definitivos. A reação mundial contra uma intervenção dessas, seria um desastre total em todos os sentidos. Viriam sanções, retaliações, a economia mergulharia numa espiral incontrolável e certamente o país quebraria.

    O problema é que as coisas tomaram um rumo “cleptocrático” se me permitem inovar no vernáculo. (Brincadeira)

    Quanto a votar em Alckimin, acho que devemos fazer algumas perguntas antes de se decidir, levando em conta que seu grupo político comanda o Estado há duas décadas:

    1.- Como anda a Educação oferecida pelo Estado?
    2.- Como está a Segurança pública?
    3.- Como está o serviço de saúde pública oferecido pelo Estado?
    4.- Como estão os impostos estaduais?
    5.- Como está o serviço social do Estado?
    6.- Como está a Justiça estadual?
    7.- Como está o preço dos pedágios nas estradas?
    8.- Como está o salário e condições de trabalho dos servidores, especialmente os que ganham menos?
    9.- O que o Estado fez em relação à crise hídrica ocorrida há poucos anos?
    10.- Quantos quilômetros de metrô foram entregues à população nos últimos vinte anos?
    11.- Como estão as apurações de denúncias de corrupção contra o grupo político governante?

    Há mais o que perguntar, mas não me ocorre no momento, mas sejamos honestos:

    Vinte anos pós PSDB e os problemas estão aí, para quem quiser ver. Não sei em quem votar ainda, estou analisando, mas acho que o povo de São Paulo e o Brasil merecem algo melhor que um governante fraco, incompetente e que não permite investigações de denúncias. É mais do mesmo, com todo respeito à quem não concorda comigo.

    Não vou votar no PSDB por isso, acho eles incompetentes, simples assim.

    Um bom fim de semana a todos e que Deus nos proteja.
    .

  110. A justiça está de mãos atadas, por conta de uma constituição capenga. Os deputados constituintes de 88 aprovaram uma carta obscena, cujos desdobramentos nefastos estamos vivenciando atualmente. Agora que, muito provavelmente teremos que engolir o Temer e sua corja até 2018, cogita-se acabar com o foro privilegiado. A carta de 88 ajudou a mergulhar o país na lama. Melhor seria uma intervenção já e a revogação imediata da constituição, com convocação de novas eleições para uma nova constituinte. Se a porra da Venezuela o fez, por que não podemos?

  111. A RESPOSTA PARA O MEDO DA MÍDIA EM RELAÇÃO A UMA POSSÍVEL INTERVENÇÃO MILITAR TEM UM NOME E ESSE NOME É…CONCESSÃO DE RADIO JORNAL E TV. É ISSO, ELES TEM MEDO DE PERDER SUAS CONCESSÕES. É SÓ INTERESSE DO PRÓPRIO UMBIGO, OU SEJA, SEUS INTERESSES FINANCEIROS, NÃO ESTÃO NEM AÍ PRO POVO. POR ISSO QUE METEM O PAU EM UMA POSSÍVEL INTERVENÇÃO. NÃO ESQUEÇAM, O NOME MAGICO É: “CONCESSÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO”

  112. 22 de setembro de 2017 Publicações Sobre o Sindicato
    PERDAS SALARIAIS DESDE O ÚLTIMO REAJUSTE:
    34%
    Esse é o valor da corrosão do salário do Policial Civil.
    E às custas dessa corrosão, e de já pagar o pior salário do Brasil, que políticos adoram dizer que pagam a folha de pagamento de São Paulo em dia.
    O governo sempre usa o verbo ESTUDAR para jogar qualquer reajuste salarial meses à frente, ou mesmo NÃO ANUNCIÁ-LO.
    Sempre que o governo fala em “grupo de ESTUDOS”, “comissão de ESTUDOS”, “estamos ESTUDANDO”, a história recente nos mostra que ele está dizendo:
    “passa moleque”.
    Esperamos que dessa vez seja diferente?

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s